Issuu on Google+

São Paulo, 07 de Novembro de 2011

Um jornal que investiga o presente para transformar o futuro. Ano 02 ♣

♣ No 04 ♣ EDIÇÃO SÃO PAULO ♣ Direção de Redação: Profa.

Quinta-Feira, 19 de ABRIL de 2012

Informativo Cultural CSI Vá ao Teatro_____________________________________________________ Hair: o Musical Surpreendente, mágico, maravilhoso, emocionante. Hair o Musical é isso e muito mais Dirigido por Charles Möeller e Claudio Botelho, com músicas de Galt Mcdermot e escrito, originalmente, por James Rado e Gerome Ragni, o espetáculo conta com um elenco de peso, excelentes músicos , cenários e recursos técnicos que transcendem as expectativas. Com uma história envolvente que se passa em Nova York no ano de 1968, Hair, conta a história de uma tribo de hippies, que tem como lema a paz, o amor, a liberdade e a união. Hair se tornou um clássico entre os segmentos desta linha teatral. No dia 25 de março, fui conferir este espetáculo que está em cartaz no Teatro Frei Caneca. À primeira impressão, o que mais me surpreendeu foi a qualidade e a potência vocal dos atores e a interação com a plateia, o que, para mim, como estudante de teatro, é ótimo, pois mantém uma proximidade e uma certa intimidade com o público.

corporal é de certa forma alucinante, executando, com maestria, as cenas mais complexas. Além da qualidade dos atores, outro elemento de destaque é o cenário, pois é ele o responsável por te transportar para o lugar e a época em que se passa a história, e, no caso de Hair, foi usado de maneira inigualável. Bem colorido e expressivo, apenas o essencial dá conta de criar a atmosfera necessária. A trilha sonora, é uma das melhores da história dos musicais, com músicas e ritmos extremamente cativantes e cheios de significados e analogias, dá vontade de estar no palco com os atores. As sequências de dança são fantásticas, mesclando dança moderna, rock e jazz musical, os atores dão um show no quesito ritmo e flexibilidade.

Com Hugo Bonemer, após o espetáculo.

Depois, quando entra Fernando Rocha, o ator que interpreta Berger, o líder da tribo, você pensa: "Meu Deus, o que é aquilo?". Ele é um dos mais comunicativos, e por que não dizer, o mais contagiante do elenco. Mas o que mais me chamou a atenção foi o ator Hugo Bonemer, que interpreta o personagem Claude, ele é capaz de te cativar assim que entra no palco, mesmo sem dizer uma só palavra. Sua interpretação é fenomenal, ele realmente consegue "entrar" no personagem, e transmitir a essência dele, sua expressão

Além disso, o musical guarda muitas surpresinhas, que farão todo mundo ficar de boca aberta e olhos bem arregalados. Hair é um musical que, com certeza, vai encantar todas as pessoas, e fará você se emo-

cionar, rir e se permitir a experiência de entrar na Era de Aquário.

Por: Mary Rodrigues

EM CARTAZ Temporada de 13 de Janeiro a 22 de Abril Teatro Frei Caneca Rua Frei Caneca, 569 - Shopping Frei Caneca, 6º andar Tel: (11) 3472-2226 / 2229-2230 Quintas, às 21h. Sextas, às 21h30. Sábados, às 17h30 e 21h30. Domingos, às 17h30. Ingressos: $ 80,00 (quinta-feira - 21h; sexta-feira - 21h30; sábado - 17h30) R$100,00 (Sabado - 21h30; Domingo - 17h30)


Informativo Santana