Issuu on Google+

Visite o nosso site: correioatlantico.com Ano XVI - N° 511

31 DE JULHO DE 2012

R$ 2,00

ACIMA pede mais segurança nas praias do Paraná Em reunião no último dia 30 de julho a ACIMA Associação Comercial e Industrial de Matinhos, através do seu presidente Adauto Luders convidou todos os associados e interessados em discutir a situação da segurança da cidade onde comparereceram um número consideravel na sede do Posto Kaimã I, estava presente a convite da Acima o Comandante do PM das Praias o Capitão Kamakawa, o qual discorreu sobre como anda a segurança nas cidades de Matinhos, Pontal do Paraná e Guarantuba onde o mesmo é responsável. Kamakawa colocou a posição da PM e disse que não tem medido esforços para realizar o trabalho de prevenção e a apuração dos delitos que são cometidos pelos marginais nas

03 cidades. Disse tambem que a estrutura dos orgãos de segurança na região nescessitam de mais pessoal, mais viaturas e consequentemente mais armamentos para combater a criminalidade e que a população e suas lideranças precisam ajudar as policias com mais informações pois normalmente quando há qualquer irregularidade t a i s como assaltos, roubos, ou qualquer ocorrencia, as mesmas devem ser comunicadas as autoridades para que sejam tomadas as providencias mais principalmente que fique registrada a ocorrencias para futuros panejamentos dos orgãos superiores. Finalizou dizendo que tem feito tudo que pode apesar da pouca

estrutura disponível. Em sua fala o presidente da Acima disse que é hora das lideranças se unirem e ajudar as forças policiais cobrando da autoridades mais efetivos, mais equipamentos, viaturas, mais principalmente que seja instalada a CIA DAS

PRAIAS, com uma estrutura bem maior do que a atual. Finalmente solicitou uma série de voluntários para irem a capital do estado conversar com o governador Beto Richa levando as reivindicações do Litoral.

Internet vira território para mitos e boatos durante campanha eleitoral Matéria Pag. 02

História de sucesso que começou em Matinhos Matéria Pag. 03

Matinhos medalha de ouro no basquete Feminino.

Governo defende idade mínima para aposentados Anvisa recua e permite Matéria Pag. 03

O governo quer implementar a idade mínima para a concessão da aposentadoria por tempo de contribuição para novos segurados – aqueles que ainda não ingressaram no mercado de trabalho. Embora não tenha apresentado nenhum projeto formal, a equipe econômica do governo defende para a aposentadoria de futuros trabalhadores as idades mínimas de 65 anos (homens) e 60 anos (mulheres). Atualmente, o trabalhador

brasileiro pode se aposentar com qualquer idade, desde que tenha o tempo mínimo de contribuição – 30 anos para as mulheres e 35 anos para os homens. Nesse caso, é aplicado obrigatoriamente o fator previdenciário. Embora deseje estabelecer a idade mínima, o governo também pretende manter esse período de contribuição.A ideia da idade mínima é polêmica e encontra forte resistência nas centrais sindicais, o que pode

atrapalhar a votação das alterações na aposentadoria. “Para nós, a idade mínima é absolutamente prejudicial para a maioria dos trabalhadores”, disse Artur Henrique da Silva Santos, dirigente e expresidente da CUT. “É uma irresponsabilidade com as gerações futuras.” A Força Sindical também diz ser contra. Para Julio Quaresma Filho, diretor administrativo do Sindicato dos Aposentados da Força

(Sindinapi), a medida prejudica os mais pobres, que precisam trabalhar mais cedo. Dentro da equipe econômica do governo, fala-se ainda em idade mínima progressiva, que mudaria – para 61/66 anos, e assim por diante – de acordo com o aumento da expectativa de sobrevida da população. Essa progressão poderia ser aplicada para trabalhadores da Matéria Pag 09

venda de remédios em gôndolas Matéria Pag. 06

Resolução do Contran exige curso de direção defensiva para mototaxistas Matéria Pag. 09


2

Geral

Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Deus é Fiel e Justo!

terça, 31 de julho de 2012

Estado conclui plano de ação em caso de desastres naturais no Litoral A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná apresentou nesta quinta-feira (12) um plano para mobilização da estrutura do Estado em caso de desastres naturais no Litoral. O documento contém o mapeamento das áreas de risco, informa os procedimentos que deverão ser adotados pelos 29 órgãos envolvidos no atendimento de emergências e lista os recursos humanos e materiais disponíveis para situações do gênero. O objetivo é garantir um atendimento ágil e capaz de minimizar prejuízos e o sofrimento da população. O Plano de Preparação para Atendimento a Desastres no Litoral começou a ser elaborado em junho de 2011, após as fortes chuvas que atingiram o Litoral, deixando milhares de desabrigados. O governo estadual dividiu o plano em quatro etapas de estudo: caracterização do cenário, sistemática operacional, caderno de atividades primárias e recursos humanos e materiais. A intenção do documento é oferecer informações para aperfeiçoar a logística de atendimento à população atingida. O chefe da Coordenação da Defesa Civil, tenente-coronel Edmilson Barros, explicou que o plano não é estático e sempre deverá ser atualizado. “Queremos uma resposta efetiva e eficiente. Para isso, definimos as responsabilidades de cada secretaria de Estado. Hoje, estamos prontos para agir com mais agilidade e qualidade”, disse ele. S I S T E M Á T I C A

OPERACIONAL – Barros lembrou que a Defesa Civil agiu com rapidez no Litoral durante as chuvas do ano passado, mas disse que o poderia trabalho poderia ter sido ainda mais ágil caso houvesse um mapeamento da região. Ao apresentar o trabalho nesta quinta-feira (12/ 07) para integrantes do governo, ele disse que objetivo do documento é integrar e articular os órgãos estaduais de governo para atender possíveis desastres naturais. Os procedimentos operacionais para o plano foram divididos em três processos: monitoramento, ativação de um grupo de avaliação emergencial de áreas de risco e acionamento dos demais órgãos estaduais para desencadear ações relacionadas com a especificidade de cada instituição. Na prática, o trabalho começa com o Simepar, que emitirá um alerta para a Defesa Civil sempre que houver previsão de chuva forte na região. A Defesa Civil então comunicará as prefeituras e secretarias de Estado e convocará os integrantes do grupo de avaliação emergencial de risco para uma reunião. Esse grupo será formado por técnicos do Simepar, Águas Paraná, Mineropar e Defesa Civil e terá a missão de avaliar a necessidade de desocupar as residências em áreas de risco, além de coordenar a parte logística da operação. O plano prevê que o grupo terá duas horas para mobilizar os recursos humanos e materiais disponíveis, que

deverão estar na região afetada em até quatro horas. “A proposta é um atendimento rápido, para evitar problemas mais sérios”, disse Barros. O Simepar prevê ampliar as redes de monitoramento do Litoral. Serão mais 15 estações meteorológicas, além das 14 hoje existentes na região. ATIVIDADES E RECURSOS – O governo estadual definiu 28 atividades primárias para o atendimento da infraestrutura viária e da população litorânea em situações de emergência. São serviços como o abastecimento emergencial de água potável, apoio policial nas áreas atingidas e evacuadas, manejo de mortos, proteção de animais,

estabelecimento de fontes de comunicação, apoio psicológico aos afetados, entre outros. O documento tem um cadastro dos órgãos que ficarão encarregados de cada atividade, contendo telefone e nome do funcionário responsável. Foi elaborado ainda um outro cadastro com os recursos humanos e materiais colocados à disposição para atender a região, como barcos, veículos utilitários, tratores e caminhões, além de psicólogos, engenheiros e assistentes sociais. “São recursos colocados à disposição pelas secretarias para um possível acionamento no caso de alguma ação no Litoral. Esse suporte garante a qualidade e a agilidade do atendimento”, disse Barros. O governo também cadastrou os

abrigos com melhor infraestrutura para eventualmente atender as vítimas das enchentes. Romero da Silva Filho, chefe do setor operacional da Defesa Civil e um dos coordenadores do plano, explicou que, caso ocorra um desastre natural, esse cadastro irá informar quem tem condições de ajudar com o envio de veículos, donativos, água potável, caminhões, macas, entre outros equipamentos. “Temos tudo detalhado. O plano irá articular todos para um atendimento mais ágil”, afirma. ÁREAS DE RISCO – Para confeccionar o documento, a Defesa Civil e a Mineropar realizaram um levantamento baseado em geoprocessamento das áreas que apresentam risco de

deslizamentos e enchentes. Foram identificados 116 pontos vulneráveis e 47 mil pessoas residindo em áreas de risco na região litorânea. O mapeamento foi elaborado com fichas analisando três situações: os deslizamentos de encostas, os alagamentos provocados pela dificuldade de escoar a água e as inundações causadas pela elevação do nível de rios. Com o documento é possível apontar as áreas que precisam ser desocupadas caso ocorra algum desastre natural. A maioria dos pontos suscetíveis a desastres está no município de Paranaguá, que tem 43 áreas de risco. Em seguida vêm os municípios de Guaratuba (25), Guaraqueçaba (17), Matinhos (10), Antonina (13), Morretes (5) e Pontal do Paraná (3). “Fizemos uma ficha com as informações de cada área, com tamanho, nível de risco e população residente. Esse trabalho vai auxiliar nas próximas ações”, explicou Romero. REGIÃO – O Litoral paranaense é composto por sete municípios, com uma área de aproximadamente 6.057 quilômetros quadrados e uma população de 265.392 habitantes. A densidade demográfica é de 597 habitantes por quilômetro quadrado. Umas das principais características da região é a vegetação predominante de Mata Atlântica e uma cadeia montanhosa denominada de Serra do Mar, com altitude média de 500 a 1000 metros.

Internet vira território para mitos e boatos durante campanha eleitoral

Publicação de: Bazzper Editora Ltda Fone: (0**41) 3453-1795 Diretor Geral: Luiz Carlos Tetor Pereira Diretora Comercial: Mônica Morais Designer: Julio Ferreira de Almeida

Circulação: Matinhos - Pontal do Paraná -Guaratuba

E-mail/MSN: correioatlantico@hotmail.com Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, necessariamente, a opinião deste informativo. Não aceitamos, para publicação, material manuscrito. Somente serão publicadas as matérias, de terceiros, que chegarem à redação até às 12:00 horas de quinta-feira.

Falsas informações divulgadas na rede podem confundir eleitor, que deve procurar sites independentes antes de formar opinião A cada nova eleição, a internet vem se firmando como um dos mais importantes instrumentos de campanha, seja para os candidatos ampliarem o alcance de seus discursos, seja para os eleitores se informarem a respeito das propostas dos concorrentes. Mas ao mesmo tempo que traz vantagens para o processo democrático, a rede também tem suas armadilhas, que podem trair os internautas menos informados. Com o início do período eleitoral, está aberta a temporada de propagação de boatos, notícias falsas e mitos que servem apenas para confundir o eleitor. Separar o verdadeiro do falso é necessário para que o votante não seja levado a fazer uma escolha equivocada. Exemplos do mau uso eleitoral da internet não faltam. Há alguns mitos que se propagaram através de emails e redes sociais, como o de que se houver 50% de votos nulos a eleição é anulada, ou então o de que o voto em branco vai para o candidato que estiver na frente. Ainda há as falsas notícias que apontam números de pesquisas fictícias, votações inexistentes, leis imaginárias ou acusações contra

candidatos. O professor da Univer--sida--de Federal do Paraná (UFPR) e pesquisador na área de internet e política Sérgio Soares Braga dá uma dica importante para o eleitor não se deixar enganar pela boataria virtual: comportar-se como um consumidor. “Ele deve tomar as mesmas precauções que adota ao fazer uma compra pela internet: verificar a confiabilidade da informação que está consumindo”, resume. Para isso, são recomendados procedimentos como consultar diferentes sites, conversar com

amigos e buscar a origem da informação. Braga lembra que a disseminação de falsas informações é mais comum durante a reta final de campanha, o que não significa que os boatos não apareçam neste início. “Com a velocidade de disseminação da internet, pessoas mal-intencionadas se aproveitam daqueles que não têm uma formação adequada e que repassam notícias sem questionar se elas são mesmo verdadeiras.” Para Luiz Domingos Costa, doutor em ciência política e professor da Uninter, é preciso

desconfiar também das notícias divulgadas por meio dos perfis dos candidatos nas redes sociais. “Essas mídias ainda são muito mal usadas para informação. Geralmente essa propaganda negativa vem do próprio candidato, que a usa para se promover ou destacar algum ponto negativo de seus opositores”, ressalta. Ele também recomenda que os eleitores consultem sites de organizações e movimentos sociais independentes, evitando acompanhar apenas blogs que possam ter um direcionamento políticopartidário.


Deus é Fiel e Justo!

Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Matinhos

3

terça, 31 de julho de 2012

História de sucesso que começou em Matinhos A história desses comerciantes começou em 1998, com a abertura da primeira loja de Laurita da Silva, 57 anos, em Matinhos, no litoral do Paraná. Com uma confecção de fundo de quintal e vendo a necessidade dos turistas por produtos variados a cada temporada, ela abriu uma loja “com um pouco de tudo”, de grampo de cabelo a artigos para mesa e banho. “A ideia é que o cliente possa sair dali com tudo o que precisa, sem ter de ir a mais de um lugar e perder o tempo precioso das férias”. De lá para cá, o negócio cresceu com a ajuda dos três filhos – Paulo, Alexandre e Gabriel –, que, como diz Laurita, “tomaram gosto” pela atividade. Cada um abriu uma ou mais lojas, batizadas também como “Laurita Center” em outros municípios do litoral paranaense. Em 2009 eram oito lojas nesse esquema. Há dois anos, uma pequena confusão de registro com uma loja de Campo Largo fez o nome mudar para Lauri’s Center. Hoje são 13 lojas, não só no litoral, mas em cidades como Londrina, no interior do estado, e Itapoá, no litoral de Santa Catarina, com o slogan “Uma loja do Grupo Laurita da Silva” na fachada. Para quem

frequenta o litoral, a tática funciona, já que o nome de Laurita é sinônimo de tudo o que se precisa para uma casa de praia.Família “Com o passar do tempo, o casamento dos meus filhos, decidimos deixar tudo separado no papel. Cada loja tem o seu departamento financeiro, mas usamos o mesmo nome fantasia”, explica Laurita. Segundo o filho Gabriel Fernando de Holanda Guerra, as novas lojas nascem da chegada de novos sócios, mas sempre tendo um membro da família como parte do negócio. “Embora o faturamento das empresas seja separado, usamos da união para crescer, fazendo um cadastro de ‘grupo’, por exemplo, nos fornecedores, o que nos garante preços mais baixos”, explica ele.Além dos filhos, Laurita também vem expandindo as lojas que estão sob sua responsabilidade. Ela é dona da unidade de

Matinhos medalha de ouro no basquete Feminino.

Na tarde de domingo, a equipe feminina de Basquete de Matinhos composto pelas atletas Giovava, Joice, Rafa, Débora, Isabela e Isinha, conquistaram a medalha de ouro. Foram duas vitórias sobre a equipe de Araucária. No sábado, Matinhos venceu por 54 x 14. No domingo, a equipe do litoral voltou a vencer pelo placar de 33 a 12, garantindo a medalha de ouro e a classificação para a fase final em São José dos Pinhais.

15 Anos vendendo qualidade

Anuncie aqui 98610424

O técnico da equipe feminina de Basquete de Matinhos Leandro Tavares (Leandrão) Destacou e agradeceu o apoio da Prefeitura de Matinhos, e disse: “Foi fruto de muito treino, muito trabalho, muita determinação, e esta vitória veio recompensar o suor derramado, parabéns a toda equipe que não mediram esforços para alcançar nosso objetivo”. Douglas Gerasom – A Voz de Matinhos.

Itapoá e agora também está construindo um segundo ponto comercial, maior, de 1,1 mil metros quadrados, em Matinhos. À medida que o espaço cresce, o mix de produtos de cada loja da família acompanha. Boa parte dos negócios surge de oportunidades, como um local que fica vago em um ponto movimentado ou alguém que os procura para montar mais uma unidade com o nome de Laurita. Mas a família também contou com ajuda profissional. “Mesmo no tempo

da confecção, fiz vários cursos do Sebrae. Eles me ajudaram a tocar a empresa, formar preços, enfim.” Experiências nas lojas também rendem boas ideias. A esposa de Gabriel, Elaine Vieira do Nascimento Guerra, por exemplo, criou um nicho de acessórios femininos em uma das duas lojas de Paranaguá. “O negócio deu certo e agora estamos pensando em ter em todas as lojas um local dela para vender os acessórios”, conta Gabriel.


4

Pontal do Paraná

Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Deus é Fiel e Justo!

terça, 31 de julho de 2012

Rede pública de saúde oferece teste rápido para detecção de hepatites virais Os 35 centros de testagem e acompanhamento (CTA) da Secretaria da Saúde já têm disponível o teste rápido para hepatites virais, que detecta o vírus em 20 minutos e com apenas algumas gotas de sangue. O novo serviço foi anunciado pelo secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, na quinta-feira (26), Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais B e C. Embora os centros estejam distribuídos por todo o Paraná, a intenção da secretaria é oferecer o teste também em unidades básicas de saúde, depois de capacitar as equipes da atenção básica dos municípios. O teste rápido é uma das estratégias da Secretaria da Saúde para fortalecer o enfrentamento da hepatite no Paraná. “Ele facilita o diagnóstico precoce da doença, que muitas vezes não manifesta sintomas e só é identificada quando o paciente já está com quadro clínico grave”, explicou Caputo Neto. Caso o resultado seja positivo, a pessoa é encaminhada a um serviço de saúde para realizar exames complementares e iniciar o tratamento, se necessário. O tratamento da hepatite está disponível na rede pública de saúde e deve ser iniciado o mais rapidamente possível para aumentar as chances de cura em determinados tipos e diminuir os riscos de agravamento. Além do custeio dos serviços ambulatoriais, exames e medicamentos distribuídos, o governo estadual praticamente zerou a fila de espera por biópsias no Paraná. “Temos consciência de que podemos enfrentar uma epidemia silenciosa de hepatite. Por isso estamos

construindo uma rede de atenção ao portador crônico de hepatites virais, que vai oferecer tratamento qualificado mais perto da casa do paciente”, afirmou o secretário. Quando a doença já está em estágio avançado, a única alternativa é o transplante de fígado. Somente no primeiro semestre, foram realizados 45 transplantes de fígado no Estado, 44% mais do que no mesmo período de 2011. VACINAÇÃO – Segundo Marcelo Freitas, representante do Ministério da Saúde, a estratégia do Paraná está em consonância com o recomendado pelo governo federal. “A vacina contra a hepatite B é oferecida em três doses durante todo o ano nas unidades básicas de saúde. Contudo, a cobertura vacinal ainda não está satisfatória, principalmente em relação aos adultos jovens”, disse. No Paraná, mais de 4,5 milhões de pessoas já foram vacinadas, o que corresponde a 91% do público alvo. A Secretaria alerta que é preciso tomar a terceira dose para que imunização seja assegurada. Desde o ano passado, foi ampliada para 29 anos a faixa etária das pessoas que têm direito a receber a vacina. O Paraná foi o primeiro Estado a adotar esta medida e já aplica a vacina para o novo grupo desde 2010. Dados do Programa Estadual de Controle das Hepatites Virais mostram que desde início da vacinação das crianças, a incidência da doença nessa faixa etária caiu gradativamente. “Mesmo com a vacina, os profissionais de saúde devem se manter vigilantes para identificar casos suspeitos de hepatite já na atenção básica”, alertou o

Fazendo a Diferença

coordenador do programa estadual de Controle das Hepatites Virais, Renato Lopes. DOENÇA – A hepatite A pode ser adquirida pela água ou alimentos contaminados, mãos mal-lavadas ou sujas de fezes e por objetos contaminados. Os sintomas da hepatite A são icterícia, fezes esbranquiçadas, urina escura, enjoo, vômitos, perda de apetite, mal-estar, fraqueza, febre e dor abdominal. A transmissão da hepatite B ocorre pela relação sexual sem o uso de preservativos, pelo sangue contaminado e também de mãe para o filho no momento do parto (transmissão vertical). Este tipo de hepatite é uma das maiores causas de câncer de fígado. Para a hepatite B existe vacina no Sistema Único de Saúde. A vacinação está disponível para todas as

crianças desde o nascimento, adolescentes e adultos até 29 anos. Para a hepatite C, ainda não existe vacina. Segundo a Organização Mundial de Saúde, a doença cresce cinco vezes mais que a aids. A principal forma de transmissão da hepatite C ocorre pelo compartilhamento de seringas e outros materiais com sangue contaminado, como alicates de unha, agulhas de tatuagem, lâminas de barbear, escovas de dente, materiais para colocação de piercing. CASOS – No Paraná, desde 2007, 15.297 pessoas já foram diagnosticadas com a doença. Foram 2.949 casos de hepatite A, 7.842 de hepatite B e 4.506 do vírus C. A região sudoeste se destaca pelo grande número de casos de hepatite B. Ainda não há explicação técnica sobre a alta incidência nesta

região. A Secretaria da Saúde vai promover um estudo em conjunto com sociedades médicas para avaliar a situação. Já em relação à hepatite C, o número de casos é maior em grandes centros, como Curitiba e região, Litoral, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu, possivelmente devido à maior utilização de drogas nestes centros. Um grupo bastante afetado pela infecção pelo vírus da hepatite C é o de pessoas que receberam transfusão sanguínea em anos anteriores a 1994. Nesta época ainda não havia diagnóstico para este vírus da doença e muitos podem ter a doença e não saber. Leia no arquivo anexo onde estão localizados os CTAs que dispõem do teste rápido BOX – Grupos prioritários da vacinação contra a Hepatite B: · Pessoas de até 29 anos de idade; · Vítimas de abuso sexual; · Vítimas de acidentes com material biológico positivo ou fortemente suspeito de infecção por vírus da Hepatite B; · Convívio domiciliar contínuos com pessoas portadoras de vírus da Hepatite B; · Profissionais do sexo e portadores de DST, HIV/ AIDS;

· Lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT); · Usuários de drogas injetáveis/inaláveis e pipadas; · Carcereiros, presidiários e reclusos; · Coletores de lixo hospitalar e domiciliar; · Caminhoneiros; · Bombeiros, policiais e forças armadas; · Manicure e podólogo; · Profissionais da saúde; · Populações indígenas; · Populações de assentamentos e acampamentos; · Doadores de sangue, órgãos e medula óssea; · Transplantados de órgãos sólidos ou de medula óssea; · Potenciais receptores de múltiplas transfusões ou politransfundidos; · Hepatopatias crônicas e portadores de Hepatite C; · Nefropatias crônicas, dialisados e síndrome nefrótica; · Asplenia anatômica ou funcional e doenças relacionadas; ·

Fibrose

cística

(mucoviscidose); · Doença de depósito e doenças

do

sangue

(hemofílicos, talassêmicos, anemia falciforme); · Imunodeprimidos; · Gestantes após o primeiro trimestre de gestação.

P R O M O Ç Ã O Temos material para pesca em promoção

3458-1399 Visite nosso Site: www.verdemar.com.br


Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Geral

Deus é Fiel e Justo!

terça, 31 de julho de 2012

5

John Lineker ganha nova chance no UFC e deve encarar Urushitani em Las Vegas pela organização. Na ocasião, Benavidez se classificou para a final do torneio dos moscas, que apontará o primeiro campeão da categoria recémcriada. O adversário do norteamericano será Demetrious Johnson, na edição 152, em Toronto, em setembro. O duelo principal do UFC 151 será entre o campeão dos meio-pesados, Jon Jones, e o veterano Dan Henderson, valendo o cinturão da categoria. O evento terá a presença do brasileiro Thiago Tavares. O catarinense vai encarar o norte-americano Dennis Hallman. Os

Colunista

Carlos Hugo Reyes Turismo e meio ambiente PEDALANDO NO LITORAL DO PARANÁ

Um dia bonito no litoral do Paraná, como não e raro de acontecer, você acordou sedo, e por um canto da janela penetram alguns raios dourados que, aproveitando um descuido da cortina se infiltraram acusando um hermoso dia de sol. Levanta-se disposto a fazer uma pedalada em família, mas aonde ir?. Como eu já conheço toda a região me permito dar uma dica para aqueles que gostam de pegar uma estrada de chão e pedalar em contato com a natureza. Em todo o que fazemos há uma dose de risco seja no trabalho, brincando, dançando, praticando esporte o mesmo quando estamos em casa fazendo alguma coisa; por tanto use capacete, roupas coloridas e confortáveis, se pretende não gastar dinheiro leve água ,suco e alguns sanduiches e frutas. As bicicletas devem estar em ordem, para não ter surpresas no caminho. Muitas pessoas não tem noção do que é um passeio longo de bike, por tanto não exponha seus filhos se não está acostumados,sempre há bastante energia gasta e adversidades como ventos chuvas e calor exesivo; é conveniente levar chave de roda, cola, remendo e bomba; e se possível uma cámara nova de reserva. A dica é : Vai conhecer o Sambaqui, para quem não sabe são amontoados de conchas e restos esqueléticos, formadas por tribos indígenas, na beira de lagos ou rios litorâneos. Bem, estando em Praia De Leste pega a rodovia em sentido Paranaguá, quando chegou no rio Guaraniaçu, antes de atravessar a ponte tem uma estradinha de chão a esquerda; de Praia De Leste ate aqui da uma distancia de aproximadamente nove quilômetros, esta rodovia tem acostamento, por tanto não tem problemas. Bem ali tem um trapiche, e uma lanchonete onde você pode fazer uma boquinha. Agora e somente pegar a estradinha de chão e seguir em frente; vocês vão adorar,depois de fazer uns quatro ou cinco quilômetros começa aumentar a vegetação formando uma trilha fechada onde teriam oportunidade de ver pássaros como tucanos, arapongas e outros. Poderão visitar também uma pequena reserva indígena ; lembre-se que tem que retornar não podem ficar muito tempo ,para que não os surprenda a noite. Lembre-se que você é o líder do grupo, precisa sempre controlar a situação, saivá dar as ordens pedindo por favor, nunca discuta, motive a todos, elogie agradecendo a cada ação realizada. Estas viagens são importantes para manter um bom relacionamento com a família, melhorar a capacidade de tomar desiçoes e se adaptar a situações imprevistas. Bom pedal. Carlito

Paranaense, tem duelo acertado para a edição 151 Em primeira mão o atleta e empresário de matinhos Paulo Cesar Juninho, nos trouxe um boa noticia, Seu parceiro de treino de MMA o atleta John Lineker estará se apresentando novamente no maior evento de artes marciais mistas do mundo. Depois da estreia com derrota, o paranaense John Lineker terá a chance de se reabilitar no UFC. O brasileiro, cujo segundo nome homenageia o ex-atacante da Seleção Inglesa, Lineker, deverá retornar ao octógono diante do japonês Yasuhiro Urushitani, na edição 151, marcada para o dia 1º de setembro, no Mandalay Bay Events Center, em Las Vegas. O duelo, válido pela categoria peso-mosca, ainda será oficializado pela organização. John Lineker estreou no UFC on Fox 3, em maio passado, em nova Jersey, mas viveu dias problemáticos nos Estados Unidos. Ele viajou sem apoio, dinheiro e até equipamentos para treinar. E ainda não passou na pesagem oficial – foi multado em US$ 1,2 mil por ter ultrapassado o limite da categoria mosca. O

paranaense acabou sendo acolhido pela equipe Brazilian Top Team, de Murilo Bustamante, que orienta o mineiro Rousimar Toquinho, outro que participou do evento em Nova Jersey. John Lineker superou as dificuldades e foi ao octógono enfrentar Louis Gaudinot. O brasileiro fez um duelo equilibrado no primeiro round, com trocação franca. No segundo assalto o brasileiro cansou, foi envolvido pelo adversário e acabou finalizado com uma guilhotina. Apesar do revés na estreia, Lineker deixou boa impressão. Tanto que recebeu bônus extra de US$ 65 mil, ao lado de Gaudinot, como ‘Luta da Noite’. De origem humilde, ele ganhou cerca de US$ 6 mil como bolsa para participar do UFC on Fox 3. O lutador estava na expectativa de ter mais oportunidades no UFC, e poderá se recuperar diante de Yasuhiro Urushitani. O adversário do ‘Mão-dePedra’, como é conhecido o brasileiro, também vem de derrota. Urushitani perdeu para John Benavidez no UFC on FX, em março passado, em Sydney, na primeira luta

organizadores deverão anunciar o card completo nos próximos dias. Confira o card atualizado do UFC 151 Jon Jones x Dan Henderson (disputa do cinturão dos meiopesados) Danny Castillo x Michael Johnson John Lineker x Yasuhiro Urushitani Takeya Mizugaki x Jeff Hougland Dennis Hallman x Thiago Tavares Dennis Siver x Eddie Yagin

Na Foto, Jonh Lineker/ Rony Jason / Paulo Cesar Juninho

3458-6458

Novas Idéias

Trabalho com dedicação e competência

Nenhum caso novo de gripe A nesta última semana no Litoral Informe divulgado nesta segunda-feira (30) pela Secretaria Estadual da Saúde mostra que não houve nenhum caso novo de gripe A (H1N1) nos sete municípios do litoral paranaense na última semana. A região continua com 23 casos confirmados. Em todo o Paraná foram registrados 87 novos casos. O boletim também confirma mais oito mortes decorrentes da doença – das quais três ocorreram na última semana e cinco são anteriores, mas tiveram a associação com a gripe A confirmada agora, por exames complementares. De acordo com levantamento feito pela Secretaria da Saúde, 70% das mortes por influenza A (H1N1) ocorridas em 2012 foram de pacientes que tinham doenças pré-existentes, como cardiopatia crônica, doença

mental, pneumopatia e diversos tipos de cânceres. Desde o início do ano, foram confirmados no Paraná 986 casos e 33 mortes por influenza A (H1N1). O boletim desta semana confirma uma tendência de queda no registro de novos casos da doença. O período com maior número de novos casos de gripe A foi a semana de 24 a 30 de junho, quando ocorreram 328 confirmações. “Mesmo havendo um declínio no registro de casos novos de gripe A, é preciso reforçar as estratégias adotadas: prevenção, oferta do medicamento oseltamivir e vacina dos grupos prioritários, para evitar principalmente as mortes pela doença”, afirma Paz. VACINA – No sábado (28) o Paraná recebeu mais 240 mil doses da vacina, que já estão

sendo enviadas para os municípios. As 160 mil restantes, das 400 mil anunciadas pelo governo federal, deverão chegar ao Estado ainda nesta semana. A vacina é a mesma oferecida

durante a campanha de vacinação de maio e protege contra os três vírus influenza que mais circulam no país: Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B.


6

Saúde

Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Deus é Fiel e Justo!

terça, 31 de julho de 2012

A estação ideal para cuidar da pele O recado dos dermatologistas é claro: pintas, manchas e verrugas nem sempre podem ser vistas como algo normal. Mesmo quando são de nascença ou não causam dor, é preciso consultar um especialista e, se necessário, retirá-las para evitar problemas futuros. E o inverno é uma boa época para recorrer ao bisturi – ou ao laser e à cauterização. Isso porque nesse período do ano a exposição à radiação solar costuma ser menor – por consequência, o local da cirurgia corre menos chance de ser exposto ao sol e desenvolver alguma inflamação, por exemplo. Entenda como identificar cada uma delas:PintasA diferença entre manchas e pintas diz respeito, principalmente, à cor e à textura. As pintas são mais escuras (marrom “vivo”) e com relevo, ou seja, é possível sentir, na pele, que há uma textura diferente ali. Outra distinção importante: manchas não evoluem, ou seja, não mudam de formato, e raramente evoluem para lesões cancerosas, como o melanoma, que responde por apenas 5% dos cânceres de pele, mas que, por outro lado, é o que mais mata. De todos os casos de melanoma, 20%

se formam sobre as pintas – os outros 80% aparecem em outros locais. A maioria das pintas, no entanto, não apresenta perigo, e, nesse caso, não é necessário retirálas, a não ser por uma questão estética. “Algumas já nascem conosco, mas a maioria surge durante a adolescência. Mais tarde, por volta dos 30 anos, temos de 20 a 30 pintas espalhadas pelo corpo”, explica a dermatologista do Hospital de Clínicas da UFPR e do Vita Batel, Fabiane Mulinari Brenner. Verrugas Ocorrem sempre pela ação de um vírus, brotam e elevamse na pele. Possuem saliência e têm superfície irregular. Não têm a capacidade de se transformarem em tumor, contudo, por serem de origem viral, podem ser contagiosas e contaminar tanto outras partes do corpo quanto outras pessoas. É sempre recomendado retirá-las, e o procedimento é feito com produtos químicos (ácido), eletro-cautério (por meio de cauterização, que queima a verruga) ou crioterapia – o local é congelado com nitrogênio, numa temperatura de -180ºC a -200ºC. Após 15 dias, a verruga necrosa e cai.

Manchas Também chamadas de sardas, são lesões em placa, que adquirem forma contínua e possuem tamanho maior em relação às pintas; também não estão circunscritas a um só local. De acordo com o dermatologista da Clínica e Spa Toujours Belle Andranik Der-Bedrossian, as manchas geralmente aparecem em locais mais expostos à

radiação solar, como dorso da mão, rosto, ombros e colo. Pessoas de pele branca são mais suscetíveis a desenvolver manchas, mas isso não significa que as de pele morena ou negra não desenvolvam o problema ou não precisem se preocupar quando elas aparecem. O tratamento é por meio de procedimento a laser unido a despigmentantes ou ácidos.

Anvisa recua e permite venda de remédios em gôndolas Depois de questionamentos por leis estaduais e ações na Justiça, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu voltar atrás em decisão de 2009 e liberou a oferta de medicamentos vendidos sem receita médica nas gôndolas. Ou seja, eles voltam a ser vendidos fora do balcão da farmácia. A decisão foi tomada na noite de quarta-feira e seria publicada ontem no “Diário Oficial da União”, segundo Dirceu Barbano, diretor-presidente da

agência. “Os remédios voltam para as gôndolas, com um cuidado adicional: não devem ficar junto de outros produtos”, explicou Barbano. Baseada em registros de efeitos adversos por uso indevido, a Anvisa estabeleceu, em 2009, que medicamentos como analgésicos e antitérmicos ficariam atrás do balcão, fora do alcance direto do comprador – o que, até então, só era obrigatório para remédios que exigiam receita.

Em gôndolas, só poderiam ser oferecidos produtos como fitoterápicos e pomadas. Desde então, no entanto, essa decisão polêmica foi contestada por mais de 70 processos judiciais e 11 leis estaduais, diz Barbano. Em São Paulo, por exemplo, a venda dos medicamentos isentos de prescrição foi liberada nas gôndolas em março, após decisão da Assembleia Legislativa. A possibilidade de o consumidor comparar preços

e fugir da pressão do vendedor foi um dos argumentos usados a favor da liberação. Leis estaduais e decisões judiciais em alguns locais criaram assimetria no país e deixaram a venda dessa categoria de remédios sem critérios adequados, diz o diretor da Anvisa. Assim, continua ele, a diretoria da agência consolidou “a percepção de que a medida não atingiu seu objetivo sanitário”.

Conferência tem estudos promissores sobre cura da Aids Três estudos apresentados na quinta-feira (26), na XIX Conferência Internacional sobre a Aids, em Washington, apontam os caminhos para uma futura cura da pandemia, que afeta 34 milhões de pessoas em todo o planeta. Um estudo realizado com 12 pacientes na França, que iniciaram o tratamento com antiretrovirais 10 semanas após a infecção com o HIV e depois abandonaram a medicação, revelou que a Aids não se manifestou, mesmo após seis anos. Este grupo não eliminou por

completo o HIV, mas manteve um nível extremamente baixo do vírus em suas células e não desenvolveu a Aids. "Estes resultados sugerem que o tratamento antiretroviral deve começar o mais cedo possível após a infecção", disse Charline Bacchus, principal responsável pelo estudo da ANRS, a agência nacional de pesquisa da Aids na França. "Mesmo seis anos após a interrupção do tratamento, os pacientes que receberam antiretrovirais logo após a infecção tiveram a capacidade de controlar o HIV".

Alimentação e acne Considere-se privilegiado se você passou pela adolescência e não sofreu deste mal. Nesta faixa etária, 35% a 90% das pessoas costumam ter acne. As incômodas espinhas tem predominância maior na população do ocidente, onde entre 79% a 95% dos adolescentes desenvolvem a doença, que é mais comum entre os meninos. Por muito tempo, os dermatologistas acreditavam que associar a alimentação ao aparecimento dessas lesões na pele era um erro. Porém, hoje a maioria dos estudos apontam o contrário. Ou seja, o que você come pode sim influenciar na manifestação ou não do problema. Dos fatores relacionados à nutrição, o maior vilão é o consumo de alimentos com alto índice glicêmico, grande concentração de carboidratos: açúcares, massas, pães, bolos,

doces e etc. A nutricionista Raquel Maranhão, da clínica BeSlim, explica que a ingestão desses itens leva a uma maior liberação de insulina no corpo, um quadro conhecido por hiperinsulinemia. A hiperinsulinemia, por meio do

aumento dos níveis de andrógenos, estimula a produção sebácea, que tem papel fundamental no desenvolvimento da acne. A acne é uma dermatose que afeta principalmente os lugares onde as glândulas

sebáceas são maiores e mais numerosas. “Os locais onde as espinhas e cravos aparecem com maior frequência são a face e o colo. Para o tratamento, basta uma higiene adequada com sabonetes adstringentes e o uso de medicamentos que diminuam a produção de sebo. Os remédios podem ser tanto de uso tópico como oral”, ressalta a dermatologista Alicia Natário, do Instituto de Depilação Pello Menos. Como vimos, a preocupação com a dieta não é apenas para quem está atendo ao corpo, afinal, uma má alimentação pode influenciar no seu rosto também! Deve-se evitar a ingestão de alimentos processados, com altos níveis calóricos, açucares e óleos refinados, e privilegiar os frescos: frutas, vegetais, carnes magras grelhadas e frutos do mar.

Os pesquisadores continuam estudando as características imunológicas deste grupo em busca de pistas sobre a causa de não necessitarem de medicação permanente, como ocorre com a grande maioria dos pacientes com HIV. Um segundo estudo divulgado em Washington envolve dois homens com HIV que não apresentaram sinais do vírus após oito e 17 meses depois de receber transplantes de células-tronco devido a uma leucemia. Os dois casos são diferentes do famoso "paciente de Berlim", o americano Timothy Brown, que se considera curado do HIV e da leucemia após receber um transplantes de médula óssea de um raro doador que possuía resistência natural ao HIV (sem receptor CCR5, que age como porta de entrada do vírus nas células). Os dois homens receberam transplantes de medula de doadores com receptor CCR5, mas segundo os pesquisadores, a manutenção do tratamento com antiretrovirais durante o processo impediu que as células doadas fossem infectadas e permitiu que

proporcionassem aos pacientes novas defesas imunitárias. O estudo, apresentado na 19ª Conferência Internacional da Aids por Daniel Kuritzkes, professor de medicina do Hospital Brigham and Women, em Massachusetts, traz a possibilidade de que os dois homens estejam livres do HIV. Um terceiro estudo, sobre como um medicamento contra o câncer ajudou a eliminar o HIV de células de pacientes infectados, foi apresentado por David Margolis, da Universidade da Carolina do Norte. Os pesquisadores empregaram o medicamento de quimioterapia vorinostat para reviver e desmascarar o HIV latente em células CD4+ T de oito pacientes que também recebiam antiretrovirais para impedir a multiplicação do vírus. Margolis, cujo estudo foi publicado na quarta-feira na revista britânica Nature, disse que a comunidade científica vê com entusiasmo a possibilidade de encontrar a cura da Aids, mesmo que isto exija vários anos. "Não posso dizer quanto tempo vai levar, mas há um caminho claro e podemos avançar".


Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Comercial

Deus é Fiel e Justo!

terça, 31 de julho de 2012

7

Anuncie Aqui pelo fone 9861-0424 Começa vistoria das estradas da Ecovia no Litoral

ECLER IMÓVEIS LTDA CRECI 3275-J

Av. Paranaguá, 7103,

Balneário Perequê, Matinhos, Pr TELEFONE: (41) 3452.6725/ 3452.6092 www.eclerimoveis.com.br

Representantes do Governo do Estado, de concessionárias de rodovias e dos usuários começam nesta sexta-feira (27) a fiscalizar os serviços e o tráfego na BR-277 e outras estradas do litoral sob responsabilidade da Ecovia. A comissão tripartite é composta por 15 membros que vão acompanhar os trabalhos de conservação e recuperação da malha viária e verificar o desempenho dos compromissos contratuais. A Secretaria de Infraestrutura e Logística afirma que sempre procurou restabelecer o diálogo com as empresas para que elas retomem os investimentos nas rodovias. O retorno das funções da comissão tripartite, que estava interrompido há dez anos, é mais um passo no sentido de estreitar o diálogo e continuar avançando na melhoria do serviço de pedágio no Estado, informa o governo. VISTORIA – O grupo sairá da sede do DER, em Curitiba, e começa pela manhã a vistoria na BR-277 (Centro Politécnico), indo depois fazer uma inspeção na praça de pedágio de São José dos Pinhais. Na sequência será fiscalizado o Viaduto dos Padres (BR-277) e os trechos sob a responsabilidade da Ecovia nas PRs 804/408 e 411. Na parte da tarde, serão vistoriados a PR-408, novos trechos da BR-277, a PR-508 e a PR-407 (Praia de Leste BR-277). No final da tarde, a Comissão Tripartite se reúne na sede da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), em Paranaguá. Os representantes do Governo na comissão são Maurício Eduardo Sá de Ferrante (Secretaria da Infraestrutura), Rosane

Gonçalves (Secretaria do Planejamento e Coordenação Geral), Ricardo José Magalhães Barros (Secretaria da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul), Paulo Fernando de Souza Andrade (Secretaria da Agricultura e do Abastecimento) e Sebastião Henrique de Medeiros (Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina).Por

parte das concessionárias, os integrantes são os seguintes: José Alberto Moraes Rego de Souza Moita (Rodonorte), Luciano Ricardo de Oliveira

Mendes (Viapar), Marco Beme (Econorte), Ruy Sérgio Giublin (Caminhos do Paraná) e Evandro Couto Vianna (Ecocataratas).

Bar e Lanchonete Caribean Fone : 9609-4772 Av. Beira Mar, 1637 - Riviera I

Venha conhecer nosso Consultório com o que à de mais moderno para seu tratamento.


8

Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Deus é Fiel e Justo!

terça, 31 de julho de 2012

Funcionária nota 10 É a Daniele e Jôse do Panificadora Pão D’oro Baln. Solymar- Matinhos sempre atendendo com muito carinho e atenção aos clientes.

Aniversariantes da Semana Neli completou idade nova dia 26/06.Na foto ao lado de seu marido Nene Comemorou seu aniversário junto com os familiares e amigos Parabéns

O Aniversariante Tone que completou idade nova dia 30/07. na foto ao lado junto de sua esposa Andreia, ela gravida do jovem Luiz Vicente. Parabéns

O aniversariante Cabral completou idade nova dia 23/07 . Parabéns de seus amigos e familiares.

Nicos que completou 6 aninhos dia 20/07. Comemorou seu aniversário junto com os familiares Parabéns e Felicidades.

O Aniversariante Rafael Pezzarico que completou idade nova dia 29/07. Na foto ao lado com sua namorada Dr. Vivian, Eles comemoraram o Aniversario com uma grande festa surbresa com seus amigos e Familiares em Itapoá

Joelma completou idade nova dia 31/07. Comemorou seu aniversário junto com os familiares Parabéns


Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Deus é Fiel e Justo!

terça, 31 de julho de 2012

Social

9

Resolução do Contran exige curso de direção defensiva para mototaxistas resolução 360 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que exige o curso de direção defensiva para motoboys e mototaxistas, além de especificar normas de segurança e regras como equipamentos obrigatórios para as motos, passa a valer no próximo sábado, dia 4 de agosto. O problema é que nem todas as cidades oferecem a capacitação exigida. Na cidade de Itapeva (SP), os trabalhadores que utilizam motocicletas estão com essa dificuldade. José Maria Motta é dono de um 'disk moto' na cidade. Ele conta que depende desse trabalho para sustentar a família. "Não só eu, mas os quase 400 mototaxistas que tem aqui". O mototaxista Alessandro Juiz da Costa, na função há 10

anos, diz que a dificuldade está em fazer o curso. As aulas são oferecidas nas unidades do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) e Alessandro conta que a unidade mais próxima fica em Campinas (SP), cerca de 280 km de distância. "Assim fica difícil. É um custo de R$ 450 do curso, além de gasto para ir até Campinas e cumprir a carga horária exigida. Isso pesa no orçamento", relata. Caso eles não façam o curso, serão obrigados a parar, explica o mototaxista. Em nota, o Contran informou que a resolução passa a valer no dia 4 de agosto e não há chance de ser adiada. Já a fiscalização ficará por conta da Polícia Militar. O Departamento de Trânsito de São Paulo (Detran) informou que as prefeituras

das cidades em que a profissão de mototaxista esteja regulamentada, podem solicitar que o curso exigido seja realizado no município. Quem não se preparar, será penalizado e o motoboy ou mototaxista poderá receber uma multa a partir de R$ 191,54, e ainda ter o veículo apreendido ou a CNH suspensa. O empresário do ramo alimentício, Lindomar Flora, diz que ficará prejudicado, já que depende dos motoboys para a entrega de comida em domicílio. A nova resolução do Contran exige que os para ser um motoboy ou mototaxista, além do curso de direção defensiva de 30 horas, é preciso seguir as seguintes determinações: - Ter 21 anos e ser habilitado na categoria 'A', há pelo menos dois anos;

- A moto deve ser registrada na categoria aluguel, com placa vermelha; - Também devem ser instalados protetor de pernas e aparador de linha;

- Os produtos não podem ser transportados em mochilas, apenas baús ou grelhas; - Água e gás só podem ser transportados com reboque; - O veículo deve passar por

uma inspeção semestral; - O motociclista deve usar capacete com viseira de cristal e adesivo refletivo, e colete sinalizador.

Esquema desviou dinheiro público, reafirma Serraglio Relator da CPI mista dos Correios, que investigou o mensalão, o deputado federal Osmar Serraglio (PMDB) foi perseguido por um pavor durante a investigação. “Tinha medo de dormir no meio de uma sessão com o país inteiro assistindo”, revela o parlamentar, que descobriu ser vítima de apneia do sono no decorrer dos trabalhos, entre 2005 e 2006. Hoje, ao contrário, o que o incomoda é o desfecho de um dos maiores escândalos da política brasileira no Supremo Tribunal Federal (STF).Nascido em Erechim (RS) e radicado em Umuarama, no Oeste do Paraná, Serraglio é um dos paranaenses mais ligados à apuração do mensalão, cujo julgamento no STF começa na quinta-feira. O relatório assinado por ele e aprovado em 2006 serviu como base para a denúncia elaborada em 2007 pelo então procuradorgeral da República, Antônio Fernando de Souza, e que desencadeou a ação penal 470 no Supremo. Ambos convergem numa tese fundamental para a possível condenação de parte dos 38 réus: o mensalão não foi um simples caixa 2 de campanha do PT, como sustenta a maioria dos advogados de defesa, mas um esquema alimentado com dinheiro público. A questão é crucial porque pode definir se os acusados são passíveis de punição pelos crimes de peculato (apropriação de dinheiro público) e de corrupção ativa e passiva. A tendência é que o núcleo central do esquema – formado pelo ex-ministro José Dirceu (Casa Civil), o exsecretário-geral do PT Sílvio Pereira e o ex-deputado federal José Genoino, segundo definição de Antônio Fernando – argumente que os recursos envolvidos no mensalão eram privados e foram captados apenas por iniciativa do extesoureiro do PT Delúbio Soares. Se a teoria for assimilada, o caso pode ser reduzido à ideia de que o mensalão englobava apenas recursos financeiros de campanha não contabilizados. “Não importa [se é caixa 2 ou não é]. O que importa é que

foi usado dinheiro público e que ele foi distribuído para comprar o apoio de parlamentares”, afirma Serraglio. O relatório do deputado e a denúncia de Antônio Fernando são concordantes ao apontar que a empresa Visanet, ligada

ao Banco do Brasil, seria a principal fonte do Valerioduto (suposta rede de distribuição de dinheiro aos mensaleiros, estruturada pelo publicitário Marcos Valério). Segundo eles, o esquema começava com contratos entre

as empresas de Valério e instituições ligadas ao governo (em especial, R$ 68 milhões originários da Visanet), o dinheiro era lavado em bancos privados, como o Rural e o BMG, até chegar aos parlamentares, que retribuíam

com apoio ao governo. A CPI rastreou R$ 55 milhões que passaram pelo Valerioduto. O deputado diz que o uso de dinheiro público no esquema é um ponto que precisa nortear as reflexões sobre o julgamento.

“Mais danoso que um homicídio é tolerarmos desvios que levam a mortes na saúde pública”, avalia. Para Serraglio, “dormir no ponto” pode ser a pior consequência do desfecho do mensalão.

Governo defende idade mínima para aposentados O governo quer implementar a idade mínima para a concessão da aposentadoria por tempo de contribuição para novos segurados – aqueles que ainda não ingressaram no mercado de trabalho. Embora não tenha apresentado nenhum projeto formal, a equipe econômica do governo defende para a aposentadoria de futuros trabalhadores as idades mínimas de 65 anos (homens) e 60 anos (mulheres). Atualmente, o trabalhador brasileiro pode se aposentar com qualquer idade, desde que tenha o tempo mínimo de contribuição – 30 anos para as mulheres e 35 anos para os homens. Nesse caso, é aplicado obrigatoriamente o fator previdenciário. Embora deseje estabelecer a idade mínima, o governo também pretende manter esse período de contribuição.A ideia da idade mínima é polêmica e encontra forte resistência nas centrais sindicais, o que pode atrapalhar a votação das alterações na aposentadoria. “Para nós, a idade mínima é absolutamente prejudicial para a maioria dos trabalhadores”, disse Artur Henrique da Silva Santos, dirigente e expresidente da CUT. “É uma irresponsabilidade com as gerações futuras.” A Força Sindical também diz ser contra. Para Julio Quaresma Filho, diretor administrativo do Sindicato dos Aposentados da Força (Sindinapi), a medida prejudica os mais pobres, que precisam trabalhar mais cedo. Dentro da equipe econômica do governo, fala-se ainda em idade mínima progressiva, que mudaria – para 61/66 anos, e assim por diante – de acordo com o aumento da expectativa de sobrevida da população. Essa progressão poderia ser aplicada para trabalhadores da

ativa, no fator 85/95. Ou seja, aumentar para 86/96, depois para 87/97 etc., até o fator 95/ 105 se a população envelhecer demais. Também há resistência a essa proposta.

O Planalto procura respaldo para a idade mínima no avanço da expectativa de vida da população. No começo do mês, a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) disse

ter lhe chamado “muito a atenção” o fato de a expectativa de vida da população ter aumentado mais de 20 anos desde 1960. “Hoje estamos em 73.” Também

preocupa o Planalto o déficit da Previdência, que saltou 38,1% em junho, para R$ 2,757 bilhões.


10

Geral

Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Deus é Fiel e Justo!

terça, 31 de julho de 2012

Justiça indefere candidatura de Ananias a prefeito de Guaratuba

A Justiça Eleitoral indeferiu, nesta terça-feira (31), as candidaturas de José Ananias (PMDB) e de Felipe Jamur (PTN) a prefeito e viceprefeito de Guaratuba. Se a decisão for mantida, para a prefeitura ficará restrita aos candidatos Evani Justus (PSDB) e Betinho Jamur (PPS). Evani e o candidato a viceprefeito de sua chapa, Vandir Esmaniotto (PT) já tiveram as candidaturas confirmadas pela justiça. Betinho e a vice Marilda Bach (PPL) não sofreram qualquer tipo de impugnação e deverão ter os registros deferidos. Ananias disse ao Correio do Litoral.com que iria recorrer da decisão nesta quarta-feira. “Escreva aí: eu continuo candidato”, afirmou. Na decisão, a juíza Giovanna de Sá Rechia, da 161ª Zona Eleitoral, declarou a “inelegibilidade de José Ananias dos Santos em razão da rejeição de contas por decisão irrecorrível do órgão competente, em decorrência de irregularidade insanável que configurou ato doloso de improbidade administrativa”. Contas rejeitadas Ex-prefeito de 1993 a 1996 e de 2001 a 2004, Ananias teve a prestação de contas do exercício de 2003 rejeitadas pela Câmara de Vereadores, em 2009. De acordo com a “Lei da Ficha Limpa”, ele

poderá ficar inelegível por oito anos a partir da rejeição, ou seja, até 2017. As contas foram rejeitadas em função de diversas irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE), entre elas o descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e a falta de aplicação de 60% dos recursos do Fundef na remuneração dos professores. Convenção anulada No mesmo julgamento, a juíza Giovanna de Sá Rechia confirma a anulação da convenção do PTN que indicou Felipe Jamur como vice de Ananias, conforme decisão da segunda-feira (30), e indeferiu o registro de sua candidatura. Com a anulação, o PTN volta a fazer parte da coligação de Evani Justus. Ananias Júnior deve ser substituto Os candidatos tem prazo de três dias para recorrer, mas os partidos que restaram na coligação de Ananias (PMDB, PSL,PHS, PMN e PRP) têm só dez dias para substituir seu nome e indicar um novo vice-prefeito. O partido do candidato que teve o registro indeferido, no caso o PMDB, tem preferência na indicação do substituto. O filho de Ananias, José Ananias dos Santos Júnior, é o mais cotado para substituir o pai.

Vereador e ex-chefe do IAP em Paranaguá são presos pela PF O vereador Eduardo de Oliveira “Edu” (PSDB) e o exchefe do escritório regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Matomi Yasuda foram presos na manhã desta sextafeira (27) pela Polícia Federal. A prisão do vereador foi noticiada pela manhã pela jornalista Luciane Chiarelli em seu blog (http:// lucianechiarelli.blogspot.com.br) e a prisão de Yasuda pela página do Facebook do site Diário do Estado (https:// www. f a c e b o o k . c o m / diarioparanagua) À noite, os jornalistas da Gazeta do Povo, Carlos Ohara e Oswaldo Eustáquio, confirmaram as informações: ( h t t p : / / www.gazetadopovo.com.br/ v i d a p u b l i c a / conteudo.phtml?tl=1&id=1279907&tit=Vereadore-ex-chefe-do-IAP-saodetidos-pela-PF-emParanagua) Já o Blog do Carlyto (http:// www.blogdocarlyto.com.br), chegou a noticiar que a Polícia Federal estava fazendo

buscas no computador do vereador Edu, mas retirou a notícia em seguida. Venda de licenças ambientais Edu e Yasuda são suspeitos de venderem licenças ambientais. Segundo a Gazeta do Povo, a Justiça de Paranaguá decretou sigilo na ação. O jornal informa que o vereador teria sido flagrado em escutas autorizadas pela Justiça intermediando a liberação de licenças ambientais para construções em áreas protegidas. A Gazeta reforça a informação do Diário do Estado de que Edu teria sido flagrado recebendo uma propina de R$ 500 mil. “O dinheiro teria sido pago por uma empresa de logística portuária instalada em Paranaguá”, diz o jornal. “Yasuda e Oliveira foram levados para sede da PF em Paranaguá, onde foram ouvidos. No final da tarde, o vereador parnanguara foi transferido para a

superintendência da PF em Curitiba. O ex-chefe do IAP permaneceu detido na sede do 9º Batalhão da Polícia Militar em Paranaguá”, informam Ohara e Eustáquio. Os jornalistas também ouviram o advogado do vereador: “O advogado Cláudio Dalledone, responsável pela defesa do vereador, disse na noite de sexta que não teve acesso aos autos que estão sob

segredo de Justiça. Segundo ele, Oliveira já havia se colocado a disposição das autoridades há cerca de um mês para ser ouvido, pois havia boatos na cidade sobre o envolvimento do vereador. Dalledone disse que iria protocolar um mandado de segurança para ter acesso ao processo e adotar medidas para soltura de seu cliente.” Foto: Blog do Vereador Edu

Seja sustentável na hora de comer Não desperdiçar alimentos, comprar somente o necessário, exigir produtos certificados, ser criativo e diminuir o tamanho das porções de carne. Parece pouco, mas os especialistas garantem: é o suficiente para

amenizar – e muito – os danos ao meio ambiente. Segundo pesquisa da ONG internacional Oxfam, os brasileiros sabem disso: 86% dos entrevistados disseram saber que suas escolhas causam impacto na natureza.O problema é que, na

prática, a história parece bem diferente: quase 70% não demonstram interesse em saber como os alimentos são produzidos, apenas 57% se importam quando desperdiçam comida e 63% não abririam mão de um bife uma vez por semana se soubessem que isso faria bem ao meio ambiente.Para o professor do pro--grama de pós-graduação em Gestão Ambiental da Universidade Positivo Klaus Sautter, sair do discurso e promover pequenas mudanças no dia a dia, como comprar menos e aproveitar melhor os alimentos, é fundamental para as pessoas consumirem de maneira mais sustentável. “Se cada um se propusesse a produzir 30% menos resíduos e desperdiçar 20% menos

alimentos, individualmente, não teria qualquer efeito. Mas o Brasil tem 200 milhões de habitantes. Se todos mudassem sua postura, imagine o impacto que isso teria”, diz. Segundo o pesquisador da área de sustentabilidade e diretor da unidade de São José dos Pinhais do Fae Centro Universitário, Marcus Vinicius Guaragni, a sustentabilidade na alimentação vai além da questão do meio ambiente e também envolve a preocupação com a própria saúde.Os produtos industrializados, por exemplo, exigem um gasto grande de energia e água para serem produzidos e têm corantes e conservantes que fazem mal ao organismo.

MAIS UMA QUADRILHA DE ROUBOS A RESIDÊNCIA É TIRADA DE CIRCULAÇÃO NO LITORAL PARANAENSE? Em data de hoje, por volta das 14h00min, foi dado início a cumprimento de Mandado de Busca e Apreensão na Rua Martinho Ramos, 302, bairro Tabuleiro, município de Matinhos, onde foi localizado um veículo GM/ CHEVROLET PRISMA de cor cinza, placas AOF 3789, com características "clonadas", visto que o veículo original foi localizado e identificado no município de Toledo, PR. Na chegada das equipes no local, o veículo em questão não se encontrava na residência, para o que foi ordenado patrulhamento nas imediações,

inclusive em direção a Pontal do Paraná, onde o alvo foi avistado.Logo após, foi procedida a abordagem à residência onde a quadrilha havia se instalado, onde foram localizados os demais integrantes, uma pistola cal. 380 com 37 (trinta e sete) cartuchos intactos e os produtos dos diversos roubos ocorridos nos balneários de Matinhos e Praia de Leste, além de indícios de roubos e furtos na Capital do Estado. Ainda na residência, foram localizadas duas crianças, sendo um nenê de colo, as quais foram encaminhadas ao

Conselho Tutelar para os procedimentos.Em janeiro deste ano, outra quadrilha de roubos a residência foi presa em Guaratuba, quando se preparavam para deixar a cidade. Naquela oportunidade, quatro pessoas foram presas e um quinto integrante da quadrilha foi localizado e preso

em Arapongas, cidade de origem dos marginais, por ter perdido a carteira de identidade na fuga do cerco policial de Guaratuba. Nas duas ações, quase a totalidade dos objetos roubados foram recuperados. Cap PM CESAR KAMAKAWA Cmt da 2a Cia PM - 9o BPM

Justiça indefere seis candidaturas a vereador A Justiça Eleitoral já indeferiu seis candidaturas a vereador, três em Matinhos e três em Pontal do Paraná. Também já foram confirmadas nove renúncias. As informações são do site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que mostrava, na manhã desta sexta-feira que apenas 85 dos 1.042 candidatos a vereador tiveram as candidaturas deferidas.São 45 candidatos em Matinhos, 33 em Paranaguá e 7 em Pontal. Elton Pereira (PTdoB), de Matinhos, é o único candidato a prefeito que já teve a candidatura julgada e deferida. As candidaturas de vereador indeferidas de Matinhos são de: Maria Geralda de Jesus “Maria do Portal” (DEM) Nadir Irber “Nadir Polaco do Caminhão” (PMN) Olimpio Bruno da Silva

(PSDB) As candidaturas de vereador

indeferidas de Pontal do Paraná são de:

Benedito Ferreira “Sete” (PMDB) Sebastião Alves do Prado (PSL) Silvio Rigolin (PPS) Renúncias Em Pontal do Paraná houve duas renúncias: Claudia Lessak Bruner (PSL) Henrique Gribner de Almeida (PTdoB) Em Guaratuba houve uma renúncia: Samir Maciel (PSC) Em Morretes houve uma renúncia: Pyetro Krupa (PV) Em Paranaguá foram cinco renúncias: Ariel Gadacil (PSOL) Edison Henrique da Silva “Pingo” (PSL) Sargento Joao Carlos (PT) Professor Jullian (PRP) Prof Leila Hassan (PV)

Nota de Falecimento Paulo Roberto Tetour Pereira

"O tempo pode apagar lembranças de um rosto, um corpo, mas jamais apagará lembranças de Pessoas que souberam fazer de pequenos instantes, grandes momentos." (Paulo Coelho)

14/04/1961 - 19/07/2012


Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Deus é Fiel e Justo!

terça, 31 de julho de 2012

Cervejaria O homem trabalhava há muitos anos na fábrica de cerveja. Era cuidadoso, mas um dia distraiu-se e caiu dentro de um dos tanques que estava cheio de cerveja e se afogou. O dono da empresa foi pessoalmente noticiar a viúva do funcionário. Tocou a campainha da casa. Quando a senhora apareceu, ele disse: - Lamento informar, mas seu marido morreu hoje durante o trabalho, ao cair num tanque de cerveja e afogar-se. Ela chorou. Depois de alguns minutos, soluçando, perguntou: - Diga-me: ele sofreu? - Acho que não! - disse o proprietário da fábrica - Pois ele saiu do tanque três vezes pra fazer xixi. Manutenção no alambique Um técnico fora chamado para realizar a manutenção num dos tonéis da empresa, que

segunda vez, gritou:

Vitrine

11

- Sim. - responde o rapaz.

- Tirem-me daqui!!!

- Qual é o seu salário?

Então, afundou de novo. E quando, pela terceira

- Quinhentos e cinquenta reais. - responde

vez, conseguiu vir à superfície, gritou: - Yuuuhhuuu!!!!

novamente. O gerente, de imediato, põe a mão no bolso, pega

(Enviada por Tonico, de Socorro, SP)

sua carteira, tira R$550,00 e entrega-o ao rapaz,

O gerente apressado

dizendo:

Uma empresa multinacional contrata um novo gerente para sua produção. A diretoria dá ao novo funcionário toda autonomia para agir, mas exige resultados rápidos.

- Toma! Agora passa no departamento pessoal e vai embora! Em seguida, o gerente volta-se para todos os funcionários, que presenciaram a cena, e pergunta a eles:

O gerente, no afã de mostrar porque foi contratado, vai direto ao setor de produção e já

- Mais alguém aqui quer ser mandado embora como ele?

começa a trabalhar. Segue entre as máquinas e observa todo o pessoal, até que se depara com um rapaz que estava parado,

Fez-se uma longa pausa, até que alguém respondeu: - Mas senhor, aquele rapaz era apenas o

justamente em seu setor, sem fazer coisa alguma,

entregador de pizza, e esperava o troco para ir

de braços cruzados.

embora.

O gerente se aproxima do rapaz e pergunta:

Neurose

- Você gosta do seu trabalho?

O homem foi ao psicanalista e falou: - Doutor, estou com um problema. Toda vez vou

tratava-se de um dos maiores alambiques da cidade.

dormir, acho que tem alguém embaixo da cama. Vou

O tonel estava cheio de cachaça e o técnico, com

para baixo da cama, e acho que tem alguém em cima.

todo cuidado, após ter subido a escada, andava pela

Em cima, embaixo, em cima, embaixo... Estou ficando

borda quando, de repente, escorregou. Com a

louco. Me ajuda...

queda, foi até o fundo. Ao emergir, conseguiu pôr a

- Vamos fazer um tratamento de dois anos! - disse

cabeça e os braços pra fora e dar um grito:

o psicanalista - Venha três vezes por semana e

- Socorro!!!

acabarei com sua neurose.

Em seguida, afundou novamente. E, ao subir pela

- E quanto o senhor me cobrará? - Duzentos e vinte reais a consulta. - Vou pensar! - disse o consulente. Alguns meses depois, eles se encontram na rua. - Por que você não me procurou mais? - indaga o

Classificados Juliano Motos 3453-6545

psicanalista. - Duzentos e vinte reais a consulta? Um

Gs 500 2008 Suzuki - Preta, Fazer 2008 Ilimitada Preta 170 Km, Fazer Edição Limitada, Xr 200 ano 2002 R$ 3,700, 150 2006 prata R$ 3.500, 150 2005 vermelha 3.200, fan 2009 P/E Vermelha R$4.200, Biz 2001 P/E 2.500

carpinteiro me curou por dez reais! - Só? Como foi isso? - Ele cortou, para mim, os pés da cama!

COMUNICADO Emilia Coati torna publico que requereu ao IAP Autorização Florestal para abertura do prolongamento da Rua Minas Gerais entre as ruas Cianorte e Canadá, no Balneário Riviera, municipio de Matinhos - PR.

Classificados Maquina de Gelo para grande produção R$ 25.000,00 Fone: 3473-4806 / 9860-6221

Classificados Rodas de Liga leve aro 15 cinco pontas, com quatro pneus novos R$ 1.600,00 Fone: 9610-7734

Classificados Marcelino Veiculos 3453-0206

Hilux 087, frontier 05, golf 02, ecosport 04, astra 09, astra 06, polo 99, gol 97, gol 99, gol 96, golf 96, golf 95, diplomata 85, saveiro 2000, palio 98, palio 98 gnv, uno 99, uno 96, corsa 97 omega 96, fox 2011.

Horóscopo Aja com maturidade para vencer as pressões no setor profissional. Se conseguir superar os desafios, sua reputação junto aos seus superiores poderá crescer. Mas cuidado com a inveja dos colegas.

Reaja diante dos obstáculos e das pressões no trabalho! Aproveite para aprender com as dificuldades. Cada pedra tirada do caminho ajudará a transformar a sua vida. Não permita que a irritação contamine seus relacionamentos pessoais.

No seu emprego, assuma a responsabilidade por suas ideias e ações. Abrace suas tarefas e encare as pressões como parte do jogo. Vá em busca do que acredita! Já em casa, os astros pedem para que seja mais flexível e amável.

Conte com seus próprios esforços no campo profissional. E se prepare para enfrentar pressões e cobranças de seus chefes.

Você poderá enfrentar fortes pressões no trabalho. Aceite os desafios, mas tome cuidado para não se envolver em conflitos com os colegas -- será melhor mostrar sua competência e seus talentos. Com a família, o astral será excelente!

Mantenha o foco naquilo que é de sua responsabilidade. Assim, conseguirá ficar distante de boatos no serviço. Em casa, ouça com atenção o que seus familiares têm a dizer. Ceder pode ser uma boa alternativa para evitar confusão.

Dê uma atenção especial às suas finanças. Coloque as contas em dia e, se deseja comprar algo de maior valor, corte algumas despesas e comece a fazer economia. Conte com o apoio dos familiares para o que precisar.

Tenha força de vontade para não ceder às pressões que receberá ao longo do dia. Vão exigir de você melhores resultados, então, tente métodos inovadores. Cobranças em casa só serão superadas depois de exaustivas conversas.

Assuma a frente de todas as suas tarefas e use seus conhecimentos para realizar melhor o seu trabalho. Mantenha o foco em uma atividade de cada vez para finalizar pendências e não se sobrecarregar. No lar, evite discussões.

Cuidado para não atropelar os outros com o seu excesso de energia e vontade de vencer. Assuma desafios importantes e não tenha receio de se envolver em tarefas arriscadas. Acredite em seu potencial para transformar sua vida através do trabalho.

Discrição é a palavra de ordem deste dia. Desempenhe suas tarefas com força e determinação, sem chamar atenção dos demais. Bom momento para concluir pendências e assumir novas responsabilidades.

Reúna pessoas com os mesmos objetivos que você para colocar um projeto em andamento. Atividades desenvolvidas em equipe são as mais favorecidas neste dia. No lar, procure ser paciente com os familiares.


12 Comercial

Deus é Fiel e Justo!

Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba terça, 31 de julho de 2012


Edição on line