Issuu on Google+

Visite o nosso site: correioatlantico.com Ano XVII - N° 539

SÁBADO, 27 DE JULHO DE 2013

R$ 2,00

Dilma presenteia PAPA Francisco com escultura de Artista de Morretes A escultura “Frade Lendo”, do artista morretense João Turin, foi a escolha da presidente Dilma Rousseff para presentear o papa Francisco em sua visita ao Brasil. Dilma recebeu o papa na tarde desta segunda-feira (22), na Base Aérea do galeão e o reencontrou no início da noite na sede do Governo do Rio de Janeiro, o Palácio Guanabara.Em seu discurso de bosas vindas, a presidente disse que é uma honra receber um líder religioso sensível aos anseios por justiça social. Segundo Dilma, o governo brasileiro e a Igreja Católica

lutam contra um inimigo comum, a desigualdade. “A crise econômica que desemprega e retira oportunidade de milhões pelo mundo afora nos obriga a um novo senso de urgência para combater a desigualdade. A participação de Vossa Santidade, um homem que veio do povo latino-americano, que veio da nossa irmã vizinha Argentina, agregaria mais condições para criar uma ampla aliança global de combate à fome e à pobreza, uma aliança de solidariedade, uma aliança de cooperação e humanitarismo, disseminando as boas experiências, entre ou-

tras, aquelas obtidas aqui no Brasil.”, afirmou Dilma. Papa Francisco agradeceu a Deus por permitir que na primeira viagem de seu pontificado lhe fosse permitido voltar “à amada América Latina, e em especial, ao Brasil”. Francisco disse ter aprendido que “para ter acesso ao povo brasileiro é preciso ingressar pelo portal de seu imenso coração. Por isso, permito-me que nesta hora eu possa bater delicadamente a esta porta. Peço licença para entrar e transcorrer esta semana com vocês”. Matéria Pag. 11

Governo Federal licitará dez novas áreas para produção de Peixe no litoral O Paraná terá dez novas áreas para a produção pescados. O edital publicado nesta quinta-feira (18) pelo Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) oferece 10,99 hectares de lâminas d’água no litoral e no Norte do estado, na região do Vale do Paranapanema, divisa com São Paulo. A maior parte delas está em reservatórios de hidrelétricas. Com as outorgas, o estado terá potencial para elevar o cultivo de peixes em mais de 3 mil toneladas por ano, um aumento de 7,5% na produção paranaense, que hoje soma 40 mil toneladas. Outras 13 mil toneladas são geradas através de extrativismo. O estado tem planos de dobrar o volume atual nos próximos dois anos.

“O produtor terá até três anos para atingir o máximo da produção que está outorgada em cada área e o pagamento pode ser parcelado [em semestres]”, disse a secretária nacional de Planejamento e Ordenamento do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), Maria Fernanda Nince. Os valores mínimos variam conforme o tamanho e a localidade das áreas. Segundo Maria Fernanda, a exploração de 0,95 hectare de águas marinhas, na Baía de Pinheiros, em Guaraqueçaba, exigirá lance a partir de R$ 605. O lance inicial mais caro é de R$ 9 mil, referente a uma área de 3,13 hectares no reservatório da Hidrelétrica de

Chavantes, no Norte do Paraná.Os interessados em participar das licitações devem enviar ao MPA uma proposta de valor e forma de pagamento para a área desejada e aguardar a abertura dos envelopes no dia 19 de agosto. Para o coordenador estadual de Aquicultura e Pesca da Emater, Luiz Danilo Muehlmann, deve haver demanda para todas as áreas licitadas, mas é difícil prever se a disputa pelos lotes será acirrada, já que o processo é caro. Segundo ele, somente a taxa de vistoria cobrada pela Marinha varia de R$ 700 a R$ 1 mil. O interessado precisa desembolsar esse valor sem ter a garantia de que poderá usar Matéria Pag.04


02

Matinhos

Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Deus é Fiel e Justo!

Sábado , 27 de Julho de 2013

Anuncie sua empresa aqui

Rede municipal de ensino de Matinhos conta com material pedagógico do Expoente A Prefeitura de Matinhos através da Secretária de Educação, Esporte e Cultura, realizou licitação para aquisição de material pedagógico para professores e alunos da rede municipal de ensino, o Grupo Expoente ganhou a concorrência. Nesta quarta, 24, aconteceu no Caiobá Park Hotel, a entrega do material e a capacitação para os educadores. O município não tinha uma proposta pedagógica definida, a partir do segundo semestre deste ano este cenário muda. Com material qualificado será possível desenvolver um trabalho eficiente que facilite tanto aos professores quanto aos alunos. Todos os níveis do ensino público municipal receberam o novo material pedagó-

gico que já entrará em vigor ao retorno das férias escolares.O Secretário Municipal de Educação, Esporte e Cultura, Alcides Benato lembrou que apenas o material pedagógico moderno não será suficiente para a melhoria do ensino em Matinhos. "O material é importante, mas a nossa fé, o respeito que temos pela educação e dedicação são os fatores que fazem com que os resultados sejam bons. Não adianta um material de primeira qualidade, se aquilo que nós queremos não for aquilo que conduz nosso trabalho".O Prefeito Eduardo Dalmora falou sobre os projetos em todo município, mostrando aos professores que a atual gestão tem efetuado trabalho em todas as áreas e este novo investimen-

to na educação dará um salto na qualidade de ensino. "Estamos fazendo um trabalho para acertar nossa cidade. Na área da educação infantil estamos implantando uma proposta de qualidade para melhorar o ensino em nossa cidade, em parceria com o expoente que proporcionará material de qualidade para os nossos professores e alunos", finalizou Dalmora.Capacitação ProfissionalNa oportunidade o Secretário Alcides Benato informou o novo programa de capacitação profissional e oportunidade de crescimento salarial. Nos próximos dias será enviado à Câmara Municipal um projeto que beneficiará os professores da rede municipal de ensino. Será oferecido um cur-

so de capacitação aos professores que já tem especialização, este curso se equipara ao mestrado, totalizando 520 horas, sendo 50% presencial e 50% de atividades pedagógicas em sala de aula. Através de um processo de seleção serão disponibilizadas 30 vagas para este curso, todos que terminarem o curso terão um acréscimo de 30% na folha salarial. "Este programa é para capacitação profissional avançada dos nosso professores. Todos os anos perdemos professores e educadores para a rede estadual e federal de ensino, com esta capacitação pretendemos manter nosso quadro de professores", declarou o Secretário.

UPA – Matinhos tem parecer favorável Matinhos receberá uma das 12 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas autorizadas pelo Ministério da Saúde para o Paraná. As UPAs oferecem assistência de urgência e emergência 24h por dia e ajuda a desafogar os prontos-socorros dos hospitais locais, reduzindo filas. Elas são classificadas em três diferentes portes. A de Matinhos será do porte I, que contempla 07 leitos.

Jovens matinhenses são dispensados do serviço militar Aproximadamente 300 jovens foram dispensados do serviço militar obrigatório nesta quinta-feira, 18, o evento ocorreu na Quadra Poliesportiva Municipal José Santoro Júnior. Compareceram ao evento o Prefeito Eduardo Dalmora, vereadores e secretários municipais. A responsabilidade de conduzir a solenidade foi do Delegado de Serviço Militar, o 2º Tenente do Exército, Assis. O juramento a bandeira começou às 14 horas a

presença dos familiares dos jovens. Eduardo Dalmora, é também o Presidente da Junta Militar de Matinhos e lembrou ao jovens a importância deste momento. “Hoje vocês iniciam uma etapa de grande responsabilidade com a nação, daqui para frente começa um novo ciclo na vida de todos vocês. Agora vocês são exemplo para os mais jovens, foram dispensados da prestação do serviço militar obrigatório e com isso cresce o compromisso com a

cidadania”. Ao longo dos últimos cinco anos mais jovens participam da cerimônia de dispensa de serviço militar. “No primeiro ano tínhamos pouco mais de cem jovens aqui. Em cinco anos a presença mais que dobrou, isso

mostra o crescimento da cidade”, finalizou o prefeito. A solenidade terminou com o prefeito realizando a entrega simbólica do certificado de reservista ao jovem Elias Ernesto Doarte.loja virtual grátis

OZ o Magico e Poderoso 16 Luas

Publicação de: Bazzper Editora Ltda Fone: (0**41) 3453-1795 Diretor Geral: Luiz Carlos Tetor Pereira Diretora Comercial: Mônica Morais Designer: Julio Ferreira de Almeida

Circulação: Matinhos - Pontal do Paraná -Guaratuba

E-mail/MSN: correioatlantico@hotmail.com Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, necessariamente, a opinião deste informativo. Não aceitamos, para publicação, material manuscrito. Somente serão publicadas as matérias, de terceiros, que chegarem à redação até às 12:00 horas de quinta-feira.

Anuncie aqui 9861-0424


Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Deus é Fiel e Justo!

Sábado, 27 de Julho de 2013

Pontal do Paraná

3

Reunião do GALP (Grupo de Apoio ao Litoral do Paraná)

Na reunião do GALP (Grupo de apoio ao litoral) da frente parlamentar, Dep. Ney Leprevost esteve em Pontal do Paraná junto com Deputado Alceu Maron. Várias autoridades do Governo do Estado estiveram presentes, secretários, presidente da câmara, o vereador André Camargo, a Vereadora Rosilene e a ACIAPAR que promoveu o encontro. O Prefeito Edgar Rossi fala em seu comentário que apoia a manifestação para pedir mais segurança porque também é uma preocupação do Prefeito do Município, porém alguns políticos talvez por falta de informação não sabem que segurança é uma obrigação do estado e não tolera nenhuma manifestação que venha querer atingir o Prefeito como se ele fosse culpado de tudo que acontece no município,

comenta do ótimo trabalho que a polícia militar tem feito e também da polícia civil, a falta de delegado no município não impede que crimes venha acontecer e podemos ficar tranquilos porque o delegado já esta vindo para Pontal, a importância na aprovação do plano diretor do município é um sonho para todos e tudo esta sendo feito para se tornar realidade. O Vereador André Camargo ressalta que assim teremos as diretrizes para construção acabando com as irregularidades, uma cidade voltada ao turismo e que precisamos aprovar para que possamos dar um belo caminho ao município. Falou sobre a regulamentação das marinas em pontal do sul. Sobre a segurança e o comentário da terça feira passada onde o Vereador

André Camargo e o prefeito Edgar Rossi estivemos na secretaria de segurança, confirmando que o delegado Machado irá se apresentar até a semana que vem, foi confirmado o que eu havia dito, foi destinado mais um carro a policia civil, enquanto o Vice – Prefeito Danilo Garbellotti junto com o Capitão Kamakawa recebia mais um carro doado pela TECHINT através do Sr. José Carlos Sá (Gerente administrativo e Financeiro da Techint). Solicitando o Vereador em publico para que o Dep. Ney e o Dep. Alceu, ajudassem na indicação que fiz ao Dep. Aciolli para que interferissem na transferência de policias militares que estão prestando serviço em outra cidade e tem a família aqui em Pontal do Paraná.

VIII Conferência Municipal de Assistência Municipal

Cerimônia de entrega de Unidades Habitacionais e Retroescavadeiras - Ponta Grossa - PR

A Presidenta Dilma Rousseff durante a cerimônia de entrega de unidades habitacionais dos conjuntos residenciais Londres, Califórnia I e II e Jardim Itapoá, mais 42 máquinas retroescavadeiras foram doadas onde uma delas foi destinada para Pontal do Paraná.

O Prefeito Edgar Rossi recebe junto com seu Secretário de Obras Sr. Decival de Souza o Termo de Doação com encargos do PAC 2 MDA modalidade individual. A união por intermédio do desenvolvimento agrário em Brasília/DF doravante denominado Doador, neste ato representado por seu Delegado

Federal do Desenvolvimento Agrário no Estado do Paraná, doa para o Município de Pontal do Paraná uma retroescavadeira onde o Prefeito Edgar Rossi recebe o Termo de Doação. Maquina na qual acaba de chegar no pátio da Prefeitura Municipal de Pontal do Paraná.

Doe Roupas para PROVOPAR em Pontal do Paraná Todos os anos, durante o inverno, o que não faltam são campanhas de arrecadação de agasalhos. Todas elas com o mesmo apelo nobre: o de que se deve ajudar quem precisa e não tem como se proteger das baixas temperaturas. Para quem resiste a participar desse tipo de ação, por puro apego, aí vai mais um argumento forte: quem doa o que já não usa acaba optando por produções mais acertadas e modernas no dia a dia. A explicação é simples: quanto mais peças abarrotando o armário, maior a dificuldade de visualizar o que se tem e a dificuldade de montar combinações interessantes. Portanto, se o seu guardaroupa chegou nesse ponto, está na hora de arregaçar as mangas e realizar uma bela limpeza. “Não vale nem mesmo manter peças que possuem valor sentimental ou foram caras. Reciclar a energia é fundamental”. Em geral, a recomendação dos especialistas é passar adiante as roupas e acessórios que estão encostados há mais de um ano. “Para desapegar mais facilmente, faça um trato consigo mesma: a cada 15 peças doadas, compre uma nova”. Parece um bom

negócio! Roupas que já não têm o mesmo caimento de antes também podem ser doadas, estas podem não servir para você, mas sempre terá alguém que pode aproveitar! Mais do uma estratégia para renovar seu guardaroupa e até turbinar as suas produções, se desfazer de algumas peças é uma ótima forma de ser solidária. Ao se desfazer das peças, procure pessoas mais humildes do seu círculo de convivência para doar, ou entregue a caixa com as roupas em igrejas, presídios e fundos sociais, que costumam aceitar de bom grado esse tipo de

contribuição. Outra opção é escolher instituições de confiança, que certamente farão bom uso dos objetos. Muitas delas, inclusive, se prontificam a retirar as doações em casa. Onde doar PROVOPAR – PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DE PONTAL DO PARANÁ A instituição atende pessoas em situação de vulnerabilidade, comunidades indígenas, casas de recuperação. Como doar: retiramos em casa (grande quantidade) Mais informações: Telefone: (41) 3972.7043

3ª Conferência Estadual de desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário No dia 18 de julho aconteceu na Associação Banestado, na Praia de Leste, a 3ª Conferência Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, que contou com o Conselho regional de desenvolvimento

rural, pesqueiro e o artesanato do litoral paranaense , juntamente com a EMATER e demais entidades do litoral. No momento estavam presentes 100 pessoas representando os sete municípios do litoral,

objetivando a construção do plano territorial do desenvolvimento rural sustentável e solidário. O evento iniciou as 8:30 horas e também contou com a presença privilegiada do deputado Alceu Maron.


4

Geral

Deus é Fiel e Justo!

Sábado, 27 de Julho de 2013

Governo Federal licitará dez novas áreas para produção de peixeno litoral

O Paraná terá dez novas áreas para a produção pescados. O edital publicado nesta quinta-feira (18) pelo Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) oferece 10,99 hectares de lâminas d’água no litoral e no Norte do estado, na região do Vale do Paranapanema, divisa com São Paulo. A maior parte delas está em reservatórios de hidrelétricas. Com as outorgas, o estado terá potencial para elevar o cultivo de peixes em mais de 3 mil toneladas por ano, um aumento de 7,5% na produção paranaense, que hoje soma 40 mil toneladas. Outras 13 mil toneladas são geradas através de extrativismo. O estado tem planos de dobrar o volume atual nos próximos dois anos. “O produtor terá até três anos para atingir o máximo da produção que está outorgada em cada área e o pagamento pode ser parcelado [em semestres]”, disse a secretária nacional de Planejamento e Ordenamento do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), Maria Fernanda Nince. Os valores mínimos variam conforme o tamanho e a localidade das áreas. Segundo Maria Fernanda, a exploração de 0,95 hectare de águas marinhas, na Baía de Pinheiros, em Guaraqueçaba, exigirá lance a partir de R$ 605. O lance inicial mais caro é de R$ 9 mil, referente a uma área de 3,13 hectares no reservatório da Hidrelétrica de Chavantes, no Norte do Paraná.Os interessados em participar das licitações devem enviar ao MPA uma

Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

proposta de valor e forma de pagamento para a área desejada e aguardar a abertura dos envelopes no dia 19 de agosto. Para o coordenador estadual de Aquicultura e Pesca da Emater, Luiz Danilo Muehlmann, deve haver demanda para todas as áreas licitadas, mas é difícil prever se a disputa pelos lotes será acirrada, já que o processo é caro. Segundo ele, somente a taxa de vistoria cobrada pela Marinha varia de R$ 700 a R$ 1 mil. O interessado precisa desembolsar esse valor sem ter a garantia de que poderá usar a área para a produção de pescados.Além dos valores de outorga, é preciso investir na compra de equipamentos. Hoje o produtor desembolsa de R$ 1,5 mil a R$ 2 mil para comprar um tanque-rede, principal equipamento usado nas águas. Cada compartimento tem capacidade para produzir 600 quilos de peixe. Consumo sustenta aumento de produção A produção paranaense de pescados tem potencial para alcançar 80 mil toneladas até 2015. O aumento é sustentado principalmente pelo apetite da população. Diferentemente da carne bovina, que tem perdido espaço na mesa dos brasileiros, o consumo de peixe cresce a taxas superiores às da produção. Hoje, cada pessoa consome em média 9,9 quilos da proteína por ano, e a tendência é de que a média chegue a 12 quilos até 2020.

Com uma demanda de 94 mil toneladas por ano, o Paraná importa – de outros estados e também de fora do país – quase metade do que consome. Isso comprova que o mercado está para peixe no estado. “O nosso potencial é muito alto. Temos mais de 600 mil hectares de águas represadas. Só no Lago de Itaipu são 135 mil hectares, que poderiam render 220 mil toneladas de tilápia a mais por ano”, calcula o coordenador técnico do ministério da Pesca e Aquicultura no Paraná, Luiz de Souza Viana. Os gargalos à expansão dessa produção, segundo Viana, estão na demora de liberação de licenciamentos. Ele define que o Vale do Paranapanema é “fantástico”, por conta da quantidade de represas de hidrelétricas instaladas na região. “Temos oito usinas, além de pequenas centrais de abastecimento que poderiam se transformar em parques aquícolas. Se pudéssemos usar 1% das águas represadas, seríamos o maior produtor do Brasil e deixaríamos de ter um déficit na balança comercial da atividade”, aposta. A rentabilidade oferecida pelo cultivo de pescados também dá impulso à produção. O lucro de um quilo de tilápia produzido em tanque-rede varia de R$ 0,80 a R$ 1, considerando um desembolso de R$ 3 a R$ 3,20 e venda a preço médio de R$ 4 por quilo. A espécie é a principal aposta da piscicultura nacional, porque tem ciclo curto e baixos custos de produção.


Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Deus é Fiel e Justo!

Comercial

Sábado , 27de Julho de 2013

5

Anuncie aqui 9861-0424

3452-2221

Anuncie Anuncie aqui aqui 9861-0424 9861-0424

Super Promoção: Óleo mineral á partir de 11,00 o litro

Venha conhecer nosso Consultório com o que há de mais moderno para seu tratamento.


6

Geral

Matinhos - Pontal do Paraná - Guaratuba

Deus é Fiel e Justo!

Sábado , 27 de Julho de 2013

PARANAGUÁ TERÁ ESCRITÓRIO REGIONAL DA SECRETARIA DO TURISMO

P R O M O Ç Ã O Temos material para pesca em promoção Temos OI TV ligado

3458-1399 Visite nosso Site: www.verdemar.com.br

3458-6458

Xerox - Plastificação Encardenação Descartáveis Serviços de fax Material para pintura

PR - 412 - 746 - Praia de Leste

Será inaugurado este mês, em Paranaguá, escritório regional do Litoral da Secretaria de Estado do Turismo (Setu). Segundo a prefeitura, a informação foi dada pelo próprio secretário Jackson Pitombo Filho ao prefeito de Paranaguá, Edison Kersten, e ao presidente da Fundação Municipal de Turismo, Rafael Guttierres Júnior durante a Festa da Tainha. Além da inauguração do escritório regional que ficará instalado no Palacete Mathias Bohn e que será entregue no dia 29 de julho, dia do aniversário de Paranaguá, vários projetos estão em andamento, como informou Pitombo. Segundo ele, o governo do Estado conseguiu uma verba de R$ 10 milhões com indicação de quatro projetos para o Litoral, sendo que dois são diretamente ligados a Paranaguá. Um deles é uma ciclovia ligando os municípios da região e passando por Paranaguá, além da construção de trapiches na Ilha do Mel, entre outros. O secretário conversou com o prefeito Edison Kersten sobre linhas de crédito já que Paranaguá está totalmente regularizada quanto a certidões negativas. Sobre a abertura do escritório regional, o presidente da Fundação Municipal de Turismo, Rafael Guttierres Júnior, acredita que é importante para que a equipe da Setu tenha conhecimento das prioridades da região e também porque estará mais próxima para ouvir as reivindicações dos municípios de todo o Litoral.

Box de vidro interbox

Dominguinhos morre em São Paulo aos 72 anos O sanfoneiro, compositor e cantor José Domingos de Morais, o Dominguinhos, morreu nesta terça-feira (23), às 18h, em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas. Ele enfrentava um câncer e estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde o dia 13 de janeiro. A morte do cantor de 72 anos foi confirmada pelo SírioLibanês, que emitiu a nota de falecimento às 19h50. Dominguinhos foi vencedor do Grammy Latino em 2002, com o CD “Chegando de Mansinho”. Entre suas músicas mais conhecidas estão “Eu Só Quero um Xodó”, “De Volta Para o Aconchego” e “Isso Aqui Tá Bom Demais”.

1ª CONFERÊNCIA DO MEIO AMBIENTE O dia 17 julho foi realizada a 1ª conferencia municipal do meio ambiente, que teve como sede o auditório da secretaria de desenvolvimento , no balneário Primavera. A conferência teve inicio as 8:30 hs e teve a presença de várias autoridades municipais e para as palestra contou palestrantes locais. O palestrante Jonny Harri Bornmann explicou que a palestra trata-se dos resíduos sólidos , e que desta etapa de conferências foram retirados delegados para a conferência estadual e depois para a nacional em outubro.Salientou que a gestão de resíduos sólidos é primordial pois deles dependem a vida útil dos aterros sanitários, que podem diminuir ávida útil de 30 para 20 anos.Existem 4 eixos principais neste projeto que são

: Educação ambiental / geradores de empregos e renda / compostagem / consumo consciente. No entanto de nada valem esses quatro pontos se a comunidade não diminuir o lixo que vai para o aterro e para que se diminua esse montante basta apenas fazer a separação do lixo orgânico do reciclável. Sendo que dessa forma toda a população irá ganhar. O segundo palestrante foi o proprietário da F. Amaro que faz um trabalho de educação ambiental em nosso município sobre a compostagem, mostrando que ela funciona de fato. Hoje a sede da empresa fica em Matinhos e o principal projeto que atende Pontal do Paraná fica no Centro de equoterapia, onde utiliza como base para a compostagem as fezes dos cavalos e os restos orgânicos de algumas escolas, mostrando que de algo aparentemente sem utilidade

pode-se gerar bons frutos. O secretario do meio ambiente Sergio Luiz Cioli conversou com nossa equipe e citou que com essa conferência sairia com as diretrizes básicas para o planejamento da coleta dos resíduos e de como trabalhar . Ainda lembrou que para atingirmos o maior número de famílias em relação aos resíduos será iniciado um projeto nas escolas, pois será através das crianças que conseguiremos chegar as famílias.Atualmente o município recicla somente 3% dos seus resíduos e gostaria de poder elevar estes valores, para que isso aconteça é necessário o envolvimento de toda a sociedade, que para que isso realmente torne-se um fato todos devem reciclar realmente, com a reestruturação das associações de catadores,a reorganização das coletas de lixo e principalmente o envolvimento de toda a comunidade a nossa cidade será uma das mais bem cuidadas do país.


Correio 539 1 6