Page 1

CONHECE ESTE HOMEM?

FALTAM 14 DIAS ...PARA CONHECER A HISTÓRIA DESTE POLÍTICO Caldas Novas Catalão Goiânia Brasília Morrinhos + 21 Municípios

O maior

Diário

Quarta-feira

do Interior Goiano

Fone: 64 3453-3275

e-mail: jornalcnn@ibest.com.br

17

anos

www.jornalcnn.com.br

Caldas Novas - GO, 28 de setembro de 2011.

R$ 1,00

Ano 17 | Edição: 3001

Caldas Novas

FÁBRICA CLANDESTINA DE MUNIÇÕES

Polícia investiga suspeitos de atearem fogo na Serra de Caldas

Família de aluno que atirou em professora será ouvida nesta semana

Segundo o delegado, entre os seis suspeitos estão dois menores. Eles foram ouvidos pela polícia, mas não assumiram a autoria do crime.

Pai e irmão do menino de 10 anos que se matou prestarão depoimento. Outros alunos da escola em São Caetano do Sul também serão ouvidos.

Página 04

Policiais Militares do Serviço de Inteligência da PM de Caldas Novas descobriram na última segundafeira (26) uma fábrica clandestina de munições para armas de diversos calibres Página 04

Inaugurações

Página 04

MAIS UMA NO RIO QUENTE Página 03

Tecnologia

Marconi participa Entenda o que é e da inauguração da porque é sede do MP de tão perigosa a volta da inflação Cristalina Página 05

Página 07

Mesmo sem possuir computador, 93% dos brasileiros têm acesso à Internet

Página 05

Bancários entram em greve a partir desta terça-feira, diz a Confederação

Página 05

Loja

01 3453-2130

Loja

02 3453-7444

vo, Duas lojas e um só obtejes!ti Encantar nossos clien


2 | CNNotícias

Caldas Novas - GO, quarta-feira, 28 de setembro de 2011.

ZumZumZum Pé na Estrada (em Aparecida de Goiânia) O programa “Pé na Estrada” apresentado na REDE TV, esteve no dia 18 de setembro no trecho da pista 153, em Aparecida de Goiânia, e o apresentador Pedro Trucão deu várias dicas importantes. Entre eles, o alerta para a baixa umidade relativa do ar, onde o mato seco propício a queimadas, e pediu para os motoristas não jogarem ponta de cigarros e nem vidros, para evitar queimadas de maiores proporções.

Homem leva facada no Setor Morada do Sol Um homem não identificado levou uma facada, na tarde de ontem (27), no Setor Morada do Sol, em Goiânia. Segundo testemunhas, no momento da agressão, ele estava em frente a um posto do Programa Saúde da Família (PSF). O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para fazer o socorro. A vítima está internada no Cais do Finsocial, com ferimentos no pescoço. Segundo o Samu, ele não corre risco de morte.

Ipasgo O presidente do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás (Ipasgo), José Taveira, esteve ontem na Assembleia Legislativa para participar da audiência sobre o projeto de lei da Governadoria que reestrutura o Ipasgo. A iniciativa do evento foi do relator da matéria deputado Helio de Sousa (DEM). O presidente destacou que o grupo dos agre-

Presídios

Convênio A Faculdade de Engenharia da Universidade Federal de Goiás vai analisar e acompanhar obras de infraestrutura do Governo. Um exemplo é o programa Rodovida-Reconstruir, que terá investimentos de R$ 380 milhões na restauração de dois mil quilômetros de rodovias goianas. Convênio nesse

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse nesta segunda-feira (26), que os Correios não negociarão com os trabalhadores em greve o pagamento dos dias parados. Segundo o ministro, quase 80% da categoria já retornou às

O empresário e ex-prefeito de Senador Canedo, Vanderlan Cardoso, participou na última sexta-feira (23), de mais uma festa de filiação do PMDB. Desta vez o encontro aconteceu em Cocalzinho de Goiás. Na oportunidade, o vereador José Lopes ingressou no partido e lançou sua pré-candidatura a prefeitura da

Um garoto de 12 anos portava uma pistola 380 dentro de uma sala de aula da Escola Municipal Jarbas Jaime, no Setor Sudoeste, em Goiânia. O flagra ocorreu na manhã de ontem (27), por policiais militares do Batalhão Escolar. A PM informa que o caso foi descoberto porque o aluno passou a arma para um colega, que a levou para casa. Um tio do segundo menino, então, encontrou a pistola numa gaveta e acionou a corporação. Segundo o tenente-coronel Wesley Siqueira Borges, nos últimos 15 dias foram apreendidas cinco armas nas proximidades e dentro de escolas, apesar do batalhão promover uma campanha de desarmamento.

A ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Nancy Andrighi votou na última quinta-feira (22) a favor do registro nacional do PSD (Partido Social Democrático), fundado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. Relatora do caso no tribunal, Andrighi afirmou que a nova legenda cumpriu todos os requisitos legais para ser oficializada.

8

Páginas

atividades normais. A entidade que representa os funcionários em todo o país, contudo, garante que, de acordo com o último balanço, pelos menos 75% dos 107.940 trabalhadores aderiram à paralisação, iniciada no dia 14.

De grão em grão

PSD em batalha

A Orquestra Sinfônica Jovens de Goiás, do Centro de Educação Profissional em Artes Basileu França, realizou às 20:00h de ontem (27), o 18º Concerto da Temporada 2011, no Teatro Escola Basileu França.

sentido acaba de ser assinado entre a Controladoria-Geral do Estado e a Fundação de Apoio à Pesquisa da UFG. No total, serão investidos R$ 380 milhões na restauração de dois mil quilômetros de rodovias goianas. Pelo convênio, a Funape vai receber R$ 346 mil, em 10 parcelas mensais.

Dias parados serão descontados dos salários

Batalhão Escolar encontra mais uma criança armado

Jovens de Goiás faz concerto

gados apresenta um déficit mensal de R$ 12 milhões e que o Ipasgo não pode conviver com este débito mensalmente. “Com extrema economia, estamos caminhando para zerar esta conta. Esta despesa de R$ 12 milhões, além de anular o superávit de R$ 5 milhões do grupo dos titulares, atrapalha a equalização das contas, que é o nosso objetivo”, disse.

cidade. Vanderlan comemorou o momento por qual passa o PMDB. “Fico extremamente feliz em vir a uma festa dessas e ver que nosso partido está recebendo tantos companheiros novos e não é só aqui em Cocalzinho. Tenho viajado todo o Estado, e em todos os lugares ganhamos novos e valorosos companheiros”

No julgamento da semana passada, última etapa para a oficialização da legenda, Andrighi considerou válidas as listas de apoio de eleitores coletadas pelo partido, um das exigências para o registro e alvo de questionamentos durante o processo de criação da legenda. Entretanto, o registro do partido ainda depende de outras questões.

DEMAE x Dança da chuva Já que a ampliação de tratamento de água está em velocidade de passo de tartaruga em câmera lenta, é bom o senhor diretor do DEMAE, Gesimar Gomes, procurar uma tribo indígena e fazer um curso intensivo da dança da chuva, porque de forma contrária Caldas Novas sofrerá ainda mais com a escassez de água. Sendo que no próximo dia 15 de novembro

a cidade estará lotada de turistas em virtude do feriado e do mega evento realizado todos os anos no município.

Na semana passada, o secretário de Articulação Institucional, Daniel Goulart, e o secretário de Segurança Pública e Justiça, João Furtado, visitaram presídios na Bahia e em Sergipe. O primeiro a ser visitado foi a Administração Prisional Privada, em Sergipe. No local, os secretários tiveram a oportunidade de conhecer o sistema de co-gestão Estado-empresa, uma nova forma de gerenciamento do sistema penitenciário, que tem gerado resultados positivos, especialmente na ressocialização dos presos. O sistema conta com um moderno e eficiente monitoramento eletrônico, e com funcionários altamente especializados nas áreas de saúde, segurança, serviço social e informática. “Observamos o exercício do cumprimento aos direitos humanos, com elevado nível de qualidade dos serviços prestados. Uma experiência que está dando certo, na política de execução penal de Sergipe”, disse Daniel.

Participew Concurso Estudantil de Poesia Faça parte das comemorações do Centenário de Caldas Novas. Inscreva-se e participe do Concurso Estudantil de Poesias. Premiação: *1 MicroComputador para o Aluno (a) VENCEDOR *1 TV de LCD para a Escola Inscrições: 15 à 30 de setembro de 2011 Ánalise e Seleção: 03 à 07 de outubro Premiação: 11 de outubro Iniciativa e apoio: Rede Bem

Abraço do dia

Adiado Acatando parecer da Controladoria Geral do Estado, a Agência Goiana de Cultura Pedro Ludovico Teixeira (Agepel) comunicou a anulação do Edital, na modalidade Concurso de Projetos, nº 02/2011, que selecionou a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) para a execução do 12º Canto da Primavera. Em consulta ao Cadastro Único de Convênios do Governo Federal

(Cauc), a Controladoria Geral do Estado verificou que a Oscip vencedora do concurso se encontra em situação “inadimplente”, circunstância que implica no descumprimento de cláusula do Edital e, consequentemente, acarreta na desclassificação da única instituição inscrita no certame. O 12º Canto da Primavera, em Pirenópolis, foi transferido para 22 a 27 de novembro.

Sulamericanos A Assembleia Legislativa de Goiás vai receber, no próximo dia 3 de outubro, segunda-feira, a reunião ordinária dos deputados do Bloco Brasileiro da União de Parlamentares Sul-Ameri-

canos e do Mercosul (UPM). Os parlamentares vão discutir agronegócio e as relações comerciais entre Brasil e Argentina. A iniciativa do encontro foi do deputado Lincoln Tejota (PT do B).

Quem está aniversariando hoje é o Sirlande Marceneiro (PSC) em Caldas Novas. Parabéns! Receba o abraço de hoje com os votos de felicidades, porque de receber o Sirlande etende.

ZumZumZum 02 Cidades 03 Policial 04 Política 05 Tecnologia 06 Brasil 07 Entretenimento 08

EXPEDIENTE

Os artigos, informes e matérias assinadas não expressam opinião do jornal, sendo estes de responsabilidade de seus respectivos autores

Contatos:

Circulação:

Redação, Administração, Serviços de Arte Final e Gráfica. Av. E, Qd. OSR, lt. 14-A (GO-139) Estância Itanhangá II - Caldas Novas - GO CEP: 74690-000 Fone: 64 3453-3275 | 3454-4048 e-mail: jornalcnn@ibest.com.br

Água Limpa, Anhanguera, Bela Vista, Caldas Novas, Catalão, Corumbaíba, Cristianópolis, Cumari, Goiandira, Goiânia, Ipameri, Marzagão, Morrinhos, Nova Aurora, Piracanjuba, Pires do Rio, Pontalina, Professor Jamil, Rio Quente e Trindade

Diretor Geral: José Antônio Mangini AGI1877 - DRT1522-JP Jornalista: Dr. Zanderlan Campos AGI - 599 DRT GO - 00156-JP Departamento Jurídico: OAB-GO5373 - Drª. Mônica F. Fontoura, OAB-GO 21089 - Dr. Renato Ribeiro Magalhães, OAB-GO13832 - Dr. Walter de Almeida, OAB-GO22746

MATÉRIAS, EDITAIS, ANÚNCIOS OU ALTERAÇÃO EM ANÚNCIOS, DEVEM SER ENTREGUES NA REDAÇÃO DO JORNAL

www.jornalcnn.com.br

CNNotícias ATÉ AS 16 HORAS

jornalcnn@ibest.com.br


CNNotícias | 3

Caldas Novas - GO, quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Política

Mais uma no Rio Quente Após vários episódios dignos de cinema, alguns até do gênero de comedia que podemos sugerir. Os títulos da verdadeira vergonha que se tornou a política na cidade do Rio Quente por exemplo: 1- “Estão com Inveja da

Minha Mansão”2- ” Estou dividido, na Cidade de Rio Quente eu Ganho, na Serra da Mesa eu Gasto’’ 3- “ Não é a Primeira Dama” 4-“Meus companheiros só andam de Carro do ano” 5-“ As saidinhas pelas portas do fundo” 6-“ iii meu parente rapou os cofres da prefeitura’’ ‘’

7- “Sequestro na prefeitura” 8 -‘’ Tacaró merda no meu gabinete” 9-“ Um dos mais conhecidos na Justiça Goiana”. Agora o mais novo lançamento da serie: “As águas são quentes

mais as notas podem ser frias”. Notas Frias, isto mesmo que foi protocolado no Tribunal de Justiça do estado de Goiás. processo de numero 398805-6.2011.8.09.0000 (201193988055) INQUERITO POLICIAL DERCAP

N.042/2008 EM 07 VOLUMES o processo foi protocolado pelo Sr. Cassio Ferreira de Lima. Esta é a dura realidade dos moradores da cidade do Rio Quente que dia após dia convive com o total descaso de suas autoridades. Conforme podemos ver abaixo

PROCESSO PROTOCOLADO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE GOIÁS. PROCESSO DE NOTAS FRIAS. PROCESSO DE 2º GRAU. Numero do Processo:

398805-6.2011.8.09.0000 (201193988055)

Nome do feito:

INQUERITO

Comarca:

CALDAS NOVAS

Área:

CRIMINAL

INTERESSADO: INDICIADO: Secretaria: Relator: Local:

DIVISÃO DE AUTUACAO

Movimento:

AUTUAÇÃO / DISTRIBUI

Fase:

26 / 09 / 2011 - AUTUAÇÃO

Atividade:

AUTUADO

Descrição da Fase:

INQUERITO POLICIAL N.042/2008 EM 07 VOLUMES.

HISTÓRICO. Processo:

398805-06.2011.809.0000 (201193988055) - 0

Atividade REGISTRADA

Data 20/09/2011

Processo:

398805-06.2011.809.0000 (201193988055)

Fase:

REGISTRO DO PROTOCOLO - 20/9/2011 - 8:55

Atividade:

REGISTRADA

Local:

DIVISAO DE AUTUAÇÃO

Descrição da Fase:

INQUERITO POLICIAL N.042/2008 EM 07VOLUMES.

O prefeito de Rio Quente, Ênio Eurípedes da Cunha, anexou ao balancete uma nota fiscal de uma gráfica de Aparecida de Goiânia que já estava com suas atividades comerciais paralisadas há tempos. O suposto serviço feito pela gráfica seria a confecção de cerca de 50 mil folhetos educativos para distribuição à população do município, que apresenta cerca de seis mil habitantes.

Fone:

Caldas Novas - GO

Fax:

3454-5445 3453-4579

Hotel

MORADA DO SOL Caldas Novas-GO


4 | CNNotícias

Caldas Novas - GO, quarta-feira, 28 de setembro de 2011.

Policial Munições

PM de Caldas Novas descobre fábrica clandestina de munições ALISON MAIA – JORNALISTA POLICIAL

Policiais Militares do Serviço de Inteligência da PM de Caldas Novas descobriram na última segunda-feira (26) uma fábrica clandestina de munições para armas de diversos calibres. A PM só chegou a esta fábrica após um individuo conhecido da polícia informar aos policiais onde havia comprado as suas munições apreendidas junto com uma arma calibre 38. Esta apreensão aconteceu semanas atrás e o nome do informante será mantido em sigilo a pedido da polícia. Com base nas informações equipes do Serviço

de Inteligência e Grupo de Patrulhamento Tático chegaram ao local apontado e flagraram Elquer Machado Lopes, 25 anos, fabricando as munições. As capsulas usadas para fabricar as munições e até uma máquina de prensar a pólvora nos cartuchos e lacrá-los foi apreendido. Milhares de munições já prontas e outros milhares de cartuchos foram apreendidos e levados para delegacia de polícia. Calibres de uso restrito como “380” “40” foram encontrados, outros calibres “38” e “32” aos milhares foram apreendidos, estes últimos são os preferidos de marginais e traficantes da região.

Polícia investiga suspeitos de atearem fogo na Serra de Caldas (GO) Segundo o delegado, entre os seis suspeitos estão dois menores. Eles foram ouvidos pela polícia, mas não assumiram a autoria do crime. DO G1

Seis jovens são suspeitos de atear fogo na Serra de Caldas, em Caldas Novas, na quarta-feira (07 de setembro, de 2011). De acordo com o delegado titular da Delegacia de Polícia Civil, Lanivaldo José Mendes, os suspeitos estão sendo investigados.

Segundo o delegado, entre os seis suspeitos, estão dois menores. “Eles foram ouvidos pela polícia, mas não assumiram a autoria do crime. Os jovens foram liberados porque não há provas contra eles. Tudo o que se sabe é que eles estavam próximos ao local do incêndio”, afirma.

Focos de incêndio em Goiás De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo já destruiu 70% da Serra de Caldas Novas, uma área equivalente a 40.770 campos de futebol. Só em 2011, a corporação registrou 2.400 focos de inc ên-

dio em Goiás. Os números são semelhantes aos de 2010, mas o aumento de focos nos últimos dias preocupa os bombeiros. Este ano foram quase 100 focos no e stado, 18 some nte em Goiânia.

CPRv/1ª CIPMRv - Educando hoje para não punir amanha... Findo a semana Nacional de Trânsito, no dia 25/09/11, a 1ª Companhia Independente de Polícia Militar Rodoviária, com sede na cidade de Caldas Novas, comandada pelo CAP PM Vieira, comemora os excelentes resultados alcançados com as diversas atividades realizadas, nas quais envolveram o efetivo da Companhia; usuários da via e escolas da rede pública e particular de ensino. O saldo obtido, o interesse e a resposta das entidades de ensino foram altamente satisfatórios, pois mais de 1000 condutores foram abordados e receberam material educativo, sendo ainda orientados sobre a maneira segura de se

conduzir no trânsito a fim de reduzir acidentes e morte, bem como, cerca de 1000 alunos foram alcançados em diversas escolas públicas e particulares, através de palestras EDUCATIVAS DE TRÂNSITO, ministradas pelo 1º TEN PM Ruiter, que no contato direto com os alunos, percebeu o

quanto é importante a Educação de Trânsito nas escolas dos diferentes níveis, até porque o Código de Trânsito Brasileiro, em seu artigo 76, prevê que a educação de trânsito será promovida na pré-escola e nas escolas de 1º, 2º e 3º graus. Segundo o CAP Vieira, em razão da grande quantidade de

palestras agendadas, elas continuarão sendo ministradas até que todas as escolas interessadas, sejam alcançadas ressaltando que até o dia 06 de outubro/2011, serão ministradas mais 16 dezesseis palestras em escolas diversas, bem como será naquelas que doravante solicitarem.

Família de aluno que atirou em professora será ouvida nesta semana Pai e irmão do menino de 10 anos que se matou prestarão depoimento. Outros alunos da escola em São Caetano do Sul também serão ouvidos. O pai e o irmão de Davi Mota Nogueira, de 10 anos, que atirou em uma professora e em seguida se matou dentro de uma escola em São Caetano do Sul, no ABC, na quinta-feira (22), devem ser ouvidos pela polícia ainda nesta semana. Outros alunos da Escola Municipal Professora Alcina Dantas Feijão também prestarão depoimento à polícia, que quer esclarecer o caso. A delegada afirmou que uma das psicólogas ouviu de um aluno, logo após o ocorrido, que aquela tinha sido uma “brincadeira que não deu certo”. “Essa linha parece razoável. Seria até mais plausível, tendo em vista que ele era um bom menino”, afirmou a delegada. Saiba mais Segundo Lucy, os depoimentos ouvidos até agora reforçam a idéia do bom comportamento de Davi. “Não trabalho com a possibilidade de bullying ou que ele tenha sido vítima de outro tipo de violência”, afirmou. Os depoimentos continuarão durante a semana. Na quarta-feira (28), a delegada irá até à escola às 14h conversar com, no mínimo, cinco crianças que tiveram seus nomes citados em alguma parte dos depoimentos com a ajuda das psicólogas. Na quinta-feira (29), a professora Rosileide

Queirós de Oliveira, que continua internada no Hospital das Clínicas, será ouvida no hospital. Já na sexta-feira (30), o pai de Davi prestará depoimento no 3º DP. A polícia investiga se o aluno havia premeditado o crime. Professoras ouvidas na semana passada chegaram a dizer em depoimento que ouviram alunos comentarem que Davi tinha prometido matar Rosileide e se matar em seguida. Um desenho do aluno, no qual ele se retrata segurando duas armas ao lado de um professor, está sendo analisado por psicólogos. Caso O garoto da 4ª série do ensino fundamental entrou com a arma particular do pai escondida dentro da mochila, pediu para ir ao banheiro, retornou e disparou contra a educadora Rosileide Queirós de Oliveira, de 38 anos, que dava aula numa classe com mais de 20 alunos. Logo depois, atirou contra a própria cabeça. A tragédia ocorreu durante a tarde da última quinta, mas até agora a motivação do crime ainda é um mistério. A arma usada por Davi é do pai dele, o guarda-civil Milton Nogueira, de 42 anos. Ele poderá ser responsabilizado criminalmente por negligência por não ter conseguido impedir o filho de pegar o revólver calibre 38 que guardava em casa. Professora internada Rosileide continua internada em observação num quarto do Hospital das Clínicas em São Paulo. Ela não corre risco de morrer. Até a tarde desta segunda, ela sabia que quem atirou nela foi Davi, mas não tinha conhecimento do fato de ele ter se suicidado.


CNNotícias | 5

Caldas Novas - GO, quarta-feira, 28 de setembro de 2011.

Infraestrutura

Demóstenes alerta para riscos da energia nucelar Senador defende suspensão de novas usinas no País, mas também a garantia a segurança das instalações já existentes. O Brasil precisa discutir melhor uso da energia nuclear das usinas já construídas, e não investir em novas instalações. A opinião é do senador Demóstenes Torres, apresentada na reunião da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), na quinta-feira, 22. “Todos sabem que a produção e a distribuição de energia nuclear oferecem riscos altíssimos e que nossa matriz energética comporta uma série de alternativas”, disse, ao avaliar o projeto de lei que propõe a suspensão por 30 anos da construção de novas usinas nucleares no país. A proposta (PLS 405/11) estava na pauta da comissão, e foi retirada, por sugestão de Demóstenes, para que os senadores discutam melhor o assunto, avaliando a necessidade da suspensão e o prazo adequado para duração dessa medida. Demóstenes entende que o uso da energia nuclear precisa ser debatido na CI, com a participação de outras comissões. “Esse é um tema absolutamente científico, quer dizer, não podemos ter uma opinião definitiva sem ouvirmos o Ministério do Planejamento, o Ministério de Minas e Energia, o Conselho Nacional de Energia Nuclear”, justificou, ao citar o acidente radiológico em Goiânia, com o Césio 137, em 1987. “Nós de Goiás sofremos lá um acidente nuclear por uma coisa muito menor: um aparelho radiológico que foi mal descartado e gerou o maior acidente nuclear do Brasil”, alertou. Lei inócua O senador goiano ressaltou sua preocupação com o fato de a comissão aprovar uma lei, do ponto de vista prático, inócua. “Porque ela (a lei) diz o seguinte: fica suspensa pelo prazo de 30 (anos...) – ainda que diminuído para 10 – em todo o território nacional, a construção de novas usinas. E as que existem? E mais: e a expansão dessas usinas?”

questionou. Ele lembrou que hoje, com o sistema de distribuição, toda a energia é integrada. “Então, ali, as atuais usinas, como não há vedação legal, poderiam, sim, ser expandidas, produzir energia e acobertadas pelo espírito da lei”, alertou. Na análise de Demóstenes, o correto seria uma audiência pública específica para o tema, “para também ouvir os ambientalistas, ouvir os técnicos, em uma audiência só, para não enrolar muito. Porque todo mundo é tendente a aprovar um projeto desses”, acrescentou, ao pedir à presidência da comissão a inclusão de mais duas autoridades no debate: o ministro do Planejamento – o ministro de Minas e Energia já está convocado – e um representante do Conselho Nacional de Energia Nuclear. “Aí nós poderíamos decidir qual o melhor caminho que devemos tomar nessa questão.” Com esse argumento, Demóstenes e demais colegas obtiveram da presidência da comissão a troca do pedido de vista do projeto pela audiência pública. Relator da PLS 405/11, o senador Roberto Requião observou que o Brasil possui outras fontes alternativas de energia limpa e que não precisa investir em energia nuclear. Já o senador Flexa Ribeiro acrescentou que, após o acidente de Fukushima, no Japão, os países estão reavaliando a utilização deste tipo de energia. E criticou a omissão do governo brasileiro, ao não emitir declaração sobre o assunto expondo as medidas de segurança a serem tomadas no País. “Continuamos construindo Angra 3 como se nada tivesse acontecido”, denunciou Ribeiro.

Política

Inauguração

Marconi participa da inauguração da sede do MP de Cristalina

Inauguração do Ministério Público, na Cidade de Cristalina-GO.

O

governador Marconi Perillo participou ontem (27) da inauguração da sede própria do Ministério Público de Cristalina. Construída ao lado do Fórum, também recentemente inaugurado, a sede consolida a presença do MP em Cristalina ao oferecer estrutura adequada de funcionamento a todos os serviços prestados aos cidadãos. Ao lado do procurador-geral do Ministério Público do Estado de Goiás, Benedito Torres Neto, do prefeito Luiz Carlos Atiê e de várias autoridades dos poderes executivo, legislativo e judiciário, o governador descerrou a fita inaugural e visitou todas as dependências da instituição que foi construída a um custo de R$ 400 mil em parceria entre o governo do Esta-

do, a prefeitura e o MP. Em seu discurso, o governador lembrou que visitava Cristalina pela segunda vez desde que assumiu o governo “prova do apreço que tenho a essa que é a segunda cidade que mais gera empregos no Estado de Goiás”, destacou. O governador lembrou que, desde seu mandato de deputado estadual, início de sua vida pública, tem se dedicado a defender as causas do Ministério Público. Disse que a constituição de 1988 foi justa e honesta ao consolidar a autonomia do Ministério Público e que sempre defendeu a instituição, mesmo na qualidade de chefe do poder executivo. “Como legislador é mais fácil sair em defesa do MP. Para mostrar coerência em relação ao respeito que

tenho a esta instituição, mantive minha postura também como executivo”, disse. Marconi garantiu ao procurador Benedito Torres que o Estado o ajudará a estruturar o Ministério Público em todas as comarcas de Goiás. “Já asseguramos os recursos necessários. Em breve teremos novas inaugurações, em Itaberaí, Inhumas e Nerópolis”, garantiu. Ao encerrar seu pronunciamento de quase meia hora, o governador fez uma análise crítica do pacto federativo em vigor no Brasil. Disse que hoje os estados e municípios ficam com apenas 14% da arrecadação total das três esferas de governo, quantidade insuficiente para atender as demandas. Segundo Marconi, “os problemas estão nos esta-

dos e nos municípios. São eles que precisam resolver sozinhos, questões de segurança, educação, saúde etc. Precisamos de mais recursos para atender todas as demandas”. Marconi se referia à necessidade de Cristalina ter mais recursos para investir na área de segurança pública. O município é hoje o segundo em registro de ocorrências policiais na região do Entorno, só perdendo para Luziânia. “O crescimento do município atrai indústrias e empregos, mas também chama para si problemas com as corrente migratórias. Nem todas as pessoas vêm para Cristalina pensando em trabalhar. Algumas se aproveitam do enriquecimento da cidade para cometer crimes”, destacou.

Greve de Bancários

Bancários entram em greve a partir desta terça-feira, diz a confederação Trabalhadores querem 12,8% de reajuste; FENABAN oferece 8%. Com greve nos bancos, FENABAN orienta uso de canais alternativos. Os bancários decidiram entrar em greve em todo o país a partir desta terça-feira (27), por tempo indeterminado. A decisão foi tomada após assembleias dos sindicatos da categoria realizadas em todo o país na noite desta segunda. A paralisação atingirá bancos públicos e privados. Em nota, a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (CONTRAF-CUT), que coor-

dena o Comando Nacional dos Bancários, disse que o objetivo do movimento é pressionar a Federação Nacional dos Bancos (FENABAN) a retomar as negociações e a melhorar a proposta de aumento real de salários da categoria, cuja data-base para renovação da convenção coletiva de trabalho é 1º de setembro.

saiba mais

• Com a greve dos Correios, bancos alertam clientes sobre faturas Seguindo orientação do Comando Nacional, a categoria recusou a proposta de 8% de reajuste, feita pela FENA-

BAN durante a quinta rodada de negociações, na última sexta-feira (23), em São Paulo. “Isso significa apenas 0,56% de aumento real, continuando distante da reivindicação de 12,8% de reajuste (5% de ganho real mais a inflação do período)”, diz Carlos Cordeiro, presidente da CONTRAF-CUT e coordenador do Comando Nacional.

Reivindicações

Para os trabalhadores, a proposta dos bancos não contém valorização do piso salarial, não amplia a participação nos lucros e não traz avanços em relação às reivindicações de em-

prego e melhoria das condições de trabalho. “Os bancários reivindicam fim da rotatividade, mais contratações, fim das metas abusivas, combate ao assédio moral, mais segurança, igualdade de oportunidades e inclusão bancária sem precarização, dentre outras reivindicações”, destaca a CONTRAF-CUT. “Contamos com o apoio e a compreensão dos clientes e usuários, que sofrem com as altas taxas de juros, as tarifas exorbitantes, as filas intermináveis pela falta de funcionários, a insegurança e a precarização do atendimento bancário“, diz Cordeiro.

Fone:

Fax:

3454-5445 3453-4579 Senador Demóstenes Torres.


6 | CNNotícias

Caldas Novas - GO, quarta-feira, 28 de setembro de 2011.

Tecnologia Mesmo sem possuir computador, 93% dos brasileiros têm acesso à Internet Pesquisa aponta que 56% das moradias do país possuem pelo menos um desktop, 15% têm pelo menos um notebook e 9% possuem ambos aparelhos

A

Intel acaba de divulgar os resultados de uma pesquisa, realizada pela Ipsos Brasil, sobre a penetração de computadores e Internet nos lares brasileiros. O estudo mostrou que 58% das casas nas regiões metropolitanas do Brasil possuem computadores, com uma presença ainda muito forte dos desktops. Segundo a pesquisa, 56% das moradias possuem pelo menos um desktop, e 15% possuem pelo menos um notebook. A penetração de notebooks é mais expressiva no Distrito Federal, onde o dispositivo está presente em 25% dos lares. O brasileiro também começa a seguir a tendência mundial de individualização do PC: hoje, 19% dos lares têm mais de um computador. Em pelo menos 9% das casas, o desktop e o notebook coexistem: o primeiro como o “computador da família”, compartilhado, e o segundo como o computador pessoal de um dos

moradores. O estudo ainda descobriu que apenas 12% dos desktops nos lares são considerados de uso individual e, no caso dos notebooks, esse percentual sobe para 46%. Em todo o Brasil, o notebook está fortemente concentrado na classe A (47% dos lares) e B (23% dos lares). Já nas classes C e D, o desktop marca presença de modo mais expressivo: 56% dos lares possuem pelo menos um computador e, na classe D, 22% das moradias possuem um desktop. Um total de 58% dos usuários de notebook também têm pelo menos

um desktop e, entre as pessoas que possuem um netbook, 36% também têm um notebook no lar. Mesmo nas classes C e D, a presença de mais de um computador em casa alcança os percentuais de 7% e 4%, respectivamente. Em média, o brasileiro considera que apenas um computador não é suficiente para o lar. Em todas as regiões e classes sociais, a opinião média é de que o número ideal de computadores dentro do lar é acima de um. A pesquisa ainda mostra que a Internet já é um hábito amplamente disseminado nas

regiões metropolitanas pesquisadas, mesmo nos lares que não possuem computador. Entre as pessoas que não possuem máquinas, 93% acessam a Internet regularmente. Já 63% dos proprietários de computadores declararam acessar a Internet diariamente, enquanto apenas 23% dos que não possuem computador o fazem. O acesso à internet faz parte do dia a dia de 99% da classe A, 97% da classe B, 96% da C e 88% da D. As entrevistas foram realizadas em 16 regiões metropolitanas de destaque no país - São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Campinas, Votorantim, Curitiba, Porto Alegre, Balneário Camboriú, Brasília, Goiânia, Caldas Novas, Fortaleza, Salvador, Recife, Petrolina, Sobral e Belém, cidades que agregam o equivalente a 35% da população brasileira e cerca de 50% do PIB nacional. Participaram 2500 usuários de computadores das classes sociais ABCD com idades entre 16 e 65 anos.

Hacker afirma: Facebook sabe tudo o que você faz na web, mesmo após log out

Facebook/Twitter

Jornalista mexicana morre após fazer denúncias no Facebook e Twitter Mídias sociais se tornaram válvula de escape da população no norte do México para denunciar violência e corrupção O corpo da jornalista mexicana Maria Elizabeth Macías Castro foi encontrado sem a cabeça na beira de uma estrada na cidade de Laredo, no México, no último sábado (24/09). Nos últimos dias, ela vinha postando, tanto no Facebook quanto no Twitter, sob o pseudônimo “La NenaDLaredo”, algumas mensagens sobre grupos criminosos e denúncias de corrupção dos governos locais. Um bilhete deixado junto a seu corpo dizia que ela foi morta por “falar demais nas redes sociais” e atribuía o assassinato a um grupo criminoso local, afirmam jornais da região. Ainda não se sabe qual foi o comentário que mobilizou a tragédia.

Informações de diversos veículos dão conta de que grupos organizados estão aterrorizando a população do norte do México, forçando as pessoas e, principalmente, a imprensa, a ficar em silêncio. Por isso, as mídias sociais acabaram se tornando a válvula de escape: por trás de pseudônimos no Facebook e Twitter, várias denúncias de irregularidades, corrupção e tráfico de drogas começaram a ser feitas. A jornalista não foi a primeira vítima desses grupos. Há duas semanas, outros dois jovens foram enforcados em uma passarela na mesma cidade, com bilhetes que também citavam comentários em redes sociais.

NASA planeja levar Internet de 100 Mbps para o espaço

De acordo com os testes feitos por ele, a rede social não apaga os cookies de rastreamento quando o usuário se desliga do serviço

Com nova tecnologia, seria possível até mesmo fazer streaming de vídeos em HD a partir da Lua, por exemplo

Um hacker australiano chamado Nik Cubrilovic afirmou que o Facebook é capaz de rastrear todos os passos de seus usuários na web, mesmo se fizerem o “log out” da rede social. De acordo com os testes dele, o Facebook não apaga os cookies de rastreamento após a saída do usuário. Assim, todas as vezes que o usuário visitar uma página com o botão ou o widget do Facebook, o navegador enviará informações aos servidores da rede social. Em uma entrevista para o site VentureBeat, Nik foi categórico em afirmar que “eles, definitivamente, armazenam essas informações. Mas

A NASA, Agência Espacial Americana, está desenvolvendo um novo sistema de comunicações baseado em raios laser que pode aumentar consideravelmente a velocidade com que imagens do espaço são enviadas para a Terra. De acordo com o site Electronista, o LRCD - Laser Communications Relay Demonstration - poderia aumentar essa comunicação entre 10 e 100 vezes. Uma imagem em alta resolução vinda de Marte, por exemplo, poderia chegar após alguns minutos, contra os 90 minutos ne-

kit de desenvolvimento conseguirá comprovar o que ele diz. Se a acusação for verdadeira, esta pode ser configurada como uma séria violação de privacidade. O Facebook ainda não se pronunciou oficialmente a respeito do assunto. Mas, nos co-

cessários atualmente. Seria possível, até mesmo, fazer streaming de vídeos em HD a partir da Lua. Hoje, as transmissões da agência são baseadas em ondas de rádio. Uma série de estações captam e enviam os sinais para o espaço. Agora, a NASA quer transmitir dados de forma digital com os lasers, a partir de bases localizadas no Havaí e Califórnia. Se tudo ocorrer conforme planejado, o novo sistema de comunicações será lançado em 2016.

CRECI - F8386

só podemos especular o que farão com tudo isso”. Nik explica que chegou a essas conclusões ao analisar as informações que os navegadores enviam para o Facebook. Ele afirma, ainda, que qualquer desenvolvedor que tenha um browser com o

mentários da notícia, um usuário de nome Arturo Bejar afirmou trabalhar como engenheiro no Facebook. Ele explicou que esses cookies são usados apenas para prevenir spam, phishing e afins. “Não importa se você está logado ou não: não usamos nossos cookies para rastreamento, nem para direcionar anúncios ou vender informações para terceiros”, completou. Se você ficou “com a pulga atrás da orelha” e quer impedir que o Facebook siga todos os seus passos, é preciso apagar todos os cookies relacionados à rede social sempre que você fizer o “log out”.

AV. Orcalino Santos 219 A sl. 20 Shopping Center CTC - Centro

Av. Antônio Sanches( Próximo a Polícia Militar)

3453-1145

3453-5005


CNNotícias | 7

Caldas Novas - GO, quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Brasil

O retorno do dragão Inflação - Entenda o que é e porque é tão perigosa a volta da inflação Não há mais como esconder. Está nos supermercados, nos postos de gasolina, enfim. A escalada dos preços no Brasil traz de volta um monstro que estava sumido a quase 20 anos, mas que apavorou a nação por décadas. A inflação. O governo tenta reverter a situação, mas a crise mundial, a alta do dólar e a taxa elevadíssima de juros mantém a inflação acima das metas do governo. Há também a carga tributária que ajuda a elevar ainda mais os preços. Metas A meta de inflação para este ano era de 4,5%, com tolerância até 6,5%. Ocorre que as projeções já indicam índice acima da tolerância, ou seja, 6,52% e se o dólar subir mais, e chegar próximo aos 2 reais, essa projeção de índice pula para 7%. Se levarmos em conta o IPCA (índice de preços ao consumidor amplo) dos últimos 12 meses, esse número pula para 7,2%. Sentindo no bolso Estatísticas não interessam. Interessa o quanto isso pesa no bolso. E pesa muito. Em Caldas Novas, por exemplo, um pacote de 5 kg de açúcar passou de R$6,50 para R$ 9,50 em média. Um aumento próximo a 40%. Meio quilo de café que custava em média R$ 4,50, não se acha por menos de R$ 6,50. Regra confusa A inflação pode ser dividida em: Inflação de Demanda - É quando há excesso de demanda agregada em relação à produção disponível. As chances de a inflação da demanda acontecer aumentam quando a economia produz próximo do emprego de recursos. Para a inflação de demanda ser combatida, é necessário que a política econômica se baseie em instrumentos que provoquem a redução da procura agregada. Inflação de Custos - É associada à inflação de oferta. O nível da demanda permanece e os custos aumentam. Com o aumento dos custos ocorre uma retração da produção fazendo com que os preços de mercado também sofram aumento. As causas mais comuns da inflação de custos são: os aumentos salariais fazem com que o custo unitário de um bem ou serviço aumente; o aumento do custo de matéria-prima que provoca um super aumento nos custos da produção, fazendo com que o custo final do bem ou serviço aumente; e, por fim, a estrutura de mercado que algumas empresas aumentam seus lucros acima da elevação dos custos de produção. Ou seja, para entender, imagine-se um feirante vendendo tomates. Você leva 100 kg de tomates para vender na feira, vende todos os 100 kg, e seus concorrentes também esgotam sua produção, o que atende a todos os clientes que procuraram tomates. Ninguém ficou sem e você conseguiu vender seu estoque. Se sobram tomates e faltam clientes, você baixa o preço para conseguir desovar seu estoque, provocando assim deflação. Uma situação de deflação constante provoca recessão. A recessão

provoca o empobrecimento do produtor e a conseqüente baixa qualidade do produto e mais; sem dinheiro em caixa, o produtor não terá como investir numa próxima safra. Por outro lado, se você tem mais procura do que tomates para vender, o preço sobe. Preços altos fazem com que o poder de compra da população caia e novamente passa a faltar dinheiro para se investir na produção. A mão de obra fica mais cara e os preços passam a subir para compensar as perdas. Ação do governo Para ficar dentro do teto da meta (6,5%), a inflação em cada um dos quatro últimos meses deste ano não pode ultrapassar 0,499%. Porém, apenas o IPCA-15 de setembro, que é uma prévia do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, acelerou 0,53% até a segunda semana de setembro. No acumulado dos últimos 12 meses, com término em agosto, o IPCA já avançou 7,2%. Na prática, seu bolso vai sentir a nova projeção do Focus e, pela primeira vez desde 2003, a alta dos preços no ano vai superar o limite da meta da inflação. O boletim também estimou a inflação para 2012: enquanto o governo estipula o centro da meta também em 4,5%, os analistas acreditam que o indicador deve chegar a 5,52% – a aposta na semana passada era de 5,5%. As revisões do mercado para a inflação deste ano e a o do seguinte ocorrem diante das sucessivas altas do dólar neste mês. Apesar de a moeda americana fechar nessa segunda-feira a R$ 1,83, com queda de 0,49% em relação a sexta passada, o dólar acumula crescimento de 14,3% desde o início do mês, quando valia R$ 1,6. Por isso, o Focus dessa segunda-feira também reviu o câmbio para o acumulado de 2011, de R$ 1,65, na semana passada, para R$ 1,68. Diante dos novos números, o relatório reduziu levemente a estimativa de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB), que corresponde à soma de todas as riquezas do Brasil e passou de 3,52% para 3,51%. Juros em queda Novas quedas na Selic podem ocorrer até o fim do ano, pois, segundo o boletim dessa segunda-feira, os analistas acreditam que a taxa de juros deve fechar 2011 em 11%. Para o fim de 2012, apostam em 10,75%. A queda nos juros favorece o comércio, mas o varejo também é refém da alta do dólar. “Se o preço da moeda americana continuar aumentando, até a ração do cão vai subir, (pois) leva soja (produto taxado em dólar). O preço do pãozinho francês, devido ao trigo, também é perigoso aumentar”, destaca a economista da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) Ana Paula Bastos, para quem a inflação em 2011 “vai bater no teto ou superá-lo um pouco”. Entenda como se controlou a inflação no Brasil Plano Real foi um progra-

ma brasileiro com o objetivo de estabilização econômica, iniciado oficialmente em 27 de fevereiro de 1994 com a publicação da Medida Provisória nº 434 no Diário Oficial da União. Tal Medida Provisória instituiu a Unidade Real de Valor (URV), estabeleceu regras de conversão e uso de valores monetários, iniciou a desindexação da economia, e determinou o lançamento de uma nova moeda, o Real. O programa foi o mais amplo plano econômico já realizado no Brasil e tinha como objetivo principal o controle da hiperinflação que assolava o país. Utilizou-se de diversos instrumentos econômicos e políticos para a redução da inflação que chegou a 46,58% ao mês em junho de 1994, época do lançamento da nova moeda.A idealização do projeto, a elaboração das medidas do governo e a execução das reformas econômica e monetária contaram com a contribuição de vários economistas, reunidos pelo então Ministro da Fazenda Fernando Henrique Cardoso. O presidente Itamar Franco autorizou que os trabalhos se dessem de maneira irrestrita e na máxima extensão necessária para o êxito do plano, o que tornou o Ministro da Fazenda no homem mais forte e poderoso de seu governo, e no seu candidato natural à sua sucessão. Assim, Fernando Henrique Cardoso elegeu-se Presidente do Brasil em outubro do mesmo ano. O Plano Real mostrou-se nos meses e anos seguintes o plano de estabilização econômica mais eficaz da história, reduzindo a inflação (objetivo principal), ampliando o poder de compra da população, e remodelando os setores econômicos nacionais. Aqui jaz a moeda que acumulou, de julho de 1965 a junho de 1994, uma inflação de 1,1 quatrilhão por cento. Sim, inflação de 16 dígitos, em três décadas. Ou precisamente, um IGP-DI de de 1.142.332.741.811.850%. Dá para decorar? Perdemos a noção disso porque realizamos quatro reformas monetárias no período e em cada uma delas deletamos três dígitos da moeda nacional. Um descarte de 12 dígitos no período. Caso único no mundo, desde a hiperinflação alemã dos anos 1920. Em 19 de maio de 1993 Fernando Henrique Cardoso foi nomeado para o cargo de Ministro da Fazenda pelo Presidente Itamar Franco, assumindo perante o país o compromisso de acabar com a inflação, ou pelo menos reduzí-la. Fernando Henrique ocupava até então o cargo de Ministro das Relações Exteriores. O novo ministro foi recebido com entusiasmo, pois refletia uma possibilidade real de solução dos problemas, principalmente devido à sua capacidade intelectual e conhecimento social em nível global. Reuniu um grupo de economistas para elaborar um plano de combate a inflação, como Persio Arida, André Lara Resende, Gustavo Franco, Pedro Malan, Edmar Bacha, Clóvis Carvalho e Winston Fritsch. Em 1º de agosto de 1993, o ministro promoveu a sétima mudança de moeda do Brasil, de Cruzeiro para Cruzeiro

Real, para efeito de ajuste de valores. A intenção do governo era repetir mais uma vez a prática de “cortar três zeros”, porém, no mesmo mês de lançamento do Cruzeiro Real a inflação foi de 33,53%, e em janeiro de 1994, de 42,19%. A partir de 28 de fevereiro de 1994, como efeito da Medida Provisória nº 434, iniciou-se a publicação dos valores diários da Unidade Real de Valor (U.R.V.) pelo Banco Central. A URV serviria como moeda escritural[5] para todas as transações econômicas, com conversão obrigatória de valores, promovendo uma desindexação geral da economia. A MP nº 343 foi reeditada pelas MPs nº 482 e nº 457, e transformada posteriormente nas leis nº 8.880 e nº 9.069. A partir de 1º de março de 1994, passou a vigorar a Emenda Constitucional nº 10, que criou o Fundo Social de Emergência (FSE) considerado essencial para o êxito do plano.A emenda produziu a desvinculação de verbas do orçamento da União, direcionando os recursos para o fundo, que daria ao governo margem para remanejar e/ ou cortar gastos supérfluos. Os gastos do governo contribuíam grandemente para a hiperinflação, uma vez que a máquina do Estado brasileiro era grande, dispendiosa e ávida por mais recursos. Poucas horas antes, o Ministro FHC foi à televisão e, em pronunciamento oficial em rede nacional, deu um ultimato ao Congresso Nacional para que aprovasse a emenda à Constituição Federal. Em 30 de março, Rubens Ricupero assumiu o Ministério da Fazenda para substituir Fernando Henrique, que deixou o governo para se candidatar a Presidência da República. Em 30 de junho de 1994, encaminhou ao presidente Itamar Franco a exposição de motivos para a implantação do Plano Real. Ricúpero caiu meses depois, em setembro, devido à repercussão na imprensa do que se chamou “Gafe da Parabólica”, assumindo em seu lugar Ciro Gomes, na época membro do PSDB. Em 1º de julho de 1994 houve a culminância do programa de estabilização, com o lançamento da nova moeda, o Real (R$). Toda a base monetária brasileira foi trocada de acordo com a paridade legalmente estabelecida: CR$2.750,00 para cada R$1,00.[9] A inflação acumulada até julho foi de 815,60%, e a primeira inflação registrada sob efeito da nova moeda foi de 6,08%, mínima recorde em muitos anos. Desde 1942 foram feitas muitas reformas das quais nasceram seis novas moedas, a saber: Cruzeiro Novo (1967), Cruzeiro (moeda) (1970), Cruzado (BRC) (1986), Cruzado Novo (1989), Cruzeiro (moeda) (1990) e Cruzeiro Real (1993). A inflação acumulada de 1967 até 1994 foi de aproximadamente 1.142.332.741.811.850% (IGP-DI). O resultado positivo do Plano Real tem influenciado a política econômica brasileira desde então. Plano Real teria sido idealizado entre setembro de 1993 (época do lançamento do Cruzeiro Real) e julho de

Por: Leo Lib

1994 (lançamento do Real).

Principais medidas Desindexação da economia Medida Adotada: O ajuste e reajuste de preços e valores passaram a ser anualizados e obedeceriam as planilhas de custo de produção. Justificativa: Era necessário interromper o círculo vicioso de corrigir valores futuros pela inflação passada, em curtos períodos de tempo. Essa atitude agravava a inflação, tornando-a cada vez maior. Era comum acontecer remarcação de preços várias vezes num mesmo dia. Privatizações - Medida Adotada: A troca na propriedade de grandes empresas brasileiras eliminou a obrigação pública de financiar investimentos (que causam inflação se for feito pelo governo através da emissão de moeda sem lastro) e possibilitou a modernização de tais empresas (sob controle estatal havia barreiras impeditivas para tal progresso, como burocracia e falta de recursos). Justificativa: A iniciativa privada tem meios próprios de financiar os investimentos das empresas, e isto não produz inflação, e sim, desenvolvimento, porque não envolve o orçamento do governo. Este deve alocar recursos para outras áreas importantes. E ainda, na iniciativa privada não há as regras administrativas orçamentárias e licitatórias, que prejudicam a produção das empresas e a concorrência perante o mercado. Equilíbrio fiscal - Medida Adotada: Corte de despesas e aumento de cinco pontos percentuais em todos os impostos federais. Justificativa: A máquina administrativa brasileira era muito grande e consumia muito dinheiro para funcionar. Havia somente no âmbito federal 100 autarquias, 40 fundações, 20 empresas públicas (sem contar as empresas estatais), além de 2 mil cargos públicos com denominações imprecisas, atribuições mal definidas e remunerações díspares.[10] Como o país não produzia o suficiente, decidiu-se pelo ajuste fiscal, o que incluiu cortes em investimentos, gastos públicos e demissões. Durante o governo FHC, aproximadamente 20 mil funcionários foram demitidos do governo federal. Abertura econômica - Medida Adotada: Redução gradual de tarifas de importação e facilitação da prestação de serviços internacionais. Justificativa: Havia temor de que o excesso de demanda por produtos e serviços causasse o desabastecimento e a remarcação de preços, pressionando a inflação (fato ocorrido durante o Plano Cruzado em 1986). Existia também a necessidade de forçar o aperfeiçoamento da indústria nacional, expondo-a a concorrência, o que permitiria o aumento da produção no longo prazo, e essa oferta maior de produtos tenderia a acarretar uma baixa nos preços. Contingenciamento - Me-

dida Adotada: Manutenção do câmbio artificialmente valorizado. Justificativa: Com efeito da valorização do Real, esperava-se um aumento das importações, com aumento da oferta de produtos e aperfeiçoamento da indústria nacional via concorrêcia com produtos estrangeiros. Políticas monetárias restritivas - Medida Adotada: Aumento da taxa básica de juros e da taxa de depósito compulsório dos bancos. Justificativa: A taxa de juros teve inicialmente dois propósitos: financiar os gastos públicos excedentes até que se atingisse o equilíbrio fiscal, e reduzir a pressão por financiamentos, considerados agentes inflacionários (esfriamento da economia). Os financiamentos chegaram ter o prazo de quitação regulado pelo governo. O compulsório dos bancos teve o propósito de reduzir a quantidade de dinheiro disponível para empréstimos e financiamentos dos bancos, uma vez que são obrigados a recolher compulsoriamente uma parte dos valores ao Banco Central. Não fazê-lo (o plano) ou é incapacidade ou, o que é pior, imoralidade pela conivência com a exploração do povo e a injustiça social.

Efeitos imediatos - O efei-

to regulador do Plano Real foi imediato e muito positivo em seu propósito. A inflação calculada sobre a URV nos meses de sua vigência (abril a junho) ficou em torno de 3%, enquanto que a inflação em Cruzeiros Reais (CR$) foi de cerca de 190%.Até o início da circulação do Real (R$), em 1º de julho de 1994, a inflação acumulada foi de 763,12% (no ano) e 5.153,50% (nos últimos 12 meses). A inflação que antes consumia o poder aquisitivo da população brasileira, impedindo que as pessoas permanecessem com o dinheiro por muito tempo, principalmente entre o banco e o supermercado, estava agora controlada. O efeito imediato, e mais notável do Plano Real, foi a aposentadoria da máquina-símbolo da inflação, a “remarcadora de preços do supermercado” presente no comércio. O consumidor de baixa renda foi o principal beneficiário. Durante muitos anos a correção monetária foi uma salvaguarda que permitia aos brasileiros que tinham maior poder aquisitivo defender-se parcialmente da corrosão do valor real da moeda, com aplicações bancárias de rendimento diário. A grande maioria da população, entretanto, não tinha acesso a esses mecanismos e sofria com a desvalorização diária dos recursos recebidos como salário, aposentadoria ou pensão, sendo os maiores prejudicados com a alta inflação. Segundo estudos da Fundação Getúlio Vargas - (FGV), houve entre 1993 e 1995 uma redução de 18,47% da população miserável do país fruto do sucesso do plano. Um dos melhores índices da história.


8 | CNNotícias

Entretenimento

Caldas Novas - GO, quarta-feira, 28 de setembro de 2011.

Horóscopo Diário

Calúnia Social

a Áries 20/03 à 20/04

Querendo (des)aparecer

Todo profissional, quando desempenha bem sua função quer aparecer. Político quer mídia para reeleger, cantor quer disco de ouro para divulgar mais seu trabalho, e até o Leó Lib adora que comentem suas crônicas. Aí aparece um Mané, 20 anos, chamado para a seleção Brasileira, pra enfrentar a Argentina e diz que não vai. Acuma? Tá machucado? Tá dodói? Fumou erva estragada e vai cair no antidoping? Nada disso. Diz que não se sente confortável... Tadinho. Ô Mané, enfia um tampax na orelha e pega já esse avião! Será que ele sabe quantos jogadores de futebol sonham com essa chance? Ah, esqueci, o nome da criatura é Mário Fernandes, lateral direito do Grêmio. E não foi chamado pra time de base não. Foi chamado pra jogar no time do Mano Menezes, ao lado de Ronaldinho Gaúcho, Neymar, enfim... não vai. Já vi jogador metido a estrela. Uma vez, no falecido Pelezão, estádio já demolido de Brasilia, tomei um empurrão do Perivaldo porque pisei no seu pezinho tamanho 46 enquanto esperava um autógrafo do Mirandinha, e “sujei” a “melissinha” do Peri da Pituba. E não é sacanagem não. Ele tava mesmo de melissa (uma sandália feminina muito famosa nos anos oitenta). Acompanho futebol desde o dia que assisti, em 69(ops), eu era quase bebê, mas me lembro, o gol 1000 do Pelé pela TV, com meu avô. Fiquei fanático pelo esporte. Me lembro ainda da festa na orla no Leblon, onde nasci e fui criado, pelo tri campeonato em 70. Joguei bola com Djalminha na quinta da Boa Vista e com Edinho nas areias de Copacabana, no Lido. Ricardo Gomes era vizinho da minha tia na Rua Paissandú, em Laranjeiras, de frente ao Fluminense. Vi Zico jogar, Júnior, Sócrates, Romário, e vi uns caras que

apareceram pra curtir 20 segundos de fama, Beijoca, Cremílson e Puruca, dupla de ataque do Botafogo que não dá pra esquecer por causa dos lindos nomes que tinham, Peu que achava que depois do Zico, ele era o maior jogador do Brasil. Mas nunca, jamais em minha vida, vi um cara que não quisesse vestir a camisa amarelinha. Aí aparece um gauchinho meio doido e diz que não quer. Me lembro em 86, quando Telê cortou o Renato Gaucho da copa porque o Renato fazia uma caquinha atrás da outra, e o Leandro, lateral direito do Flamengo abandonou a seleção em solidariedade ao amigo. Sacumé, eles dividiam o mesmo quarto na concentração, dizem as mais línguas que dormia um em cima do outro, mesmo quando a cama não era beliche. Mas foi uma questão de solidariedade. E o resultado foi que no seu lugar entrou o Josimar e fez dois gols na copa que até hoje são lembrados como dois dos mais belos gols da seleção brasileira em copas do mundo de todos os tempos. Procura lá no youtube. Bem, é isso. Esse tal de Mário Bros, digo, Fernandes, não vai ter outra chance. Eu, pelo menos, não daria. Nem o Zagalo. E nem ninguém que ama futebol. Agora outra situação que ri muito até agora foi a da Lupita Ketchup. Ah, você não sabe do que to falando? Seguinte: Imagine um lavrador de 26 anos, Virlan, que tem uma esposa de 33, Lupita, e uma amante de 51, Galega . Virlan é o típico fiote de cruz credo, Deus sacaneou ele e colocou ele na fila da feiúra por duas vezes. Lupita, a faceira esposa, com seu sensual corpinho de bujão de gás, morre de amores pelo feioso, mas não esquecia um amor de infância, com quem brincava de médico, um tal de Carlos Roberto. E sabe da existência da Galega, um maracujá de gaveta que pinta o cabelo com gema de ovo pra parecer loirinha e é mais feia que o capeta pelado. Ocorre que a individua de alta periculosidade (te mata de susto de tanta feiúra), Galega contratou o tal de Carlos Roberto, freqüentador assíduo das delegacias e presídio da região, pra fazer Lupita, a rolicinha, cantar pra subir. Pelo serviço pagaria

milzinho. O medonho então, pegou uma peixeira enferrujada, e como um barão dá pra comprar quase um caminhão de cachaça, topou o serviço e foi atrás de Lupita. Ocorre que ele reconheceu Lupita, que era comida velha do Medonho. Se conheciam desde o tempo em que pentelho era só um sonho. Roberto, com pena da gorducha, bolou com ela e com seu marido, o garanhão-corno, um plano inusitado. Iam amarrar a Bolota, melecar ela com Ketchup, colocar uma faca no suvaco, de modo a parecer que tava fincada, tirar fotos e levar pra Galega, a vovó-gatinha que queria ficar com o garanhão. Ela pagaria e eles dividiriam o dinheiro. Assim foi feito. Arrancaram uma milha da feiosa, que, feliz da existência, pensando nas noites de luxúria e prazer que teria com o viúvo corno, se aprontou e foi cheirosa e retumbante para o baile da cidade, a noite. Lá encontrou o trio, Dona Lupita e seus dois comedores. A enrugada então, não pensou duas vezes. Se mandou para a delegacia para registrar queixa contra Roberto. Disse que tinha sido roubada. Seu doutor delegado mandou os guardas atrás do indivíduo, meliante conhecido de alta periculosidade, pra tirar a história a limpo. Grampeado Roberto, ele contou a história verdadeira. E mostrou as fotos. Bem, resumo da ópera, a feiosa está curtindo dor de cotovelo em casa, trancada, sem ver a luz do sol. O garanhão corno nega tudo, menos que é corno. Roberto fez como todo bom nordestino e vazou para “Sunpaulo”, e Lupita Ketchup, a “roliça rebelde” da Bahia, virou tema de forró, pegou sua parte, 250 paus e guardou, tá curtindo a fama internacional (o The Guardian, o New York Post, o Clarín, e vários outros jornais mundo afora noticiaram a pastelada), e todos devem se encontrar de novo, diante de um juiz, na comarca de Pindobaçu – BA, pois o que fizeram, todos, pode ter sido muito engraçado, mas é crime. Léo Lib leolibcnn@gmail.com Léo Lib é cronista do CNN e hoje tá com a hérnia de disco atacada.

b Touro 21/04 à 20/05

A Lua Nova em Libra mexe mais ainda com seus relacionamentos, trazendo novidades no setor. Saturno e Vênus no mesmo signo trazem seriedade nas decisões. Um namoro pode começar a ficar mais sério.

c Gemêos 21/05 à 20/06

A Lua Nova em Libra movimenta seu dia a dia e traz algumas novidades em seu trabalho. A fase é ótima para começar novos projetos ou aceitar aquela oferta para um novo emprego. Amor em fase mais séria.

d Câncer 21/06 à 21/07

A Lua Nova abre as portas do coração e traz um novo amor para você. Alguém que já vem mexendo com seu coração pode fazer você começar a pensar em algo mais sério. Espere por novidades nas próximas duas semanas.

e Leão 22/07 à 22/08

A Lua Nova traz benefícios à sua vida familiar depois de algum tempo de enfrentamento de dificuldades. Os relacionamentos melhoram significativamente. Nesta fase é possível uma mudança de residência.

f Virgem 23/08 à 22/09

A Lua Nova em Libra melhora seus contatos comerciais especialmente se estiver envolvido com a área de vendas, publicidade ou a comunicação. As amizades serão parte integrante de sua vida nas próximas duas semanas.

g Libra 23/09 à 22/10 A Lua Nova em seu signo reforça ainda mais a tendência que vem se desenhando em sua vida. Mais abertura e novidades podem ser esperadas nas próximas duas semanas. Amor e finanças em nova fase.

A Lua Nova em Libra traz mudanças em suas finanças e vida material. Uma nova proposta de negócios pode surgir nas próximas duas semanas. De qualquer maneira, a possibilidade de aumento de rendimentos é grande.

h Escorpião 23/10 à 21/11 A Lua Nova em Libra aumenta ainda mais sua necessidade de rever antigas escolhas e deixar para trás o que não serve mais. É hora de rever projetos antigos de trabalho e começar a pensar em novos.

i Sagitário 22/11 à 21/12 j Capricórnio 22/12 à 21/01 As amizades e o amor são os focos principais de sua energia e pensamento nestas próximas duas semanas. A fase é ótima para fazer contatos e firmar contratos com grandes empresas, especialmente se estiver envolvido com a mídia.

A fase traz benefícios e novidades à sua carreira, com possibilidade de novos projetos, convites e parcerias. O sucesso está mais que garantido nesta fase, portanto, não se queixe do aumento de demanda.

k Aquário 22/01 à 18/02 l Peixes 19/02 à 19/03 Nesta fase de Lua Nova em Libra os assuntos relacionados aos estudos e às viagens estão todos favorecidos. Os contatos com estrangeiros e os planos e projetos também ganham um novo fôlego. Fé e otimismo renovados.

Suas emoções passam por certa limpeza neste período de lua nova em libra. Só fica o que for verdadeiro e necessário para que suas verdadeiras necessidades sejam preenchidas. A fase é ótima para a intimidade.

Resumos das Novelas Malhação - Globo Quarta-feira, 28 de Setembro Ziggy não consegue entender como o blog voltou a ficar interativo e Cristal e Babi desconfiam que tenha sido Gabriel. Alexia fala para Natália que Douglas era um hacker e que desconfia que alguém pudesse querer sumir com ele. Gabriel conta sobre o pesadelo que teve com o acidente de Douglas. Alexia comenta com Natália que acredita que Gabriel seja um hacker e que está atrás dela por causa de seu ex-namorado. Nelson sugere que Aparecida deixe Jefferson tocar na festa de Betão se ele fizer fisioterapia.

A vida da gente - Globo Quarta-feira, 28 de Setembro Ana e Manuela vão a um laboratório e confirmam a gravidez. Iná tem novo pesadelo e liga para as netas. Ana avisa a Rodrigo que precisam conversar. Cléber conta para Jonas que Eva o denunciou para a Receita Federal e ele manda o advogado tirar tudo o que pode da ex-mulher. Jonas não aceita o relacionamento de Rodrigo e Ana. Eva descobre a gravidez de Ana. Rodrigo se encontra com a namorada no clube e os dois discutem. Ana conta para Alice que está grávida. Alice joga fora sua aparelhagem de tênis.

Morde e assopra - Globo Quarta-feira, 28 de Setembro Júlia se anima com a ideia de que seus pais estejam vivos, mas Deo acha difícil que seja verdade. Cleonice aceita se casar com Eliseu. Júlia volta a sonhar com o mundo dos dinossauros e Deo passa a acreditar que ela pode encontrar os pais. Tiago enfrenta o pai e resolve ir embora com Lídia. Augusta abandona Oséas. Minerva estranha a pressa de Renato para se casar com Alice. Minerva atrapalha Isaías e Virgínia. Amanda leva o remédio para Naomi e ela hesita em tomar.

Fina Estampa - Globo Quarta-feira, 28 de Setembro Esther fala para Danielle que não conversou com Paulo sobre sua decisão de fazer a fertilização in vitro. Zambeze diz a Luana que pode bancar suas despesas se ela ficar na pousada. Leandro começa a trabalhar na Fashion Motos e Dagmar fica orgulhosa. Celina e Henrique aparecem na clínica para verem Pedro Jorge, mas Danielle não deixa. Wallace sente uma dor no peito ao pegar sua moto e disfarça para Teodora. Victor observa Leandro e Nanda conversarem.

O Astro - Globo Quarta-feira, 28 de Setembro

SESSÕES DA CÂMARA: 03, 04 E 05 DE OUTUBRO

Nina pede desculpas a Herculano por tê-lo beijado. Felipe diz a Clô que ela precisa destruir os documentos que Salomão reuniu contra ele. Herculano mostra para Laura e Valéria o novo número que usará no show. Clô e Felipe procuram os documentos no cofre da mansão, sem saber que os mesmos estão em poder de Magda. Clô diz a Magda que sua relação com Felipe é apenas de amizade. Sílvia convida Nina para assistir ao show de Herculano.

Amor e Revolução - SBT Quarta-feira, 28 de Setembro Em protesto, os estudantes saem para a rua com cartazes. Filinto, Borges e policiais fazem um cordão de isolamento na rua. Maria pergunta a José o que ele está fazendo no Rio. Ele diz que foi designado para uma missão. Maria pergunta por que ele não respondeu às cartas dela. A guerrilheira questiona se José não acredita nela. Com cartazes e pedaços de madeiras nas mãos, os estudantes vociferam pela rua: “Abaixo a ditadura!” José e Maria se abraçam.


FÁBRICA CLANDESTINA DE MUNIÇÕES  

Policias militares da equipe de inteligencia da PM de Caldas Novas descobriram na ultima segunda feira (26) uma fabrica clandestina de m...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you