Issuu on Google+

02 de Outubro de 2012 - Edição 001

COLETIVO DA JUVENTUDE OLGA BENÁRIO ------------------------------------------------------------PARA ALEM DO BAIRRO... PROJETOS E EVENTOS do COLETIVO DA JUVENTUDE COTAS : A Presidenta Dilma sancionou o projeto de FRENTE DE MASSA E CULTURA: Em parceria com lei que reserva 50% das vagas nas universidades a Paróquia S. F. X e Casa Recriar, realizará o 1º Encontro de Graffite e Pintura do Bairro Jardim Felicidade. As federais a alunos da rede pública. SE LIGA! inscrições forma feitas na Casa Recriar e nas Igrejas da Paróquia, estendidas até a 1º quinzena de Setembro. O evento pretende reunir desenhistas, curiosos, graffiteiros, pixadores e juventude de outros diferentes espaços. O evento conta também com o apoio de Graffiteiros, Copasa, CPC Felicidade - Fica Vivo e outros. O evento tem o desejo de se realizar novamente em outras datas.

Dos 50% previstos pela lei, metade será destinada a estudantes cuja renda familiar é igual ou inferior a 1,5 salário mínimo por pessoa. Dentro desse universo de vagas destinadas a alunos vindos da rede pública serão aplicados também critérios raciais. Estudantes autodeclarados negros, pardos e indígenas terão cotas proporcionais ao número desse grupo de pessoas que vivem no Estado onde está localizada a universidade, com base em dados do mais recente censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), não importando a renda por pessoa da família - mas a exigência de terem cursado integralmente em escolas públicas permanece. FRENTE DE FORMAÇÃO, TRAB. E POLÍTICA; MAS…“Mais de 30 mil escolas do campo foram Realizou uma formação sobre o tema Cidadania no dia 30 fechadas no Brasil em oito anos” e não podemos de Setembro. Fique atento! Em breve acontecerão outras perder de vista, a educação como um direito, não com outros temas. como mercadoria e sim na perspectiva de que todos FRENTE DE COMUNICAÇÃO: Está lançando esse possam cursar gratuitamente a escola e a primiro exemplar do Jornal CJOB, entre tantos que virão. universidade como uma realização pessoal. “A ECOLÓGICA: Está participando e Educação Privada só beneficia poucos bolsos nesse FRENTE Brasil” e ela só vai existir enquanto a pública for colaborando nas discussões e lutas relacionadas à intervenção urbana que será realizada na “Mata dos sucateada e de má qualidade. Werneck”. O Coletivo defende pautas que preservem parte da área e outras questões que possam beneficiar a QUER DIVULGAR O SEU GRUPO juventude e às comunidades vizinhas à essa propriedade. AQUI? ENVIE A LOGO E INFORMAÇOES BÁSICAS PARA juventudebenario@gmail.com

Já fez 14 anos? Participe do Grupo de Teatro Fragmentos!

Veja nosso site: www.grupofragmentos.com.br 18hrs às 20hrs30min Oficina Fica Vivo às terças e quintas. Sede: “Sala Nossa” - Casa Recriar Rua Sessenta, nº 27. Jardim Felicidade. Informações: 84763628 - grupofragmentos@ymail.com TEATRO JOVEM E INFANTIL. EM BREVE ADULTO

GRUPOS PARA PARTICIPAR E CONHECER: Grupo de rap verdade seja dita Desde 2003

O Grupo já participou de uma grande variedade de eventos, de grandes shows de Hip-Hop e com presença nas mídias. Destaque em rádios, no Vozes do Morro e recentemente num programa de tv em SP. Os integrantes do Grupo são dos Bairros Jardim Felicidade, Vila Biquinha, Planalto E Heliópolis. Um dos grandes sucessos do Grupo é a música “Nossos Ancestrais” CONTATOS: (31) 8826-9917 Dj Edd djeddvsd@yahoo.com.br Informações: www.myspace.com/verdadesejadita


02 de Outubro Outu de 2012 - Edição 001

COLETIVO DA JUVENTUDE OLGA BENÁRIO - página 02 ------------------------------------------------------------------------------

FALA AI JOVEM do bairro: Ângelo Miguel - 22 anos - Prestador de Serviços PBH “Acho que no Bairro J. Felicidade devia ter mais espaços adequados para o lazer, lazer infra estrutura para a prática de esportes de várias modalidades, jogos e brincadeiras, além de profissionais das areas distintas para instigar o pessoal a aprender e praticar outras coisas…”

no ultimo encontro… …

OPINIAO …

Nesse dia foram reafirmados os compromissos dos do jovens com o Coletivo, sendo encaminhados importantes compromissos e participações para o bom funcionamento e expansão do Coletivo da Juventude. O Coletivo não é um instrumento partidário e não busca concorrer com os espaços da juventude, mas busca fortalece-los. O Coletivo da Juventude acredita na juventude organizada e consciente, que se dispõe a buscar por uma comunidade e um mundo melhor, por isso intervir na realidade com propostas criativas e participativas se torna fundamental para a sua realização. realização Se você deseja fazer parte desse Movimento, entre para uma das Frentes do Coletivo da Juventude Olga Benário. Benário

Eleições … começou a correria…

Este é um dos períodos mais engraçados e tensos que se repetem na periodoicidade de 4 anos, anos no caso as municipais. Não ão dá para pensar nas eleições, sem relembrar a sua própria história. Dizem que o voto secreto foi inventado no passado, pois “nem quem votava, sabia em quem estava votando”, onde o eleitor recebia um envelope lacrado, ele só depositava depositava na urna. Quem ia contra isso, tinha que conferir com os pistoleiros do Fazendeiro, o “dono das coisas”, quem tem dinheiro… Mas parece arece que pouca coisa mudou, hoje em dia, basta ser um pipoqueiro (“um dono das coisas”) conhecido que logo surge o interesse em candidatar -se se a vereador. Mas e o conhecimento politico? “Se você não gosta de política, será governado por quem gosta”, nessa frase há um equivoco, todo ser humano é um ser politico por natureza (não partidário), partidário), e sempre que uma ação visa um bem comum, m, seja numa brincadeira, numa fila, fila numa reunião etc., se está fazendo política, só que nem sempre os que governam “gostam gostam de política”. polític . Não se trata de uma empresa e sim de pessoas. Mais de mil candidatos a Vereador ereador em BH,, e como diz o ditado, “de bem intencionados o inferno está cheio”, não basta ter boa intenção, tem que entender sobre os tramites do sistema politico e não há como ser politico longe das pessoas e com as pessoas, do diálogo com o povo, experienciando as mazelas do povo, por isso é uma contradição um Burguês representar uma periferia… O Brasil viveu 20 anos de ditadura militar (orientada pelo EUA), e foi lutando contra esse regime que homens e mulheres valentes derrotaram aquela realidade, a Constituição de 1988 e o direito ao voto foram uma das as mais importantes conquistas, mas não podemos estagnar estagn nesse tipo de Democracia emocracia que só nos convida a votar, o povo precisa ser consultado, consultado, precisa ser instigado e possibilitado a intervir nesse governo. Assim fica a dica para escolher um bom candidato candi a verador ou prefeito. O povo vo não precisa de ser governado e sim de governar o interesse dos seus representantes. Autor: Ernesto Freire/ Filósofo e Militante Social.

JOVEM APRENDIZ

A cada edição do Jornal CJOB será divulgado um programa de jovem aprendiz. Confira também a página de Jovem aprendiz no site www.grupofragmentos.com.br

O jovens que têm o interesse de serem Aprendizes, devem cadastrar os currículos pelo site Espro: www.espro.org.br É importante que os jovens interessados realizem o curso de Capacitação Básica para o Trabalho oferecido gratuitamente nas unidades parceiras do Espro ou via ensino à distância. Posteriormente, aoo surgirem vagas, os jovens são contactados pela área de Recrutamento e Seleção do Espro, que realizam entrevistas individuais com cada um e aprovados nesta etapa, vão para entrevista com a empresa emp parceira. Se estiver no perfil da vaga, são contratados por dois anos, realizam etapa teórica no Espro (um dia) e prática na empresa (quatro dias). A carga horária, conteúdo programático, locais e datas são definidos e estruturados de acordo com a área área de atuação ou perfil da empresa parceira.


02 de Outubro de 2012 - Edição 001

COLETIVO DA JUVENTUDE OLGA BENÁRIO- página 03 ------------------------------------------------------------------------------

Filme indicado Gênero: Ação Duração: 132 min. Origem: Reino Unido/ Alemanhã Estreia: 07 de Abril de 2006 Direção: James McTeigue Distribuidora: Warner Bros Censura: 16 anos. Ano: 2006 Temáticas: Opressão, Liberdade, justiça, união, poder popular…

Espetáculo teatral indicado Direção: Fernando Couto

Espetáculo: Comi a Galinha e tô pagando o Pato Texto: Carlos Nunes e Nazir Malaheb

Censura: 14 anos Informações: (31) 3475-6131

SINOPSE: Na paisagem futurista de uma Inglaterra em plena ditadura, O filme V de Vingança conta a história de uma pacata jovem chamada Evey que é resgatada de uma situação de vida e morte por um homem mascarado, conhecido apenas como “V”. Incomparavelmente carismático e extremamente habilidoso na arte do combate e destruição, V inicia uma revolução quando convoca seus compatriotas a erguerem-se contra a tirania e opressão exercida pelo Governo. Enquanto Evey descobre a verdade sobre o misterioso passado de V, ela também descobre a verdade sobre si mesma – e emerge como uma improvável aliada na culminação do plano de V, para trazer liberdade e justiça de volta à sociedade repleta de crueldade e corrupção.

SINOPSE: Em “Comi uma galinha e tô pagando o pato”, Carlos Nunes interpreta o presidiário Zé Antônio, narrando, com muito humor e pitadas de ironia, como foi parar na prisão após roubar a galinha de estimação da filha de um deputado. O humilde desempregado, que foi criado obedecendo às leis divinas e que aprendeu com a mãe que “a inducação, a honestidade e a personalidade vem do berço”, fica sem entender porque um crime simples, cometido apenas para livrar a família da fome, o deixou tanto tempo atrás das grades. Além disso, o roubo motivou um projeto de lei para transformar a galinha em animal sagrado no Brasil, assim como a vaca é na Índia. Zé Antônio divaga, com muita irreverência, sobre crimes mais sérios que ficam impunes e situações reais que mereciam mais atenção, como a pobreza, as falhas na educação, o salário dos aposentados, a atuação da polícia, a impunidade e liberdade parlamentar dentre outros temas.

A foto dessa ediçao e… A cada edição do jornal, CJOB uma foto interessante do Bairro ou no Bairro Jardim Felicidade será escolhida pela Frente de Comunicação e publicada aqui. Quer enviar uma foto? Envie para o e-mail juventudebenario@gmail.com com o assunto: foto.

Essa é uma foto da construção do Conjunto, agora Bairro Jardim Felicidade, com foco na Casa Recriar, única instituição daquela época, que cumpria inicialmente com o papel de posto médico e posteriormente de Creche. Ao fundo as casas semi prontas. A data prevista da foto é 1987 - 1988, de autor até então desconhecido.

POETA DO BAIRRO

A cada edição do Jornal CJOB, A Frente de Comunicação do Coletivo da Juventude irá selecionar uma poesia. Envie a sua para o e-mail: juventudebenario@gmail.com com o assunto: Poesia.

Adoro esse lugar, Mas ao mesmo tempo, OURO PRETO Me deleito em repugnância de mim, Cleiton Henriques Por antes de qualquer reflexão, Me entregar à ele sob ingênua admiração Entrego-me em tesão pelas lindas obras e traços arquitetônicos que me envolvem, E quase me convencem que vivi ali os meus antepassados, Mas durante o prazer, um coito me faz lembrar com injúria

Que essa é uma cidade de tristes histórias, Feita por colonizadores, pela exploração extrema da natureza, Por obras grandiosas, Orientadas não pelo amor, Mas pela expressão de qual é o maior poder, Que se revela nos santuários revestidos em ouro E por essa grandiosa cidade ter sido feita Por homens invisibilizados, homens sem nome Chamados por “escravo”.


02 de Outubro de 2012 - Edição 001

COLETIVO DA JUVENTUDE OLGA BENÁRIO- página 04 ------------------------------------------------------------------------------

Quadro lutadores do povo A cada edição do Jornal CJOB, o Coletivo da Juventude Olga Benário irá homenagiar algum lutador da história do mundo ou do Brasil, pois acreditamos que eles só morrem de fato se eles forem esquecidos. Dessa forma, viemos nesse quadro, reascender a memória deles para que eles se tornem inspirações para moverem as esperanças e incentivar a Juventude a transformer a sua realidade, na perspectiva de um novo Brasil. A 1º a ser homenagiada, é aquela que o Coletivo da Juventude carrega o nome.

OLGA BENÁRIO

Fonte: euamoahistoria.blogspot.com.br

Olga era judia, comunista e alemã, na época do nazismo. Uma combinação impressionante que basicamente era sinônimo de morte. Mas Olga, que era militante desde os seus 15 anos, já na juventude, teve um missão numa operação militar do Partido Comunista para libertar o seu namorado Otto da prisão, o que revelou logo a sua valentia. Otto e Olga se refugiam na URSS, onde passariam alguns anos. Nesse período, ela se torna um grande quadro político-militar da Internacional Comunista. Com excelente formação intelectual e técnica, ela se especializou em paraquedismo e pilotagem de aviões. Por essa destacada atuação, Olga recebeu, em 1934, a missão internacionalista de acompanhar, na condição de segurança pessoal, Luis Carlos Prestes ao Brasil, para que este liderasse a revolução de 1935. Ambos adotam nomes e nacionalidades falsas e com o tempo se apaixonam. No Brasil, a Aliança Nacional Libertadora (ANL), reunindo os operários, camponeses e setores progressistas da sociedade, realizava grandes atividades de massas, ultimando preparativos para o momento da verdadeira libertação do país. Por ser uma organização legal, congregava muitas pessoas, entre elas intelectuais como Graciliano Ramos. A ANL foi posta na ilegalidade por Vargas, meses antes de novembro, porque temia o seu crescimento e seu caráter de frente revolucionária. Mas decidida, a ANL se dedica nos preparativos da revolução, apoiando-se em tropas que se levantariam nos quartéis do exército. Em 23 de novembro, soldados e sargentos do 21º Batalhão de Caçadores de Natal/ RN, tomavam a guarnição militar e proclamavam o Governo Popular e Revolucionário. Ali, a revolução duraria 5 dias. Após a derrota da revolução no Brasil, Olga e Prestes tornam mais severa a sua clandestinidade, mas, denunciados,

caem nas mãos dos fascistas de Vargas no início de 1936, no subúrbio carioca. Até o último momento, Olga cumpriu a tarefa de proteger Prestes, se interpondo entre ele e os policiais no momento da prisão, quando os esbirros de Vargas tinham ordem para matá-lo. Presos, A polícia política de Vargas colaborava com a Gestapo e com o governo nazista em geral, e a entrega de Olga aos alemães já estava em seus planos. Nem o fato dela estar grávida impediu que a extraditassem, juntamente com Elise Ewert, também alemã, que colaborava com o levante de 1935. Na Alemanha, Olga é encarcerada na prisão de mulheres de Barnimstrasse, onde dá a luz à filha, Anita Leocádia Prestes (hoje professora de história na UFRJ) e a amamenta até que os nazistas lhe tomam a criança, entregando-a à avó, mãe de Prestes, e transferem Olga para campos de concentração. Em fevereiro de 1942, Olga é transferida para o campo de Bernburg, onde é assassinada na câmara de gás, tendo o mesmo fim de tantos comunistas que caíram nas mãos dos nazistas. Um dia antes de morrer, Olga escreve sua última carta, revelando não se render à morte porque acreditava que a causa dos trabalhadores prosseguia, e que as novas gerações viveriam em um mundo sem a exploração do homem pelo homem. " Lutei pelo justo, pelo bom e pelo melhor do mundo. Prometo-te agora, ao despedir-me, que até o último instante não terão porque se envergonhar de mim. Quero que me entendam bem: preparar-me para a morte não significa que me renda, mas sim saber fazer-lhe frente quando ela chegue. Mas, no entanto, podem ainda acontecer tantas coisas... Até o último momento manter-me-ei firme e com vontade de viver. Agora vou dormir para ser mais forte amanhã. Beijos, pela última vez ."

A VOZ DO MILITANTE DO COLETIVO

CHARGE DO MOMENTO... INFORME:

"PARTICIPAR DO COLETIVO

TEM SIDO UMA EXPERIÊNCIA LINDA, TENHO EXPECTATIVA DE GRANDES LUTAS ALIADAS Á GRANDES CONQUISTAS " SONJALUZ VSD

Nosso contato: 8476-3628/ 92982005/ 87628417

JUVENTUDEBENARIO@GMAIL.COM Nosso blog: COLETIVODAJUVENTUDEOLGABENARIO.BLOGSPOT.COM

O Levante Popular da Juventude realizou nesse ano em várias capitais, ações simultâneas de denúncia de torturadores do povo que continuam impunes. Em BH o escracho foi para o O torturador Ariovaldo da Hora e Silva que no periodo da ditadura cometeu crimes contra a humanidade, em especial a tortura de Jaime de Almeida, Afonso Celso Lana Leite, Cecílio Emigdio Saturnino e Nilo Sérgio Menezes Macedo, entre outros. Esses criminosos andam entre nós como se nunca tivessem feito nada…


Jornal CJOB - Coletivo da Juventude