Page 1

Horário de verão termina dia 18;

Página • 1

Barra do Garças/MT - 10 a 20 de Fevereiro de 2017 - Edição 200

Barra, Pontal e Aragarças voltam à “normalidade”

No próximo dia 19, Barra do Garças deixa de usar o horário de Mato Grosso e volta ao horário oficial de Brasília. É que o horário de verão termina nes-

Barra do Garças/MT - Ano IX - Nº 200

ta data, quando os relógios devem ser atrasados em uma hora. Para os moradores de Barra, Pontal e Aragarças, os ponteiros permanecem inalterados.

Vale do Araguaia/MT/GO - 10 a 20 de Fefeveiro de 2017

Página 05

Site: www.jornalcidademt.com.br • E-mail: jornalcidadebg@uol.com.br

General Carneiro

Marcelo Aquino determinou identificação de dívidas deixadas na prefeitura Uma equipe de secretários e coordenadores da prefeitura de General Carneiro foram escalados para cumprirem uma difícil tarefa: a de identificar e conhecerem a herança deixada pela adminis-

tração anterior. “O que mais preocupa o prefeito e seus assessores, são as dívidas deixadas pela administração anterior. Algumas já foram identificadas e se não forem quitadas com a maior brevidade

possível, a administração pública corre o sério risco de sofrer paralização com cortes de despesas e enxugamento da máquina”, disse Claudemir Teles, secretário chefe de gabinete. Página 04

Nova lei transfere 5% do território da Barra para Nova Xavantina Redivisão territorial

Prefeito João Cebola atribui conquista a Baiano Filho, Nininho e Eduardo Moura

Página 03

A medida faz mudança na divisa entre Barra do Garças e Nova Xavantina, que tinha como marco o córrego Zacarias, passa para o córrego Água Azul, levando para Nova Xavantina várias propriedades rurais com milhares de cabeças de gado e plantação de grãos. Página 03

Programa “Saúde Toda Hora” e lançado na Barra e policlínicas atenderão até meia-noite

Página 02

Contribuintes do IPTU são beneficiados com desconto de 40%

Página 02

Roberto Farias diz que busca na Justiça permanência de território

Página 03


Página • 2

Barra do Garças/MT - 10 a 20 de Fevereiro de 2017 - Edição 200

Piadas & Passatempo

Mulher Feia

O camarada estava andando de táxi quando o motorista disse: – Olha que mulher bonita! Nossa, ela é um avião! Gostosa! E o passageiro respondeu, gritando: – Feia! O motorista: – Feia nada! Ela é gostosona pra caramba! Um tesão! E o passageiro, de novo: – Feia!!! Feia!!! – Que feia o quê! Tá louco? – retrucou o motorista.

Papo de bar

Dois homens estão num bar bebendo uma cerveja geladinha, quando um deles diz: — João, eu acho que vou me separar da minha mulher... Já faz três meses que ela não fala

E o passageiro, aos berros: – Feia!…. Feia!… Feia!…. Feiiiiiia…!!! O motorista, que não estava olhando para a frente, mas, de olho na gostosa, deu uma batida no carro da frente. Ficou louco da vida e exclamou: – Pô, cara! Você viu que eu ia bater!!! Por que não me avisou? E o passageiro, histérico: – Aralho! Eu ava alando há ua hora: feia, feia, feiiia, e ocê não feiô. É urdo é, seu ilho da uta? Á omá no ú seu ôco!!!! comigo! O outro pensa um pouco e fala: — Pense bem, Antônio... Hoje em dia não é fácil encontrar uma mulher assim!

Viagem do cachorrinho Um avião vinha do Nordeste para o Rio de Janeiro, então os funcionários do setor de desembarque de cargas perceberam um cachorrinho morto. Desesperados, eles atrasaram o desembarque da bagagem dando uma desculpa qualquer, como sempre... Depois de muita confusão, os funcionários concluíram que o comandante se esqueceu de aquecer o porão de cargas, o que matou o coitado do totó. Com medo de perder o emprego, um funcionário foi até um canil próximo e achou um cachorro idêntico ao falecido.

Liberaram as bagagens e entregaram o cachorro para a dona. Mas, apesar do esforço, a mulher insistia que aquele não era seu cachorro. E os funcionários insistiam no contrário. Por fim, um funcionário disse que ela não estava reconhecendo o cachorrinho era por causa da pressurização que afeta as pessoas. Aí, a dona respondeu: — Esta pressurização deve ser muito boa mesmo, pois meu cão embarcou morto lá do nordeste e eu estava trazendo ele para ser enterrado aqui no Rio...

Rápida, infame e cretina Num aeroporto barra-garcense, um árabe está na entrevista para imigração: - Seu nome? - Abu Sal Amalek. - Sexo?

- Quatro vezes por semana. - Não, não, não! Homem ou mulher? - Homem, mulher… Algumas vezes camelo, ...outras égua.

Amor desvairado Um casal vinha por uma estrada do interior, sem dizer uma palavra. Uma discussão anterior havia levado a uma briga, e nenhum dos dois queria dar o braço a torcer. Ao passarem por uma fa-

zenda em que havia mulas, jumentos e porcos, o marido perguntou, sarcástico: - Parentes seus???! - Sim, respondeu ela. Cunhados e sogra.

Roberto Farias disse que prioridade é a saúde e que vai projetar Barra para mais de 20 anos O prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias (PMDB), que recém iniciou o segundo mandato, avalia que está mais preparado para o desafio que terá pela frente. Segundo ele, a experiência adquirida nos últimos quatro anos será de fundamental importância para administrar o principal polo econômico da região do Vale do Araguaia. O peemedebista ressaltou que os erros do passado serviram de lição para que não sejam cometidos neste segundo mandato. “Acredito que a experiência que tenho agora será importante para que consigamos colocar em prática todos os projetos que Barra do Garças necessita. Agora é a hora de prepararmos a cidade para o futuro, projetando uma Barra para os próximos 20 anos”, destacou. Nesse segundo mandato, o prefeito pretende focar a sua gestão na geração de emprego, saúde, educação, obras estruturais, conclusão do anel viário e na transformação de Barra do Garças no principal polo turístico de Mato Grosso com a ampliação das opções de lazer, como o Parque das Águas Quentes, avenidas de lazer nos bairros, avenida Beira Rio, Centro de Convenções e liberação do Parque Estadual da Serra Azul para visitação. Roberto acredita que os desafios serão grandes nos próximos anos, principalmente, levando-se em conta a crise econômica que o país atravessa e que vem afetando diretamente as prefeituras, que dependem de

recursos dos governos estadual e federal. “Temos que ter os pés no chão, cortar gastos, manter a máquina enxuta e fazer o dever de casa, sob pena de passarmos pelas dificuldades que muitas prefeituras estão passando”, disse. O prefeito espera contar, nos próximos quatro anos, com o mesmo apoio que teve da Câmara Mu-

nicipal no primeiro mandato. Conforme Roberto, o Poder Legislativo deu a sua parcela de colaboração, sendo um “parceiro em todos os momentos”. “Espero contar com o apoio de todos os vereadores, independentemente de partido político, pois, o que está em jogo é o futuro de Barra do Garças e seu povo”, afirmou.

Contribuintes do IPTU são beneficiados com desconto de 40%

A prefeitura de Barra do Garças pretende arrecadar R$ 5 milhões com o recolhimento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) até o dia 14 de março. Como incentivo está concedendo desconto de 40% aos contribuintes que efetuarem o pagamento à vista até esta data. Os carnês do exercício 2017 já estão sendo entregues nos imóveis edificados. Esse é o quinto ano consecutivo que o prefeito Roberto Farias (PMDB) concede desconto especial para o pagamento à vista do IPTU. Durante os anos de 2013 a 2016, o mesmo percentual de desconto foi concedido com resultado positivo. Em

2016, o município arrecadou cerca de R$ 4 milhões e neste ano a estimativa é de 25% de crescimento na arrecadação em relação ao ano passado. Atualmente, quase 52 mil imóveis edificados e não edificados estão cadastrados na secretaria de Finanças de Barra do Garças e desse total, 32,06% estão inadimplentes, ou seja, estão inscritos na dívida ativa pela falta de pagamento do imposto. Segundo o secretário de Finanças, Marcelo Chiavagatti Francisquelli, àqueles que não tiverem condições de efetuar o pagamento à vista e ainda quiser se

beneficiar do desconto, poderão parcelar em até três vezes com parcela mínima de R$ 30 que terão o benefício. Os contribuintes que optarem pelo pagamento em até 10 vezes sem desconto deverão comparecer a secretaria de Finanças. Os carnês do IPTU 2017 serão entregues nas residências até o dia 14 deste mês e aqueles que porventura não receberem o documento, deverão procurar a secretaria de Finanças, assim como os proprietários de lotes. Os carnês dos imóveis edificados também poderão ser retirados no site da prefeitura.

Prefeito herda dívida de um milhão e meio e fecha acordo para parcelar a folha deixada em atraso Uma dívida de R$ 1,5 milhões obrigou o prefeito de Pontal do Araguaia, Gerson Rosa de Moraes (PSDB), a fechar um acordo para o parcelamento da folha de pagamento do mês de dezembro e do 13º salário deixados em atrasos pela ex-prefeita Divina Oda (PSD). O tucano se reuniu na Câmara com os servidores para “fechar” um acordo e aliviar um pouco da “pressão” que vinha sofrendo. Prejudicado pela falta de colaboração da ex-prefeita Divina Oda (PSD), que não permitiu a atuação da equipe de transição, Gerson foi obrigado a realizar uma auditoria para levantar a real situação do município e apresentou, preliminarmente, um diagnóstico das dívidas deixadas. A folha de pagamento, no

montante de R$ 589 mil é o principal entrave do novo gestor. “Infelizmente, ela não cumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal e deixou a folha em atraso. Além disso, existem outras dívidas que estão inviabilizando a prefeitura neste início de mandato, deixando o município inadimplente”, disse o prefeito, apontando que em dezembro Pontal do Araguaia arrecadou R$ 2,8 milhões, mas foram pagos R$ 2,7 milhões, sem incluir a folha dos servidores. Para amenizar a situação do funcionalismo, Gerson Rosa fechou acordo para o pagamento de 50% da folha mais os encargos sociais no último dia 24 e outros 50% no dia 12 de março, conforme a arrecadação do município. Gerson foi eleito com 1.736 votos

(42,76%) contra 1.724 (42,46%), uma diferença de apenas 12 votos da segunda colocada, a ex-prefeita Divina Oda.


Página • 3

Barra do Garças/MT - 10 a 20 de Fevereiro de 2017 - Edição 200

Redivisão territorial

Redivisão territorial

O município de Nova Xavantina ganhou 5% do território de Barra do Garças com a sanção pelo governador Pedro Taques, da Lei nº 10.500/2017, publicada no Diário Oficial do Estado em 18/01, páginas 02 a 65, aprovada pela Assembleia Legislativa, que define as divisas de 36 municípios, gerando discussões e descontentamentos dentro de vários municípios que se sentiram prejudicados e que prometem recorrer às vias judiciais para possível alteração da Lei. A medida faz mudança na divisa entre Barra do Garças e Nova Xavantina, que tinha como marco o córrego Zacarias, passa para o córrego Água Azul, levando para Nova Xavantina várias propriedades rurais com milhares de cabeças de gado e plantação de grãos. O projeto foi elaborado

O prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias (PMDB), anunciou que vai promover ação judicial para reverter à situação imposta pela Lei nº 10.500, sancionada pelo Governador Pedro Taques em 18/01, quando transferiu 5% do território barra-garcense para o vizinho município de Nova Xavantina. Segundo o prefeito, Barra do Garças está sendo prejudicada e diante disso mobilizou sua assessoria jurídica para buscar na justiça a permanência da área transferida para o território de Nova Xavantina. “Estamos promovendo perante a justiça medidas judiciais cabíveis. Não fomos chamados para discutir a nova divisa e a população de Barra do Garças não foi ouvida”, disse. Ainda segundo o prefeito Roberto Farias, a medida prejudica Barra do Garças pela saída de grandes propriedades rurais que colaboram para aumentar a arrecadação do município. “O prejuízo é muito grande e não vamos admitir esta situação. Vamos lutar até às últimas instâncias para garantir a devolução da área

Nova lei transfere 5% do território Roberto Farias diz que busca na da Barra para Nova Xavantina Justiça permanência de território

pela Comissão de Revisão Territorial dos Municípios e das Cidades, presidida pelo deputado Ondanir Bortolini, o “Nininho” (PSD) e contou com a colaboração da secretaria estadual de Planejamento (SEPLAN) e do IBGE. Com a nova redivisão,

Nova Xavantina ganhou de um lado e perdeu do outro uma área praticamente equivalente a tirada de Barra do Garças. O município perde 4,9 km² para Campinápolis, o que na prática não aumenta a sua faixa territorial que era 5,5 mil km².

Redivisão territorial

Prefeito João Cebola atribui conquista a Baiano Filho, Nininho e Eduardo Moura

perdida”, destacou. Roberto Farias disse ainda que estranhou o fato de que os deputados Ondanir Bertolini, o “Nininho”

(PSD), Baiano Filho (PSDB) e o secretário da Ager, Eduardo Moura, colaboraram para prejudicar Barra do Garças com essa nova lei.

Programa “Saúde Toda Hora” e lançado na Barra e policlínicas atenderão até meia-noite

O prefeito João Batista Vaz, o Cebola (PSD), comemorou a sanção da lei que beneficia o município de Nova Xavantina com 5% do território de Barra do Garças. “Conseguimos aderir Nova Xavantina nos estudos e ganhamos esta área de suma importância para nosso município. Perdemos dois assentamentos, o Santa Célia e o Santa Cruz que desde as suas implantações já eram assistidos pela Prefeitura de Campinápolis, inclusive, a maioria de seus moradores são eleitores de lá”, disse. Com a redivisão, o prefeito ressalta a adesão de 10

grandes propriedades rurais com mais de 100 mil cabeças de bovinos. “Nossa arrecadação terá um implemento com essa decisão. Ainda não realizamos o levantamento, mas o ganho será significativo para o município”, disse Cebola, que destacou o empenho dos deputados Nininho, Baiano Filho (PSDB) e de Eduardo Moura. “Agradecemos pela conquista aos deputados Ondanir Bertolini, o Nininho (PSD) Baiano Filho (PSDB), e a Comissão de Revisão Territorial dos Municípios e das Cidades da Assembleia e ao secretário da Ager,

Eduardo Moura, que apoiaram e trabalharam para que fosse oficializada a nova divisão territorial. Não fosse pelos mesmos, certamente não teríamos êxito nessa importante conquista”, comemorou João Cebola. Pela nova Lei, Nova Xavantina ganha 5 km² na divisa com Barra do Garças, passando o limite do córrego Zacarias, para o córrego Água Azul. De início, sabe-se que fazendas como Vera Cruz, Roncador, Ana Cláudia, Santa Vera, Santa Mariana, Fazenda Pressão e outras, passarão para o município de Nova Xavantina.

Duas policlínicas de Barra do Garças, localizadas nos bairros Santo Antônio e São José, passaram a funcionar até a meia-noite. A novidade faz parte do programa “Saúde Toda Hora”, lançado pelo prefeito Roberto Farias, o vice Weliton Marcos e o secretário de Saúde, José Jacó. Com o novo programa a Prefeitura espera desafogar o fluxo de pessoas no Pronto Socorro e Hospital Milton Morbeck. Ocorre que nas policlínicas, a população terá atendimento médico, consultas, serviços de enfermagem, pequenas cirurgias, curativos, farmá-

cia básica, preventivo, pré-natal, coleta de materiais para exames, nebulização, teste de gravidez, aplicação de medicamentos e serviços odontológicos. “É momento de crise, mas entendemos que a população precisa de saúde e estamos buscando esta alternativa que facilitará o acesso, principalmente de quem trabalha durante o dia e não tem como ir aos postos de saúde, e desta forma vamos também desafogar o Pronto Socorro. Em breve a Prefeitura estará inaugurando a UPA que será mais um avanço importante para

a saúde do barra-garcense”, ressaltou o prefeito Roberto Farias. Além das policlínicas que estarão abertas nesse período da noite, a secretaria de Saúde de Barra do Garças conta também com a estrutura do Pronto Socorro e hospital, e as unidades básicas de saúde que estarão funcionando nos período matutino e vespertino para o atendimento regular da população. A policlínica do bairro Santo Antônio atenderá toda a região central e a do bairro São José os bairros mais afastados do centro.


Página • 4

Barra do Garças/MT - 10 a 20 de Fevereiro de 2017 - Edição 200

Marcelo Aquino determinou identificação de dívidas deixadas na prefeitura Uma equipe de secretários e coordenadores da prefeitura de General Carneiro foram escalados para cumprirem uma difícil tarefa: a de identificar e conhecerem a herança deixada pela administração anterior. “O que mais preocupa o prefeito e seus assessores, são as dívidas deixadas pela administração anterior. Algumas já foram identificadas e se não forem quitadas com a maior brevidade possível, a administração pública corre o sério risco de sofrer paralização com cortes de despesas e enxugamento da máquina”, disse Claudemir Teles, secretário chefe de gabinete. Claudemir Teles disse ainda que até agora não foram identificados os pagamentos de algumas despesas assumidas com a previdência do município, o PREVIGEN. “Outra situação constrangedora é oriunda das dívidas com o consumo de energia elé-

trica e com o INSS. O não pagamento do INSS deixa a prefeitura inadimplente e impossibilitada de conseguir certidões negativas. Todos sabem que sem estes documentos, os recursos que poderiam ajudar na condução dos trabalhos da administração ficam prejudicados”, lamentou. Prosseguindo, Claudemir Teles disse que existem inúmeros processos de rescisão de contratos sem comprovante de quitação, férias e 13º dos servidores. “Afora estas situações, existem ainda aproximadamente 100 medidas judiciais propostas contra a prefeitura tramitando perante o Poder Judiciário. Todas envolvem dívidas que a gestão anterior deixou como herança”, completou. Segundo Claudemir, ainda não é possível mensurar o valor total de débitos da prefeitura, pois a gestão anterior ainda não fechou o ano de 2016.

General Carneiro

Prefeito cobra em Cuiabá recursos devidos ao município

“Promover e realizar encontros na busca de recursos e reconquistar o que é de direito do município”. Foi com este propósito que o prefeito Marcelo Aquino (PR), de General Carneiro, se deslocou até Cuiabá, começando sua maratona na Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte – DNIT, quando foi recebido em audiência pelo Superintendente Substituto Laércio Coelho Pina e pela procuradora chefe Leoni Alves Veras da Silva. A audiência teve como objetivo reaver os pagamentos do imposto ISSQN devidos à municipalidade pela empresa que presta serviços de

manutenção e conservação da rodovia BR-070 dentro do município. “A municipalidade contabiliza enormes prejuízos com o não recolhimento deste tributo que é recolhido em outro município. General Carneiro não pode sofrer prejuízos”, sentenciou Ubiratan Barroso, procurador jurídico do município. Marcelo Aquino disse que o município há anos está deixando de arrecadar recursos que é de direito da municipalidade e que determinou diligências junto a todos os órgãos da administração, para colher possíveis falhas na arrecadação vez que pode existir outros recursos que deixam de entrar nos cofres públicos.

Marcelo Aquino e primeira dama Ana Prefeito Marcelo faz lançamento Flávia são recebidos pelo presidente do TCE de construção de creche

O prefeito de General Carneiro, Marcelo Aquino (PR), se preocupou em buscar junto às autoridades competentes e fiscalizadoras dos cofres públicos, regularização nos processos que estão provocando impedimentos nas expedições de certidões e outros documentos, visando o regular andamento dos trabalhos junto à administração municipal.

Para tanto, ele foi recebido em audiência pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Antônio Joaquim e pelo Deputado Federal, Carlos Bezerra, PMDB. Além da reivindicação referente à questão documental, Aquino aproveitou para buscar recursos para melhorias no tratamento e distribuição da água para a população. Acompanhado da pri-

meira dama e Secretaria de Administração Ana Flavia, o prefeito também foi recebido em audiência pela secretaria adjunta Estadual de Assistência Social, Marilê Cordeiro, quando reivindicaram apoios na regularização do município junto à SETAS, visto que todos os convênios se encontram paralisados por força de débitos e irregularidades.

Prefeitura vai adquirir área para implantação de Distrito Industrial em Nova Xavantina

Nova Xavantina poderá ganhar o seu Distrito Industrial. O prefeito João Batista Vaz da Silva, o João Cebola, disse que está providenciando uma área de terras para concretizar um antigo sonho da comunidade local. Cebola apontou que a Prefeitura no momento dispõe de R$ 1,5 milhão em caixa, oriun-

dos de receitas de impostos municipais provenientes em grande parte do recebimento do imposto sobre a transmissão de bens imóveis (ITBI), referente à venda de parte da Fazenda Viena; somados com outras economias de sua gestão. “Vamos utilizar grande parte destes recursos na compra desta área, através de desapro-

priação, cujo local ainda não sabemos qual será” adiantou o prefeito, salientado que o que sobrar será gasto com asfalto. A implantação de um distrito industrial na cidade é um grande e antigo sonho perseguido por gestões anteriores e por grupos de organizações não governamentais que atuaram e atuam no município.

O prefeito de General Carneiro, Marcelo Aquino, PR, fez o lançamento da construção de uma creche na cidade, cuja obra teve início no dia 23/01 com previsão de conclusão no dia 23/09. A solenidade de lançamento da obra contou com a presença de várias autoridades, dentre elas vereadores e secretários municipais, do vice-prefeito de Barra do Garças, Weliton Marcos, PR, do vereador Jayme Rodrigues, PMDB, de Barra do Garças, empresários e moradores. Para atingir esta etapa dentro do projeto de construção da creche, Aquino se descolou

até Brasilia com a finalidade de dar andamento normal no processo de liberação dos recursos garantidos pelo FNDE, o que aconteceu. “O recurso para a construção da obra é proveniente de um convenio federal com contrapartida do município. Acontece que quando da tramitação do processo licitatório, o local de construção da creche foi mudado para outro endereço, provocando paralização em tudo”, informou o prefeito. Diante dos fatos, o prefeito Marcelo mobilizou sua equipe determinando providências na busca urgente da solução das pendências e destrave processual, o que foi feito em prazo

recorde. “Graças ao prefeito Marcelo Aquino estamos dando início nesta importante obra que vai beneficiar centenas de crianças crecheiras. Com esta ação, Marcelo mostrou que quando se quer fazer, se faz. Aquino foi mais longe ao propiciar a geração de empregos no município, pois, ele pediu que a mão de obra na construção da creche fosse com profissionais da cidade”, disse Adilson Cambaúva, proprietário da empresa responsável pela construção da creche. O valor da obra é R$ 1.351.698,74 com construção de amplo e moderno prédio.

Cidade 200  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you