Issuu on Google+

NOTÍCIAS

Cultura é força transformadora Diretor: Isaías A. dos Santos Filho ( Jairzinho )

Ano 4 - Edição 87

De 28 de abril a 4 de maio de 2012 R$ 1,00

Dr. Jorge traz governador a Ferraz e conquista obras da Perimetral da Copa

Acompanhado de Jorge Abissamra, o governador Geraldo Alckmin visitou uma das feiras de Ferraz e anunciou investimentos. Alckmin garantiu que a cidade receberá R$ 10 milhões para a construção da perimetral Página 3 da Copa. A obra, uma ligação de 24 quilômetros, vai ligar o bairro de Guaianazes, na capital, a Mogi das Cruzes, trazendo benefícios para Suzano, Poá, e, principalmente, Ferraz de Vasconcelos.

Esportes

Solidariedade

Atacante

Na net

Corinthians vai tentar a contratação de Pato.

Neymar mostra sua vida na internet.

Mudanças

Regionais

São Paulo e Palmeiras esperam por reforços.

Terceira idade de Ferraz disputa jogos regionais.

Página 7

Página 7

Página 7

Página 7

O empresário Paulo Camargo, proprietário do salão Montreal Eventos, foi solidário com

Prefeitura de Ferraz entrega kits escolares

Dia do Trabalho

A cerimônia que marcou a entrega simbólica do kit escolar em todas as unidades de ensino público infantil de Ferraz ocorreu em duas escolas da cidade. Muitos pais o estiveram presentes. Ao todo são 22 mil kits

Diversas centrais sindicais de forma unificada vão promover a primeira comemoração do Dia do Trabalho - 1º de Maio, na cidade de

a situação das estudantes ferrazenses vítimas do golpe da formatura e vai realizar o tão

Ferraz de Vasconcelos. O evento será realizado no campo do Jardim Castelo, a partir das 7 horas. Prêmios serão sorteados. Página 6

compostos de diversos materiais como agenda, cadernos, lápis e mochila. Cada kit foi configurado a partir das necessidades específicas de cada ciclo e faixa etária e já estão chegando às unidades. Página 6

esperado baile. Paulo Camargo buscou parcerias para doar a festa para as vítimas do su-

posto calote. “Eu me choquei com esta situação”, afirmou Camargo. Página 4

Filló tenta barrar shopping center O pré-candidato do PSDB à Prefeitura, Acir Filló, sem pensar nos moradores da cidade, que após muitos anos haviam concretizado um sonho, teria ido até Brasília entrar com uma ação na Justiça para impedir a construção do shopping

center. Filló, a população não pode ser prejudicada por sua ambição ao poder. A disputa por um cargo público é legítima, mas os ferrazenses não podem ser vítimas da sua ganância e desespero pelo comando da Prefeitura. Página 5

Legislativo

Música

Bastidores

Alternativa

Nicolas volta à Câmara no lugar de Rose Crossi.

Talento faz com que jovem se torne professora.

Confira as últimas da coluna Chupa Essa Manga.

Obras da Avenida Marginal são retomadas.

Página 5

Página 2

Página 4

Página 4


P2

CENÁRIO NOTÍCIAS

P2 Diretor Responsável: Isaías A . dos Santos Projeto Gráfico: José Carlos Manoel da Silva www.grupocenario.com.br email: redacao@grupocenario.com.br Redação: 4674 - 2593

Tiragem: 5000 Impresso na Gráfica do Diário Circulação: Ferraz de Vsconcelos e Poá

Editoriais email: redacao@grupocenario.com.br

H

Invenções no Brasil

á dias, o paulista Mike Krieger, 26 anos, inventor de um aplicativo – o Instagram, que produz efeitos em fotos para tablets e permite compartilhá-las na internet -, foi figura central de uma das maiores negociações já feitas na Web: vendeu seu software ao Facebook por nada menos que 1 bilhão de dólares. Já o mineiro Nélio Nicolai, 72 anos, autor, entre outros, de três aplicativos mundialmente consagrados - o Bina (rebatizado pelas operadoras de telefonia de “identificador de chamadas”, para driblar a patente); o Salto (sinalização sonora que indica, numa ligação, que outra aguarda na linha); e o SMS Transações Bancárias -, luta há mais de 30 anos contra os que usurparam seus inventos e os comercializam mundialmente sem sua autorização. O que diferencia o destino de Krieger do de Nélio? Simples: Krieger patenteou seu aplicativo nos Estados Unidos, para onde se transferiu aos 18 anos, enquanto Nélio registrou o seu no Brasil, onde permanece (mora em Brasília). Nos Estados Unidos, direito autoral é coisa sagrada, que ninguém ousa violar. No Brasil, muito pelo contrário... O aplicativo de Krieger foi adquirido pelo Facebook, que temia sua crescente popularidade e inevitável concorrência. Se preferiu comprá-lo a pirateá-lo, não foi por bom mocismo, mas por uma razão simples: seria judicialmente condenado se agisse de outra forma. Ciente disso, nem cogitou de uma transgressão. Já os usuários dos aplicativos de Nélio – as operadoras multinacionais de telefonia – não hesitaram em optar pela pirataria, e por uma razão também simples, exatamente inversa à do Facebook. Aqui, afinal, é a terra do Capitão Gancho, onde pirataria dá certo. Então, por que pagar o autor? Cada país tem sua lógica. Talvez por isso (talvez coisa nenhuma!), o Brasil responda hoje por apenas 0,1% da produção mundial de patentes. E essa minoria abnegada configura

o que o presidente da Academia Brasileira de Ciências, Jacob Palis, define como “alguns raros heróis que se aventuram por aí, sem contar com infraestrutura, nem estímulos concretos”. Embora as patentes de Nélio estejam registradas no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) desde 1979, cumprindo todos os requisitos legais, jamais lhe foi pago um só centavo. Se patente não significa nada, por que não fechar então o INPI? O Bina e o Salto são serviços cobrados pelas companhias telefônicas em todo o mundo. Em São Paulo, por exemplo, a identificação de chamadas custa a cada assinante R$ 12,70 ou US$ 6. Nélio, solitariamente, enfrenta há anos esses gigantes, comprometendo saúde e patrimônio pessoal. O que ouve de gente do governo e de advogados das operadoras é sempre depreciativo. Chamam-no de louco, visionário e, pasmem, ambicioso. Pior: uma das infratoras, a multinacional Ericsson, responsável pela maioria das centrais eletrônicas no Brasil, teve a caradura de impetrar processo no Tribunal Federal da 2ª Região do Rio de Janeiro, pedindo nulidade da patente brasileira. Nada menos. Se não conseguiu a nulidade, operou uma proeza: transformou a vítima em réu. A Justiça proibiu Nélio de utilizar o próprio invento, enquanto não houver a sentença final, mas, enquanto isso, a ré pode continuar a usá-lo. Lógica interessante. Se o Instagram – de uso gratuito e interesse restrito a uma parcela dos usuários das redes sociais -, vale 1 bilhão de dólares, quanto vale o Bina, usado (e cobrado) em todo o mundo? Somente no Brasil, há hoje 250 milhões de usuários de celular (fora os de telefonia fixa) com o serviço Bina, que garantem faturamento mensal de 3 bilhões de reais às operadoras. Quanto o país perde com isso? Quantos PACs poderiam estar sendo financiados? Quantas escolas e hospitais? Perguntem ao governo federal, ao Judiciário e às operadoras.

Chupa essa

Manga Facetimber Nesta edição darei visibilidade para uma postagem que ocorreu na comunidade Ferraz no Facebook que deu o que falar acompanhem:

Maiza Aparecida

Vejam só isso...o Professor de Biologia do meu filho, toda vez que entrava na sala de aula fazia uma oração o Pai Nosso apenas. E muitas vezes lia uma mensagem de fé, pedia para quem estava doente e assim por diante, ele faz isso há muitos anos. Mas nunca exigiu que os alunos fizessem as orações, apenas pedia que eles respeitassem. Pois bem, a Diretora da escola proibiu que ele fizesse as orações diárias. Fiquei muito triste com isso, pergunto o que é melhor...tentar colocar fé nos corações (independentemente de religiões) ou ensinar coisas erradas??? Estou pasma com tanta falta de sensibilidade da parte dela, sei lá se estou errada, ou os conceitos estão errados??

Comentarios:

MPMaria Marluci: RS NO BRASIL ESTA FALTANDO A FALTA DE DEUS NO CORAÇAO DE ALGUNS SERES HUMANOS. QUE TAL SE ESE PROFESSOR ENTRASE NA SALA DE AULA AO VEZ DE RESAR, ELE CONVIDASE OS ALUNOS PARA CONTA UMA LETRA DE FANK. Maria conceição: Que triste isso Maiza Aparecida!!! A oração do pai nosso é universal, qual será o preconceito dessa diretora? Será q se esse professor falasse

palavrões a advertencia tb viria?Atéia... isso q ela é!!!Afffffffff Peter Gomes: a Constituição Federal, no artigo 5º, VI, estipula ser inviolável a liberdade de consciência e de crença, assegurando o livre exercício dos cultos religiosos. Em nenhum lugar está definido que um professor não possa demonstrar sua fé perante uma sala de aula. Acredito que a tal diretora esteja violando um dos direitos garantidos pela constituição brasileira

Da água para o vinho

Encontrei o verdadeiro dom de Ricardo Melão. Você que ainda não foi no restaurante Fogão a Lenha sente o sabor está perdendo. Não estou aqui menosprezando meu grande amigo BB som, ainda mais porque sempre fui muito bem tratado quando o restaurante era dele, porém, tenho que ser sincero, o tempero do Ricardo Melão é muito melhor. Acho que o negócio do BB é na política e do Melão é na cozinha. Sextafeira eu comi abobo de camarão que estava uma delicia.

Bellíssima

Luciana Leal mais uma vez mostrou que tem visão empreendedora e acaba de inaugurar a franquia Bellíssima, uma rede de loja que é mais conhecida na zona sul e nos shoppings de todo Brasil. Estive na inauguração e percebi que a marca chega com tudo, e o que é melhor o preço está dentro das condições de nossa cidade. Vale a pena conferir os preços. A loja está localizada na Rua Otavio Rodrigues Barbosa, 186 centro de Ferraz.

Tendências e Debates email: redacao@grupocenário.com.br

O jogo do bicho Luiz Antonio Simas O jogo do bicho surgiu no Rio de Janeiro em 1893. A criação da loteria popular mais famosa do Brasil se deve ao complicado contexto político daqueles tempos. A República, recentemente proclamada, tentava sepultar os resquícios da Monarquia derrubada — e desse quiproquó entre os adeptos dos regimes surgiu o jogo. Explico. Nos tempos da Monarquia, o Barão de Drummond, eminência política do Império e amigo da família real, era fundador e proprietário do Jardim Zoológico do Rio de Janeiro — que então funcionava em Vila Isabel. A manutenção da bicharada era feita, evidentemente, com uma generosa subvenção mensal do governo, suficiente, diziam as línguas ferinas dos inimigos do Barão, para alimentar toda a fauna amazônica por pelo menos dez anos. Quando a República foi proclamada, o velho Barão perdeu o prestígio que tinha. Perdeu, também, a mamata que lhe permitia, segundo o peculiar humor carioca, alimentar o elefante com caviar, dar champanhe francesa ao macaco e contratar manicure para o pavão. Sem o auxílio do governo, o nosso Barão cogitou, em protesto, soltar os bichos na Rua do Ouvidor — o que, admitamos, seria espetacular — e fechar em definitivo o zoológico do Rio. Foi aí que um mexicano, Manuel Ismael Zevada, que morava no Rio e era fã do zoológico, sugeriu a criação de uma loteria que permitisse a manutenção do estabelecimento. O Barão ficou entusiasmado com a ideia. O frequentador que comprasse um ingresso de mil réis para o Zoo ganharia vinte mil réis se o animal desenhado no bilhete de entrada fosse o mesmo que seria exibido em um quadro horas depois. O Barão mandou pintar vinte e cinco animais e, a cada dia, um quadro subia com a imagem do bicho vitorioso. Caríssimos, se bobear essa foi a ideia mais bem-sucedida da história do Brasil. Multidões iam ao zoológico com a única finalidade de comprar os ingressos e aguardar o sorteio do fim de tarde. Em pouco tempo, o jogo do bicho tornou-se um hábito da cidade, como os passeios na Rua do Ouvidor, a parada no botequim, as regatas na Lagoa e o fim de semana

em Paquetá. Coisa séria. A República, que detestava o Barão, proibiu, depois de algum tempo, o jogo no zoológico. Era tarde demais. Popularizado, o jogo espalhou-se pelas ruas, com centenas de apontadores vendendo ao povo os bilhetes com animais dadivosos. Daí para tornar-se uma mania nacional, foi um pulo. O jogo do bicho deu samba — com trocadilho. Contei rapidamente a história da criação do jogo para constatar o seguinte: a situação atual do zoológico do Rio de Janeiro não parece ser muito diferente daqueles tempos bicudos do velho Barão de Drummond. Dia destes, o próprio jornal o GLOBO veio com uma reportagem chamando atenção para o desleixo a que o jardim está entregue em tempos recentes. Enquanto a loteria popular prosperou e virou uma espécie de instituição nacional, o zoológico não teve a mesma sorte. O jogo, que a rigor foi criado apenas para tirar o zoológico da situação de abandono e com uma inocência digna das histórias de Polyana, a moça, chegou longe demais. Vejam, por exemplo, as atuais peripécias republicanas do bicheiro Carlinhos Cachoeira (curiosamente chamado por alguns da mídia de “empresário da contravenção”). A inocente loteria popular ganhou asas e se transformou em uma complexa organização criminosa, com tentáculos inimagináveis que envolvem até mesmo cândidas vestais de ternos e togas do moralismo tupiniquim. Deixo aqui a minha sugestão: já que o poder público aparentemente não dá pelota para a bicharada, confisquem as fortunas que o crime organizado amealhou em aparente conluio com os bacanas e poderosos da República. Separem um pouquinho da grana tungada e, por justiça histórica, destinem o tutu ao carente Jardim Zoológico do Rio de Janeiro. Uma parte do dinheiro do mafioso Cachoeira deve servir ao nobre destino de alimentar cobras, leões, passarinhos e macacos. A César o que é de César. Ou alguém aí sugere a criação de uma loteriazinha inocente que pode salvar o zoológico carioca desse abandono? Não recomendo. Luiz Antonio Simas é historiador

Parábola

email: redacao@grupocenário.com.br

A tijolada

Um jovem e bem sucedido executivo dirigia por sua vizinhança, correndo um pouco demais em seu novo Jaguar. Observando crianças se lançando entre os carros estacionados, diminuiu um pouco a velocidade, quando achou ter visto algo... Enquanto passava, nenhuma criança apareceu, mas de repente um tijolo espatifou-se na porta lateral do Jaguar! Parou bruscamente e deu ré até o lugar de onde teria vindo o tijolo... Saltou do carro e pegou bruscamente uma criança, empurrando-a contra um veículo estacionado e gritou: Por que você fez isto? Quem é você? Que besteira você pensa que está fazendo? Este é um carro novo e caro!!! Aquele tijolo que você jogou vai me custar muito dinheiro! Por que fez isto? Por favor, senhor, me desculpe... eu não sabia mais o que fazer! Implorou o pequeno. Ninguém estava disposto a parar e me atender neste local. Lágrimas corriam do rosto do garoto, enquanto apontava na direção dos carros estacionados: É o meu irmão. Ele desceu sem freio e caiu de sua cadeira de rodas e eu não

consigo levantá-lo. Soluçando, o menino perguntou ao executivo: O senhor poderia me ajudar a recolocá-lo em sua cadeira de rodas? Por favor? Ele está machucado e é muito pesado para mim. Movido internamente muito além das palavras, o jovem motorista engolindo “em seco” dirigiu-se ao jovenzinho, colocando-o em sua cadeira de rodas. Tirou seu lenço, limpou as feridas e arranhões, verificando se tudo estava bem. Obrigado e que meu Deus possa abençoá-lo, a grata criança disse. O homem, então, viu o menino se distanciar, empurrando o irmão em direção à sua casa. Foi um longo caminho de volta para o Jaguar... Um longo e lento caminho de volta! Ele nunca consertou a porta amassada... Deixou amassada para lembrar-se de não ir tão rápido pela vida, para que alguém não tivesse que atirar um tijolo para ter a sua atenção. Deus sussurra em nossas almas e fala aos nossos corações... Algumas vezes quando nós não temos tempo de ouvir, Ele precisa jogar um tijolo. Qual vai ser a sua escolha: ouvir o sussurro ou esperar pelo tijolo?

Fala Obaminha Redes sociais nas empresas Ismael Ambrósio As redes sociais, como Twitter, Facebook e Orkut já fazem parte do dia a dia de empresas e funcionários. Mas é preciso ficar atento a algumas regrinhas para não correr o risco, por exemplo, de uma demissão. Abaixo, listo os cuidados a serem tomados ao utilizar essas ferramentas da web:

Funcionários

- Regra número 1- É recomendável ter bom senso ao usar as redes sociais, mantendo, na internet, a mesma postura que adotam no seu dia a dia, aconselham os especialistas. Mesmo que a pessoa tenha um perfil profissional e outro pessoal nas redes sociais (Orkut, Facebook, Twitter e Linkedin), jamais deve colocar um comentário ou informação em qualquer uma delas que não possa ser falado em público. - Chefes, colegas e empresa - Algumas postagens podem ser bastante prejudiciais para sua carreira, por isso não fale dos seus colegas, chefes ou da empresa. Pense muito antes de postar qualquer comentário, mesmo que seja feito no seu Twitter pessoal e que este esteja bloqueado. - Amigos- Fique de olho também nas redes de seus amigos, pois eles podem divulgar fotos suas ou comentários sobre você que podem prejudicar sua imagem ou carreira. -Perfil corporativo - Funcionários não podem emitir opiniões pessoais quando utilizarem as redes corporativas - Profissionais que ocupam posições de destaque (gestores, diretores, vice-presidente, presidentes) devem ter cuidado extra ao postar suas declarações, ainda que em suas páginas pessoais. A repercussão pode ser negativa: inevitavelmente, serão alvos de críticas e especulações dentro da empresa. -Proteção - Nem todas as informações precisam estar disponíveis para o público. Há mecanismos, por exemplo, para que suas fotos só sejam vistas por amigos. E, por melhores que sejam os mecanismos de privacidade das redes sociais, sempre haverá um modo de se saber tudo o que foi postado lá.

Empresas

-Transparência- Para embasar uma demissão ou advertência, evitando assim brigas na Justiça, é necessário que sejam divulgadas normas claras para os funcionários, informando o que é ou não proibido fazer nas redes sociais. Uma orientação é sempre bem-vinda no caso de pequenos deslizes. - Bloqueio- Uma pergunta recorrente é se, afinal, as empresas devem ou não bloquear o uso das redes no trabalho? Isso depende muito do perfil de cada organização, dizem os especialistas. Se uma empresa lida mais com a criatividade, a tendência é que ela estimule a autodisciplina dos funcionários ao utilizar as redes sociais. Mas é importante considerar que o bloqueio também está relacionado à segurança da informação, já que muitos vírus usam essas redes como porta de acesso.


CIDADE

PARCERIA EM PROL DA POPULAÇÃO

P3

Dr. Jorge traz governador a Ferraz e conquista obras da Perimetral da Copa Trabalhos na Avenida, que fará ligação de Ferraz com São Paulo, terão início no segundo semestre de 2012; repasse será de R$ 10 milhões Eduardo Lyra

Ferraz de Vasconcelos

Mentor de uma aliança com o governo do Estado, que se mostra cada vez mais fortalecida, o prefeito de Ferraz de Vasconcelos Jorge Abissamra (PSB) recebeu a visita do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), que garantiu que a cidade receberá investimentos da ordem de R$ 10 milhões para a construção da perimetral da Copa. Após chegar de helicóptero, Alckmin foi abraçado pelo casal Jorge Abissamra e Elaine Abissamra. Logo em seguida, foi levado para percorrer trecho da Avenida. A obra também causará benefícios para Suzano, Poá, Mogi das Cruzes, pois trata-se de uma ligação de 24 quilômetros, que desemboca em Guaianazes em direção à Capital. O governador, que também degustou um pastel na feira central da cidade, ao lado do prefeito, avaliou a obra como extramente importante e estratégica para o desenvolvimento da região, pois trata-se de uma extensão da Radial Leste. Por isso, as obras terão início já no começo do segundo semestre de 2012. O tucano afirmou que a verba virá do Fundo Metropolita-

Acompanhado do prefeito, o governador Geraldo Alckmin visitou uma das feiras de Ferraz e anunciou investimentos

no de Financiamento e Investimento (Fumefi), sendo que as obras devem ser entregue antes da competição mundial de futebol, que acontecerá entre junho e julho de 2014 no Brasil e deve movimentar milhões de pessoas pela via de acesso.

A proposta regional é de que ela seja uma opção para os motoristas que trafegam pela já saturada SP66 no sentido de facilitar também o acesso à Capital. A obra, que já havia sido debatida pelo tucano durante

a Agenda Metropolitana do Alto Tietê, no final de março, é considerada prioridade. “Temos urgência na obra. Absoluta prioridade, porque atenderá, essa obra, diversos municípios. É um acesso importante também para a

Copa do Mundo à Radial Leste (em São Paulo)”, defendeu ele. O governador ainda disse durante entrevista: “Ferraz aproveita o espaço que for possível da CPTM e vamos abrir para continuar a Radial Leste (malha viária de São Paulo)”, pontuou o governador.  “Vamos ter uma “Radial Leste” ampliada, modernizada, segura não só na cidade (São Paulo), mas na região do Alto Tietê”. Foi anunciado que ficará por conta do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) elaborar o projeto executivo. Ferraz também gastará R$ 8 milhões dos cofres públicos em desapropriações de áreas particulares na cidade. Segundo o prefeito, a administração municipal já tem os dados das famílias que serão afetadas. Ele fez questão de apontar que muitas não precisarão deixar a moradia. O prefeito de Ferraz Jorge Abissamra mais uma vez demonstrou satisfação em receber o governador e disse estar feliz, por garantir mais uma importante vitória à cidade. “Alckmin é o maior governador da história de São Paulo. Já se mostrou compromissado com Ferraz nas diversas obras realizadas em parceria com o município”, finalizou.

Prefeito critica, mais uma vez, empresa que trabalha na nova estação No mesmo dia em que recepcionava o governador, Dr. Jorge criticou o consórcio TSJ, contratado pelo Estado para construir a nova estação da CPTM. “O consórcio é uma porcaria. A obra continua quase parada.”. O prefeito ainda disse que vai cobrar, novamente, uma posição da CPTM. “Até uma nova licitação seria melhor que essa situação que estamos enfrentando”, queixou-se. A previsão inicial da CPTM era de que a estação poderia ficar pronto no final do ano passado. Com o atraso grave e as ameaças de multa por parte da prefeitura de Ferraz, a CPTM chegou a desenvolver um adendo ao projeto executivo e aumentou o contrato de R$ 33 para mais de R$ 40 milhões, mas, parece, que nem isso estimula o consórcio a trabalhar.


cidades P4

Cenário GOLPE DA FORMATURA

Ferrazense vai organizar festa para vítimas de golpe

LEGISLATIVO

Nicolas volta à Câmara no lugar de Rose Crossi

O empresário Paulo Camargo buscou parcerias para doar a festa para as vítimas do suposto calote

Renan Odorizi

Depois de sete meses afastado da Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos, o primeiro suplente de vereador pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), Agílio Nicolas Ribeiro David, o Nicolas, voltou a Casa para substituir por 15 dias a ex-colega de legenda, Rosemeire Crossi (PTB), a Rose Crossi. A parlamentar pediu licença para cuidar da saúde. A solicitação de afastamento temporário ocorreu dia 20, com isso, Nicolas deverá permanecer no cargo até o dia 05 de maio. Na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 23, ele dis-

se que está muito feliz por retornar ao Poder Legislativo, já que, o exerceu a vereança de agosto de 2009 a julho de 2011, também em substituição a Rose Crossi. Na época, a vereadora licenciou-se do cargo para assumir a Secretaria Municipal da Cultura. Nicolas, por sua vez, com o regresso da colega a Câmara Municipal, em agosto do ano passado, passou a comandar a mesma pasta até o começo deste mês quando teve que sair em cumprimento a legislação eleitoral, tendo em vista, a sua pré-candidatura a vereador, em outubro.

Secretaria

Em relação ao seu trabalho na Secretaria Municipal da Cultura, Nicolas afirmou que é uma missão bastante difícil, porém, gratificante. Para ele, a pasta é composta por pessoas unidas e competentes. “O sucesso da nossa equipe foi comprovado durante a 39ª edição da Festa da Uva Fina. Afinal, durante seis dias proporcionamos divertimento a milhares de munícipes”, finaliza Nicolas.

INFRAESTRUTURA

Obras da Avenida Marginal são retomadas Paulo Camargo, proprietário do Montreal Eventos, foi solidário com a situação das estudantes ferrazenses vítimas do golpe da formatura e vai realizar o esperado baile

O empresário Paulo Camargo, proprietário do salão Montreal Eventos, foi solidário com a situação das estudantes ferrazenses vítimas do golpe da formatura e vai realizar o tão esperado baile. Paulo Camargo buscou parcerias para doar a festa para as vítimas do suposto calote. “Eu me choquei com esta situação. Eu tenho uma filha que também estuda e eu não queria que ela passasse por isso”, disse o empresário. No Montreal, cabem 800 pessoas e cada estudante vai ter direito a 10 convites. A

notícia alegrou os formandos. A estudante Michele dos Santos disse que todos choraram bastante após receberem a informação. “Foi um momento bem triste para gente, mas já está superado”, agradeceu. O baile que foi cancelado deveria ter sido realizado pela Lilitty Eventos, que agora responde a inquéritos por estelionato. Os alunos de Ferraz pagaram pela formatura durante um ano e só descobriram na última hora que o evento não seria realizado. Eles chegaram a pagar

R$ 1,1 mil para a Lilitty e só descobriram o cancelamento, horas antes do baile, que seria realizado em 14 de abril. E foi o drama dos formandos, que fez com que Paulo Camargo encontrasse uma forma de ajudar. E desta vez as estudantes podem preparar os vestidos e os ternos porque terão o sonho concretizado. A dona da empresa Lilitty, Liliane Venâncio, alegou em entrevista ao Fantástico que o problema ocorreu porque o bufê contratado por ela cancelou o serviço. “Não tenho nem

palavras para explicar como eu me senti. Eu nunca quis prejudicá-los”, disse Liliane. “A pessoa do bufê me mandou uma mensagem, às 15 horas, dizendo que não iria cumprir com o compromisso. Eu ainda tentei. Porém, pelo horário e quantidade de coisas que nós precisávamos, não tinha fornecedor que conseguisse nos atender”, conta ela. O delegado que investiga o caso, Marcel Druziani, disse que Liliane jamais poderia organizar uma festa sem contrato com fornecedores.

As obras da Avenida Marginal, no centro de Ferraz, parcialmente paralisadas no primeiro semestre por causa de acertos jurídicos que precisavam ser realizados e das fortes chuvas no período foram retomadas no ritmo desejável. Em função disso a previsão de entrega ao trafego é para o início do segundo semestre deste ano. O novo acesso viário terá aproximadamente de 1,2 km de comprimento e será ao lado da via férrea da CPTM, na área central. A primeira fase da via, que foi concluída há mais de um ano, já está sendo usada para a passagem dos ônibus

de transporte coletivo. Com esses grandes veículos usando o novo acesso eles deixam de seguir em frente na Avenida Brasil, fato que desafoga o trânsito central de Ferraz.  A nova avenida foi projetada para eliminar os problemas causados pelo excesso de veículos na avenida Brasil. Há muito tempo o corredor central só dispõe de uma avenida para escoamento do trânsito no coração da cidade, que é o caminho de ligação entre São Paulo e Mogi das Cruzes, passando por Poá e Suzano.  Fazem parte das obras o muro de arrimo ao lado do córrego Itaim.


cidades P5

Cenário SEM PENSAR NO POVO

Contra o crescimento de Ferraz, Filló tenta barrar construção do shopping Pensando apenas na campanha, Acir Filló teria ido até Brasília entrar com uma ação na Justiça para impedir a construção do shopping center Até que ponto uma motivação meramente política e uma ambição desmedida que não liga para os meios, desde que o fim seja alcançado, pode prejudicar o desenvolvimento de um povo? A pergunta pode ser feita para o pré-candidato do PSDB à Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, Acir Filló. Sem consultar nem mesmo seus articuladores políticos e muito menos sem pensar nos moradores da cidade, que após muitos anos haviam concretizado um sonho, Filló teria ido até Brasília entrar com uma ação na Justiça para impedir a construção do shopping center. Senhor Filló, a população não pode ser prejudicada por sua ambição ao poder. A disputa por um cargo público é legítima, mas os ferrazenses não podem ser vítimas da sua ganância e desespero pelo comando da Prefeitura. O processo até a assinatura do contrato foi feito de forma transparente, sem questionamentos. Todos os cuidados foram tomados para que, enfim, Ferraz entrasse de vez na rota do crescimento econômico. É provável que a ação que Filló supostamente teria entrado contra a construção do shopping não resultasse em nada, uma vez que a contratação da empresa foi feita de forma legal, mas uma nova suspensão ou um novo atraso nos trabalhos seriam mais uma decepção para os ferrazenses, que já vislumbram a vida melhor a

Divulgação

A ambição ao poder teria levado o pré-candidato do PSDB, Acir Filló, a entrar com um ação para barrar a construção do shopping center de Ferraz de Vasconcelos

partir deste empreendimento. Com a atitude de Filló, caso ela venha a ser comprovada, diversos fatores favoráveis ao município serão prejudicados. O candidato derrotado em eleições anteriores se posi-

ciona contra o crescimento de Ferraz, contra a geração de emprego, contra a valorização latifundiária, e contra tudo todos os benefícios que envolvem um amplo de centro de compra que também serve

como área de lazer e entrenimento. Caso ele consiga atingir o objetivo de barrar a construção desta importante obra para Ferraz, Filló vai dar mais uma prova que não pensa nas

melhorias que o shopping vai trazer para nossa população, mas sim em sua campanha política. A população ferrazense já era para ter um shopping há mais de cinco anos, porém, por

conta de uma entidade que entrou na Justiça para impedir a construção, as obras acabaram sendo adiadas. Não podemos ser punidos novamente. O shopping já é uma realidade. O contrato foi assinado após dois anos de trabalho intenso. O prefeito Jorge Abissamra já homologou o esperado e sonhado shopping center. O empreendimento terá um custo de R$ 90 milhões e será construído pela Matec Engenharia. A Matec está no mercado há 20 anos e encontra-se entre as 15 maiores empresas de construção do Brasil. No seu portfólio de obras, encontra-se o shopping Iguatemi, a sede da Editora Abril, entre outras. A construção começará neste mês de maio e deverá ser entregue em dezembro de 2012, isso se caso os políticos da cidade passarem a pensar primeiro no desenvolvimento da cidade e não definam como prioridade o seu ego e a sua a ambição cega pelo poder. O shopping de Ferraz será de alto nível. Ele vai contar com ar-condicionado, restaurante, sete mega lojas, 14 restaurantes, sala de cinema, estacionamento para 150 veículos, sistema de segurança. Ao todo serão 171 salas distribuídas em 17 mil metros de construção. O projeto é tão importante para a cidade, que tanto os vereadores de situação como oposição validaram a ação do governo municipal.


cidades P6

Cenário

1º DE MAIO

EDUCAÇÃO VALORIZADA

Jorge Abissamra Jardim Castelo será palco da primeira Dr. entrega kits escolares festa do Dia do Trabalho em Ferraz Diversas centrais sindicais irão promover a primeira comemoração do Dia do Trabalho – 1º de Maio, em Ferraz. O evento será realizado no campo do Jardim Castelo, a partir das 7 horas

Com shows de artistas locais e duas atrações de maior destaque: Blitz do Forró e Katinguele, o evento ainda sorteará aos participantes 4 motos e um automóvel

Diversas centrais sindicais de forma unificada vão promover a primeira comemoração do Dia do Trabalho – 1º de Maio, na cidade de Ferraz de Vasconcelos. O evento será no mesmo dia 01/05 no campo do Jardim Castelo, a partir das 07h00 encerrando-se às 17h00. Para levar a bom termo o evento, as centrais sindicais convidaram a Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos a participar e esta o fará fornecendo toda a infra-estrutura necessária. Reuniões preparatórias vêm ocorrendo durante esta semana com a participação ativa da Secretaria da Cultura, Secretaria da Segurança e Mobilidade Urbana, através da Guarda Civil Municipal, Secretaria da Saúde e ainda a

Polícia Civil e Militar do Estado de São Paulo. Com shows de artistas locais e duas atrações de maior destaque: Blitz do Forró e Katinguele, o evento ainda sorteará aos participantes 04 motos e um automóvel 0K, durante a parte da tarde. Para participar o interessado deverá depositar os cupons que estiver em seu poder até as 11h30 nas urnas fixas no espaço do evento. Para ter acesso aos cupons, os interessados deverão ficar atentos aos quatro carros de som que estão circulando pelo município ou retirá-los em locais de grande circulação e concentração de pessoas como a estação ferroviária, principais praças e centros comerciais. Vale ressaltar que

a responsabilidade de distribuição e do próprio sorteio durante o dia é de exclusiva responsabilidade das centrais sindicais que estão promovendo o evento. Um jornal informativo e explicativo sobre o que significa e o que deverá ser a comemoração também serão distribuídos pelo município. A Prefeitura tem contribuído com a liberação do espaço, a sua experiência na realização de eventos e de suporte no dia, por exemplo, com estandes para eventuais atendimentos médicos e orientações com relação à pressão alta, diabetes e doenças sexualmente transmissíveis. Ainda haverá algumas viaturas do SAMU para alguma

emergência; a GCM para apoio juntamente com a Polícia Militar, Polícia Civil e seguranças contratados pelos organizadores. Segundo o prefeito Jorge Abissamra, “convidada, a prefeitura vem contribuindo com a realização do evento dentro de suas possibilidades e responsabilidades legais. De qualquer forma torceremos para que os trabalhadores dessa cidade tenham, no 1o de maio, um dia de comemoração a altura da importância da nossa cidade que tem se destacado pela ampliação das ofertas de emprego, fruto da política de incentivos que vem permitindo a expansão do parque industrial com dezenas de novas empresas”.

As cerimônias que marcaram a entrega simbólica do kit escolar em todas as unidades de ensino público infantil de 0 a 5 anos de idade, dos ciclos fundamental I e II e EJA foram realizadas na EMEF Sara Tinaue e EMEI Pedro Paulo Paulino com as presenças da secretária municipal de Educação, Roseli Morilla, do secretário de Indústria e Comércio, Claudio Ramos, do vice-prefeito, Inha e do prefeito Jorge Abissamra. Muitos pais ou responsáveis de alunos e alunos das próprias escolas estiveram presentes a cerimônias. Ao todo são 22mil kits compostos de diversos materiais como agenda, cadernos, lápis, lápis de cor, tubos de colas, réguas, transferidos, papel ofício reciclado, etc., e uma mochila onde será possível transportar cotidianamente o material escolar. Cada kit foi configurado a partir das necessidades específicas de cada ciclo e faixa etátia e já estão chegando às unidades. No início de maio, com prazo previsto para a entrega cobrir toda a rede até o final do mesmo mês, começa a ser distribuídos, também, uniformes escolares para os três primeiros ciclos do ensino. Para a secretária de Edu-

cação, Roseli Morilla a iniciativa tem um papel social importante no sentido de dar uma melhor identidade aos estudantes, de uniformizar a clientela que, durante o período em que estão nas escolas, estarão, em princípio, em condições de igualdade. Além de contribuir colateralmente com o processo pedagógico, a medida provoca também um maior envolvimento dos pais. Para o prefeito Jorge Abissamra, iniciativas como essa

Alunos bem formados geram cidadãos responsáveis tendem a envolver os pais que, em geral, sabem reconhecer o valor dos produtos que compõe o kit e ajuda a fortalecer a auto estima dos alunos. “Tanto quanto possível estaremos cuidando com carinho redobrado os nossos estudantes, porque será estes que herdarão, num futuro próximo, essa cidade. Alunos bem formados geram cidadãos responsáveis e é isso que queremos e que essa cidade precisa”, finalizou. Divulgação

Dr. Jorge ao lado de Claudio Ramos e do vice-prefeito Inha entregam os kits


ESPORTE

MELHOR IDADE

TIMÃO

Equipe ferrazense da terceira Idade disputa medalhas em torneio

Corinthians abre as portas para Alexandre Pato

Atletas de Bocha e Vôlei Bol Femininos disputam os Jogos Regionais

Na busca por um atacante “top de linha” para o Campeonato Brasileiro, o Corinthians abre as portas para repatriar o atacante Alexandre Pato, do Milan. De acordo com o apresentador da TV Bandeirantes e ex-jogador, Neto, o clube tem interesse e manifestou o desejo de recuperá-lo no CePROO, no CT Joaquim Grava. O jogador de 22 anos está parado por conta de uma lesão no bíceps femoral da coxa esquerda, sofrida no início de abril. “Eu gosto da ideia, mas ainda não teve nenhuma conversa com ele”, afirmou o diretor de

futebol, Duílio Monteiro Alves. “Nós queremos atacante de ponta, temos de pensar assim, pelo tamanho do Corinthians. Não necessariamente uma compra, pode ser uma composição de empréstimo. Olhamos na Itália, que foi o caso do Forlán (da Internazionale de Milão), estamos vendo outros jogadores de clubes europeus. Aqui no Brasil também procuramos, mas ainda não encontramos ninguém com uma segurança para trazer. Jogar pelo Corinthians não é fácil”, completou o dirigente. Retornar para o Brasil é um desejo do staff de Alexandre

P7

Pato. Em 2010, ele ficou um tempo no Internacional, mas apenas no departamento médico. De janeiro de 2010 para cá, foram 14 lesões, a maioria delas musculares, nas duas pernas. O agente de Pato, Gilmar Veloz - também empresário do técnico Tite não confirmou, nem negou o interesse corintiano. O atacante brasileiro tem o terceiro maior salário do clube, atrás apenas de Flamini e Ibrahimovic. Segundo publicação do jornal italiano Gazzetta dello Sport, ele recebe cerca de 4 milhões de euros anuais - em torno de R$ 800 mil mensais.

TRICOLOR

São Paulo busca reforços Equipe ferrazense da terceira idade posa para foto antes de disputar as medalhas nos Jogos Regionais

Eduardo Lyra

Ferraz de Vasconcelos

Criado pela Secretaria de Esportes do Governo do Estado, os Jogos Regionais do Idoso vai receber mais de 30 atletas da cidade de Ferraz de Vasconcelos nas modalidades Voleibol Feminino e Bocha, que será realizado na cidade de Santana do Parnaíba. O campeonato contempla equipes com atletas de media de idade de 60 anos. De acordo com o secretário de Esportes de Ferraz de Vasconcelos, Flávio Batista de Souza, o Zé, ambas as equipes concorrem

com chances reais de faturarem medalhas. Ele disse que houve um processo de preparação, com treinos no Ginásio Marcílio Guerra e isso possibilitou maior entrosamento com as equipes. “Nossa meta é trazer medalhas para Ferraz de Vasconcelos e honrar o investimento da cidade”, disse ele.

30 cidades

O campeonato vai receber mais de 30 cidades e ganhou ampla divulgação do governo do Estado, já que o esporte na terceira idade se tornou pauta de políticas públicas

para a prevenção de diversas doenças. O vice-prefeito Flávio Batista de Souza (PSB), o Inha, parabenizou a atitude dos atletas e disse que eles são exemplos para serem seguidos. Aproveitou ainda para dizer que Ferraz tem diversificado nas categorias esportivas e atingidos todas as facha etárias da cidade. “Trabalhamos para levar qualidade de vida para todas as idades”, disse. O Jornal Cenário Notícias dará em primeira mão na próxima edição os resultados dos Jogos Regionais e como as equipes se saíram.

VERDÃO

Palmeiras ameaça fazer faxina no elenco A direção do Palmeiras vai adiar um pouco mais as mudanças no elenco devido à disputa da Copa do Brasil depois de ser eliminado do Campeonato Paulista. “Se fosse outro treinador [hoje é Luiz Felipe Scolari], eu acho que a abordagem teria sido técnica. Fizemos um planejamento para usar o Estadual para ajuste de elenco. E entrar nas competições seguintes

visando conquistas”, afirmou o gerente de futebol remunerado, César Sampaio. “Mas diante do que foi apresentado no início criou-se uma expectativa de o Palmeiras forte já na competição. Queremos saber por que o time jogou tão bem no início e agora não”, completou. Na mudança no elenco Sampaio deixou claro que a primeira posição a ser mexida

pode ser no gol. “Eles têm uma função complicada que é substituir o Marcos, um ídolo do clube, a maior referência. Isso não encobre os erros que ele já teve. Se isso não acontecer dentro de campo, o Palmeiras vai contratar outro goleiro”, avisou. “Estes atletas me mostraram que podem jogar mais do que estão jogando. Vai ter algumas recomposições”, disse.

SANTOS

Neymar abre sua vida na rede Em tempos em que os grandes jogadores de futebol surgem questionamentos sobre a privacidade, Neymar, não se incomoda em dividir sua vida com quem quer que seja. O craque santista usa as mídias sociais não só para se comunicar com fãs, mas para expor sua vida sem preocupação. Twitter, Facebook e, agora, o Instagram - o aplicativo para

compartilhamento de fotos feitas com o celular é a nova mania do craque moicano. Neymar se diverte. Quem segue o atacante na rede acompanha tudo sobre sua vida: o que ele come, a bagunça do seu quarto, suas roupas, as baladas, suas brincadeiras com Davi Lucca. Como os perfis de Neymar não são restritos apenas a

pessoas aprovadas pelo jogador, todo mundo pode saber o que se passa com ele, basta ter acesso à internet. Isso acaba tornando o camisa 11 onipresente. Como tudo o que ele faz gera notícia, estimula cliques, causa discussão.s. Sejam eles esportivos ou não. Neymar é mais que um jogador de futebol. É uma celebridade.

Em meio às oitavas de final da Copa do Brasil e à semifinal do Paulistão, a diretoria do São Paulo trabalha para contratar mais um zagueiro para o elenco. Atualmente com cinco, pode perder Rhodolfo, que gera interesse dos europeus, e João Filipe, que já recebeu sondagens de Santos e Fluminense. Rhodolfo foi assediado pela Juventus (ITA) ano passado. Com apenas seis meses de clube, o Tricolor conversou com o defensor, que aceitou ficar, mesmo com oferta tentadora. Agora, existe uma espécie de “acordo” para deixá-lo escolher seu destino. Vai depender de a proposta ser vantajosa para jogador e clube.

“Por enquanto, não chegou nada. Teve ano passado, depois esfriou. Agora, como está bem, esperamos por algo em maio ou junho. A Juventus pode pintar como uma das interessadas, ou até aparecer coisas melhores”, explicou o empresário Joseph Lee, que tem representação para ouvir propostas pelo jogador.

João Filipe

Com João Filipe a história é diferente. Depois de ganhar destaque ano passado, o Sampa investiu e comprou seus direitos econômicos, que pertenciam ao Botafogo. Ele estava emprestado até dezembro e assinou contrato por cinco anos. Desde a chegada de Leão, perdeu espaço.

A relação com o treinador não é boa, e o zagueiro, apesar de gostar do clube, ter entrosamento com o elenco e prestígio com membros da comissão técnica, não está à vontade para trabalhar com Leão. Com interesse de clubes de ponta, a cúpula pode optar por emprestá-lo. Antes, precisa encontrar um substituto. As primeiras opções são tentar repatriar Breno (Bayern de Munique-ALE), Miranda (Atlético de Madrid-ESP) ou Lugano (PSG-FRA). O primeiro tem problema com a Justiça do país, enquanto os outros, por enquanto, seguem prestigiados em seus clubes. Miranda chegou a ficar sem receber salário, mas hoje está com a situação regularizada.


Luciana Leal

Luciana Leal Inaugura Loja Bellíssima em Ferraz e faz coquetel com amigos para comemorar.

A empresária Luciana Leal orgulhosa na inauguração de sua loja

Barbara e Fabia tambem compareceram a inauguração

Jair e equipe da Bellíssima

Luiz e Cristine Schiavinati compareceram e gastaram na Belissima

Obaminha prestigiou a inauguração

Presidente da camara de FV Edson Curi e Obaminha com Luciana Leal

SOCIAL

Paulo Camargo em um ato solidário doa baile de formatura, com fotos, banda para vitimas de golpe, e sensibiliza inúmeras famílias e a mídia nacional

Zinho pipas e sua esposa Rosemeire doam fogos para evento

As belas Livia e a GCM Freire que completou mais um aninho esta semana. O sempre simpático e amigo incondicional de Abissamra Mauricio Domingues


Edição 87