Page 1

Indicadores / Câmbio

País

Compra

ProUni já superou a marca de inscrições do ano passado

Venda %

Dolar Comercial

2,228

2,230

0,73

Dólar turismo

2,150

2,310

0,43

54.273,16

2,15

ibovespa

►PÁGINA 2 Fechamento: 09 de junho de 2014

Ano 6 ● nº 214 www.jornalcapital.jor.br Duque de Caxias, Baixada e Capital

MERCADO & NEGÓCIOS R$1

Capital EMpRESa JORNalÍStiCa ltDa ● ►10 a 16 de junho de 2014

Agência Petrobras

Indústria naval do Rio pode atingir 100 mil empregos

A

estimativa foi feita pelo governador Luiz Fernando Pezão, ao participar da abertura do III Balanço do Setor Naval e Offshore do Rio de Janeiro, na sexta-feira (6). O evento foi realizado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e Fórum de Trabalhadores do setor. O setor naval recebeu investimentos da ordem de R$ 10 bilhões de reais nos últimos anos e atuallmente emprega, no estado, 30 mil trabalhadores. ►PÁGINA 3

Balança comercial começa junho com superávit de US$ 726 milhões

Novo Museu da Imagem e do Som SCERJ/Projeção gráica/Marcelo Horn

Q

uem passa pela praia de Copacabana já pode ter ideia de como será a futura sede do Museu da Imagem e do Som, que será inaugurada no final do ano. Com 9,8 mil metros quadrados de área, divididos em sete pavimentos, ele abrigará salas de exposição e de atividades didáticas, sala de teatro e cinema com 280 lugares, além de espaços destinados à pesquisas, lojas, restaurante panorâmico, bar, boate, mirante e o Museu Carmem Miranda.

OAB quer compromisso das redes sociais com eleições limpas A

entidade lançou o Compromisso do Brasil por Eleições Limpas na Internet, com o objetivo de conscientizar a população para promoção de eleições limpas na rede mundial de computadores. A intenção é evitar mentiras que podem denegrir a imagem dos candidatos e desqualificar o debate. A OAB poderá ainda sugerir a criação de varas específicas do Judiciário para atender a denúncias de calúnia, injúria e difamação na internet. ►PÁGINA 2

B

eneficiada pelos embarques de commoditites (bens agrícolas e minerais com cotação internacional), a balança comercial iniciou junho com superávit. Na primeira semana do mês, as exportações superaram as importações em US$ 726 milhões, divulgou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Na semana passada, o país vendeu US$ 5,32 bilhões para o exterior e comprou US$ 4,59 bilhões. O resultado ajudou a diminuir para US$ 4,12 bilhões o déficit da balança comercial (diferença entre exportações e importações) no acumulado de 2014. A diferença é 19% menor do que o resultado negativo de US$ 5,09 bilhões registrado no mesmo período do ano passado. Na primeira semana de junho, as exportações subiram 0,7% pela média diária em relação ao mesmo período de 2013. A alta foi impulsionada pelos produtos básicos, cujas vendas subiram 11,3% em relação ao mesmo período de 2013. Os destaques foram petróleo bruto, carne suína e bovina, algodão bruto, café em grão e farelo de soja.

Mercado eleva juros pela 12ª vez seguida ►PÁGINA 8

Estádios atenderão casos de ataque químico ►PÁGINA 2

BC diz que continuará vendendo dólares ►PÁGINA 27 ►PÁGINA


2

MERCADO & NEGÓCIOS

►10 a 16 de Junho de 2014

Duque de Caxias, Baixada e Capital

BC continuará a OAB quer compromisso das redes sociais com eleições limpas intervir no câmbio

A

Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) poderá sugerir a criação de varas especíicas do Judiciário para atender a denúncias de calúnia, injúria e difamação na internet. A preocupação é que a Justiça não dê conta da demanda durante as campanhas eleitorais, que começam no dia 6 de julho. "Nas varas comuns do Judiciário, não só por falta de estrutura, mas por falta de expertise, de conhecimento mesmo do tema, [acredito que] diicilmente o judiciário dê conta", analisa o presidente do Conselho Federal da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho. A OAB lançou no úl-

timo dia 3 o Compromisso do Brasil por Eleições Limpas na Internet, com o objetivo de conscientizar a população para promoção de eleições limpas na web. A intenção é evitar mentiras que podem denegrir a imagem dos candidatos e desqualiicar o debate. "Pode vir a ser uma proposta dessa campanha sugerir ao poder judiciário através do CNJ [Conselho Nacional de Justiça] a criação de varas ou grupos especíicos para proteger o debate de alto nivel na internet", diz Coêlho. A demanda judicial deve aumentar com as novas regras do Marco Civil da Internet. Agora redes

sociais como o Facebook ou o Twitter precisarão de ordem judicial especíica para remover conteúdos. Presente ao lançamento da campanha, o diretor de Relações Institucionais do Facebook, Bruno Magrani de Souza, disse que a empresa está preparada para atender à Justiça. Sem ordem judicial, "o Facebook não remove nenhum conteúdo da plataforma por natureza ou viés político", explicou Souza. "Não faremos esse tipo de análise. O Judiciário vai avaliar o que deve continuar ou não", disse ele. Segundo Souza, denunciar este conteúdo na ferramenta oferecida pelo próprio

Facebook também não adiantará. Quando não há determinação da Justiça, os conteúdos denunciados só são removidos quando vão contra as normas de uso da rede social, após análise de equipe especializada. A OAB vai avaliar com o Facebook, o Twiiter e Google formas de atuar na rede. É possível que a ordem intervenha em casos especíicos. Além disso, vai atuar junto aos partidos. "O objetivo é que possamos discutir ideias, propostas para o país, evitando que o debate político seja reduzido a ofensas pessoais", disse Coêlho. (Agência Brasil)

Estádios atenderão casos de ataque químico Exército Brasileiro terá à disposição uma estrutura para atendimento de mais de 500 possíveis vítimas de contaminação por agentes químicos, biológicos, radiológicos e nucleares durante os jogos da Copa do Mundo, que será aberta quinta-feira (12), em São Paulo. Cerca de 150 pessoas participaram de uma simulação de ataque radiológico e químico

O

na tarde desta segunda-feira (9), em frente ao Estádio Mané Garrincha, em Brasília. - Estamos contando com uma evacuação de 30 minutos, entre a saída da pessoa da arquibancada e a chegada à nossa área. A estrutura de fora do estádio atende a 500 pessoas nas primeiras horas e pode continuar esse tratamento até que todas as vítimas

sejam descontaminadas explicou o capitão André Luis Bifano, do Exército. Segundo ele, os atendimentos mais urgentes poderão ser feitos ainda dentro do estádio, em uma estrutura móvel que pode receber até 30 pessoas. Detetores foram colocados em vários pontos do estádio para identiicar algum possível ataque dessa natureza e a prioridade do

atendimento será das pessoas que estiverem na área diretamente afetada. Em caso de ataque, as pessoas atingidas serão levadas para a estrutura montada na área externa do estádio pelo Corpo de Bombeiros, pela Comissão Nacional de Energia Nuclear e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), além do Exército. (Agência Brasil)

para segurar dólar

O

Banco Central (BC) continuará a vender dólares no mercado futuro para segurar a cotação. Em comunicado feito na noite de sexta-feira (6), o órgão informou que decidiu estender o programa de leilões de contratos de swap cambial, que acabaria no im deste mês, mas não detalhou até quando as intervenções continuarão. Segundo a autoridade monetária, os leilões cambiais são necessários para fornecer hedge (proteção) contra oscilações bruscas do dólar e liquidez ao mercado de câmbio. Informações como extensão, prazos e montantes das operações, horários e demais características das ofertas, serão repassadas posteriormente, de acordo com a nota do BC. Depois que os Estados Unidos anunciaram que cogitavam a redução das injeções de dólares no mercado global por causa da recuperação da economia norte-americana, em maio do ano passado, o dólar disparou. A volatilidade cambial levou o BC a vender dólares no mercado

Indicadores / Câmbio Cambio Moeda

(*) Fechamento: 09 de junho de 2014

Compra (R$) 2,228

2,230

Dólar turismo

2,150

2,310

Compra (u$)

Venda (u$) 5,489

0,38

0,935

0,935

0,20

Dólar Canadá

1,090

1,090

0,27

Euro

1,359

1,359

0,37

Franco Suíça

0,897

0,897

0,39

102,530

102,550

0,05

1,680

1,680

0,00 0,02

iene Japão libra Esterlina inglaterra

549,650

550,150

1.883,000

1.895,000

0,58

8,080

8,180

0,00

peso México

13,021

13,021

0,69

Peso uruguai

22,950

23,050

0,13

Bolsa Valor

édicos brasileiros e estrangeiros formados no exterior que queiram trabalhar no Brasil, poderão se inscrever até o próximo dia 24 para as provas do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida). As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet. O edital da edição de 2014 do exame está publicado na edição de sexta-feira (6) do Diário Oicial da União. O Revalida é realizado em duas etapas. Na primeira, é aplicada uma prova objetiva, composta por questões de múltipla escolha, e uma prova discursiva. A data provável da primeira etapa é o dia 20 de julho. As avaliações são aplicadas nos turnos da manhã e da tarde. O valor da inscrição é R$ 100. A segunda etapa será

M

médicos de nacionalidade brasileira. Eles respondem por mais da metade das inscrições em cada uma das edições. O dado é do Inep-Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, responsável pela aplicação do exame. Ele acabou se transformando num cavalo de batalha entre o Conselho Nacional de Medicina, a quem cabe registrar e iscalizar os proissionais com graduação em Ciências Médicas que queiram trabalhar no País, a exemplo do que ocorre há muitos anos com os bacharéis em direito que queriam exercer a proissão de advogado, com o chamado Exame de Ordem. O problema é que na MP sobre o programa “Mais Médicos”, sob a alegação da urgência em implantação um programa de lotação de médicos em cidades com insuiciência de proissionais de medicina, o Governo Federal excluiu os médicos

estrangeiros, de qualquer nacionalidade, que aderissem ao programa e seriam submetidos a um curso rápido de avaliação, principalmente em relação aos conhecimentos da língua portuguesa falada no Brasil. O principal objetivo era excluir esses médicos estrangeiros da necessidade da revalidação dos diplomas conquistados no seu país de origem, com o Ministério da Saúde assumindo a responsabilidade pela seleção, acompanhamento e iscalização do trabalho que iriam realizar no Brasil, como proissionais contratados como bolsistas, sem vínculo empregatício, medida não aceita pelos médicos vinculados por lei à Associação Médica Brasileira, que não abre mão do exame de validação do diploma óbito no exterior, mesmo por proissionais brasileiros natos ou naturalizados.

0,43 Variação %

5,489

peso livre argentina

feita através de uma avaliação de habilidades clínicas, em um conjunto de dez estações de trabalho, em que os candidatos terão que fazer tarefas especíicas. A taxa de inscrição é R$ 300 e será paga apenas pelos aprovados na primeira fase. A previsão do Ministério da Saúde é que a avaliação da segunda etapa ocorra nos dias 27 e 28 de setembro. Segundo informações fornecida pela Agência Brasil, para participar do Revalida é preciso ser brasileiro ou estrangeiro em situação legal no Brasil e ter CPF emitido pela Receita Federal. É condição também ter diploma médico expedido por instituição de educação superior reconhecida pelo Ministério da Educação do país de origem, autenticado pela autoridade consular brasileira e acompanhada de tradução pública juramentada para o português. O Revalida foi criado em 2011. O peril dos inscritos nas três edições do exame é principalmente de

0,73

Dólar austrália

peso Colômbia

alberto marques

Variação %

Coroa Dinamarca

peso Chile

Inscrições para o revalida começam dia 9

Venda (R$)

Dolar Comercial Moeda

Ponto de Observação

futuro por meio de leilões de swap cambial, mas uma política de intervenções diárias ainda não havia sido formalizada. O programa de intervenções cambiais começou em agosto, quando a autoridade monetária anunciou que leiloaria até US$ 500 milhões por dia, jogando US$ 60 bilhões no mercado de câmbio até dezembro do ano passado. Em janeiro deste ano, o valor das operações de swap foi diminuído para US$ 200 milhões diários, mas o programa acabaria no im de junho. Até o im do ano passado, o Federal Reserve Banco Central norte-americano - injetava US$ 85 bilhões por mês por meio da compra de títulos do Tesouro dos Estados Unidos para ajudar a maior economia do planeta a sair da crise iniciada em 2008. O valor dos estímulos foi reduzido para US$ 75 bilhões em janeiro, US$ 65 bilhões em fevereiro, US$ 55 bilhões em abril e US$ 45 bilhões mensais em maio. (Agência Brasil)

Variação %

ibovespa

54.273,16

2,15

iBX

22.380,69

2,06

Dow Jones

16.943,10

0,11

8.291,81

4,78

Merval Commodities unidade petróleo - Brent

Compra uS$

barril

Venda uS$

111,340

111,360

Variação % 0,00

Ouro

onça troy

1.252,000

1.252,800

0,01

prata

onça troy

19,050

19,120

0,05

platina

onça troy

1.449,000

1.459,000

0,21

paládio

onça troy

840,250

843,000

0,00

poupança

10/06

0,557

tR

09/06

0,03

ao ano

11,00

indicadores

Juros Selic meta

724,00

Salário Mínimo (Federal)

MERCADO & NEGÓCIOS Av. Governador Leonel de Moura Brizola (antiga Presidente Kennedy), 1995 - Sala 804 Edifício Sul América - Centro, CEP 25.020-002 - Duque de Caxias, Rio de Janeiro Telefax: (21) 2671-6611 - CNPJ 11.244.751/0001-70 Na internet:

www.jornalcapital.jor.br Endereços eletrônicos: comercial@jornalcapital.jor.br contato.capitalmercado@gmail.com comercial.capitalmercado@gmail.com redacao@jornalcapital.jor.br contato@jornalcapital.jor.br redacao.capitalmercado@gmail.com TIRAGEM: 10.000 exemplares (assine o Capital: 21 2671-6611) Filiado À ADJORI Associação de Jornais do Interior Capital Empresa Jornalística Ltda Departamento Comercial: (21) 2671-6611 / 8400-0441 / 7854-7256 ID 8*21653 Diretor Geral: Marcelo Cunha Diretor de Redação: Josué Cardoso Colaboradores: Alberto Marques, Arthur Salomão, Aureo Lídio, Carlos Erbs, Dilma Rousseff, Geiza Rocha, Moreira Franco, Roberto Daiub e Rodrigo de Castro. Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores.


Duque de Caxias, Baixada e Capital MERCADO & NEGÓCIOS

►10 a 16 de Junho de 2014

3

Indústria naval do Rio pode atingir 100 mil empregos SCERJ/Marcelo Horn

O

governador Luiz Fernando Pezão, ao participar da abertura do III Balanço do Setor Naval e Offshore do Rio de Janeiro, na sexta-feira (6), estimou que a atividade naval pode chegar a 100 mil empregos. “O Rio precisa dessa atividade que gera hoje cerca de 30 mil empregos e tem condições, com as encomendas que estão previstas para exploração do Pré-sal, de chegar a 100 mil”. O evento, realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e Fórum de Trabalhadores do setor, discutiu os principais projetos e desaios da indústria naval luminense e do setor de exploração de petróleo em águas profundas (offshore). O setor naval recebeu investimentos da ordem de R$ 10 bilhões de reais nos últimos anos e emprega, no estado, 30 mil trabalhadores. O estado deve se consolidar como destino dos principais centros de pesquisa e desenvolvimento do mundo no segmento de óleo e gás. Isso porque 80% dos investimentos do setor no Brasil vão ser feitos no Rio de Janeiro. O Parque Tecnológico da Ilha do Fundão concentra, atualmente, pelo menos 15 grandes centros de empresas como a BG, Halliburton, Schlumberger, FMC e Baker Hughes, em torno do Cenpes, da Petrobras, que recebe investimentos de US$ 1 bilhão por ano.

O

encaminhe perguntas para a Presidenta dILma RouSSeFF: redacao@jornalcapital.jor.br ou redacao.capitalmercado@gmail.com

Brasil Sorridente garante o direito de sorrir

E

Iniciativa do Governo do Estado, a criação de um conglomerado de subsea visa a atrair para o Rio de Janeiro empresas voltadas para a fabricação de equipamentos do setor de exploração de petróleo e gás natural que iquem em águas profundas. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Júlio Bueno, airmou que é preciso que o setor rediscuta a política de conteúdo nacional existente no país. - Hoje o Rio de Janeiro possui 85 empresas de subsea, mas tem muito espaço para atrair novas fabricantes mundiais, considerando que a Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês), estima que o Brasil vá concentrar 44% dos equipamentos subsea no mundo

até 2020. A indústria naval brasileira teve um processo de recuperação que foi excelente, desde 2003, quando a Petrobras voltou a encomendar navios e plataformas no Brasil. Saímos de quatro mil para 30 mil no Rio. Mas está na hora de dar um passo adiante - airmou Bueno. Ainda entre os tópicos debatidos no seminário, está a ampliação da cadeia produtiva, com os fornecedores de equipamentos subsea. “Na cadeia da construção naval, o interesse dos empresários, do Brasil, dos trabalhadores é investir no valor agregado. Trabalhadores mais especializados, com salários melhores e empresas mais pujantes. É hora de focarmos na cadeira produtiva e isso é um desaio gigante”, disse o presidente da

Firjan, Eduardo Gouveia Vieira. O setor teve participação importante na economia luminense na década de 70, mas entrou em decadência nas décadas de 80 e 90. Hoje, o segmento volta a se fortalecer. O presidente do Sinaval, Ariovaldo Rocha, falou sobre este momento. “Devemos lembrar que os países que hoje são líderes na construção naval e offshore levaram décadas para alcançar a posição que ocupam. Nossa indústria, nessa retomada, levou quase uma década para sair de uma quase estagnação para uma expressiva situação. Hoje somos conhecidos como indústria naval relevante. Fruto de ações de todos os envolvidos: governo, empresários e trabalhadores”, explicou.

Microempreendedor individual passa de 4 milhões em 5 anos número de trabalhadores autônomos cadastrados como microempreendedores individuais (MEI) ultrapassou a marca de 4 milhões em quase cinco anos de existência do programa. Os dados foram divulgados pela Secretaria da Micro e Pequena Empresa. As proissões que lideram a adesão ao programa são comerciante de artigos de vestuário e acessórios, com 424.077 trabalhadores (10,8% do total); barbeiro, com 282.322 (7,2%); e pedreiro, com 142.698 (3,6%). Com cerca de 2 milhões de pessoas formalizadas, a Região Sudeste concentra 50% do total de microempreendedores individuais. O Nordeste está em segundo lugar, com cerca de 820 mil proissionais cadastrados, seguido pelo Sul (600 mil), Centro-Oeste (370 mil) e Norte (240 mil). Na distribuição

Conversa com a Presidenta

por estados, São Paulo lidera o número de MEI, com cerca de 1,1 milhão de trabalhadores formalizados. Em seguida, vêm Rio de Janeiro (483 mil), Minas Gerais (437 mil), Bahia (270 mil) e Rio Grande do Sul (238 mil). Do total de microempreendedores individuais, 2,04 milhões são homens (52,6%); e 1,83 milhão (47,4%), mulheres. Criado em 2008, o programa de formalização de trabalhadores autônomos entrou em vigor em julho de 2009. De acordo com a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, o programa ganhou impulso a partir de 2012, quando o teto de faturamento para inclusão no programa foi elevado de R$ 35 mil para R$ 60 mil por ano. Somente nos últimos dois anos, 1,3 milhão de proissionais cadastraram-se. O Programa Micro-

empreendedor Individual permite que proissionais que trabalham por conta própria e ganhem até R$ 60 mil por ano paguem tributos simpliicados e contribuam para a Previdência Social. O empresário que tenha até um empregado que receba salário mínimo ou o piso da categoria também pode fazer parte do programa. Para ser classiicado como MEI, o trabalhador não pode ser sócio ou titular de outra empresa. Com registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), os microempreendedores individuais podem abrir conta bancária, pedir empréstimos e emitir notas iscais. A principal vantagem, no entanto, é a cobertura pela Previdência Social, que permite o acesso a benefícios como salário-maternidade, auxílio-doença e aposentadoria. Os traba-

lhadores inscritos no MEI fazem parte do Simples Nacional, programa de recolhimento simpliicado de impostos. A diferença é que os microempreendedores são isentos de tributos federais e pagam um valor ixo por mês, de R$ 37,20 (comércio ou indústria), R$ 41,20 (prestação de serviços) ou R$ 42,20 (comércio e serviços). A quantia é destinada à contribuição para a Previdência Social e ao pagamento de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), de responsabilidade dos estados, e do Imposto sobre Serviços (ISS), administrado pelos municípios. Para se inscrever, o microempreendedor interessado pode acessar o Portal do Empreendedor e clicar no campo Formalize-se, sem a necessidade de apresentar documentos. (Agência Brasil)

stamos comemorando dez anos da criação do Brasil Sorridente, o programa do Sistema Único de Saúde que oferece atendimento dentário gratuito à nossa população. Antes de o Brasil Sorridente ser criado pelo presidente Lula, em 2004, praticamente não havia atendimento dentário no SUS. E o pouco que existia funcionava precariamente. Mudamos totalmente essa situação. Hoje, o SUS tem 1.013 Centros de Especialidades Odontológicas do Brasil Sorridente, e mais 23.100 equipes de saúde bucal trabalhando nos postos de saúde. Nossa capacidade atual de assistência odontológica gratuita já atinge 80 milhões de pessoas em 89% dos municípios do país – mais de 4.900 municípios. Vamos fazer mais. Até o inal do ano, serão inaugurados mais de cem novos centros, e a nossa meta é oferecer serviços de saúde bucal no país inteiro. Nestes dez anos, investimos R$ 7 bilhões no Brasil Sorridente. No ano passado, foram R$ 1,28 bilhão. Para 2014, está previsto o investimento de R$ 1,8 bilhão. Esses recursos estão permitindo que milhões e milhões de brasileiras e brasileiros possam sorrir sem esconder a boca. É esse o direito que garantimos ao brasileiro: o direito de sorrir, mastigar bem, beijar e se sentir feliz com dignidade. O Brasil Sorridente oferece tratamento dentário de todo tipo. Nos centros especializados do Brasil Sorridente, a população conta com assistência de maior complexidade: cirurgias, tratamento de canal, tratamento de gengivas e até diagnóstico de câncer de boca. Alguns centros já oferecem implantes e ortodontia, que é a especialidade que corrige a posição dos dentes. As equipes de saúde bucal nos postos de saúde são responsáveis pelos procedimentos básicos, como a limpeza de dentes e tratamento de cáries, além de ensinar a população a escovar os dentes corretamente. Onde houver uma unidade do Brasil Sorridente, o atendimento está garantido. O programa também tem uma estratégia para atender quem mora em áreas rurais ou em locais distantes: contamos hoje com 185 consultórios móveis, instalados em vans com todos os equipamentos que um consultório odontológico ixo tem. As equipes levam o atendimento a áreas rurais, a assentamentos da reforma agrária, a aldeias indígenas, a comunidades quilombolas. Ou seja, em todos os lugares onde há brasileiras e brasileiros necessitados de atenção bucal. Além disso, 425 centros odontológicos do Brasil Sorridente estão incluídos na Rede de Cuidados à Pessoa com Deiciência. Isso é muito importante, porque o meu governo defende que a pessoa com deiciência deve ter direito a viver sem limites. Por isso, investimos cada vez mais na qualiicação dos proissionais que vão prestar atendimento às pessoas com deiciência. Só no ano passado, liberamos R$ 11,8 milhões para as unidades dentárias que atendem pessoas com deiciência. Quando não é mais possível recuperar os dentes, o programa devolve o sorriso às pessoas com a colocação das chamadas próteses dentárias, também conhecidas como dentaduras. Só no ano passado, foram colocadas 471 mil dentaduras. E a meta para 2014 é alcançarmos a marca de 500 mil próteses, inclusive pontes ixas e móveis. Em dez anos de programa mais de 2,1 milhões de brasileiras e brasileiros receberam dentaduras e pontes produzidas nos laboratórios regionais de prótese dentária credenciados pelo Ministério da Saúde em mais de 1.400 municípios. Como os cuidados com a saúde bucal devem começar cedo, as crianças e os adolescentes recebem um tratamento especial do Brasil Sorridente, que atua também nas escolas. É nessa fase que os dentes precisam ser bem tratados para estarem fortes e resistentes na vida adulta. E as nossas ações já mostram resultados. Hoje, o Brasil faz parte do grupo de países com baixa incidência de cárie aos 12 anos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Cerca de 45% das nossas brasileirinhas e dos nossos brasileirinhos estão livres da cárie. Nestes dez anos de Brasil Sorridente, o número de adolescentes e adultos que sofreram algum tipo de perda dentária foi reduzido pela metade. Outra razão importante para a diminuição de cáries nas nossas crianças e adolescentes, e também na população em geral, são as políticas de luoretação, que é a adição de lúor na água encanada que chega às casas, às escolas e aos locais de trabalho. A saúde bucal é fundamental para a saúde integral da pessoa humana. Estendê-la a toda população faz parte das diretrizes gerais de redução das desigualdades durante meu governo.


4

MERCADO & NEGÓCIOS

►10 a 16 de Junho de 2014

Duque de Caxias, Baixada e Capital

Prefeito de Belford Roxo vistoria obras em Santa Maria

Show de pagode encerra Semana do Meio Ambiente em Caxias

PMBR/Divulgação

O

prefeito Dennis Dauttmam esteve na Avenida Estrela Branca, no bairro Santa Maria, no último dia 30, vistoria as obras de infraestrutura do Programa Asfalto na Porta, que estão sendo concluídas. O serviço vem sendo executado através de uma parceria da prefeitura com o governo do Estado. Dauttmam estava acompanhado de secretários e vereadores, tendo à frente o presidente da Câmara Markinho Gandra, além de moradores. Os serviços de infraestrutura no local são uma antiga reivindicação dos moradores. Eles agradeceram pelas melhorias no local mas aproveitaram para fazer novas reivindicações, como o conserto de alguns pontos de iluminação e a poda de árvores. O prefeito assegurou que os pedidos serão atendidos e ainda informou que providenciará a desobstrução do canal que separa os dois trechos da via. Entre os serviços realizados estão a aplicação de asfalto na avenida, com drenagem, pavimentação, meio io e acessibilidade. “Estamos trabalhando para mudar a realidade do município. Aos poucos, os re-

A

sultados estão aparecendo e a população terá orgulho de dizer que mora nessa cidade. Encontramos muitos problemas para resolver e tivemos várias diiculdades desde o início do governo, mas com força de vontade e determinação vamos trazer muitas coisas boas para Belford Roxo”, airmou Dauttmam. POLO CEDERJ - No intuito de oferecer um ensino de qualidade aliado ao baixo custo para a população, a Prefeitura conseguiu a autorização para implantar um novo polo Cederj no município. O atual polo de

MISSA DE 7º DIA MARCELO MANSUR DIAS (1967-2014) Consternados pelo passamento de seu amado ilho MARCELO, os pais Alberto Marques Dias e Suely, demais ilhos, genros, noras e netos agradecem as palavras de conforto e solidariedade e convidam demais parentes e amigos para a MISSA DE 7º DIA que será celebrada quinta-feira (dia 12), às 19h, na Matriz de Nossa Senhora de Fátima, na rua Professor José de Souza Herdy, bairro 25 de Agosto, Duque de Caxias-RJ.

ensino ica no CIEP Municipalizado Vinícius de Morais, no bairro Parque Colonial. Durante sessão na Câmara, os vereadores aprovaram por unanimidade a lei para a construção do espaço que vai receber estudantes que pretendem ingressar em cursos técnicos e no ensino superior (na modalidade a distância - EaD). A nova sede icará localizada na Av. Joaquim da Costa Lima, em São Bernardo. O polo Cederj vai contar com salas de tutoria e de espera, videoconferência, biblioteca, secre-

taria, administração, além de um amplo laboratório de informática e também terá um elevador de acesso para deicientes físicos. “Fico muito feliz pela liberação desta nova sede na nossa cidade. Os jovens e adolescentes que sonham em fazer uma faculdade ou um curso proissionalizante vão contar com a estrutura necessária para seu aprendizado, sem precisarem se deslocar para municípios vizinhos. Essa é uma conquista de todos nós. Ainal, juntos somos melhores”, celebrou o prefeito.

Semana do Meio Ambiente de Duque de Caxias chegou ao im na noite de sábado (7), com a realização de shows de pagode com o grupo Tá Na Mente e Leandro e as Abusadas, na Praça da Matriz, em Santa Cruz da Serra. Antes, foi realizado um passeio ciclístico no Parque da Taquara e uma ação social no Parque Equitativa. Durante toda semana, a secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento promoveu diversas atividades em diferentes pontos da cidade. Questões relacionadas ao tema foram debatidas, os parques tiveram uma programação especial para atender às crianças da rede municipal de ensino e no dia Mundial do Ambiente, comemorado em 5 de junho, foi inaugurada a primeira praça sustentável de Caxias na região atingida pela explosão dos tanques de combustível da Petrogold em Jardim Primavera. - A proteção do meio ambiente é fundamental para todos nós. Por isso, essa foi uma semana espe-

cial, pois tivemos a oportunidade de incentivar a população a importância do uso e da preservação dos espaços naturais que temos em nossa cidade. A homenagem aos conselheiros na Câmara Municipal, a inauguração da praça sustentável, o passeio ciclístico e a ação social mostram que apesar de todos os problemas que enfrentamos, a prefeitura não deixa de trabalhar com transparência destacou o vice Laury Villar, que representou o prefeito Alexandre Cardoso. Para o secretário Luiz Renato Vergara, o saldo foi extremamente positivo. “Não tivemos gastos de recursos públicos, geramos debates sobre questões importantes como enchentes, Jardim Gramacho e o ordenamento urbano sustentável, inauguramos a primeira praça sustentável de Caxias, realizamos atividades com os alunos da rede municipal em nossos parques. Foi uma semana em que pudemos mostrar os resultados do trabalho que é feito diariamente pela secretaria”. PMDC/Letícia Passowski

EXTRAVIO DE DIPLOMA Publico o extravio de meu diploma do Curso de Pedagogia, expedido na época, pelo Instituto de Educação Governador Roberto Silveira, datado de 04 de novembro de 1978, cuja colação de grau aconteceu em 14 de janeiro de 1978. No mesmo ainda consta meu nome de solteira, LAURICY FATIMA DA SILVA. Duque de Caxias-RJ, 8 de junho de 2014 Lauricy Fatima Silva de Jesus SIVDC - SINDICATO DOS VIGILANTES E EMPREGADOS DE EMPRESAS DE SEGURANÇA E VIGILANCIA, TRANSPORTES DE VALORES DE PREVENÇAO E COMBATE A INCENDIO DE CURSO DE FORMAÇÃO E SIMILARES OU CONEXOS DE DUQUE DE CAXIAS - RJ Rua Francisco Sabino nº 12, Parque Fluminense, Duque de Caxias - RJ CNPJ 36.554.434/0001-80 - Tel 2771-9281 - e-mail: sidcaxias@yahoo.com.br EDITAL DE CONVOCAÇÃO Pelo seu presidente, o Sr. Carlos Gil de Souza, vem convocar os vigilantes do posto de serviço REDUC BR em Campos Elíseos, Duque de Caxias, da empresa Ângela Segurança e Vigilância Ltda, endereço: Vieira Ferreira nº 132, Bonsucesso-RJ, nº CNPJ nº 03.372.304/0001-78, para uma Assembleia Geral Extraordinária, que será realizada na sede do Sindicato, rua Francisco Sabino nº 12, Parque Fluminense, Duque de Caxias - RJ, nos dias 20 e 21 de junho de 2014, com primeira chamada às 9:00 horas e a segunda às 10:30 (dez e trinta minutos) com qualquer numero de vigilantes, e diretores do Sindicato representantes para discutir a escala de serviço conforme a ordem do dia: 1º - Permissão para continuar ou não a escala 2 X1; 2º - Buscar esclarecimentos sobre o pagamento de feriado e cobrança de reciclagem; 3º - Comunicar compra de automóvel marca Chevet ano 90, valor R$ 6.000,00 (Seis mil reais); e 4º - Assunto geral. CARLOS GIL DE SOUZA - Diretor Presidente

O vice-prefeito Laury Villar, secretários e outros membros do governo municipal acompanharam a ação social no Parque Equitativa

Anuncie Capital, Mercado & Negócios

O Valor da Informação

21 2671-6611


Duque de Caxias, Baixada e Capital MERCADO & NEGÓCIOS

►10 a 16 de Junho de 2014

5

Motoristas não respeitam normas para melhorar trânsito em Caxias Josué Cardoso

N

o seu primeiro dia de funcionamento nesta segunda-feira (9), o plano para melhorar a mobilidade urbana no centro e no bairro 25 de Agosto, em Duque de Caxias, não funcionou como o previsto pela secretaria municipal de Políticas de Segurança. As novas regras, anunciadas pela prefeitura, no último dia 15, proíbem a circulação de caminhões durante o dia em nove vias públicas e estabelece novos pontos de carga e descarga, entre o horário de 20h e 06h, bem como a proibição de estacionamento de veículos nas vias centrais da cidade. Pelas vias proibidas, caminhões foram lagrados durante todo o dia. Automóveis também estacionavam normalmente nas seis vias públicas onde há proibição. Os guardadores, não oicializados, trabalharam normalmente. Na Avenida Plinio Casado, um guarda municipal andava de um ponto ao outro da calçada próximo ao mercado de carnes do local, advertindo motoristas que ali estacionavam. No quarteirão seguinte, em frente ao mercado de frutas e legumes, alguns motoristas desaiavam as autoridades e estacionavam para descer mercadorias. O trânsito naquele trecho apresentou retenções em vários momentos do dia. No trecho da Avenida Nilo Peçanha, compreendi-

Indústrias aumentam gastos com educação proissional

A

Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Serviço Social da Indústria (Sesi), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) lançaram hoje o Relatório de Sustentabilidade, com informações de gestão inanceira e de recursos humanos do chamado Sistema Indústria. O objetivo é que o documento seja um instrumento de diálogo das entidades com diversos públicos, entre os quais empresários, trabalhadores, representantes do governo, acadêmicos e jornalistas. No relatório, os leitores poderão conferir, por exemplo, que o Sesi e o Senai ultrapassaram as metas de gratuidade deinidas até 2014, em acordo com os ministérios da Educação, do Trabalho e Emprego e da Fazenda, em 2009. (Agência Brasil)

Nem as placas probitivas impedem os caminhões de estacionarem ao longo da avenida Nilo Peçanha e os pedestres icam espremidos na estreita calçada do entre a Avenida Winston Churchill e a Rua Tenente José Dias, por exemplo, as irregularidades se repetiram causando transtornos aos pedestres e no luxo de veículos. A faixa da

esquerda continuou abrigando pequenos veículos e caminhões descarregando mercadorias até em pontos onde há placas de proibição, sob a complacência de guardas e agentes de trân-

sito. As calçadas, por sua vez, continuaram ocupadas por caixotes e tablados de ambulantes, diicultando a passagem de pedestres, obrigados a utilizar a pista de trânsito para seguir

adiante. Moradores ouvidos anteriormente pelo Capital, aprovaram a iniciativa. As queixas, porém, se repetem, como airma a auxiliar de enfermagem Jane Vieira, que mora próximo à avenida. “Isso aqui parece que não tem jeito. É uma bagunça que atravessa os anos e as autoridades não resolvem nada, embora a gente veja os guardas sempre por aqui. É o velho jeitinho que continua funcionando”, desabafou. Os ônibus que fazem ponto na Rua Manoel Vieira e adjacências também são alvo de reclamações por obstruírem o retorno de veículos nesses locais, provocando congestionamento até na própria Nilo Peçanha. “Os motoristas fazem o que querem e os guardas não estão nem aí. Não importa se seja criança ou idoso que estejam correndo o risco. O pedestre é que tem que se virar sozinho”, reclama o metalúrgico Ari dos Santos. A aposentada Maria Alcenira, também moradora do bairro, diz que tem esperança da situação melhorar. “Não dá para andar por aqui tranquilamente. Todo cuidado é pouco. Se a situação não melhorar agora, não vai melhorar nunca”, disse. Segundo o Departamento de Trânsito da Prefeitura, as queixas podem ser feitas através dos telefones 3652-5093 e 3652-5576.

▼ Os locais proibidos para caminhões e estacionamento de automóveis

O

s locais onde não pode circular caminhões durante o dia são: Avenida Governador Leonel de Moura Brizola (antiga Presidente Kennedy), trecho entre a Rodoviária Dr. Plínio Casado e a Rua 11 de Junho; toda extensão da Avenida Dr. Plínio Casado e da Rua Genaro Lomba; Avenidas Duque de Caxias, Presidente Vargas e Brigadeiro Lima e Silva; Rua Dr. Manoel Teles, entre a Avenida Governador Leonel de Moura Brizola e a Rua Genaro Lomba; Avenida Nilo Peçanha, trecho entre a Rua Alziro Zarur e a Rua Sete de Setembro; José de Alvarenga, em frente ao mercado Prezunic; e Passos da Pátria, trecho entre a Rua General Venâncio Flores e a Avenida Brigadeiro Lima e Silva. Os locais permitidos para carga e descarga são: Ruas Juparaná, Tabelião Silmar Silva, Xavier da Silveira, Pastor Belarmino Pedro Ramos, Bento Gonçalves, Almirante Barroso e Manoel Reis, paralela ao Viaduto Brigadeiro Eduardo Gomes. Em seis vias, é expressamente proibido estacionar automóveis em ambos os lados da pista. São elas: Avenidas Duque de Caxias, Presidente Vargas, Governador Leonel Brizola, Brigadeiro Lima e Silva, Nilo Peçanha e Plinio Casado.


6

MERCADO & NEGÓCIOS

►10 a 16 de Junho de 2014

Duque de Caxias, Baixada e Capital

Estado terá banco de dados sobre maus-tratos contra menores Banco de Imagens

A

Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou no último dia 4, em segunda discussão, o Projeto de Lei 549-A/11, da deputada Claise Maria (PSD) e do ex-parlamentar Sabino, que propõe a instituição de um banco de dados sistematizado e informatizado sobre violações dos direitos de crianças e adolescentes. As informações estarão disponíveis para consulta pública, contendo levantamento estatístico mensal e anual, por região e município. Pelo texto aprovado, o banco, que também será alimentado por dados da Polícia Civil, icará disponível no site da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos. A pasta poderá estabelecer convênios ou parcerias com secretarias,

A

fundações e autarquias municipais, estaduais ou federais, ONGs e demais entidades da sociedade, além do Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente, e congêneres municipais. Para a deputada, toda criança deve ser protegida

pela família, pela sociedade e pelo Estado. “O projeto visa a colaborar com essa proteção. O objetivo é enriquecer esse banco com dados sobre a prática de turismo sexual; pornograia infantil; prostituição e exploração sexual; abuso sexual doméstico; estupro;

cárcere privado; mutilações de qualquer espécie; homicídio; negligência de direitos e outros crimes contra a criança e o adolescente”, disse a deputada. O projeto segue para o governador Luiz Fernando Pezão, que terá 15 dias úteis para sancionar o texto.

Nova estação Maracanã terá embarque gratuito em dias de jogos

A

nova estação Maracanã estará aberta ao público nos dias 15, 18, 22, 25 e 28 de junho, e 4 e 13 de julho, quando acontecem jogos no es-

Festa de Santo Antônio quer superar edições anteriores

tádio durante a Copa do Mundo. O funcionamento será das 5h às 23h. No entanto, os trens vão operar em esquema especial, a ser divulgado pela SuperVia.

Os embarques na estação Maracanã serão gratuitos para todos os passageiros da SuperVia. A estação, que atenderá usuários dos trens e do metrô, permitirá

o acesso ao estádio. Cabe ressaltar que os portadores de ingressos dos jogos no Maracanã terão acesso livre nas estações de trem, metrô e barcas.

tradicional Festa de Santo Antônio, padroeiro do município de Duque de Caxias, espera superar este ano todos os eventos já realizados. Em 2013, foram mais de 200 mil visitantes e, se depender da prefeitura, que está dando total apoio, será registrado um novo recorde. As comemorações começam nesta quarta-feira (11) com a quermesse no pátio da Catedral de Santo Antônio, às 20h. Oicialmente o evento será aberto pelo padre Renato Gentile e o prefeito Alexandre Cardoso. A festa termina dia 15, e durante todos os dias terá várias atrações e novidades, além da uniformização das barracas de alimentos que terão ponto de água. Na parte religiosa serão realizadas missas todos os dias com destaques para as celebrações do Dia dos Namorados noivos e esposos (dia 12 às 18h30) e do padroeiro, dia 13, com missas a partir das 6h e procissão às 17h. Uma das novidades será a padronização das barracas que terão água encanada e drenagem. O circuito gastronômico se repetirá este ano. Além das aulas de culinária com chefs internacionais para as aulas

show de culinária de sexta-feira a domingo, foram convidados Pedro Artagão, com o tema “A doce cozinha”, Kátia Barbosa com aula sobre “A inluência nordestina na cozinha da chef”, Deise Novakoski e Carlos Antônio Clementino, o Mussarela com o tema “Conversando sobre cachaça” e Isis Rangel com aula sobre “O tempero da baiana”. A Festa de Santo Antônio terá também programação cultural e artística com contação de história, lançamento de livros, oicinas de leitura, pintura e artesanato, e shows musicais com artistas locais, grupos de pagode e forró, dança de quadrilha junina, baile de casamento com a Orquestra Lira de Ouro e apresentação das Meninas de Petrópolis, entre outras atrações e novidades para o público. No último dia participarão do fechamento da programação os componentes da Velha Guarda e da Bateria Invocada da Grande Rio. No palco externo do Teatro Municipal Raul Cortez será montado um telão para transmitir no dia 12, o jogo Brasil contra a Croácia, às 17 horas, na abertura da Copa do Mundo.

Atualidade Faetec vai inaugurar unidade voltada ao setor ferroviário

A

Faetec-Fundação de Apoio à Escola Técnica, vinculada à Secretaria de Ciência e Tecnologia, vai ganhar uma nova unidade, voltada ao setor ferroviário. O termo de cessão do terreno foi assina-

do no último dia 2, pela Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística (Central), em conjunto com a concessionária SuperVia e o Estado. O local está situado em Deodoro, na Zona Norte do Rio, e já é considerado ponto estratégico por possibilitar

aperfeiçoamento profissional e prático dos alunos de acordo com o mercado de trabalho. No terreno existe um galpão industrial onde funciona um centro de manutenção da SuperVia. Segundo a secretária de Transportes, Tatiana Carius, esta assinatura

também é uma benfeitoria para o sistema ferroviário e metroviário. “Estamos à frente de uma grande evolução. O Estado adquiriu novos trens, temos um centro de operação da SuperVia, e toda a frota será renovada até agosto de 2015. Então, este mo-

mento culmina não só com a preocupação com aquisição de novos trens, mas também com a formação de mão de obra qualificada para este setor”, disse Tatiana. O próximo passo será a reforma para adaptação de laboratórios e salas de aula, que atendam às exi-

gências pedagógicas. No novo espaço, o estudante terá aulas práticas com instrumentos semelhantes aos encontrados no transporte ferroviário carioca, permitindo um ensino prático e com mais eficiência.

País

Internacional

ProUni supera marca de inscrições de 2013

Vice da Argentina depõe sobre denúncia de corrupção

O

vice-presidente da Argentina, Amado Boudou, foi convocado nesta segunda-feira (9) para depor sobre seu suposto envolvimento num escândalo de corrupção. Ele foi acusado de tráico de inluência por, supostamente, ter usado o cargo publico para beneiciar a gráica Ciccone, que imprimia as cédulas do peso argentino, moeda oicial do país. É a primeira vez

primeiro dia de inscrições do Programa Universidade para Todos (ProUni) registrou 211.667 inscritos até as 19h, segundo balanço do Ministério da Educação (MEC). De acordo com o MEC, o número representa mais que o dobro (150% a mais) do total veriicado no primeiro dia da mesma edição do ano anterior (2013), quando 84.456 candidatos se

habilitaram às bolsas disponíveis. As inscrições terminam nesta quarta-feira (11). Nesta edição, o prazo foi reduzido de cinco para três dias. As inscrições são feitas pelo site do ProUni. Os candidatos podem concorrer a 115.101 bolsas em 22.139 cursos de 943 instituições. Para isso, é preciso ter cursado o ensino médio na rede pública ou na rede particular, na condição de bolsista integral. Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve

comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, no valor de 50% da mensalidade, a renda bruta familiar deve ser até três salários mínimos por pessoa. O candidato também deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas.

O

na história argentina que um vice-presidente em exercício é chamado pela Justiça para prestar depoimento. Mas o escândalo é anterior a sua eleição, em 2011. Antes de ser vice-presidente, Boudou foi ministro da Economia no primeiro mandato da presidenta Cristina Kirchner. Nessa época, segundo as investigações, ele salvou a gráica da falência e ajudou os novos donos a fechar contrato para imprimir as cédulas do governo. Boudou nega as acusa-

ções e diz que não vai se afastar do cargo, como pedem alguns políticos da oposição. “Estou tranquilo e com muita coniança em relação a tudo que iz e que vou continuar fazendo pelos argentinos”, disse, em rápida entrevista ao sair de casa para o tribunal. Na porta do tribunal, simpatizantes do governo esperava o vice-presidente ao som de batucada, com bandeiras e cartazes.


Duque de Caxias, Baixada e Capital MERCADO & NEGÓCIOS

►10 a 16 de Junho de 2014

7

Lideranças políticas anunciam criação do movimento “Dilmão” Banco de Imagens

O

prefeito Alexandre Cardoso (sem partido), de Duque de Caxias, está à frente da elaboração de um documento que será entregue à presidenta Dilma Rousseff em nome dos prefeitos, no qual defendem que sua reeleição será a garantia de ampliação de vários programas federais. “Temos um projeto de continuidade dos governos Luma e Dilma. Quem já fez pode fazer mais. Quem nunca fez será que pode fazer? O governo do PSDB não teve Minha Casa, Minha Vida”, lembrou Cardoso, ao anunciar, durante almoço para 1.600 líderes políticos do Estado, na última quinta-feira (5), a criação do movimento “Dilmão” que, além dos prefeitos, reúne ainda o governador Luiz Fernando Pezão, candidato à reeleição, e o prefeito do Rio, Eduardo Paes, ambos do PMDB. Alexandre Cardoso deverá ser o coordenador da campanha da presidenta no Estado. Ao se posicionar contra

N

O governador Luiz Fernando Pezão (D) com o prefeito Alexandre Cardoso (centro) e o ex-presidente da Faetec, professor Celso Pansera a postura de peemedebistas que lançaram o “Aezão”, Alexandre Cardoso acrescentou que não se pode interromper um ciclo, “que fez o pobre ter sonho e a esperança de realizar”. - Queremos deixar clara a diferença entre o candidato do PSDB e a presidenta Dilma. Nossas bases estão em quatro pontos:

mais PAC das cidades, mais Bolsa Família, mais Minha Casa Minha Vida e mais emprego - disse Alexandre Cardoso, acrescentando que a “ala dilmista do PMDB” e aliados de outros partidos vão elaborar o programa documentando as defesas do governo Dilma. O lançamento dessa plataforma de governo será

feito com a presença da presidenta, revelou Cardoso, que deverá formalizar seu ingresso no PMDB nos próximos dias. A visita de Dilma ao Rio deverá ocorrer no dia 1º de julho, quando será inaugurado o primeiro trecho do Arco Rodoviário Metropolitano, cujo custo estimado é de R$ 1,1 bilhão.

Famílias escolhem apartamentos do “Minha Casa Minha Vida” em Caxias Q

PMDC/Letícia Passowski

uatrocentas e noventa e seis famílias escolheram na manhã do último dia 4, na Vila Olímpica de Duque de Caxias, os apartamentos em que vão morar dentro de poucos dias no condomínio Parma, no bairro Nossa Senhora do Carmo. Na mesma região já foram entregues pela prefeitura outros mil imóveis, dentro do programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal. No dia 24 de junho eles assinarão o contrato com a Caixa Econômica Federal e no dia 27 receberão as chaves dos apartamentos. A prioridade no sorteio foi para cadeirantes, portadores de necessidades especiais, idosos e mulheres chefes de família. O condomínio ica na Estrada do Calundú, onde já foram entregues os condomínios Pádua e Bolzano. As famílias sorteadas em abril para morar no Condomínio Rotonda estão concluindo seus cadastros para aprovação da Caixa Econômica Federal. Os imóveis têm sala, dois quartos e demais dependência, além de área de serviço. As famílias ganharam também uma quadra poliesportiva para o lazer. Os ocupantes são moradores residentes

Anuncie!

Emenda Constitucional do Trabalho Escravo é promulgada a cerimônia de promulgação da Emenda Constitucional 81/2014, que prevê a expropriação de imóveis nos quais for comprovada a exploração de trabalho escravo, defensores dos direitos humanos reivindicaram que o conceito de trabalho escravo, que constará da regulamentação do texto, não seja descaracterizado. Para o movimento, deve ser mantido o conceito de trabalho análogo à escravidão do Artigo 149 do Código Penal. O dispositivo diz que comete o crime quem submete o empregado a trabalhos forçados ou a jornada exaustiva, a condições degradantes de trabalho, quer restringindo, por qualquer meio, sua locomoção em razão de dívida contraída com o empregador ou preposto. Parlamentares ligados ao agronegócio questionam o dispositivo e querem uma deinição mais clara do conceito de trabalho escravo. Para eles, é necessário, por exemplo, deinir exatamente o que poderia ser considerado como jornada exaustiva. Da tribuna do Senado, a atriz Leticia Sabatella leu uma carta do Movimento Humanos Direitos em que pede o “im da barbárie” existente no país. “É hora de abolir de vez essa vergonha, senhores congres-

sistas. Com a manutenção do conceito de trabalho escravo como ele é hoje, vocês se tornam parte da história e, certamente, serão lembrados pelas futuras gerações, pois tiveram a coragem de garantir dignidade ao trabalhador brasileiro. Esse sim será um golaço histórico pré-Copa do Mundo”, disse a atriz. O presidente do Congresso, senador Renan Calheiros, disse esperar que o combate ao crime seja mais eicaz. “Com a esperança de que com a modiicação em nossa Constituição possa, senão eliminar, pelo menos reduzir consideravelmente essa prática criminosa, é que promulgamos a emenda constitucional que dá nova redação ao Artigo 243 da nossa Carta Magna”, discursou Calheiros. “Esse prática odiosa não pertence mais à nossa vida cotidiana. A escravidão que combatemos não é mais institucionalizada, escancarada, aberta aos olhos de todo, mas nem por isso é menos cruel e execrada. A que persiste é insidiosa, encoberta e disfarçada”, disse o presidente do Congresso. A cerimônia de promulgação, realizada no último dia 5, foi acompanhada por artistas, como a cantora Alcione, juristas, e defensores dos direitos humanos. (Agência Brasil)

Alvará para empresas de baixo risco sai em três dias

A

concessão de alvarás para empresas de baixo risco - como salões de beleza, butique e papelarias - ocorrerá na metade do prazo. A redução do tempo, de sete para três dias, é resultado do decreto 44.803, publicado no Diário Oicial do último dia 27 de maio. A medida determina ainda que as vistorias sejam realizadas posteriores à autorização das atividades. O presidente da em áreas de risco, na Cidade dos Meninos, na barreira do Pilar e às margens do Canal Gaspar Ventura, próximo ao condomínio. O primeiro condomínio a ser entregue, o Bolzano, beneiciou moradores atingidos pelas chuvas de Xerém, no início do ano passado e famílias residentes em áreas de risco no município. No dia da assinatura do contrato, os beneiciados receberão também o cartão Minha Casa Melhor, no valor de R$ 5 mil para

compra de mobiliário e outros produtos para a nova casa. O empréstimo pode ser pago em até 48 vezes, segundo Paula Vaz, supervisora do programa da Caixa. Até o inal do ano outros mil imóveis deverão ser entregues nos condomínios Rotonda e Volterra, também no segundo distrito. Outras 5.500 unidades estão contratadas para serem entregues pelo programa Minha Casa Minha Vida no município a partir do ano que vem.

Ligue: 21 2671-6611

Jucerja (Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro), Carlos de La Rocque, explica que o objetivo principal do decreto é diminuir entraves burocráticos para essas empresas, que representam 80% dos negócios do estado. - Com o novo decreto, estabelecimentos de baixo risco terão alvarás concedidos em um prazo de dois a três dias. Antes, era, em média, de seis a sete dias - explicou.


8

MERCADO & NEGÓCIOS

►10 a 16 de Junho de 2014

Duque de Caxias, Baixada e Capital

Rio Capital da Energia já soma 66 projetos inovadores SCERJ/Divulgação

O

programa Rio Capital da Energia, coordenado pelo Governo do Estado, completou o segundo ano de existência com quase o dobro de projetos lançados em 2012. O número de iniciativas visando à eiciência energética, inovação tecnológica e energia verde passou de 34 para 66 em dois anos. Onze iniciativas já foram inalizadas. No total, estão sendo investidos R$ 2,2 bilhões em projetos. Iniciativas como o Maracanã Solar – sistema de geração e utilização de energia solar já lançada em parceria com a Light e o Grupo EDF Electricité de France– e o GT Veículos Elétricos, grupo que estuda a instalação de uma fábrica de carros elétricos, estão entre os beneiciados. O projeto Búzios Cidade Inteligente pretende transformar o município em referência de sustentabilidade. A cidade já conta com medidores inteligentes de consumo de energia, um posto de recarga para veículos elétricos, chuveiros eicientes e geração de energia reno-

O número de iniciativas visando à eiciência energética, inovação tecnológica e energia verde, passou de 34 para 66 em dois anos vável solar e eólica, além de luminárias de LED, com pontos de luz telecomandados. Outra ação de destaque é a renovação de frota de caminhões, criada por decreto com o objetivo de retirar os veículos com mais de 20 anos de uso das estradas, por meio da concessão de benefícios para a compra de caminhões novos.

Uma novidade é o Atlas Solar do Rio, que vai revelar todo o potencial de geração solar do estado e tem previsão de apontar as tecnologias a serem utilizadas no desenvolvimento dessa fonte. Mais dois projetos estão sendo implementados em parceria com a agência alemã GIZ: a energia fotovoltaica no Cefet e o mapeamento

do potencial fotovoltaico dos telhados de Niterói e do Rio. No Cefet, além da instalação de painéis, haverá qualiicação proissional. No caso do mapeamento, a meta é checar o potencial de micro e minigeração fotovoltaica nas duas cidades, em parceria com o Instituto Pereira Passos, a Light, a Ampla e a Prefeitura de Niterói.

Duque de Caxias faz emissão de carteira de trabalho digitalizada uque de Caxias é a primeira cidade da Baixada Fluminense a contar com o serviço de emissão de Carteira de Trabalho digitalizada. O serviço será oferecido em todo o município através do ônibus da Fundec-Fundação de Apoio à Escola Técnica, Ciência, Tecnologia, Esporte, Lazer, Cultura e Políticas Sociais de Duque de Caxias, apresentado na última quarta-feira (4), pelo prefeito Alexandre Cardoso durante evento na comunidade da Mangueirinha. Também foi anunciado funcionamento da Ouvidoria Móvel, que irá aos distritos registrar as reivindicações dos moradores. - No máximo em 10 dias, o ônibus da Fundec começa a percorrer os bairros da cidade oferecendo não só um curso de teleatendimento, mas também emitindo a carteira de tra-

PMDC/Rafael Barreto

D

balho digital. Estamos mudando a vida das pessoas. O nosso desejo é que o caxiense consiga as vagas de emprego - disse o prefeito. Da nova carteira de trabalho consta o CPF e o título de eleitor. O documento leva entre cinco e dez dias para ser entregue, segundo o Ministério do Trabalho. Enquanto novo sistema

não entra em funcionamento, centenas de pessoas aproveitaram o evento para conseguir a carteira de trabalho, mesmo de forma manual. O evento também teve uma ação social com a participação de várias secretarias municipais que ofereceram serviços como Direito das Mulheres, Procon, Saúde da Mulher, ve-

riicação da pressão arterial e glicose, cadastro de emprego, cursos proissionalizantes, manicure e corte de cabelo. Estiveram presentes o vice-prefeito Laury Villar, a primeira-dama Tatyane Lima (secretária de Ações Institucionais e Comunicação), o deputado estadual Dica e vereadores.

Bombeiros simulam evacuação e resgate no Maracanã

C

erca de 500 pessoas participaram na manhã de sábado (7) de um simulado de evacuação e resgate no Maracanã, um dos estádios que vai receber jogos da Copa do Mundo de 2014. O treinamento serve para testar o Plano de Evacuação (PE) e o Plano de

Emergência Médica (PEM) do estádio elaborados pelo Comitê Organizador Local (COL) e aprovado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro. O objetivo da iniciativa é avaliar os procedimentos e medidas propostos e veriicar como os

planos de contingências interagências (Pcin) operam em conjunto. Os planos foram elaborados por órgãos das três esferas de governo envolvidos nas ações preventivas para a Copa do Mundo. Entre os envolvidos nos exercícios estavam repre-

sentantes de órgãos de segurança da FIFA, bombeiros militares e voluntários. Aproximadamente 20 viaturas, além dos helicópteros do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar foram mobilizados para as atividades, que incluíram a evacuação de um setor do estádio.

Mercado eleva juros pela 12ª vez seguida s bancos e o comércio elevaram os juros sobre os empréstimos e compras inanciadas, em maio, pela quinta vez no ano, e soma a 12ª alta seguida. Comportamento diferenciado em relação ao do Comitê de Polícia Monetária (Copom), que na última reunião manteve a taxa básica de juros (Selic) inalterada. Para o diretor executivo da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), Miguel José Ribeiro de Oliveira, as correções revelam que o mercado procurou se proteger contra uma eventual piora das condições econômicas e mesmo ante possível nova subida da Selic, que acabou não se conirmando. As pessoas físicas pagaram, em média, juros de 100,76% ao ano, em maio, ante 100,31% em abril. De acordo com a pesquisa da Anefac, enquanto a taxa Selic teve alta de 51,72% entre abril de 2013 e maio deste ano, quando atingiu 11% ao ano, o crédito à pessoa física aumentou 87,97%. Apenas uma das seis linhas oferecidas às pessoas físicas manteve-se estável: a de crédito rotativo. Mas é justamente a que tem as maiores taxas de cobrança, que chegaram a 10,52%

O

ao mês, em maio, o que dá salgados 232,12% em 12 meses. Na virada do mês, os juros cresceram 0,02% na média, constituindo-se no patamar mais elevado de taxas dos últimos dois anos. No comércio, estava sendo cobrada taxa mensal de 4,62% e 71,94% ao ano, ou 0,04 ponto percentual acima da taxa de abril - a maior correção registrada na comparação mensal. Evolução semelhante se veriicou no caso do cheque especial, que cobrou, em média, juros mensais de 8,22% (158,04% no ano) - taxa mais alta desde os 158,61% contabilizados em maio de 2012. Em relação ao Crédito Direto ao Consumidor (CDC) nos inanciamentos para a compra de automóveis, os juros icaram, em média, 1,12% mais altos, ou 0,02 ponto percentual a mais do que em abril. No mês, a taxa variou 1,8% para cima, e em 12 meses se expandiu 23,87%. Para contratar um empréstimo pessoal nos bancos, o tomador teve que pagar juros de 3,41% ao mês (49,54% ao ano), com alta de 0,29% sobre o mês anterior. Esse mesmo tipo de crédito em inanceiras custa mais do dobro; o cliente paga juros de 7,29% ao mês (132,65% ao ano). (Agência Brasil)


Edição nº 214  

Jornal Capital - Edição nº 214

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you