Page 1

EM OBRAS

COMEÇAM TRABALHOS DE REVITALIZAÇÃO DO CENTRO DE NOVO HAMBURGO Pág. 5

FASE FINAL

NOVA PASSARELA SÓ EM 2019

VIGAS ESTÃO SENDO FINALIZADAS NA PONTE DA AVENIDA DOS MUNICÍPIOS Pág. 8

RISCO DE DESABAMENTO FEZ PREFEITURA RETIRAR ESTRUTURA IMPROVISADA NA AVENIDA ALCÂNTARA

Pág. 5

DIREITO DE FAMÍLIA

OAB/RS 172

• DIREITO DO TRABALHO • DIREITO CIVIL/PENAL • REVISIONAL DE JUROS

abdo.com.br • (51) 3582.9000 WhatsApp: (51) 99321.4781

Novo Hamburgo | Ano XII | Edição 544 | 18 a 24 de maio de 2018

www.jornalcanudos.com.br

CÓDIGO MUNICIPAL DE POSTURAS CONTÉM EXPRESSÕES POLÊMICAS Na segunda reportagem da série, Jornal Canudos mostra artigos presentes na legislação que orienta boas condutas dos cidadãos, criada em 1954 Pág. 3

RUA BARTOLOMEU DE GUSMÃO:

O CORAÇÃO DE CANUDOS

R$1,00

DE VOLTA FELIPE KUHN BRAUN RETORNA À CÂMARA APÓS GRAVE ACIDENTE Pág. 13

CANUDOS NO MUNDIAL GOLEIRO ALISSON, NASCIDO E CRIADO NO BAIRRO, É CHAMADO PARA A COPA DA RÚSSIA Pág. 14

JOGO DAS ESTRELAS SPORT CLUB AMERICANO RECEBE EVENTO BENEFICENTE NO DOMINGO (20) Pág. 4

Encontra-se de tudo na principal rua do bairro, de bancos e lojas a serviços públicos; comerciantes contam aspectos positivos e o que pode ser melhorado na via Págs. 9 a 12

Imóveis comerciais, industriais e residenciais

Avaliações Assessoria em investimentos Consultoria Jurídica e em direito imobiliário Prospecção de negócios imobiliários e comerciais

VEM AÍ UMA NOVIDADE NA SUA INTERNET


2

JORNAL CANUDOS

#EuCurtoJornalCanudos

DE TUDO UM POUCO

Dr. Adalberto Alexandre Snel OAB/RS1.665

Fone: 51-3593-1766

Obsolência Humana no Local de Trabalho

  Um estudo inédito da Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que, de 24 setores, 14 estão defasados em relação aos rivais globais na adoção de tecnologias que compõem a chamada “indústria 4.0”, o que pode representar uma acelerada perda de mercado. Quem está defasado precisa de investimentos urgentes, pois não terá competitividade muito em breve em relação a concorrentes. Neste grupo foram incluídos vestuário, couros, calçados, borracha e plásticos, além de outros. As inovações que têm sido criadas pela técnica superam qualquer expectativa e disso resulta que a quarta revolução industrial motiva preocupações em função do futuro do emprego.   No Brasil, cerca de 15,7 milhões de trabalhadores devem ser afetados pela automação, segundo pesquisa da consultoria McKinsey. São profissionais que terão parte de suas funções afetadas, mudarão para outras empresas, e podem até migrar para novas profissões. Para 70% da força de trabalho, segundo a McKinsey, cerca de um terço das suas funções serão automatizadas.   O impacto dessa transformação na taxa de desemprego vai depender da conjugação de diversos fatores. As primeiras profissões a serem substituídas são as funções repetitivas e previsíveis, que podem ser padronizadas e repassadas a uma máquina, mas as transformações também envolvem atividades criativas como a advocacia, medicina, arquitetura, etc., consideradas num recente artigo na “Veja”. Assim, os setores afetados vão desde redes de varejo até escritórios de advocacia. Os robôs já renovam certidões, mas num curto prazo vão até escrever contratos comerciais mais complexos.   A revolução tecnológica pela qual estamos passando e que, sem dúvida, irá se acentuar nos próximos anos, traz evidentes benefícios e desafios para todas as áreas do conhecimento humano. Por isso, inovar é essencial. Se percorrermos esse caminho de forma ética, inovar traduzir-se-á em sucesso.   Nos Estados Unidos, computadores têm sido utilizados para ajudar em decisões judiciais. Os que defendem o seu uso afirmam que a lógica rigorosa de um algoritmo treinado com um vasto volume de dados resulta em julgamentos corretos.   Em São Paulo, há um ano e meio um escritório investe em plataformas voltadas para “law techs” (tecnologias jurídicas). São 20 profissionais envolvidos nesse trabalho, dentre eles, um engenheiro. Não era de se admitir que a função de um advogado pudesse ser executada por máquinas. A automação e a inteligência artificial estão começando a transformar a realidade de escritórios de direito e departamentos jurídicos de empresas. Os trabalhos mais burocráticos de produção de documentos e acompanhamento de processos agora são feitos por softwares. Está o direito deixando de ser uma área puramente de humanas para se tornar um híbrido, com fortes elementos de exatas. Por isso, há um ano, a Fundação Getúlio Vargas inseriu em sua grade curricular a disciplina de programação para os alunos do quarto e quinto anos aprenderem a desenvolver software. Essa é uma das habilidades necessárias para trabalhar com engenharia jurídica, uma das novas funções que faz o meio de campo entre os universos jurídico e tecnológico. É o engenheiro jurídico que está ajudando startups a desenvolver serviços jurídicos para pequenas e médias empresas.   Segundo uma estimativa, em 2021 a inteligência aumentada vai gerar US$ 2,9 trilhões em valor adicional às empresas e recuperará 6,2 bilhões de horas de produtividade no trabalho. É importante nesse novo cenário, a capacitação da mão de obra.   Com o abusivo esbanjamento de dinheiro da Nação e com castas que se beneficiam sem limites à custa do erário público, pouco tem sobrado para a educação. Por isso, em dez anos, a sociedade poderá enfrentar uma situação catastrófica. Clóvis Rossi, articulista da Folha de São Paulo, registrou o seguinte: “ROUBO FRASE desta semana do presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Souza: Não podemos querer uma economia 4.0 com políticos 2.0. Vale para Portugal, vale para a União Europeia (o gancho para o discurso do presidente), vale para o Brasil, talvez ainda mais. Com uma única ressalva: suspeito que a maioria dos brasileiros acha que os políticos da terra não são nem 2.0. Talvez sejam 0.0”.   Estivemos há poucos dias em Portugal onde se analisa tudo isso com profundidade e, para os especialistas na área de inteligência artificial, o advogado não será substituível, embora esteja já hoje a passar por uma mudança de paradigma. E o dr. Ricardo Negrão, presidente da associação IT4Legal daquele país, afirmou que “a profissão do advogado não está em risco”. E adiantou, “o valor que podemos tirar do robô está sempre dependente da nossa capacidade de o ensinar”. Portanto, “para que tenha sucesso no mundo jurídico, são necessárias pessoas com experiência em trabalhos jurídicos e com capacidade de ensinar”.   O assunto esteve também entre os mais frequentes do Mobile World Congress, principal feira do setor de tecnologia que aconteceu em Barcelona. Os executivos de tecnologia concluíram que, para muitas atividades, haverá mais criação de empregos do que destruição de vagas, mas será necessário aprimoramento profissional e para isso não estamos preparados.

Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

PROMESSA DADA...

AMRIGS CRITICA UPAs FECHADAS

  Representantes do Sindicato dos Professores Municipais (SindProfNH) estiveram na sessão de segunda-feira (14) da Câmara para cobrar da Prefeitura o motivo de o projeto anual de reajuste do funcionalismo público não estar em andamento. Ouviram do chefe de gabinete da prefeita Fátima Daudt, Raizer Ferreira, que a proposta seria apresentada nos próximos dias.

  Em artigo à imprensa, o presidente da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), Alfredo Cantalice Neto, disse que há um “cenário preocupante” em relação ao excesso de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) prontas no Estado, porém que não funcionam. Sem citar o caso da UPA Centro, de Novo Hamburgo, ele disse que “não há como exigir que o assunto não seja dado como prioridade”.

...PROMESSA CUMPRIDA

GUARDA RECEBE VIATURAS

  O projeto, de fato, entrou na pauta de votação da Câmara em regime de urgência na quarta-feira (16), e votada no mesmo dia. Somente Patrícia Beck (PPS) foi contrária, alegando que não houve prazo para análise. Em tempo: o reajuste é de 2% para servidores e agentes políticos, entre eles, prefeita, vice-prefeito, secretários e vereadores.

  A Guarda Municipal recebeu duas novas viaturas da Secretaria Municipal de Segurança na terça-feira (15). Os veículos Chevrolet Cobalt, modelo 2018, estão “preparadas para integrar imediatamente as ações de segurança pelo Município”, segundo a Prefeitura. Desde o ano passado, já foram entregues 14 novos veículos pela secretaria à Guarda.

DISPUTA PELA DEFREC

DEFINIDA CONSULTA POPULAR

  Novo Hamburgo e São Leopoldo estão numa dispu-   Foi definida a cédula de votação da Consulta Popular

ta ferrenha pela instalação da Delegacia Especializada de Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec). A prefeita Fátima e outros representantes do Executivo, aliás, estiveram em Porto Alegre na quinta-feira (10) para defender a proposta hamburguense, atitude elogiada na Câmara Municipal.

2019 para o Vale do Sinos. Os eleitores poderão escolher o destino de R$ 3,6 milhões do orçamento estadual de 2019, escolhendo um projeto de seis, das áreas de segurança pública, saúde, educação, desenvolvimento rural e econômico. A votação ocorre de 26 a 28 de junho por meio do aplicativo, site ou SMS.

Grupo Editorial Nova Fonte Ltda.

CNPJ: 09.514.835/0001-34 Rua Gal. Daltro Filho, 1089 - Novo Hamburgo / RS Rejane Terezinha Mendes da Rosa Jornalismo ME. CNPJ 27.380.783/0001-32

Diretor: João Valderi dos Santos - MTB 19047

Colaboradores:

Comercial: Rejane T. M. da Rosa

Dr. Adalberto Snel

Reportagens: Felipe Faleiro - MTB 19011

Francisco Battisti

e-mail: becker@beckeresportes.com.br

Circulação: Everton Mendes

Marcos Couto

Rua América, 444 Bairro Canudos - NH Fones: 3524.1653 - 3036.5090

Assinatura anual: R$ 120,00 Assinatura semestral: R$ 70,00

Fones: (51) 3036.5010 99131.4477

Maria Silesia Jamil Abdo

comercial@jornalcanudos.com.br reportagem@jornalcanudos.com.br Associado a

Fundado em 17 de março de 2007 Os artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores, não sendo necessariamente a opinião do jornal

Bola Campo Penalty R2 2018 R$ 149,90

Visite nosso site:

Bola Campo Nike R$ 99,90

www.beckeresportes.com.br

Horàrio de atendimento Segunda à Sexta-feira Manhã: 8:00 às 11:40 Tarde: 13:30 às 18:30

Bola Campo Raccer Microfibra R$ 48,90

Bola Campo Adidas da Copa R$ 119,90

Nos Cartões:

Não atendemos mais aos Sábados

Chuteira Campo Kappa Modema R$ 89,90

Chuteira Campo OXN Audax R$ 64,90


Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

#EuCurtoJornalCanudos

JORNAL CANUDOS

3

Código de Posturas de Novo Hamburgo tem normas arcaicas e até discriminatórias Segunda reportagem da série do Jornal Canudos mostra e contextualiza artigos em vigor

  Dispositivo criado para regular o bom comportamento dos cidadãos em Novo Hamburgo e a previsão de multas para transgressões, o Código de Posturas foi sancionado em dezembro de 1954 no Município. É um conjunto de leis, em sua maioria, anacrônicas e esquecidas, e que, na prática, não condizem com a realidade do século XXI, porém seguem em vigor na cidade.   Em seus 291 artigos, alguns deles revogados, há expressões discriminatórias, como “aleijados” e “paralíticos”, menções a objetos pouco usuais, além das multas em moedas há muito extintas no Brasil, como o cruzeiro (Cr$). Sobre este aspecto, o setor de Apoio Legislativo da Casa disse que quatro outras leis complementares alteraram a unidade monetária utilizada

no código (veja tabela ao lado).   Mas, para o professor e especialista em Políticas Públicas Henrique Keske, da Universidade Feevale, a lei deveria ser clara quanto às punições. “Qualquer lei pressupõe ser pública, e não deve gerar dúvidas à população”, afirma. “O que vejo é que é necessária uma nova redação deste Código de Posturas, trazendo de maneira clara quais são as alterações realizadas”, afirma, Vinícius Bondan   O procurador-geral da Câmara concorda. “Havia um contexto diferente, as coisas mudaram muito daquela época para cá”, afirma.   O Jornal Canudos lista abaixo seis dos artigos vigentes e contextualiza o motivo deles não precisarem mais estar em vigor.

Artigo 89, inciso b: “Empresários de casas ou locais de espetáculos são obrigados a impedir que os espectadores assistam às funções de chapéu na cabeça” Contexto: Chapéu deixou de ser item obrigatório ou opcional há décadas Artigo 89, inciso h: “Empresários de casas ou locais de espetáculos são obrigados a possuir bebedouros automáticos de água filtrada e escarradeira hidráulica, em perfeito funcionamento”

Contexto: Escarradeira deixou de ser item obrigatório ou opcional há décadas Artigo 274: “Na zona urbana, não é permitida a instalação de estábulos ou cocheiras, nem a mantença de suínos presos e enchiqueirados” Contexto: Criação de animais é próprio de zonas rurais Artigo 237: “Os pesos e as medidas em uso no 3º distrito, Lomba Grande, serão aferidos no recinto da Subprefeitura daquele distrito, em época determinada pela seção de Aferição de Pesos e Medidas do Município” Contexto: Lomba Grande deixou de ser distrito e passou a ser bairro de Novo Hamburgo em 1969 Artigo 240: “É proibida a colocação de anúncios que sejam escandalosos, atentem contra a moral ou façam referência a doenças repugnantes e seu tratamento” Contexto: Nenhuma norma define quais anúncios sejam “escandalosos” ou quais doenças são “repugnantes” Artigo 250, inciso b, parágrafo único: “É proibido embaraçar o trânsito ou molestar os transeuntes por conduzir, pelos passeios, veículos de qualquer espécie, excetuando-se carrinhos de crianças, paralíticos, cegos e aleijados” Contexto: Sobre “aleijado”, explica o consultor Romeu Kazumi Sassaki no texto “Terminologia sobre Deficiência na Era da Inclusão”, presente no livro “Diversidade - Mídia e Deficiência”: “O termo era utilizado com frequência até a década de 80. A partir de 1981, por influência do Ano Internacional das Pessoas Deficientes, começa-se a escrever e falar pela primeira vez a expressão pessoa deficiente”. A mesma regra se aplica à expressão “paralítico”. Em ambos os casos, também pode ser usado o termo “pessoa com deficiência”.

Código de Posturas orienta boas condutas de cidadãos no Município

A mudança das unidades monetárias Número da lei 85

Ano 1954

83 91

1982 1995

458

2000

473

2001

Alteração Estabeleceu multas em cruzeiros (Cr$) De Cr$ para UPM De UPM para UFIR Revogou lei 91/1995 De UFIR para URM

Como acessar o Código - O arquivo PDF do Código de Posturas de Novo Hamburgo está disponível no endereço bit.ly/codigoposturasnh, logo após os dizeres “Texto Integral da Norma”.

Na próxima semana: quem fiscaliza o Código de Posturas?


4

JORNAL CANUDOS

#EuCurtoJornalCanudos

Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

15ª Feira Viva ocorre no dia 19 Sport Club Americano recebe 6º Jogo das Estrelas no dia 20 na Praça 20 de Setembro Partida solidária reúne equipes da região e tem como objetivo auxiliar a Abefi

  A Feira Viva, um dos eventos de rua mais tradicionais de Novo Hamburgo, promove sua 15ª edição no sábado (19), na Praça 20 de Setembro, no Centro. O evento oferece os já tradicionais alimentos e bebidas orgânicas, artesanato e confecção sustentáveis, produtos de higiene e limpeza naturais, livros, mudas, adubos, artes, terapias e espiritualidade.   Os organizadores afirmam que é necessário levar sacola em caso de compra de produtos, já que a feira não trabalha com sacolas plásticas. Em caso de chuva, o evento deve ser transferido para o estacionamento da Câmara Municipal (Rua Almirante Barroso, 261, Centro).   As próximas edições estão previstas para os dias 16 de junho, 21 de julho e 18 de agosto, já que a feira ocorre sempre no terceiro sábado de cada mês.

Facebook/Feira Viva

Feira ocorre sempre no terceiro sábado de cada mês

Serviço O que: XV Feira Viva Quando: Sábado (19), das 10h às 16h Onde: Praça 20 de Setembro, Centro

  Um grupo de amigos promove na manhã de domingo (20) a 6ª edição do Jogo das Estrelas. A partida beneficente ocorre no estádio do Sport Club Americano, no bairro Canudos, e tem como objetivo auxiliar a Associação Beneficente Evangélica da Floresta Imperial (Abefi). Segundo Guilherme Gallas, o “Maninho Gallas”, um dos organizadores da partida, é a primeira vez que a ação, que também é apoiada por empresas da região, ocorre em Novo Hamburgo.   Sempre procuramos auxiliar as entidades das cidades onde sãofeitos os jogos”, explica ele, que esteve no Jornal Canudos para divulgar a ação.   Segundo Gallas, o Jogo das Estrelas envolve times de sábado à tarde da região. Cada equipe disponibiliza um atleta para compor as equipes Amizade e Caridade, que se enfrentam entre si no dia. Para participar, cada atleta deve levar, no mínimo, 30 quilos de alimentos. No final, todo o montante arrecadado é doado. “No ano passado, conseguimos duas toneladas”, afirma.

  Para Clóvis Schuch, o Tuca, presidente do Americano, o aspecto social é uma das características da equipe canudense. “É sempre bacana poder auxiliar neste projeto, e é legal porque sempre tivemos o objetivo de auxiliar todo mundo que nos procura. Estas entidades precisam do nosso apoio”, diz. “É um evento para toda a família, quem quiser vir será bem-vindo. As estrelas são aqueles que estamos ajudando”, comenta Gallas.

Maninho Gallas um dos organizadores

Serviço

O que: 6º Jogo das Estrelas Quando: Domingo (20), a partir das 9h Onde: Campo do Sport Club Americano (Rua Jamaica, 323, bairro Canudos) Ingressos: na hora, um quilo de alimento não-perecível, e 20 reais para o almoço

Programação

9 horas – Pré-jogo com atletas da escolinha do Americano 10 horas – Jogo das Estrelas (no intervalo haverá uma partida com crianças atendidas pela Abefi) 12 horas – Almoço


Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

Retirada de passarela na Alcântara alonga trajeto de pedestres em um quilômetro Nova travessia será instalada somente em 2019, diz prefeitura

Estrututa corria risco de desabamento   Uma passarela improvisada Para eles, a melhor solução se-

de madeira utilizada por moradores da Avenida Alcântara, no bairro Canudos, para atravessar sobre o Arroio Pampa, foi retirada pela Prefeitura de Novo Hamburgo pela deterioração e risco de desabamento. A ação ocorreu na terça-feira (15).   Embora a estrutura estivesse totalmente inclinada, já que uma madeira que servia como escora quebrou nos últimos dias, e sem proteção lateral alguma, alguns moradores criticaram a ação.

ria o conserto da estrutura ou a instalação de uma nova, com reforços.   “Fomos pegos de surpresa. A ponte encurtava nosso caminho até os colégios. Temos pessoas com parentes dos dois lados também”, contou uma moradora da Alcântara ao Jornal Canudos, que não quis se identificar. Segundo ela, a passarela era utilizada por crianças e até pessoas com animais. Agora, no local, ficou somente a escada de acesso.

Caminho mais longo

  A reportagem fez o trajeto da região da futura ponte da Avenida dos Municípios à Assis Brasil, e constatou que o caminho ficou um quilômetro mais longo, já que o local mais próximo para a travessia fica na Rua Danilo de Oliveira.   A principal preocupação, segundo eles, é que de um lado, fica a EMEI Chapeuzinho Vermelho, que atende 104 alunos de manhã e 98 à tarde, e do outro, a EMEF Tancredo Neves, com 530 estudantes nos dois turnos. Muitos deles são moradores da área.   Procurada, a Prefeitura de Novo Hamburgo confirmou que a passarela foi retirada em função da revitalização da Avenida Alcântara, e disse que uma nova estrutura será construída “após a conclusão da obra”, o que deve ocorrer apenas no primeiro semestre de 2019.

#EuCurtoJornalCanudos

JORNAL CANUDOS

5

Assinada ordem de início das obras de revitalização do Centro Fase inicial contempla Avenida Nações Unidas, nos cruzamentos com três ruas

  Foi assinada, na segunda-feira (14), a Ordem de Início de Serviços da revitalização do Centro de Novo Hamburgo. A fase inicial da obra, executada a partir do Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado (PDMI), contempla a Avenida Nações Unidas, nos cruzamentos entre as ruas Joaquim Nabuco, Lima e Silva e Cinco de Abril.   “Estas mudanças trarão benefícios para toda a comunidade. Nosso objetivo é entregar à população uma cidade eficiente, segura e com visão de futuro”, destacou a prefeita Fátima

Daudt.   O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Novo Hamburgo (CDL-NH), Gilberto Kasper, disse que há otimismo com o resultado da obra. “Teremos que nos adaptar por algum período em função das mudanças, porém vislumbramos períodos de grande desenvolvimento após o término”, destacou.   O projeto completo prevê a restauração de nove vias centrais, além da Praça do Imigrante e Calçadão Oswaldo Cruz. As obras devem ser concluídas em abril de 2019.

Obras alteram circulação dos ônibus   Ônibus que circulam pelo Centro de Novo Hamburgo têm alterações em pontos de embarque e desembarque em função das obras de revitalização. Alteração 1   Ônibus que saem dos bairros e circulam pela Rua 25 de Julho, Marcílio Dias, Paradão (Plataformas 1 e 2) e Rua Dr. Magalhães Calvet e, depois, retornam aos bairros. Embarque e desembarque ocorrem na parada de ônibus da Marcílio Dias, próximo à Imperatriz Leopoldina. O mesmo acontece para quem utiliza o trem. * Futura: Boa Saúde, Osvaldo Cruz, Paquistão, Petrópolis, Residencial NH, Rincão e Vila Torres; * Hamburguesa e Courocap: Alpes do Vale, Canudos (todas), Cohaburgo, Colina do Vale, Erno, Rincão Roselândia, RS 239 via BR 116, São Luiz, Vila Mentz e Vila Nova (anti-horário) via Hamburgo Velho.

Manuela Redecker/PMNH

Prefeita Fátima Daudt assinou documento na tarde de segunda-feira (14)

Alteração 2   Ônibus que partem dos bairros, passando pela 25 de Julho, 5 de Abril, Av. Nações Unidas, Rua Tapes, Rua Benjamin Constant, Rua Frederico Linck, Av. 1º de Março e, depois, retornam aos bairros. O embarque e desembarque dos passageiros, que eram no Paradão, passam a ser na rua lateral (atrás do Paradão). Já para quem utiliza o trem, o embarque e desembarque são na Rua 5 de Abril. * Futura: Brigada, Esmeralda, Guia Lopes, Princesa Isabel, Rondônia, Santa Clara, Travessão, Trenzinho, Verdes Campos e Vila Kroeff; * Hamburguesa e Courocap: Vila Marte, Liberdade/Vila Campos e 1º de Março; Circular Hamburgo Velho, Rondônia Hamburgo Velho, Canudos Aeroclube; Linhas sem alterações * Futura: Ideal Boa Vista, Circular Ideal e Circular Fenac; * Hamburguesa e Courocap: Linhas Casca, Centro Administrativo, Circular Casca, Circular Mundo Novo, Columbia, Jardim Mauá, Redentora, RS 239 via Guarani, Santo Antônio, São Jorge, São José (todas), Vila Kraemer, Vila Kunz e Vila Nova (sentido horário) Hospital Geral; Feevale I e II; * Empresa Feitoria: Quilombo e Lomba Grande.


6

JORNAL CANUDOS

#EuCurtoJornalCanudos

Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

Mais nove câmeras devem reforçar Enfermeiro Vilmar propõe auxílio a mulheres vítimas de violência segurança em Novo Hamburgo aluguel Valor seria custeado por conselho municipal mediante

Novos aparelhos serão instalados em áreas de quatro bairros da cidade José Renato Oliveira/PMNH

comprovação de necessidade de abrigo

Jaime Freitas/CMNH

  Um projeto de lei em

Câmeras serão integradas à central de monitoramento, com sede na Guarda Municipal   Mais nove câmeras de segurança integradas ao videomonitoramento devem ser instaladas em Novo Hamburgo, nas regiões dos bairros Vila Rosa, Rincão, Rio Branco e Guarani. O investimento é uma contrapartida da construtora MRV Engenharia, por empreendimentos imobiliários no antigo estádio do Esporte Clube Novo Ham-

burgo.   “Este é um projeto de 2016 e que, no ano passado, conseguimos dar sequência com algumas adequações, em parceria com a MRV, para beneficiar a população”, comenta a secretária de Desenvolvimento Urbano, Roberta Gomes de Oliveira.   Os aparelhos possuem resolução Full HD, são conecta-

dos via cabos de fibra óptica e interligados à central, que fica na sede da Guarda Municipal. “Isto amplia a eficiência do sistema de videomonitoramento da cidade, contribuindo para reforçar a capacidade de atuação das forças de segurança em Novo Hamburgo”, salienta o secretário Municipal de Segurança, General Roberto Jungthon.

tramitação na Câmara Municipal propõe a instituição de um auxílio-aluguel para mulheres vítimas de violência doméstica. Conforme o texto, o auxílio, no valor de 150 Unidades de Referência Municipal (URMs), equivalente a R$ 497,86 em 2018, ficará a cargo do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim), a partir da análise dos boletins de ocorrência atestando a necessidade de abrigo.   O autor, vereador Enfermeiro Vilmar (PDT), afirma que o benefício ajudaria a transpor o obstáculo da dependência financeira, existente em algumas relações conjugais. “Proporcionar um local para que possam morar ajudaria a quebrar esse vínculo econômico, um dos motivos

Autor da proposta é o vereador Enfermeiro Vilmar (PDT)

que as tornam reféns de seus agressores”, diz o parlamentar.   O auxílio teria validade de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período uma única vez, também mediante avaliação do Comdim, embora outros órgãos de defesa das mulheres possam ter a participação permitida. O texto deve ser analisado por quatro comissões do Legislativo.


#EuCurtoJornalCanudos

Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

Grupo de trabalho entre Comusa e Corsan avança nas negociações de dívida Município irá apresentar proposta de negociação do débito, de R$ 171 milhões

Divulgação

Primeira reunião entre as partes ocorreu em Porto Alegre na sexta-feira (11)

  A primeira reunião do grupo de trabalho que discute a dívida entre a Prefeitura de Novo Hamburgo, por meio da Comusa, e a Corsan, em Porto Alegre, terminou com o sentimento de “reciprocidade” entre as partes. O encontro foi na sexta-feira (11), na sede da companhia estadual, em Porto Alegre.   O Município, que tem um débito de R$ 171 mi-

lhões desde o processo de municipalização da água, em 2008, deve trabalhar a partir de agora em uma proposta de negociação dos valores. A dívida já foi discutida em diversas instâncias na Justiça, inclusive no Supremo Tribunal Federal (STF), onde a Corsan venceu os três processos em tramitação. Dois deles geraram precatórios a serem pagos por Novo Hamburgo, e o terceiro está em

VEPAR PARTICIPAÇÕES S/A

fase final de cálculos.   “Foi uma primeira rodada de negociações. O Estado está receptivo e já temos avanços significativos nas conversas. Podemos esperar um desfecho para essa situação nos próximos meses”, disse o diretor-geral da Comusa, Marcio Lüders.   No encontro, participaram representantes das duas companhias, além de autoridades da Prefeitura Municipal.

CNPJ 07.720.702/0001-99 – NIRE 43 3 0004590 1

BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2016 - (Valores expressos em R$) ATIVO 31/12/2016 31/12/2015 PASSIVO 31/12/2016 31/12/2015 CIRCULANTE 91.995 71.186 CIRCULANTE 0 0 Disponibilidades 20.846 7 Obrigações Fiscais e Sociais a Recolher 0 0 Bancos Conta Movimento 20.846 7 Obrigações Fiscais a Recolher 0 0 Aplicações de Liquidez Imediata 0 0 Empréstimos e Financiamentos 0 0 Créditos 71.110 71.110 0 0 Duplicatas a Receber 0 0 Empréstimos se Empresas Participantes Devedores Diversos 71.110 71.110 Outros Valores a Pagar 1.213.086 5.015.796 Adiantamentos Diversos 38 69 Outros Valores a Pagar 1.213.086 5.015.796 Impostos a Recuperar 38 69 Outros Valores e Bens 0 0 PATRIMÔNIO LÍQUIDO 17.048.513 16.675.590 Adiantamentos a EmpresasParticipantes 0 0 Capital Social 7.508.296 7.508.296 NÃO CIRCULANTE 18.169.605 21.620.200 Capital Social 7.508.296 7.508.296 Adiant. para Futuro Aum. de Capital 1.989.729 0 Capital Social Integralizado 7.508.296 7.508.296 Adiant. para Futuro Aum. de Capital 1.989.729 432.923 -381.562 Investimentos 13.786.683 19.227.007 Resultado do Exercício Resultado do Exercício 432.923 -381.562 Investimentos 13.786.683 19.227.007 9.107.295 9.548.857 Intangível 2.393.193 2.393.193 Lucros Acumulados Lucros Acumulados 9.107.295 9.548.857 Intangível 2.393.193 2.393.193 18.261.599 21.691.386 TOTAL DO ATIVO 18.261.599 21.691.386 TOTAL DO PASSIVO DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA INDIRETO - (Em Reais) EM 31/12/2016 (Valores Expressos em R$) 31/12/2016 31/12/2015 31/12/2016 31/12/2015 I - Fluxo de Caixa das Atividades RECEITA OPERACIONAL BRUTA 0 0 Operacionais Juros Sobre Capital Próprio 0 0 Lucro Líquido do Exercícios antes Lucros Recebidos de empresas participantes Impostos 432.923 (381.562) DEDUÇÕES 0 0 Depreciação e Amortização Impostos 0 0 Aum. na conta de Devedores Diversos 30 10.000 RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 0 0 Aum. na conta de Outros valores CUSTO DOS PRODUTOS VENDIDOS 0 0 a pagar (3.802.710) 8.540 LUCRO OPERACIONAL BRUTO 0 0 Aum. na conta de Obrigações RECEITAS (DESP.) OPERACIONAIS 433.329 381.562 Fiscais a Recolher Despesas Administrativas 5.022 23.550 IRPJ e CSLL pagos Despesas Comerciais 542 0 Caixa Gerado Pelas Operações (3.369.757) (363.022) Resultado Negativo de Equiv. Patrimonial 487.175 935.760 II Fluxo de Caixa das atividades de Investimento Resultado Positivo de Equiv. Patrimonial 926.068 577.748 Aumento de Investimentos 3.450.595 433.012 LUCRO ANTES DO RES. FINANCEIRO 433.329 381.562 Caixa Gerado pelos investimentos 3.450.595 433.012 RESULTADO FINANCEIRO 407 0 III Fluxo de Caixa das atividades de Financiamento Despesas Financeiras 423 0 Dividendos pagos (60.000) (70.000) Receitas Financeiras 16 0 Aumento de Capital Social RESULTADO ANTES DOS IMPOSTOS 432.923 381.562 Caixa gerado pelos Financiamentos (60.000) (70.000) PROVISÕES 0 0 Disponibilidades (I + II + III) 20.839 (10) Provisão para Contribuição Social 0 0 Saldo inicial das disponibilidades 7 17 Provisão para Imposto de Renda 0 0 Saldo final das disponibilidades 20.846 7 LUCRO LÍQUIDO DO EXERCÍCIO 432.923 381.562 DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO - (Em R$) Descrição Capital Social Retenção de Lucros Lucros Acumulados Total Saldos em 31 de dezembro de 2014 7.508.296 413.671 9.205.186 17.127.153 Lucro Líq. do Exercício/Prejuízo Líq. do Exercício (381.562) (381.562) Dividendos Distribuídos (70.000) (70.000) Saldos em 31 de dezembro de 2015 7.508.296 413.671 8.753.624 16.675.591 Lucro Líq. do Exercício/Prejuízo Líq. do Exercício 432.923 432.923 Dividendos Distribuídos (60.000) (60.000) Saldos em 31 de dezembro de 2016 7.508.296 413.671 9.126.547 17.048.513 NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PROCEDIDAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2016 - (Em Reais) Nota 1 - Contexto Operacional: A sociedade VEPAR PARTICIPAÇÕES S/A, fundada em 15/07/2005, tem por objeto a administração de participações acionárias voltadas ao ramo automotivo. Nota 2 - Apresentação das Demonstrações Contábeis: As demonstrações contábeis estão sendo apresentadas de acordo com a Lei 6.404/76 e alterações introduzidas pela Lei 11.638/07 e Medida Provisória 449/08, sendo que a demonstração do fluxo de caixa substitui a demonstração das origens e aplicações dos recursos. Não houve efeito no resultado do exercício e no patrimônio líquido na adoção da Lei 11.638/07 e Medida Provisória 449/08. Nota 3 - Principais Práticas Contábeis Adotadas: Foram adotadas as seguintes práticas contábeis na apresentação das demonstrações contábeis: a) Receitas e Despesas - as receitas e despesas são reconhecidas segundo o regime de competência. Nota 4 - Patrimônio Líquido: a) Capital social e direito das ações - o capital social está composto por 7.508.296 ações ordinárias nominativas representativas de capital social da sociedade, com valor nominal de R$ 1,00 (hum real) cada ação. Diretoria Marta Fick Stelzer Jorge Ernesto Stelzer Fernando Gustavo Stelzer Carlos Alberto Stelzer Tatiana Bauer Torino - Contadora- CRC/RS 68.884 Parecer do Conselho Fiscal - O Conselho Fiscal da Vepar Participações S/A, constituído pelos acionistas Jorge Ernesto Stelzer, Fernando Gustavo Stelzer e Carlos Alberto Stelzer, sob a presidência de Marta Fick Stelzer, reuniu-se, nesta data, na sede da Sociedade sito a Av. Coronel Frederico Linck, nº 240, sala 1, para aprovar a publicação do Balanço Patrimonial referente ao exercício de 2016 PARECER. Ao final dos trabalhos, após exame, verificou-se que o movimento contábil lançado nas contas do Ativo e Passivo refletem a realidade econômica-financeira da VEPAR. O Conselho é do parecer que o balanço está correto e em condições, o que autoriza a recomendação de sua aprovação pela Assembleia Geral.

JORNAL CANUDOS

7

Campanha do Agasalho inicia no dia 18 em Novo Hamburgo Serão mais de oitenta pontos de recebimento de materiais até o final de julho

  A Campanha do Agasalho 2018 já tem data em Novo Hamburgo. A ação inicia na sexta-feira (18) e vai até o dia 31 de julho. Mais de 80 pontos de coleta estarão espalhados pela cidade. Neste ano, também ocorre a coleta móvel: em quatro datas pré-agendadas, sempre das 9 horas ao meio-dia, o Caminhão da Campanha do Agasalho 2018 passará pelos bairros Canudos (27 de maio), Vila Rosa (10 de junho), Primavera (8 de julho) e Jardim Mauá (22 de julho).   Podem ser doadas roupas, calçados e cobertores, que serão encaminhados à Fábrica da Cidadania, no bairro Santo Afonso. O local organiza o material e encaminha aos Centros e Unidades de Referência de Assistência Social, que distribuem às famílias.   “Além das caixas dispostas em pontos de coleta, trabalharemos também junto às comunidades”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Social, Roberto Daniel Bota, que esteve na Câmara na segunda-feira (14) para comentar sobre o início da campanha.

Jaime Freitas/CMNH

Secretário Roberto Bota esteve na sessão de segunda-feira (14) da Câmara


8

JORNAL CANUDOS

#EuCurtoJornalCanudos

Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

Construção da ponte da Avenida dos Municípios chega na fase final Daer afirma que obras estão em “bom andamento”, mas não informou data para conclusão

  A ponte sobre o Arroio Pampa, na Avenida dos Municípios, em Novo Hamburgo, está na fase final de construção, segundo informou o Daer na terça-feira (15). Conforme o departamento, responsável pela obra, as vigas estão sendo finalizadas no trecho, e, após,

a laje deverá ser concretada. O órgão, porém, não informou uma data específica para conclusão, afirmando apenas que o projeto está em “bom andamento”.   Segundo o diretor-geral do Daer, Rogério Uberti, a travessia é considerada estratégica para o tráfego de

Explicações   O dirigente disse que as obras são compostas por várias etapas e o concreto precisa de um tempo específico para curar e adquirir resistência. “A estrutura será submetida à atuação do tráfego e precisa estar preparada. Mesmo com os esforços, nem sempre é possível cumprir rigorosamente o cronograma, uma vez que priorizamos a qualidade esperada pela socie-

veículos na Região Metropolitana e o fluxo da produção calçadista no Vale do Sinos. “Motivos não faltam para envidarmos esforços e aceleramos os serviços, mas não podemos pular etapas que competem a qualidade deles”, salientou.

dade”, afirmou Uberti.   A ponte, cuja construção é aguardada há pelo menos trinta anos, contará com 44 metros de comprimento por 12,6 metros de largura. O investimento é de R$ 1.198.218,55, provenientes do Tesouro do Estado. A execução é responsabilidade da empresa EPT Engenharia, contratada pelo Daer via licitação. Quando concluída, a estrutura ligará as cidades de Novo Hamburgo, Campo Bom e Sapiranga.

Vigas são a etapa seguinte da instalação da ponte

Circe Precht Souza


Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

#EuCurtoJornalCanudos

JORNAL CANUDOS

9

Rua Bartolomeu de Gusmão: Canudos se encontra aqui   Quando se fala em serviços e comércio no bairro Canudos, é difícil não associar a Rua Bartolomeu de Gusmão. Considerada o “centro” do maior bairro de Novo Hamburgo, 405 empresas e 495 residências escolheram esta que é a principal via da região.   São 4,1 quilômetros de extensão, que começam na Avenida Victor Hugo Kunz e terminam na Rua Guia Lopes, já no Rondônia. O trânsito intenso de veículos e pedestres são constantes, e lembrados por quem vive ou se estabelece aqui.   Na Bartolomeu está a única Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Novo Hamburgo, assim como filiais de grandes lojas e agências bancárias, o que demonstra cada vez mais a importância da rua para a comunidade moradora e aqueles que acreditam no espírito empreendedor do bairro Canudos, estabelecendo aqui seu local de trabalho.   Nas próximas páginas deste especial você confere a opinião de quem vive, transita e faz esta via ser um ponto de encontro para milhares de pessoas. Gente que utiliza a Bartolomeu de Gusmão diariamente e tem a rua como referência, seja em comércio, indústria ou serviços.


10

JORNAL CANUDOS

#EuCurtoJornalCanudos

Quem foi Bartolomeu de Gusmão   O padre Bartolomeu Lourenço de Gusmão nasceu em Santos (SP) em 1685, e notabilizou-se como inventor. Ainda jovem, construiu um aparelho para captação de água, utilizado no seminário em que estudou, na Bahia.   Mais tarde, criou um sistema composto por uma roda de pás que possibilitava a movimentação de uma embarcação por um só homem. Foi estudar em Lisboa, em Portugal, e lá ficou conhecido por sua inteligência. Depois, regressou ao Brasil, onde se ordenou e, voltando a Portugal, foi nomeado capelão da Casa Real.   Sabendo das pesquisas do padre para a construção de um aeróstato em forma de balão movido a ar quente, o Rei D. João VI custeou os investimentos com seus próprios recursos. Após ter realizado uma primeira tentativa em que o balão se incendiou, seguida de outra bem-sucedida, fez a apresentação de seu invento em 8 de janeiro de 1709 no pátio da Casa da Índia, em Lisboa, na presença da Corte e milhares de curiosos. O aparelho elevou-se a alguns metros de altura.   Graças a esse feito, Gusmão

Wikimedia Commons

Pintura “Retrato de Padre Bartolomeu de Gusmão”, do pintor Benedito Calixto (1923) alcançou grande popularidade, sendo chamado pelo povo de “Passarola” e “Padre Voador”. Porém, por preconceito aos seus inventos, caiu no desagrado da Coroa e foi perseguido pela Inquisição, mas conseguiu fugir, refugiando-se na cidade espanhola de Toledo, onde morreu em 1724.

  O padre também concebeu um sistema de bombeamento para tirar água de navios. É atribuído a ele, ainda, o registro de um invento que consistia num sistema de lentes para assar carne ao sol. Fonte: Livro Ruas e Praças de Novo Hamburgo: quem é quem, de Paulo Henrique Kern

Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

OPINIÃO DO JORNAL

Na Bartolomeu, segurança pública é principal preocupação

  Por ocasião deste especial, a reportagem do Jornal Canudos pôde perceber, entre os comerciantes da Rua Bartolomeu de Gusmão, a constante preocupação com a segurança pública. Durante os dois dias que o jornal esteve na região, conversando e ouvindo demandas, nenhum brigadiano ou agente da Guarda Municipal de Novo Hamburgo foi visto patrulhando a rua, ainda que o local tenha fluxo constante de

pessoas e veículos, além da presença de importantes estabelecimentos, como bancos, lotéricas, lojas e serviços públicos.   Outra questão diz respeito às câmeras de monitoramento da Guarda instaladas na Bartolomeu, dispositivos que, na prática, ainda segundo os comerciantes, pouco contribuem para a solução de crimes violentos.   É fato que a segurança pública deve ser um dos pilares da boa

convivência, pois a presença de uma polícia atuante e ostensiva atrai aqueles que só querem empreender e fazer suas vidas de maneira honesta, afastando os mal-intencionados.   Talvez, se o poder público olhasse com mais carinho para a segurança da Bartolomeu de Gusmão e arredores, pudéssemos ter um bairro Canudos mais próspero e uma cidade de Novo Hamburgo mais atrativa para viver e sonhar.


Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

#EuCurtoJornalCanudos

JORNAL CANUDOS

11

O que está bom e o que precisa melhorar na Bartolomeu de Gusmão?   Apostamos na Bartolomeu de Gusmão em função do relato do comércio local. Aqui temos um grande público de pessoas trabalhadoras, que valorizam os empreendimentos daqui, além do fluxo intenso. Sem dúvida, Canudos é uma cidade à parte. Nossa escolha também se baseou no fato que a Bartolomeu é o “centro nervoso” da região.

  Cada vez mais a Bartolomeu de Gusmão se tornou um “centro de Canudos”, e este é um ponto positivo. Permanecemos aqui justamente em função da rua. Tivemos oportunidade de nos mudarmos para outro endereço, mas preferimos ficar. Acredito, porém, que os estacionamentos são pontos a melhorar, além do asfalto, que é ruim.

  Abrimos há três anos na Bartolomeu, e é positivo, pois tudo fica aqui perto. A rua, de fato, já esteve melhor, mais movimentada, mas caiu bastante nos últimos tempos. Basta ver a quantidade de prédios para alugar na região, que aumentou. Apesar disso, a princípio, temos a ideia de permanecer na região.

  Temos que valorizar aquilo que é de Canudos, o nosso bairro. Temos a percepção de que aqui é quase como o centro de Novo Hamburgo, encontramos tudo na Bartolomeu, como bancos, farmácias, boas escolas e serviços públicos. O que falta aqui é um grande supermercado, mas está muito bom.

  Saí do Centro e vim para cá há três anos, e percebi que as pessoas do bairro realmente valorizam o que é do bairro mesmo. Temos muitas variedades de lojas de produtos e serviços aqui na Bartolomeu de Gusmão, e muita gente circula pela rua. O estacionamento daqui é um pouco complicado, sempre disputado.

  Há nove anos tenho negócio aqui, e não se vê um brigadiano ou um agente da Guarda Municipal na frente dos comércios. Tenho dúvida até se a câmera de monitoramento da rua está funcionando. Nasci e me criei em Canudos, então posso afirmar que tem um comércio diversificado e a Bartolomeu, sim, é referência para muita gente aqui e de fora.

Jair Filho, sócio da Liven Colchões e proprietário da loja da marca

Vitor Oliveira, proprietário do Mundo da Informática

Gabriel Vieira da Silva, gerente da BMG Turismo

Célia Böhm, coordenadora da unidade Canudos do Laboratório Exame

Mara Machado, proprietária da Intense

Jeverson Fischborn, proprietário da Casa dos Aposentados e Pensionistas do INSS


12

JORNAL CANUDOS

#EuCurtoJornalCanudos

Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

Sicredi aposta na Bartolomeu de Gusmão para aproximar comunidade Filial de Canudos foi aberta há nove anos, e comemora resultados positivos

  O Sicredi, cooperativa financeira gaúcha, mas com atividades em todo o Brasil, é uma das instituições que apostou na Rua Bartolomeu de Gusmão para iniciar suas atividades no bairro Canudos. Aberta há nove anos, a agência tem mostrado resultados positivos. “Canudos é praticamente uma cidade dentro da cidade de Novo Hamburgo”, comenta o gerente-geral do Sicredi canudense, Cristiano Haubert, há quatro anos na função.   Atualmente a equipe é composta por onze colaboradores. “Todos são muito receptivos, e prezam pelo relacionamento com os associados”, diz Haubert. A instituição, cuja história iniciou em 1902, com a primeira cooperativa de crédito brasileira, na cidade de Nova

Fachada da agência do Sicredi em Canudos

Petrópolis, na Serra gaúcha, atualmente tem mais de 3,7 milhões de associados. Somente em Novo Hamburgo, são outras três agências.   Uma das principais características do Sicredi também é salientada. “Como nosso associado, todo resultado que ele gera é recebido de volta,

e o valor agregado é utilizado pelo Sicredi no investimento em programas sociais, de apoio às comunidades”, afirma o gerente.   Segundo ele, a escolha pelo maior bairro de Novo Hamburgo tem tudo a ver com a proposta da instituição. “Somente quem está em

Parte da equipe de colaboradores da Agência do Sicredi em Canudos, entre eles Haubert

Canudos sabe do dia-a-dia dessa gente, um povo trabalhador, é um bairro muito bom de estar. Tudo acontece aqui”, salienta Haubert.


JORNAL CANUDOS

#EuCurtoJornalCanudos

Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

22 dias após grave acidente, Felipe Kuhn Braun retorna à Câmara

13

Presidente do Legislativo participou da abertura da 2ª edição do projeto Vereador Mirim   O vereador hamburguense e presidente da Câmara Municipal, Felipe Kuhn Braun (PDT), retornou ao Legislativo na terça-feira (15), 22 dias após ter sofrido um grave acidente de trânsito. Ele acompanhou a primeira palestra da segunda edição do projeto Vereador Mirim, realizada para cerca de cem alunos do 6º ao 8º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Francisco Xavier Kunst.   Mais cedo, Braun recebeu, em seu gabinete, a visita do diretor do Jornal Canudos, João Valderi dos Santos, e do repórter Felipe Faleiro, e gravou um vídeo de agradecimento à comunidade. “Gostaria de agra-

Gabriela Hessler – OAB/RS 86.683 Advogada associada do Escritório Maria Silesia Advogados

Felipe esteve em seu gabinete na terça-feira (15) decer o carinho, as orações, de tantas pessoas, de tantos nossos conterrâneos aqui de Novo Hamburgo e região. Não tenho dúvida de que isto auxiliou muito na minha recuperação. Estou retornando aos poucos”, disse.

Vereador Issur Koch, (PP) presidente da Comissão de Educação, Felipe e Enio Brizola (PT), 1ª secretário da Câmara

Plenário

  Em plenário, o presidente da Câmara salientou a importância do projeto Vereador Mirim, destinado a crianças da rede municipal de ensino. “É importante que vocês entendam o verdadeiro papel dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário porque no final do ano estarão aqui fazendo proposições que se refletirão na vida da comunidade”.   O parlamentar, que retornou oficialmente aos trabalhos na sessão ordinária de quarta-feira (16), recebeu alta do Hospital Municipal de Novo Hamburgo no dia 1º de maio, onde estava internado após o veículo em que ele estava ter sido atingido por um caminhão no dia 23 de abril, na cidade de Ivoti.

Vereador Inspetor Luz pede informações sobre medicamentos em Novo Hamburgo   Uma proposição de

autoria do Vereador Inspetor Luz (MDB), entra na pauta da sessão do Legislativo hamburguense de segunda-feira (21). O Projeto de Lei nº 123/2017 dispõe sobre a publicação no site

oficial da Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo, da relação de medicamentos existentes na rede municipal de saúde, daqueles que estão em falta, bem como os locais onde encontrá-los e dá outras providências.

Vereador Inspetor Luz (MDB), autor do projeto

O critério de miserabilidade no Benefício Assistencial - LOAS  

O Benefício Assistencial, popularmente conhecido como LOAS, é um benefício para pessoas que não possuam meios de prover a sua própria subsistência, por questão de idade avançada ou por deficiência, bem como de ter sua subsistência provida por sua família. É um benefício pago pela Previdência Social no valor de um salário mínimo.   Pode ser solicitado por idosos com idade acima de 65 anos ou por pessoa com deficiência que esteja impossibilitada de participar e se inserir no mercado de trabalho e na sociedade.   Ainda, além da idade avançada ou da deficiência incapacitante, o requerente não pode apresentar condições financeiras de subsistência. Nesse ponto, importante esclarecer que a pessoa beneficiaria não pode ter condições de prover o seu sustento ou tê-lo provido pela sua família, não podendo ter renda per capita (soma da renda de todas as pessoas que residem na mesma casa dividida pelo número das pessoas) superior a ¼ do salário mínimo.   Em síntese, os requisitos para concessão do benefício assistencial são: Para o idoso: Ter mais de 65 anos de idade; Estado de miserabilidade - pobreza/necessidade; Para o portador de deficiência: Possuir deficiência, sendo esta de qualquer natureza, que lhe impeça ou diminua a participação plena e efetiva na sociedade e lhe impeça de trabalhar; Estado de miserabilidade - pobreza/necessidade;   Assim, deve comprovar a sua miserabilidade econômica, sendo que se a renda mensal per capita familiar for igual ou inferior ao salário mínimo, a presunção de miserabilidade é absoluta, conforme recente entendimento uniformizado pelo Tribunal Regional Federal da nossa região, no julgamento do Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas (IRDR) nº 5013036-79.2017.4.04.0000, em 22/02/2018.   Esta presunção absoluta significa que o Juiz, verificando que a renda per capita é igual ou inferior ao salário mínimo, considerará presumida sua miserabilidade, desconsiderando qualquer prova em contrário.   Todavia, tal decisão não exclui o solicitante que tenha renda per capita superior a ¼ do salário mínimo, devendo, nesse caso, o Juiz analisar as provas contidas no processo para que seja comprovada a carência de recursos do mesmo para garantir a sua subsistência e com isso, seu estado de miserabilidade econômica.   Mencionado entendimento uniformizado (o que significa que todos os julgamentos terão essa mesma decisão aplicada) é importantíssimo para garantir o direito dos segurados ao benefício assistencial sem realização de provas quando a renda for inferior a ¼ do salário mínimo, conforme dispõe o art. 20, § 3º, da Lei 8.742/93.   Portanto, o escritório de Advocacia Maria Silesia Advogados S/S conta com profissionais qualificados para garantir seu direito ao Benefício Assistencial.

OAB/RS 3120

PREVIDENCIÁRIO CÍVEL TRABALHISTA

3035.3908 mariasilesiapereira.adv.br

R:Bartolomeu de Gusmão, 44 - Canudos - NH


14

JORNAL CANUDOS

Marcos Couto Gigante do Vale Narrador da Rádio Bandeirantes marcoscoutors@gmail.com marcaogigantedovale.blogspot.com

#EuCurtoJornalCanudos

Criado em Canudos, Alisson está na lista de Tite para a Copa do Mundo

Treinador convocou 23 atletas para o Mundial da Rússia na segunda-feira (14)

Lucas Figueiredo/CBF

- O clássico foi marcado por polêmicas e críticas do Grêmio em relação à arbitragem, três pênaltis são reclamados pelo tricolor, este cronista concorda com dois não assinalados.

UMA MÁQUINA CANUDENSE

- O Internacional nitidamente e de forma correta, diga-se de passagem, entrou para se defender e empatar, e no final atingiu seu objetivo.

  Em um passado não tão distante, 1982, o Esporte

- O Grêmio não esteve bem nas finalizações, apesar do imenso domínio e superioridade. Já o Internacional foi feliz no ferrolho montado para não levar gols do poderoso ataque tricolor. - Como acontece há mais de cem anos, o clássico nunca termina dentro dos 90 minutos, e este, o de número 416 não foi diferente. - O tamanho de um time é o tamanho da sua ambição, e a ambição colorada era empatar. Era o seu máximo, o seu ápice possível. - Ainda que siga sem vencer e sem marcar gols, na estreia ganhou do Bahia, depois ou empatou ou então perdeu. Cinco pontos que representam muito pouco para o tamanho da sua história. - Consolo que fica, é que o Colorado conseguiu parar um ataque, neste caso o do Grêmio, que nos últimos três jogos, marcara 13 gols. - No jogo, Maicon sozinho deu quase o mesmo número de passes certos do que todo o time do Internacional na partida toda. - Resumindo para os colorados, são 46 pontos para não cair. Portanto para o colorado ainda faltam 41. - Estamos em meados de maio e Leandro Damião, o 9 colorado, marcou apenas um mísero gol na temporada toda. - Odair tem uma ideia de montar um time que jogue com a bola no chão. No entanto não tem material humano para tal, o que ele tem é para força e velocidade e só. - Um volante que saiba sair jogando e um meia articulador, é a necessidade urgente do Internacional. - 3-6-1 foi o esquema tático colorado no clássico. 3-5-2 poderia ser uma bela opção, a ser testada durante a parada para a Copa do Mundo. - Últimos onze jogos do Grêmio com os titulares, nenhuma derrota. Oito vitórias e três empates. - Fábio Koff, foi o maior presidente da história do Grêmio. Deveria ter presidido a CBF. - Odair Hellmann, pelo jeito à exaustão, exercitou os chamados “temas colorados” para o clássico. 1. Anular a bola longa do Maicon. 2. Inibir o passe curto do Arthur. 3. Conter a velocidade do Everton.

Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

Alisson tem 25 anos e foi convocado pela primeira vez em 2015   O técnico Tite convocou, na segunda-feira (14), na sede da CBF, no Rio de Janeiro, os 23 atletas que disputam a Copa do Mundo a partir de junho, na Rússia. O goleiro hamburguense e criado no bairro Canudos, Alisson Becker, que atua na Roma, foi o primeiro nome a ser chamado pelo treinador.   Cercada de mistérios após a lesão do lateral Daniel Alves, dado como certo na Copa, a lista traz novidades como Danilo, Fred e Taison, além de Pedro Geromel, que atua no Grêmio. Vinte jogadores jogam no exterior.

  Além de Alisson, outros três gaúchos foram chamados: o goleiro Cássio (Corinthians, nascido em Veranópolis) e os atacantes Douglas Costa (Juventus, nascido em Sapucaia do Sul) e Taison (Shakhtar Donetsk, nascido em Pelotas).   O Brasil, que está no grupo E, estreia na Copa contra a seleção da Suíça, no dia 17 de junho, às 15h, na cidade de Rostov on Don. A segunda partida é contra a Costa Rica, no dia 22, às 9h, em São Petersburgo. Na terceira rodada, a Seleção pega a Sérvia, em Moscou. Todos os horários são os de Brasília.

Clube Americano reuniu um grande time, uma máquina esportiva. Quase com a totalidade de jogadores do bairro, os adversários sabiam que teriam pela frente uma equipe que defenderia a camisa até o final. Defendendo com garra a camisa azul e sempre honrando sua tradição no ano de 1982 o Americano contou com: Rogério, Neni, Ivanor, Bebeto, Tonho, Flavião e Moleza; abaixados estão: Sergio Hech, Paulinho Falcão, Mauro Garibaldi, Joca e Dornelis.

Confira a lista completa Goleiros Alisson (Roma-Itália) Ederson (Manchester City-Inglaterra) Cássio (Corinthians) Laterais Danilo (Manchester City-Inglaterra) Fagner (Corinthians) Marcelo (Real Madrid-Espanha) Filipe Luís (Atlético de Madrid-Espanha) Zagueiros Miranda (Inter de Milão-Itália) Marquinhos (PSG-França) Thiago Silva (PSG-França) Pedro Geromel (Grêmio) Volantes Casemiro (Real Madrid-Espa-

nha) Fernandinho (Manchester City-Inglaterra) Paulinho (Barcelona-Espanha) Fred (Shakhtar Donetsk-Ucrânia) Meias Renato Augusto (Beijing Guoan-China) Philippe Coutinho (Barcelona-Espanha) Willian (Chelsea-Inglaterra) Atacantes Neymar (PSG-França) Gabriel Jesus (Manchester City-Inglaterra) Douglas Costa (Juventus-Itália) Roberto Firmino (Liverpool-Inglaterra) Taison (Shakhtar Donetsk-Ucrânia)

Campeonato Brasileiro Dom. - 20/5/2018 - Vila Capanema - 16h

X Seg. - 21/5/2018 - Beira Rio - 20h

X


Novo Hamburgo, 18 a 24 de maio de 2018

#EuCurtoJornalCanudos

Vereador Nor Boeno promove encontro com moradores do Liberdade

Por meio da ação Mandato Comunitário, comunidade tirou dúvidas e encaminhou pedidos   A Associação Civil dos

Residentes do Bairro Liberdade recebeu no sábado (12) mais uma edição do Mandato Comunitário, organizado pelo vereador hamburguense Nor Boeno (PT). Na ocasião, esteve presente o deputado federal Dionilso Marcon (PT), que abordou os temas “Reformas Trabalhista e Previdenciária”, “Conjuntura Política” e “Luta de Classes”. Moradores também puderam repassar demandas, encaminhadas à Prefeitura.   Entre os pedidos recebidos pelo parlamentar estão: colocação de lâmpada e suporte em poste situado na Rua Minuano, 1115, em frente ao campinho

localizado na praça junto à associação do bairro; poda de árvore no pátio da mesma praça; alongamento da extensão da linha de ônibus Vila Marte e colocação de asfalto na Rua Macapá, que dá acesso ao portão de entrada do Estádio do Vale.   Para o vereador, a iniciativa é mais uma forma de colocar o mandato à disposição da comunidade. “Além do intuito de saber quais são suas necessidades, viemos para dizer que estamos à disposição de vocês, todos os dias, para receber e encaminhar pedidos relacionados à cidade e a quem mora aqui”, disse. Os pedidos foram protocolados e lidos na sessão da quarta-feira (16).

Patrícia Pedrozo/CMNH

JORNAL CANUDOS

15

ESPIRITISMO Francisco Battisti - UME-NH

O tempo é o agora

  O tempo é apenas uma medida relativa da sucessão das coisas transi-

Ação foi recebida pela Associação Civil dos Residentes do bairro

tórias. A eternidade não está sujeita a medida alguma do ponto de vista da duração. Para ela, não há começo, nem fim: tudo é presente.   Esta é uma das contribuições do Espírito Galileu Galilei, que se encontra no livro A gênese, de Allan Kardec, publicada no ano de 1868.   Compreender que tudo é, de certa forma, presente, quando saímos da esfera das coisas transitórias, nos auxilia a ver os dias de forma diferente. Tudo é agora. Tudo é este instante.   O tempo é o resultado do agora que se une a outro sem solução de continuidade.   Somos nós que passamos pelo tempo. Nós que ligamos umas às outras as experiências, as ações, nossos atos. O tempo é apenas uma forma de medir a quantidade deles.   Sempre somos nós que passamos pelo tempo. Nunca é o tempo que passa por nós.   Tudo que temos é o agora, é este instante. Passado e futuro não estão sob nosso controle, apenas o presente.   Ao se considerar a transitoriedade do tempo, o agora não mais se repetirá nas mesmas circunstâncias e com idênticas possibilidades...   As águas de um rio jamais retornarão ao mesmo leito, e, quando se transformam em vapor e chuva caindo na região, as circunstâncias são outras. Por isso, vivamos o agora com intensidade e com maturidade.   Viver intensamente o agora é uma atitude de sabedoria que não pode ser adiada. Isso equivale a experienciar as lições da vida sob o ponto de vista da ética e da moral, mediante projetos e compromissos de autoiluminação, conquistando aos poucos as áreas sombrias da personalidade.   Cada agora é dádiva da vida para corrigir, reestruturar, construir.   O indivíduo lúcido está desperto para todas as oportunidades que enfrenta.   A sua consciência está vigilante para retirar sempre os melhores resultados. Inclusive, quando visitado pelo mal, obter o aproveitamento do que seja mais útil.   Mesmo que permaneça indiferente, o agora sinaliza momento de ação. Por isso, vivamos o agora.   Estejamos completamente presentes em tudo que fazemos, extraindo o aprendizado, a iluminação, a maturidade.   Uma mente que não para no agora, que está sempre no passado ou no futuro, em verdade não está em lugar algum. É quase uma sombra de si mesma.   O tempo nos convida a nos fixar no presente. Somente no presente podemos modificar nossa vida para uma caminhada mais saudável e harmoniosa com nosso Pai criador, com nossos irmãos de jornada e conosco mesmos.   Num momento de vacilação, Pedro negou Jesus por três vezes.   Noutro momento, Judas teve a dimensão exata do seu crime hediondo e, arrependendo-se, tentou impedir-lhe a execução.   No entanto era tarde porque já havia passado o significativo agora. As nossas decisões de um instante vão se refletir nos acontecimentos que virão.   Não podemos retroceder para anular o que passou, mas poderemos iniciar outras iniciativas com os olhos colocados no futuro.   Habituemo-nos, dessa forma, a agir com serenidade em cada momento, de modo que possamos percorrer o curso de nossa reencarnação com sabedoria e retidão.   Jamais subestimemos o poder do agora. Acendamos a luz do amor em nosso íntimo, coloquemos o combustível da ação e sejamos felizes, desde agora. Fonte: Redação Momento Espirita.

Convite: A Sociedade Espirita Em Busca da Verdade oferece todas as quintas-feiras à tarde, um horário alternativo de palestra pública, Atendimento Fraterno e Passes na sua sede central – Rua Bento Gonçalves, 2863, no horário das 15 horas. Aberto ao público em geral.


SEXTA 18/5

SÁBADO 19/5 DOMINGO 20/5 ASSINATURAS Semestral...R$ 70,00 Anual..........R$ 120,00

Mín. 13ºC Máx. 19ºC

Mín. 12ºC Máx. 18ºC

Mín. 9ºC Máx. 16ºC

Ligue: 3582.3479 3036.5010

Inscrições para o Enem 2018 Caixa lança “Dia de Sorte”, seu mais novo jogo lotérico terminam no dia 18 Taxa de 82 reais pode ser paga até quarta (23); concluintes do Ensino Médio na rede pública neste ano estão isentos

Divulgação/EBC

  Termina na sexta-feira (18),

às 23h59, o prazo para inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. Conforme o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação dos testes, até segunda-feira (14), mais de quatro milhões de pessoas estavam inscritas.   O prazo para pagamento da taxa de inscrição, de 82 reais, termina na quarta-feira (23). Ao todo, conforme o Inep, mais de 3,3 milhões de pessoas já estão beneficiadas com a gratuidade por se enquadrarem nos perfis que dão direito à inscrição, mas mesmo assim precisam se cadastrar.   Excepcionalmente este ano, em função da mudança no formato que separou a isenção da inscrição, todos os concluintes do Ensino Médio em 2018 e que estudam em escola da rede pública estão isentos do pagamento da taxa.

Provas do Enem ocorrem em dois domingos no mês de novembro

Provas

  As provas do Enem ocorrem em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. No primeiro dia, serão 45 questões de linguagens, 45 de ciências humanas e mais a redação, totalizando 5h30 de prova. No segundo dia, serão 45 questões de ciências da natureza e outras 45 de matemática. Serão 4h30 de prova.   Nos dois dias, a abertura dos portões ocorre às 12h e o fechamento, às 13h. O início das provas será às 13h30, todos pelo horário de Brasília.

Jogador poderá escolher a partir de sete números representando os dias, e outro correspondente ao mês

  A Caixa Econômica Federal lançou um novo jogo lotérico, o Dia de Sorte. O novo produto foi instituído em portaria publicada na segunda-feira (14) pela Secretaria de Acompanhamento Fiscal, Energia e Loteria, do Ministério da Fazenda, no Diário Oficial da União. O primeiro sorteio ocorre no sábado (19).   O jogador poderá escolher de sete a 15 números que representarão os dias do mês, podendo ser de 1 a 31; e um número de 1 a 12, que corresponderá aos meses do ano, o chamado mês de sorte.   A aposta mínima, ou seja, com sete números e um mês de sorte, custará R$ 2. O preço aumenta conforme aumentam os números. Uma aposta com 15 números e um mês de sorte custará R$ 12.870. Serão sorteados sete números e um mês (o mês da sorte).

Divulgação

Sorteios devem ocorrer três vezes por semana, às terças, quintas e sábados

Vencedores

  São consideradas vencedoras as apostas que tiverem de quatro a sete acertos, independentemente da ordem de sorteio dos números, ou, ainda, o mês sorteado. O mês conta como um acerto. O sorteio ocorrerá três vezes por semana, às terças-feiras, quintas-feiras e sábados.

Como se inscrever

- Pelo site enem.inep.gov.br/participante

Jornal Canudos - Edição 544  
Jornal Canudos - Edição 544  
Advertisement