__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

www.bsbcapital.com.br

CRISTOVAM BUARQUE – Não ao nem-nem – Pág. 2 ÁGUAS CLARAS – Sujeira no Parque – Pág. 8 TAGUATINGA – Por que derrubar árvores? – Pág. 9 ANNA RIBEIRO – Indícios – Pág. 10 JOSÉ MATOS – Liberte-se da Sociedade – Pág. 10 DEDÉ RORIZ– Hambúrguer de famosos – Pág. 11 GUSTAVO PONTES – Sorteio da Copa do Brasil – Pág. 12 Ano X - número 519

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

E MAIS:

Brasília, 19 a 25 de junho de 2021

O dragão voltou Estudo do Ipea mostra disparada nos preços dos alimentos, da energia elétrica, do gás veicular, encanado e em botijão, do etanol, da gasolina, além das contas de água e esgoto. Quem mais sofre é a população de baixa renda. Pelaí – Página 3

INFLAÇÃO

Brasil já tem mais de 20 milhões de desempregados

Júlio Miragaya – Página 2

GDF dá “atestado de dignidade” a produtores rurais

Página 6

Entrevista / Guarda Jânio

Novo distrital faz juras de fidelidade a Ibaneis Ele disputou 5 eleições e ficou 19 anos como suplente

Página 4 DIVULGAÇÃO


Brasília Capital n Opinião n 2 n Brasília, 19 a 25 de junho de 2021 - bsbcapital.com.br

Ex pedien te

PIB 2021: tirando o bode da sala Júlio Miragaya (*) AGÊNCIA BRASIL

Diretor de Redação Orlando Pontes ojpontes@gmail.com Diretor Comercial Júlio Pontes comercial.bsbcapital@gmail.com Pedro Fernandes (61) 98406-7869 Diagramação / Arte final Giza Dairell Diretor de Arte Gabriel Pontes redação.bsbcapital@gmail.com

Tiragem 10.000 exemplares. Distribuição: Plano Piloto (sede dos poderes Legislativo e Executivo, empresas estatais e privadas), Cruzeiro, Sudoeste, Octogonal, Taguatinga, Ceilândia, Samambaia, Riacho Fundo, Vicente Pires, Águas Claras, Sobradinho, SIA, Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Lago Oeste, Colorado/Taquari, Gama, Santa Maria, Alexânia / Olhos D’Água (GO), Abadiânia (GO), Águas lindas (GO), Valparaíso (GO), Jardim Ingá (GO), Luziânia (GO), Itajubá (MG), Piranguinho (MG), Piranguçu (MG), Wenceslau Braz (MG), Delfim Moreira (MG), Marmelópolis (MG), Pedralva (MG), São José do Alegre, Brazópolis (MG), Maria da Fé (MG) e Pouso Alegre (MG).

C-8 LOTE 27 SALA 4B TAGUATINGA/DF - CEP 72010-080 TEL: (61) 3961-7550 BSBCAPITAL50@GMAIL.COM WWW.BSBCAPITAL.COM.BR

Os textos assinados são de responsabilidade dos autores

Siga o Brasília Capital no facebook.com/jornal.brasiliacapital

“Tirar o bode da sala” é uma parábola aplicável quando se busca criar uma falsa sensação de melhora, após colocá-lo no ambiente e deixar todos incomodados com o mau cheiro exalado pelo caprino. Situação similar ocorre agora no mercado financeiro, eufórico com a perspectiva de o PIB brasileiro crescer 4,5% em 2021. Euforia que se expressa também no ciclo de alta dos preços das commodities; na criminosa privatização da Eletrobras, culminando no nível recorde do Ibovespa. Mas teria fundamento a avaliação de alguns analistas de que tal crescimento do PIB vai gerar uma grande euforia no país, contagiar o povo e alavancar Bolsonaro rumo à reeleição? Vejamos: nesse primeiro trimestre o PIB retornou ao patamar do quarto trimestre de 2019, assim como um crescimento de 4,5% em 2021 apenas retomaria o patamar de 2019. Ocorre que, nesses dois anos, seremos mais 3,6 milhões de brasileiros. Isto é, em termos de PIB per capita, o

país estará 1,5% mais pobre. Para ilustrar, a massa de rendimentos do trabalho, em termos nominais, já caiu 2% em 15 meses e o consumo das famílias, mola propulsora do PIB, mesmo com o auxílio emergencial, caiu 5,5% em 2020 e 0,1% no primeiro trimestre de 2021. Somados à inflação “dos alimentos”, que corrói os parcos salários e aposentadorias e à concentração da renda, os trabalhadores deverão fechar 2021 de 4% a 5% mais pobres que em 2019. O setor com melhor desempenho é o agropecuário, alavancado pelo câmbio e pelo aumento dos preços nos mercados externo e interno. Enquanto o PIB caiu 4,1% em 2020, o PIB agrícola cresceu 2%. No primeiro trimestre de 2021, enquanto o PIB cresceu 1,2%, o agrícola cresceu 5,7%. Não fosse ele, o tombo seria maior. Ocorre que o agronegócio gera poucos empregos, incapaz de compensar as milhões de dispensas na indústria e serviços. Este, o maior empregador e com o pior desempenho. E é a situação do mercado de trabalho que torna impossível para os economistas liberais convencerem o povo de que crescimento de 4,5% do PIB é ótima notícia. Nos últimos 15 meses, pelos dados oficiais, o número de desempregados aumentou de 11,6 para 14,8 milhões. Somado ao desemprego por desalen-

to, que cresceu de 4,6 para 6 milhões, o total de desempregados aumentou de 16,2 para 20,8 milhões. Mas os dados oficiais omitem a migração de 7,8 milhões de pessoas para a condição de inativos (trabalhadoras que passaram à condição de donas de casa, estudantes/trabalhadores que passaram apenas a estudar etc). Pessoas que saíram da PEA por falta de perspectivas. De fato, o real contingente desempregado avançou de 16,2 para 28,6 milhões, aumento de 12,4 milhões ou 76,5% em 15 meses. Como absorver parte dessa massa até a eleição? Restaria aos liberais uma medida desesperada, algo que sempre execraram: a transferência de renda, turbinando o Bolsa Família, que eles próprios caracterizariam como medida populista e agravante do déficit fiscal. Os economistas liberais podem até tirar o bode da sala. O problema é que não conseguirão retirar o mal cheiro deixado pelos milhões de desempregados, de novos miseráveis e as centenas de milhares de mortos pela covid. O PIB pode contagiar certa classe média, mas, neste cenário, não há PIB que emplaque sensação de melhoria no povão. (*) Doutor em Desenvolvimento Econômico Sustentável, ex-presidente da Codeplan e do Conselho Federal de Economia

Não ao nem-nem Cristovam Buarque (*) DIVULGAÇÃO Em setembro de 2022 o Brasil inicia seu rumo ao terceiro centenário, em grande parte decidido pelas eleições de um mês depois, em outubro. Esta eleição não vai escolher apenas quais políticas serão adotadas para os quatro anos seguintes; vai decidir se continuamos com um governo insensível socialmente, negacionista cientificamente e autoritário politicamente, ou se iniciamos o novo centenário com um governo lúcido, sensível socialmente, com vocação para o diálogo. A escolha não será entre um ou outro programa de governo, mas entre um ou outro modelo de política. É uma eleição diferente, comparada apenas com a eleição indireta de 1985 (Maluf x Tancredo).

Apesar disso, em vez de se unirem pelo NÃO ao desastre, como no plebiscito do Chile para derrubar Pinochet, os líderes e partidos democráticos estão divididos e se antagonizando com as palavras “nem um nem outro”. Os partidos que se consideram de esquerda não querem nem Bolsonaro nem qualquer dos outros partidos que eles consideram de direita. Os que se consideram de centro não aceitam Bolsonaro nem o PT. Esta divisão pode levar à reeleição de Bolsonaro. Tudo indica que no primeiro turno estarão Bolsonaro, um candidato do PT e dois ou três de centro. Se Bolsonaro ficar no primeiro turno e não conseguir liderar as Forças Armadas, as PMs e as milícias para um golpe contra o que ele dirá ter sido fraude, o 2º turno escolheria entre dois democratas. Mas se Bolsonaro for para o segundo turno, como as pesquisas indicam, ele terá chance de vencer, porque se for Bolsonaro contra o candidato do centro, muitos simpatizantes do PT se absterão ou votarão nulo.

Se for Lula contra Bolsonaro, muitos antibolsonaro votarão nulo ou viajarão, como em 2018. Porque no primeiro turno os antibolsonaro vão se agredir, como tem sido feito contra Lula nas últimas semanas. Isto fará incoerentes se apoiarem no segundo: o eleitor não entende como se agridem e na semana seguinte estão juntos. É por isto que todos os democratas deveriam se unir já no 1º turno. Escolher um candidato que combine estar bem nas pesquisas em preferência de voto com ter baixa rejeição, independentemente de qual seja seu partido. Este candidato deve se comprometer a ficar apenas um mandato, exercer com lucidez, com respeito à verdade a à ciência, enfrentar os problemas sociais, recuperar o prestígio no exterior, buscar sustentabilidade de nossos recursos naturais. Todos juntos gritando “NÃO”, no lugar de “nem-nem”. (*) Ex-governador de Brasília, exclusivo para o Brasília Capital


Brasília Capital n Política n 3 n Brasília, 19 a 25 de junho de 2021 - bsbcapital.com.br

Cartão vermelho para Maia – O ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia, foi expulso do partido Democratas. A executiva considerou, por unanimidade, que o parlamentar cometeu infração disciplinar grave, acompanhando relatório da deputada Professora Dorinha (GO). Maia chamou de “oportunista”, “baixinho sem caráter” e “torquemada baiano” o presidente nacional do DEM, Antônio Carlos Magalhães Neto. Maia é aguardado no PSD.

A volta do dragão INFLAÇÃO

Enquanto alguns países já percorrem o caminho de abertura econômica pós-pandemia, como os Estados Unidos, outros permanecem em graves processos de contaminação pela covid-19 e com a economia claudicante. O Brasil é um deles. Por aqui a inflação, após desacelerar em abril, voltou a crescer em maio e teve maior impacto entre a população mais carente, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Viva Jacy! ANTÔNIO SABINO

O presidente do Partido dos Trabalhadores no Distrito Federal (PT-DF), Jacy Afonso (foto), recebeu alta do Hospital Brasília na manhã de sexta-feira (18), após três semanas de internação para tratar da covid-19. Um grupo de amigos e militantes do PT recebeu Jacy na saída do hospital com música e aplausos. O dirigente partidário, que chegou a ser intubado, dará prosseguimento ao tratamento em casa. Ele ainda precisa usar andador para caminhar e faz nebulização para reduzir os efeitos de uma pneumonia.

BAIXA RENDA – De acordo com o estudo do Ipea, famílias com renda mensal menor que R$ 1.650,50, considerada muito baixa, foram as que mais sofreram com os aumentos de preço (inflação de 0,92% em maio). A habitação e o transporte foram os setores que mais impactaram, com aumentos nos preços de produtos e serviços geridos pelo governo, como energia elétrica (5,4%), água e esgoto (1,6%), gás encanado (4,6%), botijão de gás (1,2%), gás veicular (23,8%), etanol (12,8%) e gasolina (2,9%). REMÉDIOS – O crescimento da inflação afeta tanto ricos quanto pobres,

mas a classe de maior renda teve esse impacto diminuído porque o preço das passagens aéreas caiu 28,3%. Medicamentos tiveram alta de 1,3% em maio, o que pesa mais para as famílias de renda baixa. Já os planos de saúde, que têm mais peso para as classes de renda mais elevada, subiram 0,67%. SARNEY – O fato é que as pessoas, de maneira geral, têm sentido o peso dos aumentos nas contas de luz, água, combustíveis e, claro, dos alimentos. Isso causa um grande temor nas famílias: o de que a inflação volte a ser um grande vilão a corroer o poder aquisitivo de todos, como ocorreu no período pré-Plano Real, no governo Sarney.

Aulas em creches O secretário Leandro Cruz confirmou o retorno das atividades presenciais nas creches conveniadas à Secretaria de Educação na segunda-feira (28). A primeira semana será dedicada à capacitação dos profissionais, já vacinados, que atuam nessas instituições, sobre os protocolos de segurança contra a covid-19. No dia 5 de julho as instituições receberão as crianças.

LÚCIO BERNARDO JR/ AGÊNCIA BRASÍLIA

Museu da Bíblia O Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do (Conplan) aprovou, quinta-feira (17), o Projeto de Lei Complementar que prevê a criação de cinco novos lotes no Eixo Monumental para

uso exclusivamente cultural. Um deles será o “Museu da Bíblia”. Pelo texto, as edificações deverão ser aprovadas por concursos públicos. O PLC deve ser enviado à CLDF até o fim deste mês.

Emplacamento digital O Detran-DF lançou mais uma novidade para quem adquirir veículo zero Km: o Primeiro Emplacamento Inteligente (PEI), como estabelece a Instrução nº 350, publicada quinta-feira (17) no DO-DF. O PEI consiste no registro simplificado e imediato, no sistema do Detran, de veículos novos adquiridos junto a concessionárias locais. Por meio dele, serão implementadas inovações tecnológicas que agilizam e desburocratizam a relação entre a Autarquia, cidadãos, empresas e outras entidades. A concessionária participante informará ao Detran, via sistema, os dados do comprador, o chassi do veículo e informações do contrato de financiamento, se houver. Automaticamente, serão gerados o número da placa do veículo e o Certificado de Registro e Licenciamento Eletrônico – CRLV-e. Agora, quem compra carro zero, já sai da loja com o veículo registrado, com o CRLV-e disponível no aplicativo Detran Digital e com o número da placa. E sem a intervenção de terceiros e sem custos a mais.

Acesse o QR Code e saiba mais sobre o PEI

Diretor-geral do Detran-DF, Zélio Maia da Rocha


Brasília Capital n Política 4 n Brasília, 19 a 25 de junho de 2021 - bsbcapital.com.br

Qual a expectativa e a sensação de sentar pela primeira vez na cadeira de deputado distrital – É uma expectativa muito grande. Foram 20 anos de política em Brasília, com mais 10 anos no Entorno. São 30 anos nessa luta. É uma expectativa da minha Corporação, a Polícia Militar, dos Bombeiros, além da população de Ceiândia, onde moro desde 1971. Foram cinco campanhas desde 2002, somando, ao todo, mais de 48 mil votos de todo o Distrito Federal. É uma alegria muito grande pegar essa história e fazer do limão uma limonada. E essa limonada será temperada com o quê? – Com muita coragem e determinação. Muitas das vezes, fala-se que suplente não tem força política. Mas eu, como suplente, sempre tive a coragem de levar as demandas, encaminhá-las aos parlamentares e ao Executivo. Podem ter certeza de que as atitudes que eu tomar serão para o bem e para melhorar a qualidade de vida dos moradores de Brasília, principalmente de Ceilândia e para atender as reivindicações das corporações militares e bombeiros inativos. Eu não vou me acovardar de levar as demandas. O não a gente já tem. Eu vou correr atrás para mostrar que o sim é possível. O senhor apareceu para população do DF como guarda de trânsito e usou na campanha o slogan “Não faça do trânsito uma arma”. Esta será a sua principal bandeira? Quais são seus outros compromissos como deputado distrital? – Vejo três bandeiras de grande importância. Primeiro, vamos levar as demandas e brigar pela Polícia Militar. A outra bandeira é o social. Quero estar ouvindo e na

DIVULGAÇÃO

Entrevista / Guarda Jânio

“Dar honra a quem te honra” Orlando Pontes

D

ezenove anos depois de se candidatar pela primeira vez a deputado distrital, em 2002, (desde então foram cinco eleições), o segundo sargento da reserva da Polícia Militar Jânio Farias Marques, 55 anos, assume nesta sexta-feita (18), pela primeira vez, uma cadeira na Câmara Legislativa. Segundo suplente do PROS, ele será beneficiado com a ida de Fernando Fernandes para a Administração de Ceilândia e a permanência da substituta imediata, Telma Rufino, na Regional de Arniqueiras. O arranjo foi montado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), a quem Guarda Jânio, como é conhecido, jura fidelidade e demonstra eterna gratidão. “Pode ter certeza de que é uma relação de dar honra a quem te honra”, diz ele, sobre como pretende agir durante sua permanência na Casa. Nesta entrevista ao Brasília Capital, concedida via Facebook a partir do Espaço Herbalife, de seus amigos Alex e Cíntia, no centro de Ceilândia, onde mora há 40 anos, ele garante que fará do limão uma limonada. Vai compor a bancada da Segurança Pública para defender os interesses da PM, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil, além de projetos para sua cidade.

articulação junto a outros deputados distritais, federais e senadores. A terceira é a campanha de não fazer do trânsito uma arma. Nela, já tive mais de 300 mil acessos, pelo trabalho que venho realizando ao longo desses anos todos. O senhor concorre a uma vaga na Câmara Legislativa desde 2002, mas sempre ficou como suplente. Agora, o governador Ibaneis lhe dá a opor-

tunidade de assumir o mandato. Como será sua relação com o governo? – Pode ter certeza de que é uma relação de “dar honra a quem te honra”. Todos os governos passados, e os deputados que eu ajudei a eleger, nunca me deram uma oportunidade. Me viam como uma ameaça. Nunca me deram uma chance para nada, nem sequer de ocupar uma cadeira na CLDF por pelo menos um mês. Eu tenho que tirar o

chapéu para o governador Ibaneis, porque ele puxar o primeiro suplente, para eu assumir, significa, para mim, uma vitória muito grande. Eu não posso cuspir no prato que comi. Eu sou da base do governo. Irei ajudá-lo. Mas, ao mesmo tempo, irei questioná-lo, se for necessário, para esclarecimento da população e da PM. Ele foi o único, de todos os governadores que já passaram, que lembrou deste guarda.

O senhor guarda mágoas? – Sempre fui afastado, jogado na sarjeta. Mas entendi uma coisa: às vezes, a gente não consegue as coisas na vida da gente porque o nosso Deus nos prepara, nos capacita. Então, eu sinto que Deus, muitas vezes, me deu foi um livramento. Qual a sua principal proposta para a PM? – Aposentei como segundo sargento, por merecimento. Quero levar isso ao governador; quero me juntar aos deputados Roosevelt e Hermeto em defesa das nossas corporações. Está em julgamento, agora, a diminuição do interstício, e eu quero mostrar e ao governador que a diminuição não é aumento salarial, é merecimento. É inadmissível ver um soldado passar 18 anos na mesma patente. Reduzir o interstício é uma forma de não só satisfazer o seu ego, de conquista, de luta e de merecimento, mas também a comunidade. Quando se chega em casa, é uma grande alegria na família toda. Uma sensação de vitória e crescimento. É isso que temos que levar para o governador. E não tenho dúvida de que ele vai entender. Muita gente confunde isso, mas vamos trabalhar para que essa promoção seja entendida como um merecimento, não um aumento salarial. Vou bater na porta dos deputados. Agora, irei fazer parte da Bancada da Segurança, que luta pelas polícias militar e civil e pelos bombeiros da reserva. E quanto às demais bandeiras dessa bancada? – A nossa maior luta será trabalhar junto ao governador para vacinar toda a população do DF. E ajudar também o setor de chácaras. Estamos vendo aí esse bandido solto. Tem que armar, sim. Tem que andar armado, preparado para defender os familiares, a terra e os cidadãos de bem.


+ Benefícios + Melhorias + Avanços

COM O SEU IPTU O GDF FAZ MAIS. Mais pela infraestrutura, saúde, educação e também pela economia do DF. Fique atento ao vencimento da segunda parcela. FINAL DA INSCRIÇÃO

SEGUNDA PARCELA

TERCEIRA PARCELA

QUARTA PARCELA

1e2

21/06

19/07

23/08

3e4

22/06

20/07

24/08

5e6

23/06

21/07

25/08

7e8

24/06

22/07

26/08

9, 0 e X

25/06

23/07

27/08

Boletos disponíveis no Portal da Receita. Acesse www.receita.fazenda.df.gov.br ou baixe o app Economia DF.


Brasília Capital n Cidades n 6 n Brasília, 19 a 25 de junho de 2021 - bsbcapital.com.br

Atestado de dignidade FOTOS: ANTÔNIO SABINO

GDF entrega Concessão de Direito Real de Uso de terras rurais a 28 proprietários de Planaltina José Silva Jr. Proprietários de chácaras, sítios e pequenas fazendas em Planaltina agora podem dizer que são, de direito, donos das terras que, de fato, já eram suas. Depois de até 40 anos de ocupação, eles, enfim, receberam um documento que equivale à escritura de seus imóveis. A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap)

Vice-governador Paco Britto: “Agora as famílias podem falar que as terras são suas. Isso traz dignidade”

realizou, terça-feira (15), em solenidade no Palácio do Buriti, a entrega conjunta de escrituras públicas de Concessão de Direito Real de Uso (CDRU) de terras rurais para 28 proprietários na-

quela Região Administrativa do Distrito Federal. O vice-governador Paco Britto representou o governador Ibaneis Rocha. Mas os olhares estavam voltados mesmo para as 28 pessoas

sentadas no espaço reservado para os então futuros donos de fato das terras localizadas nas fazendas Boa Vista e Barra Alta, em Planaltina, que totalizam 6,3 mil hectares. A ansiedade combinada com a felicidade de pegar o tão sonhado documento estava estampada no rosto de todos. Era o caso de Maria Estela. Dona de uma chácara na Comunidade de Barra Alta, no Núcleo Rural Tabatinga, ela diz que valeu a pena a longa espera por esse dia. “Estou lá desde 1979. Esse documento vai nos facilitar demais. Até para termos acesso à linha de crédito”, exemplificou. Aos 77 anos, Maria Estela pretende produzir em seus seis hectares produtos de agroflorestas. “Vamos precisar de recursos para investir. E agora podemos oferecer a terra como garantia”, disse, depois de pegar o documento.

“Agora somos donos”

Araci Tengaten também recebeu a escritura: “A dignidade de ser dona!”

De 1960 a 2018, o GDF entregou apenas 23 escrituras de concessão de direito real de uso (CDRUs) a ocupantes de chácaras e fazendas na área rural do DF. Desde janeiro de 2019, a diretoria colegiada da Terracap aprovou 54 novas escrituras, das quais 28 já foram entregues na terça-feira. Para Paco Britto, a regularização das terras de comunidades em Boa Vista e Barra Alta significa dar mais dignidade àquelas famílias.

“Elas agora poderão falar que as terras são suas”, enfatizou. A declaração era assentida com a cabeça pela agricultora Araci Tengaten, que tem uma chácara em Barra Alta há 34 anos. Para ela, a escritura significa mais segurança. “Como disse o vice-governador, agora somos donos”. A família de Araci produz alimento para a própria subsistência, como milho, mandioca, amendoim e tomate.

Com a escritura, Maria Estela pretende obter recursos para investir na propriedade

Terracap coordena força-tarefa Na mesma solenidade, o GDF anunciou a criação de uma força-tarefa, coordenada pela Terracap, para dar celeridade a outras regularizações de propriedades. Os agentes farão a verificação individual, para fins de diagnóstico, saneamento e encaminhamento para solução

de mais de 5 mil processos de regularização rural atualmente em andamento na Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri). O grupo de trabalho será composto por 20 membros (dez da Terracap e dez da Secretaria). O secretário de Agricultura, Cân-

dido Teles, entende que a força-tarefa é um mecanismo mais rápido para se alcançar a regularização das áreas rurais. “Isso vai ao encontro do desejo do governador Ibaneis de dar paz social no campo. E ela se alcança com a segurança jurídica, que é justamente o do-

cumento de propriedade das áreas, dando ao produtor rural condições de fazer maiores investimentos no campo e, consequentemente, aumentar sua produtividade, emprego e renda. O governo quer que as pessoas sejam felizes no campo”, conclui Teles.


Brasília Capital n Cidades n 7 n Brasília, 19 a 25 de junho de 2021 - bsbcapital.com.br

PARQUE DE ÁGUAS CLARAS

Festas deixam rastro de sujeira Netto Costa As festas ao ar livre no Parque Ecológico de Águas Claras têm deixado um rastro de sujeira que incomoda os vizinhos e usuários daquela área de preservação. No domingo (13), três grupos diferentes se reuniram na área próxima ao “lago dos patos” e deixaram muito lixo para trás. “Sempre venho passear como minha cadela. Ela é filhote e acaba atraída por restos de comida e bexigas vazias, o que pode ser perigoso, caso ingerido”, conta o publicitário Geraldo César Santana Moreira. Ele também alerta para o risco de o lixo ser levado para a lagoa e acabar contaminando tartarugas, capivaras e outros animais.

GERALDO CÉSAR SANTANA MOREIRA

“As festas são democráticas e bem-vindas, mas os responsáveis têm que estar mais atentos à limpeza do local”, diz César, que também adverte para o descarte incorreto de máscaras (usadas) de proteção contra a covid, deixadas no chão do parque. CONSCIENTIZAÇÃO – O Instituto Brasília Ambiental (Ibram), que administra a Parque de Águas Claras, informa que possui uma equipe de limpeza que atua em todas as áreas de convívio. Porém, aos fins de semana a demanda da população aumenta, o que causa um volume de lixo maior. “Atualmente, por decreto do governador, não estamos emitindo autorização para eventos nas Unidades de Conservação geridas pelo órgão, devido à

Pessoas fazem piqueniques e não recolhem o lixo, como garrafas e balões vazios

pandemia da covid-19. Porém, a prática de piqueniques é comum. O instituto trabalha em

uma campanha de conscientização junto à população”, completa a nota do Ibram.


Brasília Capital n Cidades n 8 n Brasília, 19 a 25 de junho de 2021 - bsbcapital.com.br

VIA

Satélites

{

Sob nova direção – Desde terça (15), a Secretaria de Esportes é a responsável pela gestão e uso do Parque da Cidade. Passou à competência da SEL a autorização, permissão ou concessão do uso a outros órgãos públicos ou a particulares, e a celebração de parcerias e realização de construções, manutenção e reformas.

Por Lorrane Oliveira

ÁGUAS CLARAS FOTOS: ANTÔNIO SABINO

DISTRITO FEDERAL

{

DER instala novas câmeras de monitoramento O Centro de Controle Operacional do Departamento de Estradas de Rodagem ganhou mais 15 câmeras para intensificar o monitoramento 24 horas por dia das rodovias do DF. Com a aquisição, o DER passa

Moradores pedem quebra-molas para evitar acidentes Netto Costa A alta velocidade dos carros que passam pela Alameda das Acácias, na Quadra 107 de Águas Claras, tem colocado em risco os pedestres que circulam pelo local. Em frente à Praça das Araras, próximo aos condomínios Park Boulevard, Itamaracá, Graciana Amaral e Riviera, o perigo de atropelamento é constante. “Na terça-feira (15), levamos um susto muito grande”, conta Eduardo Brant (foto), morador do Park Boulevard. “Minha irmã atravessava a pista. O motorista que vinha, ao avistá-la, em vez de reduzir a velocidade, acelerou o veículo e tirou um fino impressionante”, diz. Brant pede a mobilização dos vizinhos para conscientizar as autoridades para a necessidade de instalar um redutor de velocidade (quebra-molas) e uma faixa de pedestres no local. “Tem motorista que pensa que aqui é uma pista de autorama”, completa.

A moradora Luciana Vaz (foto) também teme que ocorram acidentes de maior gravidade. “Pessoas idosas e com dificuldade de locomoção correm ainda mais riscos de atropelamentos, que podem ser fatais”, diz Luciana. DETRAN VAI AVALIAR – O Brasília Capital encaminhou a demanda dos moradores à Administração de Águas Claras que, após contato com o Detran, enviou a nota sobre possível instalação de quebra-molas e faixa de pedestres nas vias do Distrito Federal. Use o QR Code para ver o passo a passo do Detran.

Abra a câmera do seu celular e aproxime do QR Code

a contar com 60 equipamentos instalados em pontos estratégicos, com o objetivo de dar mais agilidade à prevenção de ocorrências, ao socorro às vítimas de acidentes e à diminuição de ocorrências.

Vagas para educação profissional e tecnológica Estão abertas as inscrições em cursos de educação profissional e tecnológica para o segundo semestre na rede pública do DF. São 5.062 vagas em diversas áreas de conhecimento, tanto na modalidade presencial, quanto

{

a distância. O prazo de inscrição vai até 27 de junho e será feita exclusivamente on-line no link: http://www.educacao.df.gov.br. A idade mínima para acesso a cada curso ofertado consta nos editais específicos.

TAGUATINGA FOTOS: GDF PRESENTE

Novos Pontos de Encontro Comunitário Dois novos pontos de encontro comunitários (PECs) foram entregues, segunda (14), à comunidade de Taguatinga. O trabalho é resultado de uma ação conjunta

do GDF Presente, Administração Regional e Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). Os equipamentos foram instalados na QNG 34 e na QSF 4.


Brasília Capital n Cidades n 9 n Brasília, 19 a 25 de junho de 2021 - bsbcapital.com.br

A melhor vacina é a que tiver. Escolha viver Nesta semana, o Brasil ultrapassa a triste marca de 490 mil mortes por covid-19. Estamos muito próximos de 500 mil vidas perdidas e, até aqui, nada a comemorar. Ainda assim, vejo que há uma série de dúvidas quanto à vacinação contra a doença. Algumas são válidas: reações adversas, por exemplo. No entanto, outras, como a escolha pela “melhor” vacina, são fruto, certamente, da propagação de mentiras e boatos. A verdade é que a “melhor vacina” contra o novo coronavírus é aquela disponível. Funciona assim para a imunização dar certo: você agenda, vai ao posto, recebe a vacina no braço e pronto, um brasileiro a menos com chances de desenvolver os quadros graves da doença. A avaliação que deve ser feita, por-

DIVULGAÇÃO

tanto é essa. Quando você toma a vacina, não importa o laboratório, escolhe viver, escolhe não precisar de respirador e UTI. Mais do que isso, escolhe viver em um país que, a exemplo dos EUA, após a imunização de 70% da população, comemora o fim das restrições impostas pela pandemia. É preciso alertar ainda que não houve comparações entre as vacinas disponíveis no Brasil - estou falando de pesquisas científicas, baseadas em dados, testes etc. Hoje, a campanha de imunização do País utiliza três vacinas contra a doença: a Pfizer, a Coronavac e a AstraZeneca. Todas são seguras, eficazes, foram amplamente testadas, aprovadas pela Anvisa e, o principal, estão disponíveis! Em um mundo com escassez de imunizantes, querer escolher uma va-

cina é, no mínimo, egoísmo. Outro ponto sobre o qual preciso falar é: parem de ter medo das vacinas. Tem gente que se recusa a tomar qualquer vacina porque acredita em fake news. Há mais de cem anos, vivíamos a mesma situação, com a vacina contra a varíola: a lamentável Revolta da Vacina. Só que, à época, o boato era que quem se vacinava ficava com feições bovinas. Ressaltando: isso há cem anos! Não há implantes de chips. As vacinas não alteram o DNA, não causam câncer e não matam. O que mata e atrapalha o combate à covid-19 é a desinformação! Se você faz parte dos grupos prioritários, não jogue fora o seu direito à vacina. Escolha viver! E tome a segunda dose. Ela é tão importante quanto a primeira. A imunização

Dr. Gutemberg Fialho Médico e advogado Presidente da Federação Nacional dos Médicos e do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal

contra a doença só fica completa com as duas doses, na data certa! Eu já fui vacinado contra a covid-19. Escolho viver. E você? Qual escolha vai fazer?

TAGUATINGA

Poda e corte causam polêmica Gabriel Pontes

José Orlando: Poda radical da copa do Pau Ferro acabou com a sombra dos clientes do Bar da Morena

Antigas árvores que embelezavam e davam sombra aos pedestres nas entrequadras do setor QNA de Taguatinga estão sendo suprimidas ou podadas pela Novacap. O local, que conta com praças e Pontos de Encontros Comunitários não tem trânsito de veículos e faz a ligação entre a Avenida Comercial e o Pistão Norte. Segundo a Novacap, o fim da arborização foi uma medida de segurança. Mas dividiu opiniões e prejudicou, especialmente, o tradicional Bar da Morena, onde os frequentadores usufruíam da sombra das árvores para tomar cerveja e bater papo. José Orlando, garçom do estabelecimento, lamenta a redu-

ção da copa do Pau Ferro onde atendia os clientes há muitos anos. “Nossa capacidade de mesas durante o dia diminuiu consideravelmente. Agora, temos apenas a sombra das casas vizinhas”, afirma. A Novacap garante que novas mudas serão plantadas no local das árvores extraídas. De acordo com o Setor de Jardins da empresa, as podas foram solicitadas por um morador da QNA 23. As árvores passaram por vistoria dos técnicos da empresa. No caso do pau ferro do Bar da Morena, não foi necessário corte completo, mas uma redução de sua altura para garantir a segurança dos moradores. O laudo é assinado pelo engenheiro Marco Aurélio, do quadro da Novacap.

FILA – Ao todo, oito árvores entraram na mira das máquinas. Dois pés de jamelão, com cerca de oito metros de altura, precisaram ser suprimidos. Um ficus benjamina sofreu uma poda drástica. As outras espécies sofreram redução de altura ou levantamento de copa. Pelo parecer dos técnicos da Novacap, havia galhos mortos, com risco de queda, além de rachaduras no caule de algumas árvores. Elas foram plantadas em local impróprio e corriam risco de quebra. Os cortes justificados com laudos de engenharia são autorizados por lei. Em 2021, já foram realizadas 1.959 intervenções em árvores em Taguatinga. A Novacap afirma que outras 107 solicitações estão na fila para serem executadas.


Brasília Capital n Cultura/Geral n 10 n Brasília, 19 a 25 de junho de 2021 - bsbcapital.com.br

QUESTÕES DA ALMA

DIVULGAÇÃO

Anna Ribeiro Indícios Estou me colorindo com as cores do nosso segredo. Por fora, em preto e branco; por dentro, vermelha Minha alma está exposta, derramada como um cálice de vinho na toalha branca sobre a mesa. Vermelho, o vinho; vermelha, eu. Derramada, exposta, espalhada, vista. Não há recipiente que me contenha. Não há rascunho que me defina. No desenho da toalha, meus rios e rotas. Mas, para

onde? Navego. Destino ainda incerto. O azul infinito, o mar, o vermelho, a chama, o fogo. Estou me colorindo com as cores do nosso segredo. Por fora, em preto e branco; por dentro, vermelha. Algumas coisas na vida são cifradas. É preciso uma senha, um código de acesso ou coisa

ESPÍRITA

José Matos Liberte-se da sociedade Cargo, diploma, sobrenome, poder, origem têm valor transitório. Para Deus, importante é cumprir bem o seu dever Liberte-se dos valores ilusórios da sociedade ou perderá sua encarnação. Valorize o eterno, aquilo que vai lhe acompanhar. A sociedade valoriza o ter, o cargo, o diploma, o sobrenome, o poder, a origem. Tudo isso tem valor transitório. Você acha que só tem valor

TV Comunitária lIGADA EM BRASÍLIA

quem é rico, culto, famoso? Deus quer que cada um cumpra a sua missão dentro de suas possibilidades. Para Deus, importante é quem cumpre bem o seu dever. Deus não vem pessoalmente ajudar seus filhos. Ele os ajuda por meio dos seus filhos. Coopere e fique sob as

que o valha. Para além das coisas, também nós somos todos codificados. Alguns mais, outros menos, mas todos carregamos algum grau de segurança.

bençãos e proteção Dele. A vida não é só para você ganhar dinheiro e comprar cacarecos. Você é um ser eterno que vai continuar. O que você tem feito? O zen diz: “Descubra a sua face original, aquela que você tinha antes de nascer”. Você já existia antes de nascer e continuará existindo. Você sente um vazio? acha que a vida não vale a pena? você veio em missão. Descubra-a, cumpra-a, cresça. “O melhor presente que podemos oferecer ao mundo, é a nossa própria transformação. Sem você, algo estaria faltando. Você é simplesmente único, incomparável. Aceite isso, ame isso, celebre isso. Lembre-se de uma coisa: a sua vida vai continuar vazia se conhecer apenas as coisas que podem ser compradas”.

Eu sempre fui muito cuidadosa. Senhas duplas com números, letras e caracteres especiais. Sorrisos denotam gritos, deleites ocultam desolação. Arrebatamento. Entre o desamparo e o abandono, o nada, o infinito, o sem fim. O instante entre o choro e a lágrima é o que me interessa, o que me comove. Entre a dor e o grito, a cisão e o encontro com aquilo que verdadeiramente existe. Entre o impulso do salto, o trágico da queda, o instante. É esse momento que eu quero. Entre o rasgo e o sangue. Eu sou toda abandono nessas lacunas tão cheias de sons e cores. Colorida, me visto da orquestra que é você. Anna Ribeiro Escritora

Somos alunos da escola-terra buscando nossa educação e cumprindo uma missão. Como disse Irmã Dulce, “tudo tem razão de ser”. Em tudo há um propósito, mas poucos vivem e morrem como Deus gostaria. Ele gostaria que todos vivessem e morressem de uma forma melhor; cresça, se desenvolva e ajude o próximo a crescer. São duas leis. Lei de Progresso: cresça; e Lei de Solidariedade: ajude o próximo a crescer. Com desonestidade e egoísmo você infringe as duas leis e sofrerá. Aprenda com Jesus: “não peques mais para que algo pior não te aconteça; os teus pecados te são perdoados porque você muito amou”. José Matos

Professor e palestrante

CANAL 12 NA NET WWW.TVCOMUNITARIADF.COM @TVComDF

TV Comunitária de Brasília DF


Brasília Capital n Geral n 11 n Brasília, 19 a 25 de junho de 2021 - bsbcapital.com.br

Gastronomia Dedé Roriz

Empresário e radialista divulgando a boa gastronomia e eventos de Brasília Instagram: @dederoriz

FOTOS: DIVULGAÇÃO

CASA THE FAMOUS

Hambúrguer com nomes de famosos A casa dos hambúrgueres mais coloridos de Brasília já ganhou vários prêmios a partir da criatividade do chef Hugo Lamounier, que homenageia os famosos colocando o nome deles nos sanduíches. Assim, você pode pedir um Barack Obama, um Ayrton Senna ou um Michael Jackson, entre outros. Lamounier também abriu uma pizzaria no mesmo espaço e criou serviços de entrega em praticamente todo o DF a partir de suas três lojas físicas em Águas Claras, no Guará e na Asa Norte.

MAIS INFORMAÇÕES: Instagram: @casathefamous

SMOKE HOUSE BURGER

Delivery de hambúrguer e sobremesas Em agosto de 2020, em plena pandemia, os sócios Vitor e Guillherme montaram a hamburgueria Smoke House Burger, na Vila Planalto. Apesar do sucesso, a lanchonete funciona, desde então, apenas para entregas na própria Vila, nas Asas Sul e Norte, no Lago Norte e no Setor de Mansões Dom Bosco, via delivery próprio, iFood e Uber eats, Mas a dupla já planeja inaugurar a primeira loja física nos próximos meses, onde os clientes poderão saborear os deliciosos hambúrgueres, entradas diferentes, como queijo gouda empanado, e as sobremesas de brigadeiros gourmet.

MAIS INFORMAÇÕES Instagram: @smokehouseburgerbr


Brasília Capital n Esportes/Cultura n 12 n Brasília, 19 a 25 de junho de 2021 - bsbcapital.com.br

COPA DO BRASIL

COPA AMÉRICA

Sorteio definirá confrontos das oitavas

Brasil garantido na próxima fase

Gustavo Pontes A CBF confirmou para terça-feira, às 16h, o sorteio que definirá os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil. Serão oito confrontos de ida e volta entre os 16 clubes classificados, sem o gol marcado fora como critério de desempate. Não há divisão de potes. Assim, todas as equipes poderão se enfrentar. Os mandos de campo também serão sorteados. A princípio, as partidas estão previstas para os dias 28 de julho e 4 de agosto. A partir das oitavas, há o árbitro de vídeo (VAR). Das equipes classificadas, 10

são da Série A, três da Série B, um da Série C e dois da Série D. As oitavas de final da Copa do Brasil contam com jogos de ida e volta, assim como a anterior. Atual campeão, o Palmeiras foi eliminado na terceira fase, ao cair para o CRB nos pênaltis. Confira todos os classificados para as oitavas de final: ABC Athletico-PR Atlético-GO Atlético-MG Bahia CRB Criciúma Flamengo

Fluminense Fortaleza Grêmio Juazeirense Santos São Paulo Vasco Vitória

A Seleção brasileira não teve dificuldade para golear a peruana (4 a 0), quinta-feira (17), no estádio Nilton Santos, e garantir vaga na próxima fase da Copa América. O Brasil lidera o grupo B, com seis pontos e volta a

campo na quarta (23), no mesmo local, contra a Colômbia. Copa América, no estádio Nilton Santos. Na sexta (18), jogam Chile x Bolívia (18h, Arena Pantanal) e Argentina x Uruguai (21h, Mané Garrincha). (GP)

Veja a classificação e os jogos da próxima rodada: Grupo A 1- Paraguai – 3 pontos 2- Argentina - 1 ponto 2- Chile – 1 ponto 4- Uruguai - 0 5- Bolívia - 0

TERCEIRA RODADA Domingo (20) . Venezuela x Equador - 18h, Engenhão . Colômbia x Peru - 21h, Olímpico Segunda (21): . Uruguai x Chile - 18h, Arena Pantanal . Argentina x Paraguai - 21h, Mané Garrincha

Grupo B 1- Brasil - 6 pontos 2- Colômbia - 4 pontos 3- Venezuela – 1 ponto 4- Equador - 0 5- Peru - 0

QUARTA RODADA Quarta (23) . Equador x Peru - 18h, Olímpico . Brasil x Colômbia - 21h, Engenhão Quinta (24) . Bolívia x Uruguai - 18h, Arena Pantanal . Chile x Paraguai - 21h, Mané Garrincha

TEATRO DAS SOMBRAS

Curta da Cia Lumiato é inspirado na obra de Lewis Carroll No domingo (27), a Cia Lumiato, precursora do desenvolvimento da linguagem do teatro de sombras no Distrito Federal, estreia o curta-metragem “Alice através das sombras”, realizado dentro da linguagem do teatro de sombras contemporâneo e utilizando as ferramentas do audiovisual. A convite do SESC-Santo André/SP para participar da programação integrada à exposição “reAlices: narrativas artevisuais”, foi criada uma adaptação do clássico da literatura de Lewis Carroll, “Alice no país das maravilhas”. Realizado com a linguagem do teatro de sombras contemporâneo, o trabalho audiovisual da

Cia Lumiato propõe uma nova forma de pensar a fusão destas duas expressões artísticas. Nesta oportunidade, assim como no último premiado trabalho “Ciclos da Vida”, se incorpora a atuação da filha mais velha do casal, Nina Bresani, sendo a protagonista da história e o filho caçula, Luca, participando também no vídeo. SERVIÇO Quando: Domingo (27): “Alice através das sombras” Horário: 16h30 Local: Canal do youtube do Sesc Santo André/SP (https://www.youtube.com/user/ santoandresesc) Apoio – NACO – Núcleo de Artes do Centro-Oeste Patrocínio – Sesc/SP

DIVULGAÇÃO

Profile for Jornal Brasília Capital

Jornal Brasília Capital 519  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded