Page 1

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 1

CADERNO DA COPA Suplemento do Jornal B&B

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

História das Copas Brasil vai da glória ao fracasso

Sufoco! Arena da Baixada aprovada “na raça” Protestos Governo vai usar Forças Armadas

Messi é esperança dos argentinos por terceiro título


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 2

Aqui, a COPA tem mais sabor! Durante a Copa do Mundo, o Camila’s Restaurante será o lugar ideal para você assistir os jogos com a família e amigos. Além da tradicional Feijoada Brasileira, da melhor comida caseira, o Camila’s será o lar da torcida brasileira. Você entra com a vibração, o Camila’s entra com o tempero.

Orlando: 5458 International Drive Orlando, Flórida 32819 Segunda - Domingo: 11h até meia noite

Miami: 129 SE 1st Avenue - Tel.: 305.375.0992 Miami, Flórida 33131 Segunda - Sábado: 11h - 22h Dom: 11h - 16h

Jornal B&B

Faça a sua reserva*: 407.354.2507

(*) Durante os jogos da Copa do Mundo, o Camila’s Restaurante vai cobrar consumação mínima por pessoa, que inclui buffet e refrigerante à vontade. Consulte preço!


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

Operação “Copa em Paz”

Governo usará Forças Armadas

O governo também está trabalhando para criar leis que inibam atos de violência durante manifestações públicas, mas não parece apoiar a iniciativa do Senador Romero Jucá, que quer considerar manifestantes como “terroristas” Já não há mais dúvidas de que o governo federal tem um plano para colocar as Forças Armadas nas ruas das 12 cidades sedes, durante os jogos da Copa do Mundo, com o objetivo de inibir e reprimir quaisquer manifestações públicas. Embora tenha declarado à imprensa que a medida teria como objetivo “conter atos de violência e baderna”, o fato é que o governo está mais preocupado do que nunca em evitar manifestações anti-Copa e anti-governo durante um período em que o Brasil estará em intensa visibilidade internacional. “A Polícia Federal, a Força Nacional de Segurança, Polícia Rodoviária Federal, e todos os órgãos do governo federal estarão prontos e orientados para agirem dentro de suas competência e, quando for necessário, nós mobilizaremos as forças armadas”, foram as palavras da presidente Dilma Rousseff, garantindo que a meta é “que o Brasil disponha de um regramente unificado, que defina melhor o uso proporcional da força por parte da polícia”. Depois de semanas sem agita-

ção, os movimentos de rua voltaram a acontecer com muita intensidade em várias capitais do país, especialmente no Rio e São Paulo, ao mesmo tempo em que começaram a surgir denúncias de que partidos políticos de oposição ao governo estariam “financiando” os protestos de forma organizada. Segundo a presidente, o Brasil prevê um gasto de quase 1 bilhão de dólares (cerca de 2 bilhões de reais) em ações destinadas exclusivamente ao controle de segurança pública durante a Copa. Dilma também confirmou a

jornalistas que defende “mudanças na legislação para coibir atos de violência durante manifestações no país”. Isso sinaliza que o governo já está com projeto em andamento nesse sentido, para apresentar ao Congresso Nacional e obter aprovação antes mesmo da realização da Copa, que começa dia 12 de junho. Já corre no Congresso um projeto de lei de autoria do Senador Romero Jucá, do (PMDB de Roraima), que enquadraria os manifestantes e movimentos sociais como “terroristas”.

Nas fotos acima e abaixo, recentes ações da Polícia do Exército em cidades brasileiras

|| Caderno da Copa

|| Page 3


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

É Craque!

Nem mesmo o legendário Alex Lalas (hoje comentarista de futebol na TV) é tão famoso e tão lembrado como o “maior craque” pelos torcedores dos Estados Unidos. Donovan esteve no Brasil participando dos treinos com a seleção dos Estados Unidos, em São Paulo. E como fizeram muitos atletas norte-americanos, aproveitou os dias na capital paulista para aprender mais sobre a cultura brasileira. Ficou impressionado com o tamanho de São Paulo e mostrou conhecer bastante o futebol brasileiro, arriscando de vez em quando falar algumas palavras em Português. “Boa tarde”, “muito obrigado”, “tudo bem” e “povo muito alegre e simpático”, foram as frases em nosso idioma que Donovan disse durante um bate-papo com os jornalistas no centro de Treinamento da Barra Funda, que pertence ao São Paulo Futebol Clube. “Estamos aqui há duas semanas, praticamos no hotel com o Benny Feilhaber (jogador da seleção dos Estados Unidos, que nasceu no Rio de Janeiro. Aprendemos algumas palavras, é legal”, disse o meia. “Aprendemos palavras boas e também algumas ruins”, disse sorridente. Donovan fala com desenvoltura sobre a seleção dos Estados Unidos e a expectativa de voltar a fazer uma boa Copa, depois de ter sido o primeiro colocado na fase de grupos, mas eliminado por Gana, no mata-mata dos 16. “Aquele jogo mostrou que nunca se pode achar que é superior a nenhum ad-

Na Copa das Confederações de 2009, Brasil e Estados Unidos fizeram a final e pareciam que iriam alcançar o maior título de sua história no “soccer”: os Estados Unidos foram ao intervalo vencendo por 2 a 0 (com direito a gol de Donovan). No segundo tempo, entretanto, a equipe comandada por Dunga conseguiu a virada a partir de dois gols de Luís Fabiano e um de Lúcio, sagrando-se campeã da competição disputada na África do Sul. Sobre as chances norte-americanas na Copa, o craque foi modesto e cauteloso, mas ressaltou que o espírito de luta sempre foi e seguirá sendo a marca mais forte do time de seu país: “Estamos num grupo dificílimo, com Alemanha, Portugal e Gana. Vamos ter que dar tudo porque, nesse grupo, todos podem ganhar. Vamos enfrentar Gana mais uma vez. E o que dizer de Alemanha e Portugal com Cristiano Ronaldo? É para levar cada jogo muito a sério porque acho que somos considerados azarões, não é mesmo?”, conclui o jogador.

• • • • • • • • •

Wellness Visits Immunizations ADHD Asthma Allergy Weight Control Same Day Appointments Accepting New Patients Accepting Most Insurances

www.fcpediatrics.com

FIRST CHOICE PEDIATRICS

Kirman RD.

FIRE DEPT

S. HIAWASSEE RD.

1601 Park Center Drive, Suite 6 Orlando, Florida 32835 Hours: Monday - Friday 8:15 am - 5:00 pm

Brasileiras & Brasileiros, Inc. Fundado em 1994 • 5534 Hansel Avenue Orlando, FL 32809 USA Fone: (407) 855-9541 Fax (407) 855-6135 www.jornalbb.com info@jornalbb.com

Advertising Guidelines Deadlines - Advertising and publicity deadlines are posted on Balcão Pages. It is the advertiser’s responsibility to submit fresh advertising materials each month if desired. Send Us Your News - Jornal B&B welcomes story ideas and Press Releases along with photographs of interest to the Brazilian Community living in the United States. Deadline to editorial is the 20th of every month.

Publisher: Eraldo Manes Junior V.P. Operations Maida Belíssimo Manes Editor-In-Chief: Carlos Borges

Distribution - The Brasileiras & Brasileiros is a Direct Mail publication targeting the Brazilian Community living in the US. More than 9,000 families receive by mail this publication free of charge. It is an audience of more than 40.000 readers a month. If you want to be added to this list, please find a subscription form inside this edition and submit to us. Wait for one month to start receiving your free copy.

Contributors: Carlos Wesley Maria Fulfaro Antônio Gomes (SP) Isabella Mello (BA) Renata Monteiro (RJ) Marcio Adalto (DF)

Additional Copies - Brasileiras & Brasileiros can be found in restricted commercial areas in Central Florida, such as Brazilian Restaurants, Supermarkets, Churches etc.Please Call us 407.855.9541 to know where it is available.

Design: Plus Media International Correspondent: Edinelson Alves Contributing Writers: Fabio Lobo, Walter G. Santos, Claudemir Oliveira, Peter Roman, Amaury Jr., Nilson Dizeu, Peter Ho Peng, Robson Franca, Edinelson Alves, Luciana Bistane, Roberta Detti e Marcio da Cruz Alves.

RALEIGH ST.

JornalB&B

Pediatric Specialists

|| Page 4

Donovan tem contato permanente com outros dois jogadores brasileiros: Leonardo e Juninho, ambos revelados pelo São Paulo e que atualmente jogam no Los Angeles Galaxy com o meia americano. “Essa é a minha segunda vez no Brasil, a outra vez foi em Brasília há muito tempo. No Los Angeles jogo com dois brasileiros, Leonardo e Juninho, e eles falaram que aqui era bem bonito, o que é verdade. Aqui nos sentimos seguros e aceitos. Foi bom ter duas semanas para nos adaptar à Copa”, afirmou.

PARK CENT RAL D R.

P E D I A T R I C S

|| Caderno da Copa

versário. Foi uma grande lição que, espero, tenhamos aprendido”, disse o craque norte-americano.

Call us Today! 407.249.1234

FIRST CHOICE

www.JornalBB.com

“É para levar cada jogo muito a sério porque acho que somos considerados azarões, não é mesmo?” (Landon Donovan, atacante da seleção dos Estados Unidos)

A humildade e o sonho de Landon Donovan Nos Estados Unidos, para os fãs do “soccer” - que é como os norte-americanos denominam o nosso futebol - nunca houve um craque maior do que Landon Donovan.

||

Sales Managers: Paulo F. Martins (in memorian) Sandro Coutinho: (407) 219-6092 Cecilia Weissberg: (954) 589.7201 Márcio Adalto (407) 485-1412 Distribution: Celia Coutinho

Duplicates - If you receive more than one copy both in your name or the same address, please call us at 407.855.9541 to cancel one copy. Thus we will give the opportunity to other new reader start receiving this free publication. Responsibility - Products, services, information and/or opinions featured in ads content offered to readers are not an endorsement by the publisher Brasileiras & Brasileiros, Inc. Publisher assumes no responsibility for errors, gimmicks or hassles, in any customer-approved advertising copy for this publication. No part of this publication may be reproduced without written permission from the publisher. Brasileiras & Brasileiros, Inc. reserves the right to refuse advertising spaces at the publisher’s discretion. Copyright 1994-2013. All rights reserved.

WINNER

Brazilian International Press Awards √ Outstanding Work - 2013 √ Best Community Article - 2012 √ Women Community Leadership - 2011 √ Golden Award (Over 10 Years of Service) √ Editor of the Year - 2008 √ Newspaper Layout - 2008 Hispanic Corporate Achievers √ Hispanic 100 Media - 1997

Circulação Certificada

Periodical # 018-834 Jornal B&B USPS # 018-834 IS PUBLISHED MONTHLY by Brasileiras & Brasileiros, Inc. - 5534 HANSELAVENUE, ORLANDO, FL 32809. POSTMASTER: SEND ADDRESS CHANGES TO: Brasileiras & Brasileiros, Inc. 5534 HANSEL AVENUE - ORLANDO, FL 32809. PERIODICALS POSTAGE PAID AT ORLANDO, FL 32809 Member:


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 5

Copa trará faturamento de 500 milhões para pequenas e médias empresas

Carlinhos Brown e a “Caxirola”

O triste fim da “Caxirola” Criada pelo músico baiano Carlinhos Brown e aceita pela FIFA como um dos produtos oficiais da Copa 2014, a “Caxirola”, versão moderna do tradicional “Caxixi” baiano, usado pelos tocadores de berimbau e percussionistas em geral, foi uma vítima prematura. Justamente em função do malogrado “teste” de seu uso, num clássico entre Bahia x Vitória na Arena Fonte Nova, o instrumento foi usado como “projétil” por milhares de torcedores do Bahia (foto abaixo), revoltados com a atuação de seu time, goleado por 7 a 3 por seu mais ferrenho rival. Desde então, a “Caxirola” foi proibida em todos os estádios do Brasil e é comercializada apenas como “souvenir” nas lojas da FIFA. Brown ficou triste, mas não contestou. Por trás disso, um prejuízo de mais de 20 milhões de reais.

Segundo levantamento realizado pelo Sebrae com base nas rodadas de negociações promovidas nas 12 cidades-sede da Copa, o evento gerou cerca de R$ 280 milhões em negócios para micro e pequenas empresas e até o final do mundial a expectativa é que o faturamento chegue a R$ 500 milhões. O levantamento concluiu que, como se previa, as empresas que se prepararam com antecedência para a Copa estão faturando mais e melhor: “Quem mais vai faturar com a Copa são as empresas que se prepararam antes e que estão pensando no pós-evento, no legado que ele vai deixar para a competitividade dos pequenos negócios”, foi o que afirmou o presidente do Sebrae, Luiz Barretto. Sem a menor dúvida o setor de Construção Civil teve um crescimento relevante. “O setor é o que mais vem aproveitando as oportunidades geradas em obras nas arenas”, disse Barretto, lembrando, que também as empresas de madeira e móveis fazem bons negócios, atendendo às demandas dos hotéis. “Nosso trabalho é mobilizar os empresários para aproveitar as oportunidades, não apenas identificando potenciais mercados, mas também dando todo o suporte para a adequação às exigências desses mercados”, completa Barretto.

“Fuleco” é o mascote oficial da Copa 2014

Um bom exemplo é a Fantastic Brindes, de São Paulo, uma empresa que tem apostado nessas oportunidades e aplicou 80% de seus investimentos no “Kit Torcedor”. Nele, itens como corneta, caneca, apitos, copo, vuvuzela, zumbina e mochila já estão levando aos fãs de futebol um diferencial na hora de torcer pelo Brasil. Só no início deste ano, a Fantastic Brindes já fechou orçamentos de aproximadamente 100 mil kits para grandes empresas, o que equivale à venda de mais de 400 mil produtos. O faturamento que era

de R$ 150 mil em junho de 2013 saltou para R$ 380 mil no final do ano passado. O empresário estima triplicar as vendas com a demanda gerada pela Copa. “Os pequenos negócios que se prepararam e planejaram para aproveitar as oportunidades geradas pela Copa irão aumentar não só o faturamento como poderão se consolidar tanto no mercado interno quanto externo, uma vez que passarão a atender dentro dos padrões internacionais”, ressalta o presidente do Sebrae, Luiz Barretto.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 6

O “Mico” da Arena da Baixada FIFA mantém sede em Curitiba, mas a conta aumenta!

O atraso das obras em Curitiba é tão evidente que alimentaram a especulação. Acapital paranaense “quase” ficou fora da Copa. As fotos acima são das obras em fevereiro.

“Será uma corrida contra o tempo”. Foi assim que o Secretário geral da FIFA, Jérôme Bolcke, definiu a decisão, sob enorme pressão da própria FIFA, de manter Curitiba como sede da Copa do Mundo, em que pese o considerável atraso das obras da Arena da Baixada. Foram dadas todas as “garantias governamentais, em todos os níveis”, segundo Volcke, de que o estádio estará pronto no dia 15 de maio, um mês antes do início do mundial, no que será a obra entregue mais atrasada em toda a história das copas.

Antes disso o estádio terá dois jogos-teste com obras inacabadas, no final de março e meados de abril. Ambos os jogos serão do Atlético do Paraná, dono da Arena. Para evitar o que a própria FIFA chegou a considerar “inevitável” - a eliminação de Curitiba como sede da Copa e a transferência dos quatro jogos para lá programados, para Belo Horizonte, São Paulo e Porto Alegre, - foram necessárias duas semanas de nervosas negociações. FIFA, governo federal, Estado do paraná e principalmente a Prefeitura de Curitiba fizeram

um “pacto”, já que a conclusão das obras num prazo ‘viável” dependia de verbas suplementares e liberações de financiamentos que estavam “emperrados”. O fato é que a Arena da Baixada vai ser entregue apenas com as condições “mínimas”, muito longe do que se exigiu de estádios já entregues há mais de um ano. Aliás, todos os estádios que estão sendo entregues muito além do prazo (Porto Alegre, Curitiba, Cuiabá e Manaus) não apresentam nem apresentarão as “condições ideais” do já tão famoso “padrão FIFA”.

Enquanto isso, mais problemas com a Arena do Pantanal Independente do fato de ser considerada um dos “elefantes brancos” da Copa 2014, a Arena do Pantanal, em Cuiabá, cujas obras seguem bastante atrasadas em relação ao cronograma da FIFA, pode ter sérios danos estruturais causados pelo incêndio ocorrido em outubro do ano passado. As agências internacionais de notícias tiveram acesso a um laudo do Ministério Público confirmando que os danos estruturais ocorreram e foram negados pelas autoridades do estado de Mato Grosso. O relatório do MP afima que o incêndio “causou danos estruturais que podem comprometer a estabilidade global da construção”, ressaltando “perda de resistência”.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 7

Hall da Fama Gênios que entraram para a História

Platini

Cruijff Ganhador três vezes da Bola de Ouro da FIFA, em 1971, 1973 e 1974, o super craque holandês entrou para a história por simbolizar a revolução tática apresentada pelos holandeses nas Copas de 1974 e 1978.

Também ganhador três vezes da Bola de Ouro da FIFA, em 1983, 1984 e 1985. Apesar de simbolizar o moderno futebol francês, não participou da maior conquista de seu país em Copas, o título de 1998.

Maradona

Tostão Por muitos considerado o “cérebro” da seleção brasileira tri-campeã no México em 1970, o mineiro Tostão brilhou intensamente no futebol brasileiro até que uma lesão ocular encerrou prematuramente a sua carreira.

Principal nome da história do futebol argentino e uma das maiores estrelas do futebol mundial, Maradona, de incrível habilidade e dribles fantásticos, chegou a ser comparado a Pelé, antes de se tornar figura polêmica do esporte.

Ana Rita Santos e família - São Paulo/SP

Olá Fernanda, passando para deixar o meu eterno agradecimento, pelo carinho e atenção que teve com nossa família. Fe, você é exemplo de profissionalismo e dedicação, não poderia ter sido melhor. Você é a MELHOR!! Obrigada por dias incríveis!, bjs Ana Rita, Barbara, Alexia e Ana.

Descomplicando Orlando pra você! • Guia nos parques e Tour de Compras • Assessoria para recepção no aeroporto • Locação de carro • Check-in no hotel Micheline Fonseca - Belo Horizonte/MG

Olá meu nome é Micheline Fonseca, Gostaria muito de agradecer e parabenizar a Guia Fernanda Freitas, pelos ótimos serviços que prestou a mim e meu esposo durante nossa estadia em Orlando. Tudo aconteceu conforme o previsto, começando pela recepção no aeroporto, os passeios na cidade, nos parques, Outlets e Shoppings sem problema algum. Ficamos encantados pelo seu profissionalismo, seriedade e ética profissional. Já estamos contando o tempo para uma próxima visita a cidade. Com certeza iremos contratar novamente a Guia Fernanda Freitas.

Contato: Fernanda Freitas Fuzil da Rádio Transamérica Sao Paulo

“Foi uma ótima experiencia para nossa família ter assessoria da Fernanda como guia, além de agilizar muito nosso tempo por conhecer cada cantinho dos parques, as dicas exclusivas são também o diferencial. Já temos nossa agenda com ela para 2015. Disney...lá vamos nós novamente!”

Fernanda - Guia de Turismo em Orlando

FernandaGuiaOrlando

fefreitas23

@feguiaorlando

Jornal B&B

e-mail: fernandaguiaorlando@gmail.com - Telefone e whatsapp: 1-407.271.2290


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

Carlos Wesley

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 8

Palavra de quem sabe das coisas....

“Claro que somos favoritos à conquista da Copa de 2014. Somos melhores e jogaremos com o apoio da torcida. Estou cada dia mais convicto do título” (Luiz Felipe Scolari, técnico da seleção brasileira) Carlos Wesley, carioca, é jornalista e produtor de videos.

carlos.wesley @yahoo.com

Parabéns

Graças à coluna do mês passado, retomei o contato com o amigo Antonio Vaz, carioca dos bons, ex-vizinho aqui de Miami e que agora está refugiado em Orlando. Pois ele e a esposa Márcia estão vibrando, e com razão, pois o primeiro neto está a caminho. Parabéns ao casal e à filha Roberta, e foi muito bom saber notícias de vocês.

Cristiano Ronaldo no time de Beckham em Miami?

O sonho de consumo de David Beckham para o seu time em Miami é o craque português Cristiano Ronaldo. Fato! Agora, dizer que o gajo vem... não passa de um marketing, com todo o respeito à liga de futebol nos Estados Unidos. Não há como negar que o futebol vem ganhando força na América, mas o campeonato aqui está a anos-luz dos grandes centros europeus, como Espanha, Itália, Inglaterra e Alemanha. Os poucos grandes jogadores que optam pela MLS normalmente estão com suas carreiras em declínio, sem mercado lá fora ou perto da aposentadoria. Foi assim com Pelé, na década de 70, com o francês Thierry Henri há poucos anos, e mais recentemente com o goleiro Júlio César. Ou seja, ex-jogadores em atividade. E, dentro desse critério, o Beckham bem que poderia pensar em outro Ronaldo – o Gaúcho ou mesmo o Fenômeno.

Torneio em Orlando

Quando os leitores receberem esta edição do B&B, certamente já saberão o resultado do torneio de futebol realizado no complexo Wide World of Sports, da Disney. A minha torcida fica para uma final entre o Fluminense, meu time de coração, e o Orlando City, equipe comandada pelo brasileiro Flávio Augusto da Silva. Será que deu?

Deus é brasileiro, mas...

Em visita à Itália, Dilma Roussef convidou, formalmente, o Papa Francisco para visitar o Brasil durante a Copa do Mundo. Hum, não sei se foi uma boa ideia da nossa presidente. Carismático, o sumo pontífice conquistou a todos na Jornada Mundial da Juventude, no ano passado... mas é argentino, Dilma! Não convém dar qualquer vantagem para Messi e companhia.

Socchi

Deve ser a minha aversão ao frio, mas passei longe da televisão durante essas Olimpíadas de Inverno, que aconteceram na cidade de Socchi. E, cá entre nós, existe algo mais patético do que o tal do “Curling”, aquele esporte que os caras ficam varrendo a pista? Na nossa comunidade, então, tem um monte de gente com potencial para atleta olímpico, sem saber.

País do futebol

Na nota anterior, mencionei grandes centros, como Itália e Espanha, e propositalmente não citei o Brasil, considerado por muitos o “país do futebol”. Pudera: um levantamento recente mostrou que os 3.940 jogos envolvendo clubes brasileiros em 2013 (incluídos aí os estaduais, Copa do Brasil, as quatro divisões do Brasileirão e até competições internacionais) não renderam mais do que míseros 475 milhões de reais. Parece muito, mas a Liga dos Campeões da Europa arrecada quantia maior com apenas 50 partidas. Triste retrato da falta de profissionalismo e visão dos nossos dirigentes.

1e9

Na contagem regressiva para o Mundial no Brasil, estamos a cerca de 100 dias do pontapé inicial da Copa. Felipão já deve ter a lista dos 23 convocados na cabeça, mas duas posições ainda são motivo de dúvida para a torcida: o goleiro e o centroavante. Júlio César e Fred, as escolhas do técnico, estão claramente sem ritmo de jogo e preocupam. Se por um lado, há pelo menos outros quatro excelentes goleiros à disposição, a busca por um outro camisa 9 é mais complicada. Jô, Leandro Damião e até Adriano Imperador já foram mencionados, mas nenhum deles agrada de verdade. O que vocês acham? Opiniões para a coluna, através do e-mail carlos.wesley@yahoo.com

Triatlo

Depois de fazerem bonito na meia maratona de Miami, no dia 2 de fevereiro (foto à esquerda), o grupo de dedicados atletas da Primeira Igreja Batista de Pompano Beach está se preparando forte para outra competição. O desafio agora é o Triatlo de Las Olas, marcado para o dia 16 de março, em Fort Lauderdale. Orientados por Junior Rosa, os ‘PIB Runners’ se reúnem três vezes por semana para os treinos. Vale lembrar que este triatlo consiste em natação (quase meia milha), bicicleta (12.4 milhas) e corrida (3.1 milhas). “Este é um dos poucos esportes em que famílias e casais podem praticar juntos”, ressaltou Junior.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

O

s brasileiros Ronaldinho Gaúcho e Robert Scheidt estão entre os atletas indicados para o Prêmio Laureus, considerado como o “Oscar” do esporte mundial e cujos vencedores serão conhecidos durante a cerimônia de premiação, que será realizada no dia 26 de março, em Kuala Lampur (Malásia).

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 9

“Felipão sabe que pode contar comigo!”

O jogador do Atlético Mineiro recebeu a notícia com grande entusiasmo, até brincando com a imprensa: “será que agora o Felipão se lembra de mim?” Ronaldinho não esconde de ninguém que sonha em retornar à seleção brasileira, justamente na Copa do Brasil e que seria uma espécie de “despedida”, já que teve grandes momentos de glória vestindo a jaqueta verde e amarela. O craque admite que não se importaria com o banco de reservas: “Com toda humildade eu sei que posso ajudar a equipe e entraria para somar. O Felipão sabe que pode contar comigo. Estou pronto!”. Entretanto, o treinador da seleção não fala específicamente de nomes, embora deixe bem claro que vai esperar até o último segundo do minuto para definir a lista dos jogadores oficialmente inscritos, “muitos nomes poderão surpreender”. Quem tem intimidade com Felipão sabe que ele é fã do futebol de Ronaldinho, mas teme apenas a questão da condição física. Este tem sido um ponto crucial na estratégia de Felipão para levar o Brasil, ao seu sexto mundial. Ronaldinho tem sido uma surpresa em termos de condicionamento físico, para um atleta que beira os 40 anos. Por

Ronaldinho gaúcho em ação pela seleção

Indicação ao “Prêmio Laureus” aumenta esperança de Ronaldinho em voltar à seleção exemplo, foi, de longe, o mais bem sucedido de todos os mega-craques “repatriados” por clubes brasileiros a partir de 2008. Prêmio Laureus O Prêmio Laureus indicou Ronaldinho na categoria que premiará os atletas que apresentaram melhores retornos em 2013. Contando com grandes nomes do esporte mundial, Ronaldinho faz parte da seleta lista, que ainda inclui estrelas como Rafael Nadal e Tiger Woods. Como o intuito da instituição é premiar o atleta que mostrou ótimo desempenho após algum tempo

sem grande destaque, Ronaldinho está entre os escolhidos por ter sido um dos comandantes do Atlético-MG na conquista do título da Libertadores da América. Rafael Nadal ficou afastado das competições por sete meses devido a uma lesão no joelho. Na volta, o espanhol não sentiu a falta de ritmo, venceu Roland Garros pela oitava vez e recuperou a primeira colocação no ranking mundial Tiger Woods se recuperou de um ano apagado, principalmente pelas lesões e problemas pessoais, venceu cinco eventos do torneio da

PGA dos EUA e também retomou a liderança do ranking. Depois de voltar à vela aos 40 anos, Robert Scheidt também foi lembrado e ganhou a indicação após conquistar o mundial na classe Laser em 2013, em Omã, pela nona vez em sua carreira. Outra indicada ao prêmio foi a equipe de iatismo Oracle, dos Estados Unidos, que protagonizou uma virada histórica. Estava perdendo por 8 a 1 na Copa América para os Emirados, quando conseguiu oito vitórias consecutivas e garantiu a surpreendente virada.

Robert Scheidt

Fantástico Scheidt Um dos mais laureados atletas brasileiros de todos os tempos, o iatista Robert Scheidt comemorou bastante a indicação ao Prêmio Laureus. Depois de voltar à vela aos 40 anos de idade, o brasileiro foi aclamado mundialmente ao ganhar novamente o título mundial na classe Laser em 2013 em Omã. Foi seu nono título (recorde mundial absoluto). “Ser lembrado pelo Prêmio Laureus foi sensacional porque a premiação é respeitada como a mais importante do esporte. Estou muito feliz”.

s

Jornal B&B

O SEU CORRETOR NA FLÓRIDA

- Oferecemos tratamento VIP a todos os nossos clientes na compra e venda de suas casas; - Prestamos assessoria necessária para investimentos no Estado da Flórida; - Imóveis Comerciais e Residenciais;

Skype: Elioserpa

- Administração de imovéis para aluguel com as menores taxas e com a qualidade de serviços World Class. Venha conferir - Temos escritórios em todo o Estado da Flórida - Falamos Português

(407) 558-8640

Exit Realty Central - 711 N. Orlando Ave # 302 - Maitland, Florida 32751

Elio Serpa - Realtor e-mail:realtor@elioserpa.com


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 10


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

Mundial é mais um “round” na “guerra” entre Coca e Pepsi

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 11

FIFA recua, McDonald’s aceita e polêmica do Acarajé acaba em “pizza” Uma das mais curiosas- e porque não dizer, também divertidas, apesar de bastante séria - das polêmicas que envolveram a realização da Copa no Brasil terminou, como se diz no nosso país, “em pizza”.

Os dois maiores fabricantes de refrigerantes “Cola” do mundo, a Coca e a Pepsi, fazem da Copa do Mundo mais um ringue para sua eterna rivalidade. Enquanto a Coca Cola, - que é parceira oficial do Mundial pela terceira Copa do Mundo seguida -, promove um tour do troféu FIFA por vários países do mundo, a Pepsi resolveu contra-atacar e contratou o meia-atacante argentino Lionel Messi (foto acima) e outros 18 jogadores para divulgar a sua marca. O “Tour” da Taça FIFA, promovido pela Coca Cola, é divulgado no próprio site oficial da Fifa. A empresa também terá o direito de criar a campanha de mini garrafas de alumínio, que fez enorme sucesso nos anos 80 (foto abaixo) A Coca Cola também já ampliou seu acordo de patrocínio até depois da Copa do Mundo de 2022, no Qatar. Aguardam-se outras surpresas da Pepsi, que, fora do patrocínio oficial, sempre busca soluções “criativas” para não perder a oportunidade representada pelo torneio.

Depois de dois anos de reclamações, pressões e inflamados debates pelas redes sociais, as baianas do acarajé, uma instituição gastronômica, cultural e histórica de Salvador, não só garantiram direito de vender o delicioso quitute como o farão dentro da Arena Fonte Nova. As baianas, que em julho de 2013 já haviam obtido '’sinal verde” da FIFA para vender o acarajé na área externa do estádio (que também faz parte do “perímetro comercial” dominado pela FIFA), ganharam o direito que tanto queriam: montar seus tabuleiros dentro do estádio. Serão 10 baianas cadastradas pela FIFA e estarão situadas estrategicamente ao longo do anel intermediário da Fonte Nova. Melhor ainda que a decisão foi totalmente aprovada pela rede de fast food McDonald’s, que, consultada pela FIFA, não hesitou em autorizar a decisão, numa inteligente estratégia de marketing, ganhando com isso a simpatia não só do torcedor baiano (que é quem iria ficar muito chateado sem seus acarajés) como de todos os que protestavam contra a proibição às baianas. As 10 baianas selecionadas serão escolhidas com base em tempo de atuação e qualidade.

A “polêmica do acarajé”, que se tornou manchetes internacionais e motivou apaixonadas discussões nas redes sociais, acabou sendo alegremente “vencida” pelas baianas que poderão não apenas vender o tradicional quitute feito de feijão fradinho e cozido no azeite de dendê, como o farão dentro da Arena Fonte Nova. Dez baianas serão credenciadas pela FIFA e não vão precisar usar uniforme do McDonald’s como sugere a piada acima. A multinacional de fast food foi consultada e concordou com a decisão. Todos saem ganhando.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

|| Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

2014 pode ser o “ano do empate” entre Europa e América do Sul

|| Caderno da Copa

|| Page 12

A não ser que alguma seleção da África, Américas Central e do Norte ou da Ásia “apronte” uma grande surpresa, a Copa do Mundo e 2014 no Brasil poderá conhecer um novo “empate” entre os continentes dominantes no futebol. Isso porque será a 20a edição do Mundial e até aqui, nas 19 edições anteriores, tem 10 títulos para nações européias e 9 para países sul-americanos. As chances matemáticas dos europeus manterem esse domínio são grandes. Afinal, serão 11 equipes da Europa contra 6 da América do Sul. Entretanto, a história das Copas realizadas em países no continente americano, não favorece nem um pouco os europeus. As copas do Uruguai (1930), Brasil (1950), Chile (1962), as duas no México (1970 e 1986) e a dos Estados Unidos (1994), foram todas conquistadas por países sul-americanos. Confira abaixo a lista de todos os vencedores e sedes das Copas:

Duas taças, uma história O Troféu da Copa do Mundo FIFA é um taça de ouro dado aos ganhadores de cada edição da competição. Desde o advento da Copa do Mundo FIFA de 1930 houveram dois troféus dados aos campeões. A Taça Jules Rimet (que Pelé beija acima após a conquista do bi-campeonato em 1962), era o prêmio original da Copa do Mundo FIFA. Originalmente nomeada de “Vitória”, foi oficialmente renomeada, em 1946, em honra ao presidente da FIFA, Jules Rimet. A seleção brasileira ganhou o troféu pela terceira vez, em 1970, ganhando por isso o direito da posse permanente. O troféu que substituiu a Taça Jules Rimet foi a Taça FIFA, apresentada na Copa do Mundo FIFA de 1974. Criada por Silvio Gazzaniga e produzida por Milano Bertoni, mede 36,5 cm e é feita de 5 kg de ouro 18-quilates. A taça, que cada campeão recebe uma réplica, desde 1974, pesa 6,17 kg, tem duas figuras humanas segurando o planeta Terra.

1930 - Uruguai (Uruguai) 1934 - Itália (Itália) 1938 - Itália (França) 1950 - Uruguai (Brasil) 1954 - Alemanha (Suíça) 1958 - Brasil (Suécia) 1962 - Brasil (Chile) 1966 - Inglaterra (Inglaterra) 1970 - Brasil (México) 1974 - Alemanha (Alemanha) 1978 - Argentina (Argentina) 1982 - Itália (Espanha) 1986 - Argentina (México) 1990 - Alemanha (Itália) 1994 - Brasil (Est. Unidos) 1998 - França (França) 2002 - Brasil (Japão/Coréia) 2006 - Itália (Alemanha) 2010 - Espanha (África do Sul)

Supermercado e Restaurante TUDO EM UM SÓ LUGAR

Jornal B&B

- Padaria - Mercado - Produtos do Brasil - Feijão Tropeiro - Tapioca - Frutas - Verduras - Açougue Completo

- Café da manhã - Almoço - Sopas - Salgados - Sanduíches - Salgadinhos - Doces - Sucos - Vitaminas...e muito mais!

- Feijoada aos Sábados - Costela e Picanha Assadas Horários: De 2a a 6a - das 8 am - 9 pm Sábado - das 8 am - 8 pm Domingo - das 8 am - 4 pm

2500 South Kirkman Road - Suite 118 Orlando, Florida 32811 - No Mall do Wal-Mart Amplo Espaço e Atendimento Personalizado

407.615.3000


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Page 13

World Cup FIFA 2014 • Tabela Oficial Grupo

A

Dia 12/06 13/06 17/06 18/06 23/06 23/06

Hora 17:00 13:00 16:00 18:00 17:00 17:00

Grupo

B

Dia 13/06 13/06 18/06 18/06 23/06 23/06

Hora 16:00 18:00 13:00 16:00 13:00 13:00

Grupo

C

Dia 14/06 14/06 19/06 19/06 24/06 24/06

Hora 13:00 22:00 13:00 19:00 16:00 17:00

Grupo

D

Dia 14/06 14/06 19/06 20/06 24/06 24/06

Hora 16:00 18:00 16:00 18:00 13:00 13:00

BRASIL • CROÁCIA MÉXICO • CAMARÕES

Local São Paulo Natal Fortaleza Manaus Brasília Recife

Confronto_____________ Brasil x Croácia México x Camarões Brasil x México Camarões x Croácia Brasil x Camarões Croácia x México

FRANÇA • SUÍÇA EQUADOR • HONDURAS

Dia 15/06 15/06 20/06 20/06 25/06 25/06

Hora 13:00 16:00 16:00 19:00 16:00 17:00

ESPANHA • HOLANDA CHILE • AUSTRÁLIA

Local Salvador Cuiabá Porto Alegre Rio de Janeiro Curitiba São Paulo

Confronto_____________ Espanha x Holanda Chile x Austrália Holanda x Austrália Espanha x Chile Austrália x Espanha Holanda x Chile

Dia 15/06 16/06 21/06 21/06 25/06 23/06

Hora 19:00 16:00 13:00 18:00 13:00 13:00

Confronto_____________ Colômbia x Grécia Japão x Costa do Marfim Colômbia x Costa do Marfim Grécia x Japão Japão x Colômbia Costa do Marfim x Grécia

Dia 16/06 16/06 21/06 22/06 26/06 26/06

Hora 13:00 19:00 16:00 18:00 13:00 13:00

Confronto_____________ Uruguai x Costa Rica Inglaterra x Itália Uruguai x Inglaterra Itália x Costa Rica Itália x Uruguai Costa Rica x Inglaterra

Local Salvador Natal Fortaleza Manaus Recife Brasília

Hora 13:00 18:00 13:00 16:00 17:00 17:00

Local B. Horizonte Cuiabá Rio de Janeiro Porto Alegre São Paulo Curitiba

F

Grupo

G

Confronto_____________ Alemanha x Portugal Estados Unidos x Gana Gana x Alemanha Portugal x Estados Unidos Alemanha x Estados Unidos Portugal x Gana

RÚSSIA • BÉLGICA ARGÉLIA • CORÉIA DO SUL

Dia 17/06 17/06 22/06 22/06 26/06 26/06

Grupo

Confronto_____________ Argentina x Bósnia Irã x Nigéria Argentina x Irã Nigéria x Bósnia Nigéria x Argentina Bósnia x Irã

ESTADOS UNIDOS • GANA ALEMANHA • PORTUGAL

URUGUAI • INGLATERRA ITÁLIA • COSTA RICA

Local Fortaleza Manaus São Paulo Recife Natal B. Horizonte

Local Rio de Janeiro Curitiba B. Horizonte Cuiabá Porto Alegre Salvador

E

Confronto_____________ Suíça x Equador França x Honduras França x Suíça Honduras x Equador Suíça x Honduras Equador x França

ARGENTINA • NIGÉRIA BÓSNIA HERCEGOVINA • IRÃ

COLÔMBIA • GRÉCIA JAPÃO • COSTA DO MARFIM

Local B. Horizonte Recife Brasília Natal Cuiabá Fortaleza

Local Brasília Porto Alegre Salvador Curitiba Manaus Rio de Janeiro

Grupo

Grupo

H

Confronto_____________ Bélgica x Argélia Rússia x Coréia do Sul Bélgica x Rússia Argélia x Coréia do Sul Coréia do Sul x Bélgica Rússia x Argélia


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

A super fé dos argentinos nos poderes de... Que ninguém tenha dúvida! Não importa qual for o tamanho da atual crise econômica na Argentina, nossos “hermanos” irão desembarcar aos milhares para acompanhar os jogos de sua seleção e serão, de longe, os vice-campeões em número de torcedores neste mundial, ficando atrás, apenas, é claro, dos anfitriões. Qualquer que fosse a situação do futebol argentino, esta seria a lógica, já que além de vizinhos, a tradição e a rivalidade levam os argentinos a encararem a Copa no Brasil como “um pouco de si mesmos”, tamanha é a intensidade com que eles visitam nosso país. Se as economias dos dois países estão mais entrelaçadas do que nunca, a rivalidade no futebol nunca esteve tão aguda. Se do lado brasileiro as esperanças de um mundial espetacular e a vinda do sexto título mundial repousa nos pés de Neymar, do lado argentino, há razões de sobra para esperar um tri-campeonato ancorado no talento de um dos maiores craques de todos os tempos: Lionel Messi! Aliás, se muitos no Brasil acham exagerada a cobrança e as expectativas em torno de Neymar nesta Copa, o que se vê do outro lado do Rio da Prata é uma cobrança e uma expectativa muito maiores sobre o papel que Messi “deve”

desempenhar no mundial. As comparações começaram, já dentro do próprio Barcelona, onde Messi é rei absoluto e Neymar, recém-chegado, vai aos poucos construindo na Europa o nome que o consagrou no Brasil. Mas seleção é outra conversa e quando se trata de Argentina, nenhuma paixão é pouca. Gênio absoluto nos gramados, quatro vezes eleito o Melhor do Mundo pela FIFA, Messi sempre alternou “altos” e “baixos’”vestindo a camisa da seleção nacional. Nada de anormal, já que essa “síndrome” do peso da camisa afeta grandes craques ao longo da história. E quando foi preciso ser decisivo, Lionel o foi e em grande estilo. O craque argentino, em entrevista recente aos jornalistas na Europa, disse que está mais motivado do que nunca: “A Argentina precisa do tri-campeonato para que se faça justiça à grandeza de nosso futebol e ganhar a Copa no Brasil é uma excelente oportunidade, já que estaremos atuando bem perto de casa, com massivo apoio de nossos torcedores”. Messi tem razão. Mas no meio do caminho haverão muitas pedras. E nem mesmo o chamado “grupo fácil” contra Bósnia, Irã

e Nigéria é um alento. Afinal, os argentinos tem uma longa tradição de “micos” em suas participações em Copa, perdendo jogos contra seleções consideradas “zebras” e adiando muitas vezes de forma bizarra suas pretensões nos mundiais. “Tenho certeza que estamos preparados. Será uma Copa sensacional e ganhar o título no Brasil, que é considerado o país do futebol, é desejo de todas as seleções. Não vejo a hora de que tudo comece”, diz o craque, assumindo humildade sobre seu papel: “Não me importo com artilharia e nem em ser protagonista. Queremos o título!”

|| Page 14


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

Super

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 15

Messi Em 2013, apesar da acachapante derrota na final da Champions League para o Bayern de Munique, a temporada foi muito positiva para Messi.

6 vezes campeão do Campeonato Espanhol 3 vezes campeão da Champions League 2 vezes campeão do Mundial de Clubes da FIFA

Campeão Olímpico pela Argentina 4 vezes eleito como melhor jogador

Sob seu indiscutível comando, o Barcelona ganhou mais um título do Campeonato Espanhol, desta vez com 100 pontos, 15 à frente do Real Madrid, vice-campeão.

do mundo pela FIFA 4 vezes artilheiro da Champions League Maior artilheiro da história do Barcelona na Liga Espanhola e na Champions League

Na campanha do título, Messi fez 46 gols em 32 jogos, atingindo a expressiva média de 1,44 gols por jogo. Além de ser o artilheiro da liga, Messi foi, pela terceira vez, o maior goleador da Europa na temporada.

Messi vai completar 27 anos durante a Copa do Brasil, dia 27 de junho. Dois dias depois do terceiro, e possívelmente decisivo, jogo contra a Nigéria, justamente em Porto Alegre, muito “pertinho” de casa. Apesar da média de gols marcados por ele na seleção argentina ser menor do que no Barcelona, Messi já é o segundo maior artilheiro da história de seu país. Está nesta posição, empatado com Hernán Crespo, com 35 gols. Ambos estão bem abaixo de Gabriel Batistuta, que fez 56 gols.

O argentino não nega que seu sonho maior seria “enfrentar e ganhar do Brasil na final”. Segundo ele, Brasil e Argentina jogam o melhor futebol do mundo e nunca se enfrentaram numa final de mundial:

Lionel Messi com apenas 26 anos, com seus 35 gols já superou o ídolo Maradona, que fez 34 pela seleção. As chances de superar Crespo e se aproximar de Batistuta são muito grandes. E uma das “vítimas” pode ser a seleção do Irã, teoricamente a mais fraca do grupo dos argentinos no mundial.

CAR POINT of Orlando

“Vendendo Carros, Fazendo Amigos”

• Compra e Venda de Automóveis, Vans e Pick-Ups • Financiamento Próprio e Bancos • Sem Crédito, sem Social Security, com Driver License do Brasil • Veículos Revisados com Garantia • Auxiliamos na compra do seu carro ZERO na concessionária • Encontraremos o Carro dos Seus Sonhos no Leilão

Qualidade e Cortesia

cristiane@carpointoforlando.com

4847 South Orange Blossom Trail - Orlando, Florida, 32839

www.carpointoforlando.com

Conroy Rd Millenia Mall

Americana Blvd

S. Orange Blossom Trail

John Young Pkwy

407.240.0300

S. Texas Ave

Holden Ave

Sand Lake Rd Florida Mall

Jornal B&B

“Os dois países merecem entrar para a história dessa forma, que me desculpem as fortes seleções da Europa, mas seria um final histórico e inesquecível’.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 16

“Zebras” & “Favoritos” Você se arriscaria a fazer prognósticos?

Austrália

Melhor classificação nas Copas: Ficou em 11º na Copa de 2006 (Oitavas de Final)

Mesmo sem nenhuma tradição em Copas do Mundo, a Austrália chega a sua quarta participação numa etapa final do Mundial, como campeão do Grupo D da Primeia Fase, enfrentando Oman, Arábia Saudita e Tailândia, com 5 vitórias e apenas uma derrota em seis jogos. Na fase seguinte, no grupo D, enfrentou Japão, Jordânia, Iraque e Oman. Nesta fase ganhou 3 jogos, empatou quatro e só perdeu um jogo, para a Jordânia, fora de casa. Entretanto, dois jogos preparatórios para o mundial deixaram a torcida australiana com muitas “pulgas” atrás da orelha: goleadas sofridas para o Brasil e França, ambas por 6 a 0, demonstraram que o time está longe de ser uma ameaça. O novo treinador, Ange Postecoglou é esperança de que o time possa surpreender, o que poucos acreditam.

Argentina

Melhor classificação nas Copas: Campeã em 1978 e 1986

A Argentina é sempre uma das seleções favoritas, com jogadores habilidosos, um futebol vistoso e a famosa “catimba”, que nem sempre garante vida boa para nossos “hermanos”. Embora ninguém discuta a qualidade do futebol de nossos vizinhos e ferrenhos rivais, são famosos os resultados decepcionantes, mesmo quando formam seleções fortíssimas, no papel, mas que naufragam no nervosismo gerado pela enorme cobrança da torcida. No Brasil, jogando muito perto de casa e com decisivo apoio de milhares de torcedores, os argentinos serão um dos adversários mais difíceis de serem batidos e muitos sonham com uma final contra o Brasil, grande clássico do futebol mundial, mas que nunca se materializou numa final de Copa. Será dessa vez? E os nervos argentinos aguentarão?

Gana

Melhor classificação nas Copas: Chegou às quartas de final em 2010

Pela terceira vez consecutiva, Gana estará em uma Copa do Mundo. E essa presença foi garantida num histórico jogo fora de casa, no Cairo, onde a equipe do técnico Kwesi Appiah, mesmo sendo derrotada pelo Egito por 2 a 1, garantiu a vaga já que, no primeiro jogo do playoff das Eliminatórias Africanas, o time do norte da África havia sido goleado por 6 a 1. Em 2006, na Alemanha, Gana caiu para a Seleção Brasileira nas oitavas de final. Em 2010, na África do Sul, os ganeses foram eliminados nas quartas de final em emocionante disputa de pênaltis contra o Uruguai. São um dos mais fortes times da África, mas a instabilidade emocional é um problema recorrente. Pode surpreender sim, mas ainda não se livrou da condição de “zebra”. Até prova em contrário!

Holanda

Melhor classificação nas Copas: Vice-campeã em 1974, 1978 e 2010

O que dizer de um time que já chegou como favorito em três finais de Copas do Mundo, a mais recente delas em 2010, e sempre naufraga contra adversários que têm menos técnica, mas muito mais controle dos nervos e garra? A Holanda é um dos países com melhor histórico no futebol mundial, sem jamais ter conseguido um título. E a julgar pelo ânimo dos torcedores, o time de 2014 parece ser capaz de resgatar essa dívida. Antes disso, terá que passar da primeira fase, num grupo em que estão também a atual campeã Espanha e a forte seleção do Chile. Sob o comando do técnico Van Gaal ,a Holanda retomou as características de seu futebol veloz, ofensivo e menos brigador, reconquistando a confiança dos torcedores e se classificando sem maiores problemas nas eliminatórias da Europa. É uma das candidatas ao título.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 17

“Zebras” & “Favoritos”

Na história, zebras se consagram e favoritos “quebram a cara”

Itália

Melhor classificação nas Copas: Campeã em 1934, 1938, 1982 e 2006 Depois do Brasil, a Itália é a maior ganhadora de Copas do Mundo, com quatro títulos (1934, 1938, 1982 e 2060), dois vice campeonatos (1970 e 1994) um terceiro (1990) e um quarto lugar (1978). Mas é também uma seleção com histórico de muitas surpresas negativas, a maior de todas quando foi eliminada dentro de casa, nas semifinais. Para a Copa no Brasil, a Itália se classificou com relativa facilidade. Na última rodada venceu a República Tcheca por 2 a 1, em Turim, e garantiu o primeiro lugar do Grupo B, com 20 pontos. Os italianos só ficaram fora das Copas do Mundo de 1930 e de 1958. E, dizem os analistas, chegarão ao Brasil com a possibilidade de ser uma das poucas seleções capazes de inovar em termos táticos. Já outros apostam que o time manterá seu estilo tradicional. De jogo forte, baseado nos contra-ataques. No Brasil, a Itália será o que é sempre: uma das favoritas ao título. A camisa Azzurra é dos times para ficar de olho. Seja pela parte tática, com a velha novidade dos três zagueiros, seja pela parte técnica, com bons jogadores e bola trabalhada, seja pela tradição representada. A Itália é prova de que “a camisa pesa”.

Equador

Melhor classificação nas Copas: Oitavas de Final em 2006

Embora seu futebol tenha evoluído bastante nos últimos anos, o Equador é o segundo time com retrospecto mais “pobre” na história dos mundiais da FIFA, ficando à frente apenas da Venezuela. Os equatorianos só chegaram às fases finais do Mundial em três oportunidades: em 2002, quando terminaram a competição em 24º lugar, em 2006, quando surpreenderam o mundo chegando às oitavas de final e ficando em 12º lugar; e agora, em 2014, ganhando a vaga mesmo sendo derrotados na rodada final pelo Chile. Ficaram inclusive à frente do tradicionalíssimo Uruguai. Entretanto, num grupo que tem França, Suíça e Honduras, as expectativas equatorianas ficam mais no campo do otimismo. Precisariam vencer Honduras e surpreender a Suíça. Isso, se acreditarmos que futebol tem lógica.

IMIGRAÇÃO

Alexandre Law Firm

JornalB&B

- Asilo - Reforma - Cidadania - Residência - Deportação

- Vistos de Família - Vistos de Trabalho - Mudança de Status Imigratório - Crimigração

Consulta: (407) 370-6996 Atendimento: - Português - Espanhol - Chinês - Crioulo - Inglês Edison Samways of Counsel

7031 Grand National Drive - Suite 109 - Orlando, Fl 32819 www.alexandrelaw.com info@alexandrelaw.com

Felipe Alexandre NY State Bar


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Vladimir Raposo - da Natural Energy, patrocinador master Fredison Costa, Alex Leonardo e Cris Leonardo

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

Fredison Costa

|| Caderno da Copa

|| Page 18

A explosão de alegria do brasileiro em mais uma vitória na Maratona Dsiney

Rio 2016 é sonho de Fredison Costa e esperança dos brasileiros Por Márcio Adalto Oitavo colocado no ranking da

Federação Brasileira de Atletismo, atleta brasileiro se destaca nos Estados Unidos e vira aposta para Olimpíadas em 2016. Contrariando o destino, Fredison Costa descobriu na corrida um sonho que nasceu bem antes da primeira vitória. O Começo Nove quilômetros separavam a Fazenda Alto Ligeiro da escola mais próxima. O ano era 1977 e o sertão nordestino era o cenário. Na pacata Riachão de Jacuípe, no interior da Bahia, meio de transporte era artigo de luxo. Para chegar até a escola, o jeito era ir andando. Por ironia do destino, uma das crianças que cresceu na Fazenda se destacava justamente pelo fato de ser ligeira. Diferente dos outros pequenos, Fredison Costa realizava todo o percurso correndo. Aos 8 anos de idade, correr não passava de uma brincadeira de criança. Era preciso driblar o sol escaldante do sertão, as chuvas, o calor e o frio. Mesmo com tantos desafios, Fredison não desistiu. Aliás, a mesma persistência o levou anos depois para o interior de São Paulo. A Mudança Já com 16 anos, Fredison passou a trabalhar num sítio em Piedade, cidade paulista próxima à Sorocaba. Logo se destacou e ficou responsável por todo o sistema de irrigação da lavoura. E não pense que ele

deixou a verdadeira paixão de lado, a corrida continuava sendo uma rotina. “Eu trabalhava controlando os registros de água. Cerca de 600 metros separavam um registro de outro. Enquanto abria um, tinha que fechar o outro. E tudo isso eu fazia correndo. Eu sempre gostei de correr.” Gostava tanto que chegava do trabalho, trocava as botas de plástico pelo tênis, fazia um lanche rápido e logo saia. “Aquilo fazia bem para mim. Eu gostava de suar. Correr também fazia bem para a minha vaidade e melhorava minha autoestima”, conta Fredison. Longe dos percalços do sertão, Fredison ainda se deparava com uma triste realidade: a ignorância das pessoas. Muitos não aceitavam tanta disposição e o julgavam mal por isso. Ao ponto de ele ter que correr escondido para escapar das humilhações. “Alguns sitiantes me viam correndo e me chamavam de vagabundo. Outros jogavam pedra em mim, mandando eu ir trabalhar. Teve ocasiões em que eu corria na estrada e os motoristas jogavam o carro em cima de mim. A cidade era muito pequena e as pessoas não aceitavam aquilo,” relembra. A Descoberta Apesar das circunstâncias tentarem frustrar os planos de Fredison, ele não desistiu. Em 1997 partici-

pou da primeira corrida. E venceu. A Prova das Cerejeiras foi disputada em Piedade, num circuito de 3 quilômetros. O prêmio era todo em mantimentos para a casa, desde macarrão instantâneo até sabão em pó. “Eu fiquei muito feliz. Mais feliz ainda ficou minha mãe, que ficou quase um ano lavando roupa sem precisar comprar sabão (risos).” Só que os desafios estavam só começando. No ano seguinte ele ganhou a prova novamente, mas foi proibido de participar da terceira edição. “Eles não deixaram eu correr dizendo que não tinha concorrente para mim”, conta Fredison. Em 1998, Fredison Costa descobriu o que era corrida de rua. E descobriu em grande estilo, disputando a Maratona de São Silvestre, em São Paulo - a maior prova do gênero no Brasil. “Foi ali que eu descobri o que era corrida, eu realmente não sabia, nunca tinha visto antes. Foi a partir dessa data que eu entendi que meu sonho era ser um grande atleta. Não só do Brasil, mas do mundo,” disse. A carreira De lá pra cá, Fredison não parou mais. Hoje, já perdeu as contas de quantas corridas participou. Foram ao todo 13 maratonas, 5 delas na Disney, em Orlando, onde subiu 3

vezes no pódio como campeão. Ele venceu a última edição da prova, disputada em 12 de janeiro deste ano. Com lágrimas nos olhos, Fredison se emociona ao tentar explicar o que significa o atletismo na vida dele. “Corrida é minha vida. Se hoje eu choro, é porque passa uma novela na minha cabeça, sabe. Eu vivo para correr e isso significa tudo pra mim. É a minha forma de passar uma boa mensagem.” Família Sem controlar a emoção, Fredison diz que não imaginava chegar aonde está hoje. Com diploma de uma faculdade de Educação Física, concluída em 2009, ele enxerga na família a principal motivação para continuar correndo em busca dos sonhos. “Eu não seria nada sem minha esposa e meus dois filhos”. Com um choro incontido, Fredison conta o que a filha disse para ele antes da última corrida que participou. “Ela me ligou e disse, ‘pai eu vou orar por você e você vai ganhar’. E eu ganhei mesmo. Eu luto com todas as minhas forças para ser bom naquilo que eu faço. E espero que meus filhos aprendam com isso.” Os patrocinadores também têm importância fundamental na carreira de Fredison. Entre as empresas que acreditam no potencial do atleta estão a Natural Energy, Baterias

Heliar & Optima, New Balance, Suncoast USA Operadora, e também conta com o incentivo do comércio brasileiro em Orlando, representado pela loja Brazil Center e Camila’s Restaurant. O Futuro Fredison concedeu essa entrevista dois dias antes de voltar para o Brasil, onde se prepara para o restante do calendário de corridas em 2014. “São muitos planos e projetos para este ano. A próxima corrida deve ser em março, estou me preparando para isso.” Quando o assunto é Olimpí-adas ele se mostra bastante cauteloso, mas confiante. Fredison está em oitavo lugar no ranking da Federação Brasileira de Atletismo e tem o sonho de participar dos Jogos Olímpicos, em 2016. “Estou bastante esperançoso, mas ainda temos muito trabalho pela frente,” ressalta. Fredison finaliza a entrevista ressaltando a importância de lutar pelos sonhos e persistir sempre. “Eu sei que para muita gente isso é pouco ou quase nada, mas para mim é bastante. Olhar para trás e ver de onde eu saí e onde estou hoje é fantástico. Com a força de Deus, eu superei muitas coisas e tenho certeza que vou superar tantas outras. Falo isso, porque a corrida é tudo para mim. É a minha vida. O meu combustível. O meu passado, presente e futuro.”


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 19

Fala Torcedor!

Quem você gostaria que o Brasil encarasse na Final da Copa, e por que?

Vera Schafer (Coral Springs) Eu gostaria que a final fosse com a Holanda, já que foram eles que nos eliminaram em 2010. Não acho que seria fácil. Mas é simplismente por razões vingativas! E nem teve nenhum holandes que tirou onda com minha cara na época! Aliás não conheço nenhum holandês. Eu ficaria preocupada mesmo é com a Itália…

JV Galindo (Deerfield Beach) Poderia ser Uruguai ou Argentina. uruguai porque a gente precsia devolver aquele fiasco de 1950 e o palco seria o mesmo Maracanã. nada mais perfeito. mas o torcedor brasileiro quer mesmo é a Argentina prá gente dar uma goleada e eles entenderem de uma vez por todas quem é que reina no futebol. Seria muito divertido qualquer das duas.

Andrea Faria (Boca Raton) Eu gostaria que o Brasil enfrentasse a Espanha. Porque ganhar duas vezes da Espanha, o time mais bem cotado atualmente, me daria muitooooooooo prazer. Já a pior seleção para enfrentar seria a Argentina, não porque é boa, mas porque não tem coração que aguente. É sempre um clássico e imprevisível.

João Alberto (North Bay Village) Para o futebol brasileiro só um adversário interessa nessa final: o Uruguai. Foram eles que fizeram a gente passar a maior vergonha de nossa história não é mesmo? E eu ainda quero que seja de goleada...Mas acho difícil acontecer essa final. Mais provável que seja a Argentina e a gente fica feliz do mesmo jeito. Seria muito bom ver esse duelo de Neymar com Messi numa final com o estádio furioso. Não sei se o Brasil chega na final, tá todo mundo falando nisso mas eu tenho minhas dúvidas...

Rogério Pinho (Miami) E você ainda tem dúvida?

José Roberto (Miami) Eu gostaria que fosse a Argentina! Porque se o Brasil ganhar vai ser um grande prazer passar 4 anos olhando para nossos “hermanos” dizendo “desta vez não”. Agora, se perder, vai ser ótimo também, porque assim o foco volta para as coisas que realmente são importantes para o Brasil.

ARGENTINA!!! Ericka Dichy (Aventura) Bem que eu gostaria que o Brasil encarasse a Itália. Porque meu pai é italiano e se eu ficasse triste com a derrota do Brasil, pelo menos ele estaria feliz! E eu já estou até preparada! Do Brasil temos bandeira, camiseta, relógio, apito faixa, etc. Da Italia só a camiseta mesmo! Aliás a família vai torcer unida, até meu pai está vindo do Brasil pra cá para assistirmos juntos a Copa.

Roberto Dias (Coral Gables) A A rg e n t i n a , p e l a competitividade das duas sele;cões. Para os nossos corações baterem bem forte!!! Muita emoção. E também para a Copa ficar na América do Sul e com o Brasil, lógico!

Leo Charamba (Orlando) Eu gostaria de enfrentar a Argentina, com certeza vai ser um grande espetáculo. Levando em consideração a história de cada país no futebol mundial, tem tudo pra ser o jogo do século. E será uma grande oportunidade para mostrarmos que somos melhores que eles !!!

A Itália está bem perto de você! - Eleita a melhor Lasagna de Broward County - Local para festas e eventos com Full Bar - Atmosfera romântica e familiar

954-565-9681

(proprietários brasileiros) - Chef Marco Vico e Família

Cafe Vico Restaurant 1125 North Federal Highway Fort lauderdale, Fl, 33304 www.cafevicorestaurant.com

Jornal B&B

Mauricio Barbieri (Orlando) Eu gostaria que o Brasil encarasse a Argentina ou a França. A Argentina porque não ha prazer maior do que ganhar “de los hermanos” !!! E a França porque eu ainda NÃO ENGOLI aquela final de 2006 !!!! Abraços a todos e bola na rede BRASILLLLLL !!!!


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

No Mundo dos Esportes

|| Caderno da Copa

|| Page 20

Temporada pode surpreender Os testes de pré-temporada já demonstraram que tudo pode “virar de cabeça para baixo” na temporada 2014 da Fórmula 1, que começa dia 16 de março com o GP da Austrália em Melbourne. E muitos apostam que Felipe Massa (até agora, o único brasileiro no grid) pode ser uma dessas surpresas, já que ele demonstrou que o novo carro da Williams tem potencial.

Volta a dobradinha Petrobras-Williams A Petrobras fechou contrato de parceria tecnológica com a Williams, equipe que terá como piloto principal este ano o brasileiro Felipe Massa e, dessa forma, marca seu retorno à Fórmula 1. O acordo para a temporada de 2014 prevê apenas a exibição da marca da Petrobras no carro do time britânico. O fornecimento de combustível, segunda etapa do projeto, começará a partir da temporada de 2015. Felipe Massa tem um con-

trato de 5 anos com a Williams. Os valores do contrato entre a equipe e a estatal brasileira não foram divulgados. Petrobras e Williams já tiveram uma parceria de 11 anos, e segundo a presidente da Petrobras, Graça Foster, “foram anos de avanços significativos no desenvolvimento de produtos, como a gasolina Pódium. Participar dessa competição é um desafio enorme, pois nos obriga a estar cada vez mais preparados para os mais altos padrões de qualidade...”, concluiu a executiva brasileira.

A Petrobras forneceu combustível para a Williams entre 1998 e 2008. Ao longo deste período, também se associou à BMW, Toyota e algumas equipes que usavam motores Cosworth. O dono da equipe britânica, Frank Williams, também comemorou o acerto da parceria. “A Petrobras e a Williams já tiveram uma parceria bem sucedida no passado, e estamos todos ansiosos para nos unir novamente em 2014. Eles são muito competentes e isso será importante para a equipe”.

A temporada que reintroduz os motores turbo e mais uma infinidade de novas especificações técnicas será um grande desafio, não apenas para consagrados campeões como Vettel, Alonso, Hamilton e Raikkonen, como para pilotos em ascenção e novatos que, em alguns casos “compraram” suas vagas com patrocínios polpudos. Com isso, muito piloto de talento mas sem patrocínio ficou de fora. Confiram abaixo a temporada que, nos EUA, será transmitida pela FOX Sports. 16 de Março.........Austrália (Melbourne) 30 de Março.........Malásia (Sepang) 6 de Abril.............Bahrain (Sakhir) 20 de Abril...........China (Xangai) 11 de Maio...........Espanha (Barcelona) 25 de Maio..........Mônaco (Monte Carlo) 8 de Junho..........Canadá (Montréal) 22 de Junho........Áustria (Spielberg) 6 de Julho...........Grã Bretanha (Silverstone) 20 de Julho.........Alemanha (Hockenheim) 27 de Julho.........Hungria (Hungaroring) 24 de Agosto.......Bélgica (Spa-Francorchamps) 7 de Setembro....Itália (Monza) 21 de Setembro..Singapura (Marina Bay) 5 de Outubro.....Japão (Suzuka) 12 de Outubro...Rússia (Sochi) 2 de Novembro..Estados Unidos (Austin) 9 de Novembro..Brasil (Interlagos) 23 de Novembro..Abu Dhabi (Yas Marina)


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March 2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 21

No Mundo dos Esportes Copa do Brasil começa dia 12 de março com jogos pela TV Com a realização de 14 partidas da primeira Fase, começa dia 12 de março a Copa do Brasil 2014, a segunda mais importante competição nacional do futebol brasileiro e que tem como prêmio maior garantir ao seu vencedor uma vaga na Taça Libertadores de 2015.

A Copa do Brasil tem como maior atrativo o fato de reunir numa mesma competição inteiramente no sistema eliminatório “mata-mata”, (dois jogos, um em cada sede dos times), times de todos os estados do Brasil e que estão em todas as quatro divisões do futebol brasileiro. Graças a essa integração, ao longo da competição que teve início em 1989, além de clubes considerados “grandes”, também levantaram a taça equipes de menor tradição, como o Criciúma (1991), Juventude (1999), Santo André (2004) e Paulista (2005). Grêmio e Cruzeiro ganharam a Copa 4 vezes. Flamengo e Corínthinas, três. Palmeiras, duas vezes. Fluminense, Vasco, Sport, Internacional, Santos, Criciúma, Juventude, Paulista e Santo André, uma vez cada.

O Flamengo foi campeão da edição 2013 da Copa do Brasil derrotando o Atlético do Paraná na final. Com isso garantiu presença na Libertadores 2014.

Confira os jogos da primeira rodada da Copa do Brasil 2014

Vilhena (RR) x Palmeiras (SP) Tombense (MG) x Treze (PB) Flamengo (PI) x Atlético (GO) Desportiva (ES) x ABC (RN) Goianésia (GO) x Barueri (SP) Interporto (TO) x Sampaio Correa (MA) Juazeiro (BA) x Tupi (MG) Sergipe (SE) x Náutico (PE) São Luiz (RS) x Nacional (AM) Náutico (RR) x Ponte Preta (SP) Princesa do Solimões (AM) x Brasiliense (DF) Rondonópolis (MT) x CRB (AL) CSA (AL) x São Paulo (SP) Remo (PA) x Internacional (RS) CENE (MS) x Coritiba (PR) Londrina (PR) x Criciúma (SC) Bahia de Feira (BA) x Corínthians (SP) Villa Nova (MG) x Bahia (BA) São Bernardo (SP) x Paraná Clube (PR) Novo Horizonte (CE) x Fluminense (RJ)

Potiguar (RN) x Portuguesa (SP) Paragominas (PA) x ASA (AL) Boavista (RJ) x América (RN) Santos (AP) x América (MG) Botafogo (PB) x Goiás (GO) Santa Rita (AL) x Guarani (SP) Lajedense (RS) x Bragantino (SP) Caldense (MG) x Duque de Caxias (RJ) Maranhão (MA) x Payssandú (PA) Barbalha (CE) x Cuiabá (MT) Parnahyba (PI) x Ceará (CE) Plácido de Castro (AC) x Figueirense (SC) Mixto (MT) x Santos (SP) Brasília (DF) x Sport (PE) J.Malucelli (PR) x Vitória (BA) Lagarto (SE) x Santa Cruz (PE) Naviraiense (MS) x Avaí (SC) Resende (RJ) x Vasco (RJ) Rio Branco (AC) x Chapecoense (SC)

ESCRITÓRIOS MOBILIADOS PARA ALUGAR - Escritórios Privativos - Escritórios Virtuais - Salas de Reunião

OFERECEMOS: - Recepcionista - Atendimento Telefônico - Internet

- Aluguel por Dia, Mês ou Ano - Localização Privilegiada - Wireless de Alta Velocidade - Serviço de Concierge - Caixa Postal Particular - Agendamento Online

Escritórios iados Mobil de a partir

U$

450

- Lounge - Cozinha Equipada - Estacionamento

Escritórios ais irrtitu Vpa r de a

U$

- Atendimento Personalizado (Português/Inglês/Espanhol)

49

ALUGUE AGORA E RECEBA UM MÊS GRÁTIS 7901 Kingspointe Parkway, Suite 19 Orlando, FL 32819 Horário: Segunda a Sexta, das 9am - 5pm

Fone: 407-545-6418 - www.upperoffices.com

EXECUTIVE SUITES & BUSINESS CENTER

Jornal B&B

E os torcedores brasileiros residentes no exterior irão assistir a alguns jogos da Copa do Brasil pela TV Globo Internacional e Canal PFC. A Band, que tinha inicialmente feito um acordo com a Globo para transmitir os jogos tanto dentro quanto fora do Brasil, se desinteressou pela competição e os boatos de que a Globo repassaria esses direitos à Record não tiveram fundamento. Consultada, a Globo confirmou que fará a transmissão exclusiva da Copa do Brasil.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

1954 SUÍÇA Países Participantes: 16 Campeão: Alemanha Vice: Hungria Terceiro: Áustria Quarto: Uruguai Brasil: Eliminado pela Hungria nas quartas-de-final

||

Vol 20

|| Num 3 || March 2014

O dia em que a “zebra” levantou o caneco

A Copa de 1954 foi realizada na Suíça, país que sedia a FIFA e celebrou 50 anos de fundação da entidade máxima do futebol mundial. 16 países participaram da etapa final e a grande estrela era a seleção da Hungria, que vivia um momento excepcional, com seu artilheiro Puskas. O Brasil levou um excelente time onde ainda brilhava Didi, ao lado de Djalma Santos e Julinho. E foi bem na fase de grupos, vencendo o México por 5 a 0 e empatando com a Yugoslávia por 0 a 0. Nas quartas-de-final, enfrentamos e perdemos da Hungria por 4 a 2.

1962 CHILE Países Participantes: 16 Campeão: Brasil Vice: Tchecoslováquia Terceiro: Chile Quarto: Yugoslávia Zebra: Chile, que não tinha nenhuma tradição e foi 3º.

Para surpresa de muitos, depois de fazer 2 a 0, no começo do primeiro tempo, os húngaros permitiram o empate ainda na primeira fase. O segundo tempo foi de Hungria toda no ataque e Alemanha recuada na defesa. Um gol “do meio da rua”, do atacante alemão Rahn, aos 39 do segundo tempo, deu o inesperado título aos alemães. A partida ficou conhecida como “O Milagre de Berna” e virou filme em 2003.

O domínio brasileiro segue imperturbável Realizada num país que não tinha nenhuma tradição no futebol mundial, o Chile, a Copa de 1962 estava ‘desenhada’ para ser um disputa entre o Brasil, Argentina, Uruguai e as fortes seleções da Europa. E o Brasil, com Pelé e Garrincha, era mesmo o grande favorito. Entretanto, a passagem no Grupo 3 foi complicada. Depois de vencer o México por 2 a 0, o Brasil empatou contra a Tchecoslováquia, perdeu Pelé seriamente contundido e ganhou de forma dramática da Espanha por 2 a 1, depois de estar perdendo por 1 a 0. Nas quartas-de-final o Brasil, já comandado pelos dribles de Garrincha, “acordou”. Vencemos a Inglaterra por 3 a 1 e na semifinal, jogando contra os donos da casa e 45.000 torcedores chilenos, vencemos por 4 a 2, novamente sendo aplaudidos pelos próprios adversários. Na outra semifinal, a Tchecoslováquia surpreendia e vencia a Yugoslávia por 3 a 1, chegando à final e repetindo o duelo contra o Brasil, onde, segundo os analistas, havia jogado melhor que a seleção canarinho no empate em 0 a 0. Entretanto, os chamados “deuses do futebol’ estavam mesmo amarrados aos pés imprevisíveis e pernas tortas do “Mané” Garrincha. Embora os Tchecos fizessem 1 a 0 com Masopust, Amarildo, Zito e Vavá fizeram os 3 gols da vitória por 3 a 1.

Com seus dribles desconcertantes, “Mané” Garrincha foi a estrela maior da Copa de 62 e força decisiva no bicampeonato do Brasil, que, alí, dominava o futebol mundial.

|| Page 22

E finalmente gritamos; “Brasil campeão!”

Alemanha, União Soviética, Hungria, Suécia e Inglaterra, ao lado do Brasil, eram considerados favoritos numa Copa em que, pela primeira vez, os jogos seriam transmitidos “ao vivo” para diversos países da Europa. Era a entrada da televisão nas Copas, um ‘casamento’ que teria um futuro dos mais revolucionários, sendo hoje a principal fonte de receita da FIFA. O Brasil ficou no fortíssimo Grupo A, com Inglaterra, Áustria e Rússia. Vencemos a Áustria por 3 a 0, empatamos com a Inglaterra em 0 a 0 e derrotamos a União Sociética por 2 a 0. Nas quartas-de-final eliminamos a “zebra”, País de Gales por 2 a 0.

1958 SUÉCIA Países Participantes: 16 Campeão: Brasil Vice: Suécia Terceiro: França Quarto: Alemanha Zebra: País de Gales, que o Brasil eliminou nas quartas.

Passamos então para a semifinal para enfrentar a fortíssima França de Just Fontaine. Vencemos por 5 a 2 num jogo memorável. A mesma França viria a derrotar a Alemanha pela decisão do terceiro lugar por 6 a 3. Chegou então a grande final. O Brasil, já com Pelé glorificado, enfrentava os donos da casa, a Suécia, diante de mais de 50.000 espectadores. Como ambas as seleções tinham uniforme amarelo, o Brasil perdeu no sorteio e jogou de camiseta azul. Em campo, o que se viu foi um show espetacular de Garrincha, Pelé, Vavá, Zito, Mazzola, Nilton Santos, Didi, Gilmar, Zagallo, entre outros, terminando 5 a 2 para o Brasil que foi aplaudido de pé pelos suecos.

Brasil quebra, Portugal brilha e Inglaterra vence A oitava Copa do Mundo aconteceria no país que “inventou” o futebol: a Inglaterra e desde o início o clima criado pela mídia britânica era de grande euforia. Havia a “cobrança” em trazer para casa um título do qual os ingleses-inventores nunca haviam sequer chegado perto. O futebol brasileiro vivia uma crise, com as federações do Rio e São Paulo em pé de guerra e isso afetou enormemente a formação da seleção. Mas o fato é que, mesmo com um time pouco inspirado, o Brasil seria eliminado na fase de grupos por derrotas contra Portugal e Hungria, com substancial ajuda dos árbitros ingleses. Falou-se muito na “estratégia’ dos ingleses em eliminar o Brasil logo e, realmente, não apenas essa, mas muitas arbitragens desta Copa levantaram grandes suspeitas. Portugal, que pela primeira vez aparecia bem numa Copa, era a “zebra” que chegaria ao terceiro lugar, graças em parte às grandes atuações do craque moçambicano Eusébio. Mas a maior surpresa da Copa seria mesmo a Coréia do Norte que se classificou para as quartas de final derrotando de forma quase assombrosa, a poderosa Itália, por 1 a 0. E nas quartas-de-final venciam Portugal por 3 a 0 quando, milagrosamente, e graças a Eusébio, os portugueses viraram para 4 a 3. Para chegar à Final, a Inglaterra eliminaria, também em jogos com arbitragens controversas, a Argentina e Portugal. A Alemanha Ocidental deixara pelo caminho a União Soviética e o Uruguai. Na final, cercada da enorme rivalidade entre alemães e ingleses, diante de 98.000 espectadores no Estádio Wembley, a Inglaterra venceu por 3 a 2, na prorrogação, com um gol que, de fato, não aconteceu. A polêmica dura até hoje.

Nome na História

Com apenas 18 anos de idade, pelé foi a grande sensação da Copa e começou alí o que seria o mais longo reinado do esporte mundial, já que até hoje é considerado o “Rei”.

1966 INGLATERRA Países Participantes: 16 Campeão: Inglaterra Vice: Alemanha Terceiro: Portugal Quarto: União Soviética Brasil: Coréia do Norte

Nome na História

Garrincha foi o “cérebro” do jogo. Atraindo muitas vezes até 4 marcadores do time adversário, criava espaços para os demais companheiros atacarem e por pouco o Brasil não deu uma goleada histórica na Copa de 62. O Brasil saía de campo bi-campeão e indiscutivelmente a maior potência do futebol mundial. Ainda não foi desta vez que a TV brasileira transmitiu os jogos.

|| Caderno da Copa

Nome na História

www.JornalBB.com

História das Copas

O Estádio Wankdorf, em Berna, recebeu 60.000 pessoas para acompanhar a partida final entre Alemanha Ocidental e Hungria, uma repetição do jogo da primeira fase, quando a Hungria venceu os reservas alemães por 8 a 3. O time húngaro era o favorito, pois vinha de 32 partidas invicto. Ninguém duvidava de que seria campeão.

O multitalentoso Puskas, da Hungria, foi o grande nome da Copa e mesmo sem o título, entrou para a história do futebol mundial como um dos maiores de todos os tempos.

||

Nome na História Décadas antes de Cristiano Ronaldo se tornar o maior nome do futebol português, foi o moçambicano Eusébio que colocou o futebol lusitano no mapa.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 23


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Vol 20

||

Num 3 || March2014

||

www.JornalBB.com

|| Caderno da Copa

|| Page 24

Já está pronto e arrumado para você se servir e experimentar, a NOVIDADE no

Vittorio’s.

Café da Manhã completo no estilo brasileiro. Agora, você vai poder levantar um pouco mais tarde, e ainda saborear um café da manhã dos deuses...

ACORDA!

O Café da Manhã está servido! Serviço de Buffet All You Can Eat: - Café preto ao estilo brasileiro - Leite quente, leite frio - Chás variados: quente e frio - Chocolate quente e frio - Queijos variados: fresco, mussarela, cream cheese - Sucos variados: laranja, uva, morango, maçã - Bolos variados: fubá, chocolate, cenoura - Omelete, Bacon, Salsichas em rodelas - Presuntos variados, peru, porco e salame - Geleias variadas, Manteiga de leite - Croissant salgado e doce - Torradas com alho e manteiga - Pães variados: francês, pão de queijo, pão de forma - Salada de frutas - Melão, Maçã, Abacaxi, Melancia, Mamão, Banana

Jornal B&B

Reservas e Informações: 407.352.1255

BRAZILIAN RESTAURANT Local de tradição e bom atendimento

- Iogurte e Cereais variados - Doce de leite, arroz doce, cookies e muito mais...

5159 International Drive - Orlando, Fl 32819 Horários: Café da Manhã: 7am às 10:30am Almoço: 11am às 3:30pm Jantar: 3:30pm às 11:30pm Delicioso Estilo Buffet Aberto Diariamente - Amplo Estacionamento

Bb world cup  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you