Page 1

FREE

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

GRÁTIS1

www.JornalBB.com

Since 1994

Siga o Jornal B&B no seu celular

Amaury Jr. retorna a TV Bandeirantes

Brasileiras Brasileiros

página 21

THE LARGEST DIRECT MAIL BRAZILIAN NEWSPAPER IN THE US

PERIODICALS POSTAGE PAID AT ORLANDO, FL USPS # 018-834

O que você faria por amor? página 4

Segundinho vai à Copa da Rússia

Bill Gates tem preocupação com visão de Trump sobre EUA página 12

página 36

Peter Peng analisa o massacre em Parkland página 32

Se o seu nome não aparece impresso na etiqueta abaixo é porque você não tem uma assinatura grátis do jornal B&B. Para ser assinante e receber o jornal em casa, é só preencher e enviar o cupom abaixo. Obrigado. ASSINE E RECEBA GRÁTIS NO SEU ENDEREÇO NOS ESTADOS UNIDOS &IRSTNAME\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\ ,ASTNAME \??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\

PERIODICALS POSTAGE PAID AT ORLANDO, FL USPS # 018-834

POSTMASTER: SEND ADDRESS CHANGES TO: BRASILEIRAS & BRASILEIROS, INC. 4847 LAKE MILLY DRIVE - ORLANDO, FL 32839-2075

!DDRESS\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\ \??\??\??\??\??\??\??\??\\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\#ITY \??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\ \??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\3TATE \??\??\:IP\??\??\??\??\??\??\??\??\ % MAIL\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\ ?\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\ & \ ! \ 6 \ /\ 2 \\ 0\ 2 \ % \ % \ . \ #\ ( \ % \ 2 \\ % \ - \\ , \ % \ 4 \ 2 \ ! \ 3 \\ $\ % \\ & \ /\ 2 \ - \ !



*ORNAL"RASILEIRAS"RASILEIROS




Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

INFORME PUBLICITÁRIO

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

Carol Larson

Dez erros comuns a serem evitados na declaração de imposto

F

ique atento e esteja preparado: não cometa estes erros simples durante o período de declaração de impostos Com o prazo de declaração de imposto de renda chegando ao final, é muito comum sentir-se despreparado e sobrecarregado. Cometer erros em sua declaração pode frustrá-lo e atrasar a entrega, podendo gerar penalidades no IRS (receita federal). Para ajudar, elaboramos uma lista com os erros mais comuns cometidos pelos contribuintes durante o período de declaração. Você transformará sua declaração de imposto de renda em um processo mais simples e suave, se estiver preparado e puder evitar estas falhas. O que evitar durante o período de declaração de imposto de renda 1. Esquecer seus documentos Reúna antecipadamente tudo que for necessário a ser declarado: incluindo o seu cartão do seguro social ou seu ITIN (número individual de identificação de contribuinte), o EIN (número de identificação de empregador) de sua empresa, e seus relatórios de ganhos, como o W2 e 1099.

2. Misturar diversão e negócios Evite misturar as despesas e ganhos de sua empresa com suas contas correntes pessoais, e vice-versa. 3. Não ter seus recibos em ordem Mantenha suas faturas e recibos organizados antes de começar sua declaração: você levará mais tempo do que imagina para reuni-los e entendê-los. 4. Não manter seus registros financeiros atualizados Não manter sua contabilidade em ordem durante o ano pode custar muito caro quando o período de declaração chegar. Contrate os serviços de um contador qualificado se você tem dificuldades de manter tudo em dia. 5. Não estar preparado para os impostos trimestrais A obrigatoriedade de realizar pagamentos trimestrais estimados pode afetar muitas pessoas. Saiba mais quem deve pagar impostos trimestrais estimados no site do IRS. 6. Omitir informações fiscais importantes Nunca tente omitir ou modificar informações referentes a

sua situação fiscal. 7. Esquecer os prazos de entrega Como pessoa física, jurídica ou empresário, você sempre deve se lembrar dos prazos mais importantes do calendário fiscal. Este ano, os prazos de entrega de imposto começam em 15 de março. Entre em contato conosco para saber o seu prazo. (veja tabela) 8. Não possuir os documentos originais Guarde sempre seus documentos originais em um lugar seguro. 9. Recusar-se a pagar o que deve Não deixe de declarar os impostos por medo de receber uma taxa de imposto alta que não possa pagar. Ao contrário, garanta que declare no prazo

correto e entre em contato com o IRS para fazer um acordo de parcelamento. 10. Não verificar se sua exceção é válida Existem algumas exceções para os prazos de declaração e pagamento de imposto de renda, mas não deixe para verificar se a sua está válida no último minuto. Caso você precise de mais tempo para declarar, você deve solicitar uma extensão do seu prazo, para evitar penalidades. Lembre-se de que a extensão é para a declaração e não para o pagamento. Você está tendo dificuldades neste período de declaração de impostos? A Larson Accounting Group pode ajudar com as suas declarações de impostos de renda pessoais e empresariais, além de possuir experiência especializada em tributação internacional.




4

EDITORIAL

“CUBA LIBRE”

A

o decidir visitar Cuba, primeiro tive que ganhar coragem e perder preconceito. Durante o voo, num Embraer, senti racionamento no espaço e no serviço. Afinal, pra que mais, se em pouco mais de 1 hora eu já estava em solo cubano com a mala na mão? Apesar de viajar em grupo de 6 pessoas, cada um se dirige sozinho ao oficial de imigração. No guichê, nenhuma pergunta. Olha o passaporte; mira nos olhos; fotografa o rosto; dá uma carimbada e falo baixinho: “bien venido”! No próprio aeroporto, consegue-se adquirir o CUC, moeda local destinada ao turista. Um tipo de caixa automática que não quis funcionar após 3 tentativas. Finalmente, um “tapinha” que o segurança dá na máquina consegue concluir a transação de câmbio. Na saída do saguão do aeroporto, sente-se um “quê” dos anos 50 e um ar quente seguido de brisa suave. Carrões antigos coloridos, americanos e russos, circulam pela avenida principal transportando passageiros. De longe, uma paisagem histórica. De perto, os veículos não escondem o desgaste ao tempo. Não importa: a viagem é cultural. Julio, o taxista aparentando 35 anos, dá várias recomendações de como se comportar e o que fazer em Cuba, em apenas 4 dias. Conta que trabalha in-

Brasileiras & Brasileiros, Inc. Eraldo Manes Junior é paulistano, vive em Orlando, Fl desde 1990. É fundador e publisher do Jornal B&B, desde 1994. emanes@jornalbb.com

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

Advertising Deadlines

Brasileiras & Brasileiros, Inc. Fundado em 1994

dependentemente para a companhia de taxi (tipo Mears) e recebe 30% do que fatura. Tem mulher e um casal de filhos pequenos e recebe do governo uma caixa de mantimentos para o mês. Mora a 70 Km de Havana, acorda às 4 da manhã para chegar no trabalho e, depois de 8 horas de batente, retorna ao lar. São 12 horas diárias de batente e se quiser, tem trabalho para os 7 dias. Durante o trajeto, Julio dirige com segurança, usa o cinto, fuma a viagem toda e não larga o celular. Estende a conversa e conta que tem uma irmã médica, que recebe o equivalente a US$70 por mês; outra mais nova, que é professora na escola pública e recebe US$20 por mês. Lembra orgulhoso que vem de uma família de camponeses, e todos os irmãos estudaram gratuitamente entre os 5 e 17 anos de idade. Ele não fez curso Superior como as irmãs, porque não gosta de estudar e não adquiriu nota suficiente para ingressar na faculdade. Não se lamenta. Afirma que gosta do que faz. No apartamento, com reserva feita no Air B&B, fomos bem recebidos por Maria, uma senhora aparentando uns 60 anos. Muito falante, além das dicas de restaurantes e passeios por Havana, ela conta que adquiriu o imóvel do Governo, há uns 5 anos. Uma lei federal continuação na página 6

www.JornalBB.com

4847 Lake Milly Drive Orlando, FL 32839-2075 - USA Fones: (407) 855-9541 e (407) 353-2799

www.jornalbb.com info@jornalbb.com

Publisher: Eraldo Manes Junior Editor-In-Chief: Maida Bellíssimo Manes News Designer: Marily Smith

WINNER Brazilian International Press Awards • Best Newspaper Editorial • Outstanding Work - 2013 • Best Community Article - 2012 • Women Community Leadership - 2011 • Golden Award (Over 10 Years of Service) • Editor of the Year - 2008 • Newspaper Layout - 2008

Hispanic Corporate Achievers • Hispanic 100 Media - 1997

CIRCULAÇÃO AUDITADA

International Correspondent: Edinelson Alves Contributing Writers: Amaury Jr. Edinelson Alves, Marcio da Cruz Alves, Peter Peng e Roberta Detti. Sales Managers: Paulo F. Martins (in memorian) Sandro Coutinho Member:

BrasileiraseBrasileiros

Advertising and publicity deadlines are vary every month. It is the advertiser’s responsibility to submit fresh advertising materials each month if desired. Please call for information of the next deadline. Send Us Your News Brasileiras & Brasileiros welcomes story ideas and Press Releases along with photographs of interest to the Brazilian Community living in the United States. Deadline to editorial is the 20th of every month. Distribution The Brasileiras & Brasileiros is a Direct Mail publication targeting the Brazilian Community living in the US. More than 7,000 families receive BY MAIL this publication free of charge. It is an audience of more than 30.000 readers a month. If you want to be added to this list, please find a subscription form on the COVER of this edition and submit to us. Wait for one month to start receiving your free copy. Additional Copies Brasileiras & Brasileiros can be found in restricted commercial areas in Central Florida, such as Brazilian Restaurants, Supermarkets, Shopping Malls. Please Call us 407.855.9541 to know where it is available.

Periodical # 01-4 Jornal B&B USPS # 018-834 IS PUBLISHED MONTHLY BY Brasileiras & Brasileiros, Inc. 4847 Lake Milly Dr. ORLANDO, FL 32839 POSTMASTER: SEND ADDRESS CHANGES TO: Brasileiras & Brasileiros, Inc. 4847 Lake Milly Dr. - ORLANDO, FL 32839 PERIODICALS POSTAGE PAID AT ORLANDO, FL 32839

Duplicates If you receive more than one copy, both in your name or the same address, please call us at 407.855.9541 to cancel one copy. Thus we will give the opportunity to other new reader start receiving this free publication. Responsibility Products, services, information and/ or opinions featured in ads content offered to readers are not an endorsement by the publisher Brasileiras & Brasileiros, Inc. Publisher assumes no responsibility for errors, gimmicks or hassles, in any customer-approved advertising copy for this publication. No part of this publication may be reproduced without written permission from the publisher. Brasileiras & Brasileiros, Inc. reserves the right to refuse advertising spaces at the publisher’s discretion. Copyright 1994-2018. All rights reserved.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com




Brasileiras & Brasileiros, Inc.

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

SEGURANÇA

Continuação da página 4 - Editorial

permite a privatização de algumas propriedades, e Maria pode agora, -mantendo o imóvel, alugando, pagando os impostos-, trabalhar como autônoma. No plano de viagem, estava previsto fazer o café da manhã no próprio apartamento e deixar almoço e jantar para conhecer diferentes restaurantes. Vale lembrar que, o turista que se hospeda em bons hotéis, não sente diferença em Cuba das mordomias de Cancún, Porto Rico ou Punta Cana. Entretando, o turista que decide “viver” como morador local, vai encontrar dificuldade para achar artigos básicos como: café, suco, pão, manteiga, açúcar, ovos, banana, laranja, papel higiênico, etc. Abacaxi tem bastante. O povo cubano é hospitaleiro, patriota e, aparentemente, feliz. Conversa alto, canta, dança, tem sempre um cigarro na mão e um sorriso no rosto. Orgulha-se em dizer que tem Educação e Saúde grátis, e não lamenta que falta transporte, coleta de lixo e manutenção de vias públicas. Exceto edifícios públicos, hospitais e escolas, é difícil ver limpa a fachada de uma mansão dos anos

|| Vol 24

40; hoje transformada em moradia comunitária, que abriga várias famílias juntas. O cubano pode escolher entre 4 canais de TV, que incluem música, esporte, notícia e entretenimento. A rede de internet dá sinais de que vai expandir rapidamente. Já existe, em fase de teste, uma plataforma de vendas online chamada Boulevar Cubano, leia na página 12. Nas ruas, muita coisa chama atenção. O que já é esperado como: rum, cuba libre, pina colada, daiquiri, cigarro, charuto, artesanato, pintura, escultura, jóias em prata e ouro, carrões antigos, charretes e muito mais. As supresas ficam por conta do inusitado: coca-cola “made in mexico”, Michael Jackson no rádio, Pato Donald na TV e ver um autêntico cubano vestindo uma camisa onde se lê “I Love New York”. O retorno, mais uma vez é tenso. O oficial de imigração abre o passaporte, pede para olhar a câmara e, gentilmente solicita: “Senhor, favor tirar os óculos escuros, o chapéu e o charuto da boca”. Agradece, dispara, mais uma carimbada e boa viagem.

Anistia Internacional denuncia segurança A segurança pública no Brasil se deteriorou no ano passado, período em que aumentou o desdobramento das forças armadas para trabalhos policiais e de ordem pública no país, segundo o relatório da Anistia Internacional (AI) 2017-18. “As políticas de segurança pública seguiam se baseando em intervenções públicas policiais muito militarizadas, motivadas principalmente pela denominada ‘guerra contra as drogas’”, destacou a AI. A AI lembrou que em janeiro do ano passado o Ministério de Justiça anunciou um Plano Nacional de Segurança Pública para reduzir o número de homicídios, combater o tráfico de drogas e fazer uma revisão do sistema penitenciário. No entanto, “não chegou a ser apresentado e nem implementado um plano detalhado e cansativo, e a situação em matéria de segurança pública se deteriorou no transcurso do ano”, salientou.

SEGURANÇA

Alexey Nikolsky/Sputnik



Vladimir Putin em foto de 23 de fevereiro

Putin se reúne com Ministério para discutir segurança durante a Copa O presidente da Rússia, Vladimir Putin, convocou o Ministério do Interior local para garantir a segurança das delegações e da torcida durante a Copa do Mundo deste ano, que será disputada no país de 14 de junho a 15 de julho. “Devemos organizar a Copa no mais alto nível e, principalmente, garantir a máxima segurança dos jogadores e dos torcedores”, disse Putin em reunião com funcionários do Ministério. “Tanto o sucesso do torneio quanto a imagem do país dependem da qualidade do trabalho das forças de seguran-

ça”, acrescentou o líder, que demonstrou confiança de que não haverá grandes problemas durante a competição. “Falta menos de meio ano para o início da Copa, que acontecerá em onze cidades. Não tenho dúvidas de que no campeonato em qualquer situação vocês vão atuar de maneira correta em estrita consonância com a lei”, declarou o presidente, em discurso direcionado aos integrantes do Ministério. O Comitê Nacional Antiterrorista também se pronunciou a respeito durante o encontro com

Putin e garantiu estar preparado para o Mundial. “Fizemos tudo que é possível para que a Copa do Mundo transcorra com normalidade, sem nenhum tipo de perigo”, afirmou um representante do órgão. Recentemente, a segurança da Copa se tornou pauta devido ao comportamento violento de torcedores russos, especialmente os do Spartak Moscou, que entraram em conflito com a polícia na Espanha antes do jogo contra o Athletic Bilbao, pela Liga Europa. Um agente morreu de infarto durante os enfrentamentos.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com






Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com




10

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

EUA

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

11

www.JornalBB.com

Trump:

num ataque armado. Minutos depois, em outra mensagem, ele anunciou que impulsionaria a Revisão Integral de Antecedentes com ênfase em saúde mental, aumentaria a idade mínima de acesso a armas para os 21 anos e proibiria a venda de dispositivos que transformam rifles em armas automáticas. “O Congresso está no momento adequado para finalmente fazer alguma coisa sobre esta ques-

tão. Espero!”, afirmou. Conforme a lei americana, a idade mínima para comprar pistola é 21 anos e para adquirir uma espingarda é preciso ter pelo menos 18, mas alguns vendedores sem licença podem fornecer as armas a pessoas ainda mais jovens. O autor confesso do ataque na Flórida, Nikolas Cruz, tinha 19 anos e promoveu o massacre com uma arma adquirida legalmente.

Mike Stocker

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que vai analisar a possibilidade de armar alguns professores, já que “uma escola ‘livre de armas’ é um ímã para pessoas más” e defendeu que tomará medidas para restringir o acesso às armas de fogo. “Vou analisar a possibilidade de dar armas escondidas para armar professores aptos com experiência militar ou especial de formação”, disse Trump no Twitter. Ele situou o número de profissionais com esta formação em 20% e acrescentou que desta maneira eles poderiam atirar se um “psicopata selvagem” chegasse a uma escola com “más intenções”. Trump insistiu assim na controversa sugestão feita ao receber na Casa Branca um grupo de pessoas afetadas por ataques em escolas nos Estados Unidos, entre elas seis estudantes do instituto da Flórida, onde 17 pessoas morreram

Shawn Thew

“Uma escola sem armas é um ímã para pessoas más”

Cristóbal Herrera

Autor do massacre da Flórida sofria depressão, déficit de atenção e autismo

Maioria dos americanos quer mais ações para prevenir tiroteios Uma pesquisa revelou que 62% dos americanos consideram que nem o presidente Donald Trump nem o Congresso fazem o suficiente para prevenir tiroteios massivos no país, embora a maioria culpe a saúde mental antes do acesso às armas de fogo. A pesquisa, elaborada para o jornal “The Washington Post” e a emissora “ABC”, indica que a maioria dos entrevistados considera

que Trump não está tomando as medidas apropriadas após o tiroteio na Flórida que deixou 17 mortos e 15 feridos. A rejeição é ainda maior ao trabalho do Congresso, culpado para 77% dos americanos, de acordo com a pesquisa. No entanto, a maioria dos indagados (58%) ressaltou que a principal causa desses tiroteios massivos é a incapacidade para identificar e tratar

doenças mentais. Por outro lado, apenas 28% apontaram como responsável as frágeis leis de controle ao acesso de armas. A pesquisa, realizada com 808 adultos de 15 a 18 de fevereiro, tem uma margem de erro de 4%. A pesquisa acontece depois do tiroteio em Parkland (Flórida), que reabriu o debate sobre o controle de armas nos Estados Unidos.

O Departamento de Crianças e Famílias (DCF) da Flórida, nos Estados Unidos, publicará um documento sobre Nikolas Cruz, autor confesso do massacre de 17 pessoas em uma escola de Parkland, no qual afirma que o jovem sofria depressão, déficit de atenção e autismo. Em um caso aberto em setembro de 2016, o DCF qualificava Cruz como pessoa “vulnerável” com vários problemas mentais, o que levou os médicos a receitarem um ou mais remédios para essas desordens, segundo o relatório, informou o jornal “The Miami Herald”. Estes tipos de relatórios são confidenciais, mas tanto Jackson como o juiz que aprovou a sua publicação, Charles Greene, concordaram que, com seus atos, Cruz perdeu praticamente todo seu direito à intimidade, enquanto a defesa do jovem não se opôs a esta possibilidade. Este relatório viria a fundamentar a postura da defesa de que as autoridades não deram atenção aos sistemáticos “pedidos de ajuda” de Cruz, de acordo com o advogado defensor Gordon Weeks. Após confessar o crime,

a dúvida que resta durante o processo judicial é se Cruz será sentenciado à pena capital ou prisão perpétua, e o estado da sua saúde mental será fundamental nesta decisão. Durante os interrogatórios após o massacre, Cruz disse à polícia que escutou vozes na sua cabeça que lhe indicaram como cometer o ataque, vozes que foram descritas como “demônios”, segundo informou a emissora “ABC News”. Depois que o DCF abriu este caso, o autor confesso do tiroteio na escola de ensino médio Marjory Stoneman Douglas perdeu sua mãe adotiva, após a morte anos antes do seu pai adotivo. O jovem compareceu perante outra juíza, Elizabeth Scherer, em uma audiência na qual se definiu que se tratou sobre o segredo de uma moção apresentada pela defesa sem que se conheça o conteúdo da mesma. O jovem, que permaneceu sem levantar o olhar da mesa e quase sem se movimentar, esteve acompanhado por seus dois representantes legais, que anteciparam sua intenção de pedir segredo para futuras moções.


12

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

ECONOMIA

www.JornalBB.com

Alejandro Ernesto

Sara Gómez Armas

Gian Ehrenzeller

Bulevar Cubano é a primeira loja online para consumidores em Cuba

Bill Gates em foto de janeiro de 2018

Bill Gates expressa preocupação com visão de Trump sobre os EUA O fundador da Microsoft, Bill Gates, disse que se preocupa com a visão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em relação ao próprio país, e criticou a falta de compromisso do governo com o restante do mundo. “Essa visão do mundo de ‘Estados Unidos em primeiro lugar’ me preocupa”, comentou Gates em sua carta anual, com a qual expõe as metas da fundação que leva o seu nome e o de sua esposa, Melinda. “Não se trata de os EUA não se ocuparem do próprio povo. A pergunta é como fazer isso da melhor maneira. Meu ponto de vista é que se comprometer com o resto do mundo, mais que se retirar de acordos, demonstrou ao longo do tempo beneficiar a todos, inclusive os americanos”, afirmou o empresário em alusão à agenda protecionista do líder republicano.

Gates contou que as principais perguntas que recebeu ao longo do ano passado foram sobre Trump, cujas políticas afetam o trabalho de sua fundação, segundo admitiu. “O exemplo mais concreto é a ajuda externa. Durante décadas, os EUA foram líderes na luta contra as doenças e a pobreza no exterior. Esses esforços salvam vidas. Também geram trabalho para os americanos”, indicou. “E fazem com que os americanos tenham mais segurança ao fazer com que países pobres se tornem mais estáveis e ao deter surtos de doenças antes que se transformem em pandemias. O mundo não é um lugar mais seguro quando há mais gente doente ou faminta”, argumentou. O magnata sustentou que sua fundação “discorda” mais do atual governo do que de outros anteriores, mas mesmo assim

considerou que é importante “trabalharem unidos quando for possível”. Melinda Gates enfatizou a importância da implantação de programas para estudantes de poucos recursos econômicos. “Atualmente há dois milhões de estudantes que são elegíveis para essa ajuda, mas nem sequer a solicitam porque o processo é muito complicado. O Governo deve continuar sendo generoso ao fornecer recursos para esses programas enquanto simplifica o processo para a aplicação. O futuro de milhões de jovens americanos depende disso”, avaliou. A filantropa solicitou a Trump que, como presidente do país, seja um “modelo dos valores americanos no mundo”. “Eu gostaria que o nosso presidente tratasse as pessoas, especialmente as mulheres, com muito mais respeito do que quando fala e tuíta”, acrescentou.

Um erro de sistema num operador de criptomoedas do Japão possibilitou investir em bitcoins de graça temporariamente, uma falha que permitiu a sete usuários obter grandes quantidades de dinheiro digital com o qual tentaram especular. O “glitch” (um erro que surge espontaneamente) aconteceu no dia 16 de fevereiro no sistema encarregado de calcular os preços na casa de câmbio de criptomoedas Zaif e se prolongou durante cerca de

Jerome Favre

Erro permite obter criptomoedas de graça no Japão

20 minutos, segundo revelou em comunicado a companhia proprietária do operador, Tech Bureau.

O erro foi corrigido em menos de duas horas, as transações foram canceladas e o saldo corrigido, explicou a empresa, que ainda está lidando com um dos investidores, que tentou vender os bitcoins, segundo publicou o jornal “Asahi”. A companhia se desculpou pelos problemas causados aos seus clientes e garantiu que vai continuar trabalhando para melhorar os seus serviços “e evitar que (algo assim) volte a acontecer”.

Concebida como uma vitrine de coisas “Made in Cuba” a Bulevar Cubano, primeira loja online focada no consumidor de dentro da ilha, oferece produtos e serviços criado por empreendedores, como camisetas, joias, bolsas de couro e sabões artesanais. Yunier Soler, Yoslandy Lopez e Gerardo Rodríguez são os três jovens cubanos que estão por trás deste projeto, que em uma semana de vida teve quatro vendas enquanto ainda está caindo na boca do povo. Em seu empenho de buscar soluções tecnológicas para as dificuldades criadas pelo Governo de Cuba, foi Soler quem propôs a ideia aos seus dois amigos, que se entusiasmaram com esta iniciativa pioneira na ilha, onde a internet começou a se estender a partir de 2015, mas que já conta com 4,5 milhões de usuários em uma população de pouco mais de 11 milhões. Em dois anos e meio, Cuba passou de estar praticamente desligada a ter mais de 500 zonas de wifi públicas - a um dólar por hora - com cerca de 250 mil conexões diárias, permitir internet nos lares e planejar oferecer neste ano conexão móvel. “A Bulevar Cubano pretende funcionar como uma loja online antenada na realidade cubana, onde a maioria das pessoas não têm como realizar pagamentos online”, explicou Rodríguez, de 31 anos. Devido ao embargo que os EUA mantêm sobre a ilha, em Cuba está vetado o uso de plataformas de pagamento online, através de cartões bancários ou sistemas como PayPal, por isso que a Bulevar Cubano permite reservar no site os produtos e o pagamento é feito em dinheiro no momento da entrega. “Basicamente é um novo canal de vendas para empreendedores que sejam produtores de algum tipo de manufatura cubana. (...) É um exemplo a mais de como o setor privado está tentando oferecer serviços que em outros países são frequentes e que aqui a duras penas existem”, afirmou Rodríguez.

Embora não se trate da primeira plataforma online que surge no país, as outras foram orientadas às vendas no mercado internacional, a Bulevar Cubano quer dar a todos os cubanos a opção de “comprar sem importar se tem ou não cartões de crédito ou se tem família no exterior”. Em Cuba não funcionam lojas online de alcance global como Amazon, eBay, Alibaba, Asos e Zalando, já que nem se pode pagar online e Cuba não está na lista de países para onde é possível enviar os pedidos. Segundo os criadores, outra vantagem da Bulevar Cubano é que dá a possibilidade de qualquer empreendedor ampliar o alcance de sua atividade já que permite oferecer seus produtos e serviços de maneira gratuita nesta loja virtual, sem necessidade de investir em um site próprio. Desde que em 2010 o presidente Raúl Castro ampliou espaços ao setor privado, Cuba já conta com mais de meio milhão de “trabalhadores independentes” que impulsionaram negócios inovadores no país comunista, como estilista de roupas e acessórios, lojas de decorações e artesanato, desenvolvedor de site e organizador de eventos. É o caso da cubana Sandra Borges, que em setembro passado lançou a marca SBorges Design com suas próprias criações de joias e bolsas elaboradas com prata, pedras semipreciosas e elementos naturais como ossos e couro. Sandra, que começou no projeto como hobby, é uma das quatro primeiras empresárias que entraram para a Bulevar Cubano para vender suas criações, já que se trata de uma “ideia magnífica” que dá aos empreendedores uma “ótima oportunidade para visibilizar seu trabalho”. “É tudo muito recente. Bulevar Cubano está apenas nascendo e somos muito poucos os criadores que estamos na plataforma, embora acho que vai crescer muitíssimo, que nós somos só a semente”, disse Sandra.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

13


14

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

CIÊNCIAS ANIMAL

Foto: Cedida por La Voz del Interior

Morre o cachorro que velou túmulo do seu dono durante 10 anos

Capitán em foto de 2012

C

apitán, o cachorro que durante mais de uma década velou o túmulo do seu dono na cidade argentina de Villa Carlos Paz, na província de Córdoba, morreu no mesmo cemitério no qual repousam os restos de seu antigo companheiro. “Nunca vi uma coisa tão fiel”, declarou Marta Clot, florista do cemitério, ao lembrar entre lágri-

mas de Capitán, um vira-lata que, com cerca de 16 anos, apareceu morto no banheiro do cemitério após um período no qual já caminhava com dificuldades e tinha perdido parte da visão. O cão foi o presente-surpresa que Miguel Guzmán deu ao seu filho Damián em 2005. No entanto, em março do ano seguinte, Miguel morreu e o animal

desapareceu da casa da família, embora tenha retornado pouco tempo depois e ficado na rua, perto do imóvel durante alguns dias, segundo relatou o diretor do cemitério, Héctor Baccega. Depois, desapareceu de forma definitiva e a família pensou que tinha morrido ou sido adotado por outra pessoa, até que um dia o encontraram no cemitério,

sobre o túmulo de Miguel. Segundo contavam os frequentadores do lugar, Capitán perambulava pelo cemitério e, ao entardecer, buscava o túmulo do seu dono para dormir. “Costumava dormir no túmulo, mas no final quase não subia pelo problema que tinha no quadril, estava muito frágil”, contou Clot. “Só faltava falar, era um

doce total”, acrescentou a mulher, que se encarregou de alimentar e dar a medicação ao cachorro até o fim dos seus dias. A ideia, agora, é que como Capitán passou sua vida no cemitério, seja também ali onde descansem os seus restos, embora para isso seja necessária uma autorização das autoridades locais.

Christoph Schmidt

Pesquisa revela que bonobos e chimpanzés compartilham linguagem

Bonobo em foto de 2015

Os chimpanzés e os bonobos, duas espécies muito parecidas de primatas, usam gestos que têm o mesmo significado para os dois, revelou um estudo publicado na revista “PLOS”. Embora já se soubesse que as duas espécies compartilham alguns gestos, o grau de semelhança dos significados é uma descoberta dos pesquisadores das Universidades de York e Saint Andrews, no Reino Unido, e a de Tóquio, no Japão. De acordo com Kirsty Graham, da Universidade de York, a semelhança no significado do gestual “é bastante considerável e pode indicar” que eles são “herdados biologicamente”. As duas espécies, que se separaram há 1 ou 2 milhões de anos, usam sinais semelhantes em diversas situações e com variados propósitos, como para começar a limpeza corporal ou para mudar de postura durante

esse processo. Os estudiosos começaram a definir o significado de cada gesto dos bonobos observando a reação que gera e se o animal que realizava o gesto estava “satisfeito” com a reação, explicou a revista em comunicado. Os especialistas definiram 33 gestos de bonobos e compararam com os que já conheciam dos chimpanzés e o resultado foi que “parece que muitos dos significados” dessas ações são compartilhados por ambas as espécies e “talvez possa ser partilhado também pelo nosso último ancestral comum”, segundo a nota. A pesquisadora disse que, no futuro, a expectativa é entender mais sobre como os gestos são desenvolvidos pelos macacos ao longo da vida. Segundo ela, a semelhança de movimentos deles e dos humanos também está sendo estudada.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

15


1

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

AUTOMOBILISMO

Tannen Maury

Ferrari ousa no vermelho para a temporada 2018 da Fórmula 1

Tetracampeã, Mercedes apresenta carro para 2018 A Mercedes apresentou, no circuito de Silverstone, na Grã-Bretanha, o AMG F1 W09 EQ Power+, carro que será utilizado pelo britânico Lewis Hamilton e o finlandês Valtteri Bottas, na temporada 2018 do Campeonato Mundial de Fórmula 1. A escuderia tentará buscar o quinto título consecutivo entre construtores e pilotos e, para isso, apostou em poucas novi-

dades, pelo menos no visual. O desenho do carro é semelhante ao de 2017, com alteração apenas em pequenos detalhes. O lançamento do novo modelo não aconteceu com solenidade, mas sim, com ida de Bottas para a pista. Sem grande impacto ou novidades, o destaque acabou sendo as críticas do diretorexecutivo da Mercedes, Toto Wolff, ao Halo, dispositivo de

segurança que será colocado para proteger os pilotos dentro do cockpit. “Eu o eliminaria se tivesse oportunidade. Cortaria com uma motosserra”, afirmou o dirigente, de acordo com a revista “Autosport”. Apesar disso, Wolff garantiu que o aparato dará proteção total aos pilotos, inclusive, porque pode “suportar o peso de um ônibus de dois andares de Londres”. O austríaco, no

entanto, pediu que alternativas sigam sendo buscadas, inclusive, pensando em caso de acidente. “É preciso cuidar da segurança dos pilotos, mas temos que tentar encontrar alguma solução mais atrativa. Embora os testes demonstrassem que é possível realizar uma rápida extração, em caso de acidente simples, ainda devemos ver o que acontecerá em uma retirada complicada”, avaliou.

A Ferrari apresentou, na sede da escuderia, em Maranello, no norte da Itália, o carro que será utilizado na temporada 2018, com visual inovador, já que a cor vermelha é ainda mais predominante. O modelo SF71H foi mostrado em solenidade com pompa, diferente do que a maioria das equipes vêm fazendo nesta jornada de lançamentos. A Mercedes, mais cedo, mostrou ao mundo o AMG F1 W09 EQ Power+, com sessão de fotos no circuito de Silverstone, na Grã-Bretanha. O novo carro da Ferrari, que será pilotado na temporada pelo alemão Sebastian Vettel e o finlandês Kimi Raikkonen, inovou no design, já que peças como a asa dianteira, o bico, quase toda a lateral. Na parte traseira, ganharam destaque a faixa com as cores da bandeira da Itália. A apresentação em Maranello teve a participação do chefe da equipe, Maurizio Arrivabene, além de Vettel, Raikkonen e o piloto de testes do time, o veterano espanhol Marc Gené.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

17


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

IMIGRAÇÃO

www.JornalBB.com Alex Segura Lozano

John G. Mabanglo

18

Ser imigrante e consumir maconha, uma mistura perigosa nos EUA

A

legalização do uso recreativo e medicinal da maconha em vários estados dos Estados Unidos não protege os imigrantes, que podem chegar a ser expulsos do país se as autoridades migratórias descobrirem que consumiram essa droga. “Tecnicamente, a posse de maconha é ilegal em nível federal, por isso que se um imigrante não cidadão portar ou consumir maconha, pode ficar sujeito à deportação”, explicou em declarações Violeta Chapin, advogada especialista em imigração e professora de Direito na Universidade de Colorado. Neste sentido, a advogada garantiu que o consumo de cannabis pode ter “efeitos devastadores” para os imigrantes ilegais que estejam regularizando a situação migratória e também para os residentes legais que tentam obter a cidadania americana. Hoje em dia, a maconha recreativa é legal em oito estados e no Distrito de Columbia, enquanto seu uso medicinal está amparado pelas leis de 28 estados, mais o distrito da capital. Além disso, outros 15 estados impulsionaram medidas para descriminalizar o uso, passo prévio à legalização em nível estadual. No entanto, estas leis estaduais permitem unicamente aos nacionais e cidadãos americanos comprar, consumir e inclusive trabalhar no setor da maconha. “Quando um cliente imigrante me pergunta sobre esta questão,

recomendo que nem fume e nem entre em contato com cannabis pelo elevado risco que representa para sua continuidade no país”, relatou Chapin. Segundo Morgan Fox, porta-voz do Projeto Político da Maconha (MPP), esta medida não é a única solução para aqueles imigrantes que queiram consumir esse psicotrópico. Não portar ou cultivar mais do que a quantidade legalmente permitida, não vender fora do marco regulado e não consumir maconha em público, são alguns dos conselhos dados por Fox. O ativista também garantiu que é importante “não transportar cannabis através das fronteiras estaduais e não viajar em posse dessa droga”. Inclusive em estados onde é legal trabalhar para a indústria da maconha, como o Colorado, Chapin aconselha encarecidamente aos imigrantes que não aceitem empregos nesse setor, “porque a origem de seus salários será conhecida em nível federal”. “Isto é totalmente injusto, as leis estaduais que defendem o consumo de maconha deveriam ser aplicadas por igual a todos os residentes desses estados”, opinou Fox. As deportações por posse de drogas aumentaram 43% entre 2007 e 2012, segundo o relatório mais recente da organização Human Rights Watch sobre este tema. Esses casos “provavelmen-

te crescerão”, segundo a advogada, sob a Administração do presidente Donald Trump, que tem uma linha dura em imigração e é contrário ao consumo da maconha. “O Serviço de Imigração e Alfândegas (ICE) é certamente mais agressivo sob o comando de Trump; agora quase todos os imigrantes ilegais são prioridades para serem deportados”, afirmou Chapin. Um dos imigrantes que esteve perto de ser deportado por este motivo em outubro foi o “sonhador” Luis Quintana Álvarez, um jovem de 19 anos residente de Iowa. Quintana viajava do Colorado para a cidade de Ames (Iowa) em um automóvel conduzido por seu primo, cidadão americano, quando um agente mandou o veículo parar por excesso de velocidade. Dentro do veículo, as autoridades encontraram um grama de maconha. Para proteger o futuro acadêmico de seu primo, que estuda na universidade, Quintana afirmou que a maconha era sua, por isso que foi imediatamente detido e sua proteção pelo programa DACA foi retirada, ficando exposto à expulsão do país. O programa de Ação Diferida para os Chegados na Infância (DACA), posto em prática em 2012 pelo então presidente, Barack Obama, para proteger centenas de milhares de jovens da deportação, é perdido automaticamente em caso de delito.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

Veias varicosas nem sempre são um

Problema Cosmético Síndrome de May-Thurner É uma condição causada pela compressão da veia pela artéria, a qual pode ser tratada com o uso do “stent”. O Dr. Ashish Pal é o médico na Flórida Central que possui a maior experiência no assunto.

Você tem alguma dor ou inchaço nas pernas? Veias varicosas, pernas pesadas e dolorosas agora podem ser tratadas no consultório com o Procedimento não invasivo VNUS Closure. A maioria dos pacientes retomam as atividades normais em 1-2 dias. Os tipos de veias varicosas dilatadas, geralmente são nas cores azul, vermelha e da cor da pele. Se destacam em formas de “cordões” trançados. CAUSA: O problema ocorre quando a válvula que deveria retornar o sangue das pernas para o coração já não funciona corretamente, ocasionando a retenção do sangue no local.

EXAME GRÁTIS!

O que é IVC? A Insuficiência Venosa Crônica é uma condição causada pela dificuldade do sangue, pobre em oxigênio, retornar ao coração. As veias varicosas se não tratadas a tempo, podem progredir para um quadro de IVC e formar ulcerações. Existem fatores genéticos e também durante a gravidez o IVC pode se instalar com mais frequência.

PARA O DIAGNÓSTICO DE VARIZES E ARTRITES Oferta válida para o Mês de SETEMRBO, no consultório de Orlando. Terças-Feiras, das 13h às 16h.

407.898.8449 - 1.800.858.4634 1206 N. Mills Ave - Orlando, FL 32803 Dois Endereços para seu conforto:

181 Webb Dr. Suite B - Davenport, FL 33837 Dr. ASHISH PAL, M.D., F.A.C.C

www.veinguru.com

Aceitamos a maioria dos Seguros Médicos

19


0

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

COMUNIDADE

CFBACC cria novos eventos e reúne um público diversificado O mês de fevereiro foi marcado por três eventos organizados pela CFBACC (Central Florida Brazilian-American Chamber of Commerce). No dia 21, organizou um network no Lion’s Pride -Orlando Soccer Pub & Gill-, localizado na Church Street (downtown Orlando), com a presença de Ronaldo Camargo, um dos sócios da casa e mestre de cerimônia, que recebeu convidados da Câmara, com deliciosos aperitivos. Em ambiente agradável, os amantes do Esporte conheceram a proposta do local que é organizar partidas de futebol americano, soccer e basquetebol reunindo torcedores dispostos a fazer negócios enquanto torcem para seu time do coração. Um bom lugar para relaxar, se divertir e conhecer novos amigos. Para mais informações sobre o Lion’s Pride e reservas, favor usar o telefone: 407.600.6903. Como parte do compromisso do prefeito Buddy Dyer de promover ferramentas que ajudam brasileiros a estabelecer negócios na cidade de Orlando, funcionários do Departamento de Promoção Econômica e Comercial do Consulado General do Brasil em Miami, membros da Câmara de Comércio Brasileira da Flórida Central (CFBACC),

se reuniram, no dia 27, no escritório da prefeitura da cidade com empregados do Departamento de Desenvolvimento Econômico do município, para promover esforços comuns e orientar empresários brasileiros que querem investir em Orlando. Após o encontro, a comitiva encerrou a visita com um almoço no 310 Lake Side Restaurant. Na noite anterior, representantes do SECOM (Secretaria Especial de Comunicação Social), liderados pelo Conselheiro, Rodrigo Fonseca, acompanahdo do Cônsul Honorário em Orlando, Joel Stewart e sua esposa e seu secretário, Paulo Paiani se reuniram com representantes da CFBACC, Rotary e Conselho de Cidadãos da Flórida, com mais de 50 pessoas, entre membros da CFBACC, Rotary, empresários da cidade e mídia local, no Gilson’s Restaurant. Elisiane Ramos, igualmente diretora da CFBACC e do Conselho de Cidadãos da Flórida, foi a apresentadora da rodada de debates que antecedeu ao jantar. Se você quer fazer parte da CFBACC e participar gratuitamente dos eventos, favor ligar para 407.610.7158 ou visitar o site www.cfbacc.com.

Confraternização entre representantes do SECOM, Consulado, CFBACC, Rotary e Conselho de Cidadãos da Flórida

Participantes que visitaram Orlado City Hall: Sherry Gutch - Business Development Division Manager; Edward Bechara - CFBACC Director; Miguel Kaled - CFBACC VP; Paulo Paiani - Foreign Trade Specialist; Rodrigo Fonseca - Economic & Commercial Affars; Joel Stewart - Consul Honorário; Luis M. Martinez - Director of Multicultural Affairs; Elisiane Ramos CFBACC Director; Andrea Almeida - CFBACC Treasurer e Kim C. King-Maysonet - Business Development Assistant Manager

Durante o almoço: Weslley Albuquerque - CFBACC Diretor; Joel Stewart - Cônsul Honorário; Elisiane Ramos - CFBACC Diretor; Rodrigo Fonseca - Economic & Commercial Affars; Miguel Kaled - CFBACC VP; Euri Cerrud - CFBACC Diretor; Paulo Paiani - Foreign Trade Specialist; Edward Bechara - CFBACC Diretor; Andrea Almeida - CFBACC Tesoureira; Paula Montoya - CFBACC Secretária

Cônsul Honorário em Orlando, Joel Stewart, discursa para o público durante o jantar

À esquerda, Ronaldo Camargo apreseta o Lion’s Pride e convida a comunidade para conhecer as instalações do local com gigantes telões simultâneos, ambientes confortáveis para torcedores se reunir para desfrutar de bar international e um cardápio variado, no estilo Sport Bar


|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com foto: Reprodução Instagram

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

foto: Reprodução Instagram

AMAURY JR

Elas vão dominar o mundo

Baile Cigano

Foto: Migual Sá e Bruno

Ryfer

Na noite do sábado de Carnaval, 10 de fevereiro, como mantém a tradição carioca, várias celebridades se reuniram no Baile do Copa 2018, no hotel Belmond Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. Com o tema Gypsy Folie, a rainha do baile foi Isis Valverde. Confira fotos:

Anitta esteve em Miami, mas não de férias. A cantora aproveitou a viagem para distribuir entrevistas internacionais e esfregar seu inglês e espanhol na cara de quem duvidou que ela conseguiria. A cantora ainda fez seu primeiro show na cidade, na LIV NightClub, uma das mais renomadas, e se apresentou no Premio Lo Nuestro de música latina.

Foto: Migual Sá e Bruno Ryfer

Amaury Jr. e Isis Valverde

Quem também saiu do Brasil para apresentar seu trabalho ao mundo foi Ludmilla, que saiu em turnê pela Europa. A funkeira comemorou a nova empreitada: “Só consigo agradecer, foi o apoio de vocês que me trouxe aqui.” Foram seis shows: em Zurick, na Suiça, em Milão, na Itália, em Dublin, na Irlanda, em Portugal, em Lisboa e Porto e em Paris, na França.

O que é família para você?

Madalena, filha dos atores Yanna Lavigne e Bruno Gissoni é super viajada, carismática, fotogênica e tem um perfil só seu no Instagram. Mas sua família é incômoda aos olhos de alguns. Bruno e Yanna têm uma relação de parceria: dividem a criação da filhota, mas estão “separados”. Ou seja: moram juntos, viajam juntos, mas não namoram. São bons amigos que dividem um grande amor em comum. Aos nove meses Madalena já sabe muito bem o significado de família e de amor.

Andre Resende e Isis Valverde

Amaury Jr. e Celina Ferreira

Em nova fase, agora com seu programa na TV Bandeirantes aos sábados, Amaury Jr. estampou a capa de uma das edições da revista “Caras” deste mês. Em reportagem leve e divertida, a jornalista Juliana Cazarine expõe um lado do apresentador que poucos conhecem: caseiro e rodeado de livros: “Sou obcecado pela palavra escrita, até em bula de remédio.” Com 38 anos de TV, Amaury não pensa em aposentadoria: “Só paro de trabalhar se ganhar uma bolada na loteria. Amo o que faço.” E comemora a nova fase: “É uma satisfação voltar para a casa que me projetou nacionalmente.” Leandro Sawaya, Bruno Meier, Amaury Jr. e Rubens Comini

1


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

COMPORTAMENTO

Papa adverte sobre obsessão de jovens em receber “curtidas” O papa Francisco publicou a mensagem para a Jornada Mundial da Juventude e advertiu sobre o atual medo que os jovens têm de não ser aceitos pelo que são e que muitos estão se tornando obsessivos em receber “curtidas” nas redes sociais. A Igreja Católica realizará em 25 de março a Jornada Mundial da Juventude de 2018 em

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

Claudio Peri

22

nível diocesano e a mensagem significa um “passo a mais no processo de preparação da JMJ do Panamá, que se realizará em janeiro de 2019”, escreveu o papa. Francisco disse que atualmente muitos jovens se sentem atingidos por medos e que em muitos “existe um profundo medo de não ser amado e querido pelo que é”. “Muitos jovens fazem continuamente ‘photoshop’ das suas imagens, escondendo-se por trás de máscaras e identidades falsas, chegando quase a tornar-se, eles próprios, um ‘fake’, uma identidade falsa”, alertou. O papa, que costuma usar uma linguagem coloquial e moderna quando fala com os jovens, disse ainda que “muitos têm a obsessão de receber o maior número possível de ‘likes’. E daqui, desta sensação de desajustamento, surgem muitos

medos e incertezas”. Para Francisco, os jovens, tanto os crentes quanto os não crentes, temem não conseguir encontrar uma segurança afetiva e “frente à precariedade do trabalho”, muitos têm medo a não alcançar uma situação profissional satisfatória e não cumprir os seus sonhos. Como ajuda para os momentos de “dúvida e medo”, o pontífice propôs o “discernimento” para colocar em ordem “os pensamentos e sentimentos e para atuar de uma maneira justa

e prudente” e assim “ não perder tempo e energias com fantasmas sem rosto nem consistência”. “Não deixeis, queridos jovens, que os fulgores da juventude se apaguem na escuridão duma sala fechada, onde a única janela para olhar o mundo seja a do computador e do smartphone”, aconselhou. O pontífice concluiu a sua mensagem dizendo que a JMJ “é para os corajosos” e “ não para jovens que só buscam comodidade, recuando à vista das dificuldades”. “Aceitam o desafio?”, perguntou.

Papa critica desprezo contra empregadas domésticas O papa Francisco criticou aqueles que desprezam as empregadas domésticas, não lhes pagam o salário justo ou lhes dão as férias que lhes correspondem, e pediu uma reflexão geral para analisar como a sociedade trata estas pessoas. “Penso em tantas empregadas domésticas que ganham o pão com seu trabalho: humilhadas, desprezadas”, lamentou Francisco na homilia que pronunciou na missa matutina em sua residência,

a Casa Santa Marta. O papa contou uma lembrança de quando era criança e disse lembrar como na casa de um amigo viu a mãe deste esbofetear a mulher que limpava a casa. “Nunca esqueci isso”, ressaltou, ao mesmo tempo que pediu uma reflexão sobre o tratamento reservado a estas pessoas. “Alguém pode dizer ‘Não, padre, eu nunca a esbofeteei’. Mas como você a trata? Paga o justo? Dá as férias

pertinentes? É uma pessoa ou um animal que te ajuda em casa?”, questionou. Neste sentindo, pediu para se “pensar” no comportamento que cada um tem com estas pessoas nas casas e instituições onde trabalham diariamente e advertiu sobre a necessidade de mostrar coerência cristã e comportar-se bem com os demais. “Não se pode por um lado falar com Deus e, por outro, falar com o diabo”, advertiu.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

23


24

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

TURISMO

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

25

www.JornalBB.com

Atahualpa Amerise

“Não importa se você é velho ou gordo”, “as filipinas são inseguras” e “adoram os brancos”. Estes anúncios para atrair visitantes geraram polêmica nas Filipinas, onde o onipresente turismo sexual é cada vez menos tabu e inclusive objeto de brincadeiras do presidente, Rodrigo Duterte. O Patrick’s on the Beach, um pequeno resort da paradisíaca ilha de Siargao, no sudeste do país, incendiou as redes sociais filipinas pelo seu peculiar modo de atrair turistas ocidentais em busca de um parceiro. “O nosso cliente mais velho tinha 75 anos e encontrou o seu doce amor de 21 anos na ilha de Siargao”, afirmava o hotel na seção “Romance ao estilo filipino” de seu site, retirada do ar após causar indignação em massa no Facebook e no Twitter, em fevereiro passado. A seção, dirigida a turistas que procuram um parceiro, explicava que “a maioria das filipinas preferem homens maiores e maduros”, e “quanto mais brancos, melhor”,

já que “a pele escura é associada à classe baixa”. “Não importa se você é velho ou gordo como a metade da população ocidental. As mulheres aqui respeitam muito a idade e às vezes o peso é uma vantagem”, rezava o anúncio. As filipinas “têm um grande problema de insegurança pelos seus narizes achatados e por isso gostam dos estrangeiros com um nariz longo”. O dono do resort, o alemão Andreas Mikoleiczik, lamenta e alega que “tiraram de contexto algumas frases” e o caso “se transformou em uma incrível e incontrolável loucura viral”, com milhares de insultos, ameaças e denúncias contra sua pessoa, em um momento de especial conscientização social nas Filipinas sobre o fenômeno do turismo sexual. “Como pode continuar aberto este resort? Vamos garantir que o porco que o gerencia tenha o que merece”, reclama a arquiteta filipina de 37 anos V. M. em uma publicação no Facebook, compartilhada por cente-

nas de internautas. “Eu sempre peço aos turistas que tratem bem as mulheres filipinas e que sejam honestos com elas”, se defende o empresário alemão, de 73 anos, que diz que o texto foi publicado no site do resort em 2004, uma bomba-relógio que demorou 13 anos para explodir. Enquanto isso, autoridades locais abriram uma investigação na qual é cogitada a deportação de Mikoleiczic, estabelecido em Siargao há 15 anos com sua esposa filipina Elizabeth e quatro filhos, por considerar que promove visitas de turistas sexuais. As Filipinas, em pleno auge como destino de férias - em 2017 o número de visitantes aumentou 11% -, competem com a Tailândia e o Vietnã como destino de turismo sexual e prostituição no sudeste da Ásia, segundo organizações locais. “A pobreza endêmica, o desemprego, a indulgência ao aplicar as leis e o crescimento da indústria do turismo sexual contribuíram para os altos índices de prostituição no

Foto cedida por Patrick on the Beach

Resort que promove turismo sexual gera indignação nas Filipinas

país”, denuncia Paulo Fuller, diretor da fundação Renew, uma ONG filipina que ajuda as vítimas de tráfico de pessoas. “Os turistas sexuais de outros países da Ásia, Estados Unidos, Austrália e Europa estão vindo em massa às Filipinas, onde podem explorar as jovens economicamente vulneráveis para fazer sexo”, afirmou Fuller em entrevista. Iniciado nos anos 80 com as primeiras ondas de visitantes japoneses, o turismo sexual está pouco

a pouco deixando de ser um tabu e gerando um debate social nas Filipinas, um país de profundas raízes católicas fruto de mais de três séculos de colonização espanhola. O presidente do país, Rodrigo Duterte, conhecido pelos seus comentários fora do tom, brincou recentemente oferecendo “42 virgens a cada estrangeiro que nos visitar”, e também recebeu uma enxurrada de críticas nas redes sociais e nos veículos de imprensa.

Jornal B&B

Não há conquista livre de desafios.

Comprar ou vender um imóvel requer conhecimento do mercado, familiarização com diferentes localidades e constante atualização com os preços. Veja como posso lhe ajudar:

COMPRAR

VENDER

Local

- Análise de preço

- Aprovação de Financiamento

- Plano de Marketing

- Escolha do Imóvel

- Preparação do imóvel

- Preparação da proposta

- Listagem no MLS

- Assinatura do Contrato

- Exposição na Internet

- Avaliação do imóvel

- Evento de Open House

- Busca de seguro

- Apresentação das ofertas

- Assistência no fechamento

- Assistência no fechamento

Preço Inspeção

Seguro

Financiamento

Escola

Contrato

Hilton M. DeMelo

407-376-6490 www.superagentusa.com Hlton_Melo.indd 1

Assista aos meus vídeos no Membro:

4614 South Kirkman Road Orlando, FL 32811

Escritorio: 407-299-3000 3/2/18 5:52:25 PM


26

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

ÁSIA

Alibaba se alia à Disney para oferecer seus filmes em plataforma digital O gigante do comércio eletrônico chinês Alibaba fechou um acordo com a Disney para divulgar séries de desenhos animados e filmes da empresa na sua plataforma digital de vídeo Youku, informou o jornal “China Daily”. Com este acordo, os assinantes do serviço de Youku, equivalente ao Youtube na China, terão acesso a mais de 1.000 episódios de séries de animação, assim como a grandes sucessos de Disney como “Piratas do Caribe”, “Frozen” e “A Bela e a Fera”. O presidente do Youku, Yang Weidong, destacou que a incorporação de con-

teúdo da Disney “enriquecerá em grande medida a coleção de conteúdo internacional de qualidade” nos serviços de entretenimento do Alibaba. O Youku, que chega a 580 milhões de aparelhos a cada dia e obtém aproximadamente 1,2 bilhão de visitas, é propriedade exclusiva

do Alibaba desde 2015. Desta maneira, a Disney tenta entrar de maneira mais profunda no mercado do país asiático, onde conta com um parque temático, o chamado Complexo Disney de Xangai, adaptado à cultura local. “(O acordo com a Disney) nos dá uma vantagem na distribuição

de conteúdo estrangeiro na China”, acrescentou Yang. Em novembro do ano passado, a filial do Alibaba já tinha assinado um acordo de monopólio com a Netflix para distribuir sua bemsucedida série de drama original “Day and Night” para mais de 109 milhões de inscritos no mundo todo.

Seul insiste em trabalhar para um diálogo entre EUA e Coreia do Norte O chefe do Escritório de Segurança Nacional da Coreia do Sul, Chung Eui-yong, disse, perante o Parlamento, que Seul trabalhará para que os Estados Unidos e Coreia do Norte consigam manter um diálogo “construtivo”. As declarações de Chung, cujo escritório depende da presidência sul-coreana, aconteceram logo depois que os EUA revelaram que o regime liderado por Kim Jong-un cancelou “no último minuto” um encontro acordado entre o vice-presidente Mike Pence e a delegação norte-coreana, quando estiveram juntos, na abertura dos Jogos de Inverno na Coreia do Sul. Chung disse que além de pressionar por um diálogo “construtivo” entre as duas partes, Seul “fará todos os esforços possíveis para avançar em paralelo nas relações intercoreanas e na desnuclearização da Península”. Os Jogos realizados no condado de Pyeong Chang, trouxeram uma maior aproximação entre as duas Coreias, tecnicamente ainda em guerra, e Seul se mostrou convencido que esta dinâmica pode contribuir para que os EUA e a Coreia do Norte possam dialogar.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

OS M A AT RS R T CON LTO A E R

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

CF REALTY A SUA IMOBILIÁRIA BRASILEIRA NA FLÓRIDA

Compra

-

Venda

-

Administração de Imóveis

Temos várias opções de imóveis residenciais e comerciais nas áreas de Orlando e Miami. Não tome nenhuma decisão sem antes nos consultar.

Casas a partir de U$250,000 São Paulo: (11) 3522-1856 Rio de Janeiro: (21) 4063-5546 Brasilia: (61) 4063-8573 Porto Alegre: (51) 4063-8904 Campinas: (19) 4062-9328

Apartamentos a partir de U$150,000 Belo Horizonte: (31) 4063-5546 Curitiba: (41) 4063-9235 Recife: (81) 4062-8168 Fortaleza: (85) 4062-9133

www.cfrealtyllc.com

-

5728 Major Boulevard Suite 545 Orlando, Florida 32819 Orlando: (407) 925-3031 Miami: (321) 234-1744

celestino@cfrealtyllc.com

ALUGUEL DE IMÓVEIS DE TEMPORADA NA FLÓRIDA Ligue das principais capitais brasileiras: São Paulo: (11) 3522-1856 Rio de Janeiro: (21) 4063-5546 Brasilia: (61) 4063-8573 Porto Alegre: (51) 4063-8904 Campinas: (19) 4062-9328 Belo Horizonte: (31) 4063-5546 Curitiba: (41) 4063-9235 Recife: (81) 4062-8168 Fortaleza: (85) 4062-9133 Nos Estados Unidos:

5728 Major Boulevard Suite 545 Orlando, Florida 32819 Orlando: (407) 925-3031 Miami: (321) 234-1744

Casas e mansões localizadas em resorts, villas e condomínios fechados, finamente mobiliadas para o seu conforto. Em viagem de férias na Flórida com a sua família, venha desfrutar deste conforto exclusivo.

Consulte nosso website para ver as opções disponíveis reservations@cfvacations.com

www.cfvacations.com

27


28

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

EXCELENTE COMBINAÇÃO: Medicina Oriental e Moderna num só tratamento dando prioridade ao bem estar do paciente de maneira natural.

é a decisão certa para você!

Optimização Hormonal Natural ou Bio-Idênticos para homens e mulheres! • Recupere Energia e Resistência; • Sinta-se mais Jovem e Feliz; • Melhore sua Memória; • Previna Doenças Degenerativas; • Melhore seu Metabolismo; • Perca peso Naturalmente; • Melhore e Aumente a Libido.

Serviços Oferecidos pela Clínica • Exames Laboratoriais; • Plano Especial de Descontos, tipo Filiação; • Associando-se ao Plano Especial, você terá preços com super descontos em consulta médica, exames laboratoriais, medicamentos, acupuntura e medicina física.

Daniel Galeli AP

Médico em Medicina Oriental, Acupuntura, Homeopatia e Terapia de Injeções.

6765 Conroy Rd #230 - Orlando FL 32835 2300 W Sample Road Suite 213 - Pompano Beach Fl 33073

407.866.2827 407.844.5506 954.366.2833


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

29

www.JornalBB.com

COMUNIDADE

CônsulHonorário atenderá em Orlando nos dias 16 e 27 de março O Cônsul-Honorário, Dr. Joel Stewart, prestará atendimento em Orlando nos dias 16 e 27 de março, exclusivamente com agendamento prévio. O Dr. Stewart pode oferecer, gratuitamente, orientações gerais sobre a legislação local, em especial sobre questões migratórias; sobre assistência consular; e sobre serviços consulares. Terão prioridade de atendimento idosos e pessoas com dificuldade de locomoção. Por esse motivo, o agendamento para apoio em serviços consulares dependerá de triagem prévia por e-mail: consul. honorario@joelstewartpa.com; informando obrigatoriamente nome, telefone, e-mail e o motivo do atendimento. No exercício de suas funções, o Consul-Honorário presta os seguintes serviços: - Assistência Consular; - Orientação Jurídica; - Apoio para serviços consulares (procurações, atestados, passaporte para menor de idade e autorização de viagem para menor). Atenção: - Não se trata de realização de consulado itinerante e não ocorrerá atendimento para processamento de serviços consulares. O Cônsul-Honorário não emite documentos consulares (inclusive passaportes, registros, vistos, documento militar, e título de eleitor) e também não fará recolhimento de documentos para serviços que possam ser feitos pelo correio. - Leia as instruções sobre serviços consulares no portal eletrônico do Consulado-Geral (miami.itamaraty.gov.br). - Diversos serviços podem ser solicitados pelo correio. Veja em miami.itamaraty.gov. br/pt-br/servicos_pelo_correio. xml - A contratação de advogado particular para representação de interesses privados deverá ser sempre custeada pelo interessado. O assessor jurídico do Consulado-Geral não atua em casos particulares, apenas presta orientações. Endereço: 555 Winderley Pl #300, Orlando, FL 32751. Tel: 786-464-8600.

Informação sobre perda de nacionalidade De acordo com o artigo 12, § 4º, da Constituição Federal, será declarada a perda da nacionalidade do brasileiro que: I - tiver cancelada sua naturalização, por sentença judicial, em virtude de atividade nociva ao interesse nacional; II - adquirir outra nacionalidade, salvo nos casos: a) de reconhecimento de nacionalidade originária pela lei estrangeira; b) de imposição de naturalização, pela norma estrangeira, ao brasileiro residente em estado estrangeiro, como condição para permanência em seu território ou para o exercício de direitos civis. Assim, nos termos do artigo 12, § 4º, inciso II da Constituição Federal, combinado com os artigos 249 e 250 do Decreto nº 9.199/2017, o brasileiro que voluntariamente adotar outra

Vai viajar para o Brasil? Saiba mais sobre a Febre Amarela

nacionalidade, ou seja, em desacordo com as exceções previstas no texto constitucional, poderá ser objeto de procedimento administrativo de perda da nacionalidade brasileira. No curso do processo, instaurado no âmbito do Ministério da Justiça e Segurança Pública, deverão ser garantidos aos brasileiros os princípios do contraditório e da ampla defesa. Não restando comprovado ter ocorrido uma das hipóteses de exceção permitidas pela Constituição Federal, a perda da nacionalidade brasileira poderá ser decretada. Dessa forma, muito embora a declaração da perda da nacionalidade brasileira não se dê de maneira automática, a instauração do processo poderá dar-se de ofício. Para mais informações, acesse: http://miami.itamaraty. gov.br/pt-br/nacionalidade_brasileira.xml O Ministério da Saúde recomenda a aplicação da vacina de febre amarela em pessoas que moram em regiões de risco de febre amarela, ou que irão viajar para os locais de risco, caso nunca tenham recebido a vacina ou caso tenham sido vacinados há mais de dez anos. Para quem vai viajar, a vacina contra febre amarela dever ser aplicada com dez dias de antecedência. Atualmente, a recomendação de vacinação é válida para todos os estados brasileiros. No entanto, antes de viajar, verifique a página eletrônica do Ministério da Saúde para obter dados atuais. A vacina não pode ser administrada em crianças menores de 9 meses de idade; mulheres amamentando crianças menores de 6 meses de idade; pessoas com alergia grave ao ovo; pessoas portadoras do vírus HIV; e pessoas em tratamento com quimioterapia/radioterapia; pessoas portadoras de doenças autoimunes. Veja as recomendações no site http://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/febre-amarela.

Alerta: serviços de despachantes cobram preços abusivos e praticam irregularidades O Consulado-Geral vem recebendo reclamações de diversos cidadãos brasileiros quanto aos preços abusivos e práticas irregulares dos serviços de despachantes (alguns dos quais se denominam ilegalmente como “cartórios”). Cabe esclarecer que: - O Consulado-Geral não tem qualquer ligação com serviços de despachantes e não recomenda a utilização desses serviços. - É muito fácil solicitar serviços consulares. Todas as informações necessárias encontramse no portal eletrônico (miami. itamaraty.gov.br). Basta ler atentamente as regras. Dúvidas podem ser encaminhadas para os e-mails passaporte.miami@ itamaraty.gov.br ou consular. miami@itamaraty.gov.br . - O agendamento de serviços é gratuito. Não aceite pagar pelo agendamento. Para agendar, acesse “cgmiami.appointy. com”. - O valor real dos serviços encontra-se na página eletrônica

do Consulado-Geral (miami. itamaraty.gov.br). Não pague preços abusivos pelos serviços consulares. - Não acredite que os serviços de despachantes representam maior agilidade e rapidez na entrega do documento. A maior parte da documentação trazida por despachantes para o Consulado-Geral contém diversos erros que atrasam ainda mais o serviço. - A venda de Money Order do correio norte-americano somente pode ser feita nas agências dos correios. A venda de Money Orders por serviços de despachantes é ilegal e pode ser objeto de investigação pelas autoridades locais. O Consulado-Geral adotará, em breve, medidas cabíveis contra os serviços de despachantes que prejudicam os cidadãos brasileiros. Denuncie práticas abusivas de despachantes nos emails consular.miami@itamaraty.gov.br e ouvidoria.consular@ itamaraty.gov.br.

Mercedes-Benz C-230 1.8 Kompressor - Ano 2003 - 135.000 milhas - Sem acidentes - Transmissão automática - Ar condicionado - Todo original - Couro preto super limpo - Teto panorâmico - Som com 6 CD’s Bose. Vendo por U$3,999 ou pela melhor oferta Tratar: 407.256.2569


30

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

31

www.JornalBB.com

COMUNIDADE

Torneio de Golfe em Orlando Estão abertas as inscrições para o primeiro torneio de Golfe que será realizado em Orlando para fins beneficentes. A idéia partiu do médico em medicina oriental, brasileiro, Daniel Galeli, que participa organiza o Wellness Project Foundation, que irá encaminhar a receita do evento a pacientes com câncer. O evento não tem fins lucrativos e as inscrições são para custear alimentação e aluguel do campo. Qualquer praticante do golfe pode participar com a inscrição de $80 individual, incluindo almoço. Grupo de 4 jogadores recebem um desconto e pagam apenas $300. As inscrições vão até o dia 15 de abril e o torneio será realizado no dia 29 de abril, às 7 horas da manhã, no Metrowest Golf Club, localizado no 2100 S. Hiawassee Road, Orlando, Fl 32835. Existem cotas de patrocínio para empresas a partir de $250. Mais informações pelo telefone 407.866.2827.

(De pé, da esq. para à direita) Cônsul-Geral Adjunto Nilo Barroso, Francisco Ruiz, Adriana Machado, Leidmar Cesar Lopes, Priscila Triska, Elisiane Ramos, Mariana Luz, Heitor Castoldi, Patricia Machado, Neymar Lima e o Cônsul-Adjunto Eduardo Galvão. (Sentados, da esq. para à direita) Beatriz Cariello, Antônio Cássio Segura, Embaixador Adalnio Senna Ganem e Laine Furtado

Nova formação do Conselho de Cidadãos se reúne pela primeira vez Os novos integrantes do Conselho de Cidadãos da Flórida se reuniram pela primeira vez em 15 de fevereiro, no Consulado-Geral. O Embaixador, Cônsul-Geral Adalnio Senna Ganem, apresentou o estatuto atualizado e empossou os novos membros da organização. Antônio Cássio Segura, presidente da “BrazilianAmerican Chamber of Commerce of Florida” (BACCF),

assumiu o posto de coordenador-geral do Conselho. Laine Furtado, editora-chefe da revista Linha Aberta, será a porta-voz do grupo. A professora Beatriz Cariello será a secretária. Na pauta do encontro, foi definido parte do plano de trabalho para este ano. Entre diversas frentes, o Conselho será responsável por projetos em benefício da comunidade nas áreas de empreendedoris-

mo, assistência social, saúde, educação, cultura, empoderamento feminino e violência contra a mulher. Entre os novos integrantes do Conselho de Cidadãos estão a empresária Adriana Machado, o padre Heitor Castoldi, o pastor Leidmar Cesar Lopes, a executiva Mariana Luz e Patrícia Machado, representante do Centro Comunitário Brasileiro (CCB).

Blue Jacket Park instala Fitness Station

Neighborhood Watch é reconhecido

Mais bombeiros para servir Orlando

Aproveitando o clima desta temporada, a prefeitura de Orlando instalou equipamentos de fitness em vários parques da cidade. Nesta foto, vemos o prefeito Dyer e Robert F. Stuart, Commissioner do District 3 inaugurando o fitness station do Blue Jacket Park. Se você vive próximo da região, aproveite.

Em fevereiro, o prefeito Dyer, o Commissioner Tony Ortiz e o Chefe de Polícia de Orlando, John Mina, se reuniram para agradecer líderes de Neighborhood Watch pelo melhor desempenho em 2107. A vizinhança escolhida foi a de Lake Underhill. Você também pode participar em sua comunidade.

Como parte do compromisso de manter seguros seus residentes, negócios e turistas, o Departamento de Bombeiros de Orlando planeja contratar, este ano, 12 novos bombeiros e, ao menos, 25 paramédicos civis certificados e técnicos de emergências médicas, para atender o crescimento da população.

Folhas secas poluem lagos A prefeitura de Orlando tem orientado seus moradores que evitem de soprar com máquinas as folhas secas, muito comuns nesta época do ano. O motivo é que elas acabam indo para a rua e terminam muitas vezes nos lagos em torno da cidade e acabam prejudicando a qualidade de água da região. A forma correta é recolher as folhas e colocá-las em um saco para ser depositado no passeio para coleta de lixo reciclável. Assim, todos ajudam a preservar a cidade limpa e contribuir para a qualidade do meio ambiente. Se você quiser ver o vídeo que a prefeitura colocou no youtube, favor clicar ps://www. youtube.com/watch?v=5zMRqnVmxYs




Brasileiras & Brasileiros, Inc.

VÔO PÁTRIO

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

Peter Ho Peng Peter Ho Peng nasceu na China e cresceu em Porto Alegre. Formou-se na UFRGS em engenharia química e na Georgia Institute of Technology (MSc e PhD). É morador de Tierra Verde, Flórida. peterhpeng@yahoo.com

E agora, José?

D

ezessete pessoas morreram, trucidadas, na escola secundária Marjorie Stoneman Douglas High School (MSDHS), localizada em Parkland, municipalidade a cerca de 35 milhas ao norte de Miami, assassinados por um ex-aluno, com arma de guerra. Quinze vítimas estudantes tinham entre 14 e 18 anos de idade, sendo que dois docentes mortos tinham idades de 32 e 35 anos. Várias vítimas foram hospitalizadas; três em estado grave. Para entender melhor o ocorrido, fui atrás de algumas informações sobre o armamento usado nessa chacina, sobre as leis que regulam seu uso, e sobre o debate que vigora hoje em todos os canais de televisão, jornais e rádios. Vai aí algo sintético.

O armamento usado, o rifle AR-15 O AR-15 é um rifle semiautomático, usado na guerra do Vietnã. Como arma de guerra, foi banido até 2004, quando essa proibição caiu. Custa menos de US$1.000 (mil dólares), com todos os acessórios opcionais, e uma carga de 100 balas custa uns US$100 (cem dólares). Leva uma semana para serem entregues na sua casa, comprada on-line. Cada bala mede uns 7,5 milímetros ou ¾ de centímetro de diâmetro e varia de 4 a 6 centímetros de comprimento, dependendo da taxa de rotação que a bala adquire no tiro. Quanto maior a taxa de rotação, que depende da torção que a bala leva na modelagem, maior a velocidade, pois a bala em alta rotação penetra o ar mais facilmente. A mais alta velocidade chega a 973 metros por segundo. Quase 1 km/s (hum quilômetro por segundo) - um quilômetro no tempo em que você fala “bomdia”. O rifle AR-15 é idêntico à metralhadora M-16, exceto que o usuário tem que apertar o gatilho a cada tiro. Mecanismos chamados “bump stock” - não sei traduzir – convertem o AR-15 em uma metralhadora, um M-16, aperta uma vez e o rifle continua atirando. Esse assassino o tinha no seu rifle. Uma aluna levou nove balas. Dá para imaginar? A lei que permite sua compra e seu uso A Constituição dos Estados Unidos é a lei suprema da nação. Lembram daquele manuscrito, -“We The People”- de quatro páginas caligrafadas, que vemos em todas bibliotecas, agências de governo, correios, escolas?

E que podemos comprar em papel de pergaminho, “idêntico” ao original, por menos de dez dólares, em vários sites de comércio eletrônico. Relembrando, a independência deste país foi declarada em 1776. A Constituição foi acordada em 1789, e tem sete artigos, que tratam do funcionamento do país. Aos poucos, foi recebendo emendas que foram criando leis e regras para assuntos não inicialmente tratados, e o congresso foi aprovando essas emendas constitucionais, uma a uma, progressivamente. Cerca de 27 emendas foram criadas entre 1789 e 1971, ou seja, a grosso modo, apenas cerca de uma emenda a cada década. Isso é bem enxuto e direto. Funcionou1. Pois bem, a Segunda Emenda Constitucional trata do Direito de Portar Armas. Data de 1789, e protege o direito dos cidadãos de comprar e portar armas. Bem, naquele tempo, as armas eram aquelas espingardas, mosquetões, e os revólveres, de pouca capacidade de tiro. Tempo das baionetas. E o cidadão precisava tratar ele mesmo de sua segurança e da segurança de sua família. Uma pessoa de 18 anos tem esse direito, qualquer arma. Não pode comprar cerveja, mas pode adquirir uma AR-15. Será que essa lei vale ainda para as armas de hoje, como a que descrevo acima? Esclarecendo, até 2004 o uso de armas de guerra esteve proibido. Depois que o banimento por lei caiu, não se conseguiu fazê-lo voltar. Sociedade doente Hoje eu ouvi um republicano afirmando na televisão que esse direito, que eles

gostam de usar com o adjetivo “inalienável”, inaliable right, não foi feito por gente, mas foi um presente de Deus, para garantir aos homens o seu direito de se defender, de proteger a sua família, enfim, para garantir seu direito de SOBREVIVER. Falava felicíssimo da vida, jogou religião no meio. Aliás, colocou na ponta. Há como debater? Igualmente, li nos jornais que a deputada Claudia Tenney, de Nova York, afirmou que os assassinos em massa – mass murderers - revelam-se democratas. O jornalista disse que a deputada fez a afirmação sem oferecer nenhum dado comprobatório. No final de semana, na casa da Flórida, o presidente rezou pelos dezessete assassinados, entre duas partidas de golfe. Uma mulher dizia que votava nele porque ele tinha sido salvo (expressão evangélica, saved, equivalente born again). Mais tarde o presidente argumentou que tem que armar os professores. Não todos, apenas uns 20%. Os estudantes não saberiam quais estariam armados. Também disse pelo Tweeter que o FBI deixou o estudante-assassino de lado porque (o FBI) estava demasiadamente ocupado com a Rússia. Ou seja, jogou a culpa nos seus adversários. Porém mais inaceitável foi haver tomado a dor pessoal de tanta gente e mudado para um tema onde ele é figura central: a Rússia. Inacreditável. Ainda li o discurso do presidente do National Rifle Association, representante da indústria de armamentos, que distribui inteligentemente fundos nas campanhas eleitorais. Trata-se do senhor Wayne

LaPierre. Falou que temos que armar os professores, já sugerido pelo presidente antes. Falou também que precisamos tomar cuidado com a “maré socialista”, que esse movimento de protesto não vire um “trem descontrolado”. Para completar o argumento, relato que um usuário do YouTube, nomeado “mike m” postou um video no qual David Hogg, 17 anos, sobrevivente do massacre do MSDHS, aparece sendo entrevistado na TV, em agosto do ano passado, por um canal de Redondo Beach, Califórnia, por ter sido testemunha de uma desavença ocorrida entre o salva-vidas e um nadador. Com esse video, postado no YouTube, “mike m” argumentou que David Hogg seria um ator, não um estudante, pago por democratas, para dar esses depoimentos telegênicos, fascinantes, sobre o que ocorreu no MSDHS. O título da postagem de “mike m” era “DAVID HOGG, THE ACTOR” e declara, falsamente, a montagem de uma mentira, de uma conspiração dos democratas para distribuir essas notícias negativas. O “mike m” é um usuário do Facebook, que nunca teve mais de algumas centenas de acessos, e, nesse lance infame com o aluno do Parkland, teve 200 mil acessos em poucos dias. O Facebook proibe esses ataques pessoais, personal harassment, e retirou o vídeo do ar. O “mike m” tem a identidade protegida pelo Facebook, mas deu para sacar que ele é um morador de Idaho, e que tem no momento 51 anos de idade. Dizem que o assassino era doido, e que contra isso não tem o que fazer. O contra-argumento óbvio é que em países

como Austrália e Inglaterra o número de doenças mentais per capita é similar ao daqui, mas o número de mortes por armas aqui é cerca de vinte vezes mais elevado do que naqueles países. E assassinatos em massa, não sei de algum recente naqueles países. É claro para mim que o fácil acesso a armas tão letais é fator fundamental. E agora, José? E agora, José? é o refrão do poema José, escrito por Carlos Drummond de Andrade, poeta mineiro, itabirano, escrito em 1942, ao longo do Estado Novo, ditadura de Getúlio Vargas (que foi de 1937 a 1946). Reflete a angústia do brasileiro, naquele tempo, sem saber o que fazer, para onde ir. Neste momento de violência louca americana, uso o título do poema para perguntar à população brasileira imigrante o que está se passando e o que fazer. Os momentos difíceis da sociedade revelam suas fraquezas, mas também mostram suas forças. De um lado, a mentira, a violência, a enganação, o podre, o decadente, o moribundo. Do outro lado, a juventude, a força, a resistência, a busca pela vida. Sem dúvida temos que aproveitar a oportunidade de educação, de inserção social, envolver-nos em movimentos políticos, ajudar nas mudanças, ir para a frente. E buscando a verdade, identificando as falsidades, mentiras, corrupção, tentando entender o povo que nos hospeda, participando das suas conversas, já é um bom começo. FIM! 1. A nossa Constituição data de 1988, tem nove (09) artigos, noventa e uma (91) emendas constitucionais, que datam de 1994 a 2016, seja, mais de dez (10) emendas por ano, e tem mais de 500 páginas datilografadas.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

33


34

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

Divulfação

COMPORTAMENTO

O que você faria por amor? De acordo com a enquete global realizada pelo aplicativo de paqueras Jaumo, feita a mais de 365.000 homens e mulheres, nas culturas latinas o sexo mais indiferente ao amor seria o feminino

O

aplicativo de paqueras Jaumo (www.jaumo. com) consultou mais de 365.000 usuários de 25 países para saber se ainda acreditam no amor verdadeiro, aquele grande amor da sua vida, e se poderiam manter um relacionamento de longa distância. Consultou também se eles já têm um relacionamento que tenha surgido de um aplicativo de paquera e se mudariam de cidade por causa do amor. Ao analisar os países latinoamericanos que participaram da enquete (México, Colômbia, Brasil, Argentina e Chile) junto com Espanha e Portugal, o resultado surpreendeu ao evidenciar que as mulheres acreditam menos que os homens em um grande amor utópico dos filmes e novelas, e que também não acham que seja possível encontrá-lo ou mantê-lo à distância. Para os que ainda esperam encontrar sua cara-metade, a tecnologia claramente acelera a busca, embora os números ainda reflitam que o caminho para o amor continua não sendo nada fácil. Os usuários mexicanos e brasileiros têm a maior experiência na “vitrine digital” já que são os que mais utilizam esse tipo de aplicativos. Ainda assim, somente em torno da metade reconhece ter um relacionamento que tenha surgido através desses novos meios de encontro.

Os solteiros acreditam no grande amor As opiniões diferem amplamente sobre o tema do grande amor. Enquanto alguns acreditam que seu parceiro sonhado é uma ideia romântica e sem sentido, outros estão convencidos da sua existência. As respostas dos usuários refletem que o romance está presente na maioria dos homens portugueses já que 70,9% dos entrevistados dizem ainda acreditar no amor. Os mexicanos estão perto, com 64,45%, e os espanhóis com 63,76%. Os argentinos firmes com 62,54% e os chilenos com 62,28% pareceriam estar também no alto da escala romântica, seguidos pelos brasileiros com 55,82%. Nas culturas latinas são as mulheres as que parecem estar perdendo a esperança já que somente a metade ainda mantém a fé no amor e são as portuguesas que lideram com 57,55%. Novamente as mulheres mexicanas se colocam no segundo lugar (55,28% de aprovação entre as mulheres entrevistadas), seguidas pelas espanholas com 54,88% e as argentinas com 52,11%. As chilenas levam 49,70% e as garotas brasileiras 45,33%. Em comparação com os solteiros masculinos, as solteiras de culturas latinas acreditariam consideravelmente menos no amor verdadeiro. É possível encontrar o amor por meio de um aplicativo?

Numa escala mundial dentro dos países latinos é possível afirmar que os espanhóis estão na vanguarda do amor digital já que são os únicos que superam a média: 52,33% dos entrevistados, incluindo homens e mulheres, disseram que já tinham tido um relacionamento por meio de um aplicativo de paqueras. Por outro lado, no resto do universo de língua portuguesa e espanhola -- as chamadas regiões de sangue “caliente” -- os números esfriam consideravelmente. Portugal (44.46%), Argentina (40.82%), Brasil (40.60%), México (39.64%), Colômbia (38.94%) e Chile (38.75%). Relacionamento à distância? A Bélgica também foi um dos países que participou da enquete. Os belgas dariam (quase) tudo por amor: 70,40% deixariam suas casas por amor e se mudariam a uma nova cidade. Os homens portugueses (67,34%), por sua vez, também aceitariam um movimento a favor do amor inclusive deixando seu maravilhoso clima mediterrâneo. Na América Latina, 61,19% dos chilenos se mudaria de cidade para morar junto com sua companheira enquanto os homens do resto das regiões mostrou os seguintes resultados: México (59.62%), Argentina (58.63%) Colômbia (56.30%), Brasil (51.84%). Se colocar em risco o entorno e se as rotinas estiverem em

jogo, somente metade das portuguesas entrevistadas (50,16%) o fariam por amor. E isso se repete no resto das latinas: a percentagem das mulheres flexíveis à mudança fica entre 38% e 46%. Os homens, por sua vez, em geral prefeririam mudar seu lugar de residência por amor e fariam as malas no nome de um relacionamento. Conclusão A enquete parece evidenciar que existem diferenças respeito ao amor não só entre homens e mulheres. Os relacionamentos também diferem notavelmente entre países, inclusive em tempos de globalização. E, claramente, entre culturas e línguas. O universo simbólico traça suas linhas e Jaumo expõe esse mundo de diferentes expectativas. Mais de 365.000 usuários do aplicativo foram entrevistados durante um período de quatro semanas e as perguntas podiam ser aprovadas ou rejeitadas. Sobre Jaumo Jaumo é um aplicativo de paqueras fundado em 2011 por Jens Kammerer y Benjamin Roth. Foi o primeiro a introduzir uma função de vídeo ao vivo que permite que os usuários interajam em tempo real. Conta com 30 milhões de usuários em 180 países no mundo todo, dos quais 700.000 são da Espanha, 6.000.000 são da Brasil. O aplicativo está disponível de forma gratuita para iOS e Android.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

35


36

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

AVENTURA

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

Fuscamérica

Nauro Junior

dá o pontapé inicial para a Copa do Mundo na Rússia

Expedição inicia a maior de todas as aventuras do projeto e convoca público a participar de financiamento coletivo

O

Fusca ano 1968 que já riscou sete países da América do Sul tem sonhos mais ousados para 2018: vai cruzar o oceano. A Expedição Fuscamérica estará com o Segundinho -apelido carinhoso do veículo ícone do projeto- na Copa do Mundo da Rússia. De acordo com o fotógrafo Nauro Júnior, idealizador da expedição, a ideia é rodar cerca de 20 mil quilômetros entre os meses de junho e julho, acompanhando os bastidores dos jogos do maior espetáculo esportivo do planeta. “Queremos mostrar o lado B da Copa, os torcedores de todos os cantos, a mistura de idiomas, e os bastidores que as transmissões internacionais não mostram”, destaca Nauro. O roteiro prevê o embarque do Fusca no Porto de Rio Grande, em abril, e desembarque na Alemanha, de onde será enviado por via terrestre até a cidade de Moscou. A operação será realizada pela Sagres Agencia Marítimos e Wallenius Wilhelmsen Logistics (WWL). Na maior de todas as aventuras da Fuscamérica, Nauro terá a companhia do co-piloto Caio Passos, que hoje vive na cidade de Porto, em Portugal. O encontro da equipe será em Lisboa, de onde seguem de avião até Moscou. A Rússia é o país com maior área do planeta, cobrindo mais de um nono da área terrestre. Mas nem isso impediu que o projeto começasse a ser delineado há dois anos. “Foram muitas reuniões, conversas com amigos, empresas, contatos com canais de televisão, até acharmos o modelo ideal de viagem”, explica Nauro. Depois de percorrer mais de 45 mil quilôme-

tros em incursões pela América do Sul, desde 2012, ele encara o desafio com serenidade. “Fusca e futebol tem a mesma essência, são do povo, e isso faz com que a nossa aproximação com as pessoas seja facilitada”, argumenta. PROJETO COLETIVO Mesmo com negociações em aberto com alguns canais de televisão, a equipe da Expedição Fuscamérica decidiu arregaçar as mangas e colocar em prática uma forma independente de tornar o projeto viável: um financiamento coletivo. No dia 20 de janeiro – Dia Nacional do Fusca – Nauro lançou um crowdfunding para arrecadar doações para a meta de R$ 40 mil. “Na verdade este valor é a metade do total necessário para a viagem, o restante será pleiteado junto a empresas e parceiros”, informa Nauro. Para dar suporte à logística da viagem, a “equipe terra” planeja todos os detalhes do roteiro. A equipe formada por Gabriela Mazza, Ígor Islabão, Greice Piche e Jéssica Barz é responsável pela organização dos percursos, contatos com imprensa e alimentação das mídias sociais da Expedição Fuscamérica, que tem mais de 10 mil seguidores do Facebook. Para chamar a atenção do público sobre o início do financiamento coletivo, foram lançados vídeos com personagens que integram a história do projeto. “A ideia é que o público participe, compartilhe e embarque nessa aventura com a gente”, finaliza Nauro. Jornal B&B

Cordilheira dos Andes

www.JornalBB.com

Family Complex Litigation & Collaborative Group Imigração | Leis de Família | Divórcio Pensão Alimentícia | Custódia da Criança Primeira Consulta Grátis

407.757.2878

Alessandra@FclcGroup.com

407.386.8877 | WWW.FCLCGROUP.COM 618 East South Street - Suite 110 - Orlando, Fl 32801 Alessandra Manes é graduada pela University of Central Florida, com Bachalerado em Arts in Psychology. Posteriormente, recebeu o grau de Juris Doctorate pela Barry University School of Law. Durante a escola de Direito, Alessandra foi Juíza dos programas Law Fraternity, Phi Alpha Delta, Governadora da Divisão do Young Lawyers, Law Student Division, Presidente do Intramural Sports Club e membro do Women Lawyers Association.

Alessandra B. Manes, Esq.

Alessandra é membro do Florida Bar, Young Lawyers Division e do American Bar Association. Nasceu em São Paulo, Brasil. Fluente em Inglês, Espanhol e Português.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

✤✤ ✤

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

Carlos J. Gurreonero, D.M.D., P.A.

DENTISTA

37

✤✤ ✤

FALAMOS PORTUGUÊS

Exames para Pacientes NOVOS

CLAREAMENTO

PROMOÇÃO para crianças até 15 anos

! M O O Z $ 50 375 70

$

Inclui: (DO150) - Exame inicial, Raio X digital completo (D0210), Raio X Panorâmico (DO330). Válido para pacientes sem periodontites

$

.00

Preço Regular $500

Inclui: Exame inical, radiografias, limpeza e aplicação de fluor.

Os cupons não podem ser usados com Planos de Saúde e nenhuma outra oferta.

8865 Commodity Circle, Suite 6 Orlando, FL 32819 (Esquina com John Young Pkwy e Sand Lake Rd em frente ao 7-Eleven)

Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta, das 8AM - 5PM - Sábado das 9AM - 2PM Aceitamos Cartão de Crédito e Diversos Planos de Saúde

407.219.5931

Jornal B&B

Consultório equipado com a mais moderna tecnologia. Tratamento com sedativos disponível para adultos e crianças.


38

Brasileiras & Brasileiros, Inc. The Law Office of

Randall W. Hanson, P.A.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

TURISMO

GOL inicia vendas dos voos para EUA

Imigração Bancarrota Acidentes

Randall W. Hanson, Esq. Advogado

Dina H. Heymann, FRP

Florida Registered Paralegal

Primera Consulta Grátis

(407) 491-2656

www.randallhansonlaw.com rh@randallhansonlaw.com 313 South Central Avenue Oviedo, Fl 32765

1277 N. Semoran Blvd, Suite 106 Orlando, FL 32807

Tráfego de brasileiros voltou a crescer no aeroporto de Orlando Com o crescimento econômico previsto para o Brasil, em 2018, brasileiros estão vindo à Flórida Central e, mais precisamente, a Orlando em números recordes. Uma pesquisa realizada em outubro pela Reuters prevê que o PIB brasileiro será de 2,3% em 2018, o que aponta crescimento na demanda local, melhoria nos gastos domésticos e aumentos nos investimentos e despesas em bens duráveis. Phil Brown, diretor executivo da Greater Orlando Aviation Authority, disse: “O Brasil está de volta! Este ressurgimento de nosso terceiro maior mercado internacional traz um impulso bem-vindo à economia local”, “Com os recentes aumentos

de assentos vindos do Brasil, o impacto econômico projetado para 2018 é de quase US$1 bilhão, com aumento de 111% em relação a 2013”. O novo serviço da GOL, juntamente com o próximo serviço da LATAM para Fortaleza, e o aumento das capacidades de Azul e Delta, ajudaram a quantidade de assentos sem escalas do Brasil para Orlando atingir um máximo histórico de 486.000 para 2018. As quatro companhias aéreas vindas do Brasil para MCO, Azul, Delta, GOL e LATAM ligam juntas seis destinos do Brasil: Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Rio de Janeiro, São Paulo e Recife.

A GOL Linhas Aéreas Inteligentes iniciou venda de passagens para os dois destinos nos Estados Unidos, Miami e Orlando. Serão quatro voos entre Brasil e Flórida, a partir de 4 de novembro, com decolagens diárias de Brasília e Fortaleza, escolhidas por suas localizações privilegiadas e oportunidade de conexões com os demais destinos da companhia. A malha da companhia para Miami e Orlando foi construída com base nos clientes de todas as regiões do país, pois tanto em Brasília quanto no novo hub do Nordeste, em Fortaleza, um total de 30 destinos poderão fazer conexões rápidas e eficientes, com duração média de 60 minutos. Os clientes podem, por exemplo, adquirir passagens para embarcar em aeroportos centrais como Congonhas e Santos Dumont e se conectar com a Flórida via Brasilia. As rotas serão realizadas com as aeronaves Boeing 737 MAX 8 equipadas com tecnologia de última geração. Os clientes terão à disposição internet e entretenimento, bancos de couro, mais espaço entre as poltronas e serviço de bordo gratuito, com bebidas e refeições. Para mais informações, visitar o site voegol.com.br ou uma agência de viagem.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

39


40

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 24

||

Num 3 ||

MARCH 2018 ||

www.JornalBB.com

B&b march 18  

Está pronta a sua edição de Março de 2018 do jornal B&B. Boa leitura!

B&b march 18  

Está pronta a sua edição de Março de 2018 do jornal B&B. Boa leitura!

Advertisement