Page 1

FREE

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

GRĂ TIS1

www.JornalBB.com

Since 1994

Siga o Jornal B&B no seu Smartphone

Brasileiras Brasileiros

Novo caça Mig-35

p 16

THE LARGEST DIRECT MAIL BRAZILIAN NEWSPAPER IN THE US

PERIODICALS POSTAGE PAID AT ORLANDO, FL USPS # 018-834

Eraldo Manes, Embaixador Adalnio Senna Ganen e Miguel Kaled

Conselho de CidadĂŁos se reĂşne em Tampa p 33

Decretos de Trump

pg. 4,5, 7, 8, 10, 12 e 14

Retenção de Líquidos p 26 Brazilian Beat p 33 Não sofra com o medo de envelhecer p 31 se o seu nome não aparece impresso na etiqueta abaixo Ê porque você não tem uma assinatura gråtis do jornal B&B. Para ser assinante e receber o jornal em casa, Ê só preencher e enviar o cupom abaixo. Obrigado. ASSINE E RECEBA GRà TIS NO SEU ENDEREÇO NOS ESTADOS UNIDOS &IRSTNAME\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\ ,ASTNAME \??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\

PERIODICALS POSTAGE PAID AT ORLANDO, FL USPS # 018-834

POSTMASTER: SEND ADDRESS CHANGES TO Jornal B&B INC. 5534 HANSEL AVENUE ORLANDO, FL 32809

!DDRESS\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\ \??\??\??\??\??\??\??\??\\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\#ITY \??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\ \??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\3TATE \??\??\:IP\??\??\??\??\??\??\??\??\ % MAIL\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\ ?\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\??\ & \ ! \ 6 \ /\ 2 \\ 0\ 2 \ % \ % \ . \ #\ ( \ % \ 2 \\ % \ - \\ , \ % \ 4 \ 2 \ ! \ 3 \\ $\ % \\ & \ /\ 2 \ - \ !



*ORNAL"RASILEIRAS"RASILEIROS




Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

Veias varicosas nem sempre são um

Problema Cosmético Síndrome de May-Thurner É uma condição causada pela compressão da veia pela artéria, a qual pode ser tratada com o uso do “stent”. O Dr. Ashish Pal é o médico na Flórida Central que possui a maior experiência no assunto.

Você tem alguma dor ou inchaço nas pernas? Veias varicosas, pernas pesadas e dolorosas agora podem ser tratadas no consultório com o Procedimento não invasivo VNUS Closure. A maioria dos pacientes retomam as atividades normais em 1-2 dias. Os tipos de veias varicosas dilatadas, geralmente são nas cores azul, vermelha e da cor da pele. Se destacam em formas de “cordões” trançados. CAUSA: O problema ocorre quando a válvula que deveria retornar o sangue das pernas para o coração já não funciona corretamente, ocasionando a retenção do sangue no local.

EXAME GRÁTIS!

O que é IVC? A Insuficiência Venosa Crônica é uma condição causada pela dificuldade do sangue, pobre em oxigênio, retornar ao coração. As veias varicosas se não tratadas a tempo, podem progredir para um quadro de IVC e formar ulcerações. Existem fatores genéticos e também durante a gravidez o IVC pode se instalar com mais frequência.

PARA O DIAGNÓSTICO DE VARIZES E ARTRITES

Jornal B&B

Oferta válida para o Mês de SETEMRBO, no consultório de Orlando. Terças-Feiras, das 13h às 16h.

407.898.8449 - 1.800.858.4634 1206 N. Mills Ave - Orlando, FL 32803 Dois Endereços para seu conforto:

181 Webb Dr. Suite B - Davenport, FL 33837 Dr. ASHISH PAL, M.D., F.A.C.C

www.veinguru.com

Aceitamos a maioria dos Seguros Médicos Vein&Vascular.indd 1

8/19/15 5:30:26 PM


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||



www.JornalBB.com

INFORME PUBLICITÁRIO

Temporada de Impostos Dicas importantes para se antecipar à Tax Season

C

omo todo início de ano, seguem alguma dicas importantes que irão te ajudar a cumprir com suas obrigações fiscais referentes ao ano fiscal 2016 - exercício 2017 com sucesso. Caso sua única obrigação seja o imposto pessoa física, reúna os informes de rendimentos do ano: formulário W-2 para quem obteve emprego formal; 1099 para os autônomos ou os que receberam juros, dividendos etc.; 1098 para os que financiam sua casa própria com mortgage; 1098-e para aqueles que frequentam ou frequentaram a faculdade e 1095A para os que contrataram seguro saúde através do programa de incentivo do governo Obama Care. Estes são alguns dos mais comuns formulários enviados todos os anos aos contribuintes pessoa física. Recomendamos que os mesmos sejam armazenados por até 5 anos em meio digital ou físico e que fiquem à disposição do contribuinte para apresentar ao seu contador ou ao IRS em caso de eventual auditoria. Se possuir empresa ou negócios nos EUA será necessário reunir documentos e informações adicionais como: receita auferida, gastos com veículo, (por exemplo gasolina, seguro, manutenção ou milhas dirigidas) telefone, materiais, supplies, despesas com escritório, impostos e licenças pagas, cópia de licenças operacionais, cópia dos documentos corporativos, (EIN de sua empresa e registro estadual), bem como, relatório de pagamento de funcionários, além de de saldos bancá-

rios no final do ano. As datas limites para a entrega de imposto são as seguintes: • LLCs (1065) e S Corp (1120S) têm prazo até 15 de março; • CORP (1120) e pessoas física residentes fiscais (1040), prazo até 18 de abril; • Pessoa física não residente fiscais (1040NR), até 15 de junho. Apesar de existir a possibilidade de estender os prazos oficiais através de um pedido de estensão sempre é válido antecipar-se e entregar suas obrigações o mais cedo possível. Desta forma, evita-se trabalhar perto das datas limites diminuindo o risco de erros e aumentando as chances de correções e ajustes ainda dentro dos prazos oficiais. Por fim, os contribuintes que entregam dentro do prazo não arcam com multas por atraso de pagamento de imposto de renda nem juros sobre eventuais saldos devidos ao FISCO americano.

Carol Larson




Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

ECONOMIA

cesso de ratificação os acordos mercantis assinados entre a UE e Cingapura, Vietnã e Canadá. No entanto, desde a vitória de Trump nas eleições em novembro, a CE mantém na geladeira a negociação do acordo de livre-comércio com os EUA, o chamado TTP, que Washington e Bruxelas começaram a discutir em 2013, no governo de Barack Obama. “Estamos determinados a resistir à tendência rumo ao unilateralismo”, acrescentou Schinas, quem lembrou que 31 milhões de empregos na UE estão vinculados às exportações.

A União Europeia (UE) se declarou “uma das economias mais abertas do mundo”, em resposta à decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de retirar seu país do Tratado Transpacífico (TPP), declarou o portavoz chefe da Comissão Europeia (CE), Margaritis Schinas. A União Europeia negocia atualmente 20 de acordos bilaterais de comércio com países de todo o mundo, inclusive na região da Ásia-Pacífico, entre eles um pacto comercial com o Japão que está “quase na fase final”, acrescentou o porta-voz. Além disso, estão em pro-

Foto: Andy Rain

Após saída dos EUA do TPP, UE diz estar “aberta a fazer negócios”

Foto: Yonhap

Foto: Justin Lane

Brazilian Heritage Night

Dólar sobe O dólar se valorizou em relação ao euro, ao iene e às principais divisas durante o mês de janeiro. Até o final do mês, o pregão nos mercados financeiros de Nova York, o euro era cotado a US$ 1,0684, valor inferior ao da última sessão no mesmo horário, que foi de US$ 1,0747. Em relação à moeda japonesa, o dólar subiu de 113,28 para 114,53 ienes. A divisa americana também ganhou força no câmbio com o franco-suíço, a libra esterlina e o dólar canadense.

Dow Jones supera 20 mil pontos O índice Dow Jones Industrial bateu, em janeiro, pela primeira vez em sua história acima de 20 mil pontos, enquanto os outros dois principais indicadores de Wall Street, o seletivo S&P 500 e o Nasdaq Composite, terminaram o pregão também com novos recordes positivos. Segundo dados provisórios, o Dow Jones subiu 0,78%, para 20.068,51 pontos. Já o S&P 500 avançou 0,8%, para 2.298,37 pontos, e o índice composto da Nasdaq fechou em alta de 0,99%, aos 5.656,34.

No dia 23 de fevereiro, o Orlando Magic vai realizar evento que homenageia a Cultura do Brasil, em parceria com a CFBACC. O evento será o primeiro network oficial da nova diretoria da Câmara, programado para o Amway Arena às 7:00 PM. O Magic oferece um preço especial para membros da CFBACC e cria a oportunidade além de assistir a partida entre Orlando Magic e Portland Trail Blazers, uma oportunidade para desfrutar de música, comida, dança e exibição de artistas brasileiros, no local. Para mais informações, entre em contato com o Diretor Carlos Velez, (407) 916-2523 ou Cvelez@orlandomagic.com Se você ainda não é membro da Câmara e gostaria de conhecer como fazer amigos e negócios, entre no site www.cfbacc.com


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||



www.JornalBB.com

IMIGRAÇÃO

Trump compara muro com México ao de Israel com territórios palestinos (como o muro) que não podem e nem serão negociáveis”. “Reconhecemos nos Estados Unidos uma nação soberana com pleno direito de proteger suas fronteiras conforme o decida o povo e o governo. Nós não concordamos em que o muro seja a melhor maneira de proteger ou gerar uma boa convivência entre vizinhos, mas podem defender suas fronteiras como melhor parecer para eles”, afirmou. “Mas daí pretender que seja o povo do México que pague por um muro é passar de uma ação soberana a algo que é profundamente inaceitá-

vel”, completou o chanceler. Videgaray disse também que uma tarifa sobre as importações de produtos mexicanos, como sugeriu o governo de Donald Trump (de 20%), o que aconteceria que o muro entre as fronteiras seria pago pelos consumidores americanos. “Um imposto sobre importações dos Estados Unidos a produtos mexicanos não é maneira de fazer com que o México pague pelo muro, mas sim o consumidor americano, que pagaria mais caros os abacates, máquinas de lavar, televisores”, afirmou o chanceler.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comparou o muro que pretende construir na fronteira com o México, com o qual Israel construiu para separar os territórios palestinos, com a intenção de evitar ataques terroristas. “O muro é necessário porque o povo quer proteção e o muro protege. A única coisa que se precisa fazer é perguntar a Israel. Eles tinham um desastre absoluto atravessando para o outro lado”, opinou Trump em uma entrevista ao canal “Fox News”. Desta forma, Trump comparou o muro israelense, criticado por isolar populações palestinas, a seu projeto para levantar uma barreira física com o México, terceiro maior parceiro comercial dos americanos, que Trump acusou de não fazer o su-

ficiente para lutar contra a imigração ilegal e o narcotráfico. O presidente americano afirmou que o muro israelense evita “99,9%” das travessias não autorizadas e esse é seu objetivo para sua barreira com o México, assegurando que o país vizinho pagará pelo custo de uma maneira indireta. Trump também disse que sua barreira será “um muro em condições”, diferente ao que agora existe em grande parte do traçado da frronteira entre México e Estados Unidos. Donald Trump assinou uma ordem executiva para acelerar a construção de um muro na fronteira com o México, que segundo ele acabará com a imigração ilegal e o narcotráfico, e garantiu que o México pagará por sua construção.

Jornal B&B

Foto: Sáshenka Gutiérrez

O ministro das Relações Exteriores do México, Luis Videgaray, disse, em Washington, que pagar o muro que pretende construir o presidente americano, Donald Trump, na fronteira entre os países é algo que não pode ser aceito pelo seu povo por “dignidade”. “Há questões que são (inaceitáveis) por dignidade, que não têm a ver com as exportações ou economia, mas com o coração e orgulho dos mexicanos”, afirmou o chanceler em entrevista coletiva na Embaixada do México, em Washington. “Assim como oferecemos respeito, os mexicanos devem respeitar a nós mesmos, nossa história e símbolos nacionais”. O chanceler confia em retomar as “reuniões de alto nível” com o governo dos EUA apesar do cancelamento do encontro dos presidentes e a “decepção” e “estranheza” que produziu Trump quando anunciou a assinatura do decreto do muro na véspera de sua visita. “Reiteramos a vontade firme do governo do México de continuar em comunicação estreita no mais alto nível com o governo dos Estados Unidos, vamos seguir negociando e vamos chegar a muito bons acordos”, afirmou. Trump sustenta que o muro será pago pelo México, enquanto para o governo de Peña Nieto essa é a linha vermelha que não vai se transferir de modo algum. O chanceler reiterou que o México não pagará o muro “sob nenhuma circunstância” e que há “coisas

Foto: Jim Hollander

Chanceler mexicano diz que pagar muro de Trump é inaceitável por “dignidade”

Imigração Falência Leis de Família Divórcio Pensão Alimentícia 618 East South Street Suite 110 Orlando, Fl 32801

Custódia da Criança Apoio à criança

Primeira Consulta Grátis

407.810.9771 407.377.6699 | WWW.TheOrlandoFamilyFirm.Com Alessandra_FAMILY.indd 1

Alessandra Manes, Esq.

Alessandra@TheOrlandoFamilyFirm.com

2/24/16 3:36:11 PM


6

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

EDITORIAL Eraldo Manes Junior é paulistano, vive em Orlando, Fl desde 1990. É fundador e publisher do Jornal B&B, desde 1994. emanes@jornalbb.com

Unidos pela Comunidade

E

sta edição está recheada de decretos polêmicos assinados pelo novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Em pouco mais de 10 dias, até o fechamento desta edição, Trump já havia usado a caneta mais vezes do que qualquer outro antecessor, no mesmo período. Sem novidades, a maioria dos decretos eram promessas de campanha. Diferentemente, suas repercussões ocorrem de maneira variada em todo o mundo, e a cada minuto acontecem novos desdobramentos. É cedo para analisar a postura de “Durão” de Trump como algo eficaz. O seu primeiro decreto, a saída dos EUA do TTP parece ter surtido efeito: a União Europeia diz estar “aberta a fazer negócios”, leia detalhes na página 5. Em contrapartida, a reação de ódio fica presente, principalmente, quando mexe com minorias. Teremos novidades com relação aos planos de saúde. É só uma questão de tempo. Para assuntos de Imigração, que afetam diretamente a vida de brasileiros nos EUA, o jornal B&B pesquisou notícias e trouxe opiniões de advogados no assunto para orientar o leitor. Diretoria da CFBACC Após respeitado, rigorosamente, os protocolos estabelecidos em reunião formal da Câmara, no dia 21 de janeiro, liderada pelo advogado Euri Cerrud, finalmente, a nova Diretoria da Câmara, para o período de

2017, -da qual tenho a honra de ser presidente-, vem a público. O novo grupo assumiu suas atividades, em 1 de fevereiro. Anuncio os nomes daqueles que terão a responsabilidade de dar continuidade ao crescimento da CFBACC- Central Florida Brazilian-American Chamber of Commerce, respeitando a importância que a organização representa para a comunidade brasileira na região da Flórida Central, em seus quase 20 anos de história. Durante a minha gestão pretendo descentralizar as atividades do dia-a-dia, evitando que tais tarefas sobrecarreguem uma só pessoa. Também, para que todos possam participar democraticamente e assumir compromissos e responsabilidades de maneira transparente e em equipe. Agradeço publicamente o apoio deste grupo que estará ao meu lado em 2017. Farei o que estiver dentro do melhor da minha capacidade para atingirmos juntos nossos objetivos: André Gucaillo, André Linhares, Andrea Almeida, Carlos Velez, Celestino de Cicco, Daniel C. Janequine, Edward C. Beshara, Euri Cerrud, José Roberto Vasconcelos, Miguel Kaled e Sandro Pereira dos Santos. Aproveito para convidar a comunidade, membros e não membros da Câmara, para o primeiro evento oficial organizado pela nova diretoria. Leia detalhes na página 4 e boa leitura.

Advertising Deadlines

Brazilian International Press Awards

Advertising and publicity deadlines are vary every month. It is the advertiser’s responsibility to submit fresh advertising materials each month if desired. Please call for information of the next deadline.

• Outstanding Work - 2013 • Best Community Article - 2012 • Women Community Leadership - 2011 • Golden Award (Over 10 Years of Service) • Editor of the Year - 2008 • Newspaper Layout - 2008

Send Us Your News Brasileiras & Brasileiros welcomes story ideas and Press Releases along with photographs of interest to the Brazilian Community living in the United States. Deadline to editorial is the 20th of every month.

WINNER Brasileiras & Brasileiros, Inc. Fundado em 1994 5534 Hansel Avenue Orlando, FL 32839 USA Fones: (407) 855-9541 e (407) 353-2799

www.jornalbb.com info@jornalbb.com

Publisher: Eraldo Manes Junior Editor-In-Chief: Maida Bellíssimo Manes

Hispanic Corporate Achievers • Hispanic 100 Media - 1997

CIRCULAÇÃO AUDITADA

News Designer: Marily Smith

Additional Copies Brasileiras & Brasileiros can be found in restricted commercial areas in Central Florida, such as Brazilian Restaurants, Supermarkets, Shopping Malls. Please Call us 407.855.9541 to know where it is available.

International Correspondent: Edinelson Alves Contributing Writers: Edinelson Alves, Roberta Detti, Marcio da Cruz Alves, Peter Peng e Fabiana Mello. Sales Managers: Paulo F. Martins (in memorian) Sandro Coutinho Member:

BrasileiraseBrasileiros

Distribution The Brasileiras & Brasileiros is a Direct Mail publication targeting the Brazilian Community living in the US. More than 7,000 families receive BY MAIL this publication free of charge. It is an audience of more than 30.000 readers a month. If you want to be added to this list, please find a subscription form on the COVER of this edition and submit to us. Wait for one month to start receiving your free copy.

Periodical # 01- Jornal B&B USPS # 018-834 IS PUBLISHED MONTHLY BY Brasileiras & Brasileiros, Inc. 5534 HANSEL AVENUE ORLANDO, FL 32809 POSTMASTER: SEND ADDRESS CHANGES TO: Brasileiras & Brasileiros, Inc. 5534 HANSEL AVENUE - ORLANDO, FL 32809 PERIODICALS POSTAGE PAID AT ORLANDO, FL 32809

Duplicates If you receive more than one copy, both in your name or the same address, please call us at 407.855.9541 to cancel one copy. Thus we will give the opportunity to other new reader start receiving this free publication. Responsibility Products, services, information and/or opinions featured in ads content offered to readers are not an endorsement by the publisher Brasileiras & Brasileiros, Inc. Publisher assumes no responsibility for errors, gimmicks or hassles, in any customer-approved advertising copy for this publication. No part of this publication may be reproduced without written permission from the publisher. Brasileiras & Brasileiros, Inc. reserves the right to refuse advertising spaces at the publisher’s discretion. Copyright 1994-2017. All rights reserved.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com



IMIGRAÇÃO

O grande e polêmico muro que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pretende construir ao longo da fronteira com o México pode ser atravessado com uma simples e barata escada de madeira. Seja um muro de cimento, uma cerca de aço ou uma simples barreira, essa proteção, tantas vezes mencionada nos comícios eleitorais do magnata republicano, voltou ser repercutida após a ordem assinada por Trump para dar início à construção em questão de “meses”. Ao longo da fronteira entre EUA e México, que cobre os estados da Califórnia, Arizona, Novo México e regiões do Texas, existem atualmente 569 quilômetros de muro, assim como outros 481 quilômetros de barreiras para dificultar a passagem de veículos e pessoas. Apesar disso, essa proteção não impediu o cruzamento de imigrantes ilegais nem do tráfico de drogas. Em todo o ano fiscal de 2016 (11 de outubro de 2015 a 30 de setembro de 2016), a Patrulha Fronteiriça deteve 415.816 imigrantes ilegais ao longo da fronteira com o México, número superior aos 337.117 detidos no período anterior. Além disso, no último ano fiscal foram confiscados 586.972 quilos de maconha e 2.482 quilos de cocaína, provenientes principalmente do México, o vizinho do sul que Trump quer que assuma 100% dos custos do muro. “Nossa relação com o México vai melhorar”, afirmou o presidente americano em ato no Departamento de Segurança

Foto: Alejandro Bringas

Imigrantes e traficantes já cruzaram muro que será construído por Trump

Nacional (DHS), no qual divulgou medidas em matéria de imigração que incluem criar mais centros de detenção e negar recursos federais às cidades que tentarem proteger imigrantes ilegais. A ideia de construir um muro na fronteira com o México, sob o argumento de constituir um tema de “segurança nacional”, não é algo novo. Em 1994, o governo de Bill Clinton aprovou a construção de pequenas barreiras. Em 2006, a ideia voltou a ganhar força com o então presidente George W. Bush, que deu sinal verde à construção de

um grande muro em algumas partes da fronteira. No entanto, não são poucos os que tentaram provar a ineficácia de uma parede na fronteira, já que os imigrantes ilegais, motivados muitas vezes por instinto de sobrevivência, escalam o muro com escadas improvisadas, enquanto os traficantes passam grandes quantidades de drogas através de túneis subterrâneos. O congressista democrata pelo Texas Joaquín Castro afirmou em entrevista que a proposta do muro é mais um “símbolo” do que uma

ferramenta efetiva para aumentar a segurança na fronteira. Quando são estudados os métodos utilizados pelos narcotraficantes para continuar em atividade, as dúvidas sobre os verdadeiros benefícios de um muro ficam ainda maiores. Os traficantes usam catapultas colocadas do lado mexicano para lançar pelos ares pacotes de drogas recolhidos no lado americano. Os criminosos também posicionam rampas improvisadas por onde os carros sobem e cruzam o muro, utilizam aviões de pequeno porte e até fazem buracos por baixo das barreiras existentes para atravessar drogas e pessoas. O xerife Omar Lúcio, do condado de Cameron, localizado no Texas e que faz fronteira com o estado mexicano de Tamaulipas, acredita que um muro na fronteira não impedirá as atividades dos cartéis mexicanos. “Se o muro tiver seis metros de altura, há uma escada de sete metros, o contrabandista

vai buscar uma ou outra forma de passar”, disse o xerife. No caso específico deste condado, que dá para o Golfo do México, o xerife afirma que uma parede de concreto terá pouco efeito para deter o tráfico ilegal por mar. “Aparecem lanchas carregadas de droga, pacotes de droga que são arrastados do mar para a costa”, explicou. Mesmo assim, acima de todas essas opiniões, Donald Trump parece estar confiante que um muro aumentará a segurança e que os Estados Unidos recuperarão “o controle de suas fronteiras”.




Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

IMIGRAÇÃO

Deputados e senadores russos esperam que Rússia e Estados Unidos formem em breve uma aliança para acabar com o Estado Islâmico (EI), após a primeira conversa telefônica realizada entre os presidentes de ambos países. “O próximo passo deve ser as negociações para criar uma ampla coalizão antiterrorista na Síria”, disse o chefe do comitê da Duma (Câmara dos Deputados) para Assuntos Internacionais, Leonid Slutski, a veículos de comunicação locais. Slutski lembrou que o presidente russo, Vladimir Putin, já propôs dita coalizão em setembro de 2015 na Assembleia Geral das Nações Unidas, mas o Ocidente fez ouvidos surdos à proposta, após o que o Kremlin decidiu enviar tropas ao país árabe. Putin e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decidiram coordenar a luta contra o EI e outros grupos terroristas na Síria. “Isso é o que espera todo o mundo da cooperação russo-americana”, acrescentou o

deputado russo. A esse respeito, o subchefe do comitê de Defesa do Senado, Frants Klintsevich, se mostrou convencido que, caso Moscou e Washington coordenem suas ações na Síria, “o problema da completa destruição (dos terroristas) pode ser solucionado no prazo de um mês”. “Se juntarem forças, com as possibilidades que têm Rússia e EUA, isso não será tarefa difícil”, apostou. No entanto, Klintsevich admitiu que “o desejo do presidente dos Estados Unidos não será suficiente”, já que alguns representantes da indústria militar americana podem pôr impedimentos e “desacelerar o processo”. Em qualquer caso, considerou que a conversa entre ambos líderes é “crucial” para negociações de paz entre o regime de Bashar al Assad e a oposição armada. Naquele que foi seu primeiro contato desde a posse do presidente americano em 20 de janeiro, Putin e Trump “deram prioridade a unir esforços na luta

Foto: Michael Klimentyev

Políticos russos esperam aliança contra EI após acordo entre Putin e Trump

contra a principal ameaça: o terrorismo internacional”. Putin destacou que a Rússia “apoiou os EUA durante os últi-

mos dois séculos, foi seu aliado em duas guerras mundiais e agora vê os EUA como seu principal parceiro na luta contra o terroris-

mo internacional”. Por sua parte, Trump encarregou o Pentágono de lhe apresentar uma estratégia para derrotar o EI.

Juíza bloqueia parte do veto de Trump a cidadãos de 7 países muçulmanos Uma juíza federal dos Estados Unidos bloqueou parte do polêmico veto de viagem temporário a sete países de maioria muçulmana com histórico terrorista imposto pelo presidente do país, Donald Trump. A juíza Ann M. Donnelly, do Tribunal do Distrito Federal de Brooklyn (Nova York), ditou que os refugiados ou outras pessoas afetadas pela medida e que chegaram a aeroportos americanos não podem ser deportados a seus países. Em uma audiência de emergência, a magistrada respondeu a

um pedido interposto pela União para as Liberdades Civis na América (ACLU) contra a ordem executiva assinada por Trump, cuja constitucionalidade pôs em dúvida. A juíza concluiu que aplicar o mandato do presidente com o envio dessas pessoas a seus países poderia causar um “dano irreparável”, informou a imprensa local. Contudo, Donnelly não declarou que os afetados possam permanecer no país nem se pronunciou sobre a constitucionalidade da medida e fixou uma audiência para 21 de fevereiro para voltar a abordar o caso.

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, qualificou como “vergonhosa” e “cruel” a política migratória do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que nega o ingresso nesse país de refugiados e imigrantes de várias nações com população muçulmana. Em uma crítica declaração postada em sua conta no Twitter, Khan, o primeiro muçulmano a chegar à prefeitura da capital britânica, disse que as medidas de Trump prejudicam “os valores de liberdade e tolerância sobre os quais os Estados Unidos foram construídos”. O prefeito acrescentou que a nova política migratória dos EUA - que proíbe a entrada de cidadãos com passaportes de Iraque, Síria, Irã, Sudão, Líbia, Somália e Iêmen - prejudica britânicos que têm dupla nacionalidade com esses países. “Os EUA têm uma orgulhosa história de receber e acolher refugiados. O presidente não pode dar as costas a esta crise global, todos os países têm que assumir sua parte”, acrescentou. “Apesar de cada país ter o direito de estabelecer suas próprias políticas de imigração, esta nova política é contrária aos valores de liberdade e tolerância sobre os

quais os EUA foram construídos”, prosseguiu o prefeito do Partido Trabalhista. Além disso, Khan expressou sua satisfação pelo fato de a primeira-ministra britânica, Theresa May, também ter indicado que não está de acordo com as novas medidas do presidente americano. Após o retorno de May da Turquia, a residência oficial de Downing Street informou que a premiê não estava de acordo com o veto temporário imposto por Trump à entrada de cidadãos e refugiados de vários países de maioria muçulmana. Downing Street emitiu essa

Foto: Will Oliver

Foto: Peter da Silva

Prefeito de Londres tacha política migratória de Trump de “vergonhosa” declaração após ter recebido críticas, inclusive de posições conservadoras, por não ter criticado a decisão adotada por Trump. Em entrevista coletiva na Turquia, May se limitou a dizer que a política de imigração de Washington era competência desse país. “A política de imigração nos Estados Unidos é uma questão do governo dos Estados Unidos, assim como a política de imigração para este país deve ser estabelecida por nosso governo”, disse um portavoz oficial na declaração. “Mas não estamos de acordo com este tipo de enfoque e não é o que nós vamos adotar”, acrescentou.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com




10

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

IMIGRAÇÃO

Trump diz que quer empregos para os EUA

assinou para lutar contra o terrorismo jihadista. O decreto suspende tanto a entrada de todos os refugiados durante 120 dias como a concessão durante 90 dias de vistos a cidadãos de sete países de maioria muçulmana com histórico terrorista - Líbia, Sudão, Somália, Síria, Iraque, o Iêmen e Irã - até que se estabeleçam novos mecanismos de escrutínio. Esse veto provisório provocou caos e indignação em meio mundo, enquanto vários viajantes viram bloqueado seu acesso ao território americano e protestos foram realizados no aeroporto nova-iorquino JFK e em outros pontos dos EUA.

Foto: Alex Cruz

Trump critica Europa e defende “fronteiras sólidas” nos EUA O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ressaltou a necessidade de que os Estados Unidos tenham “fronteiras sólidas” e criticou a situação migratória na Europa e no resto do mundo. “Nosso país necessita de fronteiras sólidas e um escrutínio extremo, AGORA. Vejam o que está acontecendo em toda Europa e, certamente, no mundo - uma confusão terrível!”, escreveu Trump em uma breve mensagem divulgada em sua conta pessoal no Twitter. O presidente americano não deu mais explicações, mas postou esse comentário depois da polêmica causada pela ordem executiva que

www.JornalBB.com

O presidente Donald Trump reiterou sua intenção de gerar empregos nos Estados Unidos nas fabricantes de automóveis General Motors (GM), Ford e Fiat Chrysler (FCA). “Quero novas fábricas (de produção) que sejam construídas aqui para carros que serão vendidos aqui!”, disse Trump. Durante meses, o setor automotivo foi um dos principais alvos dos ataques de Trump pela produção de veículos no México. Trump ameaçou a Ford com

Decreto de Trump também afeta pessoal de cabine de voos aos EUA A Agência Internacional do Transporte Aéreo (Iata) advertiu as companhias aéreas que compõem a entidade que o decreto assinado pelo presidente americano, Donald Trump, que impede a entrada nos Estados Unidos de cidadãos de sete países de maioria muçulmana também afeta o pessoal de cabine. O novo presidente dos Estados Unidos assinou, em janeiro, um decreto que suspende durante 90 dias a obtenção de vistos em sete países de maioria muçulmana com histórico de terrorismo. A Iata enviou uma mensagem a todas as companhias

aéreas alertando sobre os efeitos do decreto. Segundo a mensagem, o pessoal de cabine com nacionalidade dos sete países vetados - Irã, Iraque, Etiópia, Sudão, Líbia, Síria e Iêmen - não poderão entrar nos EUA. A instituição lembrou que a medida provocará prejuízos em muitas companhias aéreas, uma vez que terão de impedir a entrada de passageiros desses países árabes e africanos. A mensagem cita como exemplo o Irã, e lembra que, segundo dados oficiais americanos, 35 mil iranianos visitaram os Estados Unidos em 2015.

Protesto no setor de chegadas do aeroporto de São Francisco, Califórnia

tarifas alfandegárias de 35% durante a campanha presidencial. A relação com o fabricante só melhorou quando a companhia anunciou o cancelamento da construção de uma fábrica de montagem no México, um investimento avaliado em US$ 1,6 bilhão. O novo governante, que também atacou a General Motors e a Toyota, mudou seu tom com o setor depois que os principais fabricantes anunciaram uma onda de investimentos nos Estados Unidos.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

11

Vistos para Brasileiros Imigração Americana; • Todos os vistos: L-1, E-2, EB-5, EB-1 e outros.

Webinars e Seminários para as questões de imigração dos Estados Unidos; Migração Global para investidores de alto patrimônio líquido para residência e cidadania imediata em outros países.

Edward C. Beshara Sócio Gerente Advogado nos EUA B. Juris, LL.B, J.D Adjunct Professor of Business Immigration Law at the University of Florida College of Law.

Jornal B&B

John Gihon Attorney at Law Of Counsel to Beshara P.A. J.D., B.A. 15 years’ experience working with the U.S. Government 8 years’ experience working with U.S. Immigration and Customs Enforcement

Beshara_AD_SEMINAR.indd 1

Salvatore Picataggio Sócio Advogado nos EUA J.D., B.S. Adjunct Professor of Business Immigration Law at the University of Florida College of Law

Julieta Smit Paralegal 15 years’ experience in U.S. Immigration Studied International Relations Atendimento em Espanhol

Andrea Almeida Representante Brasileira Paralegal - Mestrado em Administração (EUA) Atendimento em Português e Espanhol

Rosane Scott Paralegal B.D. Brasileiro Paralegal Certificate (U.S.) Atendimento em Português

A equipe do escritório BESHARA Professional Association tem vasta experiência em apresentar opções eficientes de imigração para os EUA, a investidores que pretendem investir nos EUA ou empresários, executivos e gerentes, que querem abrir filiais nos Estados Unidos.

Nossa equipe também auxilia na obtenção de VISTOS para a família desses profissionais, permitindo a entrada rápida para viver e trabalhar, legalmente, com residência temporária ou permanente.

555 Winderley Place, Suite 300 - Orlando/Maitland, Fl 32751 Tel. 407.571.6878 - Fax: 407.571.6879 ebeshara@besharapa.com || www.besharapa.com 1/31/17 11:52:45 AM


12

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

ECONOMIA

Economias de cidades fronteiriças sofrem com expectativa por medidas de Trump Temos tudo para a sua festa em um só lugar.

Também - Bolos alugamos mesas, cadeiras, forros, - Doces toalhas, pratos, talheres, - Salgados compressor de balões, - Assados painéis de - Sobremesas festas, etc. - Decoração - Serviço de garçons.

As cidades da fronteira sul dos Estados Unidos, dependentes em grande medida das compras de seus vizinhos mexicanos, vivem a expectativa pelas decisões em maMrs Catering Parties téria comercial que serão aplicadas Consolação Fonseca pelo presidente Donald Trump no que diz respeito à relação com o 407 México. “Estamos na expectativa do que pode ocorrer nos termos 8421 S. O.B.T. Suite # 269 - Orlando - Fl - 32809 - Alliance Offices Center do Tratado de Livre-Comércio da América do Norte (NAFTA)”, afirMaria_Fonseca_STD-5.indd 1 9/23/15 3:06:45 PM mou o vice-presidente da Câmara de Comércio da cidade fronteiriça de McAllen (Texas), Luís Cantú, que lembrou que este é um acordo que ajuda a promover os negócios entre todas as partes de um modo “mais acelerado e justo”. Seu porta-voz, Sean Spicer, assegurou que o governante estuda a possibilidade de impor tarifas de até 20% sobre os produtos mexicanos para compensar o déficit de US$ 60 bilhões anuais na troca dos EUA com o México, o que poderia gerar uma guerra comercial. O objetivo dessas tarifas, que transgrediriam os compromissos estabelecidos no NAFTA, seria também custear a construção do muro

SÓ FESTAS...

383.6739

fronteiriço prometido por Trump, cujo custo está calculado entre US$ 12 bilhões e US$ 15 bilhões e que o magnata insiste em que deve ser pago, de um jeito ou de outro, pelo México. A renegociação do NAFTA foi outra das promessas do magnata nova-iorquino durante a campanha eleitoral, que considera “injusta” a relação comercial com o México devido a dito déficit. Durante a campanha, Trump também se prodigalizou em ataques aos imigrantes mexicanos, sobre os quais chegou a dizer que são narcotraficantes e estupradores. Para Cantù, estes tipos de ações e comentários contradizem o trabalho diário de seu departamento com os vizinhos mexicanos, que se baseia em forjar uma relação de confiança com as populações do outro lado do limite para que ambas partes saiam beneficiadas. “As comunidades de ambos lados da fronteira fomos cidades irmãs em termos econômicos, mas também em cultura e educação, durante os últimos 70 anos”, ressaltou o economista.

Concretamente, e segundo dados da própria Câmara de Comércio, mais de 30% das vendas totais dos pequenos comércios da texana McAllen são realizadas a clientes mexicanos, que viajam à cidade americana de maneira assídua para realizar todo tipo de compras. O turismo comercial, como define Cantù, é um dos principais motores da economia da maioria das cidades do Vale do Rio Grande, situado na fronteira com o México. No entanto, a desvalorização do peso mexicano em relação ao dólar, impulsionada especialmente pela eleição de Trump, assim como seus contínuos ataques à sociedade mexicana, já estão tendo consequências na situação econômica de McAllen. Isto é o que lamenta Felipe Almagro, proprietário de uma das lojas da cidade, que aponta que, em seu caso, mais de 50% de seu faturamento depende das mulheres mexicanas que compram ou alugam vestidos de festa em seu estabelecimento. Depois do triunfo eleitoral de Trump, o dólar chegou a superar a temida barreira dos 20 pesos e se mantém agora acima dos 21 pesos, frente aos 18,42 em que se encontrava antes das eleições americanas. Almagro relatou que, desde a eleição de Trump como presidente, os vizinhos mexicanos foram diminuindo suas viagens para McAllen e disse que isto poderia ocasionar o fechamento da “maioria” das lojas da cidade. Neste sentido, Cantú lembrou a importância de poder contar com um país vizinho que seja um aliado e que tenha estabilidade econômica, razão pela qual se mostra mais partidário da filosofia de “pontes abertas” e não da de “muros que nos dividem”.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

13


14

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

IMIGRAÇÃO

A Ordem Executiva de Trump afeta somente Muçulmanos?

Foto: ILYAS OMAROV

Edward C. Beshara PA

“Revogar vistos a outras nacionalidades é o que fazem os novatos”, diz Rohani afirmou Rohani em discurso divulgado em comunicado oficial pela presidência do Irã. Na avaliação de Rohani, o decreto de Trump demostrou a hipocrisia dos EUA. O presidente americano afirmou que se opunha ao regime iraniano, mas apoiava o povo do país. “O lema dos EUA era a não discriminação e diziam que essa época já tinha acabado, pois a origem dessa incorreta decisão se baseia em uma discriminação inadmissível”, acrescentou. O presidente do Irã também

criticou o fato de os EUA se definirem como defensores dos direitos humanos, mas implantarem medidas como as assinadas por Trump, que “pisam nesses direitos”. “Hoje não é dia de separação. A época de erguer muros entre os países acabou”, disse Rohani. A ordem de Trump suspende a emissão de vistos durante três meses para cidadãos de Líbia, Sudão, Somália, Síria, Iraque, Iêmen e Irã. A República Islâmica anunciou que aplicará o princípio de reciprocidade com os EUA.

Foto: Oliver Douliery

O presidente do Irã, Hassan Rohani, afirmou que o decreto que proíbe a entrada de cidadãos de sete países de maioria muçulmana nos Estados Unidos se deve ao fato do republicano Donald Trump ser um “novato” no mundo político. “Para quem nunca esteve na política, que estava em outro mundo, esse ambiente é novo. É possível que prejudique a si próprio e aos demais até saber o que ocorre no mundo”, disse. “Revogar os vistos de outras nacionalidades é o que fazem os políticos novatos”,

O secretário de Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Kelly, reiterou que a decisão tomada pelo presidente Donald Trump de impedir a entrada de refugiados e cidadãos de sete países de maioria muçulmana não é uma proibição de viagem, mas sim uma “pausa temporária”. O secretário de Segurança Nacional destacou que a medida busca proteger as vidas dos americanos.

Foto: Alessandro di Meo

EUA reiteram que decreto sobre países muçulmanos é “pausa temporária”

Vaticano mostra preocupação com políticas migratórias de Trump O substituto para Assuntos Gerais da Secretaria de Estado do Vaticano, Angelo Becciu, confessou estar preocupado com as medidas migratórias adotadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Becciu, além disso, disse que o papa Francisco “reitera a capacidade de integrar quem vem para nossa sociedade e cultura”. O jornal vaticano “L’Osservatore Romano” analisou a decisão, em um artigo intitulado “O fechamento não é progresso”, e afirmou que a imigração contribuiu para a economia dos EUA.

O Presidente Donald Trump assinou, em janeiro, uma ordem executiva (protegendo a entrada de terroristas estrangeiros nos Estados Unidos) proibindo a entrada nos EUA para pessoas de alguns países de maioria muçulmana. Os países incluem: Síria, Irã, Iraque, Líbia, Iêmen, Somália e Sudão. Outros países poderão ser adicionados. A proibição também se aplica a todas as pessoas com cidadania destes países e incluem muçulmanos, cristãos e judeus. No entanto, um cidadão desses países que é residente permanente nos Estados Unidos estão autorizados a entrar nos EUA. Com esta nova normativa, estes cidadãos não podem aplicar para vistos de não imigrante ou imigrante para entrada nos EUA. Se os mesmos estiverem em solo americano, os cidadãos de países banidos não poderão aplicar para o status de não-imigrante ou imigrante. Portanto, é aconselhável que cidadãos que estão em solo americano não retornem a seus países porque existe a probabilidade de não poderem reentrar. A proibição também afeta a entrada de refugiados nos EUA, principalmente, para refugiados que não têm residência permanente aprovada. Entre os refugiados há cristãos e muçulmanos. Se eles não têm a residência permanente ainda aprovada terão que esperar pelos esclarecimentos da Administração do Presidente Trump e do Departamento de Estado. A Lei de Imigração e Nacionalidade afirma claramente que as leis do país não podem discriminar com base na cor, credo ou religião dos cidadãos desses países. No entanto, o presidente tem poder e pode selecionar uma classe de indivíduos que podem prejudicar os EUA. A realidade não é apenas os EUA, mas países do Oriente Médio barram indivíduos na entrada de seus territórios no ponto de entrada e independentemente da religião. O Oriente Médio também tem a mesma preocupação. Estes países impedem pessoas radicais, que tenham propensão de recrutar outros indivíduos a seguirem suas crenças. A questão é que a Ordem Executiva tem uma base legal, no entanto, há uma falta de previsibilidade e falta de esclarecimento de quanto tempo esta proibição vai durar. A Ordem Executiva suspende o programa de admissão de refugiados nos EUA por 120 dias. Além disso, a ordem reduziu o

número de refugiados comparado com a Administração do presidente Barack Obama de 110 mil para 50 mil refugiados. Lembrese que há uma boa porcentagem de refugiados que são cristãos. A ordem interrompe a admissão dos refugiados sírios até que o presidente Trump tenha as mudanças suficientes para proteger o interesse Nacional. No entanto, o presidente Trump indicou que cristãos que foram vítimas de perseguição terão prioridade na admissão nos EUA. Então, a questão agora é saber se eles foram perseguidos ou maltratados. A proibição aplica-se também a todos os cidadãos com dupla cidadania, os cidadãos do país designado que detêm passaportes de outro país não designado. Por exemplo, um brasileiro com dupla cidadania de um país banido, terá problemas para entrar; tirar qualquer tipo de visto, seja de imigrante ou não imigrante e enquanto nos Estados Unidos serão impedidos de fazer qualquer mudança de seu processo imigratório. A Ordem não se aplica para pessoas que viajam para países designados. O Departamento de Segurança indicou que os portadores de green card (residência permanente) dos países designados serão autorizados a embarcar e cada caso será analisado ao passar pela imigração Americana na chegada ao aeroporto nos EUA. Os cidadãos de países designados que têm visto de nãoimigrante que tentam entrar nos EUA poderão retirar seu pedido de admissão com o US Customs and Borders Patrol. No entanto, os não imigrantes que não querem retirar seu pedido de admissão serão removidos de forma sumária. Concluindo, o preâmbulo da legislação tem o objetivo do Departament of Homeland Security de proteger as fronteiras dos EUA, assunto de interesse nacional. Embora os EUA verificam a todos os requerentes de vistos temporários e permanentes, se o governo quer aumentar os controles de segurança, vamos esperar que haja previsibilidade, clareza e transparência nas medidas de segurança a serem implementadas. Se você tiver alguma dúvida, sobre novos procedimentos e políticas de imigração americana, por favor entre em contato com um advogado de Imigração com experiência.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

INFORME PUBLICITÁRIO

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

CÁRIE dENTÁRIA

Sintomas, causas e como são tratadas O que são cáries? A cárie dentária é o termo médico para as cavidades que surgem nos dentes. As cáries dentárias são erosões na superfície do dente causadas pelos efeitos combinados de bactérias, dos ácidos, da placa, e do tártaro. Cáries dentais são comuns em crianças e adultos, e elas ocorrem mais frequentemente como resultado de uma má higiene dental. As cáries dentárias são geralmente indolores no início, mas elas podem tornar-se dolorosas, se espalharem-se para o nervo ou raiz do dente. Não tratada, a cárie dentária pode evoluir para um abscesso no dente, que é uma condição mais dolorosa e potencialmente grave. As cáries dentais são comuns, mas, muitas vezes, podem ser prevenidas pela prática de uma boa higiene dental, incluindo escovação e fio dental. Os dentes cariados normalmente não requerem cuidados médicos de emergência, a menos que se torne muito doloroso, ou não responda aos analgésicos de uso comum, ou se evoluir para um abscesso. O tratamento inclui a remoção do material deteriorado com uma broca e o preenchimento do buraco resultante com um material dental estável. Sintomas Cáries precoces podem não ter qualquer sintoma. Mais tarde, quando a cárie já passou através

1

Como são tratadas as cáries dentárias? O tratamento que você vai receber depende do estágio da sua cárie dentária. Se as suas cáries dentárias são encontradas no início, seu dentista irá tentar controlar e tratar a cárie. Seu dentista também irá incentivá-lo a fazer mudanças de estilo de vida que irá prevenir uma deterioração posterior. Ele pode usar os seguintes tratamentos para tratar dentes cariados:

O que causa a cárie dentária? do esmalte, os dentes podem se tornar sensíveis a alimentos doces, quentes ou frios ou bebidas. A cárie dentária é causada por bactérias e substâncias prejudiciais, tais como o ácido, que entram em contato com os dentes. Depois que você come, as bactérias normais em sua boca combinam com restos de comida e ácidos para criar uma película pegajosa chamada placa. Se você não remover a placa bacteriana regularmente pelo uso do fio dental e escovação, ele pode acumular ou endurecer em uma substância conhecida como tártaro. Placa bacteriana e tártaro, além de bactérias e ácidos, podem degradar o esmalte dos seus dentes, levando a falhas no esmalte chamadas cáries dentárias, ou cáries. Cárie dentária geralmente começa como pequenos e rasos buracos; deixada sem tratamen-

Masque chiclete sem açúcar que contém xilitol e sorbitol (substitutos do açúcar) após as refeições e lanches por 15 a 20 minutos to, podem se tornar maiores e mais profundas e potencialmente levar à destruição ou perda do dente. O que pode acontecer se o meu dente cariado não for tratado? Se suas cáries dentárias não são tratadas, ela vai atingir partes mais profundas do seu dente e causar outros problemas. Cárie dentária muito ruim pode levar à dor, abscesso (infecção), e perda de seu dente. Pergunte ao seu médico para obter mais informações sobre abscesso no dente.

Flúor: Podem dar-lhe tratamentos de flúor durante as visitas ao dentista ou você pode usar produtos com flúor em casa. O flúor pode ser encontrado na forma de um verniz, bochecho e gel. Você pode comprar flúor com ou sem receita de um dentista em uma farmácia. O seu dentista irá dizer-lhe que tipo de flúor comprar e como usá-lo. Preenchimento: O dentista pode remover a parte deteriorada do seu dente e colocar uma obturação no dente. O preenchimento pode ajudar a proteger seu dente de uma deterioração posterior. Como posso ajudar a prevenir a cárie dentária? • Escove os dentes duas vezes por dia após as refeições com creme dental com flúor. • Lave a boca após as refeições e lanches com água se você não pode escovar.

dr. Carlos gurreonero

• Masque chiclete sem açúcar que contém xilitol e sorbitol (substitutos do açúcar) após as refeições e lanches por 15 a 20 minutos. Leia o rótulo para ver se o chiclete contém xilitol ou sorbitol. • Use fio dental para limpar entre os dentes pelo menos uma vez por dia. • Consulte seu dentista regularmente para limpezas dentárias e exames orais. Pergunte ao dentista quão frequentemente você deve vê-lo para limpezas dentárias e exames. • Pergunte ao dentista sobre o uso de flúor e selantes (um revestimento plástico que é colocado sobre os dentes). Estes podem ser utilizados para proteger os dentes das cáries. No consultório do Dr. Carlos Gurreonero recomendamos o uso de um raio X, uma vez ao ano. Cáries prematuras podem ser detectadas em um simples exame de raio X. Diferentemente de outros equipamentos de raio X, nosso equipamento digital, de pouca radiação e alta definição, proporciona uma visão detalhada da condição da saúde dos dentes do paciente. Também recomendamos 2 limpezas preventivas bucais por ano para prevenir cáries e doenças periodontais. Se você tiver alguma questão, marque uma consulta e te educaremos como manter um sorriso saudável que tanto você queria. Nos vemos no consultório.


16

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

TECNOLOGIA

Fotografia facilitada pela Autolib de carros elétricos que desde 2011 completam a oferta de transporte público em países europeus, como França, e também têm impulsionado o mercado chinês

Com subsidíos do governo, “carros verdes” começam a decolar na China Uma população cada vez mais preocupada com a poluição atmosférica e uma generosa política de subsídio oficial estabeleceram as bases para que os “carros verdes” - alimentados por fontes hídricas e elétricas - começassem a ser produzidos na China. As vendas desses veículos cresceram 53% em 2016 em relação ao ano anterior, totalizando 507 mil unidades, de acordo com a Associação de Fabricantes de Automóveis da China, a patronal da indústria. “Esse impressionante crescimento torna o mercado de veículos de ‘nova energia’ da China o maior do mundo e seguirá sendo assim no futuro”, disse o presidente e executivo-chefe do Volkswagen, Jochem Heizmann. Os carros verdes estão cada

vez mais em alta na segunda maior economia mundial, atraindo novas montadoras exatamente por atrair mais consumidores. “Acreditamos que os veículos de nova energia não encontram em outros países os níveis de aceitação que têm na China, tanto por parte dos consumidores como do governo”, destaca um porta-voz da montadora chinesa BYD, líder de vendas de veículos híbridos e elétricos no país. Só em 2015, o governo da China destinou 33,4 milhões de iuanes (US$ 4,9 bilhões) em subsídios para estimular o desenvolvimento de automóveis que usam fontes alternativas como combustível. O Ministério da Indústria planeja manter o programa de apoio até 2020, apesar da expectativa de que os requisitos sejam endurecidos

após casos de fraude revelados em setembro do ano passado. Empresas teriam manipulado dados para receber mais subsídios. Embora analistas esperem que o auge de vendas e o estabelecimento de uma economia de larga escala garantam a viabilidade do setor, muitos acreditam ser inevitável que, à medida que os subsídios sejam encerrados, muitas das empresas fechem as portas ou se reestruturem. Para os consumidores, porém, há outros obstáculos. “Comprei um carro elétrico por três razões: precisava de um veículo, era muito difícil tirar carteira para os (carros) normais e queria experimentar as novas tecnologias”, explicou um morador de Pequim que comprou um “carro verde” em 2016.

Irã confirma ter realizado teste com míssil balístico O ministro de Defesa do Irã, Hossein Dehqan, confirmou que o país realizou, em janeiro, um lançamento de míssil balístico, um teste que gerou preocupação entre vários países da comunidade internacional. “O recente teste está dentro de nossos programas e não permitiremos a ingerência estrangeira em nossos assuntos de defesa”, disse Dehqan, segundo a agência “Tasnim”. Em resposta à reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre o assunto, Dehqan afirmou que o teste não viola o acordo nuclear assinado pelo Irã em 2015 nem a resolução 2231 das Nações Unidas, que proíbe o país de executar testes com mísseis com capacidade de carregar ogivas atômicas. “Esse teste faz parte da rotina de nossos programas e sempre anunciamos que usaremos nossos programas para a fabricação de itens defensivos, para defender nossos objetivos e interesses nacionais”, ressaltou Dehqan. Sem confirmar os fatos, o ministro das Relações Exteriores

do Irã, Mohammad Javad Zarif, afirmou que a República Islâmica não usará mísseis balísticos para atacar outros países, embora se reserve o direito de se defender, nem os utilizará para levar ogivas nucleares. Sobre a preocupação da comunidade internacional, o chanceler ressaltou que o Irã “não precisa de permissão para se defender”. “Esperamos que as discussões sobre os programas defensivos do Irã e que estão fora da resolução 2231 e do acordo nuclear não se transformem em uma desculpa para jogos políticos”, alertou Zarif, se referindo aos Estados Unidos. Dehqan não deu detalhes sobre o lançamento do míssil. A nova embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, disse após o término na reunião do Conselho de Segurança que o teste era “absolutamente inaceitável”. “Vamos atuar. Vamos ser fortes, claros e faremos o necessário para proteger os americanos e as pessoas no mundo todo”, disse a diplomata nas Nações Unidas.

A Rússia apresentou seu novo avião símbolo: o caça Mig-35, uma aeronave multifuncional de última geração que, segundo seus construtores, não encontra similares no mundo. O novo avião de combate, que começará a ser produzido em série em 2019, foi exibido à imprensa no aeroporto de Lujovitsi, cerca de 140 quilômetros ao sudeste de Moscou. A aeronave herdou a composição aerodinâmica do Mig-29 - um dos caças mais populares da quarta geração - dotada de tecnologia que a torna indetectável por radares e que pode levar até sete toneladas de

armas. “É uma máquina de combate ótima para conflitos de alta intensidade”, explicou na apresentação Sergei Korotkov, vice-presidente de Inovações da Corporação Aeronáutica Unida da Rússia (OAK, na sigla em russo). Korotkov destacou que o Mig35, por suas características, pode usar todo o espectro de armas existentes, inclusive as mais avançadas e aquelas desenvolvidas especialmente para caças pesados. Segundo a fabricante Mig, seu novo caça leve foi concebido e adaptado para os mercados de 30 países, razão pela qual tem grande potencial de

exportação. “Os pilotos de vários países latino-americanos que tiveram a oportunidade de avaliar a universalidade do avião, sua capacidade de manobra e de combate deram uma alta nota a nossas tecnologias”, disse o diretor-geral da Mig, Ilya Tarasenko. “Necessitamos desta classe de aviões. Substituiremos toda a aviação leve com este tipo de aparato”, disse durante a apresentação o comandante das Forças Aeroespaciais da Rússia, Víctor Bondarev. “Graças a Deus, atualmente não há conflitos armados de grande envergadura, há apenas os locais, como o da Síria.

Foto: Maxim Shipenkov

Rússia apresenta seu novo avião símbolo: o caça Mig-35

Precisamos de aviões que precisamente possam cumprir essa tarefa, e os 3.500 quilômetros que pode voar o Mig-35 nos caem muito bem”, acrescentou Bondarev. Oficialmente, os voos de teste do novo caça Mig-35 começaram em janeiro e foram presenciados por meio de videoconferência pelo

presidente russo, Vladimir Putin. “É uma máquina realmente única”, disse o chefe do Kremlin após ver o caça no ar. O Mig-35 tem um raio de ação de combate de 1.000 quilômetros, pode desenvolver uma velocidade de até 2,25 Mach (quase 2.800 km/ h) e alcançar uma altura máxima de 17.500 metros.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

17


18

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

19


20

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

ESPORTE

Federer quebra tabu, vence Nadal em jogo épico e leva Aberto da Austrália

Roger Federer levanta a taça após vencer Nadal no Aberto da Austrália

Serena vence a irmã e conquista Aberto da Austrália pela 7ª vez

Foto: Mark R. Cristino

Serena Williams é abraçada pela irmã Venus Williams pela vitória na Austrália

Serena Williams venceu sua irmã Venus no duelo americano e familiar pelo título do Aberto da Austrália, para recuperar assim o posto de número um do mundo e conquistar este título pela sétima vez. Além disso, Serena ultrapassou a alemã Steffi Graf e tem agora 23 títulos de Grand Slams, apenas um a menos que Margaret Court. A conquista veio em um jogo que durou pouco menos de uma hora e meia e que chamou a atenção belo baixo nível técnico, com 46 erros

não forçados, 25 deles para Venus. Depois das emoções e dos saltos de alegria das duas irmãs ao vencer com brilho as semifinais, se passou à emoção contida durante o duelo e a um grande abraço entre as rivais ao final, com Venus passando ao campo de sua irmã para felicitá-la e encerrar assim a final “mais velha” da história do tênis, com as duas somando 71 anos e 11 meses. Serena Williams, de 35 anos e quatro meses, acabou sentada na quadra central após ganhar o último ponto e se transformar na mais ve-

terana da era moderna a erguer um Grand Slam e chegar de novo ao número um do ranking. “Você me inspirou e merece aplausos por seu impressionante retorno”, disse Serena sobre sua irmã, após receber o troféu das mãos da ex-campeã tcheca Hana Mandlikova, embora depois tenha se retificado. “Não gosto da palavra retorno. Ela nunca se foi”. Foi a sétima vitória de Serena em nove finais de Grand Slams das irmãs Williams, e a primeira desde Wimbledon em 2009.

Conforto e comodidade para os nossos clientes. Serviços de qualidade e rapidez. Atendimento na área de Orlando. • Residencial • Comercial • Industrial Plano Mensal de Manutenção preventiva a partir de $90 (Inclue mão de obra. As peças são à parte)

Emergência e Manutenção:

6799 South Kirkman Road Orlando, Fl 32819

(atrás do Sweet Tomatoes. De frente para a Kirkman Rd) Ideal_temp_AD.indd 1

407.440.4010 www.idealtemporlando.com

- Serviços de Ar Condicionado com garantia - Reparos em Geral - Profissionais Licenciados

GRÁTIS Com a apresentação deste cupom, você não paga a primeira visita. Valor regular: $69.99

Jornal B&B

Foto: Dean Lewis

O suíço Roger Federer conquistou seu quinto título do Aberto da Austrália, o 18º Grand Slam de sua carreira, ao vencer em uma final épica o espanhol Rafael Nadal. No quarto duelo entre estes dois jogadores no primeiro Grand Slam da temporada, Federer desencantou e ganhou pela primeira vez em território australiano de Nadal, seu carrasco na final de 2009, e nas semifinais de 2012 e 2014, em uma partida de três horas e 36 minutos. O suíço também rompeu um incômodo tabu, uma vez que não ganhava de Nadal em partidas de Grand Slam há quase dez anos, desde a final de Wimbledon de 2007. A partida foi intensa, tensa e incerta até o final, já que Nadal esteve muito perto da vitória, pois, após quebrar o serviço de seu rival no primeiro game do quinto set, dispôs de uma vantagem de 3-1 e inclusive uma oportunidade para marcar o 4-2 com seu saque, mas Federer conseguiu reverter a situação. Nadal salvou cinco bolas no oitavo game, no qual houve uma fabuloso troca de 26 golpes, mas Federer quebrou seu serviço e acabou ganhando os cinco últimos games, com um final novelesco, já que foi preciso recorrer ao vídeo para saber se o 20 ace de Federer era válido e para finalmente triunfar em Melbourne, após sete anos. Com este triunfo, Federer voltará ao top ten do ranking da ATP, justamente na décima posição, enquanto Nadal ocupará o sexto lugar. O quinto Aberto da Austrália é o 61º torneio em quadra rápida no histórico de títulos de Federer, e o 89º de seu currículo.

11/14/16 4:44:21 PM


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

21


22

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

ESPORTE

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

Edinelson alves

Bernardinho deixa seleção de vôlei

www.JornalBB.com Edinelson alves é jornalista, formado em Comunicação social e Estudos sociais, trabalhou como correspondente nos EUA para publicações brasileiras; foi também correspondente em Brasília, além de repórter, redator e editor setorial da Folha de Londrina(PR). É Correspondente do B&B desde 1996. edinelsonalves@uol.com.br

Considerado um dos melhores técnicos da história do vôlei, Bernardinho deixa a seleção como bicampeão olímpico (2004 e 2016), duas pratas (2008 e 2012) e três títulos mundiais (2002, 2006 e 2010), além de oito Ligas Mundiais. Foram 16 anos de muito trabalho e muitas conquistas, resultado da determinação, perfeccionismo e o jeito explosivo do técnico. Para a difícil missão de substituir Bernardinho, a Confederação Brasileira de Vôlei anunciou Renan Dal Zotto, que sempre se destacou como jogador e também como dirigente do vôlei. O grande desafio de Renan será o de preparar a seleção de vôlei para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A primeira competição oficial do novo técnico será a Liga Mundial, que terá início em junho. Renan, no entanto, espera fazer alguns amistosos antes da disputa. Disse que ainda não planejou sua primeira convocação.

Com reviravolta, Massa permanece na Fórmula 1 No final de 2016, o brasileiro Felipe Massa se despediu da Fórmula 1, com direito às lágrimas, emoções e muitas declarações recordando sua passagem pela categoria mais importante do automobilismo mundial. Mas tudo mudou depois que o alemão Nico Rosberg, após vencer o campeonato de 2016 pela Mercedes, surpreendentemente anunciou sua aposentadoria. Começou uma nova dança das cadeiras. Valtteri Bottas assumiu a vaga de Rosberg, e Massa voltou a Williams para o lugar de Bottas. A Williams ofereceu um contrato de R$ 20 milhões para Massa correr por um ano. Tudo porque a equipe inglesa vai precisar muito da experiência do brasileiro num ano em que os carros da Fórmula 1 vão sofrer uma nova revolução, principalmente na aerodinâmica. Lance Stroll, o outro piloto da Williams tem apenas 18 anos. Ele é filho de um bilionário canadense que tem, até aqui, bancado a carreira do filho. Apesar de suas vitórias nas categorias de base, Lance terá que vencer a desconfiança que existe no círculo da F-1 em relação ao seu real potencial.

Por questão política e financeira, Copa do Mundo de 2026 terá 48 seleções Depois de viver um período turbulento com afastamentos e prisões de dirigentes por envolvimento em corrupção e outros crimes, a Fifa, para ampliar seu alcance político e também para faturar mais dinheiro, anuncia uma inusitada alteração em relação a Copa do Mundo de 2026: a participação de 48 seleções. Ainda não foram anunciadas as novas regras e os critérios das eliminatórias, mas existe a possibilidade da adoção de 16 grupos com três seleções. As duas melhores de cada grupo avançam, ficando então com o número atual de 32 seleções, partindo para o mata-mata.

Uma Copa do Mundo com 48 seleções, conforme o presidente da Fifa, Gianni Infantino (foto), renderia R$ 2 bilhões adicionais. No Mundial da Rússia, em 2018, são estimadas receitas de R$ 11,3 bilhões. O modelo sugerido por Infantino gerou muitas críticas. O presidente da Uefa, o esloveno Aleksander Ceferin, falou que ainda faltam informações sobre a ideia de um mundial com mais times. A Associação de Clubes Europeus (ECA), se posicionou contra a alteração, porque acredita que o novo modelo irá sobrecarregar o calendário do futebol.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

ECONOMIA

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||



www.JornalBB.com

Edinelson alves

Brasileiros gastaram Us$ 14,497 bilhões no exterior em 2016 O índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) avançou de 48 pontos em dezembro do ano passado para 50,1 pontos em janeiro de 2017, informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI). A alta aconteceu após três meses seguidos de queda. O levantamento, que dá origem ao indicador, foi feito entre 3 e 13 de janeiro com 2.791 empresas do país. Pela metodologia utilizada, valores abaixo de 50 pontos indicam falta de confiança do empresário e acima deste patamar indicam empresários confiantes. Em 50,1 pontos, portanto, o índice está praticamente sobre a linha divisória que separa confiança de falta de confiança dos empresários. O indicador também ficou 13,6 pontos acima de janeiro de 2016. Entretanto, ainda está abaixo da média histórica, que é de 54,1 pontos. “O aumento no índice de confiança deve-se à melhora das perspectivas dos empresários. O índice de expectativas, um dos componentes do ICEI, registrou crescimento de 3,1 pontos na comparação mensal. As expectativas com relação a economia brasileira, que eram pessimistas em dezembro, tornaram-se neutras”, informou a Confederação Nacional da Indústria.

Brasileiro vai liderar realidade virtual do Facebook O brasileiro Hugo Barra já passou pela divisão de Android do Google e foi vice-presidente da fabricante de smartphones Xiaomi, responsável pela expansão internacional da marca. Agora, Barra vai liderar o setor de realidade virtual do Facebook. O anúncio no Facebook foi feito em conjunto por Barra e por Mark Zuckerberg, CEO e cofundador do Facebook. A novidade põe fim à incerteza de quem assumiria a Oculus VR após um processo de propriedade intelectual, que esteve em evidência recentemente. Brendan Iribe, cofundador da Oculus VR, deixou o cargo de CEO da empresa em dezembro. “Hugo compartilha da minha crença de que a realidade virtual e a aumentada são a próxima grande plataforma”, escreveu Zuckerberg. “Hugo vai ajudar a construir esse futuro.

Com a crise econômica, as incertezas decorrentes do desemprego e o dólar em alta (ficou em média durante o ano passado em R$ 3,50), os gastos dos brasileiros no exterior recuaram 16,5% em 2016, para US$ 14,49 bilhões, conforme informou o Banco Central. Trata-se do menor valor para um ano fechado desde 2009, quando os brasileiros deixaram US$ 10,89 bilhões lá fora. Em 2015, as despesas de brasileiros no exterior somaram US$ 17,35 bilhões. Enquanto isso, no ano passado, os estrangeiros, de acordo com os números do Banco Central, gastaram US$ 6,02 bilhões no Brasil – o que representa um pequeno aumento frente ao ano anterior, quando somaram US$ 5,84 bilhões. O Banco Central estima que esse incremento nas despesas de estrangeiros no Brasil se deve à realização da Olimpíada, no Rio. A previsão foi de que os turistas gastaram cerca de US$ 200 milhões a mais no país entre julho e setembro do ano passado.

Jornal B&B

Confiança empresarial volta subir no Brasil

• Assessoria Contábil e Fiscal • Abertura de Empresas (EUA e Offshore) • Proteção Patrimonial • Pedido de ITIN (Tax ID) sem necessidade de certificação do consulado • Folha de Pagamento • Sales Taxes • Due Dilligence • Notarização • Quit Claim Deed

Soluções completas, para viabilizar suas operações financeiras nos Estados Unidos Somos IRS Enrolled Agent e Acceptance Agent

IMPOSTOS E CONTABILIDADE

16 ANOS DE EXPERIÊNCIA NO MERCADO AMERICANO Dois endereços para você escolher:

Sul da Flórida: 3275 W. Hillsboro Blvd., Suite 306 Deerfield Beach, FL 33442 Tel.: (954) 708.2817 ogc@ogcfinancial.com

OGC_AD.indd 1

Flórida Central: 7065 Westpointe Blvd. # 205 Orlando, Fl. 32835 Tel.: (407) 985.4404 ogcorlando@ogcfinancial.com

7/28/16 11:38:32 AM




Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

OSCAR

O

musical “La La Land: Cantando Estações”, uma carta de amor à cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, se juntou a clássicos como “Titanic” (1997) e “A Malvada” (1950), ao receber o recorde de 14 indicações para o Oscar. O filme concorrerá à estatueta nas categorias de melhor filme, melhor diretor (Damien Chazelle), melhor ator (Ryan Gosling), melhor atriz (Emma Stone), melhor fotografia (Linus Sandgren), melhor figurino (Mary Zophres), melhor montagem (Tom Cross) e melhor canção original, com duas faixas (“Audition - The Fools Who Dream” e “City of Stars”). Também concorre nas categorias de melhor design de produção (David Wasco e Sandy ReynoldsWasco), melhor edição de som (AiLing Lee e Mildred Iatrou Morgan), melhor mixagem de som (Andy Nelson, Ai-Ling Lee e Steve A. Morrow), melhor trilha sonora original (Justin Hurwitz) e melhor roteiro original (Damien Chazelle). “La La Land: Cantando Estações”, “Moonlight: Sob a Luz do Luar”, “Manchester À Beira-Mar”, “A Chegada”, “Cercas”, “Estrelas Além do Tempo”, “Lion”, “A Qualquer Custo” e “Até o Último Homem” são os candidatos ao prêmio de melhor filme na 89ª edição do Oscar, que será realizada no dia 26 de fevereiro no Teatro Dolby, em Los Angeles. “La La Land: Cantando Estações” conta a história de Mia (Emma Stone), uma jovem aspirante a atriz, e Sebastian (Ryan Gosling), um

dedicado músico de jazz, que se conhecem em Los Angeles enquanto tentam transformar seus sonhos em realidade. Outros filmes bem cotados são a história de ficção científica “A Chegada” e o drama independente “Moonlight: Sob a Luz do Luar”, com oito indicações cada uma. Um degrau abaixo ficaram a bélica “Até o Último Homem”, o retorno em grande estilo de Mel Gibson como diretor, e a intimista “Manchester À Beira-Mar”, com seis indicações cada uma. Gibson, que desta maneira vê seus pecados absolvidos pela indústria, lutará pelo Oscar de melhor diretor ao lado de Denis Villeneuve (“A Chegada”), Kenneth Lonergan (“Manchester À Beira-Mar”), Barry Jenkins (“Moonlight: Sob a Luz do Luar”) e Chazelle. A estatueta ao melhor ator ficará entre Casey Affleck (“Manchester À Beira-Mar”), Andrew Garfield (“Até o Último Homem”), Viggo Mortensen (“Capitão Fantástico”), Denzel Washington (“Cercas”) e Gosling. O título de melhor atriz colocará em disputa a francesa Isabelle Huppert (“Elle”), Ruth Negga (“Loving”), Natalie Portman (“Jackie”), Meryl Streep (“Florence: Quem é Essa Mulher?”, sua 20ª indicação, com a qual aumenta seu recorde histórico) e Emma Stone. Além disso, Mahershala Ali (“Moonlight: Sob a Luz do Luar”) parte como favorito no campo de melhor ator coadjuvante frente a Jeff Bridges (“A Qualquer Custo “), Lucas Hedges (“Manchester À Beira-Mar”), Dev Patel (“Lion”) e

Fotro: Mike Nelson

“La La Land” se junta a “Titanic” e bate recorde com 14 indicações

Ryan Goslin, Emma Stone, Damien Chazelle e Justin Hurwitz, principais atores do filme com 14 indicações ao Oscar

Michael Shannon (“Animais Noturnos”). No campo feminino, Viola Davis (“Cercas”) é a mais cotada para levar a estatueta e terá como concorrentes Naomie Harris (“Moonlight: Sob a Luz do Luar”), Nicole Kidman (“Lion”), Octavia Spencer (“Estrelas Além do Tempo”) e Michelle Williams (“Manchester À Beira-Mar”). Além disso, “Kubo e as Cordas Mágicas”, “Moana: Um Mar de Aventuras”, “Minha Vida de Abobrinha “, “A Tartaruga Vermelha” e “Zootopia” competirão pelo prêmio de melhor filme de animação. A América Latina estará presente através do mexicano Rodrigo Prieto (“Silêncio”) entre os candi-

datos ao prêmio de melhor fotografia, uma categoria onde terá como adversários Bradford Young (“A Chegada”), Greig Fraser (“Lion”), James Laxton (“Moonlight: Sob a Luz do Luar”) e Sandgren. Outro nome latino é o do artista de origem porto-riquenha Lin-Manuel Miranda, que concorrerá ao Oscar de melhor canção orignal pelo tema “How Far I’ll Go”, do filme da Disney “Moana: Um Mar de Aventuras”. Seus oponentes são os dois temas de “La La Land: Cantando Estações”, assim como “Can’t Stop The Feeling”, do filme “Trolls”, e “The Empty Chair”, do documentário “Jim: The James Foley Story”. O prêmio de melhor curta-me-

tragem ficará entre “Timecode”, do espanhol Juanjo Giménez; “Ennemis Intérieurs”, de Sélim Azzazi; “La Femme et le TGV”, de Timo von Gunten; “Silent Nights”, de Aske Bang, e “Sing: Quem Canta Seus Males Espanta (Mindenki)”, de Kristof Deák. Já o prêmio de melhor filme em língua estrangeira será disputado entre o dinamarquês “Terra de Minas”, de Martin Zandvliet; o sueco “Um Homem Chamado Ove”, de Hannes Holm; o iraniano “O apartamento”, de Asghar Farhadi; o australiano “Tanna”, que é falado no idioma nauvhal da ilha de Vanuatu e dirigido por Martin Butler e Bentley Dean; e o alemão “Toni Erdmann”, de Maren Ade. (Antonio Martín Guirado).


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

25

www.JornalBB.com

CINEMA

Morre ícone da TV americana, a atriz Mary Tyler Moore A lendária atriz Mary Tyler Moore faleceu, em janeiro, em Connecticut aos 80 anos de idade, após seu estado de saúde piorar em decorrência de diabetes. Protagonista durante muitos anos de um popular programa batizado com seu nome, a atriz morreu cercada por amigos e seu marido há 33 anos, Robert Levine. “Uma atriz inovadora, produtora e defensora apaixonada da Fundação de Pesquisa do Diabetes Juvenil, Mary será lembrada como uma visionária valente que acendia o mundo com seu sorriso”,

Ator John Hurt, de ‘Harry Potter’ e ‘O Homem Elefante’, morre aos 77 anos O lendário ator britânico John Hurt, morreu aos 77 anos, após luta contra o câncer. Hurt, nascido em 22 de janeiro de 1940, na cidade inglesa de Derbyshire, fez história no cinema por papeis em filmes como “O Homem Elefante”, “O Expresso da Meia-Noite”, “O Espião Que Sabia Demais”, “Alien, o Oitavo Passageiro” e a saga “Harry Potter”. Ele ficou famoso por seu papel no filme “O Homem Que Não Vendeu Sua Alma” (1966). “É fantástico”, declarou em outubro de 2015, quando os médicos lhe deram alta pelo câncer de pâncreas, contra qual tinha lutado por muito tempo. Em julho desse mesmo ano, John Hurt, indicado duas vezes para o Oscar, tinha recebido o título honorário de Cavaleiro da Ordem Britânica, concedido pela rainha Elizabeth a cidadãos de grande relevância.

acrescentou a representante da atriz. Antes de protagonizar “The Mary Tyler Moore Show” de 1970 a 1977, pelo qual ganhou três prêmios Emmy, a atriz se destacou no programa “The Dick Van Dyke Show”, ganhando dois Emmy (1964 e 1966). Moore foi diagnosticada com diabetes tipo 1 aos 33 anos e, desde então, dedicou muitos anos a estimular a educação sobre a doença. A atriz também confessou em duas autobiografias que tinha sofrido de alcoolismo.

É HORA DE COMPRAR! O agente certo para o momento exato! O mercado atual está favorável para quem quer COMPRAR; os preços dos imóveis estão convidativos, os juros baixos e as condições melhores do que nunca!

Miguel Kaled ENGLISH • ESPAÑOL • PORTUGUÊS

Compra, venda e assessoria imobiliária. Informações:

407.467.9446 Realty Group LLC MiguelKaled_MOD7.indd 1

mcskaled@earthlink.net 9/23/15 2:43:50 PM


6

SAÚDE

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

Fabiana Mello

www.JornalBB.com Fabiana Mello é jornalista e apresentadora de Esportes da RedeTV. Atualmente mora em Miami e está em seu terceiro programa na emissora, hoje no comando do Super Extremo, de esportes radicais, e também como correspondente para os programas de Esportes e telejornais do canal. fabianamello.jornalista@gmail.com

Retenção de Líquidos Q uem nunca sofreu com retenção de líquidos? Este é o nome popular para o inchaço no corpo. O edema, que é o termo médico utilizado, é comum e pode ser notado, por exemplo, nas pernas e abdômen inchados ao fim do dia ou com marcas de pressão de calças, meias e sapatos. Trata-se do líquido pobre em proteínas do sangue que parte dos vasos sanguíneos para o tecido subcutâneo.

Para ajudar a eliminar este mal, conversei com a nutricionista brasileira Giovana Guido, atualmente morando na Flórida, também competidora fitness, que passou as dicas abaixo. Seguindo esses passos, você leva uma vida mais saudável, fica sem dor e menos cansado, mais disposto e ainda pode perder medidas. Que tal? 1 – Reveja os medicamentos que está usando. O inchaço pode ser um dos efeitos colaterais de muitos medicamentos. Converse com seu médico para tentar substituir remédios à base de corticoides, anticoncepcionais, anti-inflamatórios ou medicamentos com muito sódio. Se for insubstituível, o ideal é pedir para o médico prescrever algum diurético natural. 2 – Pode ser seu sistema circulatório. Alguns problemas de saúde como pressão alta, doenças cardíacas, doenças renais, insuficiência venosa crônica, hipotireoidismo, entre outras,

fazem com que o sangue não circule de forma adequada causando inchaço. Neste caso, mantenha seus tratamentos médicos em dia e acrescente hábitos em sua rotina que ajudarão muito, como reduzir o consumo de sódio, aumentar o consumo de água, fazer drenagem linfática semanalmente, utilizar meias compressoras e deitar-se com as pernas para cima. 3 – Exclua o açúcar e a farinha branca de sua dieta. Eles disparam a produção de insulina, facilitando acúmulo de gordura corporal e acúmulo de água não funcional.

4 – Tome mais líquidos. Parece contraditório, mas quem toma menos água durante o dia fica mais inchado. O ideal é aumentar muito o seu consumo de água mineral, chás naturais e água com limão. Tudo isso estimulará o funcionamento dos rins e a eliminação de toxinas e água sem utilidade ao corpo. O mínimo é de 2 litros para mulheres e 3 litros para homens. Evite o consumo de sucos artificiais, refrigerantes, chás artificiais ou outras bebidas muito industrializadas. 5 – Fique longe de industrializados. Quanto mais artificial for sua alimentação, mais inchado você será. Corantes, conservantes, aromatizantes, adoçantes e aditivos são substâncias químicas que seu corpo começa a acumular resultando em um metabolismo sobrecarregado de coisas para dar conta. Que tal priorizar o que a natureza lhe dá? Tente se livrar de tudo o que for embalado e prefira tudo o que é natural e que é mais perecível. 6 – Aumente o consumo de frutas, legumes e verduras. Os vegetais são muito ricos em

água. Por isso, só de consumir 5 porções de vegetais ao dia (um pratinho pequeno é uma porção), você estará mais hidratado de forma geral. E observe sua urina: se estiver transparente, você está bem hidratado, mas, se estiver muito amarela e com cheiro forte, você precisa de mais água. 7 – Pratique exercícios diariamente. Não importa a modalidade, o importante é fazer pelo menos 30 minutos de um exercício moderado a intenso ao dia. Isso vai melhorar seu sistema circulatório e auxiliar na eliminação de toxinas do corpo pelo suor. 8 – Não fique muito tempo na mesma posição. Evite ficar muito tempo em pé ou sentado. Movimente-se o máximo que puder durante o período de estudo ou trabalho. 9 – Consuma suplementos naturais. Aqueles que contêm cálcio, magnésio, vitamina C, cavalinha, dente de leão, hibisco, uva ursi, cranberry, abacateiro e chá verde ajudam a eliminar a retenção, pois são diuréticos naturais.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

Potencialize sua inteligência!

Estude com quem tem 26 anos de experiência. ASSOCIATE • BACHELOR • MASTER • DOCTORATE • POST-DOCTORATE Business Administration, Coaching, Christian Counseling/Psychology, Education, Media Communication, Social Work, Theology

MATRICULE-SE JÁ!

1 407 896.0101

5950 Lakehurst Drive # 101 - Orlando, FL 32819 www.fcuonline.com • fcu@fcuonline.com

CurSOS nA MODALiDADE PrESEnCiAL, SEMi-PrESEnCiAL, On-LinE, On-TiME E DVD.




28

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

COMUNIDADE

Reunião Preparatória para a Conferência Brasileiros no Mundo em 2018 A Reunião Preparatória para a Conferência Brasileiros no Mundo (CMB), em 2018, será realizada em Atenas, na Grécia, entre 19 e 21 de maio. O evento está sendo organizado pelas próprias lideranças comunitárias, com o respaldo institucional do Ministério das Relações Exteriores e apoio logístico da Embaixada do Brasil em Atenas. O objetivo do evento será discutir e formular propostas sobre: assuntos das mesas temáticas e coordenações regionais (aperfeiçoar, contextualizar, atualizar e responder às demandas das mesas temáticas e coordenações regionais); planejamento estratégico do Conselho de Representantes de Brasileiros no Exterior; integração entre os conselhos e incorporação dos conselhos recém-criados aos trabalhos do CRBE; posicionamento político junto ao Legislativo e delineamento de propostas concretas; associativismo (consolidação de processos associativistas, incluindo logotipo definitivo do CRBE, plataformas virtuais de comunicação como sítio eletrônico e base de dados, entre outros); finanças (avaliação do peso econômico e social das

ações oriundas das comunidades brasileiras no exterior); remessas, empreendedorismo e voluntariado; manifestações cívicas e culturais. A agenda será divídida entre grandes temas já tradicionalmente tratados nas Conferências Brasileiros no Mundo: Associativismo; Temas Sociais (Violência de Gênero, Previdência Social), Educação; Trabalho, Empreendedorismo e Remessas; e Assuntos Consulares e Jurídicos. São convidados a participar da Conferência porta-vozes dos Conselhos de Cidadãos/Cidadania, e também representantes das comunidades onde ainda não existem Conselhos de Cidadãos/Cidadania formados. Por não se tratar de evento organizado diretamente pelo MRE, os custos de deslocamento e estadia dos porta-vozes dos Conselhos e demais participantes deverão ser custeados pelos próprios (ou pelos integrantes do grupo, onde couber). Em razão das limitações de espaço, caberá ao CRBE autorizar as inscrições de interessados que não representem Conselhos de Cidadãos/Cidadania formados. As inscrições estão abertas até 20 de fevereiro.

Guia do Empreendedor na Flórida O Consulado-Geral realizará, em parceria com o Conselho de Cidadãos da Flórida e outras entidades, o lançamento do Guia Como Empreender na Flórida. A publicação tem por objetivo ajudar o pequeno e médio empresário brasileiro em seus negócios na Flórida. O lançamento do Guia será na Primeira Igreja Batista no Sul da Flórida (1101 NE 33rd St, Pompano Beach, FL 33064), no dia 16 de fevereiro às18h. Inscreva-se gratuitamente em: http://formularios. itamaraty.gov.br/miami/forms/eventos.

Larry Chiang, ex-prefeito do Orange County, Richard T. Crotty e Paulo Corrêa

Paulo Corrêa está de volta Para quem estava com saudades das festas folclóricas brasileiras realizadas pelo jornalista e promotor de eventos, Paulo Corrêa, pode celebrar: ele está de volta. O Brazilian Day Orlando Festival celebra a data maior do povo brasileiro, sua independência. A edição de 2017 ganhou novas dimensões e terá uma Semana do Brasil. O objetivo é reunir famílias, amigos, vizinhos de brasileiros que vivem na região da Central Flórida – Orlando, Tampa Bay e cidades circunvizinhas - para festejar a cultura brasileira, mostrando o Orgulho de ser Brasileiro - e também integrando a nossa comunidade com as comunidades norte-american, hispânica, indiana, árabe, entre outras. Corrêa lembra que o Brazilian Day Orlando Festival é oficializado pelo governo americano. Com

a ajuda política de Larry Chiang e Lizette Valarino, na época o evento recebeu a Proclamação do Brazilian Independence Day, pelo prefeito do Orange County, Richard T. Crotty. O evento aconteceu no dia 20 de fevereiro de 2009, na Prefeitura do Condado de Orange, com importantes presenças de líderes e formadores de opinião. Segundo Corrêa, a ideia é continuar ampliando a programação artístico-cultural e de negócios, envolvendo entidades que já se manifestaram favoráveis como a UCF - University of Central Florida, Valencia College, Consulado Brasileiro, vários restaurantes brasileiros que servirão pratos diferenciados a preços especiais, entre outras ações. A missão principal é divulgar e celebrar a cultura brasileira na região, criando a oportunidade de apresentar os nossos

Augusto Cury lota sua primeira conferência “Gestão da Emoção” em Orlando Em 14 de janeiro, a igreja First Baptist, em parceria com as empresas PaM Events e SL Productions trouxeram para Orlando a primeira conferência do Dr. Augusto Cury, com o título “Gestão da Emoção”. Com ingressos esgotados, 2 dias antes da realização, a igreja atingiu sua capacidade máxima de 450 pessoas. Na apresentação, o Dr. Augusto Cury mostrou ao público como funciona a mente humana sendo capaz de desacelerar o pensamento e resgatar a qualidade de vida, dentre outros assuntos. Segundo Cury, sem gestão da emoção, nos torna-

mos miseráveis. A apresentação de Cury foi mais do que uma simples palestra, foi uma aula de inspiração e motivação. Os participantes puderam comprar e ter seus livros autografados, pelo autor Dr. Augusto Cury. O livro que mais chamou a atenção foi “O homem mais inteligente da história”, uma obra que fala sobre um cientista ateu que desvenda a mente mais fascinante que pisou na terra, Jesus Cristo. Americanos também compareceram ao evento e contaram com a tradução simultânea em inglês oferecida pela igreja.

Sandina Lira, Dr. Augusto Cury e Pamela Tello

produtos industrializados, música, literatura, culinária, artesanato, serviços e produtos diversos. O BDO Festival vai acontecer no principal local de festas oficiais em Orlando (Lake Eola, Downtown Orlando), no dia 17 de Setembro (domingo) de 2017, do meio-dia às 20h00. “Por se tratar de um evento gratuito estamos buscando parceiros comerciais que queiram divulgar suas marcas junto ao grande público”, conta Corrêa que tem várias quotas de participação para se encaixar em qualquer orçamento. “Do grande ao pequeno empresário, todos terão, de alguma maneira, espaço e participação no BDO”, garante, Corrêa. Para mais informações, favor telefonar para (407) 470 5450 ou pelo endereço eletrônico: BraziliandayOrlando@gmail.com


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||



www.JornalBB.com

O

COMUNIDADE CINEMA

Foto: José Méndez

“Resident Evil 6: O Capítulo Final” entra em cartaz nos cinemas dos EUA

sexto e último filme da franquia “Resident Evil” é a estreia mais notável nos cinemas dos Estados Unidos que também contará com a chegada de “Quatro Vidas de um Cachorro”. Milla Jovovich retorna à personagem de Alice em “Resident Evil 6: O Capítulo Final”, filme dirigido por Paul W.S. Anderson com Ali Larter, Iain Glen, Ruby Rose e William Levy no elenco. No novo episódio da saga, Alice deverá retornar a Racoon City para a luta definitiva contra a Umbrella Corporation. Dennis Quaid, Britt Robertson e Josh Gad lideram o elenco de “Quatro Vidas de um Cachorro” do cineasta Lasse Hallström (“Chocolate”, 2000). O filme gira em torno de um cachorro e suas várias reencarnações em diferentes corpos e junto a diferentes donos. O longa-metragem chega após gerar polêmica devido ao vazamento de um vídeo no qual são mostrados maus-tratos a um cachorro durante a suposta filmagem do filme, o que motivou queixas de organizações defensoras dos animais. Também chega às telonas a comédia “Un Padre No Tan Padre”, dirigida por Raúl Martínez, com Héctor Bonilla, Eduardo Tanus e Jacqueline Bracamontes no elenco. O filme relata o confronto geracional entre um severo e inflexível pai e o relaxado e livre estilo de vida de seu filho. Por último, estreia o longa iraniano “O Apartamento”, candidato ao Oscar como melhor filme estrangeiro, de Asghar Farhadi (“A Separação”, 2011), com Taraneh Alidoosti e Shahab Hosseini. “O Apartamento”, que recebeu no Festival de Cannes os prêmios de melhor roteiro e melhor ator, narra a história de um homem que passa de uma pessoa amável e atenta a um ser violento e machista por um pequeno incidente.

Mercedes-Benz C-0 1. Kompressor Em ótimo estado...Vendo! - Ano 2003; - 127.000 milhas; - único dono; - Sem acidentes; - Teto panorâmico; - Pneus Novos; - Ar condicionado novo; - Tudo original de fábrica; - Interior de couro, super limpo. Vendo: U$4,999 - Tratar: 407.256.2569

Paula Montoya e Bernard Vasconcelos

The Law Office of

Randall W. Hanson, P.A. Imigração Bancarrota Acidentes

Jornal B&B

Palestra na Liberty

No dia 24 de janeiro, o Liberty Institute abriu suas portas para receber a advogada Paula Montoya, que se colocou à disposição para responder perguntas sobre assuntos de Imigração e Sucessão de Bens Patrimoniais, gratuitamente, a todos os brasileiros, alunos ou não. Com palestra ministrada em português, Montoya respondeu a uma plateia de mais de 20 participantes, que demonstrou interesse pelo nível deas perguntas. Paula Montoya falou sobre os diferentes tipos de vistos para viver nos EUA, suas dificuldades e tempo de aprovação. Na área de Sucessão de bens Patrimoniais, Montoya abordou temas legais, taxas e isenções sobre herança, investimentos e muito mais. Parabéns pela iniciativa do proprietário do Liberty Institute, Bernard Vasconcelos, por ter dado oportunidade a tantos esclarecimento aos brasileiros e à Paula Montoya pela forma clara em explicar cada tema. A Liberty Institute segue com a agenda programada para diferentes palestras durante 2017.

Randall W. Hanson, Esq. Advogado

Dina H. Heymann, FRP

Florida Registered Paralegal

Primera Consulta Grátis

(407) 491-2656

www.randallhansonlaw.com rh@randallhansonlaw.com 313 South Central Avenue Oviedo, Fl 32765

Randall_W_AD.indd 1

1277 N. Semoran Blvd, Suite 106 Orlando, FL 32807

12/2/15 8:36:35 AM


30

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

SAÚDE

U

m estudo realizado por médicos da China, país onde o consumo de suplementos com antioxidantes (como a vitamina C) é muito difundido, alerta sobre o abuso destas substâncias e garante que podem até mesmo acelerar o envelhecimento, exatamente ao contrário do que se pensava. “Cada vez mais pessoas na faixa dos 20 anos tomam pílulas com antioxidantes como a vitamina C e os polifenóis de chá, mas elas devem parar de fazer isso”, adverte Chen Chang, a líder da equipe que elaborou a pesquisa e que foi publicado na revista especializada

“Redox Biology”. O grupo de Chen, membro do Instituto de Biofísica e da Academia Chinesa de Ciências, afirma que os antioxidantes que muita gente toma com a intenção de frear o envelhecimento podem, na realidade, estar acelerando o processo, ao agir contra os mecanismos de defesa do organismo. Segundo a pesquisa, o corpo possui um sistema para combater os oxidantes (agentes químicos capazes de tirar elétrons de outros átomos) necessários para poder continuar ativo e em alerta. Os suplementos com antioxidantes (vi-

taminas, minerais e outros químicos que podem neutralizar os oxidantes) podem fazer com que o sistema de alarme relaxe demais, o que, por sua vez, implica no risco de que uma pessoa jovem “envelheça mais rápido do que o natural”. Alguns experimentos com animais em investigações anteriores sobre o tema não tinham conseguido demonstrar que os antioxidantes beneficiavam o organismo e outros chegaram, inclusive, a provar um leve aumento em substâncias oxidantes que podem prolongar ligeiramente a expectativa de vida em ratos.

Foto: How Hwee Young

Médicos chineses alertam sobre uso excessivo de suplementos com antioxidantes


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

AGINGCOACHING 50+

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

Marcio da Cruz Alves

Marcio da Cruz Alves é Psicólogo (UFRJ) com mais de 30 anos de trabalho clínico no Brasil e nos Estados Unidos; Mestre e Doutorando em Clinical Christian Counselling (FCU-USA). Autor, professor, conferencista internacional, executivo do Banco do Brasil por 25 anos na área de recursos humanos e especialista em Aging Coaching – Rejuvenescimento e Terceira Idade.” mcruzalves@gmail.com

N

a minha infância convivi com meus avós maternos e alguns tios idosos. Muito do que eu ouvia sobre as “aflições” e “desconfortos” da velhice, você provavelmente já ouviu ou ainda ouve com frequência. Falsas idéias sobre o envelhecimento são fáceis de encontrar. Você pode até conhecer uma pessoa mais velha que se encaixe em um estereótipo comum. Mas, aqui está uma realidade comprovada: a idade não define quem uma pessoa deve ser. Dr. Scott Lilienfeld, professor de psicologia na Universidade Emory em Atlanta, co-autor de “50 Grandes Mitos da Psicologia Popular” (WileyBlackwell, 2010), afirma ter descoberto que os mitos relacionados à idade são uma combinação de memória e mídia. “O ser humano gosta de lembrar de coisas que são facilmente acessíveis em nossas memórias”, disse Lilienfeld. “Casos de idosos que são mal-humorados, deprimidos e irritadiços são memoráveis, porque têm um impacto emocional sobre as pessoas. Casos de idosos que não têm essas características, não se destacam em nossas memórias. “Além disso, ele acrescentou: “A cobertura da mídia e os filmes populares reforçam esses estereótipos negativos”. O medo do envelhecimento não é um fenômeno recente: os métodos de “rejuvenescimento” podem ser rastreados até Platão, na antiga Grécia, enquanto a idéia da “Fonte da Juventude” já era popular no tempo de Alexandre, o Grande. O que difere em nossos dias é como a ansiedade precoce sobre o envelhecimento se instala em cada indivíduo. Um estudo encomendado em 2012 por uma indústria de cosmé-

NÃO SOFRA COM O MEDO DE

ENVELHECER ticos, no qual participaram 2.000 mulheres, constatou que as mulheres começam a se preocupar com os sinais de envelhecimento por volta dos 29 anos de idade. Desde então, esses medos têm sido expressos por mulheres ainda mais jovens e, cada vez mais, também pelos homens. Atualmente, há tantos adolescentes recebendo injeções de Botox que a prática já ganhou o nome de “Teen Toxing”. A dismorfia corporal - uma distorção do corpo e da aparência - costumava ser considerada um problema psicológico individual. Hoje, impulsionada pelo menos em parte pelo medo do envelhecer, tornou-se uma condição cultural.

O demérito do envelhecimento baseia-se na idealização da juventude e, tanto um quanto outro, violam a realidade. Por experiência, já sabemos que não somos sempre felizes, dinâmicos e bonitos quando somos jovens. Logo, por que devemos acreditar que esses atributos são imediatamente invertidos quando atingimos 40 ou 50? O estado de espírito e as condições de nossas vidas estão permanentemente em fluxo, em todas as fases da vida, tanto em jovens como em idosos. De acordo com o modelo equivocado em que o envelhecimento seria um processo inexorável de declínio e os idosos puramente um fardo, uma pessoa de 60 anos de idade (ou 50, ou

1

www.JornalBB.com

40 - escolha), passa a ser nada mais nada menos que um velho, com todas as outras características, qualidades e história pessoal apagadas. Na verdade, envelhecer não é algo que nos acontece na segunda metade da vida; é um processo para a vida toda. Envelhecemos a partir do momento em que nascemos. Neste sentido, envelhecer é sinônimo de viver - em consequência, ser antiidade é ser anti-vida. Se estivermos preparados para superar estereótipos, descobrimos que envelhecer, assim como toda a vida, é uma mistura de perdas e ganhos. Há perdas associadas a cada estágio de nossas vidas: podemos, por exemplo, desejar estar livres

da tirania da escola ou do emprego, ao mesmo tempo que lamentamos a perda da estrutura que estes nos fornecem. Os ganhos associados ao envelhecimento são ainda muito conhecidos em nossa cultura. Os idosos, em sua maioria, diz que se importa muito pouco com o que as outras pessoas pensam deles. Quando perguntaram à poetisa americana May Sarton por que ela considerava que era bom ser velho, ela respondeu: “Porque eu sou mais eu do que nunca.” Várias pessoas idosas que tive a oportunidade de entrevistar, dizem terem aprendido a viver e saborear a vida mais plenamente, sentindo-se mais capacitadas para enfrentar crises. Talvez a maior mentira criada contra pessoas idosas – e que mais assustam pessoas mais jovens – é a crença de que o envelhecimento nos traz perda de vitalidade. É verdade que a maioria das pessoas têm baixas no seu nível de energia, na medida em que envelhecem, tendo que se adaptar a um novo ritmo. Porém, a vitalidade física e a psíquica, embora estejam interligadas, não são a mesma coisa. E um indivíduo pode se autorevitalizar em qualquer idade; qualquer um de nós, sem o comprometimento de enfermidade limitante, pode continuar aprendendo e se desenvolvendo até o ultimo fôlego. A idéia de que o apetite da pessoa para a vida se abate automaticamente com o passar dos anos é simplesmente falsa. “Tomar posse” do processo de envelhecimento, em vez de combatê-lo, torna mais fácil a valorização do nosso antigo EU, além de recuperar - individualmente ou em conjunto - um sentido de ciclo de vida.


32

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

VÔO PÁTRIO

Peter Ho Peng nasceu na China e cresceu em Porto Alegre. Formou-se na UFRGS em engenharia química e na Georgia Institute of Technology (MSc e PhD). É morador de Tierra Verde, Flórida. peterhpeng@yahoo.com

Vozes de um tempo - Veja, ilustre passageiro/ o belo tipo faceiro/ que o senhor tem a seu lado. E no entanto, acredite/ quase morreu de bronquite/ salvou-o o Rhum Creosotado! - Dura lex sed lex1 - No cabelo só Gumex!

P

oemas dos bondes! Os bondes são desativados, os trilhos são arrancados ou recebem uma camada de asfalto por cima, e o transporte elétrico desaparece; mas as grandes propagandas, ah!, essas ficam para sempre. Eu nunca tomei o Rhum Creosotado, mas eu era fã do Gumex. Tinha a turma da brilhantina Glostora e a turma do Gumex. (Só depois veio o Brylcreem; esse, americano, ficou.). Era como Coca versus Pepsi. Saltar do bonde em movimento, que loucura. Sim, de tempos em tempos morria um pingente. Mas aprendemos que tudo na vida é passageiro, exceto o cobrador e o motorneiro... Outra disputa sobre qual era melhor ocorria entre a turma da Monark e a turma da Göricke. (Sim, alemão, “o” tremado!) Eu tinha uma Göricke, aro 28. Aos 10 anos de idade, eu mal alcançava os pedais. Mas fui com meus amigos a Belém Novo (uns 30 km, só de ida). Meu pai me deu uma surra, pensando que eu tinha ido ao Parque da Redenção (uns 5 km). Hoje em dia nem cogitar. A Calói, brasileira, era mais antiga, mas era “de corrida”, a turma da rua não usava. Nessa época surgiu o “ transistor “, que era como se denominavam os radinhos portáteis – transistor-radio, em inglês, que a gente simplificava, resumindo para “transistor.” Tinha o Sony e o Spica, e made in Japan era a novidade. Custava na moeda da época (1959), cruzeiros, uns 40, que equivalia em poder de compra, a uns 100 dólares de hoje. Hoje em dia, é tudo made in China, e custam 20 dólares ou menos. A televisão também surgiu durante a minha primeira juventude. Meus pais não tinham. Também, não entendiam muito a língua! Meus amigos que tinham, marca SEMP, juntava vizinho aos montes para ver a novela, e até o jornal. Futebol, então... E a recepção era auxiliada por um Bom-Bril na ponta da antena esticada. E no inverno, frio de renguear cusco, casas sem calefação, sem lareira, frestas cheias de panos tapando, enfim, sala gelada, todos enrolados em cobertores, ninguém se levantava para trocar de canal ou ajustar a antena. A má recepção era preferível ao ataque de ar gelado. Vocês do resto do Brasil não entenderão isso nunca. Mas torcedores mesmo, em dia

de Gre-Nal, em turma de cinco, seis, saíamos de casa ao alvorecer; nessa hora não havia ônibus, então caminhávamos uns 90 minutos até o Estádio Olímpico, do nosso Tricolor. Era uma turma de 11 a 13 anos de idade. Éramos os primeiros na fila, 9 horas da manhã, para pegar lugar no centro do campo e o topo da arquibancada, a geral. Sanduíches, refrescos, tudo para aguardar até umas 13 horas, para assistir a preliminar, com os aspirantes dos dois times. E depois, esperar mais até as 15 e pouco, para a final. Sem sair do lugar, porque uma vez que desceu, não conseguia mais subir. Como fazer xixi? Saquinhos plásticos, e depois guardar para presentear a torcida colorada com o “líquido misterioso.” Claro, tinha guerra nas arquibancadas. Por isso valia a pena ficar no topo. Quem ficava embaixo tinha que ter guarda-chuva. E o controle de velocidade antes do radar? Era no cartão. Passava-se o posto, digamos, o posto 1, recebia-se um cartão. Nesse cartão era registrado o horário de passagem no posto 1, que estipulava o horário mínimo de passagem no posto seguinte. Não adiantava correr. Ou melhor, podia-se correr, pois

www.JornalBB.com

se houvesse um bom restaurante no meio do trajeto, podia-se matar o tempo com prazer. Parava-se e matava-se o tempo fazendo uma refeição. Era melhor? Claro que não. Mas a velocidade máxima era 60 km/h, na terra batida isso era voar; hoje consideraríamos uma viagem muito lenta. Havia poucos carros, os maiores, todos importados. Feito no Brasil, apenas o Fusquinha. Só muito depois veio o asfalto, a pista dupla, o DKW e o Simca. E quando surgiu o shampoo? Só um carioca que passava férias no Rio Grande, usava. Era coisa de veado. Só mulher podia usar. Se der mole, eu fico lembrando tudo. Acabaram com os bondes. Saudosista? Não! Hoje vemos quão avançado era tudo. Energia elétrica, transporte limpo, baixa manutenção, não tem pneu, velas, radiador, ar condicionado, motor; bancos de madeira, duravam toda a vida. Veio a gasolina, poluição, doenças respiratórias, aquecimento global... Amsterdam, capital da Europa, museu do Van Gogh, tem bondes iguaizinhos aos que Porto Alegre tinha há 60 anos. San Francisco, centro da Califórnia, capital da tecnologia, uma das cidades que mais recebem turistas no mundo, tem como uma das maiores atrações: os bondes. Sim, passeio pela cidade em bondes. Subir e descer morros. Pagamos $10 pela experiência. Os bondes do Brasil, depois de desativados, andam pelos Estados

Unidos. Não acreditam? Então façam o link com http://oglobo.globo. com/economia/carros/antigos-bondes-do-rio-de-janeiro-rodam-nosestados-unidos-19462312 O Brasil teve uma das redes de bondes mais extensas do mundo, com cerca de 150 (sim, cento e cinquenta) cidades com linhas. Dizem que as empresas automobilísticas desmontaram tudo. Eu era muito jovem, não sei. Sim, era barulhento. Os sons ficaram. Esses a gente não esquece. Interessante, os sentidos permanecem. Perdi minha mãe fazem quase vinte anos. Mas durante um sonho senti claramente seu odor, seu cheiro, que reconhecerei até o fim da vida, era único. E sua voz, nunca esquecerei. Na verdade, o que a gente não esquece mesmo é o carinho. Tive dois amigos de infância, não estudávamos juntos, mas brincávamos sempre juntos. Eram turmas separadas, uma, da Eça de Queiroz, e outra, da Riviera. Esses dois amigos, é claro, não eles, mas seus pais, me convidavam para passar o verão em suas casas de praia, uma em Atlântida e outra em Imbé. Meus pais, chineses, achavam a maior graça esse costume da classe média passar o verão inteiro nas praias. Era pelo menos o Janeiro e o Fevereiro. Se o Carnaval fosse em Março, iam até o final do Carnaval. Eu ficava um mês com cada amigo. Eram como duas segundas-famílias. Um ano, quando eu estava

para viajar, e me juntar a um deles, fui mordido pelo cachorro de um vizinho. Uma cadela, na verdade, a Fly. Grávida, a dias de parir, a Fly andava nervosa. Mesmo antes de parir, começara a praticar a intuição de proteger os filhotes. Ferrou-me o joelho esquerdo, por nada, Os donos da cadela mostraram que tinham dado a ela a vacina anti-rábica, mas eu fiquei em observações e não pude sair de Porto Alegre. Não lembro se me deram injeções. Vagamente lembro ter recebido injeções subcutâneas na área da barriga. O amigo que me aguardava na praia ficou doente, de cama, ao saber que eu não iria na data programada. Doente, perdendo a praia, porque não fui. Tardei uma semana. São agora 60 anos de amizade. Hoje em dia, quem conhece os vizinhos? Mas conhece mesmo, não de fofoquear, mas de conversa íntima, pensar questões morais, éticas, discutir opções de vida, de abrir o coração. Onde as pessoas hoje mais se encontram? Nas academias, nos clubes, mas as conversas não se estendem ao âmbito mais íntimo. Todo mundo com os fones nos ouvidos, ninguém conversa com ninguém. Todos só texting, aliás, uma grande rede de fofocas e cascatas, na minha avaliação. O que se ganhou, o que se perdeu? O que se ganhou, mas não se sabe que preço pagaremos? Não é bom parar para pensar um pouco? Mas a digitação constante não permite parar. Não dá para pensar. Até a próxima, e um forte abraço. 1- “A lei é dura, mas é a lei.” Velho latim.


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

33

www.JornalBB.com

COMUNIDADE

Encontro do Cônsul-Geral com a comunidade brasileira, empresários e políticos em Tampa O Cônsul-Geral, Embaixador Adalnio Senna Ganem, e membros do Conselho de Cidadãos da Flórida se encontraram com representantes e líderes comunitários da região de Tampa, Clearwater, St. Petersburg e Sarasota, no dia 24 de janeiro. Em seguida, o CônsulGeral se reuniu com o prefeito de Tampa, Bob Buckhorn e outras autoridades locais. No período da tarde, o Embaixador participou do evento empresarial Brazil Business Forum, organizado pela Brazil-Florida Business Council.

Carlos Borges, Elisiane Ramos, Sandra Freier, Embaixador Adalnio Senna Ganem, Carlo Barbieri e Eraldo Manes

I Simpósio de Português como Língua de Herança: inscrições abertas para envio de propostas

Prefeito de Tampa Bob Buckhorn, Presidente da Brazil-Florida Business Council, Sueli Bonaparte e Embaixador Adalnio Senna Genem

O I Simpósio de Português como Língua de Herança será realizado como parte integrante do VI Encontro Mundial sobre o Ensino de Português (EMEP) no dia 5 de agosto de 2017, na Florida International University (FIU), em Miami.

U

SOLIDARIEDADE Vitória Marchioli nasceu com um caso raro de má formação e tem desafiado a medicina. Ela possui uma rara desordem genética craniofacial, conhecida como Síndrome de Treacher Collins e falta de 30 a 40% dos ossos do rosto. Quando nasceu, os médicos deram apenas algumas horas de vida, a deixaram sem alimentacao por 2 dias, não acreditando que fosse sobreviver. O milagre aconteceu. Hoje, com 8 anos, Vitória é testemunha viva de milagres. Vitória passará por uma série de cirurgias de reconstrução facial, na cidade de Galveston,

Texas. A família, que atualmente reside em Barra de São Francisco - Espírito Santo - Brasil, chegou em Houston-TX, no dia 18 de janeiro de 2017, e ficará até o dia 18 de fevereiro de 2017. Precisa do nosso suporte e amor. A família pede ajuda financeira para dar sequência aos tratamentos. visite o site: https://www.gofundme.com/y8r6kaw. Contatos: Marcia Allgayer, Telefone: 864-906-7493 e Jocilene Marchioli - (mãe da Vitoria) 55 - 27 - 99877-6331 (somente em português) e nos EUA durante este mês: 281-854-9156

O Simpósio é organizado pela AOTP – “American Organization of Teachers of Portuguese”, e pelas pesquisadoras Gláucia Silva, da Universidade de Massachusetts Dartmouth; e Ivian Destro Boruchowski, da Florida International University.

ma recente parceria vem dar novo rumo ao entretenimento do sul da Flórida. Brazilian Beat, empresa da baiana Suzanne Seixas Thorson já viajou o mundo apresentando um show brasileiro de alta qualidade. Suzanne desenvolveu inúmeros projetos com o carnavalesco Joãozinho Trinta, tendo se apresentado para a família real, em Mônaco e Marrocos. Seguindo a trajetória de eventos, a companhia participou recentemente das Olimpíadas no Rio de Janeiro. Fábio Barros, coreógrafo e bailarino experiente, com 25 anos de carreira e um repertório eclético que inclui desde ballet clássico e jazz a danças folclóricas e ritmos árabes, foi convidado para tocar a empreitada no sul da Flórida. Fábio também tem uma carreira internacional significativa, tendo participado de vários festivais mundo afora. O show “Brazil Spectacular”, que acontece no dia 19 de fevereiro de 2017, no Black Box Theater, em Boca Raton, vem mostrar um Brasil diferente do que estamos habituados a ver. Além de um mergulho nas raízes brasileiras com seus ritmos tradicionais e música empolgante, veremos ao invés do habitual improviso, danças coreografadas e um figurino de alto luxo. Uma grande ópera brasileira irá se descortinar em frente aos olhos do público que irá provocar uma motivação a mais. Para informações, contatar Suzanne Thorson (954) 812-3153 e Fabio Barros: (954) 213-3014.

A missão desse simpósio é o enriquecimento teórico e prático dos professores de português como língua de herança (PLH). O Simpósio terá como foco discussões teórico-práticas relacionadas à realidade do ensino de línguas de herança.

Brazilian Beat

Suzanne Thorson & Fabio Barros


34

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

fashiondesign

N

Roberta Detti

o dia 20 de janeiro, durante a posse do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o mundo da moda fashion voltou sua atenção para a nova primeira dama, Melania Trump. Melania usou Ralph Lauren durante a cerimônia e o look dividiu opniões, e alguns até acharam que a inspiração veio da notável Jackie Kennedy o eu, particularmente, não creio ter sido proposital. Não se sabe se o modelo foi desenhado para Melania, especificamente, por conta de tanta polêmica em torno de quem seria o designer a vestir a nova primeira dama, que se deu quando, a até então estilista de Michele Obama, Sophie Theallet fez uma carta aberta dizendo o porquê não iria vestir a nova primeira dama dos Estados Unidos. Na sequência, alguns designers se pronunciaram sobre o assunto e alguns com a mesma opinião de Sophie e outros não, como Tommy Hilfiger que a defendeu e declarou “Melanie é uma mulher muito bonita e acho que qualquer estilista deveria se orgulhar de vesti-la” ou Marc Jacobs que admitiu não ter interesse em vestir a primeira dama dizendo “pessoalmente, prefiro colocar a minha energia em ajudar aqueles que serão prejudicados pelo Trump e seus apoiadores” A questão aqui não é saber quem irá desenhar ou não o próximo look de Melania, mas sim de saber o quão importante essas grandes mulheres são e representam para a população. Os looks de qualquer mulher não passam da escolha do dia a dia, da ocasião e que vai ficar na memória de si própria ou no máximo registrado em um instagran, mas quando se trata de uma primeira dama, as fotos são memoráveis e fazem diferença no cenário fashion do mundo. Quando se trata de uma personalidade e, neste caso, a mulher do homem mais “poderoso” do mundo, apenas um novo modelo de roupa bem sucedido pode lançar um novo designer no mundo da moda e pode promover um país e sua cultura.

Michele Obama e Melanie Trump

www.JornalBB.com Roberta Detti Patat escreve de São Paulo. É Fashion Designer, proprietária da empresa AllLeg.com. Tem conhecimentos em Moda, Design de produtos, visual Merchandising & vitrines, produção de moda e cenografia. robertadetti@hotmail.com

Look da posse

À direita, Melanie Trump com um look que lembra Jackie Kennedy à esquerda


Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

35

www.JornalBB.com

Foto: Gregor Fisher

Foto: ANTONIO BAT

COMPORTAMENTO

A ministra de Defesa da Alemanha, Ursala von der Leyen e o general alemão Andre Bodemann em campo, no Afganistão

Foto: Nyein Chan Naing

Chefe do exército alemão investiga supostos rituais sexuais em quartel

Chineses se indignam com ONU por felicitação de Ano Novo Milhares de internautas chineses expressaram seu mal-estar nas redes sociais pela felicitação que as Nações Unidas enviaram ao país por ocasião do começo do Ano Novo Lunar, ao incluir imagens de pobreza e guerras, algo que para a tradição oriental é símbolo de maus presságios. A polêmica começou poucas horas antes do começo do Ano do Galo, quando a conta oficial da ONU no Weibo (equivalente chinês do Twitter) enviou uma mensagem na qual pedia aos chineses que não esquecessem durante as festas dos que sofrem em outros lugares. “Seu jantar de Festival de Primavera certamente será opulento, mas não esqueçam que há 800 milhões de pessoas no mundo que sofrem de fome e vivem em terrível pobreza”, afirmou a conta das Nações Unidas, que acompanhava a mensagem com a imagem de uma criança desnutrida. A controvérsia continuou com outra mensagem via Weibo, na qual as Nações Unidas comparavam a alegria dos chineses acendendo

fogos de artifício com as duras condições nas quais vivem pessoas em países castigados pela guerra. As mensagens foram duramente criticadas nas redes sociais chineses, onde mais de 10.000 comentários, a maioria condenatórios, acusavam a organização de ser pouco sensível à tradição oriental, que nesta festividade procura não falar de coisas negativas. “Por favor, sejam respeitosos com nossas tradições, não poderiam dizer algo lindo e guardar essas lições para o Natal?”, escreveu um dos internautas. “Publiquem no Facebook e no Twitter e mostrem isso aos americanos”, respondeu outro, que recebeu 7.000 “curtidas” por seu comentário. No primeiro dia do Ano Novo chinês (que este ano caiu no dia 28 de janeiro) os moradores do gigante asiático evitam falar de coisas negativas, e passam o dia desejando felicidade, riqueza e bons augúrios a seus amigos e parentes, tanto pessoalmente como, desde há alguns anos, através das redes sociais.

O inspetor-geral do exército da Alemanha, Volker Wieker, ordenou uma investigação sobre os supostos rituais sexuais denunciados em um quartel do sul do país e que já provocaram a suspensão de sete instrutores. A ministra da Defesa, Ursula von der Leyen, expressou consternação e se comprometeu com o total esclarecimento do caso, revelado por informações divulgadas pela revista “Der Spiegel” que se remetia um relatório interno do exército. De acordo com a revista, no citado quartel os recrutas eram submetidos a “práticas sexuais humilhantes e sádicas” durante seu processo de admissão no destacamento das equipes sanitárias. O estopim das investigações foi uma denúncia apresentada em 2014 por um braço direito perante o comissário do governo para o exército, o chamado defensor do soldado, Hans-Peter Bartels, que afirmava ter assistido cenas degradantes. Os recrutas eram obrigados a ficar completamente nus enquanto seus instrutores lhes filmavam, assim como a realizar práticas com clara intenção sexual, nas quais eram fotografados. A ministra destacou, em uma primeira reação, que já se adotaram as primeiras medidas, em alusão à suspensão de serviço dos sete instrutores sob suspeita de estarem envolvidos nessas práticas. Von der Leyen ressaltou que se atuará “com total contundência”, caso se confirmem essas suspeitas, e que o assunto será esclarecido “até as últimas consequências”.

Maradona lembra quando começou a consumir drogas O ex-jogador argentino Diego Maradona afirmou que a primeira vez que consumiu drogas foi em sua etapa no Barcelona quando tinha 24 anos e considerou ter sido “o erro maior” de sua vida. “Tinha 24 anos quando consumi droga pela primeira vez. Em Barcelona. Foi o erro maior da minha vida”, disse o ex-jogador. Além disso, Maradona disse que está há 13 anos sem consumir drogas e confessou que se considera um “sortudo” pois se continuasse usando, já teria morrido. “A droga é o maior problema, a droga mata. Me considero um sortudo por poder falar disto. Se tivesse seguido esse caminho, agora com esta idade (56) já teria morrido”, ressaltou. Quanto a sua carreira no Napoli, onde vários títulos, entre eles dois campeonatos italianos e uma Copa da Uefa - atual Liga Europa -, Maradona lembrou que segue levando ao clube do sul da Itália em seu coração. “O Napoli segue em meu coração, me deu a possibilidade de jogar em alto nível. Vinha de um grande Barcelona, mas o Napoli me permitiu competir com os grandes clubes do norte da Itália. Fiz coisas que outros não podiam fazer”, explicou. Perguntado sobre seu compatriota Mauro Icardi, capitão da Internazionale, o Maradona foi taxativo e o chamou de “traidor”. Ele nunca perdoou Icardi pelo fato de ter se casado com a ex-esposa de seu antigo companheiro no Sampdoria, Maxi López. “Icardi é um traidor. Não pode ir jantar na casa de um amigo e casar com a mulher dele. Vai ser um grande jogador, mas o que fez com Maxi López é feio”, afirmou. Maradona também falou de Francisco, e considerou que o pontífice argentino está fazendo “grandes coisas no Vaticano” e desejou que possa seguir “muitos anos no topo”.

EMPRESA DE INTERCÂMBIO EM ORLANDO! ExchangeMate USA é uma empresa de intercâmbio especializada em educação internacional. Nossa equipe possui mais de 15 anos de experiência no mercado, fornecendo assistência para quem deseja vir para os Estados Unidos estudar em uma instituição de ensino americana.

Serviços oferecidos: • Assessoria para matrícula em Curso de inglês e College; • Tradução de documentos escolares, certidões e vacinas; • Assessoria para matrícula de filhos em escolas públicas e particulares (Elementary, Middle e High School); • Termo de guarda junto ao distrito escolar. (407) 630-7087 EXCHANGE_MATE_AD.indd 1

|

info@exchangemateusa.com 9/27/16 3:13:41 PM


36

Brasileiras & Brasileiros, Inc.

|| Vol 23

||

Num 2 ||

FEBRUARY 2017 ||

www.JornalBB.com

B&b feb 17  

Está no site a edição de fevereiro do Jornal B&B. Boa leitura!

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you