Issuu on Google+

Laguna/SC

Tubarão/SC

Tubarão corre o risco de perder a Contral so SAMU

Laguna aderiu ao Piso Nacional do Magistério Página 05

Jor nal

Página 04

VOX POPULLI, VOX DEI

Ano X - n

o

232

Quinta-feira, 27 de março de 2014.

É GRATIS, É DO POVO!

Armazém - Braço do Norte - Capivari de Baixo - Gravatal - Jaguaruna - Laguna - Pescaria Brava - Sangão - Treze de Maio - Tubarão EnergiFest

Papas da Língua e Tchê Barbaridade são os principais atrativos da festa de 22 anos de Capivari de Baixo Página 03 Jaguaruna/SC

Prefeitura faz manutenção nas ruas da Sanga Grande e Boa Vista

Gravatal/SC

Página 06

DO

EM

X 2 1

TU

BIKE SUA ROCA S O T AM PEG DA NA A S U

Batalhão da PM começa a ser construído ainda em 2014 Página 11 ÇÃO DE PROMOLÉTRICA BIKE E

Única com venda e assitência para Bike Elétrica

Especial

22 anos de emancipação de Capivari de Baixo

|48| 3623-5760 9986-0177 Rua João Rodrigues Martins, 700 - Capivari de Baixo/SC (próx. ao restaurante Frigideira)

Páginas 07 a 10


02 Jornal A VOZ DO POVO

EDITORIAL

Direto da Redação jornalavp@yahoo.com.br

22 anos de emancipação Olá caros leitores do mais enfático e impactante semanário do sul. Nesta edição estamos dedicando um caderno de quatro páginas para homenagear a cidade de Capivari de Baixo. Capivari de Baixo estará festejando mais um ano de independência político administrativa neste Domingo (30) e para comemorar a data a prefeitura municipal, com suporte financeiro da Tractebel Energia, Caixa Econômica e Banco do Brasil, apresenta mais uma edição da EnergiFest. Festividade que apresenta diversas atrações culturais como exposições e shows musicais gratuitamente à população. Neste ano a festa apresentará duas atrações de renome nacional, a banda Pop gaúcha Papas da Lingua e os tradicionalistas do Tchê Barbaridade. Ao todo serão três dias de festa com diversas atrações e bandas locais. Vale a pena conferir. o início da celebração ao município é na tarde de sexta-feira (28) e se estende até o fim do dia de Domingo (30) na praça Maximiliano Cardoso Pessoa a praça da Bandeira. Ainda nesta edição a tradicional enquete ‘O Povo tem Voz’ trás a opinião popular a respeito da redução da maioridade penal para 16 anos, tema que está em destaque nas redes sociais. Em termos de conteúdo continuamos seguindo a nossa linha de jornalismo de base participativo, indo até as mais longínquas comunidades e oportunizando aos cidadãos expor seus pensamentos e fazer suas reividicações. Afinal aqui é A Voz do Povo. Espero que a leitura seja agradável e construtiva a todos, uma boa semana e excelente leitura!

As Tiras de Maurício Nunes vulgonunes.blogspot.com

Registro

A VOZ DO POVO THAYUS CESAR DOMINGOS ME / CNPJ: 11.621.473/0001-22 Diretor Responsável: Thayus Domingos / Produção e Redação: Thayus Domingos e Marcelo Correia / Edição e Diagramação: + Comunicação & Marketing / Impressão: Gráfica Soller / Tiragem: 2.000 exemplares / N° de páginas: 16 a 20 / Circulação: Capivari de Baixo, Tubarão, Jaguaruna, Sangão, Treze de Maio, Laguna, Pescaria Brava, Armazém, Braço do Norte, e Gravatal. Colaboradores: Jaque Espíndola, Marco Aurélio Rodrigues, Maurício Nunes, Camila Teixeira, Rafael Martins, Maurício da Silva, Luiz Henrique da Silveira, Léo Rosa de Andrade, Marcelo Correia, Haydée F. V. Moura e Natália Maximiano. Fone: 48 3623-3548 ou 9936-5810 E-mail: jornalavp@yahoo.com.br Endereço: Rua Santa Lúcia, 378 - Centro - Capivari de Baixo/SC Cada artigo ou texto de opinião é de responsabilidade de seu autor

Quinta-feira, 27 de março de 2014.

A Voz do Polvo!

“O Polvo está revoltado com o descaso que são tratadas as comunidades mais afastadas em Tubarão. o Caruru por exemplo está clamando por melhorias ma estrada e principalmente na ponte que está desabando. e até agora...”


Geral

Quinta-feira, 27 de março de 2014.

Jornal A VOZ DO POVO

03

Emancipação Político-administrativa

Energifest, no fim de semana, festeja o aniversário de Capivari de Baixo

PROCON e FUNDEC Na última sessão legislativa em Capivari de Baixo, na segunda-feira (24) os Srs. edis aprovaram o projeto que altera a lei de criação da Defesa Civil e Cria o FUNDEC (Fundo Municipal de Defesa Civil) e a lei que cria em nossa cidade as leis que amparam o consumidor com a criação do PROCON e outros orgãos e fundos. Agora é so aguardar a sua implementação por parte do executivo. Evolução!

Ambulatório Médico nas Escolas Divulgação / AVP

Ainda na sessão em Capivari, o vereador Arlei da Silva, apresentou em forma de requerimento, uma sugestão de projeto para o executivo, sugerindo a criação de ambulatórios médicos em todas as escolas do município. O intuito principal de tal projeto é zelar pela integridade física dos alunos. Preocupação! A banda gaúcha Papas da Língua será a grande atração da festa Está definida a programação da Energifest 2014, evento que marca o aniversário de 22 anos de emancipação político-administrativa do município de Capivari de Baixo. Serão três noites de uma programação cultural diversificada que atende a vários gostos e estilos. A festa acontece no mesmo local do ano passado, em área ao lado da Praça da Bandeira, no Centro da cidade. Programação A abertura oficial será no dia 28 de março, sexta-feira, às 19 horas, com a abertura da Feirarte. Às 19h, música ambiente com Robson; às 20h, banda A Verdade que Liberta; às 21h, Ministé-

rio Atos 2; e para encerrar a noite religiosa, às 22h, show com Edinho Garcia. Sábado dia 29 as atividades começam às 9h, com o campeonato de skate na praça da bandeira. Ao mesmo tempo a banda Art. 288 sobe o palco para animar a manhã, até as 12h. No período da tarde haverá corrida rústica a partir das 16h. Às 19h, música ambiente com Robson precede outro belo espetáculo, 20h apresentação de dança, 21h Banda Impacto. Às 11 da noite é a vez do show nacional com Tchê Barbaridade. Domingo dia 30, as atividades iniciam às 8h30min onde haverá torneio de vôlei de areia (mis-

to); às 9h, abertura da Feirarte; das 9h às 18h, encontro automotivo; às 9h30min, 2º Chopp Moto Trilha; às14h, torneio de futevôlei; às 14h30min, apresentações de judô; às 16h, apresentações de karatê; às 19h, música ambiente com Robson; às19h30min, apresentações de dança; 21h, show com a Banda Barbarella; e para fechar a festa, show nacional com a banda Papas da Língua. Além destas atrações haverá um palco alternativo reservado para apresentações de bandas locais no sábado e domingo, das 16h às 20h. A entrada é gratuita em todas as atrações do evento.

2ª Conferência Estadual de Proteção e Defesa Civil Durante a abertura oficial da 2ª Conferência Estadual de Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina, o Governador do Estado Raimundo Colombo reafirmou o compromisso com as ações de prevenção para evitar maiores danos, em casos de ocorrências climáticas de grande vulto. “A Defesa Civil de Santa Catarina não tinha recursos para aplicar no setor, por isso criamos o Funda Estadual de Defesa Civil. Agora estamos fazendo investimentos para melhorar a vida das pessoas.” Disse Colombo.

Unisul faz Convênios com região de Braço do Norte O reitor da Unisul, professor Sebastião Salésio Herdt, assinou mais de 20 convênios com entidades da região de Braço do Norte, entre cooperativas, associações empresariais, sindicatos e prefeituras, na tarde desta terça-feira, 25. Com as parcerias, funcionários e dependentes dessas entidades que tenham renda familiar de até quatro salários mínimos vão poder ser beneficiados com desconto nas mensalidades nos cursos da Unidade. Na quarta-feira, 26, e na quinta, 27, convênios com o mesmo objetivo serão firmados, respectivamente, em Içara e Araranguá. O benefício vale para acadêmicos calouros e veteranos.

Vovô atirador na Praia Camacho Após receber denúncia sobre disparo de arma de fogo na direção de um veículo ocupado por dois cidadãos na comunidade do Camacho, a polícia saiu em perseguição ao veículo Toyota Hilux com placas de Sangão e conseguiram deter um casal, ele com 73 e ela com 56 anos portando um revólver Rossi calibre .38 com uma munição deflagrada e 5 munições intactas. Os contraventores foram encaminhados para delegacia de polícia e responderão por porte ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio.

Café Político A AJET (Associação de Jovens Empreendedores de Tubarão) realizará nesta quinta-feira (27) a primeira edição do “Café Político”, que a cada dois meses receberá representantes políticos da região para uma conversa informal sobre assuntos de relevância da comunidade da Associação. O encontro será na ACIT (Associação Empresarial de Tubarão), às 8h30, e nesta edição terá como tema o Polo de Inovação Tecnológica de Tubarão.


04 Jornal A VOZ DO POVO

Tubarão/SC

Quinta-feira, 27 de março de 2014.

Política

Saúde

Legislativo tubaronense reage a tentativa Tubarão corre o risco de perder a Central do SAMU de restrição a fiscalização ao Executivo

Ministério Público determinou a tranferência imediata da unidade para Araranguá Embasado em uma análise da Vigilância Sanitária de Tubarão, que interditou o local onde estava funcionando a central de Operações do Samu Regional, o Ministério Público determinou a transferência imediata da unidade para a central de Araranguá. Segundo o laudo da Vigilância Sanitária o local não oferece segurança nem condições para o tipo de serviço que era realizado alí, ou seja atendimento ambulatorial. Mas o ponto mais crítico eram as condições de armazenamento de medicamentos, expostos aos

mais variados tipos de contaminação. Após a determinação do Ministério Público, os funcionários estavam carregando os equipamentos em um caminhão baú quando foram surpreendidos por populares que exigiam a permanência do órgão no município. Segundo um dos populares mais exaltados, é difícil de acreditar que uma batalha de anos será vencida por desleixo e incompetência das autoridades. '' Levamos mais de dez anos para conseguir trazer essa unidade para Tubarão, não é possível que nossas autoridades não tenham capacidade de resolver esse fato.

Estão deixando nossas vidas mais fragilizadas, estamos mais vulneráveis às situações de risco.'' desabafa Antônio da Silva Nunes. Informações oriundas do executivo municipal dão conta de que a situação já estava sendo estudada, tendo inclusive um novo local já definido e regulamentado, restando apenas alguns detalhes para a transferência. O que surpreendeu o executivo municipal foi a ordem que partiu do Ministério Público exigindo a transferência imediata para o município de Araranguá.

Dr. Cleberson José Garcia Diretor Técnico - Médico CRM 7252

Contato: 48 3628-2919 Rua Porto Alegre, 318 - Aeroporto - 88705-200 - Tubarão/SC psicomedclinica@hotmail.com

Lucas Esmeraldino teceu duras críticas ao executivo A Secretaria de Governo do município de Tubarão, através do titular da pasta, Mateus Madeira, enviou à Câmara de Vereadores de Tubarão um ofício no qual propõe aos edis o agendamento de horário, quanto às visitações às secretarias e órgãos do Executivo. Em resposta ao Secretário de Governo, os

vereadores aprovaram em regime de urgência uma emenda à Lei Orgânica Municipal, que “garante aos vereadores o direito irrestrito de acesso a todas as Repartições Públicas Municipais, dentro do horário de funcionamento das mesmas e sem prejuízo de suas atividades, objetivando cumprir o papel

fiscalizador da função". O vereador que propôs a emenda, Lucas Esmeraldino, considerou uma afronta a tentativa do executivo de ‘controlar a fiscalização do legislativo’ e estendeu fortes críticas quanto a medida do Sr. Secretário de Governo durante a Sessão Ordinária na última segundafeira (24).

MBC


A VOZ DO POVO 05

Laguna/SC

Quinta-feira, 27 de março de 2014.

PAC - Programa de Aceleração do Crescimento

Técnicos elaboram os ajustes dos projetos de restauração dos prédios beneficiados pelo Pac das Cidades Históricas Até o mês de junho, os técnicos da Secretaria de Planejamento Urbano devem concluir os ajustes dos projetos de restauração dos prédios beneficiados pelo Pac das Cidades Históricas, do Governo Federal. Após esta etapa serão iniciadas os processos licitatórios conforme liberação. “A expectativa é iniciar em breve as licitações”, explica a secretária de Planejamento Urbano, Grasielle Citônio. O modelo de desembolso do programa não prevê repasse integral à prefeitura, mas sim a liberação de recursos à medida em que as obras forem licitadas. Nos próximos três anos, o PAC Cidades Históricas vai destinar aproximadamente R$ 20 milhões para Laguna. O anúncio foi realizado em agosto de 2013 pela presidente Dilma Roussef, no encontro dos municípios históricos em São João Del Rey, Minas Gerais. O prefeito Everaldo dos Santos e o presi-

Casa de Anita (acima), Clube Congresso (à esquerda) e Rua Raulino Horn dente da Fundação Lagunense de Cultura Leonardo Pascoal estiveram na solenidade. “Fato mar-

cante para o nosso centro histórico. Quem investe em cultura, investe no futuro”, declarou o prefei-

to. Após os projetos serem elaborados, os mesmos, são encaminhados

para o Iphan e Caixa Econômica, em alguns casos, engenheiros e arquitetos da Associação dos Muni-

cípios da Região Lagunar (Amurel) estão auxiliando em projetos complementares, como no caso, do Clube Congresso e Casa de Anita. Os projetos contemplados são nove: 1 - Requalificação Urbanística do Centro Histórico - 1ª Etapa – rua Raulino Horn e Largo do Rosário; 2 - Etapa final da restauração do casarão do Clube União Operária; 3 - Restauração da Casa de Anita Garibaldi; 4 - Restauração do sobrado da Sociedade Musical Carlos Gomes; 5 - Restauração da Casa Candemil; 6 - Restauração da antiga subestação de energia; 7 - Restauração do casarão da Sociedade Recreativa Clube Congresso; 8 - Restauração da Antiga Estação Ferroviária; 9 - Restauração do casarão do Clube Blondin.

Educação Super Promoção!

Laguna passa a pagar o Piso Nacional aos educadores O prefeito Everaldo dos Santos assinou na tarde desta quinta-feira (20), o decreto que aplica o reajuste do piso nacional do magistério no município. O valor, reajustado em 8,32%, já será empregado na próxima folha de pagamento dos educadores da rede pública. Segundo o secretário de Educação, Luis Fernando Schiefler Lopes, o reajuste será realizado para os professores. “O salário da

secretaria de educação do município será reajustado, é crucial reconhecer a importância dos agentes da educação. A prefeitura tem feito o reajuste anualmente. É um compromisso dessa gestão”, explica. De acordo com o prefeito Everaldo dos

Santos, a valorização do educador é uma de seus princípios. “A educação é uma das chaves determinantes para o crescimento de um município. Ao valorizar o professor estamos elevando o desenvolvimento de toda a população”, afirma Everaldo.


06

Jornal A VOZ DO POVO

Jaguaruna/SC

Quinta-feira, 27 de março de 2014.

Urbanismo

Definidos os horários para a coleta de lixo em Jaguaruna A Prefeitura Municipal de Jaguaruna, através dos serviços da empresa Coleta de Lixo Transrecol LTDA, vem a público divulgar os horários da rota semanal de coleta de lixo na cidade

Infraestrutura

Manutenção das ruas de Sanga Grande e Boa Vista

de Jaguaruna. A rota foi traçada levando em conta os B a l n e á r i o s e Comunidades em geral, procurando oferecer o máximo de comodidade aos cidadãos.

Estrada da Sanga Grande A Secretaria de Obras, Habitação e Serviços Urbanos de Jaguaruna, através do seu secretário Braz Crescêncio, não tem medido esforços para manter as estradas das comunidades em condições de trafegabilidade. M u i t a s vezes, devido a grande extensão territorial do

município, é impossível realizar os trabalhos em todas as comunidades em um determinado tempo. Por isso, existe um cronograma de trabalho e nesta terça-feira (25), os trabalhos se concentraram na comunidade de Sanga Grande, onde foram realizados serviços de patrolamento e ensaibramento nas estradas da comunidade, um belo trabalho

desenvolvido pelo secretário e sua equipe. Outra comunidade onde foram iniciados os trabalhos através da secretaria de obras foi a comunidade de Boa Vista com uma máquina para realização de limpeza as margens da Estrada Geral. Segundo o Secretário de obras Braz, surpreendentemente há proprietários de terrenos

que se opõem a manutenção de algumas vias: “Assumi a secretaria com objetivo de fazer o melhor pelo município. Mas também é necessária a colaboração e o bom senso dos proprietários de terrenos que, muitas vezes, não aceitam que os serviços sejam realizados”.


Quinta-feira, 27 de março de 2014.

Especial Capivari de Baixo

Jornal A VOZ DO POVO

07

História

Uma cidade em pleno desenvolvimento

Participação Popular Se o Porto é Alegre, Capivari pode ser Feliz? Nossa redação foi às ruas buscar a participação popular e levantou uma questão, do ponto de vista geral, divertida e polêmica na visão de alguns mais conservadores. Com todo o respeito e carinho que temos por esse município, sugerimos aos cidadãos capivarienses uma troca de nome para a cidade, ou ao menos a substituição de parte do nome. Acreditamos que o termo ‘de Baixo’, assumido devido a localização do município estar na parte baixa do rio que dá seu nome, é um termo pejorativo, que influi na auto-estima dos munícipes. Aos interrogados sugerimos a troca de ‘Capivari de Baixo’ para ‘Capivari Feliz’. Acompanhe a questão central e confira as opiniões:

Vista aérea parcial de Capivari de Baixo A história da localidade remonta aos primórdios da ferrovia Tereza Cristina ainda no final do século XIX, quando teve suas terras povoadas às margens dos trilhos. Já a história do município está ligada à chegada da Companhia Siderúrgica Nacional e a formação de uma nova sociedade no meio do século XX. Desde então foram cerca de 35 anos de luta pela emancipação do bairro de Capivari, que em 1986 virou Distrito e em 1992 o município de Capivari de Baixo. Até aqui foram 22 anos de história independente, antes a história do lugar se confundia à própria história da cidade mãe Tubarão, também muito influenciada pela chegada da CSN em 1948. Após a conquista

da independência administrativa, Capivari de Baixo já nomeou 03 mandatários diferentes em 07 mandatos: Augusto Sachetti (primeiro prefeito) 1992-1996; Luis Carlos Brunel Alves (Três mandatos) 1997-2000, 20012004 e 2009-2012; e Moacir Rabelo da Silva (atual prefeito) 2005-2009 e 2013-2016. Durante esses anos que sucederam a emanciapação a cidade ainda conquistou muitos estágios evolutivos como a instalação do Fórum, Delegacia de Polícia Civil, Central de Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Rodoviária, Escolas, Centros de Educação Infantil, Postos de Saúde, Agências Bancárias (BB e CEF), Faculdade (FUCAP), Ginásio Municipal, Praças e Monumentos, Parque Ambiental, SENAI e

por fim Agência da Previdência Social. Apesar de construir uma boa estruturação administrativa, Capivari de Baixo era dependente dos empregos gerados no Complexo Termeletrico e na Prefeitura Municipal. A falta de novas opções fazia os cidadãos buscarem emprego na cidade vizinha Tubarão, transformando Capivari em uma cidade dormitório. Hoje essa realidade é bem diferente e a perspectiva que se cria em torno da vinda de grandes empreendimentos como a Librelato, Pozosul, Unibras, Fam Metal entre outras empresas, cria uma nova perspectiva em torno da cidade. Hoje, Capivari de Baixo é uma cidade próspera e de grandes possibilidades no futuro.

“Penso que deve permanecer o nome Capivari de Baixo, o município esta completando 22 anos de história, e o nome tem as suas raízes históricas.” Hermes Alves - Centro “Capivari Feliz vai dar um toque especial ao astral da população, o nome tem tudo a ver com o que se deseja para a cidade, vale a pena tentar.” Régis dos Santos Caçador “Capivari está em fase de crescimento em todas as áreas, precisamos manter o que já foi conquistado, inclusive o nome do município.” Henrique Gomes da Silva Sta. Lúcia


Jornal A VOZ DO POVO

Especial Capivari de Baixo

Perspectiva de Futuro

Uma nova cidade

Quinta-feira, 27 de março de 2014.

Indústria

Librelato recebe prêmio

Thayni Librelato Gerente de Marketing

Vista aérea parcial da cidade de Capivari de Baixo Transcorridos 22 anos de história, a cidade de Capivari de Baixo está passando por uma nova fase em sua linha evolutiva. Esta moldando sua trajetória e aos poucos vai identificando a sua vocação. Muitas foram as décadas de histórias e estilos desta sociedade, mas jamais ficou tão evidente que a cidade foi projetada para o desenvolvimento industrial, para o setor de produção. A verdadeira vocação de Capivari de Baixo está na indústria e isso fica ainda mais claro quando evocamos sua história, facilmente identificada como

antes e depois do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, inicialmente Lavador de Capivari (CSN). Hoje, surge um novo marco para reforçar essa aptidão, para expandir as possibilidades para além da produção energética. Esse marco é a capacitação profissional, praticada através da busca pelo aperfeiçoamento profissional. Como exemplo desta evolução municipal está o Senai/Fiesc, que foi inaugurado no ano de 2013. Capivari de Baixo é o município com o menor número de habitantes que o Senai insta-

lou um centro tecnológico. No sul do estado somente Criciúma e Tubarão possuem tais unidades. O Senai é conceito em educação profissional e remete Capivari à um futuro próspero e de muito potencial, com uma perspectiva muito positiva. O fato de este estabelecimento de reconhecido valor ter instalado uma unidade neste município, faz desta cidade, de pouco mais de 50Km², um potencial parque industrial, gerando oportunidades e melhorando a qualidade de vida e expectativa de todos os seus cidadãos.

Aliado a este acontecimento, ainda vem a somar algumas obras de infraestrutura e lazer como o Parque Ambiental Tractebel, a sede do Corpo de Bombeiros, a revitalização da Praça da Bandeira, o Ginásio Municipal e as obras regionais a serem concluídas como a duplicação da BR 101, a ferrovia litorânea, aeroporto regional, ampliação do porto entre outras obras. Enfim, cria-se sobre Capivari de Baixo a esperança de dias prósperos, consolidando uma Nova Capivari, agregando valores à toda sociedade envolvida.

A Librelato. S.A. acredita na importância de qualificar e reter bons profissionais dentro da empresa e, através dessa cultura possibilita uma gestão de qualidade e eficiência. Em consequência disso, a empresa recebeu, pelo terceiro ano consecutivo, o Destaque Empresarial Regional do Prêmio Gestão de Qualidade, através do Instituto de Pesquisas Conquistas. A pesquisa que leva ao prêmio é de opinião pública e foi realizada no mês março de 2014, em Orleans e sua microrregião. São duas etapas de pesquisa: espontânea, em que a pesquisa é aleatória sem induzir o entrevistado, deixando que o mesmo indique a empresa de sua preferência e, a

segunda etapa é sugestiva em que é identificado o público alvo de cada setor. “Aprendi com meu pai, Lussa Librelato, o seguinte ensinamento: tenha paixão por sua missão, crie propósitos claros que todos os colaboradores conheçam, tenha o apoio de pessoas que tenham amor pelo time, e por fim, tenha um produto qualificado, tendo a qualidade como matériaprima na construção de produtos cada dia melhores. Este prêmio é um reconhecimento que estamos no caminho certo. Muito obrigada a todos os colaboradores e parceiros, que vestem a camisa Librelato com tanta paixão”, declara a gerente de marketing e jurídico Thayni da Silva Librelato.


Quinta-feira, 27 de marรงo de 2014.

Especial Capivari de Baixo

ACICAP Assoc. Com. Ind.

Capivari de Baixo

Jornal A VOZ DO POVO


10

Jornal A VOZ DO POVO

Capivari de Baixo/SC

Saneamento Básico

Quinta-feira, 27 de março de 2014.

Esporte

Adutora rompe e deixa os bairros Ilhotinha, ‘Escolinhas’ de Capivari Paraíso e Três de Maio sem água Desde Domingo (23) as comunidades de Ilhotinha, Paraíso e Três de Maio estão sofrendo novamente com a falta de água. O problema destas comunidades com relação ao abastecimento de agua é antigo, e recentes obras realizadas nestas comunidades com instalação de uma nova bomba inclusive, anunciavam o fim deste inconveniente. A comunidade reivindica uma solução emergencial e declara não acreditar na situação. ‘‘Estavamos tão felizes, há cerca de um mês atrás fizeram uma obra que até então tinha resolvido um problema de muitos anos, mas de três dias pra cá ficamos sem água de repente’’, afirma a dona de casa Carmem Lúcia. Nossa redação entrou em contato com a empresa

retornam às atividades

Adutora está há mais de 15 anos sem manutenção responsável pelo abasteci- tipo de mapa ou indicação mento que justificou a de localização do sistema demora devido a dificulda- de abastecimento da cidade de encontrar o problema. de. Segundo a MBC O problema foi Engenharia Ambiental o descoberto somente na problema foi o rompimento quarta-feira (26) pela de uma adutora muito anti- manhã, graças à ajuda de ga de ferro fundido, em um um morador que conhecia local de difícil acesso num bem a região. Vários banhado na Ilhotinha. As homens estão trabalhando dificuldades aumentaram no local. porque não existe nenhum

Os treinos das escolinhas de futsal (feminino e masculino), futebol, voleibol, handebol, judô e karatê reiniciaram nesta semana e estão sendo realizados nas dependências do Ginásio Municipal Poliesportivo Juan Manuel dos Santos, no campo do Nacional e também nos bairros Três de

Maio e Ilhotinha. Os treinos acontecem de segunda a sexta-feira, dependendo da modalidade de cada esporte. Para o secretário de Esporte e Turismo Adam Machado as crianças estavam anciosas pelo retorno das atividades ‘‘As escolinhas param durante o período de férias escolares e está retornando agora para dar continuidade

ao trabalho que já estava sendo realizado em Capivari no ano passado. Tivemos diversas conquistas em várias modalidades e este ano pretendemos alcançar resultados ainda melhores.’’ Acompanhe abaixo o cronograma das atividades esportivas da Secretaria de Esporte e Turismo.


Pelo Vale

Quinta-feira, 27 de março de 2014.

Jornal A VOZ DO POVO

11

Rio Fortuna/SC Gravatal/SC

Fundam faz repasse de R$1,4 mi Município aguarda a construção da para a cidade de Rio Fortuna sede do 2° Batalhão da PM/SC

Assinatura dos atos foi no prédio Administrativo do Governo O governador Raimundo Colombo, assinou nesta terça-feira, 25, em Florianópolis, mais R$ 7,7 milhões em convênios do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam). O montante vai beneficiar as prefeituras de Bocaina do Sul, Campo Belo do Sul, Caxambu do Sul, Forquilhinha, Monte Castelo, Ouro, Painel e Rio Fortuna. “Esse é um programa

inédito que vai beneficiar todas as cidades catarinenses. Uma coisa é o Estado fazer obra, outra coisa bem diferente é os 295 municípios fazerem obras, sem necessidade de contrapartida das prefeituras. Isso vai garantir um dinamismo muito grande”, destacou o governador. O Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam) foi criado pela lei 16.037 e

regulamentado pelo decreto 1.621. São R$ 585 milhões distribuídos para todos os 295 municípios catarinenses. Rio Fortuna foi contemplado em dois projetos que totalizam mais de R$ 1,6 MI e já teve liberado de imediato R$ 1.409.487,48 para pavimentação asfáltica, drenagem pluvial, sinalização viária e acessibilidade de ruas.

Gravatal/SC

Aproveite a Páscoa para viajar

O Hotel Internacional é um dos mais procurados Depois da agitação do Carnaval, muita gente dedica o feriado da Páscoa para fazer uma viagem mais tranquila. As opções são muitas, mas em Gravatal, os serviços de águas termais são referência e nesta época atraem muitos turistas. Quem ainda pretende passar a Semana Santa na cidade deve se organizar e fazer logo sua

reserva. Destaque para, a rede hoteleira das Termas que oferece em todas as estações do ano opções para quem quer relaxar e aproveitar a natureza. Turistas de várias partes do sul do país são sempre frequentes nos hotéis e pousadas da estância termal, que oferecem uma ótima infraestrutura. Em especial para o feriadão de páscoa diver-

sos estabelecimentos estão com programação especial. Tem atividades específicas para todas as idades como brincadeiras na piscina, jogo de detetive, gincanas, filme com pipoca, caça ao coelho, torta na cara, entre outros para as crianças. E, a tradicional programação de hidroginástica, trilhas, música ao vivo, e muito mais para os adultos.

Todos os detalhes foram repassados pelo Comandante Marcineiro A cidade de Gravatal recebeu uma ótima notícia, trata-se da construção da sede do Comando do Batalhão de Gravatal, obra que já foi licitada e começara a ser erguida ainda em 2014. A informação foi dada em visita no último dia 18, do Comandante da Polícia

Militar do Estado de Santa Catarina, Nazareno Marcineiro ao gestor municipal de Gravatal Jorge Leonardo Nesi. A 2º Companhia da Polícia Militar de Gravatal será construída em um terreno doado pelo pecuarista Ronaldo Yung, que está com todas as documentações em dia e é o único do Estado pronto

para começar as obras de imediato. O terreno está situado às margens da SC-435, no Centro. A localização da sede é um local estratégico, uma vez que a unidade atende também aos municípios de Armazém e São Martinho.


12

Jornal A VOZ DO POVO

Pela Amurel

Quinta-feira, 27 de março de 2014.

Infraestrutura

Os gênios da propaganda Luiz Henrique da Silveira Senador da República Os cariocas até esqueceram que andavam de bonde elétrico. Mas não se esqueceram daquele cartaz afixado em local que ninguém podia deixar de olhar: “Veja, ilustre passageiro, o belo tipo faceiro que você tem a seu lado. No entanto – acredite! – quase morreu de bronquite. Salvou-o o Rum Creosotado!” O reclame (era assim que meus pais chamavam a publicidade) era tão criativo que, embora longo, ficou gravado na nossa memória. Ao contrário, uma propaganda sintética vendeu milhares de frascos do creme estético pela força difusora da Rádio Nacional (a Rede Globo dos meus tempos de criança e juventude). Eram apenas duas vozes masculinas, que dialogavam: “Ela é linda...hahhh. Está noiva, hohhh. Usa Ponds, hannnn.” Naqueles tempos, o nosso Laboratório Catarinense encontrara uma forma imbatível de vender os seus remédios, distribuindo, nas farmácias deste País, seus famosos almanaques, que eram aguardados ansiosamente todos os anos. Na Difusora, aqui; na Guarujá, em Florianópolis; ou na Nereu Ramos, em Blumenau, que eram as potências radiofônicas da época, os remédios do laboratório eram difundidos de forma inteligente. Quem não se lembra de que “quem toma Renascim, renasce, sim!” Quando o governador Konder Reis lançou a Fundação Estadual de Meio Ambiente (Fatma), a então A.S. Propague criou um filme inesquecível. A cena era o quintal de uma das nossas casas mais humildes. Uma criança pobre fazia “embaixada” com uma bola de futebol. De repente, a cena congelava e a bola virava o globo terrestre. Em off, uma voz solene recomendava: “Cuide bem dessa bola. Deus não vai fazer outra!” A nossa fábrica de geladeiras agigantou-se com um irresistível ditado publicitário: “Põe na Consul”. E na guerra de comunicação, um outro refrigerador, que se dizia superior, retrucou: “É boa. Mas não é uma Brastemp!” E aquela cena do elevador lotado? Para no andar e uma pessoa pergunta se pode entrar. Lá de dentro uma voz responde: “Sempre cabe mais um quando se usa Rexona”. O que faz uma pessoa procurar uma loja da Milium? Aquela frase pra lá de instigante: “Tem de tudo”. Você deve estar perguntando quem são esses gênios criativos da propaganda brasileira. Quer saber? “Pergunte lá no Posto Ipiranga!”. Luiz Henrique da Silveira Senador da República

Região recebe a maquete do Centro de Inovação SC

Apresentação ocorreu nas dependências do Farol Shopping A maquete do projeto do Centro de Inovação foi entregue em Tubarão, na tarde, desta segundafeira, 24, no Farol Shopping. Governo do Estado repassará à Prefeitura Municipal de Tubarão o valor de R$ 8,6 milhões, para iniciar o processo de licitação e contratar a empresa que executará a obra. O edifício ficará na Rua Espanha, s/n, no bairro Revoredo, próximo a BR-101. A obra, depois da ordem de serviço para o início, deverá ficar pronta de 18 a 24 meses. “Estes Centros vão fortalecer a infraestrutura de inovação e empreendedorismo em todas as regiões do Estado, impulsionando o desenvolvimento da nova economia catarinense. Os Centros de Inovação foram concebidos dentro de conceitos mais modernos de eficiência, sustentabilidade, inovação e flexibilidade”, explica o secretário do Desenvolvimento Econô-

mico Sustentável (SDS), Paulo Bornhausen. Os Centros de Inovação fazem parte do Programa Catarinense de Inovação (PCI), lançado na última terça-feira, 18, em Florianópolis. O objetivo é promover ações que tragam melhorias na economia do Estado, com a capacitação de pessoas e empresas, para aumentar a competitividade. Além de Criciúma e Tubarão, outros dez municípios catarinenses receberão os edifícios-sedes: Blumenau, Florianópolis, Joinville, Chapecó, Joaçaba, Itajaí, São Bento do Sul, Jaraguá do Sul, Lages e Brusque. “Este é o tipo de investimento que agradecemos imensamente ao governador Raimundo Colombo e ao secretário Paulo Bornhausen, por escolher Tubarão para sediar o empreendimento”, avalia o secretário regional, Estêner Soratto da Silva Júnior. Estas serão as pri-

meiras obras públicas em Santa Catarina projetadas em Building Information Modeling (BIM), tecnologia que permite um acompanhamento especializado desde a elaboração e gestão até a execução da obra, integrando todas as informações em um modelo em três dimensões (3D). Há dois modelos de edifícios, sendo que o maior, com 3.800 m2 custará em torno de R$ 7,5 milhões e o menor, com 2.200 m2, custará R$ 5,2 milhões aproximadamente. A gestão dos Centros de Inovação envolverá governos local e estadual, universidades, empreendedores e sociedade civil. “Este é um ato de união de forças e o princípio de ações entre a Universidade, o poder público e empresarial. Vamos nos empenhar ao máximo e contribuir para a inovação e investimentos em pesquisas e ciência,” discursou o reitor da UNISUL, Salésio Heerdt.


Quinta-feira, 27 de março de 2014.

TABULEIRO

Geral

Jornal A VOZ DO POVO

13

Por Marcelo Corrêa

Ouvindo os clamores populares Em Audiência Pública, nesta quarta-feira, 26, promovida pela Câmara de Vereadores de Tubarão, foram discutidos os rumos da Marcolino Martins Cabral quanto à retirada ou não, dos trilhos, na parte referente ao final da avenida em Oficinas. Um abaixo assinado já reúne milhares de assinaturas a favor da retirada dos trilhos e o consequente prolongamento da avenida. O governo Olavio Falchetti precisa ouvir às vozes das ruas.

Tomador de decisões Estando já no seu segundo ano na administração municipal em Tubarão, o governo do PT precisa ser pragmático, isso significa jogar com as regras nas mãos. É incontestável que o melhor nome hoje para ocupar a Fundação de Educação é o do vereador Paulão. Não há lugar para o academicismo na administração pública. O prefeito Olávio precisa entender que a gestão municipal não está ossificada, o sucesso na sua implementação depende de decisões, competências e recursos. A tomada de decisões e a delegação de responsabilidades com o monitoramento dos resultados deve nortear a visão do administrador público.

Entre as mais caras do mundo A ITU (International Telecommunication Union), agência especializada em tecnologia da ONU, disponibilizou no final de 2013 a publicação Measuring the Information Society Report. O estudo divulgou rankings da acessibilidade da internet móvel em mais de cem países e, para isso, comparou o custo da internet móvel com o PIB (Produto Interno Bruto) per capita . Para o ranking acima, onde o Brasil aparece na 89ª posição, foi usada a média dos valores de internet móvel pré-paga e pós-paga. Pagamos muito e temos uma qualidade abaixo da expectativa.

Alerta vermelho É altíssimo o nível de preocupação no Palácio do Planalto com a ameaça de uma CPI da Petrobras. Ontem, Ideli Salvatti não escondia a ansiedade por notícias da articulação da oposição. Ideli passou a tarde ligando para os líderes da base aliada no Senado e na Câmara. Quando o parlamentar não podia atender imediatamente e seu assessor pedia que retornasse a ligação em dois minutos, Ideli, por intermédio da secretária, voltava a telefonar 1 minuto e 59 segundos depois. No Senado, a bancada do PT já foi avisada: nada de surpresas. Não haverá a menor tolerância com ensaios de apoio à CPI. Se a CPI vingar, a maioria de seus integrantes será da base do governo. Qual o medo então? O temor é que uma certa turma do PMDB (e outros aliados) use a CPI para negociações heterodoxas com o governo. É uma turma que age assim: está comprometida até a medula com os malfeitos da Petrobras, mas fingirá que quer apurar para assustar e constranger o governo – e conseguir umas migalhas.

Espaço reservado para a ‘massa’... “Diminuir a maioridade penal de 18 para 16 anos não é a solução, a educação dos jovens depende primeiramente da família, a escola também tem um importante papel no encaminhamento para uma vida correta. A sociedade precisa dar oportunidades aos jovens, a juventude não vai decepcionar.

Tuyanne Vitória – Estudante “Os adolescentes estão sendo usados pela criminalidade principalmente no tráfico de drogas, se a maioridade penal diminuir os jovens que praticarem delitos vão sentir as consequências com a perda da liberdade. Isso deve resultar numa maior responsabilidade por parte da juventude.”

Allan Knabben - Empresário

Galaxy S5 chega ao Brasil A Samsung anunciou nesta quarta-feira a chegada do Galaxy S5, nova versão de seu smartphone mais avançado ao Brasil. O produto chegará no modelo mais básico, com 16 GB de memória, pelo preço de 2.599 reais, 200 reais mais barato que o seu principal rival, o iPhone 5S, da Apple. O modelo, compatível com as redes 4G do Brasil, chegará às lojas de varejo e operadoras a partir de 11 de abril. Este preço não garante a desoneração de impostos por parte do governo, tornando-se pouco acessível no mercado.

“É emergente, os deputados e senadores precisam dar essa resposta para a sociedade. Os jovens da periferia estão reféns da criminalidad e. Diminuir a maioridade penal vai ter um reflexo positivo no comportamento dos jovens.”

Albertino Francisco – Garçom


14 A Voz do Povo

Geral

Quinta-feira, 27 de março de 2014.

Fiscalização

INMETRO/SC alerta para ‘golpe’ de ‘falsos fiscais’ O Instituto de Metrologia de Santa Catarina (Imetro/SC) alerta a população sobre falsos fiscais que estariam extorquindo a população. Nas residências, os falsos fiscais, que se apresentam com colete e crachás em nome do Instituto, pedem para fiscalizar as instalações de gás da cozinha e cobram altos valores pela troca de produtos certificados, como reguladores e mangueiras de gás. O presidente do Imetro/SC, Luiz Carlos Silva, alerta para o golpe. “Fiscais do Imetro/SC não fiscalizam nada em residências e não vendem os produtos. A atuação de fiscalização do Instituto

se restringe à indústria e ao comércio varejista”, destaca. Atenção » O Inmetro não fiscaliza residências (apenas no comércio) e não vende os produtos. » Se você for vítima dos falsos fiscais, chame a Polícia Militar (190) e denuncie na Ouvidoria do Imetro/SC (0800 6435200) ou pelo e-mail: . ouvidoria@imetro.sc.gov.br » Verifique a validade do seu regulador e não compre produtos piratas. » O regulador, a mangueira e o botijão só podem ser comercializados com o selo de identificação da conformidade do Inmetro. Os fiscais atuam uniformizados e geralmente fiscalizam estabelecimentos comerciais e veículos

VER. EDISON CARDOSO DUARTE – PDT

Câmara de Vereadores de Capivari de Baixo/SC Resumo da Sessão Ordinária de 24/03/2014 VER. AILTON BITENCOURT – PSD Requerimento ao Prefeito Municipal, solicitando: Uma sessão solene com objetivo de homenagear a empresa Tractebel energia nesta casa legislativa, com a data a ser combinada entre as partes, a fim de exaltar o grande empreendimento denominado “Parque Ambiental Tractebel Energia” presenteando os munícipes de Capivari de Baixo, valorizando nosso município no Estado de Santa Catarina e no Brasil.

Requerimento ao Presidente da Câmara, solicitando: Que encaminhe ofício a Tractebel, solicitando a possibilidade de a mesma contribuir mensalmente com um valor em dinheiro em forma de convênio com o Hospital Nossa Senhora da Conceição, para ajudar financeiramente o atendimento na emergência até que o novo Pronto Atendimento de Capivari de baixo volte a funcionar, e assim que o P.A. voltar a funcionar, a Tractebel contribuiria com esse valor ao nosso Pronto Atendimento por tempo indeterminado. Justifica-se, que o hospital tem um déficit no setor de emergência e são atendidos de 800 a 1000 capivarienses no hospital.

VER. FERNANDO OLIVEIRA DA SILVA – PMDB Requerimento ao Prefeito Municipal, solicitando: A possibilidade de repor as lâmpadas em aproximadamente 10 postes, no final da Rua João Rodrigues Martins, transversal com a Rua Jose Domingos Bittencourt (rua da gruta). O local encontra-se às escuras, podendo causar riscos aos ali transitam. Ao setor competente o recapeamento asfáltico na Rua Roberto Pedro Prudêncio, Bairro Centro, a citada rua encontra-se em total abandono, com muitos buracos. E também na Rua Santa Lúcia, Bairro Santa Lúcia. Ao setor competente o lastreamento de areão, na Avenida Machado de Assis, ao redor da lagoa do Barreiros. Ao setor competente informações com a relação dos nomes dos atuais Diretores da ACESC (Associação Capivariense de Esporte e Cultura). Indicação ao Prefeito Municipal, solicitando: A possibilidade de Patrolamento na Rua Rute Bitencourt, rua que passa na frente da Fecula Nandi. A possibilidade de fazer um patrolamento na rua que faz fundos da Igreja São Jose, Três de Maio.

VER. ISMAEL MARTINS - PP Requerimento ao Presidente da Câmara, solicitando: Ao Presidente desta Casa, Sr. Edison Cardoso Duarte, que encaminhe ofício a Polícia Militar de Capivari de Baixo (5ºBatalhão/2ªCompanhia/ 3º Pelotão), dirigido ao seu comandante, o 1º Tenente da PM, Sr. Marcelo Oliveira Santos e ofício para a Polícia Civil, dirigido ao Delegado Regional, Sr. Ulisses Gabriel, para que aumente o contingente de policiais militares e civis no nosso município, bem como nos informe a necessidade de mais viaturas para viabilizar o trabalho da polícia. Faço esse requerimento atendendo solicitação dos cidadãos de Capivari, que reclamam da falta de policiamento em várias localidades do município.

VER. ARLEI DA SILVA – PPS

VER. JOSÉ NAZARENO CORRÊA - PT

Requerimento ao Prefeito Municipal, solicitando: A possibilidade de criar um projeto de lei que dispõe sobre a criação da Oficina denominada “Estudo, Trabalho e Emprego”. PROJETO DE LEI N°..., DE .. DE .....DE ... Dispõe sobre a criação da Oficina denominada “Estudo, Trabalho e Emprego” e dá outras providências. Art. 1°. Fica criada no âmbito municipal, a Oficina denominada “Estudo, Trabalho e Emprego”, com o objetivo de promover a realização de cursos de qualificação e requalificação profissional, elaboração de projetos nas áreas de cooperativismo, geração de trabalho e renda, bem como promover e divulgar o trabalho artesanal. Art. 2°. A Oficina denominada “Estudo, Trabalho e Emprego” funcionará de acordo com as modernas técnicas, com o desenvolvimento de seminários, grupos de discussões e palestras, de forma a se constituir em centro dinâmico de estudos das questões relativas ao mundo do trabalho. Art. 3°. Os cursos de formação e os projetos serão desenvolvidos por pessoal técnico qualificado, pertencente ao quadro de servidores do Município, por voluntários ou por profissionais contratados especialmente para essa finalidade. Parágrafo único - Os cursos e serviços serão oferecidos gratuitamente às pessoas interessadas. Art. 4°. Todos os participantes que receberem certificação, na forma das disposições do “caput”, deste artigo, terão seus nomes relacionados e encaminhados à Associação Comercial e Industrial do Município, com a especificação da respectiva qualificação e endereço para contato. Art. 5°. O Poder Executivo Municipal poderá celebrar parcerias, convênios ou termos de cooperação técnica ou financeira que se fizerem necessários à consecução dos objetivos desta Lei. Art. 6°. As despesas decorrentes da execução da presente Lei correrão por conta de dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário. Art. 8°. A presente Lei será regulamentada pelo Poder Executivo Municipal no prazo de 30 (trinta) dias, contados da sua publicação. Parágrafo único - Os cursos e serviços serão oferecidos. A possibilidade de criar um projeto de lei que dispõe sobre a instalação de ambulatório médico em todas as unidades escolares da Rede Municipal de Ensino. PROJETO DE LEI N°..., DE .. DE ....DE .. Dispõe sobre a instalação de ambulatório médico em todas as unidades escolares da Rede Municipal de Ensino e dá outras providências. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu, Prefeito Municipal de..., sanciono a seguinte Lei: Art. 1°. Fica obrigatória a instalação de ambulatório médico em todas as unidades escolares da Rede Municipal de Ensino, em todo o território de domínio público municipal. § 1°. o ambulatório médico de que trata o “caput”, deste artigo, constituir-se-á de, pelo menos, uma sala exclusiva equipada com um mobiliário específico e suprida de material para atendimento de primeiros socorros, como água oxigenada, gaze, esparadrapo, faixa de crepe e demais utensílios e medicamentos necessários aos atendimentos de emergência. § 2°. Para o atendimento no ambulatório a que se refere o caput deste artigo, será designado um servidor municipal com formação específica, sendo que nos casos em que essa condição não seja possível, a Secretaria Municipal de Saúde treinará um servidor da própria escola, para prestar os primeiros socorros. Art. 2°. As despesas decorrentes da execução da presente Lei correrão por conta de dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário. Art. 3°. A presente Lei será regulamentada pelo Poder Executivo Municipal no prazo de 30 (trinta) dias, contados da sua publicação. Art. 4°. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. A possibilidade da retirada dos entulhos das calçadas no bairro Vila Flor e nos demais bairros. Justifica-se este requerimento, pois a falta de limpeza faz com que atrai muitos bichos forte odor, podem acontecer acidentes noturnos, pois dificultam circulação Ao Presidente da Câmara, solicitando: Que envie um oficio parabenizando o Superintendente Sr. João José dos santos pela colocação da iluminação no viaduto do bairro Vila Flor aproveitando a oportunidade gostaria de solicitar a Sr que se poderia colocar a mesma iluminação também no Viaduto do Sertão da Estiva e na passarela no bairro Alvorada.

Requerimento ao Prefeito Municipal, solicitando: Requerer ao Exª Prefeito Municipal, estudo para implantação de área de depósito com vistas à recepção do material a ser dragado do Rio Tubarão por conta do projeto de desassoreamento do seu leito, cujo projeto executivo encontra-se finalizado aguardando recursos para sua licitação. Justifica-se o requerido uma vez que quando da realização dos serviços desassoreamento, dez milhões de metros cúbicos serão dragados do leito do rio Tubarão, sendo que parte deste material poderá ser destinado ao nosso município, podendo este constituir um grande estoque a ser usado, por exemplo, no aterro de ruas, base de pavimentação e em terrenos de programas habitacionais de cunho social, a um custo zero de aquisição. Para tanto se sugere o estudo das terras situadas na Rua Doraci Rosa Osório, Bairro Santo André, acesso a Fazenda Agro Avião, próximo ao rio Tubarão, onde há propriedades de particulares e da Tractebel Energia que poderão servir de depósito deste material.

VER. ARLEIS FLÁVIO NUNES RIBEIRO – PV Requerimento ao Prefeito Municipal, solicitando: Esclarecimentos, no sentido de como está o andamento dos estudos para a ampliação do Cemitério Municipal, conforme requerimento N° 125/2013 de 13/03/2013 apresentado por este vereador e aprovado pelo poder legislativo de nosso Município. Indicação ao Prefeito Municipal, solicitando: Uma operação tapa buracos nas Ruas Antônio Manoel dos Santos, Bairro Caçador, José João Correa e João Paulo Primeiro, Bairro Três de Maio.

VER. MANOEL DA SILVA GUIMARÃES – PT Requerimento ao Prefeito Municipal, solicitando: A possibilidade de colocar a placa que se encontra na bifurcação com as Ruas AV. Nereu Ramos e Raimundo Correa, (proibido seguir), na esquina do prédio do Ceaca, na Rua Engenheiro Ismael Coelho de Souza, com a Rua Raimundo Correa, e aumentar a faixa de sinalização na estrada, para facilitar o acesso de pessoas que não são de nossa cidade. Ao Presidente da Câmara, solicitando: Que encaminhe ofício a Infraero, perguntando o motivo de não existir uma pessoa autorizada para sanar as dúvidas das pessoas que não tem conhecimento nas máquinas de fazer o check-in no Aeroporto Hercílio Luz, e em outros aeroportos nacionais. A máquina auxilia, e possui fácil acesso, porém muitos idosos que não possuem conhecimento acabam perdendo o vôo com essa dificuldade.

PROJETOS DE LEI Projeto de Lei Ordinária nº 013/2014 (011/2014 na origem), que ALTERA REDAÇÃO, ATUALIZA E ACRESCENTA DISPOSITIVOS A LEI Nº 1011/2005, QUE “CRIA A COORDENADORIA MUNICIPAL DE DEFESA CIVIL (COMDEC) DO MUNICÍPIO DE CAPIVARI DE BAIXO/SC, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”, PARA DISPOR SOBRE A COORDENADORIA MUNICIPAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL (COMPDEC) E O CONSELHO MUNICIPAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL. ALTERA REDAÇÃO DA LEI 1518/2013 QUE “CRIA O FUNDO MUNICIPAL DE DEFESA CIVIL DO MUNICÍPIO DE CAPIVARI DE BAIXO (FUMDEC) E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”, de autoria do Poder Executivo. Projeto de Lei Ordinária nº 014/2014 (012/2014 na origem), que DISPÕE SOBRE ABERTURA DE CRÉDITO SUPLEMENTAR AO ORÇAMENTO VIGENTE, de autoria do Poder Executivo. Projeto de Lei Ordinária nº 015/2014 (013/2014 na origem), que INSTITUI O SISTEMA MUNICIPAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR – SMDC – RECRIA A COORDENADORIA MUNICIPAL DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR – PROCON -, O CONSELHO GESTOR MUNICIPAL DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR – COMDECON – CRIA O FUNDO MUNICIPAL PARA RESTITUIÇÃO DE BENS LESADOS – FMRBL – ALTERA A LEI MUNICIPAL Nº 667/2001 E REVOGA AS LEIS MUNICIPAIS Nº 1359/2001 E 1369/2011, de autoria do Poder Executivo. Os Projetos de Lei e Requerimentos foram discutidos e aprovados.


Quinta-feira, 27 de março de 2014.

Publicação Legal

Jornal A VOZ DO POVO

15


Jornal A VOZ DO POVO

Contracapa

Quinta-feira, 27 de marรงo de 2014.


A Voz do Povo - Edição 232