Page 1

Distribuição GRATUITA

SEXTA-FEIRA 09/09/2011 SEMANAL | Ano 7 | n° 821 | Região do Caparaó | www.aquies.com.br

Ibatiba: a Capital Capixaba do Tropeiro

»» O município realizou mais uma edição do Maior Feijão Tropeiro, quando foi sancionada a lei que lhe dá o título de Capital Capixaba do Tropeiro, e teve inaugurados o Museu do Tropeiro e um monumento às margens da BR262 geral| Págs 12 e 13 Marcos Freire

GERAL | Pág 13

Municípios realizam eventos para marcar o 7 de setembro

Addison Viana

Acidentes na ES482 preocupam moradores de Guaçuí Daniel Borges

Marcos Freire

CIDADES | Pág 05

»» »» Em Iúna, as lojas maçônicas realizaram um passeio ciclístico, enquanto em Ibatiba e Guaçuí aconteceram desfiles cívicos escolares, assim como em vários municípios da região do Caparaó cidades | Pág 04

Ambiental apreende armas, munições e pássaros em Alegre Enquete mostra preferência por ex-prefeito e uma surpresa em Iúna política| Pág 14

geral| Pág 11

E mais uma enquete sobre o quadro político – desta vez em Bom Jesus do Norte opinião| Pág 14

TSE garante mandato do prefeito Leley Storck POLÍTICA| Pág 14

Neste sábado, tem Detonautas em Jerônimo DIVULGAÇÃO


02

OPINIÃO

SEXTA-FEIRA, 09/09/2011

EDITORIAL Está bom e pode melhorar Em épocas passadas, no Espírito Santo, dirigir pelas estradas era um exercício de habilidade e paciência, devido às péssimas condições das rodovias. Nos últimos 8 a 10 anos, a situação melhorou muito, com as estradas sendo conservadas periodicamente e outras totalmente reformadas, além das construídas, inclusive na região do Caparaó, que era totalmente abandonada. Investimentos importantes, para um Estado essencialmente agrícola. No entanto, o fato de ter melhorado tanto, não quer dizer que não deva melhorar ainda mais. Existem problemas a serem resolvidos e com urgência. Problemas que possuem soluções não tão difíceis assim, como a reivindicação da comunidade e lideranças de Guaçuí sobre a pintura dos quebra-molas no trecho da ES482 que corta a cidade. Além disso, existem rodovias que merecem uma atenção especial, por causa das condições precárias, como a que liga Iúna a Irupi, cheia de remendos e sem qualquer sinalização.

O governador Renato Casagrande anunciou investimentos em várias rodovias, inclusive uma muito importante para a região, que é a que liga Iúna a Muniz Freire, que espera pelo asfalto desde que o mundo é mundo. Iniciativa louvável e que merece aplausos. Mas existem soluções que se arrastam sem uma explicação plausível, como a construção da ponte na ES482, em Jerônimo Monteiro, onde os motoristas já reclamam de permanecerem passando por um desvio. Tempo bem maior do que o do desvio próximo a Guaçuí, que também já está incomodando e onde têm acontecido acidentes. Além disso, é preciso realmente ser feito um estudo sobre o trevo, na mesma rodovia, em Guaçuí, próximo à Colagua, por causa do número de acidentes que ocorrem no local. É preciso estudar uma maneira de diminuir a velocidade dos veículos que passam pelo trecho – que não sejam mais quebra-molas.

canal aberto

»» POR MARCOS FREIRE - marcosfolhadocaparao@gmail.com

Quem são os burros? Tudo bem que toda pessoa tenha o direito de não concordar, de ter sua opinião, de não compartilhar do mesmo pensamento da maioria, mas é preciso apresentar argumentos plausíveis para fazê-lo. E quando esse argumento é meramente picuinha política, passa a ser pura ignorância, de quem não tem capacidade para aceitar o novo, aceitar o contrário – o que deve ser uma virtude do bom político: perder com respeito ao seu adversário. Aliás, o novo sempre provoca reações de repulsa, naquelas pessoas que se recusam a entender que mudanças precisam acontecer para que tudo se desenvolva. Mas não é fácil convencer os mais céticos e tradicionalistas. No entanto, a maioria acaba demonstrando boa vontade para entender as mudanças, mas existem aqueles que se colocam na defensiva e partem para a ofensa, mesmo que esta ofensa atinja a ele mesmo. Foi com certa incredulidade que ouvi algumas pessoas, no município de Ibatiba, fazendo piada sobre o monumento em homenagem aos tropeiros, instalado pela Prefeitura, marcando o título dado por uma lei estadual, a Ibatiba, como a Capital Capixaba do Tropeiro. Título já dado a outras cidades do Brasil, que se orgulham de suas raízes tropeiras, em São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e outros. Ouvir algumas pessoas afirmando que, agora, Ibatiba é a “cidade dos burros” me deu pena. Não da cidade, mas sim das pessoas que fizeram tal afirmação, já que

»» EXPEDIENTE

DIRETOR GERAL: Elias Carvalho EDITOR CHEFE: Marcos Freire EDITOR DE CRIAÇÃO E ARTE: Luan Ola

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

são moradoras da cidade. Logo, seriam burros também? Ora, é um questionamento válido, não é mesmo? Não quero aqui defender lado A ou B, este ou aquele grupo político, mas me vejo na obrigação de defender aquilo que venha valorizar o desenvolvimento da região, e o tropeirismo está trazendo desenvolvimento para Ibatiba. Assumir suas raízes tropeiras tem o mesmo significado e importância que Venda Nova do Imigrante, por exemplo, dá às suas raízes italianas, apostando na Festa da Polenta, com a maior polenta do mundo – sem se importar de serem chamados de comedores de angu por alguns burros de plantão –, assim como Ibatiba está apostando no Maior Feijão Tropeiro do Mundo. Isto é marketing e vai trazer turistas e mais recursos para o município, melhorando a qualidade de vida de todos, inclusive daqueles que acreditam estar morando na cidade dos burros. E graças a Deus que os burros existem, porque senão, não existiria Ibatiba, muito menos região do Caparaó, pois foram eles que carregaram o desenvolvimento em seus lombos, guiados por homens destemidos, os chamados tropeiros, e que merecem a homenagem, com um monumento de muito bom gosto e que está chamando a atenção dos visitantes que passam pela BR262. Logo, os burros têm seu valor, porque são animais de muito trabalho e não se limitam a ficar apenas zurrando (ou se preferirem, de acordo com a Lígua Portuguesa: relinchando, zornando, orneiando, ornejando, urnejando ou rebusnando – isso vai depender do burro).

Repórteres: Marcos Freire e Daniel Borges DiagramadorA: Suheley Garcia Suhett DEPARTAMENTO COMERCIAL: (28) 3521 7726 / 99761113 Colaboradores: Sérgio Oliveira, José Montoni, Juracy de Almeida - Tigrinho, Adilson Saloto e Vitor Moraes.

Adilson Saloto »» adils0nsal0t0@hotmail.com

O silêncio Ela, depois de um curto silêncio, pergunta a ele: - Val, você acredita em Deus? - Não gosto de responder esse tipo de pergunta. - Por quê? - Porque não gosto de falar mentira. - Então, diga a verdade, ué! - Não me sinto bem, dizendo a verdade sobre alguns assuntos, Nanda! - Ah, sim! – o silêncio se faz presente por mais alguns instantes – Não entendi! - Esquece. Dessa vez, o silêncio durou um pouco mais. - Amor, então, quando eu te perguntei o que você achava da minha mãe... Foi por isso que você não disse nada? E por mais alguns instantes se instalou o silêncio novamente. Valdemir, não curtindo nem um pouco aquela conversa, vira de bruços e cobre a cabeça. Fernanda continua pensando, sentada na cama. Ela olha para o corpo dele coberto pela colcha, leva a mão às costas dele, pedindo atenção, e o interroga novamente: - Amor, aquela vez que te perguntei se você gostava do meu bumbum, você também não me respondeu?! Nesse momento, Valdemir solta um roncado falso, fingindo dormir. Ele fica se perguntando por que ela tinha que ser tão chata, se era tão bonita. Não que uma coisa anulasse a outra, mas no seu modo de pensar, uma garota linda como Fernanda deveria ser agradável o tempo todo, em tudo. Nem precisava ser inteligente, era só ficar calada e sorrir. Por outro lado, as feias é que deveriam ser chatas, já que teriam motivo para isso. Viver reclamando do corpo, falar da insegurança no relacionamento o tempo todo e coisas desse tipo. Fernanda continua a pensar. Resmunga que sua bunda não é tão pequena. Começa a puxar pela lembrança coisas que aconteceram desde que começaram a namorar. Lembra das coxinhas fritas que comeram pela manhã e pergunta: - Amor! Qual o problema com as coxinhas? - Que coxinhas? - Ah, viu? Sabia que você não estava dormindo – disse ela desconsolada, e continuou – Você não quer é conversar comigo. Estou falando das coxinhas que fiz hoje de manhã. - Que problema? - Uai! Eu é que te perguntei qual o problema com elas. - Não tinha problema nenhum com as coxinhas, querida! - Mas eu tinha te perguntado se você estava gostando e você não me respondeu. Estava sem jeito de falar a verdade, ou não quis falar mentira? - Não, Fernanda! Eu fiquei calado é porque estava de saco cheio mesmo. - Ai, amor! Tá bom, não quer conversar comigo não conversa.

Dpto. Jurídico: Cleber Vagner de Oliveira - Advocacia - Consultoria Dpto. Contábil: ACAD Contabilidade E-mails: comercialfolhadocaparao@gmail.com diretoriafolhadocaparao@gmail.com; publicidadefolhadocaparao@gmail.com redacaofolhadocaparao@gmail.com

Ela se deitou, também, e dessa vez, o silêncio teve paz por um bom tempo. Mas a cabecinha dela não parou com o raciocínio. Lembrou que havia perguntado várias vezes se ele a amava e somente conseguira um sim, como resposta, depois de dezenas de silêncios e “hunruns”. Começou a achar que ele não a amava como ela merecia. Lembrou dos homens na rua que a tratavam tão bem (onde ela ia, sempre recebia vários elogios e flertes) e o Valdemir nem olhava para ela nas poucas vezes que mantinham um diálogo. O fato de Fernanda fazer todas aquelas perguntas ao namorado, para ela, era a forma de demonstrar o seu amor a ele e a sua preocupação com o que ele pensava. Como Valdemir não correspondia da mesma forma, Fernanda chegou à conclusão que ele não a amava mesmo, e que se ele não demonstrasse seu amor, ela iria deixá-lo e viver o amor que sempre sonhara com um daqueles galantes da rua que lhe prometem o mundo. Pensando assim, Fernanda foi fixando em sua cabeça que um relacionamento, como era o deles, não podia continuar. O silêncio continuava, mas a cabeça de Valdemir também não tinha paz. Naquele momento, até o silêncio de Fernanda o incomodava. Ele sabia que ela estava pensando em alguma besteira e que, de uma hora para outra, a soltaria. Valdemir, agnóstico, no seu fingido sono, resolveu fazer um teste para verificar a existência de Deus. Pediu a Ele que Fernanda parasse com aquele tipo de perguntas que tanto o aborrecia. De repente, as cortinas do silêncio se abriram para mais uma apresentação de nossa estrela: - Valdemir! Eu só vou te perguntar mais uma única coisa e, dependendo da resposta, nunca mais te pergunto mais nada – Fernanda estava decidida a terminar o namoro se Valdemir não a convencesse do seu amor. - Então pergunte, querida! Estou pronto a responder – Valdemir sentiu que Deus existia mesmo e que havia ouvido sua solicitação. Vendo ali a chance de uma relação feliz e duradoura, Valdemir continuou – Pode perguntar o que quiser. - Você me ama de verdade? - Claro que amo, meu amor! – Valdemir respondeu com um enorme contentamento, acreditando que dera a resposta que Fernanda queria ouvir. Dali para frente seria só felicidade, sem perguntas idiotas e inconvenientes. E prosseguiu – Te amo mais que tudo nessa vida. Ao ouvir a resposta de Valdemir, Fernanda se sentiu muito feliz e teve certeza de que eles foram feitos um para o outro e, não se cabendo em si, perguntou: - Amor, já que você me ama de verdade, quê que cê acha d’eu colocar silicone nos seios? Cê me ajuda a pagar? Valdemir imaginou os céus e pensou: - Uai Deus, o que está acontecendo? E Deus, assim como Valdemir, permaneceu em silêncio.

Circulação: ES - Alegre, Apiacá, Bom Jesus do Norte, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, Irupi, Iúna, Jerônimo Monteiro, Muniz Freire e São José do Calçado.

Editora e Jornal Sul Capixaba Ltda - ME | CNPJ: 10.916.216.0001-55. Rua Resk Salim Carone, S/N º - Ed. Ibisa - Loja 03 - Bairro Gilberto Machado. Cachoeiro de Itapemirim-ES (Próximo à rodoviária) . Tel: (28) 3521 7726


SEXTA-FEIRA, 09/09/2011

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

OPINIÃO

03

FOLHEANDO Visita ilustre

Parceria de sucesso

Marcos Freire

Marcos Freire

ENQUETE Dando continuidade às enquetes da Folha do Caparaó, sobre o quadro pré-eleitoral da região do Caparaó, os leitores de Bom Jesus do Norte poderão dar sua opinião, por meio do site www.aquies.com.br. Basta acessar e só é possível um voto por computador.

Durante a Festa do Tropeiro em seu município, o prefeito Lindon Jonhson, junto com sua esposa Giovanna, recebeu duas ilustres visitas. Na foto, o primeiro casal do município, com os pais do prefeito, os mineiros Anivalde Pereira Arruda e Darlete de Oliveira Arruda. Os dois aprovaram a organização da festa e, sem nenhuma corujice, se orgulham do trabalho que vem sendo realizado pelo filho em Ibatiba.

Uma parceria que também fez sucesso na Festa do Tropeiro, em Ibatiba, está registrada na foto. Ao lado da primeira dama, Giovanna, o prefeito Lindon Jonhson e o empresário do setor de rodeios do Espírito Santo, José Carlo Piaçu, da Piaçu Rodeio Show, que realizou uma etapa do Campeonato Sul Capixaba de Rodeio. Uma grande estrutura e muita organização marcaram os trabalhos que reuniu um ótimo público.

Se as eleições em Bom Jesus do Norte fossem hoje, em quem você votaria? - Dr. Adson - Ubaldo Messias - Marquinho Messias - Pedro Chaves - Tadeu Batista Resultado da Enquete anterior (votação encerrada à meia noite de quarta-feira, dia 7), colocada no site da Folha do Caparaó (www. aquies.com.br), desde o dia 26 de agosto. O sistema só permitiu um voto por computador. Se as eleições em Iúna fossem hoje, em quem você votaria para prefeito?

Maçons unidos

Marcos Freire

Rogérgio Cruz Silva – 36,77% Elizete Almeida de Abreu – 15,70% José Ramos Furtado – 13,45% Volmir Hote – 13,45% Edson Márcio de Almeida – 13,0% Cláudio Deps – 4,04% Gumercindo Vinand – 3,59%

frase da Semana Thiago Guimarães/Secom

Na foto, alguns dos membros das duas lojas maçônicas que organizaram o Passeio Ciclístico da Independência, em Iúna (o de cabeça baixa é o sargento Pinheiro), que se uniram para que a data não passasse em branco no município. Conseguiram reunir centenas de pessoas que passearam de verde, amarelo e branco pelas ruas da cidade. Uma ótima iniciativa.

Encontro peemedebista

Marcos Freire

No domingo da Festa do Tropeiro, num sol para cada um, os peemedebistas Onofre Rodrigues e o presidente da Câmara de Ibatiba, Silvio Rodrigues, se encontraram. No calor da festa, a conversa foi sobre amenidades, nada de política, porque ninguém é de ferro, não é mesmo?

Novo espaço no Camag Na segunda-feira, o Centro Assistencial Maria Giovannina Gallotti – Lar dos Velhinhos – inaugurou o Espaço Bem Estar Astrogildo Silveira. O homenageado foi membro fundador da instituição e o evento contou com a participação dos seus filhos, Gildo Pimentel Silveira, Ronaldo Pimentel Silveira e Clóvis Pimentel Silveira. E, para abrilhantar a inauguração, o centro técnico de estética de Ibatiba, coordenado pelo Xico Cabeleireiro, ofereceu corte de cabelo para os idosos, além de serviço de manicure e pedicure. A equipe é composta por 17 alunos que prestaram um belo serviço voluntário durante todo o dia. Durante a tarde, foi oferecido lanche fraterno para os presentes.

“Meu coração não aguenta, mas tenho histórias lindas para contar. E ver tudo isso aqui me faz reviver, relembrar aquele tempo”.

Armando da Silva Machado, de 85 anos, que passou 50 anos trabalhando e ganhando a vida como tropeiro, em Ibatiba, durante a inauguração do Museu do Tropeiro.


04

CIDADES

SEXTA-FEIRA, 09/09/2011

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

IÚNA

Maçons realizam mais um Passeio Ciclístico da Independência

»» O passeio organizados pelas lojas maçônicas do município reuniu aproximadamente 300 ciclistas, além de carros, motos e a equipe de apoio Marcos Freire

marcosfolhadocaparao@gmail.com

As Lojas Maçônicas de Iúna realizaram o 2º Passeio Ciclístico da Independência, na manhã do feriado de 7 de setembro. A Delta Maçônica Filhos de Luz e Virtude e a Loja Fênix se uniram, mais uma vez, e realizaram a única manifestação, no município, que lembrou o Dia da Pátria, conseguindo reunir, aproximadamente, 300 ciclistas, além de outras centenas de pessoas que acompanharam o passeio de carro,

motos e a equipe da organização. Nenhuma autoridade política do município apareceu para prestigiar o evento. O passeio – que contou com o patrocínio de comerciantes locais e o apoio da Polícia Militar – partiu da praça em frente ao Ginásio de Esportes e seguiu pelas ruas da cidade. Todos os participantes receberam camisas com a logomarca do evento, o que deu um colorido especial, em verde e amarelo, chamando a atenção das pessoas que passavam pela rua e fazendo com que muita

gente saísse de casa para assistir a movimentação. Depois de percorrer as ruas da cidade – sempre com o apoio de um carro que levava água, os ciclistas retornaram para o local de partida. Foi então realizado o sorteio de três bicicletas e de outros brindes, como ferros elétricos, liquidificadores e outros eletrodomésticos. E os maçons de Iúna pretendem repetir a dose no ano que vem, para transformar o Passeio Ciclístico da Independência em uma tradição em Iúna.

IBATIBA

Os ciclistas que participaram do passeio, em Iúna, percorreram ruas da cidade GUAÇUÍ

Caminhada Cívica marca 7 de setembro no município

Município realiza mais um desfile cívico no 7 de setembro Marcos Freire

Marcos Freire

marcosfolhadocaparao@gmail.com

O Dia da Independência, 7 de setembro, em Ibatiba, foi marcado por um desfile cívico escolar, que foi chamado pela Secretaria Municipal de Educação de Caminhada Cívica. Isto porque, cada escola que participou defendia um tema, que foi apresentado durante um percurso que saiu da Escola Municipal David Gomes e seguiu até a praça principal da cidade. O prefeito municipal de Ibatiba, Lindon Jonhson, estava presente, acompanhado da primeira dama Giovana Silveira, e do secretário municipal de Educação, Fábio Trindade, entre outros secretários municipais e vereadores. As ruas da cidade, em todo o percurso ficaram lotadas de pessoas que acompanharam o desfile e aplaudiram o trabalho realizado pelas escolas.

Marcos Freire

Daniel Borges

Daniel Borges

danielborgeslima@gmail.com

O desfile foi aberto pela Fanfarra Municipal de Ibatiba O desfile foi aberto pela Fanfarra Municipal de Ibatiba, seguida pelas bandeiras do Brasil, do Espírito Santo e do município. Depois foram apresentados os temas em defesa da fauna (Escola Helena Almocdice Valadão), da flora medicinal (Colégio Crescer), da flora ornamental (Colégio Ágape), do Rio Pardo (Escola Eunice Pereira Silveira), da qualidade social (Escola Cachoeira Alegre), do café como fonte igualitária (Escola de Santa Maria) e da produção sustentável (Escola Adelaide Rodrigues Moreira). Entre as escolas, também se apresentou a Fanfarra de Guaçuí.

O desfile continuou, então, com a apresentação de mais temas em defesa da diversificação da agricultura (Escola Angenor de Souza Lé), da agricultura de subsistência (Escolas Campesinas), do agro e ecoturismo (Escola Eliana Marlene Coitinho), do horto municipal (Ifes), do humano e social (Projeto Alfabetização é um direito), dos direitos e deveres (Apae e Pestalozzi), da erradicação do trabalho infantil (Projeto Solidariedade e Esperança) e da sustentabilidade dentro do contexto urbano (Escola David Gomes). O desfile contou, também, com a Banda Marcial da Escola Anacleto Ramos, de Cachoeiro de Itapemirim.

O município de Guaçuí realizou mais um desfile cívicoescolar que tomou conta do centro da cidade. Muitas instituições desfilaram e foram realizadas dezenas de apresentações culturais e de danças, durante o trajeto. Dentre as autoridades presentes estavam o prefeito Vagner Rodrigues, o vice-prefeito Toninho Viana e os secretários municipais Ângelo Moreira (Administração), Josiane Amorim de Lima (Meio Ambiente), Maria do Rosário Araújo (Educação), Célio Barbosa (Obras), Wildes José Ferreira (Cultura, Esporte e Turismo), João Fernando de Faria (Ação Social), além do chefe de Gabinete, Clóvis de Souza, e os vereadores Rubens Marcelino e Thayro Zini. Todas as escolas do município participaram e houve

Várias instituições, incluindo as escolas do município, desfilaram no 7 de setembro uma estreante: A Escola Municipal Professora Guiomar Soares Azevedo, do distrito de São Miguel do Caparaó. A Polícia Militar também estreou no desfile, logo após o Tiro de Guerra 01-013. No total, fora 45 instituições desfilando, entre escolas, bandas, grupos sociais, Rotary, Lions e a Loja Maçônica “Liberdade e Luz”. Como convidado especial para este ano, a banda marcial de Iúna participou,

assim como a Banda Marcial de Guaçuí.

Alegre

Em Alegre, a Prefeitura e o Tiro de Guerra 01-005 realizaram, na manhã de quarta-feira, 7 de setembro, uma Cerimônia Cívica de Hasteamento da Bandeira Nacional, em comemoração ao Dia da Independência do Brasil. O evento foi realizado na Praça 06 de Janeiro, centro da cidade, com a presença de várias autoridades.


SEXTA-FEIRA, 09/09/2011

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

CIDADES

05

GUAÇUÍ

Acidentes na ES482 preocupam moradores e autoridades »» A quantidade de acidentes no trecho da ES482 que corta a cidade e num desvio próximo está preocupando a todos que querem providências

Marcos Freire e Daniel Borges

marcosfolhadocaparao@gmail.com danielborgeslima@gmail.com

A quantidade de acidentes que têm ocorrido no trecho da ES482, que corta a cidade de Guaçuí, preocupa a comunidade e, principalmente, as autoridades. Na Câmara Municipal, por exemplo, os vereadores – principalmente o vereador Rubens Marcelino e, mais recentemente, o vereador Miguel Riva, têm chamado a atenção para a necessidade de pintura dos quebra-molas e alguma iniciativa que reduza a velocidade dos carros que passam pelo local. Eles chamam a atenção para a velocidade que os ve-

ículos passam pelo trevo próximo à Colagua, onde ocorrem acidentes com freqüência, alguns graves. Outro vereador, Hélio Gonçalves Muruci, chegou a sugerir que seja feita uma modificação no local, que poderia, segundo ele, ser transformado numa rotatória. Dessa maneira, os veículos seriam obrigados a reduzir a velocidade. Dados fornecidos pela Polícia Militar de Guaçuí à Folha do Caparaó mostram que os acidentes realmente são constantes, no trecho da rodovia entre as duas entradas da cidade, no sentido de quem chega de Alegre e de quem chega de São José do Calçado. Mas, felizmente, não houve acidentes com vítima fatal. O último que provocou uma morte, na ES482, aconteceu em novembro do

ano passado, mas fora dos limites da cidade. De acordo com os dados da Polícia Militar, de 1º janeiro ao dia 6 de setembro, aconteceram 146 acidentes, na rodovia, e três atropelamentos, sem mortes. O último acidente – também sem vítima fatal – aconteceu no dia 3 deste mês. E no trevo da Colagua, o último registrado ocorreu no dia 1º deste mês. No geral, na área coberta pela Companhia da PM de Guaçuí, entre Guaçuí e os distritos de São Pedro de Rates e São Tiago, foram registradas 2.250 ocorrências. No entanto, no trecho da ES482, entre as duas entradas da cidade, só este ano, foram registradas 40 ocorrências, muitas provocadas pelos quebra-molas não pintados e também no trevo da Colagua.

Desvio

E outro problema que a comunidade espera ver resolvido com rapidez é o fim do desvio que foi construído próximo à cratera que surgiu na ES482, na chegada de Guaçuí, no início do ano. O local é considerado perigoso por motoristas que passam pelo local e, conforme informações do DERES, o projeto para a construção de uma ponte ou galeria está sendo preparado. E, enquanto a reportagem da Folha do Caparaó colhia os dados sobre os acidentes que têm acontecido no desvio, por volta das 11 horas da manhã de terça-feira (6), um caminhão que transportava cimento se chocou no barranco às margens do desvio, no sentido Alegre x Guaçuí. O caminhoneiro de nome Flaviano, de 27 anos, aparentemente, perdeu o controle do veículo e bateu. A cabine do caminhão ficou destruída e, por sorte, ele saiu ileso da cabine.

Acidentes têm acontecido no trecho da rodovia que corta Guaçuí e num desvio próximo á cidade

Daniel Borges


06

ECONOMIA

SEXTA-FEIRA, 09/09/2011

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

ALEGRE

JERÔNIMO MONTEIRO

Mais de duas mil Procuradoria Municipal aplica curso sobre fiscalização de obras inscrições no concurso público da Prefeitura

»» O setor de fiscalização de uma prefeitura sempre é muito exigido e a aplicação da legislação depende do bom entendimento dos agentes envolvidos O procurador municipal de Alegre, Laélio de Souza, aplicou na quinta-feira passada (01), um treinamento para os fiscais da Secretaria Municipal de Obras, Planejamento Urbano e Serviços Públicos com o objetivo de iniciar um estudo e discussão sobre a fiscalização de obras iniciadas por particulares, a partir do que está estabelecido no Código de Obras do Município (Lei 2736/2006). O público alvo foram os servidores municipais, ocupantes do cargo de Agente Fiscal, especificamente responsáveis pela fiscalização de obras particulares. De acordo com Laélio, “o resultado do trabalho foi muito positivo, porque os fiscais ficaram bastante interessados e procuraram tirar

Secom/PMA

O procurador municipal Laélio de Souza pretende oferecer cursos em outros setores da Prefeitura todas as dúvidas na aplicação da Lei”. De acordo com o procurador, novos treinamentos estão sendo planejados, em outras áreas. “Nós já recebemos uma demanda do setor de Fiscalização Sanitária e estamos estudando um treinamento para eles também”, concluiu. O setor de Fiscalização de Obras de uma Prefeitura é

um dos mais exigidos, principalmente, quando vêm à tona problemas como construções fora do padrão e em áreas de risco. Na maioria das vezes, a legislação prevê todas as situações que devem ser evitadas, mas falta cobrança por parte dos gestores e fiscais no sentido da efetiva aplicação do que está na lei.

Por isso, fiscais ficaram bastante satisfeitos com o resultado. De acordo com o agente fiscal Rubner de Oliveira, o curso foi muito proveitoso. “Muitas coisas que nós vimos ali, nem lembrávamos que estava na lei. Reavivou em nossa memória e nos permitirá fazer melhor o nosso trabalho”, afirmou.

O período de inscrições do concurso público da Prefeitura Municipal de Jerônimo Monteiro para provimento de vagas em seu quadro permanente foi encerrado no dia 23 agosto. Desde o dia 9 do mesmo mês, muitos interessados procuraram o Cras do município ou acessaram a internet para garantir a chance de entrar na carreira pública. E, no total, 2.632 inscrições foram contabilizadas e o cargo mais concorrido é o de auxiliar de Administração Pública com 360 inscrições e 180 candidatos por vaga. Cargos como monitor escolar, agente de Administração Pública, motorista e servente também estão na lista dos mais procurados. Os nomes dos inscritos e a relação de candidatos por vaga já estão disponíveis no

site do Ibam (www.ibamconcursos.org.br) – empresa responsável pela realização do processo seletivo. As provas serão realizadas, para todos os cargos, no dia 9 de outubro, e os inscritos serão avaliados por meio de provas escritas objetivas, de caráter eliminatório, com questões de múltipla escolha de conhecimentos básicos e específicos, conforme o grau de escolaridade exigido para o cargo a ser preenchido. O Quadro de Relação Candidato x Vaga e as Inscrições Homologadas, com a relação dos nomes inscritos também podem acessadas no site da Prefeitura de Jerônimo Monteiro (www. jeronimomonteiro.es.gov. br). Outras informações sobre o concurso também estão disponíveis no site do Ibam.


FOLHADOIS Neste sábado, tem Detonautas em Jerônimo Monteiro

SEMANAL | Ano 7 | n° 820 Sexta-feira, 09/09/2011 | Região do Caparaó www.AQUIES.com.br

Espetáculo de comédia em cartaz no Teatro Municipal

Divulgação

»» Depois do show de Chitãozinho e Xororó no feriado de 7 de setembro, a banda de rock Detonautas se apresenta na Expoagro de Jerônimo Monteiro, neste sábado Marcos Freire

A peça aborda a mediunidade com seriedade, mas de forma leve e descontraída

A banda da rock vai se apresentar na Expoagro de Jerônimo Monteiro neste sábado Marcos Freire

marcosfolhadocaparao@gmail.com

Depois do grande show do feriado de 7 de setembro, com a dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó, neste sábado, a XXI Expoagro de Jerônimo Monteiro, terá outro show de nível nacional, com a banda Detonautas. A festa está rolando no município desde de terça-feira (06) e segue até domingo, no Parque de Exposições da cidade. A festa é uma realização da Prefeitura Municipal e também tem, na programação, outros shows, concurso leiteiro, rodeio e exposição de animais. Tudo com portões aber-

tos e muita segurança, com o apoio da Polícia Militar. Além disso, quem está chegando ao município, para curtir a festa, pode estacionar o veículo no campo do Atlético de Jerônimo Monteiro. A programação começou no dia 6, com a partida do Campeonato Sulino de Futebol, entre o Atlético de Jerônimo Monteiro e o Independente, de Mimoso do Sul, e o show com Alan Machado. Mas a abertura oficial só aconteceu no dia 7, começando com o show gospel da Banda Vozes, e também de Daniele Vale e de Marquinho Macedo, logo a seguir. Mas a grande atração

da noite foi o show de Chitãozinho e Xororó. A noite foi encerrada com Wemerson Araújo e Banda.

Rock

Os shows de Rodrigo Balla e da banda Forró Country animaram a noite de quintafeira. E nesta sexta (09), é a vez da Banda Lady Lux e da dupla Gabriel e Edeivando. Mas no sábado, a festa terá outra atração nacional, com o show da banda Detonautas, que também deve reunir um grande público. Logo depois, a noite será encerrada com o show da banda Máxima. E, no sábado, bem antes dos

shows, a partir das 14 horas, será realizada a 5ª Maratona de Botecos. A festa vai terminar no domingo (11), com a programação começando logo pela manhã, às 9 horas, com a troca de cordas do Grupo de Capoeira Reza Forte, na Escola Estadual. A festa será encerrada com os shows de Fernando e Reginaldo e da Banda Art & Voz. Outra atração da festa de Jerônimo Monteiro está sendo o Rodeio Profissional, que vai fazer sua última apresentação no sábado, quando também haverá uma revoada de parapentes, que vai se repetir no domingo.

No domingo, dia 11, às 17 horas, o Teatro Municipal “Virgínia Santos”, de Alegre, apresenta o espetáculo “Um feriado daqueles”, com o grupo Anima de Teatro Espírita, de Vitória. A comédia retrata a história de cinco amigos que resolvem passar um feriado numa casa de campo antiga. De repente, alguns fenômenos começam a acontecer. Eles passam a ouvir vozes e objetos se movem. Sabendo que “para todo efeito inteligente há de se ter uma causa inteligente” – como afirma a Doutrina Espírita e a própria ciência, eles buscam um motivo para os fenômenos. Mas como eles conseguirão

desvendar esse mistério? Na peça – com duração aproximada de uma hora, a mediunidade é abordada com seriedade, mas também de forma leve e descontraída. Uma comédia hilariante, com um desfecho emocionante. Os ingressos estão sendo vendidos nas lojas A Paulistinha e Delas Biju (antiga Unicopy, em frente a Degraus Doces), e também nas secretarias das Casas Espíritas: Centro Espírita Amor e Caridade e Fraternidade Espírita Cristã Mãe Palmira (Praça da Estação). O valor antecipado é de R$ 5,00 e, na hora do espetáculo, custará R$10,00.


02

ESPAÇO VIP

»» SEXTA-FEIRA, 09/09/2011

Região do Caparaó

Por Vitor Moraes | (28) 9981-7647 | vitor_searom@hotmail.com

www.AQUIES.com.br

A Facec – Faculdade de Ciências e Educação do Caparaó –, de Guaçuí, com o intuito de promover a troca e ampliação de conhecimentos de seus alunos, bem como possibilitar a extensão acadêmica e a interação entre discentes e comunidade local, realiza a IV Semana Acadêmica e a IX Semana do Administrador, dos cursos de Administração, Ciências Contábeis e Sistemas de Informação, do dia 14/9 a 16/9. O evento é gratuito e aberto à comunidade. Mais informações pelo o telefone (28) 3553-3328 ou através do site www. facec.com.br.

»» Santiago celebrou seu aniversário com uma festa no GTC (Guaçuí Tênis Clube), na última sexta-feira, dia 2/9, e recebeu familiares e amigos. A Banda Hadar foi um show e agitou todos os convidados. Neste registro, o aniversariante e o prefeito de Guaçuí Vagner Rodrigues. Felicidades! »» Arquivo pessoal

»» A Éphorus Boutique reinaugurou sob nova direçao do casal Michele e Edmilson! Parabéns e boa sorte! »» Divulgação

»» Muita gente bonita passou para dar os parabéns a Valmir Santiago, entre elas, Jaísa Klein, Dra. Karina de Paula, Dra. Ana Cláudia Lamas e Swyana Freitas. »» Foto Freitas

»» Parabéns, Vitor! Quem soprou velinhas esta semana foi Vitor Quedevez. A festa pelos 7 anos do gato aconteceu no Pointy Diversões, em Guaçuí. Aliás, tudo lindo e muito bem produzido por Viviane Ferreira. »» Kátia Quedevez

»» Júlio e Vanessa casaram no último sábado, dia 3/9, na Pousada Vovô Zinho, cercado de seus familiares e amigos. A coluna deseja as mais ricas bênçãos de Deus, nesta nova caminhada de vida a dois. »» Foto Freitas

»» Gustavo Moraes comemorou mais um ano de vida, nesta quinta-feira, dia 8/9. Sua esposa Andréa Alcoforado (Clave de Som) e sua filha Júlia desejam muita saúde. Felicidades! »» Arquivo Pessoal

»» flash do casamento de José Carlos Ogioni e Maria José Muruci, realizado na manhã do último sábado, na Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo, em Guaçuí. »» Foto Studio Collor


VIVAaVIDA

SEMANAL | Ano 7 | n° 820 Sexta-feira, 09/09/2011 | Região do Caparaó www.AQUIES.com.br

Andropausa - Distúrbios Androgenico do Envelhecimento Masculino »» Também conhecida como menopausa masculina, a andropausa é caracterizada pela queda no nível da testosterona o que diminui as funções sexuais A andropausa também é conhecida como menopausa masculina. Ocorre, geralmente, entre as idades de 40 a 55 anos, quando os homens podem perceber sintomas semelhantes à menopausa, embora não exista um ponto tão característico como a interrupção da menstruação para definir essa etapa. Nessa fase, acontece uma queda no nível da testosterona (hormônio) e, com isso, as mudanças ocorrem muito gradualmente nos homens. O homem experimenta um declínio gradual de suas funções gonadais, caracterizada pela diminuição da taxa de testosterona e da produção de espermatozóides. Entre os possíveis sintomas estão a diminuição da qualidade das ereções, a ejaculação precoce, perda de memória, nervosismo, insônia, queda da libido (apetite sexual), perda de cabelo, diminuição da massa muscular, alterações no humor, doenças cardiovasculares, osteoporose e aumento da gordura abdominal. No entanto, não há maneira de prever quem vai ter sintomas de andropausa que torne necessário procurar ajuda médica, nem a idade exata em que os sintomas irão ocorrer. Alguns exames auxiliam a verificação da andropausa, tais como exame de sangue para verificar o índice de testosterona, espermograma para verificar a produção dos espermatozóides, exame de toque, densitometria óssea e ecografia da próstata e abdômen. A reposição hormonal somente deve ser feita com acompanhamento médico e pode ser feita por meio de comprimidos via oral, adesivos para pele ou injeção

Ainda há controvérsias

Em fevereiro de 2006, a Sociedade Brasileira de Urologia publicou um consenso estabelecendo parâmetros para o diagnóstico e tratamento da deficiência hormonal masculina, que foi denominada, então, Distúrbio Androgênico do Envelhecimento Masculino (Daem). O texto do documento admite que a reposição hormonal masculina ainda está sujeita a controvérsias. Questiona-se, desde a real existência do problema até a necessidade concreta da reposição hormonal.

Falta de desejo (Libido)

intramuscular. Com isso, o homem terá um retardo na osteoporose, um melhor desempenho sexual, melhora dos distúrbios neurológicos e, consequentemente, melhora na sua qualidade de vida como um todo. A reposição é contra indicada para pacientes portadores ou com suspeita de câncer na próstata ou de mama, hiperplasia benigna da próstata e problemas hepáticos. Para ajudar, o homem deve, principalmente nessa fase, restringir o uso de colesterol e o açúcar, na sua dieta, e comer alimentos com maior teor de sais minerais e vitaminas, como legumes, verduras e frutas.

A falta de libido é mais comum nas mulheres do que no homem, porém, ocorre com certa frequência também e é queixa comum, tanto do próprio homem como da companheira, que se sente deixada de lado e não desejada. Este tipo de problema também é bem menos comum que a disfunção erétil em si, o que se pode observar como homens com o desejo normal, mas que não conseguem uma boa ereção. Algumas causas físicas podem ser citadas: alcoolismo, drogas, obesidade, hiperprolactina, efeito colateral de medicamentos, baixo índice de testosterona e doenças como diabetes. No lado psicológico, podemos relatar casos associados à depressão, estresse, traumas de infância, homossexualidade latente, mesmo problemas de relacionamento. Não há até hoje um medicamento específico para a melhora da libido, a não ser quando há queda comprovada da testosterona. É importante lembrar que medicações para Disfunção Erétil não melhoram a libido, interferindo apenas na parte de ereção. Na visão da Terapia Sexual, libido é uma energia provinda do instinto de vida, que promove o interesse, a preservação, a condução para o desenvolvimento, ou seja, o que proporciona a busca do prazer de realização da construção sadia e positiva para o desenvolvimento do ser humano. Libido é uma energia vital, presente no homem nas suas diferentes fases do desenvolvimento. Na atualidade, é a mola principal que desencadeia o interesse, o desejo, a busca do prazer de preservação da espécie. Fatores orgânicos e medicamentos podem afetar a libido. A exemplo, as frustrações vividas pelas dificuldades na realização da vida sexual podem desencadear uma baixa no desejo, agravando cada vez mais o quadro psicossexual do indivíduo. Drogas e medicações específicas também afetam a libido, trazendo consequências graves no desempenho sexual. Compete sempre a um especialista definir o motivo da causa de perda de libido.


04

www.AQUIES.com.br

SEXTA-FEIRA, 09/09/2011 REGIÃO DO CAPARAÓ

Noite de muita cultura e folclore em Alegre »» O objetivo do Encontro de Mestres Populares do Folclore busca criar espaço, reconhecimento, valorização e fortalecimento da cultura popular Na noite de sábado passado (03), a Casa da Cultura de Alegre realizou o Encontro de Mestres Populares do Folclore Alegrense. O evento, que contou com o apoio da Prefeitura Municipal, aconteceu na Praça da Estação, no centro da cidade, e teve como objetivo, de acordo com seus organizadores, criar espaço, reconhecimento, valorização e fortalecimento da cultura popular do município. De acordo com a responsável pelo Folclore e Arte Popular da Casa da Cultura de Alegre, Audrei Julianan Vogel, o encontro serviu para festejar as tradições. “As tradições se perpetuam e se renovam por meio das danças, do soar dos tambores, da musicalidade, dos cantos e contos, do brincar e jogar das mãos dos artistas, das rezas e religiosidade, que se confundem com a vida dos mestres e seus companheiros”, afirmou Audrei. Também estavam presentes a presidente da Casa da Cultura, Zahir Aride, e o secretário de Comunicação e representante da Prefeitura Municipal, Felipe Paraízo. “É muito interessante observar, em todos os grupos

Secom/PMA

FOLHADOIS

Tarde literária homenageia autores brasileiros em escola de Dores do Rio Preto Divulgação

Um mural, com palavras recortadas de jornais e revistas, transformou-se em um palco para recitar poemas

Vários grupos folclóricos participaram do encontro realizado pela Casa da Cultura folclóricos, a participação de crianças e jovens. Isso faz com que as raízes desta cultura sejam mantidas”, destacou Felipe.

Além das apresentações, foi montado, no saguão da antiga estação, uma espécie de museu com artigos e vestimentas usadas por vários

grupos do folclore alegrense. O evento também faz parte das comemorações ao Dia do Folclore, que foi comemorado em 22 de agosto.

Participaram ou foram representados os seguintes grupos folclóricos: Caxambu – Mestre Seu Antônio. Dança da Fita – Mestre Dona Enedina. Folia de Reis – Mestre Seu Gambá / Mestre Zé do Fole / Mestre Dona Euza. Boi Pintadinho – Mestre João Macedo. Capoeira – Mestre Márcio. Bate Flexa – Mestre Dona Luzia / Mestre Dona Elza. Os Três Caminhos Sagrados – Mestre Seu Benício Venil.

A Escola Estadual Pedro de Alcântara Galvêas, em Dores do Rio Preto, realizou uma tarde literária com apresentações artísticas feitas pelos alunos, em homenagem a dois grandes autores brasileiros: Carlos Drummond de Andrade e Cecília Meireles. O momento serviu para aproximar os jovens das obras literárias e também aprofundar conteúdos que visam estudar o poema como gênero textual. Um mural, com palavras recortadas de jornais e revistas, transformou-se em um palco para recitar o poema “Etiqueta”, de Carlos Drummond de Andrade. Outros poemas foram lembrados, como “Canteiros”, de Cecilia Meireles, “José” e “No Meio Caminho” de Carlos Drummond de Andrade. A improvisação foi uma habilidade que não faltou para os alunos da 6ª série. Enquanto a professora de Língua Portuguesa, Rosana Chambela, declamava partes de poemas, os estudantes, rapidamente, tinham que pensar em uma

maneira de representar a passagem. O evento contou com o apoio das bibliotecárias da instituição de ensino. “Os alunos cantaram, recitaram, encenaram e dançaram com as letras dos poemas”, conta a bibliotecária Maria Elizabeth. E a professora Rosana conta que, após a tarde literária, os alunos passaram a ver a leitura e a escrita com outros olhos. “Agora, eles se identificam mais com os livros, participam das aulas e, frequentemente, visitam a biblioteca”, explica orgulhosa. E para que esses resultados continuem positivos, Rosana ressalta que pretende disseminar essa ação para o Ensino Médio e, até mesmo, para as próximas turmas que ela for trabalhar. “Hoje, com a internet, a maneira mais convincente de ganhar a atenção dos alunos e, ao mesmo tempo, mostrar que a leitura é formadora de caráter, é adotar atividades interativas que estimulem a participação de todos”, destaca.


SEXTA-FEIRA, 09/09/2011

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

GERAL

11

ALEGRE

Ambiental apreende armas, munições e pássaros

»» O material foi apreendido em um propriedade rural do distrito de Santa Angélica, inclusive uma espingarda, muita munição e até armadilhas Na tarde de segunda-feira (05), uma equipe da Polícia Militar Ambiental, que atua na Região do Caparaó, em diligência para a apuração de denúncias de caça, na zona rural do município de Alegre, encontrou armas, munições, pássaros sem registro e armadilhas. O material estava com A.J.B. (nome não foi revelado pela polícia), residente no distrito de Santa Angélica. Ele foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Alegre. Os policiais encontraram e poder do acusado uma espingarda calibre 36, quatro cartuchos calibre 36, 72

espoletas, um frasco com chumbo, dois cartuchos deflagrados calibre 38, um cartucho deflagrado calibre 32, uma porção de pólvora e duas armadilhas tatueiras, além de seis coleiros, dois tico-tico, um trinca ferro e duas anilhas para pássaros. O comandante da Polícia Ambiental na região, tenente Roberto Martins, informou que, de imediato, o fato foi comunicado, por meio de videoconferência ao comandante do Batalhão, Coronel Leonardo Marquezie dos Reis, que acompanha e orienta essas ações. Ele esclareceu, também, que outras ações semelhantes es-

tão programadas no sul do Estado, pois, além do crime ambiental, essas armas podem estar sendo usadas na prática de outros crimes. O tenente também conta com a colaboração da população que pode denunciar qualquer tipo de crime ambiental, que tenha sido ou possa estar sendo cometido. As denúncias podem ser feitas, de forma anônima, pelos telefones da 4ª Companhia, em Cachoeiro de Itapemirim: (28)35213358 ou (28)3521-3389, e pelos telefones do 2º Pelotão da Região do Caparaó, em Guaçuí: (28)3553-2042 ou (28)3553-1398.

Divulgação

A Polícia Ambiental apreendeu armas, munições, armadilhas e pássaros

ALEGRE Juliana Sanches

Serviço de poda de árvores é realizado por equipe especializada Na sede do município de Alegre existem mais de três mil árvores e a equipe da Prefeitura é pequena para podar todas, conforme informações do município. Além disso, existe uma época certa do ano, para que este serviço seja realizado. Por isso, a Prefeitura resolveu implantar um novo sistema para realizar a poda das árvores, com a contratação de uma empresa terceirizada, com o acompanhamento de funcionários da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente. De acordo com o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Alexandre Nazário Neto, o serviço tem andado com

uma produtividade excelente, sendo feito mais rápido e com boa qualidade. “A empresa está preocupada em fazer o melhor e isso pode ser visto pelos equipamentos de segurança, pelos funcionários uniformizados e pela limpeza da cidade após o serviço. No final do dia, todos os galhos cortados já estão em cima do caminhão”, destaca. A previsão é de que todas as árvores da sede sejam podadas pela equipe contratada até o final de setembro. E, segundo a Prefeitura, a terceirização tornou possível um cuidado maior com os distritos, aonde o serviço vem sendo feito pelos funcionários da Prefeitura.

Importância da poda

Conforme explica o secretário Alexandre Nazário Neto, a poda é importante por vários motivos. “Sabemos o conforto que as árvores trazem quando fornecem sombra à população. Mas seu crescimento descontrolado gera alguns problemas”, destaca. Entre os problemas relatados pode ser citado que uma árvore muito grande abriga animais indesejados, como morcegos e pássaros em excesso. Já a segurança dos munícipes fica prejudicada, pois as folhagens cobrem a iluminação dos postes, tornando as ruas mais escuras. Da mesma forma, árvores muito grandes impedem

que a iluminação natural chegue às casas, aumentando o índice de mofo, e as folhas que caem nos telhados entopem as calhas. No centro da cidade, o controle do tamanho dos galhos evita problemas com veículos altos, como ônibus e caminhões, sem contar o risco de curtos circuitos nos fios da rede elétrica. Especialistas ainda informam que, às vezes, a planta não tem como se desfazer de um galho doente, e ele pode vir a contaminar os outros. Por isso, é importante a poda periódica. É importante lembrar ainda que, em casos de galhos perto de redes elétricas, o cidadão deve comunicar à empresa prestadora

O serviço de pode está sendo feito com maior rapidez e qualidade, segundo Prefeitura do serviço (no caso a EDP Escelsa) que realizará a poda,

pois é necessário material e equipamentos adequados.


12

GERAL

SEXTA-FEIRA, 09/09/2011

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

IBATIBA

1,5 T de Feijão na Capital Capixaba do Tropeiro

»» Em mais uma Festa do Tropeiro, no último final de semana, Ibatiba bateu seu próprio recorde, preparando 1,5 tonelada de feijão tropeiro Marcos Freire

Marcos Freire

Marcos Freire

marcosfolhadocaparao@gmail.com

Ibatiba quebrou mais um recorde ao preparar e servir, no domingo passado (04), 1,5 tonelada de feijão tropeiro, ponto alto da Festa do Tropeiro, que começou na sexta-feira (02), com uma vasta programação, que aconteceu, na sua maioria, na área externa da casa de shows Coração Sertanejo, numa realização da Prefeitura Municipal. Na programação, muita moda de viola, 1,5 tonelada de feijão tropeiro, cavalgada, desfile de tropas, etapa do Campeonato Sul Capixaba de Rodeio e atrações nacionais, No domingo, foi preparado o Maior Feijão Tropeiro do Mundo: 1,5 tonelada. com os shows de Atayde e Thiago Guimarães/Secom Alexandre, Amado Batista e Rapazolla. Na sexta, foi realizado o 9º Encontro dos Produtores Rurais de Ibatiba, dentro do Coração Sertanejo, além de uma edição especial da Feira dos Produtores Rurais de Ibatiba, em comemoração ao Dia Estadual e Municipal do Tropeiro – primeiro domingo de setembro. A abertura oficial da festa aconteceu com a inauguração do Rancho do Rosário e do Ranchinho da Associação dos Gestores de Turismo de Ibatiba (Geturi), com produtos do agroturismo, junto da abertura da etapa do Campeonato Sul Capixa- Autoridades no momento da inauguração do monumento em homenagem aos tropeiros ba de Rodeio. Depois, foi a vez dos shows da dupla Atayde e Alexandre, do da pelos shows de Rubens do Mundo, quando foi baiana Rapazolla. A noite sertanejo unversitário de Diniz e banda Rudioli, e servida 1,5 tonelada de foi encerrada pelos shows feijão tropeiro – quebran- de Rodrigo Balla e banda, Markin e Vitão e da ban- da banda Fenix. E no domingo, Dia do do mais um recorde. De- e também de Adilson Teida Raízes. No sábado, a programa- Tropeiro, aconteceu o pois, a tarde seguiu com o xeira e banda. O prefeito ção só começou à noite, ponto alto da festa com a sorteio de um carro e duas de Ibatiba, Lindon Jonhcom o rodeio e o esperado cavalgada e desfile de tro- motos zero quilômetro, son, destacou sua emoção show do cantor e com- pas, que percorreu as ruas numa promoção para be- em realizar mais uma Festa positor Amado Batista – da cidade até chegar à área neficiar a Associação An- do Tropeiro, com a realização do Maior Feijão Troque levou uma multidão da festa, logo de manhã jos da Estrada. A noite de domingo foi peiro do Mundo, porque que lotou a área da festa, cedo. No local, aconteceu, apesar das noites frias que então, o Festival Sabores fechada pela final da eta- sabia que “o povo de Ibaticastigaram a região do Ca- da História, a partir do pa do Campeonato Sul ba está feliz e orgulhoso de paraó, no último final de meio dia, com o preparo Capixaba de Rodeio e, viver na Capital Capixaba semana. A noite foi fecha- do Maior Feijão Tropeiro seguida do show da banda do Tropeiro”.

Um dos momentos marcantes da festa é a cavalgada e o desfile de tropas

Monumento em homenagem aos tropeiros às margens da BR262 O município de Ibatiba fica na região do Caparaó, e os tropeiros foram muito importantes o progresso da cidade, de toda a região e o Estado. Eram chamados tropeiros os homens que viajavam pelo território nacional conduzindo animais e atravessando mercadorias, uma atividade determinante para o progresso socioeconômico das regiões que atravessavam. E, em homenagem a esses homens que carregaram o desenvolvimento em lombos de

burros, como verdadeiros desbravadores, a Prefeitura de Ibatiba inaugurou um monumento em homenagem aos tropeiros, às margens da BR262. A inauguração aconteceu no sábado passado (03), com a presença do governador Renato Casagrande, o prefeito Lindon Jonhson e demais autoridades que acompanhavam o governador, além da ilustre presença do ex-tropeiro Armando da Silva Machado, 85 anos, que mora no município até hoje.


SEXTA-FEIRA, 09/09/2011

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

GERAL

13

IBATIBA

Município comemora inauguração do Museu do Tropeiro

Thiago Guimarães/Secom e Marcos Freire

»» O casarão doado pela família Fadlalah foi totalmente restaurado e o governador sancionou lei que transforma o município na Capital Capixaba do Tropeiro Marcos Freire

marcosfolhadocaparao@gmail.com

Durante a Festa do Tropeiro, no último final de semana, Ibatiba ganhou de presente o “Museu do Tropeiro Salomão José Fadlalah”. O imóvel foi entregue à população, totalmente restaurado, e com novo uso: será um espaço cultural, que preservará a memória da cidade. O Governo do Espírito Santo investiu R$ 205 mil na obra do Museu do Tropeiro, executada pela Prefeitura, em um período de oito meses, com recursos garantidos por uma emenda da deputada estadual Luzia Toledo. O espaço funcionará, de segunda à sextafeira, das 8 às 17 horas. A entrada é franca. A obra foi entregue à população no sábado passado (03), pelo governador Renato Casagrande e pelo secretário de Estado da Cultura, José Paulo Vicosi – Frei Paulão, durante solenidade, que contou com as presenças de lideranças políticas locais, familiares de Salomão José Fadlalah e moradores, muitos descendentes de tropeiros e alguns deles, que ainda residem na cidade. Na mesma oportunidade, o governador sancionou a lei, de autoria do deputado estadual Sérgio Borges, que torna o município de Ibatiba a Capital Capixaba do Tropeiro. José Paulo Vicosi, o Frei Paulão, secretário de Estado da Cultura, agradeceu a Dona Jane pelo gesto da doação, e ressaltou a importância daquele momento para o município. “A Secult está investindo em uma política de preservação

do patrimônio, e Ibatiba foi presenteada com este espaço cultural. Nossa equipe se empenhou, e fez tudo com muito respeito à história construtiva do imóvel. Aqui, os visitantes poderão conhecer fases importantes que contribuíram para o desenvolvimento da cidade, como o início da comercialização, pois foi a partir da chegada dos imigrantes libaneses, dentre eles a família Fadlalah, que o comércio local se desenvolveu”, disse. Passado e futuro E o governador Renato Casagrande ficou animado com o que viu. “Gostei muito da concepção do Museu. Quem passeia por estas salas conhece a historia do município, do Estado, e do Brasil. Eu sempre digo que quem não conhece seu passado não tem presente, nem futuro”, disse. Já o prefeito Lindon Jonhson se emocionou ao falar de seu amor por Ibatiba – apesar de ter nascido em Minas Gerais – e destacou o desprendimento da família Fadlalah em fazer a doação do casarão que, segundo ele, conta a história do município e de toda a região. “Estamos resgatando a história de Ibatiba”, disse. Também estavam presentes, o deputado federal Lelo Coimbra, o deputado estadual Luzia Toledo, o deputado estadual Sérgio Borges, o deputado estadual Sandro Locutor, o secretário de Estado da Cultura, Frei Paulão, o vice-prefeito Simião Dias Carvalho, e o presidente da Câmara de Ibatiba, Silvio Rodrigues, entre outras autoridades.

O Casarão dos Fadlalah é um símbolo da história de Ibatiba O casarão foi construído pelo imigrante libanês Salomão José Fadlalah, por volta de 1924, e utilizado como moradia da família, formada pelo casal Fadlalah e os onze filhos. Uma parte do casarão também foi utilizada como comércio, sendo um dos primeiros “secos e molhados” do município de Ibatiba. Em 1960, quando somente uma das filhas, Dona Jane Salomão Fadlalah, morava no casarão, ela o dividiu, passando a servir de escola primária para os poucos alunos que viviam na Vila do Rosário, atual Ibatiba. E, agora, por decisão de Dona Jane, apoiada pela família, o imóvel foi doado para a Prefeitura com o objetivo de preservar a memória da cidade, que sempre foi muita ligada aos tropeiros. Dois ambientes foram denominados “Espaço Tropeiro”, que contam com objetos da época, como berrante, estribos de prata, capas de cangalha, chicotes e cabrestos, além de muito conteúdo exposto em painéis nas paredes. Duas salas chamadas “Memória da Família”, contam a

história dos Fadlalah. Um cômodo denominado “Memória da Cidade”, abrigará exposições temporárias. O Museu também tem biblioteca, sala de vídeo, e salas para a administração.

Emoção

Moradores, muitos da familia Fadlalah, e autoridades foram conferir de perto o trabalho, realizado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e Prefeitura de Ibatiba. Armando da Silva Machado, de 85 anos, que passou 50 anos trabalhando e ganhando a vida como tropeiro, estava visivelmente emocionado. “Meu coração não aguenta, mas tenho histórias lindas para contar. E ver tudo isso aqui me faz reviver, relembrar aquele tempo. Ficou muito bonita a homenagem”, disse. Jasson Salomão Fadlalah fez questão de posar ao lado das fotos dos pais, que construíram o casarão. “Tenho muito orgulho de participar da história da cidade. Morei 15 anos aqui nesta casa, e a reforma ficou tão bem feita. Não tem como esconder a emoção”, disse.

Lindon Jonhson, Casagrande, Jane Fadlalah, Luzia Toledo e Lelo Coimbra, com demais membros da família Fadlalah, em frente ao Museu do Tropeiro

Lançado selo do Dia do Tropeiro Marcos Freire

Autoridades durante a solenidade de obliteração do selo do Maior Feijão Tropeiro do Mundo Além da inauguração do Museu do Tropeiro e de sancionada a lei que torna Ibatiba a Capital Capixaba do Tropeiro, os Correios do Brasil também participaram da festa, lançando o selo que comemora o Maior Feijão Tropeiro de Ibatiba. A solenidade contou com a participação do diretor regional dos Correios no Espírito Santo, Rafael Carpanêdo Fiorio, do governador Renato Casagrande, do prefeito de Ibatiba, Lindon Jonhson e demais autoridades presentes.


14

POLÍTICA

SEXTA-FEIRA, 09/09/2011

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

IÚNA

Enquete mostra preferência por ex-prefeito e uma surpresa

Divulgação e Marcos Freire

»» As votações foram encerradas à meia noite de quarta-feira, e o resultado confirmou o primeiro colocado da semana passada, mas o segundo lugar foi uma surpresa Marcos Freire

marcosfolhadocaparao@gmail.com

Para dar mais tempo para os leitores – os acessos ao site da Folha do Caparaó (www. aquies.com.br) estavam acontecendo de forma comedida e sem muito alarde, a enquete que simulava uma eleição em Iúna teve o resultado adiado para esta semana. Desta maneira, os internautas que acessaram o site puderam responder à pergunta colocada na edição do dia 26 de agosto: Se as eleições em Iúna fossem hoje, em quem você votaria, para prefeito. Foram apresentados sete nomes de possíveis pré-candidatos, selecionados pelo próprio jornal, e a enquete

ficou no site, com o resultado sendo colhido, para ser publicado nesta edição, à meia noite de quarta-feira. Na semana passada, foi publicada uma matéria, sob o título “Enquete da Folha inicia debate político em Iúna”, onde o ex-prefeito Rogério Cruz Silva aparecia com 33,93% das indicações, seguido pelo atual prefeito José Ramos Furtado, com 16,07%. E, em terceiro, já aparecia uma surpresa: a presidenta do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Iúna e Irupi, Elizete Almeida de Abreu, com 14,29%. Agora, com o resultado final da enquete (veja na página 3), o resultado do primeiro colocado da semana passada foi confirmado, com o ex-prefeito Rogério Cruz continu-

ando na liderança e com um acréscimo em seu percentual, que subiu para 36,77%. Mas o segundo lugar veio confirmar a surpresa. A presidenta do Sindicato, Elizete Almeida de Abreu saltou para 15,70% das indicações e tomou o segundo lugar do prefeito José Ramos Furtado, que caiu para 13,45%, junto com o presidente da Câmara, vereador Volmir Hote, que teve exatamente o mesmo percentual. Os dois empatados tecnicamente com o vereador Edson Márcio de Almeida, que ficou com 13,0%. Os outros dois nomes colocados na enquete foram o do ex-vereador e técnico do Incaper, Cláudio Deps, que teve 4,04% das indicações dos internautas, e o ex-prefeito e

Rogério Cruz confirmou o resultado e Elizete, a surpresa atual secretário municipal de Agricultura, Gumercindo Vinand, com 3,59%. No entanto, vale ressaltar que uma en-

fique seu resultado, mas não deixa de apresentar uma possibilidade que não pode ser descartada.

Guaçuí

IRUPI

TSE garante mandato do prefeito Leley Storck O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) declarou extinta a Ação de Impugnação de Mandato que existia contra o prefeito de Irupi, Gerseley Storck, e seu vice, Didi, em decisão tomada no dia 29 de agosto. Desta maneira, termina uma das ações existentes contra o prefeito, já que existe outra ação, no mesmo TSE, também em fase de recursos. A Ação de Impugnação de Mandato Eletivo foi impetrada logo após a diplomação dos candidatos eleitos, em dezembro de 2008. A denúncia apresentada pelo Ministério Público acusava o prefeito de abuso do poder econômico, político, de autoridade e compra de votos. Depois disso, foram três anos até chegar a uma decisão final, no TSE. A relatora do processo foi a ministra Nancy Andrighi, que declarou extinta a Ação de Impugnação do Mandato contra Leley e Didi. Antes, ainda no Fórum de Iúna, o advogado do prefeito, Marcos Tadeu Alvim Cardoso, já

quete não tem o mesmo peso de uma pesquisa de opinião, porque não possui qualquer parâmetro científico que rati-

Marcos Freire

O TSE tornou extinta uma Ação de Impugnação de Mandato contra o prefeito Leley Storck havia pedido a extinção do processo, alegando a falta de citação do vice-prefeito. Diante disso, a Justiça determinou a suspensão da cassação, mas o processo não foi extinto, o que forço a defesa a entrar com um recurso no Tribunal Regional

Eleitoral (TRE), pedindo mais uma vez a extinção do processo pelo mesmo motivo, mas o TRE negou o pedido. A defesa, então, entrou com um Mandado de Segurança, no TSE, que terminou na decisão tomada no dia 29 de agosto.

Quanto à outra ação que também está no TSE, a expectativa do advogado do prefeito é que ela tenha o mesmo destino da que foi julgada pelo tribunal, já que a denúncia é parecida com a primeira. E um recurso está sendo analisado pelo TSE, em Brasília.

Câmara aprova implantação de sacolas ecológicas Na sua última sessão ordinária, a Câmara Municipal de Guaçuí aprovou projeto que determina a substituição das sacolas plásticas utilizadas pelo comércio, por sacos e sacolas ecológicas. A matéria foi aprovada por todos os vereadores presentes e, agora, o comércio do município terá um prazo para se adequar ao que determina a lei. Na verdade, para o vereador José Augusto de Paula, o que está acontecendo é uma volta ao passado, quando as pessoas levavam suas bolsas, sacolas e embornais para colocarem suas compras. Enquanto o vereador Rubens Marcelino destacou que também seria bom se voltassem a ser colocado, nas ruas, as caçambas que depois são recolhidas por caminhões apropriados. Já a vereadora Josilda Amorim, que estava na presidência da sessão (o presidente Carlos Lomeu estava ausente, por causa do falecimento de seu sogro), destacou que o projeto era resultado de uma indi-

cação sua. Ela colocou que o objetivo é eliminar as sacolas que agridem o meio ambiente. “Podem ser usadas sacolas biodegradáveis ou então as sacolas ecológicas e caixas de papelão”, disse.

Utilidade Pública

Os vereadores também aprovaram o projeto que torna de Utilidade Pública Municipal o Grupo de Preservação de Meio Ambiente do Brasil – Brigadista Ambiental, já conhecidos em Guaçuí como Brigadistas Mirins. A matéria foi apresentada pela vereadora Josilda Amorim e aprovada por todos os vereadores presentes O projeto trabalha com adolescentes do município há mais de um ano e dependia da aprovação da matéria, para que possa pleitear recursos junto ao município que viabilizem a continuidade de seu funcionamento. Adolescentes e seus pais estiveram na Câmara, na última sessão, na segunda-feira, junto com os coordenadores para assistir à votação da matéria.


SEXTA-FEIRA, 09/09/2011 REGIÃO DO CAPARAÓ

Espaço Aberto

Atenção igrejas evangélicas do sul do estado! Este espaço está aberto gratuitamente para mandarem a agenda de suas festas e, após realizá-las, mandarem fotos com o histórico do evento para matéria. Obs: mínimo de 15 dias de antecedência.

Participe josemontoni@yahoo.com.br (28) 9986 8414

REFLITA COMIGO »» JOSÉ MONTONI

COISAS VELHAS Quem já não foi tentado a guardar algo velho, depois de conseguir comprar ou ganhar outro igualzinho? Guardar, por achar que poderá precisar ou ajudar alguém. Seja um calçado, roupa, equipamentos de escritório, utensílios domésticos, peças e acessórios de carros, papéis, documentos velhos etc. Bom, verdade é que todos têm alguma coisa velha que deveria ter se desfeito dela, até mesmo para dar lugar a algo novo que Deus quer te dar. Nos Estados Unidos ou Portugal as pessoas compram móveis novos e jogam o seu seminovo nas calçadas. Conheço pessoas que moraram lá e montaram sua casa pegando estes móveis. Sabemos que Deus reprova o desperdício. Mas devemos ter muito cuidado com as coisas velhas que mantemos guardadas, pois seria como nos entulhos de quintais que proporcionariam a criação de cobras e ratos, por exemplo. Cuidado com o que guarda na mente, na alma e, principalmente, no coração. Já imaginou, se você estiver criando verdadeiras cobras psicológicas ou espirituais? E que talvez elas estejam te mordendo há tempos e você parece estar acostumado com isso. Porém, quando assustar, o veneno já te consumiu! Aproveite para refletir e fazer uma limpeza nas gavetas da mente, nos porões de sua alma, nos quintais de seu coração e jogar fora todas as coisas velhas que ficaram guardadas até hoje e que não serviram para nada. É tempo de passar no vestibular sem subornar ninguém. É tempo de fazer amigos, sem oferecer drogas. É tempo de fazer política sem pisar, perseguir, maldizer ou caluniar. É tempo de amar, sem exigir nada em troca. É tempo de ajudar o próximo, sem cadastrá-lo para cobrar mais tarde. É tempo de querer subir na vida, sem pisar na ética, na moral, na saúde e nos sentimentos das pessoas. É tempo de fazer a Obra de Deus, sem querer humilhar, sem querer ser melhor, sem querer disputar, sem querer tomar o espaço de outros. É tempo de não tentar apagar a estrela do outro, já que a sua não brilha. É tempo de deixar todas as coisas velhas e ruins, e seguir a Jesus: “Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (II Coríntios 5, 17). Abraços, em Cristo.

FOLHA GOSPEL

FEST INVERNO NO CAPARAÓ Fechando o inverno, foi realizado, em Ibatiba, o Fest Gospel de Inverno. O local escolhido foi a Chácara 3G, que fica localizada no km 152 da BR262. Muito louvor a Deus marcou o grande evento, que contou com vários nomes conhecidos no cenário gospel, tais como Lauriete, Banda Gion, Daniel e Samuel. Uma grande multidão esteve no local e o fechamento ficou por conta da Banda Nova Forma, de Iúna. Esta banda comemora mais de 10 anos na região e, recentemente, lançou o seu primeiro CD. O Fest Gospel de Inverno foi um sucesso e o mais importante: Deus foi glorificado.

*Pastor da IP - Vitória-ES

O mundo tem vivido expectativas e muitas críticas em relação aos acontecimentos dos últimos tempos, os quais Jesus já havia avisado e ordenado que fizéssemos. As curas e milagres acontecem em toda parte do mundo, só que nem todos são divulgados. Todos que têm uma vida reta com Deus e pagam o preço da comunhão com Ele estão aptos a realizar curas e milagres. Assista o DVD do pastor Gilmar Brandão, da Igreja do Século XXI (foto).

MISSÕES: ALGUÉM ESTÁ FAZENDO

IBATIBA A Primeira Igreja Batista de Ibatiba realizou o 5º CONJUBAI, no ultimo fim de semana. Mensagem, teatro e muito louvor marcaram o evento. Detalhes, em breve. INTERNACIONAL O Seminário Bereshit, da Igreja Ministério Tabernáculo, cuja sede é em Lajinha (MG) e o diretor é o pastor Hilmar Sathler, realizou a formatura da 1ª turma em Teologia, na cidade de Boston (EUA). Você pode conferir, no link http:// www.lifepointchurchusa.com/ cultoonline.php CACHOEIRO A Igreja Metodista realizou, na ultima terça-feira um maravilhoso culto de campanha. O povo saiu cheio da graça de Deus.

»» Rev. Hernandes Dias Lopes*

O evangelista Marcos faz uma abordagem clara acerca da segunda vinda de Cristo, alertando-nos para a necessidade imperativa de estarmos preparados para aquele grande dia: a segunda vinda de Cristo será precedida por grandes convulsões cósmicas. Jesus afirmou: “Mas, naqueles dias, após a referida tribulação, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento, e os poderes dos céus serão abalados” (Mc 13.24,25). A segunda vinda de Cristo será precedida por grandes convulsões naturais. Tudo aquilo que é firme e sólido no universo estará abalado. As colunas do universo estarão bambas e o universo inteiro estará cambaleando. O abalo do mundo traz o juiz. O apóstolo Pedro descreve essa cena assim: “Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas” (2Pe 3.10). A segunda vinda de Cristo será vitoriosa. Marcos conclui sua descrição, assim: “E ele enviará os seus anjos e reunirá os seus escolhidos dos quatro ventos, da extremidade da terra até à extremidade do céu” (Mc 13.27). A manifestação do Filho do homem não traz só condenação, mas também recompensa. A Bíblia diz que, nesse glorioso Dia, os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro, com corpos incorruptíveis, poderosos, gloriosos, semelhantes ao corpo da glória de Cristo. Caro leitor, você já pensou que se deixar para mais tarde para se preparar, poderá ser tarde demais? Que Deus nos Abençoe!

dica que edifica

aconteceu

MINISTRANDO VIDA COMO SERÁ A VOLTA DE JESUS CRISTO?

15

“E disse-lhes Jesus: ide por todo o mundo, e pregai o Evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado” (Marcos 16: 15-16. Esta foi uma ordem expressa de Deus, através de Jesus Cristo e, ao mesmo tempo, um alerta quando Ele disse o que acontecerá com aqueles que não cressem na Sua palavra. Fazer Missões é procurar o que se pode fazer e não criticar quem está fazendo. Missões é ajudar quem nós podemos e nunca tentar impedir quem está ajudando. Missões é ter amor e paixão

pelas almas. Se você não está fazendo, saiba que tem alguém fazendo e não vai parar, pois Deus é soberano. Através de pessoas, o diabo pode até parar algumas pessoas, mas nunca vai parar Deus. Por isso, o trabalho de missões vai continuar até Jesus voltar. Você está esperando Jesus? A África tem recebido igrejas gigantescas, mas também tem recebido pessoas simples, como o pastor Geraldo Neto, da 1ª Igreja Presbiteriana de Campo Grande, Cariacica. Ele aparece ao centro da foto, ladeado por dois pastores angolanos, en-

quanto aguardavam o início do culto. O Pastor Geraldo fez várias visitas às cidades e viu a carência de trabalhos com crianças. Viu também que algumas igrejas não têm energia elétrica e usam geradores. Ele ainda chegou à conclusão de que os convertidos se afastam ou poucos crescem pela falta de uma estrutura para instrução. Por isso, ele está elaborando um projeto, junto às agências de missões, e voltará para Angola, na África, para implantar um seminário dedicado aos jovens e adultos. Breve, outros relatos de missões.

AGENDA DA FOLHA IBITIRAMA A Igreja Batista, localizada em frente ao posto de gasolina, realizará, na próxima quarta-feira, às 19 horas, mais um grande culto de louvor e adoração a Deus. Venha você e traga a sua família. BREJETUBA A Igreja Presbiteriana informa que, aos domingos, está acontecendo o estudo na Escola Dominical pela manhã, às 8h30. Vá e leve seus filhos de todas as idades. Anteriormente, o estudo ocorria às 18 horas.

CONHECIMENTO Só faltam três meses para o Natal. Você sabe o significado do Natal? Mas e quem são os irmãos de Jesus? A Bíblia fala em Mateus, 1: 25, que José não conheceu sua mulher até que Jesus nascesse, mas depois ele teve outros filhos com Maria. A Bíblia menciona sobre os irmãos de Jesus em vários textos, como em Mateus 12:46 e 47, Mateus 13:55, Mc 3:31 e 32, Lucas 8:20, João 2:12, João 7:5 e Atos 1:14. Como se chamavam os irmãos sanguíneos de JESUS? Responda, lendo Mateus 13:55.


16

SEXTA-FEIRA, 09/09/2011 REGIÃO DO CAPARAÓ

www.AQUIES.com.br

Edição 821  

Edição 821 do Jornal Aqui Notícias

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you