Page 1

Distribuição GRATUITA

SEXTA-FEIRA 24/08/2012 SEMANAL | Ano 7 | n° 862 | Região do Caparaó | www.aquies.com.br

ONG busca solução para superpopulação de cães em Guaçuí

divulgação

» » A Nação Vira Lata está na busca de políticas públicas que visem a castração de cães e gatos, para evitar o abandono e o sacrifício de animais no município ESPECIAL | Págs 04 e 05

Festival de Teatro de Guaçuí

termina neste sábado Serrana Filetti

CIDADES | Págs 03

FOLHEANDO | Pág 02

Festa de Alegre atraiu mais de 70 mil pessoas Dioner Pires

geral | Pág 06

Escola Deocleciano de Oliveira é campeã estadual Divulgação

CANAL ABERTO | Pág 02

ESPORTES | Pág 07


02 OPINIÃO

»» >> SEXTA-FEIRA, 24/08/2012

canal aberto

»» POR MARCOS FREIRE - marcosfolhadocaparao@gmail.com

E o fim do Fundap? Em época de eleições, os candidatos saem pelas ruas apresentando soluções para todas as áreas da administração pública, principalmente, saúde, educação e agricultura – que engloba conservação de estradas e a utilização de máquinas para atender produtores. Os outros setores vêm depois, como assistência social, esportes, lazer, cultura e mais alguma área que tenha esquecido neste momento. Não vou entrar aqui na seara de quem está falando apenas por falar e aqueles que realmente têm a intenção de colocar em prática o programa de governo apresentado. Isso é com o eleitor, que precisa identificar quais são os lobos vestidos com pele de cordeiro e que só mostram os dentes quando chegam ao poder. Podem acreditar: eles existem e estão por aí, pedindo votos, com os dentes à mostra, nas ruas e até nas redes sociais, só que em forma de sorrisos multiplicados artificialmente. Mas o que quero citar, mesmo, é a questão da queda na arrecadação dos municípios, que já vem acontecendo com a redução do FPM, de mês em mês, mas também com o fim do Fundap, que os municípios vão deixar de receber, a partir do ano que vem. Um problema que deve ser considerado pelos candidatos, porque os futuros prefeitos não terão vida fácil para conseguir manter a máquina administrativa, com a perda desse dinheiro. E existem candidatos correndo do assunto, quando questionados, porque parecem não vislumbrarem uma saída. É justificável o medo da questão, porque a queda na arrecadação – bem acentuada, inclusive – que vai acontecer, vai resultar numa grave consequência para os futuros prefeitos, porque terão de tomar uma decisão que faz qualquer

»» EXPEDIENTE

DIRETOR GERAL: Elias Carvalho EDITOR CHEFE: Marcos Freire EDITOR DE CRIAÇÃO E ARTE: Luan Ola

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

um deles perder cabelos (aqueles que os possuem, é claro): demitir servidores. Isto porque a folha de pagamento não pode ultrapassar a 52% da arrecadação, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e, com a queda, o valor a ser gasto com pessoal também vai diminuir. É fácil de entender a matemática. Se uma prefeitura recebe durante o mês, por exemplo, R$ 500 mil (considerando um valor fictício), só pode gastar R$ 260 mil com a folha de pagamento. Logo, se a arrecadação cai uns 30%, ficando em R$ 350 mil, o município só poderá gastar, com folha de pagamento, o total de R$ 182 mil. Uma diferença considerável, o que obrigaria a uma redução da folha, ou seja, a diminuição de servidores. Nessa hora, vai ficar por conta do administrador escolher se irá diminuir o número de cargos comissionados, ou seja, deixando de atender aos pedidos dos vários companheiros de coligação, que vão cobrar um espaço na administração, ou vai demitir funcionários, o que sempre traz um desgaste político não desejado. Ou o cara corre para o caldeirão ou para a fogueira. Não vai ser fácil, com certeza. Então, que os candidatos a prefeito comecem a pensar no fim do Fundap e a se preparar para administrar com menos recursos para a folha de pagamento, inclusive, sem fazer muitas promessas durante a campanha, porque vai ser difícil cumpri-las. Para investimentos, sempre aparecem recursos federais e estaduais, puxados por parlamentares, mas isso não entra no cálculo da arrecadação. Então, a solução para a queda de recursos próprios precisa de muita competência e responsabilidade. Resta o eleitor escolher quem realmente possui estas duas qualidades.

Repórterer: Marcos Freire DiagramadorA: Guilherme Gomes e Marcelo Mothé DEPARTAMENTO COMERCIAL: (28) 3521 7726 / 99761113 Colaboradores: Sérgio Oliveira, José Montoni, Juracy de Almeida - Tigrinho, Adilson Saloto e Vitor Moraes.

FOLHEANDO Atenção com o FPM O Fundo de Participação dos Municípios (FPM) tem apresentado quedas crescentes, lembrando que os municípios recebem três parcelas por mês, nos dias 10, 20 e 30. O FPM é a transferência constitucional de recursos do Governo Federal e, de acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a queda está acontecendo porque o governo está mantendo incentivos fiscais à indústria, como a redução do IPI e também, neste período, ocorre a restituição do Imposto de Renda – duas fontes de receita que formam o FPM. Por isso, a CNM está orientando prefeitos e secretários municipais para prestarem muta atenção quando forem decidir por novas despesas e isso deve estar tirando o sono dos candidatos que pretendem se eleger prefeitos.

Pequenos sofrem mais Os municípios menores – como é o caso dos que formam a região do Caparaó – são os que mais sentem o impacto financeiro com a queda do FPM, porque as prefeituras se mantêm, basicamente, com recursos federais. Menos recursos resulta em falta de receita para manter custeio da máquina administrativa e impossibilita, praticamente, os investimentos – o que já é difícil de acontecer com recursos próprios do município. O pior é que o FPM deve continuar caindo até o final de setembro (o período de junho a setembro já é conhecido como o de menor arrecadação), mas crise da economia mundial pode prolongar a queda, o que vai trazer problemas sérios para os municípios e um quadro nada favorável para os futuros prefeitos.

Convocação A Prefeitura de Ibtirama está convocando candidatos aprovados em seleção para atender necessidade temporária de excepcional interesse público para provimento de cargos. Os candidatos têm que apresentar a documentação exigida até o dia 31 à Secretaria Municipal de Administração. Os demais candidatos serão convocados de acordo com a necessidade, oportunidade e conveniência da administração pública.

Semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Alegre, comemorou entre os dias 20 e 24, a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla – que no país será celebrada de 21 a 28 de Agosto. O evento, comemorado em todo o país, tem como tema , este ano, “A pessoa com deficiência quebra a cultura da indiferença. Tenha coragem de ser diferente”. A Semana foi aberta na segunda-feira (20), com uma missa e momento de louvor e agradecimento, com o grupo Magnífica. Na terça-feira (21), aconteceu uma passeata com os alunos, pais e funcionários do CAEE “Francisco Arco”, pelas ruas da cidade. Na quarta (22), houve um momento de lazer e diversão na sede da AABB, seguido de um almoço com parceiros e amigos da Apae. E nesta sexta-feira (24), A semana se encerra com uma sessão cinematográfica na sede da instituição. Dpto. Jurídico: Cleber Vagner de Oliveira - Advocacia - Consultoria Dpto. Contábil: ACAD Contabilidade E-mails: comercialfolhadocaparao@gmail.com diretoriafolhadocaparao@gmail.com; publicidadefolhadocaparao@gmail.com redacaofolhadocaparao@gmail.com

Circulação: ES - Alegre, Apiacá, Bom Jesus do Norte, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, Irupi, Iúna, Jerônimo Monteiro, Muniz Freire e São José do Calçado.

Editora e Jornal Sul Capixaba Ltda - ME | CNPJ: 10.916.216.0001-55. Rua Resk Salim Carone, S/N º - Ed. Ibisa - Loja 03 - Bairro Gilberto Machado. Cachoeiro de Itapemirim-ES (Próximo à rodoviária) . Tel: (28) 3521 7726


>> SEXTA-FEIRA, 24/08/2012

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

cidades

03

GUAÇUÍ

Festival de Teatro termina neste sábado

»» A cerimônia de premiação está marcada para as 21h00 deste sábado, logo depois da apresentação do último espetáculo da noite MARCOS FREIRE

marcosfolhadocaparao@gmail.com

O XIII Festival Nacional de Teatro de Guaçuí termina neste sábado (25), depois de uma semana de espetáculos no Teatro Fernando Torres e também pelas ruas da cidade. A cerimônia de premiação está marcada para as 21h, quando serão conhecidos os vencedores do festival, nas diversas categorias. O evento é uma realização do grupo Gota, Pó e Poeira, com o apoio do Governo do Estado e a Prefeitura de Guaçuí. Neste sábado, antes da cerimônia de premiação, ainda acontecem as últimas apresentações, com os espetáculos “São Pedro, os irmãos e a serpente”, de Vitória, às 10h, “A Bela e a Fera”, do Rio de Janeiro

(RJ), às 14h, e a “A saga amorosa dos amantes Piramo e Tisbe”, com o grupo Gota, Pó e Poeira, de Guaçuí, que não participa da mostra competitiva, encerrando o festival. Já nesta sexta (24), a programação do festival conta com mais uma oficina da Cia Caixa do Elefante, do Rio Grande do Sul, a partir das 8h. Depois, acontecem as apresentações dos espetáculos “Folia de um Semideus, sabe-se lá o que é isso”, do Rio de Janeiro, às 10h, “O Gato de Botas – o musical”, também do Rio de Janeiro, às 14h, e mais uma exibição do filme “Evoé”, no Salão dos Vicentinos, às 16h. A noite será fechada, no Teatro Fernando Torres, com a peça “Romeu e Julieta”, de São Caetano do Sul (SP). Este ano, participaram

grupos de teatro do Espírito Santo, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, Rio Grande do Sul e Pernambuco. O festival já é conhecido em todo o Brasil e, para o secretário municipal de cultura, turismo e esporte, Rubem de Oliveira Moraes, o Festival de Teatro é importante para a cidade, devido sua tradição. “O Festival está enraizado na nossa cultura, devido o tempo que existe. O evento traz espetáculos de qualidade, aproxima os grupos teatrais e contagia o público”, enfatizou. Já o secretário de Estado da Cultura, Maurício José da Silva – que esteve presente à abertura oficial do evento – afirmou que o Festival transforma o município em um importante pólo de atração cultural.

fotos: Serrana Filetti

Durante o festival, espetáculos foram apresentados no teatro e na rua, além de uma exposição

Exposição Durante o Festival de Teatro de Guaçuí, também aconteceu a exposição “Dina Sfat: Retratos da Atriz”, que fez parte da programação do próprio festival. A exposição ainda está montada e pode ser visitada, no hall de entrada do Teatro Fernando Torres, até o dia 9 de setembro. Ela existe desde 1998 e tem

o objetivo de resgatar a obra de uma das maiores atrizes do Brasil. De acordo com o diretor, pesquisador e produtor teatral Antonio Gilberto, atual diretor da Funarte e curador da exposição, 90 fotografias e figurinos fazem parte da mostra. “Foram dois anos de pesquisa que envolveu fotografias,

programas de teatro, cartazes, reportagens e entrevistas publicadas em jornais e revistas, bem como bibliografia referente aos trabalhos realizados pela atriz nos três veículos em que exerceu sua profissão”, explicou Gilberto. Além de Guaçuí, 20 cidades de todo o país já receberam a mostra.

MUNIZ FREIRE DIVULGAÇÃO

Escola Arquimimo Mattos vence concurso de teatro entre escolas A peça “Dois Corações e Quatro Segredos”, que conta e refaz a viagem do escritor Mário de Andrade pelos diversos cantos do Brasil, apresentada pela Escola Estadual Arquimimo Mattos, de Piaçu, foi campeã do 2º Festival de Teatro da região, entre escolas, promovido pela Secretaria de Estado de Educação. O festival aconteceu no

dia 9, no Teatro Fernando Torres, em Guaçuí. Outras sete escolas concorreram na fase classificatória e, com o primeiro lugar, os mais de 40 alunos que participaram da peça se apresentarão no evento final, no principal Teatro Carlos Gomes, em Vitória. Contando a história do romance de Manoel e Manuela, o escritor

Mário de Andrade e sua assistente, eles passam pelas manifestações culturais das regiões Nordeste, Centro Oeste, Sudeste, Sul, do Brasil, e da Amazônia. Danças indígenas, forró, mula sem cabeça, entre outros personagens da cultura e do folclore brasileiro, ganharam vida no palco. A produção foi dirigida pelos professores Eduar-

do Machado e Ana Paula Côgo. Karyna Batista da Silva, de 17 anos, interpretou a personagem Manuela, uma das principais da peça. “Estamos ensaiando há mais de um mês, todos os dias. Nós estudamos muito o roteiro, por isso não achei tão difícil, apesar do grande número de atores”, contou a jovem atriz.

Alunos e professores comemoraram o primeiro lugar no festival


04

ESPECIAL

>> SEXTA-FEIRA, 24/08/2012

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

GUAÇUÍ

ONG busca solução para superpopulação de cães

»» A Nação Vira Lata está na busca de políticas públicas que vise a castração de cães e gatos, para evitar o abandono e o sacrifício de animais no município MARCOS FREIRE

marcosfolhadocaparao@gmail.com

Diante do aumento sem controle da população de cães abandonados pelas ruas de Guaçuí e do sofrimento de muitos animais, um grupo de amigas e amigos resolveu criar a ONG Nação Vira Lata, que já está organizada e registrada. E o seu principal objetivo é buscar a concretização de políticas públicas para o controle populacional de cães e gatos, sem que seja necessário o sacrifício. A principal bandeira da ONG, hoje, é a implantação de um projeto que crie

o Posto Veterinário Municipal, onde possa ser realizada a castração de cães e gatos. Uma das componentes da organização, Adriana Alcoforado, lembra que tudo começou por meio de uma rede social, por onde foram feitas as convocações para as primeiras reuniões, o contato com a Frente Parlamentar de Defesa Animal do Congresso Nacional e a divulgação do projeto. “Tudo que vamos fazer, usamos a rede, é o mundo virtual unindo pessoas para fazer o bem”, afirma Adriana. Ela explica que o foco do

trabalho é a saúde pública e não o recolhimento de animais abandonados, apesar de isso acontecer, quando o caso é muito grave, porque a ONG não possui um abrigo. Isso aconteceu com o cão chamado de “Auau”, que estava vagando pela rua e uma pessoa pediu ajuda. “O recolhemos e o veterinário tirou um copo de bicho do ferimento dele”, conta Adriana. Hoje, o cão está se recuperando na casa da pessoa que pediu socorro. “No entanto, o grupo não tem e nem quer possuir um abrigo de animais, queremos uma política pública que cuide da situ-

FOTOS: DIVULGAçÃO

A ONG quer salvar cães, como “Auau”, que está ser recuperando em um lar provisório ação”, afirma. Por isso, o grupo já realizou uma audiência pública para explicar o trabalho e objetivos da Nação Vira Lata e também já procurou a Prefeitura e a Câmara de Vereadores, para apresentar o projeto do Posto Veterinário Municipal, além de conversar com os candidatos a prefeito sobre o assunto. “Com fé, iremos sensibilizar as pessoas sobre a importância da implantação do projeto do Posto, para ser realizada a castração”, destaca Adriana.

Posto

De acordo com a ONG, a implantação do Posto Veterinário irá solucionar o problema de superpopulação de cães e gatos, além do sofrimento dos animais abandonados, sem que seja preciso aprisionar e nem matar os animais, no Canil Municipal. Os membros

da Nação Vira Lata acreditam que, realizando uma política preventiva, o caso será tratado como saúde pública, porque o animal abandonado tem as defesas imunológicas diminuídas, ficando suscetível a doenças, que podem ser transmitidas a outros animais e para os seres humanos, sem falar de acidentes que podem causar mortes e traumas. “Além de não podermos admitir o envenenamento de cães, como aconteceu recetemente”, destaca. De acordo com o projeto, no posto deverá ser realizada a castração de cães e gatos, machos e fêmeas, abandonados, que tenham donos e que residam em bairros carentes e zona rural do de Guaçuí. Cada animal também irá receber um chip de identificação contendo os dados do dono, nome e idade.

Caso o animal seja abandonado, será possível saber quem é seu proprietário, para que sejam tomadas as providências. No posto, também será possível fazer consultas veterinárias gratuitas, vacinação e tratar patologias, assim como manter atualizado o cadastro dos animais do município e ter uma linha telefônica disponível para receber denúncias de abandono, maus tratos e fazer o encaminhamento. Conforme a sugestão do projeto apresentado pela ONG Nação Vira Lata, o posto deverá ser composto por um centro cirúrgico, sala de espera, sala de repouso, sala para banho, estoque de medicamentos e ter um carro preparado para o transporte dos animais. Além disso, deverá ter, nos seus quadros, pelo menos, um médico veterinário e um auxiliar veterinário.


>> SEXTA-FEIRA, 24/08/2012

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

ESPECIAL

05

muniz freire

Projeto prevê ações que reúnem diversos parceiros

Membro da Nação Vira Lata durante a realização da audiência pública Conforme explica Adriana Alcoforado, a ONG Nação Vira Lata está desenvolvendo um projeto para o controle populacional de cães e gatos, em Guaçuí, que reúne várias ações que estão relacionadas. Segundo o projeto, tudo começaria com o recolhimento dos cães que estão na rua, depois seria iniciado outro projeto em parceria com a Fazenda Esperança – que ainda está em fase de entendimentos, onde poderia ser montado um canil, para que os animais passem por um período de recuperação e socialização com os internos da instituição. “Essa iniciativa criaria uma cooperação mútua de aprendizado com os animais e os internos, promovendo o despertar de afetividade e

respeito”, explica Adriana. Ao mesmo tempo, o animal recolhido e cadastrado também será levado para o Posto Veterinário, onde será castrado. Além disso, o projeto espera contar com a parceria dos Agentes de Saúde ou de Endemias, que poderiam realizar um censo populacional de cães e gatos, assim como o agendamento para castração. Também seriam parceiros, a Secretaria Municipal de Educação, com o trabalho de sensibilização nas escolas, e as polícias Civil e Militar, na execução das leis. De sua parte a ONG Nação Vira Lata – que conta com 15 pessoas e demais colaboradores – entraria com a execução das feiras de adoção, acompanha-

mento da recuperação e socialização de cães, além de trabalhar no projeto de sensibilização da população e nas escolas, com o projeto ONG na Praça. Segundo Adriana, a ONG também tem procurado a parceria de parlamentares que fazem parte da Frente Parlamentar de Defesa Animal, que conta com a assinatura de quatro capixabas, e também está fazendo um abaixo assinado para dar respaldo ao projeto do Posto Veterinário, que será apresentado aos vereadores. A organização ainda está vendendo a camisa da Nação Vira Lata, por R$ 15,00, para ajudar nos custos com a recuperação de cães abandonados, lembrando que a ONG não possui abrigo.

O que é castração? A castração é uma cirurgia feita pode ser ainda maior. Ou seja, em cães e gatos, fêmeas e machos, um casal de cães pode originar, e consiste na retirada do útero, em 10 anos, em sucessivas geratrompas e ovários, no caso das ções – com duas crias por ano e fêmeas, e na retirada dos testícu- dois a oito filhotes por cria – um los, nos machos. A cirurgia é fei- total de 80.399.780, numa verta com anestesia geral e deve ser dadeira progressão geométrica. executada apenas por veterinários A castração pode evitar a superdevidamente habilitados. O ani- população, enquanto o sacrifício mal se recupera em torno de uma poderia significar uma verdadeira semana e a castração pode ser fei- matança, que não é mais permita a partir dos 2 meses de idade. tida por lei. Para as fêmeas, é recomendado antes do primeiro cio. É bom ressaltar que, para cada filhote que nasce, 15 cães e 45 gatos também podem n a s c e r. Em seis anos, uma cadela e seus descendentes podem gerar mais de 70 mil filhotes. No caso das gatas, esse Camisa da ONG Nação Vira Lata está sendo vendida para cobrir custos número


06

GERAL

>> SEXTA-FEIRA, 24/08/2012

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

ALEGRE

Festa do município atraiu mais de 70 mil pessoas

»» Os próprios organizadores se surpreenderam com a quantidade de público que lotou os locais em que aconteceram as atrações da festa MARCOS FREIRE

marcosfolhadocaparao@gmail.com

Um público de quase 70 mil pessoas lotou o Parque de Exposição Geraldo Santos, durante os quatro dias da 40ª Expoagro e Festa de Alegre 2012. A Prefeitura de Alegre e a Comissão de Festa 2012 destacam que o balanço geral da festa, que aconteceu de 15 a 18 de agosto, foi muito positivo. A programação começou na quarta-feira (15), com a festa religiosa em comemoração à padroeira do município, Nossa Senhora da Penha, e a Igreja Católica – Paróquia do Centro – realizou uma série de atividades. Além da nove-

na que se estendeu por toda a semana, foi realizada uma missa, procissão e queima de fogos. Ao final, o padre Joãozinho subiu ao palco na Praça 6 de Janeiro, levando os fieis a momentos de louvor e adoração. Para os amantes do sertanejo, a quinta-feira (16), contou com o show da dupla João Bosco e Vinícius, que atraiu um público recorde para a Exposição, já que a atração foi num dia de semana. “Nunca vi a Exposição tão cheia em plena quinta-feira”, destacou o secretário de Turismo, Cultura e Esporte e presidente da Comissão de Festa, Marcinho Duarte.

“Creio que um dos motivos do sucesso da festa foi a escolha de atrações para agradar todos os públicos, ninguém ficou esquecido”, concluiu. Do mesmo modo, na sexta-feira (17) e no sábado (18), o Parque esteve lotado. O público marcou presença, mesmo com o frio e a chuva que insistia em cair. Na sexta-feira, o grupo Molejo agitou a galera com seu tradicional pagode. E, fechando a festa, foi a vez da banda Biquini Cavadão e da AM5 agitarem a galera. “Foi lindo ver todo mundo pulando mesmo debaixo

daquela chuva toda. Sem dúvidas, um show marcante pra todos nós da banda AM5”, destacou Michele Freire, vocalista da AM5. Além disso, como forma de valorizar os artistas da terra e, ao mesmo tempo, movimentar as tardes de sexta e sábado no Parque de Exposições, a Prefeitura preparou o “rock da tarde”. As bandas Jubila Não, Polifonia e Samba da Ilha agitaram o público com todos os ritmos musicais. “A escolha das bandas foram ótimas e de muito bom gosto”, ressaltou Filipe Moraes, estudante universitário. “Vieram amigos meus até do norte do Estado para

prestigiar. Ano que vem estamos juntos novamente”, finalizou.

Expoagro e Desfile

Na área da agricultura e pecuária, o sucesso foi o mesmo. O Concurso Leiteiro e o Pavilhão da Agricultura Familiar foram unanimidade para os visitantes e os expositores. Marcinho Duarte lembra que o trabalho foi fruto de toda uma equipe. “Desde os funcionários da varrição até o prefeito, aqueles que trabalharam na festa estão ligados diretamente ao seu sucesso”, afirmou. E outro ponto alto da festa, foi o Desfile Cívico-MilitarEscolar, que contou, mais

uma vez, com participação de homens e viaturas do 3º Batalhão da Polícia Militar. No palanque oficial, destaque para a presença do subtenente do TG 01-005, Paulo Cézar, da secretária municipal de Educação, Maria Lucia Rubini e de outros secretários e autoridades militares. A secretária de Educação destacou a criatividade dos diretores, o envolvimento e o cuidado na elaboração dos materiais. “O trabalho ficou lindo”, destacou. Na oportunidade, a banda de música de Iúna esteve presente, abrilhantando o evento. O desfile teve como tema “Projetos educacionais em destaque em 2012”. FOTOS: Juliana Sanches e Dioener Pires

O Biquini Cavadão foi uma das atrações da festa

O rodeio foi atração da festa que atraiu um grande público

João Bosco e Vinícius lotaram o Parque de Exposições na quinta

Mais de 70 mil pessoas passaram pela Festa de Alegre deste ano


>> SEXTA-FEIRA, 24/08/2012

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

ALEGRE

ESPORTES

Escola Deocleciano de Oliveira é campeã estadual divulgação

»» O time de futsal infantil masculino venceu as finais das Olimpíadas Escolares e vai representar o Estado nas finais, em Poços de Caldas (MG)

A equipe masculina infantil de futsal da Escola Municipal Deocleciano de Oliveira conseguiu mais um título para Guaçuí. Os meninos sagraram-se campeões estaduais das Olimpíadas Escolares do Espírito Santo, ao vencerem as finais que aconteceram em Santa Maria de Jetibá, tendo que enfrentar equipes tradicionais como o Darwin, de Vitória, e o GOC, de Vila Velha.

Segundo os responsáveis, o resultado é fruto de um trabalho que reúne o esforço dos atletas e a dedicação da comissão técnica, de forma voluntária e com muita renúncia. Também destacam o incentivo da diretora da escola, Rosa Maria Aguiar, assim como a diretora da Escola Monsenhor Miguel de Sanctis, Maria Lúcia das Dores. A equipe de Guaçuí foi campeã com os atletas

Gabriel, Hugo, Wanderson, Athyla, Matheus, Gabriel Ferreira, Yan, Ítalo, Pedro e João Paulo. Comissão técnica: Pelé e Gilvan. As Olimpíadas Escolares é uma das competições mais importantes em nível estadual e agora a Escola Deocleciano de Oliveira vai representar o Estado do Espírito Santo na fase nacional da competição, que acontecerá em Poços de Caldas (MG).

07


08

geral

>> SEXTA-FEIRA, 24/08/2012

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

REGIÃO

Caparaó vai receber placas de identificação de atrativos turísticos

»» O projeto de instalação de placas de identificação irá beneficiar todos os municípios da região e seguirá o padrão utilizado pela Embratur MARCOS FREIRE

marcosfolhadocaparao@gmail.com

A região do Caparaó vai receber, até dezembro deste ano, o projeto de placas de identificação dos atrativos turísticos e sinalização dos percursos de acesso, além de pórticos, junto com outras nove regiões turísticas do Estado. A sinalização irá identificar os atrativos de todos os municípios da região, depois que a empresa responsável fizer uma reunião com as prefeituras, para realizar um levantamento, o que

deve acontecer até setembro. Em julho deste ano, o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Estado do Turismo (Setur) e do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), assinou a ordem de serviço com a empresa responsável que irá realizar o serviço de consultoria técnica. O projeto prevê a instalação de placas de identificação dos atrativos turísticos, de sinalização dos percursos de acesso e dos pórticos de identificação dos acessos, seguindo

o padrão utilizado pela Embratur. No entanto, para que o trabalho seja realizado, é preciso que os municípios forneçam as informações necessárias para a empresa, o que deve ser feito por intermédio de suas Secretarias Municipais de Turismo. O Governo do Estado solicita, ainda, que os municípios receba os representantes das empresas, durante as visitas técnicas, e que indiquem acompanhantes que possam levá-los aos atrativos turísticos relacionados pela Secretaria.

Marcos Freire/Arquivo

Os atrativos turísticos serão sinalizado, inclusive a Portaria do Parque Nacional do Caparaó

Edição 862  

Folha do Caparaó

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you