Issuu on Google+

Distribuição GRATUITA

SEXTA-FEIRA 18/05/2012 SEMANAL | Ano 7 | n° 851 | Região do Caparaó | www.aquies.com.br

Simpósio discute Código Florestal e renovação de lavouras em Iúna

»» Produtores rurais da região participaram do Simpósio, realizado em Iúna, que contou com a presença do relator do Código Florestal e várias autoridades do setor Marcos Freire

especial | Págs 04 e 05

Alegre se prepara para a realização do Festival de Música Cidades | Pág 03

Divulgação

Sindicato promove seminário sobre Crédito Fundiário Geral | Pág 06

Falta de Defesa Civil nos municípios preocupa Glauber Coelho Geral | Pág 07

Divulgação

Vereadores de Muniz Freire debatem sobre atendimento da saúde Marcos Freire

Política | Pág 07

Canal Aberto e Folheando

opinião | Pág 02

Encontro em Ibatiba vai marcar início da safra de café

cidades | Pág 03

Coluna Vip

Pág 08


02 OPINIÃO

»» SEXTA-FEIRA, 18/05/2012

canal aberto

»» POR MARCOS FREIRE - marcosfolhadocaparao@gmail.com

Aplausos para Dilma Recentemente, o Espírito Santo sofreu o baque de ver escorrer pelas mãos os recursos do Fundap, o que vai trazer muitos prejuízos para o Estado e para seus municípios. Contudo, esta semana, foi bom ver a presidenta Dilma Rousseff sendo vaiada, na solenidade da Marcha dos Prefeitos. Não pelo fato de ter sido vaiada, mas por quem estava sendo: prefeitos que querem a redivisão dos royalties, com o não cumprimento de contratos já existentes. Como uma pessoa correta e que obedece as leis, como deve ser uma presidenta, Dilma avisou aos insistentes prefeitos, que pediam uma declaração sobre os royalties, que eles não esperem ganhar nada do que existe de hoje para trás, e se preocupem apenas com que acontecer de hoje para frente. Foi aplaudida por alguns, entre eles os capixabas – com certeza – e vaiada por outros, mas fez o certo, ao demonstrar que não aceita que contratos já firmados não sejam respeitados. Foi bom, também, ela passar uma descompostura no presidente da Associação dos Prefeitos, que foi o responsável em levantar a questão, durante a solenidade. Dedo em riste, ela passou uma senhora bronca no prefeito, que não sabia onde enfiava a cara. Meu amigo, seja presidenta ou não, mulher nenhuma aceita ser colocada numa saia justa, até quando não tem razão, imagine se tem razão. Com certeza, a posição que Dilma deixou transparecer, no meio de sua irritação, não deixa de ser um alento para o Espírito Santo, apesar de, em política, sempre precisarmos ficar com um pé atrás. Mas é uma esperança para um Estado que ainda é tão discriminado em várias situações e decisões nacionais, sem que ninguém leve em consideração que o Espírito Santo é o único Estado que está em dia com o pagamento de suas dívidas com a União. Mas essa discriminação com os capixabas chega às raias do ridículo e do abuso, principalmente,

»» EXPEDIENTE

DIRETOR GERAL: Elias Carvalho EDITOR CHEFE: Marcos Freire EDITOR DE CRIAÇÃO E ARTE: Luan Ola

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

na grande imprensa. O Espírito Santo não é lembrado nem na previsão do tempo, quanto mais em assuntos mais importantes, como mostrar quais as consequências com o fim do Fundap e o corte dos royalties. Estas matérias ficam restritas aos jornais estaduais e regionais, e olhe lá... Só aparecemos quando acontece alguma tragédia, quando as ruas da Grande Vitória alagam (como se isso não acontecesse toda hora no Rio de Janeiro e São Paulo) ou quando acontece algum escândalo e crime hediondo. Resumindo: se é desgraça, no Espírito Santo, ganha espaço na mídia. Coisas positivas, nem pensar... Outro dia, quando uma emissora foi falar sobre as finais dos campeonatos estaduais, num sábado, o apresentador afirmou que, no dia seguinte, seria conhecido o primeiro campeão estadual do ano – se não me engano na Paraíba. Só que naquele sábado, seria conhecido o campeão capixaba, que acabou sendo o Aracruz. Ou seja, o primeiro campeão estadual do ano foi o capixaba. E nos dias que se seguiram, mostraram o campeão de vários outros estados, até do Tocantins. Nada contra aquele estado, mas é bem mais novo do que o Espírito Santo, que nem foi lembrado. Ou seja, sem considerar que existe uma conspiração anti-capixaba, sem pensar que isso seja possível, é pelo menos estranho esse eterno esquecimento e falta de consideração, com o Estado que mais cresce no Brasil. E até acho que a Dilma não pensou no Espírito Santo, em particular, para fazer a afirmação que fez. Até porque essa não deveria ser a intenção da presidenta, que precisa pensar no Brasil como um todo, se preocupando apenas em ser a mais justa possível e em seguir a lei. Mas que os capixabas têm que aplaudi-la, isso tem. Então, ficam aqui também os meus aplausos, mas sempre com um pé atrás. Com todo respeito, presidenta.

Repórterer: Marcos Freire DiagramadorA: Suheley Garcia Suhett DEPARTAMENTO COMERCIAL: (28) 3521 7726 / 99761113 Colaboradores: Sérgio Oliveira, José Montoni, Juracy de Almeida - Tigrinho, Adilson Saloto e Vitor Moraes.

FOLHEANDO Divulgação

Luciano e Temer O Presidente da Juventude do PMDB capixaba, Luciano Salgado, está participando até esta sexta-feira (18), em Brasília, do Fórum Nacional do partido. Como também ocupa a Vice-Presidência Nacional da Juventude do PMDB, Luciano Salgado participa das atividades da sigla e se encontra com o vice-presidente Michel Temer para definir ações peemedebistas nas Eleições 2012, principalmente, para as candidaturas juvenis em todo Brasil. Luciano ainda vai buscar garantir, com o vice-presidente Michel Temer, a efetivação de uma parceria do Governo Federal com o município de Ibatiba, para cooperação técnica pedagógica e das ações do Centro de Referência da Juventude que será construído no município com recursos próprios.

Confusão no Príncipe E o bicho pegou em São João do Príncipe, em Iúna. Pelo menos foi o que se comentou nas ruas da cidade. Numa reunião realizada na comunidade, alguns dos presentes resolveram pressionar e cobrar o prefeito José Ramos. Diante disso, um companheiro político do prefeito, que mora na localidade, achou que deveria tomar as dores e a discussão quase chegou a agressão física, até com ameaças, segundo informações, de uso de uma arma de fogo. Resultado: foi preciso a presença da Polícia Militar para que ninguém fosse agredido. Ou seja, foi uma correria só... Que coisa!

Cautela ou receio? E também em Iúna, a população ainda não sabe dizer quem são os pré-candidatos a prefeito do município. São poucos os que afirmaram, com todas as letras, que pretendem disputar as eleições, como é o caso do presidente da Câmara, vereador Volmir Hote, e do presidente do PT, Alex Honrado. De resto, muita gente na moita, inclusive o ex-prefeito Rogério Cruz e o atual prefeito José Ramos, que alguns dizem não ser candidato à reeleição. Mas a regional do seu partido, o DEM, afirma o contrário e diz que pretende apostar na sua reeleição. Resta saber porque o pessoal está escondendo tanto o jogo. Será cautela ou receio?

Pegou mal Muita gente estranhou a ausência de autoridades de Iúna, principalmente do prefeito José Ramos, no Simpósio dos Cafeicultores da Região do Caparaó, realizado no município. E olha que o evento contou com a presença do deputado federal Paulo Piau, relator do projeto do Código Florestal, e do secretário de Estado da Agricultura, Ênio Bergoli, entre outros. Quem fez as honras da casa foi o presidente do Consórcio Caparaó, prefeito Lindon Jonhson, de Ibatiba, onde nesta sexta acontece a solenidade da abertura da safra do café arábica, em plena Festa do Tropeiro.

ENQUETE Enquete da Folha do Caparaó para o leitor responder no site do jornal (www.aquies.com.br): Você acha que os alunos da zona rural devem estudar em escolas dentro de suas comunidades ou ser transportados para escolas na zona urbana? - Estudarem em suas comunidades. - Serem transportados até a cidade.

Dpto. Jurídico: Cleber Vagner de Oliveira - Advocacia - Consultoria Dpto. Contábil: ACAD Contabilidade E-mails: comercialfolhadocaparao@gmail.com diretoriafolhadocaparao@gmail.com; publicidadefolhadocaparao@gmail.com redacaofolhadocaparao@gmail.com

Circulação: ES - Alegre, Apiacá, Bom Jesus do Norte, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, Irupi, Iúna, Jerônimo Monteiro, Muniz Freire e São José do Calçado.

Editora e Jornal Sul Capixaba Ltda - ME | CNPJ: 10.916.216.0001-55. Rua Resk Salim Carone, S/N º - Ed. Ibisa - Loja 03 - Bairro Gilberto Machado. Cachoeiro de Itapemirim-ES (Próximo à rodoviária) . Tel: (28) 3521 7726


SEXTA-FEIRA, 18/05/2012

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

CIDADES

03

ALEGRE

Cidade se prepara para a realização do Festival de Música

»» Autoridades do município discutiram as iniciativas a serem tomadas para que o Festival de Alegre aconteça sem problemas para moradores da cidade e visitantes Autoridades do município de Alegre têm se reunido com os organizadores do Festival de Alegre, para a tomada de algumas iniciativas que visam o bem estar e a segurança da população e dos visitantes que estarão no município durante o evento. Na semana passada, uma reunião realizada na sede do Ministério Público, coordenada pela promotora de Justiça Neuza Gonçalves Soares Mação, contou com a presença de representantes da Justiça, Polícia Militar, Polícia Civil, Prefeitura, Procon, Hospital, Fiscalização Tributária, Vigilância Sanitária, Conselho Tutelar e da empresa que promove o Festival. Esta reunião foi o primeiro passo para a definição de algumas iniciativas a serem observadas durante a realização do evento, como as ações contra aparelhagem de som com volume acima do permitido pela legislação. Outras reuniões ainda serão feitas, e todas as definições li-

gadas ao Festival serão divulgadas pela Prefeitura e pelos órgãos de imprensa. Durante a reunião também foram tratados de temas ligados à segurança do turista e da população alegrense. O comandante do CPO Sul (PM), coronel Anselmo Lima, e o comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel Hermando Pinto, garantiram que o efetivo será reforçado com pelo menos 100 policiais de outros batalhões, além de vários veículos. “Contando o período diurno e noturno, teremos nas ruas de Alegre cerca de 40 viaturas para a segurança da população”, destaca o tenente coronel Hermano. Mais detalhes sobre a segurança do Festival serão divulgados em uma entrevista coletiva no final do mês. A promotora Neuza Mação também destacou a importância do trabalho do Conselho Tutelar para coibir, principalmente, menores de idade consumindo bebida

alcoólica ou em situações suspeitas. O Conselho Tutelar trabalhará em regime de plantão, 24 horas por dia.

Divulgação

Saúde e água

Também presente à reunião, o secretário municipal de Saúde, Ulysses de Campos, destacou que já está tudo preparado no Pronto Socorro Municipal para o atendimento durante o Festival de Alegre. “A escala de profissionais já está pronta. Serão duas equipes nos plantões. Além disso, já adquirimos suprimentos e medicamentos para atender as possíveis emergências”, destaca. A prefeitura também irá definir o esquema de fechamento das ruas no centro da cidade para a realização do Rock da Tarde. “Vamos seguir o mesmo padrão de 2009, porque, salvo alguns problemas, o esquema deu certo”, destaca o secretário de Comunicação, Felipe Paraizo. E o secretário de Obras Henrique Pinel con-

Uma primeira reunião foi realizada na sede do Ministério Público firmou que a equipe de limpeza e recolhimento de lixo também estará reforçada e pronta para que a cidade fique limpa ao receber os turistas e atender a própria população local. Também presente, o secretário de Finanças, Wilson Fonseca, destacou a ação da Fiscalização Tributária no que diz respeito às barracas e comércio de um modo geral.

Quanto ao problema de falta de água, o diretor do Saae de Alegre, Paulo de Tarso, disse que o órgão está preparado, também baseado na experiência de 2009, quando foram poucos os problemas. “Nosso carro pipa fica à disposição para o caso desabastecimento. Vamos divulgar nos próximos dias os telefones de plantão e todas as dicas para não haver

problemas durante o festival”, destaca. Mas ele adianta que é bom evitar o uso exagerado da água em ações como, por exemplo, lavar carro. Além disso, aqueles que alugam suas casas devem alertar os inquilinos sobre o uso racional da água, principalmente, nos casos em que a caixa d’água possa não dar conta da demanda de utilização.

IBATIBA

Encontro de Produtores vai marcar início da safra de café Nesta sexta-feira (18), dentro da Festa do Tropeiro, a Secretaria Municipal de Agricultura de Ibatiba vai realizar o 10º Encontro dos Produtores de Café. O evento está marcado para começar a partir das 12 horas, no espaço coberto do Coração Sertanejo, e servirá, também, para o lançamento oficial do início da colheita do café arábica. O evento, que abre oficialmente a Festa do Tropeiro – 10 anos – contará, também, com palestras, cursos de capacitação profissional,

concurso municipal de qualidade do café arábica e sorteio de brindes. A organização do evento espera contar, para este ano, com a participação de aproximadamente mil produtores de Ibatiba e de toda a região. Dentro da programação, a primeira palestra será ministrada, a partir das 13 horas, pelo presidente do Centro do Comércio do Café de Vitória (CCCV), Luiz Antônio Polese, que falará sobre as “Tendências do Mercado Mundial de Café”. Logo em seguida,

o presidente do Incaper, Evair Vieira de Melo, vai ministrar palestra sobre as “Alternativas de Póscolheita para agregação de valor ao café arábica”, tendo como moderador Marcos Moulin Teixeira, do Incaper e do Centro Tecnológico do Café (Cetcaf ). Depois de um intervalo, a partir das 15h40, acontecerá o lançamento do Concurso Municipal de Qualidade do Café Arábica, feito pelo secretário municipal de Agricultura de Ibatiba, Willian de Abreu Miran-

da, e pelo chefe do escritório do Incaper local, José Clério Moratti Dalmoneck. E às 16h30, está marcado o lançamento do início da Colheita do Café Arábica. São esperadas várias autoridades durante o evento, como o governador Renato Casagrande e do prefeito de Ibatiba Lindon Jonhson. Também devem estar presentes o presidente do Cetcaf, Dário Martinelli e o presidente da Câmara Municipal de Ibatiba, Silvio Rodrigues de Oliveira.

Festa do Tropeiro Ibatiba via sediar entre os dias 18 e 20 de maio, no Espaço Coração Sertanejo, a Festa do Tropeiro – 10 anos, com muita música, moda de viola, rodeio e atrações nacionais, com destaque para o show do cantor Daniel. Confira a programação: 18/05 – Sexta-feira 12h – Encontro de Produtores de Café de Ibatiba / 20h – Rodeio Completo / 22h – SHOW COM DANIEL / 23h30 – Show com Michele Freire e Banda. 19/05 – Sábado 15h – Rock da Tarde – Banda AM5 / 20h – Rodeio / 21h30 – Desfile da Rainha do Rodeio / 23h – Banda GV Brasil / 0h – Markin e Vitão. 20/05 – Domingo 8h – Cavalgada Regional do Caparaó e Desfile de Tropas / 14h30 – Sorteio Beneficente da Paróquia Nossa Senhora do Rosário / 16h – Lauro e Braz / 17h – Juá Musical Show / 19h – Rodeio / 20h – Jean e Juliano / 23h – Adilson Teixeira.


04

ESPECIAL

SEXTA-FEIRA, 18/05/2012

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

IÚNA

Simpósio de Cafeicultores discute Código Florestal e renovação de lavouras

»» Produtores rurais da região participaram do Simpósio, realizado em Iúna, que contou com a presença do relator do Código Florestal e várias autoridades do setor marcosfolhadocaparao@gmail.com com informações da Assessoria da Seag

Na última sexta-feira (11), cerca de 400 produtores rurais participaram do Simpósio de Cafeicultores da Região do Caparaó, no Iúna Campestre Clube (ICC), em Iúna. No evento, promovido pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), em parceria com a Secretaria da Agricultura (Seag), a Prefeitura Municipal de Iúna e o Consórcio Caparaó, foram discutidos o novo Código Florestal e a renovação do Parque Cafeeiro. O evento contou com o apoio da Folha do Caparaó. O evento foi aberto pelo diretor presidente do Incaper, Evair Vieira de Melo, que reafirmou o compromisso do Instituto em prestar assistência qualificada aos produtores de base

familiar. “O Governo do Espírito Santo tem fortalecido os órgãos da agricultura, inclusive o Incaper, que renovou o quadro de servidores para melhor atender aos agricultores”, afirmou Evair. Ele também disse que, por meio das parcerias com associações, cooperativas e entidades municipais, a tendência é criar mais oportunidades para o crescimento dos produtores. Na programação do Simpósio, o pesquisador do Incaper, Aymbiré Francisco Fonseca palestrou sobre a renovação e revigoramento de lavouras de café arábica. “Desde 2008, estabelecemos metas específicas para a renovação do arábica na região e já as alcançamos na metade do tempo previsto”, afirmou. Ele também disse que a transferência de conhecimentos e tecnologias para uso direto do agricultor possibi-

litou o êxito do Programa Renovar Arábica. Também esteve presente o deputado federal Paulo Piau, relator do Código Florestal, que abordou a relação entre o novo Código e a cafeicultura brasileira de montanhas. “Uma área de encosta acima de 25° não poderá ser mais aberta para plantio de café, pois se tornará área de preservação ambiental. Também haverá maior fiscalização nos cafezais, em termos de cuidado com água e solo. Os agricultores que já cuidam bem da sua produção não precisam ter preocupação com as novas regras do Código”, afirmou o deputado.

Opiniões

Para o produtor rural Antonio Gomes, do município de Ibatiba, sua participação no Simpósio ocorreu devido ao interesse pelos temas abordados. “O que me motivou a participar do evento foi a pa-

marcos freire

MARCOS FREIRE

Onofre Rodrigues, na aberura, com Lindon Jonhson e Evair Melo lestra sobre o Código Florestal. É um assunto em voga e queremos trabalhar no caminho certo”, disse Antonio. Já o cafeicultor e presidente da Associação Comu-

nitária de São José de Irupi, Sebastião Dutra de Souza, afirmou que sua presença no evento se deve ao fato da atividade trazer mais informações sobre qualidade

do café. “Em nossa região, produzimos café arábica de qualidade, e eventos como esse, nos deixam mais animados a produzir”, afirmou Sebastião.

marcos freire

Autoridades falam sobre a importância do simpósio

Paulo Piau, Onofre Rodrigues e Ênio Bergoli, durante o Simpósio O prefeito de Ibatiba, Lin- Cafeicultores da Região do don Jonhson, que participou Caparaó, realizado em Iúna, da abertura do Simpósio de na sexta-feira passada, como

presidente do Consórcio Caparaó, falou sobre a importância do evento. Segun-

do ele, é sempre importante a presença de pessoas capacitadas para trazer informações para os produtores rurais, que visam a melhoria da qualidade do café. E o secretário de Agricultura do Estado, Ênio Bergoli, destacou a importância de eventos como o Simpósio, no momento em que a safra está sendo iniciada na região. “Por isso, é importante começarmos a difundir tecnologias no sentido de melhorar a qualidade, evitando colocar defeitos no café neste momento de colheita e preparo do produto”, disse. Segundo ele, como a região é formada por pequenos produtores, não nos interessa produzir café de baixa qualidade e, para isso, é preciso agregar valores ao produto, por que há diferença de preço. “E o importante não é só o preço, porque a produção de café de qualidade pode

representar a permanência dos produtores no mercado”, afirmou. Segundo Bergoli, hoje os mercados que mais crescem são exigentes em termos de qualidade. “Por isso, o nosso grande objetivo é repassar informações e dar continuidade aos projetos de renovação de nossa cafeicultura”, disse, se referindo ao projeto do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Estado da Agricultura e outras 40 organizações de lançar uma campanha de melhoria da qualidade do café, o que acontece nesta sexta-feira (18), em Ibatiba. Incaper O chefe do Incaper de Iúna, Onofre Rodrigues, coordenador do evento, destacou que este talvez tenha sido o melhor simpósio já realizado na região, diante da qualidade dos pales-

trantes presentes. Segundo ele, o evento envolveu toda a cadeia produtiva do café, incluindo as cooperativas, que ajudaram na viabilização. “Quem não veio, perdeu”, afirmou. “E acho que vai ser muito útil para o momento que estamos vivendo”, completou. Já o presidente do Incaper, Evair Vieira de Melo, a região do Caparaó é um símbolo para a cafeicultura brasileira, devido à sua história e tradição econômica, que inclui o café caturra, uma variedade que foi cruzada com outras e deu origem aos cafés que são plantados em todo o Brasil. E também disse que o objetivo era anunciar o reforço a todos os escritórios do Incaper, que vão receber novos profissionais. “A intenção é reforçar nosso compromisso com a cafeicultura”, afirmou.


SEXTA-FEIRA, 04/05/2012

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

ESPECIAL

05

IÚNA

Relator fala sobre pontos principais do Código Florestal O relator do novo Código Florestal, deputado federal Paulo Piau, esteve em Iúna, participando do Simpósio de Cafeicultores da Região do Caparaó, realizado na sexta-feira passada (11), no ICC. Ele esteve no evento, falando ao produtores presentes sobre as consequências do novo código para a cafeicultura de montanhas, assunto que chamou muita a atenção dos presentes. Segundo Paulo Piau, o texto que está nas mãos da Presidenta Dilma Roussef, para ser sancionado ou não, não é uma obra acabada e ainda traz imperfeições, porque as diferenças entre ambientalistas e ruralistas fez com que o processo não fosse aprofundado científica e tecnicamente. “Mas é um texto extremamente melhor do que o existente hoje, que não é aplicável, e melhor do que o que veio do Senado, porque foi aperfeiçoado tecnicamen-

te”, disse. Segundo ele, é um texto altamente sancionável. De acordo com o deputado, nunca houve um consenso entre ambientalistas e ruralistas, porque a posição dos que chamou de “protecionistas radicais” era de não alterar em nada o Código Florestal. “Não alterar em nada é querer a cizânia no Brasil inteiro, porque as questões das beiras de rios, das APPs, de morros são pontos de conflito”, disse. “Falou de produção, os ambientalistas estão contra”, afirmou.

Pacto

Quanto às diferenças entre os vários estados brasileiros, Paulo Piau disse que o novo Código Florestal não prevê isso. Segundo ele, a Constituição Federal define que cabe ao Governo Federal traçar normas gerais, e cabe aos estados e municí-

pios, dentro do Pacto Federativo, traçar as normas específicas. “Lutamos para que isso acontecesse, mas infelizmente, mais uma vez, houve uma resistência extrema dos protecionistas radicais que querem, na verdade, conduzir o processo do Ministério do Meio Ambiente que está praticamente dominado pelas ONGs – algumas que fazem um bom trabalho e outras que trabalham contra nós”, destacou. Segundo ele, este pacto é extremamente importante, para ajudar a arrumar o passivo ambiental e que o 60% de território brasileiro que ainda está por abrir possa ser bem utilizado. “É uma questão de bom senso, de tecnologia, de ciência, e muito menos de ideologias, ou quem sabe até de dogma, quando muitos colocam o meio ambiente como uma religião”, enfatizou.

Marcos Freire

Deputado Paulo Piau disse que Código Florestal é uma obra não acabada.


06

GERAL

sexta-FEIRA, 18/05/2012

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

IÚNA

STR promove seminário sobre Crédito Fundiário

»» O Sindicato dos Trabalhadores Rurais realizou seminário com os beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário

Remilson Ferreira, o gerente do Banco do Brasil, Cleber Rodrigues de Oliveira, o técnico do Incaper de Iúna, Claudio Deps, o oficial de Registro de Títulos e Documentos da Comarca de Iúna, Jose Carlos Muniz Machado, diretores do STR de Ibitirama, Muniz Freire, Iuna e Irupi. A presidente do STR de Iúna, Elisete Almeida de Abreu, destacou a presença dos vários representantes, de todo os níveis de governo – municipal, estadual e federal, para buscar soluções para os problemas enfrentados pelos agricultores familiares no programa. Ela acrescentou que o PNCF foi uma importante conquista do movimento sindical de trabalhadores rurais em todo o

Brasil. “E Iúna é o 6º município em repasses do Crédito Fundiário no Estado do Espírito Santo”, contou.

Divulgação

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Iúna e Irupi realizou seminário, na quintafeira passada (10), com os beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF), para esclarecimentos e orientações. A reunião foi realizada no salão de eventos do Sindicato, reunindo centenas de pessoas. Estiveram presentes várias autoridades, dentre elas o gerente da Agricultura Familiar e Reestruturação Fundiária do Estado do Espírito Santo, Clésio Antonio Brandão, o coordenador da Unidade Técnica Estadual (UTE), Daniel Pombo de Abreu, o consultor do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) no Espírito Santo e Rio de Janeiro,

Atuação

As autoridades presentes parabenizaram a atuação do STR no programa, em Iúna e Irupi, e o seu comprometimento com o agricultor familiar, pois não foram medidos esforços para o bom funcionamento da iniciativa. Atualmente, em Iúna, são 113 famílias incluídas e com processo de inclusão no programa, e em Irupi, são 29, totalizando 142 famílias. No seminário, foram esclarecidas diversas dúvidas, dentre elas, a liberação de SIC e SIB, desistência de beneficiários, regularização de documentação, assistência técnica, prestação

O seminário foi realizado no salão de eventos do Sindicato dos Trabalhadores Rurais

de contas, liberação de DAP e outros. Os beneficiários avaliaram como positivo o encontro. Também estiveram presentes ao evento, os diretores do STR João Francisco, Isaudino,

Edir e Cleiton, a engenheira agrônoma Cristiane Teixeira e sua equipe da Consultoria Projetar, o assessor jurídico do STR, Alekssandro Honrado, o advogado do STR, Edson Siquei-

ra Junior, o engenheiro agrônomo Fabio Vieira Araújo, da empresa Síntese Consultoria, e seu sócio Bruno Carvalho e a articuladora do Território do Caparaó, Débora Lopes.

SÃO JOSÉ DO CALÇADO

Hospital São José realiza cirurgias ortopédicas inéditas pelo SUS Os pacientes da região do Caparaó e sul do Estado que precisam de cirurgia eletiva ortopédica de artroplastia e artroscopia não precisam mais viajar para a Grande Vitória para realizar os procedimentos. A partir deste ano, o Hospital de São José do Calçado passou a realizar cirurgias de artroplastia de quadril e joelho e de artroscopia de joelho. As cirurgias de artroplastia de quadril e joelho começaram a ser feitas em março e, desde então, 26 procedimentos já foram realizados. De acordo com o médico ortopedista Edivaldo José de Oliveira Var-

gas, as cirurgias são recomendadas para pacientes com artrose severa, que tenham dificuldades de andar e realizar atividades rotineiras, inclusive os que já tentaram outros tratamentos, como fisioterapia e medicamentos, porém sem bons resultados. A artrose é uma doença degenerativa da articulação, que leva à destruição da cartilagem articular. Na cirurgia de artroplastia, a articulação é retirada e substituída por uma prótese. Após o procedimento, o paciente, idoso em sua maioria, fica internado por cerca de três dias e, depois da alta, retorna

para acompanhamento ambulatorial. Já as cirurgias de artroscopia, iniciadas em janeiro, beneficiaram uma média de 50 pacientes com lesões nos ligamentos do joelho ou de menisco. “Essas lesões são comuns em atletas ou pessoas que sofreram acidentes”, explica o médico ortopedista Pablo Guimarães de Oliveira. O procedimento é complexo, mas minimamente invasivo e, por meio dele, a lesão existente dentro da articulação é reparada com pequenas incisões. Em ambos os procedimentos, é necessário que o paciente procure, pri-

meiramente, a unidade de saúde do município que, por meio da Agência Municipal de Agendamento (AMA), encaminhará o pedido à Superintendência Regional de Saúde de Cachoeiro de Itapemirim. No hospital, ele deverá passar por avaliação médica ambulatorial para verificar a necessidade da cirurgia e prosseguir com o agendamento.

Perfil

O Hospital São José é referência para a região Sul do Estado e realiza atendimentos de urgência e emergência, cirurgias ortopédicas de alta complexidade e cirurgias

gerais de média complexidade (hérnia, vesícula biliar, cistos, vasculares, dentre outras). A unidade conta com 79 leitos, sendo sete leitos de UTI, seis de observação, 12 de clínica médica feminina, 18 de clínica médica masculina, um de isolamento, 12 de pediatria, 14 de clínica cirúrgica, cinco de obstetrícia e quatro para emergência. Atualmente, o hospital realiza, em média, 7.500 procedimentos ambulatoriais, 109 cirurgias e 220 internações por mês, apresentando um aumento de atendimentos no setor de interna-

ções, principalmente na clínica cirúrgica, que registrou crescimento de 34% dos atendimentos em relação aos meses de 2011. Na maternidade do hospital, são realizados mensalmente aproximadamente 25 partos, entre normais e cesáreas. A partir deste ano, todos os bebês que nascem na unidade são submetidos ao teste de acuidade visual, popularmente conhecido como “teste do olhinho”. Com este exame, feito na primeira semana de vida do bebê, é possível identificar doenças que possam ser tratadas e evitar a cegueira.


SEXTA-FEIRA, 18/05/2012

www.AQUIES.com.br

REGIÃO DO CAPARAÓ

POLÍTICA

07

Vereadores debatem sobre atendimento da saúde MUNIZ FREIRE

»» Na sessão da Câmara de quarta-feira, os vereadores debateram sobre o atendimento do setor de saúde, diante da denúncia de mal atendimento de alguns servidores MARCOS FREIRE

MARCOS FREIRE

marcosfolhadocaparao@gmail.com

Na sessão de quartafeira (16) da Câmara Municipal de Muniz Freire, os vereadores debateram sobre a situação do atendimento do setor de saúde do município. O debate aconteceu no final da sessão, depois do vereador Gilberto Barbosa de Souza – Betinho (PDT), contar que uma

Os vereadores de Muniz Freire debateram sobre o atendimento em saúde no município

pessoa reclamou do atendimento de alguns servidores da área que não estariam tratando bem, principalmente, as pessoas humiildes. Segundo o vereador, existem servidores que precisam rever seus conceitos e se colocarem no lugar das pessoas mais humildes. O vereador colocou que os cidadãos chegam para ser atendidos e esperam um bom trata-

mento, o que nem sempre acontece, segundo ele. O vereador Gesi Antônio da Silva – Gesão (PSB) – concordou com Betinho, ao dizer que é obrigação do vereador alertar sobre situações como essa, para dar uma resposta à sociedade, e que realmente existem reclamações. No entanto, disse que há pessoas que elogiam a atuação de vários profissionais da

saúde que trabalham em Muniz Freire.

Exemplo

Já o vereador Ailton José Vial (PP) disse não entender essas reclamações, se ele vê pessoas de outros municípios procurarem o atendimento médico em Muniz Freire. “Pode existir um ou outro servidor que atenda mal, mas muito tem sido feito na saúde, o que vem sendo exemplo para outros muni-

cípios”, disse. Segundo ele, quando se recebe uma denúncia, é preciso averiguar, porque existe muita gente elogiando o atendimento na saúde. “Pacientes falam que atendimento é muito bom”, afirmou. E o vereador Zenilton Lopes (PMDB) destacou que, se uma pessoa é mal tratada por um servidor, tem todo o direito de denunciar, para que sejam tomadas providências. “Mas

não se pode criticar toda a administração por causa de uma pessoa”, disse. Ele acrescentou que a saúde em Muniz Freire pode não estar 100%, mas afirmar que é a pior da região é um exagero. “A saúde do município está aprovada e temos até atendimento odontológico, além de várias especialidades, e vamos ter, em breve, oftalmologista, com possibilidade até para pequenas cirurgias”, revelou.

ESTADO

Falta de Defesa Civil nos municípios preocupa Glauber Coelho Marcos Freire

Glauber Coelho acha que municípios estão despreparados para enfrentar emergências

Na sessão realizada na segunda-feira (14), na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Glauber Coelho (PR) destacou a falta de coordenadorias de Defesa Civil nos municípios capixabas, principalmente, em momentos críticos em decorrência das últimas chuvas no Estado. Glauber lembrou a realização, no ano passado, de audiência pública para debater o problema, bem como a indicação que fez ao

Governo do Estado e o Projeto de Lei que obriga os municípios a manterem uma estrutura mínima para a Defesa Civil. “Maisde 80% dos municípios capixabas não têm Defesa Civil, um dado preocupante, devido as variações climáticas a que estamos sujeitos e as quais não temos qualquer domínio. Os municípios não estão preparados para enfrentarem situações de emergência”, declarou.


08

>> SEXTA-FEIRA, 18/05/2012 REGIÃO DO CAPARAÓ

Região do Caparaó www.AQUIES.com.br

(28) 9981-7647

Você que é da Região do Caparaó, apareça na Coluna VIP. Envie sua foto com legenda para o e-mail: vitor_searom@hotmail.com. VEM GENTE! cliqUEcertoae.com.br

No último finde, aconteceu no GTC, em Guaçuí, a 4ª Festa do Cafona, que reuniu muita gente bacana e bonita. Todos dançaram até o dia amanhecer ao som da Banda Badalados cliquEcertoae.com.br Arquivo Pessoal

Curtindo a Festa do Cafona, da direta para a esquerda: Luh Costa, Robinho, Vitor, Lariane, Viviane e Ralph Arquivo Pessoal

Família Moreira, reunida no almoço no Dia das Mães, na Tecnotruta, em Ibitirama: Ângelo, Fatinha, José Flávio, Vaninho e Evandro

O casal José Flávio e Gláucia Flávia, na festa de aniversário do Jornal AQUIES, em Cachoeiro do Itapemirim

Cerimônia do Dia das Mães, realizado no Capítulo Guaçuí da Ordem DeMolay. Parabéns ao Mestre Conselheiro Walace de Paula e demais DeMolays.


Edição 852