Page 1

www.aquies.com.br

»» @folhadocaparao

»» facebook.com/grupofolhadocaparao

APENAS

R$

0,50

AEROPORTO DE VENDA NOVA JÁ TEM PROJETO ECONOMIA | Pág 06

ILUSTRAÇÃO

MELHOR ATÉ NO PREÇO

DOMINGO, 29/07/2012 | DIÁRIO | ANO 2 | N° 389 |

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

pesquisa SOBRE ELEIÇÕES DE CACHOEIRO

SERÁ PUBLICADA NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA »» OS NÚMEROS VÃO MOSTRAR COMO ESTÁ A DISPUTA ENTRE GLAUBER COELHO E CARLOS CASTEGLIONE POLÍTICA | Pág 12

governo casagrande já

FOTOMONTAGEM

cidades | Págs 04 e 05

POLÍTICA | Pág 11

bem na foto

»» carlos casteglione, candidato do pt a prefeito de cachoeiro, participa amanhã, em são paulo, de sessão de fotografias ao lado do ex-presidente lula. o material será usado na campanha eleitoral

opinião |ALEXANDRE GARCIA| Pág 02

“Quando se aprende uma língua para sobreviver no país que se visita, as palavras mágicas a serem traduzidas são por favor, obrigado, desculpe, com licença”.

opinião |SERGIO GARSCHAGEN| Pág 02

“O primeiro fusca a gente não esquece. O primeiro em que andei pertencia ao mestre Wilson Resende”.

arquivo

Em menos de dois anos da gestão de Renato Casagrande (PSB), o município, terra natal do governador, foi beneficiado com inúmeros convênios para entidades e hospital, além de anúncios de pavimentação de rodovias

DIVULGAÇÃO

GRUPO FOLHA DO CAPARAÓ

investiu quase r$ 100 milhões em castelo


02 OPINIÃO

»» DOMINGO, 29/07/2012

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

alexandre garcia

CONEXÃO BRASÍLIA »» Sergio Garschagen - sergio.betim@gmail.com

O melhor carro do mundo O primeiro fusca a gente não esquece. O primeiro em que andei pertencia ao mestre Wilson Resende, que me deu uma carona da casa dele até o Cine Broadway. Menino ainda, senti-me muito importante com a atenção do professor e estranhei aquele carro tão pequeno e, pelo menos no banco da frente, espaçoso. Algum tempo depois o meu pai comprou um fusca 66 que ganhou status de folclórico. Reza a lenda que Carlos Garschagen mandou instalar um rádio ( naquela época os carros vinham de fábrica sem um reles radinho ) na loja do Aloísio Gonçalves, lá no Guandu. O encarregado de furar a lataria para colocar a antena foi o sobrinho do dono, Ronaldo Gonçalves, à época um guapo aprendiz de eletrônica embarcada. O furo na lataria tinha um macete: era necessário marcar o local exato e, com um martelinho especial, com uma bolota no lugar da “unha” de tirar pregos, dar uma leve pancada na lata, amassando-a cirurgicamente, para que a broca não deslizasse. Desconhecedor do macete, Ronaldo marcou o local do furo, ligou a furadeira e, desesperado, viu-a dançar loucamente em suas mãos, fazendo um caminho de rato do para-brisa até quase o para-choque. “Seu” Carlos, apesar de zangado, relevou o prejuízo, mas para azar dele dias depois, em um boteco, Marreco atirou uma garrafa de cerveja para o alto com uma pontaria tão certeira que o casco foi cair exatamente sobre o teto do mesmo fusca 66, estacionado. Dizem que a única frase do pobre rapaz foi: “Não é possível. Outra vez?”. E vazou célere. Afinal, ninguém iria acreditar mesmo que a garrafada não fora uma vingança pela bronca que ele levara após o malfadado furo seguido de arabescos no carro. Rimos muitos anos seguidos contando esse e outros episódios envolvendo fuscas, o carro que

DIRETOR GERAL: Elias Carvalho EDITOR CHEFE: Ilauro Oliveira EDITOR DE CRIAÇÃO E ARTE: Luan Ola GERENTE COMERCIAL: Marcela Paganotti Repórteres: Alissandra Mendes, Filipe Rodrigues, Leandro Moreira e Marcos Freire e Olívia Maria DiagramadorES: Carlos Guilherme Gomes e Marcelo Lopes Mothé

Perdoem-me, ainda estou sob o impacto da volta ao Brasil depois das férias. Acontece, em geral, duas vezes por ano mas ainda não me acostumei. Isso não acostuma nunca. Sábado eu caminhava no calçadão de Copacabana e via pedestres correndo e caminhando na ciclovia. Não havia visto nada parecido nas últimas três semanas, na Europa. Ciclovia não é para bicicleta? Em seguida, vi uma senhora usar a faixa de pedestre com o sinal vermelho para ela. Trazia um cachorro na guia. Vinha ensinando o cãozinho a se portar como um selvagem. A cinco metros da faixa, outra senhora atravessava a avenida Atlântica. No elevador do hotel, um senhor entrou sem tirar o bonezinho. Ao descer para o almoço, a senhora a meu lado apertou nos dois botões de chamada – de certo não sabia se iria descer ou subir. O elevador já tem mais de um século de uso e ainda não aprendemos a usá-lo. O telefone já era usado por Pedro II, mas quando chamamos, em vez de nos identificarmos, perguntamos quem atendeu. Na calçada, o senhor falava aos berros ao celular e caminhava na contramão, prejudicando os outros. Temos a mania de nos agruparmos no caminho dos outros, de fazer fila em passagem de gente, de bater-papo nas portas. E a conversa tête-a-tête tem um volume como se os interlocutores estivessem a 100 metros um do outro. Embarco com pressa no Santos

marcou a nossa geração. O primeiro que comprei com recursos próprios foi no início dos anos 70. Era um modelo 1968, marrom, que o próprio Delvo Perim elogiou a qualidade, lá na antiga Itacar. Comprei-o sem reparar que a placa era de São João de Meriti, o que mereceu meses de gozadeiras de Marreco e Gilson, que sempre se negavam a entrar no carro enquanto eu não mudasse a placa para Cachoeiro. Diziam, irônicos, que com aquela cidade estampada na placa não arranjaríamos namoradas e poderíamos ser confundidos com malfeitores da baixada fluminense. Ao contrário do que eles diziam, a placa me salvou duas vezes: de uma blitz no Rio de Janeiro e de desastre em um pontilhão em Vila Velha. Parado em local proibido ao lado do extinto prédio do Banco do Estado da Guanabara – já era difícil achar estacionamento naquela época – um dos guardas me chamou à parte e me mandou sair dali de mansinho: “Também sou lá de São João de Meriti”, informou cúmplice. Anos depois, em Vila Velha, Silvio Casotti dirigindo-o, entrou em um pontilhão na estrada para a Barra do Jucu no exato momento em que outro veiculo já cruzava a mesma ponte. Lembro-me que apenas fechei os olhos para não ver a queda no rio. Dizem as testemunhas da época que o fusquinha cruzou a ponte com duas rodas no madeirame e duas no ar, o que acredito. Afinal, estou aqui a contar o episódio. O meu terceiro fusca, azulzinho, foi adquirido em Brasília, seminovo. Era da irmã de Marreco, Marília Gonçalves, em mudança do cerrado para o Rio de Janeiro. Víajamos diversas vezes de Brasília a Marataizes de férias, sem qualquer enguiço, até fazermos a besteira de trocá-lo. Ainda o reconheço nas ruas da capital e sou tomado por profunda nostalgia que só outro fusca poderá curar.

FALE COM A REDAÇÃO: (28) 3521 7726 redacaofolhadocaparao@gmail.com EXPEDIENTE

URBANIDADE DISTANTE Dumont, mas na escada rolante as pessoas não sabem que têm que ficar à direita para dar passagem para os atrasados. Á mesa, não sabem como se servir de pão, ou como segurar os talheres e se debruçam de cotovelos - um espetáculo selvagem. Em três semanas de Europa, não encontrei sequer um banheiro de uso público - nos hotéis, restaurantes, metrô, ruas, estações ferroviárias ou aeroportos - que não estivesse impecavelmente limpo e cheiroso. Pois na volta para o Brasil, num avião cheio de brasileiros, os banheiros ficaram imundos. A propósito, no domingo, chegando do Rio, o banheiro dos homens no aeroporto de Brasília estava lotado e notei que fui o único a lavar as mãos antes de fazer xixi. Ora, se as mãos são a parte mais suja e contaminada do corpo, é essencial que preservemos um dos órgãos mais importantes do corpo masculino. Na Veja desta semana li que 27% dos brasileiros são analfabetos funcionais e que apenas 26% são alfabetizados plenos. Isso seria consequência de um sistema medíocre de educação. Mas penso que não é a causa direta da falta de educação, de modos civilizados. Quando se aprende uma língua para sobreviver no país que se visita, as palavras mágicas a serem traduzidas são por favor, obrigado, desculpe, com licença. Com esse básico a pessoa se sai bem em quase tudo. São palavras pouco usadas no país tupiniquim. E isso não se aprende na escola, mas em casa.

ANUNCIE / ASSINE: (28) 3521 7726 / 3036 2960 comercialfolhadocaparao@gmail.com

DEPARTAMENTO COMERCIAL: Diego Gomes (28) 3521 7726 comercialfolhadocaparao@gmail.com ASSINATURAS: Jane Cruz (28) 3036 2960 / 3521 7726 assinaturafolhadocaparao@gmail.com

E-mails: comercialfolhadocaparao@gmail.com diretoriafolhadocaparao@gmail.com; publicidadefolhadocaparao@gmail.com; redacaofolhadocaparao@gmail.com; assinaturafolhadocaparao@gmail.com

Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, São José do Calçado, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante.

Colaboradores: Sérgio Oliveira, Sérgio Garschagen, Sérgio Neves, Wagner Medeiros Junior, Ruy Guedes, Luciana Fernandes, Ricardo Lemos, Lucas Oliveira, Jussan Silva e Silva, Ramon Barros, Marcelo Soncino, Ewerton M. Tréggia, Alexandre Garcia

Circulação: ES - Afonso Cláudio, Alegre, Alfredo Chaves, Anchieta, Apiacá, Atílio Vivacqua, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itapemirim, Iúna, Jerônimo Monteiro, Marataízes, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Piúma,

Editora e Jornal Sul Capixaba Ltda - ME | CNPJ: 10.916.216.0001-55. AV. GOVERNADOR CRISTIANO DIAS LOPES FILHO, 75, bairro GILBERTO MACHADO, CEP 29.303-320, Cachoeiro de Itapemirim-ES. Anexo a GrafBand.

Tel: (28) 3521 7726

As matérias assinadas publicadas neste jornal, necessariamente não traduzem a opinião do próprio jornal. A veracidade das informações publicitárias veiculadas é de responsabilidade de quem as patrocina (anunciante). A legislação não impõe ao órgão que veicula o anúncio (jornal) a obrigatoriedade de verificação e comprovação da fidedignidade e correção destes anúncios. Fonte: STJ (Superior Tribunal de Justiça).


domingo, 29/07/2012

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

OPINIÃO

03

ILAURO oliveira ilauro01@gmail.com

Meu rio chamado saudade

(Ao amigo Toninho Bitencourt)

Ando muito cansado do peso da minha cabeça. Tenho pensado todo dia em parar e dizer não (como sugere Chico Buarque), mas, acomodado, me calo com a boca cheia de feijão, contemplando o cotidiano insolúvel e que não merece de mim tanto esforço. Romper com o previsível trajeto do rio morto que nos traga e, como um Deus, manejar o curso das águas, do vento e do destino é um alto preço. E, como disse, nem sempre a vida merece de nós esse esforço. Afinal, não sairemos vivos dela. Então, melhor deixar como está. Por isso tenho saudade de um outro tempo. De onde jamais deveria ter saído, que é lá do meu velho sertão cheio de rolinhas, frutas e pés de napiê, olho o mundo. Oropa, França e Bahia não cabem o meu sertão porque nele está toda minha felicidade sem volta. Cumprir o destino dos homens não é fácil. Pior se fosse o das mulheres. As lavadeiras da minha infância, na beira do rio, batiam a roupa na pedra pela desgraça de não poder bater os próprios maridos. Lavavam suas roupas, mas queriam mesmo limpar-lhes a alma. Nem elas e nem as águas do rio podem. Tenho saudade das caçadas de preás. Das pescarias de rede. Dos camarões do

rio Muqui. De suas areias cor de ouro que lhe inundam o fundo do leito. Meu pai construiu nossa casa com as areias do rio Muqui, talvez daí goste tanto dele. Suas areias dormiam comigo nas paredes. Moravam dentro de mim e eu dentro delas. As areias da minha vida são do rio Muqui. Nelas edifiquei meu mundo e construí castelos imaginários para onde levei as professoras da minha infância. Dia desses tive lá. Olhando ele. Continua correndo parado sem saber pra qual destino. Parece que corre mais rápido querendo chegar logo. Tem medo do homem. Medo de um dia não chegar. Águas amarelas e que, ao contrário das águas do rio Itapemirim, nunca ficam verdes. Queria vê-las verdes um dia. Quem sabe? É tanto produto químico, né! De qualquer forma é bom correr mesmo, que o homem vem aí... Quando estava vazio, sentávamos bem no meio dele. E ficávamos ali, quietos, sobre suas areias, com a água passando bem devagar sobre nós. Eu e os outros ainda não éramos neuróticos. E quando não se é importunado pelos problemas do mundo pode-se perder horas, quieto, dentro de um rio e olhá-lo descer. Sem pensar em mais nada. Vez em quando vi-

nha uma cobra escorrendo suavemente por cima das águas. Passava em silêncio perto de nós. Harmonia total. Nas épocas de cheia é que era bom. Sabe como a gente atravessava? Segurava no rabo das vacas e ia deslizando por sobre as águas. Êta coisa boa. Nunca mais atravessei um rio pendurado no rabo de uma vaca. Ele ainda esta lá. As vacas também. Mas eu não mais. Fiz um caminho inverso subindo suas águas e fazendo o trajeto infeliz dos homens grandes sugados pelo rio seco da desesperança. Não dá pra voltar. A não ser que se rompa com a mão do tempo o elo com o futuro e eu regresse ao passado dependurado no rabo de uma saudade. Difícil regresso. Quanto mais longe da terra, tanto mais longe de Deus. Por isso, amigo, se ainda puder, amarre o seu arado numa estrela e atravesse o rio da saudade no rabo de uma vaca. E você verá o que é felicidade. ************************************** “Montado no meu cavalo / Libertava Prometeu / Toureava o minotauro / Era amigo de Teseu / Viajava o mundo inteiro / Nas estampas eucalol / A sombra de um abacateiro / Ícaro fugia do sol” – Estampas do Eucalol – Xangai


04

CIDADES

DOMINGO, 29/07/2012

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

CASTELO

Santo de casa faz milagres

»» Em quase dois anos do governo de Renato Casagrande, foram investidos algo em torno de R$ 100 milhões em Castelo

leandro moreira

LEANDRO MOREIRA

leandromoreira23@gmail.com

Em épocas de eleições gerais, é de costume surgir as campanhas tentando persuadir os eleitores de determinada região a votarem em candidatos conterrâneos. A ideia nasce do pressuposto de que os políticos ‘da terra’, quando eleitos, não irão despejar os investimentos públicos para outras cidades em detrimento da sua região natal. Analisando os últimos dois governadores, percebese que tal campanha faz sentido. O ex-governador Paulo Hartung (PMDB), natural de Guaçuí, destinou milhões para o seu município de origem e ainda implantou a interiorização dos investimentos. Após quase dois anos de gestão, o atual governador Renato Casagrande (PSB), nascido em Castelo, não faz diferente. O volume de obras na região sul é, de certa forma, eminente. De grande proporção também são as ações para o município castelense.

Com intervenções em infraestrutura, saneamento, aquisição de maquinário e convênios com hospital e demais entidades, o governo do Estado investiu algo em torno de R$ 100 milhões somente em Castelo. A edição de hoje traz um apanhado de todos os benefícios que a administração estadual dedicou à cidade citada e o seu impacto na rotina dos cidadãos, nestes quase dois anos da gestão de Casagrande. Confiram:

Recursos irão proporcionar maior produção e aumento na renda

Em fevereiro deste ano, o governo do Estado firmou convênio com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Castelo, chamada de ‘Reciclando Vidas’, no valor de R$ 100 mil. Com o recurso, serão adquiridos maquinários que irão pôr fim a um gargalo existente na produção. Com 20 catadores associados, sendo mais de 100 famílias beneficiadas,

o Reciclando Vidas coleta no município 80 toneladas por mês de materiais recicláveis. Deste total, aproximadamente 40 toneladas são vendidas mensalmente. De acordo com o coordenador da associação Marcelo Cruz Santos, a comercialização poderia ser maior, mas para isso é necessário investimento na mecanização. Ele explicou que a quantidade de materiais coletados é grande, porém o gargalo é no processo de triagem (seleção), ainda realizado de forma manual. “Temos um elevador de carga, no entanto, os trabalhadores precisam manusear para ajeitar no equipamento um fardo que pesa cerca de 300 quilos. Uma empilhadeira e uma prensa hidráulica, por exemplo, dispensariam este trabalho manual e garantiriam maior vazão”, disse Marcelo. A diretora Tânea Fejoli contou que com a verba destinada pelo Estado serão adquiridos uma empilhadeira, uma esteira e

uma prensa hidráulica. “A compra está em processo de licitação e a expectativa é que em dois meses já estejamos operando com este maquinário”, acredita.

Salário

Os associados recebem atualmente, em média, R$ 430,00 na divisão da venda dos materiais prensados. Conforme Marcelo Cruz, a meta para o próximo ano é de que todos ganhem um salário mínimo. A associação garante aos catadores alimentação diária, uniforme e equipamentos de segurança. Para ampliar a renda dos trabalhadores, o Reciclando Vidas procura alternativas, que também contribuem para o meio ambiente. Uma delas fecha a cadeia do reaproveitamento do polietileno. Com este tipo de plástico são produzidos canos agroecológicos utilizados para irrigação. “Temos mais de mil metros produzidos e os produtores rurais da região adquirem”.

Convênios garantem manutenção e equipamentos para a Santa Casa A Santa Casa Castelense, com apenas um ano de atividade após a Santa Casa Cachoeiro assumir a gerência, recebeu incentivo financeiro considerável do governo do Estado para atender a demanda do município. Dois convênios foram firmados: um no valor de R$ 300 mil, com o prazo de um ano, totalizando R$ 3,6 milhões; outro de R$ 896.793,00. O primeiro tem a finalidade de contribuir com a manutenção do hospital. “É um convênio de cooperação. Com esta verba, é feita a manutenção do pronto socorro, urgência e emergência; do setor

de cirurgias e exames de diagnósticos. O prazo do contrato está para vencer, mas já estamos negociando a sua renovação”, antecipou a administradora do hospital Eliane Tannuri. Os recursos referentes a este convênio são destinados à prefeitura de Castelo, que, por meio do Fundo Municipal de Saúde, repassa para a Santa Casa.

“O segundo convênio é para a aquisição de equipamentos para o centro cirúrgico e pronto socorro, são móveis hospitalares e outros itens”, disse Eliane. Segundo ela, a compra está em processo de cotação de preços. “Esse convênio de cooperação, por exemplo, propiciou ao hospital este salto de melhoria. Com o apoio do governo do Estado, conseguimos comprar materiais, medicamentos, promover reformas estruturais e informatizar o hospital. Estamos com todas as nossas contas em dia. Sem dúvida, este primeiro ano da Santa Casa é muito positivo”, comemoraram Eliane e o gestor técnico Jaurio Campanha Filho.


DOMINGO, 29/07/2012

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

CIDADES

05

castelo

Produtores rurais aguardam pavimentação de rodovia Cada metro da rodovia ES-379, que liga Castelo a Muniz Freire, representa uma ameaça a quem trafega por esta via. A estrada é toda irregular, sem sinalização, com trechos onde só passa um veículo, pontes de madeira, animais invadindo a pista; enfim, 36 quilômetros de peripécias. Mesmo com todos os perigos que a rodovia oferece, a movimentação é grande. Por ela circulam ônibus escolares e de linha interurbana e intermunicipal, veículos de passeio, motocicletas, caminhões e caminhonetes que fazem o escoamento de café, leite e rochas ornamentais. A reportagem percorreu parte da rodovia e encontrou dois trabalhadores rurais. Eles transportavam sacas de café e contaram as dificuldades que a via oferece. “Da cidade (sede de Castelo) até aqui, poderíamos fazer uns 10 minutos. Mas com a estrada nestas

condições, gastamos quase meia hora para transportar o café”, contou o agricultor Joanin Peissini Rigoni, que trabalha há 18 anos na localidade de Ponte São João.

Veja outros investimentos do Estado em Castelo - Convênio com a prefeitura, valor de R$ 500 mil para aquisição de nove kombis para Secretaria de Educação - transporte escolar;

Chuva

“Se chover, ninguém passa. O pessoal daqui tem que sair andando com latão para pegar o leite, porque o carro não vem até aqui. As crianças têm que ficar em casa, sem ir à escola; e os professores recebem sem poder trabalhar. E ficamos sem dar saída à nossa produção”, contou Joanin. Depois do período de chuva, a estrada ainda fica intransitável e começa outra batalha: “temos que aguardar a patrol vir para ajeitar a pista”. O agricultor lembrou que a rodovia era mais conservada durante a obra da barragem naquela região que teve início há aproximadamente 12 anos. “Como passavam muitos caminhões para levar material, a própria empresa investia na manutenção da pista”, lembrou.

- Convênio com a prefeitura, valor de R$ 25 mil para aquisição de um automóvel para a Associação das Famílias com Câncer de Castelo (Afaca); - Convênio com a prefeitura, valor de R$ 366 mil para reforma da quadra poliesportiva do Conjunto Habitacional Ivo Martins - Castelo lll; - Convênio com a prefeitura, através do IJSN, valor de R$ 331 mil para aquisição de um caminhão coletor/compactador de lixo e um trator sobre rodas; - Convênio com a prefeitura, através da Seag, valor de R$ 60 mil para contratação de serviços de hora/ máquinas de escavadeira hidráulica;

Carro quebrado e desconfiança

- Asilo dos Velhos – R$ 10 mil; - Acric – R$ 15 mil; - AMA – R$ 10 mil; - Campo Bom de Bola - R$ 240 mil;

“Quando eu estava na barriga da minha mãe, já ouvia falar que esse asfalto seria feito”, ironizou o agricultor Cesar Zuim Sobrinho, de 70 anos. Ele que é nascido naquela região carrega consigo uma desesperança sobre a realização da obra de pavimentação, por motivos óbvios. Em sua residência, Cesar Zuim recebeu a reportagem e mostrou sua caminhonete sem a roda dianteira e também peças da caixa de marcha – todas quebradas ao trafegar pela rodovia ES-379. Apesar dos prejuízos, Cesar não vê com bons olhos a pavimentação da pista. “Nestas condições, a pista já é movimentada; com o asfalto, vai aumentar. E isso significa falta de segurança para nós que moramos no interior”, manifestou.

Previsão

De acordo com informações do governo do Estado, a obra de pavimentação da estrada Castelo x Muniz

- Asfaltamento de várias ruas – R$ 761 mil; - Licitação para asfaltamento da rodovia Castelo x Aracuí – R$ 10 milhões. Freire está orçada em R$ 66 milhões. A intervenção faz parte do Programa de Ampliação e Reabilitação da Rede Rodoviária do Espírito Santo (PAR). Em agosto de 2011, no aniversário de 65 anos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), foi anunciada a readequação do projeto executivo de engenharia da rodovia ES-379. A última informação sobre a pavimentação foi que o edital de contratação da obra seria lançada neste último junho.

- Centro de Visitantes na Gruta do Limoeiro – R$ 800 mil - Sistema de abastecimento de água tratada em Gruta do Limoeiro – R$ 1,2 milhão


06

ECONOMIA

DOMINGO, 29/07/2012 CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

www.AQUIES.com.br

Venda Nova do Imigrante

Prefeitura apresenta projeto de aeroporto filipe rodrigues

redacaofolhadocaparao@gmail.com

O aeroporto de Venda Nova do Imigrante, que deverá ser construído em Pindobas, já está com sua maquete pronta e em exposição no hall do prédio da Prefeitura. Pelo projeto a obra terá 1.100 metros de extensão por 200 metros de largura, perfazendo uma área total de 220 mil metros². A pista está projetada para uma extensão de 900 metros de comprimento com 30 metros de largura. A maquete foi apresentada pelo deputado Federal Camilo Cola, que está atuando para conseguir recursos para a construção do aeroporto na região.

Segundo o Prefeito Dalton Perim, a contrapartida da Prefeitura no atual estágio é de dar apoio logístico com a declaração da área como de utilidade pública, para facilitar a captação de recursos e parceria. Segundo a assessoria de Camilo Cola, a iniciativa tem o objetivo de fomentar ainda mais o turismo da região, que envolve, além de Venda Nova do Imigrante, o município de Domingos Martins, em especial a localidade de Pedra Azul. A assessoria informou ainda que já foi feito levantamento de viabilidade, apontando a renda per capta dos municípios do entorno. Outra situação que motivou o projeto da pista de pouso

foi a possibilidade de cidades como Cachoeiro e Castelo também se beneficiarem com aquele espaço. A pista de pouso não vai comportar voos comerciais como da empresa Trip. Os aviões que poderão utilizar o espaço serão de menor porte, como os turbo hélice de 10 a 12 lugares, ou jatos executivos de 6 a 8 lugares. A assessoria do deputado disse ainda que assim que a prefeitura declarar que o espaço é de utilidade pública, vários investidores já manifestaram a intenção de investir na pista de pouso. O projeto, por estar dependendo desse trâmite burocrático, ainda não tem valor estimado e nem prazo para início ou conclusão das obras.

»» Maquete está em exposição no hall do prédio administrativo. Ainda não há prazo para construção


DOMINGO, 29/07/2012 www.aquies.com.br

»» @folhadocaparao

DIÁRIO | Ano 2 | n° 389 Cachoeiro de Itapemirim e Região Sul

»» facebook.com/grupofolhadocaparao

Alegre se prepara para a 40ª Exposição Agropecuária

»» a festa começa no dia 15 e se encerra no dia 18 com show da banda biquini cavadão Em 2012, a Prefeitura de Alegre e a Comissão de Festa realizarão a 40ª Exposição Agropecuária. São 40 anos de um evento que acontece no fim da primeira quinzena de agosto, encerrando as tradicionais festas religiosas em louvor a Padroeira do Município, Nossa Senhora da Penha, e que culmina com a reunião do povo da cidade, dos distritos e de toda região Sul do Estado, de diferentes credos e classes sociais, em um único espaço de interatividade – o Parque de Exposições “Geraldo Santos”. O resultado é uma genuína mostra das principais manifestações culturais e tradicionais daquele povo, quando fica em evidência a agricultura e a pecuária, um dos principais

meios de sobrevivência e atividade comercial local, bem como os hábitos e gostos da gente que vive da terra. Bem como nos anos anteriores, em 2012 serão várias atrações, tendo como novidade a Mostra Cultural da Agricultura Familiar, no galpão 1 do Parque de Exposições. O visitante poderá conferir o trabalho de pequenos produtores rurais e urbanos de alimentos de origem vegetal e animal (orgânicos ou não), além de massas, produtos de panificação e artesanato. A Exposição Agropecuária de Alegre é um dos eventos mais importante da região visto que Alegre e municípios vizinhos constituem uma área prioritariamente rural - e na medida em que a Exposição

divulgação

PROGRAMAÇÃO: Quarta-feira – 15/08 05h00 – Alvorada com a “Lira Carlos Gomes” 16h00 – Procissão (saindo de frente do Hospital), em seguida Missa, Coroação e Fogos de Artifício (Igreja Matriz) 19h00 – Show com PADRE JOÃOZINHO (Praça 06 de Janeiro) 19h00 – Esgota dos animais do Concurso Leiteiro 21h00 – Abertura da Mostra Cultural da Agricultura Familiar Pavilhão da Agricultura Familiar - Parque de Exposições Quinta-feira – 16/08 07h00 – 1ª ordenha do Concurso Leiteiro 19h00 – 2ª ordenha do Concurso Leiteiro 20h00 – Sessão Solene (Câmara Municipal) 21h00 – Abertura da Etapa Sul Capixaba de Rodeio Profissional. 22h30 – Show com JOÃO BOSCO & VINÍCIUS 00h30 – Show com BUCHECHA Sexta-feira – 17/08 07h00 – 3ª ordenha do Concurso Leiteiro 17h00 – Rock da Tarde: Banda Jubila Não / DJ Alan Massini 19h00 – 4ª ordenha do a Leiteiro 21h00 – Etapa Sul Capixaba de Rodeio Profissional. 22h30 – Show com GRUPO MOLEJO 00h30 – Show com VINÍCIUS & DANIEL

A dupla João Bosco & Vinícius se apresenta na quinta-feira, 18 é voltada para a valorização e fortalecimento da cultura rural do município; bem como para o desenvolvimento agropecuário interno, visando firmar

laços entre os vários atores da cadeia comercial, com o objetivo de manter em empresas locais os investimentos de nossos produtores rurais.

Sábado – 18/08 07:00 – 5ª ordenha do concurso leiteiro 09:00 – Manhã de Lazer e Brincadeiras da Criançada no Parque de Exposições 15:00 – Rock da Tarde: Banda Alldeia / Banda Polifonia / DJ Alan Massini 15:00 – Futebol: Master de Alegre x Master de Guarapari - Estádio do Comercial Atlético Clube 16:00 – Desfile Escolar - Praça 06 de Janeiro 19:00 – 6ª ordenha do concurso leiteiro 21:00 – Final da Etapa Sul Capixaba de Rodeio Profissional. 20:00 – Premiação do Concurso Leiteiro 22:30 – Show com BIQUINI CAVADÃO 00:30 – Show com BANDA AM5


»» LUCAS OLIVEIRA

COMBO QUENTE A tendência azul royal com laranja foi uma sensação no verão, o mais interessante é que já estamos no inverno e essa combinação continua acesa nas ruas. Resolvi falar sobre essas cores essa semana aqui na coluna porque eu sou fascinado por essa combinação, é impossível ficar mal com essas duas cores, é uma combinação chique, e muito fácil de usar. A explosão do color blocking injetou cores ultravibrantes nas coleções de inverno. Seguindo a corrente dos clássicos de verão – entre eles, os tons alegres –, sendo assim, a tendência azul-laranja permanece acesa na estação mais fria do ano. A única coisa que eu mudaria para continuar usando essa tendência da última estação é completar o look com acessórios mais escuros, optaria pela cor preta, bolsa, sapato, cinto, pulseiras, colares... É um detalhe mínimo para não ficar um look tão a cara do verão, e é para usar sem medo, escolha um acessório assim e arrase. Para usar, nível de dificuldade zero. Invista tanto no mix das duas – o que funciona superbem – como em looks monocromáticos. Ah, e só para reforçar: laranjas apagadinhos e azuis-claros estão de fora, ok?

02

domingo, 29/07/2012 CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

www.aquies.com.br


DOMINGO, 29/07/2012

www.aquies.com.br

Robert Pattinson e Kristen Stewart terão que posar juntos em première

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

gata do Paulistão faz foto nua para mostrar novas próteses de

solange gomes exagera no decote e seios quase saltam da blusa

silicone

Robert Pattinson pode até não voltar a falar com Kristen Stewart depois da descoberta de que foi traído, mas terá que posar ao lado da atriz nas pré-estreias de “Amanhecer-Parte 2” em novembro, quando o filme será lançado. Segundo o jornal inglês “The Sun”, os produtores do filme disseram aos atores que eles têm que comparecer ao lançamento do filme e por contrato são obrigados a posar juntos no tapete vermelho.

03

Solange Gomes acabou exagerando no tamanho do decote que escolheu para ir a uma feira de esportes, no Rio de Janeiro. O lutador Wanderlei Silva e a ex-BBB Michelly também estiveram no evento.

Depois de trocar as próteses de 275ml pelas de 500ml, Lorena Bueri, conhecida como a Gata do Paulistão, fez fotos para mostrar o resultado da cirurgia. A morena fez pose em uma poltrona e diz que a inspiração é na cantora Lady Gaga, que posou só de calcinha para uma campanha de perfumes.

’Não sou um furacão’, diz Khrisley Karlen, do Caldeirão do huck

’Tenho sorte, Deus sempre cuida de mim’, diz Teló sobre furto de relógio

Quem olha para Khrisley Karlen com seu 1,80m de altura imagina logo que está diante de um furacão. Mas a assistente de palco do “Caldeirão do Huck”, de 26 anos, garante que faz o tipo recatada na cama, e que nunca fez strip-tease para um namorado. Ela está há seis meses com o médico Helmut, que mora em Fortaleza, Ceará, sua terra natal. “Não sou um furacão”, contou Krisley, que se diz “namoradeira”.

O cantor Michel Teló se considera um homem de sorte. O ator teve um relógio de ouro, avaliado em R$ 30 mil, furtado do quarto do hotel onde estava hospeado em Marabá, no sudeste do Pará. Para alegria de Teló, no entanto, a joia foi encontrada.

HORÓSCOPO Áries

20/03 20/04

Amplie seu raio de relações hoje, um dia em que há desejo de aventura e mudança no ar. Voe também anda forte, sensível e seguro de si - tudo que pode ter um efeito maravilhoso num relacionamento amoroso. Seja flexível em casa.

Libra

23/09 22/10

Você conta com boas vibrações hoje, pode se munir de coragem e dar um passinho mais ousado em direção a algo novo. Um curso, uma pessoa ou um passeio - que seja algo que o obrigue a redescobrir percursos e decodificar desconhecido.

Touro

Gêmeos

21/04 20/05

É bem capaz de você se enfurnar em casa, alegando mil coisas pra fazer, neste sábado poderoso, cheio de promessas. Vale mais se arriscar um pouco, conhecer aquela pessoa que um amigo quer lhe apresentar. Dê muita risada.

Escorpião

23/10 21/11

Segurança intima nos próprios talentos já é meio caminho andado para um domingo gostoso, bom pra relaxar e encontrar amigos e pessoas com quem possa trocar ideias sobre os destinos do mundo. Há uma boa surpresa para você nas amizades.

21/05 20/06

É para viver em sociedade, de um jeito leve, com conversa boa e assuntos interessantes - um dia de bons momentos ao lado de amigos, amores e familiares queridos. Você também pode se empolgar com o plano de alguém, super audacioso!

Sagitário

22/11 21/12

Cenário astral ótimo pra você cuidar de si mesmo, através de exercícios, viagens, meditação, muita natureza e liberdade. A Lua transita seu signo, e forma um aspecto de muita sociabilidade e empolgação. Não prometa demais...

Câncer

21/06 21/07

Faça sua malinha e rume para um lugar onde possa se nutrir de natureza, muito verde e calor humano pra dar e vender! Evite gente manipuladora e fuja de parentes que só reclamam da vida. Uma boa dose de ar puro e novo lhe fará super bem.

Capricórnio 22/12 21/01 Tranquilidade, é disso que você precisa hoje. Nada de grandes exposições sociais, nem de agitações mundanas, festas e reuniões com muita gente. Rituais e muita espiritualidade rimam melhor com seu estado de espírito e necessidades.

Leão

22/07 22/08

Astral ótimo pra você curtir bastante este final de semana. Tudo vai bem, ou pelo menos você está em um dia feliz. Isso contagia, e assim você sai por ai irradiando alegria, confiança e espírito livre. Irá dar seu exemplo a alguém próximo.

Aquário

21/01 18/02

Que ótimo encontrar um monte de gente com quem você pode compartilhar projetos, ideias, todos empolgadíssimos com algo interessante no futuro! Lua e Júpiter armam aspecto super favorável para você no campo social e amoroso.

Virgem

23/08 22/09

Altos e baixos, um humor que parece arruinar de tarde, mas que de manhã estará bom. Reserve a noite para reuniões em casa, com pessoas queridas, para com elas imaginar um futuro melhor. Será um banho de energia e esperança!

Peixes

19/02 19/03

Um ótimo dia para abrir sua casa aos amigos, revelando seu espírito nobre e aberto. Gente de todos os cantos do mundo recebem ótima acolhida em seu lar hoje. O astral pede mais liberdade de horários e uma agenda flexível.


04

DOMINGO, 29/07/2012

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

Ramon Barros

@ramonbarros ramonbarros@r7.com (28) 9882 8981

FOTO: RAMON BARROS

www.facebook.com/ramonbarros.tv

HARBIN HAFEI AUTOMOBILE INDUSTRY GROUP é a montadora que chega no ES para construir utilitários Towner. O Investimento é de R$250 milhões e geração de 500 empregos diretos. FOTO: RAMON BARROS

Durante almoço empresarial, o registro das presenças Vips de Jailton Pedroso e Bruno Noventa.

A MONTADORA vai para Linhares deixando o Sul na lanterna dos investimentos das multinacionais.

Enfeitando a coluna de hoje, o charme e a inteligência de Mariana Monteiro.

A MARCOPOLO também virá para o Espírito Santo construir microônibus e irá alavancar os índices de emprego com carteira assinada.

BOA PEDIDA para hoje é passar o dia na Fazenda Saúde saboreando uma deliciosa comida no fogão a lenha além de relaxar em um cenário de cinema

É HORA DE se preparar ainda mais para entrar no mercado de trabalho. As grandes empresas estão contratando.

NO SITE www.ramonbarros.com os Leitores podem entrar em contato e mandar matérias e fotos para a Coluna.

INSCRIÇÕES para cursos gratuitos à distância pelo SENAI, basta acessar a página www.es.senai.br

QUEM PREFERIR pode usar o Facebook para interagir com o jornal AQUI e com a Coluna, enviando sua foto. Hoje é dia de colinho de mãe: beijos para Laura e Luciana Fernandes.


DOMINGO, 29/07/2012

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

POLÍTICA

11

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

Lula na campanha de Casteglione FOTOS: divulgação

»» Candidato do PT viaja para São Paulo onde fará fotos com ex-presidente O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva convocou dirigentes do PT para fazer um diagnóstico sobre as candidaturas do partido em nível nacional, e afirmou que vai entrar na campanha de alguns candidatos durante o processo eleitoral. Para isso, o PT fará amanhã, em um hotel em São Paulo, uma sessão de fotos de Lula com os candidatos a prefeitos do Partido dos Trabalhadores nas cidades consideradas prioritárias pela direção nacional. Capitais como Vitória, Belo Horizonte e Recife, e municípios como Cachoeiro de Itapemirim, Colatina e Cariacica, no Espírito Santo, também foram apontadas como prioritárias e podem con-

tar com participação mais intensa do ex-presidente na campanha. O candidato a reeleição em Cachoeiro de Itapemirim, Carlos Casteglione, embarca otimista quanto ao apoio incondicional que receberá do maior expoente da política nacional nos últimos oito anos e detentor de uma das maiores popularidades já alcançada por outros governantes na história desse país. Segundo levantamento do Datafolha, pouco antes do final do último mandato, nada menos que 78% dos brasileiros acharam o governo Lula bom ou ótimo. Um índice que pode se reverter favoravelmente aos candidatos petistas em todo o país.

ESTADO

Decano do Tribunal vai relatar ações do grupo de Gratz Cinco processos contra o ex-presidente da Assembleia Legislativa José Carlos Gratz e outros envolvidos em denúncias de desvio de recursos do Legislativo estadual foram redistribuídos na sessão do Pleno do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) e serão relatados pelo decano da Corte, desembargador Adalto Dias Tristão, com julgamento na 2ª Câmara Criminal. Os processos envolvem ainda os ex-deputados estaduais Domingos Sávio Martins (atual prefeito de Jaguaré), José Ramos Furtado

(prefeito de Iúna), Wilson Luiz Venturim (prefeito de Nova Venécia), José Mauro Gomes e Gama, o Juca Gama (vereador em Linhares), José Alves Neto, o Juca Alves, e Nasser Youssef Nasr, além do ex-diretor da Assembleia, André Luiz Cruz Nogueira, o irmão dele, Cézar Augusto Luiz Nogueira, Jorge Hélio Leal, Luiz Carlos Haddad e Mirela Chiapani Souto. Também foram escolhidos os demais desembargadores que participarão dos julgamentos de cada uma das ações originadas do Ministério Público Estadual.

Denúncia Processo : 000104968.2009.8.08.0000 (100.09.001049-5) Relatoria anterior: Sérgio Luiz Teixeira Gama Relator atual: Adalto Dias Tristão Composição: Fábio Clem de Oliveira e Roberto Fonseca Araújo Denunciados: José Carlos Gratz, José Mauro Gomes e Gama, José Alves Neto, Domingos Sávio Martins, André Luiz Cruz Nogueira, Nasser Youssef Nasr, Cezar Augusto Cruz Nogueira e José Ramos Furtado.

Apelação Criminal Processo : 001558092.2006.8.08.0024 (024.06.015580-1) Relatoria anterior: Sérgio Luiz Teixeira Gama Relator: Adalto Dias Tristão Composição: Samuel Meira Brasil Júnior e Eliana Junqueira Munhós Ferreira Partes: José Carlos Gratz, Luiz Carlos Haddad, Jorge Hélio Leal, Mirela Chiapani Souto Ação Penal Processo : 000248188.2010.8.08.0000 (100.10.002481-7)

Relator anterior: Ney Batista Coutinho Relator: Adalto Dias Tristão Composição: Telêmaco Antunes de Abreu Filho e Ronaldo Gonçalves de Sousa Réu: Domingos Sávio Martins. Ação Penal Processo : 000247666.2010.8.08.0000 (100.10.002476-7) Relator Anterior: Manoel Alves Rabelo Relator: Adalto Dias Tristão

Composição: Carlos Simões Fonseca e William Couto Gonçalves Réu: Domingos Sávio Martins Ação Penal Processo : 000212008.2009.8.08.0000 (100.09.002120-3) Relator anterior: Ney Batista Coutinho Relator: Adalto Dias Tristão Composição: Álvaro Manoel Bourguignon e Annibal de Rezende Lima Réu: Wilson Luiz Venturim


12

POLÍTICA

DOMINGO, 29/07/2012

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

regional

Eleições: Aqui Notícias publica resultado de pesquisa de Cachoeiro »» pesquisas irão trazer os números da eleição de 29 municípios LEANDRO MOREIRA

leandromoreira23@gmail.com

O jornal Aqui Notícias publica na terça-feira o resultado da pesquisa de intenção de votos do quadro eleitoral de Cachoeiro de Itapemirim. No município, disputam somente dois candidatos: o atual prefeito Carlos Casteglione (PT), com o médico Abel Santana (PV) na vice; e o deputado estadual Glauber Coelho (PR), sendo o também médico Zé Renato (PSB). Este periódico irá encomendar e publicar pesquisas de três institutos; são eles o Ipeses, Solução e Brand Marketing e Pesquisas, este último é do norte do estado. O obje-

tivo do jornal é trazer para os leitores o diagnóstico político, a respeito do posicionamento dos candidatos diante da preferência dos eleitores, de 29 municípios da região sul. A Folha do Caparaó, que hoje empresta o nome ao grupo ao qual pertence o Aqui Notícias, realizou a cobertura política da região e trabalhou junto com o Instituto Ipeses na divulgação das pesquisas eleitorais. Esta parceria rendeu a análise em 29 municípios. Deste total, houve o erro em apenas dois municípios, os quais os dois maiores institutos do estado também não alcançaram a precisão nos resultados.

“O objetivo do grupo Folha do Caparaó é repetir o sucesso obtido nas eleições de 2008, quando levamos ao leitor, através de nossas páginas, números precisos da preferência dos eleitores do sul do estado diante dos candidatos que pedem a oportunidade para direcionar o rumo do desenvolvimento de suas cidades”, disse o presidente do grupo Elias Carvalho. Nesta primeira pesquisa, do cenário de Cachoeiro de Itapemirim, e assim será nas demais, o leitor saberá a rejeição e preferência dos candidatos, avaliação de governo e a dos apoios conquistados para a campanha.

Elias Carvalho, presidente do grupo Folha do Caparaó


DOMINGO, 29/07/2012

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

COMUNIDADES

13

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

Prefeitura de Cachoeiro promove desenvolvimento rural sustentável »» Entre as principais ações, está o fortalecimento das feiras livres de Cachoeiro A prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim está incentivando produtores a apostarem na sustentabilidade. Por meio de uma série de projetos realizados em parceria com as famílias rurais, o município incentiva a diversificação da economia rural, buscando aliar respeito ao meio ambiente e qualidade de vida no campo. As frentes de trabalho são várias e se somam. De um lado, a prefeitura aposta em projetos ligados ao desenvolvimento econômico, geração de emprego e renda, como forma de incentivar a permanência dos produtores no campo. De outro, investe em assistência técnica e orientações para produzir mais, melhor, com menos uso de agrotóxicos.

Sucesso

Os vários campos de ação estão melhorando a qualidade de vida do homem do campo. Sueli França Azevedo, 49 anos, moradora de Bebedouro, conta que começou comercializando pequenas quantidades de produtos da agroindústria na Feira Livre da Agricultura Familiar. “Eu mandava duas caixas de produtos para a feira e pagava o frete para meu irmão”. A quantidade foi aumentando e ela sentiu a necessidade de comprar um carro.

“Isso é retorno e muito trabalho. Tem dia que levanto 5h e vou dormir 22h. É tenso, mas no final compensa. Graças a Deus o que faço é com carinho, dedicação, vendo tudo o que eu faço”, conta a agricultora, que cuida de 2.800 pés de café em parceria com o irmão. Ela ainda arruma tempo para fazer pães, doces, biscoitos e outros tipos de massas que comercializa na Feira Livre da Agricultura Familiar, no Pavilhão de Eventos da Ilha da Luz, na Feira do Aeroporto (ginásio do bairro) e venda por meio da Compra Direta do Agricultor para a Alimentação Escolar. Hoje, ela comemora o fato de estar terminando a estrutura da parte física de sua agroindústria. “Estou com obra de agroindústria 90% concluída. Acredito que dentro de 30, no máximo 60 dias, eu consiga concluir a parte hidráulica, a instalação elétrica e os 60 cm de calçada, necessários para colocá-la em atividade”.

Mais renda

Outro produtor que está comemorando a melhoria na qualidade de vida é Renato Tedesco, 44. Morador de Jacu, ele conta que a vida era mais difícil antes de começar a fornecer frutas para a rede municipal

de educação, por meio da compra direta. De maio a agosto, sua família vivia da venda do café, mas depois desse período o mercado era incerto. “Essa iniciativa dá diferença na nossa renda familiar. Veio para ajudar. A gente pode usar para fazer um passeio ou para melhorar a qualidade de vida. Agora, dá para planejar melhor a nossa vida porque temos renda o ano todos. Vender para a merenda escolar foi um nicho de mercado para tiva o desenvolvimento, agregar mais valor ao nosso de forma responsável. Em produto”. uma das etapas da disputa, a prefeitura aplica um para ver se a Confira as principais questionário propriedade investe em ações para desenvolvi- sustentabilidade.

mento sustentável do meio rural!

Diversificação da economia rural – a prefeitura vem investindo em ações para incentivar a diversificação da economia rural e oferecer novas opções de emprego e renda para as famílias de localidades e distritos. Entre eles, seminários e orientações sobre a apicultura, aquicultura, fruticultura e até incentivo à formação e fortalecimento de agroindústrias. Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café – O Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Cachoeiro de Itapemirim incen-

Melhoria de pastagens – A intenção é oferecer assistência técnica especializada para indicar corretivos e sementes mais produtivas e de maior valor nutricional para o gado, permitindo o aumento da produtividade na pecuária, sem a demanda de novos espaços. A administração já captou recursos junto ao governo do estado e está licitando insumos para realizar projeto de melhoria de pastagens em Cachoeiro. Parceria com a Chão Vivo – Cinco propriedades de Cachoeiro de Itapemirim estão recebendo apoio

para produzir alimentos ecologicamente corretos e conseguir certificação de produto orgânico. O objetivo é incentivar uma agricultura sustentável, com maiores lucros para a família rural tanto no aspecto econômico quanto ambiental. EnCasa – Em abril do ano passado, a prefeitura municipal, junto a outros parceiros, realizou o Encontro da Agricultura Familiar e do Saber Agroecológico (EnCasa), que reuniu agricultores familiares, quilombolas, pescadores artesanais e assentados para socializar conceitos e práticas sobre agroecologia – uma ciência que estuda a melhor forma de integrar a agricultura, o homem e o ambiente. O evento foi considerado um sucesso. Feiras livres da agricultura familiar – têm sido

acompanhadas, de perto, pela prefeitura de Cachoeiro, como forma de aproximar campo e cidade, permitir o comércio sem atravessadores e aumentar o retorno financeiro do produtor rural. Tíquete feira – Criado há um ano, ele representa melhora na qualidade de vida do servidor, que conta com R$ 10 em tíquetes por semana, para ajudar na feira, e na do produtor rural, que ganhou mais um espaço para vender seus produtos. Alimentação Escolar – A prefeitura realiza chamadas públicas para a compra de alimentos para as escolas municipais diretamente do produtor rural, o que significa mais uma fonte de renda para o produtor e comida saudável e fresca para os estudantes da rede.


14

GERAL

DOMINGO, 29/07/2012

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

estado

Governo de ES investe mais de R$290 milhões em 141 obras de infraestrutura, em 2012

»» Todos os convênios firmados e concluídos pelo Governo visam levar mais qualidade de vida às pessoas O Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), vem atuando de forma expressiva em 2012. Entre obras já entregues e outras com previsão para o fim do ano, o total de investimentos chega a R$ 296.793.653,00. Todos os convênios firmados e concluídos pelo Governo visam levar mais qualidade de vida às pessoas e melhorar a mobilidade de regiões, até então, afetadas por problemas relacionados à drenagem e pavimentação, desmoronamentos de encostas e falta de estrutura em áreas turísticas. Os investimentos foram aplicados em praticamente todos os 78 municípios do Estado. As cidades que ainda não receberam investimentos já têm com os compromissos firmados com a Sedurb para início das obras, sendo a maioria delas com previsão de entrega para 2013. Até o mês de julho deste ano

foram assinados 92 convênios, totalizando mais R$ 95.922.031,00 de recursos do Governo Estadual.

Investimentos de Norte a Sul

O governador Renato Casagrande tem mostrado, durante sua gestão, que o trabalho por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb) não se restringe só à Grande Vitória. Cachoeiro de Itapemirim, Guarapari e Linhares são algumas das cidades beneficiadas com obras significativas neste ano, melhorando a infraestrutura e consequentemente a qualidade de vida da população nesses municípios. A construção da ponte em Linhares foi um dos destinos dos recursos estaduais em 2012, orçada em pouco mais de 18 milhões. Já na Região Metropolitana, grandes intervenções estão marcando e melhorando a vida dos cidadãos, que dependem de vias adequadas

para se locomoverem diariamente dentro da Grande Vitória. O município de Vila Velha ocupa lugar de destaque nessas benfeitorias, com um total de R$38.560.725,86 aplicados. Esse valor foi desti-

nado para a reabilitação e restauração da Avenida Carlos Lindenberg, principal ligação do município às rodovias federais e a outras cidades do entorno, como Cariacica e a capital Vitória.

De acordo com o secretário de Habitação Iranilson Casado, essas ações irão continuar no decorrer da gestão, de forma a levar melhor mobilidade e crescimento para todas as regi-

ões do Estado, deixando a herança do desenvolvimento no Espírito Santo, pois a população tem o direito fundamental de ir e vir, de se locomover e morar com dignidade.


DOMINGO, 29/007/2012

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

15

ESPORTES

ATÍLIO VIVÁCQUA

Semifinalistas do Municipal de Futebol serão definidos hoje com 14 pontos e briga pela vaga na semifinal hoje. Já o Felipense enfrenta o São Pedro, que busca a classificação. O Praça do Oriente ainda tem chance de classificação para a semifinal. O artilheiro da competição é Branco do Felipense com 10 gols marcados, seguido de Dodoco do Beira Rio com nove gols, e Adenilson do Sumidouro com oito gols marcados. Já pela categoria Aspirante, três equipes já garantiram vaga na fase semifinal: Nacional Beira Rio, Linda

ALISSANDRA MENDES

alissandrapmendes@yahoo.com.br

Os outros três semifinalistas do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Atílio Vivácqua serão conhecidos hoje. O Felipense é o primeiro classificado na Categoria Principal depois de ter empatado em 3 x 3 com Nacional Beira Rio na última rodada. Com o resultado, o Felipense garantiu 16 pontos na tabela de classificação e a vaga na próxima fase. Já o Nacional Beira Rio está na terceira colocação

Aurora e São Pedro. A outra vaga será definida entre as equipes do Felipense e Praça do Oriente. O artilheiro da competição é Rodinei Cabeção (Beira Rio) com 12 gols, seguido de Leonardo (Felipense), Fernandinho (Beira Rio), Legal (São Pedro), Wilkerson e Cimar (Linda Aurora), com três gols cada. Na rodada de hoje, o Sumidouro recebe o Praça do Oriente, o Felipense recebe o São Pedro e o Nacional Beira Rio recebe o Linda Aurora. Os jogos começam a partir das 13h00.

Categoria Principal Equipe Felipense* São Pedro Nacional Beira Rio Praça do Oriente Sumidouro Linda Aurora

PG 16 14 14 13 9 3

J 8 8 8 8 8 8

V 5 4 4 4 3 1

E 1 2 2 1 0 0

D 2 2 2 3 5 7

GP 20 24 20 25 23 6

GC 12 12 13 21 20 40

SG 8 12 7 4 3 -34

Categoria Aspirante Equipe Nacional Beira Rio * Linda Aurora* São Pedro* Praça do Oriente Felipense Sumidouro

PG 19 14 13 7 6 3

J 8 8 8 8 8 8

V 6 3 3 1 1 0

E 1 5 4 4 3 3

D 1 0 1 3 4 5

GP 24 13 11 5 10 5

GC 8 9 7 12 14 18

SG 16 4 4 -7 -4 -13

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

Campeonato dos Comerciários prossegue hoje O V Campeonato dos Comerciários prossegue hoje. No fim de semana, três jogos movimentaram a competição. De acordo com a organização foram partidas equilibradas. No primeiro jogo, a Samadisa e Morelar empataram em 2 x 2. No outro jogo, a Fio de Ouro venceu a Multiverso por 8 x 7. No

outro jogo, a Citron venceu a D e D por 1 x 0 e garantiu mais três pontos na tabela de classificação. Os jogos prosseguem hoje com partidas entre Casa do Sono x Itapuã, Eletrocenter x Ass. Rec. Casagrande e Perim x Casagrande. Os jogos acontecem a partir das 08h50, no Bom Gosto, no bairro Paraíso. (AM)

Próximos jogos – Hoje Casa do Sono x Itapuã Eletrocenter x Ass. Recr. Casagrande Perim x Casagrande

»» O Felipense foi a primeira equipe a se classificar para a próxima fase e aguarda o adversário divulgação

Outros três semifinalistas serão definidos na rodada de hoje do Campeonato de Atílio Vivácqua

CONCEIÇÃO DO CASTELO

Santa Luzia pode recuperar a liderança do Campeonato Municipal O Campeonato Municipal de Futebol Amador de Conceição do Castelo prossegue hoje com cinco jogos: Nicolau de Vargas x Santa Luzia, Centro x Santo Antônio, Mangue Seco x Taquarussu, Arthur Soares x Angá e Mata Fria x Centro I. O Mangue Seco assumiu a liderança após vencer o time do Santo Antônio por 2 x 1. Santa Luzia está na segunda colocação com um ponto a menos que o líder e com um jogo a menos e pode recuperar a liderança hoje.

Pela Chave A o lanterna da competição é o time da Mata Fria, que tem um ponto na competição. Pela Chave B, o lanterninha é o Santo Antônio, que ainda não marcou pontos na competição. O artilheiro da competição é Ivo Zandonade Andreão da equipe do Santa Luzia, Elton Luis G. Ferreira do Nicolau de Vargas, e Tiago A. Rocha Caçandre, todos com quatro gols cada. A equi-

pe menos vazada é Santa Luzia, que sofreu dois gols em três jogos. (AM)

Próximos jogos – Hoje Nicolau de Vargas x Santa Luzia

Centro x Santo Antônio Mangue Seco x Taquarussu Arthur Soares x Angá Mata Fria x Centro I

Chave A EQUIPES Mangue Seco Santa Luzia Centro Angá Mata Fria

P 10 9 6 4 1

J 4 3 3 3 3

V 3 3 2 1 0

E 1 0 0 1 1

D 0 0 1 1 2

GP 11 8 6 6 2

GC 6 2 5 8 4

SG 5 6 1 -2 -2

P 7 4 3 1 0

J 3 4 3 3 3

V 2 1 1 0 0

E 1 1 0 1 0

D 0 2 2 2 3

GP 9 7 3 4 2

GC 5 5 7 9 7

SG 4 2 -4 -5 -5

Chave B EQUIPES Nicolau de Vargas Taquarussu Arthur Soares Centro I Santo Antônio


16 SEGURANÇA

DOMINGO, 29/07/2012 CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

Presos capixabas vão poder cozinhar sua própria comida nas cadeias

»» A ideia é deixar que a cozinha das cadeias seja administrada por uma empresa privada, mas com os presos sendo os cozinheiros Com apoio do Judiciário capixaba, o Governo do Estado está concluindo um projeto que vai permitir que os próprios presidiários passem a ser os responsáveis pela preparação da alimentação dentro das unidades prisionais do Espírito Santo. A ideia é deixar que a cozinha das cadeias seja administrada por uma empresa privada, mas com os presos sendo os cozinheiros. Para isso, farão um curso de colunária e serão remunerados pelo trabalho de cozinheiros.

A informação foi dada pelo coordenador das Varas de Execuções Penais do Tribunal de Justiça, juiz Marcelo Loureiro, durante visita de fiscalização que a Comissão de Enfrentamento e Prevenção à Tortura fez ao Centro de Detenção Provisória de Guarapari, nesta tarde de quarta-feira (25). O magistrado aproveitou uma reunião que ele e demais integrantes da Comissão tiveram com um grupo de presos, dentro do CDP, para anunciar a novidade. Ele deu a notícia no momento em que

um dos presos reclamou da comida que é servida aos 720 internos daquela unidade. O subsecretário de Estado da Justiça para Assuntos Prisionais, Sérgio Alves Pereira que acompanhou a visita da Comissão de Enfrentamento e Prevenção à Tortura ao CDP e Guarapari, informou que um piloto do projeto já vem sendo testado no presídio de São Mateus. Logo, a experiência será estendida de forma, quase que simultânea, para todas as unidades prisionais do Estado.

divulgação tjes

O subsecretário de Estado da Justiça para Assuntos Prisionais, Sérgio Alves Pereira

Edição 389  

jornal Aqui Notícias

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you