Issuu on Google+

»» @folhadocaparao

O POP/ROCK DA BANDA GENERU’S

»» facebook.com/grupofolhadocaparao

divulgação

www.aquies.com.br

R$

1,00 DOMINGO, 18/09/2011 | DIÁRIO | ANO 1 | N° 137 | CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

MUDANÇA: MENOS TEMPO NO TRAJETO PELA SANTOS NEVES

»» A PARTIR DE AMNHÃ, QUEM ANDA DE ÔNIBUS VAI PASSAR PELA AVENIDA MAIS RÁPIDO

CIDADES | Pág 11

PANELA ESQUECIDA NO FOGO QUASE CAUSA INCÊNDIO

ILUSTRAÇÃO

FERNANDO SABINO

FILIPE RODRIGUES

»» APARTAMENTO NO BAIRRO GILBERTO MACHADO SO NÃO PEGOU FOGO PORQUE O SOCORRO CHEGOU A TEMPO SEGURANÇA | Pág 13

DIREITOS HUMANOS EM DEBATE NA CÂMARA geral| Pág 06

ESPECIAL | Págs 04 e 05

PASSE LIVRE: MAIS CONTROLE, MAIS VIAGENS ARTIGO

>>

hoje tem SEGUNDA RODADA DO MUNICIPAL DE FUTEBOL ESPORTES | Pág 14

FILOSOFIA DE “BUTIQUIM” >> PÁG 02 POR RICARDO LEMOS

>>

WWW.AQUIES.COM.BR


02 OPINIÃO

»» DOMINGO, 18/09/2011

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMRIM E REGIÃO SUL

FILOSOFIA DE “butiquim” »» RICARDO LEMOS - ricardolemos.es@hotmail.com

Tempos modernos - solidão O relógio finalmente marcou as tão esperadas cinco horas. Fechou a gaveta, remexeu na bolsa, certificando-se de que estava tudo lá, conferiu a mesa de trabalho mais uma vez. Levantou-se e rumou apressadamente em direção à saída, resmungando “até amanhã” e “boa noite” aos colegas de trabalho. No hall do elevador, enquanto esperava, uma amiga a cumprimenta efusivamente e começa a disparar uma série de frases que lhe pareceram ininteligíveis. Parece, não estava bem certa, que a convidou para um happy hour ou coisa parecida, que cuidou de recusar meio polida, meio distante. Estava com pressa. Tinha assuntos urgentes a tratar. Parou rapidamente no mercado da esquina, comprou alguns enlatados, creme dental, sabonete; somente o essencial, pra agüentar até o fim do mês. Na caixa registradora, a atendente puxou conversa, como sempre fazia com os clientes mais assíduos. Mas ela parecia não escutar. Balbuciou qualquer coisa e despediu-se apressada. Tomou o ônibus na parada de sempre, onde sempre as mesmas caras pareciam aguardar ansiosamente a aparição do coletivo descendo a movimentada avenida. Evitava olhar para os lados, como se assim inibisse os habituais colegas de se aproximarem e puxarem conversa. Olhava o relógio a cada cinco segundos, como se pudesse acelerar a marcha do tempo ou dissipar a balbúrdia do trânsito.

EXPEDIENTE

DIRETOR GERAL: Elias Carvalho EDITOR CHEFE: Leandro Moreira EDITOR DE CRIAÇÃO E ARTE: Luan Ola Repórteres: Alissandra Mendes, Gustavo Ribeiro, Filipe Rodrigues, Leandro Moreira e Marcos Freire

Embarcou, procurou um assento. Impossível, principalmente naquele horário. Um jovem cedeu-lhe lugar para que se sentasse (coisa raríssima nos dias de hoje), ela agradeceu entre dentes e de olhos baixos e antes que ele pudesse lhe dirigir qualquer gracejo, sacou da bolsa um livrinho e fingiu mergulhar na leitura. Desceu do ônibus e percorreu a passos rápidos e com os olhos grudados no chão as duas quadras que lhe separavam do pequeno apartamento. Cumprimentou com um grunhido o porteiro, pensou em checar a caixa postal, mas desistiu. Venceu os seis lances de escada que a levariam ao terceiro andar já com as chaves na mão. Escancarou a porta, largou a bolsa e as sacolas de compras sobre a mesa, fez um ligeiro cafuné no gato, que apareceu preguiçosamente mais para ver que barulho era aquele que pra cumprimentá-la e correu para o quarto, sentando-se em frente ao computador que permanecera ligado e digitando freneticamente : WWW. CHATSOLIDAO. COM.BR. Sentia-se só. Precisava muito conversar com alguém.

Ricardo Lemos é pai, filho, geminiano, escritor, jornalista, membro do “TÔ DENTRO”; enfim, um filho de Deus, como você. Atualmente publicando nos blogs Arroubos Literários, Olho Mágico 365 e TAMTA – incubadora de idéias.

DiagramadorA: Suheley Garcia Suhett DEPARTAMENTO COMERCIAL: Joana Campos (28) 3521 7726 Colaboradores: Sérgio Oliveira, Wellington Santiago, José Montoni, Sérgio Garschagen, Luiz Trevisan, Adilson Conti, Antônio Fernando de Souza, Maurílio Carvalho, Gilvan Rodolpho, Sérgio Neves, Wagner Medeiros Junior, Daniel Diirr, Edison Zardini Dpto. Jurídico: JC ASSAD - ADVOCACIA DR VICTOR CERQUEIRA ASSAD - OAB/ES 16.776

Guillermo Rothschuh Villanueva E se há 10 anos existisse o Twitter? Há 10 anos, quando terroristas atacaram os EUA na manhã de 11 de setembro, muita gente soube pela televisão. Pessoas presas dentro das torres do World Trade Center, em Nova York, usaram seus telefones celulares para ligar para parentes e amigos. Pessoas nas ruas e em prédios próximos registraram muitas imagens. Mas o compartilhamento de informações com o mundo era mais limitado do que é hoje, na era das redes sociais na internet. Em artigo no Vancouver Sun [10/9/11], a jornalista Gillian Shaw compara o sistema de comunicação na época dos atentados de 2001 com o a tragédia, julho passado, na Noruega. Enquanto o assassino Anders Breivik caçava vítimas em um acampamento de verão na ilha de Utoeya, jovens em fuga postavam alertas online e descreviam para o resto do mundo a situação de terror que viviam naquele momento. Houve ainda quem usasse as redes para avisar que estava bem ou pedir ajuda para encontrar pessoas desaparecidas. Em março, logo depois do terremoto e tsunami que devastaram parte do Japão, o Google usou sua página de resposta a crises para publicar informações relativas ao desastre, incluindo uma ferramenta de busca de pessoas. Nos ataques de 11 de setembro de 2001, ligações e mensagens de voz foram o principal meio de comunicação, e mesmo esta comunicação foi prejudicada por conta dos sistemas de telefonia sobrecarregados – tanto pelo aumento no tráfego como pelos danos causados à infraestrutura. Mensagens de texto ainda eram limitadas comparadas a hoje, quando centenas de milhares delas são trocadas diariamente. Acessar contas de e-mail via celular também era algo raro. Desta forma, era difícil obter notícias de vítimas ou sobreviventes. Se existissem Twitter e Facebook, fotos de desaparecidos poderiam ser postadas e compartilhadas com o mundo todo em questão de minutos. Em 2001, as pessoas passaram a colar fotos de seus entes queridos pelas ruas de Nova York em busca de informações. É claro que o tempo não volta, e só nos resta especular. Mas é fato que as mudanças tecnológicas que ocorreram desde setembro de 2001 transformaram o modo como nos comunicamos e obtemos informações sobre eventos grandiosos. Ainda que o termo “jornalismo cidadão” tenha se tornado comum nos últimos anos, grande parte das pessoas que compartilham informações nas redes sociais não pensa estar fazendo um trabalho jornalístico diante de uma tragédia – muitas estariam apenas contando para os amigos e conhecidos em sua rede o que está acontecendo ao seu redor. Estes amigos e conhecidos, por sua vez, compartilhariam aquele relato pessoal – sem os filtros da imprensa – a suas redes, ampliando cada vez mais seu alcance.

E-mails: comercialfolhadocaparao@gmail.com diretoriafolhadocaparao@gmail.com; publicidadefolhadocaparao@gmail.com redacaofolhadocaparao@gmail.com Circulação: ES - Afonso Cláudio, Alegre, Alfredo Chaves, Anchieta, Apiacá, Atílio Vivacqua, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itapemirim, Iúna, Jerônimo

Monteiro, Marataízes, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, São José do Calçado, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante.

Editora e Jornal Sul Capixaba Ltda - ME | CNPJ: 10.916.216.0001-55. Rua Resk Salim Carone, S/N º - Ed. Ibisa - Loja 03 - Bairro Gilberto Machado. Cachoeiro de Itapemirim-ES (Próximo à rodoviária) .

Tel: (28) 3521 7726

As matérias assinadas publicadas neste jornal, necessariamente não traduzem a opinião do próprio jornal. A veracidade das informações publicitárias veiculadas é de responsabilidade de quem as patrocina (anunciante). A legislação não impõe ao órgão que veicula o anúncio (jornal) a obrigatoriedade de verificação e comprovação da fidedignidade e correção destes anúncios. Fonte: STJ (Superior Tribunal de Justiça).


DOMINGO, 18/09/2011

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMRIM E REGIÃO SUL

aQUItem

INTERINO

E-mail do leitor

Feliz da vida Quem está feliz da vida é o vocalista da banda Art & Voz, Eliomar (foto). Na noite da última sexta-feira o grupo comemorou 16 anos de estrada. A festa aconteceu para convidados no Clube Ita e reuniu centenas de amigos e admiradores. A noite estava bem animada e quem não foi perdeu. Eliomar se fantasiou de tudo que é jeito, mostrando seu potencial artístico e de interpretação de músicos famosos. Fica o registro, os parabéns e o desejo de mais sucesso.

Um leitor mandou e-mail com a foto apontando excesso de bagagem na motocicleta de entregador dos Correios. Segue, na íntegra, o texto que veio em anexo a foto: “Tirei a foto nessa manhã de sábado. Mas, constantemente os motociclistas da ECT andam com excesso de peso nas motocicletas comprometendo a segurança deles e de terceiros. Bem como a durabilidade dos veículos. Risco também para as encomenda dos clientes. Reparem que o motociclista está com uma bolsa lotada em cima do tanque, comprometendo a dirigibilidade. É proibido por lei carregar objetos no tanque da moto”.

PV, PR e PSB não comparecem em reunião com PMDB A tão esperada reunião do PMDB, que reuniria mais de 20 partidos ontem no diretório do partido, não saiu bem como o esperado. O PV, PSB e PR não compareceram. Eles eram considerados os principais convidados e sinalizariam a formação de um possível ‘blocão’ para 2012. Com isso, fica ainda mais indefinido o quadro para as próximas eleições.

OPINIÃO

03

LEANDRO MOREIRA leandromoreira23@gmail.com facebook.com/leandromoreira23

@moreira238

José Tasso Quem compareceu na reunião do PMDB foi José Tasso. Segundo informações, ele aproveitou para tentar pôr fim à animosidade política entre ele e o ex-prefeito Roberto Valadão. A bem da verdade, ambos são lideranças importantíssimas e, por não configurarem mais disputas, deveriam mesmo deixar de lado diferenças passadas e seguir rumo ao que for melhor para o município.

Casas populares O Governo do Espírito continua proporcionado melhorias de vida à população capixaba por intermédio do Programa Nossa Casa. Na última sexta-feira, mais 10 famílias, vítimas das chuvas que atingiram o município de Iconha, receberam as chaves do imóvel novo e deixaram, em definitivo, os locais de risco em que viviam até então.

Na base O PT, por sua vez, que sequer foi convidado para a reunião no diretório do PMDB, soltou aquela velha frase: “quem ri por último, ri melhor”. Ontem, nos bastidores, o assunto era o não comparecimento do PV, PSB e PR na reunião. Alguns militantes e dirigentes do partido disseram que isso demonstra o fortalecimento e solidificação da base, afinal, essas três siglas ocupam secretarias e cargos na prefeitura.

@Tá na NET, tá AQUI Participe das nossas redes sociais e aparaceça AQUI

DIVULGAÇÃO

ESPAÇO POPULAR

PARTICIPE: envie sua foto para leandromoreira23@gmail.com, com crédito e informações

@folhadocaparao

facebook.com/grupofolhadocaparao

Comentários diversos na rede social

Funcionários dos Correios que estão em greve, sentados na porta da agência na Praça Jerônimo Monteiro, em manifestação de greve


04

ESPECIAL

DOMINGO, 18/09/2011

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMRIM E REGIÃO SUL

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

Passe Livre: muitos usuários utilizavam o serviço sem necessidade »» Com a bilhetagem eletrônica, tanto a prefeitura quanto a empresa que administra os ônibus da cidade, constataram que nem 50% utilizam as viagens disponibilizadas ALISSANDRA MENDES

alissandrapmendes@yahoo.com.br

Implantando em janeiro deste ano, o programa Passe Livre deixou de ser popular e ganhou caráter social. A ampliação e modernização tiveram início após uma parceria entre a prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim e o Consórcio Cachoeiro Integrado (CCI), que passou a utilizar a mesma tecnologia de bilhetagem eletrônica do transporte pago. Com isso, foi possível a concessionária de transportes público do município, a Flecha Branca, administrar a quantidade de usuários que utilizam o coletivo. Embora o programa tenha sido criado com o objetivo de subsidiar o transporte para os mais carentes, o antigo modelo não permitia

esse controle por parte do município e da empresa responsável. De acordo com o diretor-presidente da Agersa, que regula o transporte público, Luiz de Oliveira Silva, em sete meses de projeto foram disponibilizadas 583 mil viagens, sendo desse total, somente 155 mil utilizadas pelos usuários. Foram feitos 2.100 cadastros e desse total, 1.384 usaram o transporte no mês de agosto. “A avaliação que fazemos é extremamente positiva. O sistema foi readequado e quem precisa do transporte está usando, que são os desempregados, doentes e estudantes. Estamos disponibilizando o projeto dentro da lei para atender quem precisa”, disse. A prefeitura tem disponível para gastar com

o projeto R$ 150 mil, mas tem gastado em média R$ 55 a R$ 60 mil. “Agosto foi um mês atípico, pois gastamos R$ 39.400,00. Isso mostra que os usuários estão conscientes quanto ao uso do dinheiro público e só usam quando precisam”, continuou Luiz. Com a tecnologia da bilhetagem eletrônica, o município pôde identificar e cadastrar quem realmente não tem condições de pagar a passagem. No sistema antigo, a média de usuários do Passe Livre era de 6.000 a 7.000 por dia. “As pessoas que precisam, estamos disponibilizando também as concessionárias distritais. Quem mora nos distritos também tem direito ao Luiz de Oliveira Silva contou que somente quem precisa está usando o Passe Livre acesso gratuito”, completou o diretor-presidente O cadastramento pode ser cipal de Desenvolvimento da Agersa. na sede da Secretaria Muni- Social, na Ilha da Luz.

filipe rodrigues

continua


DOMINGO, 18/09/2011

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMRIM E REGIÃO SUL

ESPECIAL

05

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM ilustração

Passe Livre Com as mudanças do Passe Livre, somente pessoas com renda familiar de até R$ 140,00 por mês têm direito a usar o coletivo de graça. Antes da mudança a medida gerou um misto de revolta e preocupação, sobretudo para quem ganha um salário mínimo por mês, já que o valor a ser pago com a passagem compromete 20% do pagamento. De acordo com o gerente de tráfico da Flecha Branca, Renato Borges, a empresa não tem recebido mais reclamações dos usuários. “Essa é uma medida acertada do governo. São poucas as pessoas que estão utilizando o sistema. A quantidade ofertada é maior que a demanda. Como muitas pessoas não

utilizam mais, as reclamações estão infundadas”, disse Renato. Ele contou que o sistema de bilhetagem implantado ao Passe Livre beneficiou quem realmente precisa. “Quem precisa está usando bem. Temos todas as linhas disponíveis e em qualquer horário. É um ganho muito grande para o município”, continuou o gerente. O gerente explicou que cada cartão tem um determinado tempo de uso e com isso, os usuários procuram a empresa assim que acaba a validade. “A prefeitura hoje só paga a quantidade utilizada. Antes o município perdia muito, agora não”, ressaltou.

De acordo com a Flecha Branca, das 60 mil viagens disponíveis no Passe Livre, somente 25 mil são utilizadas

físico, portador de HIV, estudantes da APAE, estudantes do Lions, renal crônico, deficiente mental e visual, idoso (acima de 65 anos), acompanhantes de deficientes, portador de tuberculose, guardas municipais, agentes de trânsito, policiais militares e civis, atiradores do Tiro de Guerra, fiscais da prefeitura, professores da APAE e do Lions, carteiros, comissários de menores, oficiais de

Justiça e crianças menores de cinco anos. Para completar, Renato contou que os idosos são os que mais se movimentam. “Eles são os que mais utilizam a gratuidade. Essas pessoas têm que se identificar com as carteirinhas, mas fazemos o cadastro e como hoje todos passam na roleta, é mais fácil termos o controle. A bilhetagem eletrônica nos permite isso”, finalizou o gerente.

Gratuidade Além do projeto do Passe Livre, muitos usuários têm a gratuidade que a empresa, por lei, é obrigada a oferecer. Com isso, a Flecha Branca deixa de arrecadar quase R$ 5 milhões por ano. “Essa é uma Lei Municipal e cerca de 20% das pessoas que são transportadas no mês, tem gratuidade”, explicou Renato. Tem direito à gratuidade as seguintes categorias: deficiente

divulgação/cmci

Renato Borges contou que cerca de 20% da somatória dos passageiros de um dia, tem gratuidade


06

GERAL

DOMINGO, 18/09/2011

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMRIM E REGIÃO SUL

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

Cachoeiro debate Direitos Humanos

»» Representantes de diversos municípios estiveram presentes para traçar novos objetivos filipe rodrigues

redacaofolhadocaparao@gmail.com

Direitos Humanos é um tema que está em evidência no país e no mundo. O Brasil, por sua vez, vem sinalizando para as demais nações que se preocupa com as necessidades básicas para uma sobrevivência digna de cada ser humano. Muito embora o Espírito Santo, inevitavelmente Cachoeiro, seja considerado interior para alguns Estados da federação, lideranças políticas e sociais estão antenadas no assunto e regularmente propõem debates sobre o tema, com o objetivo de fortalecer o movimento. Ontem, a Câmara Mu-

nicipal foi o espaço para esse tipo de evento. Começou na noite de sexta-feira e terminou ontem à tarde o Encontro Estadual do Movimento Nacional de Direitos Humanos. Representantes de outros municípios estiveram presentes, com destaque para o professor Pedro Bussinger. No primeiro dia do evento, o também professor José Pontes Schayder foi quem comandou o debate, falando um pouco sobre a história do Espírito Santo e a maneiro como ela vem sendo contada. Ontem, o encontro teve início às 8h00. A Câmara Municipal ganhou nova “cara” e tons diferentes. Bandeiras do

Brasil, do revolucionário Che Guevara, do Movimento de Direitos Humanos, remeteram a um sentimento de luta por causas coletivas e respeito mútuo. Para o coordenador do Centro de Defesa de Direitos Humanos de Cachoeiro, Aristides Fonseca, foi mais uma oportunidade de avançar nessas questões. “Sabemos da luta das minorias por tratamento igualitário e mais espaço na sociedade. Além disso, movimentos religiosos que ainda sofrem algum tipo de preconceito... enfim, muita gente que precisa de apoio e estamos juntos por uma sociedade mais justa”, destacou Fonseca.

fernando sabino


DOMINGO, 18/09/2011

DIÁRIO| Ano 1 | n° 137 Cachoeiro de Itapemirim e Região Sul www.aquies.com.br

»» @folhadocaparao

»» facebook.com/grupofolhadocaparao divulgação

»» O grupo que nasceu nos bares começar a conquistar seu espaço e até o fim do ano lançam seu primeiro CD De onde surgiu o nome Generu’s? Remete a história de tocar em barzinho, pois em bar, você deve tocar de tudo um pouco. O público é variado e muitas vezes exigente. Então, quando estávamos ensaiando, tentávamos criar um repertório mais variado e agradável possível. Daí surgiu “Generu’s” fazendo alusão aos diversos gêneros musicais que você ouve na noite.

Banda Generu´s: O jeito pop/rock de ser Gustavo Ribeiro

gustavo.ghrs@gmail.com

O sul do estado está repleto de artistas e cada um deles aos poucos vem conquistando seu devido lugar. Garra, perseverança e luta seriam um dos poucos adjetivos para mostrar o quanto esses guerreiros acreditam no que fazem e bem. Na edição de hoje, trouxemos uma entrevista com a Banda Generu´s. Os meninos estão na es-

trada há cerca de três anos, e contam um pouco dessa vivencia, que classificam de difícil e prazerosa. O vocalista do grupo Renan Lessa, foi quem nos concedeu a entrevista. De onde surgiu a ideia de montar a banda? Renan - A banda aconteceu ao acaso. Tinha um projeto de tocar em bares da cidade em um formato acústico e chamei dois amigos, que também tocavam,

para compor essa sonoridade. Durante os ensaios apareceram oportunidades e pessoas que tornaram viável pensar nisso tudo como um grupo. Qual a formação atual do grupo? Atualmente somos em cinco componentes. Renan Lessa (vocal e violão), Rafael dos Santos (baixista), Felipe Vieira (guitarrista), Rafael Ricco (percussionista) e Roberto Moraes (bateria).

Quais são as influências musicais da banda, e no que elas ajudaram no perfil do grupo? Escutamos de tudo. O engraçado é que cada estilo musical diferente nos ajuda a compor com uma cara especialmente nova para o nosso som. Mas diria que bandas como: Jota Quest, Lulu Santos, Nando Reis, Barão Vermelho são algumas que você encontraria facilmente em nossa playlist.

Quais são as músicas mais tocadas nos shows? Tocamos de tudo um pouco. Passamos pela MPB, o rock internacional, baladas românticas e voltamos ao Pop/Rock nacional característico da banda hoje. A banda tem composições próprias? Sim. Atualmente estamos em finalização do nosso primeiro CD independente. Serão 10 músicas autorais. A maioria das composições quem faz sou eu. Como surgem as composições? Elas simplesmente vêm. Quando vejo, já estou com o meu violão e qualquer coisa que grave a melodia que está na minha cabeça e saio rabiscando até sair algo. Como é ser uma banda do interior? E qual é o lado bom e ruim?

Coletânea reúne textos sobre a história sul capixaba Aspectos sociais, econômicos, políticos e culturais do sul do estado nos séculos 19 e 20 são analisados por historiadores na coletânea “Vestígios da História Sul Capixaba em 11 narrativas”, que será lançada amanhã, em Cachoeiro de Itapemirim, com apoio da Lei Rubem Braga de incentivo à cultura. O livro reúne artigos que perpassam temas como a

formação de municípios da região, o desenvolvimento cafeeiro, os movimentos abolicionistas e manifestações pró-republicanas, o advento da luz elétrica e a contracultura dos anos 1960. Assinam os textos professores da Universidade Federal do Espírito Santo, do Instituto Federal do Espírito Santo, do Centro Universitário São Camilo, além de

especialistas e bacharéis em História. São organizadores do livro Andréia Marin, Jeferson Mendes Saldanha, Michelle Scarpi Silvestre e Priscila Moreira da Silva. A publicação tem 256 páginas. “É uma publicação de grande importância para compreensão do processo de formação da região sul do Espírito Santo e de sua

trajetória histórica. Ficamos muito felizes e satisfeitos com o fato de a Lei Rubem Braga ter ajudado a gerar esse livro”, disse a secretária municipal de Cultura, Cristiane Paris. O lançamento da coletânea será às 19h00, no auditório do Centro Universitário São Camilo, e faz parte da abertura da Semana de História da instituição.

Sem dúvida não é uma tarefa fácil. Mas acredito que as dificuldades servem para crescermos sempre. Se uma porta se fecha, basta pular pela janela. O show não pode parar. Qual foi o show mais inusitado que a banda já fez? O mais inusitado foi sem dúvida no ano passado. Era junho, época de festa Junina e tivemos que tocar em um Arraiá. A festa seria realizada em um sítio e nosso carro quebrou no meio do caminho, e o pior, começou a chover. Chegamos atrasados e como tivemos que sair do carro pra empurrá-lo na lama, imagina como chegamos para fazer a apresentação (Hehe). Mas no fim, tudo deu certo. A banda já tem algum CD gravado? Este mês estamos finalizando nosso primeiro CD. No final deste ano tudo estará pronto e todos estarão convidados a festa de lançamento em breve. Quem desejar saber e conhecer mais sobre a banda como fazer? Hoje temos o site: palcomp3.com.br/generus e o facebook.com/bandagenerus. Nos dois links você pode encontrar todas as novidades da banda, conferir nossa agenda de shows, ver nossas fotos, conhecer um pouco mais da história e ainda fazer downloads de nossas músicas.

divulgação


02

»» DOMINGO, 18/09/2011

www.AQUIES.com.br Foto Jócelys Brito

Quem Será o Próximo Prefeito de Cachoeiro? Do alto de minha experiência com campanhas políticas e com o poder público, para quem não sabe tive grande participação na eleição do Prefeito Edson Magalhães em Guarapari e por alguns anos trabalhei na Prefeitura de Cachoeirol, vou arriscar alguns palpites sobre quem poderá ser o próximo Prefeito de Cachoeiro. Os primeiros boatos dão conta de que Valadão, José Tasso, Ferraço e Abel Santana poderão ser candidatos. Na minha simples opinião, todos sem chance de ser eleitos. Mesmo que eu tenha grande admiração, respeito e carinho por cada um dos nomes citados, vamos concordar que o tempo deles já passou e Cachoeiro precisa de novos líderes políticos. Para nosso bem, o ideal é que Casteglione fosse reeleito para dar continuidade aos seus projetos e concluísse o seu trabalho. Agora depois é que nós, eleitores, teremos que entrar em cena para dar um novo rumo a nossa cidade, que está precisando de sangue novo.

É claro que parte do sucesso da super festa de cinco anos da D+ Eventos oferecida por WALESKA BASSANI, realizada na última quinta se deve ao cenário perfeito do The One Club de SCANDAR NEMER, ao buffet maravilhoso de JANAÍNA PIMENTEL e ao ótimo DJ JFERNANDO.

»» Glauber ou Rodrigo

O cenário atual desenha uma provável disputa entre Glauber Coelho e Rodrigo Coelho. Dois bons nomes, já que além de jovialidade possui em comum a vontade de ver a cidade crescer. O resultado desta possível disputa está na mão dos próprios, que precisarão provar quem merece o nosso voto.

»» Royalties do Petróleo

O governo federal está com a difícil tarefa de definir quanto dos lucros de exploração do petróleo ficarão para os municípios produtores. Fato é que mesmo que os governadores do Sudeste consigam resguardar nossas porcentagens, ainda sim, terão grandes perdas de dinheiro.

»» Investindo no Futuro

Enquanto isso vale uma observação sobre o que os municípios produtores de petróleo estão fazendo com a grana alta que entra todo mês nas contas da administração. No caso de Presidente Kennedy, pelo pouco que sei nestes primeiros anos a grana está sendo investida na educação, saúde e social.

»» Uniforme da Mulher Moderna

A Barezy do Shopping Sul acertou em cheio quando decidiu abrir uma loja exclusiva para as mulheres modernas. Prova disso é que muitas empresárias bem sucedidas da cidade, desfilam por aí usando as lindas camisas da Dudalina, que estão entre as mais desejadas. Sem falar nas outras grifes top.

»» Doação de Órgãos

A importância da doação de órgãos está em evidência neste mês de setembro, quando é comemorado o Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos, no próximo dia 27. A Santa Casa de Cachoeiro desenvolverá várias ações de conscientização sobre o assunto. Vale participar e conhecer.

Quem também marcou presença na festa arrasa quarteirão da D+ Eventos foi o casal querido FABÍOLA LESSA e LUCIANO CARLETTE.


»» domingo 18/09/2011

03

www.AQUIES.com.br Fotos Jócelys Brito

Inauguração da Apple Pelo alto número de confirmações já dá para imaginar que o coquetel de inauguração da iLab, autorizada Apple em Cachoeiro, será um sucesso absoluto. Há muito tempo que eu não vejo tanto entusiasmo com a chegada de um novo empreendimento. Se bem que estamos falando de Apple

Outra presença bacana na festa de WALESKA BASSANI e ANDRÉ MENEZES foi a do artista plástico, design e publicitário WILSON FERREIRA.

Prestigiando WALESKA BASSANI e ANDRÉ MENEZES na festa de cinco anos da D+ Eventos a presença indispensável de FLÁVIO MISSE.

»» Altos Elogios

Só para se ter uma idéia dos nomes bacanas que já confirmaram presença e estão super elogiando a chegada da Apple em Cachoeiro, citamos Roselee e Clemente Sartório, Jéferson Ribeiro, Renata Magalhães, Rosane Coelho, José Carlos Dias, Sérgio Mariano, Rômulo Gonçalves, entre outros.

»» Novo Consultório

E por falar em empreendedoras as psicólogas, Marcela Baptista e Sue Hellen Viana, estão a pleno vapor com as obras de seu novo consultório, que está ficando lindo. A inauguração está prevista para o segundo semestre de outubro. Quem cuida da comunicação é Wilson Ferreira.

»» Lançamento de Livro

Acontece amanhã à noite no Centro Universitário São Camilo Espírito Santo, o lançamento do livro “Vestígios da História Sul Capixaba em 11 narrativas”. A obra abordará aspectos sociais, econômicos, políticos e culturais do sul do estado nos séculos 19 e 20, analisados por vários historiadores. Entrada franca.


VIVAaVIDA

www.AQUIES.com.br DOMINGO, 18/09/2011

DIÁRIO| Ano 1 | n° 137 Cachoeiro de Itapemirim e Região Sul

Batata-doce para secar a barriga »» Chegou o aval que nas refeições de quem pretende enxugar as medidas e controlar o diabete REDAÇÃO

redacaofolhadocaparao@gmail.com

É difícil acreditar que algo que tenha a palavra doce no nome ajude a emagrecer. Pois essa batata originária da América Central auxilia a exterminar os quilos a mais com muita doçura. Pelo menos é o que mostra uma pesquisa da College of Agriculture and Life Sciences, nos Estados Unidos. O poder desse tubérculo se deve a seu baixo índice glicêmico, o famoso IG. Isso significa que ele é digerido de forma mais lenta e, portanto, dá mais saciedade, auxiliando no combate à obesidade. E, por liberar a glicose de forma gradual, evita que ela seja armazenada no corpo feito gordura. Não à toa, graças à geração equilibrada de energia proporcionada pelo vegetal, a batata- doce é considerada o alimento dos atletas. Afinal, propicia que o açúcar

seja absorvido na medida exata. Daí, o corpo não se vê obrigado a secretar doses exageradas de insulina, o hormônio responsável por botar esse combustível adocicado para dentro das células. “Em outras palavras, a pessoa tem disposição de sobra para se exercitar. A dica é o seguinte: o ideal é consumi-la entre uma e duas horas antes da atividade física. A batata-doce é benéfica até para quem apresenta tendência ao diabete. Afinal, com a produção de insulina na dose certa, o pâncreas, encarregado de fabricá-la, não trabalha adoidado. Assim, o indivíduo não desenvolve resistência à substância, um fator por trás do tipo 2 da doença. O estudo americano ainda descobriu que a variedade Beauregard, que está chegando agora ao Brasil, tem o mesmo padrão proteico de suplementos vendidos até pouco tempo no exterior para controle da glicose no sangue de portadores do distúrbio.

Na hora de comer

Evite prepará-la com óleos para não engordá-la. Para aproveitar melhor seus nutrientes, cozinhe-a com a casca. As-

sim, você desfruta das fibras. Adoce seu cardápio com o ingrediente de duas a três vezes por semana e complete o prato com proteínas.


DOMINGO, 18/09/2011

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMRIM E REGIÃO SUL

CIDADES

11

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

Trânsito: menos tempo no trajeto de ônibus pela Santos Neves »» Parte dos itinerários vai passar a usar a Linha Vermelha, na altura do bairro Otton Marins

divulgação/PMCI

A partir das mudanças no trânsito da região do bairro IBC, em Cachoeiro de Itapemirim, as principais linhas de transporte coletivo urbano que passam por ali terão ganho de tempo, em cerca de dez minutos. As alterações estão sendo realizadas pela prefeitura durante esta semana e passam a valer nesta segundafeira (19). A previsão é da concessionária Flecha Branca, responsável por essas linhas. São ônibus que fazem hoje parte do trajeto BNH Centro pela avenida Jones dos Santos Neves, uma das mais movimentadas da ci-

dade, mas vão passar a usar a Linha Vermelha, via com duas faixas de rolamento no mesmo sentido. A Santos Neves passa a ser também de mão única, para o sentido contrário, Centro – BNH, e com isso ganha automaticamente uma segunda faixa de rolamento. A linha Nossa Senhora da Penha x Parque Laranjeiras via Otton Marins, no sentido de ida para o Parque Laranjeiras, também sofrerá alteração de itinerário: no bairro Otton Marins, o veículo não vai mais passar nas ruas Jos�� Lobato e Luiz Tassinari. Serão acrescentadas ao iti-

nerário as ruas Nelo Borelli e Rubens Rangel. Ao longo do trecho transformado em mão única, os pontos hoje usados pelos passageiros que querem embarcar em ônibus no sentido BNH - Centro serão transferidos para a Linha Vermelha. Na Santos Neves, muda também o ponto de ônibus na entrada para o bairro Gilson Caroni, que passa para a região próxima à empresa Karmaq. Para receber as novas regras, a região passa nesta semana por uma série de alterações, com parceria entre as secretarias municipais de Defesa Social (Semdef )

e de Obras (Semo). São novos pontos de parada de ônibus, placas, pintura na pista, tachões reflexivos e muretas de proteção para divisão de pistas. “O projeto foi desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Semdurb), com base em estudos antigos e atuais, e aprovado pelo Conselho Municipal de Trânsito. Paralelamente, estamos orientando moradores e motoristas sobre as mudanças, em visitas constantes à região”, explicou o secretário municipal de Defesa Social, Guilherme Thompson.

Entenda o que muda na região do IBC Quem segue pela avenida Jones dos Santos Neves no sentido Centro – BNH: -Segue o trajeto normalmente, mas agora com acréscimo de uma faixa de rolamento no novo trecho de mão única: que vai da altura da igreja São Francisco, no bairro Otton Marins, até a entrada para o bairro Gilson Caroni. Quem vai acessar o trevo que dá acesso ao bairro Gilson Caroni e quer fazer conversão à esquerda para o bairro IBC: -Deve entrar no novo corredor exclusivo para conversão à esquerda, que ficará nesse trevo, no centro da pista, com proteção de muretas e tachões reflexivos. Para sair do corredor, o motorista precisa aguardar e dar preferência aos veículos que sobem a avenida no sentido BNH – Centro. Quem já está no bairro Gilson Caroni e quer acessar a Linha Vermelha: -Precisa obrigatoriamente descer a Santos Neves

e fazer o contorno pelo trevo do IBC (Sesi). Quem está na Santos Neves na altura do bairro Otton Marins e quer acessar a região da igreja São Francisco: -Deve buscar ruas alternativas, pois a conversão à esquerda próximo ao posto de gasolina Alfa fica proibida Quem está na Linha Vermelha na região do bairro Otton Marins: -Pode tanto continuar o trajeto pela Linha Vermelha quanto fazer a conversão à esquerda - na área da igreja São Francisco – para acessar a Santos Neves. Próxima dali, a rua Francisco de Almeida Ramos, no Otton Marins, passa a ser de mão única, com sentido para quem entra no bairro. Quem faz o trajeto BNH - Centro na Santos Neves e está para acessar o trevo do bairro Gilson Caroni: -Terá que acessar obrigatoriamente a Linha Vermelha, ou para voltar ao IBC no novo retorno ou para seguir para o centro. filipe rodrigues


12 MEIO AMBIENTE

DOMINGO, 18/09/2011

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMRIM E REGIÃO SUL

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

Dia da árvore terá distribuição e plantio de mudas

DIVULGAÇÃO/PMCI

»» Alunos da escola Jenny Guardia vão aprender a produzir mudas Distribuição de diversas mudas nativas da Mata Atlântica, reflorestamento de uma área ciliar do rio Itapemirim e cursos fazem parte da programação do

projeto Planta Cachoeiro deste ano. As atividades em comeração ao dia da árvore começam na quarta-feira (21) e se estendem até sexta (23).

Confira a programação Quarta-feira (21) Distribuição de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica Local: Praça Jerônimo Monteiro Horário: 8h às 12h Quinta-feira (22) Curso: Materiais Recicláveis Local: Centro Comunitário da Associação de Moradores do bairro Amarelo (Amobam) Horário: 8h às 12h30 Local: Associação de Moradores do bairro Basiléia (Amobas) Horário: 13h30 às 17h30 Curso: Arborização Urbana (parte teórica)

Local: Auditório da Semma “Sérgio Luíz Bastos Giri”, bairro Independência Horário: 8h às 11h Sexta-feira (23) Curso: Arborização Urbana (parte prática/campo) Curso: Arborização em via pública Local: Rua João Sasso, no bairro São Geraldo Horário: 8 h Oficina: Produção de Mudas com a bióloga Viriane Pigatti Local: Escola “Jenny Guárdia”, no bairro São Geraldo Horário: 8h

Na praça Jerônimo Monteiro, no centro da cidade, o dia da árvore (21) será lembrado com a distribuição de 500 mudas de espécies nativas como ypê, jequitibá rosa, paineira, pau d’alho dentre outras. “É uma forma de alertar a população para a preservação da área vegetal tanto na cidade quanto na área rural. O trabalho deve ser em conjunto, por isso é fundamental o envolvimento de todos”, enfatiza o secretário municipal de Meio Ambiente, Delandi Macedo. Já no bairro Arariguaba, será realizado o reflorestamento da área ciliar do rio Itapemirim, no local conhecido popularmente como “curva do caxão”. A ação é em cumprimento a um Termo de Ajuste de Conduta Ambiental firmado entre a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e uma empresa do município.

A programação contempla cursos de formação em arborização urbana, com técnicas para a poda de árvores, materiais recicláveis e oficina de produção de mudas com os alunos da escola municipal Jenny Guardia. Para encerrar as atividades do Planta Cachoeiro, a rua João Sasso, no bairro São Geraldo, vai receber o plantio de mudas. A arborização da via pública vai até as proximidades da escola municipal Jenny Guardia. A atividade será feita em conjunto com a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e os alunos da escola.

Cariniana Legalis símbolo do Estado

Também será plantada uma cariniana legalis, espécie nativa da Mata Atlântica conhecida como Jequitibá Rosa. A árvore é considerada símbolo do Espírito Santo e será plantada no Centro de Referência, Pesquisa e Capacitação do Professor de Educação Básica (Cecapeb), na localidade de Morro Grande, na quinta-feira (21).

Projeto Planta Cachoeiro

O projeto Planta Cachoeiro, desenvolvido

pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, foi lançado em setembro de 2009 com o objetivo de promover ações anualmente para que o município celebre o 21 de setembro, Dia da Árvore. Uma das ações desenvolvidas em edições anteriores do programa foi a escolha da árvore símbolo de Cachoeiro. A árvore escolhida foi a acácia havaiana, plantada no final do calçadão da avenida Beira Rio, tornando-se então Patrimônio Natural do Município.


DOMINGO, 18/09/2011

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMRIM E REGIÃO SUL

SEGURANÇA

13

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

Descuido: panela esquecida no fogo quase causa incêndio em apartamento »» O fato aconteceu no bairro Gilberto Machado. Segundo os bombeiros, se o socorro demorasse mais 10 minutos o fogo tomaria toda a casa filipe rodrigues

filipe rodrigues

redacaofolhadocaparao@gmail.com

O sábado começou com um verdadeiros susto para uma família no bairro Gilberto Machado. Aquela velha história de esquecer a panela ao fogo quase terminou numa tragédia. O fato aconteceu no edifício Porto Fino, no apartamento 101, de propriedade de Edmur de Assis Piassi. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu por volta de 10h30, quando eles foram acionados. Soldados da corporação informaram que

o trânsito intenso e a falta de sensibilidade dos motoristas que não abrem passagem para a viatura passar poderiam ter atrapalhado o

Quando você se observar, à beira do desânimo, acelere o passo para frente, proibindo-se parar. Ore, pedindo a Deus mais luz para vencer as sombras. Faça algo de bom, além do cansaço em que se veja. Leia uma página edificante, que lhe auxilie o raciocínio na mudança construtiva de idéias. Tente contato de pessoas, cuja conversação lhe melhore o clima espiritual. Procure um ambiente, no qual lhe seja possível ouvir palavras e instruções que lhe enobreçam os pensamentos.

atendimento, mas, no final, tudo deu certo. Os bombeiros informaram que uma mulher havia esquecido a panela ao

Veja dicas para evitar acidentes em casa: Não deixe as crianças perto do fogão; Não acenda o forno ou os queimadores com isqueiro; Não coloque panos de prato ou outros objetos próximos ao botijão, na tampa do fogão ou perto dos queimadores; Mantenha o registro de gás fechado e evite instalar o fogão próximo a correntes de vento; Nunca instale um botijão com a mangueira passando por trás do fogão e faça revisões periódicas na instalação; Mantenha sempre o cabo das panelas voltado para dentro; Nunca utilize fogareiro ou lampião diretamente sobre botijões de 13kg; Nunca encha em demasia as panelas. Pode ocorrer derramamento e a chama se apagar; Ao sair de casa, nunca deixe panela no fogo ou forno aceso; Certifique-se da procedência dos botijões.

Frase do Pipoqueiro

Frase do Sorveteiro

“Sacanagem é colocar uma placa no orfanato dizendo: “Entrada permitida apenas com assinatura dos pais.”

“Ironia é um pedófilo chegar numa festa de criança e falar “só vim pra comer”.

Preste um favor, especialmente aquele favor que você esteja adiando. Visite um enfermo, buscando reconforto naqueles que atravessam dificuldades maiores que as suas. Atenda às tarefas imediatas que esperam por você e que lhe impeçam qualquer demora nas nuvens do desalento. Guarde a convicção de que todos estamos caminhando para adiante, através de problemas e lutas, na aquisição de experiência, e de que a vida concorda com as pausas de refazimento das nossas forças, mas não se acomoda com a inércia em momento algum.

Presidente Dilma...Deve ser fã de personagens da Disney#Nomeou Gastão...Para o turismo#Faltam o Tio Patinhas para a Fazenda... Madame Min para a a saúde...Pateta para a educação...Pato Donald para a comunicação#E ainda o Mickey Mouse...Para a Ciência e Tecnologia#Reunião de lideranças políticas...Na sexta-feira à noite... Não foi nenhuma Brastemp#Polêmica agora é a tal da zona verde..A única zona preservada em Cachoeiro que conheço ...É a da

fogo e as chamas chegaram a atingir o aparelho Sugar, que fica em cima do fogão. Quando os soldados chegaram conseguiram controlar as chamas, no entanto, ainda segundo informações dos bombeiros, se o atendimento demorasse mais 10 minutos o fogo iria se alastrar por toda a casa. O caminhão do Corpo de Bombeiros chamou a atenção de quem passava pelo local. No momento da ocorrência, apenas uma mulher e sua filha estavam em casa e, por sorte, ninguém saiu ferido.

Patuleia

O clone da Olívia Palito, a namorada do Popeye

falecida Tia Lúcia no Novo Parque#Roberto Carlos deu entrevista ao Jô Soares...Na madrugada de ontem#Nada contra...Mas ele ta parecendo um cacique Kaiapó com o seu visual capilar#E assim caminha...A humanidade#Safra da Jaboticaba já aparecendo nas feiras livres...R$ 2,50 o litro#A angola Leila Lopes, eleita Miss Universo...Foi acusada por uma revista argentina...De ser 171# Primavera chegando e a semana vai ter muitas novidades...Na

Os seus problemas acabaram

capital secreta do mundo#Umas boas...Outras nem tanto#Dia 27 é dia de Cosme e Damião...Dia de ganhar bala, bolo doce e guaraná#A partir de amanhã...Trânsito muda em algumas ruas da cidade#Depois do sonho de serem “bombadões”...Rapaziada de Cachoeiro sonham agora...Em serem lutadores da UFC#Se já não bastasse... As porradas da vida#Hoje é domingo...Dia de almoço na casa da Mãe Joana#Com direito a maiones, macarrão...E galinha...


14

esportes

DOMINGO, 18/09/2011

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMRIM E REGIÃO SUL

ATÍLIO VIVÁCQUA

Equipes brigam pela ponta na segunda rodada

»» São Pedro e Sumidouro saíram na frente e marcaram três pontos na primeira rodada e agora querem manter a liderança ALISSANDRA MENDES

alissandrapmendes@yahoo.com.br

A bola rola hoje em Atílio Vivácqua pela segunda rodada do Campeonato Municipal de Futebol. O Beira Rio recebe o Sumidouro, o Flecheiras recebe o Boa Vista e o São Pedro enfrenta o Linda Aurora. O time do Praça do Oriente folga na rodada. O campeonato teve início na semana passada e as equipes do São Pedro e Sumidouro saíram na frente na classificação. O Sumidouro venceu o Flecheiras por 2 x 1 e divide a liderança com

o São Pedro, que venceu o Praça do Oriente por 3 x 1 e somam três pontos. No outro confronto da categoria Principal, o Beira Rio empatou com o Boa Vista em 3 x 3. O Linda Aurora folgou na rodada e volta à campo no fim de semana. Pela categoria Aspirante, o Beira Rio venceu o Boa Vista por 3 x 2 e divide a primeira colocação na tabela de classificação com o Praça do Oriente, que derrotou o São Pedro por 3 x 1. No terceiro confronto, o Sumidouro empatou em 1 x 1 com o Flecheiras.

divulgação

Hoje acontece a segunda rodada do Campeonato Municipal de Futebol de Atílio Vivácqua

Tabela Aspirante

A rodada prossegue no fim de semana. O artilheiro da categoria Aspirante é Arthur que marcou os três gols que deu a vitória ao Beira Rio. Já na categoria Principal, Batata (Beira Rio) e Ronald (São Pedro) dividem a artilharia com dois gols cada.

Tabela Principal

Próximos jogos – 2a rodada – hoje Beira Rio x Sumidouro Flecheiras x Boa Vista São Pedro x Linda Aurora Folga: Praça do Oriente

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

CASTELO

Começam hoje as quartas de final Jogo entre Piúma e Muqui é cancelado Os jogos das quartas de final do IV Campeonato de Futebol Society dos Comerciários começa hoje. Estão as equipes: Eletrocity, Estrelas Negras, Polonini, Perim, Pianna, Hortifruti, Itapuã Loja e Multipel. Os times do Hortifruti e Pianna se classificaram pelo índice técnico. Na semana passada, a Itapuã Lojas venceu o Casagrande Rep. por 5 x 3 e a Multipel derrotou as Lojas

Plin Plin por 7 x 4 e foram as últimas a se classificarem para a próxima fase. O campeonato agora tem um novo artilheiro: com 11 gols, Paulo Geovane dos Estrelas Negras assumiu a ponta, seguido de Everton do Polonini, e Eduardo do Hortifruti, ambos com nove gols. Na rodada de domingo, as equipes da Multipel e Itapuã passaram pelos seus adversá-

rios e garantiram suas vagas na próxima fase. O destaque foi Bruno da Itapuã, que marcou três gols e agora soma oito no campeonato. Paulão da Multipel também se destacou marcando dois para sua equipe. “Sabemos que o nível do campeonato está muito bom e a partir de agora começa a fase eliminatória. Esperamos jogos emocionantes”, finalizou Sassá.

A partida entre Piúma e Muqui pelo Campeonato Sulino de 2011, que seria realizada na noite de sexta-feira, foi cancelada pela organização e uma nova data será definida ainda nesta semana pela Liga Desportiva de Castelo. De acordo com o diretor técnico, Sebastião Zanelato, os refletores queimaram durante uma chu-

va que caiu em Muqui na noite de quinta-feira e a partida será remarcada. Os participantes do Sulino de 2011 são: Castelo, Atlético de Jerônimo Monteiro, Muqui, Independente de Mimoso do Sul, Guaçuí, Piúma e Independente de Cachoeiro de Itapemirim. As equipes jogarão entre si em turno único com jogos só de ida.

Se classificam para a fase semifinal as quatro equipes primeiro colocadas e os jogos serão de ida e volta, sendo a segunda partida no campo das equipes classificadas em 1º e 2º lugares. A final também será em duas partidas, sendo a segunda no campo da equipe que tiver a melhor campanha no campeonato contando todas as fases.


DOMINGO, 18/09/2011

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMRIM E REGIÃO SUL

ESPORTE NACIONAL

15

FLAMENGO X BOTAFOGO

Jefferson x Felipe: alvinegro tenta superar o rival »» Goleiros de Bota e Fla voltam a se enfrentar no clássico. Alvinegro tenta triunfar sobre o rival, que tem levado a melhor

REDAÇÃO

redacaofolhadocaparao@gmail.com

O clássico de hoje entre Botafogo e Flamengo, às 16h00, no Engenhão, além de muitos atrativos terá também o duelo de dois jogadores que têm a confiança de seus torcedores. Os goleiros Jefferson e Felipe travarão duelo à parte, e o arqueiro rubro-negro tem levado ampla vantagem sobre o rival. Já são três confrontos diretos. Além de não ter sofrido gols no jogo pela Taça Rio e ter visto seu time ganhar por 2 a 0, Felipe também permaneceu invicto no empate em 0 a 0 no primeiro turno do Brasileiro. Pela semifinal da Ta��a Guanabara, ele foi batido por Loco Abreu, mas na hora dos pênaltis foi decisivo

e venceu Jefferson ao pegar dois pênaltis. “Sempre gostei de disputar clássicos na minha carreira e na maioria das vezes consigo transformar essa alegria em boas partidas. Mas cada jogo é um jogo. Estou concentrado e me sentindo muito bem para essa partida porque a vitória é fundamental. Tomara que eu possa estar em um bom dia novamente”, disse o camisa 1 do Fla. Mesmo estando na Seleção Brasileira, Jefferson tentará acabar com a hegemonia de Felipe. Entretanto, o alvinegro rejeita o rótulo de um dos protagonistas do time e mantém humildade. “O Botafogo conta hoje com outros jogadores experientes e que dividem a responsabilidade, como o Antonio

Felipe Gabriel e Wander Roberto/VIPCOMM

Carlos, Marcelo Mattos, Renato e o próprio Loco Abreu. Acho que isso está sendo fundamental para a nossa boa campanha no Campeonato Brasileiro. Um clássico não se decide com um só jogador e vamos usar todo o grupo para vencer”, comentou. Jefferson contra Felipe e um duelo recheado de boas defesas entre dois dos melhores goleiros do Brasil.

Footstats Jefferson X Felipe Jogos: 23 x 17 Defesas: 56 x 85 Média de defesas por jogo: 3,3 x 3,7 Lançamentos: 86 x 116 Posse de bola: 16:47 x 20:13

Jefferson x Felipe: Duelo à parte no Engenhão

BOTAFOGO X FLAMENGO

Duelo de xarás no meio de campo Gilvan de Souza e FÁBIO CASTRO/AGIF

Renato do Fla e do Bota: quem leva a melhor hoje? O clássico de hoje, entre Botafogo e Flamengo, terá o duelo de Renatos, homônimos que defendem clubes diferentes, mas têm muito em comum. Nenhum dos dois figura entre os destaques de seus times, mas taticamente são fundamentais e, também, exercem funções

de liderança sobre os demais companheiros de time. Ambos têm praticamente a mesma idade. O rubro-negro tem 33 anos e o alvinegro 32. Já passaram por grandes clubes, ganharam experiência no exterior e agora estão entre os mais experientes do clássico de hoje.

O Renato rubro-negro se destaca principalmente nas bolas paradas. Ele já marcou três gols e, mesmo com o time em má fase, tem sido o mais lúcido da equipe. Como prêmio, foi a primeira convocação para a Seleção Brasileira. Por outro lado, o Renato alvinegro também tem contribuição direta nos gols do Botafogo, mas com assistências. Ele já deu quatro passes para gols neste Campeonato Brasileiro e é um dos melhores passadores da competição. Apesar de não figurar na última lista de Mano Menezes, Renato já foi convocado inúmeras vezes. A primeira quando ainda jogava pelo Santos. Talvez a principal característica dos dois seja a versatilidade em campo. Ambos sabem atacar, marcar com eficiência e conseguem imprimir um bom ritmo ao

jogo. Eles podem ser discretos muitas vezes, mas assumiram papéis importantes taticamente.

Seleção Brasileira

Titular da Seleção Brasileira pela primeira vez na carreira contra a Argentina, na última quarta-feira, em Córdoba, Renato, do Flamengo, aposta na disposição demonstrada para deixar uma dúvida na cabeça do técnico Mano Menezes. Já o xará alvinegro, que já teve oportunidades com outros técnicos na Amarelinha, espera voltar um dia. “Espero impressionar o Mano nos treinos. Quem sabe no jogo se surgir uma vaguinha? Eu trabalhei, progredi a cada jogo e tento mostrar meu valor para receber uma chance. Mesmo aos 33 anos, corro como poucos e quero mostrar meu valor”, explicou Renato, do Flamengo.

Comparação entre os Renatos: Semelhanças Bolas paradas Enquanto o rubro-negro tem como arma as faltas de longa distância, o alvinegro bate mais colocado.

Diferenças Carreira O alvinegro jogou sete anos na Espanha, enquanto o rubro-negro nunca atuou no Velho Continente.

Início no Guarani Antes de despontarem, eles fizeram sucesso no time de Campinas.

Rivais O alvinegro jogou no Santos e o rubro-negro atuou no Corinthians.

Experiência Os dois têm mais de 30 anos, além de terem jogado fora do país.

Gols O rubro-negro fez três gols no Brasileiro. O alvinegro não marcou.

Pelo lado do Botafogo, Renato espera repetir o feito de 2002, quando foi campeão brasileiro pelo Santos. Uma conquista pode reabrir as portas da Seleção: “Nosso grupo sabe que temos de melhorar. Na reta final não podemos mais errar. Temos de buscar nossos objetivos. Estamos vindo com

um bom ritmo e ninguém se distanciou. Estamos na briga pelo título”, disse. Renato ocupa um papel importante no Botafogo. Ele é um dos líderes do elenco e homem de confiança do técnico Caio Junior.O camisa 8 já venceu os clássicos com Vasco e Fluminense. Falta só o Flamengo.


16 ECONOMIA

domingo, 18/09/2011

www.AQUIES.com.br

CACHOEIRO DE ITAPEMRIM E REGIÃO SUL

NACIONAL

Governador “rasga o verbo” com outras autoridades em debate sobre royalties

»» Casagrande disse que o Espírito Santo é penalizado por estar cercado de Estados maiores e quer mais respeito quando o assunto é distribuição de royalties O governador do Estado do Espírito Santo, Renato Casagrande, esteve nesta quinta-feira (15), em Brasília, para participar do seminário “Federação e Guerra Fiscal”, realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e pelo Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP). O evento contou com a presença do ministro da Fazenda, Guido Mantega, do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, dos governadores Eduardo Campos, Pernambuco, Geraldo Alckmin, de São Paulo e Tião Viana, do Acre e centenas

SECOM/ES

de autoridades, especialistas no sistema financeiro público nacional, diretores de empresas, investidores, analistas e doutores que debatem novos modelos para

equilibrar o crescimento econômico com desenvolvimento social. “O Brasil precisa olhar para o Espírito Santo. Sofremos com a extrema falta

de infra-estrutura federal. Somos penalizados na articulação nacional por estar cercado por estados que podem ser comparados a países, como São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, na região sudeste. Enquanto isso, concorremos entre os piores orçamentos federais destinados aos estados brasileiros há décadas”, disse o governador do Estado do Espírito Santo, Renato Casagrande, antes de enumerar os enormes perigos que o Estado pode ficar ainda mais exposto, caso o consenso não prevaleça e não se chegue num entendimento em temas que estão

na ordem do dia na capital federal. “Antes de tentar acabar com a guerra fiscal entre os Estados, o governo Federal precisa assumir sua responsabilidade e investir em infra-estrutura federal no Espírito Santo. O aeroporto de Vitória é o pior do Brasil. Por ano, transportamos mais de 3,5 milhões de passageiros num espaço projetado para receber 500 mil pessoas até um mês atrás. Agora, com a abertura de dois módulos operacionais de embarque e desembarque, passamos a atender 1,3 milhão passageiros, ainda muito aquém

do necessário”, acrescentou o governador. O seminário “Federação e Guerra Fiscal” foi encerrado pelo presidente da FGV, Carlos Ivan Simonsen e pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel. Ainda em Brasília, o governador Renato Casagrande reuniu-se com os senadores capixabas Ricardo Ferraço e Ana Rita. Eles estiveram com o senador do Piauí, Welington Dias, tentando um entendimento entre estados produtores e não-produtores de petróleo sobre a distribuição dos royalties do petróleo.


Edicao 137