Page 1

Jornal A Plateia

Tradição, Qualidade e Liderança não se discutem facebook/aplateia aplateia.com.br ANO 81 | EDIÇÃO: Nº 23.752 96 PÁGINAS - R$ 5,00 | SÁBADO E DOMINGO 14 E 15 DE ABRIL DE 2018 | SANT’ANA DO LIVRAMENTO | FECHAMENTO: 19h00min

Contrato com a OSCIP da Educação vai parar no Ministério Público Vereadores levaram denúncia ao MP e caso agora deverá ser investigado por Promotor de Justiça. Páginas 12 e 13

Tratativas para construção de um Shopping no Armour

A PLATEIA {en español} Entre “secuestro y rapto” la historia de gitanos brasileros y uruguayos

Página 2 Empreendedores estiveram em reuniões, durante três dias, para apresentação do projeto. Na foto, o investidor Mário Filho exibe o projeto que pretende trazer para Livramento. Páginas 18 e 19 POLÍTICA

Edu Oliveira oficialmente no PDT Passagem para o novo partido contou com a presença de Ciro Gomes. Página 20

POLÍCIA

Mulher morre após grave acidente de trânsito

Uruguaia ficou quase uma semana internada após ser atropelada por um ônibus de turismo Página 27 POLÍCIA

Depois de demitido, ex-funcionário resolve assaltar

Homem roubou o patrão em ação ousada no bairro Armour . Página 25


2

A PLATEIA

aplateia.com.br facebook/aplateia

Sant’Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

2ª página Jornal A Plateia www.aplateia.com.br Fundado em 10/01/1937 CIRCULAÇÃO SÁBADO

Imagem da semana

DIRETORIA Diretor presidente Antônio Zuheir Badra Diretor-geral Kamal Zuheir Badra grupoaplateia@gmail.com

COM QUEM FALAR

REDAÇÃO ELIS REGINA redacao@jornalaplateia.com PUBLICIDADE LAURA SARAVIA laura@jornalaplateia.com ASSINATURA CAROL MACHADO circulacao@jornalaplateia.com

Fone: (55) 3242-2939 Sugestão de Pauta Artigos de Opinião

CONTATOS: redacao@jornalaplateia.com elisregina@jornalaplateia.com rodrigo@jornalplateia.com marcelneves@jornalaplateia.com matiasmoura@jornalaplateia.com Editais: editaisaplateia@terra.com.br Sociedade: sociedade@jornalaplateia.com Arte/Comerciais: editoriadearte@jornalaplateia.com A Plateia Online: online@jornalaplateia.com Variedades: variedades@jornalaplateia.com A Plateia en Español: espanhol@jornalaplateia.com Fotografia: marcelopinto@jornalaplateia.com Financeiro: cobrancagrupoaplateia@gmail.com

A PLATEIA

Marca registrada sob nº 825.254.280

PLANTÃO DA CIRCULAÇÃO Problemas com a entrega da edição de Sábado , ligue: Sábados, das 8h30min às 15h Telefone (55) 3242-2939 Sucursal do Jornal A Plateia em Porto Alegre Avenida Independência, n° 330 conjunto 505. Telefone: (51)3279-3928 Jornal diário editado pela

JB Empresa Jornalística Ltda. CNPJ: 73.752.180/0001-31 Fone (55) 3242-2939 Rua Almirante Barroso, n° 358 esquina rua Uruguai CEP: 97.574-020 SANT’ANA DO LIVRAMENTO Rio Grande do Sul/Brasil

A geada não foi capaz de renguear o cusco com o frio abaixo de zero da primeira metade da semana (Foto: Marcelo Pinto/AP)

Agenda 4ª EDIÇÃO DO CHORICEVA Acontece neste sábado, dia 14, a quarta edição do Fsetival Choriceva no Parque Internacional. O festival de comida e cerveja está previsto para começar às 16h e com previsão de duração até a meia noite. Vários restaurantes e cervejarias da região participam do encontro. O evento que já considerado um sucesso é marcado sempre por muita música, novidade gastronômica e cervejas especiais que fazem parte do circuito.

Editorial

O desenvolvimento bate à porta

Nesta semana Santana do Livramento recebeu uma grande notícia, mais uma que se une com a chegada dos Free Shops na fronteira. Isto porque empresários e investidores anunciaram o forte interesse de implantar em Livramento, no Bairro Armour, um shopping de 40 mil m no município. O empreendimento de Livramento ficaria na estrutura que era ocupada pelo frigorífico Swift Armour. A ideia é ter free shops brasileiros e também outras operações. É inspirado, inclusive, no projeto do Shopping Total, em Porto Alegre. Para que o assunto cresça ainda mais, os investidores esperam muito mais do interesse da comunidade, esperam intensa participação e um abraço coletivo dos comerciantes da cidade. Este é justamente o momento da cidade evoluir e crescer ainda mais, o pensamento pequeno ou de medo com a chegada de novos investidores não deve assustar o pequeno comerciante, mas instiga-lo a evoluir e recriar-se. É o momento de fazer diferença e receber com muita e boa expectativa aquilo que pode ajudar Livramento a crescer ainda mais.


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Såbado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

3


4

GERAL

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

redacao@jornalaplateia.com

Choriceva acontece neste sábado

Festival está marcado para acontecer a partir das 16h no Parque Internacional

Acontece neste sábado, dia 14, a quarta edição do Fsetival Choriceva no Parque Internacional. O festival de comida e cerveja está previsto para começar às 16h e com previsão de duração até a meia noite. Vários restaurantes e cervejarias da região participam do encontro. O evento que já considerado um sucesso é

marcado sempre por muita música, novidade gastronômica e cervejas especiais que fazem parte do circuito. A marca Nasdrovia e La Ocho juntamente com o Restaurante Don Caggiani, brindaram os convidados com os seus saborosos produtos durante o Lançamento do festival. No dia do evento quem desejar poderá

O brinde de lançamento da 4ª edição do Festival

adquirir a Caneca do Evento e o Boné personalizados. Os produtos variam de R$ 4,00 a R$ 16,00 reais. Além das tradicionais cervejarias que estão sempre presentes no evento, também marcam o evento a participação da Recofran, O Comilão lanches, Gardel Parrillada, Restaurante Pampa Gril e Don Caggiane entre outros.

“Diz que é cria de Santana” Grupo Arrastapé pretende fazer clip com viral da internet O Grupo Arrastapé, de Sant’Ana do Livramento, lançou a música “Diz que é cria de Santana” em primeira mão para a TV A Plateia no baile que aconteceu no CTG Jaime Caetano Braun. Nesta semana o grupo participou de mais uma gravação e a anunciou que pretende lançar o material também com o clip. A música surgiu diretamente do Facebook, onde internautas estavam relembrando algumas situações cotidianas da cidade, his-

tórias e acontecimentos de muito tempo, muitas delas apenas moradores antigos conheceram. A partir disso, o grupo teve a ideia de criar a música. “Vamos ver se o pessoal vai gostar, mas acreditamos que vai cair no agrado da comunidade”, comentou o vocalista do grupo, Clodoir Coelho. A letra da música fala do Limonta da Praça Artigas, de banhos no Batuva, do Baba, de dançar um trancão no Tradição, do Bar do velho

Barreto e até mesmo do Paulinho, o soldado universal. Há pouco tempo, o grupo gravou a música “La Cumbiera”, uma sequência da cúmbia com vaneira, que foi um sucesso. “Esperamos que a música seja bem aceita, tão quanto essas duas”, disse o grupo. O grupo é composto por Clodoir Coelho, vocalista; Fagner de Souza, baixista e vocal; Anilson Borges, gaiteiro; Alessandro Gonçalves, baterista e Rodrigo de Souza, guitarrista.

Clodoir Coelho, vocalista; Fagner de Souza, baixista e vocal; Anilson Borges, gaiteiro; Alessandro Gonçalves, baterista e Rodrigo de Souza, guitarrista.


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Såbado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

5


6

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Såbado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Såbado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

7


8

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Såbado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Såbado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

9


Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 10 ASant’PLATEIA

SEGURANÇA

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

redacao@jornalaplateia.com

Polícia confirma estupro de estudante Fato teria acontecido durante uma festa entre calouros e veteranos fora das dependências da Universidade O caso chamou a atenção durante a semana após estudantes e simpatizantes de Movimentos Feministas cobrarem uma atitude da Instituição de Ensino e da polícia sobre o fato de uma jovem de 17 anos de idade ter sido vítima de um estupro quando ela estava numa festa com outros universitários. A polícia está em fase de conclusão das investigações,

mas confirmou pelo menos uma autoria do crime. A jovem deixou de frequentar as aulas após fazer a denúncia. Segundo pessoas ligadas a vítima, um suposto vídeo da festa estaria circulando entre alunos da Universidade e, depois de lembrar-se dos fatos, a jovem teria decidido fazer a queixa na Delegacia de Polícia.

“Não houve silêncio, agimos rapidamente” A denúncia foi levada para a Delegacia de Polícia e imediatamente foram iniciadas as investigações. Segundo a Delegada de Polícia responsável pelo caso, Giovana Muller, não houve “abafamento da situação”, mas

sim o sigilo necessário para dar andamento às investigações. O caso foi bastante grave e a autoridade policial aguarda relatório e perícias finais para concluir o inquérito.

O caso De acordo com a delegada Giovana Muller, o abuso teria acontecido no dia 8 de março, numa confraternização de veteranos e calouros organizada no apartamento de um dos estudantes. Na ocasião, a estudante teria sido estuprada por outro colega da Uergs. A delegada disse em entrevista a GZH — Foi no apartamento de um deles. Eles se reuniram, beberam e a menina não estava em condições de entender o que estava acontecendo quando houve o estupro — explicou a delegada. Ainda de acordo com a delegada, a adolescente de 17 anos registrou o caso

cinco dias depois, em 13 de março, quando começou a relembrar do que havia acontecido. Após o registro da ocorrência, a Polícia Civil priorizou a investigação do caso. A Polícia não confirmou a existência do vídeo. Ainda em matéria publicada pela GZH — No começo, houve boatos de que teria ocorrido um estupro coletivo, mas essa possibilidade está afastada. A menina estava com a capacidade dela reduzida em razão da bebida alcoólica. Foi estupro de vulnerável, isto nós já constatamos. Os depoimentos nos apontam para um agressor — complementou a Delegada.

Em Nota a Universidade de manifestou A Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, diante da nota de repúdio publicada pela Marcha Mundial das Mulheres RS (mmm-rs.blogspot), vem publicamente esclarecer o que segue: Diante da gravidade do fato noticiado, envolvendo estudantes da Instituição, a UERGS adotou as medidas cabíveis em caráter imediato acolhendo a estudante e seus familiares; encaminhando-a ao Centro de Referência local, onde recebeu atendimento médico, psicológico e jurídico; e orientando-a quando aos procedimentos que deveriam ser tomados perante a autoridade policial para a apuração do crime. Ao mesmo tempo, trouxe o tema para o centro da discussão acadêmica promovendo evento de caráter educativo, inclusive chamando à participação não

só da instituição pública, mas também entidades da sociedade civil, para tratar sobre o tema da violência contra a mulher da forma mais abrangente possível. Assim, A UERGS se solidariza e compartilha o posicionamento de absoluto repúdio à violência contra a mulher e, tendo tomado todas as medidas cabíveis até este momento, aguarda o desfecho do processo criminal para a adoção de demais providências, inclusive de natureza disciplinar e manifesta publicamente que diante da situação de extrema gravidade não se quedou silente, mas ao contrário, adotou todas as medidas nos limites da sua competência. Anor Guedes Diretor Regional UERGS - Campus Santana do Livramento

Movimentos Sociais se manifestaram sobre o caso O Movimento de Mulheres no Rio Grande do Sul lançou uma Nota de Repúdio sobre caso envolvendo a jovem universitária. Segundo documento, as lideranças dos movimentos feministas cobram uma resposta do caso envolvendo alunos da Universidade. Uma Nota

foi publicada na Internet e assinada pela Marcha Mundial das Mulheres do Rio Grande do Sul – Coletivo Santana do Livramento, Coletivo LivraElas, Setor de Gênero do Movimento Sem Terra e Instituto Mulheres de Santana.

Cultura do estupro, o que é

Segundo pesquisadores, o termo “cultura do estupro” tem sido usado desde os anos 1970, época da chamada segunda onda feminista, para apontar comportamentos sutis ou explícitos que silenciam ou relativizam a violência sexual contra a mulher. A palavra “cultura” no termo “cultura do estupro” reforça a ideia de que esses comportamentos não

podem ser interpretados como normais ou naturais. “Se é cultural, nós criamos. Se nós criamos, nós podemos mudá-los”.

Na visão da Delegada Giovana Muller situações como estas devem ser tratadas com cuidado e a Sociedade precisa sim debater assuntos como estes.


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Såbado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

11


Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 12 ASant’PLATEIA

POLÍTICA

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

Rodrigo Evaldt – rodrigo@jornalaplateia.com

Ministério Público investiga contratação da Oscip que custou quase R$9,5 milhões Entenda como os recursos de uma secretaria inteira foram investidos em uma parceria que está fazendo a gestão da Educação no Município

Desde que passou pela Câmara de Vereadores, muitos ainda buscam respostas para os questionamentos sobre o projeto de lei que abre crédito especial de quase R$9,5 milhões para o pagamento da Organização da sociedade civil de interesse público: ação Sistema de saúde, Educação e Assistência Social, que selecionou e contratou os trabalhadores da Secretaria de Educação, em 2018, através de uma parceria. O projeto foi defendido pelo Executivo Municipal, tanto que no dia da votação a secretária de Educação disse que a não aprovação do projeto poderia provocar um caos na Educação, já que

não teria recursos para efetuar o pagamento da Oscip e, consequentemente, dos profissionais das escolas. O Projeto acabou aprovado pelos vereadores depois de uma sessão marcada por debates e vários apontamentos com relação a datas e prazos, mas os questionamentos continuam.

Vereador Carlos Nilo (PP)

Sem licitação Nesta semana, em entrevista ao Jornal A Plateia, o vereador Carlos Nilo (Progressistas) destacou que foi um projeto polêmico e que ainda precisa de muitas respostas. Nilo lembrou que, quando passou pela Câmara foi contra a aprovação do documento. “Quando veio para votação essa contratação da Oscip, tivemos muitas surpresas pois dentro do recurso livre estava todo o orçamento de uma secretaria. Quando a gente imagina que não vai ter recurso para determinada receita, nós imaginamos que vá pegar um pouco de cada uma, mas não, ele (o prefeito) sacrificou a Secretaria de Planejamento inteira”, disse Nilo ressaltando que o valor chega a R$4 milhões só dessa Pasta. Questionado pela Reportagem sobre a licitação, o secretário Municipal da Fa-

Algumas denúncias partiram da Câmara de Vereadores (Foto: Marcelo Pinto/AP)

zenda, Mulcy Torres, disse, por telefone, que desconhecia os tramites da Oscip. “Quando eu assumi já me apareceu esse contrato assinado com um parecer jurídico”, disse ele. Além disso, o parlamentar lembrou que recursos do Fundeb e MDE, que existem divergências de pensamento

quanto à sua utilização para uma empresa terceirizada. “Qualquer processo administrativo ele tem que ser formal e essa formalidade deveria estar escrito da intenção do Prefeito Municipal em contratar uma Oscip ou uma empresa para fazer um serviço público, isso se

chama um chamamento. Não podemos pegar uma empresa que conhecemos e convidá-la para trabalhar na administração, não havendo uma dispensa de licitação, o processo foi errôneo”, apontou ele. No projeto encaminhado pelo Executivo à Câmara de


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

POLÍTICA

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

13

Rodrigo Evaldt – rodrigo@jornalaplateia.com

Vereadores, do montante de R$9.988.834,70, usado para custear as despesas do Termo de Parceria, somente na primeira parcela mais de R$500 mil seria repassado em até 05 dias após a data de assinatura do documento. Depois, até o dia 20 de fevereiro, seria repassado mais de R$664.805,78 e no dia 27 de fevereiro mais R$500 mil. Nos documentos que o Jornal a Plateia teve acesso, é necessária uma prestação de contas que deve acontecer mensalmente, até o vigésimo diaútildomêssubsequenteao da transferência dos recursos pela Administração. Questionado pela Reportagem sobre a licitação, o secretário Municipal da Fazenda, Mulcy Torres, disse, por telefone, que desconhecia os tramites da Oscip. “Quando eu assumi já me apareceu esse contrato assinado com um parecer jurídico”, disse ele. Além disso, o parlamentar lembrou que recursos do Fundeb e MDE, que existem divergências de pensamento quanto à sua utilização para uma empresa terceirizada. “Qualquer processo adminis-

trativo ele tem que ser formal e essa formalidade deveria estar escrito da intenção do Prefeito Municipal em contratar uma Oscip ou uma empresa para fazer um serviço público, isso se chama um chamamento. Não podemos pegar uma empresa que conhecemos e convidá-la para trabalhar na administração, não havendo uma dispensa de licitação, o processo foi errôneo”, apontou ele. No projeto encaminhado pelo Executivo à Câmara de Vereadores, do montante de R$9.988.834,70, usado para custear as despesas do Termo de Parceria, somente na primeira parcela mais de R$500 mil seria repassado em até 05 dias após a data de assinatura do documento. Depois, até o dia 20 de fevereiro, seria repassado mais de R$664.805,78 e no dia 27 de fevereiro mais R$500 mil. Nos documentos que o Jornal a Plateia teve acesso, é necessária uma prestação de contas que deve acontecer mensalmente, até o vigésimo diaútildomêssubsequenteao da transferência dos recursos pela Administração.

Denúncia está na fase de diligências no Ministério Público Estadual (Foto: Marcelo Pinto/AP)

Denúncia está sendo investigada pelo MP

Vereador Aquiles Pires (PT)

O assunto já foi encaminhado pelo vereador Aquiles Pires (PT) ao Ministério Público Estadual. No documento protocolado no MP, o parlamentar argumenta dizendo que não houve chamamento público divulgado previamente, que seria efetuado convênio com o prestador de serviços.

Além disso, Aquiles destacou que o valor não é incompatível com a realidade de Sant’Ana do Livramento. “Por isso nós estamos chamando uma audiência pública para a próxima semana para tratar da terceirização da educação, na próxima terça-feira, dia 17 de abril, às 19 horas, na Câmara

de Vereadores”, convidou. O promotor responsável pelo caso foi procurado pela Reportagem para falar sobre o andamento do processo, mas não quis gravar entrevista. Isso porque, segundo ele, estão sendo feitas as diligências sobre o caso e, em 15 dias as respostas serão levantadas.


Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 14 ASant’PLATEIA

POLÍTICA

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

Rodrigo Evaldt - rodrigo@jornalaplateia.com

“Eu fui afastada do Governo” Em entrevista, vice-prefeita Mari Machado conta como foram os últimos dias antes de ser exonerada das secretarias e reafirma seu compromisso com a cidade

H

á três semanas, Sant’Ana do Livramento recebeu a confirmação da notícia que todos já comentavam: a exoneração da vice-prefeita Mari Machado (PSB) das secretarias que ela ocupava. Nessa semana, a segunda pessoa na linha sucessória no comando do Executivo Municipal con-

firmou que foi “afastada do Governo” pelo prefeito Ico Charopen (PDT). Segundo Mari, desde a última vez que ela concedeu uma entrevista ao Grupo A Plateia, começou a ser bastante questionada com relação ao seu papel na Prefeitura. Há três semanas, Sant’Ana do Livramento recebeu a confirmação da notícia que todos já comentavam: a exoneração da vice-prefeita Mari Machado

A campanha

(PSB) das secretarias que ela ocupava. Nessa semana, a segunda pessoa na linha sucessória no comando do Executivo Municipal confirmou que foi “afastada do Governo” pelo prefeito Ico Charopen (PDT). Segundo Mari, desde a última vez que ela concedeu uma entrevista ao Grupo A Plateia, começou a ser bastante questionada com relação ao seu papel na Prefeitura.

Como tudo começou Mari lembrou sobre o papel que teve o PSB na campanha que a elegeu ao lado do prefeito. “Lembro que foi uma história que começou a ser construída pelo Airton da Rede, pelo Wainer e lembro que, em determinado momento, o meu partido

me chamou aqui para cumprir uma tarefa e eu entendi naquele momento que eu deveria ser candidata a vice, embora o partido quisesse que eu fizesse uma disputa de prefeita. Dessa forma começou a ser feita uma conversa com o atual prefeito”,

contou. A vice-prefeita complementou a história com detalhes. “Eu me lembro quais foram os três temas que eu toquei no dia da primeira conversa como condição para construir essa parceria. Eu frisei que o PSB faz

campanhas organizadas e monitoradas; que nós não trabalhamos com ataques; e tratei sobre lealdade. Para construir uma aliança política tem que ter um complemento de confiança e lealdade entre as pessoas. Nós não somos um partido

de aluguel, que se vende para uma composição política. Nós somos um partido que governou Livramento por dois mandatos, que não fez tudo, mas acertou muito, tem obras aí para serem mostradas e temos orgulho disso”, destacou.

Em sua fala, a vice-prefeita afirmou ter dado a sua total contribuição. “Acredito que as pessoas votaram em uma chapa. Assim como o prefeito tem seus votos, eu também tive um peso (e eu não estou falando isso por vaidade, mas porque eu ouço a manifestação das pessoas) e dessa forma eu respeitei essa coligação desde sempre. Assumi os papéis que no Governo, sendo que a Secretaria Geral foi a minha escolha na condição de vice e integrante do Partido que foi fundamental na eleição, inclusive financeiramente. A Secretaria de Planejamento, Meio Ambiente e Habitação assumi em um contexto de contenção


aplateia.com.br facebook/aplateia

POLÍTICA

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

15

Rodrigo Evaldt - rodrigo@jornalaplateia.com

de gastos, todas elas com afinco. Eu sou uma pessoa trabalhadora, eu vim para Livramento para trabalhar para a cidade, eu não

teria outro motivo para vir pra Livramento, já que meus filhos são adultos e tem independência em suas vidas. Eu estava lá no

PSB Nacional, hoje, se eu estivesse lá, certamente eu estaria na coordenação da campanha do Joaquim Barbosa”, frisou ela.

Sem escolha Em um dos momentos mais delicados da entrevista, a vice-prefeita contou em detalhes como foi que tudo aconteceu. “Eu fui afastada do Governo, eu não escolhi sair. Eu fui afastada, inclusive for-

malmente, o meu partido foi comunicado que o prefeito estaria requisitando as secretarias ocupadas por mim. Essa é a realidade dos fatos”. “Eu não sou uma pessoa de atacar pessoalmente ninguém,

mas eu defendo a verdade. Eu tenho, inclusive aqui, o ofício assinado onde está sendo requisitado, avocando para si as secretarias”, disse ela mostrando o papel assinado pelo prefeito.

Continuará vice-prefeita Segundo Mari, não houve argumentação. “Eu acho importante que a comunidade saiba como as coisas realmente aconteceram, e saiba também que eu não deixarei de ser vice-prefeita. E mais: ouvi várias vezes que eu teria saído para ser candidata. Quero esclarecer que se meu partido não anunciou candidatura de ninguém e eu não autorizei ninguém a me

lançar candidata. Eu fui indicada em um encontro nacional de mulheres do PSB. O meu partido no Estado e no Município desejam isso. Mas eu jamais tomaria uma iniciativa dessa – porque eu tenho lealdade – sem conversar com o meu parceiro de chapa, ao contrário da atitude que foi tomada comigo. Sim, eu estou triste. Eu sou leal às pessoas, vocês

podem conversar com qualquer um que trabalhou comigo, essa é uma característica da minha personalidade. A única atitude que eu tomei, nas 14 vezes que eu assumi o mandato de prefeita, foi nomear o advogado do Controle Interno, a pedido do Tribunal de Contas que estava fazendo uma auditoria regular aqui na Prefeitura e assim solicitou”, lembrou.

Sem conversa A vice -prefeita apro veitou o momento para desabafar. “Essa escolha feita pelo prefeito, obviamente não é uma coisa construída de ontem para hoje. Eu nuca falei isso publicamente, mas desde o dia 31 de dezembro o prefeito não conversava

comigo, então eu acho que é uma decisão política. Lamento, por conta do compromisso que o PSB demonstrou na campanha, da lealdade que eu tive no exercício do mandato e como secretária. Eu compreendi essa aliança como a eleição de uma chapa, de

um prefeito e uma vice. Eu espero não ser privada do exercício de vice-prefeita. Quero garantir as pessoas que, mesmo que a decisão seja essa, de ser candidata à deputada, eu continuarei vice-prefeita, não preciso e não vou me licenciar”, apontou.

Compromisso quebrado Durante a entrevista, Mari confirmou que foi chamada para uma reunião administrativa há três semanas com o seu chefe de gabinete. “Eu chamei o meu partido, pois já tinha uma série de conversas na cidade sobre minha saída e foi neste momento que eu

soube”, apontou ressaltando que não é uma pessoa que foge de desafios. Mari destacou também que se surpreende com algumas situações, como a falta de convite para reuniões com o secretariado, entre outras. “Na sexta-feira eu fui comunicada

pelo Eder, que está ao meu lado desde a campanha, que ele havia sido demitido. Não houve uma conversa comigo”, relatou. E complementou. “Nesta última semana me foi retirada a sala de minha assessoria. Eu me sinto desrespeitada”, enfatizou ela.

Recado para a população “Eu garanto às pessoas que o meu comprometimento continua o mesmo com Livramento. Eu não sou uma pessoa que tenho ambições políticas, mas eu tenho o desejo de que as coisas melhorem. Eu acredito muito em Livramento, eu acho que a cidade tem um potencial enorme. Nós estamos vivendo uma situação dramática do ponto de vista financeiro.

O país está vivendo isso e reflete aqui no Município. Mas, a cidade tem um potencial muito grande, os free shops vão acontecer, isso é uma realidade para nós. Tem a questão do turismo, através do Amsterland, da energia éolica, todas ações que irão promover o desenvolvimento”, disse. Ao final da entrevista Mari agradeceu o apoio

dos servidores e reafirmou seu compromisso com o Programa de Governo construído com o apoio da Fundação João Mangabeira, do PSB, e disse que o Partido nunca fez ou fará discussão de cargos e que o único desejo é trabalhar por Livramento. “Vamos em frente porque a cidade precisa é de trabalho, transparência, respeito e desenvolvimento”.


Ana do Livramento. Såbado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 16 ASant’PLATEIA

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

POLÍTICA

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

17

Rodrigo Evaldt – rodrigo@jornalaplateia.com

Seminário Todo Autista é Único é um sucesso Evento, que chega na sua quinta edição, contou com mais de mil pessoas

S

ant’Ana do Livramento se diou, nesta sexta-feira (13), mais uma edição do Seminário “Todo Autista é Único”, que chega no seu quinto ano. O evento é promovido pelo gabinete do vereador Carlos Nilo (Progressistas), e contou com a presença de mais de 1.200 pessoas, além dos

profissionais que compartilharam suas experiências com a sociedade. O evento contou com a palestra da neuropediatra Newra Tellechea Rotta, falando sobre o passado, presente e futuro do Autismo; da terapeuta ocupacional, Daniela Zimmer, que falou sobre o papel da terapia no autismo; da psiquiatra

Francisco Alvez e Gbriela Garrido (Foto: Rodrigo Evaldt/AP)

infantil, Gabriela Garrido, que falou sobre os desafios dos autistas na América Latina; e do educador especial, psicopedagogo e psicanalista, Gustavo Montiel. Em mais um ano, o evento foi um sucesso, pois a comunidade santanense e de outras cidades pôde tirar suas dúvidas sobre o tema e trocar conhecimentos importantes para compreender o autista. Para Jeny Vasquez, da Associação Riverense de Transtornos do Espectro Autista, o número de expressivo de pessoas é o mais importante. “Isso significa que as pessoas estão interessadas em saber como sente e pensa um autista”, disse. Segundo Francisco Alvez, da Associação de Pais e Amigos do Autista, a 5ª edição do seminário é mais um sonho. “Pois isso é informação para outras pessoas, professores que aqui estão”, disse ele. Francisco falou da sua felicidade. “Estamos

todos muito felizes por esse dia, não esperávamos tantas pessoas. Agradeço ao vereador Nilo e sua equipe por ter trabalhado tanto para que chegássemos neste dia”, finalizou ele. O primeiro Seminário Todo Autista é Único aconteceu em 2013, no Teatro Municipal de Riveira. Possuindo uma carga horária de 12 horas, o evento foi um

marco na luta pela política pública eficiente no tratamento. De lá pra cá foram muitos avanços. Para o vereador Carlos Nilo, é mais uma vitória. “Estou convicto de que este evento nasceu como uma ferramenta útil e estou certo de que quem vai colher os frutos dessa batalha são os pais de autistas e, principalmente os seus os filhos”, destacou Nilo.

Vereador Carlos Nilo (Foto: Rodrigo Evaldt/AP)


Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 18 ASant’PLATEIA

GERAL

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

Laurentrindade@jornalaplateia.com

Estrutura ocupada pelo Frigorífico Swift Armo Tratativas estão sendo realizadas, para isso, é preciso que empresários e comunidade apoiem a ideia

Nesta semana uma informação que agitou Sant’Ana do Livramento e região foi o anúncio sobre o projeto que prevê a construção de um shopping de 40 mil metros². O empreendimento ficaria na estrutura que foi ocupada pelo frigorífico Swift Armour. Desde quinta-feira (12) até hoje (14), um grupo de empreendedores se reúne no município a fim de acertar detalhes necessários para tirar do papel o projeto. Uma das reuniões com empresários locais foi na Associação Comercial de Livramento (ACIL). A ideia é ter free shops brasileiros e outras operações como: Posto de Combustíveis, Hotel, Rodoviária com Terminal Turístico, Drive Thru, Centro Comercial de Lojas, Praça de Alimentação, Área destinada para CTG, Área destinada para

doação DAE, Salão de Festas e Parque Aquático. O projeto é inspirado, inclusive, no Shopping Total, em Porto Alegre. Para se ter uma noção, o maior empreendimento no Rio Grande do Sul é o Barra Shopping Sul com 73 mil metros quadrados de Área Bruta Locável (ABL). Com os free shops brasileiros praticamente saindo do papel, começam a andar projetos antigos de investimento na região da Fronteira. Além de o município ser forte candidato a receber a primeira loja franca brasileira. É esperado para 23 de abril a liberação do software para as lojas francas. A instrução normativa autorizando o funcionamento dos free shops brasileiros terrestres foi publicado em março.

Visão do presidente da ACIL Segundo Jairo Zamberlan, Sant’Ana do Livramento hoje estánocentrodasatençõesdo Estado do Rio Grande do Sul. “Nós estamos muito emocionados com esse negócio, com os free shops quase saindo do papel as oportunidades au-

mentam exponencialmente, e as possibilidades de sucesso são muito maiores”, destaca. Esseempreendimentogera empregos para a cidade, investimento nas empresas, retorno publicitário para quem

trabalha na área de marketing, propaganda , construção civil e logística, então, uma série de coisas será movimentada.

o projeto, há muito tempo a população clama por investimentos que tragam emprego e renda”, diz Jairo.

Isso será uma mudança significativa para a região, o principal passo é o envolvimento da comunidade. “A comunidade tem que abraçar

A história de Livramento foi construída em cima de muitas dificuldades porque historicamente a nossa cidade teve como último investimen-


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

POLÍTICA

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

19

redacao@jornalaplateia.com

our poderá se tornar um Shopping de 40 mil m² to o parque eólico, deu uma mexida na comunidade, mas estancou.

O que é determinante para se concretizar o projeto:

“Nós enxergamos como uma possibilidade real e de recuperação da economia santanense. A estabilidade que há muito tempo se buscou. Eu vejo como momento especial na vida santanense e todos nós devemos ter um pouco de contribuição para que esse projeto vingue e tudo se realize”, finaliza o presidente.

De acordo com Mário Filho, empreendedor, inicialmente a ideia seria construir em Uruguaiana. Porém, numa oportunidade houve uma interlocução com o Prefeito Municipal que convenceu dizendo que Livramento é o segundo polo turístico do Rio Grande do Sul, muito procurado pelos vinhedos. “Começamos a estudar

Mário Filho, empreendedor (Foto: : Elis Regina/AP)

o projeto do Frigorífico Armour, queremos resgatar toda essa tradição do Armour. O frigorífico era significativo em termos do Estado, tem um patrimônio e capital histórico bastante significativo, por isso o sentido é atrair população para cá”, comenta Mário. Por enquanto, os empresários e o Prefeito estão em tratativas, o que se tem de concreto é que ontem (13), durante reunião, foram discutidos detalhes técnicos da obra e as ações que o município deverá realizar na infraestrutura. A partir do encontro, ficou definida a criação de um Grupo de Trabalho (GT) composto pelas secretarias de Desenvolvimento, de Planejamento e de Obras, além do DAE e da Câmara de Vereadores. Em virtude de que há uma regulamentação legal, ins-

truções normativas, a cidade e a comunidade precisam contribuir para que o projeto se desenvolva. “Como estamos falando em um volume de recursos bastante representativo, nós como empreendedores, não podemos ser irresponsáveis ao ponto de

despejar uma quantidade de dinheiro aqui para que o empreendimento não dê certo”, afirma Mário. Por esse motivo é preciso que comerciantes e a comunidade como um todo comprem a ideia de uma maneira positiva. Que se estabeleçam

critérios bem definidos, porque um shopping nada mais é do que algumas âncoras, duas ou três redes de free shops e atrativos. Além disso, da parte da municipalidade, é preciso os acessos e a demanda de energia.


Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 20 ASant’PLATEIA

POLÍTICA

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

redacao@jornalaplateia.com

Recepcionado pela cúpula da sigla, Edu Olivera chega ao PDT

Com a escolha do parlamentar, Edu Olivera será o candidato do partido na Fronteira Oeste Às vésperas do prazo final para troca de partido para os que pretendem concorrer ainda no pleito eleitoral desse ano, o deputado Edu Olivera assinou ficha com o PDT. A informação foi trazida na semana passada pelo Jornal A Plateia. Nesta semana houve a recepção do partido ao deputado, que foi iniciada na própria Assembleia Legislativa pelos colegas de bancada, contou com o ato de assinatura na sede do PDT em Porto Alegre e ainda com a recepção da cúpula do partido, que aproveitou a vinda do presidenciável da sigla, Ciro Gomes para a apresentação formal de Edu Olivera. “Fico extremamente honrado pela forma com que tenho sido recebido pelo PDT. Trata-se de um partido gigante, muito importante para a po-

nosso poder de articulação política, graças a importância e o tamanho do partido. Nos põe em outro patamar principalmente no que diz respeito a região. Significa um ganho

político, já que teremos melhores condições de aprovar projetos que trarão benefícios para os santanenses”, garante Edu.

lítica de nosso País e saber que estou sendo recebido para somar forças por um projeto ainda maior é muito gratificante”, destacou Edu Olivera. “Nomes como o do deputado federal Pompeo de Matos, dos meus colegas parlamentares, e dos pré-candidatos Jairo Jorge (Governo do Estado) e Ciro Gomes (Presidenciável) demonstram ainda mais o quão qualificado é esse grupo, do qual passo a fazer parte”, garante. Escolha Após receber convites de inúmeros partidos, Edu Olivera optou por filiar-se ao PDT. Segundo ele a escolha se deve a força do partido sobretudo em sua região, a Fronteira Oeste, onde conta com diversos vereadores e prefeitos, entre eles o de Sant’Ana do Livramento. “A ida para o PDT aumenta Foto: Wilson Cardoso


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Såbado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

21


Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 22 ASant’PLATEIA

RURAL

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

Lauren Trindade – Laurentrindade@jornalaplateia.com

Abelhas sem ferrão criadas no quintal de casa Mário Forjarini, conta com 150 colmeias divididas em cinco espécies de meliponas Meliponicultura é um termo pouco conhecido para a maioria das pessoas, mas bem comum entre os produtores de mel, própolis, pólen e cera, acostumados a lidar com abelhas. Neste caso, o termo pouco falado serve para designar a criação de abelhas sem ferrão, que são mais comuns no Brasil do que se imagina. Segundo criadores, o Brasil possui 300 das 400 espécies desse tipo de abelha que existem no mundo. Elas já estavam aqui antes da introdução das abelhas europeias e africanas e, por isso, são

consideradas nativas. Como não possuem ferrão nem toxina, também têm fama de dóceis. De acordo com a Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMA), no Rio Grande do Sul, são criadas 24 espécies de abelhas sem ferrão. Dentre elas, alguns nomes populares das espécies: Iratim - abelha limão, Guaraipo - pé de pau, Manduri, Mandaçaia, Mirim no chão - bieira, Iraí, Mirim sem brilho, Mirim, Mirim droriana - boca de sapo, Mirim emerina, Mirim, Mirim nigriceps,

Mirim guaçu, Mirim saiqui, Mirim mosquito, Tubuna, Canudo, Tubuna, Mel de Chão - guiruçu, Vorá, borá, jataizão, Jataí - alemanzinho e Irapuá. Em Sant’Ana do Livramento, Mário Forjarini, há 18 anos, cria cinco espécies de melíponas: Tubuna, Mandaçaia, Jataí, Manduri e Mi-

rim. As primeiras abelhas, além das que já existiam na cidade, ele trouxe de Tiradentes- RS, a partir disso foi trabalhando e agregando as genéticas. Trouxe de outras regiões e o processo foi a multiplicação. Mário diz que dá prioridade para a Jataí, para captura e divisão,

Mário Forjarini cria abelhas sem ferrão há 18 anos. (Foto: LAUREN TRINDADE/AP)

porque elas já vêm com a rainha. Segundo o criador, a mandaçaia é uma abelha muito bonita, mais ornamental e tem o hábito de trabalhar bem cedo, nas primeiras horas da manhã. Sua característica principal são as faixas amarelas no abdômen. A entrada do ninho é localizada no centro de estrias convergentes de barro, por onde passa apenas uma abelha de cada vez. Em colônias fortes podem ocorrer uma forma branda de agressividade, mas raramente beliscam o meliponicultor. O local de nidificação são ocos de árvores, entre 1 a 10 metros acima da base dos troncos. Essa espécie é incluída na lista das ameaçadas de extinção no estado. Mário tem hoje em torno de 150 colmeias no quintal de


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

RURAL

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

23

redacao@jornalaplateia.com

Colmeias organizadas no quintal de casa.

(Foto: LAUREN TRINDADE/AP)

espécies, uma forma de nidificar a natureza. Quanto mais abelhas, mais flores, mais sementes, mais frutos para animais e alimento para o próprio homem”, destaca Forjarini. Como cuidados, o criador diz que o meliponário tem que estar abrigado dos ventos frios, pode ter uma

área murada e árvores que protejam as correntes frias. Devem-se manter os enxames com bastante população para a entrada do inverno, quanto maior o número de indivíduos na colmeia melhor a possibilidade de passar o inverno tranquilo, além de uma boa reserva de alimentação.

Abelhas na produção de mel dentro das colmeias. (Foto: LAUREN TRINDADE/AP)

casa. Destaca que a abelha Jataí é a mais interessante para criação devido ao trabalho que ela faz. A facilidade de criar e se multiplicar. Essa espécie tem se firmado como uma boa opção aos meliponicultores. Ela tem algumas vantagens sobre as africanizadas ou europeias, pois é uma abelha bastante rústica, tem grande capacidade para fazer ninhos e sobreviver em diferentes ambientes, inclusive em zonas urbanas. A Jataí utiliza os mais varia-

dos locais para nidificação, visitam plantas cultivadas e fazem os ninhos em diferentes tipos de cavidades. São os serviços ambientais de polinização prestados pelas abelhas em ecossistemas naturais e agro ecossistemas sua principal contribuição para o homem e o meio ambiente. A meliponicultura é uma atividade ecologicamente correta, de baixo investimento inicial e com boas perspectivas de retorno financeiro, demostrando ser

uma excelente alternativa de geração de renda. A SEMA, por meio do Departamento de Biodiversidade, incentiva a criação, manejo e conservação de abelhas nativas sem ferrão como instrumento de promoção do desenvolvimento sustentável no Rio Grande do Sul. Por isso, criadores de abelhas nativas, devem regularizar seu meliponário. Aqui no município, cerca de dez meliponários são cadastrados.

Segundo Forjarini, as abelhas sem ferrão conseguem produzir de meio a um quilo por cada colmeia, mas para isso é preciso ter conhecimento técnico, saber cuidar, não deixar faltar alimento para elas e a área deve ser preservada. Em razão da pouca produção de mel, ele também comercializa as colmeias. “Temos que dar mais atenção ao trabalho das abelhas, elas são bases de toda produção. Preservação das

Favos de mel das meliponas. (Foto: LAUREN TRINDADE/AP)


Ana do Livramento. Såbado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 24 ASant’PLATEIA

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

SEGURANÇA

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

25

redacao@jornalaplateia.com

Briga de vizinhos Funcionário demitido realiza assalto deixa mulheres feridas em estabelecimento comercial Os indivíduos foram detidos logo após o ocorrido, um deles menor de idade Na manhã desta sexta-feira (13), um assalto chamou a atenção da comunidade. Era quase 10h da manhã quando um jovem (ex-funcionário do estabelecimento) cometeu um assalto num comércio. O homem havia sido demitido no dia anterior, quinta-feira. O homem agiu com o apoio de um adolescen-

te de 17 anos de idade e levaram R$ 3 mil reais da vítima. O crime foi no comércio de material de construção na Barr ac a G arcia , l o c aliz a da no bairro Armour. O comerciante disse que não suspeitou do assalto, pois achou que o ex-funcionário teria ido ao local para conversar, depois de perceber algo

estranho e indagar o seu ex-funcionário ele recebeu a notícia do assalto. Os indivíduos fugiram para um local de “mato fechado” no Parque São José. A Brigada Militar (ROTAM) logrou êxito e conseguiu deter os indivíduos. Ambos foram levados para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).

Ex-funcionário, um dia depois de ser demitido, retornou para assaltar extabelecimento (Foto: Cedida)

Uma briga de vizinhos deixou duas senhoras feridas na tarde de sexta-feira (13). O fato aconteceu no Bairro Indus trial. Algu mas crianças estariam brincando em um terreno próximo quando uma das famílias se sentiu incomodada. A

outra família tentou defender e, segundo os policiais, começaram as agressões. O SAMU levou as mulheres feridas para a Santa Casa e demais pessoas envolvidas na confusão foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia.


Março de 2018 - Livramento/RS Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 26 ASant’PLATEIA

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

SEGURANÇA

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

27

redacao@jornalaplateia.com

Mulher vítima de atropelamento morre após uma semana internada Acidente aconteceu na Almirante Tamandaré com um ônibus de turismo

A uruguaia de 49 anos de idade que foi atropelada por um ônibus de Turismo no último dia 7 de abril não resistiu aos ferimentos e morreu

nesta sexta-feira (13). Miriam Raquel Brasil Fagundes foi internada em Rivera e depois encaminhada para a capital, Montevidéu.

O caso O acidente aconteceu na tarde do sábado, dia 7, na Avenida Almirante Tamandaré na frente do Parque Internacional a poucos metros da Rua dos Andradas. De acordo com o boletim de ocorrência registrado na DPPA – Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, a vítima, identificada como Miriam Raquel Brasil Fagundes, 49 anos, sofreu gra-

ves lesões nas duas pernas vindo a ter fratura exposta em pelo menos uma e perda considerável de tecido, músculo e sangue em ambas. A cena chocou quem cruzava pelo local no momento do atropelamento pela gravidade imediatamente constatada. Acionada, a ambulância do SAMU comparece no local para fazer a remoção da vítima e en-

Populares lavaram o sangue no chão após o acidente (Foto: Jornal A Plateia)

caminhar para Santa Casa de Misericórdia antes de ser trasladada para vizinha cidade de Rivera. Na ocasião testemunhas disseram que o filho da vítima agrediu o motorista do ônibus. Vagner Adalberto dos Santos Brandão, motorista do ônibus que pertence à empresa Transvaltur, da cidade de Pelotas, foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento onde prestou depoimento sobre o ocorrido. Questionado pela reportagem sobre as circunstâncias do atropelamento, Vagner Brandão disse que chegou a conversar com a vitima tão logo conseguiu parar o veículo e que teria escutado um barulho. Ao descer, percebeu o atropelamento. “Eu cheguei a conversar com ela. A senhora me disse que sentiu uma tontura, por isso caiu do lado do ônibus que estava em movimento. Quando vi o que ocorreu imediatamente fui ao seu auxílio”, disse o motorista à reportagem do Jornal A Plateia já na DPPA. O motorista também efetuou um bole-

tim de ocorrência em função das ameaças que sofreu e, segundo ele, com intenção de preservar a sua integridade e dos passageiros. Por volta das 19h30 o ônibus com todos os passageiros deixou a cidade. A vítima do atropelamento foi levada para o hospital da vizinha cidade de Rivera e depois para a capital Montevidéu.

Motorista dirigia devagar e alega que não viu a pedestre atravessar na frente do ônibus (Foto: Jornal A Plateia)

Homem é preso após fraudar seguro desemprego Denúncia foi levada pelo Ministério Público Federal. Acusado agiria em Colônia de pescadores A Justiça Federal em Santana do Livramento recebeu no último dia 10 de abril denúncia por crime de estelionato contra a União (art. 171, § 1º, do Código Penal) contra nove indiciados em Inquérito Policial que apurou fraudes no recebimento de seguro-desemprego na modalidade pescador artesanal. Entre os anos de 2012 e 2016, os indiciados obtiveram vantagens indevi-

das que somaram cerca de R$ 60 mil. Os denunciados pelo Ministério Público Federal recebiam o seguro-defeso sem que possuíssem a profissão de pescador artesanal ou, apesar de exercerem a atividade pesqueira, a renda dos mesmos não advinha exclusivamente de tal profissão, requisitos previstos na legislação para a concessão do benefício previdenciário

referido. Um dos denunciados é presidente de uma colônia de pescadores em São Gabriel e atuava como despachante para a obtenção de carteiras de pescador profissional sem apurar se o indivíduo era ou não pescador profissional. Restou comprovado que o presidente homologava os relatórios de atividade pesqueira e atuava como procurador dos demais denunciados.


Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 28 ASant’PLATEIA

ESPORTE

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

redacao@jornalaplateia.com

Igor Galvão é 6° lugar geral em Campeonato Brasileiro de Skate Street Amador Jovem conquistou posição sem apoio e sem patrocínio local e se prepara para trilhar o caminho profissional do esporte Durante 06 e 08 de Abril, no Skate Plaza do Deck Sul, a Federação de Skate do Distrito Federal e Entorno FSKTDF em parceria com a Confederação Brasileira de Skate – CBSK realizaram a Final do Brasileiro de Skate Street amador 2018, com o apoio do GDF através da Secretaria de Estado do Esporte,Turismo e Lazer de Brasília. Esse tradicional evento do calendário nacional, além de ser uma vitrine revelando novos talentos, é a mais democrática competição das categorias de base do Skate Street do Brasil. Já que é a oportunidade perfeita para os melhores skatistas de

todo Brasil, terem a chance de tornarem campeões brasileiros e conseguirem visibilidade em sua própria região e principalmente a nível nacional. As categorias em disputa serão: amador 1, amador 2, paraskate, iniciante, e mirim. Igor Galvão, jovem santanense foi o sexto colocado da categoria Amador 2 e colocou o nome de Santana do Livramento em Destaque no esporte. Igor lamenta a falta de incentivos no esporte em Santana do Livramento e a falta de apoio da secretaria de esportes, mas, ainda assim, nunca desistiu do seu sonho. Para a mãe, Maria Ângela, o filho

superou grandes desafios e com a ajuda apenas de dois empresários, um de Rivera e outro de Santa Maria, o jovem conseguiu as passagens até Brasília e se destacou no esporte levando o nome de Santana do Livramento. Igor conta que a sua primeira vitória no skate aconteceu em Livramento. Semanas antes ele havia quebrado o braço e recebido uma advertência da mãe, Maria Ângela de que estava proibido de participar de competições ou mesmo de fazer o esporte, porém, mesmo com o braço quebrado, ele participou da competição e ao final precisou ligar para sua mãe pedindo ajuda para

carregar todas as premiações, “ele me ligou pedindo para buscá-lo e ajuda-lo, pois eram tantos prêmios que ele não conseguia carregar sozinho”, disse a mãe. A partir deste momento, Ângela disse que passou a ver o esporte do filho com outros olhos. A mãe já acompanhou competições no Rio de Janeiro e hoje tem orgulho do filho se tornando sua maior incentivadora. Sobre a participação em Brasília, a mãe está cheia de orgulho e deseja apenas que a Secretaria de Esportes veja o mesmo potencial em Igor e também em outros jovens da cidade. “Este esporte merece maios atenção. Te-

Igor Galvão lamenta que o único local para treino seja em Rivera, mesmo assim, com pouco espaço

“Precisamos de incentivo para o esporte”, disse Igor

mos muitos jovens que tem potencial e podem ir longe, assim como o meu filho, muitos outros precisam de apoio, patrocínio e um lugar

adequado para a prática do esporte. É a chance do governo municipal fazer algo por eles”, disse.

Igor e a mãe, Ângela Maria, após a competição em Brasília


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Såbado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

29


Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 30 ASant’PLATEIA

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

FAÇO SABER QUE PRETENDEM CASAR-SE: OMAR DIAS, SOLTEIRO, NATURAL DE DOM PEDRITO,RS, RESIDENTE E DOMICILIADO NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO,RS, FILHO DE MARIA DIAS. NIBIA DA ROSA GOMEZ , SOLTEIRA, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADA NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO,RS, FILHA DE ISABELINO GOMEZ E DE BEDA DA ROSA. QUEM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO, ACUSE-O NA FORMA DA LEI. SANT’ANA DO LIVRAMENTO, RS, 13 DE ABRIL DE 2018

FAÇO SABER QUE PRETENDEM CASAR-SE: ANTONIO CARLOS PERES ELGUY, SOLTEIRO, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADO NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHO DE GUILHERME ELGUY FILHO E DE ALMIRA MACHADO ELGUY. SIMONE ALVES DA SILVEIRA, SOLTEIRA, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADA NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHA DE CORADINO ALVES DA SILVEIRA. QUEM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO, ACUSE-O NA FORMA DA LEI. SANT’ANA DO LIVRAMENTO, RS, 06 DE ABRIL DE 2018.

FAÇO SABER QUE PRETENDEM CASAR-SE: JOSE LUIS PEREIRA DA SILVA, SOLTEIRO, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADO NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHO DE JOSE ANTONIO GONÇALVES DA SILVA E DE GEORGENI SOUZA PEREIRA. MARCIELE BITANCOURT GONÇALVES, SOLTEIRA, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADA NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHA DE ANDERSON GONÇALVES E DE CLEDIA ENAR BITANCOURT BIANQUER. QUEM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO, ACUSE-O NA FORMA DA LEI. SANT’ANA DO LIVRAMENTO, RS, 09 DE ABRIL DE 2018.

FAÇO SABER QUE PRETENDEM CASAR-SE: CLAUDIO FERNANDO MENDES MARTINS, SOLTEIRO, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADO NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHO DE LUIZA ELY MENDES MARTINS. VIVIANE SILVEIRA BAYON VASCONCELOS, DIVORCIADA, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADA NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHA DE PAULO ROBERTO SILVEIRA VASCONCELOS E DE JUANA SILVEIRA BAYON VASCONCELOS. QUEM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO, ACUSE-O NA FORMA DA LEI. SANT’ANA DO LIVRAMENTO, RS, 10 DE ABRIL DE 2018.

FAÇO SABER QUE PRETENDEM CASAR-SE: ELIAS DE FREITAS ANSELMO, SOLTEIRO, NATURAL DE RIVERA, URUGUAI, RESIDENTE E DOMICILIADO NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHO DE VALDIR DE FREITAS CASTRO E DE CÉLIA ESTEVIÑA ANSELMO ALVEZ. LUCIANA MACIEL FAGUNDES, SOLTEIRA, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADA NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHA DE VILMAR FAGUNDES E DE LEDA MARIA MACIEL FAGUNDES. QUEM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO, ACUSE-O NA FORMA DA LEI. SANT’ANA DO LIVRAMENTO, RS, 09 DE ABRIL DE 2018.

FAÇO SABER QUE PRETENDEM CASAR-SE: CARLOS EDUARDO SCARPELLINI MATTOS, DIVORCIADO, NATURAL DE PORTO ALEGRE, RS, RESIDENTE E DOMICILIADO NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHO DE LUIZ CARLOS FLORES DA CUNHA MATTOS E DE MARIA THEREZINHA SCARPELLINI MATTOS ADRIANA MERCEDES DE FIGUEREDO ROLIN, DIVORCIADA, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADA NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHA DE FLAVIO FARIAS FIGUEREDO E DE ROSARIO BLANCA DE LOS CAMPOS DE FIGUEREDO. QUEM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO, ACUSE-O NA FORMA DA LEI. SANT’ANA DO LIVRAMENTO, RS, 10 DE ABRIL DE 2018.

FAÇO SABER QUE PRETENDEM CASAR-SE: CLAITON LUIS MACIEL PEREIRA, SOLTEIRO, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADO NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHO DE PAULO ROBERTO CONCEIÇÃO PEREIRA E DE MARIA CRISTINA LEGESTÃO MACIEL. CARLA GISELE BRANDÃO ARAUJO, SOLTEIRA, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADA NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHA DE LUIZ CARLOS ARAUJO E DE SANTA CATARINA BRANDÃO ARAUJO. QUEM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO, ACUSE-O NA FORMA DA LEI. SANT’ANA DO LIVRAMENTO, RS, 09 DE ABRIL DE 2018.

FAÇO SABER QUE PRETENDEM CASAR-SE: ALDOMIR EDERSON ALVES MORAES, DIVORCIADO, NATURAL DE CACEQUI, RS, RESIDENTE E DOMICILIADO NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHO DE ALDOMIR OSQUE MORAES E DE MARILENE ALVES MORAES. PRISCILLA MENEZES DOS SANTOS, DIVORCIADA, NATURAL DE SÃO VICENTE DO SUL, RS, RESIDENTE E DOMICILIADA NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHA DE JOSE AYRES SANTOS DOS SANTOS E DE ROZENILDA MENEZES DOS SANTOS. QUEM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO, ACUSE-O NA FORMA DA LEI. SANT’ANA DO LIVRAMENTO, RS, 06 DE ABRIL DE 2018.

FAÇO SABER QUE PRETENDEM CASAR-SE: NICANOR FONTOURA NOBRE, SOLTEIRO, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADO NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHO DE TANIA REGINA FONTOURA NOBRE. CARLA LUCIANE NUNES PADILHA, SOLTEIRA, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADA NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHA DE CARLOS JANE PADILHA E DE SÔNIA MARIA NUNES LEOPOLDO. QUEM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO, ACUSE-O NA FORMA DA LEI. SANT’ANA DO LIVRAMENTO, RS, 09 DE ABRIL DE 2018.

FAÇO SABER QUE PRETENDEM CASAR-SE: ELIAS ALVES CABREIRA, DIVORCIADO, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADO NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHO DE DARIO RODRIGUES CABREIRA E DE ELOI ALVES CABREIRA. MARCIA PEREIRA MOREIRA, DIVORCIADA, NATURAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, RESIDENTE E DOMICILIADA NA CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO, RS, FILHA DE GERCIO INOCENCIO MOREIRA E DE TERESA PEREIRA MOREIRA. QUEM SOUBER DE ALGUM IMPEDIMENTO, ACUSE-O NA FORMA DA LEI. SANT’ANA DO LIVRAMENTO, RS, 06 DE ABRIL DE 2018.


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

OPINIÃO

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

Contagem regressiva para os Free Shops Na semana passada o Presidente da ACI, Jairo Minuzzi Zamberlan, fez uma breve explanação sobre a Lei dos Free Shops em Livramento. Jairo disse que a abertura e o funcionamento de free shops em Santana do Livramento, assim como em outras cidades gêmeas (de fronteira), tornou-se uma realidade concreta. Segundo o presidente, “o que se vivencia, agora, é o resultado de uma conquista de duzentos anos do povo gaúcho que, nos idos Farroupilha, se viu compelido a deflagrar a Revolução, como único meio de que dispunha, vez que esmagado e sem fôlego em face aos altos impostos cobrados. Nada diferente, aliás, do que se vê, atualmente. Por certo que, em razão das circunstâncias, àqueles que não fugiram à guerra, somente se co-

locaram nela, porque não tiveram a opção de viver, trabalhar e, com justeza e dignidade, vender o seu charque e, dessa forma, prover riqueza e meios de subsistência. Não se ignora, por óbvio, que precisaremos nos adequar ao mercado (global, inclusive), porque só irão vencer os que melhor se posicionarem neste sistema. Afinal, o acesso ao produto vence as fronteiras da cidade, do Estado e do próprio país. Passaremos, sem dúvida, por um período que exigirá outra postura, com melhor preparação do empresário local, dos empregados do comércio, das associações interligadas, com formação de redes de capacitação e etc”. O presidente disse ainda que a cidade protagoniza uma nova realidade, com novas oportunidades e esperanças e destacou o

trabalho de “heróis”, dos quais destacou o Deputado Estadual Frederico Antunes. Como destaque o presidente da ACIL também faz um agradecimento especial ao Ministro Eliseu Padilha, à Senadora Ana Amélia Lemos e ao Governador do Estado José Ivo Sartori.

O

a 28 de março. Na Assembleia Geral Ordinária, os coordenadores de núcleo, que possuem voto representativo e têm a responsabilidade de levar as reivindicações dos associados do seu núcleo para a AGO, onde são discutidos os mesmos temas e ratificadas as

Bastidores

Edis Elgarte

ediselgarte@jornalaplateia.com WhatsApp (55) 84296522

Consciência

Pingado

É revelador o número de pessoas - especialmente profissionais e técnicos ligados às áreas da educação, da saúde e da assistência - que participaram durante toda esta sexta-feira, 13, de mais uma edição do Seminário “Todo Autista é Único”. Como acoluna já havia mencionando, a própria necessidade de mudar o local do evento para um espaço mais amplo já demonstrava o grande interesse que o tema desperta na sociedade.

Não é só o pagamento de salários de servidores do Estado que está saindo parcelado. Parece que, em nível local, também os repasses obrigatórios que devem ser feitos mensalmente pelo Executivo Municipal para o Legislativo, em cumprimento à cota de direito da Câmara no Orçamento Municipal, acabam não sendo feitos no integralidade nas datas-limite. E, aparentemente, o problema vem se repetindo desde o início da atual gestão .

Mateada na Web Presidente da ACIL jairo zamberlan

Assembleia Geral do Sicredi acontece no sábado, dia 14 s debates e as deliberações sobre os assuntos do dia a dia da Cooperativa foram tratados nas Assembleias de Núcleo, que foram realizadas nos onze municípios que integram a Sicredi Pampa Gaúcho, no período de 6

31

decisões dos associados. A AGO da Sicredi Pampa Gaúcho está confirmada para o dia 14 de abril, sábado, as 10h, na Superintendência Regional. Após a Assembleia, haverá uma palestra com a professora Vera Miranda, que irá abordar o tema Atitude e Liderança.

A Rádio Fronteira Web, uma das grandesnovidades da mídia na fronteira nos últimos tempos, prepara uma grande festa integrando solidariedade e cultura, para comemorar o Dia das Mães deste ano. Segundo o diretor, Maicon Juliano Siqueira, a emissora vai promover sua segunda Grande Mateada, no próximo dia 13 de maio, a partir das 15h30min, na esquina das ruas Dr Luiz Arruda e Dom Pedro II, no bairro Carolina. O evento contará com várias atrações artísticas, entre as quais as apresentações deBreno Neto, Mazaropi, Zé Maia e Grupo Parceria, Grupo de Dança Ana Terra, Grupo Arrastapé, Grupo Só Gaitaço e Grupo Furacão Baileiro, de Quarai. Também haverá distribuição de muitos brindes, água quente e erva mate à vontade, além, óbvio, das presenças dos comunicadores da rádio. Iniciativa para marcar na agenda e prestigiar.

Gramado

Shopping

Está confirmada para o próximo dia 11 de maio a realização do 2º Seminário Nacional sobre Instalação de Free Shops em Cidades Gêmeas de Fronteira. Será no centro de eventos das Faurgs, em Gramado.

Proposta de construção do CIC do Armour vem ao encontro do sentimento de otimismo que toma conta da fronteira com o advento do sistema de free shops no lado brasileiro. A ideia é um complexo para acolher várias lojas.

Vice sem espaço Como esperado, a dificuldade de diálogo do prefeito com a vice acabou resultando no completo isolamento da lider socialista dentro da estrutura administrativa. O novo secretário geral de Governo ganhou, do Chefe do Executivo, um poder que nem sua antecessora - a vice-prefeita eleita pelo povo - tinha para co-participar da gestão. Ela, óbvio, tem e vai usar outras opções de atuação política, com o respaldo de seu partido. Os integrantes da administração indicados pelo PSB ou que tiveram o apoio declarado da Vice, porém, ficam na corda bamba. Esse clima não deve nem dar segurança para o desempenho da função.


Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 32 ASant’PLATEIA

ESPORTE

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

redacao@jornalaplateia.com

Entrevista Willianm Gaúcho “O que aconteceu na minha estréia, mudou minha vida”

O sonho de chegar ao profissional é sempre um momento especial para qualquer garoto que aceita o desafio de buscar sucesso no mundo da bola. É o sonho se realizando depois de muita peregrinação, abnegação e todo o tipo de provação até atingir esta fase. Foi o que viveu em 2018 o jovem santanense William Leonardo Machado dos Santos,

o William Gaúcho, 19 anos, nascido em 20 de agosto de 1998. Mas este momento para o volante, profissionalizado pelo Náutico, foi ainda mais especial. Já no seu jogo de estréia no profissional ele foi protagonista ao marcar dois dos três gols que deram a vitória a equipe sobre o América, pelo Campeonato Pernambucano. No último domingo William coroou

estes primeiros três meses no profissional do clube pernambucano como o título de campeão estadual, o que não ocorria com o Náutico a 13 anos, vencendo ao Central por 2 x 1, na Arena Pernambuco. Neste entrevista o jovem atleta analisa este seu momento único no futebol pernambucano e projeto o futuro:

Momento da premiação com direito a chuva de papel picado

A Platéia: Três meses no profissional e um título. Como avalia este inicio no clube ? William: Resultado de muito trabalho. Eu trabalhei muito para chegar ao profissional e quando vi meu nome no elenco para 2018, fiquei muito feliz. Tem sido um inicio abençoado, onde estou colhendo os frutos do meu trabalho. A Platéia: Qual foi o momento mais marcante nestes três meses: William: Teve vários, mas nada se compara a minha estreia. Dois gols no primeiro jogo do profissional, é inexplicável. Aquele

jogo mudou minha vida. Eu decolei no clube, a torcida me abraçou. Virei xodó da torcida, eles gostam muito de mim e isso é muito importante para mim A Platéia: Até que ponto aqueles dois gols fizeram toda a diferença no processo ? William: Dois dias antes estava programado que eu desceria para a base. Eu foi para a partida para estrear no profissional . Mas ai aconteceram os dois gols, provando que eu tinha capacidade de fazer tudo aquilo. Aquilo mudou minha vida.

O primeiro beijo, gesto caracteristico dos campeões, ninguém esquece

A Platéia: Como é viver uma final diante de 42 mil pessoas no estádio ? William: Foi foi só isso. Mas sim o ambiente. Foi o Recife inteiro alvirugro é torcedor do Náutico. A torcida nos recebeu na entrada do estádio. Eles chegaram junto com a gente. Descemos do ônibus em meio aos torcedores. Foi algo maravilhoso. A Platéia: Não ficou frustrado por não participar da final ? William: Claro é a gente quer jogar sempre. Mas estar ali já é maravilhoso com apenas três meses de profissional. Você precisa respeitar as opções, os jogadores mais experientes. Sou um jovem, 19 anos, que precisar trabalhar muito, sempre e dobrado pois venho da base e tenho um futuro imenso pela frente. A Platéia: Sente-se adaptado ao profissional ou ainda sente o ambiente ?

William: Me adaptei rápido porque tudo aconteceu muito rápido. Eu estreei com dois gols contra o América depois logo a seguir veio o clássico, no qual eu dei o passe para o segundo gol e este bom inicio acelerou o processo. Eu sabia disso e me adaptei bem rápido A Platéia: Como é a sua relação com o técnico Roberto Fernandes ? William: Tranquila. Muito respeito e reconhecimento pois foi ele que me deu a oportunidade no profissional e nunca vou esquecer. É um cara que se mostrar interessado no meu futebol, confia em mim, conversa sempre comigo para que eu evolua. Gosta muito da minha batida na bola. Tenho que absorver estes ensinamentos, trabalhar A Platéia: E como você projeta o restante da temporada ?

William: Seguir trabalhando, aproveitando a oportunidade e as chances que estão aparecendo. Deixo o extra campo aos cuidados dos meus empresários e faço a minha parte dentro de campo A Platéia: Sua expectativa é brigar por titularidade na Copa do Brasil e Brasileiro Série C? William: A Série C vai ser importante. Tem o compromisso de retornar a Série B e vou trabalhar muito sim para buscar estar jogando, brigar por titularidade. Claro que se isso não ocorrer vou

seguir treinando forte, pois quando a chance surgir eu aproveitar. A Platéia: Quem mais você lembrou depois da conquista do último domingo? William: Eu lembro do caminho que fiz até chegar ali. Tudo que passei para chegar onde estou. Ciente que tenho que trabalhar, confiando no meu potencial. Tenho um futuro grande. Que estou trabalhando certo e colhendo os frutos. Lembro muito da minha família e todos que me ajudaram e sempre agradeço a Deus, pois ele é quem mudou a minha vida

Sentindo de perto o grito da torcida do Timbu


aplateia.com.br facebook/aplateia

ESPORTE

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

33

redacao@jornalaplateia.com

Eduardo P. Cabrera recebe Técnico Jean estreia em amistoso no etapas de três categorias Palmeiras São Gabriel O circuito mais veloz Uruguai vive mais um domingo com pé embaixo. O Autódromo Eduardo P. Cabrera sedia neste final de semana etapas dos principais campeonatos de automobilismo do vizinho país. Os treinos livre já fizeram os motores roncarem na sexta-feira mas neste sábado já tem bateria valendo título a partir das

11h e no domingo a partir das 9h45min. O evento automobilístico traz a Rivera a primeira e segunda etapa da categoria turismo Pista SAC, etapa da Fórmula SAC e Super Chevette. O ingresso, válido para os dois dias será de 200 pesos. E equipes e pilotos vindos de todos os centros automobilísticos do Uru-

guai e até brasileiros, como o santanense Jean Toco Peralta, que corre na Super Chevette, tem presença confirmada, no eventos. Três categorias super velozes prometem disputas intensas em numa das pistas mais rápidas do Uruguai, o que garante disputas acirradas e ultrapassagens o tempo todo.

O circuito mais veloz Uruguai vive mais um domingo com pé embaixo. O Autódromo Eduardo P. Cabrera sedia neste final de semana etapas dos principais campeonatos de automobilismo do vizinho país. Os treinos livre já fizeram os motores roncarem na sexta-feira mas neste sábado já tem bateria valendo título a partir das 11h e no domingo a partir

das 9h45min. O evento automobilístico traz a Rivera a primeira e segunda etapa da categoria turismo Pista SAC, etapa da Fórmula SAC e Super Chevette. O ingresso, válido para os dois dias será de 200 pesos. E equipes e pilotos vindos de todos os centros automobilísticos do Uruguai e até brasileiros, como o santanense Jean Toco Peralta, que cor-

Jean Carlo já tem no currículo um título de campeão da Série Bronze em 2003, como atleta

re na Super Chevette, tem presença confirmada, no eventos. Três categorias super velozes prometem disputas intensas em numa das pistas mais rápidas do Uruguai, o que garante disputas acirradas e ultrapassagens o tempo todo.

Super chevette é uma das categorias envolvidas no evento em Rivera

Equipe folga na primeira rodada da Série Bronze e estreia no dia 28


Ana do Livramento. Såbado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 34 ASant’PLATEIA

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939


aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939

ESPORTE

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018

35

redacao@jornalaplateia.com

7º Circuito LVF de Vôlei de Areia encerra com Fabio e Kiko campeões A liga de Vôlei da Fronteira completou no último final de semana o disputado circuito da temporada e celebra o sucesso e o trabalho de todos pela difusão do vôlei de praia nos dois lados da Fronteira. A temporada teve seis meses de competições e muita atividade nos clubes sociais da fronteira. Ao todo foram 50 atletas que passaram pelo circuito, cada um com suas qualidades técnicas afiadas e muita força de vontade para superar as dificuldades, driblar as condições climáticas e ser vitorioso ao decorrer da competi-

ção. As areias dos Clubes Caixeiral, Clube Santa Rita e Clube Sarandi foram os palcos deste evento que já é reconhecido em todo o estado e em nosso país vizinho o Uruguai. Duplas de Livramento, Rivera, Santa Maria, Dom Pedrito, Bagé, Taquarembó, Chuí, Rosário do Sul e Mello se motivaram a participar do circuito e com certeza elevaram o nível técnico do evento. Isso prova que, a LVF está no caminho certo, pois quando, colocamos seriedade, transparência e amor a causa, as coisas dão certo.

Apoiadores

Além disso, empresas como as Gato e Sapato e Zapatodos, Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) e MP Fit Academia que acreditaram que o esporte é uma ferramenta de auxílio no processo do desenvolvimento educacional, social e de saúde do ser humano apoiaram o

evento e foram de suma importância para a realização do mesmo. A liga ainda lembra os meios de comunicação da fronteira que apoiaram todos os circuitos da liga, também fizeram parte desse evento ajudando a divulgar o trabalho de nossa competição.

Vencedores O circuito, que foi dividido em seis etapas disputadas de novembro a abril, teve como campeões a dupla formada pelos atletas Fabio Martinez e Junior Fialho, que pela quarta vez em sete anos do circuito levantaram o troféu tão disputado da LVF. Na sequência vem a dupla

Alejandro Teixera e Fernando Migorena, que conquistaram a merecida colocação de vice-campeões do circuito ganhando a última etapa do circuito e em seguida a dupla Heberson e Pablo, da cidade de Dom Pedrito, que foram constantes nos resultados e mereceram a terceira colocação no torneio.

Rei da areia Finalizada a competição, agora é tempo de realizar o torneio Rei das Areias da Fronteira, onde os oito melhores atletas classificados do Ranking LVF, se enfrentaram entre si, jogando com todos os atletas exceto suas duplas oficiais. Nessa competição o atleta vencedor é o que obtém o maior entrosamento com os atletas do torneio, assim coroado como campeão da competição Rei das Areias da Fronteira. Alcançado os objetivos de desenvolver um Circuito nos Clubes Sociais na fronteira, trazendo duplas de outras

cidades e proporcionando a prática do voleibol, de forma recreativa e competitiva, desenvolver através da prática

esportiva, uma consciência participativa, cooperativa e solidária, portanto cidadã. A diretoria da LVF, despede-se da temporada de vôlei de areia de fronteira e agradece pelo reconhecimento, apoio

e compreensão de todos patrocinadores, atletas e simpatizantes desse esporte que cada vez mais cresce na fronteira. até o próximo Circuito, tenham todos um ótimo ano!

Na foto Alejandro e Migorena, Vice campeões do circuito, Pablo e Heberson terceiros colocados e os campeões do circuito, Fabio Martinez e Kiko Fialho (Foto: Cedida)


Ana do Livramento. Sábado e domingo 14 e 15 de abril de 2018 36 ASant’PLATEIA

ESPORTE redacao@jornalaplateia.com

Citadino de futsal começa com decisões A temporada do futsal santanense é aberta oficialmente neste domingo, dia 15. A Arena Eventos, entidade que completa em 2018, 10 anos de organização do Citadino de Futsal, abre o calendário com o torneio eliminatório que preenche as últimas vagas na Série Prata. A chamada Pré prata, coloca frente a frente seis equipes que em jogo único a partir das 19h deste domingo, disputam quatro vagas no Citadino Série Prata, que começa na terça-feira. Os portões do ginásio José Luiz Sanz, do Esporte Clube Guanabara, que foi totalmente revitali-

zado para a temporada, serão abertos as 18h30 e o valor do ingresso para a rodada tripla será de R$ 5.00. Na primeira partida jogam as equipes do El Chef e QU-Quarai de Uruguaiana. O vencedor garante vaga na prata. Na segunda partida. O Deportivo joga contra o Oz Malla’s. Fechando a rodada a ALAF joga contra o Independente. Os vencedores tem passagem direta para a fase de grupo da prata e quem perder ainda terá uma chance de classificação. O melhor perdedor (sofrer derrota na prorrogação ou pênaltis ou escore inferior aos demais) também garante vaga.

Sorteio

A Arena Eventos vai promover o sorteio de brindes da Casa dos Colchões ao público e também vai inaugurar no ginásio a loja da Arena, onde torcedores poderão adquirir produtos da organização do campeonato e futuramente também dos clubes participantes do campeonato. O Citadino de Futsal começa a celebração dos 10 anos sob coordenação da Arena e promete novidades para este ano. Você tem encontro com no futsal a partir deste domingo no ginásio do Esporte Clube Guanabara.O Citadino de Futsal é patrocinado

Ginásio do Guanabara foi revitalizado para reencontrar o Citadino na tarde de domingo

por; Movilcor, Magazine Luiza/Mallory, CFC Santanense, Gato & Sapatos e Zapatodos, Uniagro/Erva Charme, Lojão Total, Casa dos Colchões, CHS-Centro Hospitalar Santanense, Larratera Combustíveis, Unimed e apoio da Unicred.

aplateia.com.br facebook/aplateia

(55) 9970-7217 (55) 3242-2939


A PLATEIA

1

A www.aplateia.com.br PLATEIA Sant’Ana do Livramento. Terça-feira, 17 de outubro de 2017

{en español}

RIVERA SÁBADO 14 DE ABRIL 2018 Nº 1855

LA EDICIÓN EN ESPAÑOL NO SE VENDE SEPARADA

“La gitana Regina Tambasco no fue secuestrada”

// Página 02

Así lo manifestó el Dr. Edvagner Souza de Oliveira en dialogo exclusivo con A Plateia en español

POLICIALES

DEPORTES

Incautan prendas con marca falsificada

Vuelve el fútbol a los barrios de Rivera

Tras denuncia de representantes legales en Uruguay // Página 03

El lanzamiento será este sábado 14 de abril // Página 04


2

A PLATEIA

facebook/aplateia (55) 9970-7217

A PLATEIA {en español} Sant’Ana do Livramento. Terça-feira, 17 de outubro de 2017

aplateia.com.br /TVAplateia Por: Washington Pereira (55) 3242-2939 www.aplateia.com.br

RIVERA SÁBADO 14 DE ABRIL DE 2018

JUSTICIA

Denunciado como secuestrador denuncia que le raptaron a su hijo El Dr. Edvagner Souza de Oliveira, abogado defensor de la familia del joven gitano brasilero, Emerson Estevan Junior, en nota exclusiva con A Plateia en español, cuenta la otra parte de la historia que hasta el momento no se conocía El caso del supuesto secuestro de la gitana uruguaya, Regina María Tambasco Marcos, de 24 años, a manos de su ex esposo, el joven gitano de nacionalidad brasilera, Emerson Estevan Junior, de 25 años, continúa transitando un misterioso camino, en el cual la familia Gitana uruguaya afirma que el mismo existió, mientras que la familia gitana brasilera, manifiesta que nunca hubo tal secuestro y a su vez también recurren a profesionales en derecho afirmando que quién si está secuestrado en Uruguay, es el pequeño Gregori, de 3 años, hijo de Regina y Emerson Estevan Junior. Por tal motivo y para conocer la otra parte de la historia que hasta el momento públicamente no se conocía, A Plateia en español dialogó en exclusiva con el Dr. Edvagner Souza de Oliveira, quién es el abogado defensor de la familia gitana brasilera, quién entre otras cosas manifestó que la joven Regina Tambasco nunca fue secuestrada, y que por voluntad propia viajó junto a, Emerson Estevan Junior, a Brasil. El Dr. Souza de Oliveira manifestó que en su escritorio ubicado en la ciudad de Santa María – Brasil, recibió la visita de la joven pareja gitana Emrson y Regina, oportunidad en la cual los mismos le informaron al Dr. Edvagner, que hace 7 años están casados por la cultura Gitana, por lo cual legalmente mantienen una Unión Estable en Brasil, quiénes hasta hace un tiempo atrás vivían en la localidad de Santiago – RS junto a los padres del joven gitano y el pequeño Gregori, de 3 años, hijo de la pareja. Según lo indicó el Dr. Edvagner, sobre fines del año 2017, Emerson Junior y Regina recibieron en su casa en Santiago la visita de Leo y Marle-

La joven gitana, Regina Tambasco de 24 añosww (Foto: Marcelo PintoAP)

ne, los papás de Regina Tambasco, quiénes se quedaron un par de días, hasta que en una ocasión decidieron visitar una Gruta en otra localidad del Estado de RS, junto a su hija Regina y a su nieto Gregori, manifestando que sería solo para pasar el día, no regresando más a la residencia en Santiago, volviendo a Uruguay llevando consigo a Regina y el pequeño Gregori. Al pasar los días y al no regresar Regina y su pequeño hijo a Brasil, Emerson Estevan Junior , junto a sus padres deciden viajar a Uruguay en busca de la joven gitana y su hijo, dónde al llegar a la ciudad de Rosario en el Departamento de Colonia según lo indicó el Dr. Souza de Oliveira, la familia de la gitana uruguaya les impide a los gitanos brasileros tener contacto con ella y el pequeño de 3 años.

con la utilización de arma de fuego por parte de Emerson Estevan Junior contra su esposa Regina Tambasco, lo que desencadenó una denuncia policial por el secuestro de la gitana Regina y posterior requisitoria a nivel policial en Uruguay sobre Emerson Estevan Junior, motivo por el cual si el ingresa a Uruguay será automáticamente detenido por la autoridad policial. Otras de las informaciones vertidas por parte del abogado defensor indican que la familia de Regina en su llegada a Santa María lo hicieron manifestando que llevaban consigo al pequeño Gregori, lo cual no era así, llegando hasta la casa los padres de Emerson Junior, haciendo que Regina subiese al automóvil volviendo raudamente a Uruguay. Otro de los puntos que difiere de la versión original vertida por los gitanos uruguayos, la

cual indicaba que ellos habían llamado a la Policía Rodoviaria Federal (PRF) desde una estancia para solicitar auxilio por una persecución realizada por Emerson Junior y sus padres, de la cual estaban siendo víctimas, tal llamada existió sí, pero el Dr. Edvagner Souza de Oliveira, confirmó en A Plateia en español que había sido él, quién primero en esa ocasión se había comunicado con la PRF informando lo que estaba ocurriendo, solicitando el auxilio necesario para su defendido (Emerson Junior y sus padres). En definitiva para el Dr. Edvagner Souza de Oliveira, lo realizado por la familia de la gitana Regina Tambasco, denunciando a Emerson Estevan Junior por secuestro, es para cubrir el delito de rapto del pequeño Gregori que ellos están cometiendo en Uruguay desde la óptica de los abogados defensores del joven gitano brasilero y su familia, teniendo en cuenta que el niño es brasilero, ingresó según el Dr. Souza de Oliveira, ilegalmente a Uruguay y sin el consentimiento de su padre, una compleja historia en la cual según expresó en A Plateia en español el abogado defensor, lo único que interesa es salvaguardar al menor hijo de la joven pareja gitana.

“A las escondidas” Como la familia de la Gitana uruguaya no permitía que tuviesen contacto entre sí, los jóvenes gitanos se contactaron y marcaron un encuentro a escondidas en una zona de la ciudad de Rosario en Colonia, repitiendo esa escena en algunas ocasiones hasta que en forma conjunta decidieron que ambos volverían a Brasil, lo que se contrapone a la historia conocida públicamente, la cual indicaba del secuestro

2

Jornal A Plateia www.aplateia.com.br Fundado em 10/01/1937 CIRCULA LOS DÍAS SÁBADO

DIRETORIA Diretor presidente Antônio Zuheir Badra Diretor-geral Kamal Zuheir Badra Diretor em POA Fabio Zuheir Badra direcaocomercial@ grupoaplateia@gmail.com

COM QUEM FALAR

REDAÇÃO WÁSHINGTON PEREIRA espanhol@jornalaplateia.com PUBLICIDADE LAURA SARAVIA laura@jornalaplateia.com ASSINATURA CAROL MACHADO circulacao@jornalaplateia.com Fone/Fax: Circulação: Comercial: Informações: Telemarketing

(55) 3242-2939 (55) 3242-5533 (55) 3242-5654 (55) 3242-2121 (55) 3241-2454

Sugestão de Pauta Artigos de Opinião

CONTATOS:

washipereira10@gmail.com

redacao@jornalaplateia.com elisregina@jornalaplateia.com rodrigo@jornalplateia.com marcelneves@jornalaplateia.com matiasmoura@jornalaplateia.com Editais: editaisaplateia@terra.com.br Sociedade: sociedade@jornalaplateia.com Arte/Comerciais: editoriadearte@jornalaplateia.com A Plateia Online: online@jornalaplateia.com Variedades: variedades@jornalaplateia.com A Plateia en Español: espanhol@jornalaplateia.com Fotografia: marcelopinto@jornalaplateia.com Financeiro: cobrancagrupoaplateia@gmail.com

A PLATEIA

Marca registrada sob nº 825.254.280 Afiliado à

PLANTÃO DA CIRCULAÇÃO Problemas com a entrega da edição de Sábado , ligue: Sábados, das 8h30min às 15h Telefone (55) 3242-2939 Sucursal do Jornal A Plateia em Porto Alegre Avenida Independência, n° 330 conjunto 505. Telefone: (51)3279-3928 Jornal diário editado pela

Regina y Emerson Jr. en el edificio previa visita al abogado, Dr. Edvagner Souza de Oliveira (Foto: Cámara de Seguridad del edificio de los abogados en Santa María)

JB Empresa Jornalística Ltda. CNPJ: 73.752.180/0001-31 Fone (55) 3242-2939 Rua Almirante Barroso, n° 358 esquina rua Uruguai CEP: 97.574-020 SANT’ANA DO LIVRAMENTO Rio Grande do Sul/Brasil


4

A PLATEIA

facebook/aplateia (55) 9970-7217

A PLATEIA {en español} Sant’Ana do Livramento. Terça-feira, 17 de outubro de 2017

aplateia.com.br /TVAplateia Por: Washington Pereira (55) 3242-2939 www.aplateia.com.br

3

RIVERA SÁBADO 14 DE ABRIL DE 2018

POLICIALES

Incautan en Rivera prendas con marca falsificada La denuncia fue radicada por parte de representantes de diversas marcas en Uruguay

En

Prenda incautada (Foto: AP)

la jornada de este pasado viernes 13 de abril del año en curso, los integrantes de la División Especializada en Materia de Delitos Complejos de la Jefatura de Policía de Rivera realizaron inspecciones en 3 comercios ubicados en el centro de la ciudad de Rivera. Como ha ocurrido en otras ocasiones, representantes legales de diversas marcas en Uruguay radicaron dicha denuncia por la falsificación de marcas en diversas prendas que son comercializadas en Rivera

Por tal motivo y en conocimiento de la Dra. Alfaro, Fiscal de 3º Turno de Rivera, tras las inspecciones realizadas las autoridades policiales lograron incautar 196 equipos deportivos con la grifa de marca Adidas, 7 calzas femeninas con la grifa de marca Nike, 10 prendas marca Adidas, 6 prendas Chanel, 6 prendas Nike, 7 carteras con la grifa de marca Chloe, 12 carteras Louis Vuitton, 39 carteras Michael Kors, 10 monederos misma marca, 5 monederos Louis Vuitton, 24 monederos Mi-

chael Kors. Todos los artículos incautados fueron trasladados a la División Espe-

cializada en Materia de Delitos Complejos de la Jefatura de Policía de Rivera.


6

A PLATEIA

facebook/aplateia (55) 9970-7217

A PLATEIA {en español} Sant’Ana do Livramento. Terça-feira, 17 de outubro de 2017

aplateia.com.br /TVAplateia Por: Washington Pereira (55) 3242-2939 www.aplateia.com.br

4

RIVERA SÁBADO 14 DE ABRIL DE 2018

FÚTBOL

La pelota vuelve a “correr” entre los barrios de Rivera El lanzamiento del mismo tendrá lugar en las instalaciones del Polideportivo Don Bosco Este sábado 14 de abril volverá a “correr” la pelota de fútbol entre los barrios de Rivera. En la oportunidad dará iniciounnuevo campeonatode

fútbol de los barrios, el cual es organizado por intermedio de la Dirección General de Promoción y Acción Social, a través de División Deportes de la Intendencia De-

partamental de Rivera. Según la programación proyectada el lanzamiento del mismo se llevará a cabo en las instalaciones del Polideportivo Don Bosco a partir de la hora 11. Una nueva actividad social deportiva para este 2018 en la ciudad de Rivera, en la cual seguramente como en cada temporada tendrá el muy buen acompañamiento de los ciudadanos de la frontera Rivera – Livramento.

Campeonato de fútbol de los barrios

(Foto: AP)

20180414  
20180414  
Advertisement