Page 1

Jornal A Plateia

Facebook/aplateia

Tradição, Qualidade e Liderança não se discutem

aplateia.com.br

ANO 80 | EDIÇÃO: Nº 23.481 | 80 PÁGINAS - R$ 5,00 | SÁBADO E DOMINGO, 14 E 15 DE JANEIRO DE 2017 | SANT’ANA DO LIVRAMENTO | FECHAMENTO: 22h15min

Volume de Ovinos marca início de Expofeira de Verão

Município teria adquirido 80 pneus em 2016 para um único veículo Caso ainda está sendo analisado pela Secretaria de Educação Página 19

MARCELO PINTO/AP

Inusitado

Floreiras viram alternativa de reciclagem e renda

Denúncia

Confeccionadas com pneus velhos, peças decoram praças com beleza e sustentabilidade Página 12

Veículos da Secretaria de Educação têm gasolina furtada Parque de Exposições da Rural estará de portas abertas até o próximo dia 1º de fevereiro. Páginas 16 e 17

Grupo Terremoto Lida Bruta fala sobre Autêntica mulher sucesso do gaúcha expõe “jaleco” na Expofeira de Vocalista comentou, Verão durante entrevista para a RCC, a trajetória do grupo e como surgiu a ideia de compor uma música sobre a nova norma de trânsito riverense Página 13

Usinagem deverá ocorrer nos próximos dias

Secretário de Obras diz que acordo entre Livramento e Rivera poderá ser firmado para utilização de recursos em comum. Ricardo Dutra fala sobre usina de asfalto e operação tapa-buracos Página 8

SUSTENTÁVEL

O asfalto tremeu

Asfalto em breve

Com mais de 30 anos de trabalho pelas estâncias, Dona Sirlei diz que aprendeu a o serviço de campo desde muito cedo Página 11

A PLATEIA {en español} “Manifestantes” continúan solicitando se modifique la medida sobre el uso del chaleco reflectivo Página 4

Segundo boletim de ocorrência, quase 100 litros sumiram Página 10


2

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

2ª página

facebook/aplateia (55) 9970-7217

aplateia.com.br /TVAplateia

(55) 3242-2939

redacao@jornalaplateia.com

Jornal A Plateia www.aplateia.com.br Fundado em 10/01/1937 CIRCULA DE SEGUNDA A SÁBADO

Beto

Editorial

Fazendo as contas

DIRETORIA

Diretor presidente Antônio Zuheir Badra Diretor-geral Kamal Zuheir Badra Diretora de RH Janete Zuheir Badra Diretor em POA Fabio Zuheir Badra direcaocomercial@ grupoaplateia@gmail.com

Assim como o caso dos pneus que surgiu esta semana, muitas revelações estão tomando a cena nestes primeiros dias do ano. São pneus a mais, déficits a mais, contratos a mais, CC a mais, muitas histórias e explicações de menos. Mas a verdade é que a política parece não ter mudado muito do que ela sempre foi. Vãose governos, chegam os novos e velhas e novas histórias tomam espaço a cada troca de comando. A política é assim no Brasil e parece também ser no mundo. A humanidade precisa de mudança já e só a partir da sua comunidade instigando os políticos é que algo realmente pode acontecer. Estagnada ou indiferente são nomenclaturas que precisam ser esquecidas e uma nova postura há de ser adotada. É possível imaginarmos uma matriz sociopolítica e econômica que faça sentido aos municípios brasileiros? Os desafios colocados à mesa serão o centro do debate nas próximas eleições e não se pode mais discursar sobre os mesmos temas. É preciso mudança. Quando os temas e as demandas são as mesas, isto só pode significar que a política não está fazendo nada além de criar meios e formas de se manter viva num sistema vegetativo e parasita da sociedade. A política precisa trazer mudanças e isto deve começar com ela propriamente. As revelações são os sinais e é tempo de mover-se e construir um novo pensamento. O cidadão precisa ser um vigilante e se preciso for, contar os pneus de vez em quando.

COM QUEM FALAR NO JORNAL A PLATEIA

REDAÇÃO ELIS REGINA redacao@jornalaplateia.com PUBLICIDADE LAURA SARAVIA laura@jornalaplateia.com ASSINATURA CAROL MACHADO circulacao@jornalaplateia.com Fone/Fax: Circulação: Comercial: Informações: Telemarketing

(55) 3242-2939 (55) 3242-5533 (55) 3242-5654 (55) 3242-2121 (55) 3241-2454

CONTATOS: Sugestão de Pauta e Artigos de Opinião: redacao@jornalaplateia.com jessica@jornalaplateia.com elisregina@jornalaplateia.com daniela@jornalplateia.com henriquebachio@jornalaplateia.com Editais: editaisaplateia@terra.com.br Sociedade: sociedade@jornalaplateia.com Arte/Comerciais: editoriadearte@jornalaplateia.com A Plateia Online: online@jornalaplateia.com Variedades: variedades@jornalaplateia.com A Plateia en Español: espanhol@jornalaplateia.com Fotografia: marcelopinto@jornalaplateia.com Financeiro: cobrancagrupoaplateia@gmail.com

A PLATEIA

Imagem do dia

Elis Regina Cartaxo elisregina@jornalaplateia.com

4 milhões não fazem diferença nenhuma

Exercícios ao ar livre e em praça pública, uma boa pedida para estes dias de calor (Marcelo Pinto/AP)

Marca registrada sob nº 825.254.280 Afiliado à

Agenda

PLANTÃO DA CIRCULAÇÃO Problemas com a entrega da edição de Sábado , ligue: Sábados, das 8h30min às 15h Telefone (55) 3242-2939 Sucursal do Jornal A Plateia em Porto Alegre Avenida Independência, n° 330 conjunto 505. Telefone: (51)3279-3928

Dia 14 Festa Tropical O Clube Santa Rita realiza festa na sua sede campestre

Tempo Sábado

Domingo

Segunda

Jornal diário editado pela

JB Empresa Jornalística Ltda. CNPJ: 73.752.180/0001-31 Fone (55) 3242-2939 Rua Almirante Barroso, n° 358 esquina rua Uruguai CEP: 97.574-020 SANT’ANA DO LIVRAMENTO Rio Grande do Sul/Brasil

Nesta quinta-feira o comentarista Arnaldo Jabor comentou novamente a vitória de Donald Trump para a presidência americana. Sem escrúpulo algum e com grande convicção, o comentarista expôs o seu pensamento e decepção pelo rumo que a história americana vive e como quatro milhões de votos à frente do seu oponente não puderam fazer a diferença para Hillary Clinton. Enquanto a A mérica do Nor te dá posse para um homem rico e considerado “louco” por alguns, a “louca” política brasileira empossa um vereador preso e acusado de tráfico de drogas na Bahia, eleito com 571 votos. Não precisamos olhar para o vizinho para entender.

Pancadas de chuva

Chuva a qualquer hora

Sol com algumas nuvens

Chuva 60% Volume 5mm

Chuva 60% Volume 15mm

Chuva 0% Volume 0mm

19° / 33°

Temperaturas extremas ontem em Livramento:

19° / 29°

Máxima: 30° Mínima: 19°

14° / 29°

Condições registradas na estação meteorológica do Grupo A Plateia.

Dia 14 Amigos da Sorte Acontece neste sábado, no Righi do Armour, o sorteio de uma TV no Supermercado a partir das 11h. Dia 15 Amor sem limites Demonstração dos benefícios da Equoterapia. Mateada. Local: Cabanha Dom Marx, às 09h30. Dia 21 Planeta Caxixa Confira a festa de verão mais aguarda do Clube com diversas atrações


A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

3


4

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Geral

facebook/aplateia (55) 9970-7217

aplateia.com.br /TVAplateia

(55) 3242-2939

Daniela Huberty - daniela@jornalaplateia.com

Lixeira da Praça General Osório é quebrada

Lugar ficará com os contêineres que foram entregues, esta semana, pela empresa Ansus ao Município A Praça General Osório teve sua lixeira quebrada ontem (13). Dois funcionários da Secretaria de Serviços Urbanos iniciaram o trabalho por volta do meio-dia e em alguns minutos destruíram a estrutura de concreto. Os fragmentos e restos de tijolos serão levados, por um caminhão-caçamba, para o Curralão, nas dependências da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos. A lixeira já vinha sendo motivo de descontentamento entre os moradores do entorno da praça e pessoas que passavam no local. As maiores reclamações se davam em relação à grande quantidade de lixo que ficava depositado pois, além dos residentes, a lixeira também

era destino dos resíduos de lojistas e comerciantes do centro. Com o grande número de detritos, o ambiente juntava animais e estava constantemente mal cheiroso. No lugar da lixeira, ficam os contêineres de lixo que chegaram na quarta-feira (11) ao Município. Em um primeiro momento, apenas três foram entregues pela empresa Ansus, responsável pela coleta, transbordo e transporte com destinação de resíduos sólidos na cidade, e todos tiveram a praça como destino. Ao total, 50 contêineres de lixo serão destinados à cidade e serão distribuídos em diversos pontos da cidade, sendo primeiramente

Lixeira era motivo de reclamações entre vizinhos e pessoas que passavam pela praça constantemente (Foto: Marcelo Pinto/AP)

na região central. De acordo com o Executivo, essa escolha se deu por esta ser a área, principalmente nas praças, que já estão trabalhando no processo de revitalização e limpeza desde o primeiro dia de mandato, além de ter a maior circulação de pessoas.

Funcionários da Secretaria de Serviços Urbanos iniciaram a destruição da lixeira no fim da manhã de ontem (13) (Foto: Marcelo Pinto/AP)

Contêineres ficarão no lugar da lixeira e, aos poucos, serão distribuídos por mais pontos da cidade (Foto: Marcelo Pinto/AP)


A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

5


6

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

facebook/aplateia (55) 9970-7217

Geral Vem aí o Planeta Caxixa

email@jornalaplateia.com Pamela da Costa

Evento experimental tem como objetivo valorizar os artistas locais e promover o encontro dos sócios Tradição na Fronteira da Paz, o Cancun, evento realizado pelo Clube Caixeiral de Livramento, contará, neste ano de 2017, com novas pro-

postas e nova nomenclatura: o Planeta Caxixa. Com a organização e sonorização de José Erni Almeida Jobim, membro da diretoria

do Clube, o evento terá atrações como os Dj’s Igor Pretto e Raul Giulia, que tocarão no intervalo entre uma banda e outra, e as bandas Santa Ceva, Banda Top, Banda Leblon, Pagode do Laxa e Ticuricanejo. A principal diferença entre o Cancun e este novo evento que será realizado no dia 21 de janeiro é por tratar-se justamente de uma festa pensada e voltada para os sócios e seus dependentes, que atualmente giram em torno de 4.000 (quatro mil) pessoas, porém incluindo os cidadãos riverenses e buscando a valorização dos artistas santanenses, dando espaço para que apresentem seus trabalhos e proporcionem uma grande festa, como destaca José Erni. A ideia para o Planeta Caxixa surgiu há cerca de um mês e meio e já tomou grande expectativa e procura pela comunidade.

Além de atrações musicais, o evento conta rá ta mbém com a venda de bebida artesanal santanense, a Cerveja Nasdrovia, e uma mesa de frutas disponível para todo o público presente na festa. O Planeta Caxixa está marcado para o dia 21 de janeiro, com previsão para as 22h e término às 5h. Os ingressos são gratuitos para os sócios, e para os não-sócios terão o valor de R$ 30 (trinta) reais, com promoção inicial de R$ 25 (vinte e cinco) reais para os 200 primeiros ingressos que forem adquiridos. *Proibida a venda de bebida alcoólica para menores de 18 anos.

aplateia.com.br /TVAplateia

(55) 3242-2939


A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

7


8

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Política

facebook/aplateia (55) 9970-7217

aplateia.com.br /TVAplateia

(55) 3242-2939

Matias Moura

Secretário de Obras fala sobre a usina de asfalto e operação tapa-buracos Um dia após o início da operação tapa-buracos, Ricardo Dutra diz que em breve será realizado um teste de usinagem com o maquinário que não está em uso por falta de insumos Nesta semana iniciou a operação tapa-buracos em algumas das vias mais importantes do Município, como a Avenida Saldanha da Gama, no bairro Prado, pela qual passa diariamente um grande fluxo de veículos. O jornal A Plateia realizou uma reportagem recentemente demonstrando a atual situação da usina de asfalto de Sant’Ana do Livramento que custou 1 milhão aos cofres públicos e veio como esperança de sanar o problema de infraestrutura das vias santanenses e, principalmente, dar um fim aos buracos. Segundo o secretário de Obras, Ricardo Dutra, em breve será feito um teste de usinagem para se comprovar o verdadeiro estado de con-

servação do equipamento. “A usina de asfalto possui plenas condições de funcionar sim. Quando? Assim que nós identificarmos os recursos que nós temos junto com a prefeitura e o governo, para avaliar o volume que nós podemos produzir. A partir daí, a gente vai tomar a decisão de quando ela começa a funcionar efetivamente“. A usina de asfalto foi entregue em perfeitas condições de uso pelo governo passado, segundo o secretário, agora só faltar realizar um teste de usinagem para se poder fazer um planejamento e saber qual a verdadeira situação do equipamento. “Segundo os funcionários, ela está em plenas condições de uso. Agora nós queremos,

com o apoio de empresários da região, conseguir um gerador para que a gente consiga ligá-la e colocar em funcionamento. Talvez a gente consiga isso até a semana que vem, para ver as condições dela ligada“. De acordo com o secretário, embora o custo de operação da usina de asfalto seja bastante alto, principalmente pelo valor dos insumos e gastos com energia elétrica, a intenção é de que o equipamento entre em funcionando o quanto antes, mas é necessário primeiro buscar alternativas para os problemas financeiros enfrentados pelo Município. Não vamos ligar um equipamento desses só por ligar. Vamos ligar quando tivermos um plano junto com o governo que justifique uma ação dessas“, disse . Não está descartada também uma parceria entre Livramento e Rivera no que diz respeito à produção e insumos da usina de asfalto,

conforme afirmou o secretário, que esteve participando de uma reunião na cidade vizinha junto com o prefeito Ico e esta foi uma das demandas apresentadas. “ Nós vamos começar em seguida essas tratativas que foram apresentadas nesta reunião, para que a gente possa unir os esforços e utilizar os insumos que as duas cidades têm. Por exemplo, eles podem ter equipamentos que nós não temos e vice-versa . Esta é uma questão que ainda precisa ser bem estudada. Mas é uma possibilidade”, declarou o secretário.

Operação tapa-buracos

A operação tapa-buracos, que iniciou na tarde de quinta-feira(12), nas intermediações do bairro Prado, visa ao melhoramento na trafegabilidade das vias nos trechos onde os buracos estão oferecendo riscos aos motoristas. “ Essa é uma

Ricardo Dutra fala sobre a usina de asfalto e diz que em breve o equipamento poderá ser ligado (Foto: Matias Moura)

operação emergencial, não vai se tapar todos os buracos da cidade neste primeiro momento porque é muito caro com o produto que a gente tem hoje , que é o asfalto frio. Ele é para ser utilizado com fins emergenciais, não para uso generalizado. Nós já estamos estudando outras maneiras de tornar esta operação mais eficaz

e quando nós tivermos a usina operando, aí sim, com um volume mais expressivo, vamos ter uma melhora na trafegabilidade urbana“. Segundo o secretário, na próxima semana acontecerá uma reunião entre todas as secretárias do Município com o prefeito e a vice para se traçar um plano de desenvolvimento.


A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

9


10

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Geral

facebook/aplateia (55) 9970-7217

aplateia.com.br /TVAplateia

(55) 3242-2939

email@jornalaplateia.com

Câmara Municipal de Sant’Ana do Livramento

Gasolina de carros da Secretaria da Educação é furtada Quase 100 litros de gasolina foram furtados de dois veículos da Secretaria de Educação que estavam dentro de um galpão na Secretaria de Obras aguardando por manutenção. A polícia investiga o caso

NOTICIÁRIO DO LEGISLATIVO A Câmara Municipal lembra: Sua vida vale mais! Diga NÃO às drogas. VEREADOR GERMANO ORGANIZA REUNIÃO PELO CUMPRIMENTO DE LEI MUNICIPAL O ve r e a dor G e r m a no Ca macho ( P T B) vem ma ntendo contatos com trabalhadores e prestadores de serviços da área de vigilância patrimonial par ticular e também com representantes d a s a g ênc ia s b a nc á r ia s e de outras instituições financeiras em Livramento visando à realização de uma reunião para o encaminhamento das medidas necessárias para o cumprimento de lei municipal de sua autoria sobre o serviço de segurança privada nesses estabelecimentos durante as 24 horas do dia. O texto legal, sancionado no fim do ano passado, determina que as instituições financeiras mantenham vigilantes durante todo o dia, visando assim oferecer maior segurança para os trabalhadores, clientes e também para moradores das áreas vizinhas. Como essa lei não está sendo cumprida pelos bancos e demais instituições de crédito, o vereador vai realizar uma audiência pública para discutir a questão e alertar quanto à obrigatoriedade legal

SELEÇÃO PARA ESTÁGIO O vereador Gabinete do Vereador Danúbio Barcellos (PP) recebe até o próximo dia 25 currículos de interessados em cumprir estágio obrigatório em atividades no Poder Legislativo Municipal. Os currículos devem ser encaminhados para o e-mail: danubiobarcellospp@gmail.com.

Vereador ENRIQUE CIVEIRA - NENECO REITERA SUGESTÃO SOBRE SANTA CASA O vereador Carlos Nilo Pintos (PP) representou o Poder Legislativo na cerimônia de troca de Diretoria da APAE. O evento ocorreu na sede da entidade, com as presenças da Sra. Gislaine Greceller, representando a 19° CRE, Luigi Carlos Rodrigues, vice-presidente da APAE, vice-prefeita Mari Machado e prefeito Ico Charopem, dentre outros. Foi empossada como presidente a Sra. Cecília Amaral, que expôs uma breve mensagem, afirmando que para o próximo triênio haverá muitos desafios a serem conquistados. “Precisamos apoiar e fortalecer o 3º setor. Afinal, é ele quem conhece e atende com muita competência os menos favorecidos”, ponderou o vereador.

Para mais informações acesse:

Portal da Transparência www.santanadolivramento.rs.leg.br

Contato: 55 3241-8600 | Senador S. Filho, n 528

O caso foi registrado n a Deleg ac ia de Pronto Atendimento da Polícia Civ il pela secretá ria da pasta, Ruth Castro, a qual foi informada do desaparecimento da gasolina, pelos funcionários da Secretária da Educação responsáveis pelo controle. Segundo foi apontando no registro de ocorrência, os veículos estavam no galpão desde o dia 20 de dezembro, sendo um Renault/Logan branco e uma Fiorino branca . Além do furto da gasolina, um dos veículos apresentou problemas na bomba d’água que foi danificada durante a ação dos criminosos. De acordo com a secretária de Educação, Ruth Castro, ela recebeu a pasta no dia 02 de janeiro e, aos poucos, está conhecendo a atual situação da mesma. A s informações sobre o f ur to foram repassadas pelo setor da Secreta r ia que é responsável pelo controle e abastecimento

da frota. Os dois veículos estavam locados na Secretaria de Obras, pois necessitavam de uma revisão e manutenção. Para a secretária ainda é muito cedo para se apontar culpados, ela disse que irá abrir uma sindicância para investigar o caso. “Pelas informações que recebi, a gasolina foi retirada dos dois veículos, inclusive do Logan quebraram a bomba de gasolina e da Fiorino retiraram sem estragar a bomba. Nós não sabemos se foi com chave ou com outro tipo de ferramenta. Foi registrado um boletim

de ocorrência e a polícia a gora va i traba l ha r na investigação. Nós vamos encaminhar esta questão agora para a procuradoria solicitando uma abertura de sindicância, que é um processo interno administrativo para que eles deem continuidade e providenciem provas que nós temos através das planilhas do pessoal que trabalha no controle do combustível da nossa frota”, disse a secretária. A secretária confirma que os dois veículos estavam dentro de um galpão na Secretaria de Obras

pa r a u ma ma nutenção desde o dia 20 de dezembro. “Foi o próprio pessoal que é responsável pelo controle do combustível da frota que encontrou essa irregularidade e nos avisou, aí nós fomos lá e tiramos fotos, inclusive eu tenho as fotos da bomba de gasolina quebrada e quem fez a medida da quantidade de gasolina furtada foi o pessoal que controla as planilhas“. Segundo a secretária, o valor exato subtraído foi de 49 litros do veículo Logan e 55 litros de gasolina da Fiorino.

Boletim de Ocorrência registrado na DP comprova o delito (Foto: Matias Moura)


A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Geral

11

email@jornalaplateia.com

Uma mulher na lida campeira

Bastidores

Dona Sirlei é conhecida no meio rural por trabalhar na lida de campo e diz que tudo o que conquistou foi através de muito esforço e trabalho Com o rosto queimado pelo escaldante sol da Fronteira e as mãos calejadas de quem desde cedo aprendeu a lida de campo, Sirlei Inácio Nunes, 58 anos, dedicou-se a vida inteira a sua grande paixão: o serviço rural. Dona Sirlei, que trabalhou por muitos anos como capataz de estância em uma propriedade rural da região do Carcávio, diz que aprendeu desde muito cedo a realizar as principais tarefas da lida de campo. Desde o trabalho de mangueira, vacinação e castração e ainda reitera que está sempre disposta para o trabalho.”Aprendi tudo desde cedo, a lidar com gado, vacinar, assinalar,

castrar, laçar, trabalhar na lavoura. Tudo isso eu faço. Além de carnear e plantar na horta“, destacou dona Sirlei. Segundo ela conta, por muitos anos a sua rotina diária era acordar às 4 horas da manhã encilhar um cavalo e sair para a estância. “Acordava cedo, 4 horas da manhã pra mim já era dia“, comenta. Hoje, aposentada, ela diz que sua rotina continua quase a mesma, mas desta vez trabalhando na sua propriedade rural. Sua rotina começa às 5 horas da manhã quando ela levanta para tomar mate antes da lida, depois parte para o trato com os carneiros na

Sirlei trabalhou por quase 30 anos em uma propriedade rural do Munícipio onde foi capataz (Foto: Matias Moura/AP)

Edis Elgarte

ediselgarte@jornalaplateia.com WhatsApp (55) 84296522

Diálogo

Diálogo II

O prefeito Ico Charopen vem dando reiteradas demonstrações - no discurso e na prática - de que quer ver realmente sua gestão ser reconhecida como “Governo do Diálogo”. Ele faz questão de repetir essa disposição em cada conversa ou pronunciamento para diferentes setores da comunidade.

Na manhã desta sexta, Ico recebeu a visita do vereador Carlos Nilo Pintos, do PP, em encontro provocado pelo próprio Gestor. Ele pediu uma contribuição do parlamentar no que diz respeito ao projeto do estacionamento rotativo para a área central da cidade. Nilo é o autor do projeto do Rotativo em Livramento.

Área Azul

A trabalhadora rural trouxe um carneiro para concorrer na feira Ovinos de Verão (Foto: Matias Moura/AP)

cabanha e, em seguida, sai para recorrer o campo e cuidar do seu gado e das ovelhas. “Acordo cedo e faço o serviço na volta das casas, depois encilho o cavalo e saio pro campo“. Sirlei ainda comenta sobre o seu gosto por cavalos. “Gosto muito de cavalos, tenho onze e são todos crioulos“, destaca. Depois de trabalhar praticamente a vida inteira numa profissão que geralmente é executada por homens, Sirlei diz que não se arrepende e que tudo que conquistou foi graças ao trabalho. Hoje ela mora com o filho, Silvano, que segue os passos da mãe sendo também um trabalhar rural. Em uma época em que a luta dos direitos iguais para homens e mulheres é tão debatida, não existe maneira mais clara de mostrar que isto realmente é possível, dona Sirlei é um exemplo da mulher gaúcha que tantas vezes é enaltecida em nas canções nativistas demonstrando que a lida de campo também é coisa de mulher.

A pretensão do prefeito Ico Charopen é implementar o sistema de estacionamento rotativo - a chamada Área Azul - já nos próximos meses, inicialmente nas ruas Dos Andradas e Rivadávia Correa, entre a Uruguai e a 7 de Setembro. Outra possibilidade, surgida na conversa entre Ico e Nilo, é de que o Rotativo também chegue à Avenida João Goulart, em horário especial, à noite. As autoridades acreditam que, dessa forma, se tornará mais eficaz também o controle do movimento no polêmico “point” de encontro de jovens. Isso, porém, é por enquanto apenas uma possibilidade, que deverá ainda ser bem estudada pela Secretaria Municipal de Obras, Serviços Urbanos e Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana, com a colaboração do vereador.

Velocidade

Retomado, finalmente, o projeto de recuperação e reativação do “motódromo” Pedro Rangel na Chácara da Prefeitura. Em iniciativa conjunta do novo Secretário Municipal de Cultura e Esporte, Airton Costa, e do vereador Ulberto Navarro, o “Garrão”, já foi realizada uma primeira reunião de trabalho visando à reestruturação daquela área de eventos esportivos. O encontro, na manhã de quinta, contou com a participação do presidente da Associação Santanense de Motociclismo e Ciclismo-ASMC e do Jipe Clube Fronteira da Paz-JCFP, Paulinho Har, além do se-

cretário Airton,dodiretorda Casa de Cultura Ivo Caggiani, Antonio Carlos Valente, do servidor Gerson Pereira e do chefe de Gabinete e assessor de Garrão, Luis Varela e Roberto Lima, o “Negro”.

Vitrine

Turismo

Já na tarde desta sexta-feira o grupo fez uma visita na Chácara da Prefeitura para verificar as condições da antiga pista. A ideia é um convênio da Prefeitura com a ASMC e o JCFP para a retomada dos eventos que durante anos colocaram Livramento como destaque na motovelocidade gaúcha.

O vereador Ulberto Navarro, “Garrão”, lembra o quanto o esporte ajuda a economia e o turismo. “A grande maioria dos pilotosédeoutrascidadese isso movimenta a rede hoteleira, a nossa gastronomia e também o comércio de compras em Rivera e Sant’Ana do Livramento”, defende o legislador.


12

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Geral

facebook/aplateia (55) 9970-7217

aplateia.com.br /TVAplateia

(55) 3242-2939

Jéssica Ribeiro - jessica@jornalaplateia.com

Sustentabilidade e sustento em forma de floreiras

Tendo pneus como matéria-prima, peças decoram praças e trazem renda a Luis Flavio Fagundes Quem anda pela praça da Rua José Fernandes Mendes, no Cerro do Armour, e observa as belas floreiras feitas de pneus decorando o espaço, não imagina as histórias que cercam estas criações. Confeccionadas por Luis Flavio Fontoura Fagundes, as floreiras vão muito além de um mero destino para os pneus velhos que não têm mais utilidade, e compõem uma parte importante da história de seu criador, sendo atualmente uma forma de sustento.

A volta à terra natal A história de Flavio em Sant’Ana do Livramento começa em 2010, quando o santanense retornou à cidade natal após morar durante 17 anos em Porto Alegre. A volta de Flavio foi em função de um incêndio que consumiu toda a residência da família, quando ele viu a necessidade de voltar à terra natal e ajudar no amparo a família. Através de doações, a família conseguiu reerguer a casa. A partir da solidariedade dos vizinhos e do abandono estrutural do bairro, Flavio viu a necessidade de fazer algo pela região, constituindo uma

os cuidados necessários no armazenamento dos pneus, sem deixar que haja acúmulo de água no material. Com uma média de produção de 40 peças por mês, as floreiras são comercializadas ao valor e R$25 e R$45 e recebem a pintura de esmalte sintético e a garantia de uma decoração sustentável. “Não tiro um salário, mas quase. Dezembro foi um mês muito bom, porque as pessoas queriam decorar a frente de suas casas”, comenta.

associação de moradores, em 2013, na qual se tornou presidente.

O envolvimento com o bairro Enfrentando problemas com o esgoto a céu aberto no bairro e cansado de ouvir justificativas do Poder Público - que não solucionava a questão - Flavio encontrou na internet uma alternativa de tubulação tendo como matéria prima pneus e arames. Apesar de resolver o problema do bairro, a técnica utilizava apenas os aros dos pneus, restando boa parte do material sem uso. Pensando em reaproveitar o material, Flavio teve a ideia de confeccionar f loreiras para decorar a praça do bairro, que fica em frente a sua residência. No local, ele mesmo instalou as peças e fez o plantio das flores em seu interior.

Floreiras irão decorar praças do centro

Flávio produz as peças no pátio de sua casa (Foto: Marcelo Pinto/AP)

As floreiras como sustento Desempregado, Flavio encontrou na confecção de f loreiras, a possibilidade de garantir uma renda, e há cerca de um ano comercializa os itens de decoração, sustentando o filho de 12 anos, que reside com ele. A

Flavio mostra com orgulho uma das primeiras floreiras que instalou na praça, junto às flores que plantou (Foto: Marcelo Pinto/AP)

partir da exposição das peças na praça do bairro, Flavio foi conquistando clientes pela cidade. Ele conta que o material é abundante, sendo doado por borrachei-

ros e moradores. Além disso, Flavio conta que por vezes retira o material do Arroio Carolina, que passa próximo a sua casa. “Quando falta modelo eu retiro dali da

ponte, porque pneu é o que não falta, todo lixo da cidade passa por aqui”, lamenta. Produzindo nos fundos de sua casa, Flávio faz questão de destacar que toma todos

Em breve, as f loreiras deverão ganhar ainda mais visibilidade, já que Flavio doou oito peças à Prefeitura Municipal, que serão destinadas à decoração de uma das praças da cidade. Entregues sem pintura, Flavio encontrou na atitude uma maneira de estimular outras pessoas. “Combinei com a vice que convocasse o pessoal da educação, das creches e do CAPS para que fizessem um trabalho integral, com pintura e plantio”, explica. Preocupado com a sustentabilidade no Município, Flávio também integra o Conselho Municipal de Meio Ambiente. “Eu estou sempre batendo nesta questão ambiental”, finaliza.


A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Geral

13

Elis Regina - elisregina@jornalaplateia.com

Banda Terremoto na RCC FM Autor da música do “jaleco” conversou com radialistas e falou sobre a trajetória da banda A sexta-feira 13 na RCC FM trouxe um tema já bastante debatido, mas que ainda continua causando divisão de opiniões na Fronteira: o uso obrigatório do jaleco em Rivera para os motociclistas. Um dos integrantes do Grupo Terremoto fez uma participação especial no programa Conversa de Fim de Tarde, o vocalista Mauro Martins. Depois de cair no gosto popular do fronteiriço com o tema do “jaleco” e o seu uso obrigatório, a banda se tornou o centro das atenções na segunda semana de janeiro de 2017. Mauro contou que a ideia da música surgiu com um dilema próprio. “Eu fiquei muito atrapalhado com esta história de botar e tirar o jaleco e quando cheguei em casa no sábado à noite (7 de janeiro), escrevi no meu Facebook um desabafo: que achava muito complicado esta história toda”. Mauro recebeu a ligação de um amigo e na mesma noite de sábado se reuniram para fazer a música. Ele contou que tudo foi uma grande brincadeira

e, no fim, não esperavam toda esta repercussão. Quando voltou para casa estava tão cansado que só pensava em dormir, mas ainda mandou o áudio da música para três amigos e desligou o celular. Quando acordou no domingo, seu celular estava repleto de ligações e mensagens de Whats e foi quando tomou conhecimento do alcance da banda. “Nós precisamos chamar um amigo às pressas para fazer um vídeo e subirmos no Youtube, as pessoas estavam pedindo o vídeo e mal tivemos tempo de preparar”, contou. Ainda fazem parte da banda: teclado - Enrique Rodrigues; percussão - Jeferson mendes; baixo - Sebastião Olmedo; vocalista – Mauro Martins. Na segunda-feira, a repercussão foi alarmante e junto com o tema do “jaleco” outras músicas da banda também ganham o cenário daFronteira. Mauro contou que em três horas a música já estava pronta e que em 10 anos de banda não esperavam transformar um tema

Grupo Terremoto com a Equipe da RCC no programa Conversa de Fim de Tarde de sexta-feira, Keila Louzada, Mauro, Andina e Henrique Bachio (Foto: Marcelo Pinto/AP)

Mauro Martins, vocalista na Banda Terremoto, em entrevista. (Foto: Marcelo Pinto/AP)

tão comum num roteiro de ritmo de sucesso. Hoje, Mauro contou que a banda vive um bom momento e se sentem vitoriosos depois de tantos desafios superados. Alguns temas já foram sugeridos como o esquecimento de argentinos em postos de gasolina e até mesmo comidas típicas da Fronteira como o famoso Chivito. A banda prometeu que vai apreciar o pedido e garantiu que até março lança um CD com as mais famosas da banda. Onde conseguir um exemplar? “Vai nos camelôs no mais!”


14

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Geral

facebook/aplateia (55) 9970-7217

aplateia.com.br /TVAplateia

(55) 3242-2939

Jéssica Ribeiro - jessica@jornalaplateia.com email@jornalaplateia.com

FGTAS/SINE aguarda ano com mais oportunidades de emprego em Livramento

Em entrevista, diretor da agência de Livramento comentou que já houve aumento em algumas vagas

M

esmo com todas as dificuldades do cenário econômico atual, 2017 começou com perspectiva positiva na Agência FGTAS/SINE de Sant’Ana do Livramento. Comum a esta época do ano, a safra da maçã trouxe boas notícias de emprego para os santanenses, com um aumento de 30% nas vagas disponíveis. De acordo com o diretor-coordenador do FGTAS/SINE da cidade, Marino Frassoni, a tendência é que o número de ofertas de vagas de emprego este ano supere os índices do ano passado, considerado um ano de muita instabilidade.

Vagas na colheita da maçã

Até o fim de janeiro, mais de 1500 pessoas, distribuídas em 40 ônibus, devem partir em direção às cidades de Vacaria, Bom Jesus e São José, para uma oportunidade de emprego sazonal que garante o sustento temporário de inúmeras famílias da fronteira. Até o dia 27 de janeiro, no período das 8h às 12h, na Agência FGTAS/ SINE, os agentes de seleção ainda recebem as inscrições dos trabalhadores interessados. Durante a seleção, basta apresentar a carteira

de trabalho. Além das vagas específicas para a colheita, a safra da maçã também oferta vagas para seguranças, tratoristas e para a atuação nas fábricas (nas etapas de seleção e lavagem das frutas). Com duração média de dois meses, e uma média salarial de R$ 1.200 com adição de comissão sobre as metas, a procura por estas vagas tem sido maior. Responsável pela seleção de trabalhadores para as empresas Pomar Frutirol e Rasip 5, Olinto Borges de Souza, comenta a melhora de um ano para outro. “Tivemos uma queda no ano passado, mas esse ano está bom. Estamos com uma média de que deve sair 15 ônibus daqui, no ano passado foram oito”, explica. Para Evelina

Cardoso de Freitas, responsável pela seleção da empresa Rasip Guabiju, o cenário só tende a melhorar. “Vamos levar 28 pessoas daqui e 15 de Uruguaiana, e quem sabe para o próximo ano melhora, porque a proposta é de melhora”, comenta.

A expectativa por mais vagas de emprego neste ano Bastante otimista, o diretor do SINE comenta que 2017 deverá ser um ano com mais empregos em Sant’Ana do Livramento. “Pelas últimas pesquisas que acompanhei no ano, Livramento tinha uma taxa de aproximadamente 11% de desempregados. Isso vai diminuir,

O diretorcoordenador do FGTAS/SINE da cidade, Marino Frassoni, voltou a assumir a coordenação da agência neste ano (Foto: Jéssica Ribeiro)

mas não muito. Já chegou num limite. Pela pouca experiência que eu tenho, 2017 vai ser bem melhor que 2016”, comenta. Para colaborar com a melhora deste cenário, o SINE deve ter a continuidade de pelo menos mais dois projetos. O primeiro deles, o projeto SINE na Escola, que em parceria com o Senac, leva informações sobre o mercado de trabalho aos jovens de escolas públicas da cidade, bem como encami-

nha a emissão da carteira de trabalho destes estudantes. De acordo com o diretor, em 2016, o projeto atendeu mais de 500 jovens em diferentes escolas da cidade. Outro projeto é a reativação da Comissão Municipal de Emprego, que reúne representações de sindicatos, empresários, trabalhadores, SINE e Prefeitura Municipal, com o objetivo de captar recursos junto ao Governo Federal que serão destinados para cursos de capacitação.


A PLATEIA

Sociedade

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

15

Duda Pinto de leve dudapinto@terra.com.br

Doutorado concluído na Famecos, da PUCRS

A Elenice Pazetto e a Cristiane Pessoa em Trancoso, na Bahia

Na última segunda-feira, 9 de janeiro, o jornalista Marcel Neves teve sua tese de doutoramento aprovada. Marcel trabalhou com a cobertura da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, pelo jornal Zero Hora, que produziu o “Jornal da Copa”, objeto de estudo da sua pesquisa. A tese se sustentou na teoria da Folkcomunicação, de Luiz Beltrão (in memoriam), primeiro doutor em Comunicação no Brasil e que produziu a única teoria brasileira nessa área de estudos.

Colação de grau O jovem Cristhian Montanha do Espirito Santo se formou em Jornalismo, pela PUCRS no último dia 13. A solenidade aconteceu no Centro de Eventos da PUCRS

Cultura O comentarista esportivo da RBS-TV Marcio Chagas e a sua Aline e o Miguel

O radialista de muito sucesso Antonio Carlos Valente é o novo diretor da Casa de Cultura Ivo Caggiani


16

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Rural

facebook/aplateia (55) 9970-7217

aplateia.com.br /TVAplateia

(55) 3242-2939

email@jornalaplateia.com

SINDICATO

Santa Filomena e Santa Úrsula prontas para o remate do dia 30 Leilão Duas Santas, Um Só Corriedale vai apresentar em pista uma oferta qualificada de machos e fêmeas da raça no fim deste mês

Exposição-feira de Ovinos A 39ª edição da Exposição-feira de Ovinos de Verão iniciou na sexta-feira (13) com o Julgamento e Remate Oficial (de todas as raças). Neste sábado, às 20h, ocorre mais uma edição do Top Ovinos, remate que leva à pista animais das raças Merino Australiano, Merino Dohne, Ideal, Texel e Polled Dorset. Confira os remates que serão realizados nas próximas semanas: Dia 16, às 20h: Estância Artigas Dia 17, às 20h: Caba n ha Ser ra Nova e Convidados Dia 19, às 20h: Dia do Polled Dorset Dia 20, às 14h: Julgamento do 19º Mercotexel Dia 21, às 14h: Julgamento do 19º Mercotexel Dia 21, às 17h: Mercotexel: entrega de prêmios e Leilão Show Dia 30, às 20h: Cabanhas Santa Filomena e Santa Úrsula Dia 31, às 20h: Cabanha Recanto da Esperança Dia 1º de fevereiro, às 20h: Cabanha Nova Aurora

Sarna e Piolheira Ovina Comunicamos aos produtores de ovinos que houve uma alteração no prazo para o banho de sarna e piolheira. Diferente dos anos anteriores, onde o período estipulado era entre os meses de março e abril, a partir deste ano o prazo passa a ser entre os meses de janeiro e março. A Inspetoria de Defesa Agropecuária informa ainda que é obrigatória a apresentação da nota fiscal com quantidade suficiente do produto para todo o rebanho da propriedade.

Caixa libera custeio antecipado A Caixa Econômica Federal liberou R$ 6 bilhões para custeio antecipado da safra 2017/2018. A linha conta com análise técnica automática para propostas de até R$ 500 mil e está disponível para as seguintes culturas: soja, milho, arroz, trigo, feijão e sorgo. O banco também conta com a linha de crédito Custeio Pronamp que é destinada a médios produtores que tenham renda bruta anual de até R$ 1,76 milhão.

80 anos do Jornal A Plateia A Diretoria da Associação e Sindicato Rural presta uma homenagem aos 80 anos do Jornal A Plateia, este que é o mais antigo ainda em circulação na Fronteira do Rio Grande do Sul. Desde que foi fundado pelo empresário e pecuarista Carlos Eugênio Varella, registra momentos que marcaram a história do veículo e do nosso município.

Está definida para dia 30 de janeiro, a partir das 20h,no parque da Rural de Livramento, mais uma edição do Remate Duas Santas, Um Só Corriedale, que reúne as cabanhas Santa Filomena, de Jorge Antônio e Cláudia Guerra, e Santa Úrsula, da Sucessão José Pedro Escosteguy da Cunha. A Santa Filomena, conforme Jorge Alberto Remedi Guerra, apresenta seu Corriedale tradicional no remate anual de produção e, da mesma forma, segundo Lia Nocchi da Cunha - que comanda a Santa Úrsula com a filha Helena - este é o 43º remate em que o estabelecimento rural oferta seus exemplares. Em pista, na segunda-

Exemplares da raça Corriedale, tradicionais reprodutores (Fotomontagem: Acervo Cab. Sta.Úrsula)

-feira vindoura, 80 machos, sendo borregos e carneiros tatuagens PO e SO, mais 400 fêmeas - borregas e ovelhas - taguagens PO, SO e RD. O destaque fica por conta de 25 fêmeas PO e 15 borregos planteleiros.

No martelo, a referência em experiência e conhecimento de Knorr Remates e há disponibilidade aos compradores de financiamento bancário e particular com até 180 dias de prazo. Para mais informações, os

interessados podem fazer contato diretamente nos escritórios das cabanhas. Na Santa Filomena, pelos telefones 55 3242 4100 e 55 9 9977 7863 e Santa Úrsula, nos fones 55 3242 2020 e 9 9971 4875.

Melancia entra em fase final de colheita A produção de melancia no Estado está em fase de colheita. Em Rosário do Sul, Sant’Ana do Livramento, no Departamento Uruguaio de Rivera, bem como vários outros municípios da Fronteira Oeste, a fruta já está sendo comercializada em escala e há preferência, por parte do consumidor pela compra direta com o produtor ou em feiras, haja

vista a diferença de preço registrada quando o consumidor procura nas gôndolas de mercados. A maioria da colheita se concentra nos meses de dezembro e janeiro e em torno de 60% da produção é comercializada na CEASA. Os outros 40% são vendidos diretamente na propriedade, para comerciantes que levam o produto para o

Litoral Norte e para fora do RS. Do total de produtores, 70 vendem diretamente na Ceasa. As melancias das variedades Geórgia, Topgun, Crinston, Staibrite e Jubilee são as que melhor se adaptam ao clima e têm maior aceitação do mercado consumidor, em virtude disso, são as mais plantadas. O sistema de cultivo mais utilizado é o convencional, em que a terra é preparada e recebe uma

lavração e gradagens entre o período de maio a agosto. Antes de arar a terra, deve ser feita a calagem do solo para que se misture durante o processo de lavração. Com o terreno preparado se faz a sulcagem e os sulcos recebem o adubo. Depois de alguns dias as sementes ou mudas são colocadas na terra por plantio manual em covas, o que normalmente ocorre no início de setembro.


A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Rural

17

email@jornalaplateia.com

Começa a 39ª Expofeira de Ovinos de Verão

O presidente da Rural, Luiz Cláudio Andrade, faz coro com os demais criadores, confirmando a boa expectativa em torno da feira.

Evento tem agenda de nove remates e foi iniciado na manhã de ontem no parque de exposições da Rural A manhã de ontem serviu para os criadores começarem a movimentação em torno da feira de verão da Capital Nacional da Ovinocultura. Os primeiros exemplares de todas as raças começaram a chegar na tarde de quinta-feira ao parque de exposições Augusto Pereira de Carvalho e o grupo Top Ovinos, que realiza seu pregão neste sábado, dia 14, já se preparava para recepcionar compradores. O primeiro remate oficial da Feira aconteceu na noite de ontem. Ao fechamento desta edição, o leilão estava em transcurso, com uma liquidação da raça Ideal e exemplares de todas as raças entrando em pista no pregão que é o remate oficial da Feira. Na parte da tarde de sexta, foi realizado julgamento de admissão e classificação. OTop Ovinos, a partir das 20h, tem oferta de animais Merino Australiano, Merino Dohne, Ideal, Poll Dorset e Texel. A quinta edição do Top Ovinos reúne oferta de 100 machos e 200 fêmeas. No Merino Australiano, Estância São Marcos, de

Arnol F. Guerra; Cabanha Casa Encarnada, de Nelci Eder Fernandes e Cabanha Retiro, de Orlando Martins apresentarão suas produções. Martins, inclusive, um dos referenciais do Texel, apresenta animais dessa raça durante o pregão. No Merino Dohne, a Cabanha Santa Rita, de Cláudio Caldas, tem oferta significativa, o mesmo ocorrendo com animais da raça Poll Dorset. Exemplares da Cabanha Pedra Alta, de Francisco Tarabal constituem a oferta Ideal. Cláudio Caldas, da Cabanha Santa Rita, manifestou ontem excelente expectativa em torno do resultado do pregão de sábado. Nelci Fernandes, da mesma forma, avaliou que a procura por exemplares de qualidade está sempre aguçada. Olimpio Guerra fez referência à boa valorização da carne e da lã. Isso significa, conforme ele, que a oportunidade de negócios para quem deseja alcançar patamares de rentabilidade está confirmada para esta temporada.

Claudio Caldas (Foto: Marcelo Pinto)

Os retoques finais para entrada em pista (Foto: Marcelo Pinto)

Nelci Fernandes (Foto: Marcelo Pinto)

Olímpio Guerra (Foto: Marcelo

Pinto)

Luiz Claudio Andrade (Foto:

Marcelo Pinto)


18

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Geral

facebook/aplateia (55) 9970-7217

aplateia.com.br /TVAplateia

(55) 3242-2939

Natal Solidário Unimed

redacao@jornalaplateia.com

Equipe da Unimed encerrou o ano de 2016 com recordes de solidariedade

N

este f i m de a no, a Un imed realizou mais uma edição do evento, que acontece desde o ano de 2003 com o objetivo de incentivar a prática da solidariedade no Natal. A primeira atividade foi a doação de 190 camisetas para o coral das crianças da Escola Nepomuceno Vieira Brum, da

vila Simon Bolívar, no fim de novembro. No início de dezembro, em parceria entre Unimed (colaboradores e cooperados), Unicred e Escola Pedro Alencastre foi promovida a festa de Natal para as 134 crianças do educandário, com a participação dos diretores, professores, alunos e colaboradores da Unimed. Todas as crianças

Crianças da Simon Bolívar ganharam festa de Natal (Foto: Cedida)

ganharam presentes do Papai Noel, alimentação

e muita diversão na cama elástica.

Funcionários da Santa Casa receberam cestas básicas de presente (Foto: Cedida)

No fim do mês a parceria envolveu Unimed, Unicred, supermercado Righi e Comercial Cachoeira para a doação de 108 cestas básicas e mantimentos para os funcionários da Santa Casa. Também foram doados 108 litros de leite e duas caixas de café em pó para a Senho-

ra Maria Aparecida Ronchi. Foi o melhor Natal Solidário que a Unimed realizou até hoje e através da união de esforços desta parceria de sucesso foi possível beneficiar pessoas carentes e necessitadas da nossa comunidade - palavra da organização.

Também foram doados 108 litros de leite e duas caixas de café em pó para a Senhora Maria Aparecida Ronchi. (Foto: Cedida)


A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Geral 80 pneus para um ano

19

redacao@jornalaplateia.com

NOTA

Amigos da sorte

Secretaria da Educação comenta a super compra de 2016

transição de governo e deu conta que em um único ano (2016) o governo municipal teria adquirido pouco mais de 80 pneus para apenas duas kombis da Educação. Ocorre que um desses veículos esteve meses parado devido a problemas técnicos. Outra informação seria de que mais da metade desses pneus teriam sido supostamente trocados para um único veículo em apenas um ano. A semana foi intensa para a Pasta da Educação Municipal com anúncio de diversos casos e inclusive um furto de gasolina num estacionamento da prefeitura.

Ico Charopen e Carlos Nilo iniciam trabalho para colocar em prática projeto do vereador Na manhã desta sexta-feira (13) o prefeito Ico Charopen recebeu a visita do vereador Carlos Nilo para tratarem sobre diversos assuntos ligados à Secretaria Municipal de Obras, Serviços Urbanos, e Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana. Na pauta principal estava o pedido do prefeito quanto a uma contribuição do parlamentar no que diz respeito ao estacionamento rotativo que Ico quer implementar já

(Imagem meramente ilustrativa)

Correu nesta semana uma notícia de que em 2016 a prefeitura de Livramento teria licitado 80 pneus para duas kombis da frota da Educação. Nesta sexta-feira (13), diante da agenda apertada, a secretária de Educação, Ruth Pereira, por meio de sua assessoria, agendou entrevista para a segunda (16) para comentar o assunto com a reportagem de A Plateia. O caso também deve ser analisado junto a Secretaria da Fazenda. O fato teria vindo a público com uma declaração do Prefeito Ico Charopen a respeito de documentos de

Estacionamento Rotativo em pauta

nos próximos meses na rua Dos Andradas e Rivadávia Correa, entre a Uruguai 7 de Setembro. Nilo é o autor do projeto que cria e implementa Estacionamento Rotativo em Sant’Ana do Livramento. De acordo com a conversa entre Ico e Nilo, há também a possibilidade de ser implementado o Rotativo na Avenida João Goulart, à noite. Mas tudo isso será estudado pela Pasta, com a colaboração do vereador.

E neste sábado (14) o Righi do Armour sorteia uma TV pelos 16 anos de Amigos da Sorte. A promoção terá início às 11h com grande concentração na frente do Supermercado e toda a comunidade está convidada a participar do sorteio. (Foto: Daniel Badra/Ascom)


20

A PLATEIA

facebook/aplateia (55) 9970-7217

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Polícia

aplateia.com.br /TVAplateia

(55) 3242-2939

email@jornalaplateia.com

Estelionatários estão usando o nome da PRF Novamente, venda de revistas é objeto de uso ilícito do nome da Polícia Rodoviária Federal, para que criminosos captem dinheiro de patrocinadores irregularmente, pedindo apoios, em mais um clássico golpe de estelionato

Alguns meses atrás, no ano passado, foram presas pessoas que, afirmando serem integrantes dos quadros de forças policiais, circulavam de comércio em comércio. A ideia é sempre a mesma: faturar alto, usando ilegalmente os nomes de instituições e entidades Desta vez os bandidos simplesmente decidiram se fazer passar por agentes da Polícia Rodoviária Federal, os quais, já cientes da circunstância, estão também atentos. O procedimento é simples: utililizando roupas assemelhadas às de um agente, às vezes um colete similar, os falsários se apresentam a empresários, comerciantes, proprietários de negó-

cios, dizendo que representam uma entidade (ou um sindicato diretamene ligado a uma instituição). Às vezes, mostram exemplares de revistas reais e começam todo um processo de convencimento da vítima, afirmando que estão produzindo uma revista e gostariam da participação da empresa em determinado valor. Quando o empresário titubeia, começam a conversar afirmando os mais diversos argumentos, na tentativa de convencer o empresário a fazer o investimento e, principalmente, liberar recursos ao portador. História do gênero foi registrada em forma de alerta pela PRF. Estelionatários utilizando o nome da PRF,

segundo chegou ao conhecimento da Polícia Rodoviária Federal, que algumas pessoas estariam fazendo contatos telefônicos com empresários solicitando patrocínios e doações para publicação de uma revista, dando as caras. A PRF alerta que não possui nenhuma ligação com os supostos “serviços” oferecidos e que essas ligações tratam-se de uma ação praticada por estelionatários, utilizando-se do nome de servidores da PRF e de outros órgãos policiais. A Polícia Civil já está com investigação em curso para apurar a autoria do crime e as pessoas que forem vítimas desse golpe podem efetuar denúncia pelos fones 197 ou 3311-4000.

Nome da instituição é ilegalmente utilizado (Foto: DivulgaçãoPR)

Policiais Civis não farão operações fora do expediente Diante da situação vivenciada pelos servidores estaduais da Polícia Civil, ontem vários agentes lotados nas delegacias em Sant’Ana do Livramento assinaram uma correspondência encaminhada à delegada regional Ana Luiza Tarouco. No documento, elaborado em janeiro, os agentes da 12ª Região Policial informam que estão atendendo determinação da Ugeirm-Sindicato, que representa a ca-

tegoria e passam a informar as deliberações que a categoria tomou, diante dos parcelamentos mensais e do 13º salário. A primeira decisão é a não participação dos agentes em quaisquer operações policiais fora do horário de expediente, sem pagamento de horas extras; a participação em operação policial fora da sede mediante pagamento antecipado de diárias. Outro elemento é a intensifi-

cação, ao máximo, da operação padrão. Assim, os agentes não registram ocorrências de FTA, perda de documento, desacordo comercial e fatos disponíveis para registro on line. Advertem que somente serão registrados os crimes contra a vida, lei Maria da Penha e com vítimas menores de idade, em suma, fatos graves. Confirmam que somente irão

remeter ao SPJ e ao Poder Judiciário somente APF e procedimentos com réus presos e, ainda, entregaram imediatamente viaturas e telefones funcionais, ressalvada a manutenção operacioal de 30% da atividade. Para ouvir nos cartórios os depoimentos, os agentes atestam que somente serão realizadas oitivas de crimes da Lei Maria da Penha, somente quando forem lesões corporais ou tentativas de

homicídio, bem como lavratura do flagrante somente na presença do delegado. Por último, informam os agentes que não serão marcadas audiências nos termos circunstanciados, haja vista ser competência do Poder Judiciário. Comunicam, ainda, que realizarão paralisação das atividades nos dias de votação, pela Assembléia Legislativa, do pacote do governo estadual.


A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

Geral

21

Daniela Huberty - daniela@jornalaplateia.com

Pequena santanense luta pela vida

Isabelle, de apenas 8 dias, precisa fazer uma cirurgia, mas não consegue leito nos municípios onde fazem o procedimento

A

pequena Isabelle Machado Silveira nasceu na sexta-feira da semana passada (06), no Centro Hospitalar Santanense. Com apenas algumas horas de vida, já foi transferida para o Hospital Santa Casa de Misericórdia e, desde quinta-feira (12), está no Hospital Irmandade da Santa Casa de Caridade de Alegrete, onde espera um leito em um município que exista um médico para realizar a cirurgia especial que possa salvar sua vida. Mesmo não sendo prematura, medir 48cm e pesar 3k350g, medidas consideradas normais para um recém-nascido, Isabelle nasceu com uma atresia do duodeno, dada à má-formação do desenvolvimento deste órgão, e leve indicação de Síndrome de Down. Segundo o pai, Patrício Silveira Filho, o caso é estritamente cirúrgico. “Ela precisa estar em uma UTI Neonatal. Quando se consegue, como aqui em Alegrete, não existe o médico para operar. Tem em Uruguaiana, mas lá não tem leito. Então esse é o problema: conseguimos uma, mas a outra não”, explicou. Patrício afirmou que foi o próprio médico pediatra que acompanhou o nascimento de Isabelle, José Luis Damboriarena, quem a levou para a Santa Casa de Misericórdia. “Por que ela come-

çou a apresentar um refluxo. Se ela tomava 10ml de leite, conseguia regurgitar 30ml por produzir mais suco gástrico, por exemplo, e ter essa passagem interrompida pela malformação”, disse. Foi o pediatra também, de acordo com o pai, o responsável pela transferência da pequena. “Em Livramento ela ia falecer. O doutor ligou, na minha frente, para Alegrete e precisou dizer que iam deixar a criança morrer aqui. Isso foi às 9h30 e 10h30 apareceu um leito”, contou.

Situação é grave

Patrício lembrou que a esposa, Diane Maciel Machado, fazia os exames pré-natais regularmente e nunca nenhum havia indicado a possibilidade da má-formação. O casal e o filho Gabriel, de 10 anos, vivem a agonia e a esperança de que a transferência possa ser feita o quanto antes. “Os médicos daqui foram claros: o caso dela é gravíssimo. Estamos prolongando a vida dela e, consequentemente, por essa demora ela poderá ter outros problemas, como no fígado e no rim, e pela tendência a ter síndrome de Down pode ficar cardiopata”, ressaltou.

Isabelle nasceu com uma malformação no duodeno e, por isso, precisa de uma cirurgia urgente (Foto: Cedida)

Isabelle está agora em uma sala de isolamento. Ela é obrigada por lei a ficar 48h no local para não levar nenhum vírus ou bactéria para dentro do hospital já que foi transferida de outra instituição. Segundo Patrício, a UTI Neonatal de Alegrete possui oito leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) e dois leitos destinados a convênios, mas todos estão cheios. “A minha filha é a décima terceira paciente, então ela vai seguir nessa sala. Aqui tem todo o tratamento, eu não estou me queixando, pelo contrário. É estar aqui que salva ou prolonga a vida dela”, disse. As requisições pelo SUS só podem ser feitas pelos médicos. São três horários durante o dia – 9h, 15h e 20h – para que o profissional ligue a uma central em Porto Alegre e, meia hora depois, o sistema é atualizado. Isa-

belle está cadastrada desde domingo (07) e diariamente é feito o contato. “Para ficar mais difícil ainda sabemos que às 9h o médico vai ligar e 9h30 vamos ter a notícia, depois passamos para as 15h e 15h30 e às 20h é a última esperança. Se às 20h30 não deu, esperamos para o outro dia, tendo esperança que daí vai dar”, reiterou o pai.

Caso já está na justiça Isabelle já tem duas decisões favoráveis a ela na justiça. “Ganhamos duas liminares no domingo. Mesmo assim, os médicos não cumprem, porque ela não veio pelas ações judiciais ganhas, mas pela boa vontade do pediatra dela e a médica daqui ter abraçado a causa trazendo a minha filha”, disse o pai. Patrício afirmou que o médico que poderia

fazer a cirurgia em Uruguaiana se recusa a operar em outra cidade, alegando que não teria à disposição seus instrumentos e equipe. “Não adianta pedir, mesmo explicando”, lamentou.

Apelo nas redes sociais Em função disso, e por uma ideia da advogada da família, Patrício resolveu postar no seu perfil do Facebook uma foto da filha contando sua história. “Ela nos disse que mais uma alternativa era o clamor social. Eu já recebi inúmeras ligações desde então, até de gabinetes de deputados”, contou. A publicação, de quinta-feira (12), já tem mais 1.200 compartilhamentos. “Toda ajuda é bem-vinda. Temos muita fé que vai sair tudo bem”, afirmou.


22

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

facebook/aplateia (55) 9970-7217

aplateia.com.br /TVAplateia

(55) 3242-2939

Esporte Noite de medir forças entre os sêniores email@jornalaplateia.com

Atlético, nos detalhes, vence o rival Boca de Leão e jogos da primeira fase do certame caixeiralista continuam apresentando disputas clássicas Antes da rodada da noite de sexta foram divulgados os resultados da noite anterior no Campeonato Interno do Clube Caixeiral. A quinta-feira, de temperatura elevada, serviu para que dois dos principais campeões das edições do torneio na categoria sênior, se enfrentassem na primeira partida da noite. Foram quatro jogos, dando continuidade à programação da primeira fase daquele que está consolidado - pelo número de atletas e pessoas que mobiliza - como o mais importante torneio intraclube da região. A sede campestre registrou um volume muito significativo de associados. Isso rendeu também presença bem acentuada de assistência e torcida para as partidas disputadas na quinta. E, segundo informações, a noite de sexta - que estava iniciando as partidas da ro-

dada quando este jornal foi para a impressão -repetia a condição da noite anterior. As rodadas do certame são coordenadas pelo Departamento de Esportes do clube e administradas pela equipe do Serviço Social do Comércio de Sant’Ana do Livramento (Sesc). Há dois anos as duas entidades mantêm uma parceria nesse sentido, a qual vem sendo aperfeiçoada e funciona muito bem, conforme avaliação geral. Resultados Na primeira partida da noite as equipes sêniors do Boca de Leão e Atlético, dois campeões na sede campestre caixeiralista, mediram força. Claro que num clássico tradicional como o que foi jogado entre as duas equipes os detalhes definiram o vencedor. O Atlético fez 2 X 1 e garantiu a vitória.

Ainda de acordo com as informações do setor de comunicação do clube, na segunda partida de quinta-feira, Once Caldas e Seven Boys jogaram pela categoria força livre. O Once Caldas venceu pela efetividade e fez 2 X 0. Na terceira partida, Morena Tropicana B e RC Livramento fizeram outro grande confronto da noite, com jogadas ousadas em uma partida bem equilibrada de início, porém, com melhor estratégia em campo do RC. A equipe do Morena B se esforçou muito, mas a noite era do RC, que venceu com facilidade por 6 X 2. Fechando a série de jogos da noite de quinta o Morena Tropicana voltou a campo, mas com sua equipe A para enfrentar ao F.C. Cohab. O Morena, desta vez, venceu e garantiu mais três pontos na tabela fazendo 5 X 1. Outra partida que, de início registrava equilíbrio e com uma tática mais ousada, o Morena Tropicana envolveu seu adversário, conseguindo uma vitória por placar dilatado. O clube disponibilizará os resultados de sexta neste fim de semana.

Disputas acirradas marcam o certame caixeiralista (Foto: Daniel Badra/cedida)

Jogos foram marcados pela estratégia alternada e decisões foram nos detalhes (Foto: Daniel Badra/ cedida)


A PLATEIA

Esporte

Sant’Ana do Livramento. Sábado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

23

email@jornalaplateia.com

Santanenses fora da Copinha em SP Quem diria que o Internacional seria o carrasco do Ceará, de William Pittbul, e Zidane, do Atlético-GO, derrotados na quinta-feira

O lateral esquerdo Zidane Castilhos, pelo Atlético Goianense, e o volante William Leonardo - mais conhecido como William Pittbull, pelo Ceará, foram os santanenses que participaram da Copinha. As equipes defendidas pelos dois atletas santanenses não foram adiante no certame. A Copa São Paulo Júnior, além de uma vitrina, é um dos principais referenciais das categorias de base. Zidane Castilhos Guedes nasceu em setembro de 1997, é canhoto e trabalha na lateral. Com 1,85 metro de altura, defende as cores do Atlético Clube Goianense. William Leonardo Machado dos Santos, o William Pittbull, tem 1,87 de altura, nasceu em agosto de 1998, é destro, já jogou como zagueiro e tem sua capacidade máxima centrada na atuação como volante. Está no Ceará. O mais curioso em toda a história é que foi justamente o Internacional - por onde William jogou, quando ainda estava no processo de formação de sua carreira - o

time responsável pela eliminação do esquadrão cearense. Os colorados ganharam do Ceará por 1 a 0. Sobre o time de Zidane, o carrasco do Atlético Goianense foi o Paulista. O Dragão Goiano perdeu, em Jundiaí, na terça-feira, por 1 a 0 para o Paulista.Principal competição voltada à categoria de base no Brasil, a Copa São Paulo de Futebol Júnior abriu o calendário esportivo no País em sua 48ª edição com120 times divididos em 30 grupos de quatro equipes. Como de costume, a final será realizada no dia 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo, no Estádio do Pacaembu. Zidane e Pittbul, dois talentos santanenses, vêm batalhando ascensão no futebol, rumando a um futuro profissionalismo, sob a escolta da empresa especializada em mercado do futebol ML3 Football - Consultoria e Scouting, que tem, entre os comandantes, outro santanense, o jornalista e empresário Luis Fernando Martins (o Requebra).

Não deu para o Dragão Goiano do jovem Zidane (Foto: Cedida AGO)

O Ceará, de William Pittbull, perdeu para o Inter (Foto: Cedida AGO)


24

A PLATEIA

Sant’Ana do Livramento. Såbado e Domingo, 14 e 15 de janeiro de 2017

facebook/aplateia (55) 9970-7217

aplateia.com.br /TVAplateia

(55) 3242-2939


1

www.aplateia.com.br

A PLATEIA { en español } www.aplateia.com.br

{ en español }

A PLATEIA

RIVERA SÁBADO 14 DE ENERO DE 2017

RIVERA SÁBADO 14 DE ENERO 2017 Nº 1637

La ediciÓN EN ESPAÑOL NO SE VENDE SEPARADA

Manifestantes solicitan reever situación del chaleco reflectivo

Así lo manifestaron en entrevista brindada a la prensa

// Página 04

ESTADÍSTICAS

En 1 año más de 14 mil procesados Según el Observatorio Nacional sobre Violencia y Criminalidad del Ministerio del Interior // Página 05

DEPORTES

Se terminó la espera!!! Arranca la Copa Nacional Rivera debuta ésta noche jugando como visitante ante la selección de Artigas // Página 08


2

www.aplateia.com.br

{ en español }

A PLATEIA

RIVERA SÁBADO 14 DE ENERO DE 2017 expediente

INTERIOR

A PLATEIA

Uruguayos profundizan respaldo a la prohibición total de consumo de alcohol entre conductores y choferes El titular de la Unasev, Gerardo Barrios, destacó que en las respuestas se observa que la población comprende que prescindir de cascos y consumir alcohol antes de conducir implican riesgos inminentes. La población identifica entre las principales causas de siniestros de tránsito el incumplimiento de señales y normativas, imprudencia al conducir, en particular exceso de velocidad, y consumo de alcohol, según indica la encuesta encargada por la Unidad Nacional de Seguridad Vial (Unasev). Los consultados perciben mayor preocupación del Gobierno por el tema y respaldan la prohibición del consumo de alcohol entre conductores. Mizrahi, Barrios y Adrián Bringa en presentación de la encuesta Pie de foto: Mizrahi, Barrios y Adrián Bringa en presentación de la encuesta El exceso de velocidad y la falta de atención a las señales y normativas de tránsito son las dos primeras causas de siniestros, según evidenció la encuesta que, como todos los años desde el 2011, fue encomendada por Unasev. El alcohol en 2011 era la segunda causa, pero hoy está en cuarto lugar, lo cual parece indicar que las medidas fueron eficaces y la gente ya no lo percibe como la mayor preocupación, dijo el director del Grupo Radar, consultora que realizó la encuesta, Alain Mizrahi. Las medidas más eficaces para reducir la siniestralidad que perciben los encuestados incluyen la prohibición total y control del consumo de alcohol y la mejora del estado de las calles y rutas. Lo menos eficaz para los consultados fueron las campañas de comunicación masiva en radio, prensa y televisión, dijo Mizrahi. Para reducir los indicadores de muertes y lesionados las medidas más citadas por los encuestados fueron el uso de casco entre motociclistas, de cinturones de seguridad entre conductores de vehículos y, en tercer lugar, el uso de chalecos reflectivos en motociclistas. El alcohol fue un capítulo aparte en esta encuesta y se observó que el 70 % de los entrevistados considera que prohibir su ingesta es eficaz para evitar accidentes. Fiscalizar sigue siendo, para el 68 %, lo más importante.

nes conocen la Unidad califican en forma positiva su accionar. La encuesta, que se realiza en forma anual desde 2011, mantiene su metodología y permite apreciar la evolución de la opinión pública en función de las medidas que se toman. En principio se realizaba de forma presencial, pero debido a que esta modalidad es rechazada cada vez más se ha optado por las consultas telefónicas y por medios informáticos.

web Presidencia

parte de las intendencias. En otro orden, crece la percepción de que las autoridades están tomando medidas concretas para evitar la siniestralidad. La primera decisión mencionada es la prohibición de consumo de alcohol seguida por los controles de alcoholemia. El 79 % considera que estas medidas han sido eficaces. El 51 % observa una preocupación del gobierno nacional por este tema, guarismo que en el año 2011 era del 40 %. También se percibe mayor preocupación por

La mejor consideración por parte de la ciudadanía es para la Policía Caminera, seguida por la Policía de Tránsito y, en último lugar, los inspectores municipales. El porcentaje de encuestados que dijo conocer a Unasev creció en los últimos tres años, varió del 43 al 79 %, aumento que se apreció en todos los segmentos de población, según rangos de edad, zona geográfica, género o nivel socioeconómico. El 41 % de quie-

Se llevan a cabo muestras aleatorias a 1.000 números de teléfonos celulares y a 1.000 personas que conducen algún tipo de vehículos. El trabajo de campo se realizó en noviembre a mayores de 18 años residentes en localidad de más de 5.000 habitantes. El titular de la Unasev, Gerardo Barrios, destacó que en las respuestas se observa que la población comprende que prescindir de cascos y consumir alcohol antes de conducir implican riesgos inminentes. Con los datos presentados este 13 de enero en Torre Ejecutiva se iniciará el análisis de datos para mejorar las políticas públicas en la materia.

INTERIOR

El titular de la Unasev, Gerardo Barrios, destacó que

Vichadero

Martes 17 de enero De 09:00 a 10:30. Lugar de entrega Alcaldía. Minas de Corrales Miércoles 18 de enero. De 08:30 a 09:30 horas. Lugar de

Filiado à Jornal diário editado pela

JK Empresa Jornalística Ltda. CNPJ: 04.842.757/0001-83 Faustino Carámbula N° 1015 esquina Uruguay

RIVERA URUGUAY Teléfono: 40967 Circulação: (55) 3242-5533 Comercial: (55) 3242-5654 Informações: (55) 3242-2121 Telemarketing (55) 3241-2454

Diretores

Antônio Badra Kamal Badra Fábio Badra Janete Badra direcao@jornalaplateia.com Editor A Plateia en español Wáshington Pereira espanhol@jornalaplateia.com Diretora Comercial Laura Saravia laura@jornalaplateia.com CONTATOS: Pautas e Opiniões: redacao@jornalaplateia.com Editorias: geral@jornalaplateia.com policia@jornalaplateia.com politica@jornalaplateia.com rural@jornalaplateia.com esporte@jornalaplateia.com Editais: editais@jornalaplateia.com Sociedade: sociedade@jornalaplateia.com Arte/Comerciais: editoriadearte@jornalaplateia.com A Plateia Online: online@jornalaplateia.com VARIEDADES: variedades@jornalaplateia.com

Entrega de Canasta y Leche en el interior del Departamento La Dirección General de Promoción y Acción Social, División Bienestar Social y el Programa PAN comunica a los beneficiarios de la Canasta de Riesgo Nutricional (niños con bajo peso), y Enfermos Crónicos que aún no tienen tarjeta, que se estará entregando canasta; y leche (complementaria a la tarjeta Uruguay Social, para beneficiarios de Riesgo Nutricional y Celíacos, que ya tienen dicha tarjeta) según el siguiente detalle:

Marca registrada sob nº 825.254.280

entrega Alcaldía. Hora 10:30 - Las Flores. Tranqueras Viernes 20 de enero De 09:30 a 11:00 horas en la Alcaldía.

A PLATEIA EN ESPAÑOL: espanhol@jornalaplateia.com vivianaperez@jornalaplateia.com Fotografia: Marcelo Pinto marcelopinto@jornalaplateia.com Financeiro: financeiro@jornalaplateia.com Circulação: circulacao@jornalaplateia.com Na internet: www.jornalaplateia.com www.aplateia.com.br PLANTÃO DA CIRCULAÇÃO Problemas com a entrega da edição de Sábado podem ser resolvidos com a equipe de plantão: Sábado, das 9h às 18h Telefone (55) 3242.5533 CENTRAL DO ASSINANTE centraldoassinante@jornalaplateia.com Impresso pela JB Empresa Jornalística Ltda. cnpj: 73.752.180/0001-31 Fone (55) 3241 2454 Sant’Ana do Livramento/RS - Brasil Eventuais reproduções de textos devem citar fonte e autoria, quando esta constar. Ar t igos assinados não repre sentam, necessariamente, a opinião do jornal.


3

www.aplateia.com.br

{ en español }

A PLATEIA

RIVERA SÁBADO 14 DE ENERO DE 2017

POLICIALES

Participó en varios hurtos Agresión entre mujeres resultó y fue enviado a prisión con intervención judicial El caso estuvo a cargo de efectivos de Seccional Novena de Policía de Rivera Relacionado con el hurto ocurrido en el patio de una finca emplazada en Proyectada N° 5, barrio La Colina, de donde hurtaron 1 garrafa de gas de 13 kg., 1 manguera de 20 metros y 1 lona color negro. Policías de Seccional

Novena tendientes al esclarecimiento del hecho, intervinieron al hombre de inicales H.J.C.O., uruguayo de 23 años, el que podría tener participación en varios hurtos. Conducido nuevamente a la Sede Judicial y finalizada

la Instancia respectiva, el Magistrado en la causa dispuso el procesamiento con prisión de H.J.C.O., por la presunta comisión, en calidad de autor, de “dos delitos de hurto, uno de ellos en grado de tentativa y ambos en régimen de reiteración real”.

El hecho se registró en la zona de barrio Villa Sonia Relacionado con el hecho de lesiones graves ocurridas en la tarde, en calle Manuel Meléndez esquina El Pinar, en Villa Sonia, resultando en la detención de la persona de sexo femenino de iniciales E.Y.A.F., uruguaya de 19 años, quien ha-

bía agredido con un arma blanca a otra persona de sexo femenino. Continuando con las actuaciones, se pudo establecer que la mujer lesionada resultó ser C.L.N.T., de 19 años, la que vista en aquel entonces en el Nosocomio

Local por facultativo de guardia diagnosticó “lesiones punzantes, 2 abdominales, 3 miembro inferior izquierdo”. Enterado nuevamente el Magistrado en la causa dispuso “sea conducida a sede judicial”.

Wáshington Pereira/AP

Wáshington Pereira/AP

Movil Policial en Seccional Novena

Policías de Rivera en acción

“Los amigos de lo ajeno” ni al gallo “perdonan” Diversos hechos de hurto se registraron en distintos puntos del departamento de Rivera Relacionado con el hurto de la moto marca Vince, modelo Forever 125 cc, matrícula FAK 1236, color rojo, año 2012, que se encontraba estacionada en el hall de una finca emplazada en calle Simón del Pino. En las últimas personal del Unidad de Reserva Táctica (GRT) acudió a un llamado 911 donde la denunciante habría ubicado al presunto autor del ilícito, una vez allí los funcionarios actuantes intervinieron al joven de iniciales R.A.S.V., uruguayo de 18 años.

Cabe destacar que parte del vehículo fue recuperado, el cual fuera abandonado en calle José Debali y Santiago Rosas. El indagado fue detenido a resolución de la Justicia. Se ampliará. Por su parte de una propiedad emplazada en Ruta 27 km 71, desconocidos ingresaron hurtando 6 colmenas, avaluadas en U$S 600 (seiscientos dólares americanos). Investiga personal de Seccional Séptima. Wáshington Pereira/AP

Policía de Rivera recorre la ciudad

Finalmente en horas de la mañana de una finca emplazada en calle Independencia casi Zapucay en la Ciudad de Tranqueras, desconocidos ingresaron hurtando un gallo y una pala de corte, avaluados en $U 500 (pesos uruguayos quinientos). Investiga personal de Seccional Tercera. Diversos hechos delictivos que se realizaron en distintos puntos del departamento de Rivera, motivo por el cual fue necesario la intervención de la Policía de Rivera.


4

www.aplateia.com.br

{ en español }

A PLATEIA

RIVERA SÁBADO 14 DE ENERO DE 2017

SITUACIÓN

“Si la votación del chaleco hubiese sido sola, quizás no hubiese sido aprobada” Destacaron los manifestantes de la campaña No al uso del chaleco

S

“Durante el día se notificará durante un periodo de 6 meses, se verá como sigue el tema de los accidentes” destacó Roberto Méndez. “Dentro de la ciudad creemos que es innecesario ahora si en la ruta. Durante el día se notificará como medida

obre el medio día del día viernes 13 de enero los “líderes” de la campaña contra el uso del chaleco reflectivo Nadia Lemos , Roberto Méndez y Seabstián Bodagorry, solicitaron reunirse con el intendente Marne Osorio, quien no los pudo atender pero que derivó a su secretario quien dialogó con los manifestantes y explicó los pasos a seguir sobre el tan “polémico y cuestionado” uso del chaleco, ley nacional 19.061. Lemos explicó que se les informó como fue la votación en la Junta: “los artículos fueron votados juntos, el cinturón de seguridad, el hablar por celular y el uso del chaleco. Si la votación del chaleco hubiese sido sola quizás no hubiese sido apro-

educativa, no se podrá multar” aclaró unos de los que encabeza la campaña. “El chaleco no va ayudar a salvar la vida a nadie de día, es como el botiquín, totalmente innecesario”, expresaron los consultados.

Viviana Pérez/AP Manifestantes de No al uso del Chaleco

bada. Nos estamos yendo del tema porque están poniendo ejemplo de otros países. Estoy de acuerdo con que se use reflectivo en ruta como por ejemplo en el casco o en

ruta el chaleco de noche”. La consultada dijo “no es un capricho” alegando que está en esto hace mucho y cree que es un tema de política.

Se generó una confusión en cuanto a las advertencias, dijo Méndez, dijo que las advertencias se darán dos veces durante la noche y luego de dos se aplicará la multa.

Viviana Pérez/AP Nadia Lemos y Roberto Méndez

EDUCACIÓN

Alumnos que asisten a escuelas de tiempo completo y extendido repiten un 35 % menos que los de horario simple En síntesis, los alumnos que asisten a escuelas de jornada completa y extendida repiten un 35% menos que los alumnos de escuelas de horario simple. El Consejo de Educación Inicial y Primaria difundió datos sobre repetición. Informó que este índice es mayor en las escuelas con régimen de cuatro horas diarias que en las de tiempo completo y extendido, de siete o siete horas y media. En general, los escolares que permanecen más horas en el centro repiten un 35 % menos que los demás escolares. Las autoridades del Consejo de Educación Inicial y Primaria (CEIP) continúan analizando las últimas cifras de repetición –que en 2016 volvió a alcanzar un mínimo histórico en su índice llegando al 4,7 %– para avanzar en distintas estrategias y políticas que permitan mejorar los aprendizajes y

seguir abatiendo el número de alumnos no promovidos. Por ejemplo, la extensión de la jornada escolar con propuestas de mayor tiempo pedagógico, como se ofrecen en las escuelas de tiempo completo y tiempo extendido, junto a programas de apoyo como Maestros Comunitarios y Maestro más Maestro, muestra que los niños que están más tiempo en la escuela y tienen un contacto mayor con los docentes mejoran sus aprendizajes y, consecuentemente, pueden reducir su posibilidad de no promover. El índice de repetición en las escuelas comunes de horario simple, cuatro horas,

es mayor que en aquellas escuelas cuyo horario es de siete o siete horas y media. La repetición en las escuelas que concentran el 20 % más vulnerable de la población, quintil 1, como las escuelas Aprender (Atención Prioritaria en Entornos con Dificultades Estructurales Relativas) fue del 22,59 %, mientras que en las escuelas de tiempo completo del mismo quintil fue del 14,55 %. Esta situación se reitera en todos los casos según su contexto sociocultural. En las escuelas Aprender de quintil 2, la repetición fue de 18,13 %, mientras que en las de tiempo completo del mismo quintil fue de 11,44 %. En el quintil 3, el índice de repetición para las escue-

las de horario simple fue de 16,67 %, mientras que las de mayor jornada escolar tuvieron un 9,84 % de alumnos repetidores. Los indicadores se mantienen con la misma lógica desde el quintil 3 al quintil 5. En el primer caso, quintil

3, el índice de repetición en escuelas comunes alcanzó el 14,33 %, mientras que en las de tiempo extendido fue de 12,44 %. En el quintil 4 las cifras fueron de 13,59 % y 8,48 %, respectivamente. En el quintil 5 las escuelas comunes tuvieron un índice de re-

petición de 8,03 %, mientras que en las de tiempo completo fue de 4,92 %. En síntesis, los alumnos que asisten a escuelas de jornada completa y extendida repiten un 35% menos que los alumnos de escuelas de horario simple.


5

www.aplateia.com.br

{ en español }

A PLATEIA

RIVERA SÁBADO 14 DE ENERO DE 2017

ESTADÍSTICA

14326 personas procesadas en un año Según lo informó el Observatorio Nacional sobre Violencia y Criminalidad del Ministerio del Interior El Observatorio Nacional sobre Violencia y Criminalidad del Ministerio del Interior, presentó los datos sobre Procesados por Delitos y Penados por Faltas en el período comprendido entre Enero y Diciembre de 2015 y 2016. El mismo fue elaborado a partir de información suministrada por la Dirección Nacional de Policía Científica. Según informa el Observatorio, a nivel nacional, durante el año 2016 fueron procesadas por delitos y penadas por faltas 14.326 personas, 12.279 por delitos y 2047 por faltas. Del total de procesamientos, 5703 fueron en Montevideo, 1593 en Canelones y 7030 en el resto del país. En el 2015 el total de

La tipificación más corriente, después del hurto, fue la receptación (11,8%) y luego estupefacientes (10,4%). De los 4578 procesados por hurto, 1707 fueron en Montevideo, 527 en Canelones y 2344 en el resto del país. En cuanto a las rapiñas fueron procesadas 1067 personas, 606 en Montevideo, 180 en Canelones y 281 en el resto del país. Por homicidio consumado fueron procesadas 185 personas, 98 en Montevideo, 22 en Canelones y 65 en el resto del país. Faltas

Wáshington Pereira/AP

Efectivos en acción

procesados fue de 14.520 (12.178 procesados por delitos y 2342 por faltas). De las 14.326 personas procesadas en el 2016, el 91,5% son hombres, mientras que el 8,5% corresponde a mujeres.

Del total de procesamientos por faltas 1235 fueron por conducción de vehículo motorizado sin autorización correspondiente, 825 por conducir en estado de embriaguez y 302 por conducir vehículos motorizados sin casco protector. En este caso el total de pe-

nas es mayor que el total de personas penadas debido a que una personas puede ser penada por múltiples faltas. Aclaración Según informa el personal del Observatorio de Violencia y Criminalidad Los datos sobre personas procesadas por Delitos y penadas por Faltas son registrados en la base de datos de Dirección Nacional de Policía Científica con cierto retraso, debido a su volumen. Es muy probable, por lo tanto, que a la fecha en que fue producido el presente informe, para algunos casos correspondientes al año 2016 todavía no se hubiera generado el correspondiente registro informático. Es virtualmente seguro, en este sentido, que los datos que muestra la tabla subestimen ligeramente la cantidad de procesados por Delitos y penados por Faltas correspondiente al año en curso.

Procesados por delitos De los 12.279 de procesados por delitos durante el 2016, 5020 fueron en Montevideo, 1393 en Canelones y 5866 en el resto del país. Entre los procesados por delitos, a casi cuatro de cada diez les fue tipificado el delito de hurto (37,3%).

Wáshington Pereira/AP

Una de las tantas personas detenidas por la Policia de Rivera


6 ENTRETENIMIENTO

www.aplateia.com.br

{ en español }

A PLATEIA

RIVERA SÁBADO 14 DE ENERO DE 2017

Horóscopo Aries

“Si se calla el cantor.. calla la vida”

Las lados masculinos y femeninos de tu ser posiblemente hoy se lleven bastante bien. Existe un buen equilibrio de recepción versus energía activa dentro de ti que te ayudará a sacar lo mejor de cada situación. La orientación de este día enfatiza la armonía interna. Presta extra atención a tu naturaleza espiritual y a tus objetivos respecto a aprendizajes superiores.

Cáncer Nacidos del 21.6 al 21.7

Murió a los 91 años Horacio Guarany, una leyenda del folclore argentino El músico falleció como consecuencia de una insuficiencia cardíaca. Era santafesino, nació el 15 de mayo de 1925 en Las Garzas. Su carrera artística lo erigió como una de las grandes figuras de la escena de la música nacional. El cantante Horacio Guarany, una leyenda del folclore argentino, falleció hoy a los 91 años, como consecuencia de un paro cardio-

respiratorio. El músico padecía de una insuficiencia coronaria crónica que no le impidió desarrollar una carrera exitosa, según confirmó su representante Rubén López. Guarany nació el 15 de mayo de 1925 en la localidad de Las Garzas, provincia de Santa Fe. Su verdadero nombre era Eraclio Catalín Rodríguez. A los 17 años se estableció en Buenos Aires con el proyecto de triunfar como cantante. En los primeros tiempos de su carrera interpretó folclore, pero también tangos y boleros, mien-

tras se ganaba la vida como estibador en el puerto. A los 32 años publicó el primero de los 57 discos que comprende la trayectoria de uno de los más populares artistas del folclore; una trayectoria que tuvo su apogeo en los años 60 y ‘70. Las letras de sus canciones más populares tienen mensajes de protesta y la reivindicación de los peones, los campesinos y los trabajadores golondrina. Obtuvo 15 Discos de Oro y una decena de Platino, y en 2005 ganó un Premio Gardel. Ya en 1985 había sido distinguido con un Konex de Platino como el mayor cantante masculino del folclore. Se mantuvo activo hasta hace un año. El 13 de enero del año pasado actuó en el Festival de Jesús María y para el 3 de octubre tenía una fecha programada en el City Center de Rosario, que se suspendió.

Tauro

Géminis

Nacidos del 20.3 al 20.4 Nacidos del 21.4 al 20.5 Nacidos del 21.5 al 20.6

Hoy tus emociones serán la preocupación del día y sentirás bastante egocentrismo gracias al enfoque del día. No te sientas mal por tomarte el tiempo para atender tus propias necesida des. Pedir ayuda de los demás para resolver tus temas interiores sería de gran utilidad. A veces no puedes ver las cosas tan claramente como los demás cuando estás en medio del drama.

Libra Nacidos del 23.9 al 22.10

Las relaciones con los demás te resultarán difíciles hoy. Se encenderán emociones, y descubrirás que las opiniones fuertes están en conflicto con las emociones fuertes. Los temas que tengan que ver con valores y recursos compar tidos serán los focos principales del día. La alineación planetaria poderosa está causando un poco de problemas con respecto a la forma en la que recibes el amor y afecto de los demás.

Capricornio Nacidos del 22.12 al 21.1

Hoy, sentirás los temas relacionados con el hogar más como un trabajo que como un placer. Intenta no sentirlos de esa manera. Tu actitud ante la situación es todo. Enfrenta cada tarea con la idea de que lo haces para ti mismo/a y para tus seres queridos. El enfoque de este día te ayudará como recordatorio de que no existe ningún tipo de tarea mala cuando de casa se trata.

Hoy te encontrarás reflexionando profundamente debido a la energía astral en funcionamiento. Gran parte del tiempo podrás mejorar dramáticamente la eficiencia de lo que sea que estés realizando simplemente sentándote y pensando antes de siquiera levantar un dedo. Muchas de las respuestas que buscas la encontrarás dentro en oposición a lo externo. No necesitarás viajar lejos para encontrar lo que buscas.

Leo

Nacidos del 22.7 al 22.8 Existe un sentimiento cálido y confortante en este día que hará que las cosas fluyan mucho más fácilmente de lo normal. Las relaciones co n e l s e xo o p u es to mejoran en general y descubr irás que tus esfuer zos en un pro yecto ayudarán a que comience a funcionar. La energía celestial de hoy aumenta la cooperación y el respeto entre los sexos. Es importante que insistas en respetar te a ti mismo/a de manera que los demás se sientan inclinados a respetarte también.

Escorpio

Nacidos del 23.10 al 21.11

Sin impor tar cuánto disfrutas la frivolidad y el romance, hoy encontrarás que eso entorpece las cosas. Podría ser que sientes posesividad hacia un ser querido, o quizás te sientes sofocado/a. Más que probable, te encuentras en una situación en la que una persona necesita más liber tad. La tensión podría crecer hoy debido a la poderosa configuración planetaria.

Acuario

Nacidos del 22.1 al 18.2

Los temas relacio nados con la situación financiera en tu hogar posiblemente serán muy importantes en este día. Las preocupaciones acerca de lo que realmente es valioso y lo que no lo es te rodearán a ti, tu familia o los que viven contigo. Piensa en lo que el dinero significa para ti ya que siempre deseas tener más . L a configuración celestial te pedirá que revises tus relaciones con respecto al dinero.

Hoy las situaciones románticas se manifestarán y te pedirán que ahondes en lo profundo de tu ser más de lo que sueles hacerlo. La energía astral de hoy te pedirá que te abras a los demás. Las sociedades son el enfoque de este día, y debes asegurarte que harás las cosas con la ayuda de los demás en vez de encargarte de todo tú sola. Las relaciones con los demás definirán un precedente importante para las siguientes cuatro semanas.

Virgo Nacidos del 23.8 al 22.9 Tu naturaleza creativa está especialmente fuerte hoy y los temas referentes a valores entrarán en juego. Identifica esas cosas de tu v ida que te hacen realmente feliz y que no te cuestan nada. Préstale atención extra a la belleza que te rodea. Las emociones fuertes jugarán un papel importante en los acontecimientos de hoy gracias a la alineación celestial sensitiva presente.

Sagitario Nacidos del 22.11 al 21.12

Hoy tendrás el corazón a flor de piel, ¡y qué errático corazón es ése! También, saltarás de una cosa a la otra, y trabajarás para resolver problemas en cada una de ellas. El peligro es que te quedes atrapado/a en el aspecto mental de las cosas. Asegúrate de considerar también tu corazón. El aspecto en juego hoy te recuerda la impor tancia de tus emociones.

Piscis Nacidos del 19.2 al 19.3

Te sent irás como si hubiera momentos en donde sólo desearas rendirte. No te desesperes. Estás al borde de un nuevo ciclo de tu vida y las cosas parecerán algo oscuras en este momento. Es la naturaleza de este tipo de cosas, y no existe básicamente nada en torno a ello. Intentar oponerte al poder de la alineación astral de hoy es inútil. Será mejor que le sigas la corriente.


7

SOCIAL

www.aplateia.com.br

{ en español }

A PLATEIA

RIVERA SÁBADO 14 DE ENERO DE 2017

Inolvidable fiesta de 15 años para Nicole Hermosa fue la fiesta de los 15 años de Nicole Camacho junto a su familia y amigos. Hermosos momentos compartidos con amigos en una velada inolvidable!!!

Hermosa junto a sus padres jorge y Eni

Con su padrino Ricardo Sotelo Hermosa con su vestido de los 15 hermosos años Con sus abuelos maternos Sara y Juan

Nicole con amigas

Con amigas


8

www.aplateia.com.br

{ en español }

A PLATEIA

RIVERA SÁBADO 14 DE ENERO DE 2017

COPA NACIONAL

Llegó el momento tan esperado… Rivera a la cancha en el torneo del interior La “Celeste del Norte” visitará ésta noche de sábado 14 de enero a la selección de Artigas en el “Místico” Estadio Matías González a “Orillas del Cuareim” en el debut de la 14ª Copa Nacional de Selecciones Dos meses pasaron de aquel comienzo del proceso de las selecciones de Rivera preparándose para éste 14 de enero de 2017, fecha en la que comenzará a rodar la pelota en la 14ª Copa Nacional de Selecciones. Todo lo que se pudo en materia de preparación, como nunca antes, Rivera lo tuvo, tiempo suficiente para amalgamar un equipo que llegue con rodaje al torneo más importante del interior uruguayo, material para trabajar también, amistosos contra selecciones que también disputarán el certamen, alimentación para los planteles, transporte, todo lo que antes era un, pero falta tal cosa…, en ésta oportunidad eso no se dio, en la preparación Rivera tuvo todo. Ahora llegó el momento de jugar, de ponerse la Celeste y “saltar al terreno de juego”, sin dudas el primer obstáculo a pasar es nada más ni nada menos que le selección de Artigas en el siempre difícil Estadio Matías González “a orillas del Cuareim”. Son 11 contra 11 Mucho se habla de que en Artigas es difícil jugar, pero eso hace parte del “Folklore”

Wáshington Pereira/AP

Reunión de los planteles sub 18 y mayor de Rivera

del fútbol, más allá que cuándo Artigas juega de local, sus hinchas así lo hacen sentir. Ésta noche cuándo el salteño, José Gabriel De Los Santos, haga sonar su silbato y comience a rodar la “reina

del fútbol” la pelota, en el estadio artíguense, todo lo que se habla quedará de lado, solo importará lo que los futbolistas de un lado y del otro puedan realizar dentro de la cancha.

En ese sentido Rivera llega con mayor tiempo de preparación que los locales, Rivera en cuánto a nombres y hombres, tiene mayor rodaje que Artigas, una selección artíguense dirigida por el “Toro de los Cerrillos”, Wilmar Cabrera, que ha renovado su plantel, aunque mantuvo algunos de sus legendarios jugadores, como el golero Andrés Paz, Bruno Lima y Gustavo Giménez. Por su parte en contrapartida los Celestes en ésta etapa de preparación sufrieron 4 bajas por lesión, a las ya conocidas públicamente de los zagueros Cristián Meneses y Maiko Britos, en las últimas horas también se lesionaron Rodrigo Sena y el guardameta David Freitas.

Con el panorama previo, por la forma en la cual Rivera trabajo a pesar que el técnico Julio Ferreira no confirmó el equipo titular en su totalidad Rivera probablemente jugará en el debut

con Yai Fontes en el arco, en el fondo lo harían Sebastián Rosano , Rodrigo Silva, Andrés Florindo y Álvaro Amado; por su parte en el medio campo estarían Marcelo López, Marcos Boldrini, Marcio Camy y Antonhy Márquez; mientras que en ofensiva jugarán Richard Gómez y Andersón Pérez. Por su parte el combinado local mayor de Artigas estará jugando con Andrés Paz, Bruno Lima, Gabriel Libonatti, Henry Álvez, Maximiliano Ferreira, Freddy López, Guillermo Dacol, Gustavo Giménez, Bruno Camargo, Anderson Márquez y Gabriel Camejo. Las selecciones sub 18 y mayor de Rivera estarán partiendo rumbo a la ciudad de Artigas éste sábado 14 de enero a la hora 13:30 desde la Liga Departamental de Fútbol de Rivera, con la esperanza de conquistar en ambas categorías un resultado positivo, que les permita volver con la alegría justa y necesaria para rápidamente concentrarse en el encuentro que el próximo miércoles 18 de enero jugarán ante Bella Unión en el Estadio Atilio Paiva Olivera de Rivera.

Probables alineaciones Wáshington Pereira/AP

Wáshington Pereira/AP

Rivera ante Cerro Largo preparándose para la Copa Nacional

Lauro Ocaño, jugador del plantel mayor de Rivera

20170114  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you