Page 8

A HORA | Terça-feira, 13 de agosto de 2019

8

Em três anos, acidentes de trânsito reduzem quase a metade em Teutônia Governo atribui queda à intensificação de açþes de conscientização e obras e melhorias na sinalização de trechos considerados críticos MATEUS SOUZA mateus@jornalahora.inf.br

TEUTÔNIA

M

unicípio com problemas históricos no trânsito, Teutônia experimenta, nos últimos três anos, uma queda no número de acidentes nas vias da cidade. Entre os anos de 2016 e 2018, por exemplo, esse percentual foi de 48,41%, reduzindo de 378 para 195 casos. Ou seja, caiu quase pela metade.

EDSON SCHAEFFER/DIVULGAĂ‡ĂƒO

O levantamento foi feito pelo Departamento de Trânsito de TeutĂ´nia, ĂłrgĂŁo ligado Ă Secretaria Municipal de Planejamento, e computa dados de acidentes atendidos pela Brigada Militar na ĂĄrea urbana. Neste ano, atĂŠ o momento, sĂŁo 93 casos, bem menos do que os 216 registrados no mesmo perĂ­odo em 2016. O coordenador do Departamento de Trânsito do municĂ­pio, Carlos Alberto da Silva, atribui a queda a dois fatores: o trabalho de conscientização e Ă s melhorias em trechos considerados crĂ­ticos. Ele cita obras de recuperação na extensĂŁo das ruas Major Bandeira e Carlos Arnt, duas das vias mais movimentadas da cidade. “Fiz um detalhamento dos piores lugares, com maior incidĂŞncia de acidentes. Trabalhamos em cima desses locais, melhorando a sinalização das vias, instalando redutores de velocidade e mudando

Acidentes no municĂ­pio 2016 2017

41

2018

47

2019*

378

79

30

246 195

CIDADE RODOVIA

93

*de janeiro a junho

FONTES: DEPARTAMENTO DE TRĂ‚NSITO DE TEUTĂ”NIA E PELOTĂƒO RODOVIĂ RIO DA BM

Segundo governo, açþes de conscientização ajudaram na redução de acidentes desde 2016

locais de faixas de segurança e de paradas de ônibus. Tudo isso foi feito conforme o Código de Trânsito Brasileiro�, comenta. Silva avalia que essas vias não foram projetadas para suportar o VaP]ST¼dg^STeTİRd[^b?^aT[Pb passam muitos motoristas do interior e de outros municípios que não são acostumados com o tråfego intenso.

Campanha nas escolas Policial militar aposentado, Silva diz conhecer a realidade do trânsito do município. Ele lembra que foram intensificadas

as açþes de conscientização nos Ăşltimos anos, como a realização de açþes nas escolas. “Estamos direto fazendo campanhas e entregando folderes e material informativo. TambĂŠm faço esse trabalho nos dois CFCs daqui e dou palestrasâ€?, salienta. O trabalho de conscientização ĂŠ realizado com o apoio da Câmara de IndĂşstria e ComĂŠrcio de TeutĂ´nia (CIC), de empresĂĄrios do municĂ­pio, da Brigada Militar, Corpo de Bombeiros e BatalhĂŁo RodoviĂĄrio. Silva ressalta ainda que a conscientização continuarĂĄ sendo o foco, buscando diminuir, cada vez mais, o nĂşmero de acidentes.

Rodovias

O município de Teutônia Ê cortado por três rodovias estaduais – ERS-128/Via Låctea, RSC-453 e ERS-419 -. Depois de apresentar `dTSP bXV]X¤RPcXeP ST ! % _PaP 2017, caindo de 79 para 41 ocorrências, o total de acidentes dentro do perímetro voltou a subir no ano passado, atingindo 47. O levantamento foi disponibilizado ao governo municipal pelo Grupo Rodoviårio da Brigada Militar de Teutônia. Ainda, conforme o balanço, de janeiro a junho deste ano jå foram registrados 30 acidentes. No balanço divulgado, o Departamento de Trânsito lembra que ainda que não constam os registros feitos pela internet.

Vereadores cobram investigação sobre uso de diårias MATHEUS CHAPARINI

Dois parlamentares da base consideraram graves as suspeitas em torno do secretårio da Fazenda e pediram apuração do governo

dou o episĂłdio em sua fala. â€œĂ‰ uma denĂşncia importante e espero que a gente consiga investigar a fundo para saber as circunstancias exatas em que isso aconteceu.â€?

Fell levou caso ao MinistĂŠrio PĂşblico

MATHEUS CHAPARINI matheus@jornalahora.inf.br

ESTRELA

Repercutem no Legislativo municipal as suspeitas sobre mau uso de diårias por parte do secretårio municipal da Fazenda, Henrique Lagemann. Na sessão de ontem, dois parlamentares da base do governo se manifestaram a respeito do caso. Darlã Belini (PSB) defendeu importância do direito de defe-

Suposto uso irregular de diĂĄrias repercutiu na sessĂŁo de ontem

sa, mas cobrou a investigação das suspeitas. â€œĂ‰ uma questĂŁo grave que precisa ser apurada. Se for constatada a irregularidade, tem que

haver a devida punição. Temos que tomar as providências para evitar que novos casos assim aconteçam�, afirmou. João Braun (PP) tambÊm abor-

O caso foi citado pela primeira vez na sessĂŁo do dia 5 de agosto pelo vereador de oposição Norberto Fell (PPS). Ontem, ele fez uma apresentação no telĂŁo da câmara com os fatos dispostos em ordem cronolĂłgica “NĂŁo cogito uma CPI, porque acredito ainda nas autoridades que irĂŁo analisar o caso e acredito que o prefeito tomarĂĄ uma medida dura para dar uma resposta Ă co\d]XSPSTÂœ P¤a\^d > eTaTPS^a encaminhou as informaçþes sobre o caso ao MinistĂŠrio PĂşblico.

Vereadores derrubaram veto O projeto aprovado pela câmara que obriga o governo a divulgar a lista de medicamentos disponĂ­veis e indisponĂ­veis na FarmĂĄcia Central recebeu veto parcial do Executivo. >PacXV^"`dTST¤]Td\_aPi^ST 90 dias, foi vetado pelo prefeito Rafael Mallmann. Os vereadores votaram e rejeitaram o veto. Agora, o projeto volta ao Executivo, que tem atĂŠ 48 horas apĂłs o recebimento para promulgar a lei. Caso nĂŁo o faça, o texto volta para a câmara, onde o presidente da casa pode fazer a promulgação. “O municĂ­pio propĂľe retirar o artigo 3, mas nĂŁo retira o 4, que diz que a lei entra em vigor imediatamenteâ€?, argumenta a vereadora DĂŠbora Martins, autora da proposta.

Profile for Jornal A Hora

A Hora 13 de agosto de 2019  

A Hora 13 de agosto de 2019