Page 1


2

Justiça do Trabalho manda URBS pagar salários todo dia 25 de cada mês Decisão visa por um fim nos sucessivos atrasos praticados pela empresa e restituir a tranquilidade dos funcionários. Em caso de descumprimento, a multa diária imposta à URBS é de 10 mil reais. A juíza titular da 3ª Vara do Trabalho de Curitiba, Ana Gledis Tissot Benatti, determinou em caráter liminar nesta quinta-feira que a URBS – Urbanização de Curitiba S/A fica obrigada a pagar os salários dos seus funcionários e demais benefícios todo dia 25 de cada mês ou “no dia útil imediatamente anterior”, sob pena de arcar com uma multa diária no valor de 10 mil reais pelo atraso e descumprimento da decisão judicial. A liminar é favorável à ação impetrada contra a empresa pelo Sindicato dos Trabalhadores em Urbani-

zação do Estado do Paraná – Sindiurbano. “Por mais de 40 anos, os salários foram pagos todo dia 25. Mas, desde meados do ano passado, os atrasos passaram a ser rotina na gestão da empresa e isso causa uma série de transtornos e insegurança nos traba-

lhadores”, explica o presidente do Sindiurbano, Valdir Mestriner. “Não tem como se planejar financeiramente sem saber que dia vai receber e as contas, despesas da família, bem como os compromissos assumidos pelo trabalhador, por sua vez, não esperam. Esses atrasos sucessivos são altamente danosos à categoria”, diz Mestriner. Para o advogado do Sindiurbano, André Passos, “essa importante decisão da Justiça do Trabalho traz mais tranquilidade aos funcionários da

URBS, prima pelo respeito e assegura, nesses tempos conturbados em que vivemos, a garantia dos direitos mais básicos dos trabalhadores”. Na decisão, a juíza ressalta que “ausência de pagamento dos salários, vale alimentação/refeição e auxílio cesta de alimentos, verbas estas de natureza alimentar, na data em que tais pagamentos têm sido efetuados durante anos, data esta que é de conhecimento notório, e que, por consequência, já consiste em direito incorporado ao patrimônio jurídico dos trabalhadores, os quais dependem do salário para garantia dos meios para sua subsistência e de seus familiares e pagamento de demais despesas”. E sentencia: ”(...) considerando-se as demais informações constantes destes autos, defiro, liminarmente, a intimação das rés para que efetuem o pagamento dos salários, vale alimentação e vale refeição, impreterivelmente até o dia 25 de cada mês, ou no dia útil imediatamente anterior, a todos os funcionários que façam jus a referida verba, sob pena de aplicação de multa diária de dez mil reais, sem prejuízo de posterior majoração da referida multa”.

Telefone: (41) 3408.2860 jornalaguaverde@gmail.com BUFFET DE DE SOPAS SOPAS NO NO JANTAR JANTAR BUFFET


3

Penas aplicadas a condenados da Lava Jato já superam mil anos total das penas aplicadas a réus de processos decorrentes da Operação Lava Jato na primeira instância supera mil anos. Dentre os 207 acusados, 105 já foram condenados. Até agora as 105 condenações definidas pela 13.ª Vara Federal Criminal de Curitiba resultaram em penas que somam 1.133 anos, sete meses e 11 dias. Este número foi atingido com a sentença proferida nesta quarta-feira em que o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e outras 10 pessoas foram condenadas pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e pertinência à organização criminosa. As penas aplicadas aos 11 réus desta ação penal chegam a 143 anos. Os atos ilícitos citados nesta ação penal foram praticados entre 2005 e 2014 e indicam o pagamento de propina de pelo menos R$ 56,8 milhões pela empreiteira Engevix, envolvendo a diretoria de Serviços da Petrobras. O montante é referente a 0,5% e 1% de cada contrato e aditivo da empresa em obras da Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas, na Refinaria Presidente Bernardes, na Refinaria Presidente Getúlio Vargas e na Refinaria Landulpho Alves. Parte do valor acertado pela Engevix era destinada ao Partido dos Trabalhadores (PT). A propina era recolhida pelo extesoureiro da legenda, João Vaccari Neto, por solicitação de Renato Duque, que recebia sustentação política para permanecer no cargo de diretor da Área de Serviços da estatal petrolífera. O restante da propina acertada pela empreiteira com a diretoria de Serviços era destinada a José Dirceu e Fernando Moura, por terem sido responsáveis pela indicação e manutenção do posto de Duque. Pelos crimes apontados pelo MPF, José Dirceu foi condenado a 23 anos e três meses de prisão em regime fechado, a maior condenação já fixada entre todos os réus da Lava Jato. Considerando somente o repasse da Engevix, o ex-

ministro recebeu pelo menos R$ 11,8 milhões do esquema criminoso. Dirceu já havia sido julgado por seu envolvimento no escândalo do Mensalão e cumpria regime de prisão domiciliar quando foi preso na Operação Lava Jato. Conforme ficou comprovado pelas investigações, o ex-ministro não parou de receber valores escusos nem mesmo durante o julgamento da Ação Penal 470 no Supremo Tribunal Federal (STF). Essa postura foi condenada pelo juiz federal Sérgio Moro. “O mais perturbador, porém, em relação a José Dirceu de Oliveira e Silva consiste no fato de que recebeu propina inclusive enquanto estava sendo julgado pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal a Ação Penal 470, havendo registro de recebimentos pelo menos até 13/11/2013. Nem o julgamento condenatório pela mais Alta Corte do País representou fator inibidor da reiteração criminosa, embora

em outro esquema ilícito. Agiu, portanto, com culpabilidade extremada”, destacou o magistrado na sentença. Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, irmão de Dirceu, e sócio do ex-ministro na JD Consultoria foi condenado a 8 anos e 9 meses de prisão em regime inicial fechado. Julio Cesar dos Santos, outro sócio na empresa de consultoria, teve a pena fixada em 8 anos; e o ex-assessor de Dirceu, Roberto Marques foi condenado a 3 a nos e 6 meses de prisão em regime aberto. Também foram condenados no processo: Gerson de Mello Almada, ex-vice-presidente da Engevix (15 anos e seis meses de prisão); Renato de Souza Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras (10 anos); Pedro José Barusco (9 anos); João Vaccari Neto (9 anos); Milton Pascowitch (20 anos e 10 meses), José Adolfo Pascowitch (19 anos); e Fernando Antônio Guimarães Hourneaux de Moura, lobista (16 anos e 2 meses). A Justiça Federal absolveu outros quatro réus: Cristiano Kok e José Antunes Sobrinho, executivos ligados à empreiteira Engevix; Júlio Gerin de Almeida Camargo, ex-consultor da Toyo Setal; e Olavo Hourneaux de Moura Filho, considerado um dos operadores do esquema na Petrobras.

Ainda, na sentença, acolhendo pedido formulado pelo Ministério Público, o Juízo reconheceu a violação do acordo de colaboração premiada de Fernando Antônio Hourneaux de Moura. Presentes os pressupostos legais, também foi determinada a sua prisão preventiva. O reconhecimento judicial reforça a importância da boa-fé e do compromisso com a verdade por parte dos colaboradores da Justiça. Violado o acordo, o colaborador se sujeita às penas integrais dos crimes como qualquer outro réu. ASCOM-MP-PR DENÚNCIAS SEGUEM NO STF Atualmente os políticos com “foro privilegiado” denunciados na Operação Lava Jato aguardam julgamento no STF. Entre os investigados e denunciados estão as principais autoridades do Legislativo e Executivo, ex-presidente e presidente da Câmara dos Deputados, presidente do Senado, e mais de 50% dos deputados federais, além de alguns ministros e senadores. Caso os julgamentos aconteçam com alguma brevidade, teremos mudanças estruturais nas esferas de poder, e o presídio de Piraquara ficará pequeno para receber tantas autoridades federais.


4


5

Policial militar à paisana evita assalto no bairro Água Verde Na semana passada a comerciante Deisi Cataldi foi surpreendida por dois ladrões ao estacionar seu veículo nas proximidades da via rápida, há 30 metros do seu estabelecimento comercial, enquanto se dirigia ao trabalho.

Os ladrões agrediram a comerciante e tentaram roubar o veículo. Ela foi jogada ao chão, e ao tentar sair com o veículo os ladrões com certeza atropelariam a vítima. Felizmente um policial militar à paisana passava pelo local no exato momento. O valente policial deu voz de prisão aos ladrões, que ameaçaram reagir. O policial desferiu 6 tiros contra os marginais, atingindo pernas e braços dos meliantes, sendo dois menores de idade, um de 16 anos e o outro de 17 anos de idade. Ambos foram detidos e a comerciante foi encaminhada para receber atendimento e assistência médica.

Inaugurada nova pista de passeio em volta do Cemitério Água Verde

Foram inauguradas sábado as obras de melhorias para os passeios das ruas Professor Assis Gonçalves, José Cadilhe, Monsenhor Manoel Vicente, Samuel Cezar, Marquês do Paraná e Avenida Água Verde, com investimento R$ 411.835,67. A criação de uma pista de passeio ao redor do Cemitério da Água Verde é uma reivindicação antiga da comunidade local. No final do ano passado, a Prefeitura de Curitiba melhorou a iluminação no entorno do local com a implantação de 70 postes poliméricos, luminárias decorativas e lâmpadas LED de alto rendimento e também através da substituição de luminárias com lâmpadas de vapor de sódio por vapor metálico - iniciativas que fazem parte do programa de Revitalização de Iluminação em linhas de ônibus alimentadores. As intervenções integram o Plano de Iluminação Pública de Curitiba. A obra foi viabilizada por emenda dos vereadores Bruno Pessuti e

Felipe Braga Côrtes. Diversas autoridades participaram da inauguração entre elas o prefeito Gustavo Fruet, secretário municipal de Esportes, Lazer e Juventude, Aluísio de Oliveira Dutra Júnior, vereadores Bruno Pessuti, Paulo Salamuni e Felipe Braga Cortes, e Administrador Regional do Portão, Marco Melo. Segundo o vereador Bruno Pessuti, “essas obras trarão mais segurança e conforto para os moradores da região, permitindo caminhadas e maior interação da comunidade. Depois de alguns anos de espera essas obras foram inauguradas.


6


7

Petroleiros repudiam indicação do novo presidente da Petrobras A indicação de Pedro Parente para a presidência da Petrobrás é fortemente rechaçada pela Federação Única dos Petroleiros. É inadmissível termos no comando da empresa um ex-ministro do governo Fernando Henrique Cardoso que chancelou processos de privatização e tem em seu currículo acusações de irregularidades e improbidade na administração pública. O perfil ultraliberal de Pedro Parente o descredencia por completo para assumir o comando de uma empresa estatal que tem sido a âncora do desenvolvimento e das políticas públicas estruturantes do país. Sua nomeação está na contramão das lutas travadas pelos trabalhadores para evitar o desmonte do Sistema Petrobrás. O currículo de Pedro Parente não deixa dúvidas sobre que lado ocupa na luta de classes. Ele participou ativamente dos dois mandados do governo FHC, onde atuou como Secretário Executivo do Ministério da Fa-

zenda, entre 1995 e 1999, e como Chefe da Casa Civil, entre 1999 e dezembro de 2002. No final de 2000, passou a acumular a presidência da Câmara de Gestão da Crise Energética, o chamado “ministério do apagão”, responsável por uma série de arbitrariedades, como racionamento e cortes de energia e multas altíssimas impostas aos consumidores. Um dos maiores escândalos protagonizados por Pedro Parente no governo tucano foram os contratos para compra de energia emergencial e as “compensações” feitas às concessionárias privadas e aos investidores atraídos pelo Programa Prioritário de

Termeletricidade, que impôs prejuízos bilionários à Petrobrás. Professores do Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP chegaram na época a denuncia-lo ao Ministério Público Federal por improbidade administrativa. Sob a chancela de Pedro Parente, a Petrobrás teve que assinar contratos de parceria com o setor privado para construção de usinas termoelétricas, entre 2000 e 2003, onde se comprometeu a garantir a remuneração dos investidores, mesmo que as empresas não dessem lucro, bem como cobrir os custos dos empreendimentos, caso a venda de energia não fosse suficiente para sustentar os investimentos.

A chamada “contribuição de contingência” gerou prejuízos de mais de US$ 1 bilhão à Petrobrás, que se viu obrigada a assumir integralmente as termoelétricas para evitar perdas maiores. O valor das usinas, avaliadas em US$ 800 milhões, equivalia a um terço dos US$ 2,1 bilhões que a estatal teria que desembolsar para honrar as compensações garantidas aos investidores até o final dos contratos, em 2008. Tudo autorizado por Pedro Parente. Não é com gestores deste perfil que a Petrobrás vencerá a crise que atravessa. A FUP repudia sua indicação e exige que toda a diretoria da gestão Bendine entregue seus cargos, caso o Conselho de Administração da empresa aprove a nomeação de Pedro Parente. Os petroleiros seguirão em luta contra o desmonte do Sistema Petrobrás e não darão um minuto de sossego aos entreguistas. a) Federação Única dos Petroleiros


8

SÍRIA INFORMA - SÍRIA INFORMA - SÍRIA INFORMA - SÍRIA INFORMA - SÍRIA INFORMA

A República Árabe Síria resiste heroicamente O presidente Dr. Bashar Al Assad, da Síria, vem mantendo a integridade territorial do país e somando importantes vitórias para expulsar os mercenários e terroristas que estão atacando a Síria, vindos de mais de 60 países, financiados pelos governos dos EUA, Israel, Turquia, França, Inglaterra, Catar e Reino da Arábia Saudita. Os invasores tentam mudar o governo da Síria mas o povo sírio resiste e luta heroicamente.

Boletim de recentes atos criminosos de terroristas na Síria Carta sobre o massacre em Zara Carta, em duas vias de igual teor, datada em 14/05/2016, dirigida ao Presidente do Conselho de Segurança e ao Secretário Geral da ONU. Conforme instruções do Governo da República Árabe da Síria, gostaria de transmitir as informações relacionadas ao sangrento massacre, perpetrado pelos grupos terroristas armados, contra a população civil do vilarejo de Zara, no distrito de Hama. Terroristas ligados à Frente Al Nusra, aos Livres da Síria e a outras milícias aliadas infiltraram-se, na madrugada do dia 12/05/2016, no vilarejo de Zara, localizado no distrito de Hama, onde perpetraram um sangrento massacre contra os moradores civis, que incluiu degolas e assassinatos, sem fazer qualquer distinção entre crianças, mulheres, idosos ou doentes. O ataque ocorreu enquanto os moradores ainda dormiam com suas famílias e a mutilação monstruosa dos corpos foi nauseante. Antes da invasão, os terroristas lançaram mísseis, morteiros e “bombas do inferno” contra o vilarejo, provocando a destruição de casas e bens públicos e particulares. Muitos civis morreram durante o ataque e muitos ficaram gravemente feridos. Muitos foram assassinados na ponte Roston e outros tiveram ferimentos, com diferentes graus de gravidade, além dos muitos civis sequestrados pelos terroristas, em sua maioria crianças e mulheres que, até o momento, têm o seu paradeiro desconhecido. Sem qualquer escrúpulo ou arrependimento, as organizações armadas, con-

sideradas por países ocidentais e outros como ‘oposição moderada armada’, tais como a Frente Al Nusra, os Livres da Síria Islâmica, a Legião de Homs, a Brigada dos Filhos da Sunnah e os Soldados de Homs, assumiram em suas páginas, nas redes sociais, sua responsabilidade sobre este sangrento massacre e afirmando que o ataque contra o vilarejo de Zara foi realizado em conjunto com todos os grupos e de forma coordenada e pré-acordada. perpetração, por parte dos grupos terroristas armados, deste aterrorizante massacre segue uma série de agressões e ataques terroristas organizados, que tem como alvo muitas das cidades sírias e que cumprem ordens diretas dos regimes extremistas e fundamentalistas de Riad, Ancara e Doha, com o objetivo de sabotar os esforços para acabar com derramamento de sangue sírio, promover o fracasso das conversações de Genebra, dos preparativos para acalmar a situação e do acordo de cessação das agressões na Síria. Este aterrorizante massacre ocorre no momento em que os representantes

dos Estados Unidos da América, da França, da Grã Bretanha e da Ucrânia rejeitaram, no Conselho de Segurança, a inclusão das organizações Exército do Islã e Livres da Síria na lista de grupos, organizações e organismos terroristas do Conselho de Segurança, o que reflete o incentivo destes países às ações criminosas, perpetradas por estes grupos e sua insistência em fechar os olhos diante dos crimes dos grupos terroristas, deixando clara a falta de seriedade destes países em combater o terrorismo e em cessar as agressões na Síria. O massacre de Zara ocorre em consequência do silêncio do Conselho de Segurança em condenar as ações terroristas hediondas, perpetradas pelos grupos terroristas armados, nas mais diferentes áreas da República Árabe da Síria e como resultado da recusa dos membros do Conselho de Segurança em adotar medidas objetivas, imediatas e punitivas contra os países e organizações que apoiam e financiam o terrorismo, especialmente os regimes de Riad, Ancara e Doha, que não hesitaram em usar o ter-

rorismo e os grupos terroristas e outros meios baixos para atingir os seus objetivos torpes. O Governo da República Árabe da Síria afirma que este massacre terrorista e terrível, além das outras agressões, não abalará o ímpeto da Síria em continuar a cumprir com suas obrigações de combater o terrorismo e de encontrar uma solução política para a crise na Síria, através do diálogo entre sírios, sob uma liderança síria, que resulte no fim do terrorismo e na reconstrução do que foi destruído pelos terroristas, seus parceiros, financiadores e apoiadores, para restaurar a segurança e a estabilidade do povo sírio. O Governo da República Árabe da Síria exige do Conselho de Segurança e do Secretário Geral das Nações Unidas a condenação imediata deste massacre terrorista, assim como exige do Conselho de Segurança que assuma as suas responsabilidade de preservar a paz e a segurança internacionais, através da adoção de medidas dissuasivas, imediatas e punitivas contra os países e organizações apoiadoras e financiadoras do terrorismo, especialmente os regimes da Arábia Saudita, da Turquia e do Qatar, que impeçam estes países de continuar apoiando o terrorismo e interferindo na segurança e na paz mundiais, ao comprometê-los com o cumprimento total dos dispositivos das resoluções do Conselho de Segurança relativas ao tema, especialmente as resoluções No. 2170(2014), 2178(2014), 2199(2015) e 2253(2015). Fonte: Embaixada da República Árabe da Síria Tradução: Jihan Arar


9

SÍRIA INFORMA - SÍRIA INFORMA - SÍRIA INFORMA - SÍRIA INFORMA - SÍRIA INFORMA

O papel da Rússia e dos EUA na guerra à Síria

Dr. Abdo Abage, Cônsul da Síria para o Paraná e Santa Catarina A meu ver, a participação russa na guerra da Síria veio mais tarde do que se esperava. A Rússia tinha três excelentes motivos para se envolver na guerra. PRIMEIRO: Ela é possuidora de uma base naval no porto de TARTUS no litoral da Síria, no mar Mediterrâneo. SEGUNDO: ela é possuidora de uma base aérea no porto de LATAKIA na Síria, também no mar Mediterrâneo. Todo o movimento comercial e estratégico militar que se destina a Rússia ou que vem da Rússia para se destinar a outros países, circulam por esses dois portos. TERCEIRO e principal motivo: o gasoduto que vem da Rússia e abastece 30% do gás consumido pela Europa, passa pelo território da Síria. E por que? Pela posição estratégica que a Síria ocupa no Mar Mediterrâneo. A Síria, antes da participação russa na guerra, vinha perdendo muitas cidades e posições estratégicas para as tropas de mercenários que lutam naquele país. Vendo aos poucos seu país e seu povo sendo dizimado, o Presidente Bashar houve por bem em solicitar a colaboração russa para poder enfrentar a oposição síria que luta com armamento altamente sofisticado, fornecido por países da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), principalmente os EUA. É de se lamentar que países como Estados Unidos, Turquia, Arábia

Saudita, Qatar, Israel e Jordânia, apenas para citar os mais envolvidos, venham cometendo o genocídio do povo sírio, em parte para implantar o seu domínio geo-político dentro do Oriente Médio, ao mesmo tempo em que conseguem recuperar as suas combalidas economias com o faturamento de venda de armamentos. É de se lamentar também que em pleno século XXI, a ONU – Organização das Nações Unidas, que foi criada para sustentar a qualquer preço a paz entre as nações do mundo, tenha perdido essa finalidade, pelo simples fato de alguns países terem colocado acima daqueles ideais, os seus interesses mais mesquinhos. Ainda a meu ver, a ONU perdeu o seu objetivo principal quando foi fragorosamente desmoralizada pelo governo George W. Bush, no momento em que o mesmo não quis saber do resultado do relatório da comissão designada pelas Nações Unidas para verificação da existência de armas de destruição em massa produzidas por Sadam Husssein, então Presidente do Iraque, acusado que foi de fabricar aquelas armas. Absolutamente nada foi provado.

Presidente Vladimir Putin No exato momento em que o governo Bush deixou de acatar o resultado daquele relatório, ele decretou a morte da atribuição maior da ONU, que era a de evitar guerras promovendo a paz no mundo. A paz acabou e as guerras se multiplicaram. E assim, sem nenhuma justificativa, foi consumada a invasão do IRAQUE em abril de 2003 com mais de 200.000 (duzentos mil) homens, por tropas da “coalizão”, que teve como verdadeiro objetivo apo-

derar-se na época da terceira maior reserva de petróleo do mundo. E o resultado continua sendo a destruição do IRAQUE até os dias atuais, onde já morreram seguramente mais de 3.000.000 (três milhões) de iraquianos entre militares, idosos, jovens e crianças. Antes disso os EUA invadiram o AFEGANISTÂO em novembro de 2001, com o intuito de se apoderar do gás natural daquele país, então a maior reserva do mundo.

Presidente Dr. Bashar Al Assad É de causar espanto, que a desculpa vergonhosa para essa invasão foi a de “caçar” o “terrorista” BIN LADEN, que nunca foi localizado naquela região. Em seguida houve também a invasão da LÍBIA, para se apoderar das jazidas de petróleo daquele país, consideradas como o petróleo mais puro produzido na região da África do Norte. Hoje também é um país destruído. Para finalizar, os países que compõem a OTAN estão a destruir a SÍRIA e seu povo, com a vergonhosa desculpa de implantar naquele país uma democracia, que afinal de contas ninguém, absolutamente ninguém, pediu que assim o fizessem, muito menos o povo sírio. A Síria vinha de uma crescente ascensão social, econômica e de qualidade de vida, que tive a honra e satisfação de vivenciar nas 6 (seis) viagens que fiz a terra de meus pais. A Síria e a Rússia são parceiros comerciais desde a década de 70, sendo muito natural que neste grave momento a Rússia venha em socorro da Síria e de seu povo, e ademais para salvaguardar os seus interesses naquele país, que estão sendo ameaçados por potências que visam apenas implantar na região do Oriente Médio, uma nova ordem mundial. Dr. Abdo Abage Cônsul da Síria para os estados do Paraná e Santa Catarina jornalaguaverde@gmail.com


10


11

Na contramão da crise, Richa libera recursos para 353 municípios governador Beto Richa liberou nesta quinta-feira, em Ponta Grossa (Campos Gerais) e Francisco Beltrão (Sudoeste) recursos para 111 municípios. O dinheiro, um total de R$ 88 milhões, será aplicado em asfalto, calçamento, equipamentos, veículos para saúde e segurança, academias ao ar livre, kits esportivos, óleo diesel. Com os recursos, os prefeitos poderão melhorar as vias públicas, recuperar estradas rurais, equipar hospitais e unidades de saúde. “É uma interiorização de governo, uma demonstração do respeito e valorização aos municípios”, afirmou o governador. O chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, acompanhou o governador nos dois eventos. Ele dissse que o Paraná tem condições de suportar a

crise porque age com responsabilidade. "O governo fez o ajuste fiscal necessário e agora consegue atender as áreas prioritárias", disse Rossoni. Os recursos liberados hoje fazem

parte de R$ 111 milhões para investimentos em 353 municípios, de todas as regiões do Estado, que o governador vai autorizar nesta semana. É dinheiro a fundo perdido, de

financiamento e de emendas de parlamentares previstas no orçamento estadual. Nesta sexta-feira, o governo estará em Cascavel (Oeste) e Maringá (Noroeste). “Mais uma demonstração clara do bom momento que vive o Paraná, apesar da preocupante e aguda crise nacional, que derruba arrecadação dos municípios e estados”, disse o governador. “O Paraná está na contramão da crise.” Participaram dos eventos com o governador os secretários da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita, e do Esporte e Turismo, Douglas Fabrício, os deputados Traiano e Plauto Miró, presidente e primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputados e prefeitos das regiões, vereadores e lideranças da região

Projeto de Luciano Ducci isenta de IPI aparelhos de celular comprados por deficientes visuais

O deputado federal Luciano Ducci (PSB) apresentou projeto de lei para isentar da cobrança do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) os aparelhos de telefonia celular, de fabricação nacional, quando adquiridos por deficientes visuais. “A inclusão social de pessoas com deficiência

constitui bom índice para avaliar o grau de desenvolvimento de uma sociedade”, explica o deputado. O parlamentar argumenta que os aparelhos, com tecnologia de acesso a internet, tornaram-se indispensáveis em nosso tempo. Hoje aplicativos oferecem inúmeras facilidades para os deficientes visuais, como por exemplo: informações sobre os alimentos vendidos no comércio; identificação de cores de produtos de vestuário; localização por meio de satélite (GPS); o acesso à cultura; acesso a comunidades virtuais de apoio; entre outras facilidades. Porém, o deputado explica que os aparelhos atualmente disponíveis no mercado têm vida útil limitada e altíssimo custo de aquisição. “A ne-

cessidade de substituição frequente pode colocá-los fora do alcance de muitos, especialmente considerando que esse grupo social já enfrenta mais restrições orçamentárias que os demais”, argumenta. Segundo Ducci, a iniciativa con-

tribuirá decisivamente para a inclusão, a autonomia e a independência das pessoas com deficiência visual. “O Estado deve proporcionar incentivos a essa comunidade, com vistas a facilitar a aquisição de bens tão importantes para sua qualidade de vida.


12


13

Esporte Furacão é super campeão de 2016 Um Atletiba é sempre um Atletiba, mas o de 2016 foi acima da média, principalmente para para o lado do Furacão, que foi só alegria! Além do resultado, a decisão do Campeonato Paranaense também foi fantástica para a história do Atletiba. Pelo menos em decisões, há mais de 50 anos, não víamos um placar tão elástico (em um jogo cujo time marca tantos gols, e o seu o adversário fique sem marcar nenhum). O Furacão ganhou o primeiro jogo com o placar de 3 x 0, na Arena Atlético Paranaense e no segundo jogo ganhou de 2 x 0, no Couto Pereira. Os jogadores do Coritiba estavam literalmente perdidos no segundo jogo e mesmo assim os jogadores do Furacão tiraram o pé do acelerador. Caso isso não ocorresse, o time rubro negro ampliaria ainda mais o placar, com no mínimo mais dois gols. Resultado final dos Atletibas decisivos de 2016: Furacão 5 x 0 Coritiba. Parabéns ao Atlético Paranaense, super campeão. Parabéns ao presidente Luiz Sallim Emed e parabéns a maior torcida do Estado, que está comemorando até agora. Campeonato Brasileiro Na primeira rodada, o Furacão, que está comemorando até agora o campeonato paranaense, perdeu de 4 x 0 para o Palmeiras, porém, esse foi um jogo a parte, que não mostra a realidade que é o Atlético Paranaense. O time rubro negro tem elenco forte, um excelente técnico – Paulo Autuori – e uma torcida que faz uma enorme diferença. Te-

Jefferson Gomes Cabral e Silva

Parabéns também para o presidente nho certeza que o Furacão fará uma boa campanha no Brasileirão, apesar de da Federação Paranaense de Futebol, empatar com o Atlético mineiro em ple- Hélio Cury, por comandar com tanta competência a nossa federação. Aliás, na Arena nesta semana. Quanto ao Coritiba, acredito que Hélio é cercado dos melhores assessoserá melhor que nos últimos anos. De res do Brasil! Viva a Federação quatro anos para cá, o Coritiba esteve Paranaense de Futebol, que desde os no “cai não cai” para a 2ª divisão e isso tempos do ex-presidente Motta Ribeiro não víamos essa pode mudar, emboinstituição tão ra a equipe alviverde fortalecida. seja limitada, apesar do bom técnico, Destaques: Gilson Kleina. No - Os médicos último jogo contra o vasculares: Dr. Santos o coxa perFrancisco Coral, deu por injustiça do Dr. Pichetti, Dr. apito. Roberto Yokoyama Paraná, em mais e Dr. Paulo Baggio. uma série B, em - o professor e pes2016, poderá ter um quisador do idioma ano salvador. Com bom elenco e um Bar Futrica no centro de Juiz de árabe, Moafak Dib bom técnico – Fora, sede da torcida do Furacão. Helaihel. - Queijo Na foto, o proprietário Sidnei Quente, a cantina Claudinei Oliveira – possivelmente volta- Vieira (camisa do CAP) cumpri- do Geraldo, na rua Itatiaia, 1038. Tel: rá à elite do futebol. mentando um torcedor do 3229-6092 - TemTer perdido o priFluminense. pero Especial: franmeiro jogo para o Brasil-RS faz parte do futebol e o go assado, risoto e maionese aos doTricolor sabe que poderá superar essa mingos. Melhores Preços. Uma delícia! estreia ruim, pois conta com a torcida Na região do Lindoia e Novo Mundo. Fúria Independente, que está sempre Tel: 3022-4167 - Pizzaria Barroco, na rua Castro, 711, no Água Verde. Expeapoiando e acreditando. Já o Londrina, confesso, que é uma rimente a pizza Catarinense! Tel: 3343grande incógnita. Espero que tenha 4363 - Gelão, distribuidora de bebidas. grande sucesso e que consiga a clas- Desde 2002, o melhor atendimento de sificação para a série A. O presidente Curitiba. Tel: 3072-0030 - Ótica Solar, do Tubarão, Sérgio Malucelli, que é na Av. Rep. Argentina, 2165, ao lado torcedor declarado do Atlético Paranaense, mostra muita competência nas contratações.

da Federação Paranaense de Futebol. Tel: 3345-4042 - Wilson do Quiosque da Brahma, do Shopping Total. O gremista Wilson serve o melhor chopp de Curitiba. No Quiosque da Brahma, do Shopping Total, ao lado da escada rolante. - Churrascaria Frangão, na BR 116, Km 107, no Pinheirinho. Tel: 33461432. Excelente atendimento do Mocellin e equipe. - Mercearia do Assis, no Lindoia. A mercearia conta com o excelente atendimento do Assis e com a presença dos torcedores do Furacão: Joubert, Roger e Bang. - Moustache Restaurante, em Balneário Camboriú; Reservas: (47) 3361-9267. De frente para o mar, o melhor ambiente de Balneário Camboriú. - Tuca’s Cabelereiros, na Praça Rui Barbosa, na Rua da Cidadania da Matriz. Tel: 3223-9176 - Arena Music Bar, na Brigadeiro Franco, 3003, em frente à Praça do Atlético. O melhor bar de Curitiba! Reservas 98463432. Venha para a Arena Music Bar! Com o excelente atendimento de Cris e Nivaldo - Nyck Costela no Rolete, na Rua Guilherme Pugsley, 1111. Tel: 3343-3395. A melhor costela no rolete do Brasil, com excelente atendimento do Johatan e Pedro, no comando. - Bar do Futrica, em Juiz de Fora/MG. Na rua Marechal Deodoro, 630. Curiosidade: o Bar do Futrica tem uma equipe que disputa campeonatos nacionais de futebol de botão. Grande abraço para os atleticanos paranaenses e flamenguistas: Rondinelli, Sidnei Vieira e Admir.


Sucesso do UFC em Curitiba é bem visto pela Fomento Paraná 14

A DESPEDIDA O dia amanheceu lindo em Belo Horizonte; agosto de 1985. Eu e minha esposa deixamos hotel em que estivéramos hospedado, animados e curiosos com o plano que arquitetamos para aquele dia e naquela pequena aventura que estava prestes a acontecer. Tínhamos participado de um magnífico Congresso da Logosofia, Ciência em prol do desenvolvimento humano, e agora íamos em direção da estação rodoviária em busca de um passeio por alguma cidade histórica mineira para assim coroar, com o maior brilho, nossa passagem por Minas Gerais. Estávamos a meio caminho quando passando pela frente de um pequeno hotel nos deparamos, surpreendentemente, com um antigo e querido amigo de Curitiba; o Edemar e sua esposa. Depois da alegria do encontro inesperado, falamos ao amigo de nosso propósito de curta viagem, talvez a Ouro Preto ou Mariana. Para nossa surpresa o Edmar nos confessou que estava chefiando uma caravana de professoras de Curitiba e que já iam sair para um pequeno “tour” por algumas cidades históricas de Minas e estava nos convidando a acompanhá-los, já que havia dois lugares disponíveis no seu ônibus. A alegria foi geral; ali mesmo embarcamos sob as boas vindas das professoras e rumamos para o inusitado passeio. Em um ambiente cordial e muito acolhedor, visitamos Mariana, Tiradentes, São João Del Rei, a Gruta de Maquiné e as fabulosas esculturas dos Profetas, de autoria do iluminado Aleijadinho ( realmente um gênio da

escultura brasileira) em Congonhas do Campo, isso tudo em dois dias de viagem inesquecível. De retorno a Belo Horizonte, não tínhamos palavras para agradecer tamanha hospitalidade daquelas professoras, sempre alegres e prestativas e que nos receberam com tanto afeto. E o que dizer do amigo Edemar e da Olga? Espontâneos como sempre foram, nos proporcionaram um passeio inimaginável por esses caminhos mineiros ricos em história do Brasil. Nos despedimos daquela turma magnífica e só não voltamos com eles para Curitiba porque tínhamos passagens aéreas de retorno, já compradas. Certas coisas, certas situações, ou certas coincidências como essa que estou narrando, às vezes, se tornam inexplicáveis para nós; Encontrar um guia de turismo, amigo fraterno, lá tão distante de Curitiba, em uma metrópole do porte de Belo Horizonte, e ainda nos premiar com uma viagem desse porte (e era exatamente o que estávamos procurando,) é algo realmente emblemático, para não dizer, divino.

“Prezados amigos e amigas leitoras deste Jornal, quero agradecer profundamente a atenção que deram a essas crônicas publicadas aqui por muitos anos, ao José Gil nosso diretor que me proporcionou essa oportunidade, e comunicar-lhes que faço uma pausa nesses escritos onde pude contar as histórias que vivi nesse nosso gostoso bairro do Água Verde. Um grande e fraterno abraço a todos.”


15

Três corretores de seguros estão batendo papo. O primeiro diz: - Quando um segurado nosso morre numa segunda-feira, se nós formos avisados no dia, nós já preparamos a indenização para viúva no mesmo dia e enviamos um cheque que ela recebe na quarta. O segundo mostra que a seguradora dele é melhor: -Se a gente ficar sabendo que um segurado nosso morreu na segunda, nós fazemos um depósito na conta da viúva no mesmo dia! O terceiro não se dá por vencido: - Isso não é nada! Minha corretora fica no Edifício Itália. Um segurado nosso estava lavando os vidros do último andar, escorregou e caiu. Nós entregamos o cheque para ele no momento em que estava passando pela janela. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oCONTAS Joaquim ficou noivo de Maria e três meses depois eles se casaram. Três meses depois do casamento nasceu um robusto garoto. Joaquim, meio desconfiado, foi pedir explicações pra sogra. E a ela falou: - É isso mesmo, está tudo perfeito. Veja bem: você foi noivo dela durante três meses... Você morou com ela três meses e ela morou com você durante três meses... Total: nove meses! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oUma comadre portuguesa diz para outra: - Sabes Fátima que eu sou uma mulher mais asseada? Troco minhas roupas de baixo de duas em duas horas! E a comadre: - Oras, pois eu também fazia isso até completar dois anos de idade. Depois não necessitei mais! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oSAPATOS O Manuel foi na segunda-feira a uma loja de sapatos de cromo alemão. O vendedor foi logo o advertindo: - Senhor estes sapatos costumam apertar os pés nos cinco primeiros dias. - Não tem problema... eu só vou usálos no domingo que vem. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oNO GINECOLOGISTA Manuel foi levar a mulher ao ginecologista e ficou esperando do lado de fora inconformado. O médico, depois de fazer um exame geral, perguntou para Maria: - Vocês têm orgasmo? Ela pediu pro doutor esperar um instante, abriu a porta e gritou pro marido: - Manuel... eu tenho orgasmo? - Não, Maria, só tem Amil.

-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o--o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-

-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o--o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-

CARRO ROUBADO Maria chega correndo em casa e grita: - Manuel! Vi dois ladrões roubando nosso carro! - Tu viste? És capaz de reconhecê-los? - Não, mas anotei a placa! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oCAÇADA PORTUGUESA Dois portugueses estão caçando nas montanhas, quando Manuel cai no chão, parecendo morto. Apavorado, o Joaquim pega o celular e liga pra polícia: - Alô! Quem está lá? Aqui é Joaquim. Parece que meu amigo Manuel morreu! O que é que eu faço? A policial, muito calma, responde: - A primeira coisa a fazer é certificarse de que seu amigo está morto mesmo. Há aquele silêncio e a policial houve o barulho de tiro. O Joaquim volta ao telefone e fala: - Pronto! Está morto mesmo. E agora faço o quê? -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oMORALISTA Dona Joaquina, uma velha portuguesa solteirona, daquelas bem recatadas, liga pra polícia: - Tem uma pessoa pelada na janela do prédio em frente! O policial pergunta: - É homem ou mulher? - Como é que vou saber? Tá sem roupa! – esbraveja a mulher. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oNO EXÉRCITO Manuel chegou ao Brasil ainda moleque, por isso foi obrigado a prestar serviço militar. Sabe como é, aquele papo de direitos iguais para os lusitanos. Assim que o gajo se apresenta fardado, o sargento ordena: - Vá ficar no fim da fila, recruta Manuel! Dali a alguns minutos, o portuga está de volta, com a maior cara de bobo. - Não mandei ficar no fim da fila? – estranha o sargento. E o Manuel: - Tentei. Mas acontece que já tem outro gajo lá! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oNA CADEIA O Joaquim estava todo feliz. Preso há oito anos, finalmente recebeu uma carta da mulher. - Boas notícias Joaquim? – quer saber o colega de cela. - Excelentes, Manuel. Nem pode imaginar. Minha mulher está a me avisar que vou ser pai! - Puxa! Parabéns! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- Qual o tipo de tubarão mais perigoso Manuel? - O que tá mais perto! - Seu colesterol está alto! Tem que cortar os ovos! - Ai, Jesus!


16

Sucesso do UFC em Curitiba é bem visto pela Fomento Paraná estádio Arena da Baixada recebeu mais de 45 mil pessoas para assistir às 12 lutas do UFC 198. Boa parte do público veio de Santa Catarina, São Paulo e vários turistas internacionais que lotaram bares, restaurantes e a rede hoteleira da capital paranaense. O sucesso da realização do UFC 198, em Curitiba, que atraiu um público de mais de 45 mil pessoas ao Estádio Joaquim Américo Guimarães - Arena da Baixada, foi comemorado pela direção da Fomento Paraná.

UFC em Curitiba foi mais vantajoso que o Rock in Rio, aponta estudo do Departamento de Turismo da UFPR A instituição financeira de desenvolvimento do Governo do Estado foi a responsável por estruturar a operação financeira para financiar as obras de reforma e ampliação do estádio para os jogos da Copa do Mundo 2014 na capital paranaense, por meio do Fundo de Desenvolvimento Econômico (FDE). O financiamento soma R$ 294 milhões entre recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por meio do programa PróCopa Arenas, e recursos próprios do FDE. “O UFC atraiu muitos turistas e movimentou a economia. Hotéis ficaram lotados, bares e restaurantes estavam mais movimentados. Isso traz receita para o comércio, para a área de serviços e receita para o município”, afirma Juraci Barbosa, presidente da Fomento Paraná. “E a imagem da cidade foi exi-

bida pela televisão para muitos países. Isso significa que o financiamento proporcionado pelo Governo do Paraná, por meio do FDE, cumpriu bem o papel de dotar a capital paranaense de um moderno e s p a ç o multiuso para grandes eventos.” O Clube Atlético Paranaense, proprietário do estádio, publicou que um total de 45.207 pessoas, entre brasileiros e estrangeiros,

acompanharam as 12 lutas do evento, que teve o terceiro maior público da história do UFC. O evento foi transmitido pela televisão para 149 países, de acordo com o presidente do Conselho Deliberativo do clube, Mario Celso Petraglia, que destacou a importância de ter o nome do clube diretamente ligado ao UFC Curitiba. “São 149 países assistindo, 1 bilhão e 250 milhões de residências vendo as lutas com a nossa marca. O que vale isso? Como se quantifica? Se pagasse para fazer o evento, ainda valeria. O retorno é imensurável”, exaltou Petraglia em entrevista à Rádio Transamérica e no site do CAP. O UFC também teve trouxe reflexos para a economia da cidade. O diretor executivo da Abrasel Paraná (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), Luciano Bartolomeu, estima que o movimento de pessoas nos bares e restaurantes de Curitiba, em média, foi 30%

maior do que no mesmo período do ano anterior. “Foi o melhor domingo dos últimos tempos. O movimento também foi bom na sexta-feira. O evento do UFC foi muito bom para a cidade e para os outros setores da economia, porque fica um astral bom”, a f i r m o u Bartolomeu. Segundo ele, muitas pessoas do interior do Paraná, de Santa Catarina, de São Paulo, e até alguns estrangeiros estavam na cidade para assistir ao UFC. Alfredo Madalosso, sócio do Restaurante Madalosso, disse que entre sábado e domingo a casa teve um movimento entre 20% e 30% maior do que o normal para os fins de semana e atribui ao UFC. “Sobrou movimento para todos os restaurantes do bairro. Precisamos de mais eventos como esse”, disse Madalosso. Paulo Iglesias, vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-PR), disse que a taxa de ocupação hoteleira da capital paranaense, foi superior a 90%. A cidade possui pouco mais de 20 mil leitos disponíveis. “Poucos eventos atualmente tem tanto apelo como o UFC. Foi muito bom para nós. Tivemos vários hotéis com lotação total”, disse Iglesias. “Nossa avaliação é muito positiva de ter equipamentos como a Arena e a Pedreira funcionando para receber shows e outros eventos desse tipo nos fins de semana, quando normalmente nossa taxa de ocupação é baixa”, afirmou. Além disso, o Instituto Pró-Cidadania, ligado à Prefeitura de Curitiba, recebeu a doação de 15 mil latas de leites em pó. Os alimentos foram arrecadados junto ao público que compareceu à Pesagem Oficial do evento, na sexta-feira. O presidente do UFC Brasil, Giovani Decker, comemorou o resultado. "Nunca fomos tão abraçados como em Curitiba. Ficamos extremamente satisfeitos. Curitiba já entrou para a história do UFC com a maior pesagem de todos os tempos e, mais do que isso, estamos deixando um legado para a cidade com essa ação social", disse.

Jornal Água Verde maio 2016  

Jornal de bairros da cidade de Curitiba, Brasil.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you