Page 1


É difícil ser curitiboca Coluna do velho Antero (foto ao lado, fazendo careta. Sem fazer careta ele é mais feio).

O velho Antero, autor desta coluna (foto acima), é aposentado, viúvo, frequentador de botecos e casas de má reputação.

Um certo vereador de Curitiba quer instituir ônibus cor-de-rosa para mulheres porque alguns vagabundos ficam encochando as passageiras. Ora, não seria mais inteligente aumentar o número de ônibus para evitar a superlotação? Quanto mais rezo, mais assombração aparece!

Filosofia para entender de política Era uma vez um rei que queria ir pescar. Ele chamou o seu Ministro Meteorologista e pediu-lhe a previsão do tempo para o dia seguinte. Este assegurou-lhe que não iria chover. No outro dia, no caminho, ele encontrou um camponês montando seu burro que, ao ver o rei, disse: - Majestade, é melhor regressar ao palácio porque vai chover muito. É claro que o rei ficou pensativo: - Eu tenho um Ministro Meteorologista com curso superior, muito bem pago, que me disse o contrário. Vou seguir em frente. E assim fez e, claro, choveu torrencialmente, a pescaria ficou estragada e o rei encharcado e resfriado. Furioso voltou para o palácio e despediu o Ministro. Ele convocou o camponês e ofereceu-lhe o cargo, mas este, sincero (não era político), disse-lhe: - Senhor, eu não entendo nada disso, mas se as orelhas do meu burro estão caídas, significa que vai chover. O rei então usou a lógica e nomeou o burro. Assim começou o costume de nomear burros que, desde então, têm as posições mais bem pagas nos governos.

IDENTIFICANDO AS DOENÇAS O resfriado escorre quando o corpo não chora. A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições. O estômago arde quando as raivas não conseguem sair. O diabetes invade quando a solidão dói. A pressão sobe quando o medo aprisiona. O corpo engorda quando a insatisfação aperta. A dor de cabeça deprime quando as dúvidas aumentam. O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar. A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável. As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas. O coração infarta quando chega a ingratidão. O peito aperta quando o orgulho escraviza. A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.

Quando encontro esse cara na Rua XV eu fico com medo. E ele ainda tem seguidores, conforme foto abaixo. Só mesmo em Curitiba...


Blitze da Lei Seca será intensificada

CONFIRA COMO FICARÁ A ARENA DOS PARANAENSES COM O TETO RETRÁTIL A Arena dos Paranaenses, que receberá os jogos da Copa do Mundo 2014, será o primeiro e único estádio do Brasil com um teto retrátil. O teto será translúcido e com células fotovoltaicas, para transformar a energia solar em elétrica. Confira como ficará a Arena com o teto retrátil. Assista o vídeo no site www.atleticoparanaense.com

Na foto acima é possível ver as primeiras estruturas de suporte do teto retrátil sendo construídas. A lateral que faltava está sendo concluída e nas próximas semanas começam as obras de finalização do estádio.

Prefeitura, a Polícia Militar e o Instituto Paz no Trânsito vão trabalhar em parceria para intensificar a aplicação da Lei Seca em Curitiba. A partir de junho, haverá mais blitze na cidade. Paralelamente, será realizada uma grande campanha de mídia, elaborada pela Prefeitura, além de outras iniciativas para conscientizar a população do perigo de dirigir sob o efeito de álcool. As medidas foram definidas durante reunião nesta segunda-feira, na sede do Comando-Geral da PM. “A Lei Seca está implantada há um bom tempo e a orientação do prefeito Gustavo Fruet é para termos tolerância zero com o álcool no trânsito de Curitiba, evitando mortes em acidentes. Precisamos humanizar mais a convivência na nossa cidade”, afirmou o

secretário extraordinário de Relações com a Comunidade, Caíque Ferrante. Segundo ele, a realização de mais blitze e ações educativas ajudará a evitar a mortandade e a criminalidade causadas pela bebida.

A fiscalização da Lei Seca irá acontecer quase que diariamente na capital, com trabalho conjunto do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) e Guarda Municipal. A campanha de mídia desenvolvida pela Prefeitura tem como mote "Lei Seca - Vai pegar". Estão previstos anúncios em mobiliário urbano, ônibus e internet, além de ações em bares e estabelecimentos noturnos. A Polícia Militar colocou seu efetivo à disposição da campanha e deve ceder cadetes da Academia de Polícia para as fiscalizações educativas que deverão ser organizadas pela Setran. “A campanha pelo respeito à Lei Seca proposta pela Prefeitura é uma brilhante iniciativa, que vai ajudar muito o trabalho já realizado pela PM

no trânsito de Curitiba. O que estiver ao nosso alcance será feito para que a campanha decole. Com as parcerias, teremos segurança constante na cidade”, disse o comandante Geral da PM, coronel Roberson Luiz Bondaruk. Para a presidente do Instituto Paz no Trânsito, Christiane Yared, a parceria entre todos os órgãos envolvidos com o trânsito da cidade fará a diferença para a mudança do comportamento das pessoas. “Esta junção de forças vai salvar muitas vidas. A sociedade está pedindo isso e temos agora uma grande possibilidade de mudança de comportamento. Esta campanha tem que ser constante, deve continuar nas próximas gestões de Curitiba e se estender a todo o País”, afirmou.


Câmeras e patrulhamento no Água Verde

80 anos Existem datas que são marcantes e significativas em nossa vida. Tenho pensando nisso há algum tempo, especialmente agora que uma data especial se aproxima, e a qual é por demais importante para mim. Classifiquei, assim, essas datas que considero as mais relevantes, da seguinte maneira: 1: O primeiro ano de vida, data que começa a grande caminhada. O primeiro e importante passo que todos damos em busca das grandes realizações pessoais. É nosso marco inicial. 2: A idade de cinco anos; é quando o pirralhinho e a pirralha começam a esboçar sua personalidade e seu caráter. Aqui se define a característica de cada um. 3: Quando alcançamos os dezoito anos. Finalmente somos, então, maiores de idade. Somos donos do nosso nariz, como se diz, embora nem sempre saibamos onde colocá-lo. 4: Vinte e um anos. Na verdade tudo começa realmente aqui; nossas responsabilidades como cidadão, como uma pessoa útil e correta e como ser humano. 5: Com o passar do tempo, chega-se ao misterioso quarenta anos. Maduros, vividos, experientes, começamos a ser (ou não) referência para os filhos, amigos e colegas. Estamos na melhor fase da vida. 6: A próxima idade marcante é a dos sessenta. Aqui se inaugura o famoso “ser sexagenário”. Ainda não pertencemos a lado nenhum; não queremos nos considerar idosos, mas também não somos mais jovens; algumas peças começam a falhar e é preciso fazer uma revisão desses 60.000 kilômetros percorridos. È um grande

marco em nossa existência. 7: Oitenta anos. É, na prática, a última idade a ser comemorada; daqui pra frente tudo é lucro. Aliás, a velharada que alcança essa idade deveria ser agraciada com um diploma muito especial. Um “Diploma” fornecido pela Associação Comercial do Paraná, em nome de três de seus mais importantes associados: os supermercados, as farmácias e as agências de turismo, em agradecimento aos bons serviços prestados por essa classe da artrose. Vejam se não tenho razão. Tudo que idoso ganha, gasta em compras nos supermercados, nas pilhas de medicamentos de uso contínuo, os quais tem que usar enquanto viver, adquiridos, claro, nas drogarias, e o que sobra (quando sobra) vai para os passeios nas Estações de Água, ótimas para todos os tipos de reumatismo, oferecidos, elogiados e recomendados pelas agências de turismo. Este mês, eu e minha esposa estamos entrando nessa nova idade. 80 anos! Apesar das artroses, da pressão alta, da ameaça do diabete, da dor na sola do pé, das taxas de triglicerídeos, dos dentes que começam a ruir, do ouvido que dá sinais de aposentadoria, da gota que volta e meia ameaça reaparecer, ainda assim, tenho consciência e – acima de tudo – gratidão a Deus pela saúde que tenho. Aos colegas de idade deixo meu abraço fraterno e meus cumprimentos por já terem “chegado lá”, por continuarem ativos e, sem se rebelarem, prosseguir sendo um amigo para aqueles que os cercam, mesmo com a caduquice, com a teimosia e a rabugice que não param de nos pegar no pé. Entro, pois, na quarta idade, com o peito e a coragem e seja o que Deus quiser. Diniz Bonilauri

Para melhorar a segurança de moradores dos bairros Água Verde e Portão, o vereador Bruno Pessuti (PSC) protocolou requerimento na Câmara Municipal solicitando instalação de câmaras de segurança e patrulhamento pela Guarda Municipal ao redor do Shopping Água Verde. A reivindicação partiu dos moradores, comerciantes e do Conselho Comunitário de Segurança do bairro. O motivo são os constantes assaltos ao comério e residências ao lon-

go da Avenida República Argentina, principalmente em frente ao shopping. Segundo justificativa, em especial às quintas-feiras, as calçadas em frente aos pontos comerciais servem de banheiro para pessoas que se aglomeram no local, obrigando ser realizada limpeza em frente às lojas. “Já ocorreram mortes de pedestres e assassinatos, constantes brigas que obrigatoriamente são socorridas pela polícia militar, pois não existe vigilância fixa”, defende Pessuti.

Debate sobre Recursos Humanos na KELM Na última quinta-feira a KELM sediou, como patrocinadora oficial, o encontro do IRSEC, grupo sem fins lucrativos que debate assuntos relacionados à área de Recursos Humanos. Ao todo, são mais de 40 empresas que participam da entidade. O evento contou com a presença de representantes de diversas empresas e do palestrante convidado, Lisandro Zanotto, que falou sobre “Como prosperar nos negócios liderando de maneira eficaz.” A diretora, Maristela Kelm, afirma: “Foi uma ótima oportunidade para co-

nhecer pessoas com um objetivo em comum: a valorização do ser humano.” Para mais informações, acesse: www.grupokelm.com


debate atual sobre o metrô de Curitiba promete esquentar nos próximos dias. Parece que a cidade vai perder um bilhão de reais destinados a fundo perdido para a construção do nosso metrô. Caso não perca, deve protelar a construção. São Paulo, Rio, Recife, Belo Horizonte, Porto Alegre e Brasília tem metrô, a exemplo das maiores cidades do mundo, mas Curitiba deverá continuar sem metrô, pelo menos nos próximos anos, se depender dos estudos técnicos apresentados pela comissão criada pela Prefeitura Municipal. A falta de metrô em Curitiba apresenta alguns problemas dos mais graves para a população e para o trânsito (beneficia apenas alguns políticos ligados às empresas de transporte): congestionamentos em alguns momentos de pico no tráfego de veículos, superlotação dos ônibus e expressos, privilégios imorais para as duas famílias que dominam o transporte coletivo (a prometida abertura da “caixa preta” da URBS ainda não aconteceu) , entre outros. Anos atrás a culpa do boicote ao metrô foi colocada no ex-prefeito e ex-governador Jaime Lerner, cujo envolvimento com o transporte coletivo é conhecido. O vereador Tico Kuzma (PSB) afirmou que “estão dando desculpas técnicas para engavetar o projeto do metrô de Curitiba, um sonho de mais de 30 anos dos curitibanos”. Segundo o secretário Fábio Scatolin, a prefeitura “não abandonou o projeto do metrô”. Quem viver, verá.

Adeus metrô de Curitiba Secretário de Planejamento e Gestão da prefeitura afirma que obra é inviável

Em 13 de outubro de 2012 a presidente Dilma anunciou o repasse de 1 bilhão de reais para a construção do metrô de Curitiba. Ela também parabenizou a prefeitura pela excelência do projeto apresentado.

Prefeitura quer inviabilizar metrô de Curitiba, afirma Luciano Ducci O ex-prefeito de Curitiba afirma que as críticas ao antigo projeto não fazem sentido e que Fruet deveria explicar os motivos de não querer construir metrô O ex-prefeito de Luciano Ducci (PSB) disse nesta sexta-feira, em nota, que o atual prefeito da capital paranaense, Gustavo Fruet (PDT), quer inviabilizar a construção do metrô. Ducci disse que a obra com a qual os curitibanos sonham há 30 anos não será realizada porque o atual prefeito não quer construir o metrô. “A única coisa que fica evidente é que a obra, por um motivo ou por outro, não será realizada. A cada momento ouvimos argumentos diferentes apresentados pelo prefeito para não fazer o metrô. Seria necessário, e apropriado, que o prefeito viesse a público e dissesse aos curitibanos os motivos reais para ser contra a construção de um

metrô em Curitiba”, disparou Ducci. O político do PSB criticou a medida tomada pela gestão de Fruet, que solicitou uma consulta ao mercado para que novos projetos sejam apresentados. Foram questionados pelo atual prefeito aspectos de orçamento, estimativa de passageiros e método de construção do metrô. O anúncio de que o projeto será modificado mais uma vez foi feito na última terça-feira pelo secretário municipal de Planejamento e Gestão, Fábio Scatolin. Sobre os métodos construtivos, alvo da mudança prevista pela prefeitura, o ex-prefeito relatou na nota que estranha a crítica da atual gestão sobre o método “cut and cover” (cavar e cobrir). Ducci diz que este método foi utilizado em outros locais do mundo, como no metrô de São Paulo, no Brasil, e em Madri, na Espanha, e que o projeto de Curitiba foi considerado o "melhor do Brasil pela presidente Dilma Rousseff" (PT). “O problema é que o sistema de escavação que o prefeito quer [Shield, ou tatuzão] encarece o projeto. O equipamento é caro, pois normalmente é montado para apenas uma obra e a máquina deve atender as características do tipo de solo escavado”, afirmou Luciano Ducci.

A Câmara Municipal recebeu, na sessão desta quarta-feira (15), a visita do secretário de Planejamento e Gestão da prefeitura, Fábio Dória Scatolin, que veio à Casa falar sobre a implantação do Metrô de Curitiba e esclarecer os vereadores sobre o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), lançado pela prefeitura para convocar interessados em aprofundar os estudos e apresentar alternativas para um projeto mais consistente. Scatolin detalhou aos vereadores como a proposta herdada da gestão anterior foi construída e indicou as falhas que foram verificadas por uma comissão de revisão, instituída no inicio do ano pelo prefeito Gustavo Fruet. Os principais problemas, relatou, estão no orçamento da obra, na projeção da demanda de passageiros, que teria sido superestimada, e os métodos construtivos sugeridos, considerados inadequados. Apesar das críticas, Scatolin negou que a atual administração tenha interesse em abandonar o projeto. “Nós estamos mantendo 80% do planejamento anterior, a começar pelo traçado, que não sofrerá alterações. Não estamos abandonando nada, mas sim, aperfeiçoando. Sem uma pesquisa de origem e destino, não é possível discutir outros traçados. Contudo, com os dados disponíveis atualmente, sabemos que o eixo norte-sul é o que apresenta a maior demanda de passageiros”, afirmou. Fábio Scatolin acrescentou que a prefeitura está comprometida com o projeto, mas garantiu que o prefeito terá cautela na tomada de decisões. “Não podemos entrar em uma aventura. Nós teremos metrô apenas se o projeto for viável, considerando as perspectivas técnicas e econômicas. Quem quiser ver o que não deve ser feito, vá a Salvador (BA). Lá estão 6 km de obra parada e os trens estão apodrecendo”, lamentou.


Os benefícios de ter um cãozinho em casa A advogada Márcia Tomiazzi é a está de mau humor ela vem brincar; feliz proprietária de uma cachorrinha se estou triste ela se deita ao meu lado. da raça shitzu chamada Nina. Entre Ao chegar em casa, ela faz festa. os benefícios de ter um cãozinho em Quando chega domingo ela se prepara casa – no caso dela, um apartamento para passear no parque, e todos os – lembra que “desde criança sempre dias saímos para caminhar, algo que tive animais. Fui se eu não a tivesse criada tendo algum talvez não faria.” animal é uma Falando sobre espécie de as dificuldades de responsabilidade e criar um cão em um amor apartamento, incondicional, algo Márcia afirma que que herdei da “na Europa, por minha mãe. exemplo, os Quando vim do c ã e s s ã o interior para Engenheiro Plínio Ribeiro, advogada aceitos em ônibus, Curitiba, sempre shoppings e hotéis, Márcia Tomiazzi e Nina. tive vontade de ter enquanto que no um cachorrinho, mas, por morar em Brasil ainda não há essa cultura. Ao apartamento, sempre encontrei viajar os proprietários de cães dificuldade. Conversei bastante com precisam verificar os locais que o meu esposo e em 2009 ele me deu aceitam pets porque não são todos. de presente a cachorrinha Nina, e Sempre temos que adaptar o roteiro como ainda não temos filho, ela é a a hotéis e pousadas que aceitem criança e a alegria da casa. Se você cães, porque como membro da

família a Nina sempre viaja conosco. Hoje ainda são poucos os lugares que aceitam.” Um dos graves problemas da atualidade é o abandono de cães. Crianças que pedem cães de presente e depois os abandonam por motivo de viagem, transferência de residência ou apenas porque “enjoaram do brinquedo”, porque dá algum trabalho. Sobre este assunto, Márcia lembra que “quando você compra ou adota um cão tem que saber das suas responsabilidades: é como uma criança, você tem que cuidar, zelar, dar amor e carinho, levar para passear, controlar a alimentação e as vacinas, recolher as fezes nas calçadas e dar destino adequado. Muitas pessoas tem animais e não cuidam

adequadamente, não dão carinho, não alimentam, não dão vacinas. Esse comportamento relapso causa revolta para quem é amante de animais, porque vemos hoje muito abandono.Muitas pessoas reclamam que os cães incomodam, mas é preciso saber que cão que late muito é por falta de atenção. Cão obeso é falta de cuidado com a alimentação e de exercício – brincar, caminhar. A pessoa que não tem o compromisso de zelar e assumir responsabilidade é melhor que não adote e não tenha um cão. Revolta bastante ver as pessoas que maltratam ou abandonam animais, que torturam os bichinhos, porque são seres indefesos que necessitam do nosso cuidado e carinho”.


Sociedade 25 de Maio resiste ao tempo e festeja 61º aniversário No próximo dia 25 a Sociedade 25 de Maio festejará seu 61º aniversário com evento esportivo – torneio de bocha - e churrascada. entidade é uma das raras que sobreviveu ao tempo e aos desafios de se manter como sociedade associativa visando apenas a interação dos associados em torno do lazer, esporte e amizade. Fundada por imigrantes italianos em um terreno de Pedro Dorigo, o clube mantém sua sede em um dos bairros mais valorizados de Curitiba, o Água Verde, proximidades do shopping Água Verde. Conta com duas canchas de bocha cobertas, mesas e espaço para jogos de baralho, sinuca e pebolim, restaurante e salão social para eventos, estacionamento para 60 veículos. Atualmente a Sociedade 25 de Maio é uma das poucas associações de Curitiba com a situação jurídica devidamente regularizada. O presidente da 25 de Maio, Antonio Stevan, tem orgulho em afirmar que “todas as certidões negativas e documentação patrimonial estão regularizadas, e a entidade não tem nenhuma dívida de nenhuma espécie, apenas superávit”. A observação é importante porque a maioria das antigas entidades associativas de Curitiba foram vendidas ou desapareceram, incluindo algumas tradicionais. Para manter em dia uma entidade como a Sociedade 25 de Maio é necessário contar com a colaboração e o trabalho de pessoas dedicadas, e elas nunca faltaram, conta o vice-presidente Wilson Brunatto: “a Sociedade 25 de Maio faz parte da história do bairro Água Verde e de Curitiba. É nosso

dever preservar esse patrimônio, honrando os nomes de cada um de seus fundadores e associados.” Dificuldades vencidas Entre os anos de 2001 a 2010 a entidade passou pela pior crise de sua história, tendo sido decretada a insolvência por motivo de má fé de

pessoas que prejudicaram intencionalmente a entidade deixando várias pendências de impostos, funrespol, alvarás, licenças, atrasos em contas de luz e água, além de fornecedores. O objetivo era buscar a insolvência e a venda do patrimônio para benefício próprio de algumas pessoas, como aconteceu com várias entidade co-irmãs, lembra Wilson Brunatto. Quando o problema foi detectado, os associados mais antigos

organizaram uma campanha para salvar o clube. “Foi convocada uma assembleia geral para salvar o clube através de uma batalha jurídica. Contamos com o apoio indispensável do Pedro Fresato, que deu uma procuração para que o atual vicepresidente exercesse a função de líder da assembleia. Através da assembleia foi constituída uma nova diretoria e com o engajamento de antigos e novos associados o clube foi salvo”, conta Wilson Brunatto. A diretoria atual da Sociedade 25 de Maio é composta por Antonio Stevan na presidência, Wilson Brunatto na vice-presidência, Flavio Bolicenho na tesouraria, Odilon Zanetti na diretoria de esporte, e os colaboradores Burbela, João Ganso, Izonilton, Joni Zanetti, Aramis, Airton Chiarelo, Toni Baggio entre outros. O amor da diretoria ao clube é tanto que existe um lema adotado pela maioria: “Por Curitiba nós brigamos. Pela Sociedade 25 de Maio nós morremos”. A diretoria agradece imensamente ao prefeito Gustavo Fruet e ao vereador ex-vereador Celso Torquato pelo apoio constante recebido nos últimos anos. A Sociedade 25 de Maio está localizada na rua Marquês do Paraná, 700. A festa de 61º aniversário será no próximo dia 25 de maio, sábado, com torneio de bocha e churrascada de confraternização no final da tarde. Visitem a página da Sociedade 25 de Maio na facebook.


Área Gamer Por Cézar Moura

Suposto vazamento de Marketing do PS4.

Mainês Mainês Olivetti Olivetti apresenta apresenta videoarte videoarte no no Portão Portão Cultural Cultural artista plástica Mainês Olivetti inaugura nesta sexta-feira (17), às 19h, no Centro de Arte Digital – Portão Cultural, a mostra individual “Escape”, resultado de suas pesquisas na linguagem da videoarte. A artista apresenta uma videoinstalação, utilizando vídeo HD com projeção de uma paisagem em grandes dimensões, em todas as paredes da sala. A obra foi um dos projetos aprovados pelo Edital de Arte Digital do Fundo Municipal da Cultura da Prefeitura de Curitiba. Como contrapartida social do projeto contemplado pelo Fundo Municipal da Cultura, a artista oferecerá gratuitamente uma

oficina de arte digital, com o tema “Introdução à animação/ motion graphics em Adobe After Effects”. A oficina será ministrada pelo videoartista Daniel Duda, de 3 a 7 de junho, das 19h30 às 22h45, no Centro de Arte Digital do Portão Cultural. A oficina é aberta ao público interessado, principalmente artistas. Local: Centro de Arte Digital – Portão Cultural (Av. República Argentina, 3.430). De 17 de maio a 30 de junho de 2013. Aberta à visitação de terçafeira a domingo, das 10h às 19h. Oficina de Arte Digital, com Daniel Duda: de 3 a 7 de junho, das 19h30 às 22h45. Entrada franca. Informações: 3229-4454

De acordo com o roteiro de um comercial de TV do ps4, ele pode trazer o slogan “Greatness Awaits” O site americano Siliconera diz que o roteiro para o novo comercial de TV foi adquirido a partir de uma empresa que estaria trabalhando na campanha. No roteiro diz que o comercial iniciará mostrando a rua vazia de uma cidade pequena, seguido por um homem que anda sozinho pela rua em direção à câmera, pouco a pouco sendo acompanhado por outras pessoas que vão se juntando com o decorrer do comercial enquanto as seguintes palavras são ditas: “Quem é você para não ser grande? Você, com a imaginação de uma criança brilhante e os poderes de um deus antigo.” “Quem é você para ser comum? Você, que consegue sair impune de um assassinato, ou dar vida aos mortos...” “Quem é você para ser anônimo? Você,

cujo nome deve ser dito em tons tonitruantes ou em sussurros amedrontados...” “Quem é você para ter medo? Você, que pode servir de Juíz e Juri enquanto ceifa infinitas vidas...” “Quem é você para ser escravo do passado? Você, que pode viajar no tempo como se estivesse no oceano e reescrever a história com uma única palavra...” “Quem é você para negar a grandeza? Pois se você negá-la a si mesmo, estará negando-a para o mundo todo.” Seguindo isso vem o slogan “Greatness Awaits. Playstation.” Mas agora, será isso verdade? Obviamente a Sony não se pronuncia contra ou a favor do boato, mas apesar de tudo, Siliconera está dizendo que a fonte deste roteiro é a mesma que revelou a campanha para o PSP que, mais tarde, provou ser verdadeira. E agora?


Richa aumenta subsídio para R$ 76,6 milhões e garante integração governador Beto Richa anunciou neste sábado a ampliação do subsídio ao transporte de Curitiba e Região Metropolitana, que passa a ser de R$ 76,6 milhões por ano. “Os recursos garantem a integração do sistema e a tarifa baixa”, afirmou Richa em solenidade realizada no Palácio Iguaçu para a assinatura do novo convênio com a Prefeitura de Curitiba, que é gestora da rede integrada da capital e mais 12 cidades da região. A maior parte do subsídio, R$ 53,3 milhões, virá por meio de repasse do Governo do Estado para a Prefeitura de Curitiba. A outra parte, de R$ 23 milhões, vem da isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o óleo diesel, conforme lei assinada por Richa na última segunda-feira. Antes deste novo convênio e da isenção do ICMS, o subsídio para Curitiba e RMC era de R$ 63 milhões. “Nosso compromisso é com as pessoas, e estes valores que estamos liberando demonstram o respeito da nossa equipe de governo com os usuários do transporte coletivo na Região Metropolitana de Curitiba, que passam a ser beneficiados com duas ações do Estado”, afirmou Richa. O governador ressaltou que é a primeira vez na história do Paraná que o Estado adota medidas em benefício do transporte coletivo. “Quando era prefeito, pedi apoio do Estado e não fui atendido. Por isso, sei o que esta ajuda significa para os municípios e para os usuários

do transporte coletivo”, afirmou Richa. O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, destacou a medida tomada por Beto Richa. “Agradeço ao governador pelo compromisso em favor do transporte, vai representar uma diminuição de custo importante para a rede. Criamos um diálogo para o avanço, hoje damos demonstração de avanço.” O prefeito de Pinhais, Luiz Goulart, presidente da Associação de Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (ASSOMEC), disse que prevaleceu o bom senso. “O bom diálogo entre os prefeitos e o governador Beto Richa garantiu o valor da tarifa acessível para a população.”

ISENÇÃO DO ICMS - A lei sancionada por Richa para isenção do ICMS do óleo diesel do transporte coletivo atende municípios com 140 mil habitantes. Com a desoneração, o Estado transfere R$ 38 milhões para subsidiar a tarifa de ônibus urbanos das maiores cidades paranaenses. A iniciativa atende 21 municípios, onde vivem aproximadamente 6 milhões de pessoas, e foi aprovada por unanimidade pela Assembleia Legislativa. A nova legislação determina que o benefício seja aplicado na planilha de custos dos sistemas de transporte coletivo, o que pode reduzir as tarifas em até R$ 0,06 (seis centavos). O governador cobrou a desoneração de

impostos federais que incidem sobre as tarifas do transporte urbano. Richa explicou que os tributos chegam a 25% do preço final da tarifa. “Em 2005, reuni em Curitiba os principais prefeitos do País e levamos a reivindicação ao governo federal, mas infelizmente não fomos atendidos”, disse. Na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) a isenção do ICMS atende os 13 municípios que compõem a Rede Integrada de Transporte (RIT): Curitiba, São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande, Bocaiuva do Sul, Rio Branco do Sul, Itaperuçu, Campo Largo, Campo Magro, Almirante Tamandaré, Colombo, Araucária, Contenda, Pinhais e Piraquara. No interior, quatro cidades beneficiadas já anunciaram redução no preço da tarifa. O prefeito de Ponta Grossa determinou uma queda de R$ 0,10 nas passagens a partir deste domingo para quem usa o sistema eletrônico de bilhetagem. Em Londrina, Cascavel e Foz do Iguaçu a redução deve chegar a R$ 0,05. Maringá, Guarapuava e Paranaguá estudam como transferir o benefício da lei para os usuários. Do ato, no Palácio Iguaçu, participaram o deputado federal Fernando Francischini; o presidente da Assembleia Legislativa, Valdir Rossoni; o presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba, Paulo Salamuni; o secretária estadual da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; deputados estaduais, secretários estaduais e municipais, vereadores e prefeitos das cidades da RMC.


LOCAÇÃO - MAIO AGUA VERDE – Apto – Rua Dom Pedro I, 534 – 129,6m² - 3 dormitórios sendo 1 suíte c/armários, sala com sacada, cozinha c/ armários, bwc social, área serviço e garagem numerada. Piso laminado. Roma Imóveis- 3223-8015 e 8836-0061– Creci-146J. AGUA VERDE – Apto – Guilherme Pugsley, 1674 – 56,92m² - 2 dormitórios com armários, sala p/2 ambientes, cozinha com armários, bwc social, área serviço e garagem. Roma Imóveis- 3223-8015 e 8836-0061– Creci146J BACACHERI – Apto – Maximino Zanon, 328 – 71,46m² - 2 dormitórios com armários, sala p/2 ambientes, cozinha com armários, bwc social com armário, área serviço e garagem. Piso de madeira. Roma Imóveis- 3223-8015 e 8836-0061– Creci146J BATEL – Apto – Sete de Setembro, 4512 – 181m² - 3 dormitórios sendo 1 suíte, sala com sacada, lavabo, copa, cozinha, bwc social, área serviço, dependência de empregada, garagem, salão de festas e salão de jogos. Roma Imóveis- 3223-8015 e 8836-0061– Creci146J. CRISTO REI – Apto – Schiller, 82 – 102,44m² - 2 dormitórios sendo 1 suíte, piso de madeira, sala com varanda, cozinha com armários, bwc social, área de serviço e garagem. O condomínio oferece salas de reuniões, berçário, play-ground, sauna, piscina e churrasqueira.Roma Imóveis- 3223-8015 e 88360061– Creci-146J. PORTÃO – Apto – Av. República Argentina, 2500 – 135m² - 3 dormitórios sendo 1suíte com box tipo blindex, sala, cozinha com armários, bwc social c/box tipo blindex, dependência completa de empregada, área de serviço, garagem coberta, salão de festas, academia, quadra de esportes, play-ground, sala de jogos. Roma Imóveis- 3223-8015 e 8836-0061– Creci146J. REBOUÇAS – Apto – Brasílio Itiberê, 2455 – 127,40m² - 3 dormitórios sendo 1 suíte com box blindex e armário, sala para dois ambientes, cozinha com armários, bwc social com box tipo blindex e armário, área de serviço e garagem. Condomínio com portaria 24 horas, salão de festas, play-ground, quadra de esportes e estacionamento para visitantes. Roma Imóveis- 3223-8015 e 8836-0061– Creci-146J. CENTRO – Conjunto comercial – Praça. Zacarias, 36 – 66,99m² - 4 salas amplas e bwc.Excelente para qualquer tipo de escritório. Roma Imóveis- 3223-8015 e 8836-0061– Creci-146J.

VENDA - MAIO 1 - VILA IZABEL – Apto – Rua Dario Veloso – 104,32m² - R$ 245 mil. 2 dormitórios, sala para 2 ambientes, cozinha, bwc social, bwc empregada , área serviço e garagem. Roma Imóveis- 32238015 e 8836-0062 – Creci146J 2 - Vila Guaira – Apto – Rua Presidente Wenceslau Braz – 119m² - R$ 245 mil Novo, 3 dormitórios (sendo 1 suíte), sacada com churrasqueira. O condomínio oferece: churrasqueira, piscina, salão festas, salão de jogos, sala de ginástica. Roma Imóveis 3223-8015 e 8836-0062 – Creci146J. 3 - XAXIM – Apto – Rua Francisco Derosso, – 90m² - R$ 225 mil. Novo, 2 dormitórios sendo 1 suíte, sacada c/ churrasqueira. 10º andar. Previsão entrega Dez.2013. Roma Imóveis- 3223-8015 e 8836-0062– Creci-146J. 4 - BOA VISTA – Apto – Rua Jovino do Rosario – 64,00m² - R$ 270 mil .Flex Accanto. Em construção - 2 dormitórios sendo 1 suíte. O condomínio oferece: Espaço Gourmet, Lounge adolescente, salão de festas infantil, fitness, brinquedoteca, cineminha, piscina adulto e infantil, quiosque de leitura e playgorund, salão de festas adulto, churrasqueira, garage band, salão de jogos, quadra esportiva e playground. Roma Imóveis3223-8015 e 8836-0062– Creci-146J. 5 - BAIRRO ALTO – Casa residencial – Rua Rio Negro – 196m². R$ 430 mil. 3 dormitórios (sendo 1 suíte c/ hidro) com armários, cozinha (com armários) c/passa pratos, 4 vagas de garagem. Edicula c/ armários, bwc, churrasqueira. Portões automáticos, cerca elétrica. Roma Imóveis 3223-8015 e 8836-0062 – Creci-146J. 6 - CABRAL – Apartamento – Rua Da Bandeira – 117,83m² - R$ 285 mil. Terreo. 3 dormitorios (sendo 1 suite ) c/ armários, sala ampla para 2 ambientes, bwc social, bwc empregada, 1 vaga de garagem livre. Piso laminado novo. Roma Imóveis- 32238015 e 8836-0062 – Creci-146J.

7 - CENTRO – Apartamento – Rua Voluntarios da Patria – 200,00m2 – 430Mil. Amplo, 14º andar, 3 dormitorios (1 suite ), 3 salas. Roma Imóveis - 3223-8015 e 88360062 – Creci-146J. 8 - PINHAIS – Alphaville Graciosa – Terreno em Condominio – 730,82m2 – R$ 460 mil. O condomínio oferece: Portaria blindada 24 horas, central de monitoramento com câmeras, serviço de segurança com ronda 24 horas, ampla área de lazer, bosques nativos, quadra poliesportiva, campo de futebol, quadras de tênis, campo de golf, salão de festas, playground, academia, piscina e espaços infantil. Roma Imóveis- 3223-8015 e 88360062 - Creci-146J. 9 - LITORAL DO PARANA – PRAIA DE LESTE – Casa Residencial – 120,00m2 – R$ 150 mil. Alvenaria. 3 dormitórios (1 suíte ). Exc. Terreno 396,00m2. Abrigo p/ aproximados 4 veículos. 3223-8015 e 8836-0062 – Creci-146J. 10 – PAROLIN – Terreno – 366M2 – R$ 250 Mil. Plano, murado, acima do nível da Rua. ZR3.12 x 30,50m. 3223-8015 e 8836-0062 – Creci-146J. 11 – Santa Quiteria – Terreno – 385M2 – R$ 450 mil. Exc. Localização, Rua Bocaiúva. Rua asfaltada. ZR3. 11 x 35m. Estuda propostas. 3223-8015 e 8836-0062 – Creci-146J. 12 – BOCAIÚVA DO SUL – Sitio/Chácara – 24.200M2 – R$ 685 mil. Mecanizada, toda cercada, murada , com CASA PRINCIPAL ALVENARIA com aproximados 200m2. CASA CASEIRO ALVENARIA (148,80m2 ): CASA SALÃO DE FESTAS (84,00m2 ): Canil (24,00m2), piscina, campo de futebol iluminada, vestiário, sistema de monitoramento com 8 cameras com gravação noturna, poço com água potável, arvores frutiferas, rio Capivari passa nos fundos da propriedade . Entradas individuais (principal, caseiro, e para serviços). Roma Imóveis 3223-8015 e 8836-0062 – Creci-146J .


Coritiba se torna tetracampeão Paranaense de forma consecutiva O Coritiba venceu o Atlético-PR por 3 a 1 e se tornou tetracampeão estadual. Os gols da partida disputada no estádio Couto Pereira foram marcados por Geraldo, Alex (2). Pelo Atlético Paranaense, Hermani abriu o placar. O time do técnico Marquinhos Santos teve uma ótima campanha no estadual. Ao todo, foram 14 vitórias, 6 empates e duas derrotas (para Atlético-PR e Paraná no segundo turno). O time do técnico

Ricardo Drubscky conquistou o seu último título em 2009. O coxa é o time que mais conquistou títulos paranaenses. O segundo time que mais venceu no estado é o Atlético, com 22 títulos. Os outros times com mais títulos são o extinto Ferroviário (com oito conquistas) e o Paraná (sete conquistas).

DO CONDOMÍNIO CONDOMÍNIO COLUNA COLUNA DO

A inspeção predial é a melhor ferramenta para definir um plano de manutenção para o condomínio. Mesmo os síndicos mais bem intencionados e preocupados com a qualidade da manutenção do condomínio podem se equivocar ao definir as obras prioritárias a serem executadas. Muitas vezes, são tantas as necessidades que o síndico não sabe nem por onde começar. Fachadas, instalações elétricas, elevadores, etc... O que será mais importante? O melhor instrumento do que os síndicos dispõem para organizar a manutenção é a inspeção predial. Ela serve para auxiliar o síndico ou gestores na organização e captação de recursos voltados à manutenção predial, em busca da formalização e implementação do “plano de manutenção predial”, aponta o engenheiro civil e administrador de empresas Jerônimo Cabral Pereira Fagundes Neto, diretor do Instituto Brasileiro de Avaliações e Pericias de Engenharia de São Paulo (IBAPE). Segundo Jerônimo, a inspeção atua como um verdadeiro “check-up” da edificação. “Dessa forma, auxilia os gestores ao apontar a ordem de prioridades, afastando o subjetivismo na classificação da prioridade, dando lugar à necessidade técnica da intervenção.” A inspeção predial pode ser realizada por engenheiros ou arquitetos (profissionais regulamentados pelo CREA- Conselho regional de engenharia e arquitetura). Conforme a definição da Norma de Inspeção Predial do IBAPE, “é a avaliação isola-

Creci J 3.943

da ou combinada das condições técnicas, de uso e manutenção da edificação”. “A inspeção deve ser utilizada pelo inspetor predial como ferramenta para análise das condições técnicas de uso e manutenção da edificação”, completa Jerônimo. A inspeção poderá identificar problemas originados na sua fase construtiva, sejam eles pertinentes ao projeto, relacionados ao fornecimento inadequado de material ou ainda associados à utilização de mão-de-obra destreinada que causam as chamadas anomalias construtivas. A inspeção classifica, então, os problemas identificados em função do risco à saúde e segurança dos usuários. Os problemas são classificados segundo o grau de urgência em relação à prioridade de intervenção, definindo-se, o plano de manutenção, explica o engenheiro. Jerônimo complementa que a inspeção é uma das ferramentas da engenharia diagnóstica, além da inspeção, vistoria e perícia são os outros conceitos para avaliar o estado de conservação de um imóvel. “A principal diferença entre vistoria e inspeção é que o objetivo da vistoria e inspeção é que o objetivo da vistoria consiste na simples constatação enquanto a inspeção pressupõe a análise do risco. Na perícia, após a análise, também deve-se investigar a origem e as causas dos fatos analisados. “É importante notar que existe uma progressão nos objetivos conforme a ferramenta utilizada” orienta o Engenheiro. Fonte: SECOVI Paraná


Um senhor, com pouco mais de 80 anos, sentado em um banco da praça, chorando copiosamente. Passando pelo local, um moço sensibilizado com o que vê, senta-se ao lado dele e puxa assunto: - O que o aflige, meu bom homem ? Ao que ele responde: - Estou apaixonado por uma moça de 22 anos... - E o que há de mal nisso? O senhor não é correspondido? Aos prantos, ele responde: - Claro que sim, não é o que você está pensando. Moramos juntos, ela é lindíssima. Toda manhã, antes dela ir ao trabalho, trocamos beijos e abraços. Na hora do almoço ela volta para casa, namoramos, almoçamos juntos todos os dias. À tarde saímos para passear e à noite voltamos para o nosso ninho de amor e transamos. Ele então para, incapaz de proferir mais uma só palavra. Então o moço o abraça e diz: - Eu não o entendo... Por que o senhor chora tanto? E o velhinho responde entre soluços: - Esqueci onde eu moro! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oAssalto em Alegrete Um ladrão mal encarado entra num banco em Alegrete com um 38 em punho e exige que o caixa lhe passe toda a “grana”. O caixa se borrando todo entrega o dinheiro. Na saída olha para um cliente e pergunta: - Se tu é macho me responde... Tu me viu robá esse banco? - Sim, eu vi !!! O ladrão atira nele sem piedade. Logo em seguida volta-se para outro cliente que está de bombacha parado ao lado de uma senhora e faz a mesma pergunta: - Vivente... Tu me viu robá esse banco? - Mas ...Bah, tchê... Eu tava aqui meio que distraído e não vi; mas a minha sogra aqui viu. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oSEPARAÇÃO: Nunca se meta! Dois amigos conversavam, quando, depois da segunda, terceira, quarta cerveja, Carlos diz: - Sabe João, descobri uns lances estranhos e acabei com tudo, quase deu morte. Tô na fase da divisão dos bens. Separação é triste. - Pô, cara, é triste mesmo... - Tô meio arrasado, mas agora vou organizar minha vida sozinho e de forma diferente. - Mas, João, sabe de uma coisa? Foi bem melhor mesmo. Tua mulher tava dando pra todo mundo e os caras disseram que ela é muito vadia. - Pô, João !!! Eu me separei foi do meu sócio! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oUm médico, numa cidadezinha do interior de Minas, queria tirar um dia de folga, mas não podia fechar o consultório. Chamou o Zé, dono da única farmácia do lugar, e propôs a ele: - Zé, ando muito cansado e preciso tirar um dia pra pescar. Como aqui não acontece nada grave, você fica no meu lugar. Pode ser? O Zé aceitou. O médico vestiu o jaleco no

O condenado à morte esperava a hora da execução, quando chegou o padre: - Meu filho, vim trazer a palavra de Deus para você. - Perda de tempo, seu padre. Daqui a pouco vou falar com Ele, pessoalmente. Algum recado?

Zé e foi pra pescaria. De tardezinha, quando retornou, o médico perguntou ao Zé: - E aí, Zé, como foi o dia? - Correu as mir maravia. Atendi treis duentes. O médico, preocupado, pergunta: - Quais foram os casos? - O primero era um omi que tava com dô de estrombo. O médico perguntou: - O que você deu para ele? - Dei omeprasó. - Agiu certo, OMEPRAZOL. E o segundo? - O segundo foi um otro ome que tava com dô de cabeça. - O que você receitou para ele? - Dei tilenó. - Correto, TYLENOL. E o terceiro caso? - A tercera foi uma muié que entrô, trancô a porta, tirô a rôpa, ficô peladinha, deitô na cama e disse: - O sinhô pricisa resolvê o meu pobrema, faiz 5 ano qui eu não vejo um omi. O médico, alarmado: - Meu Deus do céu, Zé! O que você fez com ela? - CARQUEI COLIRO NOS ZOIO DELA, UAI. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oFILOSOFIA Não paramos de nos divertir por ficarmos velhos. Envelhecemos porque paramos de nos divertir. Existem pessoas divertidas que não interessam e pessoas interessantes que não divertem. Por maior que seja o buraco em que você se encontra, sorria, porque, por enquanto, ainda não há terra em cima. Eu não tenho medo de morte, eu apenas não quero estar lá quando acontecer. Está comprovado que doce não engorda, quem engorda é você! Tempo é dinheiro. Vamos, então, fazer a experiência de pagar as nossas dívidas com o tempo. (Barão de Itararé) Existem três tipos de pessoas, as que sabem contar e as que não sabem. Se um dia sentir um enorme vazio dentro de você, vá comer! Pode ser fome. Sabe o que é a meia-idade? É a altura da vida em que o trabalho já não dá prazer, e o prazer começa a dar trabalho. O casamento é o preço que os homens pagam pelo sexo; o sexo é o preço que as mulheres pagam pelo casamento. Nunca se ache demais, pois tudo o que é demais sobra, tudo o que sobra é resto e tudo o que é resto vai para o lixo. Fuja das tentações, mas devagar, para que elas possam te alcançar... O brasileiro no trânsito é omisso. Até na hora de ser atropelado ele tira o corpo fora. Viva cada dia como se fosse o último. Um dia você acerta.


Espaço da Poesia Antonio Pedro Flores Amaral, morador na divisa dos bairros Água Verde e Rebouças FELICIDADE Ó FELICIDADE DA BONDADE CELESTE! SINTONIZA-SE PARA SEMPRE COMIGO PASSO A PASSO ATÉ O PASSO MAIS FUNDO FAÇAS NASCER SETE ESTRELAS! PARA ILUMINAR

OS SETE DIAS SEMANAIS JUNTOS SINTONIZADOS ATAREMOS NUVENS! E SUFOCAREMOS AS MALDADES HUMANAS! ILUMINANDO COM LUZES CELESTES! SEGUIREMOS: FAÍSCANDO AS SETE ESTRELAS DIVINAS

UM DOS MELHORES SITES Política internacional sem subserviência www.marchaverde.com.br A verdade sobre a guerra de agressão à Síria: www.marchaverde.com.br Aquilo que a mídia ocidental não publica: www.marchaverde.com.br

Esporte

Jefferson Gomes Cabral e Silva

1, 2, 3 é Sub-23 O time Sub-23 do Atlético Paranaense mostrou que é uma grande equipe. Petraglia tem razão em suas afirmações e certamente disputar o paranaense com o time Sub23 foi de fundamental importância para fortalecer este time jovem do Atlético Paranaense. Agora, que começará, o campeonato brasileiro, o Atlético Paranaense tem um dos elencos mais preparados. Podendo utilizar tanto o time A, a exemplo também o time B. É o único time do Brasil que terá reforços do seu próprio time. A Arena FIFA está ficando um espetáculo. O Atlético Paranaense terá, sem dúvidas, o melhor estádio do Brasil. Que certamente será espetacular para o futebol paranaense. O atacante piauiense Crislan também terá oportunidades no time de cima. Provou que é um grande jogador. A exemplo de Douglas Coutinho tem tudo para brilhar no Furacão. O Coritiba deverá fazer um bom campeonato brasileiro, após a conquista do Paranaense. A torcida coxa branca aguarda um novo técnico. Mais experiente que Marquinhos Santos, para a disputa do campeonato brasileiro. Geraldo também merece mais oportunidades no time. Acredito que seja necessário a vinda de mais um atacante e mais um zagueiro. A chegada de Dado Cavalcanti é boa para a motivação dos jogadores tricolores. Resta saber se ele terá a experiência para comandar o time tricolor no campeonato brasileiro da série B. Afinal, ele já provou

no campeonato paulista, treinando o Mogi Mirim que é um grande técnico. Agora terá que provar também no campeonato brasileiro da série B. Fico em Dúvida até onde é bom para o tricolor, essas chegadas e saídas de jogadores. O ideal seria fortalecer as categorias de base. Destaques: Radio Itatiaia, a maior Rádio do Brasil, em Belo Horizonte, com a melhor equipe de esportes do Brasil. Confraria do Atlético Paranaense em Belo Horizonte, no bar e mercearia da Serra, na Rua do Ouro, 1448; Marcos do restaurante Veneza, o melhor de Santa Felicidade; Henri, do restaurante Moustache, em Bal. Camboriú, na Avenida Atlântica, a culinária 5 estrelas; Orli da La Ventura Grill, churrascaria na Avenida das Torres; Roque Passeti e Vânio da Churrascaria Gaúcha, no Pinheirinho; Edson Esquinazi, da Roma Imóveis; Dentista Flávio Micima, na Praça Rui Barbosa, odontologia 5 Estrelas – (41) 32234152. Destaque para Zéquinha, Edson Junior, Excelentes funcionários do Restaurante vegetariano Bouquet Garni, o melhor restaurante vegetariano do sul do Brasil. Os atleticanos paranaenses: Acir Gabardo, Kalil Bark, Therer, Thariq, Asis, freqüentadores do Chopp Sorriso na Praça Osório. Abdo do Café do shopping Metropolitan na Praça Rui Barbosa. Osvaldo do Tucas Cabeleireiros, na praça Rui Barbosa, na Cidadania da Matriz. Vilmar do Açougue Regina (41-32225456). O excelente advogado Pedro Vieira César (41- 3021-3366) no edifício Wawell na praça Osório.


s opiniões estão divididas quanto à aplicação da lei seca. Existem prós e contras, mas fazendo um balanço geral, a medida é benéfica, você pode aprender a viver a lei seca sabendo subtrair benefícios e continuar aproveitando seus momentos de lazer independente da aplicação desta lei, com planejamento e satisfação. Algumas pessoas se acham de alguma forma prejudicadas pelo “rigor” da lei, mas em poucos meses a medida já mostrou o quanto é capaz em preservar vidas no trânsito, que é o maior intuito da nova legislação. O volume de atendimentos do Corpo de Bombeiro, a atropelamentos e acidentes nas pistas e dos Serviços de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no país diminuíram sensivelmente. Além da redução de acidentes, vêm também os primeiros resultados econômicos. Entre eles o preço do seguro de automóveis que promete baixar com a diminuição de sinistros, e mais, um número menor de acidentes resultará também em preços mais baixos de seguros de vida e de acidentes pessoais. Hoje cerca de 50% das indenizações pagas por danos corporais, que são os que mais geram custo ao mercado segurador de veículos, envolvem embriaguez. Vivendo a lei seca Outro benefício que podemos destacar é que as pessoas descobriram lugares interessantes para frequentar nas proximidades de onde moram, interagindo assim com a vizinhança. Ao utilizar o seu veículo para sair de casa você está sujeito a pagar estacionamento – com preços cada vez mais abusivos -, ter o veículo roubado (em Curitiba roubam 25 carros em média por dia), enfrentar problemas no trânsito, etc... Ao preferir prestigiar o comércio local você pode deixar o veículo guardado na garagem e desfrutar sossegado dos prazeres que o aguardam sem maiores problemas, isso sem falar na economia de combustível.

VIVA A LEI SECA! Choperia Colarinho, um botequim prá lá de interessante. Considerado como um dos melhores da cidade, citado nas edições da “Veja, o melhor da Cidade” desde 2007 e caderno “Bom Gourmet” da Gazeta do Povo em 2007, o lugar é escolhido por pessoas que buscam um local bem frequentado, aconchegante, com bom atendimento e excelente gastronomia (comandada por Chef), atributos que acompanham um bom papo e garantem o seu melhor momento. O cardápio variadíssimo vai de aperitivos (carne de onça, caldinho de feijão com torresmo, salada de carpaccio com rúcula), porções (carne seca desfiada refogada em cebola, moela ao molho, asinha crocante, linguiça alemã, bolinho de aipim recheado com barreado e banana, bolinho de bacalhau, quibe frito) até sanduíches (de mignon, carne seca e o famoso hambúrguer de maminha com lingüiça Blumenau).

Costelinha suína

Carne de Onça

Shows de música Variados gêneros e tributos a grandes nomes da música popular brasileira acontecem vez por outra.

Quibe cru (toda terça)

Sanduíche de carpaccio

Hamburguer de maminha com linguiça Blumenau

Croquete morreteano

Camarão

Jantares Jantares quinzenais com buffet livre. Receitas tradicionais como osso buco, rabada, arroz de braga, bobó de camarão, paella entre outros. Aos sábados os vizinhos podem contar com a mais tradicional moqueca de peixe (pescada amarela) com frutos do mar, filé de peixe grelhado ao molho de camarões, alcaparras e champignon, ou ainda o bife de chorizo ao molho de manteiga com manjericão. Descubra que é possível fazer um brinde com responsabilidade, alegria, descontração e bem ao lado da sua casa. Visite o Colarinho e viva a lei seca!

Paella. No local ou domicílio

A tradicional Paella do Colarinho pode ser degustada no local ou em casa, sempre sob encomenda.

Serviço Colarinho Chopp Bar Rua Brasílio Itiberê, 3642 Fones 41 3078.2196, 9602.1640 e 9995.7117

Jornal Água Verde Maio 2013  

Jornal de bairros de Curitiba

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you