Issuu on Google+

Comandante faz a senadora Marta Suplicy descer do avião em voo para a França

Não foi exatamente tranqüilo o início do vôo 455 da Air France que decolou de São Paulo para Paris. A responsável pela trepidação foi Marta Suplicy, que ia para a China, com escala em Paris. Ao embarcar, o casal Marta e Luis Favre relaxou e decidiu não passar pela revista de bagagem de mão feita por raios X. Os Favre furaram a fila da Polícia Federal. Vários passageiros se revoltaram. Marta respondeu que, no Brasil, as autoridades não estão obrigadas a cumprir as exigências que recaem sobre os brasileiros comuns. Os passageiros "não relaxaram" com a explicação. Continuaram a reclamar, mesmo com todos já embarcados. Deu-se, então, o inusitado:

o comandante do Boeing 777, um francês, que mais parecia oficial da famosa e inesquecível "Legião Estrangeira", daqueles soldados que ao cumprimentarem batem os calcanhares das botas e se inclinam respeitosamente, saiu da cabine do avião, chamou a segurança do aeroporto, mandou abrir as portas da aeronave, e avisou com voz solene, em português mas com forte sotaque francês, o seguinte: - Boa noite senhores passageiros. Aqui quem fala é o Comandante. Comunico que o avião não irá decolar enquanto o casal, um que se encontra na classe executiva e outro na primeira classe, não sair dos seus assentos e, levando duas bagagens de mão, passarem pelos equipamentos de raios-X. Os seguranças do aeroporto irão acompanhá-los até o local dos equipamentos. Marta Suplicy deixou seu assento na primeira classe (Favre estava na executiva) e, azul de raiva, com a cara de bunda, escoltada pelos seguranças foi cumprir a ordem do comandante. Nesse instante, os passageiros 'relaxaram e gozaram', com grande alarido, e aplaudiram o comandante. A viagem transcorreu num clima de festa para os passageiros, e de velório para a dupla de pobres arrogantes. Lauro Jardim

Pizzolato e o “petismo de resultados” A justiça italiana decidiu manter atrás das grades o petista e ex-diretor de marketing (posição estratégica responsável pela maioria do Caixa 2 dos partidos políticos) Henrique Pizzolato. Além de fugir do país com documentos falsos, Pizzolato ainda se dá ao luxo de afirmar sua inocência no escândalo do mensalão, onde foi condenado a mais de 12 anos de prisão. Para muitos petistas o mensalão foi uma armação da Justiça brasileira contra o PT. Todos devem esquecer as centenas de quilos de papéis dos autos onde ficou comprovado o mensalão. Para os adeptos do “petismo de resultados”, isto é, aqueles que defendem que “os fins justificam os meios”, não houve cenas de dinheiro na cueca, depósitos e saques milionários na boca do caixa, malas e malas de dinheiro da corrupção, afinal de contas, roubar para defender o proletariado é uma estratégica defendida por muitos ideólogos marxistas. O “petismo de resultados” é a justificativa daqueles que um dia condenaram a corrupção e se tornaram corruptos após assumir o poder. O PT foi construído na luta pelas liberdades democráticas e contra a corrupção, mas quanto mais o tempo

passa, mais seus políticos ficam parecidos com aqueles que eles criticavam; entretanto, ainda existem muitos idealistas no partido, gente que acredita nas boas intenções dos dirigentes partidários, mas os escândalos constantes na Petrobras, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, entre muitos outros, está minando a credibilidade acima de qualquer suspeita que o partido se dizia detentor. A polícia italiana apreendeu 3 computadores de Pizzolato, que revelaram o envio de dinheiro a bancos da Itália meses antes de sua fuga. Henrique Pizzolato fugiu do país para não ser preso. Caso fosse inocente, não se prestaria a essa aventura criminosa. Ele forjou e falsificou documentos do irmão morto, como qualquer criminoso comum. Um petista que desfrutava da companhia – participava de reuniões – com as mais altas autoridades do país, ontem respeitado e admirado pela militância petista, divide hoje uma cela comum com marginais e bandidos em Bolonha. Triste fim para um petista que no passado desfilava arrogância e prepotência pelos palácios de Brasília. Abel Kaheler

Vereador quer que empresas e URBS devolvam mais de R$ 300 milhões a usuários de ônibus Diante da decisão do Tribunal de 300 milhões de reais. Contas do Paraná de reduzir a tarifa - Esta fortuna toda que saiu dos Passagem de ônibus técnica do transporte coletivo de usuários dos ônibus significa que as Curitiba, em R$ 0, 43 (quarenta e empresas e seus proprietários tivea R$ 2,22 é possível três centavos), ou seja, passando de ram um enriquecimento sem causa, R$ 2,93 para R$ 2,50, o vereador Jorge Bernardi, que foi presidente da CPI do Tr a n s p o r t e Coletivo, disse a medida agora é fazer com que as empresas e a URBS devolvam aos usuários aquilo que cobraram a mais usuários do nos últimos três anos. Segundo Bernardi cada centavo na tarifa do transporte público de Curitiba significa R$ 3.100.000,00 (três milhões e cem mil reais) a mais por ano para as empresas. Os R$ 0,43 centavos na tarifa técnica representam que em 2013/14 os usuários do sistema de ônibus foram lesados em R$ 130 milhões de reais. Somando-se a este valor superfaturado na tarifa, nos últimos três anos, significa que a população curitibana teve um prejuízo de mais de R$

portanto devem devolver a população aquilo que se apropriaram indevidamente. Este é um momento é histórico, e o Tribunal de Contas do Paraná fez um trabalho exemplar, confirmando tudo aquilo que a CPI havia apontado” – afirmou Jorge Bernardi. Bernardi disse ainda que a CPI e o próprio Tribunal de Contas e outras auditorias independentes apontaram que houve fraude na licitação do transporte coletivo, que há evidências de formação de cartel e por isto, ela deve ser anulada. “Tudo o que apuramos na CPI agora o Tribunal de Contas confirma numa decisão que beneficia o povo trabalhador de Curitiba. A tarifa superfaturada causou este enorme prejuízo a população que deve ser ressarcida – disse.

Ao anunciar o valor da passagem de metrô a R$ 2,45, a prefeitura de Curitiba abriu precedentes para questionarmos com ainda mais veemência o atual valor da passagem de ônibus, subsidiada a R$ 2,70. Como os modais metrô e ônibus terão de ser obrigatoriamente integrados, quando o metrô entrar em operação a passagem de ônibus também custará R$ 2,45? A pergunta se baseia em um dos instrumentos de um sistema integrado: a tarifa única. Na audiência pública sobre o metrô curitibano realizada recentemente, a prefeitura informou que o valor final da passagem do metrô deverá ser uma composição de cinco fatores: os custos de cada um dos três consórcios de transporte coletivo de Curitiba, o custo da tarifa dos ônibus metropolitanos e o custo da tarifa do metrô. Como confiar no custo do modal ônibus se esse custo foi investigado pela CPI do Transporte Coletivo, que apontou indícios de irregularidades e a necessidade de revisões na planilha, que contém 70 itens e compõe o custo de todo o sistema hoje existente? Como relator da CPI, me debrucei sobre as informações que nos foram repassadas, utilizei meu conhecimento técnico de engenheiro mecânico fazendo e refazendo cálculos para descobrir o valor real do serviço de transporte coletivo. Por isso, defendo que é possível, sim, baixar com responsabilidade a passagem de ônibus e chegar a R$

2,22. Mas, para isso, precisaríamos de uma ação enérgica do Ministério Público, da Justiça e também da prefeitura. Assim como precisaríamos da mesma força de vontade para implementar uma boa solução para a integração multimodal: o bilhete único, modalidade tarifária que usa o tempo e não o número de viagens. Dessa forma, com uma taxa mensal de aproximadamente R$ 120 (equivalente a um tanque de combustível), o usuário poderia utilizar quantas vezes fosse necessário qualquer transporte público da cidade dentro do prazo de um mês. E sucessivamente teríamos bilhetes únicos para usar o transporte público por um dia, uma semana, um mês e até um ano. Tudo eletrônico. As integrações hoje restritas aos terminais e alguns pontos passariam a ser possíveis em todos os pontos de parada da cidade. Reduzir a passagem é possível, assim como a implantação do bilhete único é fundamental para tornar o nosso sistema de transporte mais atraente para os novos usuários. A integração com o carro e a bicicleta em estacionamentos próximos aos grandes terminais de transporte coletivo existentes em Curitiba também é essencial. São iniciativas como essas que farão de Curitiba uma cidade melhor no futuro, voltando a ser modelo de transporte público. Bruno Pessuti, engenheiro mecânico, é vereador e foi relator da CPI do Transporte Coletivo da Câmara Municipal de Curitiba.

Aproveitando o verão nas praias e piscinas

Dicas para o consumo de alimentos em praias e piscinas. Veja que cuidados tomar! ntes de ir à praia ou rios do Paraná, consulte o site do governo sobre balneabilidade, para ter certeza sobre a qualidade da água. Quando a água está imprópria para banho, por elevados níveis de contaminação (na maioria das vezes causados por esgoto doméstico), o melhor é trocar de local para evitar doenças alérgicas, bactérias e diversas outras doenças. Para curtir o verão sem levar a programação toda para o brejo, não se deve descuidar da alimentação. Nessa época do ano é registrado, em média, um aumento de 20% no número de atendimentos em pronto-socorros e hospitais devido a intoxicações alimentares e à ingestão de alimentos mal armazenados e estragados - eles causam vômitos, diarréia, desidratação, malestar, entre outros. É nesse sentido, portanto, que os cuidados com a alimentação devem ser redobrados, evi-

tando colocar a saúde em risco. Através de hábitos simples e de um controle adequado do que é consumido podemos evitar problemas gastrointestinais, infecções e intoxicações alimentares. É comum que em praias e clubes o acesso a alimentos gordurosos como frituras e porções de petiscos seja mais fácil. Isso torna esses alimentos um dos mais consumidos no verão. Mas a forma de armazenagem, higiene, odor e sabor do alimento deve ser observada para evitar problemas. Frituras, alimentos gordurosos, bebidas alcoólicas e doces devem ser evitados e substituídos por alimentos naturais, como água de coco, sucos, água, frutas etc. Os cuidados com a alimentação fora de casa devem ser os mesmos de sempre: é importante que se verifique a higiene e limpeza dos carrinhos, isopores, utensílios, bem como a forma de armazenamento dos produtos

e se há o uso de luvas e roupas adequadas para o manuseio seguro dos alimentos e do dinheiro. Na praia, por causa do sol e do calor, o ideal é o consumo de alimentos leves, de fácil digestão e que ajudem na reposição de água e sais minerais perdidos através da transpiração. Sempre vale a pena levar água, sucos, frutas, lanches naturais para praias ou clubes, especialmente se você estiver acompanhada por crianças. Além da economia, você garante a procedência e higiene dos alimentos. Se você têm certa dificuldade para fazer seu filho comer de forma saudá-

vel fora de casa, o ideal é negociar um limite diário para o consumo de alimentos calóricos, ricos em colesterol e açúcar. Os pais podem estipular um sorvete por dia, por exemplo. O ideal é não deixar as crianças ficarem somente nos petiscos. Ofereça bastante água, leve frutas picadas e lanches naturais para que a alimentação fique mais equilibrada. Antes de ir à praia, prepare um café da manhã completo com leite, frutas, queijo, pães, e faça ao menos uma refeição completa ao dia com arroz e feijão, carne magra, salada etc. Chocolate e maionese no calor nem pensar.

Guia prático para o turista estrangeiro no Brasil Brasil é um país muito diferente do resto – ou maioria – dos países do mundo. Você, turista estrangeiro, que virá ao Brasil para participar da Copa do Mundo de 2014, fique sabendo que a legislação para os brasileiros é a seguinte: 1 - Se você for com sua esposa, seus filhos, noras, genros, netos, almoçar fora no domingo e tomar 1 ou 2 chopps, ou 1 ou 2 copos de cerveja no almoço e for parado numa blitz, você paga uma multa de R$ 1.960,00, tem a carteira cassada por um ano, o carro apreendido e vai preso. 2 - Se você comer 1, 2 ou 3 bombons de licor, tomar xarope para a tosse ou tomar alguns comprimidos de homeopatia e for parado numa blitz, você paga uma multa de R$ 1.960,00, tem a carteira cassada por um ano, o carro apreendido e vai preso. Se tens dúvidas tome conhecimento da lei que estabeleceu estas punições. 3 - Se alguém fumar maconha, crack, cheirar cocaína, tomar "ecstasy", consumir heroína ou ópio e for parado numa blitz, nada vai acontecer. 4 - Se alguém roubar, assaltar, estuprar, atropelar e até matar alguém, com um bom advogado, o máximo que vai acontecer é esperar o julgamento em liberdade e se for condenado como réu primário, ir para o regime semi-aberto.

E se tiver bom comportamento só vai cumprir um terço da pena. 5 - Já se alguém roubar milhões de reais do povo ou dos cofres públicos, várias coisas podem acontecer: Vai se eleger deputado ou senador, vai passar 15 dias num resort

na Bahia em companhia da amante, vai ser eleito presidente do Senado, vai ser nomeado ministro ou presidente de uma agência controladora. E mais alguns detalhes: Se o brasileiro tiver menos de 18 anos completos, pode beber e dirigir como quiser, roubar, assaltar, estuprar e matar à vontade Quantas pessoas quiser, é verdade mesmo, acredite que não tem problema algum. Ele será "apreendido" porque é criança e pega

no máximo 3 anos. Portanto, cuidado com os menores infratores. Agora o melhor de tudo: Se um brasileiro tem uma arma em casa, comprada regularmente depois de passar por todas as dificuldades da compra, com todos os atestados, testes e documentos apresentados e tiver a infelicidade de atirar em um bandido que entrou na sua casa para roubar o que é seu, será preso por tentativa de homicídio e terá que pagar indenização ao bandido por danos físicos e morais. Pior ainda se o bandido for menor. Aí ele está lascado mesmo. E se por acaso ele estiver desarmado, aí é caso de tentativa de homicídio qualificado, sem possibilidade de defesa da vítima. Portanto cuidado: se um bandido entrar na sua casa, antes de atirar pergunte educadamente o que ele deseja, pergunte se ele está armado e pergunte se ele é menor. Agora, se ele te matar e for preso, vai receber R$ 922,00 mês x filhos/mês.

Agora veja a cara do seu amigo estrangeiro. Ele vai estar pensando se você é gozador, mentiroso ou ignorante. Mas, afinal, você é brasileiro. Para matar o gringo de susto, diga

que no Brasil os juízes que vendem sentenças ou roubam dinheiro público são condenados à aposentadoria remunerada. Ele ainda vai te chamar de mentiroso se você disser que precisa trabalhar 5 meses e 8 dias para pagar os impostos de um ano. Este é o Brasil que deu certo. Imagine se desse errado?

Memória do bairro: O vencedor Real Esporte Clube ouca gente sabe mas o Real Esporte Clube, Campeão Amador de Curitiba e primeiro Campeão Amador do Paraná, tinha sua sede em plena avenida República Argentina, 1059, nas décadas de 50 e 60. O clube foi fundado em 11 de junho de 1954, em uma reunião com moradores do bairro e jogadores do Água Verde e Palestra Itália. A festa era em comemoração ao 32.º aniversário de Waldomiro Rauth (falecido em 12 de maio de 1982). Durante os festejos surgiu a proposta de fundar o Real Esporte Clube, um time que conquistou os maiores títulos do campeonato amador. No título patrimonial dos associados, no verso, havia um lembrete: “O número deste título concorrerá ao sorteio de um Rádio Transistor”. Após a morte de Waldomiro Rauth, Ivo Dorigo promovia anualmente uma festividade para relembrar o Real, até que no ano

1960 - Tri campeão da Liga de Campo Largo; 1960 - Campeão Amador do Estado; 1961 - Campeão do Torneio Início da 2.ª Divisão em Curitiba; 1961 - Campeão da 2.ª Divisão em Curitiba; 1962 - Vice campeão amador do Estado;

passado ele cancelou o evento por causa do falecimento do ex-jogador Gasparim, que brilhou no futebol paranaense durante algumas décadas. Fotos: título patrimonial do sócio – e ex-jogador do time – Luiz Vicente de Oliveira Santos, e a equipe do Real que venceu a Seleção de Antonina por 2 X 0.

Confira a relação das conquistas: 1955 - Campeão do Sesi; 1956 - Campeão do Torneio Início Sesi; 1956 - Bicampeão do Sesi; 1957 - Tri campeão do Sesi; 1958 - Campeão da Liga de Campo Largo; 1959 - Bicampeão da Liga de Campo Largo;

1963 - Campeão da Principal Divisão Amadora de Curitiba; 1964 - Vice campeão da principal divisão amadora de Curitiba; 1965 - Campeão da 1.ª Divisão de Curitiba; 1966 - Vice campeão da Taça Cidade de Curitiba.

'PF na UTI' para em todo Paraná Os policiais federais no Paraná decidiram paralisar parte dos serviços desde o início da madrugada desta terça-feira. O protesto ocorre em apoio à manifestação nacional, que reivindica melhores condições de trabalho, aumento do efetivo, reconhecimento de função de nível superior e cortes de verbas. A paralisação vai durar 24 horas, segundo o Sindicato dos Policiais Federais do Paraná. "A PF está na UTI. Nós estamos tentando tirar. Precisamos que a sociedade se mobilize para que a categoria não acabe. Se isso acontecer, quem vai sofrer é o povo", disse o presidente do Sinpef/PR, Fernando Vicentini. Na capital, a concentração começou às 8h30 na sede da superintendência da PF. Com um carro de som, os policiais seguiram até a Arena da Baixada e fize-

ram uma panfletagem. Em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, as atividades de investigação e operacional estão paralisadas. Em Londrina, os policiais também

paralisaram as atividades. Eles estão concentrados na sede da PF. "Atualmente, é exigido o nível superior no ingresso à Polícia Federal, porém as atribuições são de nível médio. Queremos que seja criada uma lei orgânica que estabeleça isso,

até por conta do trabalho que se desenvolve", disse Flávio Uliano, representante do sindicato em Londrina. Também em Maringá os policiais federais aderiram à paralisação. Trinta policiais paralisaram as atividades. Em Foz do Iguaçu, os policiais estão reunidos no sindicato local para decidir sobre as próximas paralisações e greve por tempo indeterminado. "Os trabalhos estão bastante prejudicados, já que nós estamos mantendo o mínimo legal necessário para atendimento dos postos e dos serviços mínimos da delegacia. Os policiais estão cumprindo uma agenda de dois meses

com mobilizações e paralisações", relata a diretora do sindicato, Bibiana Orsi. Ela disse ainda que a paralisação pode passar de 24 horas. "Nós podemos evoluir para um quadro de greve. Vai depender da continuidade do sucateamento da PF. Estamos denunciando essa situação há cinco anos, fizemos uma greve de 70 dias em 2012 e o governo não cumpriu nenhuma parte do nosso acordo. Em ano de Copa não dá para abandonar a segurança", destaca. Na Ponte da Amizade, os policiais federais estão trabalhando apenas no setor de migração. A fiscalização de veículos e pessoas está suspensa.

9946.1233

O novo polo gastronômico de Curitiba: bairro Água Verde P r e f e i t u r a Municipal de Curitiba já havia detectado o potencial gastronômico do bairro Água Verde desde 2012, quando o então prefeito Luciano Ducci apresentou um projeto para criar o Polo Gastronômico Água Verde, a exemplo do projeto apresentado no Batel, com fonte luminosa, calçadas em granito, iluminação especial e diversas obras de paisagismo. O Polo Gastronômico Água Verde compreenderia trechos das ruas Chile e avenida Água Verde, oferecendo um espaço convidativo para a população desfrutar da tranquilidade das ruas e das inúmeras atrações gastronômicas da região. O projeto não decolou. Alguns políticos e moradores decidiram atacar as melhorias que estavam sendo realizadas na avenida do Batel, criticando duramente a colocação de granito nas calçadas, como se a valorização de um espaço público para bairros ricos fosse uma afronta aos bairros

periféricos menos desenvolvidos. Não é verdade. Essa comparação é meramente eleitoreira e demagógica. São justamente os bairros mais ricos aqueles que mais geram impostos para o município, e o contribuinte tem o direito de ver o seu dinheiro aplicado no bairro onde ele vive ou trabalha. Em resumo, com a paralisação das obras de calçamento e obras de

paisagismo na avenida do Batel perdeu Curitiba e a sua população. O bairro Água Verde também saiu perdendo porque o Polo Gastronômico do Água Verde seria um atrativo para beneficiar toda a população das proximidades da rua Chile e avenida Água Verde, gerando mais empregos, desenvolvimento e progresso.

Apesar dos pesares, o bairro Água Verde continuou crescendo às custas do empreendedorismo de seus comerciantes e empresários, notadamente na gastronomia. Diversos restaurantes e bares foram inaugurados nos últimos meses para atender uma população de classe média e classe média alta, a ponto do bairro se transformar no mais novo polo gastronômico da cidade.

Excelentes restaurantes fazem parte hoje do cotidiano do bairro Água Verde, incluindo restaurantes temáticos de comida espanhola, japonesa, italiana, árabe, entre outras. Para desfrutar da melhor culinária da nossa cidade, seja comida nacional ou internacional, o consumidor encontra no bairro Água Verde as melhores opções. Enquanto alguns bairros de Curitiba se especializaram em comida para turistas, servindo quantidade e não qualidade, o bairro Água Verde - e bairros desta região - usaram como estratégia de mercado servir produtos de qualidade, bem elaborados, para disputar o mercado gastronômico da cidade. A receita deu certo e hoje temos em nossa região um crescimento gradativo deste importante setor da nossa economia. Conhecer os restaurantes da nossa região é descobrir um novo roteiro gastronômico cheio de agradáveis surpresas para os apreciadores da melhor culinária.

O meu amigo Ivan não foi mais visto no bar da praça Guanabara. Dizem que ele está fazendo muitas viagens a Brasília. Os sócios de uma das empresas de publicidade que atendia a Câmara Municipal de Curitiba estão rindo à toa, viajando para os Estados Unidos - onde está depositada grande parte da grana e desfilando de Mercedes zerada. É só no Brasil mesmo.

Coluna do velho Antero O velho Antero é conhecido dos moradores da região do Água Verde de baixo. Aposentado, solteirão (a mulher fugiu), mal falado no bairro, frequentador de lugares suspeitos - boates e bares de má fama.

sidente honesto para administrar o que sobrou. Eu até admiro o Paraná Clube, mas a história do clube é triste. Tem um programa de televisão que está sendo chamado de programa dos Três Patetas. É tanta merda que falam... Felizmente este é um país livre. A minha amada Sheila não voltou. Não adiantaram os pedidos, as indiretas com perdão publicadas nesta coluna. Ela se foi e pronto. E agora já estou recuperado e preparado para outra. Desta vez meu amor é uma dançarina da boate perto da praça Osório, linda de morrer. Ela faz umas danças eróticas espetaculares. Estou apaixonado. Perdão santo padre!

O curitibano e os paranaenses em geral tiveram uma amostra grátis do fogo dos infernos nos últimos dias. O calor atingiu índices insuportáveis. Felizmente meu ventilador funcionou dia e noite para desespero da Copel. Infelizmente a Rita Estrias desfilava diariamente pelo corredor do prédio onde moro com roupas de praia. Era a visão dos infernos. Eu perdia o sono cada vez que cruzava com a infeliz. Vai ser feia assim lá na casa do chapéu... Alguém tinha de contar para essa moça que Curitiba não tem mar. Fui convidado para jantar num restaurante das proximidades do bairro. Alguns amigos me arrastaram mentindo que a comida era boa, embora só me interessa beber. E da mesa eu via o cozinheiro resfriado, com uma toalha no pescoço, assoando o nariz e usando o mesmo pano para limpar as mãos e o nariz. Misericórdia! Eu tenho alguns amigos que trocados por adubo são caros.

atleticanos, claro). É tanta poeira e barulho na região que chega a dar dó de ver. E agora, depois que liberaram dinheiro para o clube, os trabalhos não param: de dia, de noite, nos domingos e feriados. Os moradores atleticanos fazem festa e não reclamam. Os coxas e paranistas ficam p* da vida.

Os moradores do entorno da Arena do Atlético merecem um título de sócios vitalícios (aqueles que são

Nos finais de tarde, quando - às vezes - passo na rua Brasílio Itiberê, vejo muitos atleticanos tirando fotografias e

admirando o estádio. O lugar está virando ponto de encontro de rubro-negros. Mais um pouco e vira lugar de oração dos mais devotos. O Paraná Clube é dono de 8 campos de futebol e está alugando espaço para treinar. Na época do grande e inesquecível Orestes Thá o clube era o mais rico de Curitiba. Hoje enfrenta problemas financeiros deixados por algumas administrações incompetentes, para não escrever outra coisa. Agora tem um pre-

Novo golpe de multas falsas Criminosos estão praticando o golpe da multas falsas, enviando para motoristas formulários com numeração adulterada. Ao pagar a multa falsa, o motorista estará depositando dinheiro na conta dos marginais. Ao receber uma multa pelo correio, verifique os dados e detalhes do seu veúclo, confira se o veículo fotografado é o seu mesmo. Em caso de dúvida, consulte o Detran.

OC CI A L SS O

Foto acima: Gilceu (proprietário), funcionários e amigos da tradicional Bandeiras Símbolo durante festividade na Pousada São Luiz do Purunã. Foto ao lado: O escritor Norberto Toedter comemorou mais um aniversário em uma festa surpresa organizada por funcionários da Livraria do Chain.

ANUNCIE AQUI: 9946.1233

Acabou o suspense: Curitiba é sede da Copa Os últimos meses foram marcados por suspense e uma verdadeira guerra midiática fabricada pela imprensa marrom. A Arena do Atlético ficaria pronta a tempo? Curitiba estaria fora da Copa? Dúvidas como estas foram plantadas diariamente em alguns meios de comunicação em busca de audiência, confundindo a opinião pública. Em Curitiba, no Paraná (o Estado mais autofágico do país) e no exterior não faltaram mentiras e provocações. Jornalistas e apresentadores de norte a sul do país estavam em “estado de choque” com a remota possibilidade de Curitiba não sediar a Copa. No exterior, o jornal The Guardiam, da Inglaterra afirmava que atrasos na construção dos estádios, morte de operários, falta de obras de infraestrutura e os protestos ameaçavam a realização da Copa e citava Curitiba. Os jornais “El Pais”, da Espanha, e “L’Equipe”, da França, também publicaram matérias questionando a competência dos brasileiros em organizar esta Copa. E como era de se esperar, durante o

Congresso Técnico da Copa do Mundo realizado em Florianópolis nesta terça-feira, Jérôme Valcke confirmou: Curitiba é sim, sede de jogos da Copa. A Arena da Baixada recuperou o tempo perdido com atrasos em desapropriações e repasses de dinheiro, e trabalha para inaugurar um dos mais belos estádios do país nos próximos meses. A terça-feira, dia 18, foi marcada pela visita de inspeção à Arena pelos consultores Charles Botta e Carlos de la Corte, e do gerente-geral de estádios da Copa de 2014, Roberto Siviero. Na visita eles comprovaram que o Clube Atlético Paranaense cumpriu com o cronograma estabelecido. Em seguida se reuniram com o prefeito Gustavo Fruet, depois com o presidente do Atlético, Mario Celso Petraglia, e finalmente com o coordenador-geral da Copa no Paraná, Mario Celso Cunha. Após as visitas os consultores da Fifa viajaram para Florianópolis, no Costão do Santinho, onde o secretário-geral Jérôme Valcke deu a boa notícia aos paranaenses, através de um telefonema ao governador Beto Richa.

Mais de 200 operários já morreram em acidentes na construção de estádios no Catar O Comitê de Coordenação Pravasi denunciou que até o momento mais de 200 operários do Nepal morreram em acidentes na construção de estádios no Catar para a Copa do Mundo de 2022, por falta de prevenção e leis trabalhistas. A bilionária monarquia do Catar - que financia terroristas na Síria - é mostrada ao mundo como exemplo de eficiência, luxo e riqueza, mas não passa de uma monarquia incompetente e racista, elogiada pela mídia ocidental.

Curitiba receberá quatro jogos da primeira fase da Copa: Irã x Nigéria (16/6), Honduras x Equador (20/6), Espanha x Austrália (23/6) e Rússia x Argélia (26/6).

Corrida do Rebouças completa o calendário esportivo de março

Presidente da Itaipu Binacional visitou a Arena O presidente da Itaipu Binacional, Jorge Samek, esteve na Arena na tarde desta terça-feira. Na visita, Samek foi recebido pelo presidente Mario Celso Petraglia e pelo conselheiro do clube Dionisio Banaszewski. Jorge Samek pôde acompanhar de perto a evolução da Arena, que se prepara para receber a Copa do Mundo deste ano, e declarou seu apoio ao projeto que beneficiará todo o Paraná. “O complexo

esportivo que está sendo finalizado para a Copa do Mundo em Curitiba será um importante legado e motivo de orgulho para os paranaenses”, afirmou Samek. Na presidência da Itaipu desde 2003, Jorge Samek foi também vereador quatro vezes e também deputado federal. Além disso, foi chefe de gabinete da Secretaria de Agricultura, secretário de Abastecimento de Curitiba e presidente da Ceasa.

Nova camisa do Coxa está à venda Camisa três, que faz homenagem à Seleção Brasileira, já pode ser adquirida pelos torcedores do Alviverde Em 2014, ano de Copa do Mundo, o Coritiba também entrou no clima da competição. Em homenagem à Seleção Canarinho, o time lançou sua nova camisa três, predominantemente amarela e com detalhes em verde e branco nas mangas. Os coxas-brancas já podem vestir o manto do Verdão em clima de Copa. As novas camisas começa-

ram a ser vendidas nessa quartafeira, na Coritiba Store. A tecnologia Dri-Fit, que extrai o suor do corpo para fora do tecido, para evaporação mais rápida, está presente em toda a peça. A estreia da camisa aconteceu na sexta-feira passada, no jogo contra o Rio Branco, no estádio Couto Pereira.

O mês de março promete fortes emoções para os corredores. Além da já super aguardada Corrida e Caminhada da Mulher, que dá o pontapé inicial do mês, no dia 16 de março acontece a Corrida do Rebouças – Unidos Pela Vida. Também com responsabilidade e organização da Associação Pro Correr de Incentivo ao Esporte, a competição contempla ambos os sexos, com idade superior a 16 anos. As distâncias são 5KM e 10KM, e como o próprio nome da corrida, o percurso contempla ruas do bairro Rebouças. A largada é às 8h (categoria 5KM) e às 8h05 (categoria 10KM), em frente ao estádio do Paraná Clube – Rua Dario L.dos Santos. Um dos principais pontos de destaque da prova, vai muito além do bem estar físico que gera aos participantes, ou até mesmo pelo momento de confra-

ternização. É arrecadar fundos para o Hospital Pequeno Príncipe, é a prática esportiva junto com a ação social, promovendo uma Curitiba melhor. As inscrições já estão abertas, e podem ser feitas pela internet, através do site www.procorrer.org.br ou presencialmente na loja Procorrer, na Avenida Vicente Machado, 318, Centro. O valor é de R$50. Atletas com mais de 60 anos tem 50% de desconto. Informações pelo fone 41 3232 5649. Serviço Dia 16 de março. Largada às 8h (categoria 5KM) e às 8h05 (categoria 10KM). Quanto: R$ 50 por pessoa. Pessoas acima de 60 anos pagam meia. Onde: Largada em frente ao estádio do Paraná Clube – Rua Dario L. dos Santos. Informações: 41 3232 5649 ou pelo site www.procorrer.org.br .

Paraná Clube contrata volante Elton O volante Elton, de 23 anos, é a nova contratação do Paraná Clube para a temporada. O atleta, apesar de jovem, chega ao Tricolor com a experiência de importantes conquistas ao longo de sua carreira. Formado nas bases do RS, de Alvorada/RS, Elton teve passagens por equipes como o Internacional-RS, com o qual foi campeão da Recopa Sul-Americana em 2011, e pelo Criciúma-SC, onde conquistou o Campeonato Catarinense de 2013 e, de quebra, foi eleito o melhor volante da competição.

Agora, no Paraná Clube, Elton busca manter seu bom retrospecto dentro do campo, mostrando-se otimista e determinado. “É um grande prazer vestir a camisa deste clube. Espero que este ano possamos levar o Paraná de volta à primeira divisão, e quero jogar muito para ajudar a equipe nesta caminhada”, declarou o volante. O atleta estará à disposição do time para disputar, além do Brasileirão da Série B, o Campeonato Paranaense e a Copa do Brasil. Seu contrato é válido até dezembro de 2014.

Bandido é bandido, e não manifestante

A imprensa brasileira – na sua maioria - parece viver no mundo da lua. Como é possível classificar de protestos as manifestações de meia dúzia de baderneiros e vagabundos em algumas capitais do país? Como é possível afirmar que “manifestações ganham as ruas” quando as imagens mostram grupelhos ridículos albergando vagabundos, baderneiros, criminosos que se aproveitam dessas reuniões para depredar e roubar? É por esses e outros motivos que as pessoas de bem deixaram de participar das manifestações contra a corrupção ou pela redução nos valor das passagens de ônibus, porque algumas infiltrações de baderneiros só servem para desmoralizar os movimentos reivindicatórios. A prisão de dois baderneiros no

Rio de Janeiro, acusados de matar o cinegrafista Santiago, da Band, revelou que cada manifestante recebe R$ 150,00 de diária, mais alimentação e transporte, para promover brigas, desordens e depredações. Somente aqueles que destroem e depredam são remunerados. Mas eles se recusaram a revelar quem são os financiadores. Em Curitiba, a exemplo do Rio e São Paulo, as últimas manifestações contra a Copa reuniram poucas dezenas de manifestantes, e ainda assim terminou com ataque ao patrimônio público. Baderneiros atiraram pedras na Prefeitura, quebrando vidraças que são pagas por todos. No ano passado depredaram lojas, causando prejuízos para comerciantes que até hoje não conseguiram se recuperar. Entre os vagabundos pre-

sos, não faltou nem mesmo o filho de um deputado. Ora, porque a Justiça não determinou que o deputado pague os danos causados pelo filho do deputado e seus amigos? Independente de preferência esportiva – mesmo porque não tenho preferência de time de futebol -, a melhor reação vista até agora foi a dos Fanáticos do Atlético Paranaense, que se reuniram e impediram que manifestantes depredassem a Arena meses atrás. Os torcedores enfrentaram os vagabundos e criminosos que vinham depredando desde o centro da cidade, e receberam com porradas

esses baderneiros que são protegidos por entidade de defesa dos direitos humanos, apesar de causar prejuízos aos comerciantes e empresários que não tem nada que ver com manifestações irresponsáveis. Uma vez que a polícia não consegue reprimir esses vagabundos, para não se indispor com a imprensa venal, talvez fosse a hora das próprias comunidades se organizarem para enfrentar esses malfeitores, criando Conselho de Segurança de Defesa, para impedir saques, roubos e depredações durante a Copa. Abel Kaheler

LOCAÇÃO - FEVEREIRO ÁGUA VERDE – Apto – Av. Silva Jardim, 2372 – 123,39m² - 3 dormis sendo 1 suíte, sala p/2 ambientes com sacada, cozinha e área serviço com armários, todos banheiros com box blindex e pia em granito, aquecedor de passagem e 1 vaga de garagem fixa. Condomínio oferece portaria 24hs, 2 salões de festas, academia e 2 churrasqueiras. Roma Imóveis- 3223-8015 e 8836-0061– www.romai.com.br – Creci-146J. PORTÃO – Sobrado – Francisco Moro, 291 – 154,00m² - 3 dormis sendo 1 suíte com hidro, sala p/2 ambientes com acesso para churrasqueira, lavabo, bwc social, amplo ático com sacada, cozinha e 1 vaga de garagem coberta e 1 descoberta. Condomínio oferece salão de festas. 1ª locação. Roma Imóveis- 3223-8015 e 88360061– www.romai.com.br –Creci146J. TARUMÃ – Apto – Monte Castelo, 784 – 79,27m² - 2 dormitórios, sala p/2 ambientes com lustres, cozinha, bwc social c/box acrílico, área serviço, dependência empregada completa, 1 vaga garagem numerada. Piso laminado.Condomínio c/playground.Roma Imóveis- 32238015 e 8836-0061– www.romai.com.br –Creci-146J. ÁGUA VERDE – Loft – Av. Água Verde, 470 – 55,00m² - Excelente loft mobiliado, s/tx condomínio, 1 suíte c/armários,cama casal, sala c/tv, sofá, mesa c/4 cadeiras, cozinha c/armários, geladeira, fogão microondas, lavanderia, 1 vaga estacionamento. Condomínio c/churrasqueira coletiva, tv a cabo SKY e Solarium. Roma Imóveis- 32238015 e 8836-0061– www.romai.com.br –Creci-146J.

CENTRO – Kitinet – Lamenha Lins, 41 – 42,50m² - Sala e quarto conjugados, com sacada, cozinha com pia e bwc social, sem vaga de garagem. Piso carpet. Roma Imóveis - 3223-8015 e 88360061– www.romai.com.br –Creci146J.

SANTA QUITÉRIA – Casa – Bocaiúva, 154 – 70,00 m² - 1 dormitório, sala, bwc social, cozinha e área serviço, de fundos, sem vaga de garagem, piso cerâmica. Roma Imóveis- 32238015 e 8836-0061– www.romai.com.br – Creci-146J.

CENTRO – Conj.comercial – Candido de Leão,45 – 44,52m² Sala c/divisória,bwc social,c/ possibilidade criar mais ambientes conforme necessidade cliente, s/ vaga de garagem.Piso laminado e pintura novos. Roma Imóveis3223-801 e 8836-0061– www.romai.com.br – Creci-146J.

MERCÊS – Loja – Cândido Hartmann, 590 – 100,00m² - Sala com 50 m² área livre e 50 m² de mezanino, de frente para a rua, localizada no Shopping Champagnat, fachada em vidro, piso lamninado. Roma Imóveis3223-8015 e 8836-0061– www.romai.com.br –Creci-146J.

BOQUEIRÃO – Barracão – Carmelitas, 1675 – 315,30m² - pé direito aproximadamente 5m². Prédio parte da frente c/escritório e vestiário no piso inferior e escritório, cozinha e bwc no piso superior.Terreno c/738m². Estacionamento na frente. Roma Imóveis- 3223-8015 e 88360061– www.romai.com.br –Creci146J.

VENDA - FEVEREIRO REF. AP 0002 - Apartamento – VILA GUAIRA – 119m2 – R$ 240 mil – Novo, 3 dormitórios, sendo 1 suíte, sacada com churrasqueira. O condomínio oferece: churrasqueira, piscina, salão de festas, salão de jogos, sala de ginástica. Roma Imóveis – 3223-8015 e 8836-0062 – www.romai.com.br – Creci 146J.

REF. AP 0005 - Apartamento – PINHEIRINHO – 53,53M2 – R$ 154 mil – Contendo 2 dormitórios, sala, cozinha, sacada com churrasqueira, 1 vaga de estacionamento. O condomínio oferece: portaria 24 horas, 15 câmeras de vigilância, 2 salões de festa, playground. Próximo a mercados, farmácias, escolas, várias linhas de ônibus. ACEITA FINANCIAMENTO. Roma Imóveis – 32238015 e 8836-0062 – www.romai.com.br – Creci 146J.

REF. AP 0006 - Apartamento – REBOUÇAS – 86,26m2 – R$ 220 mil – Reformado, composto por 2 dormitórios, sala, cozinha reformada, bwc social reformado, dependência para empregada e bwc reformado. Roma Imóveis – 32238015 e 8836-0062 – www.romai.com.br – Creci 146J.

REF. AP 0007 - Apartamento – AGUA VERDE – 240m2 – R$ 695 mil – Excelente localização – Republica Argentina – amplo e arejado, com 4 dormitórios, sendo 1 suíte máster, sala para 3 ambientes, bwc social com box blindex, lavabo, cozinha, área de serviço, dependência completa para empregada, 1 vaga de garagem. Andar Alto. Roma Imóveis – 32238015 e 8836-0062 – www.romai.com.br – Creci 146J.

REF. AP0008 - Apartamento – BIGORRILHO – 247,00M2 – R$ 850 mil – Excelente localização, 2 dormitórios, reversível para 3, com armários, 2 suítes sendo 1 máster com piso de mármore branco Paraná, closet, 1 sala para dois ambientes com lareira, lavabo, escritório com ar condicionado, bwc, cozinha com armários, lavanderia, bwc para empregada, sacada com churrasqueira, 2 vagas de garagem. Janelas das suítes e escritório com isolamento acústico. O condomínio oferece: portaria 24 horas, salão de festas, churrasqueira coletiva.

REF. AP 0010 - Apartamento – CENTRO CÍVICO – 79,27m2 – R$ 200 mil – 1 dormitório com sacada, sala, cozinha, bwc social, área de serviço e 1 vaga de garagem. Piso laminado. Roma Imóveis – 3223-8015 e 8836-0062 – www.romai.com.br – Creci 146J.

REF. AP 0011 - Apartamento – BATEL – 109,53m2 – R$ 320 mil – 3 dormitórios, sala, bwc social, bwc empregada, cozinha com armários, garagem coberta desmarcada. Obs., apartamento locado, bom para investidor. Roma Imóveis – 3223-8015 e 8836-0062 – www.romai.com.br – Creci 146J.

REF. CA 0008 – Casa comercial/residencial – JARDIM BOTÂNICO – 384,00m2 área total do terreno, 270,90m2 área construída – R$ 560 mil - Excelente localização em alvenaria, 3 dormitórios, 2 salas, escritório, cozinha, 2 bwcs, área de serviço, churrasqueira, 3 vagas de garagem sendo 1 coberta. Roma Imóveis – 3223-8015 e 8836-0062 – www.romai.com.br – Creci 146J.

Liberação de financiamento corrige injustiça contra o Paraná, diz Beto Richa governador Beto Richa afirmou nesta quarta-feira que a liberação dos recursos do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal (Proinveste), garantida por liminar do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), corrige uma injustiça que vinha sendo imposta ao Estado e que atingia a todos os paranaenses. “A determinação do STF fortalece o Paraná. O Estado terá aporte de R$ 817 milhões para investimentos na melhoria da infraestrutura, nos municípios e em segurança pública”, afirmou o governador. “Vamos fortalecer estas áreas, com obras e programas essenciais para o desenvolvimento econômico e social, com repercussão direta nas condições de vida dos paranaenses. Foi para isso que lutamos tanto pela liberação destes recursos”, disse Richa. O Proinveste é uma linha de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), operacionalizada pelo Banco do Brasil, destinada a ampliar a capacidade de investimentos dos Estados. O Paraná pleiteava a liberação do financiamento há quase três anos e era o único que ainda não tinha a autorização para acessar os recursos. Nesta quarta-feira, o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, reconheceu o direito do Estado e concedeu liminar em ação impetrada pelo governo estadual solicitando a liberação. INFRAESTRUTURA - O Governo do Estado está com 17 obras e 15 projetos rodoviários aguardando recursos do Proinveste. O valor total do investimento é de R$ 430,6 milhões para intervenções em 907 quilômetros de estradas estaduais (veja tabela abaixo). SEGURANÇA PÚBLICA – A melhoria da infraestrutura da Segurança Pública, principalmente na região Metropolitana de Curitiba e Litoral é a outra área que receberá investimentos com os recursos do Proinveste. Serão executados projetos de modernização do Sistema de Identificação Civil e Criminal do Instituto de Identificação; reestruturação de uni-

Projetos aguardando ordem de serviço PR-151 - Ponta Grossa e Palmeira, 43 quilômetros, R$ 3 milhões; PR-170 - divisa PR/SP - Rolândia, 85 quilômetros, R$ 5 milhões. PR-182 - divisa PR/SP - Nova Londrina, 30 quilômetros, R$ 1,5 milhão. PR-272 - PRC-466 - Mauá da Serra-Furnas, 107 quilômetros, R$ 6 milhões. PR-317 - divisa PR/SP - Maringá, 91 quilômetros, R$ 4,6 milhões; PRC-466 - Furnas-Guarapuava, 129 quilômetros, R$ 5,4 milhões.

dades da Polícia Civil e de cinco unidades do Instituto Médico Legal; além de melhorar os serviços de atendimento do Instituto de Criminalística. APOIO AOS MUNICÍPIOS - Richa ressaltou que parte dos recursos será usada para potencializar a capacidade de financiamento de obras nos municípios, por meio do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Serão R$ 200 milhões para financiar construção, ampliação, reabilitação ou reformas de creches, hospitais, estradas, pontes e viadutos. “Isso reforça o caráter municipalista do nosso governo”, afirmou o governador. INFRAESTRUTURA RODOVIÁRIA Em andamento (custeadas pelo Estado) PR-445 - Duplicação PR-445 entre Londrina e Cambé), 17 quilômetros, R$ 93 milhões; PR-323 - Duplicação entre Maringá e Paiçandu, 4 quilômetros, valor total R$ 30 milhões; PR-417 - Duplicação da Rodovia da Uva, 6,5

quilômetros, R$ 35,8 milhões; Acesso a UTFPR em Francisco Beltrão, 2 quilômetros, R$ 3,8 milhões; Viaduto da Avenida Paraná (BR-277 - Foz do Iguaçu), extensão 480 metros, R$ 8 milhões; PR-281 - Contorno de Agudos do Sul, 2 quilômetros, R$ 1,7 milhão; PR-323 - Acostamento entre Umuarama e Iporã, 50 quilômetros, R$ 8 milhões; Em licitação Implantação da PR-364, entre BR-277 (GuaráGoes Artigas), 13 quilômetros, R$ 32 milhões. Obras programadas PR-090 - adequação Curitiba a Campo Magro, extensão 11 quilômetros, R$ 25 milhões; PR-467 - Contorno Oeste de Marechal Cândido Rondon, 5 quilômetros, R$ 12 milhões; PR-415 - duplicação Pinhais- Piraquara e implantação de 3ª faixas, 13 quilômetros, R$ 58 milhões; PR-323 - Implantação do contorno de Umuarama, 5 quilômetros, R$ 10 milhões. Acesso ao Porto de Paranaguá, 3 quilômetros, R$ 2,4 milhões; PR-151- viaduto do quilômetro 325 (Ponta Grossa-Castro), R$ 7,3 milhões; Projetos em andamento (recursos do Estado) PR-092 - implantação Cerro Azul-Dr. Ulysses, 46 quilômetros, R$ 1,7 milhão; PR-239 - pavimentação Pitanga-Mato Rico, 64 quilômetros, R$ 2 milhões; PR-910 - acesso a Coronel Domingos Soares, 28 quilômetros, R$ 1,2 milhão; PR-364 - pavimentação Irati-São Mateus do Sul, extensão 47 quilômetros, R$ 1,6 milhão; Projeto licitado PR-405 (entre Cacatu e Guaraqueçaba), extensão 80 quilômetros, R$ 4 milhões.

EQUILÍBRIO DE GASTOS COM PESSOAL EMBASOU LIMINAR DO STF Certidões fornecidas pelo Tribunal de Contas do Paraná, comprovando que o Estado está dentro dos limites estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal, em relação ao gasto com pessoal sustentaram a liminar concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio. O ministro determinou que a União “observe os parâmetros versados pelo Tribunal de Contas local” para autorizar a prestação de garantias ao empréstimo de R$ 816,8 milhões. Na ação cautelar, a Procuradoria Geral do Paraná sustentou que as limitações estavam sendo impostas ao Paraná pela União, em razão de uma interpretação unilateral de que o Estado não cumpria a LRF. No entanto, certidões do TCE anexadas à ação comprovaram que em 2012 e nos dois primeiros quadrimestres de 2013 os gastos estavam abaixo do estabelecido pela legislação, “não se consumando a necessidade de eliminação de excedentes na forma do art. 23 da LC nº 101/2000”, conforme referendou o órgão fiscalizador. A PGE também destacou, na ação cautelar, que em 16 de dezembro de 2013, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) já havia encaminhado ao Banco do Brasil o Ofício nº 4.217/2013 afirmando que estava finalizada a análise do cumprimento da legislação por parte do Estado e, por isso, “estaria autorizado a realizar as operações de crédito solicitadas”. O contrato foi assinado em 30 de dezembro. No entanto, novamente foram exigidos esclarecimentos e documentos, e a autorização ficou pendente na STN. A protelação na autorização das garantias por parte da União e suas consequências para o Estado também foram lembradas pelo ministro do STF. “Em face das dificuldades financeiras advindas da negativa da garantia federal, a alcançar a prestação de serviços públicos destinados à infraestrutura rodoviária e à segurança pública estaduais, vislumbro a presença dos requisitos autorizadores da medida acauteladora”, registrou Marco Aurélio.

Espaço da Poesia Antonio Pedro Flores Amaral, morador na divisa dos bairros Água Verde e Rebouças A RIMA DAS ESTRELAS Naquela noite fria! Sonhei com estrelas Multi – cores Dançando nos espaços Mais adiante vozes estrelares Escreviam, escreverás A rima das estrelas A esperança brotarás Doze estrelas Nascerão da dança das idades! E seguirão teus Passos terrestres Terás pára – males De proteções Contra as maldades humanas Raios estrelares estarão avantes O poder das estrelas Dias e noites Brilhantes e vigiantes Lhe darão os tons Terás auras Da pureza dos animais Para transmitires Aos seres pensantes’’ As verdades! As esperanças! Os renasceres! As vidas E os brilhos das estrelas!

Leia o Jornal Água Verde na internet www.jornalaguaverde.com.br

Esporte

Jefferson Gomes Cabral e Silva

Furacão ganha o primeiro clássico atletiba do ano O time B do Atlético Paranaense venceu o time B do Coritiba por 3 x 0. Jogando muito melhor, com destaques para Marcos Guilherme, Bruno Mendes e Bruno Furlan o Furacão deu uma verdadeira aula de futebol sob o comando do sérvio Petcovich, e agora vai tentar disparar no campeonato Paranaense. Com relação a Libertadores da América, o Furacão classificou-se para fase de grupos e venceu por 1 X 0 Strongst. Enfrentará o universitário do Peru, Velez Sarsfield da Argentina. O Furacão terá plenas condições de ir longe nesta Libertadores da América. A diretoria rubro negra está trabalhando muito para conclusão da arena da baixada, que sem duvida será o estádio mais bonito do Brasil. A torcida atleticana paranaense sempre tem dado um show a parte. O time do Cori tiba tem se preparado para o campeonato brasileiro, com seu time principal fazendo a pré temporada separada do restante do grupo. O time comandado por Dado Cavalcanti tem tudo para ter êxito. O Paraná Clube está suando a camisa para fazer um bom campeonato paranaense. Com o elenco discreto, a garra e a raça tricolor, com apoio da torcida, tem sido fundamentais para o crescimento do elenco no campeonato paranaense. O jogador De Latorre, do furacão foi

emprestado para o QPR (Quen’s Park Rangers) da Inglaterra. Se essa onda pega aqui no Paraná, o J Malucelli poderia virar GPB, Guerreiros do Parque Barigui. O furacão viraria SAB (Supremacia da Arena da Baixada). O Paraná Clube viraria GVC (Guerreiros da Vila Capanema), e para finalizar o Coritiba viraria CM (Comendadores da Mauá). Ainda bem que o Brasil não é a Inglaterra. Coitada da Rainha. Destaques: O pessoal Upgrade Informática na Av. Republica Argentina 3889, que atende com excelente profissionalismo, e cordialidade, a galera Lord Print Informática na Carlos de Carvalho 269, na Galeria Osório (Fone 32240401). A rádio Itatiaia, a maior Rádio do Brasil e com a maior audiência do Brasil, sintonize aos domingos pela manhã, a excelente programação da Rádio Itatiaia. (www.radio Itatiaia.com.br). Waldir Braz e equipe da Rádio Ilha do Mel de Paranaguá (equipe que também faço parte) aliás, o melhor narrador do Paraná: Patrick Gouveia. Omar Nasser, Gamal Omeire, Mustafa, Fuad Omeire, da nossa Mesquita Sagrada, no Largo da Ordem. Venha conhecer a nossa Mesquita Sagrada todas as sextas-feiras, a partir do meio dia. Estude o idioma Árabe, Aulas em vários Horários. Orli, da Churrascaria La Ventura Grill, na Avenida das Torres. O Atleticano Paranaense, Marcos, do Restaurante Veneza, em Santa Felicidade, que tem os melhores vinhos e o melhor atendimento de Santa Felicidade. Henri, do Restaurante Moustache, em Balneário Camboriú, na Avenida Atlântica, 3640. O Restaurante mais aconchegante de Balneário, que tem o melhor happy hour do litoral catarinense. (47 3361-9267) Abdo do Café, do Shopping Metropolitan, na Praça Rui Barbosa. Aviz do Kibe da Boca, na Galeria Tijucas, que tem a melhor sfiha de Curitiba. Dr Flavio Micima,

A contratação de Adriano, o Imperador, pelo Atlético Paranaense pode ser classificada como a melhor jogada de marketing de 2014. O presidente Mario Celso Petraglia está dando uma oportunidade ao jogador, e de quebra, ganhando mídia em todos os meios de comunicação do país e exterior. dentista, na Praça Rui Barbosa, em frente ao ponto do V Izabel (3223-4152) Osvaldo e Amaral, do Tucas Cabeleireiros, na Praça Rui Barbosa, na Cidadania da matriz. Aliás, o Tuca Cabeleireiros tem o melhor atendimento do centro de Curitiba. Os excelentes médicos vasculares, Dr Roberto Yokohama, Dr Paulo Baggio e Dr Pichett. Os advogados Pedro Vieira César (41 302-3366), Dr Areslindo Figueiredo Alves, no Edifício Ana Cristina, os advogados Augusto Mafuz e Marcelo Ribeiro. O advogado Rolf Koerner e João Koerner, no Center Everest, Ivan Maitre, do Restaurante Tortuga, na Avenida Manoel Ribas, aliás, com muito profissionalismo, Ivan mostra no Tortuga, o melhor atendimento de Curitiba. O casal Sérgio e Maria, do Maestro Papelaria, na Maestro Francisco Antonello (3027-1176). Jhonathan, gerente do restaurante Alho Poró, no Centro Comercial Brasília, na Av. Brasília. Daniel, Doc Grill Restaurante, na sete de setembro, no Batel. Rogério, do Hotel Itajubá, na Rua Álvaro Alvim nº 23, na Cinelândia, no Rio de Janeiro.

Dicas de Moda e Diversidade Cultural

O bebê que salvou a avó Quem nos conhece ou são nossos vizinhos, sabem da atividade beneficente que minha mulher realiza desde há muitos anos, atendendo diariamente pessoas carentes que chegam a nossa casa em busca de um café ou um almoço. Há cerca de uns cinco anos atrás, uma pequena trupe, três ou quatro moradores de rua costumavam chegar ao nosso portão para solicitar um café matinal ou uma pequena refeição. Era um grupo de pessoas geralmente alcoolizadas, sujas e andrajosas. Entre eles, uma mulher drogada fazia parte do grupo masculino. Costumavam tomar seu café amontoados junto a um muro quase defronte a nossa casa, onde ficavam conversando e rindo da vida, em completa inconsciência do que acontecia ao seu redor. Em certas ocasiões essa mulher vinha só ou acompanhada de uma filha adolescente nas mesmas condições dela. Uma tristeza! Atendidas por minha esposa, agradeciam e desapareciam por uns dias. Tempos depois a filha apareceu grávida, como era de se esperar. O tempo passou, e a adolescente deu a luz a um menino; deixou-o com a mãe e desapareceu. Sônia, como se chama mulher viciada, vez por outra, aparecia em nossa casa, com o bebê em um carrinho mambembe que ganhara de alguém. Como aquela mulher, naquelas condições poderia cuidar de um bebê, a gente se perguntava? Ao mesmo tempo procurávamos orientá-la e até aconselhando a promover uma adoção do menino ou encaminhá-lo ao Juizado de Menores, o que ela recusava veementemente. O que seria daquele menino, vivendo naquelas condições... Transcorreram alguns meses sem que a Sônia aparecesse. Prevíamos o mais negativo. Finalmente, a mulher

reapareceu recomposta em seus trajes; limpa e absolutamente sóbria. Estava sem o bebê. Curiosos, perguntamos logo pelo menino e, cheia de orgulho e satisfação, Sônia nos informou que o Patrick estava muito bem. Estava sendo atendido em uma creche do município e crescia saudável e feliz. Sua mãe o abandonara de vez, mas ela, agora como avó, era a responsável pelo bem estar do garotinho. Nunca mais se drogara ou bebera. Era outra pessoa. Embora magra, com aspecto de carência alimentar e dependente de quase tudo, ainda assim, se recuperara em função do amor ao menino. Sônia era agora, mãe e avó. O tempo foi passando e cada vez que Sônia por aqui aparecia, perguntávamos sobre o garoto. E, a resposta era sempre a mesma. “O Patrick vai indo muito bem”. Essa semana Sônia esteve novamente no portão de nossa casa. Como é período de férias, trouxe para nos apresentar o menino Patrick. Forte, robusto e muito alegre, agora com cinco anos, o guri nos surpreendeu pela sua vivacidade, carinho e afeto que demonstrou com sua avó e avô, esse puxando aquele típico carrinho dos catadores de papel, ganha pão da família. Fotografamos o trio e nos congratulamos com essa mulher simples, batalhadora e grande vencedora na luta da vida. Com certeza esse garoto será a grande esperança da família e, queira Deus, torne-se um cidadão digno (aliás, como tudo indica) e possa retribuir à sua avó o imenso amor que vem recebendo, ainda que de forma mais humilde possível. “Ele era tão madrugador, que quando morreu e chegou no céu, encontrou os anjos ainda dormindo”. Darcy Machiavelli

Ola, leitora amiga ! Começa aqui, nossa viajem por este vasto universo que envolve a moda e diversidade cultural em nossa cidade e nosso país. Nesta primeira edição de nossa coluna, quero apresentar o trabalho vou realizar e as informações que trarei especialmente para você leitora. Vou trazer dicas e curiosidades sobre tendência de moda, e opções de como e quando usar roupas e acessórios. É divertido e prazeroso adaptar as tendências de moda ao seu estilo pessoal. É muito importante, saber que imagem você quer ter e passar para as pessoas que convivem com você. No ambito pessoal e profissional. E vai descobrir que a moda é democratica, e nos permite usar as tendências que melhor combinem com nossa personalidade. No cenário cultural, vou trazer notícias sobre a arte, música e diversidade cultural local, divulgando projetos e eventos que acontecem em nossa cidade. Mas também, mostrando trabalhos de artistas de outros estados. O objetivo é abrir um espaço de informações em nosso Jornal Água Verde, para atualiza-las sobre o mundo da moda e diversidade cultural. *DICAS DA VEZ: A renda é uma tendência que já se usou no verão passado e continua forte em 2014. Ele pode ser usada até no trabalho. Com um blazer, por exemplo, criam um look corporativo de verão. Como a renda tem esse ar artesanal e romantico, exige contraste com uma sandália mais chique ou um scarpin, por exemplo. Por causa da transparência, funciona muito bem para a noite e dá para fazer uma brincadeira usando um body por baixo. O forro nem sempre precisa ser da mesma cor da peça. Hoje dá para fazer uma brincadeira de cores. *COMO USAR: Com traços geometrizados as blusas de modelagem ampla tem tudo para dar

certo no seu look.Para enfrentar o calor intensso prefira as de tecidos leves, como flamê e visco malha . Ela pode ser combinada com peças de baixo tanto mais justas, quanto soltinhas, só tome cuidado para as proporções não brigarem e resultar em um silhueta over. Com seu ar cool e moderno, ela vai dar uma renovada no visual básico. *CENÁRIO CULTURAL: {Teatro de Bonecos} Montando Lobato O universo do livro apresentado na forma de um jogo teatral onde a plateia interage diretamente com as personagens do espetáculo, como co-autores da história. O ator, contador de histórias, utiliza objetos e fantoches, tendo como cenário um grande livro. Provoca e convida o público a mergulhar no universo de Monteiro Lobato. Juca, menino sonhador, inventor de histórias! Depois de adulto torna-se um grande escritor, Monteiro Lobato, que encontra nas lembranças de sua infância, sua criatividade e seu imaginário! Um grande livro guarda as personagens Quando: 06/02/14, 15h e 17h *Onde: Teatro de Bonecos Dr. Botica (Shopping Estação) Você pode participar, deixando (em meu facebook – ELIS BRASIL ou e mail – elisbrasil_loja@hotmail.com) suas dúvidas, curiosidades e temas que gostaria de ler em nossa coluna. Deixe sua sugestão e vou me esforçar para atender a todas as solicitações, de forma simples, dinâmica e divertida. Vou mostrar a você leitora amiga, o prazer de se produzir com liberdade, criatividade e originalidade. Acompanhe nossa coluna, de sua opinião e traga novos assuntos para abordarmos, neste espaço que foi idealizado para você. Obrigado por sua atenção e até a próxima edição. ELIS BRASIL.

Antonina participa de projeto inovador na área de turismo emocratizar e universalizar a atividade turística brasileira. Este é um dos principais objetivos do Projeto Mais Turismo, uma parceria entre a ABBTUR – Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais em Turismo e a empresa Gestour Brasil. O Projeto torna-se único no setor por, de uma só vez, beneficiar todos os atores da economia do turismo brasileiro. Todas as empresas participantes da cadeia produtiva poderão participar deste projeto e os seus produtos disponibilizados serão comercializados em 11 idiomas. Cada município (ou destino turístico) terá um Empreendedor Digital, com exclusividade na representação comercial do destino (município), na Rede Nacional de Empreendedores Digitais Experts em Turismo, passando a fazer parte da Rede

Brasil de Municípios Interativos. Assim, cada destino turístico passa a contar com um site personalizado e endereço próprio na Internet, possibilitando a distribuição das informações e dos produtos e serviços do turismo local, em múltiplos idiomas, permitindo autogerenciamento completo, on-line e em tempo real. As informações e os produtos e serviços do turismo local são disponibilizados, num único endereço, tanto pelos internautas (cliente final), quanto pelos canais de vendas. Isto representa o mais amplo programa de emancipação digital das empresas locais que compõem a cadeia econômica do turismo e desobriga os governos locais de fazer investimentos específicos e em infraestrutura tecnológica, tanto de hardware e software, quanto em ser-

viços técnicos especializados. Para o Turismo nacional, este projeto significa dotar o Brasil de uma plataforma tecnológica, padrão classe mundial visando à formação de marketplaces nacional, estaduais, regionais, de circuitos e rotas, e colocar o “produto Brasil” na prateleira do supermercado mundial, através de um sistema de comércio eletrônico para comercialização on-line e em tempo real. Isto possibilitará a ampliação da oferta de produtos, principalmente dos destinos ainda não consolidados como destinos turísticos, assim como a isonomia para todos os destinos nacionais na oportunidade de disponibilizar seus produtos para comercialização online e em tempo real. Para as empresas do destino turísti-

Leitura

“A Loira do Táxi Noturno” é um dos melhores romances policiais da atualidade, de Edilson Pereira (foto). À venda na livraria do Chain.

Apoio: Farmácia Nova de Antonina

co, as vantagens são diversas: · Contar com um site personalizado para oferecer comercialmente seus produtos; · Total autonomia na gestão das informações on-line, inclusive de comissões para os canais de vendas; · Disponibilização de 100% dos seus produtos na Internet; · Economia na distribuição do seu produto junto aos canais de vendas preferenciais e o cliente internauta; · Disponibilização privilegiada do seu produto para acesso restrito das operadoras e agências de viagens; · Disponibilização dos principais meios de pagamentos ofertados pelo mercado; · Sem custo de adesão ou taxa de manutenção para utilização dos sistemas. Mais informação pelo e-mail antonina@gestour.com.br

Quando Deus criou a mulher

O conto a seguir faz parte da literatura árabe, foi contado pelo pai do livreiro Aramis Chain há 50 anos ao filho que hoje é um dos mais respeitados livreiros do país: Quando Deus criou o mundo e o homem, a natureza, a fauna e a flora, estava tranquilo, mas um belo dia o homem reclamou: - Deus, eu estou muito sozinho. Seria melhor se eu tivesse uma companhia.

Deus pensou e decidiu aceitar o pedido do homem. Retirou o perfume das flores, a claridade da lua, o brilho das estrelas, a suavidade do pêssego, a beleza dos olhos do pássaro mais belo, as garras do tigre, o veneno da cobra, e fez a mulher. Terminado o trabalho, chamou o homem e entregou-lhe sua companhia. Passaram-se dois meses e o homem retornou para falar com Deus, trazendo a mulher pelo braço. - Vim devolver. Não quero esta mulher. Ela fala muito. Diz que quer fazer as coisas que necessito. Quando chego tarde ela quer saber por onde andei. Quando quero passear ela me chama para casa, me faz deitar quando quero caminhar, me faz caminhar quando quero descansar. Não quero. Devolvo. Deus aceitou a devolução da mulher e o homem partiu. Depois de duas semanas, o homem retorna e diz:

- Vim buscar a mulher. - Por quê? Você devolveu. - Sim, devolvi, mas me arrependi. Agora não tenho companhia para almoçar e a comida não tem sabor. Não consigo dormir. Não tenho com quem conversar, discutir ou amar. Quero a mulher de volta. Deus – em sua infinita paciência – devolveu a mulher ao homem. Passaram-se três meses e o homem retornou com a mulher: - Vim devolver de novo. Não suporto essa mulher. Ela fala demais, é muito chata, me irrita o tempo todo, e quanto fica numa tal de TPM fica insuportável. Mais uma vez, Deus aceitou a devolução. Passaram-se trinta dias e o homem retornou: - Vim buscar a mulher. - Mas, de novo? Vai ficar até quando nesse vai e volta? - Cheguei à conclusão que é ruim com ela, mas é pior sem ela.

- Então você não consegue viver com ela e não consegue viver sem ela? – perguntou o Pai. - Exatamente. Não tem outra saída. É melhor ficar com ela e dividir os bons e os maus momentos. O Criador então parabenizou o homem e se despediram. Após dar alguns passos, o homem se volta para Deus e diz: - Que destino cruel me destes!

O funcionário cansado de pedir aumento ao chefe, decide enfrentar o patrão e ameaça. - O senhor precisa me dar um aumento já, porque tem três empresas correndo atrás de mim. - Quais são as empresas? - A Copel, a Sanepar e o banco. vbm,hjkçweop Um advogado casou com uma mulher que havia sido casada oito vezes. Na noite de núpcias, no quarto do hotel a noiva disse: - Por favor meu bem, seja gentil. Ainda sou virgem!!! Perplexo, sabendo que ela havia sido casada oito vezes, o noivo pediu para que ela se explicasse. Ela respondeu: - Meu primeiro marido era psicólogo. Ele só queria conversar sobre sexo. - Meu segundo marido era ginecologista. Ele só queira examinar o local. - Meu terceiro marido era colecionador de selos. Ele só queria lamber. - Meu quarto marido era gerente de vendas. Ele dizia que sabia que tinha o produto, mas não sabia como utiliza-lo. - Meu quinto marido era engenheiro. Ele dizia que compreendia o procedimento básico, mas que precisava de três anos para pesquisar, implementar e criar um método de utilização. - Meu sexto marido era funcionário público.Ele dizia que compreendia perfeitamente como era, mas que não tinha certeza se era da competência dele. - Meu sétimo marido era técnico de informática. Ele dizia que se estava funcionando, era melhor ele não mexer. - Meu oitavo marido era analista de suporte. Depois de dar uma olhada, ele disse que as peças estavam todas perfeitas, mas que não sabia porque o sistema não funcionava. - Por isso agora estou me casando com um advogado. - Por que eu? - Perguntou o advogado. E a mulher respondeu: - Porque tenho certeza que você vai me ferrar. vbm,hjkçweop Um casal vai a um psicólogo. Logo que chegam ao consultório, o terapeuta pergunta qual é o motivo da consulta. A mulher tira uma lista bem grande e detalhada de todos os problemas que tiveram em 25 anos de casados: - Pouca atenção, falta de intimidade, vazio, solidão, não me sinto amada e desejada. Finalmente, o psicólogo se levanta, aproxima-se da mulher, pede que ela também se levante, abraça e a beija com paixão, enquanto o marido os observa, impressionado. A mulher fica muda e se senta meio atordoada. O terapeuta vira para o marido e diz: - Isto é o que sua mulher precisa pelo menos 3 vezes por semana! Você consegue? O marido pensa um pouco e responde: - Bom, eu posso trazê-la segunda e quarta, mas, às sextas, eu jogo bola! vbm,hjkçweop Lógico que a pulseira do equilíbrio funciona... para selecionar quem é trouxa de quem não é. vbm,hjkçweop Não basta ser gordo, tem que sair pro carnaval fantasiado de bebê. vbm,hjkçweop Sabe aqueles dias que você acha dinheiro perdido na rua? Pois é, nem eu.

Cultura inútil Se você ficar gritando por 8 anos, 7 meses e cinco dias, terá produzido energia sonora suficiente para aquecer uma xícara de café. (Não parece valer a pena.) Se você peidar constantemente durante 6 anos e 9 meses, terá produzido gás suficiente para criar a energia de uma bomba atômica. (Agora sim!) O coração humano produz pressão suficiente para jorrar o sangue para fora do corpo a uma distância de 10 metros. (Uau!) O orgasmo de um porco dura 30 minutos. (Porque a natureza foi tão generosa logo com o porco?) Uma barata pode sobreviver 9 dias sem sua cabeça até morrer de fome. (Ainda não consegui esquecer o porco) Bater a sua cabeça contra a parede continuamente gasta em média 150 calorias por hora. (Não tente isso em casa; talvez no trabalho!) O louva-Deus macho não pode copular enquanto a sua cabeça estiver conectada ao corpo... A fêmea inicia o ato sexual arrancando-lhe a cabeça. (Taí a origem do ditado: ‘Perde-se a cabeça por uma boa...’) A pulga pode pular até 350 vezes o comprimento do próprio corpo. É como se um homem pulasse a distância de um campo de futebol. (Trinta minutos... que Porco f.d.p.! Dá pra imaginar?) O bagre tem mais de 27.000 papilas gustativas. (O que é que pode haver de tão saboroso no fundo de um rio?) Alguns leões se acasalam até 50 vezes em um dia. (Que Porco f.d.p.!... qualidade é melhor que quantidade!) As borboletas sentem o gosto com os pés. (Taí, isso eu sempre quis saber) O músculo mais forte do corpo é a língua. (Hummmmmmm...) Pessoas destras vivem em média 9 anos mais do que as canhotas. (E se a pessoa for ambidestra?) Os elefantes são os únicos animais que não conseguem pular. (E é melhor que seja assim!) A urina dos gatos brilha quando exposta à luz negra. (E alguém foi pago para descobrir isso?!?!?!) O olho de um avestruz é maior do que o seu cérebro. (Conheço muita gente assim) Estrelas-do-Mar não têm cérebros. (Conheço muita gente assim também) Os ursos polares são canhotos. (Se eles começarem a usar o outro lado, viverão mais) Seres humanos e golfinhos são as únicas espécies que fazem sexo por prazer. (E aquele porco f.d.p.???)

O dinheiro roubado do Banestado daria para construir 6 Arenas do Atlético lguns jornalistas e políticos incompetentes insistem em afirmar que os gastos na reforma da Arena para receber os jogos da Copa de 2014 seriam excessivos. O valor atualizado de 326 milhões é alvo de críticas. Entretanto, esses mesmos políticos e jornalistas – na sua maioria – e a chamada grande imprensa, silenciaram na roubalheira de 19 bilhões do Banestado, que daria para construir 6 Arenas.

Na época alguns doleiros chegaram a afirmar que entregavam parte da corrupção em dinheiro vivo nos apartamentos de políticos locais – entre eles as mais altas autoridades do legislativo e executivo – envolvidos na maracutaia que lesou o Estado do Paraná e continua impune. O presidente da ACP, Edson José Ramon, homenageou recentemente o exgovernador Jaime Lerner. Não é piada.

A maior roubalheira de dinheiro público em toda a história do Paraná foi patrocinada no governo Jaime Lerner, quando roubaram mais de 19 bilhões de reais do Banestado. Valor que está sendo pago pelo povo do Paraná até o ano de 2029, e que faz falta mensalmente para a melhoria na saúde, educação e segurança pública.

Tribunal vai investigar suborno de US$ 139 milhões na Petrobras O Tribunal de Contas da União vai investigar a participação da Petrobras no caso de suborno envolvendo intermediários e funcionários da estatal brasileira que teriam recebido US$ 139 milhões em “comissões” pagas pela holandesa SBM Offshore em troca de encomendas de plataformas de produção. Segundo a denúncia, 1% das comissões teria sido destinada a um grupo de empresas do representante da SBM no Brasil, Julio Faerman, e 2% para “funcionários da Petrobras”. Essas comissões de 3% estariam relacionadas a contratos de US$ 4,6 bilhões.

Ninguém devolveu um centavo da fortuna roubada. A própria imprensa silenciava porque comia um pouco das migalhas que caiam da mesa do banquete. No final da década de 90 o Banestado era um banco que registrava lucros e estava com as finanças equilibradas. Financiava construção de casas e apartamentos populares, agricultura, comércio e indústria no Paraná. Bastou poucos anos de governo Lerner para que o banco fosse quebrado e vendido ao Itaú.

A dívida – títulos podres e empréstimos fraudulentos – ficou para ser paga pelo povo paranaense, enquanto o Itaú ficou apenas com a parte boa da negociata. Algo que não teria sido possível sem a cumplicidade de funcionários e servidores corruptos do Banestado e Banco Central, políticos, autoridades e imprensa. A opinião pública do Paraná foi condenada ao silêncio enquanto os abutres faziam festa com o dinheiro público roubado. Hoje, quando Curitiba se prepara para receber os jogos da Copa do Mundo de 2014, e com ela uma avalanche de t u r i s t a s nacionais e estrangeiros para dinamizar o comércio local, existe uma campanha de bastidores para tentar não inviabilizar a realização da Copa em Curitiba, algo inimaginável diante dos investimentos milionários até agora realizados, mas pelo menos desmoralizar a cidade e este evento. Os custos da reforma da Arena são criticados diariamente, mas trata-se de uma obra que beneficiará a cidade como um todo porque trará shows, jogos e eventos internacionais que hoje Curitiba não comporta e não recebe. O clube é alvo de ataques sistemáticos, como se a obra monumental beneficiasse apenas o clube Atlético, o que não é verdade. Justificando os aditivos nos custos da

obra, o presidente do Clube Atlético Paranaense, Mario Celso Petraglia, lembrou que os aumentos estão ligados ao retardamento de um ano no cronograma. “O dinheiro do estado e da prefeitura não foi liberado, as desapropriações não aconteceram, o Exército só liberou os prédios com muito atraso. Todo custo da obra incidiu”. Na Arena do Atlético Paranaense serão realizados jogos das seleções do Irã, Nigéria, Honduras, Equador, Austrália, Espanha, Argélia e Rússia. A cidade será tomada por turistas de forma nunca vista em toda sua história. Será uma oportunidade de ouro para os empresários e comerciantes que usarem criatividade para atender os turistas e lucrar com este evento. As muitas obras de infraestrutura, de mobilidade urbana, dificilmente seriam construídas em nossa cidade caso Curitiba não recebesse jogos da Copa – como defendem muitos comunicadores desinformados ou mal intencionados. Reduzir a discussão sobre a conclusão da Arena a mero embate clubístico, onde as cores dos times superam a razão dos investimentos realizados e a serem concluídos, é um desserviço à cidade e ao nosso Estado, e uma miopia para ver o legado da Copa que ficará para posteridade, depois que os últimos jogos forem realizados e os turistas voltarem aos seus países de origem. Ganhou Curitiba, ganhou o Paraná, ganhou o Brasil. Só não vê quem não quer. Carla Regina


Jornal Água Verde - fevereiro 2014