Page 1

Pรกginas 3 e 4


2

Prefeito determina que se encontre local apropriado para a ioga no Botânico prefeito Rafael Greca determinou neste domingo que a secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias, e o secretário de Defesa Social, Guilherme Rangel, se reúnam nesta semana com os responsáveis pelo projeto Yoga no Parque, para encontrar um local apropriado para a prática da ioga dentro do Jardim Botânico. O prefeito desaprovou a ação ocorrida ontem no Jardim Botânico, quando o grupo foi impedido de realizar a

atividade no espaço. A determinação do prefeito foi feita do México, onde ele se encontra representando Curitiba no encontro das Cidades da Rede Mundial de Design. De acordo com o prefeito, a ioga é uma atividade saudável para o corpo e a mente, que deve encontrar espaço em todos os parques e praças de Curitiba. “Os parques e praças foram feitos para os curitibanos amarem como seus próprios jardins”, diz.

Nova parada em frente ao Mercado Municipal agrada passageiros

O novo ponto da Linha Turismo, em frente ao Mercado Municipal, já entrou no roteiro dos turistas que fazem o passeio por Curitiba. A novidade trouxe o ponto que antes estava nos fundos do mercado para a Avenida Sete Setembro, onde os passageiros podem vislumbrar a bela fachada do prédio. O presidente da Associação dos Comerciantes Estabelecidos no Mercado Municipal de Curitiba, Mario Yamasaki, ressalta que a alteração era um pedido anti-

go dos comerciantes. “Agora temos um prefeito muito ágil, pedimos no ano passado e agora já aconteceu”, comentou. O impacto visual do mercado para os passageiros vai ser um atrativo extra, na opinião de Yamasaki. “Fim de semana já temos muitos turistas aqui e agora, aos poucos, vamos atraindo mais visitantes também durante a semana”, disse. Fernando Frigo e Elaine Sanches vieram de Londrina, Norte do Paraná, para passar dois dias em Curitiba. Com vári-

os atrativos turísticos no seu roteiro, decidiram usar a Linha Turismo. O ponto de partida foi o Mercado Municipal. “Aproveitamos para almoçar e conhecer o espaço”, disse Elaine. Para Frigo, a visita foi uma surpresa agradável. “É um lugar muito interessante, os produtos são bem selecionados e bem apresentados”, avaliou. “Achei muito legal a parte de orgânicos”, salientou. O Mercado Municipal também foi o ponto de partida para o passeio de Giovana Pestana e Carolina Mortari, que estão em sua primeira viagem em Curitiba. O espaço rendeu elogios das amigas de Campinas, interior de São Paulo. “Muito organizado”, disse Giovana. “Um bom local para almoçar e pesquisar mais informações da cidade”. Carolina já tinha interesse em conhecer a capital, quando soube do Curitiba HC Fest, que acontece no sábado, decidiu juntar os interesses. Elas vão passar três dias em Curitiba. “Queremos aproveitar o tempo livre para conhecer a gastronomia e a vida noturna da cidade também”, comentou Carolina. Os passeios gastronômicos estão sempre no roteiro dos goianienses Maiume Coelho e Thiago Falcomer. Em viagem de lazer em Curitiba eles aproveitaram a Li-

nha Turismo para vislumbrar a paisagem da cidade. Após conhecer o Jardim Botânico, decidiram matar a fome no Mercado Municipal. “Nossa descida aqui neste ponto foi pensada”, brincou Maiume. Em sua primeira visita à cidade, o casal vai ficar quatro dias, tempo em que pretendem conhecer pratos típicos de Curitiba. Nova Parada O Mercado Municipal já tinha um ponto da linha, na Avenida Presidente Affonso Camargo, nos fundos do prédio. Agora, os ônibus param na Avenida Sete de Setembro, na parte da frente ao Mercado Municipal.


3

Representando o Brasil, Curitiba é destaque em feira no México uritiba é uma das principais atrações na 10ª edição da Feira das Culturas Amigas, que teve início no último sábado e segue até o dia 29, na Cidade do México, a Capital Mundial do Design neste ano. Montado no Zócalo, o coração da capital mexicana, onde está sendo realizada a feira, o estande curitibano é um dos mais procurados. Curitiba está representando o Brasil no evento, com uma mostra das práticas de planejamento e design urbano. A montagem da exposição foi feita pelo Instituto de Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) a pedido da Embaixada do Brasil no México. “O estande do Brasil, representado por Curitiba, cidade do bom desenho, é a grande atração”, disse ontem o prefeito Rafael Greca, em visita à feira, acompanhado do embaixador do Brasil no México, Maurício Lyrio. Apresentação Nesta segunda-feira, o prefeito Rafael Greca fará uma apresentação sobre Curitiba, no encontro das Cidades da Rede Mundial de Design, no México. A capital mexicana é a Capital Mundial do Design, escolhida pela Organização Mundial do Design

(WDO – World Design Organisation), em premiação na qual Curitiba também foi finalista. Greca foi convidado a fazer a apre-

sentação sobre Curitiba pelo diretorgeral do Comitê Organizador da Capital Mundial do Design 2018 - Cidade do México e da Semana de Design

México, Emilio Cabrero. Curitiba também faz parte da rede de cidades criativas da Unesco como referência em design, sendo a única do Brasil.

Vereadora Maria Letícia visita o jornal Água Verde

A vereadora Maria Letícia Fagundes, do Partido Verde, visitou a sede do jornal Água Verde e conversou com o nosso repórter. Ela é médica legista de carreira, portanto funcionária do Estado do Paraná há 24 anos. Formada pela Faculdade de Medicina Evangélica há 33 anos, com uma loga carreira na área da saúde de Curitiba. É Vereadora em 1º mandato.

Jornal Água Verde – Quais as suas principais atividades na Câmara Municipal hoje? Vereadora Maria Letícia – São várias, mas, muito claramente, eu trabalho com Direitos Humanos na Câmara e trouxe para a Câmara o debate, a questão do enfrentamento da violência contra crianças e mulheres baseada na minha experiência como médica legista. Mas evidentemente por ser médica eu trabalho muito a área da saúde, hoje presido a Comissão de Saúde da Câmara Municipal, atuo muito na área da saúde na cidade de Curitiba e na questão da segurança por ser legista e conhecer os números da violência na cidade também. Jornal Água Verde – A senhora tem

um projeto que vai acabar com esta burocracia quando a pessoa necessita de um atestado de óbito de um parente. Vereadora Maria Letícia – Exatamente. Quando o doente é assistido nas Unidades de Saúde, principalmente os doentes crônicos, em especial os idosos que têm doenças já terminais, estes doentes são assistidos já na sua residência ou em programas específicos, isso na saúde da cidade de Curitiba. Quando eles morrem normalmente o médico que presta assistência não têm assinado o Atestado de Óbito e obrigatoriamente a família tem que levar o corpo do seu familiar para o Instituto Médico Legal, o que é um grande transtorno para a família. E normalmente a causa da morte já é conhecido pelo próprio médico que o atendeu, ou que já presta atendimento. Então nós estamos propondo agora em Curitiba um Projeto de Lei que vai tratar exatamente disso, ou seja, o médico que presta assistência ao doente em condições de saúde terminais ou doenças crônicas deverá a partir deste momen-

to assinar o Atestado de Óbito. Jornal Água Verde – Mais algum projeto que queira destacar? Vereadora Maria Letícia – Este é um projeto que foi aprovado em primeiro turno na Câmara Municipal de Curitiba, mas eu tenho vários outros projetos. Por exemplo, um que eu entendi que foi meu primeiro projeto e um dos mais importantes no ano passado foi a questão das crianças que sofrem violência. Muitas das crianças que sofrem violências, principalmente crimes sexuais, elas sofrem dentro das suas residências, são vítimas da própria família. Nós fizemos um Projeto de Lei, que se transformou em Lei, que é a Lei 15025 que trata exatamente disso: abre-se vagas para crianças vítimas de violência nas escolas de Curitiba, nos CMEIs e nas escolas conveniadas. Então é um projeto lindíssimo que vai atender um número enorme, porque a maior parte das vítimas de crimes sexuais na cidade de Curitiba são crianças e adolescentes.


4

O bairro Água Verde conta com um novo escritório de Consultoria Contábil H.RIBEIRO CONSULTORES & ASSOCIADOS, é um escritório com 15 anos de expertise na área Contábil, Trabalhista e Tributária. Atende à Empresas, Condomínios, pessoas Físicas e Jurídicas em geral.

Se você tem algum problema fiscal com sua empresa ou seu Imposto de Renda, entre em contato". "Imposto: Não pague mais, nem menos, pague o correto. Fale conosco". CRC PR 046309/O-0

Fones: 3042-06-04 e 99989-07-80 H.Ribeiro Consultores & Associados Rua Santo Amaro, 195 - www.hribeiroconsultores.com.br

A Fisioterapia e seus benefícios na Menopausa Durante o processo de envelhecimento feminino, há um declínio nas funções neuroendócrinas, principalmente pela considerável diminuição de hormônios como o estrógeno. Este período é marcado por sinais e sintomas como ondas de calor, sudorese noturna (suor intenso durante a noite), alterações no humor e irritabilidade, ou seja a menopausa representa um período de transformação na vida da mulher, no qual ela se confronta com problemas médicos e psicológicos que alteram a rotina diária das mulheres. Além dos fogachos, dores de cabeça, sudorese (suor intenso), fadiga, a disfunção sexual e a redução de estrogênio podem causar uma perda massiva e acelerada de massa óssea, predispondo a osteoporose, aumentando o risco de fraturas ósseas. A prevalência de osteoporose na coluna lombar varia de 15,8% (50 a 59 anos) a 54,5% (acima de 80 anos), e a prevalência de fraturas varia entre 20% e 82%, nas mesmas faixas etárias, respectivamente. Os Fisioterapeutas especialistas na

Saúde da Mulher e Gerontologia possuem um papel importante na promoção da saúde, pois para a mulher a orientação de exercícios físicos é fundamental. Hábitos de vida saudável e prática regular de exercícios são fundamentais para a prevenção de osteoporose, promoção da saúde, resgate da autonomia e independência funcional, com aumento de força muscular, estabilidade articular, equilíbrio, mobilidade, redução da dor e prevenção de quedas. Com todas essas mudanças positivas ocorre uma melhora significativa n a qualidade de vida e bem estar das mulheres. Acrescente vida aos seus anos, e não apenas anos em sua vida. Cuide de sua saúde, procure um Fisioterapeuta! Autoras: Simone C. P. Domingos, Larissa Camargo e Natália Boneti Moreira *Nota informativa, elaborada na disciplina de Fisioterapia Esportiva do Centro Universitário Dom Bosco (UniDBSCO), orientado pela professora Natalia B. Moreira.

Encontro do Clube Belina e Corcel Curitiba No último dia 14, o Clube Belina e Corcel Curitiba reuniu amantes e apaixonados pelos veículos da marca Ford. Modelos como Belina, Corcel, Del Rey e Pampa foram expostos no 6º Viking Collectors, evento realizado na Associação Viking no bairro Campo Comprido, onde antigomobilistas se encontraram para expor suas relíquias, verdadeiras jóias

guardadas em garagens para eventualmente desfilarem pela cidade com seu glamour de quando saíram de fábrica. O Clube Belina e Corcel de Curitiba (CBC-CWB), convida a todos que possuem o exemplar do modelo a participar de encontros aos domingos no Parque Barigui, sempre a partir das 09h00 em frente ao heliporto.


5


6

Polícia Civil dá dicas para população não cair em golpes á vários golpes inseridos no crime de estelionato, entre os mais comuns estão golpe do bilhete premiado, torpedo premiado, falso sequestro, carro quebrado, envelope vazio, confirmação dos dados, falsa casa na praia, entre outros. A Delegacia de Estelionato, da Polícia Civil do Paraná, preparou uma série de dicas de segurança para evitar que as pessoas caiam em algum tipo desses golpes. O crime de estelionato – onde o autor obtém vantagem ilícita em prejuízo alheio – prevê uma pena de prisão de até cinco anos e multa. Neste crime, a princípio, não há violência e nem grave ameaça. A arma do estelionatário é o poder de convencimento, a persuasão. Para a delegada-adjunta da Delegacia de Estelionato, Vanessa Alice, o poder de convencimento desse tipo de criminoso é bastante abrangente. “Em alguns golpes eles se passam por pessoas humildes para enganar suas vítimas, que acabam acreditando e caem no golpe, como é o caso do Golpe do Bilhete Premiado”, disse. “Quando a oferta é demais, desconfie. Não existe dinheiro fácil, principalmente oriundo de pessoas desconhecidas. Tudo o que parece ser muito vantajoso, deve ser avaliado com cautela, buscando sempre informações, evitando assim ser vítima de um golpe”, acrescentou a delegada.

De acordo com a polícia, muitos casos nem chegam ao conhecimento da autoridade policial por receio ou vergonha da vítima em ter se deixado enganar. Não deixe de procurar a polícia se você passar por alguma das situações abaixo. GOLPES - BILHETE PREMIADO: caso apareça alguém com um bilhete de loteria premiado, desconfie. É um golpe. O golpista diz que precisa de ajuda para retirar o prêmio e, com a ajuda de outras pessoas (também estelionatários), enganam a vítima, que acaba dando uma quantia em dinheiro e fica com o suposto bilhete, que de premiado não tem nada. TORPEDO PREMIADO: a vítima recebe torpedos SMS (mensagens via celular) informando que ganhou um prêmio. Ela entra em contato com o número e acaba colocando crédito para algum número de celular ou mesmo depositando dinheiro em determinada conta. Os estelionatários também usam nomes de programas de televisão para enganar as vítimas. FALSO SEQUESTRO: a vítima recebe uma ligação no seu celular. Do outro lado da linha alguém diz que está em poder de seu filho (a), ou um parente e exige dinheiro para libertá-lo (a). A pessoa não pode se apavorar e deve fazer contato com a suposta víti-

ma do sequestro. Outra dica: peça para o “sequestrador” perguntar ao “sequestrado” algo que só ele saiba, como o nome do seu cachorro, o número do seu celular, time de futebol preferido. CARRO QUEBRADO: O estelionatário se passa por parente ou conhecido da vítima, dizendo que está com o carro quebrado e que precisa de dinheiro para o guincho ou para pagar o mecânico. Acreditando que o parente ou conhecido está com dificuldades, realiza o depósito bancário ou ainda coloca crédito de celular para supostamente realizar contato com a seguradora. ENVELOPE VAZIO: típico golpe realizado em transações comerciais, como na compra e venda de produtos. Ex: carros, celulares. O estelionatário faz a compra de determinado produto, pagando via depósito em um envelope sem o dinheiro. Ele apresenta o comprovante de pagamento, a vítima entrega o produto, descobrindo mais tarde que sofreu um golpe, pois o envelope estava vazio. Dica para não cair neste golpe: confirme junto ao banco se o valor depo-

sitado foi devidamente descontado ou se está bloqueado. Se estiver bloqueado, trata-se de golpe. CONFIRMAÇÃO DE DADOS: o estelionatário liga para a vítima se passando por funcionário de determinada empresa, dizendo que precisa que a vítima confirme alguns dados para fins de atualização do sistema. A vítima passa os dados e o estelionatário os utiliza para transações comerciais em nome da vítima. Nunca passe seus dados por telefone. FALSA CASA DA PRAIA: típico golpe realizado no final de ano. O estelionatário coloca um anúncio em algum site, ofertando uma casa para alugar na praia, com as fotos e um preço atrativo. A vítima entra em contato com o suposto proprietário, dá uma entrada (sinal) e depois o estelionatário some. Não alugue um imóvel de uma pessoa que não é profissional na área. Se você vai fazer um negócio (exemplo: comprar um imóvel), procure alguma pessoa que tenha conhecimento sobre o assunto, um advogado ou corretor de imóveis.


7

Associação dos Jornais de Bairros do Paraná elege nova diretoria Representantes de jornais de bairros filiados à Associação dos Jornais de Bairros do Paraná se reuniram na última quinta-feira no restaurante e petiscaria Ball-Bull, na avenida Água Verde, para participar da Assembleia Geral que elegeu a nova diretoria da associação para o mandato 2018/2020. Além de traçar metas a longo e médio prazo, os participantes decidiram que a posse da nova diretoria será realizada no prazo de 30 dias no Centro de Convenções do Parque Barigui, reunindo autoridades municipais e estaduais, além de lideranças comunitárias. O presidente da Ajorb-Pr que deixa o cargo, Adilson da Costa Moreira, falou que os “32 jornais de bairros que integram a Associação estão dispostos a organizar importantes eventos nos próximos meses para divulgar a Associação que hoje representa a maior parte da mídia impressa em Curitiba”. O presidente Fábio Rocha desenvolveu um mídiakit para a entidade e anunciou diversos projetos a serem executados nos próximos meses. Na oportunidade foi apresentado o mídia-kit que será enviado para agências de propaganda contendo informações de todos os jornais filiados à associação. Através desse mídia-kit elaborado com as últimas novidades tecnológicas em editoração

dos participantes é a seguinte: Presidente – Fábio Luiz Rocha (jornal Realidade Notícias de Santa Felicidade) Vice-presidente – Maurício Grabowski (jornal do Centro Cívico) 1º secretário – Moisés Noronha Corrêa Júnior (jornal do Abranches) 2º secretário – Adilson da Costa Moreira (Gazeta do Santa Cândida) 1ª tesoureira – Larissa Santin (Jornal da CIC) 2ª tesoureira – Emília Schwartz (jornal Tribuna do Boqueirão)

eletrônica e vídeo, será possível alcançar os grandes anunciantes do Estado. Os jornais de bairros hoje atingem a totalidade dos bairros de Curitiba e algumas cidades do interior do Paraná. Para Larissa Santin, diretora do jornal da CIC, eleita tesoureira, “a partir de agora vamos prestar contas mensalmente aos nossos associados para fortalecer ainda mais a nossa união”. A diretoria que sai entrega o

caixa com saldo positivo e a arrecadação é superavitária. Segundo o conselheiro da Associação, José Gil de Almeida, “Curitiba é a capital dos jornais de bairros do país. São mais de 40 jornais de bairros atuando na maioria dos bairros, ocupando uma importante lacuna deixada por grandes jornais nos últimos anos que não sobreviveram à crise econômica”. A diretoria eleita por unanimidade

Conselho Deliberativo Celina Ribello (Folha do Batel) Maria Isabel Ritzmann (jornal O Morador) José Gil de Almeida (jornal Água Verde) Conselho Fiscal Daiane Gizele Estevão (jornal da Barreirinha) Bernardo Mussi Carlini (jornal do Juvevê) Loui de Ferrant (jornal Cult Curitibano)

Diretores de jornais de bairros visitaram a tv E Paraná nesta quarta-feira. Acompanharam a produção de programa jornalístico e conheceram as instalações da emissora que passam por reformas e modernização.

Associação dos Jornais de Bairros do Estado do Paraná Mídia comunitária Imprensa de bairro A voz das comunidades


8

Entrevista com Gerson Gunha, o Administrador Regional do Portão/Fazendinha O Administrador Regional do Portão/ Fazendinha, Gerson Gunha, é a pessoa certa no lugar certo. Dinâmico e empreendedor, tem respondido com presteza e agilidade às reivindicações das comunidades. Confira a seguir nossa entrevista: Qual a abrangência da Regional Portão/Fazendinha? Gerson Gunha – Bairros de abrangência: Água Verde, Fazendinha, Guaíra, Parolin, Portão, Santa Quitéria, Seminário e Vila Izabel. Quais os principais trabalhos realizados pela Regional? Gerson Gunha – Nos oito bairros da Regional Portão/Fazendinha, a Prefeitura realizou no primeiro trimestre deste ano manutenção de tapa-buraco em 125 quilômetros de ruas. Em comparação com o mesmo período do ano passado, o volume de trabalho nos bairros Fazendinha, Portão, Santa Quitéria, Seminário, Vila Izabel, Água Verde, Parolin e Guaíra cresceu 73%, o que demonstra a melhora significativa da eficiência ao longo da gestão. No início de 2017, a administração recém-empossada precisou resolver de maneira emergencial a volta das equipes a este tipo de serviço, que é feito em sua maioria por empresas terceirizadas. Havia atraso nos pagamentos e, na virada de 2016 para 2017, o trabalho estava completamente parado. Casa em ordem Com a situação regularizada, o município passou a fazer o serviço de forma regular. Hoje, há 121 equipes responsáveis pela manutenção das vias públicas em toda a cidade – trabalho que inclui também roçada de áreas e limpeza e consertos em bueiros e galerias pluviais (para melhor escoamento das águas da chuva). “Colocamos a casa em ordem e começamos a cuidar como se deve das ruas da Regional Portão/Fazendinha e de todas as demais da nossa Curitiba”, disse o prefeito Rafael Greca. Em toda a cidade, o tapa-buraco foi realizado em 1,1 mil quilômetros de ruas em todos os bairros de Curitiba – 63% a mais que o realizado no mesmo período do ano passado. Ligeirão Norte-Sul A nova frota de biarticulados da cidade começou a circular na manhã desta quar-

ta-feira (28/3) na nova linha de ligeirão Trincheira na Avenida Nossa SeSanta Cândida/Praça do Japão. Os ônibus nhora das Graças passam pelo primeiro corredor exclusivo Na última segunda-feira (9/4), o Greca para ônibus do Brasil, o eixo Norte-Sul. autorizou a publicação dos editais de lici“O novo Ligeirão permite que o eixo de tação para construção da trincheira no crutransporte que leva 120 mil passageiros por zamento da Avenida Nossa Senhora dia passe a levar 160 mil Aparecida com a General passageiros diariamente”, Mário Tourinho, no Semidisse o prefeito Rafael nário. Serão investidos quaGreca. se R$ 14 milhões, com re“Vamos ter a operação cursos do PAC proveniende qualidade, rapidez no ir tes do Orçamento Geral da e vir desde o Santa CândiUnião (OGU) e projeto já da, de Colombo e o restanaprovado pela Caixa Ecote da região norte até o cennômica Federal. tro da cidade. Mais tarde A trincheira vai melhovamos estender a linha até rar a ligação do Centro com Gerson Gunha o Capão Raso” disse Rafael o Campo Comprido e da reGreca. A previsão é que isso gião do Portão com a BRaconteça até 2020. A Prefeitura já tem pro- 277 no sentido do Parque Barigui. “Com a jetos aprovados na Caixa Econômica Fe- obra, vamos dar mais vazão aos deslocaderal recursos para a infraestrutura de ul- mentos, não apenas ao transporte indivitrapassagem em cinco estações, como par- dual mas, sobretudo, melhorar a operação te da a segunda etapa e aguarda liberação do Ligeirinho Inter 2, a linha de ônibus que do recurso para licitar e iniciar as obras. transporte 80 mil passageiros por dia, pasMaior obra de Macrodrenagem sando por 12 bairros”, afirmou Greca. Atualmente, a Regional Portão recebe a A obra vai facilitar os deslocamentos maior obra de macrodrenagem e norte-sul e sul-norte pela Avenida Mário perfilamento em andamento em Curitiba Tourinho, por baixo da futura trincheira, por onde deverão passar 41 mil veículos por dia. Pelo eixo da Avenida Nossa Senhora

para controle de cheias do Rio Pinheirinho. A obra tem extensão de oito quilômetros e passa por cinco bairros: Lindóia, Parolin, Fanny, Guaíra e Hauer. Na regional, também foi feita a recuperação do asfalto nas ruas Fernando de Souza Costa, Herculano Carlos Franco de Souza, Lindolfo Pessoa e 24 de Maio. E a Vila Portelinha, área de ocupação irregular onde moram muitas famílias carentes, ganhou força-tarefa, com atendimento de saúde, encaminhamento para emprego, inscrição em programas sociais e doação de roupas.

Aparecida, por cima da trincheira, na ligação leste-oeste e oeste-leste, deverão passar 15.6 mil veículos por dia. O processo de licitação será feito pela Secretaria Municipal de Obras Públicas por Regime Diferenciado de Contratação (RDC). A estimativa é que a obra demore de dez meses a um ano para ficar pronta. A médio e longo prazo, quais são as perspectivas da Regional? Gerson Gunha – São muitas as obras na Regional Portão/Fazendinha, entre as quais destaco: Licitação para construção de trincheira na Avenida Nossa Senhora

Aparecida; Ligeirão Norte-Sul: Santa Cândida – Praça do Japão. Futuramente trajeto será estendido até o Capão Raso; Obras de controle de enchentes no Rio Pinheirinho e Iguaçu; Perfilamento do Rio Bariqui; Construção do CMEI Novo Mundo; Manutenção corretiva de 14.084 pontos de iluminação; Estoque de remédios regularizado; Todos os postos de saúde com o agendamento pelo aplicativo Saúde Já Curitiba; 7.997 agendamentos de consultas, exames e cirurgias pelo Mutirão Saúde Já; Entrega de títulos de propriedade de imóveis para 54 famílias; Pintura e reforma dos dois Armazéns da Família; Mutirão para o plantio de 50 mudas de árvores na Vila Nina, no Fazendina; Mutirão contra a dengue; Pavimentação: ruas Fernando de Souza Costa (Fazendinha), Herculano Carlos Franco de Souza e Lindolfo Pessoa (Água Verde) e 24 de Maio (Parolin); Atendimento a famílias do Parolin atingidas por incêndio; Readequação e entrega da Praça Afonso Botelho; Nova iluminação de ciclovias no Guaíra e Parolin; Nova iluminação na quadra de areia do CEL Arthur Bernardes, no Santa Quitéria; Nova ponte sobre córrego no fim da Rua Luiz Delfino, no Portão; Melhoria da iluminação em avenidas e ruas dos bairros Portão e Seminário; Revitalização dos parques Cambuí e Guairacá, no Fazendinha; Plantio de Araucárias no Parque Guairacá; 21 anos da Rua da Cidadania; Ajuste na circulação da Linha de ônibus Porto Belo, ligando o Fazendinha ao CIC; Entrega da restauração da Igreja Senhor Bom Jesus, no Portão; Fiscalização do comércio irregular: quase cinco mil itens apreendidos com ambulantes irregulares; 1.039 vagas em 36 cursos gratuitos de qualificação profissional; Instalação de seis estações de ginástica e alongamento; Castração gratuita de 520 cães e gatos; A Prefeitura retomou, depois de quatro anos, a organização do Desfile CívicoMilitar do Fazendinha; Curso de fotografia do Viva Jovem; Programa Mobiliza dá dicas aos jovens de como conseguir e manter emprego; Projeto para implantação de Unidade de Acolhimento para Pessoas em Situação de Risco no antigo Laboratório Municipal do Parolin, para pessoas em situação de rua; Início do projeto da Conectora 3, novo eixo estrutural da cidade, que vai ligar o Portão ao Caiuá

(41) 3408.2860


9

Saúde de Curitiba recebe atenção especial, diz Michele Caputo "Curitiba será novamente uma cidade modelo na área da saúde e já está oferecendo melhores serviços aos moradores da capital", diz Michele Caputo ntre 2011 e 2018, o ex-secretário Michele Caputo Neto repassou R$ 562 milhões para fortalecer o sistema de saúde de Curitiba. Obras em unidades de saúde, melhorias em hospitais estratégicos, incentivos de custeio para ações e serviços, ambulâncias, equipamentos, medicamentos para a rede básica e recursos para mutirões de consultas, exames e cirurgias especializadas. Tudo isso faz parte de um amplo conjunto de investimentos do Estado na capital paranaense.

"Em situações de urgência e emergência, cada minuto é importante e pode ser decisivo para salvar uma vida. Por isso, priorizamos os investimentos em saúde”, diz Michele Caputo

Michele Caputo - pré-candidato a deputado estadual - reafirma que trata-se de um grande esforço de governo para reestruturar a rede pública de saúde de Curitiba. “Os investimentos estão ajudando a resgatar o

protagonismo de Curitiba na área da saúde, que sempre foi celeiro de soluções inovadoras para melhorar o atendimento da população. Prova disso é o programa Mãe Curitiba, reconhecido internacionalmente pela atenção especial à gestantes e bebês”, afirmou. Somente para obras na rede básica foram R$ 8,2 milhões. Cinco unidades de saúde foram entregues e atendem os moradores de Campo Alegre (CIC), Vila Sabará (CIC), Coqueiros (Sítio Cercado), Xaxim (Sítio Cercado) e Aliança (Santa Cândida). Unidades de saúde - De acordo com Caputo Neto, foram garantidos recursos para a reforma de outras 14 unidades de saúde. Nesta primeira etapa estão as unidades de saúde Abaeté, Caiuá, Dom Bosco, Fernando de Noronha, Ipiranga, Moradias da Ordem, Nossa Senhora da Luz, Pilarzinho, Pompéia, Santa Efigênia, São Paulo, Tingui, Vila Feliz e Vista Alegre. O investimento será de até R$ 150 mil em cada obra, totalizando R$ 2,1 milhões. “A saúde começa pela base e é nesta lógica que estamos trabalhando. Ao fortalecer a retaguarda de atendimento nos bairros, levamos assistência de qualidade para mais perto das pessoas”, disse Michele Caputo. No aniversário da cidade, também foi anunciado o repasse de R$ 2 milhões para a construção de uma nova unidade de saúde no Ceasa e mais R$ 750 mil para a construção de outra unidade de saúde no bairro Umbará. O Estado mantém ain-

da, no centro de Curitiba, uma das maiores farmácias públicas do país, que atende 28.700 pessoas - mais de 20 mil usuários de Curitiba e de 28 cidades da região metropolitana. São fornecidos gratuitamente 232 tipos de

medicamentos para tratamento de pelo menos 80 doenças. Em 2017, a unidade alcançou a marca de 200 mil atendimentos. Hospitais - O apoio do governo se estende também à retaguarda de urgência e emergência. São incentivos a hospitais de referência, através do programa HospSUS (de apoio aos hospitais públicos e filantrópicos), recursos para o custeio do Samu e Siate, sem contar o apoio destinado à manutenção do serviço de transporte aeromédico, com um avião UTI e um helicóptero de resgate à disposição. Nos últimos anos, o Estado foi responsável também pela renovação da frota do Siate, além de auxiliar na reposição de ambulâncias do Samu. “Tudo isso tem impacto direto na agilidade e eficiência do atendimento à população. Em situações de urgência e emergência, cada minuto é importante e pode ser decisivo para salvar uma vida”, diz Michele Caputo.

www.jornalaguaverde.com.br www.jornalaguaverde.com.br www.jornalaguaverde.com.br

Leia o jornal Água Verde na internet www.jornalaguaverde.com.br www.jornalaguaverde.com.br www.jornalaguaverde.com.br www.jornalaguaverde.com.br

Cansado de não ter retorno na internet?

3408.2860

O Estado e a prefeitura inauguraram ainda dois novos helipontos para ampliar as opções de pouso do helicóptero de resgate em Curitiba. Além do Hospital do Trabalhador, que já detinha a estrutura, agora o Hospital C a j u r u e a U PA d o Tatuquara também mantêm helipontos em operação 24 horas por dia. Anexo da Mulher - E as ações não param por aí. Duas novas obras financiadas pelo Estado devem trazer ganhos importantes a todo o sistema de saúde. Uma delas é a construção do “Anexo da Mulher” do Hospital do Trabalhador, no bairro Novo Mundo. “Esta é a maior obra de ampliação de toda a história do nosso hospital. São R$ 13,3 milhões que permitirá ao hospital ampliar sua capacidade de 222 para 302 leitos", disse Michele Caputo. O Anexo da Mulher, com mais de 4 mil metros quadrados, vai abrigar os serviços da maternidade; atendimento de ginecologia e obstetrícia; UTIs, leitos de internação e uma série de outros setores voltados exclusivamente ao atendimento feminino e materno-infantil. A outra obra é do “Erastinho”, a unidade infantil do Hospital Erasto Gaertner, especializado em oncologia. Em 2018, Michele Caputo assinou o convênio garantindo R$ 12 milhões para a construção do prédio, que vai melhorar as condições de tratamento do câncer em crianças. A expectativa é ampliar de 20 para 39 o número de leitos infantojuvenis, permitindo o atendimento de 300 novos casos por ano. Poderão ser feitas, no local, até 17 mil consultas, 500 cirurgias e mais de 85 mil procedimentos anualmente.


10

Ciclistas percorrem o Rio Tibagi da nascente à foz em defesa das águas O desafio ciclístico nomeado Entre Águas: Desafio Rio Tibagi tem como objetivo pedalar seguindo o percurso do rio Tibagi desde sua nascente até sua foz. A saída dos ciclistas será do parque Barigui em Curitiba no dia 28 de abril rumo à nascente conhecida como Cachoeira da Ponte, no município de Palmeira. Eles irão coletar a água da nascente que será levada até a sua foz, no Rio Paranapanema, no município de Primeiro de Maio. Os participantes são Édio Furlanetto, Rafael Vallejos, Mirian de Moraes, Bruno Carvalho, Fernando Rosenbaum, Jackson Swiech e Daniel de Moraes. Eles vão percorrer 615 quilômetros, com tempo aproximado de 42 horas de pedal. O propósito

deles, além de estimular o uso da bicicleta como meio de transporte, é a defesa das águas - tomando como base a visibilidade às problemáticas do Rio Tibagi, que é o segundo maior rio do estado do Paraná em exten-

são, e sofre com diversos problemas de poluição, destruição da mata ciliar e construção de barragens. Na trajetória do desafio, os ciclistas irão propor a discussão sobre como reduzir a contaminação das águas, por

meio de palestras que serão realizadas nas escolas das cidades pelas quais passarão. Além disso, será realizado um mini documentário com o registro dos pontos mais marcantes e de fatos históricos ocorridos no rio, contados por historiadores, pescadores e moradores das regiões. O projeto Desafio Rio Tibagi faz parte do programa Ciclismo Social do Instituto Tibagi, desenvolvido em 2015 e que está em sua quarta edição de pedaladas de longa distância. O programa tem a finalidade de favorecer o cicloturismo ao mesmo tempo em que assimila outras problemáticas, sejam sociais ou ambientais. Acompanhe o Desafio Rio Tibagi na Fanpage: fb.com/ciclismosocial. Indianara Zanatta

PARA ONDE VÃO OS EUA? “Os EUA vivem hoje o que pode ser sua maior e mais brutal crise econômica e financeira. A desigualdade social está aumentando. A classe média endividouse de maneira acachapante e milhares de pessoas estão sendo despejadas de suas casas. O crime aumenta a cada dia e há 2,4 milhões de presos. O país carrega, cansado, o peso de uma dívida pública trilionária. Enquanto as grandes corporações seguem com seus lucros e o PENTÁGONO aumenta suas verbas, o governo ‘laisser faire’ dominado pelas organizações de serviços e financeiras e pelo complexo militar, prefere empurrar a nação para a guerra e a economia para o abismo. O dólar cai, as desigualdades sociais, o crime e a pobreza aumentam, outros países crescem e começam a contestar uma hegemonia de superpotência que não mais se sustenta, a não ser pela força e pela guerra nos países de cujos recursos naturais o império depende para sustentar o custo de seus gastos exorbitantes” (JAN NEDERVEEN PIETERSE em “O FIM DO IMPÉRIO AMERICANO”). “Já não há mais dúvida de que o governo BUSH nos levou à

Abdo Dib Abage, Cônsul Honorário da Síria para o Paraná e Santa Catarina, período 1987/2017

guerra valendo-se de uma tática de enganos. A questão essencial agora é porque tanta gente influente continua cega, incapaz de admitir o óbvio. Como foi que chegamos a este ponto? Como foi que o sistema político americano, que produziu uma liderança econômica tão razoável nos anos 1990, nos levou ao lamaçal atual de desonestidade e irresponsabilidade?”(PAUL KRUGMAN em “A DESINTEGRAÇÃO AMERICANA”). “Precisamos reconhecer que somos alvos não porque promovemos a democracia, mas justamente porque negamos a liberdade e os

direitos humanos a muitos países. Os EUA têm sido responsáveis por muito sofrimento em várias partes do mundo. A indústria de armas está ligada aos empresários do petróleo. E ainda há o entrelaçamen-

to com o governo. Membros das direções destas empresas estão em altos postos do governo. Eu acabaria com a CIA. Ela foi criada para ajudar na segurança dos EUA, mas falhou. Está envolvida em jogos sujos e corruptos. É tão corrupta que é impossível reformá-la. Não acredito que a população americana esteja vendo as cenas dos refugiados, porque as imagens são editadas antes de chegar ao público. Há uma censura na grande imprensa porque são corporações que se beneficiam destas guerras.”(ROBERT BOWMAN, diretor do programa “GUERRA NAS ESTRELAS” e pré candidato presidencial nas eleições de 2001”. Compilado por Abdo Dib Abage, Cônsul Hon.da Síria, período 1987/ 2017.


11

Na crise, Paraná é exceção Vinte e cinco estados, entre as 27 unidades da federação, cortaram investimentos entre 2014 e 2017, aponta o jornal Folha de S. Paulo orte de investimentos, obras paralisadas, desiquilíbrio nas contas públicas, recessão e outros percalços provocaram o maior estrago financeiro em 25 dos 27 estados brasileiros entre 2014 e 2017, à exceção do Paraná e Rondônia, aponta a reportagem deste sábado, 21, no jornal Folha de S. Paulo. A matéria de Flavia Lima, Daniel Camargos e João Pedro Pitombo registra que os estados cortaram R$ 27 bilhões de investimentos – reduziram recursos para infraestrutura, saúde e segurança – e que só os estados de Minas Gerais e Pernambuco têm 2,7 mil obras paradas, conforme relatório da IFI (Instituição Fiscal Independente) do Senado. Recessão – “Em maior ou menor intensidade, o estrago foi generalizado e atingiu 25 das 27 unidades da Federação. A tesoura pesou especialmente em cinco estados, três deles da região Sudeste. As exceções foram Paraná e Rondônia”, reporta o jornal paulista de circulação nacional. O jornal adianta a recessão econô-

mica a partir de meados de 2014 “atingiu fortemente a arrecadação de tributos de União, estados e municípios, interrompendo uma trajetória de elevação dos gastos que começou logo depois da crise de 2008”. “Sem autonomia legal para mexer em despesas fixas e onerosas, como a folha de pagamento, puniu-se o investimento. Mas, como esse item é considerado crucial para a recuperação da economia, a sua queda acaba

colocando em xeque o já lento processo de retomada”. Diferencial – O Paraná, segundo a Folha de S. Paulo, conseguiu elevar o gasto com investimentos nos últimos anos, mas, para chegar lá, o caminho foi doloroso. O jornal se refere ao ajuste fiscal e corte de gastos e despesas feitos pelo então governador Beto Richa (PSDB). Agora em abril, Richa disse que o

ajuste cortou R$ 2 bilhões por ano nas despesas. “O Paraná fez o dever de casa, passou por um ajuste fiscal que garantiu o equilíbrio de suas contas num período em que o Brasil mergulhou numa crise econômica e social sem precedentes, talvez a crise mais grave da história”, afirmou Richa na sua despedida do governo. Cortar investimentos, conforme ainda o jornal, significa adiar “projetos de construção de escolas e hospitais e provisão de equipamentos, além de paralisar obras como pontes e rodovias”. Não é o caso do Paraná. “Só neste ano, estão reservados no orçamento 8,4 bilhões de reais para investimentos em infraestrutura, segurança, saúde e educação”, disse Richa, pré-candidato ao Senado nas eleições de outubro. “O Paraná de hoje é um canteiro de obras na sua infraestrutura, com duplicações de rodovias, modernização de portos e aeroportos, investimentos vigorosos em energia, saneamento e tecnologia da informação e construções de equipamentos urbanos que garantem mais atenção às pessoas”, completou.

Cida formaliza posse de Antônio Carlos Nardi na Saúde ntônio Carlos Figueiredo Nardi assumiu nesta sextafeira (20) a Secretaria da Saúde do Paraná. A posse formal ao novo secretário foi dada pela governadora Cida Borghetti, em solenidade realizada em Maringá, onde Nardi atuou como secretário municipal da área. Cirurgião dentista de formação, Nardi ocupava até o último dia 6 de abril o cargo de secretário-executivo do Ministério da Saúde. Ele foi um dos primeiros confirmados pela governadora para compor seu secretariado. “A saúde é uma das áreas que mais tem atenção do governo, sempre com a meta de ampliar e aprimorar cada vez mais o atendimento à população. O convite a Nardi se deve a sua trajetória, com longa experiência em gestão pública da saúde”, afirmou Cida. “Nosso novo secretário fez um excelente trabalho no período em que atuou no Ministério da Saúde e trará todo o conhecimento como gestor público também para o Paraná. Essa expertise será importante, no sentido de alavancar recursos e viabilizar a execução de novos projetos”, afirmou a governadora. Segundo ela, a escolha de Maringá para a solenidade de posse do secretário da Saúde, assim como as da secretária da Educação em Londrina e a do chefe

Marialva e Maringá. Em 2015, assumiu a Secretaria Nacional de Vigilância em Saúde. Entre abril de 2016 e abril de 2018 foi o titular da secretaria-executiva do Ministério da Saúde. Também foi presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (Cosems-PR), do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems) e titular da Comissão Intergestores Tripartite.

da Casa Civil em Toledo, reforça o sentido de interiorização deste governo. “Queremos descentralizar as ações do governo, levá-lo para mais perto dos cidadãos, avançar, humanizar”, afirmou. PREVENÇÃO - O novo secretário relatou que já iniciou o mapeamento de toda a rede de saúde do Estado. “Agora, nosso maior desafio é implementar, junto com prefeitos, secretários municipais, vereadores, conselheiros e servidores, uma saúde com foco na prevenção. Queremos um Paraná mais sau-

dável e melhor para todos”, disse ele. “Vamos manter os programas e ações em andamento, com prioridade para políticas de prevenção e promoção da saúde. Nosso foco é construir pontes para o diálogo”, afirmou. EXPERIÊNCIA - Natural de Mococa (SP), Nardi mudou-se para Maringá depois de formado. Com mestrado e doutorado em saúde coletiva, pela Universidade de Brasília, ele atuou na região Noroeste como secretário municipal de saúde Floresta,

CONSÓRCIO - Durante o evento de posse do novo secretário, a governadora anunciou a liberação de R$ 10,5 milhões para as despesas de custeio do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Setentrião Paranaense (Cisamusep). O montante será disponibilizado em 24 parcelas. PRESENÇAS - Participaram da solenidade os secretários de Estado de Segurança Pública, Júlio Reis; Desenvolvimento Urbano, Sílvio Barros; do Cerimonial e Relações Internacionais, Ezequias Moreira, e o secretário em exercício da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Décio Sperandio, os deputados federais Ricardo Barros, Osmar Serraglio e Alex Canziani; os deputados estaduais Maria Victória e Evandro Junior e lideranças e prefeitos da região.


12


12

Idosos tomam a vacina contra gripe no primeiro dia de campanha esta segunda-feira começou a campanha nacional de vacinação contra a gripe. Em Curitiba, a vacina está disponível em todas as unidades de saúde para os públicos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde. A vacinação ocorre de segunda à sextafeira, em horário comercial, das 8h às 18h, até 1 de junho. No primeiro dia de campanha, a procura pela vacina é alta. A aposentada Filka Kornievcz foi à unidade de saúde Ouvidor Pardinho garantir a dose. “Eu tomo a vacina todos os anos. É maravilhoso porque aí não pego nada”, conta ela, revelando o seu segredo para não ficar doente: “Vacina e alimentação saudável, com muitas frutas com vitamina C.” Filka, bem-humorada, mandou um recado para quem faz parte do público prioritário e foge da vacina. “Criem coragem, não tenham medo da agulha, não dói nada. Faz bem para a saúde, você não vai ficar gripado e nem ficar transmitindo para os outros”, disse. O aposentado Sérgio Ernani Pinheiro, 69 anos, também se vacinou no primeiro dia. “Não dói nada, é gratuito e evita males maiores. Não tem motivo para evitar”, afirmou ele. Público-alvo De acordo com o diretor do Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba, Alcides Oliveira, o público prioritário é definido pelo Ministério da Saúde, de acordo com a vulnerabilidade e a possibilidade de complicação caso pegue gripe (veja abaixo a lista do públicoalvo). Em Curitiba, a meta é vacinar pelo menos 90% das 515 mil pessoas que integram o público-alvo, o que corresponde a 463,5 mil pessoas. No primeiro dia de vacinação, nesta segunda-feira, a procura tem sido alta. “Não precisa correr, até o dia 1 de junho a campanha estará em vigor. Tem dose suficiente para toda a população alvo”, explicou Oliveira. Para receber a vacina, basta ir a uma das unidades básicas de saúde, levando um documento oficial e, dependendo do caso, a comprovação de que se enquadra no público-alvo (lista abaixo). A vacinação não é feita nas Unida-

Idosos tomam a vacina contra gripe no primeiro dia de campanha na US Ouvidor Pardinho. Foto: Valdecir Galor/SMCS des de Pronto Atendimento (UPAs), locais destinados apenas ao atendimento de casos de urgência e emergência. Em 12 de maio, ocorrerá o Dia D da mobilização, um sábado em que alguns postos de saúde abrirão para a vacinação da gripe, ampliando o acesso dos usuários.

Orientações Além da vacinação para o público mais vulnerável, os cuidados com a higiene para evitar a proliferação do vírus valem para todos. De acordo com Oliveira, é preciso higienizar as mãos

frequentemente com álcool gel ou lavar as mãos com água e sabonete, quando possível. Outra dica é evitar aglomerações e locais fechados. Se tiver com os sintomas de gripe (febre, tosse, mal-estar generalizado, dor de garganta, dor de cabeça, dor no corpo, calafrios) é importante buscar atendimento médico, para receber orientação sobre a necessidade de tratamento medicamentoso com Tamiflu. Além disso, ao espirrar, é importante manter a “etiqueta do espirro”, para evitar o contágio de outras pessoas. “Ao tossir ou espirrar, cubra a boca com a parte interna do braço", explica Oliveira. "Evite por a mão na frente da boca e tocar em outras superfícies, contaminando-as.” Grupos com indicação da vacina na rede pública O público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe é definido pelo Ministério da Saúde. Para tomar a vacina, basta ir a uma unidade de saúde e apresentar um documento oficial. Em alguns casos, é necessário apresentar também um documento que comprove que o usuário se enquadra em algum destes públicos: - Crianças de 6 meses de idade a 4 anos, 11 meses e 29 dias; - Idosos com 60 anos ou mais; - Pessoas com doenças crônicas nãotransmissíveis e outras condições clínicas especiais, como trissomias, doen-

ça respiratória, cardíaca, renal, hepática e neurológica crônica, diabetes, imunossu-pressão, obesidade e transplantados (se não fizer o acompanhamento na unidade de saúde é preciso apresentar solicitação ou prescrição médica com o motivo da indicação da vacina); - Gestantes, independente do mês gestacional; - Mulheres em pós-parto, até 45 dias após o nascimento do bebê (apresentar certidão de nascimento do bebê, cartão-gestante ou documento do hospital em que ocorreu o parto); - Trabalhadores da saúde (apresentar declaração do vínculo de atuação); - Professores de escolas públicas ou privadas (apresentar documento que comprove vínculo de atuação, como crachá ou declaração da instituição em que atua); - População indígena. Orientações de higiene Além da vacina para os grupos de risco, toda população deve atentar para a prevenção. Veja as dicas: - Lavar as mãos com frequência utilizando água e sabão ou passando álcool 70; - Cuidar ao falar e tossir perto de outras pessoas. Ao tossir, cubra a boca com a parte interna do braço. Não coloque a mão na frente da boca, pois se tocar em outras superfícies irá contaminá-las; - Utilizar lenço descartável para higiene nasal; - Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; - Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; - Evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza; - Evitar aglomerações e ambientes fechados; - Procurar manter os ambientes ventilados; - Em ambientes que permanecem fechados deve-se realizar a limpeza com álcool 70 e evitar o acúmulo de poeira; - Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.


12

Cultura Inglesa comemora 73 anos de parceria com a Universidade de Cambridge Universidade inglesa é um dos grandes centros de estudo do planeta A Cultura Inglesa de Curitiba tem parceria com a Cambridge Assessment English, departamento da Universidade de Cambridge, desde 1945. É um Centro Aberto do departamento, ou seja, qualquer pessoa, independentemente de onde estuda ou mora, pode fazer o exame Cambridge em uma unidade da escola. A Cultura Inglesa é o único Centro Aberto de Curitiba. Além da capital, há mais de 30 centros preparatórios parceiros espalhados pelo Paraná. Em 2018, a união com a universidade inglesa completa 73 anos beneficiando diferentes gerações. O exame é realizado duas vezes por ano: em junho e em dezembro. Para a realização das provas, a Cultura Inglesa segue uma série de requisitos que mantém a qualidade no ensino da escola, como, por exemplo, a formação dos professores. “Isto influencia diretamente no desempenho dos alunos, que buscam esta certificação por saberem o que representa a Universidade de Cambridge”, conta André Ruediger, superintendente geral da Cultura Inglesa. A cobrança por exames e certificações da língua inglesa é cada vez maior, principalmente para quem quer estudar no exterior, iniciar um mestrado ou para profissionais envolvidos com aspectos de economia do mercado global. Todos os anos, mais de meio milhão de pessoas, em 150 países, fazem os exames de inglês Cambridge English. O que é o exame? As certificações de idiomas são uma forma de provar em qual nível de conhecimento uma pessoa está naquela língua. As provas cobram conhecimentos linguísticos, fluência, vocabulário e estrutural gramatical. “O exame de Cambridge percebe o inglês como um meio de comunicação com o mundo. O teste reflete a tendência de que o inglês pode ser falado por diferentes nacionalidades. Nas últimas provas, já percebemos esta intenção de internacionalizar o inglês, porque exercícios com áudio vieram com diferentes sotaques e, assim, não fazem a

convencido um grupo de monges a oferecer aos filhos a formação acadêmica. Mas, somente em 1231 o soberano Henry III concedeu à instituição o monopólio da educação. A Universidade de Cambridge é a que mais tem ex-alunos ganhadores do Prêmio Nobel, 82. Passaram pela academia Isaac Newton, Bertrand Russell e Charles Darwin, entre outros. Sobre a Cultura Inglesa de Curitiba Há setenta e cinco anos em nossa cidade, a Cultura Inglesa de Curitiba divide suas atividades em cinco unidades, sendo uma delas localizada em São José dos Pinhais. A Cultura Inglesa de Curitiba é uma Associação sem fins lucrativos, diferenciação do inglês falado na GrãBretanha ou do falado nos Estados Unidos”, comenta a professora da Cultura Inglesa Curitiba, Carla Probst. Por que fazer o exame? O certificado Cambridge English é uma das qualificações mais respeitadas da língua inglesa e é aceito como qualificação em inglês em milhares das principais empresas e instituições de ensino do mundo. Ao todo, são mais de 20 mil universidades, empregadores e governos ao redor do planeta. Ou seja, o teste de Cambridge ajuda no ensino e na profissão. Todas as instituições que utilizam os exames são adicionadas a um banco de dados global online do teste. O banco pode ser acessado por qualquer pessoa. Tipos de exames - Young Learners: para crianças entre sete e doze anos. O objetivo principal deste teste é motivá-las no estudo de inglês e deixá-las familiarizadas com situações de exames de forma natural; - KET/PET/FCE for schools: para estudantes de até 16 anos; - KET/PET/FCE/CAE/CPE: para jovens e adultos; - TKT: o “Teaching Knowledge Test” testa o conhecimento de conceitos

relacionados à língua inglesa e o “background” da prática de ensino e aprendizado na língua. Precisa ter nível de conhecimento B2 Council of Europe – nível FCE – e pressupõe que o candidato tenha alguma experiência no ensino de inglês; - BEC: O Business English Certificate é elaborado para a área de negócios internacionais; - BULATS: O Serviço de Testes de Línguas para Negócios é uma avaliação de línguas para empresas e organizações que precisam testar as habilidades linguísticas dos seus funcionários, candidatos a emprego ou estagiários; Conheça a história da Universidade de Cambridge A “University of Cambridge” é a segunda mais antiga universidade em funcionamento no Reino Unido. Popularmente, conta-se que ela teria sido fundada em 1209 por um grupo de exalunos que foram expulsos da Universidade de Oxford. Por serem de famílias importantes, os pais teriam

revertendo toda sua renda em benefício de suas atividades e alunos. O compromisso em manter o alto nível de ensino do inglês britânico, além de aspectos culturais do país, é um dos pilares da escola, que busca respaldo na qualificação elevada do quadro de professores, constantemente desenvolvida por meio de workshops, seminários e treinamentos. O teor vanguardista da escola é ainda reforçado por parcerias com grandes entidades, como é o caso do British Council - organização britânica que promove oportunidades culturais e educacionais entre Brasil e Reino Unido e da Universidade de Cambridge, famosa por suas certificações atestando conhecimento da língua inglesa em todo o mundo.


12


12


17

Jovem fotógrafo curitibano fez a foto que viralizou na imprensa mundial A fotografia de Francisco Proner, de 18 anos, correu o mundo e foi publicada nos maiores jornais da Europa e Estados Unidos jovem curitibano Francisco Proner, de 18 anos, confessa estar surpreso com a excelente repercussão de sua fotografia tirada em São Bernardo do Campo, no dia que antecedeu a prisão do expresidente Luis Inácio Lula da Silva. Ele comemorou a divulgação da imagem em grandes jornais internacionais, como ‘The New York Times’, ‘The Guardian’, ‘El País’, entre muitos outros dos quatro continentes. Francisco Proner é um fotógrafo curitibano que trabalha no Rio de Janeiro. Com apenas 14 anos começou a experimentar a fotografia, escolhendo registrar temas relacionados a movimentos sociais e às contradições da sociedade. No ano de 2015 embarcou em uma expedição de volta ao mundo de carro, percorrendo todas as Américas, Europa e Ásia. No ano de 2016, concluindo sua expedição, publicou o livro “Nossa Grande Viagem” com textos e fotos relatando a experiência vivida. Seu objetivo, enquanto fotografo, é contar a historia das pessoas que menos recebem atenção. Para ele, a fotografia tem o poder de conscientizar e de mudar a sociedade. No ano de 2016, venceu 4 vezes o concurso Sua Foto da National

AL-ANON E ALATEEN PARA FAMILIARES E AMIGOS DE ALCOÓLICOS O Al-Anon é um recurso para familiares e amigos de alcoólicos, incluindo adolescentes, que proporciona informações e ajuda, quer o alcoólico esteja bebendo ou não. Não há taxas nem mensalidades. O Al-Anon não está ligado a nenhuma organização, seita ou religião. O propósito primordial de seus membros é se recuperar do impacto do alcoolismo em suas próprias vidas. Se você está sem rumo pela maneira de beber de alguém... o Al-Anon pode ajudar. MAIS INFORMAÇÕES: www.alanonparana.org.br ou 3323-9100 / 3225-7017

Geographic Brasil, tendo uma de suas fotos publicadas na edição de Junho da revista. Ainda em 2016 publicou sua historia “Lágrimas Secas” na seção de matérias da N a t i o n a l Geographic Brasil. Além disso, contribui para as redes Mídia NINJA e Jornalistas Livres durante a cobertura das manifestações e da crise política do Brasil. No ano de 2017 concluiu o curso de Dramaturgia e E s c r i t u r a Documental na Escola Internacional de Cinema e Televisão (EICTV) em Cuba. No mesmo ano, foi convidado pela agência internacional Magnum Photos para um workshop de 7 dias de duração juntamente com outros 200 estudantes de toda a Europa em um programa de formação de estudantes universitários. Francisco tem muita sensibilidade e seu trabalho vai muito além da foto que mostra Lula levado nos braços do povo

para o interior do sindi-cato, foto que viralizou e ganhou meia página do The New York Times. Francisco tem 18 anos de idade e um talento que, por certo, nasceu com ele, mas que teve a oportunidade de se aprimorar com o incentivo de seus pais, o advogado e professor Wilson Ramos Filho e Carol Proner. Wilson, pai de Francisco, tem uma militância na esquerda conhecida e respeitada — é um dos fundadores do PT e da CUT —, incluiu em seu sonho

de conhecer o mundo a formação do filho. Fez de seu sonho um sonho de ambos. É advogado trabalhista de um grande escritório, com livros publicados e professor da Universidade Federal do Paraná. Fracisco Proner chegou a viajar à Coreia do Norte para fotografar o povo nas cidades e nos campos. Visite o site de Francisco e veja fotografias tão impactantes quanto essa que assombrou o mundo: www.franciscopronerramos.com


18

Esporte O Furacão avança na Copa do Brasil Jefferson Gomes Cabral e Silva

O Atlético Paranaense empatou com o São Paulo no jogo de volta em 2 a 2 e conseguiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil. No jogo em Porto Alegre, novo empate com o Grêmio. O Atlético Paranaense hoje é o vice líder na Copa do Brasil e também é destaque na Copa Sulamericana. Ganhou a partida de ida de 3 a 0 no Newelles Old Boys e agora na semana que vem enfrentará a segunda partida em Rosário Central na Argentina, e está muito próximo de conseguir a classificação. No time rubro negro destacamos Thiago Carleto, Luccio Gonzales, Pavez, Nikão, Rosseto, Guilherme e Pablo. Temos certeza que o Furacão fará um excelente 2018. Estamos próximos da Copa do Mundo da Rússia. A Seleção Brasileira está muito otimista com relação ao

hexacampeonato. É unanimidade nacional que o técnico Tite será sem sombra de dúvida o melhor técnico da Seleção Brasileira desde os tempos Telê Santana. Ainda acredito que o Brasil só terá dois adversário fortes na Copa da Rússia: Alemanha e Argentina. Com relação a equipe do Paraná Clube, enquanto, a imprensa nacional aposta que o tricolor está entre os favoritos para o rebaixamento. Eu acredito que o Paraná Clube ainda terá condições de fazer um bom campeonato Brasileiro, apesar da derrota de 4 X 0 no jogo com o Corinthians. Volta a se destacar na série A do Campeonato Brasileiro o excelente técnico Fernando Diniz. Sem dúvida tem tudo para conduzir o Furacão no mínimo a

mais uma Libertadores da América. Falando em serie B, o Coritiba tenta se reorganizar e precisa contratar novos jogadores, porque, sabe-se que o elenco não é um dos mais fortes da segunda divisão. o Técnico Eduardo Batista tem a missão de organizar taticamente a equipe e pede a contratação de mais jogadores. O Londrina ainda sonha chegar a elite do futebol brasileiro. Dagoberto é a esperança de gols e de uma possível subida do tubarão a elite do futebol brasileiro. A Torcida Londrinense sempre otimista não desanima nunca. DESTAQUE A Amizade entre a torcida do Fura-

cão e a do Cruzeiro que se enfrentarão na Copa do Brasil apenas no gramado. Bar 222 na Francisco Deslandes, 222 bairro Anchieta BH MG sob a direção de Dimas Bar do João na rua Tomé de Souza na Savassi. João é torcedor do Galo. Chopp da Fábrica na Avenidada do Contorno em frente ao Hospital da Polícia Militar em Santa Efigênia BH MG. Gerência de Marcos Alexandre. Didi e Adori do Albanus Bar em BH. COMEMORAÇÃO O nascimento de Giovana Ferri, filha de Carlo Ferri e neta de Nelson Ferri. Grandes torcedores do Furacão.

Bar do João :: O Melhor Bar da Savassi :: Localizado há mais de 20 anos no coração da Savassi - bairro tradicional de BH conhecido pelo comércio e vida noturna - o Bar do João é o típico boteco com mesas na calçada, bom bate papo, tira-gosto, rock and roll, porções e cervejas geladas. Rua Tomé de Souza, 810 - Savassi Belo Horizonte, MG - Fone 3261.9556

Alimento no lixo é prejuízo certo para o cidadão e para o meio ambiente Por Marcos Scotti - Um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável aprovado pelas Nações Unidas em 2015 coloca como meta a ser atingida a redução do desperdício de alimentos no mundo pela metade até 2030. Ainda estamos muito longe disso.

Uma pesquisa realizada pela FAO – organismo da ONU focado na agricultura e alimentação – mostra que na América Latina e no Caribe o desperdício de alimentos chega a 28% na etapa de produção e outros 28% no consumo. 1.3 bilhão de tonelada de alimentos é

desperdiçada no mundo todos os anos. Isso representa de 25 a 30% da área agricultável do planeta. Enquanto isso, mais de 800 milhões de pessoas no mundo passam fome. Você pode estar se perguntando: o que isso tem a ver com o meio ambiente? Tudo. O desperdício durante o consumo é o mais danoso em termos de perdas de recursos naturais, financeiros e de mão de obra. Tudo o que foi necessário para produzir e transportar o alimento até o supermercado ou à sua casa é desperdiçado quando o alimento se perde no final da cadeia de consumo. Em países como o Brasil, onde a maior parte das sobras ainda é descartada em lixões, o desperdício acarreta impacto ambiental negativo pela emissão de gases de efeito estufa e pelo uso excessivo da terra. Para produzir o alimento que precisamos, grandes áreas são desmatadas,

suprimindo porções generosas de matas nativas e matando nascentes. Alem disso, o uso indiscriminado de agrotóxicos que vão garantir a produção do alimento também representa um risco para o meio ambiente e para a segurança alimentar. Essa realidade só vai mudar quando colocarmos um basta nos padrões de consumo que adquirimos e que nos são impostos diariamente pela mídia e pela sociedade. Comprar e preparar somente o necessário às refeições, reaproveitar os alimentos, levar para casa aquela batata disforme – tão boa quanto a outra escovada e lavada – ou colher o alimento na própria horta são atitudes que contribuem para transformar essa realidade. Afinal, evitando o desperdício economizamos dinheiro, recursos naturais e ainda garantimos uma alimentação saudável.


19

Seis portugueses carregam um piano pelas escadas de um prédio. No 4º andar, um deles resolver ir ver quantos andares faltam para subir. Ele volta e diz: - Tenho duas notícias, uma boa e uma má. Um deles responde: - Conta só a boa; a má conta quando chegarmos. - Ok. Só faltam 6 andares. Continuam a subir e quando chegam ao 10º andar, um deles pergunta: - Qual era a má notícia? - O prédio não é este.

wlw A professora chega na sala de aula e pergunta: - Joãozinho, qual é o tempo da frase “eu procuro um homem fiel”? Joãozinho responde: - Tempo perdido.

wlw

Certo dia, Joãozinho foi pedir emprego em uma loja de imagens de santo. A dona da loja perguntou durante a entrevista: - Você conhece cada uma desta imagens? Com medo de ser rejeitado, ele mentiu: - Sim, conheço todas! Foi logo contratado. Mais tarde, veio uma velhinha e lhe pediu: - Meu filho, eu queria uma imagem de São Jorge. Ele foi buscar no estoque e quando voltou, vinha trazendo a imagem de São Pedro com a chave na mão. A velhinha então perguntou: - Ei, São Jorge não tinha um cavalo? Joãozinho pensou rápido e disse: - Tinha, mas vendeu. Agora, ele tem um carro. Olha só a chave na mão dele!

wlw

O Joãozinho chega no pai e pergunta: - Pai, me faz um favor? O pai diz: - Claro! Joãozinho diz: - Troca essa nota de 100, por três de 50? O pai diz: - Você quer dizer duas notas, né? Joãozinho fala: - Não... Aí não é favor, né pai?

wlw

A professora pergunta: - Joãozinho que tipo de mulher você admira??Joãozinho responde: - Eu gosto de mulher igual a lua... A professora elogia: - Que lindo, uma mulher linda e que brilhe como a lua, né?! Joãozinho responde: - Não, que venha só passar a noite e que de dia caia fora.

- Joãozinho, o seu pai está? - Não senhor, ele saiu. - E que horas ele vai voltar? - Não sei não senhor. A gente nunca sabe quando ele vai voltar quando ele manda dizer que não está em casa!

wlw

Hoje é o dia do meu aniversário... Meus pais, minha esposa e meus filhos não me parabenizaram. Eu fui para o trabalho, chegando lá, meus colegas agiram como se fosse um dia normal e também não me felicitaram. Quando entrei no meu escritório, minha secretaria disse: - Feliz aniversário, patrão!! Depois do almoço, ela me convidou para ir ao seu apartamento. Eu fui até lá com ela. Então, ela me disse: - Você se importa se eu for no meu quarto por um minuto? Eu disse: - Ok, tudo bem! 5 minutos depois ela volta... com um bolo, minha esposa, meus pais, meus filhos e colegas gritando : "Surpresa!" Eu estava esperando no sofá... PELADO!

wlw

O sujeito foi para guerra e tomou um tiro entre as pernas. Voltou, tentou arranjar emprego e foi uma dificuldade, todo mundo preconceituoso, uma coisa triste... Um dia, porém, um amigo influente, arrumou um emprego numa repartição pública e o chefe falou pra ele: - Aqui a gente trabalha das nove as seis, mas você pode sair as 4. E o cara: - De jeito nenhum, faço questão de trabalhar até as seis. Não quero privilégios. Quero ser tratado como uma pessoa normal. - Você não precisa rapaz - disse o chefe - das 4 as 6 fica todo mundo coçando o saco.

wlw

- Mamãe, mamãe... Por que a noiva está vestida de branco? - Porque é o momento mais feliz de sua vida. - Ah!!... E por que o noivo está vestido de preto, então? - Cala essa boca!

wlw

Tem um velhinho muito safado no bairro, o velho Antero. Toda vez que as mulheres passavam por ele e diziam "bom dia", ele responde: - Bundinha, minhas meninas. Um dia uma das moças, já cansada de ouvir aquilo, chegou para ele e perguntou: - Seu Antero, por que é que toda a vez que falamos "bom dia", o senhor responde "bundinha" pra gente? E ele: - Ah, minha filha, por nádegas! Por nádegas!


20

Av abril 18  

Jornal de bairros de Curitiba, Brasil.

Av abril 18  

Jornal de bairros de Curitiba, Brasil.

Advertisement