Page 1

cmyk

R$ 2,50

28 de junho a 04 de julho de 2013

Edição nº 12 - Ano 1

Acesse nosso site:

Cidade

Cultura

Educação

Geral

Esportes

Meio Ambiente

Polícia

Política

Permanece inalterada a situação da Misericórdia Valéria Cuter

DESTAQUE

“Jairão” tem uma vida dedicada a Vila Maria

Capa – Segundo Caderno Valéria Cuter

B6

Atleta de 16 anos se especializa em provas de marcha atlética

CULTURA

A Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp) ainda não assumiu a gestão da Santa Casa de Misericórdia Botucatuense que vem se arrastando há vários meses. O início dos trabalhos dessa parceria estava previsto para o começo de junho deste ano, mas a situação continua inalterada, ou seja, a Misericórdia está atendendo apenas pacientes particulares através da Unimed. Página 7 Primeiro Caderno

SOCIAL

Requinte e glamour na 3º edição do “Mulheres de Sucesso”

B7

Francisco Marins lança livro de contos e recontos

Região

Saúde

CIDADE

B3

“Casa do Cidadão” presta serviço diferenciado para a comunidade

SEGURANÇA

A8

Força Tática apreende dois quilos de maconha

Social

Turismo

Imprensa visita a futura Faculdade de Engenharia

Valéria Cuter

Prefeitura de Botucatu, União Brasileira Educacional e Instituto Libertas Cubatão (Unibr) e imprensa estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (27), para uma visita às dependências do prédio onde será instalada a unidade de Ensino Superior da instituição em Botucatu, na Avenida Paula Vieira, nº 542, Vila Ema. Pagina 7 – Primeiro Caderno

ESPECIAL

Trilha do Lageado conta com a “Casa da Natureza”

Página 8 - Segundo Caderno

Páginas 4 e 5 – Segundo Caderno

Wesley Silva

ESPORTE

www.acontecebotucatu.com.br

Diariamente na internet. Semanalmente nas bancas

Diretor responsável: Quico Cuter

Valéria Cuter

POLÍTICA

A3

Vereadores aprovam reajuste de 2% aos servidores públicos

SEGURANÇA

A6

Polícia está no encalço de assaltante de supermercado


A2

cmyk

Opinião

28 de junho a 04 de julho de 2013

dedo na

ferida Quico Cuter

Autarquia do HC também deve ser objeto de debate Nas últimas semanas o assunto mais discutido e comentado em Botucatu foi com relação ao projeto da criação das 60 vagas do curso de Medicina para Bauru, intermediado por diretores da Faculdade de Medicina, deputado estadual Pedro Tobias e o governador do Estado Geraldo Alckmin. O tema também foi discutido em Audiência Pública realizada na Câmara Municipal de Botucatu. Depois de muito debate foi, finalmente, explicado que nada será tirado de Botucatu e que o curso para Bauru está em estágio embrionário. É apenas um projeto e só será viabilizado se vier dinheiro novo do governo do Estado. Ou seja, nenhuma verba da Unesp irá para o curso em Bauru. Barbatanas! Se isso tivesse sido explicado, claramente, desde o início, muita coisa seria evitada e a Faculdade de Medicina não teria esse desgaste desnecessário. Agora outro assunto que deveria também ser tratado com a mesma importância, inclusive com uma Audiência Pública, acabou passando despercebido. Trata-se da autarquia do Hospital das Clínicas, que foi desvinculado da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu no ano passado com a proposta de melhoria no atendimento à população, de uma maneira geral, mas parece nada de novo aconteceu. A autarquia não foi debatida e caso seja feita uma pesquisa, pelo menos, 80 % dos entrevistados não vão saber qual é a sua real finalidade. Com a autarquia o HC tornou-se independente, tem verba própria, comanda e exerce poder sobre si mesmo. Não deve satisfação ao Município e só presta explicação dos atos e atitudes, diretamente, à Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo. Podemos dizer que hoje o HC de Botucatu está em Botucatu, mas não é de Botucatu. Agora cabe a pergunta: há quase dois anos de autarquia o que mudou no HC de Botucatu? Não existem mais filas no PS? Não temos pacientes sendo atendidos em macas nos corredores por falta de leitos? Temos reservas de produtos básicos como gaze, luva clínica e esparadrapo? Os médicos cumprem os horários? O sistema de computação, recentemente, instalado funciona à contento? As consultas ou retornos ficaram mais ágeis? E tem mais: Qual é o orçamento da instituição? Quais foram as melhorias estruturais feitas para evitar, por exemplo, que a água da chuva invada os corredores do PS? Quantas contratações foram feitas nesses meses de autarquia? Esses contratados estão desenvolvendo suas funções à contento mostrando produtividade e cumprindo o horário? São muitas as perguntas que carecem de respostas. Então, já que a possibilidade da criação do curso de Medicina em Bauru foi exaustivamente debatida e (finalmente) esclarecida, é necessário saber, também, se a autarquia do HC, que já está consolidada, vem atendendo os interesses da coletividade. Saber de sua eficácia e até onde ela pode chegar.

Padre Delair Cuerva

Mas costumo dizer que o que foi já foi e nada apagará por completo as marcas que a vida nos deixa.

Presidente e Fundador da ASFA, CCHC Capelania Católica do Hospital das Clínicas

Só amamos até certo ponto Estando em Manaus, uma terra quente e carinhosa, me coloquei a pensar no que fazer pelos que mais sofrem por nāo terem o calor humano a aquecer seus corações e suas vidas, mas a resposta veio quase de imediato quando Frei Helder José (de nossa Fraternidade) me envia uma mensagem dizendo que nossa creche é uma força em seu caminho... Pois é... Muitos sāo os nossos erros e acertos na busca imedida de amar ou de sermos tāo volúveis em nossos “amores”...Só amamos atė certo ponto... Quando nāo barramos com nossos autruismos e nossos pesares e nāo temos

coragem de voltar e corrigir... Queremos (falo de mim) ser semi-deuses! Temos em nós tanto egoísmo e “cabeça dura” que nāo conseguimos ver o bem no mal que nos rodeia e nos esquecemos muito facilmente que estamos aqui neste mundo para aprender a viver e conviver e que isso independe de sexo, raça, idade ou seja o que for. Muitas vezes somos muito ingratos com nossa vida e nos perdemos em nossos males praticados, mas, olhando e estando nesta terra tāo querida de Manaus, onde se esbanja alegria, posso ver quanto se tem ainda por fazer para que o mundo seja um

Clóvis de Almeida Martins Comandante Clovis Martins - Presidente do CONSEG Conselho Comunitário de Segurança de Botucatu - segvoo@terra.com.br

pouco melhor... Estando aqui posso perceber porque um arquidiocesano de Botucatu (que nasceu num territorio que pertença a uma arquidiocese) escolheu aqui viver mais de vinte anos e ser um exemplo de alegria e força pra este povo... Falo de Dom Luis (filho da Arquidiocese de Botucatu). Bem sei que somos fracos, pecadores e cheios de coisas erradas, mas sei também que nossos erros, na maioria das vezes, sāo cometidos na ânsia de acertar e sāo buscando sermos melhores ou ajudando outros, mesmo esbarrando em nosso carater frio, autoritário, sem jeito, arrogante, mal educado...

(falo de mim). Pena que nāo consigamos ter uma máquina do tempo para retornar e ver ou refazer o que se foi... Mas costumo dizer que o que foi já foi e nada apagará por completo as marcas que a vida nos deixa. O problema é que o bem feito se esquece e a gente só lembra do mal adiquirido, mas temos que continuar a vida... Que seja sempre pra melhorar. Quero aproveitar e me desculpar com as pessoas que ofendi ou ofendo nesta trajetória da vida com as atitudes e palavras... Isso ajuda a “aprumar” nosso coraçāo. Com um beijo de Jesus, pelos lábios de Maria e no abraço de José....

Amigos há muito ainda por fazer, neste exato momento voluntários dedicam seu tempo em novos projetos.

A APA mudou conceitos comportamentos Há dez anos um grupo de apenas seis pessoas fundava a APA-Botucatu, contando apenas com suas energias e sentimento comum de respeito à vida. Era uma época em que primeiro era necessário mudar conceitos e comportamentos. O número de animais de pequeno porte com acesso a rua era absurdo. Então o que fazer? Sem recursos financeiros, humanos e estrutura? Arregaçar as mangas e trabalhar e trabalhar. Iniciamos timidamente as castrações com apenas uma clínica parceira, onde encontramos na Dra Ana Carolina Oliveira e no Eduardo muito mais que parceiros e sim verdadeiros

Redação: Quico Cuter Administração: Valéria Cuter Comercial: Carlos Denadai Colunistas: Enza Denadai, David Devidé Repórter: Luiz Fernando Assinatura: Carol 3815-5339

amigos. Corríamos contra o tempo em uma época que após 7 dias animais que não fossem adotados seriam sacrificados. Nascia a tradicional Feira de Adoção. Não havia a rapidez para divulgação das mídias sociais, dispúnhamos de apenas email e as duas rádios AM para levar nossa mensagem. E m 2 0 0 4 f i ze m o s nosso primeiro projeto: “Educação para a posse responsável”, palestrando nas escolas municipais, algumas particulares e até igrejas. Neste mesmo ano fomos reconhecidos como utilidade pública. Trabalhar, trabalhar... fazendo a noite docinhos e biscoitos para na manhã seguinte vendê-

-los como forma de honrar nossos compromissos com as clínicas parceiras. Mas muito mais era necessário então a APA inicia os trabalhos para a confecção de uma lei municipal sobre posse responsável, estudos, reuniões e em 2009 a lei 4904 era aprovada por unanimidade pela Câmara de Vereadores. Mas, mais avanços eram urgentes e o “Projeto de castração” torna-se realidade através de convênio com Prefeitura Municipal impulsionando as castrações que em 2012 atingem o expressivo número 3405. A luta não cessa e ainda em 2012 através de uma feliz parceria com o Conselho de Segurança (CONSEG)

e uma união de forças libertamos 135 animais em condições extremamente precárias em criadouro irregular e ainda junto ao CONSEG barramos uma tentativa de retrocesso na lei 4904. O trabalho continuou com a criação do Conselho Municipal dos Direitos dos Animais. Amigos há muito ainda por fazer, neste exato momento voluntários dedicam seu tempo em novos projetos. Estamos trabalhando para uma APA cada vez mais eficiente e atuante. Obrigada a todos que nestes dez anos tem nos apoiado, obrigada a todos que nos compreenderam, estimularam e caminharam conosco.

s e r a v a T

Aulas de violão e viola caipira Fone 3813-5652

Rua Reverendo Francisco Lotufo, 748 Contatos: fone/fax (14) 3813-2505 / 9798-8673 email: acontecebotucatu@hotmail.com site: www.acontecebotucatu.com.br Diagramação e impressão: Gráfica Diagrama (contato@graficadiagrama.com.br)

Tiragem 2000 exemplares semanais Circulação sexta-feira Assinatura semestral R$ 70,00. Ligue: 3815-5339 As colunas e matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores

Publicações de balancetes, atas, editais, abandono de emprego, comunicados da Cetesb, extravio de notas e demais publicidades legais.


Divulgação

Distrito de Rubião Júnior poderá ter pólo industrial

Requerimento assinado pelo vereador André Rogério Barbosa - Curumim (PSDB) solicita ao Poder Executivo, a possibilidade de criar um Pólo Empresarial no Distrito de Rubião Júnior que permite fácil acesso à Rodovia Marechal Rondon, bem como no referido distrito existem mais de cem terrenos de propriedade da Prefeitura Municipal. “Considerando que a procura de empresários em busca de terrenos de pequeno porte na cidade de Botucatu é muito grande, um pólo industrial em Rubião Jr. seria benéfico para seu desenvolvimento”, destaca Curumim.

A3

política 28 de junho a 04 de julho de 2013

Vereadores aprovam reajuste de 2% aos servidores públicos Quico Cuter

Aplicação do percentual foi baseada na arrecadação que vem caindo dia após dia Sem muita discussão e com a presença de um pequeno público (diferente do que se esperava), os vereadores da Câmara Municipal de Botucatu aprovaram, por unanimidade, os cinco projetos de lei de autoria do Executivo referentes ao reajuste salarial do funcionalismo municip a l . O p e rc e n t u a l d e reajuste proposto pela P r e fe i t u ra p a ra 2 0 1 3 foi um aumento de 2%

sobre os atuais salários e mais R$ 20,00 sobre o valor do vale compras alimentos, que passaria de R$ 430,00 para R$ 450,00. A n t e s d a v o ta ç ã o houve uma reunião na Prefeitura Municipal com os vereadores, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sispumb) e secretários de governo onde a questão salarial foi debatida, mas não se chegou a um acordo,

Os vereadores entenderam as explicações dadas pelo Poder Público

sendo mantido o reajuste proposto pelo Poder Público e aprovado na

Explanação

seada na arrecadação municipal que segundo a Secretaria da Fazenda

Artesp

Legislador quer debater a “adoção” na Câmara Municipal Está aprovado uma propositura assinada pelo vereador Fernando Carmoni (PSDB), que solicita a possibilidade de convidar o presidente da 25ª Subsecção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Botucatu e um representante da promotoria da Infância e Juventude, envolvido com dados e procedimentos sobre adoção, para realizar uma explanação aos vereadores durante Sessão Ordinária em data a ser agendada, sobre o tema “adoção”. Vereador aponta que no Brasil, segundo a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), existe cerca de 80 mil crianças em instituições de acolhimento, grande parte à espera de adoção e este

Câmara. A j u st i f i cat i va d a aplicação dos 2% foi ba-

vem caindo dia após dia e que o cumprimento orçamentário deve ser mantido visando não ocasionar problemas financeiros no futuro como atraso de pagamentos e déficit orçamentário nas secretarias da Administração e da Fazenda. Embora tivessem se posicionado contra o percentual de reajuste, os vereadores oposicionistas Lelo Pagani, Carlos Trigo e Rose Ielo, todos do PT, acabaram votando favoravelmente, sob o argumento de que é melhor 2% do que nada.

Divulgação

Carmoni: “É assunto importante a ser tratado no Legislativo”

seria um compromisso coletivo e um desafio da sociedade que precisa ser enfrentado para mudar o cenário das crianças à espera de adoção. “A adoção tem o intuito de dar um lar a essas crianças colocando-as à salvo de toda forma de negligência, discrimina-

ção, exploração, violência, crueldade e opressão sendo que, com o incremento da adoção, estaremos escrevendo uma história melhor para as futuras gerações e para o nosso país. É um assunto de extrema importância que deve ser tratado no Poder Legislativo”, justifica Carmoni.

Utilização de vans é tema de discussão na Câmara De autoria dos vereadores Reinaldo Mendonça Moreira - Reinaldinho (PR) e Lelo Pagani (PT), um documento foi encaminhado ao Governo do Estado e Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), visando a possibilidade de mudança na regulamentação que controla a utilização de vans oferecendo maior mobilidade e acesso para os usuários e maior oportunidade de geração de trabalho e renda para os empresários do setor. Vereadores destacam que os empresários do setor em Botucatu e região reivindicam o direito ao transporte intermunicipal, atualmente proibido no Estado. “A Artesp entende que o transporte de passageiros comuns só pode ser feito por ônibus ou micro-ônibus, mas classifica alguns veículos como van sendo que, segundo a as-

Pagani: “Estamos solicitando mudança na regulamentação”

sessoria jurídica do Sindicato das Empresas de Locação e Fretamento de Vans, ela (Artesp) desrespeita a lei, pois, um dos principais questionamentos dos empresários é que o próprio governo de São Paulo contrata empresas de vans para o transporte de seus funcionários”, frisa Reinaldinho. Pagani completa o raciocínio. “Quem opera fora da Lei, portanto, está sujeito

Contrato

a multas e apreensão do veículo. A Artesp lembrou também que não fiscaliza o transporte clandestino, o que gera riscos aos usuários, na medida em que os itens de segurança não são vistoriados, assim, estamos solicitando mudança na regulamentação para oferecer maior mobilidade e acesso para os usuários e maior oportunidade de geração de trabalho e renda para os empresários do setor”.

Petista questiona os repasses de verba para Fundação UNI Vereadora Rose Ielo (PT) está solicitando junto ao Poder Executivo, a possibilidade de informações referente aos recursos repassados para a Fundação UNI, sobre a despesa com serviços de terceiros referente à parte variável do contrato no valor de R$ 544.700,00, bem como que encaminhe cópias do contrato constando o valor

total e demais parcelas já pagas. A vereadora lembra que em março foi realizada audiência pública pela Secretaria Municipal de Saúde na Câmara Municipal, apresentando a prestação de contas do 3° quadrimestre de 2012 e indagado o montante no valor de R$ 8.380.000,00 de recursos repassados

para a Fundação Uni, sob o modo de gestão compartilhada, a qual segundo a vereadora, na referida prestação de contas não foi descriminado os investimentos por parte da fundação referente ao respectivo repasse financeiro. “Considerando que, em resposta ao requerimento n° 335, foi enca-

minhado o demonstrativo de despesas, cuja despesa com serviços de terceiros consta o pagamento no valor de R$ 544.700,00, referente ao contrato, peço mais informações a respeito do assunto considerando a importância da transparência de aplicação dos recursos públicos para bem informar a população”, destaca Rose Ielo.

Divulgação

Divulgação

Rose Ielo busca informações sobre serviços terceirizados


A4

cmyk

28 de junho a 04 de julho de 2013

Glamour e emoção marcaram a 3ª edição “Mulheres de Sucesso” A 3ª edição de “Mulheres de Sucesso”, versão 2013, realizado no Espaço Daruma foi, simplesmente, demais. A colunista social e editora responsável pela Revista ApparEnza, Enza Grotteria Denadai, acertou em tudo e homenageou 48 mulheres ligadas a diferentes segmentos da sociedade de Botucatu e de outras cidades da região, dentro das suas respectivas áreas de atuação nos últimos meses. A emoção maior ficou por conta dos parentes e amigos das homenageadas. Depois das homenagens um jantar muito refinado foi servido aos presentes. Tudo de bom!

Social


A5 cmyk

“Garota Acontece da semana”

Social

28 de junho a 04 de julho de 2013

Autoridades marcam presença na inauguração da “Casa do Cidadão” Na presença de várias autoridades ligadas a diferentes segmentos sociais foi inaugurada esta semana, a “Casa do Cidadão”, na Rua Cardoso de Almeida (antigas dependências da CPFL e Fórum). Complexo reúne serviços na área da justiça, relações do trabalho e ao consumidor. Imóvel conta com 710 metros quadrados de área construída, no Centro de Botucatu, e que recebeu investimentos de R$ 47 mil do Poder Público Municipal para a reforma. Estivemos lá registrando o cerimonial.

Aline Gonçalves

Profissão - Estudante de fisioterapia Estado Civil - Namorando Hobby - Dançar forró Time do coração - Sport de Recife Cantor - Dominguinhos Filme que marcou - Crepúsculo Maior ídolo - Deus Uma tristeza - A seca que mata os nortistas Um refúgio - Meus pais Esporte favorito - Voleibol Comida preferida - Lasanha Maior sonho - Casar e ter filhos

a d r e v Ni “Bela”

A super gatinha Isabela recebeu seus amigos para assoprar as velinhas do seu 8º aniversário, numa super festa preparada com muito carinho pelos pais Cristiana e Elier Briquezi, seus irmãos e demais familiares. O parabéns a você foi cantado em alto e bom tom no Salão Dona Benta.


Divulgação

A6

Segurança 28 de junho a 04 de julho de 2013

Adolescente é apreendido em traficância na Vila Ferroviária Um rapaz de 16 anos de idade foi flagrado praticando o crime de tráfico de entorpecentes numa ação de patrulhamento preventivo/ostensivo realizada pelos policiais militares Trovão e Conti, na Rua Silvestre Bártoli, região da Vila Ferroviária. Os policiais depararam-se com três indivíduos sentados em um banco defronte a um terreno baldio, e ao abordá-los encontraram com o sindicado nove “parangas” de maconha (0,012 gramas) e R$ 136,00 em dinheiro. Nas proximidades de onde ele estava os PMs localizaram 37 pinos plásticos contendo cocaína (0,027 gramas).

Polícia está no encalço de assaltante de supermercado

Luiz Fernando

Numa ação rápida, a Polícia Militar prendeu três dos quatro criminosos e recuperou tudo o que foi roubado

A polícia está no encalço de um cidadão, já identificado, que faz parte de uma quadrilha que assaltou o Supermercado Dia, na Vila dos Lavradores fazendo um casal de refém. Armados e encapuzados os marginais assaltaram o supermercado, fazendo um casal de reféns. Vítimas estavam saindo de casa para ini-

ciar mais uma jornada de trabalho quando foram abordadas e obrigadas a entrar em dois carros: um Vectra pertencente a uma das vítimas e um VW Polo, furtado no Distrito de Rubião Júnior. Sob ameaça de armas o casal abriu o supermercado e o cofre de onde foi subtraído R$ 13.918,00 em dinheiro, divididos em

vários malotes plásticos lacrados e R$ 4.058,43 em cheques. O tempo todo os marginais mantiveram o casal sob a mira das armas, fazendo ameaças, mas não praticaram agressão física. Após consumar o assalto os ladrões abandonaram os carros e as vítimas em fugiram a pé, sendo a PM acionada. “Quando foi dado

Mistério

Carro sem combustível é incendiado em via pública A equipe de policiais da 2ª Central de Polícia Judiciária está trabalhando para identificar um criminoso que ateou fogo em um carro da VW modelo Brasília, placas COA-1513, de Botucatu, estacionado na Rua Darciso Coneglian, região do Jardim Itamaraty. O proprietário chamado Raul Márcio informou que havia deixado o carro estacionado naquele trecho da via pública em razão de ter acabado o combustível. Foi a pé para sua casa e voltaria para pegar o seu

Divulgação

Carro que estava estacionado foi, totalmente, destruído pelas chamas

automóvel mais tarde. Já na sua residência foi informado por um conhecido que um indivíduo não identificado tinha ateado fogo no carro. O Corpo de Bombeiros com

o sargento Cassetari e Cabo Wilson, embora tenha atendido rapidamente o chamado e controlado o incêndio, não pôde fazer nada para evitar a destruição do carro.

Debilitado

o alarme do roubo, nos mobilizamos e passamos a fazer cerco usando viaturas em diferentes pontos da Cidade colhendo informações e fazendo levantamento de dados. Dessa forma conseguimos chegar até os marginais, executar as prisões e recuperar tudo que eles haviam subtraído do supermercado”, comentou o

tenente Bruno, da equipe Bravo da PM. Foram presos três dos quatro marginais que participaram, diretamente do roubo: Murilo Henrique Acorse Nunes, Carlos Alexandre Ferreira de Souza, o “Aleixo” e Fabiano de Oliveira Gregório, o “Oreia”. A equipe da PM trabalhou com o tenente Bruno, sargentos Rosival-

do e Laudo e soldados Carvalho, Alex, Almeida, Lofiego, Amarildo, Conti e Trovão, contando com apoio dos policiais da Rondas Ostensivas Com Auxílio de Motocicletas (Rocam), cabo Denadai e soldados Vocci, Roberto e Bianconi, além da Guarda Civil Municipal (GCM) com inspetor Barcaça e agentes Adeilson e Batista.

Mão na massa

Rapaz é preso em flagrante furtando consultório médico

Um cidadão chamado Rodrigo de Souza Francisco, de 33 anos, foi preso em flagrante delito numa ação dos policiais militares Leite e Speranza em um consultório médico localizado na Rua Major Leônidas Cardoso, região central da Cidade. Viatura deslocou-se até o local onde os policiais surpreenderam o indiciado com um notebook, uma maleta e um celular de propriedade da vítima, tentando evadir-se do local, mas não conseguiu. Dada voz de prisão ao indiciado e conduzido ao

Divulgação

Policiais surpreenderam o indiciado com vários produtos furtados

Plantão Permanente juntamente com a vítima e os objetos furtados, sendo elaborado o auto de prisão em flagrante, recibo de entrega de preso, auto de apreensão e entrega dos produtos pelo

delegado Marcelino Aparecido Ferreira. O indiciado foi encaminhado à Cadeia Pública (transitória) de Itatinga e, posteriormente, ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cerqueira Cesar.

Com fome

Agentes flagram maus tratos contra animal Furto de salame leva infrator para a cadeia Atendendo solicitação Divulgação

de apoio da Vigilância Ambiental em Saúde (VAS), a equipe do Grupo de Patrulhamento Ambiental (GPA) formada pelos guardas civis municipais Rodrigues e Amâncio se deslocou até a Avenida Milton Aparecido de Oliveira, no Jardim Santa Eliza, para averiguar a um caso de denúncia de maus tratos contra animal. Ao chegarem ao local os agentes constataram que havia um cavalo caído em um terreno baldio bastante debilitado e

A ocorrência foi registrada no Jardim Santa Elisa

com sinais de gripe equina. O proprietário foi localizado e informou que havia comprado o animal há pouco tempo

e que “na data da compra o animal estava com a saúde pior do que agora”. Ele foi detido e liberado.

Os agentes Prado e Camargo, da Guarda Civil Municipal (GCM), com o apoio das agentes Pasti e Stamponi efetuaram a prisão de um cidadão chamado Maurício, de 35 anos de idade, que tentou furtar cinco peças de salame, em supermercado da Avenida Vital Brasil, sendo que cada uma custa cerca de R$ 80,00. Quando o indiciado tentou furtar as mercadorias e flagrado pelos seguranças do local, que acionaram a

Divulgação

GCM através do número 199 que efetuou a prisão em flagrante. Conduzido até a 1ª Central de Polícia, o delegado Marcelo Lanhoso de Lima arbitrou fiança

de R$1.500,00, porém o indiciado não pagou e foi recolhido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cerqueira César, onde ficará à disposição da Justiça.


Divulgação

Prefeitura confirma nova creche em Rubião

A Prefeitura de Botucatu firmou parceria com o Governo do Estado para a construção de uma nova creche no distrito de Rubião Júnior. Serão investidos cerca de R$ 1 milhão na nova unidade educacional através do programa Creche-Escola que tem como objetivo ampliar o atendimento a crianças na Educação Infantil. Os recursos serão destinados às obras e à aquisição de mobiliários e equipamentos. Caberá à Prefeitura a responsabilidade pelas despesas de custeio necessárias para o funcionamento e manutenção da creche, como folha de pagamento, água, energia elétrica, materiais de consumo e outras. A unidade deverá atender cerca de 150 crianças.

A7

Cidade 28 de junho a 04 de julho de 2013

Situação da Misericórdia Botucatuense está indefinida Valéria Cuter

Início da parceria estava previsto para o começo de junho mas a situação continua inalterada

A

Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp) ainda não assumiu a gestão da Santa Casa de Misericórdia Botucatuense e essa situação já vem se arrastando há vários meses. Em abril em reunião do Conselho Administrativo da fundação foi aprovada a autorização para que seja celebrado um contrato em caráter emergencial com o hospital pelo período de seis meses. O início dos trabalhos dessa parceria estava previsto para o início de junho deste ano, mas a situação continua inalterada, ou seja, a Misericórdia está aten-

dendo apenas pacientes da Unimed. Se uma pessoa quiser ser internada não está conseguindo vaga. De acordo com o diretor-presidente da Famesp, Pasqual Barretti, o modelo que está sendo construído prevê que, nos primeiros seis meses, a fundação e a santa casa trabalhem em parceria. Nessa condição, serão indicados para conduzir as atividades do serviço um profissional ligado a assistência e outro da área de gestão hospitalar. A Famesp ainda constituirá um grupo de trabalho que ficará responsável por atividades como: compras,

Negociação entre Famesp e Misericórdia vem se arrastando há meses

contabilidade, recursos humanos, entre outras, com o objetivo de acompanhar

a gestão do hospital, além de propor e implementar medidas para melhorar o

desempenho financeiro da unidade. “Existe uma possibilidade concreta de a Famesp

assumir totalmente a gestão da Misericórdia”, previu Barretti.

Amplo espaço

Imprensa visita instalações da futura Faculdade de Engenharia

Valéria Cuter

A Faculdade será instalada em uma área de 2,3 mil metros quadrados onde funcionava o Curtume Paulista

Prefeitura de Botucatu, União Brasileira Educacional e Instituto Libertas Cubatão (Unibr) e imprensa estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (27), para uma visita às dependências do prédio onde será instalada a unidade de

Ensino Superior da instituição em Botucatu, na Avenida Paula Vieira, nº 542, Vila Ema. A área de 2,3 mil metros quadrados, onde funcionava o Curtume Paulista, foi cedida à instituição pela Prefeitura de Botucatu com o com-

promisso de trabalhar pela instalação de cursos de engenharia no local. A visita contou com a presença do prefeito de Botucatu, João Cury Neto, Fábio Merlin, um dos mantenedores da Unibr, do jornalista Sandoval Nassa, entre outros.

Assine e receba em sua casa

Na oportunidade serão fornecidas informações sobre o andamento do processo para a criação dos cursos de Engenharia de Produção, Engenharia de Automação, Engenharia Elétrica e Engenharia Civil na Cidade. A Unibr, em parceira com

Universidade Anhembi M o r u m b i , ta m b é m j á oferece na Cidade cursos à distância na graduação e pós-graduação. Entre eles estão os cursos de Administração, Letras e Pedagogia; na graduação técnica, Comércio Exterior, Gestão

Assine: 3815-5339

de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Logística, Marketing e Processos Gerenciais e pós-graduação em Gestão de TI (Business Intelligence), Gestão de Empresas, Gestão de Projetos e Portfólios (PPM), Marketing e Recursos Humanos.


A8

cmyk

28 de junho a 04 de julho de 2013

Segurança

Operação da Força Tática resulta em apreensão de dois quilos de maconha

Fotos Divulgação

Os três indiciados foram enquadrados em crime de tráfico de entorpecentes e a droga estava no GM/Kadet apreendido em uma residência na Cidade de Conchas

Operação da PM foi iniciada na Cohab I em Botucatu e concretizada em Conchas Uma operação desencadeada durante a madrugada desta quinta-feira (27) pela Força Tática da Polícia Militar de Botucatu com o sargento Francisco, cabo Neto e soldados Winckler, Gonzaga e Nunes, que teve início na Avenida Jaime de Almeida Pinto, na Cohab I e encerrada

na Cidade de Conchas resultou na apreensão de dois “tijolos” de maconha, pesando 1.950 kg; 14 “parangas” da droga já embaladas para a venda aos usuários e 10 pedras de crack. Os policiais faziam patrulhamento pela Cohab I quando depararam-

-se com um GM/Kadet p l a c a s B P V- 3 9 9 3 , d e Conchas e optaram pela abordagem. No veículo estavam o condutor Luan Mendes dos Santos, o “Gordinho” que tinha no órgão genital dez pedras brutas de crack, e o passageiro Rafael Leandro Torres, o “Neguinho”, com as 14 ”parangas” de maconha, ambos com 22 anos de idade, morado-

res de Conchas. No momento em que era realizada a revista no carro, o telefone celular de um dos detidos tocou e um policial atendeu constatando que se tratava de uma ligação de Conchas sobre uma comunicação ligada ao tráfico, tendo do outro lado da linha um cidadão conhecido como Jonny. Então, os policiais de-

cidiram deslocar-se até a Cidade de Conchas e chegaram à residência de Jonny Roberto de Araújo Sena Junior, de 29 anos de idade. Este ao perceber a presença da PM tentou se desfazer dos dois tijolos de maconha pelos fundos da residência, porem foi detido. A Força Tática retornou como os três acusados para Botucatu e eles fo-

ram conduzidos ao Plantão Permanente para serem indiciados em crime de flagrante de tráfico de entorpecentes pelo delegado José Sérgio Palmieri Junior e recolhidos à Cadeia Pública de (transitória) de Itatinga, antes do encaminhamento ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cerqueira Cesar, onde deverão aguardar o julgamento.

Complexo

Bairro Alto será o “centro nervoso” da Polícia Civil da Cidade Luiz Fernando

Complexo da antiga Cadeia Pública já passa por ampla reforma para abrigar as delegacias especializadas

O complexo que por mais de 40 anos abrigou a Cadeia Pública de Botucatu, no Bairro Alto, com suas dez celas, está passando por ampla reforma e deverá se transformar em sede da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Delegacia de Investigações Sobre En-

Reconhecimento

torpecentes (DISE). O atual prédio da DIG poderá ser a sede da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Em 2010 a cadeia chegou a ter 245 presos, ou seja, média de 24 presos por cela. Foi necessário que a então juíza Adriana Toyano Fanton Furukawa determinasse a

interdição parcial da cadeia, que passou a abrigar um máximo de 120 detentos. Esse foi o primeiro passo para se chegar a interdição total da cadeia, ocorrida no início de março deste ano. Outras cadeias da região como as de São Manuel, Itatinga e Conchas também

foram desativadas. O presídio botucatuense foi desativado em razão do projeto do governo do Estado para desativar as cadeias que fazem parte da área de comando da seccional de Botucatu, que já não atendiam as necessidades da região. Atualmente, os

presos são remanejados, emergencialmente, para outros presídios, principalmente, ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cerqueira Cesar, que está localizado na zona rural da Cidade, na SP-245 Rodovia Salim Antonio Curiati. Foi inaugurado no dia 4 de fe-

vereiro deste ano e já está acima de sua capacidade. “Desde que a cadeia de Botucatu foi interditada sempre defendi a idéia da instalação da DIG e DISE, no antigo prédio. As duas especializadas estão hoje instaladas em dois extremos da cidade em prédios alugados e seria interessante que cada uma tivesse o prédio próprio, já que a área pertence ao Estado”, colocou o delegado seccional de polícia, Antônio Soares da Costa Neto. Lembra o seccional que atrás do prédio da cadeia desativada existe um espaço onde também já está acertada a construção do Instituto Médico Legal (IML) e Instituto de Criminalística (IC). “Então, num mesmo local poderemos ter DISE, DIG, IML, IC, que se agregariam ao Plantão Permanente, Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) e sede da Delegacia Seccional”, enumera o delegado.

Policiais são homenageados por prisão de quadrilha Luiz Fernando

Tenente Bruno, sargentos Rosivaldo e Laudo e soldados Carvalho, Alex, Almeida, Lofiego, Amarildo, Conti e Trovão, contando com apoio dos policiais da Rondas Ostensivas Com Auxílio de Motocicletas (Rocam), cabo Denadai e soldados Vocci, Roberto e Bianconi. Foram

estes os policiais homenageados nesta quinta-feira pelo comando do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I), de Botucatu. A homenagem foi feita pelo comandante do 12º BPM, tenente coronel Jorge Miguel, em reconhecimento ao trabalho

da equipe na prisão de uma quadrilha que assaltou um supermercado com tomada de reféns. Além de prender os integrantes da quadrilha com as armas e objetos utilizados para o crime os policiais ainda recuperaram todo dinheiro que foi roubado.


cmyk

caderno Acesse nosso site:

www.acontecebotucatu.com.br Diretor responsável: Quico Cuter

2

28 de junho a 04 de julho de 2013 Fotos: Valéria Cuter

“Jairão”: um farmacêutico com a vida dedicada a Vila Maria Ser eleito por oito mandatos faz de Jairo o cidadão que mais vezes ocupou uma cadeira no legislativo

L

úcido e atuante, o farmacêutico mais antigo de Botucatu, Jairo Luiz de Andrade, o popular “Jairão” no auge dos seus 84 anos de vida, continua em franca atividade, atendendo a população na sua farmácia instalada na Praça do Curió, na Avenida Petrarca Bacchi, na Vila Maria, desde que foi inaugurada em 1941. Nasceu em Botucatu em 1929 e ainda menino começou a trabalhar como ajudante do Dr. Zorobabel Ferreira de Sá, o “doutor Zoro” com quem ficou por seis anos e aprendeu o ofício de farmacêutico. Nunca mais deixou a profissão. Graduou-se pelo Senac em “Oficial de Farmácia” e beneficiou-se da Lei de Aprovisionamento, que permitia que todos práticos e oficiais de farmácia legalmente habilitados pudessem exercer a função de farmacêutico e dar o nome ao estabelecimento de farmácia. Com seus 22 anos, depois de ter juntado algumas economias, inaugurou a Farmácia Santa Gema Galgani – conhecida até hoje como “Farmácia do Jairo”. Foi o primeiro a montar farmácia no Bairro de Vila Maria. “Eu nasci na Vila dos Lavradores e vim para a Vila Maria em 1941. Abri a farmácia e estou aqui até hoje. Naquela época não havia nada. Muitas casas sequer tinham água ou luz elétrica. Aos poucos, o bairro foi se desenvolvendo e tenho orgulho de dizer que dei minha parcela de contribuição para isso”, lembra Andrade. Uma particularidade marcante do experiente farmacêutico é sua ligação com os moradores da Vila Maria desde que abriu as portas da farmácia. Quando chegou o bairro era muito pobre, assim como sua população. Não

“Nunca tive coragem de deixar uma pessoa sem medicamento”

“Tudo que acontece na Vila Maria passa por esta farmácia”

“Quando prefeito interino dei aumento de 120% numa só canetada” foram raras às vezes em que um morador entrava sem dinheiro na farmácia, mas levava o remédio que precisava. Hoje ainda acontece isso. “Nunca tive a coragem de deixar uma pessoa sair daqui sem medicamento. Fornecia o remédio e dizia para a pessoa me pagar quando pudesse. Faço isso ainda. O engraçado é que a grande maioria volta e paga. Muitas vezes nem me lembrava mais que tinha vendido (o remédio). Sempre houve essa ligação entre a farmácia e os moradores”, enfatiza. Jairo também tem estreitas ligações com a Escola de Samba Gente Unida de Vila Maria como um dos fundadores que foi várias vezes campeã do carnaval botucatuense e o Esporte Clube Brasil de Vila Maria, time de futebol que

marcou época na fase áurea do futebol amador da Cidade. Por sua popularidade e ajuda que prestou a comunidade de Vila Maria, foi eleito vereador por oito vezes e teve a oportunidade de trabalhar com os prefeitos Emílio Peduti, João Reis, Amaral Amando de Barros, Lico Silveira, Plínio Paganini, Jamil Cury, Joel Spadaro e Pedro Losi Neto. Ser eleito por tantos mandatos faz de Jairo o cidadão que mais vezes ocupou uma cadeira no legislativo botucatuense e comprova seu sincronismo com a população de Vila Maria. “Nesse tempo de vereança tanto fui oposição ao governo como situação. Em algumas ocasiões meu partido não fazia parte do governo, mas nem por isso deixamos de conseguir benfeitorias. Acho que, independente de

ser oposição ou situação, o trabalho entre o Legislativo e o Executivo tem que se sincronizado e priorizar as necessidades de cada bairro, sem ver cores partidárias. Foi assim que sempre trabalhei”, ensina o ex-vereador. Na carreira política de Jairo, aconteceu um fato inusitado. Na gestão do prefeito Joel Spadaro (01/01/1993 a 31/12/1996), ele assumiu a Prefeitura por pouco mais de 20 dias, em razão do prefeito estar viajando e o vice (Antônio Delevedove) ter morrido em acidente. Como sabia que iria ficar por poucos dias como chefe do Executivo se reuniu com a equipe e pediu que fosse estudado um aumento para o funcionalismo. “Queria nesses poucos dias em que ficaria na prefeitura fazer alguma coisa para ajudar os servidores, de alguma forma. Depois de muita discussão consegui um aumento de 120% numa só canetada. Dei o aumento e segurei o rojão”, rememora. A ficha de serviços prestados por Jairo Andrade como vereador é bastante extensa, mas uma conquista curiosa faz questão de lembrar. “Aqui em frente da

Assine: 3815-5339

farmácia só tinha mato. Mesmo assim criadores de curiós vinha até aqui para fazer competição de canto e fibra. A pedido desses criadores conseguimos aprovar um projeto de lei criando a Praça do Curió. Hoje esta praça é o principal ponto de referência da Vila Maria”, comenta Jairo Andrade. “Tudo que acontece na Vila Maria passa, necessariamente, por esta farmácia, acrescenta. Desde seu primeiro mandato para a legislatura, em 1956, até seu último mandato concluído em 1999 no governo Pedro Losi Neto, Jairo, continua sendo a maior liderança do bairro. É reconhecido como um os principais responsáveis pelo desenvolvimento da Vila Maria, conquistando melhorias como pavimentação, rede de água e esgoto, iluminação pública, escola, etc. Colaborou na expansão de novos bairros, no desenvolvimento do esporte e na valorização do povo daquela região. E ele nem pensa em parar. “Enquanto Deus me der lucidez e saúde, continuarei aqui na farmácia prestando atendimento à comunidade. É disso que gosto e é isso que sei fazer”.


Divulgação

B2

Aulas de meditação são ministradas no Inca A Prefeitura de Botucatu por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer oferece aulas gratuitas de meditação no salão de ginástica do Estádio Municipal “Professor João Roberto Pilan” (Inca). As atividades que tiveram início neste mês de junho são ministradas pelos yogues (instrutores) Ricardo Mucinic e Cibele Muniz todas as sextas-feiras, das 18 às 19 horas. Estudos apontam que a meditação “sahaja yoga” está associada ao bem-estar físico, mental e emocional. Ela traz diversos benefícios entre eles a redução positiva na frequência cardíaca, melhor qualidade no sono e nos quadros de pacientes com depressão e ansiedade.

Geral

28 de junho a 04 de julho de 2013

Divulgação

Morcegos são foco de estudo em área rural de Botucatu Animais foram descobertos em retirada de um enxame de abelhas em propriedade de atemóias

A

Vigilância Ambiental em Saúde e o Departamento de Zoologia do Instituto de Biociências da Unesp de Botucatu iniciaram em maio passado uma pesquisa com morcegos frugívoros, ou seja, que se

alimentam de frutos, e que visitam os pomares de atemóia das propriedades rurais do Município. A atemóia é uma fruta híbrida que é obtida através do cruzamento da cherimoia (Annona cherimola, Mill) com a fruta-pinha (An-

Segundo Valdinei Moraes Campanucci da Silva, supervisor de serviços de saúde ambiental e animal da Vigilância Ambiental em Saúde de Botucatu, os hábitos destes mamíferos voadores na zona rural do Município foram descobertos após atividades de rotina de retirada de um enxame de abelhas em uma propriedade de atemóias. “Levamos o fato ao professor Doutor Wilson

Pesquisa está sendo realizada com morcegos frugíveros

Uieda, do Departamento de Zoologia, e desde maio estamos fazendo estudos sobre os morcegos que se alimentam destes frutos. Estamos conseguindo fazer imagens destes morcegos comendo a atemóia, algo

inédito na literatura. Os produtores relatam, inclusive, a presença de morcegos frugívoros também em pomares de amora, caqui e ameixas, que também serão investigados pela Unesp e VAS”, diz.

Em destaque

Intercâmbio

Pesquisadores internacionais visitam Cevap

Divulgação

Divulgação

Pesquisadores foram recepcionados por diretores do Cevap

O Departamento de Doenças Tropicais e Diagnóstico por Imagem da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) recebeu, nesta semana, a visita de dois pesquisadores estrangeiros que possibilitaram grande troca de experiências, em especial, na área de pesquisa clínica. O médico Jean-Philippe Chippaux, do IRD (Institut de recherche pour le développement) – instituto para o desenvolvimento de pesquisas localizado na França - e Leslie Boyer, médica e professora do Departamento de Patologia da Universidade do Arizona, realizaram uma série de atividades, entre elas, uma visita ao Cevap (Centro de Estudos de Venenos e Animais Peçonhentos) da Unesp, em Botucatu. O objetivo do intercâmbio foi discutir o possível desenvolvimento de estudos clínicos em con-

nona squamosa, L.), que pertencem à família das anonáceas, a mesma da graviola. Apesar da ciência já conhecer que as anonáceas servem de alimentos a morcegos, pouco se sabe sobre as espécies deste animal consomem estes frutos, seu comportamento alimentar, quantidade de frutos consumidos e possíveis prejuízos à economia e a saúde pública.

junto e também parcerias, envolvendo o Cevap, para o aprimoramento de soros. Chippaux, que já se tornou um professor da Pós-Graduação em Doenças Tropicais da FMB, havia estado na instituição pela última vez em setembro de 2012. A Unesp - por meio da FMB, de sua Unidade de Pesquisa Clínica (Upeclin) e do Cevap - deve concorrer em breve a um edital do Ministério da Saúde/ DECIT para realização de ensaios clínicos. Chippaux e Leslie serão consultores nesse processo. Os pesquisadores internacionais participaram, juntamente com os coordenadores executivo do Cevap, Benedito Barraviera e Rui Seabra Ferreira Júnior, do 2nd Ibero-American Meeting on Toxicology and Environmental Health, em Ribeirão Preto-SP. Eles coordenaram uma das mesas-redondas do evento.

Veterinária é premiada em conferência de ovicultura

Divulgação

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp, câmpus de Botucatu, teve quatro trabalhos premiados na Conferência Facta, um dos eventos técnicos mais importantes do setor de avicultura brasileiro, realizado em Campinas. Evento, promovido pela Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas (Facta), reuniu cerca de 700 participantes para um encontro focado em pesquisas, ciência e tecnologias para a avicultura. Durante a conferência,

aconteceu a entrega do Prêmio Lamas 2013, que tem o objetivo de promover a pesquisa acadêmica e laboratorial e a busca de soluções para a cadeia produtiva avícola. Foram premiado Vitor Barbosa Fascina e Ana Cristina Stradiotti na categoria nutrição e Taís Cremasco Donato, a partir da tese de doutorado de Ana Angelita Sampaio Batista, na categoria sanidade. Dentre os 220 trabalhos inscritos, 29 foram de Botucatu, incluindo pesquisas desenvolvidas na FMVZ e no Instituto de Bio-

Equipe da Unesp de Botucatu recebeu a premiação em Campinas

ciências (IB). Das quatro categorias em que o prêmio é entregue (Produção, Sanidade, Nutrição e Outras Áreas) trabalhos desenvolvidos na

FMVZ venceram três, além de conquistar uma menção honrosa. O vencedor de cada categoria recebeu um prêmio de 2 mil reais.

No plenário

Deputado federal elogia o trabalho do Museu do Café de Botucatu Depois de ter sido homenageado pelos vereadores da Câmara Municipal de Botucatu com uma moção honrosa, elaborada do vereador Fernando Carmoni (PSDB), o Museu do Café, da Fazenda Lageado foi tema principal do discurso do deputado Guilherme Mussi, do PSD de São Paulo, na Câmara dos Deputados, em Brasília (foto). Em seu pronunciamento na tribuna o parlamentar destacou a importância do Museu do Café, no ano em que comemora seu 25º

Divulgação

Mussi: “Trabalho resultou num crescimento no número de visitantes”

aniversário e ocupa a antiga Casa Grande, sede da centenária Fazenda Lageado. Fez um rápido histórico da origem e o trabalho que

vem sendo desenvolvido nos últimos anos. “A origem do museu vem do final da década de 80, e neste ano de 2013, o

Museu completa 25 anos, desde sua criação. Desde então, diversas ações foram desenvolvidas objetivando ampliar a visibilidade do conjunto arquitetônico histórico, o que resultou, por exemplo, num crescimento vertiginoso no número de visitantes”, destacou o parlamentar. Lembrou que esse número de visitantes saltou de pouco mais de 2.300 em 2006 para mais de 19 mil em 2012. Em abril deste ano, ultrapassou a marca de 100 mil visitantes no período de 2006 a abril de 2013


B3

Destaque

28 de junho a 04 de julho de 2013

“Casa do Cidadão” presta um serviço diferenciado à comunidade Em um só lugar na região central da Cidade a comunidade poderá resolver diferentes demandas

I

naugurado na última terça-feira, a “Casa do Cidadão”, na Rua Cardoso de Almeida (antigas dependências da CPFL e Fórum) reúne serviços na área da justiça, relações do trabalho e ao consumidor. Imóvel conta com 710 metros quadrados de área construída, no Centro de Botucatu, e que recebeu investimentos de R$ 47 mil do Poder Público Municipal para a reforma. Complexo abrigará o Centro Judiciário de Conflitos e Cidadania (Cejusc) e uma sala de orientação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além do posto da Fundação Procon (Proteção e Defesa do Consumidor), agência regional do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Posto de Atendimento ao Traba-

Inauguração da “Casa do Cidadão” contou com a presença de autoridades de diversos segmentos da sociedade

lhador (PAT), e um posto do Acessa SP.

Cejusc

O Cejusc é um órgão ligado ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e em Botucatu será coordenado pela juíza de Direito Érica Marcelino Cruz, tendo na chefia do gabinete, Cintia Maria Toledo. Cerca de 20 conciliadores estarão prestando atendimento ao público. No Cejusc são feitas, de maneira gratuita, conciliações de conflitos que ainda não chegaram à Justiça ou mesmo aqueles que estão em processo judicial. Ele pode atender todo cidadão, mesmo que este não tenha comprovação de renda, em ações de cobrança, guarda de menores, acidente de trânsito

com danos materiais, entre outros.

Procon

O Procon é um órgão que atua em todo o Brasil na defesa, orientação e fiscalização nas relações de consumo. Em Botucatu, ele é dirigido por Márcio Cesar Lopes da Silva, mantido através de um convênio entre a Fundação Procon, Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania e Prefeitura Municipal. Atua em Botucatu desde 1991 e há cinco anos mantinha-se instalado na Rua Marechal Deodoro, 304 - Centro. No Município, apenas em 2012, a unidade chegou a atender mais 4,4 mil pessoas, gerando 3.200 processos. Quando não há acordo, é encaminhado ao Juizado Especial Cível

(JEC) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Neste contexto, a criação da Casa do Cidadão, aproximando Procon e Cejusc, irá agilizar ainda mais a resolução dos casos ao consumidor.

Ministério do Trabalho

O Ministério do Trabalho atua em Botucatu há mais de 40 anos e desde 2001 mantinha sua agência regional instalada na Rua Djalma Dutra, 356 – Centro. Ele recebe diariamente 50 pessoas em média que procuram o órgão para a emissão de carteiras de trabalho, homologação de rescisão contratual, orientações sobre seguro-desemprego, denuncias e soluções de conflitos trabalhistas, entre outros serviços.

PAT

Já o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) atua em Botucatu desde 1979 e nos últimos anos ficou instalado na Rua João Passos, 256 – Centro. Desde 2002 abriga também o Centro Regional da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (Sert) do Governo do Estado, no qual abrange 30 municípios. Oferece serviços de intermediação de mão de obra, habilitação ao seguro-desemprego e outras orientações trabalhistas. Nesses locais, as pessoas também podem se inscrever no Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ) e no Programa de Apoio à Pessoa com Deficiência (PADEF) – também gerenciados pela Sert.

Acessa SP

O Acessa São Paulo é o programa de inclusão digital do Governo do Estado de São Paulo, coordenado pela Secretaria de Gestão Pública, com gestão da Prodesp, Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo – Diretoria de Serviços ao Cidadão. Oferece para a população o acesso às novas tecnologias da informação e comunicação (TIC ’s), em especial à internet, contribuindo para o desenvolvimento social, cultural, intelectual e econômico dos cidadãos paulistas. Para atingir seus objetivos, ele abre e mantém espaços públicos com computadores para acesso gratuito e livre à internet. Fotos: David Devidé / Valéria Cuter


cmyk

B4

Social

28 de junho a 04 de julho de 2013

ALAIDE DE OLIVEIRA ORSI

ALESSANDRA LUCCHESI DE OLIVEIRA

ALINE FERRARI DEPLÁCIDO VIEIRA

ANA CAROLINA RABELLO COELHO

ANDREA POLICASTRO ANGELLA

IRENE DA SILVA VITORINO DE OLIVEIRA

APARECIDA DONIZETE FOGANHOLI

JACK RODA

ROSALINA AP. DESTRO DE ALMEIDA SANDRA MARIA CANHADO DA SILVA

DES “3º M

ARIADNE SANTINI

CAROLINA MACHADO DE MELLO

LAURA BARRIQUELO BURATINI

LUANA BERNARDO

SIRLEI AP. SANTANA CAPPELLETTI

SOLANGE PREARO

CLAUDETE FURLAN MISTRETTA

LUCÉLIA FAVA CARREIRA

VALÉRIA LOURENÇO CUTER

CLEIDE ENOIR PETEAN TRINDADE

LUCIENE MORAES MARTINS VIADANNA

VALQUIRIA SANTILONI

VANIA SANTAN


Social

28 de junho a 04 de julho de 2013

SFILE DE ELEGÂNCIA NO MULHERES DE SUCESSO” Fotos : Wesley Silva

E

m clima de tradição e elegância, o estilo das mulheres vips realçou mais uma vez a dimensão que este evento, que alia garra e determinação à badalação das grandes vencedoras, está tomando. No Espaço Daruma, ricamente decorado, com um serviço impecável do ‘Caetano Buffet’, as mulheres homenageadas e seus convidados desfrutaram de uma noite memorável, onde o que imperou foi o glamour.

SOFIA SPERS

CLEIDIANE BARROS CALEGARI

CRISTINA SPERS

MAGDA APARECIDA BORGATTO

MARCINHA BRITO

NA RUSSO

VIVIANA MIANO BRANDÃO

DENISE FLORESTE

MARGARETE CEZARINI GASPARINI

CARLA MARCONDES SAYEG

CIBELE BORTOLIN MAZZEI

EDUARA KENNERLY

ENILZE DE SOUZA NOGUEIRA VOLPATO

MARIA DALLAQUA BORGATTO

MEIRES TOMAL

KARIN RICCIARDI

B5

KÁTIA PRACUCIO GIGLIOTTI

ÂNGELA CARELLO GROTTERIA

FERNANDA PEREIRA PIRES FERREIRA

MILENA FRANÇA CÂNDIDO

SARITA TEIXEIRA RECHE


Valéria Cuter

Botucatu conhece sua sexta derrota no Paulista Feminino

B6

Sem o técnico Alexandre Cruz, que pediu demissão um dia antes do jogo, a Associação Botucatuense de Desporto – ABD conheceu sua sexta derrota no Campeonato Paulista de Futebol Feminino. O presidente da equipe, Tadeu Galhotte (foto) está estudando um nome para substituir Cruz. Jogando em casa no Estádio “Dr. Acrísio Paes Cruz”, da Associação Atlética Ferroviária (AAF), a equipe botucatuense não resistiu ao ataque das meninas da Ferroviária, de Araraquara e perdeu por 7 a 0. O resultado deixa Botucatu na sexta colocação do Paulista com apenas 3 pontos, tendo 1 vitória e 6 derrotas. O time marcou apenas 4 gols e tomou 40, tendo um saldo negativo de 36. O próximo compromisso da ABD acontece no próximo domingo (30), onde joga em Piracicaba contra o XV de Novembro.

Esporte 28 de junho a 04 de julho de 2013

Atleta de 16 anos se especializa em provas de marcha atlética Modalidade esportiva exige, além do preparo físico, muita concentração

E

mbora não seja muito praticada na região, a marcha atlética é uma das modalidades esportivas do atletismo mais difíceis, já que exige do atleta uma grande coordenação motora para se executar uma progressão de passos de maneira que o atleta sempre mantenha contato com o solo com, pelo menos, um dos pés. Foi integrada aos Jogos

Boa performance

Olímpicos em 1908 e em 1992 passou a ser disputada também na categoria feminina. Em Botucatu u ma atleta que vem se especializando nessa modalidade é a jovem Fabiana Aparecida Lopes, de 16 anos de idade, que este ano irá disputar os Jogos Regionais por Botucatu. No ano passado competiu por Jaú, sob a orientação

do professor Nilton César Andrade - Nenê. Ela é uma das poucas atletas que tem índice para competir em Jogos Abertos do Interior. “Fui incentivada pelo (professor) Nenê, que enxergou em mim potencial para competir nessa modalidade. No início não estava muito confiante, mas passei a treinar e os resultados começaram a aparecer. Empolguei-me e agora meu propósito é me aperfeiçoar cada vez mais para poder representar

Luiz Fernando

Botucatu”, disse Fabiana Lopes. Ela revela que o esporte exige, além do preparo físico, muita concentração. “ Temos que caminhar ou marchar o mais rapidamente possível sem correr e isso exige uma técnica especial e um entrosamento entre o corpo e a mente, para não correr o risco de ser desclassificada”, explica. “ Tenho consciência de que tenho muito a evoluir e que estou no caminho certo”, complementou.

Fabiana Lopes este ano irá disputar os Jogos Regionais

Jiu Jitsu de Botucatu conquista 23 medalhas no Circuito Paulista Divulgação

Saldo de 07 medalhas de ouro, 10 prata e 06 bronze. Foi essa a conquista da Equipe Miquinho de Botucatu na 2ª etapa do Circuito Paulista de Jiu Jitsu, disputada no Ginásio Poliesportivo José Corrêa, em Barueri. Evento contou com a participação de 1.500 atletas representando vários estados do Brasil, em dois dias de competição. Com mais esse resul-

Atleta e medalhista Anderson “Banana” é o treinador da equipe

tado positivo a Miquinho Jiu Jitsu sob o comando do medalhista e professor Anderson “Banana” Silva, está ranqueada entre as principais equipes da Federação Paulista e Brasileira. A equipe agora está se preparando para competir no Campeonato Brasileiro da Confederação Brasileira de Jiu Jitsu; seletiva Abu Dhabi - Emirados Árabes; 2º etapa do Open Regional de São Paulo; entre

outras competições previstas para este ano. Vale lembrar que a Miquinho realiza três projetos sociais na cidade de Botucatu sendo um no Ginásio Municipal de Esportes “Dr. Mário Covas”; outro na Praça da Juventude; e o terceiro na Igreja Presbiteriana Bethel, com um numero de, aproximadamente, 120 alunos que têm oportunidade de uma atividade extracurricular

e um aprendizado para o desenvolvimento social. Na próxima semana o professor Anderson Banana estará doando em um dos projetos sociais 15 quimonos novos para a prática da modalidade a alunos que ainda não conquistaram o material. “Este é um apoio que tive com um empresário da cidade que preferiu não divulgar seu nome”, disse o professor de Botucatu.

Nosso e-mail: zeairtonamorim@bol.com.br

= S.E. MAIS DE TRINTA-1981= Foi no século passado exatamente naquele feriado do primeiro dia de maio de 1981, portanto, 32 anos já decorridos, que o tradicional MAIS DE TRINTA de nossa cidade jogou amistosamente na cidade de Bauru e sua delegação posando na foto anexa no Jardim Suspenso do BAC esteve naquela ocasião assim composta: DE PÉ: Diretor CLARÃO – Atletas PEDRO FERNANDES – LAERCIO CORULLI – MOACIR TREVISAN – PAULO BAGRE – DITO GAGO – BIÉ – VEIGÃO – ZÉ AIRTON – CELESTRIM e o Diretor BREDÃO... ABAIXADOS: PAULO COCADA – MANÉ MOSCA – MARCIO LOTUFO – JOÃO PIQUERA – MERCIO MOREIRA – EDUARDO ZUCARI – ADEMARZINHO MESSIAS e o TUTA SIMÕES... Alguns desses amigos já nos deixaram e moram no Céu...

EPÍLOGO

NOSSO ESPORTE NOSSA GENTE:

Confesso que sinto um pingo de inveja, quando na atualidade aprecio numa partida de futebol ou futsal um atleta mais habilidoso colocar a bola no vão das pernas de seu adversário aplicando-lhe o famoso drible conhecido como “caneta”. Confesso ainda que embora houvesse jogado desde criança nunca efetuei tal jogada, pois deixei de treiná-la em virtude de que grande parte de nosso aprendizado futebolístico foi realizado ali no campinho do Santuário de Nossa Sra. de Lourdes onde enfrentávamos amistosamente os prezados irmãos capuchinhos e coroinhas que na época usavam aquelas longas batinas que impediam a passagem da redonda, em razão disso tornei-me especialista no famoso drible da vaca. São coisas da bola e dos respectivos uniformes...

“TODA VEZ QUE VOCÊ SUBIR UM DEGRAU NO SUCESSO, SUBA DOIS NA HUMILDADE”.


Divulgação

Convênio poderá trazer Escola de Beleza à Cidade A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussesp), Lu Alckmin mais duas unidades do Polo Regional do projeto “Escola de Beleza” nas cidades de São Manuel e São Pedro. As unidades oferecem cursos gratuitos de curta duração de Manicure e Pedicure, Assistente de Cabeleireiro, Maquiagem e Depilação, e Depilação e Design de Sobrancelhas. A presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Botucatu e primeira dama Rachel Ferronato Cury participou da inauguração e destacou que irá elaborar um projeto e encaminhar o pedido de convênio junto ao Fussesp para a implantação de uma Escola de Beleza no Município.

Francisco Marins lança livro de contos e recontos Marins faz uma “mistura” de personagens criados pela sua imaginação, com o folclore popular

O

escritor Francisco Marins uma das maiores expressões literárias do Brasil e que já vendeu mais de cinco milhões de livros, traduzidos em quinze idiomas, lançou a sua mais recente obra: “Do Berrante ao Apito - e outros recontos”. Nesse livro de 190 páginas, Marins faz um criativo apanha-

do de contos e recontos com mesma criatividade que sempre norteou suas obras, misturando personagens criados pela sua imaginação, com o folclore popular. O escritor conta que sua idéia inicial desse livro era incluir apenas contos inéditos, mas depois de montado o volume achou-

-o “magro, fininho e raquítico” e seguindo o conselho de um amigo editor que disse: “Os livros bons, para atrair, devem ficar em pé”, topou “engordar” o livro com estórias das séries de juventude, certo de que, num provável exame crítico haveria desigualdade na seleção de tratamento literários dos temas para

jovens e adultos. “Mesmo com essas discrepâncias optei por reuni-los para que não ficassem dispersos. Assim reunidos os contemporâneos, os antigos, os quase já esquecidos formam o livro gordinho, que pára em pé, obediente a recomendação do meu amigo e saudoso editor”, explica Marins. Fazem parte do livro: “Do Berrante ao Apito”; “Em Busca da Flor Roxa”;

B7

cidade

28 de junho a 04 de julho de 2013

Divulgação

Marins é uma das maiores expressões literárias do Brasil

“A Lenda da Serra dos Martírios”, “O Rio não dava Passagem”, “Iota Mina - o franguinho perneta”; “A Árvore e a Ave”;

“A Terra dos Índios”; “Deu Zebra”; “O Estranho Caso do Peixe-Boi”; “A Passeata do Silêncio”; A Onça e as Capivaras”; e “O Boato”.

Na fita

Talentos

Botucatu recebe encontro Documentário vai abordar lendas populares de Botucatu mais diferentes his- todas as idades que acrede coros do Projeto Guri tóriasAscontadas de geração ditem nas lendas da região Divulgação

Divulgação

Projeto oferece, entre outras, aulas de canto coral

Botucatu recebeu no Teatro Municipal “Camillo Fernandez Dinucci” esta semana o terceiro Encontro de Coros do Projeto Guri da Regional de Sorocaba. O evento contou com o apoio da Prefeitura de Botucatu e teve entrada franca. Realizadas apresentações de corais das cidades de Botucatu, Avaré, Conchas, Cerqueira César, Guareí, Itatinga e São Manuel. Segundo o coordenador do polo de Botucatu, Vinícius dos Santos, cerca de 200 crianças do Guri participaram do encontro. Vale lembrar que o Projeto Guri atua em Botucatu desde abril de 2010 e está instalado na Casa dos Conselhos, oferecendo aulas de violino, violoncelo, viola clássica e canto coral. Lembrando que, para participar do Guri, os alunos devem ter de 6 a 18 anos incompletos.

Ligue 3815-5339

em geração pelos cidadãos de Botucatu - desde a lenda do Saci Pererê às diversas crenças que envolvem a região das Três Pedras - serão abordadas em um videodocumentário realizado como Trabalho de Conclusão de Curso da Universidade Presbiteriana Mackenzie, de São Paulo. O produto será desenvolvido por cinco graduandas do curso de Jornalismo da Universidade. Para colocá-lo em prática, as alunas estarão percorrendo a cidade no mês de julho deste ano, com o propósito de encontrar moradores de

e estejam dispostos a participarem da realização do documentário. O vídeo será gravado com entrevistas e imagens da cidade de Botucatu. O objetivo é mostrar que, mesmo com a modernidade e o desenvolvimento urbano, ainda há locais e pessoas que preservam os laços com o passado e com suas tradições. Além disso, as estudantes de jornalismo buscam abordar, também, a importância das lendas no âmbito social e na construção da cultura brasileira, já que elas são capazes de

Lenda do Saci Pererê e as crenças das Três Pedras serão abordadas

desenvolver um sentimento de identidade local e trazerem peculiaridades de um povo e de sua história. Para entrar em conta-

to com o grupo, fazer parte deste projeto ou indicar possíveis entrevistados, mande um e-mail para lendastcc@gmail.com.

Solidariedade

Estoque de sangue acende luz de alerta no Hemocentro “Estamos numa situação difícil com o baixo estoque de bolsas de sangue. Embora estejamos aptos a receber 130 doadores num único dia, estamos captando menos da metade disso”. Foi o alerta feito pela assistente social Aparecida Donizete Franco, do Hemocentro do Hospital das Clínicas (HC) de Botucatu. “Necessitamos de, pelo menos, 60 bolsas para atender a demanda diária. A manutenção dos estoques está comprometida e precisamos fazer a reposição”, emenda. Segundo ela o Hemo-

Divulgação

São necessárias 60 bolsas para atender a demanda diária

centro está necessitando, urgentemente, de doadores de sangue, principalmente,

os dos tipos O Negativo e O Positivo. O apelo está sendo feito para dar suporte ao

estoque do HC que atende a 31 municípios da região de Botucatu. A p a re c i d a F ra n c o adianta que o Hemocentro está fazendo um apelo para estimular o hábito de ser doador. Continua telefonando para os doadores e enviando cartas pedindo colaboração, mas a participação dos voluntários tem sido baixa nas últimas semanas. “Estamos em estado de alerta”, frisa a assistente social. “As doações ocorrem de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 16h30 e aos sábados das 7 às 13 horas”, conclui.


B8

cmyk

Destaque

28 de junho a 04 de julho de 2013

Projeto Trilha do Lageado conta com visitação à Casa da Natureza Finalidade é dar oportunidade de vivência e discussão em contato direto com a natureza

A

Na Casa estão expostos animais empalhados que foram mortos pela ação do homem

Casa da Natureza faz parte do projeto “Trilha Ecológica do Lageado”, como laboratório de educação ambiental, idealizado e implantado em abril de 1998 na Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Unesp, na Fazenda Lageado, campus de Botucatu. A finalidade é dar oportunidade aos universitários, estagiários, jovens e crianças, uma vivência e discussão com temas ambientais em contato direto com a natureza. Coordenada pelo professor Valdemir Antonio Rodrigues e administrada por Ieda de Fátima Ferreira Rodrigues, a Casa visa proporcionar aos visitantes um alerta sobre a necessidade da preservação das espécies animais e vegetais. No interior da Casa estão expostos para visitação pública, diversos animais empalhados que, por algum motivo, foram mortos pela ação do homem. Durante a trilha ecológica as pessoas se encontram com a natureza e lazer recebendo orientações sobre conscientização ambiental como preservar as nascentes, a fauna e a flora. Também se busca estimular o desenvolvimento da observação, reflexão, raciocínio e redação de textos e poesias, com

cidadania, através dos cinco sentidos (audição, visão, olfato, paladar e tato) vivenciados na Casa da Natureza e durante a caminhada na Trilha. A Casa e o passeio ecológico na trilha são elos importantes entre a comunidade universitária e a sociedade, tornando-se laboratórios alternativos e interativos disponíveis para um melhor conhecimento e interpretação dos ecossistemas e sobre a temática ambiental. É mais uma opção para desenvolver a educação ambiental e o Ecoturismo e promover a conscientização dos estudantes dos colégios de ensino fundamental e médio da região de Botucatu. A Trilha e Casa da Natureza facilitam o intercâmbio entre a escola pública e a universidade; interagem na formação do indivíduo em contato direto com a natureza e desenvolvimento do cidadão com visão holística do meio ambiente. “Toda quarta-feira os professores e estudantes de escolas públicas e privadas podem agendar um passeio na trilha”, convida a administradora da Casa, Ieda Rodrigues. O programa integra a comunidade acadêmica de todos os níveis à natureza. “O homem é mais

um elemento da natureza, e na maioria das vezes vive dissociado dela, sem consciência de sua importância no próprio cotidiano, e o passeio na trilha é um elo, tornando-se um laboratório interativo disponível na natureza”, afirma o professor doutor, Valdemir Antonio Rodrigues, lembrando que o projeto foi iniciado em abril de 1998 e atendeu mais de 30 mil estudantes e visitantes de várias regiões e estados do Brasil. A caminhada na Trilha tem percurso de 2.000 metros, entre floresta natural e mata ciliar, com biodiversidade adequada para o aprendizado dos visitantes. O filme ambiental na Casa da Natureza passa uma visão de preservação ambiental e mostruário dos elementos da natureza em exposição permanente e através dos passeios ecológicos na trilha. Para o coordenador, todos ganham com esse projeto: o meio ambiente, que é preservado; os alunos, por terem a chance de vivenciar ensinamentos práticos e teóricos; as crianças, que vivenciam a educação ambiental; e a própria Unesp, que pratica a extensão e aprofunda seus conhecimentos na área ambiental e comunitária.

Fotos Valéria Cuter


cmyk


cmyk

Ed 12