__MAIN_TEXT__

Page 1

JORNALZEN ANO 13

AUTOCONHECIMENTO

DEZEMBRO/2017 •

Nº 154

BEM-ESTAR

www.jornalzen.com.br

CIDADANIA

CULTURA

SAÚDE

DIVULGAÇÃO

ZENTREVISTA

Mauro Kwitko Pág. 3

SILVIA LÁ MON

ANIMÊ Cena da animação Por que vivemos, em cartaz em 12 cidades brasileiras (entre as quais São Paulo). Baseado em fatos reais, há 500 anos, o filme foi inspirado pelo livro de mesmo nome que mostra a história do budismo no Japão. Mais informações: porquevivemos-ofilme.com.br

EM JANEIRO, EDIÇÃO ESPECIAL: JORNALZEN, 13 ANOS DIVULGAÇÃO

INDICADOR TERAPÊUTICO

PSICOTERAPIA REENCARNACIONISTA Pág. 8

ARTIGO

A importância dos livros Pág. 2

SUSTENTABILIDADE A primeira edição da Virada Sustentável em Campinas ofereceu mais de 200 atividades culturais e esportivas, durante três dias, em 23 pontos da cidade. Cerca de 30 mil pessoas participaram do evento.

Viva Bem Pág. 10

CULTURAZEN Pág. 12


JORNALZEN

2

A fé que nos move “Quando desenvolver a fé na existência do Atma, você estará livre do ódio e do apego. O segredo da grandeza é a fé em si mesmo”. Dou início ao último artigo do ano com a frase do grande mestre enviado, o avatar indiano Swami Sri Sathya Sai Baba, nascido em 23 de novembro de 1926 (mesmo ano de nascimento do meu pai terrestre). Há uma dúzia de anos, no dia de seu aniversário, Ele me deu um presente, ou melhor dizendo, uma missão: ser mensageira do mundo espiritual por meio de um jornal que pudesse chegar às pessoas que dele se beneficiassem. E assim nasceu o JORNALZEN – nome escolhido por Ele! Creio que contei essa história para poucas pessoas. A maioria dos nossos leitores não tem ideia da dimensão de nossa tarefa. Às vezes, nem eu mesma e meus parceiros a temos. Em momentos difíceis, nos sentimos cansados e por vezes descrentes com relação ao que virá, mas sempre recebemos um sinal de última hora renovando nossas esperanças. No último dia 23 de novembro, recebi mais um importante sinal de Sai Baba, em resposta às minhas aflições. Um pai

JORNALZEN NOSSA MISSÃO:

Informar para transformar DIRETORA SILVIA LÁ MON EDITOR JORGE RIBEIRO NETO JORNALISTA RESPONSÁVEL MTB 25.508 TELEFONES Redação (19) 3324-6062 Comercial (19) 3044-1286 contato@jornalzen.com.br www.jornalzen.com.br CIRCULAÇÃO Campinas Indaiatuba Valinhos | Vinhedo Holambra | Jaguariúna São Paulo (Avenida Paulista, Moema, Santana, Vila Buarque, Vila Madalena e Vila Mariana)

nunca abandona os seus filhos, mesmo que esteja ausente aos nossos olhos. Este foi um ano difícil para SILVIA LÁ MON todos nós, bra- Diretora do JORNALZEN sileiros, de uma forma geral. O mundo está vivenciando os últimos momentos da Era de Kali. O ano chegou ao seu final e, com ele, o velho espírito de Natal. Apesar de notar que, mesmo mais pobre e com menos entusiasmo, ainda assim creio que será suficiente para renovar nossas esperanças para receber o novo. Hoje, mais do que nunca, precisamos das mensagens positivas que a espiritualidade nos transmite através deste jornal. Pensem nisso, queridos leitores, quando estiverem lendo os conteúdos que divulgamos e estejam cientes de que vocês são nossos parceiros no cumprimento desta missão. Finalizo com outra citação de meu babaji: “Não há ninguém neste mundo que não pertença a Mim. Todos são Meus. Podem não chamar pelo Meu Nome: mas, ainda assim, são Meus.”

DEZEMBRO/2017

CIÊNCIA DA FELICIDADE

Dê amor! Sua vida vai mudar Até nos tornarmos independentes, a maioria de nós leva a vida muito absorvida em si mesma. Buscamos receber o máximo possível de apoio e amor das pessoas que nos rodeiam, enquanto nos preparamos para a vida adulta. Mesmo quando ingressamos na faculdade, ainda continuamos pensando somente em nosso crescimento. Isso não é tão ruim assim – afinal de contas, as crianças precisam receber cuidados para crescerem saudáveis e felizes. Nossas oportunidades de saldar essas dívidas de amor começam de fato na idade adulta, quando nos tornamos membros efetivos da sociedade. Tente transformar cada dia em uma nova experiência de entregar mais amor do que costuma cobrar. “O amor que damos é diferente daquele que recebemos”, alerta Ryuho Okawa. “Um amor generoso, não egoísta, um amor altruísta, prova-

velmente irá inspirá-lo a dar dinheiro e presentes a alguém que você ama. Mas, se você estiver tentando prender a outra pessoa a você, na verdade estará cobrando esse amor da outra pessoa. É por isso que o amor desaparece quando esperamos algo em troca, pois não se trata de amor de verdade. O verdadeiro amor é desprendido, incondicional.” Ainda nas palavras de Okawa, “o amor não é apenas um sentimento abstrato; o amor é também ação”. Ao final de cada dia, faça uma reflexão para saber se foi amoroso e prestativo como poderia ter sido. Às vezes, os desafios da vida cotidiana podem exigir o toda a nossa dedicação. Podemos passar dias inteiros, semanas ou mais tempo ainda preocupados apenas com nossa própria vida. Assim, vamos mudar o nosso foco, deixando de pensar apenas em nós, no nosso orgulho, na nossa autoadmiração e autopreservação, e reservar um momento para refletir sobre o que fomos capazes de fazer pelos outros hoje, nesta semana, neste mês, neste ano. Encare seu dia como se fosse o último, vivendo na plenitude do amor.

As reflexões desta coluna são extraídas dos livros Convite à Felicidade e As Leis da Justiça, do japonês Ryuho Okawa, pensador, líder religioso e escritor na área da espiritualidade

Sobre a importância dos livros João Paulo Vani

À

s vésperas dos feriados de final de ano, época em que nos permitimos fazer balanços e planos para o novo ciclo vindouro, nos tornamos saudosos de nossas memórias, dentre as quais, do tempo de colégio. Muitos são capazes de lembrar do nome da primeira professora, dos cenários que compunham o momento de aprender ou até da cartilha das primeiras letras. É certo que a capacidade de aprender já nasce com cada um de nós e, esse processo natural reflete a necessidade de sobrevivência. Assim, cada ambiente nos obrigará a desenvolver essa ou aquela habilidade, o que acontece também no ambiente escolar, quando acabamos aprendendo melhor aquilo que o nosso professor preferido ensina. Ou será que aquele professor se torna o nosso preferido justamente por ensinar aquilo que gostamos mais? De acordo com o professor José Moran, docente aposentado da USP, “educar é colaborar para que professores e alunos – nas escolas e organizações – transformem suas vidas em processos permanentes de aprendizagem. É ajudar os alunos na construção da sua identidade, do seu caminho pes-

soal e profissional – do seu projeto de vida, no desenvolvimento das habilidades de compreensão emoção e comunicação que lhes permitam encontrar seus espaços pessoais, sociais e de trabalho e tornar-se cidadãos realizados e produtivos”. E para isso, muitas vezes é importante que o professor invista na relação com os alunos em sala de aula. E o livro é, sem dúvida, uma importante ferramenta nesse cenário, um dos ingredientes principais dessa mistura entre o aprender e o ensinar. Didático, ou não, romance ou poesia, os livros tornam a vida mais interessante. E por serem os professores importantes agentes na formação intelectual do indivíduo, são eles que, na maioria das vezes, realizam o papel de incentivar a leitura, de aproximar os alunos dos livros e dos mundos mágicos ali existentes. E essa prática não é nova... No século 19, membros da colônia portuguesa envolvidos com as atividades do Real Gabinete Português de Leitura, com o objetivo de atrair mais leitores para um espaço que já caia em esquecimento, fundou o Liceu Literário Português, cujo objetivo era difundir a cultura e oferecer oportunidades de ensino, especialmente pa-

ra os jovens imigrantes portugueses na cidade do Rio de Janeiro, que em geral chegavam com pouca instrução ao país. A difusão do conhecimento e o fortalecimento da importância da leitura para aquela comunidade foram fundamentais para a criação de um habitus, conceito desenvolvido pelo sociólogo francês Pierre Bourdieu com o objetivo de esclarecer elementos que permeiam a delicada relação entre indivíduo e sociedade dentro da sociologia estruturalista e está relacionado à capacidade de uma determinada estrutura social ser incorporada pelos agentes por meio de disposições para sentir, pensar e agir. Motivar a criação de um habitus, como fez o Real Gabinete Português de Leitura ao fundar o Liceu Literário Português pode ser uma decisão individual capaz de levar a sociedade a novas escolhas coletivas, como transitar com naturalidade por um espaço de instrução, ou ter prazer na leitura. E, para começar, por que não eleger livros como presentes de Natal?

João Paulo Vani, presidente da Academia Brasileira de Escritores, é mestre em teoria literária


DEZEMBRO/2017

D

esde criança, o gaúcho Mauro Kwitko tinha um gosto especial pelo silêncio. Daí, o precoce interesse pela leitura e meditação. Paradoxalmente, enveredou pela música. Começou a tocar e a compor com 13 anos de idade. Depois de centenas de músicas e letras, foi contratado, na década de 80, por grandes gravadoras. Até que o pai de Mauro desencarnou e começou a aparecer durante o sono e a lhe dar conselhos. O trabalho musical prosseguiu com cantos para a Nova Era e hinos de amor e paz. Formado em medicina, especializou-se em homeopatia e terapia floral, além de trabalhar como médium em centros espíritas e espiritualistas. Desde 1996, Mauro trilha o caminho da terapia de regressão, investigando o inconsciente das pessoas que sofrem de fobias, pânico, depressão e dores físicas crônicas. Pesquisando, descobriu e entendeu cada vez mais o que significa a reencarnação e como aproveitá-la no sentido da evolução espiritual. Surge, então, a psicoterapia reencarnacionista. A vocação para escritor – que, segundo ele, vem desde sua encarnação anterior – materializou-se em oito livros sobre todos esses assuntos. Em 2009, Mauro solicitou o cancelamento de sua matrícula junto ao conselho de medicina de seu Estado para poder dedicar-se livremente ao trabalho na direção da Associação Brasileira de Psicoterapia Reencarnacionista (ABPR). Aos 70 anos, ele ministra palestras e cursos de formação. Nesta entrevista ao JORNALZEN, Mauro Kwitko fala mais sobre essa nova escola psicológica, cuja criação e divulgação tornou-se uma missão. Quando começou a se interessar pelos estudos sobre reencarnação? Desde criança eu acredito na reencarnação. De maneira mais sistemática, a partir dos meus 40 anos comecei a me interessar como um estudo, de uma maneira prática, no sentido de vivermos aqui na Terra de uma maneira compatível com essa realidade. Como surgiu a psicoterapia reencarnacionista? Em 1996, enquanto atendia uma senhora que me contava com muita mágoa e tristeza situações de sua infância, uma voz começou a falar comigo dentro de minha cabeça, questionando se eu acreditava em reencarnação, por que procurava a origem dos sentimentos na infância das pessoas, por que não ia mais para trás. E assim tudo começou. Hoje, nossa associação está com curso de formação em 16 Estados e em organização em alguns países, 40 ministrantes de curso, cerca de 2 mil psicoterapeutas reencarnacionistas formados, atuando em mais de cem cidades do Brasil. Quais as indicações para um tratamento com a psicoterapia reencarnacionista? É importante destacar que não somos uma nova escola de terapia de

JORNALZEN

3

ZENTREVISTA|Mauro Kwitko

TRILHANDO O INCONSCIENTE Músico e escritor gaúcho é pioneiro na organização e divulgação da escola psicoterápica que tem a reencarnação como elemento básico ARQUIVO PESSOAL

regressão e, sim, uma nova psicologia. A terapia de regressão trata sintomas focais. Utilizamos as regressões, além disso, como uma grande viagem de autoconhecimento para que as pessoas em tratamento possam recordar encarnações passadas e, através disso, situar-se melhor nessa atual encarnação, encontrar a sua personalidade congênita (uma maneira de ser, secular ou milenar, que apresenta ainda hoje) e, com isso, entender melhor a sua proposta de reforma íntima. Ou seja, além da capacidade de curar rapidamente esses sintomas focais, a regressão terapêutica pelo método da ABPR é uma ferramenta utilizada para que as regressões sejam utilizadas de uma maneira psicoterápica. Qual a diferença entre as psicoterapias convencionais e a reencarnacionista? As psicoterapias convencionais são não-reencarnacionistas, uma herança da crença não-reencarnacionista católica e de suas vertentes, originada no Segundo Concílio de Constantinopla de 553 d. C., enquanto que a psicoterapia reencarnacionista lida basicamente com a reencarnação. As pessoas em tratamento conosco necessitam recordar várias vidas passadas, utilizando os aprendizados daí decorrentes para sua vida atual. Além da recordação de vidas passadas, recordam suas passagens pelo mundo espiritual, e isso também é utilizado no tratamento.

utilizamos hipnose ou qualquer outra técnica, apenas a meditação lúcida, consciente, com a pessoa deitada, em um ambiente agradável, uma música suave ao fundo. Ela sente-se aqui, presente, o tempo todo mas, em 15 a 20 minutos em média. Seus mentores oportunizam o acesso à sua memória (inconsciente) e ela nos conta o que está recordando do seu passado, até o final de cada vida passada acessada, a sua subida para o mundo espiritual, até sua recordação alcançar o que chamamos de Ponto Ótimo, quando todas as ressonâncias trazidas da Terra, da vida passada, tenham já desaparecido, sejam “físicas” ou psíquicas. Onde termina a regressão fica a sintonia, por isso não interrompemos a recordação quando a pessoa ainda estava na Terra ou logo após o seu desencarne e, sim, apenas quando alcançou o Ponto Ótimo. Com isso, não necessitamos realizar catarse, repetição do fato traumático, exoneração de sentimentos e sensações, etc. Nesse momento, seus mentores lhe transmitem instruções, orientações, para sua vida atual.

Como a regressão é usada como ferramenta na psicoterapia reencarnacionista? A regressão (recordação de vidas passadas), pelo nosso método, apresenta uma característica ética muito importante, fundamental, mas direcionada pelos mentores espirituais das pessoas em tratamento. O que irá acessar depende da vontade desses seres superiores e não do desejo das pessoas ou nosso. Isso faz com que seja possível, dessa maneira, conciliarmos recordação de vidas passadas e a lei do esquecimento, conforme ensinam os espíritos superiores em O Livro dos Espíritos na questão 399. Somos a única escola no Brasil, e talvez no mundo, que respeita essa lei. Essa é uma de nossas principais bandeiras éticas.

Como avalia a proposta do JORNALZEN? É importantíssimo que os meios de comunicação colaborem com o desejo do mundo espiritual de evolução da raça humana e o autoconhecimento é básico para isso. Nós somos o todo e uma micromanifestação desse todo, como as gotas do mar são, também, o mar. Essa micromanifestação é o que chamamos de “espírito”, e este é puro e perfeito, criado à imagem e semelhança do todo (Deus), e não necessita evoluir. Quem o necessita é o nosso ego, criado quando cada uma dessas micromanifestações chegaram a esse planeta e caíram na ilusão de acreditar que estão apenas aqui, quando são todo o Universo. A partir daí o ego passou a nos dominar e até hoje nos domina.

De que forma a música pode ajudar na conexão com a espiritualidade? Qualquer forma de meditação pode oportunizar o acesso ao mundo espiritual, dependendo da capacidade de cada um de expandir sua consciência. Expansão de consciência é expansão do grau de percepção. Geralmente, o grau de percepção da maioria das pessoas não ultrapassa a sua epiderme, daí a identificação com o personagem atual, que chamamos de “ilusões dos rótulos das cascas”, que é a origem do racismo. A Maya, dos orientais, nada mais é do que a identificação com o personagem. Em nossas regressões não

Que mensagem gostaria de deixar para os nossos leitores? Que se libertem da ilusão de ser uma pessoa e seus rótulos. Expandam a sua consciência, o seu grau de percepção. Comecem a sentir-se mais um espírito do que a casca e, aos poucos, a se sentir o Grande Espírito. Com isso, irão libertando-se da sensação de estarem apenas aqui encarnados. O que nós somos? Não somos. De onde viemos? Nunca saímos. Para onde vamos? Já estamos. Nós somos o Todo, onde o Todo não está? Leia mais sobre psicoterapia reencarnacionista na página 8


JORNALZEN

4

Transição para a Nova Era é responsável pelos seus A sociedade dos homens atos e a cobrança virá, de bem estará algum dia nesta ou outra dimensão. livre dos seres malfazejos? A paz indubitavelA humanidade progrimente reinará no planede. Os seres, dominados ta Terra e os seus habipelo instinto do mal, e que tantes usufruirão da felise acham deslocados encidade almejada. tre as pessoas de bem, dePorque ao mesmo temsaparecerão, pouco a pouJOÃO BATISTA SCALFI po que estes seres que co, como o mau grão se seVice-presidente do Educandário para do bom. Entre os fla- Deus e a Natureza (Indaiatuba) estão na erraticidade tiveram a oportunidade de gelos destruidores naturais que periodicamente assolam a uma nova reencarnação, a Provisociedade, a violência predomina. dência Divina está enviando para a Isso porque os instintos remanes- Terra uma nova geração de espíricentes da natureza animal alimen- tos superiores vindos de outras ditam os sentimentos de crueldade e mensões, que contribuirão para a regeneração de nosso planeta. Transagressividade. O homem violento é pior que o formação que já está acontecendo. As transitórias aflições que atinanimal selvagem porque, enquanto esse age por instinto, o ser humano gem a humanidade atualmente cese utiliza dos mecanismos da men- derão lugar à compreensão e ao te para tornar o seu ato mais cruel. bem, que se instalarão por definiEm função dos conflitos emocio- tivo no orbe terrestre. Esse estado de violência pessonais que o aturdem, a sua razão é obscurecida pelo ódio, resultante de al, que se expressa no somatório de fatores psicossociais, socioeconômi- mil outros, deve ceder lugar à pacicos e, sobretudo, de ordem moral, ficação que cada qual desenvolveque é bem típico do estágio primi- rá mediante o trabalho de construtivo de evolução em que se encon- ção do bem em si mesmo e da solidariedade em torno do próximo, e tra o Espírito. A Terra tem recebido espíritos pri- a violência baterá em retirada, tormitivos que se encontravam retidos nando-se figura de museu, que as em regiões inferiores na erraticida- futuras gerações conhecerão somende, e tiveram uma última oportuni- te nos arquivos, para entenderem dade de se recomporem neste pla- como era o estado da humanidade neta para uma nova experiência de no passado, em que demoraram os convivência com seres benevolen- seres terrestres, considerados ricos tes, empenhados na ação de bem. em inteligência e pouco moralizados. A Misericórdia Divina não desampara ninguém, sempre dá uma Fontes: L.E. (Allan Kardec); Lições para a Felicidade (Divaldo/Joanna de Ângelis nova oportunidade, mas cada um

DEZEMBRO/2017 INFORME PUBLICITÁRIO

Causas emocionais das doenças

As doenças refletem condições emocionais desarmônicas, que são geradas pelos conflitos interiores. Doenças são presentes divinos, despertadores internos que nos auxiliam a encontrar o caminho da libertação, da evolução consciencial, das escolhas que nos fazem realmente felizes. De acordo com estudiosos da metafísica, todas as doenças possuem sua causa em crenças limitantes, sentimentos, pensamentos e ações que contrariam nossa essência divina, enfraquecendo nosso campo de proteção áurica, permitindo o surgimento de diversas patologias: • Distúrbios emocionais; • Insatisfações e aborrecimentos constantes; • Pessimismo; • Baixa estima - falta de amor próprio; • Ausência de metas, desafios, propósito de vida; • Dificuldades com a autoaceitação e perdão, etc. A cura está disponível a todos que se permitem mudar, que se propõem reflexões para a reforma íntima. Trata-se de uma combinação do tratamento físico (medicina convencional) com o reposicionamento interior (medicina vibracional), onde o autoconhecimento é nossa principal ferramenta. Identifique momentos de instabilidade emocional e comande o equilíbrio ao corpo, com fé e vontade de melhorar. Há diversas técnicas de Terapias Vibracionais que complementam o tratamento médico, promovendo saúde e bem-estar ao assistido. Toda doença é autodoença e toda cura é autocura – médicos e terapeutas são estimuladores do sistema interno de cura, seja por meio de procedimentos terapêuticos, medicamentos ou pela palavra estimulante. CURE-SE! Tenha coragem para MUDAR e EVOLUIR. Tome as rédeas de sua vida! Amor e Luz para todos! ANA PAULA DOMINATO CALORI Graduada em Direito, pós-graduada em Gestão Empresarial, practitioner em PNL, formação internacional em Coach e terapeuta holística há 15 anos, idealizadora da Fios de Luz, cujo objetivo é Respeitar e Servir à humanidade no processo evolutivo do autoconhecimento, por meio de Terapias Vibracionais e Coaching. anapaula@fiosdeluz.com.br VANESSA CAMPOS Professional e self coach pelo IBC. Especializada em métodos ágeis, trabalha com desenvolvimento de equipes há quase dez anos, atuando como líder, professional coach e team coach. Atua fortemente na capacitação de lideranças e na humanização dos postos de trabalho em tecnologia, trazendo a visão do indivíduo como uma pessoa e não somente uma pessoa a mais no time.

FIOS DE LUZ / ENDEREÇO:

Rua Bernardo José Sampaio, 339 – sala 72 – Botafogo – Campinas/SP


JORNALZEN

DEZEMBRO/2017

5

Nós investimos em pessoas

Barão Geraldo - Campinas AGENDA – Dezembro 2017/Janeiro 2018 Agradecemos a todos que estiveram conosco este ano nesse caminho de saber de si e viver a cada dia com mais consciência e amor! RODA DE CURA Círculo de homens e mulheres – Unidos nos curamos 12/dezembro (terça-feira), às 19h – Especial de fim de ano: uma roda para integrar e agradecer o que passou e abrir o coração para o novo que chega – meditação, música, ritual de intenções mágicas PALESTRA “O CAMINHO DO CORAÇÃO” 16/dezembro (sábado), das 15h às 17h, com Dr. Dimas Callegari ATENDIMENTO POPULAR – THETAHEALING® E FREQUÊNCIA DE LUZ E SOM (agendamento por email: contato@sabiah.com.br) CURSOS - NOVIDADES 2018 De 25/janeiro a 2/fevereiro teremos a presença da anciã norteamericana Sweet Medicine, que vem compartilhar a sabedoria e os conhecimentos nativos, oferecendo rodas de ensinamento, círculo de cantos Medicinais e atendimentos individuais. Inscrições para as rodas e atendimentos com desconto até 25/dezembro pelo email contato@sabiah.com.br * 25/1, às 19h30 – Roda de Ensinamentos + Círculo de Cantos Medicinais * 26/1 – Atendimentos individuais * 27/1 – Roda de Ensinamentos (círculo de mulheres) * 28/1 – Roda de Ensinamentos (círculo de homens) * 29/1 a 2/2 – Atendimentos individuais * 30/1, às 19h – Atendimentos individuais + Cerimônia de Cannupa Atendimento Individual: leitura profunda e detalhada das impressões digitais das mãos que revelam o Propósito de Vida da Alma, com destaque para o poder pessoal, habilidades Inatas e desafios a serem superados para alcançar o crescimento interior. Atendimento acompanhado por tradutor. FORMAÇÃO NAS NOVAS CONSTELAÇÕES (Cristina Florentino) a partir de 26/janeiro – Todos os módulos são abertos a participação de alunos avulsos. A formação básica é composta de 12 módulos de dois dias cada, no prazo de dois anos e meio. Os módulos sempre acontecerão às sextas e sábados.

Conhecer a Maria Branca Eventos me deu a certeza de que a educação no Brasil tem jeito. Apaixonada por literatura, Magda Krauss, que trabalha há mais de 20 anos no mercado livreiro, é proprietária da Livraria Saber e Ler, na cidade de Campinas. Depois de alguns anos, fundou a Maria Branca. O que ela tinha em mente com seu empreendimento? Sua crença de que o saber é uma conquista para toda a vida, uma vitória do esforço e da dedicação, um passo adiante, sem volta, capaz de mudar o destino das pessoas. Magda tem convicção que o conhecimento é o maior capital que alguém pode ter e o mais relevante legado de professores, pais e sociedade às novas gerações. Sabendo que podia fazer a diferença, Magda arregaçou as mangas, montou sua equipe e se dedicaram aos projetos, a fazê-los tomar corpo, forma, vida. Conversou com autores e editoras, obteve carta de exclusividade para encenar as histórias e o que vemos até hoje é a escrita adaptada para o palco de maneira rica, singular e incontestavelmente bela, que emociona e fala com o público. Um dos primeiros livros a ser encenado foi O Menino Maluquinho, de Ziraldo. A partir daí, não parou mais. O livro O Lobo Mingau, de Alessandra Pontes Roscoe, ganhou nova roupagem e uma linguagem divertida, para que as palavras saíssem do papel e criassem vida. O best-seller Diário de um banana, de Jeff Kinney, fez com que as crianças se reconhecessem na pele de um herói improvável. Sua empreitada deu tão certo que a Maria Branca Eventos é uma das mais conceituadas empresas

• CONSTELAÇÕES FAMILIARES • YOGA E YOGA MATERNA • GRUPOS DE PATHWORK® • MEDITAÇÃO SONORA • GRUPO SAMAÚMA (Preparação para o parto natural e apoio pós-parto e amamentação) • LEITURA DE AURA • AULAS DE VIOLÃO E TÉCNICA VOCAL • DANÇAS CIRCULARES • RODAS DE CURA • THETAHEALING® E FREQUÊNCIA DE LUZ E SOM • LEITURA DE TAROT • PSICOTERAPIA SISTÊMICA INDIVIDUAL, CASAL E FAMÍLIA • GRUPOS TERAPÊUTICOS

www.sabereler.com.br

Agendamento por e-mail: janaina.sabiah@gmail.com

Rua Paulo Lanza, 91 (entrada de Barão Geraldo) – Campinas/SP (19) 3327-0910 – contato@sabiah.com.br – www.sabiah.com.br

que se dedicam a feiras literárias temáticas, reconhecida JANICE FLORIDO janice.florido@uol.com.br pela qualidade de cenografia, que utiliza para ressaltar o lúdico e entrar no universo imaginário de cada um. Há dois meses, a Maria Branca Eventos montou, para o Festival Literário de Atibaia – evento que promove a literatura, a leitura e o acesso de todos os alunos à cultura –, a peça Raimundos, baseada no livro de mesmo nome do autor Alan McDonald. Um sucesso reconhecido por alunos, educadores, pedagogos e autores de livros infantis e infantojuvenis. Em 2015, lançou o livro Lá vai Maria Branca, que tem como conceito semear, colher e semear novamente, sempre, pela vida inteira. Magda acredita que todas as ações, por menores que sejam, fazem a diferença, principalmente na área de educação. Abrir os horizontes e mostrar para as crianças diversas formas de arte e de linguagem literária. Neste ano, recebeu o Prêmio Selma Bandeira, que homenageia a atuação de mulheres expressivas e fortes em diversos e importantes segmentos da sociedade brasileira, na categoria “Empreendedorismo Cultural” de 2017. O trabalho diferenciado de Magda Krauss em cenografia, adaptação e produção foi fundamental para que o dramaturgo e novelista Walcyr Carrasco – ganhador do Prêmio Jabuti de 2017 pela tradução adaptada de Romeu e Julieta – autorizasse a Maria Branca Eventos a encenar seu livro infantil Carolina.

sabereler@sabereler.com.br Facebook: MariaBrancaEventos

telefone: (19) 3231-2672


JORNALZEN

6

PANORAMA PRÊMIO DE SUSTENTABILIDADE O prazo de inscrições para a sexta edição do Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade foi prorrogado até o dia 20 de dezembro. O prêmio estimula a sociedade brasileira nas ações voltadas para o equilíbrio do planeta, levando em consideração a inovação e os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU). A inscrição, gratuita, deve ser feita no site www.fecomercio.com.br CAMPANHA DE NATAL O Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon) de Campinas está promovendo a sexta edição de sua campanha natalina. O interessado deve apadrinhar uma ou mais crianças das entidades participantes. Cada criança deverá ser presenteada com uma sacolinha com um brinquedo, um par de calçados, uma troca de roupa e guloseimas. Os itens precisam ser novos. Mais informações: (19) 3239-1845 ou sesconcampinas.org.br PRESENTES PARA CRIANÇAS O Shopping Jaraguá Conceição, de Campinas, preparou ação em prol das crianças atendidas pelo Grupo Comunitário Criança Feliz. Uma árvore de Natal, em frente à administração do empreendimento, ganhou desenhos e cartinhas com pedidos feitos pelas crianças. Para participar, basta escolher uma das cartas até 18 de dezembro. Os presentes devem ser entregues à equipe de administração do shopping. Mais informações: (19) 3512-8999. POÇO DOS DESEJOS A ação social “Poço dos Desejos”, do Shopping Iguatemi Campinas, possibilitará aos clientes jogar moedas, fazer pedidos e beneficiar uma instituição da cidade. Todo recurso arrecadado será destinado ao Centro Promocional Tia Ileide (CPTI), que atende mais de 3 mil pessoas, entre crianças, adolescentes e familiares do distrito de Nova Aparecida. A ação vai até 31 de dezembro, das 10h às 22h, no segundo piso do shopping. CHINELOS DO BOLDRINI Metade do valor das vendas de chinelos personalizados com a marca do Centro Infantil Boldrini será revertida para a importação de nova compra do medicamento asparaginase pelo hospital de Campinas. O quimioterápico é essencial no tratamento da leucemia linfoide aguda da criança e do adolescente. Interessados em acessar os modelos e adquirir os chinelos (R$ 39,90 o par) podem acessar o site www.uzomuito.com.br/boldrini

-

DEZEMBRO/2017

Bom trânsito para nós! Marks Pintija

Férias e manutenção veicular Estamos no mês de dezembro, das festas de final de ano e das férias escolares. Muitas famílias ainda mantém o hábito de aproveitar este período para levar os filhos para algum lugar diferente, uma cidade turística ou mesmo visitar algum parente. E muitas delas ainda continuam utilizando seu veículo para se deslocarem até lá. Para chegar ao seu destino, a maioria utiliza como meio de transporte um veículo próprio, o automóvel. É nesse ponto que podemos falar sobre a preocupação em estar com a segurança veicular em condições ideais, que ofereça tranquilidade ao condutor e seus passageiros de forma a diminuir os riscos de acidentes causados por uma possível falha dos equipamentos obrigatórios. Apesar de parecer um clichê, faça a análise da condição dos

pneus (inclusive do estepe, leve em consideração aquele indicador de borracha dentro dos sulcos indicando a vida útil dos mesmos), a troca de óleo dentro do prazo, o limpador de para-brisa e as lâmpadas e os faróis em funcionamento. Além destes itens, principalmente, faça a conferência nos freios com o veículo em movimento, para que se tenha certeza que está conseguindo segurar o veículo dentro da normalidade, sem ruídos e sem perda de espaço. O privilégio de viajar não é para todos, e para uns chega a ser uma necessidade, pois consideram que não há nada melhor na vida do que conhecer novos lugares, culturas e histórias diferentes, mas acima de tudo, é importante lembrar que levar nossa família em condições seguras é a maior preocupação. Melhor do que chegar bem a um lugar maravilhoso, é retornar para casa com a família sem nenhum imprevisto no caminho. Boas férias e uma ótima viagem! Marks Pintija é especialista e educador em trânsito


JORNALZEN

DEZEMBRO/2017

Dr. Orestes Mazzariol Estética íntima Para as modificações impostas pelo envelhecimento ou mesmo para alterações constitucionais e funcionais, a estética íntima apresenta soluções que as resolvem e as atenuam, levando um melhor aspecto estético, funcional e acrescentando bases de um aprimoramento de autoestima e segurança sexual. Todos os avanços da medicina estética facial e corporal foram aplicados para apresentar à mulher opções de rejuvenescimento genital, biomodulação, redução de volumes, enfim, fazer a mulher se sentir em plena juventude. A cirurgia estética íntima feminina também contempla a mulher jovem, com correções de distorção de sua anatomia, seja por razões constitucionais, gravidez ou obesidade, devolvendo os parâmetros estéticos e funcionais da genitália. A evolução natural do amadurecimento, o envelhecimento intrínseco, gravidez, obesidade, an-

ticoncepcionais, nutrição, tabagismo, álcool, dependência química e a constituição genética impõem modificações na genitália feminina, com redução da elasticidade da pele, redução da hidratação, escurecimento da pele na região genital e partes internas das coxas e virilhas, e redução da gordura subcutânea, produzindo murchamento da genitália, hipertrofia de pequeno lábio, aumento da gordura localizada da região suprapúbica, cicatrizes decorrentes de partos de perineoplastia, alargamento vaginal e incontinência urinária. As cirurgias que podem ser realizadas são labioplastia, redução de gorduras localizadas na área genital, preenchimentos, cirurgias redutoras pós-bariátrica, clareamento (peeling genital), utilização de laser para rejuvenescimento, perineoplastia e correção de incontinência urinária, entre outras. Orestes Mazzariol Junior é urologista

7

OPINIÃO MÉDICA Dr. Vítor Oliveira - drvitor@opiniaomedica.com.br

Você erra assim? Como médico que trabalha com saúde funcional e com medicina de estilo de vida, pergunto a você: Por que, a despeito de tantos alertas e informações que hoje temos sobre uma infinidade de coisas que colocam em risco nossa saúde, não damos atenção a eles? Por que continuamos a comprar, oferecer e consumir, por exemplo, tanta comida industrializada que contém ingredientes e substâncias sobre as quais não temos a mínima ideia dos danos que elas podem nos causar no médio e no longo prazo? Por que ainda é tão forte na gente a superstição de que saúde se trata apenas fazendo exames, obtendo diagnósticos (nomes de doenças) e nos submetendo a remédios e tratamentos específicos? Por que não se ensina às crianças desde a escola que o corpo humano tem regras de uso especificadas pela natureza e que, se

violadas essas regras, perdemos gradualmente o único bem que temos, que é a saúde? Por que pensamos que o corpo tira folga no fim de semana, ou em festas de fim de ano e abusamos dele com alimentos e bebidas que intoxicam nossa vida? Para saber as respostas e sair desse grupo de pessoas, convido você a ler meu livro Amor por Saúde (www.opiniaomedica.com.br). Muito obrigado!


JORNALZEN

8

INDICADOR TERAPÊUTICO UNIVERSO

DEZEMBRO/2017

DIGITAL

PSICOTERAPIA REENCARNACIONISTA Marcio Higa

Sua casa já precisou de uma Reforma ou você já teve vontade de fazer alguma, mas desistiu porque não soube por onde começar? Parece estranho, mas às vezes precisamos fazer isso na vida... Muitas vezes você já ouviu sobre pensar positivo, perdoar o que lhe faz mal, respeitar o livre-arbítrio, enfim, assuntos que você já viu e ouviu, mas que na prática não é bem assim? A psicoterapia reencarnacionista, mais conhecida como psicologia da Nova Era e terapia da reforma íntima, chegou até o plano terreno através do Dr. Mauro Kwitko, em 1996, na cidade de Porto Alegre (RS). Veio com o propósito de mostrar que tudo isso é possível, onde é focalizada a mudança de raciocínio, com o auxílio da regressão terapêutica. O tratamento com psicoterapia

reencarnacionista consiste de consultas e sessões de regressão. As consultas podem ser semanais, a cada dez dias ou quinzenais (as pessoas do interior do Estado podem fazer consultas mensais) e têm a duração de uma hora, no mínimo. Nessas conversas, o psicoterapeuta reencarnacionista buscará auxiliar a pessoa esclarecendo para que reencarnou, qual sua missão pessoal, sua proposta de reforma íntima, ou seja, realmente aproveitar essa encarnação no sentido da transformação pessoal, a sua busca de mais evolução espiritual. A noção de personalidade congênita (nós somos como somos porque nascemos assim) é fundamental para alcançar-se esse objetivo. É realizada uma releitura da infância da pessoa sob a ótica reencarnacionista, são analisados as armadilhas e os gatilhos terrenos, todo o contexto de sua vida, do ponto de vista pessoal, profissional, afe-

tivo e espiritual. O foco é sempre o aproveitamento espiritual dessa encarnação. As regressões, geralmente em duas ou três sessões, têm duração de duas horas, sendo realizada pelo mentor espiritual da pessoa. O terapeuta coloca-se como um auxiliar no processo. É realizado um relaxamento do corpo físico e uma expansão da consciência, para que, através dessa elevação da frequência, a pessoa aproxime-se de seu eu superior e dos seus mentores espirituais, e acesse as situações de encarnações passadas, onde ainda esteja sintonizada. O método regressivo da Associação Brasileira de Psicoterapia Reencarnacionista (ABPR) concilia terapia de regressão e a lei do esquecimento. A regressão é conduzida pelo mundo espiritual e nunca é incentivado o reconhecimento de pessoas no passado, por ser isso uma grave infração às leis cármicas.

A duração do tratamento é de cerca de quatro a seis meses, ou seja, é uma terapia breve nessa primeira fase, devido ao caráter profundo de sua metodologia. A ideia é que se dê a continuidade por mais alguns meses (ou anos), onde entra a verdadeira reforma íntima. Diferentemente dos tratamentos apenas com a terapia de regressão, em que é focado basicamente o desligamento do passado (para curar fobias, pânico, depressões severas, dores, etc.), a psicoterapia reencarnacionista também utiliza as regressões para isso, mas quer ir mais além – ajudar as pessoas a acessarem encarnações passadas para encontrar a sua personalidade congênita, saberem qual a sua proposta de reforma íntima e a realmente aproveitarem esta encarnação. Marcio Higa é psicoterapeuta reencarnacionista e coordenador nacional dos grupos de regressão à distância (RAD)

ENCONTRE AQUI O TERAPEUTA MAIS PRÓXIMO DE VOCÊ VANILCE MARIA Avenida 13, 372 – Ruas 2 e 3 Centro – Rio Claro/SP 19 99723-8861 (WhatsApp) falecom@aestreladomar.com.br www.aestreladomar.com.br

SILVIA LA MONICA Rua Castro Alves, 298 Taquaral – Campinas/SP 19 99109-4566 (WhatsApp) silvialamonica15@gmail.com

ANA CLAUDIA QUINTELLA Rua Vol. João dos Santos, 1.607 Centro – Indaiatuba/SP 19 3834-6147 | 19 98152-2041 anaquintellac@gmail.com

ANDRÉA G. BONNET Rua Major Freire, 190 Bairro São Judas – São Paulo/SP 11 98286-7930 (WhatsApp) deiabonnet@yahoo.com.br

CÉSAR AUGUSTO VICTORINO MELO DE OLIVEIRA Avenida Anchieta, 369 - Ap. 29 Centro – Campinas/SP 19 99850-8475 (WhatsApp) cavmo77@yahoo.com.br

DANI AFONSO Rua Francisco Dias Velho, 66 Brooklin – São Paulo/SP 11 99153-5010 (WhatsApp) daniroo@gmail.com

EDMEA PELLISSON DOMINGUES Rua Antônio Álvares Lobo, 778 Botafogo – Campinas/SP 19 98234-8320 (WhatsApp) pellissondomingues@gmail.com

ELIZIANE CARVALHO Rua Santina da Costa, 147-E Vila Campesina – Osasco/SP 11 99440-5714 (WhatsApp) eliz.psicoterapia@gmail.com

FERNANDA CALIMAZZO Rua Gertrudes da Conceição Cabral, 358 – Vila Rubens Mogi das Cruzes/SP 11 99662-9957 (WhatsApp) fercalimazzo@gmail.com

GUILHERME PEREIRA ROMANO Rua Ibirá, 151 – Mooca São Paulo/SP 11 99726-2322 (WhatsApp) guiperomano@hotmail.com

JÉSSICA PEREIRA DE MELO SANTOS Rua Vol. João dos Santos, 1.607 Centro – Indaiatuba/SP 19 98916-1076 (WhatsApp) 19 99786-3169 jessiikapereiras@gmail.com

MARIZA S. BLADES Rua Major Rubens Vaz, 269 Praia Grande/SP (Litoral) 13 3302-9224 | 13 99773-8082 marizablades@hotmail.com

SILVIA REGINA PEREIRA DE PAULA OLIVEIRA Rua Rafael Correia Sampaio, 198 sala 2 – Bairro Santo Antônio São Caetano do Sul/SP 11 2917-2615 | 11 97365-8604 sp.paula@yahoo.com.br

WANIA AHMAD Rio Claro 19 98148-1551 (WhatsApp) waniaterapeuta@gmail.com


JORNALZEN

DEZEMBRO/2017

UNIVERSO DIGITAL Amanda La Monica

Tendências de marketing 2018 O ano está acabando... Já está na hora de pensarmos em nossas campanhas de marketing para começar 2018 com muito sucesso e novos clientes, não é? Trouxe, então, algumas dicas e tendências do ano que vem, para que você comece a ter ideias: Artigos: como comentamos várias vezes, o público precisa ser conquistado e ver credibilidade em seu negócio através de conteúdo. Em 2018, isso será cada vez mais forte. As empresas escolhidas serão aquelas no top dos artigos mais lidos, principalmente, para o marketing B2B via Linkedin. Não se esqueça: realmente entregue uma informação valiosa em cada peça escrita.

Influencers: a confiança do público vem através de indicações. O antigo boca a boca hoje em dia são os influencers. Comece a conhecer os influenciadores de impacto no seu nicho e pense em ações conjuntas. Chatbots: esperar para ser atendido é passado. Em 2017, a tendência dos chatbots começou, e no ano que vem será obrigatório para marcas que querem atender bem os seus clientes. São robôs desenvolvidos a partir de softwares de comunicação automatizada, para responder prontamente solicitações específicas. Fique tranquilo que durante o próximo ano vou explicar detalhadamente cada um dos tópicos acima, mas vá se preparando... Um ótimo final de ano!

9

Com sinceridade Aproveitando o fim de ano e o Natal, é sempre bom renovar votos e recomeçar com novos propósitos. Numa era onde tudo é muito artificial, filtrado e editado, gostaria de desejar apenas uma coisa para você, leitor: sinceridade. Desejo mais sinceridade na sua vida. Que seus propósitos sejam verdadeiros e que seus sonhos não sejam esquecidos. Desejo mais sinceridade em seus relacionamentos. Que seus amores sejam autênticos, que sua família esteja unida, que seus amigos participem concretamente da sua vida, não só através de um celular. Desejo mais sinceridade em seu tempo. Que você ganhe mais tempo com as pessoas que ama e perca menos tempo com quem não “vale a pena”, mas não se esqueça de acolher as críticas e apontamentos que fazem para você, pois podem lhe ajudar a ser um ser humano melhor. Desejo mais sinceridade em seus momentos. Que você possa ver o mundo “ao vivo” com seus próprios olhos e sentir a vibração do que está acontecendo naquele momento, para torná-lo inesquecível em sua memória. Desejo mais sinceridade no seu coração. Que você possa dizer mais sim para você mesmo, mas também encontre forças para dizer não quando for preciso. Desejo mais sinceridade em seus sentidos. Que os seus cinco sentidos sejam usados para encontrar um sentido para a sua

vida, um caminho a seguir, um propósito para contribuir com este mundo. MÁRCIO ASSUMPÇÃO Desejo Professor de ioga e diretor mais since- do Instituto de Yogaterapia ridade em seu trabalho. Que você tenha oportunidade de fazer o que gosta, mas que não se esqueça de que em qualquer serviço o principal é servir, dando o melhor de si mesmo. Desejo mais sinceridade em sua comunicação. Que você possa se expressar com clareza, dizer verdadeiramente o que está pensando, com discernimento e sem ofensas, mas que também encontre um abrigo no silêncio, quando for necessário. Desejo sinceridade em suas atitudes. Que sua vida seja permeada mais pelas suas ações e menos pelas reações e que essas ações estejam de acordo com suas intenções. Desejo mais sinceridade nas suas curtidas. Que você curta mais o momento presente, curta as pessoas que estão ao seu lado, curta tudo e todos os acontecimentos, pois eles não voltam mais. Desejo sinceridade completa. E com sinceridade... desejo que você consiga realizar (pelo menos) metade dos seus votos para o ano novo. Seja feliz. Namastê.


10

Viva Bem

JORNALZEN

elianamattos@uol.com.br

Na edição anterior a página estava repleta de receitas salgadas para você caprichar nas ceias de Natal e Ano Novo. Nesta, nosso espaço também será especial, mas só com receitas de sobremesas, para suas festas ficarem ainda mais saborosas. E se perdeu a edição de novembro, entre no site do jornal e procure a nossa página. Com isso, você terá muitas sugestões, e uma delas com certeza vai fazer sucesso entre seus familiares. Mais um ano terminando. Sempre escrevo que não gosto de balanços. Também não gosto de ficar planejando o que farei no novo ano. E sabe por quê? Porque não adianta nada! Por mais planejamento que façamos, Deus ainda é soberano e é Ele quem dita as regras. Claro que, para as coisas básicas da vida, tenho planejamento, sim. Quem vai levando a vida como ela quer nunca chega a lugar algum. E também penso que temos uma parcela grande de responsabilidade nessas regras ditadas por Deus. Existem coisas imutáveis nas leis divinas, mas outras podemos e devemos interferir. Senão que graça teria viver? Espero que você e sua família tenham um Natal de muita paz e que o verdadeiro espírito crístico esteja entre todos. E que 2018 seja um ano de muita saúde. Mas muita mesmo! Com o passar dos anos, a gente aprende que dinheiro é bom. Aliás, é ótimo! Porém, nada se faz sem saúde! Feliz Natal! Feliz 2018!

Ingredientes: • 1 litro de leite • 6 ovos • 4 colheres (sopa) de açúcar • 1 colher (chá) de baunilha • 1 colher (chá) de maisena Modo de fazer: Numa panela grande, aqueça o leite, mas não deixe ferver. Enquanto isso, separe as claras das gemas. Reserve as gemas e bata as claras em neve bem firme. Acrescente duas colheres (sopa) de açúcar e continue batendo até ficarem bem brilhantes. Devagar, vá pegando colheradas de claras em neve e vá cozinhando no leite quente, virando de um lado para outro por dez segundos cada, para

FORNO & FOGÃO ESPECIAL Bolo de Natal

BATE-PAPO

Ovos nevados

DEZEMBRO/2017

que cozinhem bem, mas permaneçam com formatos ovalados. Retire do fogo e coloque-os dentro de um refratário fundo. Repita até cozinhar toda a clara. Em seguida, bata as gemas na batedeira com a baunilha, a maisena e o restante do açúcar. Meça ½ litro do leite que sobrou, coe e volte para a panela. Aos poucos para não talhar junte o creme de gemas, mexendo bem e leve ao fogo baixo ou em banho-maria até engrossar. Experimente o açúcar e se achar que é necessário, acrescente mais um pouco. Retire do fogo, continue mexendo e quando amornar regue as claras. Cubra com plástico-filme e leve à geladeira até a hora de servir. Dica: fica uma delícia se você acrescentar casca de limão ralado nas claras.

Ingredientes: • 3 ovos • 150 g de manteiga em temperatura ambiente • 150 g de açúcar • 200 g de farinha de trigo • 1 colher (sobremesa) de fermento em pó • 1 pitada de sal • 120 g de frutas cristalizadas • 6 cerejas cristalizadas • 100 g de uvas passas • 50 ml de rum Modo de fazer: Coloque as passas e o rum numa panela e aqueça em fogo baixo. Reserve. Pegue as frutas cristalizadas já picadas e envolva-as levemente em um pouco de farinha de trigo. Preaqueça o forno a 210°C. Unte uma forma para bolo com manteiga e farinha.

Bata a manteiga com o açúcar. Quando estiver bem cremosa, acrescente um ovo inteiro e mais duas gemas. Continue batendo. Acrescente a farinha e o fermento. Em seguida, delicadamente incorpore as frutas cristalizadas e as passas com o rum. Bata as claras em neve com uma pitada de sal e acrescente à massa, delicadamente. Coloque metade da massa na forma. Em seguida, distribua as cerejas cristalizadas inteiras e coloque a segunda metade da massa. Leve ao forno por uns 30 a 40 minutos, até dourar. Dicas: depois de pronto, desenforme num prato com motivos natalinos e salpique açúcar de confeiteiro por cima.

Rabanada de forno com leite condensado Ingredientes: • ½ lata de leite condensado • 2 ovos batidos • ½ xícara (chá) de leite • 1 colher (chá) de baunilha • 16 fatias de pão amanhecido • Açúcar e canela a gosto Modo de fazer: Preaqueça o forno a 180°C e unte uma assadeira retangular grande. Misture numa tigela grande o leite

Pudim de coco Ingredientes: • 1 lata de leite condensado • 1 vidro de 200 ml de leite de coco • 100 ml de leite comum • 3 ovos • 1 xícara (chá) de coco fresco ralado Modo de fazer: Bata todos os ingredientes no liquidificador. Despeje numa forma para pudim, já com calda caramelizada e leve ao forno em banho-maria até assar. Ou, se preferir, cozinhe naquelas panelas próprias para pudim, em banho-maria, no fogão. Dica: se preferir, na hora de servir acrescente ameixas secas cozidas na calda do açúcar caramelizado.

condensado, os ovos batidos, leite e a baunilha. Mergulhe as fatias de pão e deixe de molho por uns dez minutos. Se o creme não cobrir totalmente, deixe cinco minutos de cada lado. Coloque o pão na assadeira e leve ao forno por uns 20 minutos, virando depois de 10 a 12 minutos, para dourar dos dois lados. Retire e passe no açúcar já misturado com a canela, antes de servir.

Surpresa de morango Ingredientes: • 2 caixas de morangos • 2 latas de leite condensado geladas • 2 latas de creme de leite sem soro, geladas • 150 g de suspiros picados grosseiramente • 1 xícara (chá) de suco de limão • 200 ml de chantili batido Modo de fazer: No liquidificador bata por um minuto: o leite de condensado gelado, mais o creme de leite (sem soro) gelado e o suco de limão. Volte para a geladeira e deixe por uns 15 a 20 minutos. Coloque em uma travessa da seguinte forma: uma camada do creme, uma de morangos picados, outra de creme, uma de suspiros picados e a última de chantili. Volte tudo para a geladeira e retire só na hora de servir.


JORNALZEN

DEZEMBRO/2017

Sua vida melhora com a hipnose (3) Parece mágica ou feitiçaria. Parece até uma fraude, mas a hipnose pode promover um papel efetivo na promoção e prevenção da saúde. Na conceituada Universidade de Sorbonne, em Paris, foi aberto um curso de nível superior da formação e diplomação em hipnose médica. Segundo o médico responsável pelo curso, Jean-Marc Benhaiem, que também atua em dois hospitais da região nos Centros de Tratamento da Dor, a hipnose é extremamente útil para o uso profissional e resultados na saúde. No Brasil, a prática não é regulamentada, mas é reconhecida pelos conselhos de medicina, psicologia, odontologia e fisioterapia. Contudo, a prática ainda sofre resistência para ser aceita em muitos hospitais talvez por desconhecimento, ou por pura falta de um efetivo empenho na inclusão da matéria dentro das matrizes curriculares dos cursos. Alguns hospitais como o HC (Hospital das Clínicas), o Hospital do Câncer e o Hospital do Servidor, em São Paulo capital, saíram na vanguarda e oferecem a terapia paralelamente ao tratamento convencional e os médicos e pesquisadores defendem o uso argumentando que os pacientes se curam mais rápidos e de forma menos traumática. Nas clínicas terapêuticas, o processo é inverso. Muitas clínicas estão nascendo através do interesse de pessoas leigas da saúde, mas que muito se interessam pela ferramenta. Em meus cursos de formação tenho recebido além dessas pessoas muitos médicos, dentistas e psicólogos e terapeutas in-

teressados na hipnose, seja para complementar WAGNER PEREZ seus procediHipnoterapeuta mentos ou por(CTN-SP 3329) que seus pacientes andam indagando pelo uso desta técnica. Isso está acontecendo principalmente pela força do meio digital. Muita gente está conhecendo a hipnose através do YouTube, Facebook e Google, e chegam à clínica, além de maravilhados e crentes na melhora, com muito mais conhecimento e informação. A hipnose vem sendo desmistificada e a figura do “controlador de mentes” está ruindo. Porém, antes de buscar um profissional de hipnose, certifique-se da capacidade, faça uma consulta de avaliação e se possível peça referências. A HipnoBR forma profissionais de altíssimo gabarito, tanto que após a formação são aptos a credenciarem-se junto ao Sindicato Nacional dos Terapeutas (Sinaten). Se você deseja aprender essa fantástica técnica, se busca ter uma profissão que, além de ajudar as pessoas pode lhe oferecer boa estabilidade financeira, procure-nos. Eu, Wagner Perez, além de ministrar o curso de formação, atendo em Campinas em clínica. Venha conhecer essa maravilha transformadora e mude sua percepção do mundo. Sem ansiedade, angústia, medo, pânico, fobia ou depressão. E, se você busca um melhor desempenho nos estudos, vai prestar o vestibular ou um concurso, venha ser beneficiado.

11

Padre Haroldo

Natal Santo Inácio de Loyola usa a sua imaginação para dar uma ideia da condição do mundo antes da chegada de Cristo Jesus. Para justamente conhecer a necessidade da Redenção do gênero humano, lançou uma visão geral sobre a terra, e viu a multidão imensa de homens, numa grande diversidade de costumes, de raças, de línguas e de religiões; uns em paz, outros em guerra; uns chorando, outros rindo; uns sãos, outros enfermos; uns nascendo, outros morrendo. Contemplou os homens nesse estado sobre a face da terra, prestou atenção justamente ao que dizem: como juram, como blasfemam, como se maldizem uns aos outros, como se caluniam, como falam da terra, dos bens do corpo, dos negócios temporais, das guerras e vinganças. Desse quadro etnográfico, viu-se claramente como o mundo estava precisando de um Redentor e de que Deus apressasse a vinda deste. Inácio olhou Nazaré e meditou sobre a cooperação de Maria no mistério da Encarnação. Viu o Anjo Ga-

briel, que, enviado por Deus, veio trazer-lhe a celeste notícia de ser Mãe do Redentor. Não procurou as grandes capitais, os palácios grandiosos de Roma, mas sim esse recanto da Judeia, onde viveu essa desconhecida filha de Israel. José partiu com Maria, sua esposa, para Belém, cidade de Davi, a cuja estirpe pertencia. Não encontrando lugar na hospedaria, recolheram-se a uma gruta vizinha, e ali Maria deu à luz seu unigênito Filho. Naquela noite, a dois quilômetros de Belém, pastores com seus rebanhos em um planura de férteis pastagens foram subitamente surpreendidos por uma claridade celeste, e um Anjo do céu lhes apareceu e anunciou a grande nova do nascimento do Messias. Jesus, em seu presépio e em suas humilhações, nos mostra como viver, sobretudo neste mês de dezembro, dedicado a Maria com o Filho de Deus na manjedoura. Haroldo Rahm é presidente emérito do Instituto Padre Haroldo hrahmsj@yahoo.com


JORNALZEN

12

CULTURAZEN DIVULGAÇÃO

Luis Henrique Beust durante sessão solene na Câmara de Campinas em homenagem aos 200 anos de nascimento de Baha’u’lláh, fundador da fé Bahá’í

Vereadores e incentivadores da ideia na sessão em que foi aprovado, na Câmara de Campinas, o projeto de lei que cria o Conselho Municipal de Cultura de Paz DIVULGAÇÃO

Jovens do Centro de Promoção para um Mundo Melhor, ONG localizada em Campinas, receberam aulas de capacitação para criação de projetos em 3D, projeto da empresa Trimble

DEZEMBRO/2017

Marcelo Sguassábia

Chato pra morrer Há certa morbidez em falar de desejos póstumos, mas não convém adiar indefinidamente esse indesejável assunto. Seguem então algumas orientações, às quais peço obediência e respeito. . Sempre dormi de lado, sobre o braço direito e com as pernas levemente flexionadas. Meu caixão deve ser confeccionado respeitando essa posição, por mais estranho que possa parecer o seu formato quando fechada a tampa. E que seja também providenciado um pequeno travesseiro, roxo, com penas de ganso, que deixe a cervical reta e alinhada tanto quanto possível. Já que o sono será eterno, que não falte conforto a ele. . Falando em sono, o meu sempre foi muito leve. Como ninguém pode dar certeza definitiva sobre a inexistência de algum nível de consciência pós-morte, prefiro me prevenir quanto a eventuais ruídos que perturbem meu sossego. Assim, solicito a meus familiares que recubram o granito do túmulo com uma camada de 20 centímetros de cortiça, para que haja total isolamento acústico entre minha carcaça e possíveis defuntos-vizinhos chegados a uma bagunça. . O mencionado granito deve ter uma tonalidade entre o marrom e o rosa, numa nuance intermediária e cambiante ao longo do dia, dependendo da posição do sol. . Diz o ditado que quem morre co-

me grama pela raiz. Então, que minhas refeições sejam da melhor qualidade. Exijo grama do tipo esmeralda circundando a sepultura, pois pelas pesquisas que empreendi até o momento esta espécie é a que melhor resiste à infestação de tiririca e outras pragas daninhas. Na colocação, que as placas sejam dispostas simetricamente, que as regas sejam semanais – exceto de dezembro a fevereiro – e que as podas sejam efetuadas sempre que a grama atingir três centímetros de altura. Nem mais, nem menos. . Quando se morre, nem toda vaidade vai para a cova com o defunto. Há relatos de corpos desenterrados apresentarem excelente estado de conservação, mesmo com exumações feitas décadas após o óbito. Ainda que admitamos controvérsias na explicação do fenômeno, parece haver consenso de que caixões lacrados conservam o finado por mais tempo. Assim como muitas pessoas querem aparentar menos anos de vida, concedo-me o direito de aparentar menos anos de morte, e autorizo desde já a lacração do meu paletó de madeira por profissional habilitado na tarefa. Solicito ainda que minhas roupas sejam de tecido 100% sintético, que demora centenas de anos para degradar completamente. Dessa forma, maiores serão minhas chances de parecer apresentável ao exumador. Marcelo Sguassábia é redator publicitário

Profile for JORNALZEN

Jornalzen Dezembro 2017  

Jornal mensal referência em terapias holísticas, saúde, cultura, educação, bem-estar e qualidade de vida. Há doze anos no mercado, circula e...

Jornalzen Dezembro 2017  

Jornal mensal referência em terapias holísticas, saúde, cultura, educação, bem-estar e qualidade de vida. Há doze anos no mercado, circula e...

Advertisement