Page 1

OSÓRIO, 10 DE JANEIRO DE 2013 Previsão do tempo para hoje:

21 °C

ANO XXII n° 1234

29 °C

R$

1,20

www.jornalrevisao.com.br

Facos realiza vestibular agendado GASTÃO MURI

Gastão Muri É tempo de verão e férias, mas a equipe da Faculdade Cenecista de Osório (Facos) continua trabalhando, preparando a entidade para o vestibular e o ano letivo. Conforme o coordenador de relações comunitárias da entidade, Alexandre Ramos, nesta época é realizada manutenção, com verificação da documentação dos alunos e fechamento do balanço patrimonial. “O setor financeiro está a mil”, afirma. Obrigatoriamente o balanço patrimonial deve ser publicado no Diário Oficial da União. Também está sendo elaborado Relatório de Atividades Sociais, a ser enviado ao MP e Conselho Nacional de Assistência Social, visando atender à legislação da filantropia. Na segunda-feira (7) houve filas na Facos para a rematrícula dos cursos técnicos. E desde a semana passada é realizado curso de formação pedagógica dos professores, com o tema “Da Teoria à Prática: o fazer na sala de aula”, sendo uma das palestrantes Tânia Marques, doutora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). Para facilitar a vida do aluno, a Facos está realizando o vestibular agendado, cuja estréia aconteceu em julho do ano passado, tendo resulta-

Abrahão começa a gestão com cautela

Pág. 07

Poder público tem 3 milhões para Casa de Cultura

Facos é referência em educação na região do positivo. Neste verão ocorre mais uma edição, com as inscrições podendo ser feitas a partir de 14 de janeiro, através de telefone e mail (coordenacao@facos.edu.br). As provas podem ser realizadas em Osório,

Facos aguarda projeto para obra de estaciomento Alexandre Ramos, coordenador de relações comunitárias

Pág. 11

Tramandaí, Capão da Canoa, Capivari do Sul e Santo Antônio da Patrulha. Ramos explica que o vestibular agendado vem para reduzir o número de ausências à prova. A 11ª Cooordenadoria Regional de Educação, dirigida por Mônica Huegel, gestionou a disponibilização de escolas nas cidades que realizam o vestibular agendado, podendo as provas ser realizadas a partir das 18h30min. A taxa de inscrição é de R$ 40,00. CURSOS – A Facos conta com os cursos de Direito, Ciências Contábeis, Educação Física, Psicologia, Enfermagem, Biologia, Informática, Administração, Pedagogia, Letras, História, Geografia. Também tem cursos técnicos muito procurados por alunos de toda a região: Segurança do Trabalho, Radiologia e Enfermagem. Há cursos à distância aguardando liberação do governo federal: Pedagogia, Teologia e Gestão de Recursos Humanos.

Pág. 09

Habitação é referência em desenvolvimendo social

Pág. 08

C M Y K


2

QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

Editorial

“O SENHOR fez notória a sua salvação; manifestou a sua justiça perante os olhos das nações.” SALMOS 98 v2

Segurança pública gaúcha profmolina.pdt@gmail.com

A estrondosa ação de uma quadrilha na Serra Gaúcha repercutiu muito, inclusive em outros países. Em filme já visto outras vezes, o bando se dirigiu para uma cidade pequena, de cerca de quatro mil habitantes, onde havia uma joalheria. Com explosivos na bagagem, os larápios arrombaram o estabelecimento e levaram jóias de todos os tipos. Os criminosos, parte deles com passagem pelo sistema prisional, já estavam com sua atividade monitorada pelos órgãos de segurança pública. Muito importante o trabalho de inteligência realizado pela Brigada Militar, monitorando o passo dos principais elementos do bando e mantendo vigilância maior nas áreas em risco, no caso em foco a Serra, onde

Elisandro Rodrigo Falcão e seus comparsas planejavam novos assaltos. Observamos uma evolução da segurança pública gaúcha, apesar ainda dos recursos que chegam de uma forma insuficiente, o que é agravado pela falta de efetivo. No entanto, o profissionalismo está dando uma resposta convincente, muitas vezes superando a expectativa. Agora que o Litoral Norte está em pleno veraneio, também há uma preocupação quanto à segurança, pois os maus elementos certamente seus interesses na região, seja nos bancos, tráfico de drogas e roubo de carros, lojs e residências. Infelizmente nossa região ainda não tem um sistema de vigilância eletrônica, através

Religião... A voz do pastor

do monitoramento das cidades e estradas. Apenas Tramandaí possui os equipamentos. Nas demais cidades algumas empresas possuem estes dispositivos. O projeto geral está com a Associação dos Municípios do Litoral Norte (Amlinorte), o qual contemplaria as cidades de Balneário Pinhal a Torres, e não houve evolução de sua execução. A segurança pública continua ainda como uma prima pobre do poder público. No Rio Grande do Sul há um forte sentido de profissionalismo por parte da Brigada Militar e Polícia, em muitas ocasiões bem respaldada pela Polícia Federal. O governo federal melhorou sua atuação no setor e a PF foi qualificada e melhor equipada, dando uma boa resposta à sociedade.

Dom Jaime Pedro Kohl Bispo da Diocese de Osório

Tu és o meu filho querido A festa do batismo de Jesus, que celebramos neste domingo, fecha o ciclo litúrgico do Natal e joga mais um pouco de luz sobre o mistério que envolve a sua e a nossa vida. Depois de trinta anos no anonimato, Jesus vai ao rio Jordão, onde João batizava e pede para ser batizado por ele. João resiste à idéia, mas acaba consentindo. No momento do batismo, segundo a narração de Lucas, enquanto Jesus orava, o céu se abriu, desceu sobre ele o Espírito Santo em figura corpórea de pomba e ouviu-se uma voz do céu: Tu és o meu filho querido, o meu predileto! Encontramos aqui símbolos que precisam ser entendidos a partir da história bíblica e da fé judaico-cristã: o céu se abrindo, a pomba, a voz. O “céu que se abre”, não necessariamente se abre como se abre uma porta. Em-

bora o salmo reze: “Que se abram os céus e chova o salvador”, o que Lucas quer evidenciar é que ficou claro para Jesus o desígnio do Pai sobre sua identidade e missão. “Como pomba” indica a correlação com a pomba de Noé, ou seja a nova criação que se inicia com vinda Cristo. A “voz do céu” indica o estilo judaico de manifestação do alto comunicando com o seu enviado. Lembremos a experiência de Moises que ouve a voz que sai da sarça ardente: tira as sandálias. A experiência de Elias na gruta: que fazes aqui? Sempre Deus revelando-se aos seus. Com o batismo Jesus inaugura a sua vida pública, dá inicio a sua missão Messiânica. Ungido com o Espírito Santo, o Filho amado do Pai vai pelo mundo, fazendo o bem e curando a todos. O batismo de Jesus não acrescentou nada a sua identidade mas revela a sua e a nossa

FUNDADO EM 19/10/1988 Neli Nunes dos Santos Sampaio CGC 14.118.747/0001-53

dignidade de filhos de Deus. Pelo batismo em nome de Jesus recebemos a filiação divina. Como nos diz São João: “Vede que grande presente de amor o Pai nos deu: sermos chamados filhos de Deus! E nós o somos!” Sim, eu, você, cada um de nós: filhos de Deus! Na medida que conhecemos Jesus compreendemos melhor nossa identidade e dignidade cristã. Quanto mais nos aproximamos Dele mais clara fica a grandeza da graça que nos foi dada: nossa participação na mesma vida de Cristo. Única diferença é que aquilo que ele é por natureza, nós o somos por graça. Oh! se nos homens entendessem o dom de Deus! Quão diferentes seriam as nossas atitudes, comportamentos e relações! Quão diferente seria o nosso mundo! Abre, Senhor, mais uma vez o céu e faz-nos ouvir tua voz: “Tu és o meu filho querido, o meu predileto”.

JORNALISTA RESPONSÁVEL: Antão V. R. Sampaio RMT 5514 DIRETORA: Neli N. S. Sampaio AUX. ADMINISTRATIVA: Bruna Conteratto JORNALISTA: Gastão Muri MTB 8194 DIAGRAMAÇÃO: Jéssica Martins Trajano OFFICE-BOY/ASSINATURAS: Jonatan Lopes Terra Ofício do Registro Civil das Pessoas Jurídicas sob número L-A-3, fls. 18

CONFIANÇA Pensemos. Não consigo entender aqueles que pensam que os Cargos em Comissão ou de Confiança (CCs) devem permanecer em suas funções de chefia, mesmo que a no va administração seja da mesma sigla partidária da administração anterior. É bom lembrar que tais cargos são, por definição legal, demissíveis a qualquer momento, a critério do Prefeito ou do Presidente da Câmara de Vereadores. Não cabe aos demitidos ou aos que almejam exercer tal cargo o direito de permanecer ou de se habilitar ao exercício do mesmo, pois deve prevalecer a vontade dos governantes. Também é verdade que a remuneração é compatível ou até maior que seguimentos da administração privada. Sob este ponto de vista até entendo a chiadeira dos dispensados e dos não aproveitados na administração pública, entretanto os CCs estão e não são considerados como se efetivos fossem. O prefeito Romildo Bolzan Júnior

sempre afirmava: “acima do prefeito está o PDT, mas a decisão final compete a ele, seja ela boa ou não.” Espero que tenham entendido a minha posição.

PODER

Sei que pensam e até andam comentando: “trabalhei muito na campanha eleitoral e agora... .” Não entro no mérito, pois não tenho poder para decidir.

COMPETÊNCIA

Penso e tenho dito: “não importa que CC seja, não está correspondendo a expectativa, deve ser imediatamente substituído.

BENEFÍCIO

A entrada ou a saída de CC deve ser sempre em benefício de todos e não de interesse particular.

EPÍLOGO

> Tudo será resolvido. > É preciso trabalhar. > Quem pode, pode, portanto... . Um forte abraço e até a próxima...

Quer ficar por dentro das notícias da sua cidade? Assine

(51) 3663.6359 Impressão:

Rua Anphilóquio Dias Marques, 114 Osório/RS - 95.520-000 Fone: 3663.6359 e-mail:jornalrevisao@terra.com.br s i t e :w w w . j o r n a l r e v i s a o . c o m . b r Mais informações no Facebook.com/jornalrevisao

INPI - Certificado de Registro de Marca n° 817545824 Representante em Porto Alegre: ADJORI -Rua Fernando Machado, 653 Cep: 90010-321 - adjorirs@terra.com.br

MÍDIA GRÁFICA ZEROHORA

ASSINATURAS: ANUAL: R$80,00 SEMESTRAL: R$ 45,00 CORREIO ANUAL: R$ 105,00 CORREIO SEMESTRAL: R$ 97,00


3

QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

Mauricio Carvalho - interino Diversas atrações preenchem o calendário do Verãozão de Atlântida Sul. Devido ao mau tempo algumas atrações mudaram de data. Além de bandas locais, como por exemplo a “Junks”, a “Surreal” e a revelação do rock osoriense “Toca Raul”, estão previstas atrações de âmbito nacional, como a dupla pop “Claus e Vanessa”, e o reggae muito bem feito pela “Maskavo”. Iniciou ontem (09/1) a décima quarta edição do “Porto Verão Alegre”, que vai até 17/2, com artistas gaúchos renomados no teatro, música e dança. Entre as principais atrações

estão os veteranos do “Homens de Perto”, Jair Kobe com o “Guri de Uruguaiana, Chris Pereira, que entre outros interpreta o “Jorge da Borracharia”, e uma novidade, Duda Garbi, comunicador e imitador da Rede Atlântida com o espetáculo “3 em 1”. Vale lembrar que estas 4 atrações já estiveram nos palcos de Osório recentemente, atingindo lotação máxima em seus espetáculos. Enfim, é uma ótima – e barata – opção pra quem quer dar boas gargalhadas.

Contagem regressiva para o início das obras da Casa de Cultura de Osório. O novo ponto de espetáculos e atividades culturais da cidade contará com espaço para dança, pintura, exposições, biblioteca e inúmeros outros recursos, que poderá atender até 20 mil pessoas por ano. Os artistas de Osório, e mais do que isso, a população, merece exercer seu exercício de direito cultural, com acesso irrestrito. O novo ano inicia com ótimas notícias!

TRANSFLOR Qualidade no transporte urbano de Osório RS 30 KM 85, nº 421 Fone: 3663.2789

Agora sim podemos dizer que estamos no auge do verão brasileiro. E a regra mais do que nunca é colorirse, e aproveitar ao máximo a estação mais quente e feliz do ano! Mas uma coisa é bem verdade... se existe uma época em que a maquiagem não dura, essa época é o verão. A gente sua, sua muito... e se não escolher com cautela e sabedoria a maquiagem certa, o efeito pode ser um fracasso.

Celso Kamura, um dos maquiadores mais consagrados atualmente e eleito por muitas celebridades, deu - durante a ultima edição do São Paulo Fashion Week- algumas dicas valiosas do que é tendência nesse verão. E aí vai um resuminho dessas dicas: O primeiro e mais importante passo é o protetor solar. Não saia de casa sem ele. Depois, invista em um primer, de uma boa marca, pois no verão os poros ficam mais abertos, e esse cosmético ajuda a disfarçar este efeito e dá uma boa base para iniciar a maquiagem

Outra ótima dica do Celso é apostar em batons coloridos. Não precisando assim, pesar muito nos olhos e pele.

Super bacana também são os cílios postiços. É um ótimo recurso para dar um up em qualquer maquiagem mais basiquinha. Valoriza o olhar e deixa a mulher poderosa, com certeza. Se ainda não experimentou, experimente já! Agora se gosta de sombras, nesse verão aposte nas cores metalizadas. Azul, prata, verde militar e violeta. Mas apenas para a noite. E só até o côncavo dos olhos!

E é lógico que os nossos melhores amigos não podem faltar!!! Rímel e blush. Apenas uma única dica: nada mais over do que carregar no blush... ele serve apenas para dar um ar mais saudável, não para parecer que você pintou as bochechas. E atenção: praia e make não combinam! Lisiê Sana Designer de Moda lisie.sana@hotmail.com

C M Y K


4

QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

Osoriense disputa São Silvestre GASTÃO MURI

Atletas que elevam o nome de Osório

No dia 31 de dezembro, uma segunda-feira, às 9h da manhã, foi realizada a Prova de São Silvestre, de 15 quilômetros pelas ruas de São Paulo. Dela participou pela sétima vez o osoriense Mauro Gonçalves, 30 anos. Segundo ele, um dos trechos mais difíceis é o da Brigadeiro, uma subida, cansando muito os competidores. Mauro ficou na posição número 14.949, na geral. O desportista correu pela loja Zimmer, tendo sido também patrocinado pela Rádio Osório, entre outras pessoas da comunidade. Mauro treina todos os dias, buscando reforçar a resistência a longos percursos. Seu tempo na capital paulistana foi de 2 horas, seis minutos e quatro segundos. Ao final os organizadores distribuíram água e frutas aos desportistas. Neste primeiro semestre está planejando participar de corridas no Rio

de Janeiro e em Capão da Canoa. Seus treinadores são Silvestre Leão e o professor Joaquim que também estiveram participando da São Silvestre de 2012. Mauro espera participar da São Silvestre 2013. Para isto conta com patrocínios que viabilizem a prática do esporte. QUENIANO GANHA – A prova foi vencida pelo queniano Edwin Kipsang. Quarto colocado, Giovani dos Santos garantiu a presença do Brasil no pódio da 88ª edição da tradicional prova. Com o sucesso de Kipsang, o Quênia contabiliza 13 títulos, dois a mais que o Brasil. O país africano viveu um breve jejum na prova, já que não vencia desde 2009, quando James Kipsang conquistou o bicampeonato – desde então, triunfaram o brasileiro Marílson Gomes dos Santos e o etíope Tariku Bekele.

Academia de Pilates em Osório O que exatamente é Pilates? Pilates é um sistema com mais de 500 exercícios que trabalham mente e corpo. É uma mistura balanceada com treino de força e flexibilidade que melhora a postura, reduz o stress, alonga e tonifica a musculatura sem exageros. Pilates trabalha vários grupos musculares simultâneamente através de movimentos suaves e continuos, com ênfase na concentração, fortalecimento e estabilização do CORE (abdômen, coluna e região pélvica, também chamado de “powerhouse”). O foco é na qualidade dos movimentos, ao invés da quantidade, o que faz o praticante sentir-se revigorado, ao invés de exausto após uma prática. Pilates tem um apelo no equilibrio, assim nenhum grupo muscular fica sobrecarregado, e o corpo trabalha de forma mais eficiente e holistica nos esportes e nas atividades de seu dia a dia. Os exercícios de Pilates podem ser feitos no solo ou em equipamentos específicos, como o “Reformer”, “Cadillac”, “chair” e “Ladder Barrel”. Qual a diferença entre Pilates e musculação? O pilates, ao contrário da musculação, não trabalha com pesos, as resistências são feitas com molas ou o peso do próprio corpo, além disso, trabalha com poucas repetições e mais controle dos movimentos, tornando cada exercício mais lento que o da musculação. O método Pilates é mais complexo na sua execução e demanda capacidade de atenção e concentração durante sua realização. A musculação é um mé-

todo de treinamento com baixa necessidade de acompanhamento direto de um profissional. A facilidade para seguir o programa de exercícios pré-estabelecido pelo professor e a baixa complexidade para a prática dos mesmos nos equipamentos, são os principais fatores que tornam essa atividade uma das mais praticadas no mundo. Quais os benefícios do Pilates? Praticando regularmente os exercícios de Pilates você pode: • Alongar, tonificar e definir a musculatura sem exageros • Definir a musculatura abdomi-

nal mais profunda e melhorar o CORE • Trabalhar a percepção do corpo e mente • Padrões eficientes de movimentos deixando o corpo menos vulnerável a lesões • Reduzir o “stress”, aliviar as tensões, ganho de energia • Restaurar o alinhamento postural • Deixar sua coluna mais forte e flexível • Recuperação de lesões • Melhorar a área de movimento das articulações • Melhora a circulação sangüínea • Aumento da coordenação neuromuscular

• Oferece alívio das dores nas costas e stress das articulações • Corrige sobre-carga dos grupos musculares que podem levar ao stress e alguma lesão • Melhora da mobilidade, agilidade e vigor • Complemento para treino esportivo e desenvolvimento funcional para a atividade diária • Melhora o visual de seu corpo, assim como sua auto-estima


5

QUINTA- FEIRA,10 DE JANEIRO DE 2013

Romildo retorna à advocacia Na quarta-feira (2) Romildo Bolzan Júnior se dirigiu à subseção da OAB de Osório para renovar seu registro profissional, pois voltou às atividades profissionais no seu escritório. Romildo estava impedido de exercer a advocacia em razão do cargo de prefeito. O trabalho não para. ANTÃO SAMPAIO

Beto Gueiê

DPVAT

O futuro vereador Beto Gueiê (PDT) esteve visitando o presidente do Legislativo, Rossano Teixeira. Já está se preparando para assumir uma cadeira na Câmara, em razão da chamada de vereadores pedetistas para serem secretários. Beto vai integrar a bancada governista.

Está na Delegacia de Osório Alexandre Luiz Fleck, o delegado que deu início às investigações sobre supostas fraudes cometidas pelo Hospital de Osório relacionadas ao DPVAT. O inquérito será encaminhado ao Poder Judiciário até o final do mês. Trata-se de um processo extenso, com mais de mil páginas.

Corte de CCs O corte de cargos em comissão (CCs) tem questões que não chegam ao conhecimento público que passam pelo respaldo aos gestores e o apoio a políticas que saem do gabinete do prefeito. No entanto, há muitas críticas ao excesso deles, em razão de uso como empreguismo familiar.

Santa Cruz corta CCs Retificação Conversei com a juíza Conceição Sampaio que me afirmou que o vereador Ed Moraes (PMDB) não foi alvo de processo judicial. O processo envolve Carlos Dalpaz (PMDB), suplente que teria participado de evento numa escola.

Mesa diretora A ausência do PMDB na mesa diretora Câmara Municipal dá o que falar. Segundo o presidente Rossano Teixeira, Roger Caputi Araújo chegou a ser convidado para ser vice-presidente, numa forma de reafirmar a integração partidária na casa. No entanto, Roger mais tarde desistiu da ideia e o PMDB acabou de fora da mesa.

Casa de Cultura O projeto de construção da Casa de Cultura não está engavetado e cheio de poeira. Há verbas para a obra, do município e de emenda do deputado Vieira da Cunha. Portanto, há elementos que levam a crer que a obra possa ser iniciada ainda em 2013.

Facos A parte administrativa da Facos não tem folga durante o verão. É trabalho e mais trabalho, visando a organização do ano letivo, preparação dos professores, vestibular e demais metas de gestão a serem cumpridas e estabelecidas.

Em Santa Cruz do Sul o prefeito Telmo Kirst (PP) decidiu cortar o seu salário e 100 CCs. É a austeridade nesta cidade de cultura fortemente germânica. No litoral gaúcho há exemplos de boa gestão, caso de Osório, Arroio do Sal, Capão da Canoa, Torres, entre outras. No entanto, os CCs sempre foram bem utilizados nestas cidades. Cortar estes cargos é outra história que deve dar muita dor de cabeça ao pref e i to . E m O s ó ri o há alg u m a expectativa neste sentido, mas é melhorar esperar até março.

Assaltos na Serra Bando que assaltou uma joalheria na Serra pegou pesado e está a demonstrar o reforço policial que precisa haver em cidades pequenas, inclusive as de áreas rurais. Já no Litoral Norte há reforços de efetivo para Brigada Militar e Polícia Civil durante esta temporada de verão.

Caixas eletrônicos Infelizmente somos obrigados a supor que alguma quadrilha irá tentar arrombar caixas eletrônicos no Litoral Norte durante o veraneio. O ataque deverá ser de noite, não necessariamente nos bancos.

Habitação A Secretaria de Habitação foi um dos destaques da administração do prefeito Romildo Bolzan Júnior, pois conseguiu ótimos resultados sociais, ajudando muitas famílias que encontravam-se vulneráveis. Agora na gestão Abrahão uma das suas metas é a regularização das áreas.

Corte de CCs Em Osório a redução dos cargos em comissão (CCs) está sendo feita com critérios. Quando se fala em CC as pessoas já tem interpretações negativas sobre o setor público, mas na verdade vários deles desempenham papeis muito importantes no Executivo, em ações ligadas a políticas públicas vitais para a cidade.

Policiamento Melhorou o policiamento nas praias da região, graças ao reforço da Operação Golfinho. Nas guaritas alguns salva-vidas agem preventivamente, alertando os banhistas que vão muito para o fundo.

Esconderijo em SAP O bando que realizou o assalto a uma fábrica de jóias, em Cotiporã, na Serra gaúcha, tinha um sítio que era usado como esconderijo em Santo Antônio da Patrulha. A Polícia está realizando um excelente trabalho e já localizou a chácara. Um dos elementos foi preso dias depois do assalto a fábrica, pedindo carona para ir a Bento Gonçalves. Outros quatro elementos encontram-se ainda soltos e podem estar circulando pelo litoral.

A origem do chimarrão Quando falamos sobre o uso do chimarrão, costumamos dizer que se trata de uma tradição dos gaúchos. Certamente, isto é uma verdade; mas o que não devemos esquecer é que ele é, antes de tudo, uma tradição religiosa dos índios Guaranis. Para os índios, muito antes da chegada dos conquistadores, ele representava um momento de comunhão, um momento de religação com deus Tupã, o deus do bem e, também, com os espíritos de seus antepassados. Nessas ocasiões, numa roda de mate, os índios erguiam como que um brinde ao Criador Incriado e davam as boas-vindas àqueles que chegavam à sua tribo. Era uma roda Xamânica dos índios Guaranis, idêntica ao cerimonial do cachimbo da paz, dos índios norte-americanos. Esse ritual possuía tanta força que, até hoje, o chimarrão é considerado como um símbolo de hospitalidade, como um símbolo de acolhimento fraterno. Por este motivo é que se costuma dizer que, em casa de gaúcho, nunca faltam chimarrão e cara alegre. O chimarrão é, também, chamado de mate. Acredita-se que esta palavra tenha origem na língua “quíchua”, que domina o porongo de “mati”. Como já dissemos, o mate ou chimarrão era uma bebida sagrada para os índios que habitavam o nosso território muito a nt e s da c h e g a da do s c o n q u i s t a d ores. Quando os padres jesuítas aqui chegaram e criaram as primeiras reduções na busca da catequisação e da conversão dos índios ao rito cristão, proibiram o uso do mate. No entanto, apesar de todo o esforço proibitivo, suas determinações não eram obedecidas pelos nativo, que continuavam “comungando” através do mate. Sabedores da crendice dos povos nativos tentaram, então, intimidá-los, dizendo que “Anhangá Pita”, o deus do mal, havia envenenado os ervais e que o mate causaria grandes danos a quem o consumisse. Todavia, nossos índios desejando continuar a “comungar” do seu jeito (pois esta era a maneira que eles conheciam de interagir com o que acreditavam ser os “planos superiores”) pediram ajuda aos seus pajés (os curandeiros da tribo), que lhes ensinaram a cuspir fora o primeiro mate, por cima do ombro esquerdo, retirando, assim, todo o veneno que pudesse estar impregnado na erva. É por este motivo que o primeiro mate, depois de retirado o veneno, é tomado pelo dono da casa, para mostrar a todos que a erva é pura e sem malefícios. Fonte: Guia Prático do Chimarrão; Wilson Tubino.


6

As turmas 301-302-303304-305-306-307 de terceiro ano, da escola Ildefonso Simões Lopes, mais conhecida como Rural, formaram-se na noite de quinta feira (03), homenageando seus paraninfos no pavilhão de esportes da Facos. Esse é o primeiro grupo a se formar depois da inau-

QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

guração do Auditório, deixando o legado aos próximos alunos. A festa de formatura foi realizada no Clube Sul Brasileiro, contando com a presença de convidados especiais e Djs profissionais, foram vendidos mais de 300 ingressos. Sorte a todos os alunos que se empenharam nesta conquista!


7

QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

Abrahão quer manter serviços e equilíbrio financeiro Gastão Muri

O prefeito Eduardo Abrahão (PDT) começa janeiro despachando bastante, dando as primeiras orientações aos secretários e demais funcionários, imprimindo o seu ritmo à gestão. Na segunda-feira ele recebeu o Jornal Revisão para falar dos primeiros passos do seu governo. “Minha meta é manter a qualidade de serviço na cidade, com equilíbrio financeiro. E investir na atração de empresas. Também queremos qualificar as firmas locais, aprimorar o comércio”, afirma. “É importante as empresas osorienses poderem se constituir melhor”. Osório ainda não perdeu os royalties do petróleo, mas não é só esta questão que está na mesa do pre-

feito. O ICMS da Petrobras está indo para Canoas desde julho de 2012. Segundo Abrahão, o município deve perder cerca de R$ 70 milhões do seu orçamento até 2014, ficando ao nível de outros da região, como Tramandaí e Capão da Canoa. Também está na agenda do novo prefeito a redução dos cargos em comissão (CCs), questão bastante sensível, pois envolve partidos e indicações de pessoas com trabalho importante na campanha e nos órgãos públicos. “Num primeiro momento não vamos comprar licença prêmio nem férias”, avisa. Já o corte dos cargos foi iniciado. “Estamos fazendo com cautela e critérios”, explica. Na parte de infraestrutura, um dos

pontos fortes do município, o Executivo está focado na manutenção e qualificação. Abrahão anuncia que serão asfaltados cinco quilômetros e meio da estrada que passa pela Lagoa do Peixoto e segue até o Caconde. Na parte educacional Osório tem planos para qualificar-se ainda mais. Neste mês deve ocorrer licitação para a construção dos prédios da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs), em campus que ficará localizado perto da Estrada do Mar. Outra licitação importante será a da Casa de Cultura que deve ocorrer em fevereiro. Ela será construída na Avenida Jorge Dariva, em frente à Prefeitura. A administração municipal já possui projeto arquitetônico da obra.

Facos aguarda DNIT para obra de estacionamento Gastão Muri A direção da Faculdade Cenecista de Osório (Facos) aguarda a decisão do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para a construção de um estacionamento para ônibus e carros junto a uma passarela da BR 101. Conforme o diretor de relações comunitárias da entidade, o objetivo é melhorar o trânsito no entorno da Facos, pois há grande concentração de ônibus e carros durante as aulas, principalmente à noite, gerando transtornos aos moradores das vizinhanças da faculdade. O projeto prevê 44 vagas para ônibus e 65 carros. Também constam um banheiro, sala com televisão para os motoristas e uma cancha de bocha. Ramos afirma que há mais de um ano vem realizando reuniões com o

GASTÃO MURI

DNIT em Osório e Porto Alegre, no entanto o processo não avança no governo federal. Ele teve reunião com o então prefeito Romildo Bolzan Júnior para acertar a construção do estacionamento. O órgão federal afirmou que a concessão do local precisa ser feita a um ente público e a Prefeitura aceitou recebê-la, também se disponibilizando a fazer a obra. Veio o ano de 2013 e Ramos lamenta que o processo esteja empacado em Brasília, inclusive sendo levantados pequenos detalhes como o quilômetro em que está localizada a passarela. A burocracia exaspera o dirigente, ele que afirma ser um absurdo isto ocorrer no Brasil, país que vai sediar uma Copa do Mundo e precisa contar com uma melhor infraestrutura de transportes.

Escola 16 de Dezembro abre portas para Projeto de Verão

Alexandre Ramos mostra projeto do estacionamento

Multplast planeja investimento em Osório

rão e que envolvem e contemplam todas as Escolas Municipais. Confira os pólos que atendem ao Projeto de Verão deste ano:

Iniciou na sexta-feira, dia 4, o Projeto de Verão das escolas do bairro Laranjeiras. Acolhendo cerca de 90 alunos de Ensino Fundamental das Escolas Municipais 16 de Dezembro e Panni, o projeto representa um auxilio as famílias que trabalham durante o verão e não possuem um local adequado para deixar seus filhos. Dentre as atividades que serão realizas junto às crianças estão, passeios, brincadeiras, jogos, ações ambientais, teatro e música, recreações, oferecendo ainda refeições aos participantes. A Secretaria da Educação organiza diversos pólos onde são realizados os Projetos de Ve-

Educação Infantil: Escola Municipal de Educação Infantil Bem-me-quer – Bairro Glória; Escola Municipal de Educação Infantil Leonel de Moura Brizola – Bairro Farroupilha; Escola Municipal de Educação Infantil Estrelinha do Mar – Atlântida-Sul; Escola Municipal de Educação Infantil Laranjinha – Bairro Laranjeiras. Ensino Fundamental: Escola Municipal de Ensino Fundamental José Paulo da Silva – Atlântida-Sul; Escola Municipal de Ensino Fundamental Osvaldo Bastos – Bairro Aguapés; Escola Municipal de Ensino Fundamental 16 de Dezembro – Bairro Laranjeiras; Centro Olímpico Davi Flech – Bairro Medianeira.

No horizonte de Osório há perspectivas de redução orçamentária. Em meio a este quadro sombrio, surgem algumas promissoras novidades, como os investimentos para a estruturação da Multplast, empresa de extrusão e termoformagens. Trata-se de indústria do plástico, recebendo a matéria-prima do Pólo de Triunfo. Inicialmente a Multplast deve gerar 100 empregos, sendo localizado na Fazenda Ipê, perto da Lagoa do

Horácio e da RS 30, o que vai facilitar a logística da empresa. Conforme o secretário de Desenvolvimento e Turismo, Antônio Marculan, a área para receber o empreendimento já está terraplanada. São cinco hectares para a indústria. Foi realizada licitação pelo Executivo para a construção de um galpão de 10 mil metros quadrados. A Multplast está investindo R$ 25,4 milhões na sua instalação em Osório. Se confirmada esta planta no município, haverá boa repercussão na arrecadação municipal, em razão do ICMS gerado.


C M Y K

8

QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

Natal dos Bons Ventos encerrou com sucesso Eliana Ramos Natal dos Bons Ventos encerrou com sucesso O Largo dos Estudantes Sônia Chemale foi palco do encerramento da programação do Natal dos Bons Ventos na noite de domingo (06/01), com a presença de um maravilhoso público. Após apresentação do Terno de Reis de Arroio dos Ratos, aconteceu a divulgação dos vencedores e entrega de prêmios do concurso das fachadas natalinas. O resultado foi o seguinte: na categoria residência mais enfeitada dos Distritos, o 3º lugar, com R$ 400,00 foi entregue para Cristina de Souza Oliveira; 2º lugar, prêmio no valor de R$ 700,00, ficou com Divina de Souza Aliardi e 1º lugar – prêmio de mil reais foi conquistado por Ricardo Sturner Reis.

Na área de residência mais enfeitada da sede do município foi entregue a premiação de 3º lugar, no valor de R$ 400,00, para Zenilda da Silveira Marques (Bairro Porto Lacustre); 2º lugar, no valor de R$700,00, para Eva Eugênia de Souza Azevedo (Encosta da Serra - BR 101) e 1º lugar, no valor de mil reais para Zeneida da Silveira Marques (Porto Lacustre).

ELIANA RAMOS/ ANTÃO SAMPAIO

Na categoria fachada do comércio, 3º lugar, prêmio no valor de R$ 400,00 ficou com a Loja Rede Mundi; 2º lugar no valor de R$700,00, com Loja La Leste e 1º lugar no valor de mil reais ficou com as Lojas Sensação/Econômica.

O corpo de jurados do concurso de fachadas natalinas foi formado pelo representante da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento, Jaisson Silva; imprensa, Omar Luz; Rádio Osório, Jota Perez e o Centro Empresarial, Maicon Antônio Stohr. Após a entrega da premiação, o destaque ficou com o Encontro de Terno de Reis que reuniu grupos de Osório, Palmares do Sul e Pinhal. O Terno que fechou a apresentação foi o da Figueira Grande seguido de show de fogos de artifício. O casal Marta Gonçalves e Deoclésio Alves Gonçalves, que mora em Campo Bom e acompanhou o encerramento do Natal dos Bons Ventos ficou encantado com o evento em Osório. “Foi algo muito lindo, o Terno de Reis é tradição vivenciada por nós desde a época em que morávamos em Maquiné. Esse é o segundo ano que participamos do encerramento do Natal aqui em Osório”, explicou Marta. Gonçalves disse que adorou o que assistiu na noite de domingo. “Representa a renovação da época que morava no litoral norte. Os versos são a realidade da vida de Jesus Cristo. A Prefeitura de Osório está de parabéns com a realização do Natal e por oportunizar a população, algo lindo como o show de fogos”, concluiu. ”O Natal dos Bons Ventos superou as nossas expectativas. A avaliação é a melhor possível, todas as atividades atraíram um bom

público. A noite de 16 de dezembro, por exemplo, na Praça da Catedral, foi coroada de êxitos. O encerramento também foi excelente com a presença de pessoas da cidade e interior. Atingimos todos os objetivos propostos e até superamos em alguns pontos”, avaliou o secretário de Desenvolvimento e Turismo Antônio Marculan. O prefeito Eduardo Abrahão destacou sua alegria de fazer o encerramento do Natal dos Bons Ventos. “É o fortalecimento da cultura local

e o importante é que foram promovidos muitos eventos não são na cidade, mas também nas localidades do interior do município. Vamos dar continuidade a essas atividades que valorizam a cultura de Osório e do Litoral Norte através do calendário de eventos. Feliz 2013 para todos. As portas da Prefeitura estão abertas para todos, acrescentou Abrahão”. O evento que teve início em dezembro foi promovido pela prefeitura de Osório através da Secretaria de Desenvolvimento e Turismo.

Habitação é referência em desenvolvimento social relação à habitação, com ênfase em lotes, construção e reformas de casas. Desde o governo de Romildo Bolzan Júnior 850 famílias foram beneficiadas pelo programa de habitação social. Conforme a responsável pelo setor, Elisete dos Anjos, o trabalho não é apenas o de fornecer residências aos necessitados, mas atuar com objetivos sociais. “Nosso trabalho é fazer com que os beneficiados pensem sobre tudo que estão recebendo. Queremos que o Gastão Muri beneficiário seja sujeito das suas ações. O setor de Habitação do município de Esta é a parte mais bonita do nosso trabaOsório agora está transformado em depar- lho”, avalia Elisete. “O mais importante é tamento ligado ao gabinete do prefeito. O a relação de confiança que construímos novo governo assumiu e há movimenta- com as famílias”. ção no sentido de manter a política em Conforme ela, as estatísticas com-

provam que os índices de violência têm diminuído nos bairros onde há política habitacional. Também há trabalho visando deixar claro às famílias que elas devem pagar suas parcelas ao município, conforme prevê o contrato. Havia na cidade uma cultura de que não havia necessidade de pagar, pois se tratava de questão administrada pelo poder público. Elisete diz ainda que as pessoas têm a Habitação como uma referência na busca de informações para solucionar as suas dificuldades. Muitas delas telefonam para tirar suas dúvidas. “Foi construída uma relação positiva com os moradores, através de um trabalho social, abordando planejamento familiar, higiene”, afirma satisfeita. Ela recorda que nos primeiros

conjuntos habitacionais havia dificuldades para estabelecer relação de vizinhança.O trabalho de anos resultou numa melhora da auto-estima de grande parte da população que mora no bairro Medianeira, rua Tolentino Correa e cercanias. “Hoje este morador vislumbra um novo futuro, pois foi desenvolvida uma corrente de melhorias para a sua família. Esta motivação impulsiona os moradores a melhorarem a sua relação com a vizinhança. Elisete assinala que neste ano será intensificada a regularização de áreas para que cada um tenha um documento de posse oficial. O objetivo é evitar a ilegalidade e combater as negociações irregulares de lotes e casas.


QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

8

C M Y K


10

QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

Áreas de risco da Borússia precisam ser mapeadas GASTÃO MURI

Luciane Conceição, engenheira florestal Gastão Muri Em j ulho de 2 01 1 aco n te ce u deslizamento no Morro da Borússia, deixando visível uma ferida na Mata Atlântica, pois houve deslocamento de terra em razão das chuvas intensas e desmatamento. Segundo a engenheira florestal Luciane Barcellos Conceição, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, é normal acontecerem eventuais deslizamentos na área serrana. “O que preocupa é quando há casas abaixo”, afirma. Luciane explica que o Morro da Borússia é área de conservação da vida silvestre da subestação da CEEE

até o salão da comunidade dos Aguapés. “É proibido fazer edificações nesta área”, frisa. Mapeamento das áreas de risco precisará ser feito pelo poder público e destinado à Defesa Civil. O solo da Borússia possui material rochoso, o que exige levantamento dos pontos mais perigosos. Preocupa muito a Secretaria de Meio Ambiente a localidade de Laranjeiras. Em janeiro de 2011 uma casa deste bairro foi atingida, o que colocou em alerta o poder público e houve reuniões para apontar soluções. Nas Laranjeiras existe um loteamento irregular e avanços em

Morro da Borússia

alguns pontos da Área de Proteção Ambiental (APA). Engenheira florestal Luciane Conceição explica: “O deslizamento que resultou na fenda que enxergamos no alto do Mo r r o de Osório ocorreu, aproximadamente, na data de julho de 2011 devido a um período de chuva intensa, sendo no mesmo per í o do e m q u e o c o r r e r a m o u t r o s deslizamentos que resultaram na destruição de um cômodo de uma c a s a no b a i r r o La r a n je i r a s e o deslizamento sobre a RS 30 que interrompeu a estrada. O deslizamento de terra que originou

a fenda está localizado na Zona de Conservação da Vida Silvestre que pertence à APA Morro de Osório. Não teve consequências maiores pois nesta zona desde a institucionalização do Plano de Manejo da APA Morro de Osório, através do Decreto Nº 213/2008, é proibido novas edificações”.

Jurídico

Dependência financeira garante pensão por tempo indefinido

Laury Scholl figura esta semana no Espaço do Leitor. Ele trabalha na Procuradoria do município de Osório, onde recebeu a reportagem do Jornal Revisão na última terça-feira (8). Respostas curtas e diretas de Laury, um amigo do Revisão. Nome: Laury Roberto Scholl Oliveira. Naturalidade: Porto Alegre. Data de Nascimento: 03/04/ 63 O que representa a família: O cerne do ser humano. Atividade profissional: Advogado. O que lhe traz felicidade: Alegria dos filhos. Um sonho: Um mundo mais justo e perfeito. Música: Ivan Lins. Um livro: “Um certo capitão Rodrigo”, de Érico Veríssimo. Uma característica pessoal: Sinceridade. O que é política para você: Um modo de melhorar a vida das pessoas. Como descreve Osório: Cidade em que me criei, onde crio meus filhos; onde pretendo viver sempre.

A obrigação de sustentar a exmulher, após o divórcio, pode se manter por prazo indefinido, desde que se prove que o homem sempre foi o sustentáculo da casa e que a ex-mulher não pôde construir uma carreira profissional ao longo de um casamento duradouro. Com esse entendimento, a 8ª Câmara Cível do TJRS deu parcial provimento ao recurso de uma divorciada, para retirar da sentença o lapso de tempo para a obrigação alimentar, mantendo-a enquanto persistirem as necessidades.Aação de divórcio litigioso cumulada com o pedido tramitou na Comarca de PortoAlegre. Em 1º grau, foi determinado que o ex-marido pagasse dois salários mínimos à autora, pelo período de dois anos. Este, em recurso ao Tribunal, pediu a extinção da obrigação ou, alternativamente, que o valor da pensão fosse redimensionado para 10% dos seus rendimentos - que são variáveis, pois trabalha como corretor de imóveis.Aex-

esposa, por sua vez, insistiu na manutenção da pensão alimentícia sem prazo definido, com majoração do quantum para três salários mínimos.O relator das apelações no colegiado, desembargador Alzir Felippe Schmitz, afirmou que a obrigação de prestar alimentos pode se estender além do litígio, se a vida conjugal duradoura levou um dos cônjuges a uma situação de dependência financeira – como no caso da ex-esposa, que ficou mais de 20 anos casada. ‘‘Não é adequado presumir que uma mulher de mais de 50 anos, sem experiência profissional e acostumada somente às lides domésticas, vá adentrar no mercado de trabalho de maneira a comportar o seu sustento de forma digna’’, ponderou o desembargador-relator, que fixou a pensão em R$ 1,2 mil. Apel. Cível nº: 70050408350 Fonte: Conjur Karine Mendes Kartabil, advogada


11

QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

Casa de Cultura já tem projeto de construção GASTÃO MURI

Rossano Teixeira está otimista quanto à obra

Jane Gamba, arquiteta da Secretaria de Obras

Gastão Muri Trata-se de antigo sonho de alguns setores da comunidade, especialmente dos ligados à cultura. A Casa de Cultura já tem projeto e foi gestionada durante muitos meses quando era secretário municipal da Cultura Rossano Teixeira (PP). A área para a estrutura fica em frente à Prefeitura, onde hoje estão o ginásio da AABB e um restaurante. Teixeira é presidente da Câmara e recorda-se que era vontade política do então prefeito Romildo Bolzan Júnior a construção da Casa de Cultura, che-

gando a constar de material de campanha eleitoral. “É realidade orçamentária”, afirma Teixeira. Segundo ele, além das verbas municipais há recursos que chegam a R$ 1 milhão que podem vir de emenda orçamentária encaminhada pelo deputado federal Vieira da Cunha (PDT). Outros R$ 2 milhões virão da própria administração municipal. A arquiteta Jane Gamba, da Secretaria Municipal de Obras, explica que há um projeto já pronto, comportando biblioteca, área para exposição e

oficinas. O auditório ainda não foi detalhado, mas do esboço consta projeto para ter 420 lugares, palco e camarins. A parte da frente terá salas para oficinas de dança, artes gráficas, pintura e recinto para reuniões. Serão quatro andares de um prédio que poderá abrigar repartições municipais, hoje funcionando em salas alugadas. Estão nesta situação os departamentos de Cultura, Meio Ambiente, Habitação, Esporte e Procon. Rossano Teixeira assinala que a meta é reduzir os custos do município com

aluguel de salas. “Tudo conspira a nosso favor”, aponta satisfeito. A arquiteta Jane explica ainda que será construído um estacionamento ao lado da Casa da Cultura, com acesso pela rua Mário Santo Dani. O Executivo Municipal irá realizar licitação para escolha da empresa construtora. A obra terá estrutura pré-moldada, hoje em alta no mercado. A expectativa é de que as obras comecem logo, dentro de cerca de um ano, período em que o orçamento municipal tem plenas condições de bancar a despesa.

Estação SESC está em Tramandaí Plano de Saneamento Básico está Informação, atividades físicas, recre- 10ª edição e visa levar qualidade de vida aberto a sugestões ação e relaxamento são garantidos para ao litoral norte por meio de ações nas árepúblicos de todas as idades que estiveram em janeiro e fevereiro na praia de Tramandaí. O Estação Verão Sesc 2013 oferece até 24 de fevereiro uma intensa programação à beira da praia A novidade deste ano são as cadeiras anfíbias, distribuídas nas oito praias que contam com atividades do Estação Verão Sesc: Torres, Capão da Canoa, Cidreira, Balneário Pinhal, Tramandaí, Cassino, Laranjal e São Lourenço do Sul. A cadeira tem como função facilitar a entrada no mar e proporcionar segurança aos banhistas com deficiência física. A iniciativa do Sistema Fecomércio-RS/Sesc é gratuita e será disponibilizada em horários específicos, com acompanhamento de um profissional. O Estação Verão Sesc, acontece até 24 de fevereiro no litoral gaúcho, está em sua

as de saúde, lazer, esporte e educação. As atrações são gratuitas, abertas a toda comunidade e acontecem nas Casas Sesc montadas à beira-mar. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.sescrs.com.br/estacaoverao.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana em Osório coordena a realização do Plano Municipal de Saneamento Básico – PMSB. A iniciativa é parte da Política Nacional de Saneamento (Lei Federal nº 11.445/ 2007) e vem sendo elaborado pela Prefeitura Municipal de Osório através da empresa MJ Engenharia, vencedora da licitação para consultoria e montagem do Plano, sob contrato nº 292/2011. Os Comitês Executivo e de Coordenação do PMSB acompanharam a evolução do trabalho nos últimos 12 meses e, com a realização da Audiência Pública do dia 29 de novembro de 2012, coloca-se à disposição da comu-

Convite especial Você é nosso convidado para ouvir a palavra de Deus de domingo a quinta-feira, ás 20:00h, por algumas semanas, no salão evangélico, Rua Santos Dumont 444, centro Osório. Eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação. IICor 6:2

Quer anunciar neste espaço? Ligue (51) 3663.6359 ou pelo e-mail: jornalrevisao@terra.com.br

nidade esta minuta de texto final (link abaixo). O material ficará disponível para avaliação da população até 21 de janeiro de 2013, e as sugestões de alteração podem ser enviadas para gestaourbana@osorio.rs.gov.br. Após este processo, o documento será revisado e encaminhado à Câmara de Vereadores para apreciação e votação do projeto de lei que instituirá o Plano Municipal de Saneamento Básico de Osório. Acesse o link no site WWW.osorio.rs.gov.br, participe, dê sua sugestão e contribua para o bom planejamento de nossa cidade!


12

QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

Prefeito e vice reúnem-se com secretários e coordenadores

Reunião apontou metas da gestão

Prefeitura segue apoiando setor primário no verão

TVE exibe reportagem sobre Lagoa do Marcelinho

GASTÃO MURI

As chuvas voltaram, tornandose regulares e vindo em forte volume em alguns dias, aqueles aguaceiros comuns durante o verão. No entanto, a administração municipal de Osório segue atenta à área rural que no ano passado enfrentou um período bastante difícil devido à estiagem. Conforme o secretário de Agricultura e Pecuária, Marcos Bolzan, as vertentes e reservatórios enchem rapidamente nesta época, mas em compensação esvaziam rápido, em razão do consumo acelerado e da evaporação. A Secretaria de Agricultura e Pecuária realizou a manutenção nas propriedades rurais e fez sete aprofundamento de poços em dezembro, propiciando água em bom volume. Agora está sendo aguardada a liberação de perfuração de seis novos poços.

Marcos afirma que não teve notícias de perda no setor de hortifrutigranjeiros, com destaque para a produção de feijão e milho, a chamada “safrinha” importante para abastecer o consumidor veranista. A Patrulha Agrícola continua atendendo os produtores, levando os insumos, sendo mantidos os apoios referentes ao Fadeper e o programa Porteira para Dentro. FEIRAS - Está sendo realizada pelo Executivo Municipal a feira dos produtores locais no centro de Atlântida Sul. Conforme o secretário, o movimento está muito bom. As perspectivas de faturamento desta feira são muito boas, sendo levadas em consideração as ótimas vendas do Natal e Reveillon. Ao lado dela está a Feira do Produtor do Litoral Norte, realizada com apoio da Emater. Nesta são vendidos produtos como queijo, mel, carne e frutas, muito apreciados pelos veranistas.

Na tarde desta sexta-feira, dia 04, uma equipe do Jornal da TVE, que possui exibições em duas edições, uma às 12h30min e outra às 19h30min, de segunda a sexta-feira, esteve em Osório realizando gravações. Na ocasião, fez entrevistas com o Prefeito Eduardo Abrahão, o vice-prefeito, Eduardo Renda, o engenheiro Jorge Ferri e a arquiteta Jane Gamba. A revitalização da orla da Lagoa do Marcelino e a construção do trapiche, que transformam a área em um local de lazer para a população do próprio município e da região, sendo um ponto turístico da cidade, foram os principais assuntos abordados. A reportagem de Jaime Henrique Freitas ainda destacou

a riqueza da fauna e da flora que são encontradas junto à lagoa. A reportagem, a princípio deve ser exibida hoje, sexta-feira, na 2ª edição do jornal, às 19h30min. Caso, por motivos de fechamentos de edição, não haja tempo hábil para ir ao ar hoje, terá sua exibição na segunda-feira, às 12h30min, na 1ª edição do jornal. A Lagoa do Marcelino recebeu um novo trapiche e na área de estacionamento há luminária abastecida por energia alternativa. O local tornou-se ponto de passeio para os moradores. Antes área prejudicada por poluição e degradação, hoje apresenta-se bonita e agradável, sendo dificuldades pela imprensa.


13

QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

Fiscais realizam apreensões durante Operação Verão

Plano de Saneamento Básico está aberto a sugestões

Nos primeiros 18 dias de atuação dos profissionais da Divisão de Fiscalização e Defesa Sanitária Animal da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio (Seapa) na Operação Verão numa Boa, foram realizadas 82 barreiras, fiscalizados 164 estabelecimentos e vistoriados 1.435 veículos. No mesmo período, foram apreendidas e inutilizadas 27 toneladas de produtos que estavam em desacordo com a legislação. Os números constam de relatório emitido pelo Serviço de Fiscalização e Controle de Trânsito do Departamento de Defesa Agropecuária, que coordena as ações desenvolvidas por cerca de 60 profissionais no litoral gaúcho, sempre com o apoio dos serviços sanitários municipais, Brigada Militar e Polícias Rodoviária Federal e Estadual. Algumas das ações são desenvolvidas em conjunto com o Ministério Público. O objetivo da Operação Verão numa Boa é impedir o comércio e o trânsito de

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana em Osório coordena a realização do Plano Municipal de Saneamento Básico – PMSB. A iniciativa é parte da Política Nacional de Saneamento (Lei Federal nº 11.445/ 2007) e vem sendo elaborado pela Prefeitura Municipal de Osório através da empresa MJ Engenharia, vencedora da licitação para consultoria e montagem do Plano, sob contrato nº 292/2011. Os Comitês Executivo e de Coordenação do PMSB acompanharam a evolução do trabalho nos últimos 12 meses e, com a realização da Audiência Pública do dia 29 de novembro de

produtos de origem animal que não estejam em condições de consumo ou que não atendem ao que estabelece a legislação e, assim, evitar prejuízos à saúde humana e preservar a sanidade animal. Ainda de acordo com o relatório, foram lavrados 90 autos de infração, 71 de apreensão e inutilização, 16 de infração e multa, bem como interditados 16 estabelecimentos. As multas totalizaram R$ 19.100,00. Dos 2.687 animais vistoriados no período, 583 estavam em situação irregular. Nas barreiras e vistorias, os fiscais e técnicos da Seapa fiscalizaram 706,1 toneladas de carnes e derivados, 75 toneladas de pescado, 12.642 dúzias de ovos e 257, 2 toneladas de leites e derivados. Entre as carnes e derivados acabaram sendo apreendidas e inutilizadas 17 toneladas, enquanto nos pescados este total atingiu a 3,7 toneladas e no leite e derivados, 6,2 toneladas. Enquanto que somente duas dúzias de ovos foram apreendidas e inutilizadas.

Ufrgs fará vestibular no Litoral Nos dias 13 a 16 de janeiro, com início às 8h30min, haverá vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). Nesta edição haverá provas no litoral gaúcho, em cinco escolas de Tramandaí e Imbé, com as vagas sendo disputadas por 1.415 estudantes. Dia 13: Física, Literatura de Língua Portuguesa e Língua Estrangeira Moderna. Dia 14: Língua Portuguesa e Redação. Dia 15: Biologia, Química e Geografia. Dia 16: História e Matemática.

Esconderijo de bando é localizado no litoral A quadrilha que levou medo à pequena cidade de Cotiporã, na Serra gaúcha, há uma semana, tinha como base um município do litoral norte, segundo o Blog Caso de Polícia. A Polícia Civil e a Brigada Militar estiveram no local, em Santo Antônio da Patrulha. O sítio abandonado é de Elisandro Rodrigo Falcão, que morreu no embate com a Polícia no assalto na serra. Na noite

2012, coloca-se à disposição da comunidade esta minuta de texto final (link abaixo). O material ficará disponível para avaliação da população até 21 de janeiro de 2013, e as sugestões de alteração podem ser enviadas para gestaourbana@osorio.rs.gov.br. Após este processo, o documento será revisado e encaminhado à Câmara de Vereadores para apreciação e votação do projeto de lei que instituirá o Plano Municipal de Saneamento Básico de Osório. Acesse o link no site WWW.osorio.rs.gov.br, participe, dê sua sugestão e contribua para o bom planejamento de nossa cidade!

desta segunda-feira, a Perícia também esteve na pedreira, que fica às margens da RS-474, numa estrada conhecida como Aldeia Velha. Foram encontrados objetos e a moto do irmão do homem preso à noite passada em Cotiporã. A Polícia agora quer saber se a quadrilha esteve na pedreira antes ou depois do ataque à fábrica de jóias da Serra gaúcha. (Fonte Litoralmania)

Equipe de Garçons Pedro Santos oferece seus serviços com sua equipe qualificada para todo tipo de festa: bailes, coquetéis, casamentos e aniversários.

Fones: 8222.1528/ 9439.0651/ 9668.0684


14

QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

João Luiz Gamba, (mais conhecido como Dido), reuniu familiares e amigos para comemorar seus 5.0!!Turma animada, dança e “bailado”, no Condominio Belle Ville, no sábado, dia 22/12.

Amigos de infância, Indio Rufino e sua Preta, confraternizando com o aniversariante Dido Gamba.

Mãe e filha Belas, mãe e filha, Janice e Renata Gomes em noite de inauguração, À LENHA PIZZARIA, em Capão da Canoa.

Família Salazar

Família Gamba

50 anos de João Luiz Gamba (DIDO)

Janice e Renata

C M Y K

Natividade Natal dos queridos familiares Ramos e Salazar, na residência do casal Alexandre Ramos e esposa Luciane Salazar (Mana) e filho Arthur.


QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 203

O folclore que resiste Maurício Carvalho Dias - interino

Conversando estes dias com um amigo de fora do RS, notei que realmente Osório encontra-se em uma região de riquezas culturais muito sólidas. Em poucos minutos, pude relacionar pelo menos três manifestações que ligam nossa cidade e região ao passado: o Auto dos Maçambiques (Festa do Rosário), as Cavalhadas e os Ternos de Reis. Sabemos que as culturas luso e africana se fazem presentes por quase todos os lugares do Brasil, especialmente da faixa litorânea, desde o nordeste até o pé do Rio Grande do Sul. Em vista de sua origem escravista e imperial, diversas marcas foram deixadas como vestígios para nós deste passado não muito distante. Aqui na Terra dos Bons Ventos, sempre no mês de Outubro, os dançantes fazem reverência à Rainha Ginga e Rei Congo, num dos mais resistentes símbolos culturais e políticos do sul do país. Vale lembrar que os Maçambiques de Osório são os únicos remanescentes nas terras gaúchas, e em seus eventos atraem pessoas de diversas cidades vizinhas e até estudantes em busca de pesquisas e informações para trabalhos acadêmicos. Outra importante manifestação folclórica de origem ibérica e que instalou-se nos principais núcleos portugueses no Estado são as Cavalhadas, que segundo mostram pesquisas históricas, surgiram no reinado de Carlos Magno, na França, que se destacou pelo combate ao Islã, no final do século VIII. O objetivo era destacar as vitórias do cristianismo sobre o islamismo, o que levou o esporte a se tornar muito popular também em Portugal e Espanha, que sofreram bastante com uma prolongada dominação dos muçulmanos, os mouros, como eram conhecidos na Península Ibérica. Aqui no Estado, as festas de Cavalhadas ocorrem nos principais núcleos portugueses, como por exemplo a nossa cidade-mãe Santo Antônio da Patrulha, Gravataí e Caçapava do Sul. As Cavalhadas consistem em dois grupos, de cristãos – azuis- e mouros – vermelhos -, com 12 cavaleiros cada um, número esse

que remete aos 12 Pares de França. Os diálogos das Cavalhadas, entre os embaixadores dos dois lados, também têm inspiração histórica, vindas de diversos romances de cavalaria. A popularidade das Cavalhadas no Rio Grande do Sul foi impulsionada pela tradição do estado ligada ao cavalo, em decorrência das características da formação histórica do homem gaúcho e do próprio Estado, fortemente marcadas pelas lutas de fronteira e revoluções. Por fim, chegamos aos tradicionais Ternos de Reis. A tradição destes foi trazida para o Brasil pelos colonizadores luso-açorianos e é mantida principalmente no litoral do Brasil e no meio rural. O Terno de Reis é inspirado na história bíblica dos Três Reis Magos. Seguindo uma estrela que surge no céu no dia de seu nascimento, 25 de dezembro, Gaspar, Melchior e Baltazar, saem à procura do Menino Jesus, levando presentes (ouro, mirra e incenso) e chegam a Belém no dia 6 de janeiro, Dia de Reis.Adaptado aos folguedos lusitanos, o Terno de Reis canta a história durante o mês de dezembro até o dia 6 de janeiro. Os grupos formados por cantores e instrumentistas percorrem as casas do início da noite ao amanhecer.A apresentação se divide em três partes. Na chegada, saúdam os donos da casa e pedem licença para entrar. No segundo ato, louvam o menino Jesus em frente ao presépio. A cantoria é interrompida quando o dono da casa, seguindo o exemplo dos Reis Magos, presenteia o grupo com bebidas e comidas. A apresentação se encerra com o agradecimento e despedida. Segundo a cultura popular quem recebe o Terno de Reis em sua casa é abençoado. Recentemente, como forma de valorizar esta cultura de raiz, nossa cidade sediou mais um festival de Terno de Reis, com apresentações de grupos de várias cidades vizinhas e de outras regiões. Espero que tenham gostado...Um grande abraço e boa leitura à todos, até a semana que vem! http://www.facebook.com/ mauricio.carvalhodias

15


C M Y K

QUINTA- FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2013

16


edicao1229  

10.09.2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you