Issuu on Google+

2 de Setembro de 2011 // Sexta-feira // Semanário

Artista-mistério volta a “atacar” Regresso Depois de Carvide, a estação ferroviária de Monte Real foi o alvo de mais um ataque artístico Pág.10

Sérgio Claro

OFERTA átis hetes gr y, il b s o m it Te inema C para o C . Se é nosso em Leiriante ligue já assina 819 950. para 244 limitada. é A oferta

Colégios de Monte Redondo e de Amor assaltados Pág.11

Escolas Ensino de Espanhol continua a aumentar e rouba alunos ao Francês Pág.6

Especial Barosa Festa anima freguesia com artistas da região e jogos tradicionais Pág.49

137

Mercado Oito hotéis com 467 quartos estão a nascer no distrito Pág.20

Desporto Câmara de Leiria pode recuar nas negociações com os clubes Pág.16

Ofertas de emprego nesta edição

Farmácias Necrologia Classificados Signos

Pág. Pág. Pág. Pág.

40 41 44 55

Francisco Rebelo dos Santos os Obrigado Carlos Cardoso o Última €1,10 (IVA 6% incluído) // Director Francisco Rebelo dos Santos // Directora Executiva Patrícia Duarte // Ano LXXVI // N.º 3885

PORTE PAGO

Leiria 181 famílias já pediram ajuda para pagar conta da farmácia Pág.9


Voz da Região A pergunta da semana Editorial Mais um abalo o último fimde-semana escreveu-se uma página negra na história da liberdade de imprensa em Portugal. Veio a público que elementos do Serviço de Informações Estratégicas de Defesa tiveram acesso ao registo telefónico de um jornalista do Público, quando este investigava questões relativas àquele serviço. Na sequência desta notícia, o primeiro-ministro determinou a abertura de um inquérito e o ex-director das “secretas” será ouvido no Parlamento. A direcção do Público afirma que este caso não diz apenas respeito àquele jornal e àquele jornalista. Diz respeito a todos os órgãos de informação e a todos os profissionais do jornalismo. Não poderíamos estar mais de acordo. As dores de quem se viu envolvido neste processo são também as nossas dores. Este caso traduz um ataque gravíssimo à liberdade de imprensa e ao direito de reserva das fontes dos jornalistas. É um abalo demasiado forte no sistema democrático e na já de si tão tremida credibilidade das instituições. O desfecho desta história dirá muito da forma como o actual Governo vê a comunicação social. Uma ameaça à segurança do Estado (ao ponto de ser investigada pelas “secretas”) ou um pilar fundamental da democracia portuguesa? Patrícia Duarte Directora Executiva

N

Concorda que o princípio do utilizadorpagador seja aplicado pelas autarquias aos espaços desportivos municipais?

Não, ninguém deve pagar 27% Só as equipas profissionais devem pagar 24%

Deve sempre incluir o seu nome e a localidade.

2

Só os nãofederados devem pagar 3% Só os não-federados devem ficar isentos 0%

Nota: Os resultados apurados não têm qualquer valor científico, não correspondendo a qualquer sondagem ou estudo de opinião, ilustrando apenas a preferência de quem respondeu à nossa questão no site do REGIÃO DE LEIRIA na internet: www.regiaodeleiria.pt. Resultados até às 18 horas de quarta-feira passada.

Discordamos completamente. O município tem por obrigação apoiar o desporto, bem como a construção e conservação dos equipamentos. Aplicar o princípio trará consequências profundamente negativas para os jovens e mostrar-nos-á mais espaços desportivos municipais às moscas. Esta medida pode levar ao encerramento das colectividades. Carlos Guerra

Não estou de acordo que usem as instalações sem pagar, mas considero que a pagar as taxas não devem ser elevadas. Tudo depende do valor. Em Leiria, são muitos os clubes que utilizam os pavilhões e, talvez por isso, as taxas. Mas os clubes também estão em dificuldades e os subsídios das câmaras são cada vez menos. Belarmino Almeida

Membro da Assembleia Municipal de Leiria (PCP)

Director de futsal do Centro Recreativo da Golpilheira

Cartas dos leitores Somos seres humanos ou marginais? Nesta situação pagou o justo pelo pecador. Passo a citar esta triste e vergonhosa situação. No dia 18.8.2011, pelas 20 horas, a minha filha Sandra Mendonça foi às bombas do Intermarché abastecer o carro com dez euros de gasóleo. Por engano, utilizou para pagar um cartão de multibanco que já não estava activo porque tinha deixado o outro em casa. Entretanto, liga-me pedindo que fosse pagar os dez euros, visto ela não ter outro meio naquele momento para resolver a situação. Eu, Maria Filomena, mãe, estava a trabalhar e só saía à meia-noite. Trabalho num lar de deficientes e não podia deixar 19 utentes para vir dar assistência à minha filha. A minha filha liga-me novamente, nervosa, humilhada, envergonhada e desesperada, dizendo que não podia sair dali sem pagar aquele valor, mesmo deixando a sua mala com todos os seus pertences, documentos, telemóvel, etc. Entretanto o funcionário, Sr. Rúben Raimundo ligou para a colega responsável, Sra. Carla Pessoa, ao que esta responde que a minha filha não podia dali sair sem pagar, mesmo deixando tudo em posse do

Director: Francisco Rebelo dos Santos (C.P. TE nº 421) francisco.santos@regiaodeleiria.pt Directora Executiva: Patrícia Duarte (C.P. nº 2913) patricia.duarte@regiaodeleiria.pt Redacção: Carlos S. Almeida (C.P. nº 2830), Cláudio Garcia (C.P. nº 5104), João Carreira (C.P. nº 3139), Manuel Leiria (C.P. nº 4159), Marina Guerra (C.P. nº 8516), Martine Rainho (C.P. nº 2609) e Paula Sofia Luz (C.P. nº 2579) Fotografia: Joaquim Dâmaso (C.P. nº 5613). Correspondentes locais: Alexandra Pimentel (C.P. nº 8676), Armindo Vieira (C.P. nº 6771), Artur Ledesma (C.P. nº 2140) e Sandra Mesquita Ferreira (C.P. nº 8858) //redaccao@regiaodeleiria.pt

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

Envelhecimento activo

funcionário. Depois de 25 minutos foi dito que teriam de chamar a polícia para fazer o auto e só assim é que ela podia ir ter comigo para ir buscar os dez euros para pagar o gasóleo. A minha filha com tanta vergonha e humilhação, perante esta situação e retida durante 25 minutos, ligou a um amigo a pedir ajuda, onde ele deixa a sua vida pessoal e vem ao seu encontro para a socorrer desta triste situação, visto eu não poder vir em seu auxílio, visto só sair à meia-noite. A minha filha é uma cidadã e só a polícia a poderia reter ou manter presa e não uma mera e simples funcionária de um estabelecimento. É lamentável toda esta situação vergonhosa, desumana, humilhante, revoltante – reterem a minha filha por dez euros. Finalizo solicitando o profissionalismo desta empresa através da formação adequada aos seus colaboradores, nomeadamente ao Sr. Rúben Raimundo e à Sra. Carla Pessoa para que situações como esta não se repitam. Filomena Câmara

No âmbito do programa para a Saúde das Pessoas Idosas, o Serviço de Psicologia Clínica do Agrupamento de Centros de Saúde Pinhal Litoral I, Pombal, tem vindo a realizar sessões de sensibilização em várias instituições. Esta acção assenta na promoção de um envelhecimento activo e de incentivo à autonomia, independência e bem-estar dos idosos. No dia 26 de Agosto realizouse uma acção de sensibilização na APRAP (Associação de Pensionistas Reformados e Aposentados), em Pombal. Decorreu no período da tarde, com cerca de 20 pessoas com idades entre os 70 e os 90 anos, utentes do Centro de Dia desta instituição, e a participação do grupo foi bastante positiva. Irá ser agendada uma segunda sessão em Setembro com os utentes do Centro de Convívio da mesma associação. O envelhecimento não é um problema, mas uma parte natural do ciclo de vida, sendo desejável que constitua uma oportunidade para viver de forma saudável, mantendo a autonomia o mais tempo possível. Sónia Mira

Leiria

Psicóloga clínica, ACES Pinhal Litoral I

Cronistas: Andrea Sousa, António Cova*, António José Laranjeira, Francisco Figueiredo, João Borges Lourenço, João Fernandes Thomaz, João Santos, Manuel Portugal, Nuno Reis e Pedro Miguel

Fale connosco Sede: Rua D. Carlos I, 2-4 Apartado 102 2415-405 Leiria-Gare Telefone: 244 819 950 Fax: 244 828 905 Site: www.regiaodeleiria.pt Email: clubedoleitor @regiaodeleiria.pt. SMS: 962 108 739.

Só as equipas de formação devem ficar isentas 18%

Sim, todos devem pagar 28%

* Este cronista escreve ao abrigo do novo acordo ortográfico.

Departamento Comercial: Directora Alda Moreira alda.moreira@regiaodeleiria. pt // publicidade@regiaodeleiria.pt Gestores de Cliente: Iris Serrador, João Agrela (Coordenação), Lúcia Alves, Margarida Cordeiro, Maria do Carmo Rebelo e Sandra Nicolau. Departamento Gráfico: Cristina Silva (Coordenação) Paginação Rita Bernarda e Vítor Pedrosa. Projecto Gráfico: Nick Mrozowski Impressão: Imprejornal, S.A. Distribuição: Vasp

Tiragem média: 15.000 exemplares por edição Contactos: Rua D. Carlos I, 2-4 Apartado 102 - 2415-405 Leiria-Gare Telefone: 244 819 950 - Fax: 244 828 905 www.regiaodeleiria.pt Linha do Assinante Tel.: 808 201 933 assinaturas@regiaodeleiria.pt Propriedade: Empresa Jornalística Região de Leiria, Lda. Contribuinte Nº 500 096 805; Capital Social 250.000 euros; Detentores de mais de 10% do capital: Sojormedia, SGPS, António Barroca Rodrigues e Joaquim Barroca Rodrigues. Depósito Legal Nº 44 731 - 91. Título registado no ICS sob o nº 100 512. Gerência: Ângela Gil e Francisco Rebelo dos Santos

Departamento Financeiro: Ângela Gil (Direcção), André Pedro, Catarina Branquinho, Gabriela Alves e Patrícia Santos info@lenacomunicacao.pt Departamento de Marketing: Susana Santos (Coordenação) marketing@lenacomunicacao.pt Departamento de Recursos Humanos: Sónia Vieira (Coordenação) drh@lenacomunicacao.pt Departamento de Sistemas de Informação: Hugo Monteiro dsi@lenacomunicacao.pt Unidade de Projectos: Lúcia Silva (Direcção) projectos@lenacomunicacao.pt Membro de: Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação Associação Portuguesa de Imprensa


Os municípios devem incentivar a população a praticar desporto, e ao apoiar regularmente clubes, estão a estimular a sua participação e o equilíbrio financeiro. Já a sociedade civil, comparticipando com pagamentos simbólicos/sociais, tem por base a responsabilização, o respeito e manutenção das instalações e não a amortização ou despesa que determinada actividade possa custar. Ricardo Ribeiro

Acho que é uma situação lamentável, uma vez que estes espaços são públicos, construídos com o dinheiro de todos os contribuintes e por isso parece justo que sejam de livre acesso permitindo a instituições que promovam a prática de desporto num país cada vez mais sedentário e onde a taxa de obesidade aumenta de dia para dia. Alexandra Ferreira

Pergunta da próxima semana Concorda com a proposta do Bloco de Esquerda de criar um imposto de solidariedade sobre as grandes fortunas, para taxar o património global acima de dois milhões de euros ?

Ciclista

Pedido de esclarecimento

Comentários na net

A responsabilidade pela manutenção dos acessos à praia do Casal Ventoso, retratada na foto-denúncia da última edição do REGIÃO DE LEIRIA, é da ARH do Centro, e não da Câmara. Ou seja, compete à autarquia a manutenção apenas da Praia do Pedrógão, razão pela qual todos os anos se procede às intervenções necessárias nos passadiços e nas escadas, para que se encontrem nas melhores condições durante a época balnear. Esse é, aliás, um dos critérios para obter a Bandeira Azul. Isabel Gonçalves

“A prática do desporto e o acesso às condições para o praticar deve ser fomentada, tal como a cultura e a educação... o princípio do utilizador pagador contraria qualquer política de fomentação de práticas, sendo antes dissuasor. ”

vereadora

vereador da Câmara de Óbidos

Foto denúncia

Sara Mateus, via Facebook, em resposta à Pergunta da Semana

“É uma questão ingrata, temos de lembrar que os maiores utilizadores são os clubes que para funcionarem têm muitos voluntários a trabalhar na retaguarda. Temos é de colocar em causa se os clubes fazem dessa ocupação um negócio e aí sim concordo, ou se é a partilha de um serviço voluntário.” Gabriel Sonhador, via Facebook, idem

“Ai... um governo tudo compra, outro tudo vende. Meio termo não??” Ana Faustino, via Facebook, sobre a notícia “Câmara de Leiria quer vender 27 escolas desactivadas”

Os cinco artigos mais lidos no site 01 Sobe para quatro o número de vítimas mortais do acidente em Travasso 02 Calor e ventos fortes provocaram 18 focos de incêndio na região 03 Os melhores parques de merendas do distrito estão ao virar da esquina

Baleal É “engraçado” como uma “coisa” deixada neste estado pode passar despercebida até que alguém se magoa e reclama. Ainda assim, parece que a reclamante até agora não foi ouvida. Deixo aqui a minha ajuda ao seu lamento. Desta forma, de certeza que não contribuímos para que as pessoas voltem. Carlos Tiago, Peniche

04 GNR detém indivíduo por posse de canábis em Carreira, Leiria 05 GNR apanha 15 plantas de canábis na zona de Caldas da Rainha

Tomada de posição da Associação Portuguesa de Imprensa A Associação Portuguesa de Imprensa (API) vem tornar público que comunicou ao Tribunal de Contas (TC) e à Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) ter detectado que o concurso público lançado pela Autoridade Nacional das Comunicações (Anacom) para a realização de uma campanha de publicidade sobre a Televisão Digital Terrestre (TDT) não respeita os princípios de imparcialidade e isenção a que toda a

publicidade do Estado está obrigada pois exclui, de forma discriminatória, o suporte imprensa – quer em formato papel, quer em formato electrónico – dos que devem ser utilizados para esta campanha de publicidade, o que constitui também um entorse ao princípio da transparência. A API vem ainda sublinhar que a não utilização do suporte imprensa numa campanha da importância e responsabilidade nacional como a

da TDT só contribuirá para aumentar as deficiências de informação, já detectadas por entidades independentes como a Deco, que dificultarão o entendimento e a implementação da TDT em Portugal. A API já tinha comunicado à Anacom que a edição de um folheto semelhante a um jornal, com uma tiragem de vários milhões, durante os meses de Verão do corrente ano, não substituía o papel da imprensa numa cam-

panha de informação sobre a TDT, fundamental para a compreensão e entendimento pela população das alterações técnicas e custos adicionais necessários para a recepção do novo sistema de televisão de distribuição livre e em sinal aberto. A API aguarda com o maior interesse e empenho que as entidades fiscalizadoras e reguladoras se pronunciem urgentemente sobre esta preocupante situação.

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

3


Visto 29.08.2011 S. Pedro de Moel Já era, por tradição, um Verão muito especial. Água gelada, nevoeiro frequente, nortadas garantidas e sol fugidio fazem de S. Pedro de Moel - no concelho da Marinha Grande - um destino só para apaixonados. Este ano, é também um Verão quase sem areal. O mar reduziu a praia a metade, alegadamente devido à construção do novo molhe do porto da Figueira da Foz. Resultado: um cenário lunar, com uma barreira de pedras a separar os banhistas do oceano. Agora, cada mergulho começa com um número de equilibrismo. Foto: Sérgio Claro 4

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011


Região

Notícias desta semana

08 Turismo. Cada visitante do posto de informação de Pombal custa mais de 11 euros ao Turismo de Leiria/Fátima

11

Leiria. Mercado de Santana vai ter cobertura graças a um investimento de 700 mil euros

14 Batalha. GNR apreendeu veículos que eram furtados em todo o país e depois desmantelados

22 Mercado. Distrito de Leiria entregou 100 casas à banca durante o primeiro semestre

11

12 Marinha Grande. Associação de apoio a cidadãos com deficiência em sérias dificuldades financeiras

17 Ténis. Cláudia Gaspar, de Leiria, sagrou-se campeã nacional no escalão sub-16

22 Prejuízos. Contas da Leirisport na mira do Governo, que vai apertar controlo das empresas municipais

Incêndio. Ardeu auditório da igreja em construção na Quinta do Alçada, Leiria. Populares falam de terrorismo

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

5


Panorama

Línguas Espanhol conquista cada vez mais alunos Opção Será moda? Será mais fácil? Será porque abre novas oportunidades de estudo e trabalho? Certo é que o interesse pelo Espanhol tem crescido a olhos vistos em Portugal... e na região

Martine Rainho Há 20 anos, três escolas abriram caminho ao ensino do Espanhol como língua estrangeira em Portugal... para um universo de 35 alunos. Dez anos depois, eram pouco mais de três mil os estudantes interessados em aprender a língua de nuestros hermanos. O ano passado, 86.140 alunos escolheram o Espanhol como opção. Nos mais de 70 estabelecimentos de ensino básico e secundário do distrito de Leiria e concelho de Ourém (das redes pública e particular e cooperativa), já são mais de 3.600 os estudantes que escolheram o Espanhol como segunda língua estrangeira, num total de 231

turmas. Números que prometem aumentar nos próximos anos dado o crescente interesse manifestado pelos alunos e encarregados de educação. No Agrupamento de Escolas da Batalha, a vontade dos pais pesou na decisão de abrir novas turmas de Espanhol. Segundo Luís Novais, director do agrupamento, irão funcionar, este ano lectivo, quatro turmas no 7º ano (eram duas o ano passado), três no 8º e uma no 9º. São já mais de uma centena os alunos que têm aulas de Espanhol, tendo ultrapassado o número de turmas de Francês no que se refere ao 7º ano de escolaridade, refere Luís Novais, director do Agrupamento da Batalha.

Mas a que se deve tanto interesse, quando Espanha sempre esteve tão perto? Nuno Monteiro, da Associação de Pais da Batalha, entende que a influência do Espanhol “é cada vez mais preponderante a nível mundial” e “os pais estão atentos a essa mudança”. “O Francês tem vindo a decair e os pais têm procurado novas alternativas” para os filhos em termos de aprendizagens. E a do Espanhol “parece uma evolução normal e natural”, considera Nuno Monteiro, defensor de que as escolas devem proporcionar essa oferta aos alunos, sendo que “o custo dessa opção é claramente inferior ao benefício que oferece”. A Associação Portuguesa de Professores de Espanhol Língua Estrangeira (APPELE) atribui, por sua vez, outras razões ao manifesto interesse pelo Espanhol, nomeadamente a possibilidade de ir estudar para Espanha, o facto de ser uma língua próxima e, a priori, fácil, e a possibilidade de tirar uma boa nota e aumentar médias. Certo é que o Espanhol é uma das línguas mais faladas no contexto internacional, com mais de 400 milhões de falantes. Dado que a Escola Secundária Calazans Duarte, na Marinha Grande, não descurou de todo, surgindo na região de Leiria como o estabelecimento de ensino com mais turmas de Espanhol. O ano passado, abriu 24 turmas de Espanhol, num total de 290 alunos, contra 13 turmas de Francês (116 alunos). “Há alunos que admitem a possibilidade de prosseguirem estudos ou trabalharem em Espanha”, justifica Cesário Silva, director da escola, referindo ainda o interesse de outros em iniciarem uma nova língua “mais próxima do Português”, e porventura mais fácil do que o Francês. martine.rainho @regiaodeleiria.pt

Evolução do número de alunos de Espanhol, professores e escolas que leccionam a disciplina em Portugal nos últimos 20 anos alunos professores escolas Fonte: Consejería de Educación 35

3

1991-92

6

90

1992-93

5

180

7

1993-94

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

575

20

1994-95

734

20

1995-96

820

20

1996-97

1000

28

26

1997-98

1517

39

33

1998-99

2342

44

71

36

1999-00

40

2520

2000-01


Região // Panorama

Professores investem em novas licenciaturas

Francês perde terreno como segunda língua estrangeira

Nº de alunos de Espanhol no ano lectivo 2010-2011 Nº de alunos de Francês no ano lectivo 2010-2011 Fonte: ME (dados provisórios)

O concelho de Leiria ganha este ano lectivo mais três turmas de Espanhol, num total de 44. Duas resultam do contributo do Colégio Dinis de Melo, que pela primeira vez abre duas turmas do 7º ano. “Percebemos que não poderíamos fugir” ao interesse manifestado pelos alunos e que “teríamos que dar uma resposta positiva” a essa procura, adianta Fernando Cruz, director pedagógico. A oferta no 7º ano está ainda disponível nas EB 2,3 D. Dinis e José Saraiva, na EBI de Colmeias, e nas Secundárias da Maceira e Afonso Lopes Vieira, que oferece também essa opção aos alunos a partir do 10º ano. Na José Saraiva, irão funcionar 15 turmas de Espanhol

contra sete de Francês. Quatro ainda são mistas, integrando alunos de Espanhol e outros de Francês. Já na D. Dinis, o interesse divide-se entre o Francês e o Espanhol com 11 e 12 turmas respectivamente. Para Fernando Cadima, director da EB D. Dinis, houve uma mudança do ponto de vista cultural e da forma como se encara a Espanha. “No passado, a França era um referencial cultural muito importante, mas perdeu impacto nas novas gerações em várias áreas”. “Nos tempos que correm, tem que haver uma matriz mais diversificada em termos de línguas estrangeiras”, sustenta Jorge Bajouco, director da Escola da Maceira, que

3.618 No último ano lectivo, e segundo dados provisórios do Ministério da Educação, foram constituídas 231 turmas de Espanhol (algumas mistas ) em 26 dos 71 estabelecimentos do Ensino Básico e Secundário da região. Inscreveram-se 3.618 alunos inicia o seu terceiro ano no ensino do Espanhol. Tanto quanto a Secundária Afonso Lopes Vieira que oferece este ano mais duas turmas de Espanhol, uma no 9º ano e outra no 12º. Também na EBI de Col-

meias, o Francês tem perdido terreno, não obstante o esforço da professora coordenadora que se tem desdobrado para motivar os alunos, revela Fernando Elias, director. “Julgo que tem a ver um pouco com modas”, acrescenta. Atenta à evolução dos tempos e ao aumento da procura pelo Espanhol, Graça Morgado, professora de Francês nas Colmeias, decidiu, em boa hora, tirar uma licenciatura em Francês/Espanhol, que concluiu o ano passado. Para Graça Morgado, a preferência pelo Espanhol é “uma questão de moda”, e lembra que, há dois anos, nenhum aluno escolheu Espanhol no 7º ano. Já no último ano lectivo, abriram-se duas turmas nesse ano, uma das

A legislação mudou. Aos professores de Espanhol é, este ano lectivo, exigido o grau de licenciatura ou mestrado em Espanhol. Se antes bastava estar formado pelo Instituto Cervantes, agora é necessária formação superior. Ainda assim, caso não haja candidatos com essa qualificação académica para uma determinada vaga, é possível aos professores de Espanhol com outro tipo de formação concorrerem e garantirem um lugar. Professora há 22 anos, Graça Morgado, docente de Francês na EBI de Colmeias, investiu numa licenciatura em Francês/Espanhol. Aproveitando algumas equivalências, concluiu o curso em dois anos.

quais mistas. Mas o facto de na zona de Colmeias residirem algumas famílias oriundas da Venezuela poderá também ter concorrido para uma mudança de interesses na escolha da segunda língua estrangeira, avança a docente. Ainda assim, acrescenta, “a maior influência vem dos pais que escolhem e acham que é uma mais-valia para os filhos, caso pretendam no futuro estudar em Espanha”. “Acham que o Espanhol é muito parecido com a nossa língua e muito mais fácil. Muitas pessoas vão atrás do facilitismo”, sustenta, embora sublinhe que o Espanhol não é tão fácil quanto parece. “Sou suspeita mas é mais difícil do que o Francês”, nota. 585

86140 872

579

72625 730 428 50988

541

309 395 216 261 204 86

94

52

3029

2001-02

124

62

3824

2002-03

153 75

5615

2003-04

138 17426

92

6787

2004-05

32788

10235

2005-06

2006-07

2007-08

2008-09

2009-10

2010-11

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

7


Região // Panorama

Posto de turismo da Batalha tem o custo por visitante mais baixo da região Foto de Arquivo: Joaquim Dâmaso

Visitantes de Pombal são os mais “caros” da região Cada visitante do posto de informação de Pombal custa mais de onze euros ao Turismo de Leiria-Fátima. A braços com sérios problemas de tesouraria, a instituição conta com as câmaras para suportar custos com postos de turismo Carlos S. Almeida Cada turista que entrou no posto de turismo de Pombal o ano passado “custou” mais de 11 euros à Entidade Regional de Turismo de Leiria-Fátima. As contas são da própria entidade e resultam da divisão dos custos de funcionamento do posto pelo número de turistas que o visitaram. Resultado: 11,56 euros. Pombal é o topo da pirâmi-

de dos custos “per capita” de cada um dos onze postos de turismo que integram a rede do Turismo de Leiria-Fátima. No campo oposto “mora” o posto da Batalha, aquele que consegue o menor custo médio por visitante: 87 cêntimos. Em termos absolutos, o posto da Batalha até é mais caro que o de Pombal, com 22 mil euros contra 16 mil euros de custos anuais de funcionamento, respectivamente.

Mas é o número de visitantes que faz inverter a balança. As 1.387 pessoas que visitaram o posto de Pombal contrastam com as 25.576 que entraram no posto de informação na Batalha. Este desequilíbrio é uma das faces a limar com o plano de saneamento financeiro que actualmente está em marcha. O objectivo central passa por assegurar maior saúde financeira para a entidade – que já assumiu publicamente os problemas de tesouraria, incluindo dificuldade em assegurar salários – partindo em seguida para uma estratégia que a faça ganhar visibilidade e escala. Uma medida imediata para incrementar

17 Com um total de 17 funcionários, a Entidade Regional de Turismo de Leiria-Fátima aposta agora numa maior rentabilização dos 11 postos de turismo que a compõem

a produtividade dos recursos humanos afectos ao turismo de Leiria- Fátima passa pelo incremento da colaboração com os municípios onde os postos estão inseridos. De resto, para além de integrarem

a direcção do Turismo, os autarcas estão agora a assumir a respectiva quota-parte nos custos de funcionamento. Depois de Porto de Mós ter concordado custear o funcionamento do respectivo posto de turismo, Marinha Grande, Batalha e Ourém já decidiram seguir-lhe o exemplo. Os executivos de Pombal e Leiria deverão debater o assunto em breve. Confrontado com uma redução para cerca de um terço das transferências financeiras por parte da administração central (em relação aos valores de há poucos anos atrás) o Turismo de LeiriaFátima necessita de uma outra ajuda dos municípios. Estes deverão transferir com brevidade, para o Turismo, as verbas referentes a eventos que contem com apoio comunitário. E a comparticipação de Bruxelas será devolvida pelo turismo, meses depois, quando for efectivamente recebida. Entre os responsáveis do Turismo de Leiria-Fátima, a conquista de nichos de mercado e a necessidade de ganhar escala são objectivos considerados essenciais. O estreitamento de relações ou uma fusão com o Turismo do Oeste é uma das hipóteses em aberto. António Carneiro, Presidente de Turismo de Oeste, considera o cenário de fusão desprovido de sentido. Mas nem todas as portas estarão fechadas. Paulo Fonseca, presidente do Turismo de Leiria-Fátima deverá jantar na próxima semana com António Carneiro. A união de esforços deverá estar na ementa. carlos.almeida @regiaodeleiria.pt PUBLICIDADE

8

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011


Região // Panorama

181 famílias já receberam ajuda para pagar medicamentos

Cláudio Garcia Julieta Ramusga calcula que deixou mais de 500 euros no balcão da farmácia no ano passado. Para quem vive com uma reforma de 217 euros mensais, como ela, qualquer ajuda nos tratamentos para a diabetes e hipertensão surge quase como uma bênção. E por isso se percebe o agradecimento: “A Câmara fez uma coisa muito bonita”, sublinha, na sala do apartamento do bairro Sá Carneiro onde reside sozinha aos 65 anos. Entre 1 de Janeiro e 31 de Julho, o município de Leiria apoiou 181 famílias, constituídas por 396 adultos, jovens e crianças, na aquisição de medicamentos junto de 28 farmácias do concelho. Mas o número de candidaturas é mesmo superior: 250 (72% de aprovação). “O balanço é claramente favorável”, diz a vereadora Lurdes Machado, que tem o pelouro da acção social. “Apesar de o regulamento inicial ter sofrido alterações, com o objectivo de abranger um maior número de beneficiários, é nossa intenção voltar a alterá-lo, uma vez que actualmente o apoio é atribuído por agregado, independentemente do número de elementos, o que constatámos não ser a solução mais justa”, esclarece. Cada agregado acede a um máximo de 100 euros. O orçamento para 2011 ascende a 72 mil euros. “Nesta fase, não sentimos necessidade de reforçar. Além disso, a situação financeira da Câmara é bastante difícil, o que inviabilizaria essa medida”, reconhece a vereadora, notando que “ao criar este mecanismo de apoio às famílias carenciadas”, a autarquia quis “contri-

buir para erradicar a pobreza e a exclusão social”. O número de candidaturas revela uma realidade nem sempre reconhecível ao primeiro olhar. “É muito vulgar hoje em dia as pessoas não levantarem a receita toda porque não têm meios para isso”, conta António Antunes, proprietário da Famácia Lis, onde Julieta Ramusga é cliente. As farmácias, que neste programa cedem os medicamentos e só mais tarde vão receber do município, “têm uma função social a cumprir”, lembra o farmacêutico. Logo depois de Leiria, é na freguesia de Marrazes que reside a maioria das famílias apoiadas. Algo que a presi-

Escalão de rendimentos do agregado familiar

Idades dos elementos que compõem o agregado

dente de Junta, Isabel Afonso, explica com a elevada população residente e as “muitas carências, a diversos níveis”. Desemprego, doença e famílias numerosas desenham uma comunidade com “casos de índole social de muita degradação”, alerta a autarca. “É uma freguesia com muitos casais jovens, mas também muitos idosos e famílias monoparentais e de risco”, diz, admitindo que “as necessidades têm aumentado e vão continuar a aumentar”. Podem candidatar-se a subsídio na aquisição de medicamentos, junto das farmácias, Câmara ou juntas de freguesia, todos os agregados familiares cujo rendimento mensal não ultrapasse 340 euros. Até agora, 68% dos beneficiários são residentes nas freguesias de Leiria e Marrazes. Um terço são pessoas que vivem sozinhas. claudio.garcia @regiaodeleiria.pt

Tipo de agregados

Infografias: Rita Bernarda

Câmara de Leiria aprovou 72% das candidaturas. Cada agregado recebe até 100 euros. É nas freguesias de Leiria e Marrazes que reside a maioria dos beneficiários. Um terço são pessoas sozinhas

Residência dos beneficiários

PUBLICIDADE

1 Set’ 1 18 de às 15h

ntara Ópera - Alcâ boa) Galé l Vila da Ponte sos de Lis te o H nde Agres LISBO ssa do Co o de Con Trave do Centr o rt (Pe

+im70 óveis para ve nda

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

9


Aqui perto Leiria

Vale a pena quebrar o anonimato?

O nosso jornal recebeu uma imagem que sugere tratar-se de um trio que actua de madrugada

Artista-mistério escolhe Monte Real para regressar com ataque criativo Carlos S. Almeida Depois da menina de Carvide, eis que o misterioso artista volta à carga. Desta feita, a estação ferroviária de Monte Real foi a “vítima” de mais um ataque criativo. Um homem, aparentando estar apressado para apanhar o comboio, mora numa das paredes da estação, ao que tudo indica, desde o início desta semana. O método aparenta ser semelhante – o recurso ao stencil – e mais uma vez o artista conseguiu suscitar a curiosidade e o comentário em torno de nova intervenção. Que o diga Tânia Gaspar, arquitecta estagiária da Marinha Grande que, no final da tarde da última quartafeira, se deslocou à estação de Monte Real para conferir de perto o graffiti. “Vimos o artigo no REGIÃO DE LEIRIA [referente à imagem da menina no cemitério de Carvide] e amigas minhas de Monte

10

Real comentaram que estava aqui esta imagem e viemos”, conta. “Uma intervenção deste género chama a atenção pois trata-se de um fenómeno mais habitual em grandes centros urbanos”, comenta. Para Tânia Gaspar, este tipo de acções ajuda a desconstruir o preconceito negativo em torno dos graffitis. Já João dos Santos, docente na Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha, do Instituto Politécnico de Leiria, e membro do colectivo a9)))), aponta para o humor que perpassa na nova imagem: “Pode ser analisada com humor se levantarmos a questão de um ponto de vista objectivo: quem é que precisa de correr a acenar para um comboio que nunca passa? Ou será um aceno para uma linha que tem sido abandonada entre discursos de requalificação?”, questiona. Levando esta ideia em mente, sobra a convicção de que “podemos estar na presença

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

Quem é que precisa de correr a acenar para um comboio que nunca passa? Ou será um aceno para uma linha que tem sido abandonada entre discursos de requalificação?” João dos Santos docente na Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha e membro do colectivo a9))))

de uma obra de arte crítica da utilização do espaço público e deste modo penso que o abuso cometido na parede reflecte o abuso cometido na linha do Oeste”, diz. E quanto à imagem de Carvide? “Há uma imagem de uma menina que flutua dentro do muro (a sombra da menina não está no chão rente ao muro, mas num chão que se prolonga para dentro do muro), apelando a um sentido de imponderabilidade e a uma ideia de libertação que não admite que a tristeza cândida da imagem perturbe quem lá vai”. No entender do docente, a imagem, “pelo equilíbrio que propõe, tende a ser adoptada pela população e a transformar-se num referencial do espaço público, do bom uso que um indivíduo faz dele”. Sob a capa do anonimato, a arte está à solta. Quem sabe, numa parede perto de si. carlos.almeida @regiaodeleiria.pt

Muito embora o REGIÃO DE LEIRIA se tenha multiplicado em esforços para identificar os autores, há quem defenda que o anonimato, nestes casos, é meritório. A investigação contou mesmo com a colaboração de um site especializado em arte de rua (www.streetartportugal.com) que lançou o apelo para que fossem identificadas pistas visando descobrir o autor. De facto, foram vários os indícios investigados, sem sucesso até ao momento. Contudo, João dos Santos, docente na Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha, relativiza a questão e valoriza o anonimato: “Nestes casos penso que o anonimato é fundamental para a eficácia da comunicação e que não deve ser entendido como uma fuga à responsabilização. Como é que olharíamos para estas imagens se conhecêssemos o autor (ou autores)?”. Para já, o uso do plural parece fazer sentido. Uma foto enviada para a nossa redacção, sem indicação de remetente, aparentando ter sido tirada na fase final da pintura do graffiti de Monte Real, indicia que não se trata de um artista isolado, mas antes de um trio que actua de madrugada (o relógio da estação marca as quatro horas). Na foto, é possível distinguir dois vultos e será lógico assumir que um terceiro elemento tenha tirado a foto. Não obstante, apesar de contactados vários autores da região, nenhum reconheceu a “paternidade” desta intervenção. Pelo que o mistério arrisca perpetuar-se. Tal como os graffitis.


Região // Aqui perto

Incêndio destrói auditório de igreja na Quinta do Alçada

Água de Leiria entre as mais caras do país

Paula Sofia Luz Marina Guerra

O custo de uma factura de água e saneamento com consumo de 10 metros cúbicos no concelho de Leiria era, em 2009, o quarto mais alto do país, entre 308 municípios, de acordo com um levantamento efectuado pelo Jornal de Notícias. Considerando a despesa mensal, com IVA e TRH incluídos, na casa dos 22,5 euros, cada leiriense dispendia 270 euros por ano. Ora, este valor ficava apenas abaixo de três concelhos: Paços de Ferreira, Torres Vedras e Albergaria-a-Velha, com gastos de 314 euros, 282 euros e 274 euros, respectivamente. Isto considerando somente os clientes do segmento doméstico. O ranking apresentado pelo JN baseia-se em dados referentes ao ano de 2009 fornecidos pela Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Saneamento. O concelho de Peniche surge no 17º lugar.

A obra ainda não está concluída e já está parcialmente destruída. A nova Igreja da Quinta do Alçada, em Marrazes, foi atingida por um incêndio, há cerca de quinze dias, que deixou parte do auditório destruído. Os estragos provocados pelo incêndio estenderamse ao restante edifício e atingiram salas e o templo com manchas e cheiro de fumo. A notícia chocou os populares que entendem tratar-se de um “acto de terrorismo”, e suspeitam de “mão criminosa”. “Isto abalou-me bastante. Soubemos dois dias depois do incêndio. Elementos da comissão [da Capela do Bairro das Almoinhas] foram mostrar as obras a uns emigrantes e depararam-se com aquilo”, afirma o padre Augusto Gonçalves, adiantando que não se formaram

Populares suspeitam de mão criminosa e falam em “acto de terrorismo” Foto: João Matias chamas, apenas “o fumo e a cinza que se entranharam nas salas e no próprio templo”, consumindo lentamente o mobiliário existente. A Polícia Judiciária de Lei-

ria está a investigar o caso, mas até à passada quartafeira, os responsáveis da comissão não tinham recebido mais detalhes sobre o caso. Quanto aos estragos pro-

vocados, o valor ainda não foi calculado e só quando concluídas as operações de limpeza será possível encontrar um valor. paula.luz@regiaodeleiria.pt

700

Colégios de Monte Redondo e Amor assaltados

Mercado de Sant’Ana vai ter cobertura

Os colégios Dr. Luís Pereira da Costa, em Monte Redondo, e Dinis de Melo, em Amor, foram assaltados na última semana, em dias distintos. Segundo apurámos, os meliantes arrombaram, nos dois casos, portas e janelas para poderem aceder aos cofres. Do seu interior, foram furtados diversos valores, cujo montante não foi possível confirmar junto das respectivas administrações. O primeiro assalto foi reportado à GNR no passado dia 21 de Agosto, confirmou aquela fonte policial. De acordo com a mesma fonte, o cofre foi cortado, tendo sido levado o dinheiro que

Cerca de 700 mil euros é quanto custa colocar uma cobertura no Mercado de Sant’Ana. A obra já se encontra em curso e é financiada em 70 por cento pelo programa PALOR (Programa de Acção para a Regeneração do Centro Histórico de Leiria). A cobertura vai permitir à Câmara realizar naquele espaço eventos como o festival da Irreverência ou a festa da flor, para os quais habitualmente era alugada uma tenda. Por outro lado, a criação de uma galeria de arte também faz parte do projecto.

ali se encontrava. Para perpetrar o crime, os autores provocaram vários danos estimados em cerca de dois mil euros. O REGIÃO de LEIRIA procurou obter mais informações junto da administração do colégio, mas tal não foi possível até ao fecho desta edição.

Cofres na mira dos assaltantes Dias depois, quinta-feira da semana passada, a GNR recebeu nova participação relativa a um assalto ao Colégio Dinis de Melo, cometido nessa noite. Segundo fonte policial, o modus operandi dos assaltantes assemelha-se ao re-

Grelhas foram repostas no Marachão

gistado em Monte Redondo. Também neste caso, foram furtados diversos valores do cofre e provocados prejuízos materiais elevados, de valor ainda não apurado até ao fecho desta edição. Ao REGIÃO DE LEIRIA, Fernando Cruz, director pedagógico do colégio, confirmou a ocorrência. Afirmando não poder prestar mais informações, adiantou terem sido causados muitos estragos. O caso está a ser investigar pela GNR, que se afirma atenta ao problema, até porque, nota a mesma fonte, “os assaltos a estabelecimentos de ensino não têm sido muito comuns”. MR

A Câmara Municipal de Leiria repôs as grelhas de seis condutas de águas pluviais, na zona do Marachão, furtadas há cerca de mês e meio. Na sequência do furto, a autarquia tinha encontrado uma solução provisória, cobrindo as condutas com placas de contraplacado. No entanto, a situação de perigo mantinha-se, uma vez que as placas não estavam fixas. Há duas semanas, o REGIÃO DE LEIRIA noticiou este caso, na sequência de uma chamada de atenção feita por um cidadão. Na altura, a Câmara de Leiria avançou com o compromisso de substituir as grelhas na semana seguinte, o que veio a acontecer.

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

11


Região // Aqui perto

Marinha Grande

Crise ameaça futuro de associação de deficientes A crise económica arrisca colocar em causa o apoio à população portadora de deficiência no distrito. Com sede na Marinha Grande, a delegação de Leiria da Associação Portuguesa de Deficientes, enfrenta sérias dificuldades financeiras, revela Maria José Ruivo, presidente da direcção. “Dependemos essencialmente de donativos de autarquias e mecenas do sector privado e com a crise e respectivos cortes orçamentais, a situação está muito complicada”, adianta. Esta responsável admite que a execução do plano de actividades previsto para este ano está em risco. O facto de serem donos da própria sede e o apoio da Segurança Social, que suporta

Se forem muitos a ajudar, mesmo com um pequeno donativo, será possível continuarmos com as nossas actividades. De outra forma será difícil” Maria José Ruivo presidente da delegação de Leiria da Associação Portuguesa de Deficientes

80 por cento dos custos com três colaboradores da delegação, evita males maiores. “O problema está agora em assegurar os 20 por cento restantes”, admite Maria José Ruivo. As acções de sensibilização, colóquios e eventos desportivos que a delegação da APD prevê para este ano estão na linha da frente dos eventuais cortes. Outro alvo saído da austeridade que atinge esta associação com cerca de um milhar de sócios no distrito, é a equipa de basquetebol em cadeira de rodas da APD. As verbas não chegam para a renovação de material e “a médio prazo não sei se podemos continuar a manter o ritmo em termos de participações a nível nacional”.

Visto

Amieira A comemorar os 60 anos de actividade, o Clube Desportivo e Recreativo de Amieira, encheu a casa dia 27. O comediante Herman José foi o cabeça de cartaz numa noite cheia de humor. Foto: CDRA PUBLICIDADE

UNIVERSIDADE DE COIMBRA ALCOBAÇA CURSO DE FORMAÇÃO ESPECIALIZADA EM ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR Objectivos O Curso de Formação Especializada em Administração Escolar tem como objectivos: Ω qualificar os docentes para o desempenho de funções de natureza administrativa; Ω melhorar a gestão das unidades de ensino; Ω preparar técnicos devidamente qualificados para o preenchimento de cargos de direcção nos estabelecimentos educacionais e de ensino. Destinatários Todos os educadores de infância, professores do ensino básico e professores do ensino secundário profissionalizados e com, pelo menos, cinco anos de serviço docente. Titulação O curso de especialização em Administração Escolar é titulado por um diploma de estudos superiores especializados, de acordo com o Dec.-Lei n.º 95/97, art. 5.º Estrutura e Duração do Curso O Curso é estruturado em dois semestres, totalizando 300 horas efectivas de formação. Propina 1500 € (quatro prestações: 1ª no acto da matrícula, 2ª Janeiro de 2012, 3ª em Março 2012, 4.ª e última em Maio de 2012). Funcionamento Centro de Estudos Superiores - Universidade de Coimbra, em Alcobaça Às sextas-feira das 14h às 20h e aos sábados das 9h às 13h. Candidaturas Documentos necessários à candidatura: Uma fotografia; Cópia do Bilhete de Identidade, Cartão do Cidadão ou Passaporte; Cópia do n.º de contribuinte; Certificado de habilitações; Certificado de profissionalização (para os professores não formados em via de ensino); Curriculum Vitae; Declaração do tempo de serviço. Taxa de candidatura: 50 € Apresentação das candidaturas online no site: https://www.uc.pt/go/candidaturas Mais informações através do site www.uc.pt/candidatos email: candidaturas@uc.pt ou pelo telefone: 239 85 99 00 - de seguida marque 3 - de seguida marque 1. Prazos Entrega das candidaturas: de 05 a 16 de Setembro de 2011 Início das aulas: 23 de Setembro de 2011 Todas as dúvidas e informações adicionais deverão ser comunicadas para o Secretariado: Centro de Estudos Superiores Universidade de Coimbra - Alcobaça Praça 25 de Abril, n.º 75 2460-018 Alcobaça | Telefone: 262 580 870 Fax: 262 580 871 Correio electrónico: cesuca@ci.uc.pt

12

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

Rua do Cemitério (1/9/2011 a 7/9/2011) Rua de São João (8/9/2011 a 22/9/2011) Rua do Valverde (23/9/2011 a 12/10/2011) Rua do Outeiro Pomar (13/10/2011 a 31/10/2011)


Região // Aqui perto

Ourém

Um gesto, uma bike

Câmara quer rescindir contrato com Aquino Construções Alexandra Pimentel O executivo de Ourém deliberou por unanimidade a intenção de rescindir o contrato com a empresa Aquino Construções, responsável pela obra de requalificação da Avenida D. José Alves Correia da Silva, em Fátima, e que se encontra em processo de insolvência. Paulo Fonseca, presidente do município, enumerou os factores que levaram à decisão da Câmara, sendo a obrigatoriedade de cumprir os prazos estipulados à luz do contrato de financiamento assinado com o QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional) uma das maiores preocupações. “A obra está num estado

atrasadíssimo, está realizado cerca de 3% ao fim de todos estes meses”, lamentou o autarca, acrescentando que é imperioso cumprir os prazos para ter acesso à comparticipação de 80% do valor elegível. O prazo de execução é de 450 dias e termina em Junho de 2012. Contudo, a obra já tem um atraso de 100 dias e o próximo passo será lançar um novo concurso, de forma a garantir a sua continuidade. Por outro lado, a assembleia de credores da Aquino Construções está marcada para dia 6 de Outubro, altura em que será apresentado um projecto de recuperação da empresa. alexandra.pimentel @regiaodeleiria.pt

A assembleia de credores da empresa será a 6 de Outubro

Tem em casa uma bicicleta de BTT de criança que já não é usada? Se sim, no dia 18 de Setembro pode entregála em Ourém, no centro de Negócios, durante a VII Rota dos Pinheiros. Trata-se de uma acção de solidariedade levada a cabo pela Câmara e o BTT Clube dos Pinheiros, em parceria com a loja de bicicletas Fatibike. A iniciativa “Um Gesto, uma Bike” tem como objectivo a recolha de bicicletas, que após totalmente restauradas, serão entregues a crianças do concelho. “Podem entregar qualquer bicicleta, independentemente do estado em que estiver. Nós concertamos o que for necessário,” adiantou Mauro Lourenço, proprietário da Fatibike. PUBLICIDADE

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

13


Região // Aqui perto

CAMPEONATO NACIONAL

TRIALBIKE

Batalha

Alguns dos veículos já desmantelados, apreendidos pela GNR

Armazém escondia carros roubados em todo o país

10 SETEMBRO 2011 OURÉM - PARQUE LINEAR 20.00H Início Competição 5 ZONAS

PEDRA . PALETES . BOBINES . MANILHAS BETÃO . PNEUS

4 CATEGORIAS

EXTREMA . GRANDE . MÉDIA . REDUZIDA

o referido armazém que, apurou o REGIÃO DE LEIRIA, deverá situar-se na freguesia de São Mamede. Em comunicado, a GNR revela que o principal suspeito “encontra-se já referenciado”. As autoridades procuram um homem de 67 anos de idade e que “possui antecedentes criminais relacionados com esta mesma actividade”. A investigação aponta para um caso que assume contornos de prática de actividades ilícitas relacionadas com furto, receptação, desmantelamento e viciação de veículos. A busca no armazém começou no passado sábado, dia 27, e terminou na

segunda-feira seguinte, tendo sido levada a cabo pelos militares do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Leiria e dos postos territoriais de Batalha e Mira de Aire. Esta acção surgiu na sequência de uma denúncia anónima “que dava a conhecer que o principal suspeito estava na posse de um veículo furtado”, esclarecem as autoridades policiais. Para já, uma das prioridades passa por identificar as vítimas dos furtos. “A investigação vai prosseguir no sentido de identificar veículos furtados e pessoas lesadas”, acrescenta o comunicado da GNR.

Obras no IC9 revelam possível forno romano

dagem no local para verificar se o achado tem valor”. A obra tem contado com acompanhamento arqueológico por parte da empresa responsável pela construção da via e ao IGESPAR já foi dada notícia do achado. Por se encontrar numa zona exterior à plataforma da obra, junto à localidade de Celeiro, tudo indica que esta descoberta não irá implicar qualquer atraso na sua execução.

A GNR apreendeu um vasto conjunto de veículos que eram furtados em todo o país e desmantelados num armazém situado no concelho da Batalha. O lote de veículos apreendidos pela GNR num armazém da Batalha é extenso: 20 motores, 25 cabines de viaturas ligeiras e pesadas de mercadorias, uma viatura ligeira de passageiros, dois semi-reboques, três veículos pesados de mercadorias e 27 carroçarias de veículos ligeiros de mercadorias. Peças e ferramentas juntam-se à lista de artigos. As suspeitas das autoridades recaem sobre os indivíduos que arrendaram

14

COLABORAÇÃO:

APOIO:

ORGANIZAÇÃO:

INFO. WWW.UVP-FPC.PT

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

As obras de construção do Itinerário Complementar 9 revelaram, a semana passada, um achado arqueológico que poderá ser de origem romana. A possibilidade de se tra-

tar de um forno romano foi já levantada pelos especialistas, mas ainda não há certezas. António Lucas, presidente da Câmara da Batalha, prefere usar de cautela: “há que esperar pelos resultados da son-


Região // Aqui perto

Porto de Mós

GNR apanha “trio” do roubo por esticão

GNR fecha café do Parque da Vila por falta de licença

Três homens foram detidos na zona de Santarém, dia 23 de Agosto, suspeitos da autoria de roubos por esticão em Porto de Mós e Torres Vedras. Terá sido a viatura em que se deslocavam a suscitar o interesse das autoridades. Os suspeitos foram detidos quando a GNR identificou, na estrada que liga Santarém a Rio Maior, uma viatura referenciada como estando associada a roubos por esticão. Com idades compreendidas entre os 17 e os 40 anos de idade, aos suspeitos foram apreendidos artigos em ouro provenientes dos roubos. Foi igualmente apreendida a viatura automóvel em que os suspeitos se deslocavam.

Autuado pela GNR, fechou portas um dos estabelecimentos de cafetaria do Parque Verde de Porto de Mós, dois meses depois da inauguração. Uma acção de fiscalização da GNR culminou com a autuação e encerramento do estabelecimento que, agora, corre o risco de voltar a ser alvo de concurso público para a atribuição de nova concessão. Albino Januário, vicepresidente da Câmara de Porto de Mós, entidade que concessionou o espaço, confirma o encerramento. No entender do autarca, as autoridades policiais não terão levado em conta que o estabelecimento estava em processo de instalação, revelando excesso de zelo.

Justificava-se que fosse oferecido um prazo razoável para responder às exigências legais . Lamento que isso não tenha sido feito” Albino Januário vice-presidente da Câmara de Porto de Mós

“O processo estava a ser instruído, existiam algumas insuficiências, mas a GNR não cuidou de antever qualquer critério de ponderação e faltou algum bom senso”, refere. Em concreto, ao espaço concessionado pela autarquia, continuavam a faltar vários elementos ao nível do licenciamento municipal, e o café fechou mesmo portas há cerca de duas semanas. Albino Januário revela que o concessionário tentava até à última quarta-feira, encontrar uma nova entidade que explorasse o café-esplanada. Caso falhasse essa possibilidade, o cenário de abertura de um novo concurso público levado a cabo pelo município era tido como o passo mais provável. CSA

Zona desportiva palco de rali vândalo

A prática de rali com automóveis em cima do relvado sintético da Zona Desportiva de Porto de Mós é apenas um dos exemplos elencados por João Salgueiro, presidente de Câmara de Porto de Mós, para justificar a necessidade de restringir o acesso a algumas infra-estruturas desportivas. Em resposta a uma petição on-line que solicitava um melhor funcionamento daqueles equipamentos, João Salgueiro revelou outros exemplos de vandalismo no local: “destruição de 15 aspersores, numa noite; roubo de projectores e cabos eléctricos; destruição da rede, entre muitos outros”. A petição e a respectiva resposta do autarca estão disponíveis em noventaedois.blogs.sapo.pt. PUBLICIDADE

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

15


Desporto

Perspectiva Dias maus

Todos esperavam ver Usain Bolt correr 100 metros em qualquer coisa como 9.58 segundos. Mas uma hesitação de milésimos de segundo deitou tudo a perder. Mais do que uma desilusão para quem gostaria de o ver passar a meta, lembrando o personagem “bipbip”, a desclassificação do recordista foi uma desilusão para o próprio “herói”, deitando por água abaixo o trabalho de uma época. Os êxitos e fracassos na vida dos atletas de alta competição (e não só) são feitos disso mesmo, de momentos, muitas vezes bastante curtos. E, por muito que se treine e se esforce, o mínimo pormenor, como uma falsa partida, pode deitar por terra o herói. É preciso conhecer as dificuldades que passa, as lesões que sofre e os subsídios que perde. Porque tudo e nada contribui para o seu sucesso. Atrás da medalha ficou um percurso imenso de triunfos e vitórias, de conquistas e recordes que permitiram chegar até ali e fazer deles os heróis nacionais. E refiro-me aos atletas do Mundial de Judo e Mundial de Atletismo, por exemplo. Valorizar e promover o melhor que temos - no desporto e fora dele -, é a melhor solução. Eles continuam a ser heróis mesmo sem medalhas. Pois, afinal, todos temos dias maus. E eles não esquecem os deles. Marina Guerra

16

Dirigentes de clubes falam em “morte lenta das modalidades” caso novas taxas avancem Foto de arquivo

Autarquia de Leiria suspende taxas de equipamentos em Setembro mas clubes querem mais Solução Dirigentes querem suspender novas taxas e regulamentos durante esta época e encontrar soluções para aplicar só em 2012. Câmara diz-se disponível para dialogar mas afirma não ter condições nem capacidade financeira Marina Guerra A época vai começar dentro de dias e o futuro de dezenas de clubes de Leiria é cada vez mais incerto. A Câmara de Leiria e a comissão representativa dos clubes estão em negociações e o resultado dos encontros poderá definir o “dia de amanhã” de centenas de atletas, técnicos e directores desportivos do concelho. Na passada segunda-feira, as duas partes reuniram e para já foi decidida a suspensão do pagamento da utilização dos equipamentos desportivos municipais em Setembro. Mesmo assim, o impasse continua. Os clubes, que aceitam aplicar o príncipio

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

do utilizador-pagador, não concordam com o pagamento na totalidade das novas taxas aprovadas em reunião do executivo. Já a autarquia mantém-se irredutível e diz “não ter capacidade nem condições para manter o apoio de 100% às utilizações dos equipamentos municipais”. Os cenários equacionados na reunião foram comunicados aos clubes, na passada quarta-feira à noite, num encontro, que reuniu mais de 30 clubes e cinco associações, e do qual saíram algumas propostas. A “gestão tripartida” dos pavilhões municipais ou a “reserva de horários estritamente necessários para desenvolver actividade” são alguns exemplos.

Todavia, muitos dirigentes estão reticentes em iniciar as competições, justificando não ter condições financeiras para suportar as despesas de utilização de pavilhões e piscinas, caso a cobrança das taxas avance, e falam na “morte lenta das modalidades”. Em alguns casos, os valores podem atingir os 30 mil euros/ano. Alegam ainda que a decisão foi tomada sem ponderação e com “profundo desconhecimento da realidade desportiva do concelho”. O cenário ideal, segundo os dirigentes, é a suspensão das taxas durante esta época e trabalhar, durante este ano, as medidas a aplicar segundo o princípio utilizador-pagador em 2012. A comissão, composta por 13 elementos, deverá reunir novamente com o executivo autárquico a 16 de Setembro e 10 de Outubro, datas em que serão discutidos e estabelecidos os métodos a aplicar para os próximos meses.

N.ºs Ninguém paga em Setembro 01 reunião no início da semana entre a Comissão representativa dos clubes, o presidente da Câmara, o vereador com o pelouro do Desporto e o chefe de divisão do Desporto decidiu a suspensão das taxas em Setembro 36 entidades participaram na reunião de clubes na passada quarta-feira 10 a 30 mil euros por ano é o valor que os clubes podem ter que pagar caso os novos regulamentos sejam aplicados 16 de Setembro será a data da próxima reunião da comissão com a autarquia


Região // Desporto

Essenciais

A mexer

Dupla Porém arranca para Proença/Oleiros Após a desistência em Reguengos e Algarve, a dupla de pilotos Ricardo e Manuel Porém, da PRF Bomcar, procura os primeiros pontos da temporada, este fim-de-semana, em Proença-a-Nova. A prova terá uma Super-Especial de 9km e uma dupla passagem, com paragem, no centro de Oleiros.

Taça dos Campeões procura voluntários Faltam 15 dias para a Taça dos Clubes Campeões Europeus de Juniores, em Leiria (dias 16 e 17), e a Juventude Vidigalense, clube organizador, está à procura de voluntários para acompanhar a prova, prestar auxílio às equipas, entre outras acções. As inscrições podem ser feitas no portal do clube.

Grande Prémio de Atletismo em Vieira O centro da vila de Vieira de Leiria ficará preenchido de atletas que, no próximo domingo, dia 4, participarão no 9º Grande Prémio de Atletismo do Industrial Desportivo Vieirense. A partir das 10 horas, no Largo da Igreja. Simultaneamente, decorre uma caminhada com a distância de 5 km.

Resistência de 3 horas em Milagres O circuito do Kartódromo Internacional de Leiria, em Milagres, é o palco da prova de 3 horas de resistência da 1ª Maratona MilagresLeiria, em ciclismo. O circuito terá 1.006 metros, o que dá cerca de 42 voltas ao percurso, e inicia-se às 11h30. A curto prazo é objectivo da organização realizar uma edição de 12 ou 24 horas.

Cláudia Gaspar foi recentemente chamada à selecção nacional Foto: CITL

Ténis Cláudia Gaspar sagra-se vice-campeã nacional em Sub-16 É a número 1 do ranking nacional em Sub-18, ganhou um torneio de nível A, em Abril passado, e foi chamada pelo seleccionador nacional para o Campeonato da Europa. Esta semana, Cláudia Gaspar, atleta do Centro Internacional de Ténis de Leiria (CITL) de 16 anos, sagrou-se vice-campeã no campeonato nacional do seu escalão e disputa até amanhã a prova nacional em Sub-18, em pares femininos, com Mariana Carreira. Miguel Sousa, director técnico e treinador do CITL, diz ao REGIÃO DE LEIRIA que este é um “resultado bastante positivo”. “A Cláudia fez uma batalha diária no campeonato e teve uma estratégia mental

muito bem conseguida”, explica, referindo que a pressão da final perturbou a atleta, precipitando a derrota perante Joana Valle Costa, nº 1 da selecção nacional. Todavia, lembra que “uma jogadora para chegar a este estado de maturidade precisa de muito tempo de treino” e Cláudia Gaspar pratica a modalidade desde os seis anos no CITL. Residente nos Pousos, o futuro da atleta passa pelo estrangeiro. “O título é um pequeno prémio para ela e todos os que trabalham com ela. Sair de Portugal para competir e ganhar estatuto nos rankings internacionais é agora o objectivo”, adianta o técnico. MG

e Pedro Almeida (ex-Benfica) são alguns reforços. No domingo, foi a vez dos juvenis entrarem em campo, contra o Sporting. A equipa dificultou a vida aos leões na primeira parte do encontro e marcou logo aos cinco minutos por Yassin, um dos mais recentes e promissores reforços do plantel, proveniente do vizinho Sport Clube Leiria e Marrazes. Todavia, na segunda parte foi o Sporting quem comandou o jogo, acabando por vencer por 2-3. Na mesma divisão, o Sporting de Pombal à terceira jornada ainda não conseguiu pontuar. MG

02

03

04

05

06

04

01 Ivan Caçador e Eurico Nicolau foram distinguidos como a melhor dupla de arbitragem na Gala do Andebol.

Cláudia Gaspar disputou quatro jogos no torneio, levando a melhor em três deles. Entre as adversárias encontrou a melhor jogadora algarvia, Ivone Álvaro, e a nº 1 da selecção nacional, Joana Valle Costa, uma atleta com mais experiência, que não conseguiu vencer na final do campeonato nacional. Perdeu a partida com os sets 5-7, 6-3 e 6-1

02 Marco Gonçalves, poste da selecção de basquetebol, disputa hoje o terceiro jogo do Europeu Lituânia 2011, com a Polónia, às 17h45. Domingo joga com a Grã-Bretanha e segundafeira com a Lituânia.

Futebol Reforço Yassin promete ajudar União de Leiria Esqueça a monotonia, o aborrecimento e a moléstia. Assistir a um jogo das equipas de formação da União de Leiria - bem como de outros clubes - é um fôlego de futebol que muitos jogos da I Liga não utilizam. Devaneios à parte, a equipa de juniores da União de Leiria ganhou no passado sábado, ao Louletano (3-0), em jogo a contar para o campeonato nacional - zona sul, e ocupa a segunda posição da tabela, à quarta jornada. O plantel orientado por Dominguez tem algumas caras novas, vindas do escalão inferior e promete não fazer a vida fácil aos adversários. Pedro Torrado (ex-Benfica), Nuno Malheiro (ex-Sporting)

01

Yassin Kalda

Tem 16 anos e este é o primeiro ano com a camisola da União de Leiria. O número 90 é natural de Casablanca, Marrocos, e reside na freguesia de Marrazes. Na última época jogou no Sport Clube Leiria e Marrazes e promete ser um goleador. Um nome a decorar no mundo do futebol

03 Diogo Rafael, hóquista do Benfica, natural de Turquel, está no grupo de dez atletas que disputarão o Mundial na Argentina, a partir do dia 24. Já o sub17 Eduardo Leitão, do HC Turquel, começa dia 5 a participação no Europeu, em Genève (Suíça). 04 Lúcio Carmo, da Nazaré, participa amanhã no segundo jogo de Portugal no Mundial de Futebol de Praia, em Ravenna (Itália), frente à Argentina. Outros quatros atletas nazarenos estão na equipa. 05 Vânia Silva estreou-se hoje de madrugada na prova de lançamento do martelo, no Mundial de Atletismo na Coreia do Sul. Qualificando-se para a final, actua domingo, às 10h15 (hora de Portugal). 06 David Rosa, ciclista de Fátima, ficou em 2º lugar na International Cappadocia MTB Festival, na Turquia, prova que lhe valeu 40 pontos no ranking UCI para os Jogos Olímpicos. Amanhã, participa no Campeonato do Mundo de BTT, na Suíça. Corre a XCO Elite às 15h30.

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

17


Classificações Futebol

Oxigénio Desporto aventura em regiaodeleiria.pt

Futebol

São 375 anos que marcam a existência da freguesia do Coimbrão, em Leiria. E para não deixar passar o momento em claro, a autarquia e a Associação ADASCO promovem, domingo, dia 4, um passeio pedestre pela Praia do Pedrógão. A partida é às 8h30, no Largo da Capela da Praia do Pedrógão e o percurso tem 6 km e dificuldade reduzida. Inscrição: cinco euros, com direito a lanche no final.

Caminhos de cultura percorridos no Freixial em BTT Reforço alimentar a meio do percurso, Sopa da pedra, brindes e t-shirt alusiva ao passeio são os “prémios” que os participantes do 3º Passeio de BTT Caminhos de Cultura vão ganhar ao realizar a actividade, no domingo. Com partida do Museu Etnográfico do Freixial, em Arrabal, Leiria, às 9 horas, a inscrição, no valor de sete euros, inclui seguro e deve ser elaborada através do blogue oficial “Caminhos de Cultura”.

3 PUBLICIDADE

Foto de arquivo: Joaquim Dâmaso

Passeio pedestre na Praia do Pedrógão

Liga 3ª jornada Gil Vicente 2 Académica 0 Rio Ave 0 Olhanense 1 Feirense 0 Paços Ferreira 0 V. Guimarães 0 Beira-Mar 3 Sporting 2 Marítimo 3 V. Setúbal 0 Sp. Braga 1 Nacional 0 Benfica 2 Un. Leiria - FC Porto (adiado para 06.09.11)

Krpan (à direita) foi o autor de dois golos da vitória em 2000

Futebol União de Leiria recebe FC Porto sem direito a enchente E se a União de Leiria trocar as voltas aos comentadores e apostadores desportivos e der um ar da sua graça como em 2000/2001? Na altura, o resultado foi de 3-1, com golos de Derlei e Krpan, e a equipa era comandada por Manuel José. O resultado é a maior vitória do clube leiriense nos últimos dez anos, perante o campeão nacional. Depois disso, só em 2006/2007, a União de Leiria conseguiu roubar novamente três pontos ao FC Porto (1-0). Somam-se mais dois empates e seis derrotas. E este ano, na Marinha Grande, Pedro Caixinha enfrentará um FC Porto desfalcado, após a saída de alguns dos seus trunfos. Contudo, o técnico leiriense também não enfrentará um jogo fácil. Esta época, o clube leiriense ainda não ganhou qualquer ponto e concretizou apenas dois golos contra quatro sofridos.

Na passada quarta-feira, dia de fecho do mercado de transferências, a União de Leiria que procurava mais um avançado, não inscreveu mais nenhum atleta para esta posição e inscreveu o médio Cacá na Liga. Cedeu ainda Cepeda ao Fátima.

Sem bancadas extra Na próxima terça-feira, dia 6, o Estádio da Marinha Grande terá capacidade para cerca de cinco mil adeptos. A procura de bilhetes e a afluência que o clube prevê que aconteça até ao dia do jogo não deverá exceder a oferta e, por isso mesmo, o clube optou por não montar bancadas suplementares no recinto desportivo. Mário Cruz, presidente da UDL, explicou que “não está prevista a montagem de bancadas” para o jogo com o FC Porto. O árbitro João Capela dirige a partida, na próxima terça-feira, às 20h15. MG

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

Benfica Sp. Braga FC Porto Académica Beira-Mar Olhanense Gil Vicente V. Setúbal P. Ferreira Marítimo Sporting Feirense Nacional Rio Ave Un. Leiria Guimarães

J

V

E

D

GM-GS P

3 3 2 3 3 3 3 3 3 3 3 3 2 3 2 2

2 2 2 2 1 1 1 1 1 1 0 0 0 0 0 0

1 1 0 0 2 2 1 1 1 1 2 2 1 1 0 0

0 0 0 1 0 0 1 1 1 1 1 1 1 2 2 2

7-3 3-0 4-1 3-3 3-0 4-3 5-5 4-4 3-3 3-4 3-4 1-3 0-2 0-2 2-4 0-4

7 7 6 6 5 5 4 4 4 4 2 2 1 1 0 0

4ª jornada (11.09.11) Beira-Mar - União de Leiria Marítimo - Rio Ave Benfica - V. Guimarães Académica - Nacional FC Porto - Vit. Setúbal Paços Ferreira - Sporting Olhanense - Feirense Sp. Braga - Gil Vicente I Divisão Nacional - Juniores - Zona Sul 4ª jornada União de Leiria Sacavenense Sporting Portimonense Belenenses Oliveirense

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 11 12

3 0 1 1 3 3

Louletano Benfica Vit. Setúbal Naval AD Sanjoanense Casa Pia

0 0 1 0 2 2

J

V

E

D

GM-GS P

Belenenses 4 Un. Leiria 4 Sporting 4 Portimon. 4 V. Setúbal 4 Sacavém 4 Benfica 4 Oliveirense 4 Louletano 4 Naval 4 Sanjoanen. 4 Sanjoanen. 4 Casa Pia 4

3 3 2 2 2 2 1 1 0 0 0 0 0

1 0 2 2 1 1 2 2 3 1 1 1 0

0 1 0 0 1 1 1 1 1 3 3 3 4

14-7 8-5 17-4 6-3 7-5 7-6 5-4 7-10 7-10 2-6 4-11 4-11 7-20

10 9 8 8 7 7 5 5 3 1 1 1 0

5ª jornada (03.09.11) União de Leiria - Sacavenense Benfica - Sporting Vit. Setúbal - Portimonense Naval - Belenenses AD Sanjoanense - Oliveirense Louletano - Casa Pia I Divisão Nacional - Juvenis - Série C

Orientação Vitória colectiva do COC na Taça de Portugal Uma comitiva de 48 atletas representou o Clube de Orientação do Centro (COC) nas duas etapas do último fim-de-semana a contar para a Taça de Portugal da modalidade. A vitória das etapas foi conseguida, mais uma vez, pelo clube da região, que trouxe para casa o primeiro lugar colectivo. Com mais esta vitória, o COC consolidou o primeiro lugar colectivo na Taça de Portugal por equipas

18

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

na corrente época. Individualmente, no escalão H/D 11, Tânia Olaio, Liane Batista e Ana Gouveia foram as três primeiras classificadas e André Roberto e Bernardo Filipe primeiro e terceiro. Em D17, Inês Domingues classificou-se em segundo, sendo a melhor portuguesa neste escalão em ambas as etapas. Em D50, Isabel Monteiro ficou em primeiro lugar, bem como Albano João, no escalão H50.

3ª jornada 0 At. Malveira 2 CADE União de Leiria 2 Sporting 3 Académica 1 Real 1 Sp. Pombal 1 Ac. Santarém 2 Torreense 2 Alverca 2 Benfica - Belenenses (adiado para 14.09.11)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

J

V

E

D

GM-GS P

Sporting 3 Torreense 3 Belenenses 2 Santarém 3 Real 3 Benfica 2 At. Malveira 3 Un. Leiria 3 Alverca 3 Académica 3 Sp. Pombal 3 CADE 3

2 2 2 2 1 1 1 1 0 0 0 0

1 1 0 0 2 1 1 0 2 2 0 0

0 0 0 1 0 0 1 2 1 1 3 3

9-4 8-3 4-1 6-5 8-3 12-1 3-7 8-5 6-7 4-5 1-11 0-17

4ª jornada (04.09.11) At. Malveira - Torreense Belenenses - CADE Sporting - Benfica Real - União de Leiria Ac. Santarém - Académica Alverca - Sp. Pombal

7 7 6 6 5 4 4 3 2 2 0 0


2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

19


Mercado

Perspectiva Exemplos de coragem

De Bragança a Lisboa já não são nove horas de distância. Segundo o Google Maps, a viagem demora exactamente cinco horas e 32 minutos, sem necessidade de violar limites de velocidade. Chegar à Nazaré é ainda mais fácil: menos uma hora. Dá para estacionar ao final da manhã, almoçar um bom peixe, experimentar a praia e regressar a Trás-os-Montes a horas decentes. No Portugal pós-autoestradas, dormir fora de casa é mais vezes uma escolha do que uma necessidade. E prolongar a duração da estadia constitui o grande desafio de todos os gestores hoteleiros. A julgar pelos investimentos em curso, a oferta de alojamento no distrito vai crescer bastante nos próximos anos. São exemplos de coragem que merecem elogios. Agora é preciso criar condições para convencer os turistas a ficar. Os hotéis já não vendem quartos, vendem experiências e ilusões. Cláudio Garcia

20

A última abertura aconteceu há dois meses: o antigo hotel Lisbonense, em Caldas da Rainha, é agora Sana Silver Coast

Oito hotéis a nascer na região e mais 11 a ganhar forma Crise? Leiria, Porto de Mós e Óbidos vão receber unidades hoteleiras que representam um acréscimo de 467 quartos, mas há projectos em curso noutros quatro concelhos

Cláudio Garcia As receitas do turismo atingiram um novo recorde no primeiro semestre do ano, apesar da conjuntura adversa. Boas notícias para os promotores dos oito hotéis que estão a nascer na região – um total de 467 quartos distribuídos pelos concelhos de Leiria, Porto de Mós e Óbidos, do segmento médio à categoria de luxo. Mas há mais: o REGIÃO DE LEIRIA identificou outros 11 projectos, em diferentes etapas de licenciamento, nos municípios de Alcobaça, Ansião, Alvaiázere e Marinha Grande. Quantos hotéis já funcionam hoje no distrito de Leiria? De acordo com o Turismo de Portugal, são 41 e somam 4.470 camas. Mas decorrem vários processos de reclassificação de unidades de alojamento, ao abrigo da nova lei, o que vai engrossar aquele número. Quando confrontado com o sopro de investimento que aquece o sector, Francisco Vieira responde com cautela. O antigo presidente do Turismo de Leiria/Fátima considera que “perante o cenário actual é corajoso investir em hotelaria”. E explica porquê:

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

“Os índices de ocupação e os preços praticados não são demonstrativos de que o investimento possa ser satisfatório e do retorno que quem está a correr este risco pretenderia”. Francisco Vieira lembra que “há hotéis na região disponíveis para serem vendidos, o que é sintoma de dificuldades”. Em contraponto, reconhece zonas com potencial por explorar: hotelaria de topo com golfe na costa entre o Sítio da Nazaré e S. Pedro de Moel, hotéis de charme, alojamento low-cost tipo hostel. Entretanto, no terreno, há avanços todos os dias. Em Leiria, junto à rotunda da Almuínha Grande, estão a nascer 70 quartos no edifício Hotbom, cuja construção se encontra bastante adiantada. Fora da cidade, na Azóia, um antigo emigrante no Brasil dá corpo ao futuro Hotel Caribe, com abertura prevista para Junho do próximo ano (17 quartos). Sobre a crise, Aguinaldo Simões frisa que o país “não pode deixar de investir” e mostra-se confiante de que o mercado “tem tendência a melhorar”. Mas, o primeiro empreendimento a ser inaugurado,

lá para Dezembro, deve ser mesmo o Cooking & Nature, um quatro estrelas situado em Alvados, Porto de Mós, que propõe 12 quartos e um conceito original: os hóspedes podem confeccionar as suas próprias refeições e cada alojamento é diferente dos outros, retratando uma emoção específica. Ainda no concelho de Porto de Mós, perto da zona desportiva, pode surgir uma unidade de três estrelas com 48 quartos. Que está prometida desde a realização em Portugal do campeonato de futebol Euro 2004. Com a obra parada, em Setembro expira a licença de construção e a garantia bancária exigida ao investidor. A Câmara prepara uma decisão. Segundo João Salgueiro, presidente do município, decorrem negociações entre as duas partes. Por estes dias, o Oeste é o grande palco do desenvolvimento turístico no distrito de Leiria. Depois da reabertura do histórico hotel Lisbonense em Caldas da Rainha, há dois meses, agora com a chancela Sana Silver Coast, o curto prazo é sinónimo de mais três resorts de cinco estrelas, todos no concelho de Óbidos. Um dos quais, com a marca Hilton, já se encontra em construção. Da autoria de Eduardo Souto Moura, deve receber os primeiros clientes até Junho de 2012. Entretanto, decorrem trabalhos para a instalação

O que aí vem Leiria Hotel Caribe com 17 quartos na Azóia. Abre em Junho. E 70 quartos no Hotel Hotbom na rotunda da Almuinha Grande, em construção. Porto de Mós Hotel Cooking & Nature com 12 quartos nos Alvados, em Dezembro. Está parada a obra de uma unidade com 70 quartos. Óbidos Hotel Hilton com 120 quartos no primeiro semestre de 2012. O Royal Óbidos inclui hotel com 40 quartos a abrir em 2012, golfe, vivendas e apartamentos. O projecto Falésia D’El Rei tem dois hotéis e 160 quartos, golfe, apartamentos e moradias. Todos cinco estrelas. Ansião Três hotéis com projecto de arquitectura aprovado e outro em análise. Total: 100 quartos. Alvaiázere Em elaboração de projecto, um hotel de charme na vila e um hotel na serra. Alcobaça Decorrem processos de licenciamento para unidades em S. Martinho do Porto, Pedra do Ouro, Évora de Alcobaça e no próprio Mosteiro. Marinha Grande Aguarda aprovação um projecto de apartotel com 70 quartos em S. Pedro de Moel.


Região // Mercado

Agir e Investir do Royal Óbidos Spa & Golf Resort, cujo destaque é um campo de golfe de 18 buracos assinado por Severiano Ballesteros. Junto ao hotel com 40 quartos, a inaugurar no próximo ano, vão ficar vivendas e apartamentos. Finalmente, o Grupo Béltico já está na posse do licenciamento para a construção do complexo Falésia D’El Rey, que prevê dois hotéis, totalizando 160 quartos, além de 500 unidades residenciais e um campo de golfe imaginado por Peter Dye. António Carneiro, presidente da Região de Turismo do Oeste, acredita que o desenvolvimento do Sul do distrito de Leiria como destino de férias internacional não está em risco, apesar da falta de liquidez nos bancos e nas empresas. “Não há nada que tenha caído, o ritmo da corrida é que é menor. Primeiro porque há extremas dificuldades para obter financiamento bancário. Por outro lado, também o mercado abrandou na área do turismo residencial”, explica. A nível nacional, o diagnóstico da Associação de Hotelaria de Portugal continua prudente: portugueses e espanhóis estão a viajar e a consumir menos, a oferta é maior, os preços por quarto desceram, os custos financeiros subiram. Mesmo assim, as receitas do sector totalizaram 3.246 milhões de euros no primeiro semestre, engordando 8,8% face a 2010. E, desde o início do ano, o Instituto Nacional de Estatística (INE) tem dado conta de aumentos nas dormidas e nos proveitos. claudio.garcia @regiaodeleiria.pt

Perante o cenário actual é corajoso investir em hotelaria. Os índices de ocupação e os preços praticados não são demonstrativos de que o investimento possa ser satisfatório” Francisco Vieira Antigo presidente do Turismo de Leiria/Fátima

InCentea absorve JLM

Valado defende correios

A empresa JLM, com sede em Leiria, vai passar a integrar o Grupo inCentea, na sequência de um acordo que foi agora divulgado. A parceria visa potenciar competências nas áreas de consultoria e gestão, reposicionando o Grupo inCentea com uma oferta de formação mais consistente.

Uma vigília pela manutenção da estação de correios realizou-se anteontem em Valado de Frades, no concelho da Nazaré. A administração dos CTT confirmou já que está a estudar o encerramento da estação e criação de um posto cuja exploração seria entregue a privados.

Opinião Desperdício e desencontros

Ensaios de Leiria no Brasil

N

Paulo Faustino, docente no Instituto Politécnico de Leiria, vem apresentando no Brasil o livro “Gestão estratégica e modelos de negócio - O caso da indústria de mídia”, de que é coautor com Ramiro Gonçalez. A obra marca o lançamento da editora Media XXI no Brasil, com apresentações agendadas nas cidades de São Paulo e de Porto Alegre.

Mija Gato é novo restaurante

Óbidos recebe TEDx Jovem

Fica no centro histórico de Leiria, ali bem perto da praça Rodrigues Lobo, prometendo cozinha aberta até às duas da manhã. O restaurante Mija Gato, na rua Gago Coutinho, inaugurou ontem e chega com uma ementa de gastronomia tradicional portuguesa em que brilham os petiscos. Também serve almoços e jantares.

O primeiro TEDx Jovem em Portugal vai realizar-se em Óbidos a 1 de Outubro. A palestra, sob licença da marca americana TED, pretende disseminar ideias inspiradoras e tem três oradores confirmados: o empreendedor social Kelvin Cheung (na foto), o humorista Alexandre Ovídio e a comunicadora Kattia Hernandez.

México no centro do debate Os segredos do mercado mexicano estão no centro do seminário que se realiza a 13 de Setembro em Leiria, nas instalações da Associação Empresarial da Região de Leiria (NERLEI). Como tem sido habitual nestas sessões, o programa prevê a presença de um especialista da AICEP Portugal Global, a agência de investimento e comércio externo, bem como de elementos da Câmara de Comércio LusoMexicana, de uma empresa de transportes internacionais e de uma instituição bancária. Outro momento importante será o testemunho de empresários que já trabalham com aquele país. Em Novembro, a NERLEI organiza uma missão empresarial à Cidade do México. A economia mexicana deve crescer perto de 4% este ano. As exportações do distrito de Leiria têm tido origem essencialmente nos moldes.

o “Corno de África”, dois milhões de crianças e mulheres estão a morrer de fome. No Afeganistão, os Estados Unidos e os seus aliados gastam milhões de milhões de euros numa guerra sem fim e que apenas está a tornar o mundo mais perigoso e a despertar ódios que levarão décadas a desaparecer. O Iraque é um caso semelhante: ainda esta semana, só num atentado numa mesquita, morreram mais de 80 pessoas. Para a Síria ninguém vislumbra uma solução para pôr fim a um massacre diário de civis. A Líbia dificilmente conseguirá manter a integridade territorial com um sistema democrático. Unir um conjunto alargado de etnias/tribos num só país parece uma miragem. Na Venezuela foram cometidos, no último fim-de-semana, 76 homicídios. Na Europa os governantes não se entendem para resolver a crise das dívidas soberanas de Portugal, Grécia e Irlanda… O que irá acontecer à Europa se a Itália e a Espanha precisarem de auxílio financeiro? O governo alemão incinerou mais de dois milhões de vacinas para a gripe A quando a vizinha Polónia precisa dessas mesmas vacinas. Que rumo para este mundo? Quando é que os governantes mundiais vão compreender que só em conjunto podem encontrar caminhos para um futuro melhor?

Leiria com Hospital Veterinário O Hospital Veterinário de Leiria, que inaugurou na passada segunda-feira, procura diferenciar-se através da assistência a equinos e espécies pecuárias, mas todos os dias disponibiliza um conjunto alargado de serviços dirigidos a animais de companhia. Consultas, vacinas e análises clínicas, também internamentos e cirurgias, ainda banhos e tosquias, exames de radiologia e ecografia, atendimentos de ortopedia. Situado no Vale da Cabrita, diante do cemitério de Leiria, o Hospital conta com um corpo clínico de dois veterinários. Os domicílios incluem diversos tipos de exame com recurso a equipamentos portáteis. A unidade encerra ao domingo, mantendo uma linha de urgência aberta 24 horas. Comercializa produtos de bem-estar animal e disponibiliza estacionamento aos clientes.

João Carvalho Santos Docente e investigador

joao.santos@ipleiria.pt

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

21


Região // Mercado

Leiria entregou 110 casas à banca Mais de uma casa perdida a cada dois dias. É assim no distrito de Leiria, onde, durante os primeiros seis meses de 2011, cerca de 110 imóveis acabaram entregues à banca como dação em pagamento, estima a Associação Nacional dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária (APEMIP) no seu boletim que analisa as dinâmicas do mercado. Leiria exibe um peso de 3,59% no conjunto de 3.060 imóveis que reverteram a favor dos bancos em todo o país, o que situa o distrito no oitavo lugar em comparação com os restantes 17 distritos. De acordo com a APEMIP, “o arrefecimento do mercado imobiliário afectou de forma bastante significativa todos os que investiram na promoção imobiliária e no desenvolvimento de novos projectos e empreendimentos”, daí que “parte significativa dos imóveis entregues em dação em pagamento provenham destes actores”. A análise indica que as áreas metropolitanas de Lisboa e Porto concentram 50% das ocorrências. A situação de falência e a perda da casa não livra os

devedores do pagamento de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). Uma informação vinculativa emitida pela Direcção-Geral dos Impostos esclarece que “com a sentença de declaração de insolvência (…) não há mudança de sujeito passivo do IMI”. Quer isto dizer que os proprietários dos imóveis entregues a favor da massa falida, no âmbito de um processo de insolvência, nomeadamente de particulares, continuam a ser chamados a pagar este imposto com incidência anual. “As colectas de IMI que venham a ser devidas e que se vençam em data posterior à declaração de insolvência são da responsabilidade do insolvente”, refere o fisco. Já “as dívidas de IMI vencidas em data anterior à declaração de insolvência devem ser reclamadas ao administrador da insolvência”. A informação vinculativa surge por solicitação de um contribuinte que comprou uma casa com recurso a crédito e entretanto a perdeu. A taxa de juro implícita no crédito habitação está a subir há treze meses e fixouse nos 2,430% em Julho. PUBLICIDADE

22

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

Empresa teve desempenho negativo no primeiro trimestre Foto de arquivo: Joaquim Dâmaso

Contas da Leirisport na mira do Governo Novas regras para as empresas municipais apertam o controlo financeiro e abrem caminho à extinção ou fusão das que são deficitárias. Há oito entidades sob vigilância no distrito

Cláudio Garcia O Governo prepara-se para impor novas regras que apertam a vigilância a empresas municipais que dão prejuízo, como é o caso da Leirisport, no concelho de Leiria. O documento que altera o regime jurídico do sector empresarial local abre caminho a actos de extinção e fusão. Para já, está proibida a criação de novas entidades. No primeiro trimestre de 2011, a Leirisport apresentou resultados líquidos negativos no valor de meio milhão de euros. Os resultados operacionais também não impressionam: 222 mil euros negativos. Um desempenho que dá continuidade ao que aconteceu em 2010, ano que fechou com um resultado líquido negativo de 1,4 milhões de euros e resultados operacionais negativos de 178 mil euros. Só os meios libertos (EBITDA) terminaram em terreno positivo: 1,2 milhões de euros. “Com estas contas, a empresa está em forte risco”, garante José Benzinho, vereador eleito pelo PSD e antigo administrador da Leirisport durante o executivo social-democrata liderado

por Isabel Damasceno. “Desde 2009 para cá, todos estes indicadores se degradaram substancialmente. Se isto se mantiver, significa que o ano de 2011 será fortemente negativo”, acrescenta, lembrando que o fim da relação com a União de Leiria é também uma perda de receita. “Aquilo que me preocupa tem a ver com a evolução do desempenho económico da empresa nos últimos três anos, que tem vindo a degradar-se sistematicamente”, conclui o vereador da oposição. As contas do primeiro semestre devem ser conhecidas na próxima reunião de Câmara. Está o presidente do município preocupado? “Desde sempre”, responde

No primeiro trimestre, a empresa que gere as infra-estruturas desportivas públicas no concelho de Leiria voltou a apresentar resultados negativos, tanto líquidos como operacionais

Raul Castro, frisando que o objectivo que levou à criação da Leirisport, em 2001, se desvaneceu “três ou quatro anos depois”. Ainda assim, o autarca prefere não avaliar se as novas regras para o sector empresarial local podem ameaçar a continuidade da empresa. “É melhor aguardar”, comenta, preferindo esperar pela apresentação da proposta do Governo e lembrando que há factores a ter em conta, como o futuro da centena de trabalhadores afectos à Leirisport. O documento que altera o regimo jurídico das empresas municipais, intermunicipais e metropolitanas foi aprovado no último Conselho de Ministros, na quinta-feira da semana passada. Alarga os deveres de informação dos municípios, obrigando-os a reportar à Direcção-Geral das Autarquias dados sobre a evolução económico-financeira e a evolução dos recursos humanos das empresas municipais e sociedades comerciais em que detêm participações sociais. Há semanas, o semanário Expresso noticiou que, com as novas regras, mais de metade destas entidades poderá fechar portas, por serem deficitárias. No distrito de Leiria, estão sob vigilância outras oito empresas, nos concelhos de Alcobaça, Batalha, Castanheira de Pera, Nazaré, Óbidos e Pombal. claudio.garcia @egiaodeleiria.pt


HÁ UM NOVO BANCO QUE FINANCIA AS EMPRESAS PORTUGUESAS

e que dinamiza o relacionamento − comércio e investimento − com Angola

Informe-se das soluções financeiras do Banco BIC.

Crescemos Juntos

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

23


Panorama

28

Região de Leiria — 15 Outubro, 2010


Região // Panorama

15 Outubro, 2010 — Região de Leiria

29


CENTRO DE EMPREGO DE LEIRIA PROFISSÃO Cozinheiro com experiência Técnico de Vendas com experiência Chefe de Turno com experiência em injecção de plástico Mecânico Auto Com experiência em Pesados Pasteleiro/a Com experiência Cabeleireira Com experiência Fresador CNC Com experiência linguagem Fanuc e Fagor Serralheiro Moldes Oficial de Bancada para Montagem e Ajustamento de moldes de plástico Condutor de máquina C/ Experiência na condução de rectro-escavadoras e giratórias Operador de CNC Com experiência fanuc, fagor e heidenhain Motorista de Pesados Com experiencia em Internacional Carpinteiro de limpos Com experiência Esteticista Com carteira Serralheiro Civil Com Expª em estruturas metálicas Bate-chapas Com experiencia Aux. de Laboratório Ind. Cerâmica com expª minima de 2 anos Soldador a arco eléctrico Com expª Pintor Const. Civil Com expª Op. De Electroerosão Com expª Calceteiro Serventes Com expª Emp. Balcão Com expª

LOCALIDADE Leiria Pombal/Leiria Leiria P.Mós/Leiria Amor P.Mós Leiria Leiria Leiria Leiria Leiria/Pombal Pombal Leiria Leiria Pombal Batalha Porto de Mós Leiria Leiria Leiria Pombal/Leiria Leiria

Nº. OFERTA 58782173 587773291/58782071/587775868 587779744 587779078/587774229 587780996 587776538 587752181/58779813 587756085/587779724 587780525/587780724 587763049 587779267/587780620/587780470/587779011 587760877 587779287 587779205 587779878 587766610 587780104 587780914 587778988 587777383 587782630/587782667 587782476/587782179

CENTRO DE EMPREGO DA MARINHA GRANDE Ajustador-Montador de Conjuntos Mecânico Empregado de Balcão Serralheiro de Ferramentas Moldes, Cunhos e Cortantes Técnico da Produção Director de Produção Indust. Transf, Excep. Indústria Alimentar Engenheiro Mecânico - Concepção Operador de Máq-Ferramentas de Comando Numérico Car(Trabalhadores N/Qualif) - Ind. Transformadora Desenhador Projectista Operador de Máquinas Ferramentas de Comando Numérico Operador de Máq-Ferramentas de Comando Numérico Desenhador Projectista Jardineiro Técnico de Vendas Fresador Mecânico Condutor de Empilhador Serralheiro de Ferramentas Moldes, Cunhos e Cortantes Torneiro Mecânico Desenhador Manufacturador montador - Matérias Plásticas Cozinheiro Electricista de Manutenção de Equipamentos Industriais Empregado De Balcão Empregado De Mesa Mandrilador Mecânico Operador de Máquinas - Ferramentas de Comand Numérico Fresador Mecânico Electricista da Construção Civil Pedreiro Canalizador Servente-Construção Civil e obras Públicas Serralheiro Civil Operador de Máquina de Moldes Matérias Plásticas Costureira – Vestuário por Medida

Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande Marinha Grande

587760043 587770554 587770659 587771082 587771083 587771084 587771469 587771576 587772940 587773146 587774022 587774374 587776150 587776440 587776487 587776581 587776635 587776642 587777002 587777059 587777777 587777951 587778021 587778049 587778468 587778912 587779055 587779395 587779488 587779489 587779490 587779510 587779865 587780016

CENTRO DE EMPREGO DE ALCOBAÇA Operador de Supermercado reposição, caixas, etc. Cortador de Carnes Verdes para talho de supermercado c/experiência Outros Agentes Comerciais delegado comercial, trabalho por objectivos, motivação e espírito de equipa Cabeleireira oficial ou praticante com carteira profissional Marceneiro montagem e acabamento de carpintaria em ind. mobiliário Agente de Métodos e Tempos de Trabalho c/formação profissional Desenhador Moldes desenhador a 2D eD de moldes c/conhecimentos de poengineer, mastercam e top. Cozinheiro c/experiência da cozinha tradicional portuguesa Mecânicos Auto c/experiência profissional e c/experiência em mecânica de pesados Estéticista com experiência em depilações e trabalho de manicure/pedicure Outros trabalhadores para apanha de fruta Oleiro Enchedor op. prensa/roller/enchimento Serralheiro Mecânico oficial de bancada (moldes) e assistente manut. rep. reboques Operador de máquinas giratórias de escavação para a indústria de extração de pedra

Ajudante Cozinha Ajudante Familiar Auxiliar de Fabrico Pastelaria Auxiliar de Limpeza Caixeiro Carpinteiro de Limpos Carpinteiro de Tosco Condutor de Empilhador Contabilista Cozinheiro Electricista - Baixa Tensão Embalador Fruta Empregado Balcão Empregada Doméstica Empregado Mesa Emp. de Quartos Monitor de Formação Outros Magarefes, Cort de Carnes e Trab. Sim. da Prep Carnes Outros Mecânicos e Ajustadores de veículos a motor Outros Operadores de Máquinas a Vapor e Caldeiras Trabalhador Indiferenciado Pasteleiro Pescador - Pesca do Largo Pintor Automóveis Pintor Superfícies Metálicas Servente Const. Civil Técnico de Vendas Trabalhador Agrícola Vendedor ao Domicílio Serralheiro Civil Com experiência Desenhador Projectista Condutor De Máqunas Arrastadora “Dragline” Experiência com Buldozer Medidor Orçamentista Electromecânico, Em Geral Canalizador Mecânico De Automóveis Motorista De Veíc Pesados - Mercadorias Nadador-Salvador Bate-Chapas De Veículos Automóveis Empregado De Balcão Serralheiro Civil Ajudante De Cozinha Escriturário, Em Geral

São Martinho do Porto São Martinho do Porto Alcobaça, S. Martinho, Benedita e Nazaré Turquel/Nazaré Maiorga Benedita Martingança Praia das Paredes (Pataias)/Alcobaça São Martinho do Porto/Turquel Benedita Alfeizerão, Casal Velho, Casal Marques, Cela, Valado dos Frades e Maiorga Ataíja de Cima Pataias e Turquel Turquel

CENTRO DE EMPREGO DE CALDAS DA RAINHA Óbidos/C.Rainha Bombarral/C.Rainha Óbidos C.Rainha/Peniche Bombarral/C.Rainha Peniche Peniche Bombarral/C.Rainha C.Rainha Óbidos C.Rainha Cadaval Óbidos/Cadaval/Peniche C.Rainha/Cadaval Óbidos/C.Rainha Óbidos Peniche Óbidos Óbidos Peniche Bombarral/C.Rainha/Peniche Peniche Peniche C.Rainha Peniche Bombarral/Óbidos C.Rainha Peniche/C.Rainha C.Rainha CENTRO DE EMPREGO DE FIGUEIRÓ DOS VINHOS Alvaiázere Alvaiázere Alvaiázere Alvaiázere Castanheira De Pera Ansião Castanheira De Pera Ansião Figueiró Dos Vinhos Figueiró Dos Vinhos Pedrógão Grande Figueiró Dos Vinhos Ansião Castanheira De Pera

587700808 587715940 587744245 587748342 587753484 587767430 587769956 Varias 587772982 587774299 Várias Várias Várias

587781664/587780288/587780009 587782309/587780753 587775123 587780765/587780683 587776043/587781853 587776094 587782142 587780480/587781553 587781679 587781590 587782215 587781194 587765334/587772078/587779200 587781635/587781834 587781677/587781549/587780042 587781839 587776099 587771027 587779032 587779043 587779956/587779158/587777834/587780973 587766011 587775160 587780100 587781681 587768351/587779941/587779107 587780089 587776073/587776045 587781346 587738704 587745776 587754745 587757406 587759500 587767551 587774835 587775856 587776653 587776688 587777576 587777976 587779376 587780107

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

33


Nós Festival de Gastronomia “Estão reunidos todos os ingredientes para que saia um cozinhado afinado” 4 de Setembro Até ao próximo domingo decorre no Marachão, em Leiria, o Festival Regional de Gastronomia. Entre as 18 e as 24 horas há petiscos para todos os gostos Alexandra Pimentel Como já é habitual, diversos restaurantes da região mudam-se durante o Festival para a margem do rio Lis, onde estão também disponíveis vários stands com exposições, promoção e venda de produtos locais como o mel, os licores, os vinhos, os bolos e a fruta. Também a animação que acontece durante o evento é de cariz regional; grupos e colectividades dos vários concelhos envolvidos garantem diariamente os momentos musicais e culturais. “Se mudássemos o paradigma para um artista nacional que movimentasse massas o cenário se calhar era

34

diferente, mas não é esse o objectivo. O objectivo é mostrar os produtos endógenos, a gastronomia, os vinhos e a nossa cultura”, explica António Lucas, vice-presidente Entidade Regional de Turismo de Leiria/Fátima. Este é primeiro evento levado a cabo pela nova direcção do Turismo que, mesmo num contexto de crise, acredita no sucesso do certame que, segundo adianta António Lucas, esgotou o número limite de participações. Instalados no Marachão estão oito restaurantes da região e duas escolas profissionais: da Batalha o Restaurante Pérola do Fetal, de Leiria o Saloon, da Marinha Grande A Palhota, de Ourém o Canto

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

da Vila e de Porto de Mós o Cova da Velha. Também representadas estão a Escola Profissional de Leiria e a Escola de Hotelaria de Fátima. Os restantes são restaurantes temáticos, nomeadamente, o Restaurante O Pinto, a Ucharia do Conde, e o Arroz de Marisco da Praia da Vieira. “Os restaurantes aderiram, estão cá. Obviamente que é um momento que não é fácil para ninguém e nós não somos alheios às notícias que vão surgindo de restaurantes a fechar todos os dias. Felizmente, na nossa região, temos restaurantes de excelente qualidade, estão aqui apenas alguns deles, pois não podiam estar mais, há condicionalismos técnicos nesse aspecto”, adianta o responsável. Ainda que com um número limitado de participantes, não faltam iguarias no Festival de Gastronomia de Leiria que se reparte em duas vertentes: serra e mar.

Da primeira destacam-se os enchidos, como é a tão conhecida morcela de arroz e da segunda os mariscos, um dos pratos mais requisitados durante o certame. “Face à influência que tem de concelhos com mar e com serra, o Turismo de Leiria / Fátima oferece uma diversidade e riqueza gastronómicas, muito singulares. O objectivo do certame é contribuir para a preservação e divulgação da verdadeira essência e história dos pratos típicos desta região”, refere a organização do evento. É na qualidade e na diversidade gastronómicas e culturais da região que a Entidade de Turismo assenta as suas expectativas em relação ao sucesso do evento. “Quando temos pratos de qualidade, bons vinhos, produtos endógenos muito interessantes e animação com grupos culturais da região de qualidade, estão reunidos todos os ingredientes para que

saia um cozinhado afinado”, afirma António Lucas.

“Às mil maravilhas” Esta edição aborda o Concurso das 7 Maravilhas Gastronómicas, uma vez que entre os 21 finalistas das Maravilhas, está o Arroz de Marisco da Praia da Vieira. A organização do evento pretende, assim, dar um enfoque na promoção e divulgação deste prato finalista. A votação final do concurso, organizado pela New 7 Wonders Portugal, decorrerá no dia 10 de Setembro, em Santarém. “Sabemos que o Arroz de Marisco está nos dez mais bem classificados e temos expectativas que venha a ser classificado como uma das sete maravilhas da gastronomia”, confessa António Lucas, adiantando que “se isso acontecer esta será a única região do país a ter três maravilhas.” O vice-presidente da Entidade Regional de Turismo


Nós //Verão Azul

01 O certame decorre no Marachão, em Leiria, e pode ser visitado até ao próximo domingo, entre as 18 e as 24 horas 02 A gastronomia da região tem uma vertente de mar e outra de serra. Ambas podem ser apreciadas no Festival de Gastronomia 03 Porto de Mós é um dos municípios representados. O presidente da Câmara (na foto) esteve na inauguração do festival

Restaurantes Batalha Restaurante Pérola do Fetal T 244 705 689 Lombinhos de Cherne com Açorda de Marisco Lombinhos de Porco em Busca de Caça Leiria Restaurante Saloon T 244 613 438 Robalo marítimo do Pedrógão, braseado com quarteto de legumes Espeto de lombinho de novilho e lombinho de porco com camarão grelhado, trilogia de legumes

04 O Arroz de Marisco da Praia da Vieira pode ser eleito uma das 7 Maravilhas Gastronómicas no próximo dia 10 de Setembro

Marinha Grande Restaurante A Palhota T 244 560 504 Isquinhas de Bacalhau com arroz de grelos Miminhos de vitela com açorda de camarão e migas

Fotos: Joana Baptista

01

Ourém Restaurante Canto da Vila T 913 668 465 Borreguinho com batatinhas à moda de Ourém Bacalhau à Oureana Porto de Mós Restaurante Cova da Velha T 969 740 502 Bacalhau com verdura gratinado Lombo de Porco Recheado com Farinheira 02

lembrou que as Grutas de Mira d’Aire, no concelho de Porto de Mós, e o Mosteiro de Santa Maria da Vitória, na Batalha, fazem já parte da lista das sete maravilhas naturais e patrimoniais de Portugal eleitas pelo mesmo concurso, respectivamente. “O Arroz de Marisco da Praia da Vieira ser eleito seria a cereja em cima do bolo”, apela o autarca da Batalha. E o apetecível paladar daquela iguaria, dizem os entendidos, depende apenas da qualidade do marisco. Para ser bom deve ser fresco. Há também quem defenda que a lagosta deve ser cozinhada juntamente com o arroz, pois o segredo está precisamente no paladar que a lagosta dá ao arroz, tornando-o inconfundível. alexandra.pimentel @regiaodeleiria.pt

Osso da Baleia A temperatura vai diminuir ligeiramente e rondar os 21º. O sol espreitará entre nuvens Pedrógão O sol será tímido no fim-desemana, mas chega em força a partir de segunda-feira S. Pedro e Vieira As nuvens vão existir no céu até segunda-feira e depois o sol dominará a meteorologia Nazaré O tempo convida a um mergulho de Verão, apesar das temperaturas baixas S. Martinho Domingo, nuvens cinzentas podem afastar os leitores da praia, mas o sol regressa na segunda-feira Foz do Arelho A próxima semana será uma boa altura para um passeio até à praia Peniche Ainda com sol, as temperaturas vão estar baixas para poder bronzear

Tabela das marés Hora

altura

maré

Sexta 12:18

0.55

Baixa-mar

18:38

3.42

Preia-mar

Sábado 00:46

0.71

Baixa-mar

07:02

3.25

Preia-mar

Restaurante Arroz de Marisco da Praia da Vieira T 964 006 714 Arroz de Marisco da Praia da Vieira

13:10

0.79

Baixa-mar

19:31

3.12

Preia-mar

Fonte: Desdobrável do XIX Festival Regional de Gastronomia de Leiria

14:14

1.05

Baixa-mar

10:37

2.82

Preia-mar

Domingo 01:39

0.99

Baixa-mar

08:00

3.03

Preia-mar

Nota: Dados referentes a Peniche

Temperatura média da água

19º

Veja o vídeo da inauguração do festival em

regiaodeleiria.pt

Restaurantes temáticos Restaurante O Pinto T 244 722 302 Leitão da Boa Vista Restaurante Ucharia do Conde T 915 002 924 Carneiro guisado com batata Chícharo com bacalhau assado

03

O tempo nas praias

04

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

35


Saúde P&R Perpétua Formosinho Um processo não invasivo e indolor

A responsável do Banco de Sangue do Cordão Umbilical da Bioteca explica as vantagens da criopreservação

Contentores de criopreservação de células estaminais

Banco público de células estaminais parado devido à crise Criopreservação Ministério da Saúde não desbloqueou verba de dois milhões de euros contemplados no Orçamento do Estado. O único banco público de células do cordão umbilical funciona há dois anos sem financiamento O Ministério da Saúde anunciou na passada sextafeira, 26, que mantém toda a abertura para analisar a situação financeira do banco público de células estaminais do cordão umbilical: “o assunto está a ser analisado e será decidido em altura oportuna”. Contudo, a data em que a verba estará disponível ainda não foi adiantada. Em causa estão cerca de dois milhões de euros contemplados no Orçamento do Estado para 2011 que ainda não foram desbloqueados devido ao actual “enquadramento de restrições financeiras”. A responsável do Lusocord

(banco público de sangue do cordão umbilical), Helena Alves, afirmou que “se forem atribuídos dois milhões de euros por ano, o banco público conseguirá trabalhar bem” e que a curto prazo “se poderão compensar esses gastos com o dinheiro que se poupa na importação do sangue do cordão e com o que se ganha na exportação para os Estados que dele necessitarem”. “Com a disponibilização de amostras acabaríamos por criar sustentabilidade no banco”, salientou. Em dois anos, o banco público fez a criopreservação de sete mil unidades, de um total de 18 mil dádivas. PUBLICIDADE

Freitas Martins MÉDICO OFTALMOLOGISTA E SPECIALISTA PELOS H OSPITAIS DA U NIVERSIDADE DE C OIMBRA E O RDEM DOS M ÉDICOS

DOENÇAS E CIRURGIA DOS OLHOS - LENTES DE CONTACTO Consultas: Todos os dias de 2ª a 6ª feira Rua Cap. Mouzinho de Albuquerque, 88 - 1º E. - Leiria TEL. 244 837 080 Convenções com: PT, CTT, CGD, SAMS

38

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

O que são células estaminais? As células estaminais são células existentes no organismo, responsáveis por gerar novas células que substituam todas as que se perdem ao longo da vida. As características principais e distintivas que permitem que estas células desempenhem esta função são a capacidade de multiplicação quase infinita e a possibilidade de se diferenciarem. As aplicações das células estaminais conhecidas até ao momento dizem respeito a doenças do foro hemato-oncológico, tais como algumas leucemias, linfomas e tumores sólidos e outras doenças, hereditárias ou adquiridas, do sistema sanguíneo ou imunitário. Quais são as vantagens da criopreservação? A recolha na altura do parto e a posterior criopreservação das células estaminais contidas no cordão umbilical constitui uma verdadeira alternativa que pode salvaguardar a necessidade de utilização deste material biológico como terapia do próprio indivíduo ou familiares. Esta solução elimina por completo a possibilidade de rejeição (quando utilizado no próprio indivíduo), permitindo uma resposta imediata e eficiente. O método de recolha é doloroso? A recolha do sangue do cordão umbilical não envolve nenhum risco para a mãe ou para o bebé, tratando-se de um processo não invasivo e indolor.


Farmácias de serviço

808 24 24 24

Saúde 24 O número que liga à saúde Leiria 6ª 09 Sáb 10 Dom. 11 2ª 12 3ª 13 4ª 14 5ª 15 6ª 16 9 às 24h

Bombarral Avenida Batista Central Godinho Higiene Antunes Lis Oliveira Lis

Av. Heróis de Angola, 63 244 833 168 Lg. 5 Outubro, 33/4 244 832 320 Largo de Santana, 11 244 502 208 Av. Francisco Sá Carneiro, Marinheiros 244 832 432 R: Tenente Valadim, 29 244 833 140 Rua Vale de Lobos, 30 - Guimarota 244 832 465 R: Rego d’Água, 29, Gândara 244 882 609 Av. 22 de Maio, 14 244 822 757 Gândara dos Olivais - Rêgo D’Água,29 244 882 609

Marinha Grande 6ª 09 Sáb 10 Dom. 11 2ª 12 3ª 13 4ª 14 5ª 15 6ª 16

Guardiano Central Roldão Moderna Duarte Santa Isabel Guardiano Central

Branco Caldense Central Maldonado Rosa Perdigão Branco Freitas

244 502 678 244 502 208 244 502 641 244 502 834 244 503 024 244 575 349 244 502 678 244 502 208

40

Rua Luís de Camões, 38 Rua do Comércio, 48 Rua do Comércio, 48 Rua Luís de Camões, 38 Rua do Comércio, 29/33 Rua do Comércio, 48 Rua Luís de Camões, 38 Rua do Comércio, 29/33

262 605 242 262 605 115 262 605 115 262 605 242 262 609 290 262 605 115 262 605 242 262 609 290

6ª 09 Sáb 10 Dom. 11 2ª 12 3ª 13 4ª 14 5ª 15 6ª 16

Praça da República, 26 Rua Alexandre Herculano, 8 Rua Alexandre Herculano, 8 Rua Alexandre Herculano, 8 Pç. Dr. Agostinho Alb. Almeida, 4 Praça da República, 26 Rua Alexandre Herculano, 8 Pç. Dr. Agostinho Alb. Almeida, 4

249 542 228 249 542 212 249 542 212 249 542 212 249 542 120 249 542 228 249 542 212 249 542 120

262 832 324 262 832 256 262 831 471 262 831 484 262 831 996 262 840 580 262 832 324 262 840 030

6ª-Dom.09-11 2ª-6ª. 12-16

244 765 124 244 765 449

6ª 09 Sáb.-6ª 10-16

Albergariense Santa Maria

Largo P. Paulo VI, 1 R.D.Filipa de Lencastre

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

Fátima Iriense Beato Nuno Dos Pastorinhos Fonseca Fátima Iriense Beato Nuno

Rua Santo Agostinho, 6 249 531 114 Rua Santa Isabel, Cova da Iria 249 539 070 Av. Beato Nuno, 360 Cova da Iria 249 566 119 Av. Beato Nuno, nº78 Bloco C 249 534 611 Rua Principal de Fátima, nº29 249 591 020 Rua Santo Agostinho, 6 249 531 114 Rua Santa Isabel, Cova da Iria 249 539 070 Av. Beato Nuno, 360 Cova da Iria 249 566 119

236 931 186 236 931 280

Figueiró dos Vinhos 6ª-Dom.09-11 2ª-6ª. 12-16

Serra Correia

Central Mirense

6ª 09 Sáb 10 Dom. 11 2ª 12 3ª 13 4ª 14 5ª 15 6ª 16

Epifânio Magalhães Campeão Bello Marques Epifânio Magalhães Campeão Bello Marques

Lg. 5 de Outubro, 4 Rua Dr. Brilhante, 18A R. Alexandre Herculano, 4/6 Rua Alexandre Herculano, 23/25 Lg. 5 de Outubro, 4 Rua Dr. Brilhante, 18A Rua Alexandre Herculano, 4/6 Rua Alexandre Herculano, 23/25

262 582 124 262 582 455 262 582 156 262 582 115 262 582 124 262 582 455 262 582 156 262 582 115

Nazaré P. Igreja Velha Rua Nova

6ª-Dom. 09-11 2ª-5ª. 12-15 6ª 16

Sousa Silvério Ascenso

R. Mouz. Albuquerque, 22/30 Rua Adrião Batalha, 43 Rua Sub-Vila, 48

262 561 221 262 552 394 262 551 106

Barros Torres

Largo das Almas, 1 e 3 Av. Heróis Ultramar, 22

236 212 037 236 212 487

Pombal

R: Dr. Manuel S. Barreiros, 41 R: Dr. José M. Simões, 2 e 4

236 552 339 236 552 312

R: Gen. Humberto Delgado, 268 R.G.Trindade-Inf.Henriq.- Gaveto

244 440 237 244 440 213

Mira de Aire Ferraz Padrão

6ª 09 Sáb 10 Dom. 11 2ª 12 3ª 13 4ª 14 5ª 15 6ª 16

Alcobaça Verdasca Moderna Moderna Moderna Leitão Verdasca Moderna Leitão

Albergaria dos Doze

R. Almirante C. Reis, 25 Praça 5 de Outubro, 7, r/c Praça da República, 15/16 Rua Ten. Sangreman Henriques,12 Av. 1º de Maio, 12, r/c A R. Dr. Augusto S. Silva, 15 R. Almirante C. Reis, 25 R: da Liberdade, 12

Batalha 6ª-Dom.09-11 2ª-6ª. 12-16

Fátima

Hipodérmia Miguel Miguel Hipodérmia Franca Miguel Hipodérmia Franca

Ourém

Praceta Luís de Camões, 1 Largo 5 de Outubro,5 Av. Victor Gallo, Lote 15 Av. Victor Gallo, 19 Rua das Portas Verdes,76 Trav. do Salgueiro Praceta Luís de Camões, 1 Largo 5 de Outubro,5

Caldas da Rainha 6ª 09 Sáb 10 Dom. 11 2ª 12 3ª 13 4ª 14 5ª 15 6ª 16

6ª 09 Sáb 10 Dom. 11 2ª 12 3ª 13 4ª 14 5ª 15 6ª 16

6ª-Dom.09-11 2ª-6ª. 12-16


Falecimentos & agradecimentos António Luís de Sousa Fernandes

Jaime Marto de Sousa Ligeiro

11.05.1968 - 04.09.2008 Regueira de Pontes - Leiria

81 ANOS 13.10.1929 - 18.08.2011 Batalha

Adelino Felizardo Gaio 09.06.1928 - 22.08.2011 Boa Vista - Leiria

AGRADECIMENTO 3º ANO DE FALECIMENTO Três anos passaram... Tanta saudade causou a tua separação. Porém hoje sinto um brisa suave, porque sei que continuas aqui, mesmo não te vendo. A tua presença é sentida em todos os momentos da minha vida...

Seus irmãos, sobrinhos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer de forma especial a todas as pessoas de suas relações e amizade que neste momento de dor e tristeza manifestaram o seu pesar. A todos, muito obrigado.

Do teu irmão que nunca te esquecerá

Tratou Agência Funerária Espírito Santo

Virgílio Ferreira do Pinhal

Francisco Paulo Vieira

AGRADECIMENTO E MISSA DE 7º DIA Sabemos que um dia acontecerá… Mas ninguém está preparado para tamanha perda e dor! Sabemos que esta é a ordem natural da vida…. Mas é sempre difícil aceitar!

10.12.1927 – 02.09.2008 Ruivaqueira - Ortigosa

76 anos 10.09.1934 - 04.08.2011 Odivelas

Obrigada pelas palavras amigas e de reconforto que ajudam a superar este sentimento de perda.

MISSA

AGRADECIMENTO

Bem-haja a todos os que estiveram presentes ou que manifestaram de qualquer forma o seu pesar e aos que partilharam este doloroso momento com a Família.

Sua esposa, filhos, netos e restante familia recordam-no com eterna saudade.. Participam que será celebrada Missa por sua intenção, no dia 2 de Setembro (sexta-feira), pelas 20h30 na Igreja da Ortigosa.

Sua esposa, irmãos, sobrinhos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer de forma especial a todas as pessoas de suas relações e amizade que neste momento de dor e tristeza manifestaram o seu pesar. A todos, muito obrigado.

Tratou Funerária Domingues, Stº da Carpalhosa e Leiria

Tratou Agência Funerária Espírito Santo

3ª ANO DO SEU FALECIMENTO

Maria Pereira 28.07.1915 - 29.08.2011 Arroteia – Souto da Carpalhosa

AGRADECIMENTO

António Augusto Teixeira de Barros 50 anos 19.10.1960 - 22.08.2011 Vale da Gunha - Maceira AGRADECIMENTO

Seus filhos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todos aqueles que se incorporaram no funeral do seu ente querido ou que de alguma forma manifestaram o seu apoio e carinho neste momento difícil.

Sua esposa, filhos, irmãos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer de forma especial a todas as pessoas de suas relações e amizade que neste momento de dor e tristeza manifestaram o seu pesar. A todos, muito obrigado.

Tratou Funerária Domingues, Stº da Carpalhosa e Leiria

Tratou Agência Funerária Espírito Santo

Ficam as memórias, os momentos felizes para sempre…

Um especial agradecimento à equipa de Apoio Domiciliário AMBESSE e ao pessoal do Hospital Santo André de Leiria. A Missa de 7º dia realizar-se-á amanhã, sábado, dia 3 de Setembro, pelas 19:30 na Igreja da Boa Vista. Tratou Agencia Funerária Bombeiro Filhos Lda.

Isaura da Soledade Almeida 86 ANOS 11.03.1925 - 24.08.2011 Vale da Gunha - Maceira AGRADECIMENTO Seu marido, filhos, netos, bisnetos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que fizeram parte do cortejo fúnebre do seu ente querido e que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado. Tratou Funerária Nacional – Cerfuni Lda.

Jacinto Pedrosa Pereira

Artur Teixeira

Teodina de Jesus de Sousa

06.04.1918 – 24.08.2011 Carvide

84 anos 04.08.1927 - 17.08.2011 Cavalinhos - Maceira

18.12.1925 - 26.08.2011 Chãs - Regueira de Pontes

AGRADECIMENTO

AGRADECIMENTO

AGRADECIMENTO

Sua esposa, filhos e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todos aqueles que se incorporaram no funeral do seu ente querido ou que de alguma forma manifestaram o seu apoio e carinho neste momento difícil.

Seus filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer de forma especial a todas as pessoas de suas relações e amizade que neste momento de dor e tristeza manifestaram o seu pesar. A todos, muito obrigado.

Tratou Funerária Domingues, Stº da Carpalhosa e Leiria

Tratou Agência Funerária Espírito Santo

Sílvia Sofia Gaspar Pedrosa

Deolinda Simão Duro

16.09.1979 - 23.08.2011 Seixo

04.05.1934 - 22.08.2011 Casal da Quinta- Milagres

AGRADECIMENTO

AGRADECIMENTO

Seu marido, filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas amigas que se incorporaram no seu funeral bem como a todos aqueles que de alguma forma manifestaram o seu pesar. Tratou Agência Funerária Jaime

Marcolino da Soledade 21.03.1925 - 27.08.2011 Ponte da Pedra - Regueira de Pontes

AGRADECIMENTO

Seu marido, filhos, pais e restante família vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que de algum modo manifestaram o seu pesar.

Seus filhos, genro, nora, netos e restante família vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que o acompanharam à sua última morada , bem como a todos aqueles que de qualquer forma manifestaram o seu pesar e um especial agradecimento a todos aqueles que neste momento tão difícil se mantiveram ao seu lado.

Sua esposa, filhos, genros, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas amigas que se incorporaram no seu funeral bem como a todos aqueles que de alguma forma manifestaram o seu pesar.

Tratou Agencia Funerária Página de Destino

Tratou Agência Funerária Bombeiro Filhos Lda.

Tratou Agência Funerária Jaime

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

41


Cultura

Bidoeira Uma freguesia com paixão rock e atracção metal Música Para além da filarmónica, há quatro bandas na Bidoeira de Cima. O que bem pode ser resultado de uma paixão antiga pelo rock, que envolve os UHF e tudo. Mas haverá um som made in Bidoeira? 46

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

01

03

02

04

Manuel Leiria Quando tinha 17 anos, Luís Oiteiro (ou)viu os UHF na Batalha e encantou-se. “Meti na cabeça que os tinha de levar à Bidoeira”. Assim foi: a banda de António Manuel Ribeiro tocou há 30 anos pela primeira vez na freguesia e esta semana voltou para o quinto concerto num palco que já deve ser familiar. “Se calhar sou eu um pouco o responsável por haver tanta gente que gosta de música cá. Organizava uns concertos e talvez o pessoal tenha começado a ganhar o ‘bichinho’”, diz Luís, pai de Nuno Oiteiro, baterista da mais recente banda daquela freguesia do concelho de Leiria.

Desde 2009 que os Last Hangover figuram no lote de bandas nascidas/residentes em Bidoeira de Cima, com The Cartel, Raven Soul ou THE SPiTEFUL. Tamanha quantidade entre pouco mais de dois mil habitantes não significa, contudo, que haja uma “cena musical bidoeirense” como têm (ou tiveram) Marinha Grande e Alcobaça. Mas “há uma linha comum”, afirma Márcio Caetano, dos Raven Soul, apesar das diferenças que vão do rock português dos The Cartel ao metal dos THE SPiTEFUL, passando pelo gothic rock dos Raven Soul e pelo numetal dos Last Hangover. “Este interesse todo pela música e o desejo em criar

bandas na freguesia tem a ver com o passado de algumas gerações”, diz o vocalista dos Raven Soul, corroborando a versão de Luís Oiteiro: “Há 20 e tal anos os UHF ainda estavam a dar os primeiros passos e a geração que agora tem 40 e tal anos mexeu-se para os trazer cá!”. Essa dinâmica serviu de inspiração. “No final da década de 80 ainda não se entendia bem o heavy metal e o hard rock e já a juventude daqui ouvia tudo isso”. Até uma discoteca dedicada a esses novos sons da época nasceu na Bidoeira. “A Nova Vaga passava todas essas músicas na sala inferior do Centro Cultural”, recorda.


Nós // Cultura

01 Os The SPiTEFUL ensaiam na Bidoeira e têm um elemento natural da freguesia, um dos guitarristas. É na casa dos pais de João Mota (à esquerda) que mantêm a sala de ensaios onde criam o seu metal. Em 2010 foram em digressão à Polónia Foto: João Viana

02 Last Hangover são a última novidade do panorama musical da Bidoeira. Praticam o nu-metal, de nuances melódicas, e têm em Luís Oiteiro uma espécie de director de banda. Ele que foi responsável pelo primeiro concerto dos UHF na Bidoeira há 30 anos

Depois, o trabalho da escola de música da filarmónica fez o resto, formando jovens instrumentistas e, dessa equação, surgiram frutos. Márcio tem mais uma reflexão sociológica que junta à explicação sobre a dinâmica musical da terra: “Sempre tivemos um bocadinho à frente de outras freguesias também porque havia algumas famílias abastadas cujos filhos estudavam em Leiria. E aí tinham acesso a outra informação e música que outros não teriam. Estar assim próximo de Leiria também terá influenciado”. Para Eduardo Norte, a existência de quatro bandas na Bidoeira não é nenhum fenómeno: “Há muitos músicos em Leiria, e também Marinha Grande, e a Bidoeira não fica fora desse esquema”, diz o guitarrista dos The Cartel. A banda, que foi buscar o nome aos filmes de gangsters nasceu em 2007, até já tem carreira internacional. Em 2009 o seu rock português chegou aos top 20 da Rádio Latina do Luxemburgo, o que os levou a actuar lá e também a Paris. “Temos tido um percurso porreiro, já tivemos uma quantidade de coisas boas”. Da formação inicial, Eduardo é o único bidoeirense que se mantém. “Agora estamos parados, a preparar um novo disco”. Da Bidoeira é também João Mota, dos THE SPiTEFUL, uma banda igualmente com uma digressão ao es-

03 Luxemburgo e França já ouviram os The Cartel ao vivo. A banda toca rock exclusivamente cantado em português mas queixa-se de falta de apoio e reconhecimento em Leiria 04 Os Raven Soul têm oito anos e uma legião de fãs bem dedicados. “Já funcionámos como embaixadores da freguesia”, assume o vocalista, Márcio Caetano

Bailes de Verão trazem valsas e corridinhos

Festival do Folclore na Boa Vista

Hoje, sexta-feira, viaje até ao Jardim Luís de Camões, em Leiria, para “dar um pezinho de dança” ao som de valsas tradicionais, chulas ou corridinhos. O som está a cargo da Sociedade Artística e Musical dos Pousos (SAMP), que promete “aquecer” a noite de Leiria recuperando antigas tradições. Às 22 horas.

O 33º Festival do Folclore da Boa Vista pretende demonstrar ao público que a cultura e as tradições da freguesia e do país estão ainda bem vivas, proporcionando a todos os participantes o contacto com as mesmas. O festival organizado pelo Rancho Típico da Boa Vista realiza-se amanhã, sábado, a partir das 17 horas.

Foto: Miguel Ferreira/7D7Y

Agenda Espectáculos

Um estúdio a Norte Chama-se Northaudio Studio, fica em casa de Eduardo Norte, dos The Cartel, e é mais um sinal de vitalidade musical da Bidoeira. Apesar de ser privado - “é só para conhecidos lá gravarem”, explica Eduardo -, tem Myspace e já recebeu bandas da região como os The Allstar Project ou Born a Lion. Os primeiros gravaram na Bidoeira “Your reward... A bullet” (2007), enquanto os Born a Lion registaram no Northaudio Studio três temas do segundo disco, “Bluezebu” (2009).

trangeiro no currículo: em 2010 foram à Polónia dar quatro concertos. Apesar disso, são talvez os Raven Soul os mais famosos em Portugal. “Sempre tivemos uma grande preocupação em percorrer o país, tocar às vezes em sítios até descabidos, para dar a conhecer o projecto”, conta Márcio Caetano. Isso desperta a atenção, tal como o lado fantasmagórico e pesado da banda, que provoca reacções curiosas. “Há pessoal muito mais velho que nós que quando entra em cena tem de pôr os dedos nos ouvidos. Mas ficam, sorriem e acarinham-nos. Isso é que é preciso!” manuel.leiria@regiaodeleiria.pt

Castelo de Sons

Ataídes ao teatro

A arte de improvisar volta ao Castelo de Leiria amanhã, sábado, pelas mãos de Daniel Bernardes (piano), António Quintino (baixo) e Joel Silva (bateria). Num programa preenchido de jazz, o trio promete fazer com que a linguagem musical flua como correntes. O espectáculo está inserido na iniciativa Castelo de Sons e o preço de entrada varia de um a dois euros. À 22 horas.

O Te-Ato, Grupo-Teatro de Leiria, apresenta a peça “Noite de Poesia” na Casa dos Ataídes, em Leiria, na próxima quinta-feira, dia 8. A peça retrata uma mulher, professora de profissão, tal como a sua mãe, que é perseguida por um fantasma que a fez ser tal como é e a faz desejar ser diferente. A entrada é livre e o espectáculo inicia às 22 horas.

Aulas de dança

Animação de rua

A escola de dança Passo Cubano convida os leirienses, e não só, para demonstrações e aulas de dança grátis no próximo dia 4, domingo, a partir das 14 horas, na Praça Rodrigues Lobo, em Leiria. Aulas de zumba, ritmos latinos e africanos, danças de salão e workshops de dança são o doce para os apaixonados pela dança na região.

A paródia de Victor Sérgio, Quim Bragança e “sus muchachos” prometem animar o Largo da Capela, na Praia do Pedrógão, hoje, sexta-feira, a partir das 22 horas. A iniciativa insere-se no programa Praça Viva naquela praia organizado pela autarquia. No sábado, será a vez da actuação de Heliac, com um ritmo luso-brasileiro.

Cosei Cherie ao vivo na Fnac Os Cosie Cherie são um novo duo de folk acústico que integra a colecção Novos Talentos Fnac 2011. Book of Music é o álbum de estreia que hoje, sexta-feira, às 22 horas, actua ao vivo na Fnac do LeiriaShopping. O albúm é composto de um “summer-folk” minimalista, “em busca de ritmo, rimas e equilíbrio”.

Ceia com História lembra D. Manuel I

Hoje, sexta-feira, o Castelo de Leiria volta a receber mais uma “Ceia com História”, desta vez invocando a figura do Rei D. Manuel I. Este é já o quarto jantar de um ciclo que começou em Maio. Cada ementa é preparada especialmente para a ocasião “com o objectivo de conduzir os convidados ao universo gastronómico característico de cada época”, explica a organização. Empada Real de Frangãos ou Castanhas de Calda e Sofrito de Couve acompanhado de Infusão de ervas são algumas das iguarias desta edição. Servida pelo restaurante Tromba Rija, a ceia tenta recriar cheiros e sabores da história nacional, através da investigação do historiador e chef José Marques da Cruz. Com um custo de 35 euros por pessoa, o banquete será servido a 80 participantes (reservas 244 852 277).

Fajardo leva cinema à Ilha da Berlenga

A ilha vista na primeira pessoa. Paulo César Fajardo, repórter e realizador, apresenta amanhã, sábado, o documentário “Berlenga - A Ilha do Farol”, depois de ter passado algum tempo na ilha e convivido com as pessoas que vivem e por lá passam. E qual o melhor sítio para apresentar o trabalho? Isso mesmo, a Ilha da Berlenga. Esta será a primeira vez que uma sessão de cinema viaja até à mais recente Reserva da Biosfera da Unesco e a uma das poucas reservas naturais do país. O documentário caracteriza a ilha da Berlenga e dá voz a quem lá está e visita a ilha. “Pois a ilha influencia todos os que por ela passam de maneira diferente”, explica o realizador. O evento realiza-se no âmbito das comemorações dos 30 anos da criação da Reserva Natural e o documentário é apresentado às 16 horas e às 21h30, com entrada livre, no Pavilhão Mar & Sol.

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

47


Guia Discos

Guia Exposições

A FNAC sugere

The Cherry On My Cake Luísa Sobral

I’m With You Red Hot Chili Peppers PVP: 15.99 €

I’m With You é o muito aguardado regresso dos Red Hot Chili Peppers aos discos de estúdio. Produzido por Rick Rubin, este é o primeiro disco com o novo guitarrista Josh Klinghoffer que substituiu John Frusciante em 2010.

Nothing But The Beat (2CD) David Guetta PVP: 14.99 €

David Guetta atingiu um estatuto de grande ídolo entre milhares de fãs o que não tem igual na história da música de dança. De regresso com um novo álbum conta com as participações de Flo Rida, Nicki Minaj, Taio Cruz e Snoop Dogg.

Black & White America Lenny Kravitz PVP: 16.99 €

Lenny Kravitz quase que dispensa apresentações. Aos 47 anos, um dos maiores ícones do pop-rock contemporâneo está de volta com o seu nono álbum de originais que foca o problema racial que ainda existe nos EUA na era pósObama. Passe estes códigos no ponto de escuta FNAC e oiça o disco correspondente

48

N

do que vivemos num país extremamente musical e que isso não aconteceu somente após o surgimento de escolas de música. A lutar por esta causa e tornando possível este projeto está o realizador Tiago Pereira e a sua equipa, que, incansavelmente, sem nenhum apoio monetário e apaixonadamente, abraçaram a missão de dar ao país um arquivo vivo e um futuro património cultural imaterial ao acesso de todos. Só sinto tristeza por o país receber este tipo de ofertas de cidadãos comuns e os seus governantes observarem descansados e oportunamente aquilo que por dever (e porque lhes pagamos) deviam fazer. Se não sabem fazer forneçam condições a quem sabe, ficamos todos a ganhar.

Guia Livros

Cobiça J. R. Ward Quinta Essência PVP: 17,50€ Redenção não é palavra que Jim Heron conheça bem. A sua especialidade é a vingança e, para ele, o pecado é relativo. Mas tudo muda quando se torna um anjo e é incumbido de salvar sete pessoas dos sete pecados mortais.

Hoje preferia não me ter encontrado Herta Muller Dom Quixote PVP: 16€ Na viagem de eléctrico que a leva às instalações da polícia, a narradora vê a sua vida passada em revista, até que chega a uma rua desconhecida, onde encontra um velho suspeito.

Top Americana

Sete meses e meio para encontrar um namorado Carolina Aguirre Caderno PVP: 14,90€ Sete Meses e Meio Para Encontrar um Namorado é o diário real, terno e divertido, de um mulher que não desiste nunca do amor.

Ligações Proibidas Cheryl Holt Quinta Essência PVP: 15,90€ Uma solteirona de vinte e cinco anos está determinada em ver a irmã casada com um homem de bem. Mas o único homem qualificado para a ensinar, desperta-lhe uma atenção que nunca experimentou.

Noiva Indiana Karin Fossum Dom Quixote PVP: 17€ Gunder Jomann, um pacato solteirão, parte para a Índia à procura de uma noiva, e conhece Poona, com quem se casa e regressa à sua aldeia, na Noruega. Semanas depois aparece um cadáver de uma mulher indiana e ninguém é totalmente inocente.

Em Carne Viva Nadia Ghulam e Agnês Rotger Asa PVP: 13,90€ Nadia tinha apenas oito anos quando a sua infância terminou. Uma bomba destruiu-lhe a casa e o corpo. Passa longos meses em coma, mas o milagre acontece e ela mudará o rumo da sua família, que vive na miséria.

António Cova Artista analista

PVP: 9.99€

The Cherry on my Cake é o primeiro disco assinado em nome próprio de uma viagem que começou aos 12 anos. O disco é na grande maioria em inglês, mas também em português, com dois temas originais e uma versão de Rui Veloso.

ão tenho de divulgar motivos para os quais já tenha dado o meu contributo, mas desta vez vou abrir uma exceção. A tomada desta decisão é a obrigação para com a minha consciência em evidenciar a grandiosidade de um projeto como o canal de “A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria” que sem dúvida me tem enriquecido musicalmente desde que o sigo. Este canal interativo representa a grande diversidade de música que é feita no nosso país, sendo a sua recolha realizada de forma descentralizada, sem qualquer tipo de inteletualismo preconceituoso, sob o dever “científico” de recolher amostras heterogéneas, demonstran-

Chitas de Alcobaça. Exposição na Galeria de Exposições Temporárias do Mosteiro de Alcobaça. Até 11 de Setembro. Nada em Comum 2. O colectivo a9)))) leva ao Edifício do Banco de Portugal, em Leiria, uma exposição colectiva de dez artistas plásticos. Até 4 de Setembro (segunda a sexta, 9h-12h30 e 14h-17h30, sábado das 14 às 18 horas). A arquitectura de Evangelino Borges Jacinto. A Biblioteca Municipal da Nazaré apresenta uma exposição fotográfica que evoca algumas das obras concebidas e construídas por este carpinteiro de ofício e que marcaram a malha urbana da Nazaré. Até 4 de Setembro. Colectiva no Castelo de Porto de Mós. Os alunos dos ateliês livres de pintura de Francisco Santos em Leiria, Valado dos Frades e Porto de Mós mostram o resultado do seu trabalho no Castelo de Porto de Mós. Até 11 de Setembro. As Pragas nos Museus. Exposição no Museu Escolar de Marrazes sobre métodos de captura de pragas, a sua prevenção e controlo. É possível observar algumas estratégias para a redução de riscos de degradação nos edifícios e no espólio museológico. De terça a sexta das 9 às 12h30 e das 14 às 17h30, até 16 de Setembro. Sensibilidades 25. A exposição antológica que reúne 25 fotógrafos da região está em Leiria, no Teatro José Lúcio da Silva. A iniciativa do CEPAE concretizou-se num livro que reúne visões de alguns dos melhores fotógrafos da região. Até 30 de Setembro. Origem. Os olhares e perspectivas de Nuno Ramos e Filomena Jesus, criaram obras em relevo, feitas em papel costurado à mão. Na Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira, de 5 a 30 de Setembro. Sabores da Terra. No Teatro Miguel Franco, a exposição de Duarte Belo descreve as regiões de Portugal, revivendo a riqueza da sua diversidade. Até 15 de Outubro.

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011

Opinião MPAGDP

1º Céu existe mesmo Todd Burpo Lua de Papel

2 ºPeso Pesado Vários Guerra & Paz

3º Do Fundo do Coração Nora Roberts Chá das Cinco

4º Uma Aventura Smurfante Fern Alexander Asa

5º Controle o Stress Paul Mckenna Lua de Papel

6º Diário de Um Gajo Divorciado em Tempos de Crise António Costa Santos Guerra & Paz

PUBLICIDADE


Barosa À festa secular

Programa

juntou-se o arraial Tradição Os festejos anuais em honra de S. Mateus remontam há vários séculos. O arraial surgiu mais tarde, mas é hoje um ponto forte

Carla Bercial Cumpre-se mais um ano de tradição na freguesia da Barosa. É em honra de S. Mateus, o padroeiro, que as pessoas se mobilizam e tornam possível esta festa anual. Segundo o padre David Barreirinhas, “estas festas têm um carácter histórico, secular”. Ao longo dos tempos, a festa foi criando um carácter diferente, mas faz-se porque “as pessoas querem festejar o seu padroeiro”, é religiosa. “Se nós olharmos para trás, historicamente, as pessoas sempre celebraram S. Mateus, a dimensão arraial é que tem a ver com os tempos em que vivemos. Há 40 ou 50 anos haveria

arraial certamente, não havia as bandas que hoje vêm. Era com certeza feita com a prata da casa”, assegura. Aquela que é uma das maiores festas da zona, é promovida pelas pessoas da terra, pela paróquia. Existe uma comissão própria que assume a sua coordenação e é neste ponto que, muitas vezes, surgem as dificuldades. Organizar estes festejos anuais implica um esforço enorme e o trabalho prolonga-se durante um ano. Quando termina a festa a comissão seguinte tem de começar a trabalhar, para que nada falhe. E um dos obstáculos que se levanta prende-se com o facto de a Barosa ser uma terra de pessoas que chegam

de fora e não têm aí as suas raízes, por isso não se sentem suficientemente identificadas com a terra para poderem pegar na festa e fazê-la. “Por isso há um grupo de gente que está sempre e que às vezes, felizmente, consegue trazer mais um ou dois que vão fazer parte do grupo e fazer com que a festa possa acontecer todos os anos”. “No ano passado houve uma dificuldade tremenda para fazer a festa e foram o conselho económico e o conselho pastoral que a assumiram com a minha coordenação”. Fez-se de Maio a Setembro. Num curto espaço de tempo foi possível organizar uma festa que rendeu 31 mil euros. Os objectivos dos festejos, para o padre David Barreirinhas, são celebrar o padroeiro, reunir as pessoas e angariar fundos, que são uma das principais fontes de receita para a vida da paróquia.

Sexta-feira, 2 Setembro 19h00 Abertura do Arraial 21h00 Actuação do Trio Musical D’arromba 23h30 Actuação das bandas The Peorth e Maryl’ and Doves

N.ºs Uma festa rentável 31 mil euros foi o lucro da festa em honra de S. Mateus no ano passado 17 mil euros em patrocínios é o valor aproximado doado por empresas da Barosa e não só, para a festa de 2010 5

mil euros foi o valor conseguido pela Comissão de Festas deste ano através da organização de vários eventos

9

membros compõem a comissão de festas

3

bandas vão animar o arraial, sem quaisquer custos

Sábado, 3 Setembro 15h00 Grande Corrida Carros de Rolamentos 19h00 Jogos Tradicionais 21h00 Actuação da banda Fh5 23h30 Actuação de Fubu Beatbox (Vencedor do Portugal Tem Talento) Domingo, 4 Setembro 08h00 Alvorada 10h00 Chegada da Filarmónica Maiorguense e dos Gaiteiros (Ramboias) 11h30 Recolha de Andores e Oferendas 13h00 Almoço no Restaurante da Festa 15h00 Missa Solene e Procissão 21h00 Actuação da Banda Kroll 22h30 “Uma Noite para Ti” 24h00 Encerramento dos Festejos

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

49


Especial // Barosa

Aeromodelismo cresce na freguesia A funcionar desde 2007, o Clube de Aeromodelismo do Liz (Caliz) já tem um campeão nacional, André Rodrigues, que venceu a última prova realizada em Leiria

A prática do aeromodelismo em Leiria é antiga, conta mais de 50 anos, só que, como relata o presidente do clube Filipe Bernardino, “não havia um clube vocacionado para o ensino, para a formação, para provas desportivas e que tivesse uma pista própria para se desenvolver com segurança a prática do aeromodelismo”. Foi desta necessidade que nasceu o Caliz, hoje com 80 sócios. “Escolheu-se a zona da Barosa devido ao facto de ter espaços mais amplos, longe das casas e porque está mais alinhado ao vento, que é uma das coisas mais importantes”, assegura o presidente.

O Caliz é uma associação sem fins lucrativos, que tenta desenvolver a formação junto dos mais novos e de quem queira aceder à prática. É através do dinheiro das quotas e do que conseguem angariar com a realização de eventos que adquirem os equipamentos. Assim, qualquer pessoa que esteja interessada em iniciar-se na prática do aeromodelismo pode dirigir-se ao clube e ensaiar gratuitamente, sem sequer precisar de comprar equipamento. O clube tem uma equipa de acrobacia com participação em provas nacionais e internacionais e em Junho passado recebeu na sua pis-

A Caliz tem vindo a crescer e tem perto de 80 sócios Foto: Sérgio Claro ta uma prova de três dias que contou para a Taça do Mundo de Acrobacia. “Tivemos cá pilotos de vários países e foi uma prova que correu muito bem, mesmo

a nível de participação de pilotos”. Em Novembro vai acontecer uma prova de voo nocturno e o Caliz foi pioneiro em Portugal neste tipo de

eventos. “Começa por volta das 17 horas e normalmente acaba à meia-noite. É uma experiência diferente”, confessa o presidente. CB PUBLICIDADE

52

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011


Especial // Barosa

Rolar pela rua é mais do que uma tradição A festa em honra de S. Mateus não é festa se não houver a célebre corrida de carrinhos de rolamentos. Profundamente enraizada, já é difícil saber quantas corridas se realizaram na Barosa. Sabe-se que corridas nocturnas aconteceram cinco e também têm tido um êxito enorme. Na última, que decorreu no passado mês de Julho, participaram 52 carros e rendeu mil euros

à comissão de Festas. “De ano para ano tem vindo a crescer! Atrai muita gente, tivemos perto de três mil visitantes”, conta Gilberto Passagem, um dos membros da comissão. Aparecem carros de todos os tamanhos e feitios, desde betoneiras, caixões, pranchas de surf. A inscrição é livre e o transporte para subidas e descidas também está incluído. Mas um divertimento como

este exige muito trabalho da parte de quem o organiza. São precisas licenças da Câmara Municipal, da GNR, dos Bombeiros, são necessários seguros. Inês Santos, membro da comissão de festas, explica: “as pessoas não se apercebem, nem têm noção do trabalho que existe antes para haver a diversão e a corrida. Mas acaba sempre por dar muito gosto fazer”. A corrida que faz parte do

programa da festa decorre sempre ao sábado. Para além dos prémios normais de participação há ainda as categorias: o primeiro lugar, o primeiro lugar para o carro maior, os prémios originalidade, para o participante mais novo, para o mais velho, entre outros. Não há limite de inscrições, da Barosa normalmente participam cerca de 20 carros e depois é esperar quem vem de fora. Este ano trouxe algumas novidades. A Comissão conseguiu um patrocinador para os números dos concorrentes e foi também criado um troféu com um desenho de um carrinho de rolamentos em acrílico.

Uma das regras é que o piloto deverá permanecer sentado no carro enquanto este estiver em andamento

PUBLICIDADE

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

53


Guia Restaurantes Este guia está também disponível em www.regiaodeleiria.pt. Para a inclusão de novos restaurantes neste guia, consulte-nos através do telefone 244 819 950.

Batalha

Castanheira de Pera

Mosteiro do Leitão Restaurante Especialidades Leitão, Polvo à Laranjeiro, Cabrito, Bife à Mosteiro Folga Não tem. Tel 244767853/919006666. E-mail mosteirodoleitao@gmail.com Web Page www. mosteirodoleitao.com Obs. Junto à Expo Salão Batalha.

Hotel Lagar do Lago Especialidades Bacalhau à Lagareiro; Cabrito à Serrano; Polvo à Lagareiro; Bacalhau à Praia da Roca Folga 2ª fª. Tel. 236430120. Obs. Praia Fluvial das Rocas; Salão de Festas (Casamentos, Baptizados, Excursões) Web Page www.lagardolago. com. E-mail: hotel@lagardolago.com

Restaurante Esplanada Dom Duarte Especialidades Tornedó à Chefe; Bacalhau Recheado (fim-de-semana); Arroz de Tamboril. Tel. 244766326. Pérola do Fétal Especialidades Arroz de Pato Escondido; Polvo à Lagareiro; Lombinhos de Cherne c/ Açorda de Marisco. Folga Domingo ao Jantar e 2ª fª. Tel. 244705689. Restaurante Piadussa Especialidades Chanfana (ao fim-desemana); Naco na Pedra; Secretos de Porco Preto Ibérico; Feijoada de Gambas; Sopas de Bacalhau. Tel. 244703219. Restaurante Elsa e Filomena, Lda Especialidades Cozido à Portuguesa, Bacalhau Cozido c/ grão, Ensopado de Borrego e Pato no Forno. Sobremesa Doce de Bolacha. Folga Domingo. Tel 244765324 - Santo Antão. Restaurante Vintage Uma selecção de pratos tradicionais portugueses e de inspiração nas melhores cozinhas europeias pode ser saboreada no conforto interior do nosso restaurante ou na esplanada em que o Mosteiro é o cenário de fundo. Localização Edifício do Hotel Mestre Afonso Domingues Folga Domingo à noite. Tel 244765260 email hotel@mestreafonsodomingues.pt - www. hotel.mestreafonsodomingues.pt

Bombarral Mãe d’água Especialidades Lasanha de Cherne; Medalhões de Garoupa; Filetes de Peixe Espada Preto; Arroz de Lingueirão Sobremesas Gelado à Casa; Petit Gâteau. Folga Domingo ao jantar e 2ª-fª. Tel. 262605408.

Caldas da Rainha Cais da Praia Especialidades Polvo à Lagareiro; Bife de Ervas Finas; Lulas à Cais da Praia; Polvo à Atlântico, Ameijoas à Bulhão Pato. Folga 2ª fª (Excepto Verão). Tel. 966528533 Obs. Pratos do dia ao Almoço E-mail geral@caisdapraia.com Web Page www. caisdapraia.com

Fátima O Ti Miguel - Restaurante Pizzaria Especialidades Pizzas, Lasanhas, Bife de Cavalo, Picanha, Bifinhos de Veado, Cabrito Assado, Peixe Fresco. Folga 4ª fª. Tel 244741740 Loureira.

Figueiró dos Vinhos Restaurante Toca do Mocho Especialidades Bacalhau à Toca; Arroz de Carqueja; Tarte de Requeijão; Arroz de Substância Folga 3ª fª. Tel. 236553038. Obs. Pratos feitos na hora.

Leiria Restaurante Mistura de Sabores Pratos portugueses e brasileiros. Especialidades Maigret de pato, Bóbó de camarão, Moqueca de peixe. Bifes c/molhos especiais. Feijoada à Brasileira (por encomenda). Picanha à Brasileira. Diárias de 2ª a Sábado (almoço) 5,00€/6,50€. Preços especiais para grupos. Folga Domingo. Rua por trás C.Com.D.Dinis, 45, E-mail - misturadesaborespt@gmail.com -. Tel. 244821431. Restaurante O Côdea Especialidades Frango na cesta, Pratos fitness, Bacalhau à Gaspar e Grelhados “Especiais” de avestruz, cavalo, vaca, porco, Posta Mirandesa e Cozinha Nac./Internac. Obs. Esp. infantil c/ menus+brinde. Almoço semanal económico. Folga 2ª ao jantar/3ª todo o dia. Tel. 244815331/918853416. Web Page www.codea.com; GPS:Nº 39º 48.283.W 8º 52.802. Restaurante O Casarão (Azoia) Especialidades Migas Bacalhau na Côdea; Massinha Robalo; Naco Vitela Mirandesa à Lagareiro; Lombo Pata Negra c/ Cilercas (Cogumelos Silvestres) e Migas à Alentejana Folga 2ª fª. Tel. 244871080. E-mail info@ocasarao.pt; Web Page www.ocasarao.pt Preço médio refeição 22,50€

Restaurante “O Mário” Especialidades Bacalhau Real; Espetadas de Robalo; Medalhão de vaca c/gambas; Espetada de lombinho c/gambas Folga 3ª fª. Tel. 244872238. Obs. Brogal - Parceiros.

Papadoc Especialidades Pizzas; Massas; Saltiboca à La Romana com Risotto; Bife da Vazia c/ vários molhos. Tel. 244837701 Web Page www.papadoccaffe.com

Restaurante Churrasqueira “O Marreta” Especialidades Polvo à lagareiro, Arroz de Pato, Franguito Churrasco, Cabrito no Forno, Leitão Assado. Obs. Serviço de Take Away. Folga 2ª fª. Tel. 244 724 661 / 962 448 458.

Matilde Noca Especialidades Rosbife Grelhado c/ Camarões Salteados, Bacalhau na. Telha, Bacalhau c/ Natas Especial Sobremesas Farófias à moda da Noca; Delícia de Café ( 2º Prémio Chivas Regal Sobremesas Inéditas). Folga Domingo. Tel. 244856073

Ristorante - Italiano Babbo Santi Especialidades Fab. próprio de massas. Pratos em forno a lenha:Lasagne, Ravioli de mariscos al cartocwcio, etc... Rodízio de massas p/ grupos de 10 pessoas no mínimo. Sobremesas Doçaria tradicional Italiana (caseira), Tiramisu e Panna Cotta de chocolate, etc... Folga 4fª e domingo ao almoço. Tel. 244811276 Obs. Ambiente calmo e acolhedor. Restaurante Bentaviso Especilidades Cabrito Assado no Forno, Cozido à Portuguesa, Bacalhau com Migas, Grelhados Mistos. Folga 5ª fª. Tel. 244827935. A Grelha Restaurante Especialidades Grelhados Piso 2 - Buffet diário (de 2ª a 6ª fª - 8.50€ / Sábado 10,50€ / Domingo 11.50€. Piso 1 - preço de menu a partir de 10.50€ Piso 0 - Ementa diária a partir de 4.00€ n/encerra. Tel. 244828781. info@restaurantegrelha.com

Restaurante Lagar do Avô Especialidades Bacalhau c/ carne, Bacalhau dos netos,. Telha de sabores e Galo na abóbora. Folga 2ª e 3ª fª Obs. (Espaço aprazível em meio rural e calmo), preço médio por refeição 13€, durante a semana almoço económico. Tel. 244614744.

Restaurante O Sobreiro Especialidades Cabrito e borrego no forno, arroz de pato, feijoada de chocos, arroz de peixe, carne de porco à Alentejana, cozido à Portuguesa, etc... Sobremesas v��rias/caseiras. Folga Domingo, sábados ao jantar. Tel. 244824388.

Restaurante Ângulo Real Especialidades Robalo e Arroz malandrinho à Ângulo Real, Real Açorda e Arroz de mariscos, Enguias fritas de ensopado e grelhadas, Cabidelas do Avô Júnior e Cabrito à Monte Real. Dose económica: 4,50€. Dose de requinte: 5.80€ a 8.50€. Folga Não tem. Tel. 244611145.

Churrasqueira D. Duarte Especialidades Frango e pato no churrasco Sobremesas Bolo de bolacha, entre outros. Folga 5ª fª. Obs. Serviço Take Away . Tel. 244824695 Web Page www. dduarte.com

Ourém Boi Preto Rodízio Especialidades 13 variedades de carne seleccionadas, 15 tipo de saladas, polvo, mexilhões, queijos e presunto + 10 pratos quentes. Obs. O verdadeiro rodízio, tudo por um único preço! Caipirinhas de frutas! Aniversários (grupos acima de 7 pessoas, aniversariante grátis). Tel. 249591900/919809158 Web Page www. boipreto.com

Selva do Lena Especialidades Massa de Robalo; Peixe Frito; Cabrito à Selva; Bife à Casa. Folga 3ª fª. Tel. 244827708. Tromba Rija Especialidades Degustação de mais de 150 sabores à descrição, em que o rei é o Bacalhau assado na brasa c/ batata a murro e migas Folga Domingo e feriados ao jantar; 2ª fª todo o dia. Tel. 244852277 / 244855072. Web Page:www.trombarija. com Preço médio refeição De semana, excepto 6ª feira ao jantar 29,50€; 6ª feira ao jantar, fins-de-semana e feriados 32,50€.

Restaurante Saloon- Quinta do Paúl Especialidades Excelência do Serviço e da Cozinha Tradicional Folga Não tem. Tel. 244613438 E-mail info@quintadopaul.com Web Page www.quintadopaul. com - Rest. Atrium: 2ª a 6ª fª ao almoço 9,60€; jantares dançantes 6ª e sábado, 15,00€; Domingos ao almoço, 20,00€.

Restaurante a Lareira Especialidades Lombo recheado no forno, Arroz Cabidela, Arroz Polvo, Grelhados Mistos Folga Domingo Tel. 244822858 (Cruz D’Areia).

Pombal Restaurante A Casa da Comida (Venda da Cruz) Especialidades Bacalhau da Casa da Comida, Lagarada de Bacalhau, Cozido à Portuguesa, Cabrito da Sicó, Churrasquinhos de Veado à Regedor. Sobremesas: 10 tipos de Doces Tradicionais FolgaDomingo ao jantar e 2ª feira (Excepto Agosto). Preço médio/Pessoa: 10/15 euros Tel. 236211800 E-mail geral@acasadacomida. com Web - www.acasadacomida.com

Porto de Mós Adega do Luís Especialidades Pão caseiro em forno a lenha, morcela/chouriça caseiras, cabrito à Serrana (por encomenda), grelhados: porco preto, picanha... bacalhau c/ batata a murro e migas. Sobremesas (Caseiras) tarte de requeijão, tarte de pêra, etc... Folga 3ª fª Horário das 12 às 15 e das 19 às 22h. Tem. 964103287. A Gralha Especialidades Bacalhau à Gralha, Feijoada de Marisco, Cabrito assado no forno e Polvo à Serrana Horário Semanal: 9 às 24h/ F. de Semana: 09 às 02h. Folga 3ª fª. Tel. 249841456/913466962. E-mail restaurant_agralha@hotmail.com Obs. Estacionamento, espaço infantil e zonas de lazer.

Restaurante O Vale Grande Especialidades Arroz do Mar, Massa de Robalo, Assadura Porco Preto, Cabrito no Forno Observações: Diárias 7.50 euros Folga 5ª à noite. Tel. 917780557/244872236 /Azóia). Restaurante Vitor Padeiro (Serra de Porto Urso-Monte Real). Especialidades Leitão Assado à 3fª, Arroz de Cabidela à 4ªfª, Cozido à Portuguesa à 5ªfª. Ao Domingo Leitão Assado e Bacalhau Variado. Folga Não tem. Obs Preços especiais, totalmente remodelado. Tel. 244613263.

PUBLICIDADE

Jogos de sorte Euromilhões

Totobola - Sorteio 35/2011

Sorteio 50/2011 - Sexta

Domingo

12-22-25-33-45+5-7

1. Arouca - Moreirense * 1 2. V. Guimarães - Beira-Mar 2 3. Gil Vicente - Académica 1 4. Rio Ave - Olhanense 2 5. Feirense - P. Ferreira X 6. Sp. Covilhã - U. Madeira 2 7. Portimonense - Naval 1 8. Penafiel - Belenenses X 9. Atlético - Estoril 1 10. Leixões - Santa Clara 2 11. Freamunde - Trofense 1 12. Manchester Utd. - Arsenal 1 13. Aves - Oliveirense * 1 Super 14. Sporting - Marítimo M : M

Totoloto Sorteio 59/2011/ Sábado

3-7-11-16-41+2

Joker Sorteio 35/2011/ Domingo

8 1 5 6 024

Euromilhões Sorteio 51/2011 - Terça

2-8-10-19-46+5-9

Totoloto Sorteio 60/2011 - Quarta

11-21-27-30-49+7

* Jogos de Reserva: 1 Arouca Moreirense (Liga de Honra) (substitui o jogo V. de Setúbal - Braga) 2 Aves - Oliveirense (Liga de Honra) (substitui o jogo Saragoça - Real Madrid)

Estes resultados não dispensam a consulta da lista oficial do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

54

Região de Leiria — 2 Setembro, 2011


OFERTgA ra rá ti s p a

Guia Cinemas Leiria Teatro José Lúcio da Silva 244 823 600 Teatro Miguel Franco 244 860 480 Águas Mil Realizado por Ivo M. Ferreira, com Gonçalo Waddington, Adelaide João, Joana Seixas. M/12 anos. Sexta 2 e Sábado 3: 21h30. As Quatro Voltas Realizado por Michelangelo Frammartino, com Giuseppe Fuda, Bruno Timpano, Nazareno Timpano. M/12 anos. Segunda 5 e Terça 6: 21h30 e Quarta 7: 18h30 e 21h30. Cinema City 244 845 071 O Último Destino 5 3D. M/16 anos. Sala 1-D. Sexta 2 a Quarta 7: 14h00(2), 16h10, 18h20, 21h30 e 00h00(3). Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 anos. Sala 2-K. Sexta 2 a Quarta 7: 11h40(1), 13h30(2), 15h20, 17h10, 19h00 e 21h25. Planeta dos Macacos: Origem M/12 anos. Sala 2-K. Sexta 2 a Quarta 7: 00h10(3). Os Smurfs 2D. M/6 anos. Sala 3. Sexta 2 a Quarta 7: 11h30(1), 13h40(2), 15h50, 18h15 e 21h35. Versão Portuguesa. A Ressaca, Parte II M/16 anos. Sala 3. Sexta 2 a Quarta 7: 00h20(3). Amigos Coloridos M/12 anos. Sala 4 - V. Sexta 2 a Quarta 7: 13h45(2), 16h05, 18h30, 21h40 e 00h05(3). Animais Unidos 2D. M/6 anos. Sala 5-L. Sexta 2 a Quarta 7: 11h35(1), 13h35(2), 15h35 e 17h35. Versão Portuguesa. Cowboys e Aliens M/12 anos. Sala 5-L. Sexta 2 a Quarta 7: 19h35, 22h00 e 00h30(3). Lanterna Verde 3D. M/12 anos. Sala 6-S. Sexta 2 a Quarta 7: 13h50(2) e 16h20. Capitão América 3D. M/12 anos. Sala 6-S. Sexta 2 a Quarta 7: 18h45 e 00h25(3). Chefes Intragáveis M/12 anos. Sala 6-S. Sexta 2 a Quarta 7: 21h45. Carros 2 2D. M/6 anos. Sala 7. Sexta 2 a Quarta 7: 11h25(1). Versão Portuguesa. Conan: O Bárbaro 3D. M/12 anos. Sala 7. Sexta 2 a Quarta 7: 14h05(2), 16h30, 18h55, 21h50 e 00h15(3). Castello Lopes LeiriaShopping 244 845 870 Os Smurfs Digital. M/6 anos. Sala 1. Sexta 2 a Quarta 7: 12h45 e 19h10. Versão Portuguesa. Green Lantern - Lanterna Verde 3D. M/12 anos. Sala 1. Sexta 2 a Quarta 7: 23h30.

Conan - O Bárbaro 3D. M/12 anos. Sala 3. Sexta 2 a Quarta 7: 13h20, 15h40, 18h30, 21h10 e 23h50.

il h e te s . Te m o s b m Le ir ia a C it y, e , te n o C in e m a s s o a s s in Se é no 1 9 9 5 0. a 24 4 8 r a p já da. li g u e é li m it a A o fe r ta

Planeta dos Macacos: A Origem M/12 anos. Sala 4. Sexta 2 a Quarta 7: 13h05, 15h20, 18h10, 21h00 e 23h40. Chefes Intragáveis M/12 anos. Sala 5. Sexta 2 a Quarta 7: 13h40, 16h00, 18h40, 21h15 e 00h15. Cowboys e Aliens Realizado por Jon Favreau, com Daniel Craig, Harrison Ford, Olivia Wilde. M/12 anos.Sala 6. Sexta 2 a Quarta 7: 13h10, 15h30, 18h20, 21h30 e 00h00.

Guia Astrológico Smurfs 2D. M/6 anos. Sala 1. Sexta 2 a Quarta 7: 13h40, 16h00 e 18h30. Versão Portuguesa.

Harry Potter e os Talismãs da Morte 2D. M/12 anos. Sala 1. Sexta 2 a Quarta 7: 21h15 e 23h55. Capuchinho Vermelho 2D. M/6 anos. Sala 1. Sexta 2 a Quarta 7: 11h00(4), 13h30, 15h40 e 17h50. Versão Portuguesa. Cowboys e Aliens M/12 anos. Sala 1. Sexta 2 a Quarta 7: 21h20 e 00h00. Conan 3D. M/12 anos. Sala 1. Sexta 2 a Quarta 7: 14h00, 17h00, 21h30 e 00h05.

Amigos Coloridos M/12 anos. Sala 7. Sexta 2 a Quarta 7: 13h30, 15h50, 18h50, 21h50 e 00h10.

Animais Unidos 2D. Realizado por Reinhard Klooss, Holger Tappe. M/6 anos. Sala 1. Sexta 2 a Quarta 7: 13h50, 16h10 e 18h35. Versão Portuguesa.

FNAC LeiriaShopping Zé Colmeia Realizado por Eric Brevig. M/4 anos. Sábado 3: 17h00. Entrada Livre.

Super 8 Realizado por J.J. Abrams, com Joel Courtney, Jessica Tuck. M/12 anos. Sala 1. Sexta 2 a Quarta 7: 21h30 e 00h10.

Eleições Realizado por Alexander Payne, com Matthew Broderick, Jessica Campbell. Domingo 4: 21h00. Entrada Livre.

Batalha

Escola de Rock Realizado por Richard Linklater, com Jack Black, Joan Cusack, Mike White. Segunda 5: 21h00. Entrada Livre. O Clube Realizado por John Hughes, com Emilio Estevez, Anthony Michael Hall, Judd Nelson. Terça 6: 21h00. Entrada Livre. Prodígios Realizado por Curtis Hanson, com Michael Douglas, Tobey Maguire, Robert Katie Holmes. Quarta 7: 21h00. Entrada Livre.

Cinema Municipal 244 769 870 Chefes Intragáveis Realizado por Seth Gordon, com Jason Bateman, Charlie Day, Jason Sudeikis. M/12 anos. Sexta 2, Sábado 3 e Segunda 5: 21h30.

Ourém Cine-Teatro 249 543 666/249 544 315 Museu Municipal - Casa do Administrador 919 585 003

A Turma Realizado por Laurent Cantet, com François Bégaudeau. Quinta 8: 21h00. Entrada Livre.

Pedrógão Grande

Monte Real

Figueiró dos Vinhos

Cine-Teatro 244 616 245 Zé Colmeia Realizado por Eric Brevig, com Dan Aykroyd, Justin Timberlake, Anna Faris. M/4 anos. Quinta 8: 21h30.

Casa da Cultura 236 559 600

Vieira de Leiria Cine-Teatro Actor Álvaro 244 697 570 Em obras de modernização.

Marinha Grande Biblioteca Municipal 244 573 322 Carteiro Paulo, Verão Espectacular M/4 anos. Quarta 7: 15h30.

Caldas da Rainha

Os Smurfs 3D. M/6 anos. Sala 1. Sexta 2 a Quarta 7: 14h50, 17h00 e 21h20. Versão Portuguesa.

Centro Cultural e de Congressos 262 889 650

O Último Destino 5 3D. Realizado por Steven Quale, com Nicholas D’Agosto, Emma Bell, Miles Fisher. M/16 anos. Sala 2. Sexta 2 a Quarta 7: 13h00, 16h10, 19h00, 21h40 e 00h20.

Vivacine Cinemas 262 840 197 Amigos Coloridos M/12 anos. Sala 1. Sexta 2 a Quarta 7: 13h20, 15h50, 18h20, 21h10 e 23h50.

Touro (21/4 a 21/5) // O plano sentimental está muito protegi-

do. Tendência a apaixonar-se ou a começar a interessarse por alguém. Poderá ter problemas com familiares próximos. Durante esta semana não são previsíveis grandes evoluções, sobretudo se ficar à espera que as coisas evoluam por si próprias. Gémeos (22/5 a 21/6) // Está protegido nos amores durante esta semana. Contudo, terá de ter algum cuidado para não reagir excessivamente. Alguns desentendimentos poderão, depois de superados, reforçar as ligações. Pode ser avaliado de forma justa e isenta, pelo que não deve temer submeter-se a provas. Caranguejo (22/6 a 22/7) // O plano amoroso apresenta facto-

res de perturbação, se bem que os sentimentos parecem não estar em causa. Não pode exigir dos outros sem dar também algo em troca. O sector profissional é o mais controlado. Estão favorecidos os assuntos económicos. Leão (23/7 a 23/8) // Apesar de todos os seus esforços, o pla-

no amoroso pode correr-lhe mal. Não tente manter um relacionamento apenas com base em pressões. O trabalho está favorecido. Poderá ter um aumento de responsabilidades. Esta será uma semana tranquila na vida financeira.

Auditório da ETPZP 236 486 341

Ansião Centro Cultural de Ansião 236 670 200 / 236 670 209 O Castor Realizado por Jodie Foster, com Anton Yelchin, Jennifer Lawrence, Mel Gibson, Riley Thomas Stewart. M/12 anos. Sexta 2 e Sábado 3: 21h30.

Pombal Pombalcine 236 218 801 / 967 607 395 Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 Realizado por David Yates, com Helena Bonham Carter, Ralph Fiennes, Gary Oldman, Emma Watson, Kelly Macdonald, Daniel Radcliffe. M/12 anos. Sexta 2, Sábado 3 e Segunda 5: 21h30 e Domingo 4: 16h00 e 21h30. (1) Preço Reduzido - Sábado 3 e Domingo 4. (2) Preço Reduzido - Todos os Dias. (3) Só exibe Sexta 2 e Sábado 3. (4) Domingo 4.

Virgem (24/8 a 23/9) // O sector amoroso é o que colhe melho-

res influências, embora não possa ou não as deva dar como certas. Em termos profissionais, está menos protegido. As coisas podem complicar-se mesmo que não deixe nada ao acaso. Indicadores de fraca estabilidade financeira. Balança (24/9 a 23/10) // Enquanto as relações formais poderão entrar em fase de ruptura, em contrapartida os relacionamentos de cariz mais leve prometem momentos mais tranquilos. Conjuntura favorável à evolução no ritmo de trabalho. Esta será uma altura propícia ao desbloqueamento de situações financeiras. Escorpião (24/10 a 22/11) // O plano afectivo é o menos favorecido numa altura em que os relacionamentos que se encontram desgastados podem agora acabar em definitivo. O ambiente profissional apresenta alguma tensão, pelo que dificilmente conseguirá reagir fria e calmamente a críticas ou mudanças. Sagitário (23/10 a 20/12) // O plano amoroso é o mais protegi-

do. Após uma fase monótona, poderá surgir um período de paixão. Poderá ser obrigado a tomar algumas decisões ou a definir intenções. A conjuntura profissional apresenta algumas indefinições, pelo que esta semana não poderá dar nada como certo.

O Último Destino 5 Realizado por Steven Quale Com Nicholas D’Agosto, Emma Bell A morte está tão omnipresente como sempre e a sua fúria é despoletada pela premonição de um homem que salva um grupo de colegas do trabalho de um aterrorizador acidente numa ponte suspensa. Mas este grupo de almas inocentes nunca devia ter sobrevivido... Cinema City e Castello Lopes

Carneiro (21/3 a 20/4) // Atravessa uma fase de harmonia e em que as relações evoluem naturalmente. Uma relação antiga pode entrar em fase de renovação intensa. O plano profissional é o menos favorecido pois pode haver contratempos. Dificilmente se sentirá satisfeito com o trabalho.

Capricórnio (21/12 a 20/1) // Não deverá exercer pressão nem

tentar mudar comportamentos ou personalidades pois o resultado poderá ser negativo. Durante esta semana não deve correr grandes riscos, pois poderá ter de lidar com factores desconhecidos ou com pessoas que não conhece. “O Último Destino 5” Aquário (21/1 a 19/2) // Esta semana poderá atravessar uma

Capuchinho Vermelho - A Nova Aventura Realizado por Mike Disa

O Capuchinho Vermelho retirou-se para uma terra distante onde treina com um grupo secreto, até que é chamado pela Agência Happily Ever After para, juntamente com o Lobo Mau, investigarem o desaparecimento de 2 crianças, Hansel e Gretel. Cinema City e Vivacine

Connan - O Bárbaro Realizado por Marcus Nispel Com Jason Momoa, Ron Perlman Uma demanda que começa por vingança pessoal contra o guerreiro Cimério, depressa se transforma numa batalha épica contra violentos rivais, à medida que Conan se apercebe que é a única esperança para salvar as grandes nações de Hyboria do mal sobrenatural. Cinema City, Castello Lopes e Vivacine

fase de indefinição de sentimentos, pelo que deve parar para pensar no que realmente lhe interessa. Será benéfico afastar-se um pouco dos locais que habitualmente frequenta. O seu trabalho e as suas atitudes serão avaliados durante esta semana. Peixes (20/2 a 20/3) // Deverá definir-se e afastar-se de uma

ligação que não o satisfaz. Só a disponibilidade lhe poderá abrir novos caminhos. Tendência a conflitos graves com amigos. O plano profissional é o mais protegido, onde as oportunidades serão benéficas. Conseguirá atrair alguma cooperação.

2 Setembro, 2011 — Região de Leiria

55


O Mestre Carlos Cardoso

02.09.2011

E

Sérgio Claro

Há uma região que nos une Carlos Cardoso

Com a região impressa na vida Carlos S. Almeida Para Carlos Cardoso, há sempre uma região que nos une. Literalmente. Tinha 13 anos quando começou a trabalhar na Tipografia Leiriense, “casa-mãe” do REGIÃO DE LEIRIA, jornal nascido em 1935. No tempo em que o jornal era impresso com a força do chumbo, já ele ajudava na sua composição. Para ele, contudo, o jornal REGIÃO DE LEIRIA não existe. 44 anos depois, não existe. O que existe é a REGIÃO DE LEIRIA. É assim mesmo que ele baptiza o jornal que lhe preencheu a esmagadora parte da vida. E por que razão faz Carlos Cardoso finca-pé em usar o artigo no feminino? Porque “existe uma síntese entre o jornal e a região. O jornal engloba a região”. Eis que o leiriense Carlos Cardoso, 57 anos de idade, revela a razão que lhe motivou décadas de teimosia e total inflexibilidade perante as correcções

sta página é um sentido e profundo reconhecimento público a Carlos Alberto Rosa de Oliveira Cardoso, profissional do REGIÃO DE LEIRIA com quem tenho o privilégio de trabalhar desde o primeiro dia em que entrei nesta casa. Com grande dedicação e lealdade, sentido crítico e espírito inovador, o Carlos Cardoso foi mestre de muitas gerações de profissionais, fossem eles companheiros da sua arte gráfica, da redacção ou de qualquer outro departamento. O Mestre Carlos Cardoso fez do REGIÃO DE LEIRIA um projecto de vida que abraçou ainda menino, há 44 anos, como paquete. Foi nessa condição que se apercebeu da espada da censura. Era ele que levava as provas do jornal ao lápis azul, esperando depois largas horas pela aprovação dos trabalhos que seriam publicados. O Mestre Carlos Cardoso foi sempre abraçando ao longo de décadas novos desafios ao serviço do REGIÃO DE LEIRIA. Com o domínio da arte da tipografia aprendeu que uma letra pode fazer toda a diferença. E na era do chumbo lá foi, edição após edição, juntando as letras que fizeram nascer palavras e formaram frases inteiras com histórias referentes a gentes ou a factos desta região que nos une. O nosso Mestre esteve sempre na primeira linha de acção ao longo de todas as evoluções tecnológicas que foram revolucionando o jornal. No momento em que deixa de fazer parte do quadro de colaboradores activos, volta a mostrar que está à frente do seu tempo. “É altura de dar lugar aos mais novos”, sentenciou no dia em que oficializou a sua saída. Além de excelente profissional, foi sempre um homem bom, amigo e solidário, organizador de inúmeros convívios. Em nome da equipa e dos leitores do REGIÃO DE LEIRIA, obrigado Carlos. Francisco Rebelo dos Santos Director

de quem o alertava que o jornal é, claro está, uma entidade masculina. Mas não, para Carlos Cardoso, a síntese escreve-se no feminino. Carlos Cardoso é parte do jornal e não tem de ser, necessariamente, conhecido do leitor. Pois bem, caro leitor, fica a informação que por cá, dentro das paredes do REGIÃO DE LEIRIA, é já um dado adquirido: ele participou com o seu trabalho – de

1967 Já lá vão 44 anos desde a primeira contribuição de Carlos Cardoso para uma edição deste jornal. Um facto que faz dele, muito provavelmente, o profissional mais antigo na área da comunicação social em Leiria

composição, paginação e, muitas vezes, criativo – em bem mais de duas mil edições deste jornal. O que, afinal, faz dele um seu conhecido, caro leitor. Feitas as apresentações, segue-se um parágrafo de história. O adolescente Carlos Cardoso começou com as velhas máquinas da tipografia. Passou pelas máquinas mais aperfeiçoadas, e abraçou a mudança para o jornal paginado com recurso a computadores. O próprio recorda que, apesar de não saber a língua inglesa – que inundava manuais e revistas da especialidade – ensaiava estudar, debater com colegas e enfim, desbravar esse admirável novo reino tecnológico. “Se uns anos antes me tivessem dito que seria possível fazer o jornal no computador e enviá-lo por uma linha para a gráfica, diria que eram doidos”, confessa. Pois, mas a loucura da tecnologia entrou-lhe nos dias. Recorda mesmo a avidez de conhecimento numa primeira mostra de equipamentos informáticos para jornais que, em finais da década de oitenta, passou por Lisboa. “Começámos a fazer o jornal num PC 286, era incrível”, lembra. As mais de quatro décadas de vivência “na REGIÃO DE LEIRIA”, permitiram-lhe ver um jornal que para além da rede de colaboradores nas freguesias, foi dotado de jornalistas profissionais. A proximidade, essa, entende, é fulcral ontem como hoje. Ex-sindicalista e ex-dirigente associativo, Carlos Cardoso juntou mais um “ex” ao currículo. É agora excolaborador do REGIÃO DE LEIRIA. A sua saída, entende, resulta de “um normal processo de renovação, dando oportunidade a pessoas mais novas com capacidade de assimilar novos conhecimentos”, explica. Resta-nos a região que nos une. carlos.almeida @regiaodeleiria.pt Fonte: www.meteo.pt

Tempo

Sexta-feira

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

Quarta-Feira

Quinta-Feira

Máxima 22º Mínima 15º

Máxima 21º Mínima 16º

Máxima 20º Mínima 14º

Máxima 23º Mínima 12º

Máxima 25º Mínima 13º

Máxima 25º Mínima 11º

Máxima 23º Mínima 14º


Região de Leiria 2 de Setembro 2011