Issuu on Google+

Esta revista é suplemento integrante da edição nº 3870, de 20 de Maio de 2011 do semanário REGIÃO DE LEIRIA. Não pode ser vendida separadamente.


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

2

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Índice Editorial: A sorte dá muito trabalho ........................................................................................................................................ 4

Ficha Técnica Director Francisco Rebelo dos Santos

Desemprego: Mais de 640 mil portugueses à procura de trabalho ...................................................................... 6 Sindicatos: “Há muito desemprego escondido” ................................................................................................................ 7 Mapa: II Fórum de Emprego e Formação .............................................................................................................................. 8

Directora Executiva Patrícia Duarte Oportunidade: Um universo de opções à sua espera .................................................................................................10 Edição e textos Martine Rainho Fotografia Joaquim Dâmaso e arquivo Infografias Rita Bernarda Direcção Comercial Alda Moreira

Oficinas: Dicas úteis para o seu dia-a-dia ........................................................................................................................... 12 Videocandidatura: Use a sua imagem e candidate-se online ................................................................................ 13 Expositores: Um mundo de oportunidades ..................................................................................................................... 14 P&R: Henrique Neto ......................................................................................................................................................................... 16 P&R: Carlos Silva ................................................................................................................................................................................ 18

Publicidade João Agrela (coordenador) Lúcia Alves Márcia Costa Sandra Nicolau

P&R: Patrícia Grilo ...........................................................................................................................................................................20

Paginação Gabinete gráfico REGIÃO DE LEIRIA

Workshops: Caminhos para o sucesso ................................................................................................................................22

Impressão Sogapal

P&R: Ercílio Mendes ........................................................................................................................................................................22

P&R: Júlio Vieira ................................................................................................................................................................................24 P&R: Cristina Meireles ................................................................................................................................................................... 26

Tiragem 20.000 exemplares

Conferência: Reduzir recursos? Aumentar a motivação ......................................................................................... 28 Orientação vocacional: Já sabes o que queres ser? .................................................................................................... 30 Inquérito: Patrões e trabalhadores contam o que os motiva ..................................................................................32

20 de Maio de 2011 Esta revista é suplemento integrante da edição nº 3870 do semanário REGIÃO DE LEIRIA. Não pode ser vendida separadamente.

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

3


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Editorial A sorte dá muito trabalho

Patrícia Duarte Directora Executiva do REGIÃO DE LEIRIA

4

Se é dos que odeia as segundas-feiras e que, quase todos dias da semana, se arrasta até ao local de trabalho, sem vontade de executar a mais simples das tarefas, não vale a pena enganar-se: psicologicamente já abandonou o seu emprego. Provavelmente, o que está a fazer é ligar o piloto automático e tentar sobreviver num ambiente de que não gosta, a fazer algo que detesta. Se for este o seu caso, temos boas e más notícias. Comecemos pelas más: num futuro próximo a sua autoestima vai atingir o grau zero e chegará o dia em que não vai reconhecer a figura que o olha no espelho. O mais provável é entrar em depressão. Agora as boas notícias: o REGIÃO DE LEIRIA promove pelo segundo ano consecutivo o Fórum de Emprego e Formação, no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria, nos dias 26, 27 e 28 de Maio. Esta é uma excelente oportunidade para repensar a sua vida profissional e, se tiver coragem, para lhe dar uma volta. Neste Fórum não vai encontrar vaga para o “Melhor Emprego do Mundo”. Essa foi preenchida em 2009, quando o Estado de Queensland, na Austrália, anunciou estar à procura de um “tratador” para a ilha Hamilton, situada na Grande Barreira de Coral. Quais as funções então

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

Estar diariamente num local de que gosta, a fazer algo que o realiza e a ser pago por isso é uma sorte que dá muito trabalho

anunciadas? Percorrer as areias brancas, mergulhar à superfície no coral, executar “algumas tarefas de menor importância” e contar a experiência ao mundo através de blogues, diários de fotografias e vídeos actualizados. O vencimento oferecido? 78,5 mil euros durante seis meses. Empregos como este não vai encontrar no evento que o REGIÃO DE LEIRIA promove no Estádio de Leiria até porque, na verdade, o que o Estado de Queensland fez não foi uma acção de recrutamento, foi uma bem sucedida estratégia de marketing para estimular o turismo na região. Porém, as notícias continuam a ser boas. No Fórum, além de ofertas de emprego e de formação, vai encontrar um conjunto de oportunidades

para melhorar a sua postura perante o trabalho, caso esteja empregado, e dicas para procurar emprego, caso se encontre sem ocupação. E encontrará muito mais, como pode constatar neste guia oficial do evento. Já não há empregos para a vida e, a qualquer momento, pode ser necessário mudar. Convém estar preparado. Não restam dúvidas de que tem mais hipóteses de ser bem sucedido quem tiver apostado na formação e possuir as competências mais valorizadas no sector onde pretende trabalhar. Estudar compensa e é por isso que, este ano, as componentes da qualificação e do ensino ganham terreno nesta iniciativa do nosso jornal. Só quem tiver estudado e apostado na sua formação pode ter alguma liberdade de escolha num mercado de trabalho com uma malha tão apertada. Estar diariamente num local de que gosta, a fazer algo que o realiza e a ser pago por isso é uma sorte que dá muito trabalho. Este evento do REGIÃO DE LEIRIA pode não resolver todos os problemas de quem o visita, mas tem pelo menos o condão de apontar os caminhos possíveis rumo a uma profissão na qual se tenha orgulho e prazer. Nos dias de hoje, já não há dúvidas de que isso é um privilégio.


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Desemprego Mais de 640 mil portugueses à procura de trabalho Em tempo de crise, as oportunidades nem sempre se esgotam num posto de trabalho para quem está desempregado, pois a procura supera em muito a oferta. Basta conferir os mais recentes números do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) que, no final de Março passado, contabilizava 640.392 pedidos de emprego em todo o país. Para responder a todos estes pedidos, o IEFP dispunha apenas de 12.633 ofertas de emprego, equivalentes a menos de 2% das necessidades. Em lista de espera, estão os desempregados em busca do primeiro ou de novo emprego (551.861), mas também os trabalhadores ocupados em

programas especiais (23.243), os indisponíveis temporariamente (16.200) e os que têm um emprego que pretendem abandonar (49.088).

Ofertas muito aquém da procura Nos cinco centros de emprego do distrito de Leiria, o panorama não é mais animador. No dia 31 de Março, somavam 24.109 pedidos de emprego para 514 ofertas (ver quadro na página ao lado). Só no decorrer do mês, deram entrada nos centros de emprego (CE) de Leiria, Marinha Grande, Figueiró dos Vinhos, Caldas da Rainha e Alcobaça, 2.834 novos pedidos de emprego, 2.540 dos quais na sequência da perda

do posto de trabalho. Empresas e instituições disponibilizaram, por sua vez, 517 novas ofertas. Foram colocadas no total 344 pessoas. Outra nota de destaque: d o s 1 9. 9 3 7 d e s e m p re g a dos inscritos, 13.141 (65,9%) aguardam uma nova oportunidade há menos de um ano (ver quadro 2). Quase metade (44,57%) tem entre 35 e 54 anos, seguindo-se a faixa etária dos 25 aos 34 anos (23,62%) - ver quadro 3. As mulheres são, por sua vez, mais “penalizadas” pelo flagelo do desemprego. Na mesma data, representavam 56,7% do universo de desempregados inscritos no distrito. Ainda assim, são as mu-

lheres quem mais beneficia dos programas ocupacionais para desempregados. Dos 1.162 inscritos abrangidos por este programa, 75,38% são do sexo feminino. Apesar deste cenário, a persistência pode ser o seu melhor trunfo. Se estiver desempregado, pode aproveitar esse compasso de espera para frequentar um curso de formação, melhorar a sua qualificação, apostar no seu próprio negócio ou descobrir novas oportunidades de actuação.

Desemprego registado por concelho no final de Março de 2011 Concelho Alcobaça

Por género

Tempo de inscrição

Situação face à procura de emprego

Total

Homens

Mulheres

< 1 ano

1 ano e +

1º emprego

Novo emprego

1.104

1.516

1.664

956

195

2.425

2.620

Alvaiázere

96

131

144

83

34

193

227

Ansião

188

339

289

238

48

479

527

Batalha

195

265

293

167

30

430

460

Bombarral Caldas da Rainha

255

320

395

180

44

531

575

1.349

1.537

1.961

925

157

2.729

2.886

Castanheira de Pera

61

107

88

80

12

156

168

Figueiró dos Vinhos

130

245

193

182

42

333

375

Leiria

2.105

2.568

3.158

1.515

344

4.329

4.673

Marinha Grande

759

1.002

1.175

586

122

1.639

1.761

Nazaré

331

544

632

243

52

823

875

Óbidos

220

280

307

193

21

479

500

Pedrógão Grande

73

142

129

86

27

188

215

Peniche

723

822

1.099

446

85

1.460

1.545 1.629

Pombal

667

962

1.020

609

170

1.459

Porto de Mós

376

525

594

307

54

847

901

Total distrito

8.632

11.305

13.141

6.796

1.437

18.500

19.937

566

918

970

514

136

1.348

1.484

257.777

294.084

317.846

234.015

41.408

510.453

551.861

Ourém Total nacional Fonte: IEFP - Estatísticas mensais

6

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Sindicatos “Há muito desemprego escondido” A elevada procura de novo emprego retrata bem a situação crítica em que muitas famílias estarão a viver. No final do mês de Março, segundo dados do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), 18.500 pessoas engrossavam a lista de inscritos nos centros de emprego do distrito, depois de terem ficado sem trabalho. Representavam 92,8% do universo de desempregados considerados pelo IEFP, ao lado dos que aguardam por um primeiro emprego. Leiria, Caldas da Rainha e Alcobaça lideravam os concelhos do distrito com maior número de desempregados inscritos nos centros de emprego. O problema agrava-se desde Março de 2008, com mais 6.529 homens e mulheres sem trabalho a registar. Ainda assim, os números diminuíram face ao ano passado. Os centros de emprego do distrito indicaram no final do primeiro trimestre de 2011 menos 858 casos de desemprego do que em 2010 (-4,13%). A tendência foi registada em todos os concelhos, à excepção de Pedrógão Grande que contabilizou mais 22 residentes sem trabalho e de Caldas da Rainha (mais dez).

Menos inscritos nos centros de emprego Os dados do IEFP relativos ao mês de Abril, divulgados esta semana, confirmam ain-

Evolução do nº de desempregados inscritos no IEFP de Março de 2008 a Março de 2011 Alcobaça

57,07%

Alvaiázere È

49,34%

È + 952 desempregados inscritos no IEFP

+ 75 Ansião

È

25,78% + 108

Batalha

È

35,93% + 158

35,93%

Bombarral È

+152 C. Rainha È

36,71% +775

Cast. Pera

È

7,69% +12

Fig. Vinhos È

47,06% +120

da uma nova queda no que toca ao número de inscritos a nível nacional face ao mês anterior (-1,8%) bem como o aumento do número de colocações (5.671, que correspondem a mais 3,9% do que em Março). Estes são sinais de retoma do mercado de trabalho? Nem por isso, entende José Valentim, dirigente da União de Sindicatos do Distrito de Leiria (UDSL), convicto de que os números do IEFP estão longe de retratar a realidade do desemprego no distrito, que estima afectar cerca de 31 mil pessoas.

A não inclusão dos desempregados em situação de ocupação no âmbito dos programas ocupacionais afecta desde logo os números do

IEFP, no entender da USDL. “Há muito desemprego escondido”, adianta ainda José Valentim, lembrando que muitos desempregados “nem sequer recorrem aos centros de emprego por não terem direito ao subsídio”. Há, por outro lado, “falta de confiança no que toca às colocações do IEFP” e “se muitos conseguem arranjar emprego, deve-se à sua própria iniciativa”, acrescenta. A taxa de desemprego nas áreas do comércio, serviços, construção civil e obras públicas, bem como o aumento de inscritos à medida que sobe o nível de habilitações tem suscitado as maiores preocupações no seio da estrutura sindical.

Leiria

È

64,31% +1829

M. Grande È

55,15% +626

Nazaré

È

42,05% +259

Óbidos

È

28,53% +111

P. Grande

È

112,87% +114

Peniche

È

13,85% +188

Pombal

È

71,29% +678

P. Mós

È

70,32% +372

Ourém

È

81,20%

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

+665

7


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Mapa

II Fórum de Emprego e Formaç Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa - Leiria

Como chegar O II Fórum de Emprego e Formação realiza-se de 26 a 28 de Maio no Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria. As portas abrem todos os dias às 10 horas e encerram às 20 horas. A entrada é gratuita e realiza-se pela porta 2. Os visitantes podem estacionar no parque principal do Estádio.

8

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

O que levar Porque podem surgir oportunidades para responder a ofertas de emprego ou inscrever-se em acções de formação, pode levar vários exemplares do seu currículo, em formato papel e digital. Deve também preocupar-se com a sua apresentação, uma vez que vai estar em contacto com empregadores. Não é recomendada roupa excessivamente formal, nem muito informal.


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

ação

Os números do evento 3 dias dedicados ao emprego e formação 30 horas de acesso livre ao público 18 expositores 12 workshops 1 conferência 1 gabinete de orientação vocacional 1 espaço para realização de videocandidaturas 5 oficinas do saber 1 biblioteca

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

9


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Oportunidade Um universo de opções à sua espera Perdeu o seu emprego? Terminou o curso e não tem colocação? Está cansado do que faz e procura uma nova oportunidade? Tem ideias de negócio mas tem medo de arriscar? Lidera uma equipa e enfrenta novos desafios? O cenário sócio-económico do país não é dos mais favoráveis. A crise instalou-se e adivinham-se momentos difíceis. Ainda assim, baixar os braços será a pior decisão a tomar. Se procura uma solução para o seu problema, poderá encontrar o caminho no II Fórum de Emprego e Formação. Mais de três dezenas de expositores e workshops, um sem-número de ofertas de emprego, uma conferência, oficinas do saber, um espaço para a realização de videocandidaturas, um gabinete de orientação vocacional e uma biblioteca concentram-se para poder dar resposta ��s mais diversas solicitações. Existem oportunidades que pode nunca ter considerado. A idade já não é impedimento para prosseguir estudos ou enriquecer a sua qualificação e tem uma panóplia de cursos ao seu dispor (EducaQuinta-feira, 26 de Maio

ção e Formação para Adultos, Especialização Tecnológica, para Maiores de 23, e de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências, entre outros). Já os mais novos terão toda a vantagem em perceber o mais cedo possível qual a sua vocação e em que área poderão ter maior sucesso. Elaborar um currículo, saber como se apresentar numa entrevista, identificar e saber aproveitar novas oportunidades é, por sua vez, essencial para quem quer garantir um lugar no mercado de trabalho. Para quem lidera uma equipa ou ambiciona fazê-lo, sobram desafios num mercado cada vez mais exigente e competitivo. Há que saber cativar os colaboradores, motivá-los e tirar o melhor partido das suas competências. Especialistas de várias áreas, empresas, instituições e estabelecimentos de ensino vão estar à sua espera para lhe prestar a informação que tanto procura. Organizado pelo REGIÃO DE LEIRIA, o II Fórum de Emprego e Formação abre portas ao público de 26 a 28 de Maio, entre as 10 e as 20 horas. Com entrada livre. Sexta-feira, 27 de Maio

Sábado, 28 de Maio

10h00 10h30 11h00

11h30 Workshop - Como elaborar um CV e preparar uma entrevista de emprego Oficinas do Saber - Jardinagem 14h00 14h30 15h00

Workshop - O que é preciso para ser um grande líder? Oficinas do Saber - Culinária

Workshop - Assessment Centres - Explorar competências Workshop - O empreendedorismo como motor de valorização e de criação de emprego Workshop - Banco de tempo

Workshop - A qualidade nas organizações

Conferência - Reduzir recursos? Aumentar a motivação. Workshop - Como elaborar um CV e Workshop - Marketing pessoal preparar uma entrevista de emprego/ - Aprenda a vender-se Oficinas do Saber - Bricolage

Oficina do Saber - Compostagem doméstica

Workshop - Mobilidade internacional Workshop - Implicações do Regulamento Geral de Segurança contra Incêndios em Edifícios 17h00 Oficinas do Saber - Primeiros Socorros 16h30

Workshop - Liderar pela positiva

17h30 18h00 Workshop - Implementação de sistema de avaliação de desempenho 18h30

10

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

II Fórum de Emprego e Formação Dias 26, 27 e 28 de Maio Horário: 10H00 – 20H00 Videocandidaturas Gabinete de Orientação Vocacional Espaço Lounge Biblioteca Oficinas do saber Ofertas de emprego Ensino Superior Cursos de especialização Ensino Profissional Formação Conferência Dia 27 de Maio – 14h30 Reduzir recursos? Aumentar a motivação. Oradores: François J. Lescreve, psicólogo na área do Recrutamento e Selecção José Bancaleiro, CEO no Human Cap Intenarnacional Alberto Moreira, director de recursos humanos na Graz-Beckert portuguesa Moderador: António Alberto Costa - IEFP Workshops Dia 26 de Maio (Quinta-feira) Como elaborar um CV e preparar uma entrevista de emprego APS Consultores (A repetir dia 27) O que é preciso para ser um grande líder? Sucesso em Vendas Implicações do Regulamento Geral de Segurança Contra Incêndios em Edifícios Securiform Mobilidade Internacional – Desafios à internacionalização dos recursos humanos Consenso e Cautio Implementação de sistema de avaliação de desempenho Factor H (A repetir dia 28) Dia 27 de Maio (Sexta-feira) Assessment Centres – Explorar as competências Factor H O empreendedorismo como motor de valorização e de criação de emprego Incubadora Open

15h30 16h00

PROGRAMA

Workshop - Implementação de sistema de avaliação de desempenho

Banco de Tempo Banco de Tempo Dia 28 de Maio (Sábado) A qualidade nas organizações. Importância da certificação CF Consultores Marketing pessoal: Aprenda a vender-se Nuno Nunes Liderar pela postura APS Consultores


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

CET's

V

V

(Cursos de Especialização Tecnológica) Aplicações Informáticas de Gestão Construção e Administração de Websites

V V V V V V V V

Contabilidade e Administração Design Engenharia de Produção Industrial Gestão de Recursos Humanos Solicitadoria

Cursos de Pós-Graduação

V V V

V V V V V

Licenciaturas 1ºciclo

Administração Escolar Educação Especial, Domínio Cognitivo e Motor Bibliotecas Escolares e Literacias do séc. XXI Educação e Formação de Adultos Intervenção Precoce Gerontologia Social Riscos e Violência(s) nas sociedades Atuais Coordenação de Segurança no Trabalho da Construção Gestão Fiscal Gestão do Potencial Humano Comunicação Integrada

www.isdom.pt

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

Av. 1º de Maio nº 164 | Marinha Grande | Telf: 244 50 38 00 | Fax: 244 50 38 40 | informacoes@isdom.pt

11


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Oficinas Dicas úteis para o seu dia-a-dia

Sempre quis colocar papel de parede mas não sabe como? Até gosta de plantas mas elas raramente sobrevivem? Tem um kit de primeiros socorros, mas não sabe o que fazer em caso de emergência? Não procure mais. Durante o Fórum de Emprego e Formação, vários técnicos irão mostrarlhe como resolver pequenos problemas em várias áreas, deixando-lhe algumas dicas e sugestões úteis a que poderá facilmente recorrer. Da jardinagem à bricolage, passando pelos primeiros socorros, cozinha e compostagem, haverá espaço para aprender a saber/fazer. A participação é gratuita, mediante pré-inscrição no balcão da credenciação.

Jardinagem Entidade formadora Centro de Formação Profissional de Leiria Horário Dia 26, às 11h30 Os visitantes podem assistir a uma pequena apresentação sobre plantas aromáticas e hortícolas que possam cultivar em casa, na varanda ou no jardim. Além de ornamentais podem ser utilizadas para cozinhar. Haverá ainda oportunidade para aprender e experimentar algumas técnicas de envasamento.

Culinária Entidade formadora Iguarias do Tempo Horário Dia 26, às 15 horas Nesta oficina, os visitantes poderão aprender a confeccionar sobremesas em Verrines (copinhos). A Iguarias do Tempo sugere “sobremesas individuais muito simples, económicas e muito saborosas”.

12

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

Compostagem doméstica Entidade formadora Valorlis Horário Dia 26, às 16 horas À semelhança das acções realizadas em várias freguesias da área de intervenção da Valorlis, serão explicados os princípios básicos da compostagem doméstica. Se dispõe de um pequeno espaço exterior para colocar o compostor, pode aprender a reciclar resíduos orgânicos, desde a sua triagem, colocação e reaproveitamento como fertilizante no seu jardim.

Primeiros socorros Entidade formadora Elevar Horário Dia 26, às 17 horas A acção, dinamizada por um enfermeiro, pretende privilegiar a componente prática. Com recurso a um manequim, serão realizados exercícios que poderão ser também praticados pelo público, com destaque para os de suporte básico de vida. É ainda objectivo explicar aos participantes como actuar perante casos de hemorragias, choque, lesões dos tecidos moles, queimaduras, intoxicação bem como técnicas de imobilização da vítima.

Bricolage Entidade formadora AKI Horário Dia 27, às 15 horas Dois técnicos vão estar disponíveis para lhe mostrar como afixar um quadro sem danificar as paredes ou resolver problemas de humidade. Serão ainda desvendados alguns truques para o ajudar a resolver pequenos problemas do quotidiano sem ter de recorrer a um técnico especializado, como fazer remates de silicone ou dicas de isolamento térmico ou sonoro, entre outros exemplos.


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Videocandidatura Use a sua imagem e candidate-se online

O mundo já não é o mesmo. As novas tecnologias elevam a competitividade a níveis cada vez mais exigentes. O papel deixou de ser o que era e o suporte digital foi conquistando espaço. O formato multimédia não tardou. Saber usar a imagem é um trunfo que nem todos dominam, mas no mercado do trabalho, pode abrir muitas portas. É aqui que entra a videocandidatura, também conhecida como videocurrículo. É basicamente um cartão de apresentação multimédia, onde em poucos segundos, pode transmitir a qualquer interlocutor quem é, o que procura, quais as suas competências e em que medida corresponde ao perfil procurado. Procure ser claro e conciso. Ponha à prova a sua capacidade de síntese. Muito mais do que um minuto pode representar uma eternidade para o seu interlocutor. Pratique em casa para não ler o que escreveu mas não ensaie em demasia para não perder a espontaneidade. Tente ser criativo, cordial e o mais natural pos-

sível. Não descure, por outro lado, a sua apresentação, que deve ser cuidada e formal, mas sem exageros. Lembre-se de sorrir. Se cair na tentação de falar em vencimentos, condições e horários de trabalho, reconsidere. São assunto tabu num CV. O Fórum de Emprego e Formação reservou um espaço para a realização de videocandidaturas, durante os três dias da iniciativa. Se está interessado em ter o seu vídeo online a apresentar a sua candidatura a um posto de trabalho, prepare uma mini-apresentação em casa e pergunte junto do balcão de credenciação como fazer. A candidatura deve incluir o nome, idade, local de residência, formação e qualificação profissional e um contacto (e-mail ou telefone) para que possa ser colocado online no portal do REGIÃO DE LEIRIA. Para poderem participar, os candidatos com idades entre os 16 e os 18 anos deverão apresentar uma autorização assinada pelos pais.

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

13


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Expositores Um mundo de oportunidades São centenas de ofertas de emprego, propostas de formação e sugestões para um recomeço. Tem várias razões para visitar o II Fórum de Emprego e Formação onde empresas, estabelecimentos de ensino e instituições prestam todos os esclarecimentos de que necessita para tomar as melhores decisões. Conheça previamente as entidades que vão estar presentes e as áreas em cuja divulgação vão apostar.

14

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Agrupamento de Escolas da Batalha

Escola EB 2, 3 da Maceira

Escola Profissional de Leiria

Sede Batalha Oferta disponível Cursos de Educação e Formação para Adultos; Cursos Profissionais Nº de stands 1 Contacto 244 769 290 Site http://esbatalha.ccems.pt

Sede Maceira, Leiria Oferta disponível Centro de Novas Oportunidades; Cursos de Educação e Formação para Adultos; Cursos de Educação e Formação; Cursos Profissionais Nº de stands 1 Contacto 244 772 347 Site www.eps-maceira.rcts.pt

Sede Leiria Oferta disponível Cursos técnicos em diversas áreas profissionais Nº de stands 1 Contacto 244 848 610 Site www.epl.pt

O factor h é uma empresa de Consultoria em Gestão e Formação de que apostam no estabelecimento de relações fortes com os parceiros, promovendo soluções ajustadas ao tempo e ao momento em que se inserem.

As nossas equipas de consultores estão orientadas para promover relações de proximidade com os nossos clientes, lidade, com o objectivo de potenciar as competências das Pessoas.

A nossa Missão consiste em promover soluções inovadoras com os nossos parceiros, com o objectivo de Potenciar as Competências das Pessoas, ção fundamentada nos princípios de: Qualidade.

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

15


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

cial e curso de gestão do AESE.

P&R

O seu primeiro emprego foi… Aos catorze anos, numa empresa de fundição que existia na Marinha Grande.

Henrique Neto Empresário

Quanto tempo durou? Duas semanas. O que aprendeu com ele? Que nunca se deve ter um emprego de que não se goste.

Escola Profissional da Nazaré Sede Nazaré Oferta disponível Cursos Profissionais de Nível IV e de Dupla Certificação Nº de stands 1 Contacto 262 182 107 Site www.epnazare.eu

Que conselho dá a quem se prepara para entrar no mercado de trabalho? Convicção sobre o que se quer fazer na vida e saber avaliar o futuro.

Qual é a sua área de formação? Cursos industrial e comer-

Escola Secundária Afonso Lopes Vieira Sede Leiria (Gândara dos Olivais) Oferta disponível Cursos de Prosseguimento de Estudos; Cursos Profissionais; Cursos de Educação e Formação Nº de stands 1 Contacto 244 880 000 Site http://esalv.pt

2011 / BATALHA

Escola Secundária Calazans Duarte

26 › 29 MAIO LARGO CÓNEGO SIMÕES INÁCIO

MONTE LUNAI

A CARUMA

AUGUSTO CANÁRIO & AMIGOS

APARTIRTUDO

Organização:

Co-Financiamento:

Consulte o programa detalhado em:

www.cm-batalha.pt

16

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

Sede Marinha Grande Oferta disponível Cursos de Prosseguimento de Estudos; Cursos Profissionais; Centro de Novas Oportunidades Nº de stands 1 Contacto 244 575 140 Site http://esc-calazans.ccems.pt


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Escola Secundária Domingos Sequeira Sede Leiria Oferta disponível Cursos Profissionais; Cursos de Educação e Formação de Adultos Nº de stands 1 Contacto 244 848 250 Site www.esds.edu.pt

Exército Português Sede Lisboa Oferta disponível Vagas para o Serviço Militar no Regime de Voluntariado; Concursos para Sargentos ou Oficiais Contratados e para os Quadros Permanentes do Exército Nº de stands 1 Contacto 218 842 477 Site www.exercito.pt

Consultores em Gestão e Recursos Humanos Delegação de Leiria Oferta disponível Formação para Empresas; Formação Financiada; Formação de Formadores; Formação Online Nº de stands 1 Contacto 244 890 250 Site www.factorh.pt

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

17


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Carlos Silva P&R Director do ISLA Leiria

O meu primeiro emprego a sério foi como recepcionista. Corria o ano de 1988. Estudava no 12º ano à noite. O Hotel S. Luís, em Leiria, foi quem me acolheu e me deu o privilégio de poder tomar contacto com uma realidade empresarial que eu desconhecia.

Qual é a sua área de formação? A minha área de formação é Relações Internacionais (económicas). Depois prossegui para Mestrado em Economia Internacional. Hoje procuro terminar o Doutoramento em Gestão, no ramo de Estratégia desenvolvendo a minha investigação na área do Efeito País de Origem, Identidade Competitiva das Nações. Concretamente focalizo a investigação na percepção da imagem e reputação de Portugal. Tem as suas relações com o Marketing Internacional, Country Branding. Uma área aliciante, a desenvolver, permitindo às organizações definir estratégias de posicionamento em função do posicionamento do país, mas também ao Estado, que é “uma organização”, deverá permitir definir a sua estratégia de posicionamento enquanto dinamizador da marca país.

Sede Lisboa Oferta disponível Cursos de Licenciatura e Mestrado na Academia da Força Aérea; Vagas para Oficiais e Praças em Regime de Contrato Nº de stands 1 Contacto 800 206 449 Site: www.emfa.pt

Quanto tempo durou? Durou esse mesmo ano. Depois fui estudar para Lisboa. O que aprendeu com ele? Aprendi muito. O relacionamento com as pessoas. A importância da hierarquia. A confiança. A ética. A importância do cliente e de que o cliente tem sempre razão, mas somente quando a tem mesmo. Que conselho dá a quem se prepara para entrar no mercado de trabalho? Que entre. Que procure o seu espaço. Que defenda o seu lugar com trabalho e responsabilidade. Que entenda que há mercado e que o mercado vai muito para além daquilo que a vista alcança, mas que só o alcança quem quer ver para lá desse espaço.

O seu primeiro emprego foi…

18

Força Aérea Portuguesa

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional Delegação de Leiria Oferta disponível Vagas de quatro centros de emprego da região: Leiria, Marinha Grande, Figueiró dos Vinhos e Alcobaça; Ofertas de Emprego de Países da União Europeia. Nº de stands 2 Contacto 244 849 500 Site www.iefp.pt

IPL - Instituto Politécnico de Leiria Sede Leiria Oferta disponível Cursos de Licenciatura, Mestrado e Pós-graduação; Cursos de Especialização Tecnológica; Bolsa de Emprego do IPL Nº de stands 4 Contacto 244 830 010 Site www.ipleiria.pt


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Associação de Ensino e Formação Sede Ourém Oferta disponível Centro de Novas Oportunidades; Cursos de Formação Profissional Nº de stands 1 Contacto 249 540 390 Site www.insignare.pt

ISDOM - Instituto Superior D. Dinis

ISLA Leiria

Sede Marinha Grande Oferta disponível Cursos de Especialização Tecnológica, Licenciatura e Pós-graduação N.º de stands 1 Contacto 244 503 8 00 Site www.isdom.pt

Sede Leiria Oferta disponível Cursos de Especialização Tecnológica; Licenciaturas; Pós-graduações; Mestrados N.º de stands 2 Contacto 244 820 650 Site www.leiria.unisla.pt

CNO EFA Cursos tabilidade /3D Con ação 2D tésico co de Técni ico de Animuxiliar Pro esportivalaria Técn écnico A Gestão D ha|Paste Teclas ão T Apoio à e de rcuss Cozin de ação de Cordasro e de Pe ação CNC o r c i u n a t c Té Res entista Sop Maquin e ico de um sta de Técn nico Instr trumenti gramação o s c r n é T de P ico I Técn Técnico

para mais informações, consultar:

OFERTA 2011 FORMATIVA 2012

esc-calazans.ccems.pt 20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

19


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Patrícia Grilo P&R Técnica do Núcleo Distrital de Leiria da EAPN/Rede Europeia Anti-pobreza foi pessoal. Aprendi que a humildade, a exigência e a coerência são valores fundamentais, para qualquer área da nossa vida. E aprendi isso com boas e más experiências.

Qual é a sua área de formação? Sociologia O seu primeiro emprego foi… Comecei a trabalhar com 15 anos, nas férias de Verão, como empregada de balcão numa loja dos 300, na Praia da Vieira, e trabalhei assim todos os anos, embora em diferentes lojas, até acabar o curso. O meu primeiro emprego (formal) foi no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Tinha 22 anos. Quanto tempo durou? Durou três anos e um mês. O que aprendeu com ele? Muita coisa! Aprendi muito! Com o coordenador, com os colegas de trabalho, com as pessoas que entrevistei para o trabalho de investigação na área das políticas sociais (e que se encontravam em situação de pobreza e de exclusão). Cresci profissionalmente, mas, sem dúvida, que o grande crescimento

20

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

Que conselho dá a quem se prepara para entrar no mercado de trabalho? Dou três, se me for permitido: Que se focalizem no objectivo que querem alcançar e que nunca desistam dele!; Que sejam polivalentes, flexíveis, humildes, que mostrem capacidade de iniciativa, mas sem nunca perder a capacidade crítica e reflexiva!; Que não se restrinjam ao espaço geográfico onde residem, procurem oportunidades no território nacional, mas igualmente, internacional.


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Securiform - Higiene e Segurança no Trabalho Sede Marinha Grande Oferta disponível Formação à Medida; Formação Contínua; Formação Financiada; Serviços de Apoio Técnico às Empresas na Gestão do seu Plano de Formação N.º de stands 1 Contacto 244 574 550 Site www.securiform.com

Universidade de Aveiro Sede Aveiro Oferta disponível Cursos de Especialização Tecnológica; Cursos de Formação Inicial; Formação Pós-graduada N.º de stands 1 Contacto 234 370 200 Site www.ua.pt

Visage – Formação, Representações, Clínicas de Estética, Saúde e Bem-Estar Sede Leiria Oferta disponível Diversos Cursos de Formação Profissional na Área da Estética N.º de stands 1 Contacto 244 848 240 Site www.visage.pt

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

21


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Ercílio Mendes

P&R Director do Instituto Superior D. Dinis, Marinha Grande

Qual é a sua área de formação? Licenciado em Engenharia Electrotécnica (Universidade Coimbra) e Mestre em Ciências da Educação, especialização em Didáctica da Matemática (Universidade de Lisboa). O seu primeiro emprego foi… Ensino. Ingressei na docência numa substituição por licença de parto no antigo liceu da Figueira da Foz há mais de 30 anos. Depois, curiosamente, acabei por ser chamado para cumprir o serviço militar obrigatório no preciso dia em que iria começar a trabalhar na antiga Rádio Marconi, numa área ligada à minha formação inicial (Telecomunicações). Quanto tempo durou? No ensino foram três meses, e depois 18 meses no serviço militar obrigatório. O que aprendeu com ele? Em termos de ensino foram os três primeiros meses de uma carreira que retomei mais tarde. Para um recémlicenciado, a colocação num antigo “Liceu” gerou novas vivências, novas rotinas, um estar pela primeira vez do outro

22

lado e contacto com colegas mais experientes. Todas estas “novidades” geraram aprendizagens significativas em várias dimensões e relevantes num início de percurso profissional. Curiosamente, nos 18 meses de serviço militar obrigatório, além das aprendizagens ligadas à vida militar e às tarefas numa unidade, se fizer uma análise, passado todo este tempo, julgo que acabei por ter desaprendido mais do que aprendi. Que conselho dá a quem se prepara para entrar no mercado de trabalho? Nesta altura, além de uma disponibilidade permanente para desempenhar qualquer função que surja independentemente de ter ou não alguma afinidade com a formação académica anterior, é necessário saber aceitar sugestões, acumular experiências e vivências sociais e profissionais desenvolvidas à margem ou em paralelo com o percurso académico, conhecimento da empresa ou dos sectores de actividade para onde se candidata e algum conhecimento da realidade regional, nacional e internacional, em diferentes vertentes. Também muita atitude e humildade no enfrentar das situações e uma motivação constante para aprender e aprender a aprender a aprender.

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

Workshops Caminhos para o sucesso Uma dúzia de workshops vão estar disponíveis dias 26, 27 e 28 de Maio para lhe mostrar o caminho para o sucesso. O mercado do trabalho está à sua espera mas é exigente. Pequenos lapsos podem condicionar uma candidatura a um emprego ou pôr em causa a sua liderança. Se estiver à procura de trabalho, saiba como elaborar um currículo, como se apresentar numa entrevista e como potenciar as suas capacidades. Se é líder de uma empresa, saiba como explorar as competências dos seus colaboradores, como avaliar o seu desempenho ou como liderar pela positiva. Se foi dispensado, descubra como começar de novo. A participação é gratuita mas sujeita a inscrição prévia pelo e-mail empregoeformacao@ regiaodeleiria.pt ou pelo telefone 244 819 950.

Prepare-se para ser entrevistado

Pode não ter uma segunda oportunidade para causar uma boa impressão. O cuidado com que elabora o seu currículo (CV) é tão importante como a preparação de uma entrevista de emprego. Além de algumas dicas que o ajudarão a elaborar um CV irrepreensível, o workshop “Como elaborar um CV e preparar uma entrevista de emprego” poderá ajudá-lo a identificar os comportamentos e atitudes a favorecer ou evitar numa entrevista de emprego.

Entidade formadora APS Consultores Formador Ana Paula Santos Destinatários Candidatos a um emprego Horário Dia 26, às 11h30; dia 27, às 15 horas


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Seja um grande líder

O que é um líder de sucesso? É esta a questão a que o workshop “O que é preciso para ser um grande líder?” irá procurar responder, identificando e explicando as etapas que um líder deverá seguir para conquistar uma equipa e, com ela, obter os resultados desejados. São seis os passos que integram este processo: assumir a missão de treinar; ampliar conhecimentos; agir como motivador; aplicar dinâmicas de treino; apoiar mudanças de comportamento; avaliar desempenhos. Entidade formadora Sucesso em Vendas Formador Pedro Ruivo Destinatários administradores, gestores de empresas, directores comerciais, responsáveis por equipas de trabalho Horário: Dia 26, às 15 horas

Segurança no trabalho

Nesta acção, serão abordados vários conteúdos úteis e quais as “Implicações do Regulamento Geral de Segurança contra Incêndios em Edifícios”. As utilizações-tipo, as categorias de risco e as medidas de autoprotecção aplicáveis são alguns dos temas em destaque. Haverá ainda espaço para falar dos registos de segurança, procedimentos de emergência, plano de prevenção, plano de emergência interno, simulacros e formação. Entidade formadora Securiform Formador José Luís Pereira Destinatários Empresários, técnicos de SHT e outros profissionais cuja actividade esteja relacionada com a segurança contra incêndio em edifícios Horário Dia 16, às 16h30

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

23


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Trabalhar Júlio Vieira P&R Presidente da Associação lá fora de Futebol de Leiria

Qual é a sua área de formação? Contabilidade, Seguros e uma participação de muitos anos no movimento associativo em várias áreas e projectos. O seu primeiro emprego foi… Contabilista numa empresa de transformação de mármores. Quanto tempo durou? Cerca de cinco anos. Depois ingressei na Câmara de Porto de Mós, onde tinha o chamado emprego para toda a vida a 100m da minha residência. Mas ao fim de cinco anos, apostei num contrato a prazo de seis meses, na primeira companhia de seguros privada criada em Portugal, depois do 25 Abril. Um projecto que na altura tinha 4 ou 5 anos. Foi um risco, deixar o emprego para toda a vida a 100m de casa e ingressar numa nova actividade e num projecto em fase inicial.

as muito mais velhas, sem grande formação, mas com muito saber acumulado. A vida é um processo de aprendizagem e aprendemos sempre em todas as experiências. No segundo emprego, na Câmara Municipal de Porto de Mós, aprendi sobretudo o que não queria fazer, ou seja, todos os dias repetir o mesmo ritual durante 30 anos de serviço. Que conselho dá a quem se prepara para entrar no mercado de trabalho? O tempo é outro, mais exigente e complexo, mas arrisco dois conselhos. Primeiro, aprender, adquirir o máximo de qualificações e, acima de tudo, conhecimento. Segundo, nunca desistir e lutar sempre por um trabalho, coisa diferente de um emprego, mesmo que esse trabalho não seja na área de formação, mesmo que não esteja ao nível das vossas qualificações, mesmo que não preencha as vossas expectativas, porque, o mais difícil é entrar no mercado de trabalho.

O que aprendeu com ele? Com o primeiro emprego aprendi muito com pesso-

24

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

A globalização dos mercados e o processo de internacionalização de quadros tem os seus impactos, desafios e exigências, tanto para o trabalhador como para o empregador. Quais são as competências críticas? Quais são os desafios? Que condições devem ser asseguradas? Como diminuir o risco de insucesso e inadequação? O workshop “Mobilidade Internacional – Desafios à internacionalização dos recursos humanos” abre portas ao debate e à reflexão.

Entidade formadora Consenso Formadores Telma Sousa e Tiago Almeida Destinatários Empresários, gestores, responsáveis de RH e profissionais que pretendam um desafio internacional Horário Dia 26, às 16h30

É preciso saber avaliar

A avaliação de desempenho é uma das funções de chefia. Todos os dias, avaliamos os outros com base em critérios que consideramos correctos, mas que nem sempre os outros encaram como sendo justos… Este é o mote para o workshop “Implementação de sistemas de avaliação de desempenho”. A avaliação de desempenho enquanto instrumento de gestão, as suas características e fases de implementação, a participação dos colaboradores no processo e os cuidados a ter são algumas das abordagens programadas. Entidade formadora Factor H Formador Artur Ferraz Destinatários Profissionais com responsabilidade na gestão de pessoas e/ou equipas Horário Dias 26 e 28, às 18 horas


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Como explorar as competências

Se pretende identificar as melhores pessoas para a sua organização, desenvolver o potencial dos colaboradoreschave, fornecer o caminho para o seu desenvolvimento, um processo de assessment de competências poderá serlhe muito útil. O workshop “Assessment Centres – Explorar as competências” procura explicar as principais vantagens na utilização de centros de avaliação/desenvolvimento de competências, através de exercícios de simulação realistas e relevantes, que dão ao empregador uma visão mais alargada de cada indivíduo no desempenho da função, antecipando os pontos fortes e áreas a desenvolver de cada um. Entidade formadora Factor H Formador Artur Ferraz Horário Dia 27, às 10h30

Criar emprego e gerar negócio

Os desafios actuais da economia geram novas dinâmicas e oportunidades. Hoje, há mais competência, mais formação e mais necessidades embora possam ser desperdiçadas pela falta de estímulo, motivação e vontade. Ser empreendedor não é necessariamente ser empresário e uma boa ideia também não é sinónimo de um bom negócio. O workshop “O Empreendedorismo como motor de valorização e de criação de emprego” explica o que é empreender, como ser empreendedor, e como pode ser elemento de realização pessoal. Serão ainda apresentadas acções em curso, instrumentos de apoio e o caso de uma empresa incubada na Open. Entidade formadora Incubadora Open Formador Maura Piccoli Horário Dia 27, às 11 horas

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

25


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Cristina Meireles P&R Directora da Cercilei

Qual é a sua área de formação? As minhas áreas de formação são duas: Educação Física e Organização e Administração Escolar. O seu primeiro emprego foi… O meu primeiro emprego foi ainda enquanto estudante de Educação Física, em Moçambique, num ginásio (Ginásio dos Velhos Colonos de Lourenço Marques), na modalidade de ginástica desportiva, e no meu último ano do curso. Em 1975, quando vim para Leiria, iniciei a minha actividade profissional na antiga Direcção Geral dos Desportos, enquanto aguardava abertura do concurso para o ensino. Quanto tempo durou? O segundo durou sensivelmente um ano. O que aprendeu com ele? Na primeira situação, em que o trabalho não era a tempo inteiro, mas tinha à minha frente uma classe de ginástica desportiva, aprendi que o comportamento dos alunos é também em

26

função da forma de estar do professor. Nem todos frequentavam aquela classe por opção mas por decisão dos pais e, para esses, foi necessário encontrar estratégias de motivação e intervenção conducentes ao sucesso. Aprendi a transformar as dificuldades em desafios. Já em Leiria e a tempo inteiro, o desafio foi adaptar-me a um trabalho de gabinete dirigido ao movimento “associativismo desportivo” que se estava a lançar na altura. Naquele tempo aproveitavam-se as oportunidades, mesmo que, para isso, fosse necessário trabalhar ao fimde-semana. Não interessava o tempo, o importante era a implementação do desporto e actividade física nas colectividades. E conseguir, era o nosso objectivo. Que conselho dá a quem se prepara para entrar no mercado de trabalho? O conselho que gostaria de deixar a quem se prepara para entrar no mercado de trabalho é, de facto, investirse de uma conduta e consciência laboral entusiasta e eficiente de modo a tornarse uma das peças que encaixe, na perfeição, no puzzle que constitui uma organização.

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

Ofereça e ganhe tempo

Falta-lhe tempo para resolver os problemas do dia-a-dia? Gostaria de ajudar mais os outros e participar activamente na vida da sua comunidade? O Banco do Tempo surgiu para dar resposta a quem pretende rentabilizar a sua boa vontade e o seu espírito solidário. Se estiver disposto a dar uma hora do seu tempo para prestar um conjunto de serviços - caminhar, jogar ténis, animar festas, fazer de guia turístico, bricolage, cozinhar, costurar, preencher documentos, jardinagem, acolher animais, dar explicações, e muito mais - pode receber em troca uma hora para utilizar em benefício próprio.

Entidade formadora Banco do Tempo Formadores Eliana Madeira e Teresa Maria Branco Horário Dia 27, às 11h30

Da qualidade à certificação

A qualidade é um imperativo nas organizações e sinónimo de “sobrevivência”. Mas como se pode aferir? A resposta está na certificação e adequa-se a sistemas de gestão, tanto de produtos como de pessoas. É um processo de avaliação da conformidade face a um documento de referência, efectuada por uma entidade externa independente e idónea devidamente acreditada. A melhoria do prestígio e da imagem, o aumento da competitividade e entrada em novos mercados, a prevenção e minimização de aspectos, perigos e acidentes, são algumas vantagens que o workshop “A qualidade nas organizações – Importância da certificação” dá a conhecer. Entidade formadora CF Consultores Formadora Cristina Ferreira Horário Dia 28, às 11 horas


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

A arte do marketing pessoal

De que nos serve ter objectivos pessoais se não temos consciência daquilo que realmente somos e do caminho a seguir? Nuno Nunes suscita a reflexão no livro que dedicou ao marketing pessoal, de que fala no workshop “Marketing pessoal - Aprenda a vender-se”. Uma ferramenta que considera existir para que cada um evolua e cresça e que tome consciência daquilo que é e daquilo que quer ser, a nível pessoal e profissional. Segundo o autor, o marketing pessoal pode ser útil para quem quer gerir a sua carreira e ser dono do seu destino e inicia-se com uma apurada reflexão individual. Formador Nuno Nunes, co-autor do livro “Marketing pessoal. És um produto de sucesso” Horário Dia 28, às 15 horas

Liderar pela positiva

Ser líder não é insuficiente num mercado cada vez mais competitivo. As empresas exigem lideranças positivas e uma gestão capaz de promover os pontos fortes das pessoas e das organizações. O que está em causa não é apenas liderar pessoas, mas produzir resultados positivos através de desempenhos acima da média. Os líderes positivos olham para as interacções com as suas equipas como possibilidades de aumentar o potencial de cada membro, promovendo um clima de trabalho favorável, maior compromisso e melhor performance. O workshop “Liderar pela positiva” mostra alguns caminhos para atingir esses objectivos. Entidade formadora APS Consultores Formador Ana Paula Santos Horário Dia 28, às 16h30

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

27


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Conferência Reduzir recursos? Aumentar a motivação O momento é de reflexão. Qualquer passo em falso pode pôr em causa a sobrevivência de uma empresa. A redução de recursos, de investimentos e de incentivos pode parecer o único caminho para cortar na despesa. Mas garantirá a qualidade do serviço prestado e a competitividade que as empresas exigem para se manterem na linha da frente? A redução de recursos pode desmembrar uma equipa e abrir portas ao insucesso? Apesar de todos os constrangimentos, é possível aumentar a motivação de toda uma equipa? Constituirá a motivação um “investimento” essencial no actual contexto sócio-económico? Três especialistas de renome na área de recursos humanos partilham, na próxima semana, em Leiria, as suas posições sobre o tema. Aqui, levantam uma ponta do véu e falam, a convite do REGIÃO DE LEIRIA, do papel que a motivação pode (ou não) desempenhar nas empresas.

Visão de futuro Segundo François Lescreve, psicólogo na área de recrutamento e selecção, a energia de uma empresa “resulta de uma junção de competências (o saber fazer) e de motivações (o querer fazer)”. A motivação dos colaboradores é por con-

28

A chave da gestão da motivação reside na flexibilidade e no respeito de um sentimento de justiça” François Lescreve Psicólogo na área de recrutamento e selecção

seguinte “vital para a empresa”. O problema, sublinha, surge quando se percebe que “a motivação não é um traço de personalidade estável mas algo de dinâmico e que o dinheiro (em vencimentos ou outros benefícios) não é um motivador universal”. Cada um dos colaboradores possui aspirações diferentes, realça o especialista, para quem “a chave da gestão da motivação reside na flexibilidade” e “no respeito de um sentimento de justiça”.

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

Mas quando uma empresa tem dificuldades, como aumentar a motivação da equipa? Quaisquer reduções de pessoal, ou o seu receio, reorganizações ou carência de meios são desmotivantes, sobretudo quando a “crise” se alastra no tempo, no entender de François Lescreve. Ainda assim, o que importa é “adoptar uma estratégia credível para sair da crise”. “Se as reduções de pessoal são necessárias, é importante que se efectuem de modo aceitável e que os que ficam desenvolvam, o mais rapidamente possível, um novo espírito de equipa” de modo a superar o novo desafio de construção do futuro. “Ter uma visão de futuro é essencial, sendo que a arte está em fazer com que essa visão seja credível”. Na sua intervenção subordinada ao tema, “Shifts in the recruitment paradigm” [Mudanças no paradigma do recrutamento], que será em inglês, François Lescreve procurará explicar que certos princípios “clássicos” do recrutamento, da selecção e classificação são cada vez menos praticáveis numa sociedade fortemente dinâmica.

Factor crítico A importância do capital humano. Os activos humanos enquanto pessoas competentes, motivadas e focalizadas.

O investimento em pessoas. A gestão de pessoas vs gestão de pessoal. A satisfação, motivação, estimulação e mobilização. São estes os pontos que irão centrar a intervenção de José Bancaleiro, CEO na Human cap International. Segundo o especialista em recursos humanos, “só é possível ter sucesso com pessoas competentes motivadas e focalizadas”. A motivação é, no seu entender, “um processo intrínseco à pessoa e por isso provoca uma enorme energia e tem uma duração prolongada”. E acrescenta: “São as pessoas motivadas que conseguem níveis superiores de produtivida-

Só é possível ter sucesso com pessoas competentes motivadas e focalizadas” José Bancaleiro CEO na HumanCap International


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

de e os mantêm durante muito mais tempo”. Ainda que uma empresa enfrente sérias dificuldades, José Bancaleiro acredita ser possível aumentar a motivação da equipa. “Um bom líder é capaz de transformar a necessidade de ultrapassar dificuldades como a fonte da motivação, isto é, como fonte de energia que devidamente mobilizada pode ser uma contribuição determinante para ultrapassar as dificuldades”. Contudo, nas condições actuais em que “os outros factores (dinheiro, equipamentos, etc.) estão facilmente disponíveis no mercado, as pessoas tornaram-se o factor crítico. Elas podem ser a principal razão do sucesso… ou do insucesso”, sublinha. “’Investir’ na gestão do talento é hoje amplamente reconhecido como o principal factor de sucesso de qualquer organização”, pelo que deverá estar hoje entre as primeiras preocupações de qualquer CEO, defende ainda José Bancaleiro.

Só é possível motivar pessoas auto-motivadas, que não precisam de estímulos permanentes para construir e dinamizar” Alberto Moreira Director de Recursos Humanos da Groz-Bekhert Portuguesa

poder gerir a ‘crise’ (redução de recursos)…”, acrescenta. E prossegue: “O grande paradoxo está no facto de que só é possível ‘motivar’ pessoas ‘automotivadas’, que não precisam de estímulos permanentes para construir e dinamizar… A generalidade dos ‘Calimeros’ nunca muda e não são motiváveis; são eventualmente, educáveis e controláveis, porque precisam de suporte permanente”. “Existe em muitas organizações aquilo a que chamamos ‘gorduras’, ou excessos de recursos, resultado de uma má gestão dos recursos humanos, das máquinas e dos equipa-

mentos e das metodologias de ‘produção’. Com o aumento da motivação, resultado de uma melhor organização das tarefas e da responsabilização dos colaboradores, aumenta a produtividade e, consequentemente, sobram recursos e há que os despedir, situação que leva à competição, conflito e, então,… falta de motivação. É um ciclo sem fim”, regista ainda Alberto Moreira, adiantando assentar a sua posição nos valores da Inteligência Emocional “e na capacidade de contagiar estruturalmente as pessoas individualmente ou em grupo”.

Como participar A conferência “Reduzir Recursos? Aumentar a motivação” tem lugar dia 27, às 14h30. prefere contudo situar o “foco” da questão num outro ponto. “Nem sempre interessa motivar a equipa”, constata, perante um cenário de crise numa empresa. Pois, “é muito importante mantê-la fragmentada para

È moderada por António Alberto Costa, director de Serviços de Emprego e Formação Profissional da Delegação Regional do Centro do IEFP. Destina-se a profissionais de recursos humanos, administradores e gestores de empresas. A participação é gratuita mas sujeita a inscrição prévia para o email empregoeformacao@regiaodeleiria.pt ou pelo telefone 244 819 950.

Ciclo sem fim “A motivação é uma luta nunca ganha, está sempre perdida, o que significa que ela não existe”. Em contrapartida, “existe (ou não) a auto-motivação”. É este o ponto de onde parte Alberto Moreira, director de recursos humanos da GrozBeckert Portuguesa, para falar do “’Eu’ motivado como recurso estratégico primordial na confrontação”. Alberto Moreira arrisca uma nova abordagem: “É politicamente correcto e um ‘lugar comum’ dizer que, sem ela [motivação], as empresas terão uma enorme dificuldade em atingir objectivos de excelência”. Sem discordar desta perspectiva,

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

29


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Orientação vocacional Já sabes o que queres ser? Decidir na adolescência o caminho que ditará o nosso futuro não é tarefa fácil. A escolha suscita muitas vezes dúvidas, angústias e receios. É natural. “Será que é isto que quero fazer quando for grande?” Quem nunca hesitou? A boa notícia é que é possível obter ajuda para identificar a área de estudos ou profissional que melhor condiz com as aptidões, competências e interesses de cada um. “Partindo das características de personalidade e dos valores do estudante, dos seus interesses, aptidões e

30

Num processo de orientação vocacional, não é objectivo do psicólogo “dizer ao aluno o que vai fazer, mas sim ajudá-lo a descobrir o que pode fazer”

competências, e com base no conhecimento sobre as oportunidades de formação e de ensino, pretende-se ajudar a fazer escolhas mais conscientes que conduzam a um

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

projecto vocacional a desenvolver pelo jovem estudante”, esclarece João Paulo Marques, vice-presidente do Instituto Politécnico de Leiria (IPL). É nesse sentido que irá ser dinamizado durante o II Fórum de Emprego e Formação um Gabinete de Orientação Vocacional com a colaboração de vários psicólogos do IPL, Escola Secundária Afonso Lopes Vieira, Escola Secundária Domingos Sequeira e Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo. Destinado à participação dos alunos do 9º ano e do en-

sino secundário, pretende ser um ponto de partida. Não haverá espaço nem tempo para a realização de testes apurados, mas é objectivo da equipa, através de pequenas entrevistas, confrontar alguns interesses dos alunos com as suas expectativas de prosseguimento de estudos. A escolha vocacional “tem de ser realista”, devendo considerar os interesses pessoais, emocionais e escolares do estudante, refere o responsável. Este poderá ser um ponto de partida para procurar uma ajuda mais efectiva.


PLANO DE FORMAÇÃO 2011* CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE LEIRIA DELEGAÇÃO REGIONAL DO CENTRO MODALIDADE DE FORMAÇÃO / DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO

REQUISITOS DE ACESSO

DATA INICIO

DATA FIM

SAÍDA PROFISSIONAL / CERTIFICAÇÃO ESCOLAR

< 25 anos

05-09-2011

03-01-2014

Técnico/a Instalador de Sistemas Eólicos - Nível 4 (Ensino Secundário / Nível 3)

3º ciclo

< 25 anos

12-09-2011

10-01-2014

Marinha Grande

3º ciclo

< 25 anos

19-09-2011

30-09-2013

Instalação de Sistemas Solares Fotovoltaicos

Leiria

3º ciclo

< 25 anos

19-09-2011

20-12-2013

Técnicas de Mesa-Bar

Leiria

3º ciclo

< 25 anos

04-10-2011

10-01-2014

≥ 17 anos < 23 anos 05-09-2011

12-10-2012

LOCAL ESCOLARIDADE

IDADE

Pombal

3º ciclo

Manutenção Industrial (Mecatrónica)

Pataias (SECIL)

Instalação e Manutenção de Sistemas Informáticos

APRENDIZAGEM - AP Instalação de Sistemas Eólicos

Técnico/a de Manutenção Industrial de Metalurgia e Metalomecânica Nível 4 (Ensino Secundário / Nível 3) Técnico/a de Informática (Sistemas) - Nível 4 (Ensino Secundário / Nível 3) Técnico/a Instalador/a de Sistemas Solares Fotovoltaicos - Nível 4 (Ensino Secundário / Nível 3) Técnico/a de Mesa-Bar - Nível 4 (Ensino Secundário / Nível 3)

EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE JOVENS - EFJ Esteticista-Cosmetologista - Tipo 7

Leiria

Ensino Secundário

Esteticista - Cosmetologista - Nível 4

EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS - EFA Cuidados e Estética do Cabelo - Percurso Profissional

Marinha Grande

≥ 3º ciclo

≥ 18 anos

12-09-2011

20-07-2012

Cabeleireiro/a Unisexo - Nível 2

Jardinagem e Espaços Verdes - B3

Marinha Grande

≥ 2.º ciclo

≥ 18 anos

26-09-2011

26-01-2013

Operador/a de Jardinagem - Nível 2 (3º Ciclo Ens. Básico / Nível 2)

Cuidados e Estética do Cabelo - B3

Pombal

≥ 2.º ciclo

≥ 18 anos

14-11-2011

15-03-2013

Cabeleireiro/a de Senhora - Nível 2 (3º Ciclo Ensino Básico / Nível 2)

Marinha Grande

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

03-10-2011

21-12-2011

------------------------------------------

FORMAÇÃO MODULAR Maquinação e Programação Serralharia Civil

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

16-06-2011

26-08-2011

------------------------------------------

Logistica e Armazenagem

Leira

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

01-06-2011

26-07-2011

------------------------------------------

Técnicas de Logistica

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

03-10-2011

30-11-2011

------------------------------------------

FORMAÇÃO MODULAR (HORÁRIO PÓS-LABORAL) Tec. Inf. e Comunicação - Iniciação / Avançado (50 horas)

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

Tec. Inf. e Comunicação I- niciação (75 horas)

Leiria

≥ 2.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

Inglês - Iniciação / Avançado (50 horas)

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

Espanhol - Iniciação / Avançado (50 horas)

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

Francês - Iniciação / Avançado (50 horas)

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

Italiano - Iniciação / Avançado (50 horas)

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

SAÚDE - Comunicação na Prestação de Cuidados de Saúde (UFCD 6559) SAÚDE - Prevenção e Controlo da Infecção Princípios Básicos a considerar nos Cuidados de Saúde (UFCD 6562) SAÚDE - Abordagem Geral de Noções Básicas de Primeiros Socorros (UFCD - 6570) Sistema de Segurança Social (UFCD 0675) Sistema de Normalização Contabilística (UFCD 6214)

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

Encerramento anual de contas (UFCD 0574)

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

Instalações ITED

Leiria

≥ 3.º ciclo

≥ 18 anos

a partir de Junho

------------------------------------------

* Com inscrições abertas Locais de Inscrição: Cursos em horário laboral » Centros de Emprego da área de residência; Acções em regime pós-laboral Centro de Formação Profissional - Rua de S. Francisco, n.º 32 - 1.º dto (tel. 244 849 870)


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Inquérito Patrões e trabalhadores contam o que os motiva Empregadores 1 - O que espera de um colaborador? 2 - O que valoriza na sua prestação? 3 - O que define uma boa equipa? 4 - Qual o maior incentivo para quem lidera uma equipa?

32

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

Anabela Carreira CEO da Lena Automóveis, Leiria

1 - Uma organização espera que o colaborador se comprometa com os objectivos e com a estratégia da empresa. 2 - A entrega, dedicação, empenhamento, espírito de equipa e cooperação para com toda a organização e com todos os parceiros desta. 3 - Uma equipa que se orienta para o cumprimento total dos objectivos e estratégia da empresa e que ao mesmo tempo seja uma equipa motivada capaz de defender e

vestir a camisola da empresa que representa. É aquela que vive na empresa com um sorriso diário, onde trabalhar significa “um bom prazer”… 4 - O melhor que a liderança pode receber é a motivação, alegria e um bom ambiente de trabalho. Sentirmos que as equipas estão connosco, porque valorizam o acompanhamento, e partilha de todas as questões incluindo pessoais. Cabe à liderança saber ler os sinais para ajudar sempre que se justifique.


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Carlos Batista

Nuno Mangas Presidente do Instituto Politécnico de Leiria

Administrador da Tecnorém, Ourém

1 - Que seja competente, disponível, e com grande sentido de responsabilidade e que “vista” a camisola.

objectivos. Uma boa equipa deve também saber motivarse a si própria em prol do objectivo comum.

1 - Que seja inteligente, competente e que tenha um forte sentido institucional. E por esta ordem.

2 – Em primeiro lugar que consiga cumprir os objectivos propostos. É importante também que mostre dinamismo e que se preocupe com o constante crescimento da empresa.

4 – O maior incentivo é sentir-se parte integrante da organização e consequentemente que só pode crescer dentro da organização se ela própria crescer.

2 - Disponibilidade. Numa instituição pública temos de ter disponibilidade para os outros. É essa a nossa missão. Existimos para servir e cada um de nós deve ter consciência disso. Claro que ter uma boa capacidade de trabalho, ser versátil, ser capaz de se adaptar e de se desenvolver pessoal e profissionalmente são outros atributos que, pes-

3 – A interajuda entre os colaboradores e que a equipa mostre dar o máximo para atingir os seus próprios

soalmente, valorizo bastante. 3 - Objectivos comuns e assumidos por todos, uma boa divisão e articulação de tarefas sob uma liderança reconhecida e livremente aceite. 4 - Saber que cumpriu os objectivos que levaram à constituição da equipa e ter a certeza de que isso foi possível com o contributo de todos. Significa que a equipa foi bem constituída e funcionou bem.

RRNBH@CNR@NRTBDRRN

Formação Modular Certificada 2011 Área

UFCD’s

Carga N.º de Nível Horária Acções

0754

/QNBDRR@CNQCD3DWSN

2

50

2

0778

%NKG@CD"œKBTKN .ODQ@¢žND/QNFQ@L@¢žN

4

50

1

0349

LAHDMSD 2DFTQ@M¢@ 'HFHDMDD2@µCD MN3Q@A@KGN "NMBDHSNR!œRHBNR

4

25

1

0354

+¨MFT@(MFKDR@  SDMCHLDMSN

4

50

2

0366

Plano de Marketing

4

50

1

0601

/QHMB¨OHNRCD%HRB@KHC@CD

4

50

1

347 Enquadramento na Organização

5440

"NLTMHB@¢žN(MSDQODRRN@KD RRDQSHUHC@CD

4

25

1

542 (MCµRSQH@3¥WSHK 5DRSTœQHN Calçado e Couro

4900

+¨MFT@$RO@MGNK@ "NMUDQR@¢žN

4

50

2

5945

Empreendedorismo

4

50

1

850 /QNSDB¢žNCN LAHDMSD

3708

Sistemas de Gestão Ambiental

4

50

1

0627

+¨MFT@/NQSTFTDR@ 3¤BMHB@RCD$RBQHS@

2

50

1

0674

Função Pessoal - Legislação Laboral

4

25

1

3772

(MENQLœSHB@M@ŽOSHB@CNTSHKHY@CNQ

4

25

1

3776

(MENQLœSHB@ %NKG@CD"œKBTKN

4

25

1

3486

+¨MFT@(MFKDR@ (MENQL@¢žN

4

50

1

3487

+¨MFT@%Q@MBDR@ (MENQL@¢žN

4

50

1

861 /QNSDB¢žNCD/DRRN@RD!DMR

4977

"NLTMHB@¢žND3Q@A@KGNCD$PTHO@

4

25

1

000 %NQL@¢žNCD!@RD

CLC-Lei +¨MFT@$RSQ@MFDHQ@ (MHBH@¢žN (MFK¥R

4

50

2

"+" +DB +¨MFT@$RSQ@MFDHQ@ "NMSHMT@¢žN (MFK¥R

4

50

2

481 "H¥MBH@R(MENQLœSHB@R

341 "NL¤QBHN

345 Gestão e Adminstração

346 2DBQDS@QH@CND3Q@A@KGN CLHMHRSQ@SHUN 862 2DFTQ@M¢@D'HFHDMDMN3Q@A@KGN 812 Turismo e Lazer

Ed. NERLEI - Av. Bernardo Pimenta - 2404-010 Leiria tel.: 244 890 200 fax: 244 890 210 e-mail: formacao@nerlei.pt

EIXO 2 Adaptabilidade e Aprendizagem ao Longo da Vida 3HONKNFH@  %NQL@¢°DR,NCTK@QDR"DQSHƥB@C@R

www.nerlei.pt

QUALIFICAR É CRESCER.

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

33


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

Célia Sousa Coordenadora Técnica do CRID (Centro de Recursos para a Inclusão Digital) Leiria

Colaboradores 1 - O que espera de um empregador? 2 - O que valoriza num emprego? 3 - O que define um bom local de trabalho? 4 - Qual o maior incentivo para quem trabalha?

34

Região de Leiria | 20 de Maio, 2011

1 - Alguém que ouve e respeita os seus colaboradores tendo por base a justiça e a igualdade. Que permite a opinião e o desenvolvimento dos mesmos de uma forma integrada, possibilitando o aperfeiçoamento das ideias dos seus colaboradores. 2 - O trabalho em equipa e a possibilidade de inovar.

3 - Um local agradável que proporcione boas condições físicas e psicológicas. 4 - O desenvolvimento e aplicação das suas ideias.


II Fórum Emprego e Formação // Guia Oficial

1 - Que tenha um grande sentido ético. 2 - Gostar e sentir-me bem no trabalho que desempenho e o facto de poder realizar aquilo que mais gosto de fazer, com as melhores condições que a instituição empregadora me pode oferecer.

André Rocha

João Paulo Fróis

professor de música da EMOL (Escola de Música do Orfeão de Leiria)

Técnico da Associação Bairro dos Anjos, Leiria

3 - A existência de um bom ambiente de trabalho, tanto com os colegas como com a entidade patronal. 4 - O respeito, a confiança e o reconhecimento nas funções que desempenha.

1 - Rigor, reconhecimento e apreço 2 - Estabilidade, continuidade e evolução, e uma boa equipa de trabalho com bom ambiente.

3 - Local onde a vontade e a motivação de continuidade esteja sempre presente, com bons incentivos. 4 - O reconhecimento.

20 de Maio, 2011 | Região de Leiria

35



Guia Oficial II Fórum Emprego e Formação