Page 1

Autárquicas 2013 O que vou fazer quando for presidente de Alvaiázere 01 Qual será a sua prioridade se for eleito?

José Santos Funcionário público

02 Como pensa combater o envelhecimento da população? 03 O que tenciona fazer no campo das taxas, derrama e tarifas de serviços públicos? 04 Defina a sua candidatura numa palavra.

Apesar de inúmeros contactos com as diversas estruturas da CDU, não obtivemos qualquer resposta ou explicação deste candidato

Alvaiázere

Freguesias Almoster; União das Freguesias de Alvaiázere e Maçãs de Caminho; Maçãs de Dona Maria; Pelmá; Pussos São Pedro Área 160,46 km2 População 7287 habitantes Taxa de desemprego 10,57% Índice de envelhecimento: 303,8% Feriado municipal 13 de junho Escolas Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos e Secundária Dr. Manuel Ribeiro Ferreira Escola Tecnológica e Profissional da Sicó (polo) Serviços públicos Conservatória do Registo Civil, Segurança Social Turismo Percursos pedestres; parque de campismo; museu

6

Região de Leiria — 14 agosto, 2013

Maria Teodora Freire Gonçalves Cardo 54 anos Professora Estado civil Casada Filhos 0 Clube Académica Figura de referência Marguerite Yourcenar (primeira mulher recebida na Academia Francesa). 01 Desenvolver uma política de proximidade com os munícipes, ouvindo-os, dandolhes a palavra e potenciando a sua participação nas tomadas de decisão. Implementar medidas para os mais idosos, os mais pobres e desprotegidos, desenvolvendo redes locais de apoio social, na implantação de um trabalho coerente nesta área. Promover uma gestão autárquica rigorosa e espartana. Investir na educação, cultura e qualificação das pessoas, formação técnica e científica. Lutar pela preservação da Identidade do concelho. Fomentar o desenvolvimento da economia e as iniciativas locais, para a criação de postos de trabalho e a sustentabilidade económica e ambiental.

Nelson Paulino da Silva 48 anos Enfermeiro Estado civil Casado Filhos 2 Clube Benfica Figura de referência Nelson Mandela 01 A prioridade deverá passar por consolidar as contas/ consolidação orçamental e investir na captação de investimento empresarial, na educação e na saúde. 02 Só será possível inverter a pirâmide etária no concelho através de atração e fixação de população. Podendo considerar-se alguns benefícios para jovens casais como forma de estimular a natalidade.

03 Reduzir a carga fiscal de uma forma geral estabelecendo um equilíbrio entre as necessidades de receita da autarquia e de forma a cativar pessoas e empresas para o concelho, aliviando também a carga fiscal dos contribuintes.

03 IMI: Penso que será possível taxar em 0,2% e 0,4% para os imóveis urbanos avaliados já nos termos da nova legislação. IRS: Face à situação do concelho deverá considerar-se a taxa máxima de 5%. DERRAMA - Deverá ser considerada no seu limite em 1,5% para a generalidade das empresas e em 1,25% para aquelas cujo volume de negócios no ano anterior não ultrapasse os 150 mil euros, como forma de estimular o tecido empresarial e a criação de emprego, bem como forma de captação de investimento empresarial e industrial. TARIFAS DE ÁGUA: Deverá ser revista a tarifa relativamente a consumidores domésticos e outros no preço por metro cúbico nos seus limites mensais principalmente como medida de fixação e atração de população. Ainda para estabelecimentos comerciais/industriais e Estado; instituições de beneficência, agremiações culturais e desportivas e coletividades de interesse público bem como, a Tarifa de Saneamento: Por cada m3 de água consumida. Deverão igualmente ser revistas todas as demais taxas diversas que se cobram.

04 Autenticidade.

04 Motivação.

02 As pessoas estão cada vez mais válidas até mais tarde, mas deixam de produzir cada vez mais cedo, pelo que iremos promover o seu potencial produtivo e reconhecimento social. Fomentar a criação e manutenção do emprego para que os jovens e as pessoas em idade ativa se fixem. Desenvolver políticas de incentivo à natalidade, como prémios de natalidade e de fixação de jovens casais.

Paulo Tito Delgado Morgado 45 anos Economista Estado civil Casado Filhos 2 Clube Benfica Figura de referência Francisco Sá Carneiro 01 Dar continuidade a um processo de infra-estruturação e desenvolvimento que foi encetado há oito anos e que se materializa em mais de 17 milhões de euros de investimento atualmente a decorrer um pouco por todo o concelho. É obra! Sobretudo para um concelho com a nossa dimensão! Estamos a investir, e assim iremos continuar, em áreas tão diversas como a ampliação da rede de saneamento básico, a remodelação da rede de abastecimento de águas, a melhoria das rede viária, escolar e de cuidados de saúde, a habitação social, o setor do turismo, a revisão dos instrumentos de ordenamento do território (PDM) e a construção de uma área de localização empresarial. Estas últimas serão, aliás, aquelas onde irei concentrar grande parte do esforço nos próximos quatro anos. Manteremos também um forte apoio aos agentes educativos como forma de preparar os nossos jovens para os desafios do futuro. Continuaremos também a dar um forte contributo na área social, quer em termos diretos, quer pela colaboração em rede com instituições. 02 Infraestruturando o concelho para captar investimento, e assim atrair e fixar jovens. 03 Em Alvaiázere nunca foi cobrada derrama. Já recentemente levei a aprovação a redução, nalguns casos para menos de metade, do valor de algumas taxas e licenças de construção e utilização, com o objetivo de dinamizar o investimento produtivo e a fixação de gente em idade ativa. 04 Trabalho!

Candidatos à Câmara de Alvaiázere  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you