Issuu on Google+

Região // Autárquicas 2013

A campanha fotografada por António Martinho

António Martinho Idade 60 anos Profissão Engenheiro civil municipal Estado civil Casado Filhos 2 filhos Clube Académica Figura de referência O meu pai 01 São três prioridades: Coesão social - Vamos incidir no combate ao desemprego e na criação de postos de trabalho; Competitividade - Vamos apostar na inovação, na criatividade e no empreendedorismo, como forma de retoma da economia; Gestão Partilhada – O que significa chamar os munícipes às decisões camarárias. 02 Não. É de todo evitável. Um serviço público é isso mesmo! Público. A privatização visa em primeiro lugar a obtenção de lucros, o que é contrário ao conceito de serviço público. 03 Nenhum destes valores será aumentado. A derrama será atribuída a fins sociais, conforme previsto e aprovado. 04 A primeira medida para credibilizar a captação de mais investimento para o concelho é definir regras equitativas e justas para todos. A hipótese visível para Leiria é o município estabelecer parcerias para influenciar as instituições de cariz representativo do tecido empresarial nacional, a incluir Leiria como área de excelência para a fixação de empresas.

António Martinho subverteu, de alguma forma, o desafio lançado pelo REGIÃO DE LEIRIA: pegou na sua máquina e percorreu o concelho para fotografar espaços com diferentes significados para o concelho. De cima para baixo, da esquerda para a direita: a ruína do Hotel Lis, a paisagem de Leiria, o parque de merendas da Barosa, a praia do Pedrógão ameaçada pelo mar e a Base Aérea de Monte Real Fotos: António Martinho

05 Criar um plano de requalificação, reabilitação e repovoamento da zona baixa de Leiria, assente num modelo sustentado na dinâmica da economia e na vontade e capacidade dos seus agentes, modelo este baseado no investimento privado com apoios e regulação

pública, e não entregar a reabilitação urbana a um qualquer fundo imobiliário. Ao mesmo tempo e caso seja viável criar uma SRU 06 O Estádio de Leiria será um espaço multifuncional recebendo todo o tipo de atividades compatíveis com o equipamento: atividades comerciais, desportivas, recreativas culturais, educativas e de lazer. Há também condições para o espaço do estádio receber em definitivo sedes de empresas. No que diz respeito ao futebol, criação de condições para a União de Leiria crescer enquanto clube de referência da cidade e do concelho. Para servir de depósito de sucata é que certamente não está vocacionado. 07 Se não tem um pingo de vergonha do mal que causou ao país, com os seus associados? 08 Ainda estão para acontecer. 09 Ao Zé Peixoto. 10 Não posso dizer. 11 O controle é repartido, exceto quando o comando fica sem pilhas. 12 Jogging, spining e futebol. Este só com os amigos (pouco e raramente!) 13 A minha mulher.

26 setembro, 2013 — Região de Leiria

9


3__