Page 1

Praia artificial de Missal

esteNotícias O Missal, Paraná | Ano 2 | Edição 58 | 03 de julho de 2013

MISSAL, 50 anos!

Programação do Jubileu de Ouro de Missal começa essa semana

14

47

0 IJ

EC

CR

Loteamentos - Compra Venda - Locação Avaliação de Imóveis

45

Candidatas a Miss Missal serão apresentadas no evento que marca a abertura das comemorações, o Revelando Talentos. Além do Baile da Miss, a programação inclui várias inaugurações importantes para o município. [Geral, 02]

Brinquedos Mania - Cama elástica - Piscina de bolinhas - Pula-pula com tobogã inflável

BRINQUEDOS COM MONITOR

3244-1878

Rua Cerro Largo, 608

- Palhaço - Camarim de pinturas (rosto e papel) - Escultura de balões

Missal - Paraná Acesse o nosso site www.jciimoveis.com.br

O melhor para sua festa! Qualidade, bom atendimento e o melhor preço da região! Fale com o Marcos: (45) 8817 - 2033

direcao@jciimoveis.com.br

ACIMI

Associação Comercial Empresarial de Missal

Jovem de Itaipulândia realiza trabalho voluntário na África

Missal abre inscrições para o Programa Família Acolhedora

Em entrevista ao ON, Jonas contou um pouco sobre a nova vida. No Brasil, a família aguarda ansiosa a chegada do jovem. Confira a nossa reportagem especial: Solidariedade Sem Fronteiras!

A parceria que faz a sua empresa crescer!

[Geral, 08]

[Reportagem especial, 06 a 08]

Conferência de Meio Ambiente irá discutir a geração e o tratamento dos resíduos sólidos [Geral, 03]

Missal receberá kits de materiais esportivos da Paraná Esporte

Fone: 3244 - 1184

[Geral, 03]

INSTALADORA

Frontier SEL 07/08 prata aut.

MISSAL

Fox 1.6 plus 08/08 branco Corsa Sedan Classic Life, branca, 06/07

Fone: (45) 3244 - 1848 Res.: (45) 3244 - 1644 Cel.: (45) 9976 - 3774 Av. Dom Geraldo Sigaud, 774 Saída para Medianeira CEP: 85890-000 | Missal - PR

Compra | Venda | Troca | Financia Fone: (45) 3244-2124 Cel.: (45) 8804-1362

Prisma Mazz 1.4 vermelho 10/11 Vectra GLS 2.2 cinza Corolla XLI 1.6 prata 03/04

Av. Dom Geraldo Sigaud, 163 - Missal - Pr www.damkeveiculos.com.br | damkeveiculos@hotmail.com


02

O esteNotícias Editorial

Olá amigos do ON. Enfim, 50 anos da nossa querida Missal. Cultura alemã, religiosidade, terras alagadas, destaque do oeste do Paraná. Os anseios dos municípes são distintos, mas o ideal é o mesmo: o progresso de Missal. As festividades do Jubileu de Ouro da “Linda Jóia do Sul do Brasil” começam esta semana, com o Revelando Talentos, onde os munícipes conhecerão as candidatas ao título máximo da beleza da mulher missalense. Esta é uma edição especial para toda a equipe do ON Missal. Além de comemorar o aniversário da cidade, apresentamos uma reportagem especial de um jovem da nossa região que deixou emprego, família, amigos e principalmente, o conforto de casa para ajudar quem precisa. Jonas Kazmirczak, de Itaipulândia, está trabalhando em uma região da África, em uma aldeia onde as pessoas sobrevivem com menos de um real por dia. O relato de Jonas é, além de um exemplo a ser seguido, uma reflexão acerca da nossa própria vida. Um outro povo, uma outra realidade. Ele aceitou o desafio e compartilhou as suas experiências com a nossa equipe.

Telefones Úteis

Expediente

Hospital São Camilo 3244 - 1342

Hospital Nossa Senhora de Fátima 3244 - 1390

Informação com credibilidade e participação popular Circulação: Missal, Itaipulândia, Medianeira, Serranópolis do Iguaçu. Assinatura ou anúncio: (45) 8806 - 2029 - Daiane jornal_on@hotmail.com

J S EMPRESA JORNALÍSTICA LTDA CNPJ: 12.862.522/0001-81 Fundada em 11/11/2010 Responsável: DAIANE STAUB

Mestranda da Unioeste de Foz faz pesquisa no CTG de Missal

Conselho Tutelar 3244 - 1588

SAMU 192

O esteNotícias

O concurso que vai escolher a Miss Missal 2013, irá acontecer no dia 13 de julho próximo. O evento que terá a animação da Banda Zyons de Cascavel, será realizado no Centro de Eventos de Missal e terá a participação de oito lindas candidatas. O evento fará parte das comemorações alusivas ao 50º aniversário de fundação de Missal. Este ano disputam o título: Alessandra Caroline Schuh, Ana Emília Welter, Andréia Jociele Schein, Camila Algarin Piacentini, Edilvana Carvalho, Fátima Franz, Rubiane Christ e Tamara Catiere Ewerling. Para quem quiser participar do baile da escolha da Miss Missal 2013, poderá adquirir seu ingresso no Departamento de Cultura.

Polícia Civil 3244 - 1337

Sanepar 3244 - 1676

Prefeitura Municipal 3244-8000

Oito candidatas concorrem ao título máximo da beleza da mulher missalense

Polícia Militar 190 / 3244 - 1537

COPEL 0800 51 00 116

Posto de Saúde de Missal 3244 - 1112

Câmara Municipal de Vereadores 3244-1183

Nesta semana também acontece e I Conferência Municipal de Meio Ambiente. A participação dos agricultores, acadêmicos e sociedade em geral é de extrema importância. O que for decidido aqui será levado para a conferência regional. Porém, as questões levantadas na etapa municipal poderão ser utilizadas como base para nortear os trabalhos em Missal. Mais três jovens são formados através da Web Rádio Água e estes estarão atuando na divulgação dos projetos relacionados a educação ambiental no município. Isso graças a parceria da administração com a Itaipu Binacional. Ainda sobre a administração pública de Missal, foi aprovado na Câmara de Vereadores e posteriormente sansionado pelo Prefeito, a criação de dois departamentos (juventude e mulher) e da ouvidoria, resultados da reforma administrativa proposta pelo executivo. Esta edição do impresso apresenta muitas ações positivas para os missalenses. Em nome da direção do ON, PARABÉNS MISSAL, PARABÉNS MISSALENSES. Boa Leitura!

Impressão: RCK Comunicações Ltda. Próximas edições do Oeste Notícias

Rua Santo Cristo, 136 - Missal - Paraná CEP: 85890-000 | Fone (45) 3244 - 2465

12/06 | 26/06

Datas sujeitas a alteração

F o r m a d a e m Tu r i s m o , Andressa Szekut, de Foz do Iguaçu, está desenvolvendo uma pesquisa sobre a tradição gaúcha na região oeste do Paraná. O projeto é do programa de pós-graduação em Sociedade, Cultura e Fronteiras da Unioeste campus de Foz do Iguaçu. “O objetivo dessa pesquisa é

Oficina DoDo Oficina Charuto Charuto Posto de molas Mecânica em geral

Avenida Dom Geraldo Siguad - Centro | (45) 3244 - 1243

Editorial

Rua Paraná, 618 Telefone: (45) 3244 1354 / 99437273

identificar representações materiais e simbologias para entender a construção da territorialidade. Escolhi esse tema pois trabalho há cinco anos com Centro de Tradições Gaúchas na região. Quero entender como um grupo cultural se legitima”, explica Andressa. O CTG Porteira Nova de Missal está incluso nas pesquisas. “Estou avaliando 27 CTGs da região, que estão cadastrados no MTG. A metodologia se basea no levantamento bibliográfico histórico da região, fontes documentais institucionais e fontes orais, através da entrevista. No caso de Missal, com o Custódio e o Ronaldo”, destaca. O orientador do trabalho é o missalense Samuel Klauck e será apresentado no final do ano.


Destaque

03

O esteNotícias

Conferência de Meio Ambiente irá discutir a geração e o tratamento dos resíduos sólidos Dentre os eixos estão a redução dos impactos ambientais e geração de emprego e renda No dia 04 de julho acontece a I Conferência Municipal do Meio Ambiente no Lar dos Idosos em Missal. A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente está trabalhando nos detalhes do evento. A discussão dos eixos será realizada na parte de manhã, com início da conferências as 08:30h e término as 12h, com almoço. O lema deste ano é “Vamos cuidar do Brasil”. Segundo o diretor de meio ambiente, Rafael Mognol, quatro eixos fazem parte da temática: produção e consumo sustentável; redução dos impactos ambientais; geração de emprego e renda e educação ambiental. “A Itaipu Binacional e a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná estão dando apoio e suporte para a elaboração da etapa municipal”, destacou. A etapa do dia 04 é municipal. “A regional será em Cascavel e a estadual em Foz do Iguaçu. Essas são preparatórias para a IV Conferência Nacional do Meio Ambiente (CNMA), que será realizada de 24 a 27 de outubro de 2013, em Brasília”, afirmou Rafael. Durante as conferências serão eleitos os delegados, representando a sociedade civil, povos indígenas, setor empresarial patronal e setor governamental. Todos os interessados podem participar, desde sociedade civil até acadêmicos interessados em colaborar com as discussões. A Conferência A conferência começa pelas etapas locais municipal e regional. Nesta fase, os participantes debatem as questões locais e elegem os delegados para a etapa estadual. Já nos estados, discutem questões locais e nacionais e elegem delegados para a etapa nacional. A etapa nacional é o ponto alto do debate. É quando os

resultados de todas as conferências locais são discutidos pelos representantes eleitos. Além disso, nesta edição, foram inseridas duas novas modalidades de participação: as conferências livres e a conferência virtual. As livres podem ser convocadas por associações comunitárias, síndicos ou moradores interessados. Ou seja, qualquer grupo de pessoas ou representações governamentais interessadas no debate. Essas conferências livres já começaram. Também haverá uma conferência virtual, realizada por meio da internet, em data a confirmar. Resíduos Sólidos Questões sobre crescimento populacional e o aumento dos resíduos estão proporcionalmente conectadas, contudo, observa-se que em algumas regiões mesmo que o crescimento não seja tão elevado, há uma quantidade per capita exorbitante na geração de resíduos. Isso indica que estamos consumindo cada vez mais. Segundo Maurício Waldman, autor do livro ‘Lixo: cenários e desafios’, em 2009 a população brasileira cresceu 1% e a produção de lixo 6%. Preocupante também é o fato de que o aumento do volume de resíduos, ao longo do tempo, ainda é acompanhado pelos problemas de destinação final: de acordo com o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil elaborado pela Abrelpe em 2010, ainda é alto o percentual de municípios que depositam inadequadamente seus resíduos: 57,6% dos resíduos sólidos urbanos são destinados para aterros sanitários, 24,3% para aterros controlados e 18,1% para lixões. Em relação ao Panorama de 2009,

observou-se que a quantidade de resíduos sólidos com destinação final inadequada aumentou aproximadamente 2 milhões de toneladas – em 2010, foram cerca de 23 milhões de toneladas encaminhadas a lixões e aterros controlados. Marcos regulatórios e avanços político-institucionais vêm tomando espaço na agenda pública dos países da região, mas os esforços ainda são tímidos frente à necessidade. Poucos países dispõem

de planos ou programas para atender as demandas do setor. Segundo o Relatório da Avaliação Regional da Gestão de Resíduos Sólidos na América Latina e Caribe (2010), apenas 19,8% dos municípios contam com planos de gestão – não necessariamente implementados e com qualidade. No Brasil, até 02 de agosto de 2012, apenas 10% dos municípios detinham um plano de gestão de acordo com o conteúdo mínimo estabelecido pela Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Missal receberá kits de materiais esportivos da Paraná Esporte

Cerca de 30 municípios da região oeste do Paraná, entre eles Missal, foram contemplados com materiais esportivos, incentivo do governo do estado através da Paraná Esportes, atendendo um pedido do Deputado Federal Eduardo Sciarra. A entrega foi feita no dia 25 de maio na cidade de Corbélia pelo Secretário de esporte do estado, Evandro Rogério Roman e pelo assessor do deputado Sciarra, Jorge Lange com a presença de representantes dos municípios. O v e r e a d o r Va n d e r l e i

Gilmar Baum (PSD), juntamente com alguns membros da executiva do partido, foram até Corbélia receber o kit de materiais esportivos. O kit contém bolas, camisetas e conforme o vereador os materiais serão entregues para as comunidades e equipes que vem participando de competições no município. “Cumprindo o que prometemos em campanha, queremos valorizar o esporte em Missal, e esses materiais são um bom incentivo, principalmente às comunidades”, comenta Baum. Algumas empresas também estão contribuindo com os kits. A entrega oficial em Missal vai ocorrer no dia 25 de julho à noite no distrito do Portão Ocoí. Estarão presentes para a entrega: o Secretário de Esporte do Estado, Evandro Rogério Roman, o assessor do Deputado Sciarra, Jorge Lange, prefeito Municipal de Missal, Adilto Luis Ferrari, Secretário municipal de esporte, Décio Vilibaldo Rohde entre outras autoridades.


O esteNotícias Gestores públicos participam de encontro do “Cidade Sustentáveis” em Foz do Iguaçu 04

Geral

Missal foi um dos primeiros do oeste paranaense a aderir ao programa No dia 19 de junho aconteceu um encontro do programa Cidades Sustentáveis na Itaipu Binacional, em Foz do Iguaçu. Cidades Sustentáveis é uma iniciativa promovida em parceria entre o Instituto Ethos, a Rede Nossa São Paulo e a Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis. O programa oferece aos gestores públicos uma agenda completa de sustentabilidade urbana, um conjunto de indicadores associados a esta agenda e um banco de práticas com casos exemplares nacionais e internacionais como referências a serem seguidas pelos municípios. O objetivo é sensibilizar e mobilizar as cidades brasileiras para que se desenvolvam de forma econômica, social e ambientalmente sustentável. O encontro de prefeitos e técnicos municipais foi conduzido pelo coordenador do movimento Nossa São Paulo e da Plataforma Cidades Sustentáveis, Maurício

Broinizi. O prefeito de Missal, Adilto Luis Ferrari, e o secretário de administração, Paulo Eduardo Paetzold, participaram do encontro. “Fui designado pelo prefeito Ferrari como coordenador municipal do programa Cidades Sustentáveis”, afirmou. O município de Missal foi um dos primeiros municípios do oeste do Paraná a aderir ao programa. “A adesão ocorreu em 09 de agosto de 2012, na cidade de Foz do Iguaçu, durante a realização de um encontro com os candidatos à eleição de 2012. A Adesão deu-se através da assinatura da carta-compromisso de adotar as ferramentas propostas pela iniciativa”, explica o secretário de administração. Entre outros temas, a reunião debateu o Guia GPS (Gestão Pública Sustentável), uma espécie de roteio de implantação do programa, e também os princípios e valores da plataforma, que estão organizados

em 12 eixos: governança; educação para a sustentabilidade e qualidade de vida; gestão local para a sustentabilidade; melhor mobilidade, menos tráfego; bens naturais comuns; economia local dinâmica, criativa e sustentável; planejamento e desenho urbano; ação local para a saúde; equidade, justiça social e cultura da paz; consumo responsável e opções de estilo de vida; cultura para a

sustentabilidade; e do local para o global. “O primeiro passo é implantar, no âmbito municipal, o software disponibilizado pelo programa, alimentando o mesmo com uma série de indicadores municipais”, anunciou Paulo. Segundo ele, esses indicadores irão nortear a execução do programa no município.

Produtores missalenses podem se inscrever no programa de distribuição de calcário A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Missal comunica as inscrições para adesão ao programa de distribuição de calcário podem ser realizadas até o dia 30 de julho, na secretaria. O programa contempla produtores que possuem no máximo 10 hectares. Os interessados deverão providenciar análise de solo e entregar uma cópia no ato da inscrição.

Missalense participa de Feira de Produtos Orgânicos em São Paulo

De 27 a 30 de junho aconteceu a 9º Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia em São Paulo. O missalense Maikon Hilgert, p o p u l a r “ Ve r m e l h o ” , e s t á r e p r e s e n t a n d o a C O A FA S O Cooperativa da Agricultura Familiar e Solidária do Oeste do Paraná, da qual a Feira do Pequeno Produtor de Missal é vinculada.

Hilgert está desenvolvendo um estudo sobre economia solidária na feira. “É uma maneira melhor de ter relações comerciais, onde as pessoas contribuem umas com as outras e não competem”, explica. Para o estudo, Vermelho usará uma matricial da plataforma FOFA, uma ferramenta de pesquisa aplicada nas áreas sociais e educacionais que visa analisar aspectos positivos e negativos do sistema. “Nesse caso a economia solidária que vem sendo aplicada nessas cooperativas”, destaca o pesquisador. Além disso, um questionário semi estruturado com aproximadamente 40 entrevistados. A BioBrazil Fair | BioFach

América Latina é a feira brasileira de negócios que reúne os principais produtores, fabricantes, distribuidores e importadores do mundo orgânico. Agora em parceria com a BioFach maior evento do setor no mundo - e presente no calendário internacional de feiras dedicadas aos orgânicos, oferece 4 dias de evento para geração de negócios, atualização profissional e troca de informações. São 120 expositores em uma área de 7.000 m². “Até agora encontrei muitas coisas interessantes na feira como roupas, calçados, alimentos, todos saudáveis e com certificado orgânico”, comenta. Em 2010, Maikon participou da mesma feira na Europa. “A América Latina precisa de

uma feira assim, mas precisa evoluir muito para chegar ao nível da Europa”, comparou. Essa atividade faz parte das ações do programa Cultivando Água Boa, da Itaipu Binacional.

Exposição da economia solidária apoiada pelo MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrário

Transportes

Serviços de: Pavimentação Asfáltica Pavimentação Poliédrica Venda de: Pedra Britada Paver

Saneamento Drenagem Construção Civil

Tubos de Concreto Blocos de Concreto Concreto Usinado

(45) 3565 - 2385 (45) 3559 - 5006

Rua Torres, 295 - Centro - São Miguel do Iguaçu


Geral

O esteNotícias

Missal realiza última etapa da formação de comunicadores comunitários da BP3 Curso foi ministrado pela Web Rádio Água em parceria com a Nativa Socioambiental

Prefeito destacou a importância do material para o trabalho dos comunicadores comunitários e facilitadores da Sala Verde de Missal

Na quarta-feira, 26, aconteceu a última etapa do curso de formação de comunicadores comunitários da web rádio Água do núcleo de Foz do Iguaçu. Os representantes de cada município se reuniram no telecentro, anexo à Casa da Cultura de Missal, onde aprenderam a editar áudio e trabalhar com a plataforma da web rádio. Três jovens missalenses participaram da formação: Daiane Staub, Jefferson Fernando Kieling e Fernando Wili. Os participantes foram recepcionados pela secretária de Educação Cultura e Esportes, Ivanda Maria Winter Heck, e pelo prefeito Adilto Luis Ferrari. “Desejamos as boas vindas a todos. Esse curso é muito importante para a divulgação do trabalho na área ambiental na BP3. Aproveitem o máximo e eu tenho certeza que bons projetos serão desenvolvidos e divulgados a partir disso”, destacou o prefeito. O curso está em sua segunda edição e é ministrado pela Nativa Socioambiental e pela Web Rádio Água. “A ideia é que os municípios enviem matérias para a web rádio água. Em vez da equipe de jornalistas se deslocar até a cidade, o que demanda muito tempo e o gasto é muito alto, nós formamos comunicadores que recebem a orientação necessária para produzir e enviar conteúdo. A BP3 é muito ampla e isso facilita a divulgação dos trabalhos produzidos na área de educação ambiental”, explica a analista de comunicação Poliana Cristina Corrêa. Dividido em três etapas, os comunicadores comunitários começaram com o conteúdo teórico em Itaipulândia, onde realizaram uma

reflexão acerca das teorias de Paulo Freire e conheceram os principais documentos e planos que são base e

norteiam a educação ambiental. Em Santa Helena, os cursistas começaram a conhecer o trabalho jornalístico, estrutura, entrevista e texto. Em Missal, eles participaram de uma oficina de edição de áudio e postagem de conteúdo. Os municípios que enviaram cursistas no ano passado, para a primeira etapa de formação, receberam um kit para a produção do conteúdo com microfone, mesa de som, gravador e máquina fotográfica. A entrega oficial do Kit foi realizada na manhã de quartafeira, com a presença do prefeito Adilto Luis Ferrari, Secretária de Educação, Ivanda Heck, comunicadores Daiane Staub, Jeferson Moreira, Jefferson Fernando Kieling e representantes do PTI (Parque Técnológico Itaipu), We b R á d i o Á g u a e N a t i v a Socioambiental.

Missal participa da II Conferência Intermunicipal de Cultura da BP3

Diretora de Cultura de Missal

A Administração Municipal de Missal, através do Departamento de Cultura convida a todos para II Conferência Intermunicipal de Cultura da BP3 a fim de atender orientações do Ministério da Cultura, que se realizará dia 10 de julho do

corrente às 13:30 horas na Cidade de Toledo, saída as 12:00 horas em frente a Casa da Cultura. As conferências permitirão que as políticas culturais sejam construídas com a ampla participação da sociedade, devendo contemplar os temários nacional, estadual e local, que será "Uma Política de Estado Para a Cultura: Desafios do Sistema Nacional de Cultura". Para as pessoas que quiserem participar, podem fazer sua inscrição na Casa da Cultura ou pelo telefone 3244-2082. Vale lembrar que, o transporte será gratuito.

Revelando Talentos abre a programação do Jubileu de Ouro de Missal A Administração Municipal através do Departamento de Cultura tem a honra de convidar a todos, para a Noite Cultural – Revelando Talentos, que se realizará dia 04 de julho de 2013, às 19:00 horas, no Centro de Eventos de Missal. A Noite Cultural – Revelando Talentos dá abertura as festividades alusivas aos 50 anos de Fundação de Missal e tem por objetivo apresentar os trabalhos realizados pelos alunos da Casa da

05 Leilão de Inservíveis rendeu mais de sessenta mil para Prefeitura Com boa participação, tanto de munícipes como de interessados de diversos municípios da região, foi realizado na manhã da última terçafeira 25 de junho, no Pátio de Máquinas da Prefeitura de Missal, Leilão de um ônibus, um caminhão, um trator, uma moto e sucatas de veículos declarados inservíveis pela Administração Municipal. Com previsão inicial (lances mínimos) de arrecadar R$ 40,7 mil, o leilão rendeu R$ 61,8 mil aos cofres da Municipalidade. Segundo o secretário municipal de finanças e leiloeiro Adair Both, somente os lotes 05, sucata de um automóvel Toyota, ano 94, e 07, sucata de um automóvel Toyota Carina, ano 89, não tiveram lances, os outros cinco lotes foram arrematados. Confira os ganhadores dos lances de cada lote: - Liar José Dal Moro - ônibus Mercedes Benz, ano modelo 1981/1981, placas AFI 4297, cor branca, bp 9840 R$ 13.500,00. - Helio de Souza - caminhão Mercedes Benz, ano modelo 1976/1976, placas AIE 4920, cor branca, bp 10415 R$ 14.300,00. - Antônio Silva da Costa Honda/CG 125 cargo, ano modelo 1995/1996, placa AFT 7514, cor branca, bp 9850 R$ 1.200,00. - Enderson Trentin Covaleski Trator Agrícola New Holland, modelo 7630 4x4 s100, ano 2003, nº de série n410308, bp 15526 R$ 32.500,00. - Não houveram lances para sucata de um automóvel Toyota, ano 1994, placas AYL 916. - Claudemir Storchio - Sucata de um automóvel Toyota Corolla, ano 1990, placas APD 021 R$ 300,00. - Não houveram lances sucata de um automóvel Toyota Carina, ano 1989, placa AJJ 056. Os recursos arrecadados serão investidos na aquisição de novos bens para a Municipalidade.

Cultura, para os pais dos alunos, sobretudo para a comunidade, afim de que possa ser apreciado por todos.

13/07 – Sábado: Baile da Miss – Animação: Banda Zyons - Centro de Eventos – 22h00min.

Programação:

20/07 – Sábado: Baile do Colono e Motorista – Centro de Eventos – Animação: Banda 2001 do Paraná 22h00min.

- Apresentação das candidatas à Miss Missal; - Exposição de telas e Desenhos Artísticos; - Músicas - Violão, Teclado e gaita; - Espetáculo “Alice no País das Maravilhas”.

28/07 – Domingo: Festa do Colono e Motorista com Benção dos Carros em Esquina Gaúcha, com Costelão e Churrasco ao meio dia, e a tarde Matinê.


06

Reportagem Especial

O esteNotícias

Solidariedade Sem Fronteiras

“O trabalho é voluntário, não recebo nenhum dinheiro como pagamento, porém, muitos sorrisos diários, que valem muito mais”. JONAS KAZMIRCZAK de Itaipulândia deixou emprego, amigos e família para trabalhar de voluntário na África “Paulo Coelho, escritor e jornalista brasileiro postou no twitter: @jonaskzk Orgulho de ser brasileiro e encontrar uma pessoa como você fazendo um trabalho tão importante como esse”.

A trajetória de Jonas antes de partir para os EUA você confere na próxima página!

“Estamos realizados e orgulhosos pelo trabalho que ele está fazendo na África. Estamos com saudades mas o povo da Africa no momento necessita mais do trabalho dele e da presença do que nós aqui. Filho, nós te amamos”! João e Lisete Kazmirczak

Em um dia, casa, comida, roupa lavada, um bom emprego, amigos e muitos jogos do time do coração para assistir no Brasil. No outro, uma comunidade pobre da África, de língua indígena, que sofre com malária, HIV, má nutrição, falta de luz, água e comida, com casas de barro, porta de bambu e telhado de palha. Funerais de três dias e prática do vudu. O que você faria se isso acontecesse com você? Enfrentar, desistir ou torcer para acordar de um sonho? Ou então, fará de conta que não é com você? “Deixo para trás, minha família, meus sobrinhos, que é neles que creio a alegria obsoleta, na pureza da criança, na verdade de um abraço ou na negação de um beijo e, principalmente, na sinceridade dos seus sorrisos. Deixo meu capitalismo, o conforto do meu quarto, a nossa casa que fazem 4 meses que inauguramos, meu emprego como farmacêutico, todos os amigos que compartilho meu ser, e meus amores dos quais sou eternamente apaixonado. Sobre o medo... tenho, ele existe. Mas vou enfrentá-lo com a alegria que possuo e a coragem que Deus me proporcionar”.

Ele já havia procurado alguns programas de voluntariado na África durante o tempo livre. “Certa manhã, a rádio CBN de Cascavel estava falando sobre trabalho voluntário e eles retuitaram um post do twitter enviado por uma

voluntária do Instituto, fazendo divulgação do trabalho deles na África. Foi então que eu entrei em contato com o site e comecei a pesquisar sobre esta ONG e suas filosofias de trabalho’’. O começo não foi fácil. “No início com certeza foi um choque para meus pais. O fato de trabalhar, pedir demissão, sair da linha de carreira, deixar de ganhar dinheiro, de progredir financeiramente, e entrar em um trabalho que não te soma financeiramente, não é uma decisão simples. Mas meus pais sempre foram muito abertos para discutir sobre indiferentes assuntos e no final acabaram aceitando. Hoje me apoiam diretamente, tanto que a grande responsável por bons números das doações recebidas para as pré-escolas foi minha mãe, no trabalho de porta a porta com seus amigos”, fala. Jonas citou ainda o trabalho de outro grande missionário que trabalhou na África: O Padre José Pedro, de Itaipulândia, que faleceu devido a complicações adquiridas naquele país. O programa de voluntariado é uma grande oportunidade para quem quer trabalhar. “Não é fácil, existem momentos difíceis, mas se você manter o foco e a atitude, pode mudar a vida de muita gente, gerar novos sonhos e diferentes futuros para quem nunca sonhou em ter um”, comenta. Trajetória O trabalho de Jonas começou nos EUA, em uma ONG na cidade de Dowagiac, Michigan, chamada One World Center. Lá ele recebeu cursos preparatórios para realizar o trabalho na

África. Dentre os temas apresentados estão assuntos relacionados à globalização, com o intuito de auxiliar na formação da opinião dos cursistas, para entender as causas da desigualdade social no mundo. Além disso, filosofias para garantir uma melhor qualidade de vida a todos e também mostrar na prática os principais vilões de aquecimento global e da pobreza. Em paralelo aos seis meses de treinamento nos EUA, Jonas fez uma pós através da One World University, de Moçambique. “Nesse estudo você é graduado na luta contra a pobreza, aprende sistemas mundiais que funcionam e ajudam na luta e principalmente, os sistemas que não deram certo, para que você não repita o erro”, comenta. Quem participa do curso pode escolher em qual programa irá trabalhar: Índia, China, Brasil, Sant Vicent e países da África. O instituto tem muitas extensões. A sede geral é na Dinamarca, onde a ONG foi fundada, na década de 70. “A minha escolha foi: país Malawi e a área, o Clube Rural”, fala. Uma nova realidade O trio de trabalho de Jonas é composto por Nahyum Kim, da Coréia do

Sul, e Mai Sugaya, do Japão. “Esse trio é o que está vivendo aqui na África comigo. Trabalhamos juntos no mesmo projeto dando suporte um ao outro”, diz. Depois de seis meses nos EUA, chegou a hora do trabalho. “A expectativa era grande. Não sabia da realidade que iria encontrar então, decidi raspar o cabelo para ficar mais higiênico contra os piolhos”. A equipe desembarcou no aeroporto da capital Lilongwe. “A viagem até a minha vila levou dois dias. Aqui as pessoas vivem totalmente na área rural, porém possuo algumas horas do dia eletricidade e água, que não é potável, ao menos para mim é muito salgada e se consumo, pego diarréia. Mas os moradores locais conseguem consumir”. As surpresas já começaram no primeiro dia. “Estávamos sem água então, um menino que deveria ter entre cinco e oito anos veio com um balde de água. Aquele balde tinha praticamente o peso dele. E ele o entregou pra mim. Foi a melhor recepção que eu já tive em minha vida. Sabe, aquele pobre menino já tinha aprendido a compartilhar e ser solidário”. A recepção do povo, segundo ele, foi um pouco acanhada, devido algumas “histórias” contadas na comunidade. “Todos querem ter um branco como amigo. As crianças muitas vezes choram


Reportagem especial quando nos vêem pela primeira vez porque aqui o bicho papão das histórias infantis é o homem branco, então muitas histórias são contadas como o homem branco vem te buscar”, fala. Mas, o país Brasil não é um nome estranho na boca do povo. “O esporte mais famoso do país é o futebol, então, todos sabem sobre o Brasil. Não sabem aonde fica e tão pouco que língua falamos, porém sempre sabem falar 'Brasil Ronaldinho'. Pensam que todos somos negros e que nosso país é pobre como o deles, falam muito do futebol, samba e da música que os jogadores cantam quando fazem um gol (samba)”, comenta. Vida em Comunidade Jonas mora com mais três pessoas: as colegas da Coréia do Sul e do Japão e mais um africano. O planejamento mensal é divido entre as atividades da préescola, da fazenda com as mulheres, entre outros. A comunidade é muito pobre, 80% das pessoas vive com menos de um real por dia, situação que está abaixo da linha da pobreza. As casas predominantes são de barro, com duas divisórias, sem janelas, uma porta de bambu e telhado de palha. As mulheres vestem Chitenja, toalha que enrolam no corpo e que forma uma saia. Os homens usam roupas vendidas nos mercados locais ou recebidas por doações da Europa ou América do Norte. “A área de atuação é ampla, corresponde aproximadamente de Cascavel e Foz do Iguaçu. O transporte é bicicleta ou van, onde se carrega qualquer tipo de produto, desde galinha, peixe até bode”. A área é de 300 mil habitantes e possui somente um hospital onde Jonas trabalhou. A comida consumida é a Ksima, uma espécie de polenta. Duas refeições são realizadas por dia e nelas, o alimento é Ksima misturada com algum tipo de vegetal. A língua do país, segundo a National Geographic é chechewa. “Alguns falam inglês, mas na área onde vivo, 90% somente fala chechewa. Isso é um grande desafio que encontrei no começo aqui. A língua chechewa, por ser indígena não é fácil de aprender e pronunciar. Além disso, não se encontram muitos livro para aprendê-la”, lembra. A educação de primeira a quarta séries é gratuita, através do governo. Porém, as escolas são distantes e as famílias não têm

07

O esteNotícias condições de pagar uma escola privada. Jonas acorda às quatro horas da manhã. O café da manhã é um mingau. O almoço geralmente é na comunidade com o povo local ou então, algo que ele leva na sacola. “Almoçar com eles é importante, pois é sinal de respeito”. Ele considera a estrutura da casa em que vive boa. No período da manhã tem água, mas não potável, então, guardam água em grandes baldes caso precisem. A eletricidade no período do inverno é mais constante. No verão é escassa, passam dias sem ela. No inverno, ela está disponível no mínimo duas horas por dia. “Dormir com o mosqueteiro é extremamente importante e obrigatório para prevenção da malária”, alerta. A ida para o campo acontece por volta das seis horas, que é o horário que começa aparecer o sol. “Depende da atividade que tenho que realizar e da vila que vou, mas geralmente demora entre uma e duas horas para chegar ao local desejado. Às vezes vou de bicicleta, às vezes pego o minibus. Levo comigo sempre água e alguma comida, e um pouco de dinheiro caso precise”, explica. As atividades a campo terminam por volta das quatro horas da tarde, horário em que o sol se põe então todos começam a se recolher para as casas antes que escureça. “Quando chegamos, temos as tarefas da casa como limpar, cozinha ou lavar roupa. Se não tiver nada para fazer vou caminhar, conhecer novas pessoas ou ler, pois recebi muitos bons livros dos amigos que me enviaram”. A janta é servida por volta das vinte horas e depois, Jonas vai dormir. Nos finais de semana, grande parte dos integrantes “salva o sábado” e todos “salvam o domingo” para Cristo, conforme a religião. Às vezes tem funeral, que é celebrado por três dias seguidos. Todos da comunidade têm que participar. O trabalho Jonas escolheu o Clube Rural para atuar, pois queria viver dentro da comunidade e fazer parte do ciclo de realidade local. “Aqui em Chikwawa atendemos 5.250 mulheres que chamamos de fazendeiras. Trabalhamos com mulheres porque elas cuidam melhor da família e zelam pela

alimentação de todos”. Elas são divididas em grupos de cinqüenta. Cada grupo recebe uma área, chamada demonstrativa, e as orientações necessárias para o cultivo de algodão, soja, milho e feijão. O trabalho é feito sem fertilizantes ou agrotóxicos, somente com sistema de compostagem que o trio de voluntários ensina a fazer. “Após o período de aprendizagem, elas vendem o produto colhido e com o dinheiro compram sementes para plantar na sua própria área de terra, a qual todos possuem aqui, pois as terras são divididas por aldeias”, explica. Quando as mulheres retornam para as terras, os voluntários acompanham e auxiliam no plantio e no gerenciamento da produção, gerando renda para família e a garantia do alimento para o ano todo. “Trabalhamos com o sistema de jardim individual por mulher, onde elas têm a oportunidade de colher mais vegetais para incrementar na alimentação. Providenciamos poços de água, para o consumo e também para irrigação das áreas”. No programa de total controle das epidemias, a equipe realiza o mapeamento das casas e o controle das doenças identificadas. “No Paraná, um projeto semelhante é o da Pastoral da Criança. Porém, o grande problema, além da má nutrição e da taxa de mortalidade das mulheres grávidas e recém-nascidos, é o elevado número de HIV positivo”, informa. Enquanto as mulheres atuam no campo, os homens trabalham no mercado local ou em companhias de tabaco, cana de açúcar ou chá, as três grandes matérias primas produzidas no país. “Os homens sofrem muito com o alcoolismo. Na maioria das vezes, o dinheiro gerado por eles não chega ao lar. Uma garrafa de cerveja de milho de um litro custa 180 kwachas, aproximadamente 50 centavos de real. E uma garrafa de 500 ml de água custa 360 kwachas, cerca de um real. Então, o consumo da cerveja é maior, pois podem beber o dobro pela metade do preço”, explica. Construção de Escolas Nos períodos de folga, a equipe trabalha na construção de pré-escolas. “Percebemos a necessidade deste

espaço, pois o número de crianças na comunidade sem ter alguma atividade, algo para fazer é muito elevado devido à falta de opção”. Para começar o trabalho, a equipe realizou uma campanha através das redes sociais para levantar alguns fundos. “Agradeço muito pela resposta obtida de todos os brasileiros que confiaram no nosso trabalho e compartilharam a sua doação com a nossa ideia”. São seis préescolas que a equipe está reformando ou construindo. “Estamos tentando garantir a higienização para as crianças, providenciando banheiros para que não precisem ir até o mato”. Crenças e costumes

A religião predominante é a Cristã, margem de 80%, 10% muçulmanos e 10% outras. “Porém a magia negra é muito respeitada e realizada diariamente”. Existe uma crença que dentro do cérebro do Africano Albino possui um diamante muito valioso. Muitas magias negras utilizam parte do corpo do albino. “Não é comum encontrar albino andando durante a noite por aqui devido ao risco de assassinatos, mas agora esse fato não é mais comumente visto por este país. Isso ocorre mais em Madagascar na atualidade”, comenta Jonas. Continua

Como as pessoas podem ajudar? No trabalho da ONG: Voluntários como eu, ou se querem ajudar com doações podem entrar no site www.oneworldcenter.org, VERIFICAR se já esta funcionando e depositar em dinheiro. Se quiserem, podem mandar alguns itens como materiais odontológicos para a clínica adventista de Ncholo. Podem entrar em contato comigo pelo email: jonaskzk@gmail.com. Sobre as doações para as construções e reformas das pré-escolas, também pelo meu email acima.

“A felicidade de grandes homens consiste em levar amor e solidariedade a quem necessita”. Walyson Garrett


08 A poligamia é permitida culturalmente no país e as mulheres não têm a opção de escolha do marido. “Certas aldeias as mulheres formam uma fila onde tem que deixar os seios amostra e então cada pretendente faz a escolha”, fala. No país a exposição homossexual é ilegal e da cadeia. “A grande maioria trata isso como manifestação demoníaca e evitam conversar sobre. Realmente é um grande tabu. Um fato interessante é que não existe a descriminação na vestimenta de cores, a grande maioria dos homens vestem o pink, principalmente em chinelos e camisetas. Quando pergunto a eles porque compraram ou porque usam, respondem porque gostam, e não é comum ver uma mulher usando o pink. As mulheres preferem vestir o amarelo, verde e azul”, comenta.

O esteNotícias A região onde Jonas mora é teoricamente segura. “Não existem muitos relatos de assaltos ou mortes, aqui qualquer coisa dá cadeia direto e o julgamento é realmente rápido. Todo tipo de droga é crime e o tráfico não existe, pois a população não tem renda para a compra”, detalha. Dificuldades mapeadas Ao longo do trabalho na África, Jonas sinalizou algumas dificuldades entre o povo. A principal é a do conhecimento. “Possuem terras mas não sabem tirar proveito delas. O período de secas é muito forte e aqui, as temperaturas chegam na casa dos 40 graus. A areia invade a casa, tudo morre. Se você não plantar e colher bem no período das chuvas, com certeza vai

Orgulho, admiração e saudade Jonas Kazmirczak (carinhosamente apelidado de Bobby) é filho de João e Lisete Kazmirczak e irmão de Liz e Lia. A família reside em Itaipulândia. Formado em farmácia, o jovem trabalhava de farmacêutico no Hospital Santa Mônica de Medianeira. Deixou emprego e família para ir atrás de um sonho. “Meu irmão sempre disse que queria ir ajudar o próximo. Eu falei para ele que poderia fazer aqui mesmo na cidade, mas ele quis ir mais longe. E ele sempre dizia que tinha o exemplo de nossos pais, que sempre estavam envolvidos nos trabalhos da comunidade, igreja, escola”, conta Liz, a irmã mais velha. “Na escola, ele sempre participava das atividades. Gostava de teatro, futebol... Quando era adolescente, o Jonas trabalhou de voluntário na Igreja. Ele ajudava o Gentil na parte da informática, com os documentos”, conta a mãe Lisete. Ele já tinha ido duas vezes para os EUA. Quando voltou da segunda viagem, a cunhada Rene disse para a mãe de Jonas: “você irá se surpreender com o Jonas, ele vai voltar para os EUA…”. Ele já tinha feito a escolha. E comunicou a família. “Quando ele falou eu fiquei sem chão”, conta a mãe emocionada. “No começo nós não apoiamos. Foi então que ele começou a mostrar um pouco do trabalho de outros voluntários, mostrou o trabalho da ONG, blogs de pessoas que atuaram na região”, comenta Lia. A outra irmã, Liz, entrou em contato com esses voluntários para saber como funcionava o trabalho. Os funcionários do hospital e os amigos deram total apoio para que Jonas encarasse essa jornada. “Os amigos do meu filho incentivaram muito. Estavam felizes pela coragem que ele teve em aceitar esse desafio. Um deles é aqui de Missal, o Paulo Paetzold, o Paulinho. Ele também sempre ajudou o Jonas e deu muita força na caminhada dele”, diz. No dia 04 de agosto de 2012, dois dias antes da viagem, familiares e amigos se reuniram para uma confraternização e para desejar muita sorte e sucesso na nova vida que Jonas

havia escolhido. Enfim, o dia 06 de agosto. “Nós o levamos ao aeroporto. Foi emocionante ver ele partir”, lembra a mãe. Enquanto Jonas trabalha na África, a família, em Itaipulândia, vive um misto de saudade e orgulho. “Todo mundo está surpreso pela atitude dele e orgulhosos pelos resultados, frutos de um bom trabalho, com dedicação e amor”, fala a mãe. As irmãs também estão encantadas com o trabalho de Jonas. “Todo mundo tem um lado capitalista. Você faz uma faculdade para depois ganhar dinheiro para gastar com o que quiser. Meu irmão abriu mão de tudo. O desapego dele começou antes da viagem, ele deixou de trocar de carro e comprar roupas novas para juntar dinheiro e realizar o sonho dele. Admiro muito ele por isso. E morro de saudade”, diz Lia com os olhos brilhando de emoção. “Eu confio no trabalho dele e sei da importância de cada gesto, dos benefícios e da diferença que essas ações fazem na vida daquelas pessoas. Quando ele foi para os EUA, fiquei com um aperto no coração, emocionada. Ele está longe, se acontecer algo eu, que sou a irmã mais velha, não consigo proteger ele. Mas, hoje vejo ele com outros olhos. Encontrei milhares de qualidades que não conhecia nele. Vejo as fotos que ele posta no blog e no facebook, a carência daquele povo e ele lá, trabalhando por eles. Tenho muito orgulho dele, demais. E estou ansiosa pela chegada no Brasil”, anuncia Liz. A família ajuda como pode aqui no Brasil. “Nós abrimos uma conta no Sicredi onde já conseguimos muitas doações que já foram enviadas para África. Mas, ainda estamos com a campanha. Quem puder ajudar, mesmo que seja pouco, será bem vindo. Aos que já ajudaram, o meu sincero muito obrigado”, agradece a mãe. As doações podem ser feitas no Sicredi, agência de Itaipulândia 0710, conta 10.571-9.

passar fome no período da seca”, explica. Saúde e higiene também estão na lista. Os bebes são paridos no meio da lavoura, cortados com qualquer instrumento e entregue às mães. Por isso, muitos bebes possuem ínguas nos umbigos devido ao procedimento. O país também sofre com a malária. “Eu tomo medicamento para tentar evitar, mas mesmo assim, não estou 100% seguro. Durmo todas as noites com mosqueteiro, mas o número de pernilongos é impressionante”, afirma. O número de pessoas infectadas com HIV é muito elevado. A poligamia é algo cultural, assim como o álcool e a falta de conhecimento e acesso ao método preventivo. “O mais recente e próximo caso que presenciei foi o nosso guarda da casa, um senhor de 38 anos de idade, com HIV positivo e pneumonia. Ele não conseguiu sobreviver”, lamenta. As crianças de 0 a 6 anos de idade sofrem muito com a má nutrição. O Ministério da Saúde padroniza o aleitamento materno até os dois anos de idade, como forma segura de garantir a alimentação das crianças. “O problema é que, durante esse período, muitas mulheres tem um novo bebê e param de amamentar o outro para dar de mamar ao novo bebê. E, nesse período, elas não tem comida para alimentar, somente dão a Ksima para o beber comer, sem nenhum nutriente”, analisa.

Reportagem Especial Volta para casa “Nunca pensei em desistir, mas já me peguei muitas vezes perguntando o que estaria fazendo se estivesse no Brasil. Olhando as fotos dos amigos, muitas vezes senti saudade do conforto da minha casa e da minha família. Quando isso acontece, coloco os fones de ouvido e escuto música ou então, caminho na escuridão da África contemplando a natureza”, diz o jovem. Em agosto Jonas retorna aos EUA e três novos voluntários assumem o lugar onde ele trabalha agora. “Lá tenho que reportar o trabalho realizado aqui, finalizar os estudos e divulgar a ONG, com o intuito de conseguir novos voluntários para esse ciclo nunca se fechar”, destaca. O retorno de Jonas para o Brasil está marcado para fevereiro de 2014. O próximo passo é continuar os trabalhos aqui na região. “Quero atuar nos nossos vizinhos em Itaipulândia, Missal e demais cidades da região oeste do Paraná. Ver que trabalho pode ser realizado, pois o sistema de bolsa família que existe, no qual dá o dinheiro para o necessitado, não funciona da forma eficaz como deveria. É como diz o ditado: dê um peixe a um homem faminto e você o alimentará por um dia. Ensine-o a pescar, e você o estará alimentando pelo resto da vida”.

Missal abre inscrições para o Programa Família Acolhedora O Município de Missal torna público, para conhecimento dos interessados, que está procedendo ao chamamento público, recebendo desde o dia 20 de junho de 2013, na Prefeitura Municipal, envelope contendo a documentação de famílias para fins de credenciamento, para abrigamento provisório de crianças e adolescentes. O Programa Família Acolhedora consiste em cadastrar e capacitar famílias da comunidade para receberem em suas casas, por um período determinado, crianças, adolescentes ou grupos de irmãos em situação de risco pessoal e social, dando-lhes acolhida, amparo, aceitação, amor e a possibilidade de convivência familiar e comunitária. A família de acolhimento representa a possibilidade de continuidade da convivência familiar em ambiente sadio para a criança ou adolescente. O Programa Família Acolhedora atenderá crianças e adolescentes do Município que tenham seus direitos ameaçados ou violados, vitimados de violência física, psicológica, sexual, negligência e em situação de abandono que necessitem de proteção Toda a família acolhedora recebe, por um período determinado,

uma ajuda de custo de um salário mínimo mensal. A maioria das crianças e adolescentes que participam do programa retorna aos seus lares, após o período de acolhimento em lares substitutos. As famílias cadastradas receberão acompanhamento e preparação contínua, sendo orientados quanto aos objetivos do Programa, sobre a diferenciação com a medida de adoção, sobre a recepção, manutenção e o desligamento das crianças e adolescentes. Para participar do Programa Família Acolhedora os interessados deverão preencher os seguintes requisitos: I – Pessoas maiores de vinte e um anos, sem restrição quanto ao sexo e estado civil; II – Firmar declaração de desinteresse na adoção; III – Concordância de todos os membros da família; IV – Residir no Município de Missal; V – Ter disponibilidade de tempo e interesse em oferecer proteção às crianças e adolescentes. Maiores informações: na Secretaria Municipal de Assistência Social - Falar com Lisete ou Rosani telefone: 3244-1728.


Classificados

O esteNotícias O

09

Utilidade Pública

- Vende-se VW Polo Classic 1.8, Cor Vermelho Bordô, ano 97/97, completo. Tratar com Lotário pelo telefone 8807-4695. - Vendo Fiat Strada Working 1.8 ano 2004, prata, ótimo estado, valor R$ 21.000,00 tratar 9103-5897. - Ford Ka, Image, 1,0, prata, 2001. Tratar na Damke Veículos, tel: 3244-2124. - Uno Mille Fire, 2002, 2p, verde. Tratar Damke Veículos, tel: 3244-2124. - Corsa Sedan 2000, MPFI, Preto. Vidros Elétricos nas 4 portas, Travas, Alarmes que q u a n d o a c i o n a d o f e c h a o s v i d ro s automaticamente, farol auxiliar (neblina), Desembaçador traseiro, Ar quente, aerofólio com luz de freio, rodas em liga leve, insul-

LOTEAMENTO BIRCK II SUCESSO DE VENDAS

film, Rádio Player (com entrada AUX e USB), escapamento novo e motor revisado. Lataria impecável. VENDO ou TROCO por carro de menor valor. Tratar: (45) 8803-3452 com Felipe.

Venda de cargas de terra e serviços de limpeza, terraplanagem e preenchimento

100 % DOS LOTES VENDIDOS

CONFIRA OS IMÓVEIS A VENDA VENDE-SE uma CASA de 140m² em ALVENARIA, construída sobre dois lotes, localizada na Rua Floriano Maldaner, Valor R$ 200.000,00. VENDE-SE 02 LOTES URBANOS com área de 456,14 M² cada localizado na Rua Floriano Maldaner, ótima localização próximo ao futuro lago Municipal Valor: R$ 50.000,00 cada lote. O seu “sonho” é morar em um imóvel novo, sem precisar passar pela construção? Agora chegou sua oportunidade de realizá-lo Casa em alvenaria de 130m² NOVA, lote de 456,14 m², localizada na Rua Floriano Maldaner em fase de construção!!! O imóvel será entregue acabado. Valor R$ 200.000,00. VENDE-SE LOTE URBANO com área de 12.502,30 M² cada LOCALIZADO NA Rua Floriano Maldaner. Valor: R$ 350.000,00.

Av. Itaipu, 40 – Sala 01 Centro - Itaipulândia - PR Fone: (45) 3559-1212 (45) 9968 - 2536 (45) 9136 - 7460

VENDE-SE uma CASA de 132m² em ALVENARIA, 3 quartos, sala, cozinha, WC, garagem e área de serviço, lote de 402,17 m², Valor R$ 110.000,00.

-Troca -Compra -Venda -Consignação -Financiamento

VENDE-SE LOTE URBANO com área de 456,60 M² localizado na Rua Floriano Maldaner, ótima localização Valor: R$ 45.000,00. TERRENO COMERCIAL DE ESQUINA COM UMA CASA MISTA, lote de 494m² de 13m x 38m, no Valor R$150.000,00. localização Rua Nossa Senhora da Luz esquina com a Cerro Lago a uma quadra da Avenida. VENDE-SE uma CASA de 140m² em ALVENARIA, 3 quartos, sala, cozinha, 2WC, garagem, lavanderia e edícula, lote de 12 x 26,04 área total do lote 312,50 m² casa averbada na matrícula, portão eletrônico Valor R$ 170.000,00. VENDE-SE 02 LOTES URBANOS com área de 322,65 M² cada localizado na Rua João Paulo I, loteamento BIRCK II,Valor: R$ 40.000,00 cada lote.

Faça nos uma visita e conheça outras oportunidades de realizar bons negócios.

Corolla SE-G 2008, flex Ranger CD Limited, 4x4, 3.0, 2006 S-10, Executive, 2009 Celta, 4p, LT, 2012, completo Corolla, XEI, 2009 Clio Sedan, EXP, 1.6, 2008 Strada Workingm CE, 1.4, completo S.1099, DELUXE, Saveiro, CL, 1.6, azul 2.8, D 4X4, prata, 00/00

Av. Dom Geraldo Sigaud, 348 Fone: 3244-1196 - Missal- Paraná


10

O esteNotícias

Geral

Semana do Empreendedor terá Criados os Departamentos da Juventude e da Mulher e Ouvidoria palestra nesta quarta-feira Durante a semana, os Empreendedores informais receberão orientações e explicações na Sala do Empreendedor De 01 a 06 de julho acontece, em todo o país, a Semana do E m p r e e n d e d o r. E m M i s s a l , a Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo e a Sala do Empreendedor, em parceria com o SEBRAE/PR, terá programação destinada aos empreendedores locais. Na quarta feira, 03 , às 19 horas na Câmara Municipal de Vereadores, acontecerá a Palestra SEI Planejar, à qual tem como objetivo contribuir com a organização e o crescimento do Empreendimento, auxiliando o Empreendedor a compreender a importância do planejamento para que a atividade empreendedora gere resultados satisfatórios quanto às expectativas e metas dos Empreendedores Individuais conscientizando-os de que o planejamento de ações de forma ordenada e articulada contribui para o aumento das vendas de seus produtos

e serviços, com qualidade e preços atrativos. Tal ação permite: o domínio do processo de organização do seu negócio e a aplicação das ferramentas de planejamento para melhorar o desempenho do empreendimento, com aumento de competitividade, de modo sustentável. Durante a Semana, os Empreendedores informais receberão orientações e explicações na Sala do Empreendedor, anexa a Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo. Maiores informações com Mauro K. Pauli ( Secretário de Indústria, Comércio e Turismo e Coordenador do Comitê Gestor de Desenvolvimento Municipal), Carina I. Spohr Birck (Agente de Desenvolvimento e atendente da Sala do Empreendedor) e Tatieli Ap. V. Varela ( atendente da Sala do Empreendedor).

KR MOTOS MULTIMARCAS COMPRA, VENDA, TROCA, FINANCIA, NOVOS E USADOS CAPACETE DE CROSS 25% DESCONTO À VISTA CAPACETE VAZ 10% DESCONTO À VISTA CAPACETE EBF ROX-ER E FIT ESCAMA C/ PREÇO SUPER ESPECIAL NOVIDADE: CAPACETE TAURUS

www.krmotos.com ARO DIANTEIRO CBX 200 BIZ 125 ES 0KM FLEX CORES: PRETA , VERMELHA, ROSA METÁLICA BIZ 125 EX 0KM FLEX CORES: VERMELHA METÁLICA, BRANCA NOVA C100 BIZ ES 2012/2013 0KM C100 BIZ+ 05/05 AZUL C100 BIZ 04/04 VERDE BIZ 125 ES 10/10 PRETA BIS 125 ES 12/12 PRATA BIZ 125 ES 07/08 AMARELA CB 300R ABS 0KM VERMELHA, AMARELA,AZUL METÁLICA CB 300R 0KM CORES: VERMELHA, AMARELA, AZUL Metálica CG 125 FAN 07/08 CINZA CG 125 FAN KS 11/11 VERMELHA CG 125 FAN 08/08 PRETA CG 125 FAN 07/07 PRETA CG 125 FAN ES 0KM CORES: VERMELHA, ROXA E PRETA CG 125 FAN KS 0KM CORES: VERMELHA, ROXA E PRETA CG 125 TITAN 99/99 AZUL

RuaJoãoXXIIISala02

CG 150 FAN ESDI 12/12 PRETA CG 150 FAN ESD.I 0KM FLEX CORES: VERMELHA METÁLICA, CINZA METÁLICA E PRETA CG 150 FAN ESI 0KM FLEX CORES: VERMELHA METÁLICA, CINZA METÁLICA E PRETA CG 150 TITAN ES 04/04 VERDE CG 150 TITAN ESD 08/08 VERMELHA CG 150 TITAN ESD 08/08 PRETA CG 150 TITAN KS 04/05 PRETA CG 150 SPORT 05/05 PRETA CG 150 TITAN ESD 0KM FLEX CORES: VERMELHA METÁLICA, PRETA E CINZA METÁLICA CG 150 TITAN EX 0KM CORES FLEX: VERMELHA METÁLICA, PRETA E AZUL METÁLICA CRF 230F 0KM VERMELHA CRF 250L 0KM VERMELHA CRYPTON 115K 0KM VERMELHA DT 200 95/95 BRANCA LEAD 110 0KM CORES: AMARELA METÁLICA, PRETA, ROSA METÁLICA E VERMELHA METÁLICA

Fone:453244-1544/9124-4627

Através da Lei 022/2013 a administração municipal de Missal, criou nova Estrutura Administrativa do Poder Executivo do Município. O projeto da referida lei foi discutido, votado e aprovado pela maioria dos vereadores. Com a sanção do prefeito Adilto Luis Ferrari, entre outras alterações, foram criados os Departamentos da Juventude e da Mulher, além da Ouvidoria Municipal. A estrutura administrativa atualmente vigente é datada do exercício de 2005, sendo que a administração pública passou por algumas transformações nesses últimos oito anos, principalmente no que se refere aos avanços tecnológicos e aumento considerável nos serviços prestados aos cidadãos, bem como, maiores exigências na legislação estadual e federal. O Prefeito Adilto Luis Ferrari disse que ao apresentar a proposta de alteração na estrutura administrativa direta, almeja proporcionar condições para que possa ser atingido o nível de excelência na qualidade dos serviços prestados à população missalense, racionalizando as atividades e minimizando custos. “Para isso se tornar realidade havia a necessidade de adequar à atual estrutura, instituindo departamentos e suprimindo outros, obsoletos para um modelo de administração focada em resultados, pois as transformações são dinâmicas, sempre se ajustando às necessidades dos novos tempos, do ponto de vista funcional e também estrutural”, afirma o prefeito.

Mudanças Ferrari ressalta que a criação do Departamento da Juventude e o Departamento da Mulher, haviam sido compromissos já assumidos com os missalenses. “Comprometemosnos com os jovens e com as mulheres e estamos cumprindo. Lembro que neste ano, no Encontro das Mulheres Missalenses, no Dia Internacional da Mulher, o Conselho da Mulher de Missal, lembrou desse nosso compromisso”, observa. Já com relação a criação da Ouvidoria Municipal, o prefeito afirma que era um objetivo da administração, porém o Sistema Único de Saúde (SUS) está exigindo esse item, sendo que a instalação acontecerá assim que tudo estiver conforme as exigências. “A pessoa que assumirá a Ouvidoria terá que antes de tudo participar de um treinamento em Curitiba. Somente depois disso é que faremos a implantação”, explica Ferrari, acrescentando que efetiva implantação dessa nova estrutura, será efetuada mediante necessidade do Poder Executivo, observando-se os dispositivos e limites estabelecidos na Lei de Responsabilidade Fiscal. A Ouvidoria estará vinculada ao Gabinete do Prefeito; o Departamento da Mulher, vinculado a Secretaria Municipal de Assistência Social; e o Departamento da Juventude, vinculado a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte. Outra alteração é a mudança de nome da Secretaria de Bem Estar Social e Ação Comunitária, que passará a ser denominada Secretaria de Assistência Votação Na Câmara de Vereadores o Social. projeto de lei foi discutido amplamente, sendo que os vereadores Menos comissionados O prefeito ressalta ainda que de oposição discordaram de alguns uma consideração importante a ser pontos do projeto. Em função desta discordância, feita é de que, mesmo com a criação na votação em plenário o resultado foi dos Departamentos já citados, o 5 x 3 pela aprovação, sendo contrários número de cargos em comissão será os vereadores Chico Camillo, Elmo diminuído (veja quadro abaixo). “O Pauli e Valentin; e favoráveis Chenho, q u e q u e r e m o s é p r o p o r c i o n a r Chico Padeiro, Luiz Junges, Jair condições para que o serviço público Bogler e Vanderlei Baum. Vale possa ser prestado com mais eficiência lembrar que o vereador Nelson e qualidade em benefício da Fernandes, presidente da Câmara, população”, finaliza Ferrari. somente vota em caso de empate.


Geral

O esteNotícias

Bolão masculino de Missal é prata no JAPs

Copa Afonso Werner de Bocha de Areia define Campeão Foi realizada na tarde do último sábado 22 de junho, a final da Copa Afonso Werner de Bocha de Areia. O evento aconteceu na cancha de bocha da Associação de Veteranos de Missal (AVEMI), entre as equipes da AVEMI e Cabeceira do Cedro. O grande campeão foi Cabeceira do Cedro que venceu a AVEMI pelo placar de 2x0. O terceiro lugar ficou com Vista Alegre e em quarto lugar Mateadores 'B'. Segundo o diretor de Esporte de Missal, Décio Rohde, a competição teve a duração de dois

O bolão teve uma bela disputa no Pavilhão Municipal em Cascavel. Após estar com 20 pinos de vantagem sobre São Miguel do Iguaçu, o bolão masculino de Missal permitiu a virada e acabou perdendo o ouro para a cidade vizinha por um pino, 1.365 a 1.364. Com o resultado, a seleção de

11

meses e a participação de sete equipes. Décio informou também, que ainda estão em andamento os campeonatos municipais de Futebol Sete, categoria livre, e o campeonato de Futebol de Campo, categoria veteranos. Participaram da entrega de troféus e medalhas, o prefeito, Adilto Luis Ferrari, vice prefeito, Hilário Jacó Willers, representante da família Werner, Cristina Werner, vereadores Jair Bogler, José Schneiders ,Luis Junges e Eugênio Schwendler, secretários municipais e um grande número de esportistas.

Missal ficou com a prata nos 56º Jogos Abertos do Paraná (JAPs), Fase Regional. O 56º Jogos Abertos do Paraná é uma promoção do Governo do Paraná, Secretaria de Estado do Esporte e Prefeitura Municipal de Corbélia, através da Secretaria Municipal de Esportes.

Missal é a campeã da bocha masculina em Cascavel do Iguaçu. Na decisão de terceiro lugar, São Miguel do Iguaçu venceu Capitão Leônidas Marques por 2 a 0. O 56º Jogos Abertos do Paraná é uma promoção do Governo do Paraná, Secretaria de Estado do Esporte e Prefeitura Municipal de Corbélia, através da Secretaria Municipal de Esportes. Na foto ao lado, equipe missalense. Abaixo, Hary Lenz, capitão do time. A bocha de Missal se garantiu neste domingo 23 de junho, em Cascavel, o título da fase regional dos 56º Jogos Abertos do Paraná (JAPs) e se credenciou para disputar em Arapongas, de 23 a 29 de agosto, o torneio final da Divisão B e tentar a ascensão à Divisão A do ano que vem. A vitória de hoje foi contra de Itaipulândia, por 2 a 0. Foi a segunda prata da cidade, que também perdeu a decisão do futsal masculino para Foz

Missal: 50 Anos de Fundação em Julho Programação: 06/07 – Sábado: Entrega oficial Pavimentação Poliédrica, trecho Rua Paraná, sentido ARL 9h00min. - Inauguração do Novo Centro de Educação Infantil, Sementes do Amanhã, Bairro São Francisco 10h00min. 13/07 – Sábado: Baile da Miss – Animação: Banda Zyons Centro de Eventos – 22h00min. 17/07 – Quarta-feira: Escolha da mais Bela Idosa e Vovô Charmoso 14h00min. – Centro de Eventos. 19/07 - Sexta-feira: Inauguração Pavimentação Poliédrica Loteamento Kotz 16h00min. – Reinauguração do Posto de Saúde do Centro 17h00min. 20/07 – Sábado: Baile do Colono e Motorista – Centro de Eventos – Animação: Banda 2001 do Paraná 22h00min. 25/ 07 – Quinta-feira: Lançamento da Praça dos Pioneiros 9h00min. – Santa Missa de Ação de

Graça Homenagem aos Pioneiros Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição 10h30min. 25/07 – Quinta-feira: Final do campeonato municipal de futebol Veterano 15h00min. – Local a definir. 26/07 - Sexta-feira: Sessão Solene da Câmara Municipal de Missal, para entrega de Título de Cidadão Honorário de Missal para os Deputados Estaduais Elio Lino Rusch e Duílio Genari e Deputado Federal Eduardo Sciarra 18h00min. – Inauguração da Nova Galeria dos Presidentes e Legislaturas - Câmara Municipal 19h00min. 26/07 – Sexta-feira: Show Gospel com Mara Lima – Centro de Eventos 20h00min. 28/07 – Domingo: Festa do Colono e Motorista com Benção dos Carros em Esquina Gaúcha, com Costelão e Churrasco ao meio dia, e a tarde Matinê. 22/08 - Quinta-feira: Encontro Regional de Mulheres Empreendedoras – Centro de Eventos – Início 8h00min.


08

Geral

O esteNotícias

Missal, 50 anos de história!

Missal está em Festa!

Parabéns Missal. Parabéns especialmente a cada cidadão missalense que contribuiu, contribui e fará parte do futuro de Missal. Vocês têm mais 50 anos pela frente! Conte sempre com o nosso apoio e dedicação! Queremos muito bem a cada um de vocês!

“São 50 anos de fundação. Destes, resido há 14 anos com a minha família aqui. Nesse período, tive a felicidade de conquistar um espaço no legislativo de 2008 a 2012. E, ainda em 2012, assumi o compromisso de Assessor Parlamentar de Deputado Federal André Zacharow, que está trazendo muitos recursos para o município de Missal. Uma das minhas grandes conquistas é a emenda parlamentar nº 19620004, do deputado, que contempla a Linha São João. Por mais que algumas lideranças políticas não acreditam que esse recurso chegue até o município, talvez pela falta de informação e de tempo hábil de projetos e emendas, afirmo a todos os municípes de Missal e Itaipulândia que este projeto será realizado no mais curto espaço de tempo.

Deputado Federal André Zacharow (PMDB) e Deputado Estadual Pastor Gilson de Souza (PSC)

Conte sempre conosco!

Tecnologia a serviço da agricultura!

(45) 4052 - 1017 Voip | (45) 8805 - 4178

Aos missalenses, parabéns pelo município que construíram. Ainda há muito para ser feito. E para isso, é importante o trabalho de cada um. Missal tem um grande potencial”!

Juntos vamos conseguir! Pastor Ruy Batista

Uma cidade acolhedora, de povo trabalhador merece todo reconhecimento. Nesses 50 anos de fundação de muitas lutas, muitas dificuldades, que superadas ao longo do tempo, deixaram essa terra como ela é hoje. Parabéns a todos os missalenses, por esses 50 anos de muito progresso! Vereador Vanderlei Gilmar Baum PSD - Missal

Sciarra receberá título de Cidadão Honorário em Missal CALÇADOS, BOLSAS, CINTOS E CARTEIRAS | MASCULINO E FEMININO

Fone: 45 3244-2001- Rua Brasil, 301 | Fone: 45 8823-3609 - Rua Marechal Castelo Branco

A melhor opção para você! Qualidade, o melhor preço e bom atendimento!

A Câmara Municipal de Missal irá realizar na próxima sexta-feira 05 de julho, Sessão Solene para entrega de Título de Cidadão Honorário, ao deputado federal Eduardo Sciarra (PSD). A entrega da honraria é um reconhecimento pelos relevantes serviços prestados ao município de Missal e região Oeste do Estado, através de recursos federais nas mais diversas áreas. O evento vai acontecer às 19h, na ASSEMI (Associação dos Servidores Municipais de Missal) e será presidida pelo presidente da casa de leis, Nelson Fernandes dos Santos e terá a presença dos demais vereadores, prefeito Adilto Luis Ferrari, vice-prefeito Hilário Jacó Willers, secretários municipais e munícipes. O nome do homenageado foi uma indicação do vereador Vanderlei Gilmar Baum (PSD), Através do Projeto de Lei 031/2013, aprovado em plenário por unanimidade pelos nobres edis.

ON Missal – Ed 58 – 03 de julho de 2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you