Issuu on Google+

Comemorações

Saúde

Esporte e Cidadania

Durante o ano foram muitas festas que animaram estudantes e professores da escola. Na página 4 a festa é do dia das crianças e na página 7 são os professores que comemoraram.

A primeira Feira da Saúde traz a saúde para o contidiano dos alunos e familiares. Vários temas foram tratados com o objetivo principal de prevenção, promoção e atenção à saúde. Para manter uma vida saudável física e mentalmente! Página 6

O projeto Esporte e Cidadania é uma iniciativa do SESI e neste ano nossos estudantes participaram no clube Antônio Ferreira Pacheco. O projeto visa a melhoria na saúde por meio de um estilo de vida saúdavel com atividades físicas. Página 6

Jornal da Escola Municipal

João Braz

Goiânia, dezembro de 2012 - Ano 1 - N 02

“Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria Confira também a versão on line produção ou a sua construção.” www.issuu.com/jornal_joao_braz Paulo Freire

Dia de show!

Cultura

Dia 24 de novembro foi dia de show! Estudantes do João Braz foram na apresentação do grupo Palavra Cantada, que encantou crianças e adultos! Página 8

Apresentação da peça “Um pouco da nossa história” é fruto das oficinas de dança e teatro do turno vespertino. Ela foi apresentada dia 30 de novembro no encerramento do Programa Mais Educação. Página 8

Cantinho da leitura

Computador e escola

Escola Aberta

Você curte leitura? Está procurando novos livros? Nossos estudantes vão indicar livros que eles leram e gostaram. Nesta edição Jeziel Batista, E1, recomenda Uma história de Futebol, livro que virou até filme. Página 4

Que o computador é uma ótima tecnologia todo mundo sabe, mas como ele ajuda na escola? Daniel Vilela, H1, conta como o computador veio ajudar no aprendizado escolar e, claro, também nas brincadeiras, afinal toda criança precisa brincar! Página 3

A escola abre as portas até quando não tem aula! Nos fins de semana, diversas atividades são oferecidas para quem quiser! A comunidade pode vir e aproveitar oficinas, jogos e esportes. Página 5


Jornal João Braz

E com vocês... o diretor!

O diretor Weber Roberto dá uma palavrinha sobre o nosso jornal que acaba de nascer, mas que promete trazer ótimos frutos! É com muito orgulho e alegria que me dirijo a todos, como diretor desta Escola, para comemorar, através desta edição, o maravilhoso fruto do trabalho realizado dentro do Programa Mais Educação, programa que conta hoje com o respeito e a participação, direta ou indiretamente, de todos que trabalham nesta Unidade. Cada pauta, cada tema e cada artigo é fruto de conversas, pequisas e ações que geram aprendizado, companheirismo e maturidade em todos. Quero agradecer pelo apoio de todos, pela paciência e boa vontade de nosos oficineiros, em especial à Luiza, responsável pela oficina de jornal, pelo profissionalismo de nossas duas coordenadoras Nilda Peixoto e Eliane Maria, que “vestem a camisa do Mais Educação” e por todos os professores que apoiam este

2

Goiânia, dezembro de 2012

trabalho. Através de um trabalho tão bonito podemos enxergar a enormidade de ações realizadas por nossa Escola neste ano, todas com muita dedicação e interesse. Meu muitíssimo obrigado a toda a equipe de coordenadores Eliane,Grazi, Leila Regina, Lorrayne, Luzia, Nara, Nilda e Samuel. Agradecimento especial para nossa secretária Suzete. Um beijo carinhoso para todos e um ótimo encerramento de ano para todos, com a certeza de que sementes preciosas foram planadas em um solo fértil, que é esta querida Escola! Weber Roberto, diretor da Escola Municipal João Braz

Expediente

Produzido pelo Programa Mais Educação Coordenação do Projeto Professora Eliane Maria Professora Nilda Peixoto Direção Weber Roberto Secretaria Geral Suzete Luzia Edição Geral Luiza Mylena Gráfica Pólo Formulários Tiragem 600 exemplares

Nosso Jornal

Nas atividades da oficina Jornal Escolar, os alunos têm contato com os conceitos fundamentais da notícia e confeccionam um jornal com os assuntos da escola, desde a apuração dos fatos e a construção de textos, seleção de imaaleu pela participação gens até a formatação do jornal. Agradecemos a todos os alunos, Todo esse empenho é voltado para: monitores e funcionários que Parabéns aos alunos que parEstimular um olhar participaram e colaboraram com ticiparam do 13º Concurso de analítico sobre os jornais; o Programa Mais Educação Redação: Goiânia na Ponta - Oferecer uma alternativa lúdica 2012.Obrigada pela presença, do Lápis com o tema Valores de lidar com a língua portuguesa; persistência, disciplina e assidufamiliares: como é possível - Despertar a curiosidade e a caidade. Desde já, contamos com a resgatá-los? pacidade de observação nos alunos; presença de todos vocês no ano Na etapa regional foram - Desenvolver a capacidade de sínde 2013. classificados os estudantes: tese dos alunos ao elaborar os textos; Isadora Divina da Turma H2, Eliane Maria e Nilda Peixoto - Trabalhar a desinibição, desenem 5º lugar Coordenadoras do Programa voltura e iniciativa; Lucas Cordeiro da 8ª série, Nós acreditamos em uma eduEAJA noturno, em 4º lugar. cação de qualidade, que permita José Willians da 7ª série, EAJA ao aluno obter criticidade, e por ganhou em 1º lugar, e na etapa isso, compartilhamos através final ficou em 2º lugar. deste espaço, projetos, ideias, Todos os particiapntes foram propostas, sugestões, inforpremiados. mações e tudo o mais que possa Profª Sônia Rocha José Willians, 7 série, recebe premiação contribuir com o desenvolvimento de nossos alunos.

Décimo terceiro concurso de redação

V


Jornal João Braz

3

Goiânia, dezembro de 2012

Como o computador ajuda no aprendizado escolar? No mundo sem tecnologia era muito difícil conseguir qualquer informação que chegava de outro país e até mesmo de outros estados. A pesquisa era muito menos prática, feita com livros e dicionários. Hoje em dia a comunicação está mais fácil, podemos pesquisar na internet, na Wikipédia e

em dicionários on-line, é só colocar o termo desejado e pronto: tá feita a pesquisa! O computador pra mim é tudo: bom para brincar e bom para estudar também! Eu uso muito o computador para jogar e de vez em quando uso pra estudar, ver filmes e ouvir música.

Biblioteca - É um espaço físico em que se guardam livros. De maneira mais abrangente, uma biblioteca é todo espaço destinado a uma coleção.

Computador - é uma máquina capaz de variados tipos de tratamento de informação ou processamento de dados. Pode proverse de inúmeros atributos, dentre eles armazenamento de dados.

Oficina de música, aulas de violão As aulas de violão do Programa Mais Educação acontecem semanalmente e é uma oportunidade para os alunos amantes da música que estão interessados em aprender a tocar este instrumento. O intuito desta oficina é oferecer dicas para que você aprenda a tocar suas músicas favoritas e possa divertir-se entre amigos e familiares. E quem sabe até se tornar um profissional! E como diz o ditado “QUEM CANTA SEUS MALES ESPANTA!”.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/ Por Daniel Vilela, H1

Matemática no mais educação Como é sabido pelos docentes, existem diversos fatores que colaboram para o desenvolvimento do aluno em sala de aula. A fim de maximizar a aprendizagem e sanar algumas dificuldades deles em matemática, o Programa Mais Educação tem somado forças com a escola contribuindo no processo de ensino-aprendizagem. A oficina de matemática incentivou diversos alunos ao longo deste ano e foi perceptível as mudanças de comportamento em muitos deles que passaram a participar

efetivamente em vários momentos da aula: exposição de conteúdo novo, correção de atividades, pesquisas direcionadas, avaliações e outros. O desempenho destes alunos foi proporcional a sua participação no referido projeto tendo casos de alunos que melhoram significativamente suas notas e sua relação com o grupo.

Marcos Vinícius, H-1,

Nielson Caires Professor de matemática no turno matutino


Jornal João Braz

Goiânia, dezembro de 2012

4

Cantinho da leitura Esse cantinho é para você saber de livros que nossos alunos gostam. Nesta edição quem escreveu foi o Jeziel, da E1. Que tal escrever para gente sobre seu livro favorito? Este espaço é seu, compartilhe suas experiências! A história é contada por Zuza, que se chamava Aziz Naufal, e na sua infância jogou futebol com o Pelé, o Edson Arantes do Nascimento. Ela foi contada para um sujeito que se chamava Paulo Machline,que torcia para o Santos. Paulo estava de mau humor, um dia depois de uma derrota do Santos, e o seu Naufal, para tentar ajudá-lo, contou uma história legal, que nos seus tempos de criança jogou bola com Pelé, na época chamado de Dico. A história é sobre amizade entre Zuza e Dico que brincavam de bola num campinho perto da casa deles. A história era tão boa que até virou um curta-metragem, produzido pelo Paulo Machline. Ele já tinha um argumento, só que carecia de alguém para escrever o roteiro. E chamou assim, José Roberto Torero e Maurício Arruda “que é são-paulino, mas é gente boa”.

Eu, pessoalmente, adorei o livro, porque fala com emoção e clareza. A história é muito interessante, e também porque eu gosto muito de futebol. Eu recomendo, e mais, tenho certeza que vocês vão adorar! O autor É José Roberto Torero, ele é paulista, e pela primeira vez escreveu um livro para crianças e jovens. “De fato é um craque na nossa literatura”, já escreveu livros sobre vários outros assuntos, como história, mistério e ficção. O filme O livro virou um curta metragem bem legal, com Antônio Fagundes e dirigido pelo Paulo Machline, aquele do livro mesmo! Ele foi indicado como Melhor Curta Metragem no Oscar no ano de 2000. Se você quiser ver o filme bas-

Quanta Alegria Durante os dias 8 a 11 de outubro toda a escola comemorou A SEMANA DAS CRIANÇAS e esta data foi marcada por dias repletos de diversões, tanto no ambiente escolar como no clube Sesi- Antônio Ferreira Pacheco também. Nossos alunos dos turnos matutino e vespertino participaram de momentos de recreação, esporte e lazer. Muita alegria para a crian-

ta acessar o Porta Curtas, um site brasileiro com vários curtas metragens disponivéis gratuitamente. O link é este: h t t p : / / p o r t a c u r t a s . o rg . b r / filme/?name=uma_historia_de_ futebol Título: Uma História de Futebol. Autor: José Roberto Torero Editora: Objetiva Ano: 2002 Edição: 1 ª Páginas: 80

Jesiel Batista Silva, E1


Goiânia, dezembro de 2012 Jornal João Braz Letramento no mais educação

Izis Layanne, aluna do projeto, na oficina de letramento

Segundo Magda Soares “...letrar é mais que alfabetizar, é ensinar a ler e escrever dentro de um contexto onde a escrita e a leitura tenham sentido e façam parte da vida do aluno.” A oficina de Letramento em nossa escola tem como

temo como objetivo auxiliar os alunos na leitura, escrita e interpretação do mundo; através de jogos pedagógicos, atividades ortográficas, textos interpretativos, leitura individual e coletiva, produção textuais e etc.

5 Com base no referencial teórico na prática das oficinas, percebemos que é possível realizar um trabalho em prol do letramento, ou seja, o além da interpretação do texto, mas também de forma a compreendê-lo considerando seu contexto. Acreditamos que o espaço interativo, de diálogo, ocorreu durante as oficinas, o que evidenciou o desenvolvimento crítico dos alunos. Também acreditamos ter instigado o gosto pela leitura, pela busca de novas informações. Enfim, percebemos que atividades com gêneros textuais variados nas oficinas de letramento do Programa Mais Educação, envolvendo leitura, produção textual, pintura, oralidade, revelaram-se promissoras, com possibilidades variadas a serem desenvolvidas com os alunos.

Programa Escola Aberta O Programa Escola Aberta (PEA) é o resultado de um trabalho do Ministério da Educação em parceria com a Secretaria de Educação Básica e a cooperação da UNESCO. O programa proporciona nos fins de semana, a abertura da escola com oficinas gratuitas em diversas áreas para toda a comunidade. Desta forma, o Programa visa à criação de ambiente escolar mais harmonioso, reduzindo as ocorrên-

Oficina de bordado

cias de violência e melhorando a qualidade da educação e ressignificando assim, o trabalho escolar. Em nossa escola, o Programa Escola Aberta, embasado no Projeto de Sustentabilidade, tem como objetivo potencializar a formação humana – cognitiva, afetiva e motora dos sujeitos participantes através de ativida-

Oficina de dança

des contextualizadas na realidade social da comunidade, propiciando novas aprendizagens e novas reflexões acerca da realidade. As oficinas oferecidas à são: mídias, tênis de mesa, futsal, bordado, ginástica aeróbica-step e recreação. Lorrayne Bruna Coordenadora do Programa Escola Aberta


Jornal João Braz

6

Goiânia, dezembro de 2012

Crescendo saudável com o Esporte e Cidadania

Estudantes fazendo aquecimento antes de caírem na água!

Manter um estilo de vida saudável é essencial para quem quer viver mais e melhor. O projeto Esporte e Cidadania – SESI FERREIRA PACHECO tem como objetivo estimular as pessoas a adotar atividades mais saudáveis e ativas em seu dia-a-dia, seja para aliviar

tensões ou para manter o físico. A ideia é diagnosticar e avaliar a qualidade de vida dos participantes e propor sugestões que garantam um estilo de vida proveitoso, como a prática de esportes, o cuidado permanente com a saúde e o contato com a natureza. As

I Feira da Saúde Saúde é papo sério no João Braz, e os estudantes ficaram sabendo mais sobre ser saudável na primeira edição da Feira da Saúde.

Estudantes aproveitando uma alimentação saudável com frutas e sucos.

atividades são realizadas por uma equipe de médicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais da área de educação física. Em nossa escola marcou presença durante todo o dia 10 de novembro com a participação de 72 alunos. Foi bom demais! O Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas é uma das ações do Programa Saúde na Escola (PSE), que tem a finalidade de contribuir para a formação integral dos estudantes da rede pública de educação básica por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde. E por meio desta proposta realizou-se em nossa escola a I FEIRA DA SAÚDE com a participação dos 3 turnos e a presença marcante dos alunos e familiares. Os temas abordados foram vários, entre eles: alimentação saudável, sexualidade, atividade física, saúde bucal, alimentos integrais, tabagismo, bullying, etc. Foi um momento de novidade, participação, aprendizado e prevenção diante da responsabilidade com nossa saúde.


Jornal João Braz

Goiânia, dezembro de 2012

7

Festa dos Professores Festa promove integração entre professores e funcionários das escolas João Braz e Cleonice Monteiro Wolney.

Diretores Weber Roberto e Sérgio Herculano, professor Paulo Roberto e Bratislene Assunção diretora da URE Maria Helena Batista Bretas.

Tivemos um dia inesquecível no sábado, dia 20 de outubro, quando celebramos juntamente com colegas da Escola Profª Cleonice Monteiro Wolney o dia do professor e do funcionário. Dia de alegria, de diversão, de des

contração e de muita animação. A todos o nosso muito obrigado! Um obrigado especial ao meu amigo e colega Sérgio Herculano, diretor da Escola Profª Cleonice Monteiro. Wolney! Weber Roberto, diretor

No almoço, um cardápio recheado de delícias!

Receita Especial O Programa Cozinha Brasil é uma receita especial do Serviço Social da Indústria (SESI), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, e que já está mudando os hábitos alimentares de milhares de brasileiros, elevando o nível de saúde e qualidade de vida. Uma grande fatia de contribuição para a responsabilidade social e a viabilização de políticas de inclusão social e combate à fome, respeitando as diversas regionais e culturais, com o maior aproveitamento de recursos naturais e locais. O Programa oferece curso gratuito de manutenção de alimentos. É uma oportunidade de capacitação, pois lidar com alimentos não é uma tarefa fácil, requer conhecimentos

Cardápio saudável e a

os produtos alimentícios e as técnicas de conservação de cada item. O treinamento do Programa Co- zinha Brasil, oferecido pelo SESI- Antônio Ferreira Pacheco aconteceu no dia 01 de dezembro e ensinou aos participantes como preparar as refeições, montar um cardápio equilibrado e preparar

os alimentos sem desperdícios. Além de adiquirir habilidades gastronômicas, os participantes também conheceram os valores nutricionais de cada alimento, os benefícios que o consumo de determinados itens podem trazer para a saúde.


Jornal João Braz

8

Goiânia, dezembro de 2012

Palavra Cantada A Lei nº 11.769, de 18 de agosto de 2008 regulamenta o ensino obrigatório de Música na primeira fase do ensino fundamental. Muitas angústias, anseios foram trazidos com a obrigatoriedade quanto à aplicabilidade da lei neste ano, pois os profissionais da educação se sentiram despreparados uma vez que não tem formação no âmbito da música. Mas muito além de formar músicos profissionais ou especialistas na área, a Educação Musical auxilia no desenvolvimento cultural e psicomotor, estimula o contato com diferentes linguagens, contribui para a sociabilidade e democratiza o acesso à arte. Pensando nisso a nossa escola já deu início a proposta, neste ano nas aulas de Educação Física no ciclo I, momentos ricos realizados pela Professora Maristela que participou da formação oferecida pela SME juntamente com a

Espetáculo do mais educação

Dia 30 de novembro foi dia de fazer arte. Os alunos do turno vespertino do Mais Educação apresentaram a peça “Um pouco de nossa história” que contou a história da formação do bairro São Judas Tadeu, produzida pela monitora Kelly Dayane, responsável pela oficina de teatro do projeto. Os pais e familiares lotaram a platéia e aplaudiam orgulhosos ao fim de cada ato. Além dos alunos do Mais Educação se apresentaram crianças e jovens do projeto Atitude, da Comunidade da Família. A parceria entre a escola e a igreja começou este ano e a coordenadora do programa pela tarde, Nilda Peixoto, prometeu “Em 2013 tem mais!”

Estudantes posam para foto com os artistas do grupo Palavra Cantada, o show foi realizado no Goiânia Arena.

a coordenação pedagógica e de turno, as professoras Grazielle Sales e Nara Rúbia. E no último dia 24 de novembro fomos agraciados com um belo show do “Palavra Cantada”, um momento belíssimo. Participaram 100 alunos dos ciclos I e II e todo o

Então

é

coletivo do turno vespertino. Esta foi uma de muitas ações que ainda vamos realizar. Não é preciso ser músico para falar de música, é preciso ter alma para ir além do real. Grazielle Sales, coordenadora pedagógica turno vespertino

Natal

Natal é época de encontrar antigas amizades, rever familiares. O ano passa na correria e Natal é época de parar e restaurar as forças para mais um ano. Natal é tempo de celebrarmos o advento do Menino Jesus. Tempo de ansiar por instantes de alegria e de conforto, na presença escolhida a dedo de pessoas que fazem parte de sua vida. É tempo de ser feliz. Tempo de agradecer e também de acredi tarmos, pois teremos outras 365 novas oportunidades de dizer à vida, que de fato queremos ser plenamente felizes. Todo Ano Novo é tempo de renascer, de florescer e de viver de novo e de forma diferente e bem melhor. Agradecemos

de forma especial a todos os funcionários, alunos, professores, pais e toda a comunidade pela parceria durante esse ano de 2012. Feliz Natal e Próspero Ano Novo à todos! Corpo Diretivo

1 ano de Gestão Queremos parabenizar nosso gestor Weber Roberto de Almeida pela competência durante este de 2012 à frente de nossa Escola. E aproveitarmos para afirmar que a realização deste jornal não teria sido possível sem o empenho, a dedicada colaboração e o seu entusiamo. Nosso muito obrigado!


Jornal João Braz - 2ª Edição