Issuu on Google+

Informe fraiburgo

fraiburgo (sc) 7 à 13 de maio DE 2014. ANO 2 . No 429 |

E-mail: opiniao@jornalinforme.com.br |

CONTEÚDO É TUDO

http://issuu.com/jornal_informe |R$ 1,50

Reunião aconteceu em Florianópolis

SOLICITAÇÃO

Confirmada escola no bairro São Miguel

Secretário Eduardo Deschamps garantiu a construção de Pág A06 Escola Estadual no bairro São Miguel em Fraiburgo imóveis

Núcleo de Corretores da ACIAF é referência regional

acif

EM ESTUDO

divulgação/JORNAL Informe

Troca de ideias e bons pratos Pág A02

educação

Recentemente aconteceu a visita da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Videira, (ACIAV), que conheceu a funcionalidade do Núcleo Fraiburguense

Uniarp alerta sobre prazo de renovação do Fies

eleição 2014

A Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (Uniarp) através do Serviço de Apoio ao Estudante (SAE) alerta os acadêmicos para o prazo final de renovação semestral dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Pág A06

Cartórios estarão de plantão até hoje (7)

Pág A08

Reunião foi realizada pela Aciaf, em sua sede

Reunião discute a realização de Feirão Pág A12

Pág A05

Cássio Turra

rede de jornais


fraiburgo (sc) 7 à 13 de maio DE 2014

A02 Geral

ACIAF

Troca de ideias e bons pratos

Núcleo de Gastronomia da Associação Empresarial de Fraiburgo (ACIAF) recebeu a visita de empresários do mesmo segmento de Curitibanos

A

troca de ideias e a boa comida marcaram a noite do dia 28 de abril, em Fraiburgo. Isso porque, o Núcleo de Gastronomia da Associação Empresarial de Fraiburgo (ACIAF) recebeu a visita de empresários do mesmo segmento de Curitibanos. O objetivo foi interagir e angariar conhecimentos sobre o funcionamento de núcleo. Para o coordenador, Jeancarlos Marcon, a visita foi muito proveitosa “Repassamos a esse grupo os resultados que estamos colhendo dessa nossa atitude associativista que, de forma unida, busca resultados” destaca. O encontro foi realizado no Restaurante do Hotel Renar e contou com a presença de sete integrantes do recém-criado

divulgação/JORNAL Informe

Núcleo de Gastronomia de Curitibanos. No primeiro momento, foram apresentados os resultados do grupo fraiburguense. Criação de um roteiro gastronômico, viagens de capacitação, ações para expansão do núcleo, orientações sobre proteção de crédito, direitos trabalhistas, bem como as ações sociais, foram apresentadas aos visitantes. Além da apresentação formal dos resultados o encontro também foi para interação entre empresários do mesmo segmento. Como depoimento, o nucleado de Fraiburgo Adelino Dias, proprietário da Padaria Doce Pão e Pão Quente, afirmou o incremento positivo que a participação no Núcleo possibilitou “Realizamos várias

visitas a feiras o que possibilitou bons negócios. O núcleo também contribui para a divulgação e aceitação da empresa junto a comunidade, bem como, no relacionamento com os funcionários. Hoje tenho muito a agradecer a Associação Empresarial e ao Núcleo de Gastronomia” destacou. O depoimento de Adelino impressionou os visitantes. Valdinor Ciotta, do Restaurante Charrua, de Curitibanos, aprovou a ideia associativista “Sabemos que é uma iniciativa diferenciada e proporciona força e representatividade a todo o segmento. Para nós, essa visita foi fundamental, para enaltecer ainda mais esses resultados que estamos buscando” finaliza.

Grupo trocou ideias sobre o setor de gastronomia

Mudanças no Simples Nacional retrocede em conquistas A Fecomércio SC considera que o texto acordado entre governo federal, Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) e o relator da comissão especial da Câmara dos Deputados, o petista Claudio Puty (PA) retrocede em algumas conquistas do setor produtivo brasileiro nas mudanças a

Lei do Simples Nacional. A legislação atual data de 2006 e, desde então, a realidade econômica mudou sem que o regime diferenciado sofresse alterações significativas. O novo texto do Simples, que foi votado ontrem, dia 6, na Câmara Federal, é um passo decisivo neste sentido.

Mesmo que alguns dos pontos acordados façam parte da cartilha do Simples Nacional entregue pela Fecomércio aos parlamentares – como 1) a inclusão de todas as atividades econômicas que não podiam adentrar no regime (universalização do Simples); 2) a exclusividade da participa-

ção das empresas do Simples nos processos licitatórios na modalidade convite, acrescido 50% no valor limite deste tipo de licitação e; 3) fim da incidência de juros e correção monetária nas recuperações judiciais das empresas enquadradas no regime –, elementos centrais foram deixados de

lado, relativizados ou, até mesmo, retirados. A expansão do teto do faturamento para enquadramento das MPE segue inalterada, mesmo que a inflação do período tenha transformado este teto em um repressor de crescimento econômico. Um dos pontos em que houve avan-

Cesar Malinoski E-mail: wcesarfbgo@gmail.com

(49) 8890 030 4

ços, o da universalização do Simples, foi relativizado. Mesmo que novas empresas, principalmente as de serviços, agora possam fazer parte do Simples, as alíquotas as serem pagas são maiores, em alguns casos, em até mais 300%, do que as que são reservadas aos setores já contemplados.


fraiburgo (sc) 7 à 13 de maio DE 2014

N

A03

Não haverá festa junina

esta semana a conversa que mais teve repetição nos pontos de encontro social foi motivada pelo anúncio realizado na rádio Fraiburgo de que este ano não haverá festa junina promovia pela municipalidade em Fraiburgo. Apesar dos críticos do ano

passado ter considerado que festa perdeu um pouco de brilho em relação ao ano anterior (2012), hoje eles estão buscando um motivo para que esta festa popular deixe de acontecer. Cercado de folclore, os motivos são aparentes, mas, a principal delas é a falta de verba. Tal-

vez o custo de quase meio milhão de reais gastos, segundo o setor de turismo, na Expofrai tenha colaborado para esta decisão. Com certeza nem o Imperador Vespasiano e nem Maquiavel concordariam com este cancelamento desta festa tão popular e tão emblemática.

As igrejas podem fechar Em conversa com um advogado de Fraiburgo ele me contou que o chefe dos bombeiros da cidade lhe teria dito que pretende: “fechar as Igrejas”, fala dita após vistoriar as entidades e entender que há descumprimento da lei com relação aos critérios do corpo de bombeiros e fixar um prazo considerado insuficiente

para reformas, segundo os administradores das Igrejas. Esse fato me levou a fazer uma reflexão e uma conexão com um acontecimento global atual, o programa de erradicação do cristianismo promovido na China. Guardando as devidas proporções o governo da China está lançando uma campanha de três

fases para erradicar todas as igrejas evangélicas (Cristãs) do país. Esse foi o teor do comunicado divulgado em abril pela Associação de Ajuda à China, ONG que envia missionários para solo chinês. Qualquer semelhança é pura coincidência é apenas um fato ilustrativo que usam o termo fechar igrejas.

Continuam querendo fechar as igrejas A estratégia do governo chines foi claramente delineada em um documento divulgado em setembro passado, durante uma aula de treinamento gerido pela Administração Estatal para Assuntos Religiosos da China. De janeiro a junho deste ano, o documento revela que as autoridades locais estão conduzindo uma investigação completa, para listar as igrejas de todo o país que funcionam nas ca-

sas chinesas, e fazer dossiês completos sobre cada uma delas. Na fase dois, nos dois anos seguintes, as autoridades irão encorajar as “igrejas não registradas” para se filiar ao Movimento Patriótico da Tríplice Autonomia, que monitora tudo o que acontece nos templos. A fase três, a ser concluída em até 10 anos, as igrejas que se recusam a seguir as regras será fechada e os líderes condenados. Os funcioná-

rios do governo também devem banir as palavras “igreja nos lares” de todos os relatórios sobre igrejas em sites e outros meios de comunicação. Agora, só pode usar o termo “reuniões em casas”, um termo que remete ao passado, mas, é claro que aqui o bom senso deve prevalecer e o direito a professar a fé deve ser preservado e acredito que possam assinar um ajuste de conduta que promovam a paz social.

Denúncias de abuso na APAE se tornam públicas A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) é uma associação em que, além de pais e amigos dos excepcionais, toda a comunidade se une para prevenir e tratar a deficiência e promover o bem estar e desenvolvimento da pessoa com deficiência. As APAEs tem como principal missão prestar serviços de assistência social no que se diz respeito a melhoria da quali-

dade de vida da pessoa portadora de deficiência, conscientizando cada vez mais a sociedade. Promover e articular ações de defesa dos direitos das pessoas com deficiência e representar o movimento perante os organismos nacionais e internacionais, para a melhoria da qualidade dos serviços prestados pelas APAE’S, na perspectiva da inclusão social de seus usuários. Recebemos em nossa

redação vários documentos, que já foram encaminhados ao Ministério Público de Fraiburgo, onde quase todos os professores e pais denunciam arbitrariedades na administração da entidade local e pedem providências, as denúncias vão desde abuso de autoridade, maus tratos, assédio moral, má gestão dos recursos. Em breve estaremos publicando matéria contendo todos estes documentos.

Continua a indefinição política no estado O deputado Esperidião Amin, o mais incrédulo dos progressistas não acredita que vai dar coligação com o PMDB Não estão se confirmado as previsões dos meios políticos de que a pré-convenção do PMDB tornaria mais claro o cenário das eleições em Santa Catarina. O PMDB decidiu apoiar Colombo, mas fixou uma condição que deixa dúvidas: não admite entregar ao PP a candidatura ao senado. Veto hostilizando os progressistas e o pré-candidato Joares Ponticelli. No comando do PSD, a chapa está definida: Raimundo Colombo, Eduardo Moreira e Joares Ponticelli. No PP, não há tanta segurança. Durante reunião do presidente João Pizzolatti com os 40 candidatos à Câmara e Assembleia, o ex-deputado Leodegar Tiscoski colocou seu nome à disposição para “qualquer majoritária”. Gesto interpretado como eventual coringa para

manter a aliança PSD-PMDB-PP, sem Ponticelli. O deputado Esperidião Amin, o mais incrédulo dos progressistas num acordo com o PMDB, definiu três pontos: 1. “Não acredito que vai dar coligação com o PMDB; 2. Acho que a coligação com o PMB vai ser nefasta ao governo e ao povo de Santa Catarina. Vai se administrar um serpentário no governo; 3. O PP tem que ter alternativas.” Alternativa, no caso, seria uma parceria com o PSDB, para apoio a candidatura de Aécio Neves em Santa Catarina, projeto sonhado por Amin. Há que acredite que o PSDB acerte com Colombo e o PMDB, indicando o senador, se o PP for rifado. Nesta hipótese, ao PP só restaria aliar-se com o PT. E há quem defenda o PT na chapa do governador, fato descartado mais uma vez na reunião da Executiva petista com as bancadas federal e estadual. (Fonte: Moacir Pereira e Luis Hangai).


A04

fraiburgo (sc) 7 à 13 de maio DE 2014

PeloEstado

Entrevista

Isso é ser policial. É matar alguém para salvar uma vida ou morrer para salvar uma vida. TEN. CEL. VALDEMIR CABRAL

“Há necessidade de uma presença mais forte nas ruas”

Natural de Florianópolis, o novo comandante da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), que toma posse na noite dessa segunda-feira (05), entrou para a corporação em dezembro de 1982. Nestes quase 30 anos como policial militar, já comandou o Batalhão de Operações Especiais (BOPE), foi comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar e da 1ª Região de Polícia Militar. Tem graduação em Direito e pós-graduação em Segurança Pública e Gestão Estratégica de Segurança. Em 2010, tornou-se Coronel e, em 2011, assumiu como subcomandante-geral da PMSC. No início de abril, foi anunciado como novo comandante-geral com a saída de Nazareno Marcineiro, que irá para a reserva. Em sua passagem pelo comando, Valdemir Cabral pretende focar suas ações no setor operacional da corporação, aumentando a presença da polícia nas ruas e trabalhando de forma estratégica. “Nós somos padrão nacional. O sistema de gestão da Polícia Militar de Santa Catarina é modelo para todo o Brasil.” [PeloEstado] - Que orientações recebeu do governador Raimundo Colombo e do Cel. Nazareno Marcineiro? Valdemir Cabral - Na conversa que tive com o governador e com o coronel, eles me deixaram muito tranquilo para que eu desse encaminhamento à corporação da maneira com que está indo. O barco está navegando por um mar calmo e tranquilo. Agora o timoneiro, que sou eu, só fará algumas modificações na rota. [PE] - Quais modificações? VC - Cada comandante coloca o seu tempero, o seu “salzinho” na mistura. O tenente coronel Nazareno Marcineiro tinha o seu “salzinho” mais ligado à área de ensino, à área estratégica. Tanto que foi criado tudo o que temos hoje na parte intelectual da corporação, a partir das ideias dele. Os nossos indicadores, que ajudam na tomada de decisão. Eu tenho perfil mais operacional. Neste momento, sinto que há necessidade de termos uma presença mais forte nas ruas, embora Santa Catarina seja considerado o estado mais seguro do Brasil, com o menor índice de criminalidade. Mesmo assim, a população ainda sente criminalidade nas proximidades, porque não há a sensação de segurança, que é sentida quando você consegue avistar algum ente da segurança pública, seja ele um policial militar, um policial civil ou um guarda municipal. A comunidade se ressente disso. Ela quer ter o policial por perto. Então, esse é um dos temperos que vou colocar nesse meu comando, fazendo com que haja essa sensação de segurança. [PE] - Esse será o seu principal desafio? VC - É sim. Porque nós convivemos com um problema constante que é o efetivo da Polícia

Militar. O nosso efetivo atual é o mesmo de dez anos atrás e temos uma evasão de policiais que já estão envelhecidos e vão procurar a sua reserva. Então, estamos buscando colocar novos policiais na corporação. Só nesses três anos em que estou participando do comando, já ingressaram quase 2,5 mil policiais, mas, ao mesmo tempo, perdemos 2 mil, que foram embora por tempo de serviço. Nesse contexto também temos mais mil policiais em formação, outros 500 em concurso. Isso dá quase 4 mil policiais. Mesmo assim, a gente perde bastante efetivo. Nessa conta de entradas e saídas só conseguiremos ter verdadeiro ganho daqui a três ou quatro anos, desde que continuemos a contratar os 1,5 mil novos policiais por ano que o governador nos autoriza. [PE] - Mesmo Santa Catarina sendo o estado mais seguro, como o senhor avalia nossa segurança pública? VC - É excelente. Nós somos padrão nacional. O sistema de gestão da Polícia Militar de Santa Catarina é modelo para todo o Brasil. Muitos vêm para cá buscar nosso sistema de gestão. Mas isso é em nível estratégico. Precisamos analisar a parte operacional, que é a parte que vou procurar trabalhar um pouco mais. Já temos indicadores e tudo pronto para fazer cobranças aos comandantes de ponta, para que eles mantenham os seus índices de desempenho. Vamos cobrar. Repito: vamos procurar melhorar ainda mais o nosso policiamento na rua. Estamos vivendo esse clima de insegurança, com Copa do Mundo, Eleições... Isso vai demandar que a Polícia Militar fique muito próxima da comunidade. [PE] - Qual região é a que mais preocupa?

Andréa Leonora e Nícola Martins | Foto: Divulgação PM/SC

PeloEstado peloestado@centraldediarios.com.br www.centraldediarios.com.br

VC - Florianópolis é a que mais preocupa justamente por ser Capital do Estado. Tudo o que acontece aqui repercute por todo o território catarinense. Uma falta de efetivo, uma ocorrência mal atendida ou mal sucedida em Florianópolis, tem uma conotação diferente de uma acontecida em Dionísio Cerqueira, por exemplo. Os holofotes são muito mais intensos em Florianópolis. Por isso precisamos ter um nível de excelência ainda maior na Capital. [PE] - Seu antecessor lamentou não ter conseguido efetivar seus planos sobre os Conselhos de Segurança (Consegs). O senhor vai trabalhar nesse sentido? VC - Os Consegs estão sob responsabilidade dos comandantes operacionais. A eles cabe fazer esse trabalho para Consegs. Obviamente que a utilização desses conselhos está no plano de comando, porque os Consegs são o elo entre o governo do Estado e o cidadão. O conselho não tem só que cobrar da polícia ações locais. Quando o Conseg consegue entender que ele não está lá para conseguir polícia, ele dá certo. (risos). Agora, os Consegs que acham que vão, a partir da criação, conseguir polícia ou posto fixo, não vão à frente. O policiamento não está somente no policial, mas também nas condições do local, tais como iluminação, terrenos baldios, escolas, praças... Tudo isso faz parte da segurança e o Conseg tem a função de cobrar das autoridades essas melhorias. Os conselhos que têm essa visão ampliada vão para frente muito mais do que aqueles que só reivindicam um posto policial fixo no local ou uma viatura a mais. [PE] - Como melhorar o treinamento dos policiais? VC - Não há o que se falar em me-

lhoria de treinamentos. Se você me fala em melhorar o treinamento, também está falando que a minha polícia é mal treinada. A nossa Polícia Militar de Santa Catarina não é mal treinada. Hoje, todo policial que ingressa na corporação tem curso superior. Os 2,5 mil novos membros da corporação nesse período são formados nas mais diferenças áreas. Temos enfermeiros, músicos, psicólogos, advogados... Além disso, todos ficam oito meses sendo preparados. Hoje, há profissões em que não existe esse tipo de preparação. Qual é o concurso que, após aprovado, o cidadão ainda fica oito meses aprendendo? É raro. O nosso policial fica oito meses se preparando. Já o oficial permanece dois anos em treinamento, mesmo sendo já formado em Direito. Portanto, dizer que somos mal preparados é falta de informação de quem diz. [PE] - O senhor falou que o governo autoriza, hoje, 1,5 mil contratações ao ano. Pretende pleitear mais contratações? VC - Não é questão de pleitear. Temos de ter condições de formar os novos policiais. Não adianta eu chamar 5 mil aprovados no concurso e formá-los mal ou de forma precária. Se isso acontecer eles estarão, aí sim, mal treinados. Acredito que 1,5 mil é um número bom porque formamos 40 por turma. Não colocamos mais do que isso em sala de aula porque é improdutivo. Precisamos de sala de aula, de instrutores, professores universitários, para darmos toda a instrução a esses policiais, com aulas de tiro, defesa pessoal, uso progressivo da força... É um leque muito grande de estudos que colocamos para esse policial, melhor preparando-o para as demandas da sociedade. Um policial tem que pensar e decidir

CENTRAL DE DIÁRIOS

TRINTA E QUATRO INTEGRADOS TRINTA INTEGRADOS

DIÁRIOS

INTEGRADOS

PRESENÇA EM 62% DE SC

em questão de segundos se aquele vulto que está em um beco é alguém maior, menor, se está armado ou desarmado. É uma questão de segundos. Qual a profissão em que você pode matar ou morrer? Isso é ser policial. É matar alguém para salvar uma vida ou morrer para salvar uma vida. [PE] - Quais os investimentos previstos para o restante do ano? VC - Daremos apenas prosseguimento a todos os planos de investimentos que já estão em execução desde o início de 2011, com o Pacto (por Santa Catarina, programa do governo do Estado). São novas viaturas, novos kits para os agentes, com colete, armamento... São investimentos que daremos continuidade, mesmo estando, hoje, com uma situação mais delicada, “com o cinto apertado” em termos de custeio. Então, vamos ter que levar esse barco tranquilamente para que não acabe o combustível antes de chegarmos ao porto. [PE] - Como é o Tenente Coronel Cabral fora do serviço? VC - Fora do serviço o Tenente Coronel Cabral continua sendo o Tenente Coronel Cabral. Todos me conhecem dessa forma. Tenho minha vida social e gosto de sair e aproveitar com a família. Gosto muito de andar de moto, ou melhor, gosto muito de andar de Harley-Davidson (risos). Esse é um dos meus hobbies, sair com os amigos e viajar com a família para ter, pelo menos, algum momento íntimo, convivendo um pouco com eles, esquecendo os problemas. Quando se viaja de moto, você faz parte da paisagem, enxerga tudo, vê a cor do local, sente o cheiro. Então, é algo que me deixa mais tranquilo e ajuda a recarregar as energias para enfrentar esse desafio diário. Florian��olis �� 05Mai14


fraiburgo (sc) 7 à 13 de maio DE 2014

Geral A05

EDUCAÇÃO

Uniarp alerta sobre prazo de renovação do Fies

As renovações devem ser feitas por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFIES), disponível nas páginas eletrônicas do Ministério da Educação (MEC) e do FNDE

A

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (Uniarp) através do Serviço de Apoio ao Estudante (SAE) alerta os acadêmicos para o prazo final de renovação semestral dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). As renovações devem ser feitas por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFIES), disponível nas páginas eletrônicas do Ministério da Educação (MEC) e do FNDE. “Os alunos devem entrar no SisFIES e validar. É a última chance para renovação, caso contrário vão perder o financiamento”, informa Elisangela Girardi, responsável pelo SAE da Uniarp. Ela destaca ainda que

muitos acadêmicos estão com pendências. “Pedimos que os estudantes procurem o SAE e se informem da situação do seu financiamento. O MEC vinha prorrogando desde 2010 o aditamento de renovação, mas agora não haverá mais prorrogação”, salienta. O Fies é destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores privados, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. O programa oferece cobertura de 50% a 100% do valor da mensalidade e juros de 3,4% ao ano. O contratante só começa a quitar o financiamento 18 meses depois de formado.

ACIAF tenta ajudar Hospital Fraiburgo Aliar interesse social com desenvolvimento regional. Esse é o objetivo da Associação Empresarial de Fraiburgo (ACIAF), que está realizando reuniões, no intuito de viabilizar ações e projetos que possibilitem a manutenção da Associação Fraiburguense pela Saúde Coletiva, mantenedora do Hospital de Fraiburgo, e sob o mesmo intento, contribuir com o desenvolvimento regional, ofertando mais uma linha de vantagens aos associados e seus colaboradores“A ACIAF já vem, há algum tempo, preocupada com a situação da saúde no município, e com essa finalidade, nossa diretoria discute ações e projetos que contribuam para essa melhoria esperada” destaca o vice-presidente da ACIAF, Daniel Dresch. A reunião iniciou com a exposição de diversos projetos, em âmbito nacional, com vistas as melhorias na saúde pública. Posteriormente a observação, foi levantada uma demanda, junto a diretoria, das necessidades locais e discutido os principais pontos a serem trabalhados. A ideia principal baseia-se em um cartão de saúde, que

divulgação/JORNAL Informe

Comunidade está abraçando a causa do Hospital Municipal visa oferecer vantagem aos associados no que tange a área de assistência à saúde. Após essas definições do modelo de serviço, a ACIAF trabalhará no desenvolvimento da operacionalização. A proposta trabalhada com os membros da diretoria consiste em um projeto completo, que atenda não somente o Hospital, uma das prioridades, mas tam-

bém consultórios, ambulatórios e farmácias. Para um dos diretores, João H. Douglas Scharf, o projeto é visto com bons olhos “Eu, como empresário, acredito muito em soluções como essas, que viabilizem a atividade do Hospital em Fraiburgo, proporcionando além do caráter social da iniciativa, a funcionalidade, tendo em vista, que qualquer fraibur-

guense prefere ser atendido perto de sua casa, ao invés de se deslocar para outros municípios. Para os empresários, ter esse atendimento perto para seus funcionários também é fundamental” destaca Douglas ressaltando que a ACIAF esta trabalhando para que projetos que atendam essa demanda sejam colocados em prática o mais breve possível.

A propósito do Primeiro de Maio Nesta nossa conversa, quero hoje reprisar algumas questões que apresentei em meu pronunciamento do Dia do Trabalhador. Em primeiro lugar, afirmo que não tenho dúvidas de que um país que consegue vencer a luta pelo emprego e pelo salário nos dias difíceis que a economia internacional atravessa, é capaz de vencer muitos outros desafios. Nosso governo tem o signo da mudança e, junto com vocês, vamos continuar a promover todas as mudanças necessárias. O que significa continuar a luta contra todo tipo de dificuldades e incompreensões. E quais são essas mudanças? São aquelas reformas que aperfeiçoam a política, que combatem a corrupção, que aumentam a transparência, que fortalecem a economia e melhoram efetivamente a qualidade dos serviços públicos. Acabo de assinar uma medida provisória corrigindo a tabela do Imposto de Renda, para favorecer aqueles que vivem da renda do seu trabalho. Isso vai significar um importante ganho salarial indireto e mais dinheiro no bolso do trabalhador. Assinei também um decreto que atualiza em 10% os valores do Bolsa Família recebidos por 36 milhões de brasileiros beneficiários do Brasil sem Miséria, para assegurar que todos continuem acima da linha da extrema pobreza definida pela ONU. Anuncio igualmente meu compromisso de continuar a política de valorização do salário-mínimo, que tantos benefícios vem trazendo para milhões de brasileiros e que tem sido um instrumento efetivo para a diminuição da desigualdade e para o resgate da grande dívida social que ainda temos com os nossos trabalhadores mais pobres. Algumas pessoas reclamam que o nosso salário-mínimo tem crescido mais do que devia. Para elas, um salário-mínimo melhor não significa mais bem-estar para o trabalhador e sua família. Essas pessoas dizem que a valorização do salário-mínimo é um erro do governo e, por isso, defendem a adoção de medidas duras, sempre contra os trabalhadores. Nosso governo, porém, nunca será o governo do arrocho salarial, nem o governo da mão dura contra o trabalhador. Será sempre o governo do crescimento com estabilidade, do controle rigoroso da inflação e da administração correta das contas públicas. Nos últimos 11 anos, tivemos o mais longo período de inflação baixa da nossa his-

tória. Foi também o período histórico em que mais cresceu o emprego e em que o salário mais se valorizou. Nesse período, o salário do trabalhador cresceu 70% acima da inflação, geramos mais de 20 milhões de novos empregos com carteira assinada, sendo que 4,8 milhões no atual governo. Nesse mesmo período também conseguimos a maior distribuição de renda da história do Brasil. Quero reafirmar o compromisso do meu governo no combate incessante à corrupção. O que pode envergonhar um país não é combater a corrupção, é varrer tudo para baixo do tapete. O Brasil já passou por isso no passado e os brasileiros não aceitam mais essa hipocrisia. É com essa franqueza que quero falar da Petrobras. A Petrobras é um símbolo de luta e afirmação do nosso país. É um dos mais importantes patrimônios do nosso povo. Por isso jamais vai se confundir com atos de corrupção. O que tiver de ser apurado vai ser apurado com o máximo rigor. Mas, como brasileiros que amam e defendem seu país, não podemos permitir que problemas sejam utilizados para tentar destruir a imagem da nossa maior empresa. Vocês lembram dos pactos que nós firmamos, após as manifestações de junho. Eles já produziram muitos resultados. O pacto pela educação, gerou a lei que permitirá que a maior parte dos royalties e dos recursos do pré-sal seja aplicada na educação. O pacto pela saúde viabilizou o Mais Médicos, e em apenas seis meses já colocamos mais de 14 mil médicos em 3.866 municípios. O pacto pela mobilidade urbana está investindo R$ 143 bilhões, o que permite a melhora do sistema viário e do transporte coletivo público nas cidades brasileiras. Precisamos ampliá-los muito mais. Além disso, é preciso tornar realidade o pacto da reforma política. Sem uma reforma política profunda não teremos condições de construir a sociedade que almejamos. Por isso encaminhei ao Congresso Nacional uma proposta de consulta popular para que nosso povo possa debater e participar da reforma política. Sempre estive convencida que sem a participação popular não teremos a reforma política que o Brasil exige. Por isso, além da ajuda do Congresso e do Judiciário, preciso do apoio de cada um de vocês. Temos o principal: coragem e vontade política. E temos um lado: o lado do povo. E quem está do lado do povo pode até perder algumas batalhas, mas sabe que no final colherá a vitória.


fraiburgo (sc) 7 à 13 de maio DE 2014

A06 Geral

IMÓVEIS

Núcleo de Corretores da ACIAF é referência regional

Recentemente aconteceu a visita da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Videira, (ACIAV), que conheceu a funcionalidade do Núcleo Fraiburguense

C

riado há 10 meses o Núcleo de Corretores de Imóveis da Associação Empresarial de Fraiburgo (ACIAF) já é referência regional. Esse fato é comprovado pela procura constante de núcleos, de outras cidades, do mesmo segmento. Recentemente aconteceu a visita da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Videira, (ACIAV), que conheceu a funcionalidade do Núcleo Fraiburguense, bem como, as conquistas obtidas. Diminuição da burocracia nos procedimentos dos corretores de imóveis; redução do prazo de entrega dos documentos, específico para casos de financiamento; discussão mais aberta em busca de resultados junto a esfera

municipal. Essas são algumas das conquistas, que a união dos corretores de imóveis de Fraiburgo já angariou nesses primeiros meses de atuação. Para o coordenador do Núcleo, Aldair Moraes, as conquistas são fruto de um trabalho unido “Brigávamos individualmente e não conseguíamos resultados. Agora de forma associada, somos ouvidos e temos as nossas causas sendo atendidas” destaca. Outra grande conquista do Núcleo foi o Projeto Espelho, criado pela prefeitura para atender a demanda de solicitação dos corretores. O projeto consiste no acesso online de dados cadastrais dos imóveis, como valor venal, débitos, nomes dos proprietários, entre outros. Essas

informações eram solicitadas anteriormente no balcão da prefeitura, que tinha prazo para entrega de 72 horas. Com esse projeto houve diminuição da burocracia e aumento dos benefícios para os trabalhadores do segmento. Os resultados apresentados do núcleo, aos visitantes da ACIAV, impressionaram. Essa foi a opinião do diretor de núcleo, Darci Luis Zani, que parabenizou a iniciativa “Queremos expandir os trabalhos e os nossos conhecimentos, para podermos aplicar em Videira ações semelhantes em busca de resultados significativos para os trabalhadores do segmento” finaliza Darci, agradecendo a atenção do núcleo fraiburguense

divulgação/JORNAL Informe

Os resultados apresentados do núcleo, aos visitantes da ACIAV, impressionaram

Encontro regional do plantio direto O Encontro Regional do Plantio Direito inicia na próxima quinta-feira, dia 8, em Maravilha, no Maravilhas Park Hotel. O Encontro está sendo promovido pelo Curso de Agronomia da Unoesc, Auriverde, Epagri e Secretaria Municipal de Agricultura. Segundo o coordenador do Curso de Agronomia, professor Alceu Cericato, o objetivo é oferecer aos agricultores, técnicos agrícolas e acadêmicos um momento de reflexão sobre o plantio direto na palha. O objetivo é que o público observe a iniciativa dos pioneiros do sistema e dos pesquisadores para minimizar os impactos ambientais da agricultura - acrescenta Cericato. Durante a quinta-feira, serão realizadas diversas palestras no Maravilhas Park Hotel. A primeira palestra do dia inicia às 9h30 min, com Sérgio Thumé que abordará sobre os 30 anos do sistema na Fazenda Santa Fé. Logo após, às 11h, os participantes poderão assistir à palestra “Sistema Plantio Direto: vantagens técnicas, econômicas e ambientais”, com o secre-

tário da Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação, professor Ricardo Ralisch. Á tarde, a partir das 14h, inicia a palestra “Integração Lavoura-Pecuária em áreas de Plantio Direto”, com o engenheiro agrônomo da Epagri, Milton da Veiga. A última palestra programada para o dia, “Avaliação da Qualidade do Solo em áreas do Plantio Direto”, será ministrada pela bióloga Marie Bartz. Quem participar do evento também poderá conferir a exposição de pôsteres com trabalhos sobre o tema. Na sexta-feira, haverá Dia de Campo. Nesta data, será feito o descerramento da placa alusiva aos 30 anos do Plantio Direto na Fazenda Santa Fé, com a participação dos pioneiros do sistema no Brasil: Herbert Bartz, Nonô Pereira e Franke Dikstra. O valor para participar do evento é de R$ 15,00. SOBRE O PLANTIO DIRETO Segundo o professor Alceu Cericato, o Plantio Direto é um sistema capaz de assegurar a sustentabilidade agrícola, aumentar a biodiversidade das

PROGRAMAÇÃO COMPLETA Dia 8 de Maio – Maravilhas Park Hotel 7h 30 min às 8h 30 min – Inscrições. 8h 30 min às 9h 30 min – Abertura. 9h 30 min às 10h 30 min – Palestra: “30 anos de Plantio Direto na Fazenda Santa Fé”. 11h às 12h 30 min – Palestra: “Sistema Plantio Direto, vantagens técnicas, econômicas e ambientais”, com o professor e secretário da Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação (Febrapdp), Ricardo Ralish. 12h 30 min às 14h – Almoço. 14h 30 min às 15h 30 min – Palestra: “Integração Lavoura-Pecuária em áreas de Plantio Direto”, com o engenheiro agrônomo Milton da Veiga. 15h 30 min às 16h 30 min – Palestra : “Projeto, Avaliação da Qualidade do Solo em áreas de Plantio Direto”, com a bióloga e assessora técnica da Febrapdp, Marie Bartz.

lavouras e conservar o solo. - O objetivo é aumentar a produtividade agrícola e diminuir os impactos ambientais da agricultura - ressalta Cericato. O professor estima que mais de 90% das propriedades têm este sistema. Entretanto, segundo ele, a qualidade, muitas vezes, deixa a desejar. Cericato salienta

que com o evento a expectativa é de que os agricultores tenham outra visão sobre o plantio direto na palha e as formas de manejar o solo, ampliando seus lucros. Para os acadêmicos de Agronomia, o encontro proporcionará novos conhecimentos e oportunidades de pesquisas e publicações sobre o tema.

Dia 9 de Maio - Atividades de campo na Fazenda Santa Fé Estação 1: Demonstração da erosão e seu controle. Estação 2: Perfil Cultural: uma análise visual do que fazemos com o solo. Estação 3: Subsolagem ou escarificação. Estação 4: Alternativas para cobertura do solo. Estação 5: Manejo integrado de pragas com ênfase na helicoverpa. Estação 6: Manejo de plantas daninhas resistentes. Estação 7: Agricultura de Precisão em áreas manejadas no Plantio Direto. Estação 8: Dinâmica de Máquinas: semeadora e pulverizador. Estação 9: Bate papo com os pioneiros do sistema. Estação 10: Feira de Máquinas.


fraiburgo (sc) 7 à 13 de maio DE 2014

Educação A07

Reunião aconteceu em Florianópolis

SOLICITAÇÃO

Confirmada escola no bairro São Miguel

Secretário Eduardo Deschamps garantiu a construção de Escola Estadual no bairro São Miguel em Fraiburgo Por Cássio Turra

O

secretário de Educação do Estado, Eduardo Deschamps, confirmou na tarde do dia 30 de abril a construção da escola estadual no bairro São Miguel, em Fraiburgo. A reunião teve a presença do deputado Padre Pedro Baldissera, de representantes da Associação Paulo Freire de Educação e Cultura Popular (APAFEC), vereadores, secretários municipais e do vice-prefeito de Fraiburgo. “Teremos a análise de viabilidade do terreno que será cedido pela prefeitura e a análise do projeto para obter recursos junto ao MEC.

Mas independente disso, é um compromisso assumido e que será cumprido”, garantiu Deschamps. O representante da APAFEC, Jilson Carlos Souza, entregou ao secretário uma cópia dos estudos realizados pela entidade para mostrar a importância da construção da escola no local. Os dados serão utilizados na construção do projeto que será enviado ao MEC. O prazo, segundo o secretário, é de dois anos até o pleno funcionamento da escola. “É um avanço muito significativo para a cidade. É um bairro com 12 mil habitantes e que precisa desta estrutura pública”, afirmou o parla-

mentar, que em 2011 apresentou à Secretaria Estadual de Educação o pedido para construção de escola, depois de encontros com representantes da Apafec e lideranças de Fraiburgo. O bairro São Miguel é o mais populoso de Fraiburgo e a estrutura da escola abrigará, 12 salas de aulas, laboratórios de química, física, biologia e informática, biblioteca, anfiteatro, auditório e ginásio de esportes. A campanha pela construção da escola foi lançada em abril de 2011, pela Associação de Pais e Professores da Escola Eurico Pinz de Ensino Médio, Associação Paulo Freire de Educação e Cultura Popular (APAFEC), Associa-

Ação social de Páscoa Proporcionar uma Feliz Páscoa. Esse foi o objetivo da Associação Empresarial de Fraiburgo (ACIAF), por meio do Núcleo de Gestão de Pessoas, ao realizar uma ação social, com foco na Páscoa. O evento foi realizado no mês de abril, na Escola Municipal Carlos Gomes, no bairro 10 de Novembro. Para atender as mais de 150 crianças matriculadas na escola, o núcleo organizou presentes, compostos por cri-cri e chocolates. Os produtos foram adquiridos e confeccionados com o apoio do Núcleo, que atualmente é

Ação social teve como tema a Páscoa composto por oito empresas que possuem setor de Recursos Humanos. Para a consultora da ACIAF, Patrícia Zimmermann, a iniciativa é relacionada com o posicionamento do núcleo “Além da

formação e capacitação dos integrantes dessa área, o Núcleo de Gestão de Pessoas também objetiva contribuir para o desenvolvimento social e comunitário. Todo o grupo está de parabéns” finaliza Patrícia.

ção Vital Fraiburgo de Karatê-dô, Coletivo de Educadores da Escola Agrícola 25 de Maio, Conselho Pastoral da Comunidade (CPC) do bairro São Miguel, Cooperativa de Crédito Rural com Interação Solidária (CRESOL), Grêmio Estudantil da Escola de Ensino Médio Eurico Pinz, Paróquia Imaculada Conceição de Fraiburgo, Sindicato dos Servidores Municipais de Fraiburgo (SINTSER) e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação – SINTE, e tem o apoio da comunidade, da Câmara de Vereadores e da Prefeitura, que já disponibilizou terreno para a obra. Participaram da reunião o professor João Ademir Can-

Cássio Turra

Secretário conheceu os detalhes da solicitação celier, João Carlos Rodrigues e Jilson Souza, da APAFEC, o presidente da Câmara de Vereadores, José Darcy Soares França, os vereadores Josiel da Silva e Oracir Ferreira de

Deus, o vice-prefeito Juliano Cesar Costa, a secretária da Educação Elionete Franciscato Konkol e a técnica da Secretaria de Educação, Tatiana Carla Scalabrin.

Empresários de Joaçaba são condenados O Ministério Público Federal ajuizou ação civil pública de improbidade administrativa pedindo que os empresários Eduardo Alexandretti e Eliamar Loureiro, da empresa Auricular Centro de Serviços de Atenção à Saúde Auditiva Ltda, fossem condenados por enriquecimento ilícito. A acusação é que no contrato social de constituição da empresa que fez negócios com o Sistema Único de Saúde (SUS) foram inseridos sócios fictícios. Após ação do MPF, a

justiça condenou que os empresários realizem o ressarcimento aos cofres públicos, com multa no valor da metade do lucro líquido obtido ilegalmente, além da proibição de realizar negócios com o poder público por três anos. Um recurso da Procuradoria em Joaçaba pede que a sentença seja reformulada e que a multa passe para três vezes o valor dos lucros e que a proibição de contratar com o poder público passe para o prazo de dez anos. Em 2006 a Auricular foi

credenciada para prestar serviços ao SUS, depois de entregar documentos que comprovavam a contratação de sete profissionais, mas apenas dois prestaram serviços em nome da empresa, os demais declararam que passaram por entrevista de emprego e que entregaram documentos e currículo, mas que não foram contratados. No período em que se manteve credenciada, a empresa recebeu do SUS cerca de R$1,2 milhão, que atualizados ultrapassam R$1,5 milhão.


fraiburgo (sc) 7 à 13 de maio DE 2014

A08 Especial

Atendidos 35 mil pessoas em 8 dias

Tire suas dúvidas

1) O cadastramento biométrico é obrigatório? Não. Nestas eleições os eleitores ainda poderão votar mesmo não tendo feito o recadastramento biométrico.

2) Quais os documentos necessários para tirar o primeiro título eleitoral? O título deve ser solicitado pessoalmente no cartório do município em que o cidadão reside ou trabalha, e devem ser apresentados: carteira de identidade ou certidão de nascimento ou casamento, ou outro documento oficial de identidade em que conste o nome dos pais e a nacionalidade brasileira; comprovante de residência mínima de 3 meses no novo endereço. (Exceto para os casos de Servidor Público, Civil, Militar, Autárquico por motivo de remoção/transferência deste ou de membro da família); comprovante de quitação do serviço militar, para homens com idade entre 18 e 45 anos. Lembra-se que o alistamento como eleitor é obrigatório para aqueles com idade entre 18 e 70 anos.

3) Posso transferir meu título eleitoral para outro município? Sim. É preciso que o eleitor vá ao cartório portando: documento de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação ou carteira profissional emitida por órgão de controle de exercício de profissão); comprovante de residência mínima de 3 meses no novo endereço. (Exceto para os casos de Servidor Público, Civil, Militar, Autárquico por motivo de remoção/transferência deste ou de membro da família). Além disso, o eleitor também deve levar o título antigo, se tiver. Os requisitos legais para a transferência são: residência mínima de 3 meses no novo domicílio e transcurso de, no mínimo, 1 ano do alistamento ou da última transferência.

4) Posso alterar apenas o lugar

TÍTULO DE ELEITOR

Cartórios estarão de plantão até hoje (7)

Com o prazo para o eleitor fazer seu título eleitoral terminando - a data final encerra em 7 de maio - aproximadamente 35 mil pessoas procuraram a Justiça Eleitoral catarinense na última semana. O número tem por base o atendimento feito por Cartórios Eleitorais e Centrais de Atendimento ao Eleitor durante o período de 28 de abril a 5 de maio. O prazo de 7 de maio também vale para pedidos de transferência ou de mudança do local de votação. Depois de oito dias de atendimento, Joinville (maior colégio eleitoral de Santa Catarina) foi o município com maior número de procuras. Até esta segunda-feira (5), 3.939 pessoas haviam comparecido ao Cartório Eleitoral da região para fazer algum procedimento. Florianópolis ficou na segunda posição com 3.272 atendimentos, seguida por Blumenau (2.718). As estatísticas foram fornecidas pela Corregedoria Regional Eleitoral de Santa Catarina.

Quem quiser votar nas próximas eleições deverá fazer, transferir ou regularizar sua situação com a Justiça Eleitoral

E

leitor que quiser votar nas próximas eleições deverá fazer, transferir ou regularizar sua situação com a Justiça Eleitoral até quarta-feira (7). Os cartórios estão de plantão até quarta-feira (7), das 9h às 19h. Mas antes de procurar os cartórios

em que voto, e não o município? Se o eleitor desejar apenas mudar o local de votação, basta ir ao cartório de sua inscrição e revisar seus dados, pedindo que seja feita a mudança. É preciso levar documento oficial de identidade já atualizado, com foto, ou outro documento comprobatório da(s) alteração(ões) como, por exemplo, certidão de casamento e comprovante de residência.

5) Minha inscrição eleitoral foi cancelada ou suspensa. Como

eleitorais, é importante que o eleitor se certifique dessa necessidade. Para isso, está disponível o serviço Disque Eleitor, pelo número 0800-645-8732. Pelo 0800-645-8732, o eleitor poderá obter informações como documentação necessária para cadastro

devo proceder? Basta comparecer ao cartório da Zona Eleitoral de seu atual município, portando: identidade oficial com foto e, caso se trate de inscrição suspensa, o eleitor também deve provar o fim da causa de suspensão (por exemplo: fim do serviço militar obrigatório e extinção da punibilidade). Antes de se dirigir ao cartório é importante ligar para verificar se a ZE não exige outros documentos. O eleitor dever pagar as multas eventualmente pendentes (a regra é o valor de R$ 3,51 por turno de eleição).

6) Preciso ir ao cartório até 7 de maio para fazer

ou transferência eleitoral, orientações sobre portadores de necessidades especiais, endereço das ZEs, plantões, biometria, voto em trânsito, quitação eleitoral e voto, além de poder enviar reclamações para a Ouvidoria do TRE-SC.

uma segunda via do meu título? Não. A segunda via pode ser feita até 25 de setembro, sem custos e na hora, no cartório de inscrição do eleitor. É preciso levar documento de identidade oficial com foto.

7) Não poderei votar. Como devo proceder? Caso o eleitor não vote e não se justifique no dia da eleição, deve preencher o Requerimento de justificativa eleitoral pós eleição e entregá-lo no cartório eleitoral ou enviá-lo via correio ao juiz da sua zona eleitoral, em até 60

dias contados da eleição. Nesse requerimento o eleitor explica o motivo do não comparecimento (viagem, saúde, etc.) e comprova por documentos a impossibilidade. O juiz poderá não aceitar a justificativa. Caso o eleitor esteja no exterior no dia da eleição, o prazo para apresentar a justificativa é de 30 dias desde seu retorno ao país. Se o eleitor não votar e não se justificar, fica sujeito à pena de multa, cujo valor é arbitrado pelo juiz, conforme sua situação econômica. Caso a multa não seja quitada, o eleitor não poderá obter certidão de quitação com a Justiça Eleitoral. Se isso se repetir por três vezes, o título eleitoral é cancelado.

Disque Eleitor Em caso de dúvidas, o eleitor deve ligar para o Disque Eleitor (0800-6458732) para saber se deve ou não comparecer ao cartório eleitoral, evitando o acúmulo desnecessário de pessoas. A Justiça Eleitoral também ressalta que o cadastramento biométrico não é obrigatório. O eleitor deve ficar atento porque certas ações podem ser feitas após o dia 7 de maio, sem filas e sem pressa. Entre as atividades estão: retirada de segunda-via do título eleitoral; emissão de certidões eleitorais e pagamento de multas.


fraiburgo (sc) 7 à 13 de maio DE 2014

DICADELIVRO

Variedades A09

CANAL LIVRE

Projeto Carol Buffara Há menos de um ano a empresaria Carol Buffara começou a postar fotos e dicas sobre saúde, beleza e qualidade de vida em seu Instagram (Rede Social, que possibilita seus usuários a compartilharem imagens e vídeos com amigos). Um livro leve, informativo e recheado de fotos e ilustrações que tornam a leitura ainda mais atraente. Com 166 páginas, o livro é um lançamento da Editora Arte Ensaio.

DICADEcd

coluna perfil

O dono da banda

F

lávio Bauraqui, o mesmo que interpreta o Rodapé no remake de “Meu Pedacinho de Chão” (foto), montou a banda “Bauraqui e os Cães de Aluguel”. No repertório, músicas do rock nacional. Sempre que tem folga nas gravações da novela, ele aproveita para apresentar-se com seu grupo e costuma agradar o público.

Liberada para mostrar Depois de circular sempre usando um enorme chapéu, finalmente Maria-

Gilbertos Samba - Gilberto Gil O CD "Gilbertos Samba" é uma reinterpretação de clássicos gravados por João Gilberto, de autores como Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Carlos Lyra e Caetano Veloso. Um pouco de tudo que João cantou, principalmente nos seus primeiros álbuns na voz marcante de Gilberto Gil, incluindo os sucessos "O Pato", "Desde que o Samba é Samba", "Você e Eu", "Eu Vim da Bahia", entre outros. Um lançamento da Sony Music.

DICADEfilme Um Álibi Perfeito Mitch (Dominic Cooper) sai com os amigos para um bar, e no fim da noite, embriagado, ele pega o carro para voltar para casa. Um homem aparece em seu caminho, e Mitch o atropela. Sem saber como agir, e pensando não ter sido visto por ninguém, ele deixa o cadáver na rua e foge. Nos dias seguintes, outro homem, Clinton (Samuel L. Jackson) é incriminado pelo assassinato, e o advogado chamado para defendê-lo é justamente Mitch.Ação Ano: 2013 - Duração: 91 minutos – Cor – 16 anos – Califórnia Filmes.

na Ximenes foi liberada para circular livremente e mostrar o visual composto especialmente para o filme “Mãos de Cavalo”. A atriz está com os cabelos ruivos e na altura dos ombros. Linda, como sempre!

Participação importante

Com tudo em cima Helena Ranaldi, a Verônica da novela “Em Família” conta que não faz grandes esforços para manter a beleza. A atriz não descuida da alimentação e dos exercícios, além de contar com os poderosos conselhos de sua dermatologista.

Thiago Mendonça interpretará Cazuza na série “As Grandes Entrevistas do Pasquim”, que será exibida pelo Canal Brasil. O ator faz o alcoólatra Dr. Felipe, no folhetim “Em Família”.

A dita frase “Eu era a treva. Sempre fui vaidosa, mas meu gosto era horrível. Era terrível”. Palavras da cantora Anitta, reconhecendo que não sabia como se vestir e combinar as roupas.

Audiência baixa Enquanto “Amor à Vida” tinha audiência nas

alturas, a novela “Em Família” não vem agradando aos telespectadores e a cada capítulo a audiência cai um pouco. Está na hora de a Globo analisar a situação e encurtar a novela o mais rápido possível.

Contrato novo

Segunda temporada

Cinara Leal estava de férias desde que encerrou a sua participação em “Flor do Caribe”, na qual fez a Nicole. Ela aproveitou o descanso para estudar no exterior, mas agora de volta ao Brasil negocia com a Globo um novo contrato, desta vez para atuar em “Falso Brilhante”.

A Record está feliz com a audiência de “Milagres de Jesus” e já encomendou ao autor Gustavo Reiz, os episódios da segunda temporada. Só para constar, Gustavo foi o responsável pela adaptação do texto do remake da novela “Dona Xepa”.

Siliconada

A mais nova siliconada da praça é a ex-”BBB” Paulinha. A moça turbinou os seios. Quem viu garante que ficou ótimo!

GASTRONOMIA

Arroz à Grega Arroz à Grega é um clássico da mesa. Vai bem como acompanhamento de carnes bovinas e aves assadas. Ingredientes: 3 colheres (sopa) de manteiga; 1 cebola picada; 2 dentes de alho picados; 2 cenouras descascadas e picadas; 100 gramas de vagem cortada em pedaços pequenos; 1 xícara (chá) de arroz cru;

2 xícaras (chá) de caldo de galinha quente; 1/2 xícara (chá) de ervilha em lata escorrida; 2 colheres (sopa) de passas(opcional); 2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado; sal a gosto. Preparo: Numa panela, leve ao fogo a manteiga e refogue a cebola até murchar. Junte o alho, a cenoura e a vagem. Continue

a refogar. Adicione o arroz e frite durante mais 2 minutos, mexendo sempre. Acrescente o caldo de galinha quente e sal a gosto. Tampe parcialmente a panela e cozinhe, em fogo brando, até secar o caldo. Retire do fogo, adicione as passas, a ervilha e o cheiro verde picado. Sirva a seguir. Variação: Se preferir, use ervilhas frescas congeladas. Neste

caso, afervente-as com sal antes de junta-las ao arroz e legumes cozidos. Na hora de refogar os legumes, junte milho em conserva ou mini milhos e continue o preparo como indicado na receita. Também pode ser preparado com arroz integral. Cozinhe o arroz integral em água. Refogue os legumes em separado. Na hora de servir, misture os legumes e o arroz cozido e tempere com azeite de oliva.

Saiba um pouco mais de Bruna Linzmeyer Nome: Bruna Linzmeyer Data de nascimento: 11 de novembro de 1992 Cidade natal: Corupá/SC Profissão: atriz Curiosidades: Bruna começou sua carreira aos 15 anos, quando participou do concurso “Garota Verão”, do Grupo RBS, afiliada da Rede Globo em Santa Catarina. Aos 16 anos, vislumbrando novos horizontes, muda-se para São Paulo. Na capital paulista, estudou Teatro, foi quando surgiu a oportunidade para fazer um teste para a minissérie “Afinal, o Que Querem as Mulheres?”. Aprovada, mudou-se para o Rio de Janeiro e passou a integrar o elenco de artistas da Rede Globo. Sua primeira novela foi “Insensato Coração”, na qual viveu a personagem Leila. A atriz também participou da série “As Brasileiras”, protagonizando o episódio “A Vidente de Diamantina”, em seguida ganhou o papel da dançarina Anabela, no remake de “Gabriela”. No ano passado ganhou destaque quando interpretou magistralmente a autista Linda em “Amor à Vida”. Agora está protagonizando a novela “Meu Pedacinho de Chão”, vivendo a doce e meiga professora Juliana, na qual sua personagem aparece de cabelos cor de rosa.


fraiburgo (sc) 7 à 13 de maio DE 2014

A10 Variedades

GERAÇÃO BRASIL

EM FAMÍLIA

Jonas se enfurece com Pamela e manda Gláucia embora de sua casa

Luiza diz que Helena está com ciúme de Laerte e recebe um tapa da mãe

>> Resumo das novelas da Rede Globo de 7 à 13 DE ABRIL. Os capítulos estão sujeitos a mudanças em função da edição da novela

17h55, na Globo

18h00, na Globo

19h30, na Globo

21h10, na Globo

QUARTA FEIRA

QUARTA FEIRA

QUARTA FEIRA

QUARTA FEIRA

Isaac ofende Martin, que cancela o jantar, apoiado por Micaela.Sofia e Anita voltam a ser amigas. Hernandez afirma à polícia que Antônio não é perigoso. Serguei se desespera com a falta de notícias de Flaviana.Giovana, Guilherme, Junior e Zureta se atrapalham com as tarefas escolares por causa da agenda de shows. Ben e Sidney conversam e retomam a amizade.Sofia e Anita marcam uma reunião de família para esclarecer a situação do triângulo amoroso com Ben.

Juliana confessa a Gina que ela e Ferdinando querem lhe comprar um vestido, e os dois a forçam a entrar na loja.Zelão sente ciúmes ao saber que Juliana foi à cidade das Antas com Ferdinando. Juliana sugere que Gina use o vestido novo na missa de domingo.Epaminondas é rude com Amância e a funcionária decide deixar a casa do coronel. Epaminondas resolve ir à missa para garantir que Pituca não fique perto de Serelepe.

Megan é levada para um hospital, e paparazzi fotografam o acidente.Davi, Herval e Rita comemoram a aceitação dos investidores. Jonas fica tenso ao saber que Alex está escrevendo um livro com os segredos de sua família.Arruda flagra Manuela mexendo em seu computador. Brian arma um plano contra Alex e pede a ajuda de Megan. Igor sofre um acidente, e Manuela o acompanha até o hospital.Verônica consegue uma chance como jornalista de um site. Brian desmascara Alex no palco.

Felipe anuncia para a família que a cirurgia de Cadu foi um sucesso e todos comemoram. Juliana diz a Guiomar que não vai ao hospital ficar com a família para não prejudicar sua gravidez. Flavinha se sai muito bem na sessão de fotos. Shirley sugere que a festa de Leto seja na beira da piscina e o filho aceita. Jairo compra uma camisa do Flamengo para seu bebê com Juliana. Em Goiânia, Virgílio se emociona ao saber que o transplante de Cadu foi bem-sucedido.

QUINTA - FEIRA

QUINTA - FEIRA

QUINTA - FEIRA

QUINTA - FEIRA

Martin acolhe Micaela.Ben dá dicas sobre Sofia para Sidney, que decide investir mais em si mesmo para agradar a menina. Anita incentiva Sofia a procurar escolas nos Estados Unidos. Martin marca uma reunião com os pais de Micaela, e o casal começa a se entender com Isaac. Abelardo sofre pela falta de Bernardete.Caetano visita Anita e Sofia, e Ronaldo desaprova. Giovana decide falsificar documentos para participar do festival.

Gina se recusa a colocar o vestido novo para ir à missa.Renato diz a Ferdinando que está começando um namoro com Juliana. Ferdinando revela ao médico que está interessado por outra pessoa. Zelão não aceita o dinheiro que Epaminondas lhe oferece como sendo o valor correto pelos serviços prestados e desafia o patrão.Juliana fica indignada com a atitude de Epaminondas e diz a Ferdinando que não entra mais na casa do coronel, nem para dar aulas a Pituca.

Manuela repreende Fred por mentido para ela. Jonas afirma a Pamela que não reatará com sua família do Brasil.Sílvio se preocupa com a mesada que recebe do irmão. Davi ouve a voz de Manuela como Maya e fica fascinado. Manuela não consegue contar para Igor a verdade sobre Fred.Davi sonha com Maya. Chega o dia em que a família Marra voltará ao Brasil. Jonas pede para Brian guardar sua carta. Os funcionários da Marra International fazem uma homenagem para Jonas.Pamela conta para Dorothy sobre Herval.

Juliana chega com Jairo à casa de Cadu e Clara e há um constrangimento geral na família. Luiza diz a Alice que está completamente apaixonada por Laerte. Virgílio e Helena combinam de tentar brigar menos. Ivan cuida de Cadu, deixando Clara emocionada.Bárbara admite para André que ainda é virgem e ele diz que ela merece um homem que a ame de verdade. Silvia visita Cadu em casa.

SEXTA - FEIRA

SEXTA - FEIRA

SEXTA - FEIRA

SEXTA - FEIRA

Flaviana conta que voltou para ficar com Serguei. Bernardete tem uma crise de choro por causa do filho de Caetano. Ronaldo aconselha Martin a pedir a ajuda do pai para voltar a estudar. Caetano conversa com seu advogado sobre a possibilidade de se entregar à polícia.Antônio provoca um acidente na sua cabana na frente de Hernandez. Giovana e sua banda são desmascaradas no festival. Kellen revela a Martin que seu pai está orgulhoso e que ele poderá retomar sua vida antiga. Sidney prepara um encontro com tudo o que Sofia gosta de fazer. Abelardo e Bernardete se reconciliam. Anita descobre um desenho de Antônio em sua mochila, com a descrição do acidente da cabana.

Giácomo fica assustado quando Zelão comenta que é capaz de matar Epaminondas se o coronel não pagar o que lhe deve.Ferdinando procura Epaminondas para avisar que não o deixará prejudicar Zelão e sua mãe. Pituca culpa Epaminondas por Juliana não querer dar mais aula para ela.Catarina avisa a Amância e Rosinha que vai sair de casa levando Pituca.

Os alunos da faculdade fazem uma manifestação contra o professor Solano, e Davi e Matias comemoram.A família Marra chega ao Brasil. Ernesto arma um encontro com Jonas. A família Marra dá uma coletiva ao chegar no hotel. Gláucia invade a coletiva, e Jonas tenta conter a irritação.Murphy não deixa Marisa se aproximar de Pamela e Megan. Jonas passa mal no corredor. Matias e Davi ajudam Rita com a festa na Plugar.Herval procura Pamela no hotel. Jonas aceita discursar na Tecnow.

Selma diz a Laerte que jamais aceitará Luiza como nora.Dulce incentiva André a dar uma chance para Bárbara. Theo insiste com Neidinha para saírem juntos novamente. Laís fica magoada quando Felipe a chama de Silvia sem querer.Na ONG, Malu diz a Alice que gostaria de conversar melhor com Neidinha. Luiza diz a Laerte que não quer aturar as provocações de Shirley.Benjamim toca piano para os idosos da casa de repouso, mas Miss Lauren aparece para acabar com a festa.

SÁBADO

SÁBADO

SÁBADO

Epaminondas tenta impedir que Catarina saia de casa, mas ela está decidida a deixar o marido e morar na capital com Pituca.Sem ser visto, Serelepe esvazia os pneus do carro, para que Pituca não viaje com a mãe. Catarina acusa Epaminondas de furar os pneus.Giácomo indica Mãe Benta para ser enfermeira do pronto-socorro de Renato, mas o médico não acredita que ela seja capacitada para isso.Zelão diz a Rodapé que se matriculará na escola com ele e promete que conquistará Juliana.

Megan pede para voltar com Dorothy para a Califórnia.Pamela recebe uma mensagem de Herval. Verônica ganha um computador de Barata. Marisa se insinua para Vander. Dante seduz Rita.Manuela afirma a Igor que sua vida mudará depois da Tecnow. Jonas não percebe quando um drone pousa na varanda de sua suíte. Marisa orienta Danilo para seduzir Megan. Verônica devolve o presente que ganhou de Barata. Ernesto fica fascinado com Pamela. Igor tem uma conversa séria com Fred, e Manuela se emociona.

Marina e Vanessa discutem sobre as finanças do estúdio.André fica incomodado ao ver Luiza e Laerte juntos. Nando dá apoio jurídico a Alice e Malu na investigação dos casos de estupro. Flavinha diz a Gisele que a cliente gostou de suas fotos e que talvez peça outros ensaios. Flora joga charme para Benjamim. Juliana se decepciona com mais um comportamento grosseiro de Jairo.Helena se irrita ao falar com Virgílio sobre o namoro de Luiza e Laerte.

SEGUNDA - FEIRA

SEGUNDA - FEIRA

SEGUNDA - FEIRA

SEGUNDA - FEIRA

Sofia se emociona com as atitudes de Sidney. Abelardo pede Bernardete em casamento.O desenho de Antônio desaparece do papel, e Anita se preocupa. A banda de Giovana é classificada para a final do festival, mas Guilherme afirma que não desobedecerá a seu pai. Junior estranha a proximidade entre Sofia e Sidney. Anita desconfia quando Bruna pede para ir ao casarão pegar um pertence de Antônio como recordação.

Ferdinando confessa a Gina que sente vontade de beijá-la.Mãe Benta diz a Serelepe que sabe que foi ele quem esvaziou os pneus do carro do coronel Epaminondas. Mãe Benta esconde as balas do revólver de Zelão com medo do que o filho possa fazer.Epaminondas diz a Catarina que ela pode chamar Ferdinando para morar com eles. Serelepe confessa a Pituca que foi ele quem esvaziou os pneus do carro.Pituca diz a Tuim que quer se casar com Serelepe quando crescer.

Danilo se apresenta para Megan. Murphy flagra Manuela mexendo no projetor.Jonas e Verônica trocam olhares. Pamela se surpreende com a apresentação de Luene no show de calouros. Davi instala um vírus no computador de Jonas.Jonas conquista a plateia, e Davi fica apreensivo. A imagem de Manuela surge no projetor em que Jonas faria sua palestra. Megan pede para conhecer o quarto que foi de seu pai.Jonas pede para falar com Manuela.

Em uma conversa franca, Clara diz a Chica que ama Cadu e Marina igualmente.Laerte se chateia ao perceber que Luiza foi embora da casa de Cadu sem falar com ele. Chica admite para Clara que tem um pouco de preconceito ao ver duas mulheres juntas.Benjamim recebe na casa de repouso um rapaz mais jovem à procura de Miss Lauren. Durante a sessão de fisioterapia, Cadu reclama de dores com Gabriel.Juliana fica indignada por Jairo preferir sair com os amigos a ficar com ela em casa.

TERÇA - FEIRA

TERÇA - FEIRA

TERÇA - FEIRA

TERÇA - FEIRA

Pedro sugere que um admirador de Antônio esteja perseguindo Anita.Serguei e Flaviana finalmente voltam para o salão. Caetano comunica à família de Vera que vai se entregar à polícia. Anita e Pedro desconfiam de que Bruna seja a autora do desenho.Sofia confessa para Flaviana que tem medo de ser magoada por Sidney. João Luiz e Raíssa conversam com Guilherme sobre a adoção.

Pedro Falcão maldiz Ferdinando para Gina.Rodapé e Mãe Benta comentam sobre a volta de Ferdinando para a casa de Epaminondas sem entender o motivo da reconciliação entre pai e filho.Pedro Falcão sente-se traído e comenta com Giácomo que não quer mais saber de Ferdinando. Dona Tê avisa a Gina e Juliana que não permite a entrada de Ferdinando em sua casa.Epaminondas manda chamar Serelepe. Ferdinando insiste para Epaminondas deixá-lo trabalhar nas terras da fazenda.

Sandra faz acusações sobre Jonas.Herval se oferece para ajudar Pamela a encontrar a filha. Pamela repreende Megan por procurar a família do pai. Jonas descarta o broche de Sandra, que na verdade é uma câmera.Verônica e Jonas pensam um no outro. Domênico convida Manuela para morar com ele em São Francisco. Manuela convence Igor a fazer seu show.Megan combina de se encontrar com Danilo. Davi, Rita e Herval recebem os investidores na Plugar.

Luiza e Laerte se beijam, mas ela freia qualquer inciativa mais ousada dele e pede um tempo. Nando vai à casa de Juliana e deixa com Guiomar uma caixa de bombons para a ex-mulher. Chica diz a Ricardo que ficou arrasada ao ver Felipe embriagado, largado na calçada. Clara e Marina conversam no bistrô e Verônica percebe o clima íntimo entre as duas.Gisele coloca Zu contra a parede e descobre a armação de Branca contra Ricardo.

SÁBADO Não há exibição.


fraiburgo (sc) 7 à 13 de maio DE 2014

Variedades A11

HUMOR

DICA PARA CASA Tirando a casca

sas na parte mais ventilada do varal.

Para descascar abóboras com facilidade, experimente fazer vários furos na casca e deixar alguns minutos no micro-ondas. É obrigatório fazer os furos para que a abóbora não “exploda”. Quando perceber que está amolecida, é só descascar e preparar como quiser.

Secadora de roupas

Se você tem secadora de roupa, não terá problemas, mas antes de colocar as peças lavadas para secar, verifique as instruções da etiqueta, uma vez que determinados tecidos não podem ser secos dessa maneira.

Dica importante I

Não bata demais o ovo para empanar carne, croquetes ou rissoles. A fritura ficará mais sequinha.

Dica importante II

Rodelas de limão na água do banho-maria evitam que o alumínio escureça.

Secar roupas no

outono/inverno

Com a chegada do frio, as roupas demoram mais para secar. Uma boa dica é colocar menos peças no varal, intercalando peças mais grossas com outras mais finas e não sobrepondo umas às outras. E procure deixar as roupas mais gros-

Feijão gostoso

Na hora de cozinhar o feijão, junte um buquê feito com louro, cebolinha e salsa amarrados juntos. Na hora de temperar, retire descarte o buquê e acrescente alho socado e cebola picadinhos e fritos, sal e pimenta do reino a gosto.

HORÓSCOPO DA SEMANA Áries

Deixe o desânimo de lado e não dê ouvidos às conversas de pessoas negativas. O período é propício para as novas amizades. No trabalho não se precipite e use a inteligência.

Touro

Não se preocupe, pois quando uma porta se fecha, duas janelas se abrem. Grandes oportunidades no trabalho estão previstas para o período. No amor, procure ser mais compreensivo.

Gêmeos

O momento é favorável para viagens curtas e para qualquer coisa que queira iniciar. Favorável à comunicação com amigos e familiares. Cultive o bom ânimo e tenha uma ótima semana.

Câncer

O período é propício ao relacionamento familiar e às reconciliações. Bom também para novas amizades. No setor profissional tenha cautela e pense antes de dar a sua opinião.

Leão

Procure não se envolver com os problemas alheios. Tenha muita cautela com os assuntos relacionados ao dinheiro. O período é propício às viagens e ao amor.

Virgem

Deixe tudo como está e o tempo vai se encarregar do resto. Os problemas acabam se resolvendo naturalmente. Tenha cautela com assuntos financeiros e cuide da saúde.

Libra

Fase propícia para melhorar o nível social, aumentando as chances de êxito profissional. Cautela ao mexer com dinheiro, principalmente o alheio. Favorável ao amor e aos passeios.

Escorpião

Pense bem antes de tomar atitudes precipitadas, principalmente no trabalho. Não confie muito em opiniões alheias e siga seus objetivos. No amor, o período é propício para acertar algumas arestas.

Sagitário

O período favorece a livre manifestação de sua capacidade criativa. Mas não pense que as coisas caem do céu. Favorecido para os investimentos, mas cuidado com o trato com pessoas.

Capricórnio

O período indica muita agitação e acontecimentos imprevisíveis. Bom para viagens de negócios e para resolver assuntos pendentes há muito tempo. Tenha cautela ao lidar com dinheiro.

Aquário

Bom para os passeios e o relacionamento com os amigos. Saiba aproveitar e aprender mais nesta troca de ideias. Propício para as viagens.

Peixes

Os sentimentos amorosos serão mostrados de forma exaltada. Evite as atitudes extremas para não afastar as pessoas queridas. Coloque os seus planos em prática e procure seguir a sua intuição.

Por que a loira pois gelo em cima do aparelho de DVD? Porque ela queria congelar a imagem... Porque a loira sempre tem chulé só no pé esquerdo? Porque quando era pequena a mãe sempre dizia:"Lavaesse pé direito". Como se faz para deixar uma loira ocupada o dia inteiro? Mande ela contar degrau de escada rolante. Porque a loira faz um furo no guarda-chuva quando está chovendo? Para ver quando a chuva vai parar. Porque a loira jogou o

Piadas de loiras shampoo pela janela? Para ver se era anti-queda! Porque a loira ficou tão feliz e orgulhosaquando terminou de montar aquele quebra-cabeþa em apenas 6 meses? Porque na caixa estava escrito: "De 2 a 4 anos". Porque a loira jogou uma lampada do 8 andar? Para medir a velocidade da luz ! Porque a loira colocou gelo na TV? Para congelar a imagem ! Porque a loira abre o leite no mercado? Porque esta escrito "abrir aqui" ! Porque a loira sobe no

PALAVRA CRUZADA

coqueiro quando está chovendo? Para ver como que a água entra no coco. Porque as loiras quando viajam de avião não se sentam perto da janela? Para não desmanchar o penteado. Qual a diferença entre uma loira e uma limusine? Não é fácil ter uma limusine. Como você faz para divertir uma loira por algumas horas? Escreve dos dois lados de uma folha de papel: "Vire por favor".


fraiburgo (sc) 7 à 13 de maio DE 2014

A12 Contra-Capa

EM ESTUDO

Reunião discute a realização de Feirão

A idéia é unir todos os sete núcleos atendidos no programa Empreender da Associação Empresarial, em um final de semana de exposição de trabalhos e resultados

A

reunião da diretoria da Associação Empresarial de Fraiburgo (ACIAF), realizada dia 29 de maio, contou com discussões importantes sobre a viabilização do Feirão do Empreender. A idéia, inovadora na região, pretende unir todos os sete núcleos atendidos no programa Empreender da Associação Empresarial, em um final de semana de exposição de trabalhos e resultados. Para o presidente da ACIAF, Jorge Pederiva, a iniciativa já conta com o apoio da diretoria “Somos favoráveis a essa iniciativa, tendo em vista, que contribui para a

valorização desse programa, que já tem apresentado tantos resultados positivos. O feirão possibilitará que mais pessoas conheçam e façam parte dessa iniciativa” destaca. A apresentação na reunião da diretoria visou buscar apoios interno e de associados, no entanto a programação ainda não está definida. A previsão é que o evento possa ser realizado em meados dos meses de setembro ou outubro. A idéia surgiu dos próprios núcleos, e como alguns já possuem uma ação semelhante anual, o Feirão do Empreender, buscou globa-

divulgação/JORNAL Informe

lizar a iniciativa entre todos os núcleos da ACIAF. Nova sede também em discussão Outro tema que ganhou destaque na reunião da diretoria foi a viabilização da nova sede da Associação Empresarial. Com aproximadamente 20 anos de atuação no município, a ACIAF busca construir uma sede própria, que atenda as necessidades locais. As tratativas para a viabilização desse projeto foram discutidas entre os membros e ficou claro que é fundamental para o futuro da entidade.

Reunião foi realizada pela Aciaf, em sua sede

Reforço em matemática e português nas escolas do estado As aulas do Programa Estadual Novas Oportunidades de Aprendizagem na Educação Básica (PENOA), criado pela Secretaria de Estado da Educação (SED), começaram na segunda-feira, 5, nas escolas da rede estadual de ensino. Cerca de 24.740 estudantes serão beneficiados com o reforço escolar nas

disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. O PENOA atenderá alunos do 3º ao 8º ano do Ensino Fundamental e do 1º do Ensino Médio que apresentarem lacunas de conhecimento no processo de leitura, de produção textual oral e escrita e de cálculo. O objetivo é garantir que o alu-

no consiga superar a defasagem de conteúdo apresentado em Língua Portuguesa e Matemática. As aulas serão oferecidas no contraturno, duas vezes por semana. Os mil docentes que irão ministrar as aulas de reforço receberam capacitação ao longo do ano passado. Nas atividades desenvolvidas

com os alunos, os professores trabalharão a compreensão e interpretação de textos, produção de escritas, leituras e momentos de discussões com registros escritos e desenvolvimento de habilidades e estratégias mentais relacionadas ao cálculo no processo pedagógico (foco na adição/multipli-

cação e subtração/divisão). Segundo a diretora de Educação Básica e Profissional da SED, Marilene Pacheco, o trabalho pedagógico do PENOA terá por base a Proposta Curricular de Santa Catariana e o currículo descrito no documento “Orientação Curricular com foco no que ensinar: Con-

ceitos e Conteúdos para a Educação Básica-2011” "A recuperação é um dos aspectos da aprendizagem no qual o aluno, com aproveitamento insuficiente, dispõe de condições que lhe possibilitem aprender conteúdos básicos. Este programa possibilitará êxito na aprendizagem", destaca Marilene.


Informe- Fraiburgo - Edição 429