Issuu on Google+

INFORME FORME rEDE DE JorNAIS

GrANDE FlorIANÓPolIS

Tempo Hoje

23 13º

FIM DE SEMANA, 2,3 E 4 de JULHO de 2012 . ANO 1 . NO 72 - |

http://issuu.com/jornal_informe |

vanderley luxemburgo foge do tema ronaldinho PÁG PÁG A05 A11

@jornalinforme |

jornal-informe

Jogadora da seleção faz ensaio e espera propostas PÁG A11 DIvulGAção/INForME

reforça atendimento à população de rua PÁG A05 DIvulGAção/INForME

homem apresenta CNh com lSD em blitz policial PÁG A06

Mostra celebra aniversário da Cinemateca PÁG A06

reforma no Centro Educacional vida Nova PÁG A07

Idoso é acusado pela vítima por cometer o crime outras duas vezes

Idoso é flagrado com menina de 14 anos com problemas mentais Orides do Amaral Antunes, 68 anos, estava com a vítima dentro de seu carro, um GM Corsa, em meio a um matagal na Avenida das Torres, no Bairro Areias em São José. A vítima, que possui deficiência intelectual, disse à polícia que receberia R$ 20,00 para fazer programa com o idoso PÁG A12


A 02

Eduardo Bisotto

FIM DE SEMANA, 2,3 E 4 de JULHO de 2012

FrASE Do DIA “A paciência é mais heróica das virtudes, justamente por não ter nenhuma aparência de heroísmo”. Giacomo leopardi

Agora vai?

tomando a lição

Secretário Valdir Cobalchini (PMDB) tem afirmado a interlocutores que acredita que, independentemente dos problemas enfrentados pelo governo Colombo até aqui, não tem como não dar certo assim que as obras cujos editais já foram assinados (R$ 400 milhões só esta semana, mais R$ 400 milhões em abril, mais R$ 2 bilhões por vir do governo federal), começarem a ser executados. Na avaliação do Secretário, todos os problemas ficarão para trás e o povo ficará com o que realmente interessa: as obras. A conferir.

N

esta segunda-feira (4), em Lages, o governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira vão conferir as medidas de redução apresentadas no final de abril estão surgindo efeito. Os secretários estaduais, regionais e os presidentes de empresas e autarquias, um a um, vão apresentar os seus desempenhos de contenção de gastos durante o mês de maio.

Pracinha do estreito

Tomando a lição 2 Os titulares de cada pasta devem enxugar o custeio com as medidas determinadas,

como corte de terceirizados e alugueis de carros, e outras ações inovadoras. A SDR de

Brusque, por exemplo, acabou com o Xerox colorido e economizou R$ 1,2 mil em 20 dias.

Tentando explicar

Tentando explicar 3

Secretário adjunto da Segurança Pública, Coronel PM Fernando Rodrigues de Menezes, divulgou na tarde de hoje (31) nota oficial sobre seu indiciamento no inquérito policial que apura o desvio de sucatas do Complexo Administrativo da SSP. O Coronel está sendo acusado de ser beneficiário de um suposto esquema de desvios de veículos que deveriam ser destruídos e estariam sendo repassados para ferro velhos.

Este escriba faz um único e rápido comentário: A mulher de Cesar deve parecer honesta, além de ser honesta. Se sou o governador Colombo, exonero o Coronel, até por se tratar de cargo de confiança. Se sou o Coronel, já teria pedido pra sair. Até em sinal de respeito a um governador que lhe deu um voto de confiança ao indicá-lo para cargo tão importante. Vale lembrar que esta foi a atitude do então ministro da Casa Civil, Henrique Heargreves, no governo Itamar Franco. Comprovada sua inocência, acabou voltando para o cargo.

Pracinha do estreito 2

Tentando explicar 2 No item 6 da nota, após diversas explicações de caráter técnico, afirma o Coronel: “Destaque-se que após rumores de irregularidades havidas no Complexo Administrativo da SSP em São José, solicitei de imediato

ao Exmo. Sr. Secretário a abertura de Sindicância Investigativa Interna, no âmbito da SSP, para apurar essas irregularidades”. E finaliza, no item 9, aparentando tranqüilidade: “Esclareço, por derradeiro, que tudo fiz dentro

dos basilares princípios da ética, da transparência e da moralidade administrativa. Estou tranquilo, já que a partir deste momento nova fase se inicia, esta sob o controle e tutela do Poder Judiciário e do Ministério Público”.

Vice Partido dos Trabalhadores realiza amanhã, das 14h às 18h, na Fecesc, o encontro para definição da candidatura do PT a vice-prefeitura na chapa encabeçada pela comunista Ângela Albino (PCdoB), nominata de vereadores, diretrizes para o Programa de Governo e atuação legislativa com os mesmos delegados e delegadas. Segundo o presidente Nildomar Freire “aprovaremos também a nominata de vereadores(as) petistas que apresentará chapa proporcional em separado, na coligação”.

eXPeDienTe

Revitalizar o espaço de convívio social. Com esse propósito, após receber o pedido da comunidade, o vereador Cesar Faria solicitou à Prefeitura Municipal e órgão competente, Secretaria do Continente, reformas na Praça Nossa Senhora de Fátima. Manutenção, limpeza e conservação estão incluídas na matéria que foi apreciada e aprovada na Câmara Municipal de Florianópolis em março de 2012.

A resposta da Secretaria Municipal do Continente veio no dia 30 de abril. Em nota, o órgão citou que a limpeza do local já havia sido realizada. E quanto à revitalização da mesma afirmou que será necessário aguardar a licitação “Reformas de Parques e Praças do Continente”, a

qual está na Diretoria de Licitações. A reforma da quadra, somada à utilização do espaço público ocioso, motiva a prática de esporte nas comunidades. Revitalizar o espaço público não é somente com a compra de equipamento e sim desenvolver outro tipo de ocupação.

Quase Durante anos o paulista Castilho Cabral acreditou que quase foi ministro de Jânio Quadros. Tudo por causa de um telefonema nos dias em que o presidente eleito se encontrava em Paris: “Monsieur Castilhô... Monsieur Quadrôs...”, anunciou o telefonista. A voz de Jânio apareceria em seguida: - Castilho, meu bem! Preciso de você no ministério, mas quero uma resposta agora... Subitamente um ruído cortou a conversa, naqueles tempos sem DDD. - Monsieur Castilhô, São Paulô... – insistia o tal telefonista, entre chiados. Era tudo uma brincadeira de dois amigos, Otto Lara Rezende (o “telefonista” parisiense) e José Aparecido de Oliveira, imitando Jânio.

PÚBLICAÇÃO: Informe Editora Jornalística LTDA LTDA CNPJ 15.020.627/0001-81

DireÇÃo GerAl: JornAlisTA resPonsÁvel: Adriano Ribeiro Adriano Ribeiro 48 3240-9643 0002902SC

CoMerCiAl: Ivon Matoso 48 3240-9643

http://issuu.com/jor nal_infor me |

eDiÇÃo Eduardo Bisotto 48 3240-9643

@jor nalinfor me |

ConTATo

ProJeTo GrÁFiCo: Dóda Design www.dodadiagramador.com.br

jor nal-infor me |

GrÁFiCA: Rede de Jornais Informe

TirAGeM 4 mil

Rua General Eurico Gaspar Dutra, nº952 Bairro Estreito CEP 88.075-100 Florianópolis-sc

E-mail: redacaofloripa@jor nalinfor me.com.br


Geral

FIM DE SEMANA, 2,3 E 4 de JULHO de 2012 SE voCÊ ainda não participou das oficinas de artesanato ministradas pela Profª Elenir, está perdendo a oportunidade de aprender cartonagem, costura em feltro, pachtcolagem e muitas outras técnicas que poderão servir de alternativas para a confecção de presentes e decoração de sua casa, além de assessórios de uso pessoal.

A 05

PrEFEIturA: São JoSÉ

reforça atendimento à população de rua As ações são complementadas com o "Serviço especializado de Abordagem Social", que acolhe denúncias da comunidade josefense de pessoas que vivem nas ruas.

A

Secretaria de Assistência Social (SAS) de São José anuncia o início da Operação Inverno III, que presta atendimento social à população em situação de rua durante o período de inverno. O serviço oferece 15 vagas de pernoite (13 masculinas e 2 femininas) na modalidade albergue, bem como durante o dia recepciona e acolhe os usuários no "Serviço Especializado à População em Situação de Rua". Para garantir o apoio a essa população, o “Serviço Especializado à População em Situação de Rua” identifica e cadastra essa população, por meio de atendimento técnico especializado realizado por educadores sociais, psicólogo, assistentes sociais e técnico de enfermagem. Além disso, distribui roupas, oferece quatro refeições por dia e promove grupos, assembleias e oficinas de saúde. As ações são complementadas com o "Serviço Especializado de Abordagem Social", que acolhe denúncias da comunidade josefense de pessoas que vivem nas ruas em São José e realiza abordagem assistencial no período noturno em parceria com a "Associação Projeto Restaurar". Todas as quintas-feiras à noite uma equipe da Prefeitura se desloca

DIvulGAção/INForME

o Projeto rede rua está no seu primeiro ano em São José e já apresenta bons resultados

em conjunto com membros da Associação para identificar os espaços noturnos de sobrevivência e moradia desta população nas ruas da cidade. Esses dois serviços da Política Nacional de Inclusão para Pessoas em Situação de Rua integram o Projeto Rede Rua, implantado efetivamente em fevereiro deste ano. A base do trabalho se desenvolve na perspectiva da construção de um vínculo com os sujeitos atendidos a partir do desejo da saída das ruas. “A proposta não é higienizar o espaço da cidade, obrigando as pes-

soas a saírem das ruas, pois elas possuem o direito de ir e vir, esses direitos estão garantidos na atual Constituição Federal de 1988. O projeto visa construir junto com eles o desejo de sair das ruas”, explica a coordenadora do Projeto Rede Rua, Ciberen Ouriques. Os usuários do Rede Rua são atendidos durante o dia em um equipamento denominado “Centro Pop” – Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (unidade de atendimento que oferece às famílias o acompanhamento de

indivíduos que tiveram seus direitos violados e vínculos familiares e comunitários rompidos ou desfeitos). O Centro Pop funciona na Rua Constâncio Krummel, 2119, Bairro Praia Comprida. O local possibilita aos moradores guardarem seus cobertores, oferta de materiais de higiene pessoal e provisão de documentação civil. O Projeto Rede Rua está no seu primeiro ano em São José e já apresenta bons resultados. Os profissionais do Projeto comemoram a saída de 20 a 30 pessoas das ruas.

“Os usuários, juntamente com os técnicos, publicam um blog (sjrederua. blogspot.com), onde disponibilizam fotos, informações sobre os serviços oferecidos à população de rua pela SAS, download de materiais de apoio para quem quer saber mais sobre o assunto. O trabalho é realizado juntamente com eles, que participam das reuniões do corpo técnico dando sugestões e imprimindo as regras dentro da casa”, esclarece a coordenadora. Para fortalecer o desejo de deixar as ruas, a equipe da Secretaria de Assistência Social está apoiando a constituir um movimento social de defesa de direitos desta população. “Com esses encontros do movimento, observamos que a população de rua de São José retoma compromissos, forma vínculos e quer ser exemplo um para os outro”, cita Ciberen Ouriques. Dentro da Operação Inverno III está acontecendo a Campanha do Agasalho do Projeto Rede Rua. Quem tiver interesse em doar roupas e cobertores para essa população pode se dirigir até o Centro Pop, que fica na Rua Constâncio Krummel, 2119, na Praia Comprida, ou entrar em contato para que as roupas possam ser encaminhadas para a população de rua através dos telefones 3257-5802 ou 3257-3110.

FlorIANÓPolIS

PMDB PENSA FlorIANÓPolIS

Oficinas de artesanato em junho

Partido discute Plano de Governo na Bacia do Itacorubi

Se você ainda não participou das oficinas de artesanato ministradas pela Profª Elenir, está perdendo a oportunidade de aprender cartonagem, costura em feltro, pachtcolagem e muitas outras técnicas que poderão servir de alternativas para a confecção de presentes e decoração de sua casa, além de assessórios de uso pessoal. Basta você se inscrever e comprar o kit para a confecção de uma peça ou objeto único e original e mais, feito por você. As aulas são ministradas gratuitamente! Para este mês estaremos tendo oficinas todas as 2ª e 5ª feiras, das 14h às 17h. Venha e partici-

O quinto encontro “PMDB Pensa Florianópolis” lotou o Centro Comunitário do Parque São Jorge, nessa quinta-feira (31). A noite fria não espantou a população, que foi elogiada pelo presidente da Fundação Ulysses Guimarães (FUG), professor César Barros Pinto, por comparecer à reunião e ajudar a pensar no futuro da cidade. A organização dos encontros é realizada pela FUG, sob o comando do diretor da Fundação, Gean Loureiro. Essa foi a última reunião de abrangência local, que passou pela Coloninha, Ingleses, Rio Tavares e Barra da Lagoa. A próxima reunirá todas as propostas para definir o Plano de Governo da Capital. Nesses encontros, a população teve

DIvulGAção/INForME

Exemplo de Patcholagem

pe dessas atividades. Siga o nosso facebook e confira toda a semana as novidades:http://www.facebook. com/bibliotecabarreirosfilho

a oportunidade de criticar, elogiar e propor ideias para o partido, falando no microfone e/ou deixando sugestões por escrito, as quais foram todas registradas pela equipe do professor César Barros Pinto. Entre os assuntos levantados pelos moradores da Bacia do Itacorubi está o crescimento excessivo de construções nas redondezas e uma maior segurança nos bairros. A mãe de dois filhos moradora do Morro do Quilombo, dona Ilta, defendeu a construção de uma quadra de esportes, e que continuem investindo nas áreas de lazer para as crianças, assim como na área de educação. Patrícia Alves de Souza, do Movimento de Mulheres Trabalhadoras Urbanas, elogiou

a criação das coordenadorias em prol das mulheres, crianças e adolescentes realizadas na gestão Dário Berger e sugeriu que continuem investindo em cursos de empreendedorismo. O líder do Morro do Quilombo, Bonifácio Clemente, e o morador Jorge campos também levantaram essa questão, alegando que a qualificação profissional, com cursos técnicos, é uma forma de garantir o futuro do adolescente. O vice-presidente do Conselho Comunitário do Parque São Jorge, Hilton Barreto, relatou que há seis anos a comunidade se reúne para discutir melhorias para a região, e que eles têm um Plano Diretor alternativo da Bacia do Itacorubi pronto, que será entregue ao partido dia 12 de junho.


A 06

Florianópólis DIvulGAção/INForME

FIM DE SEMANA, 2,3 E 4 de JUNHO de 2012

CoMErCIANtES da área central da cidade estão discutindo a repaginação das ruas Francisco tolentino e Conselheiro Mafra, a exemplo da rua vidal ramos, que se transformou em um verdadeiro shopping a céu aberto.

Tamiflu será distribuído na rede pública A dispensação do medicamento Oseltamivir no município de Florianópolis, a partir de junho de 2012, será feita nas UPAs e nas Farmácias de Referência Distrital: Policlínicas Norte, Sul, Centro e

A mostra principal, exibida em vídeo, será uma homenagem ao grupo responsável pela propagação dos ideais da arte moderna em Santa Catarina: o Grupo Sul

Mostra celebra aniversário da Cinemateca

Continente, CS Trindade, CS Saco Grande e CS Lagoa da Conceição. Os hospitais de Florianópolis também disponibilizarão o tratamento para os pacientes atendidos nestes estabelecimentos.

Concurso vai eleger logomarca do Programa A Secretaria Municipal de Educação receberá até o dia 13 de julho sugestões para a logomarca do Programa Educação para Cultura de Paz. Podem participar alunos do Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos. O material deve ser enviado para o gabinete da Secretaria Municipal de Educação, na rua Conselheiro Mafra, nº 656, sala 502 (CEP: 88010-914) ou para o e-mail sueli@pmf.sc.gov.br, aos cuidados de

Sueli Amália de Andrade. Os desenhos representarão o slogan do programa: “Haja Paz na Terra a Começar em Mim”. O material deve ser enviado em folha A4 e colorido. O nome do aluno, ano e escola é necessário constar no verso da folha escrito a lápis. O resultado do concurso será divulgado até o dia 15 de agosto. A comissão julgadora será composta por cinco pessoas pertencentes ao quadro de diretores da SME. DIvulGAção/INForME

estão previstas sessões de cinema e debates de 4 a 10 de junho no Museu da Imagem e do Som de SC

D

e 4 a 10 de junho, a sala de exposição do Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS), no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis, será palco da celebração dos 26 anos da Cinemateca Catarinense. Em cartaz: Mostra 26. Todos estão convidados para momentos de exibição, reflexão e debates. A Mostra 26 se divide em dois eixos. A mostra principal, exibida em vídeo, será uma homenagem ao grupo responsável pela propagação dos ideais da arte moderna em Santa Catarina: o Grupo Sul. Membros do grupo eram também responsáveis pelo Clube de Cinema do Círculo de Arte Moderna (também conhecido como Clube de Cinema de Florianópolis) e mantinham a publicação regular de textos sobre cinema no “órgão oficial” do Grupo, a revista modernista Sul (30 números, entre 1948 – 1957). A programação da mostra principal tenta ser uma síntese do debate sobre cinema em foco na revista. No que dizia respeito aos possíveis modelos de desenvolvimento para o cinema no Brasil, os debates da época, nos quais o Grupo participava, se dividiam entre os defensores da comédia popularesca/musical produzida pela Atlântida, no Rio de Janeiro, e os partidários do modelo de desenvolvimento industrial capitaneado pela Cia. Cinematográfica Vera Cruz, em São Paulo. Era, sem dúvida, nessa última corrente que os membros do grupo desejavam se integrar naquele mo-

mento. Daí a presença na programação da Mostra 26 de filmes como Floradas na Serra (1954), Caiçara (1950), Terra é sempre terra (1951), Na senda do crime (1954) e Apassionata (1952), representantes da linha mais “séria” de filmes da Vera Cruz, com filmes mais dramáticos, cujas preocupações estéticas estariam, supostamente, mais próximas daquelas do afamado diretor artístico da companhia, o cineasta Alberto Cavalcanti. Contudo, o foco dos cinéfilos catarinenses não se restringia a estes aspectos da cinematografia brasileira que lhes era contemporânea. Eles estavam atentos também ao desenvolvimento de correntes do cinema europeu – particularmente do cinema italiano e do cinema francês, e dos ecos dessas correntes no Brasil. Daí o entusiasmo de Salim Miguel, um dos principais expoentes do Grupo, com o filme de Nelson Pereira dos Santos, Rio 40º (1955), bem como o de Antônio da Silva Filho para com o filme gaúcho Vento Norte, de Salomão Scliar (1951). Atribui-se também à atenção dispensada pelo grupo Sul ao cinema moderno a existência de alguns outros temas envolvendo uma cinematografia estrangeira em pauta no movimento cineclubista mundial, como as vanguardas européias da década de 1920, igualmente representadas na programação pelo filme Atalante (1934), de Jean Vigo. Outros textos da revista foram utilizados para compor a programação,

como um artigo de Marcos Faria sobre os primeiros filmes de Stanley Kubrick e, também, o texto de Glauco Rodrigues Corrêa sobre o cinema japonês dos anos 50. A diversidade da programação reflete um projeto de cinema em pauta na revista Sul. Havia esperança de que o cinema da Vera Cruz – muito por conta de Cavalcanti – pudesse levar e abrir caminhos para a cinematografia brasileira como um todo, tanto para os caminhos da industrialização, como para perto do cinema moderno, de preocupações mais sociológicas, políticas e estéticas. sessão 35 A segunda mostra do evento será dedicada ao cinema catarinense, em um panorama sintético da produção de curtas-metragens do Estado. A mostra será realizada com projeções em 35mm, formato original dos filmes programados, que são parte do acervo do Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS). oficina Durante a mostra também será realizada uma oficina gratuita, focada em curadoria de mostras e festivais de cinema. As inscrições estão abertas até o dia 30 de maio no site da Cinemateca Catarinense: www.cinematecacatarinense.org Confira toda a programação e mais informações no site da Cinemateca Catarinense: www.cinematecacatarinense.org

“o programa da Administração é contemplar todo o centro histórico”, ressaltou o secretário de governo Gean loureiro (PMDB).

Ruas da capital serão repaginadas Comerciantes da área central da cidade estão discutindo a repaginação das ruas Francisco Tolentino e Conselheiro Mafra, a exemplo da rua Vidal Ramos, que se transformou em um verdadeiro shopping a céu aberto. Os encontros estão sendo realizados em parceria com a Acif (Associação Comercial de Florianópolis) e a Prefeitura de Florianópolis, coordenados pelo presidente da Câmara de Lojistas local, Francisco de Nez. O objetivo central do projeto é melhorar o uso do espaço comercial e levar mais vida a estes logradouros. “A ideia é fazer um link entre a Praça XV e as Casas da Água, na esquina da Francisco Tolentino , oferecendo mais comodidade e segurança para quem vai às compras”, explicou Francisco de Nez. Entre as prioridades requisitadas na reunião estão melhoria da iluminação pública, revitalização de

fachadas das lojas e colocação de floreiras; ou seja, humanizar o local para atrair mais consumidores. A prefeitura de Florianópolis, com experiência em revitalizações, participou da reunião. “O programa da Administração é contemplar todo o centro histórico”, ressaltou o secretário de governo Gean Loureiro, explicando como foram feitas as melhorias de infraestrutura nas ruas Vidal Ramos e Hercílio Luz. O novo visual a ser projetado é uma parceria entre o poder público e o privado. Os interessados falaram sobre o que pretendem inovar e prometeram levar um projeto a ser discutido na próxima quarta-feira, onde técnicos do Ipuf (Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis) também participarão com algumas contribuições, principalmente na execução de drenagem, substituição das luminárias e outras melhorias inerente ao poder público.


FIM DE SEMANA, 2,3 E 4 de JUNHO de 2012 NA SESSão DA últIMA segunda-feira foram aprovados por unanimidade os Pareceres Conjuntos das Comissões de, Constituição, Justiça e redação; da Comissão de Educação e Cultura, Saúde e Assistência Social e Defesa do Consumidor e da Comissão de Finanças e orçamento aos Projetos de Decreto legislativo dos números 039 ao 43/2012

São José

A 07

PrEFEIturA CoNCluI

reforma no Centro Educacional vida Nova As melhorias incluíram reparos totais na pintura de todos os espaços, troca de portas e forro danificados, colocação parcial de calha e substituição de telhas

o

Centro Educacional Infantil (CEI) Vida Nova, no Bairro Pedregal, foi totalmente reformado para garantir mais segurança, conforto e melhor atendimento para as 125 crianças com idades entre 3 e 6 anos que são diariamente atendidas no local. A inauguração da reforma acontecerá nesta sexta-feira (1º de junho)

às 17h30min nas dependências do CEI Vida Nova, localizado na Rua José Antônio Pereira, Pedregal, e contará com a presença do Prefeito Djalma Berger, do Secretário de Educação, Domingos Bergamin, e demais autoridades. As melhorias incluíram reparos totais na pintura de todos os espa-

ços, troca de portas e forro danificados, colocação parcial de calha e substituição de telhas. Também foram feitas vistorias nas instalações elétricas e hidráulicas, além da instalação de novo parquinho com areia, colocação de câmeras de monitoramento e aquisição de filtro de água. DIvulGAção/INForME

Prefeito Djalma Berger (PMDB) estará presente na inauguração

Administração investe em reformas Tanto os Centros de Educação Infantil, quanto os Centros de Educação Municipal estão recebendo atenção especial da Prefeitura de São José. Além dos projetos-modelos, como Alimentação Escolar Orgânica, Monitoramento Eletrônico, Mais Educação, Educação Integral, iluminação especial nas vias próximas às escolas com a Operação São José Iluminada e Mais Segura, kit escolar e uniforme escolar para estudantes da Educação Infantil até o

Ensino Fundamental da rede municipal de ensino e Projeto Olhar São José, a Administração Municipal está investindo na reforma da estrutura das unidades escolares. Somando-se a esta reforma do CEI Vida Nova, nesta Administração já foram 18 unidades reformadas: Colégio Maria Luiza de Melo, Centro Educacional Municipal (CEM) José Nitro, CEM Antônio Francisco Machado, CEM Maria Iracema de Andrade, Centro de Educação Infantil (CEI) São Judas

Tadeu, CEI Vila Formosa, CEI Santa Inês, CEM Jardim Solemar, CEM Interativo Floresta, CEI José Nitro, Escola de Ensino Fundamental Califórnia, CEM São Luiz, CEI São Francisco de Assis, Escola de Ensino Fundamental Potecas, CEI Flor de Nápoles, CEM Santa Ana e Escola Básica M. Prof. Altino Corsino da Silva Flores. Outras três unidades já estão com a reforma quase concluída: CEM Escola Ambiental do Mar, Escola do Mar e CEM Maria Hortência.

FIloNÉSCIo

Caramuru Todos conhecem a história de Diogo Álvares Correia – o Caramuru –, mas o que poucos sabem realmente é de onde veio a fama do português. Diogo ficou conhecido por um suposto tiro de arma de fogo que assustou os índios e que lhe rendeu o apelido de “filho do trovão”, mas que não tem nenhuma relação com o apelido Caramuru, que em tupi significa “lampreia”, uma espécie de peixe, uma vez que Diogo teria sido encontrado pelos índios na praia em meio a algas e pedras. Mas o que a história não conta, eu reparo. Sim!, o que passo a narrar agora vem sendo contado na minha família desde aqueles tempos. O fato é que Diogo era sujeito mulherengo e, como acontece até hoje, sendo turista europeu, encantou-se com a cor e a beleza da mulher brasileira que, mesmo antes de o país se chamar Brasil, já se vestia com pouca roupa. Mas o Diogo, guloso, caiu na besteira de se envolver com as duas filhas do chefe Taparica que; ao saber disso, já cansado de trocar espelhinhos portugueses por ouro de tolo Tupinambá, resolveu dar uma lição em nosso amigo Caramuru. Conta a história que certo dia Diogo estava na farra com as duas irmãs quando um grupo de guerreiros tentou surpreender o sujeito se divertindo na rede. Alertado pelas moças, Caramuru montou num burrico que estava amarrado do lado da cabana onde o moço se fartava das nossas frutas tropicais, interrompendo a refeição do animal que comia farinha de mandioca com pimentão recheado. Diogo pegou o rumo da praia com os índios correndo no seu encalço, mas o enfadado do burro, nada acostumado àquela correria toda depois do almoço, começou a perder velocidade e, cansado, acabou sendo alcançado junto a um paredão de pedra onde havia uma

fogueira, ainda em brasas, deixada por alguma outra tribo vizinha. Diogo, pressionado pelos índios que lhe apontavam lanças e flechas, colocou o burro na sua frente, ficando com a encosta do morro às suas costas. O chefe Taparica falava que Diogo havia traído a sua confiança e que só queria saber de ficar de comilança com as suas filhas. Foi então que o burro, bicho pouco entendedor das safadezas dos homens, mas conhecedor das urgências de seus próprios vícios, começou a sentir o resultado daquela corrida alucinada nas tripas que se reviravam com o pimentão e a farinha de mandioca. Fosse só por isso, talvez passasse, mas os índios não paravam de avançar com setas em punho na direção de seu focinho, enquanto o Caramuru tentava se esconder atrás dele. E com aquela pressão toda (vindo de dentro e de fora) o pobre do burro não aguentou e largou um pum digno de um imperador empanzinado que, além de ter o seu som amplificado como um trovão no paredão de pedra, pegou rastro por cima das brasas da fogueira levantando uma coluna de fogo que pôde ser vista lá da aldeia. Nessa hora e com espanto, os índios Tupinambás gritaram em uníssono: PONGA!, que em tupi-guarani quer dizer “som retumbante”, batizando assim o burro flatulento. Depois disso, os guerreiros até esqueceram do sacana do Diogo para se dedicarem a cobrir de mimos o Ponga na intenção de usá-lo como arma de combate (o primeiro tanque de guerra genuinamente brasileiro). Já o Caramuru, para não ficar por baixo nem com fama de covarde, mas com medo das ameaças do chefe Taparica, tratou logo de casar com Paraguaçu e de levá-la para a Europa onde cuidou rapidamente de inventar a história do tiro como conhecemos até hoje.

Vereadores aprovam convênios para entidades Na sessão da última segunda-feira foram aprovados por unanimidade os Pareceres Conjuntos das Comissões de, Constituição, Justiça e Redação; da Comissão de Educação e Cultura, Saúde e Assistência Social e Defesa do Consumidor e da Comissão de Finanças e Orçamento aos Projetos de Decreto Legislativo dos números 039 ao 43/2012, da Mesa Diretora, que homologam os convênios celebrados entre o Município de

São José (SC), através da Secretaria Municipal de Assistência Social e entidades do município. As entidades beneficiadas com os convênios foram: Instituição Filantrópica Casa de Cáritas, a Entidade Sociedade Espírita de Assistência e Promoção Social Tereza de Jesus - Lar dos Velhinhos de Zulma, Orionópolis Catarinense e Lar da Criança Nossa Senhora de Fátima/ Creche Pai Herói.


FIM DE SEMANA, 2,3 E 4 de JUNHO de 2012

A 08 Geral Aumento no número de vereadores

Foi destaque na sessão da Câmara de São José Também foram aprovados pareceres que tratam sobre a questão dos táxis divulgação/Informe

Darilson Barbosa repórter

O

vereador e 1º secretário, Edilson Vieira (PR), faz a leitura da ata da sessão anterior Na última sessão ordinária da Câmara Municipal de São José, foi aprovado em caráter especial, Neri do Amaral coloca em deliberação na pauta de hoje, em 1ª votação o PL 122, de autoria do vereador Sanderson de Jesus que autoriza táxis especiais para deficientes físicos, sendo aprovado pelos vereadores presentes na casa. Amauri da Silva faz pedido de vistas do PL 122, de autoria do vereador Sanderson de Jesus, que autoriza táxis especiais para deficientes físicos – pedido de vistas aprovado com a maioria dos votos favoráveis e um voto contra, do autor. Nas explicações pessoais, Amauri da Silva fala do Observatório Social, que é um projeto que vale a pena acompanhar e que fiscaliza o uso dos recursos públicos do município. Lembra que antes das eleições é necessário fixar o subsídio dos vereadores; do vice-prefeito; dos secretários e do Sr. Prefeito. “A proposta da mesa diretora é que permaneça o mesmo salário para todos, somente com o indexador oficial, que faz parte da cons-

tituição”. O projeto será enviado para as comissões e assim que possível será colocado em deliberação. Neri do Amaral também disse que a Câmara e Vereadores de Palhoça tentou votar o aumento do número de vereadores na última segunda-feira. “Vocês viram o resultado que deu. A população não deixou. Hoje vão tentar de novo, mas acredito que a população, novamente, não vai deixar. Eu sou a favor que permaneçam os 13 vereadores em São José!”, reforça a opinião. Na sua fala o vereador Adriano de Brito lembrou que as escolas devem reforçar mais as campanhas sobre a utilização da água de forma mais inteligente, para que nossos filhos vivam em melhores condições no futuro.Brito parabenizou a iniciativa do Dia do Desafio que São José participou. E quem se exercitou hoje pode ligar no telefone 3241-3511 e registrar participação para que a cidade São José ganhe o desafio. Já o vereador Adriano de Brito (PR) fala sobre o desperdício de água. “Hoje, mais de 1 bi de pessoas, ou seja 18% da população mundial, não tem acesso a uma quantidade mínima de água para uso humano”. E m 2050, apenas ¼ da população terá acesso a água para uso. “Época em que nossos filhos serão adultos”, reforça.

Sessão desta quarta-feira já começou e o vereador e 1º secretário, Edilson Vieira (PR), faz a leitura da ata da sessão anterior.

Fecam

Representantes das Associações de Municipios fizeram reunião na FECAM Executivos das Associações de Municípios de Santa Catarina participaram, nesta quinta-feira, 31, da 2ª Reunião Ordinária de 2012. O encontro foi realizado na sede da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC), em Criciúma e contou com a participação do presidente da FECAM e prefeito de Siderópolis, Douglas Gleen Warmling, do presidente do Colegiado de Executivos e secretário executivo da GRANFPOLIS, Miguel Augusto Forbeck Faraco e dos diretores da FECAM, Celso Vedana e Alexandre Alves, além do coordenador de Tecnologia da Informação da entidade, Emerson Souto. Estiveram presentes também os representantes da AMREC, AMUREL, AMAUC, AMPLASC, AMESC, AMURES, AMARP, AMMVI e AMVALI. Na ocasião, foi proferido um relato das ações do Grupo Interlocutor SEF/

divulgação/Informe

Reunião realizada na Associão dos Municipios da Região Carbonifera em Criciuma

FECAM e abordadas questões referentes aos Seminários regionais para novos gestores eleitos em outubro de 2012. Além destes temas, foi discutida e efetivada a proposta de moldagem institucional da parceria TCE/SC e Associações de Municípios / FECAM - "Programa TCE Orienta Itinerante" e também a de

revisão do regimento interno. O diretor de Relações Institucionais da FECAM, Celso Vedana, abordou na reunião aspectos da regulamentação da Emenda Constitucional 29, aprovada em 2000. A Emenda deveria definir percentuais mínimos de investimento em saúde pelas esfera federal, estadual e municipal.

No entanto, as porcentagens do estado (12%) e do município (15%) foram mantidas, mas o percentual de 10% que caberia a União foi retirado da Emenda. Em parceria com a OAB, a FECAM e as Associações de Municípios aderiram à iniciativa de buscar assinaturas para apresentar um projeto de lei de iniciativa popular fixando o percentual mínimo de 10% de investimento da União em saúde. "Estudos mostram que atualmente a União aplica em torno de 4% em saúde. Estamos retomando este assunto para que as prefeituras de SC se mobilizem para fazer valer a emenda popular, que propõe investimentos na ordem de 10% pela União", esclareceu o diretor. Ferrovia Translitorânea Na oportunidade, o diretor executivo da AMREC, Eno Steiner, o diretor executivo da AMUREL, Jorge Leonardo Nesi e o gerente executivo da AMESC,

Jobson Martinho, entregaram ao coordenador de Tecnologia da Informação da FECAM, Emerson Souto, estudo que trata do projeto da Ferrovia Translitorânea. O material foi apresentado ao diretor da AMREC pelo presidente do Siecesc, engenheiro Ruy Hülse e descreve o projeto da ligação ferroviária entre Florianópolis e Porto Alegre - Planta da Estrada de Ferro "D. Pedro I", ligando a cidade de Nossa Senhora do Disterro à Província de S. Pedro do Rio Grande do Sul - idealizado em 1870, pelo engenheiro Sebastião Antônio Rodrigues Braga e que ainda não foi concretizado. A cartilha será digitalizada e inserida na página da mobilização municipalista, criada pela FECAM (mobilização.fecam.org.br), em virtude de a Ferrovia estar na pauta do municipalismo catarinense como uma das reivindicações prioritárias de âmbito federal, proposta pelas microrregiões da AMREC, AMUREL e AMESC.


FIM DE SEMANA, 2,3 E 4 de JULHO de 2012

CoM A ExPErIÊNCIA DE 20 ANoS

ÁrEA DE FISIotErAPIA, MArCElo CoStA É o Novo INtEGrANtE Do DEPArtAMENto MÉDICo Do FIGuEIrENSE. FISIotErAPEutA E tAMBÉM GrADuADo EM EDuCAção FíSICA, MArCElo tEM uM loNGo CurríCulo E ACuMulA MuItAS ExPErIÊNCIAS EM CluBES Do BrASIl E Do ExtErIor.

Esporte

A 11

SENSuAl

Jogadora da seleção faz ensaio e espera propostas Segundo a ex-jogadora do Santos, as fotos foram feitas por conta própria. "eu quis fazer para mim. Não foi um ensaio para nenhuma revista", disse Maurine

C

onvocada para os Jogos Olímpicos de Londres, a lateral Maurine fez um ensaio sensual às vésperas da final da Copa do Brasil feminina de futebol. Jogadora do Centro Olímpico de São Paulo, ela disputa a decisão do torneio contra o São José, neste domingo e no próximo dia 10 de junho. Além de Maurine, o Centro Olímpico conta com mais três jogadoras convocadas para a seleção pelo técnico Jorge Barcellos: Debinha, Érika e Gabi. Segundo a ex-jogadora do Santos, as fotos foram feitas por conta própria. "Eu quis fazer para mim. Não foi um ensaio para nenhuma revista", disse Maurine. Ela conheceu o fotógrafo Thiago Solano no Carnaval deste ano, quando desfilou pela escola de samba Vai-Vai. Deste então, os dois têm feito contatos por meio de mídias sociais. Maurine,

sem namorado atualmente, já havia feito um ensaio fotográfico com uniforme de jogo, mas decidiu fazer um trabalho diferente desta vez. De acordo com Solano, ele sugeriu um ensaio sensual. Maurine inicialmente alegou que era tímida, mas topou. "Ela disse que tinha vontade, apesar da timidez. Queríamos fazer um trabalho externo, porém a rotina de treinos atrapalhou. Então, resolvemos fazer em um estúdio", revelou o fotógrafo. O valor do trabalho não foi divulgado. Apesar das fotos, Maurine não se considera uma musa. "Eu não me considero uma musa. Surgiu como uma brincadeira. 'A Maurine é a musa da seleção brasileira'. É legal, mas procuro me focar na carreira de jogadora". Maurine ainda não sabe o que fará depois da Olimpíada. Ela espera proposDIvulGAção/INForME

técnico vanderlei luxemburgo, que deixou o Flamengo após uma queda de braço com o camisa 10, disse que não vai falar sobre o tema agora

ta de outros times e não descarta posar nua para alguma revista. "Estou na expectativa. Espero receber propostas para jogar. Nunca recebi um convite para posar nua. Se recebesse, analisaria". A lateral perdeu o pai quando disputava os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em outubro de 2011. Decidiu ficar na competição e, dois dias depois, fez o gol da classificação brasileira para a final do torneio. "Ainda mexe comigo a morte do meu pai. Mas eu sei que onde ele estiver, deve estar feliz por eu jogar futebol. Ele se esforçou muito para que isso acontecesse". Além de ser vice nas duas últimas olímpiadas, a seleção brasileira também ficou com a prata no Pan. "Não é questão psicológica. São coisas do futebol perder e ganhar. Estamos fazendo de tudo e treinando muito para trazer o ouro desta vez".

DIvulGAção/INForME

Maurine ainda não sabe o que fará depois da olimpíada. Ela espera proposta de outros times e não descarta posar nua para alguma revista

Avaí e Joinville se enfrentam pela 4ª rodada do Série B SAIBA MAIS

Começa nesta quinta-feira, dia 31, às 14h, a venda dos ingressos para o jogo Avaí x Joinville, válido pela quarta rodada da Série B. A partida acontece no próximo sábado, 2 de junho, às 16h20min, no estádio da Ressacada. Abaixo, os valores e locais de venda:

DADOS DO JOGO: Jogo: Avaí x Joinville Data: 02/06/2012 Horário: 16h20min Local: Ressacada Abertura dos portões: 14h20min VALORES DOS INGRESSOS:

Com a experiência de 20 anos área de fisioterapia, Marcelo Costa é o novo integrante do departamento médico do Figueirense. Fisioterapeuta e também graduado em educação física, Marcelo tem um longo currículo e acumula muitas experiências em clubes do Brasil e do exterior. Foram seis anos trabalhando no Japão, dois em Portugal, cinco no Fluminense, fora os anos prestados de serviços à Seleção Brasileira. Antes de aceitar o convite feito pelo Figueirense, o fisioterapeuta estava

trabalhando no Milan, ajudando na recuperação de atletas. Marcelo é especialista na fase de transição e se junta ao também fisioterapeuta Marcos Kimura para realizar um grande trabalho junto aos jogadores. Em Atibaia o fisioterapeuta pretende conhecer melhor o grupo e já começar a implantar suas técnicas de trabalho. Na intertemporada Marcelo já começou a trabalhar separadamente com o goleiro Wilson, que se recupera de um lesão no joelho direito.

Setor “A” – R$ 80,00 – (Meia R$ 40,00) Setores “C”, “D” e “E” – R$ 50,00 – (Meia R$ 25,00) Setor “B”, “G” e “H” – R$ 30,00 – (Meia R$ 15,00) Setor “F” (Visitante) – R$ 30,00 – (Meia R$ 15,00)

Luxemburgo foge do tema Ronaldinho Figueirense reforça o departamento de fisioterapia

A saída de Ronaldinho Gaúcho do Flamengo respingou no Grêmio de várias maneiras. Primeiro, o diretor executivo Paulo Pelaipe descartou o retorno do jogador e foi irônico. "Você só pode estar fazendo uma grande piada. Graças a Deus, naquela época, ele não acertou vir para cá e foi para o Flamengo. Agora o problema é do Flamengo e dele. As chances de o Ronaldinho Gaúcho jogar pelo Grêmio são as mesmas de o Saci Pererê ter duas pernas", disse para o site da Band. Depois, o técnico Vanderlei Luxemburgo, que deixou o Flamengo após uma queda de braço com o camisa 10, disse que não vai falar

sobre o tema agora. O treinador foi demitido em fevereiro, na época, por uma análise de que a relação com o grupo estava deteriorada. "Estou contratado pelo Grêmio e acho uma falta de bom senso discutir o problema do Ronaldinho. Me envolvo com o Grêmio, não abordo situações que não me pertencem mais. No momento certo, e eu nunca fugi de nada, vou falar o que aconteceu no Flamengo. Mas não posso fazer isso com o Grêmio hoje. Não posso discutir agora, seria um egoísmo meu", afirmou Luxemburgo. Ronaldinho entrou na Justiça contra o rubro-negro para cobrar a dívida que entende que o clube tem com ele.

DIvulGAção/INForME

Preparador Marcelo Costa já trabalha com goleiro Wilson


FIM DE SEMANA, 2,3 E 4 de JULHO de 2012

A 12 Segurança Tentativa de estupro

Idoso é flagrado com menina de 14 anos com problemas mentais

Orides do Amaral Antunes, 68 anos, estava com a vítima dentro de seu carro, um GM Corsa, em meio a um matagal na Avenida das Torres, no Bairro Areias em São José. A vítima, que possui deficiência intelectual, disse à polícia que receberia R$ 20,00 para fazer programa com o idoso Policiais da Agência de Inteligência da Polícia Militar (PM) de São José flagraram por volta das 15h da última quarta-feira (30) um idoso de 68 anos supostamente tentando estuprar uma menina de 14 anos dentro de seu carro, o GM Corsa placas CBN-2663. O veículo estava estacionado em meio a um matagal na Avenida das Torres, próximo ao Bairro Areias. Para a polícia a vítima disse que já era a terceira vez que saia com Orides do Amaral Antunes e que receberia R$ 20,00 para transar com o acusado. A mãe da menina apresentou um laudo médico constatando deficiência intelectual na vítima. O acusado foi preso em flagrante pelo crime de tentativa de estupro de vulnerável. A PM chegou ao local depois de receber denúncias de que haviam adultos realizando programas com menores de idade naquela região. Durante rondas, policiais disfarçados perceberam o Corsa do meliante estacionado no meio do mato e partiram para abordagem, pois avistaram duas pessoas no interior do veículo. De acordo com informações

divulgação/Informe

Acusado estava com a vítima dentro de seu carro em um matagal

Idoso é acusado pela vítima por cometer o crime outras duas vezes

da polícia, o acusado não soube explicar o motivo pelo qual estava com a menor dentro do carro naquele local, se atrapalhando nas explicações. Antunes chegou a dizer que era avô da menina, o que não foi comprovado. Questionada,

separada da demais quantia que estava em sua carteira. A PM então deteve o acusado e foi até a residência da menor, onde conversaram com a irmão dela. A jovem revelou que a irmã tinha pequeno problema mental. Antunes e a ví-

divulgação/Informe

34 pontos da droga estavam com a CNH do suspeito e outros 50 pontos da mesma droga foram encontrados na sua casa

a garota relatou aos policiais que o acusado a buscou em sua casa oferecendo os R$ 20,00 para um programa e que já seria a terceira vez que isso ocorria. Ao revistar Antunes os policiais encontraram uma nota de R$ 20,00

Homem apresenta CNH com LSD em blitz policial Um caso inusitado chamou a atenção de policiais militares que faziam uma blitz policial na Rua São Pedro, no Bairro Areias, em São José, por volta das 15h50 de quinta-feira (31). Eles abordaram uma motocicleta, que até então seria um procedimento padrão, mas ao solicitar a documentação para o condutor Carlos Adriano Pacheco Guerreiro, o mesmo entregou junto ao plástico da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) 34 pontos de LSD. O suspeito acabou preso pelo

crime de tráfico de drogas. Depois de serem surpreendidos com a ousadia do meliante na blitz, os policiais resolveram ir até a sua casa, onde encontraram dentro de um guardarroupa mais 50 pontos da mesma droga, que estavam escondidos dentro de uma caixa de aparelho celular. Além da droga, os policiais apreenderam R$ 347,60 que estavam com o acusado e também a motocicleta Honda CG 125, placa MBI0131, de São José, que Pacheco estava conduzindo.

tima foram levados para a Delegacia de Proteção a Criança, Adolescente, Mulher e ao Idoso (DPCAMI), onde logo depois se apresentou a mãe da vítima com o laudo médico comprovando a deficiência da menor. O acusado responderá pelo crime preso. divulgação/Informe

Carlos Adriano Pacheco Guerreiro foi preso em flagrante

Procuro casa ou apartamento para alugar nas proximidades do bairro Estreito. Que tenha no mínimo dois quartos. (48) 8410-0951


Jornal Informe - Edição 72