Page 1

INFORME REdE dE JoRnAIs

gRAndE FloRIAnÓpolIs

Tempo Hoje

27 16º

QUARTA-FEIRA, 9 de maio de 2012 . ano 1 . no 54 - |

dIvUlgAção

http://issuu.com/jornal_informe |

@jornalinforme |

jornal-informe

dIvUlgAção

dIvUlgAção

JUvEnIl do AvAí FAZ AMIsToso HoJE

HÓQUEI soBRE gRAMA EM sJ

dERETTI nA sElEção sUB 20

pÁg A11

pÁg A11

pÁg A11

dIvUlgAção

EdUcAção

câmara de Florianópolis autoriza empréstimo de R$ 58 milhões pÁg A06 dIvUlgAção

EdUcAção À dIsTÂncIA

Josefense passa a integrar conselho Estadual pÁg A07 dIvUlgAção

TRÁFIco

pM descobre esconderijo de maconha em Barreiros pÁg A12

são José

colônIA Z-28

prepara pescadores para época da tainha segundo o secretário de infraestrutura, adilson de souza, esse era um dos grandes problemas que preocupava a prefeitura e a comunidade pÁg a 07


A 02

Eduardo Bisotto

QUARTA-FEIRA, 9 de maio abril de 2012

FRAsE do dIA

deprimente

cidadão bebê

A

Legião da Boa Vontade - LBV oferece vagas para o programa Cidadão Bebê, o qual assiste gestantes e mulheres com filhos até

1 ano de idade, proporcionando um espaço de reflexão e troca de experiências sobre o processo gestacional e o desenvolvimento familiar, além

de realizar acompanhamento das famílias. As atividades acontecem semanalmente, com oficinas temáticas e artesanais.

cidadão bebê 2 Durante a realização do programa são abordados temas como fortalecimento de vínculos afetivos entre a mãe e o bebê, transformações psicológicas na gestação, auto conhecimento e auto estima, aleitamento materno,

“As obras que se fazem depressa nunca são terminadas com a perfeição devida”. Miguel de Cervantes

tipos de parto e preparo para o parto normal, desconfortos na gestação, higiene do bebê, massagens relaxantes, violência doméstica, serviços socioassistenciais e direitos do cidadão.

A “greve” do magistério estadual (da Grande Florianópolis, seria mais correto afirmar), serviu para mostrar o estado de indigência política a que chegou a esquerda (PT e PCdoB) aliada à extrema-esquerda (PSTU, PSOL e outras coisas tão ou mais exóticas). Primeiro: praticamente os professores do estado inteiro não aderiram à greve, que ficou restrita a região da Grande Florianópolis. Isto já serviu para mostrar que o SINTE, especialmente sua direção, não é mais o representante do magistério catarinense.

lamentável História que me foi contada por uma aluna de 15 anos da rede estadual de ensino em Florianópolis: para chegar até seu colégio, tem de acordar todo dia as 06h da manhã e pegar um ônibus. Aí, chega na escola as 07h na segunda-feira e dá de cara com o portão fechado. Motivo: a “greve estadual” que só acontece na Grande Florianópolis. O que penso dos grevistas deixei claro desde o começo desta patética “greve”. Neste caso, no entanto, a culpa não é dos grevistas. É da direção da escola, cargo de confiança do governo do estado. Afinal, o que custava avisar os alunos?

acabou a palhaçada Em Assembléia realizada na tarde de ontem, finalmente a direção da “greve estadual” da Grande Florianópolis concluiu que estava fazendo papel de ridícula e decidiu acabar com um movimento que não contou sequer com o apoio da própria categoria. Ainda assim, ridículos que são, foram ao centro administrativo “exigir a reabertura das negociações”. Pelo menos os alunos pararão de serem punidos pela sandice de meia dúzia de radicalóides.

r$ 52 milhões

cidadão bebê 3 Em paralelo com as palestras, as gestantes terão um espaço onde aprendem a confeccionam peças que irão compor o enxoval de seus

bebês (fraldas, sapatinhos entre outros). Para participar, as interessadas devem comparecer ao Centro Comunitário de Assistência Social

em Florianópolis, localizado na Rua General Eurico Gaspar Dutra, 226 Estreito. Informações pelo telefone (48)3271-4300.

transparência Uma belíssima iniciativa do governo Raimundo Colombo a criação do Portal da Transparência. Com ele será possível para cidadãos e jornalistas acompanharem de maneira muito mais fácil o trabalho do executivo estadual. O portal disponibiliza diariamente informações, obtidas do Sistema Integrado de Planejamento e Gestão Fiscal (SIGEF), sobre as receitas, os gastos na manutenção dos serviços públicos e os investimentos realizados.

transparência 2 No portal também é possível obter informações detalhadas sobre os pagamentos efetuados aos fornecedores, pagamentos de diárias aos servidores, convênios e repasses aos municípios, subvenções sociais, além de outras informações de interesse da sociedade. Para acessá-lo basta ir até o endereço www.transparencia.sc.gov.br.

EXPEDIENTE

O governador Raimundo Colombo e o secretário Dalmo Claro de Oliveira assinam, na manhã desta quarta-feira (9), o repasse de R$ 52,4 milhões

para a Saúde de Santa Catarina. A solenidade ocorre às 10h30, no auditório da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Epagri).

r$ 52 milhões 2 “Os recursos vão auxiliar os municípios a atuarem nas atividades da Atenção Básica à Saúde, e as instituições hospitalares nos procedimentos de média e alta complexidade. Assim, iremos atender a diretriz do governador Raimundo Colombo de aproximar o cidadão dos centros de referência que possam atendê-lo na maior parte de suas necessidades de saúde”, comenta o secretário Dalmo Claro de Oliveira.

levanta ou não? Homem recatado, Djalma Marinho sempre foi respeitado como um político sábio, no Rio Grande do Norte ou em Brasília. Não era para menos. Certa vez, em campanha no interior, o veterano político acabou atraído para dançar com uma eleitora, numa festa.

Um amigo resolveu brincar com a situação, mesmo sabendo do comportamento reto de Marinho: - Dr. Djalma, e se a sua esposa ficar sabendo disso? - Minha mulher não acredita em ressurreição, meu caro – respondeu.

PÚBLICAÇÃO: Informe Editora Jornalística LTDA LTDA CNPJ 15.020.627/0001-81

DIREÇÃO gERAL: JORNALIsTA REsPONsÁVEL: Adriano Ribeiro Adriano Ribeiro 48 3240-9643 0002902SC

COMERCIAL: Ivon Matoso 48 3240-9643

http://issuu.com/jor nal_infor me |

EDIÇÃO Eduardo Bisotto 48 3240-9643

@jor nalinfor me |

CONTATO

PROJETO gRÁFICO: Dóda Design www.dodadiagramador.com.br

jor nal-infor me |

gRÁFICA: Rede de Jornais Informe

TIRAgEM 4 mil

Rua General Eurico Gaspar Dutra, nº952 Bairro Estreito CEP 88.075-100 Florianópolis-sc

E-mail: redacaofloripa@jor nalinfor me.com.br


QUARTA-FEIRA, 9 de maio de 2012

especial A 05

Udesc apoia sanção

Lei municipal de Inovação Divulgação

A lei cria mecanismos de gestão e também define áreas prioritárias na gestão das tecnologias Darilson Barbosa repórter

N

esta segunda-feira (7), o vice-reitor da Udesc, Marcus Tomasi esteve presente na assinatura da Lei Municipal de Inovação de Florianópolis. A lei delimita instrumentos de apoio e estímulo ao desenvolvimento do polo tecnológico, da indústria e de outros empreendimentos inovadores na região da Grande de Florianópolis. A cerimônia reuniu lideranças políticas e representantes de diversos setores, principalmente da tecnologia, ensino, pesquisa e inovação do município. “Esta Lei é muito importante para o município e o grande incentivador dela é um professor nosso da Esag/Udesc, Carlos Roberto De Rolt”, comentou Tomasi. De Rolt está à disposição da prefeitura ocupando o cargo de secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável, mas ainda ministra aulas em cursos de pós-graduação. “Mais do que recursos financeiros, a Lei Municipal de Inovação cria mecanismos de gestão, estabelece um norte e define áreas prioritárias para a aplicação do conhecimento na solução dos problemas da cidade e na modernização da prestação dos serviços

públicos. Com esse posicionamento, Florianópolis está escolhendo ser o cérebro da inovação de Santa Catarina”, destacou o secretário Municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável de Florianópolis Carlos Roberto De Rolt. O municipio conta também com outros mecanismos de estimulo Entre as principais ferramentas da Lei para estimular o desenvolvimento do município estão o Fundo Municipal de Inovação e o Programa de Incentivo à Inovação. Esses dois instrumentos possibilitarão o investimento em projetos inovadores de interesse da cidade. De acordo com as estimativas do orçamento municipal para o ano de 2013, esses recursos podem alcançar R$ 15 milhões. O secretário destacou ainda que “a relação da Udesc com a Prefeitura de Florianópolis é um exemplo da importância da aplicação do conhecimento gerado nas universidades e instituições de pesquisa para a solução dos problemas da cidade, modernização administrativa e melhoria dos serviços públicos. Um exemplo dessa parceria é o Escritório de Projetos PMO ESAG, um projeto da Prefeitura e da Udesc, que será ampliando pela Lei Municipal de Inovação.

Prefeito reunido com representantes do setor que auxiliaram na elaboração da lei

Prefeito Dario Berger assinando lei municipal de Inovação na manhã de ontem (7)

Udesc abre inscrições para concurso de fotografia com premio de R$ 12 mil

Nesta edição de 2012 serão ofercidos R$ 12 mil em prêmio

“Harmonia”, 1° Lugar na modalidade Foto Colorida, de Maristela Muller

Na última sexta-feira (4), a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) abriu inscrições para o Concurso de Fotografias 2012, organizado pela Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Comunidade (Proex). Nesta edição o tema principal é "Minha cidade, meus recantos: um olhar entre o contraste e a arquitetura contemporânea e os monumentos históricos do Estado". Nesta edição o valor da premiação é de R$ 12 mil de premiação. Qualquer pessoa pode participar, desde que resida no estado de Santa Catarina, podendo inscrever até seis fotografias. Três devem ser na modalidade colorida e as outras três preto e branco. As inscrições estão abertas até o dia 13 de junho. Os interessados devem preencher a ficha de inscrição online no site: www.udesc.br/concursodefotografia , além de enviar as fotografias com suas caracteristicas devidamente identificadas (papel fotográfico no formato 20 x 30 cm), junto com um comprovante de residência de Santa Catarina e também o termo de cessão de direito de imagem (disponível no site do concurso) para "Concurso de Fotografias 2012" - PROEX : Pró-Reitoria de Extensão Cultu-

"A inscrição é gratuita e o concurso está aberto para qualquer pessoa que resida em Santa Catarina. Só não aceitamos fotografias premiadas em outros concursos e que não sejam de autoria da pessoa"

ral e Comunidade, na Avenida Madre Benvenuta, 2007, bairro Itacorubi, em Florianópolis (CEP: 88035-001). “Este ano queremos dar uma inovada no concurso, fazendo maior uso maior das plataformas on-line da UDESC, buscando uma interatividade maior na internet. Ano passado o concurso foi um grande sucesso. A nossa meta é sempre melhorar”, destaca AlexandraPorto, bolsista de extensão da PROEX. "A inscrição é gratuita e o concurso está aberto para qualquer pessoa que resida em Santa Catarina. Só não aceitamos fotografias premiadas em outros concursos e que não sejam de autoria da pessoa", diz a coordena-

dora de Cultura da Udesc, Balbinette Silveira. Para o professor Paulino Cardoso, ex pró-reitor de Pesquisa e Extensão, a iniciativa estimula as pessoas a se envolverem com espirito artistico do concurso . “A fotografia é uma maneira de representar a realidade. Conseguir fazer isso artisticamente é uma tarefa prazerosa porque mexe com nossos sentidos”, comenta O Concurso de Fotografias 2012, conta com apoio de recursos financeiros do Fundo Cultural. São oferecidos R$ 2 mil em prêmios para o primeiro colocado de cada modalidade, R$ 1,5 mil para o segundo, R$ 1 mil para o terceiro; além de dez menções honrosas no valor de R$ 300. A comissão julgadora irá avaliar as fotografias de acordo com a pertinência ao tema e a qualidade técnica e artística. Este ano haverá uma comissão especial. "Esta é a primeira vez que as imagens serão selecionadas por uma comissão externa", reforça a coordenadora de Cultura da Udesc, Balbinette Silveira O edital do concurso, a ficha de inscrição e o termo de cessão de direito de imagem podem ser encontrados no www.udesc.br/concursodefotografia.


A 06

Florianópolis

QUARTA-FEIRA, 9 de maio de 2012 A pEsQUIsA nAcIonAl dA sAÚdE do EscolAR, que teve sua primeira edição realizada em 2009, estimou em 618.555 o número de alunos da 8ª série do ensino fundamental frequentando a escola nas capitais brasileiras e no distrito Federal.

dIvUlgAção

EdUcAção

câmara autoriza empréstimo de R$ 58 milhões pesquisa avalia

As informações farão parte de um banco de dados que servirá como base para orientar a implementação de políticas públicas para adolescentes

dIvUlgAção

o dinheiro será investido em creches, escolas e centros de inovação da educação básica

A

Câmara de Vereadores de Florianópolis aprovou por unanimidade o empréstimo da prefeitura de 58 milhões 860 mil dólares junto ao BID, Banco Interamericano de Desenvolvimento. Com a verba, o executivo vai construir 23 novas creches, três novos prédios de escolas e dois centros de inovação da educação básica para atender crianças e jovens no contraturno. Segundo o Secretário de Educação, Rodolfo Joaquim Pinto da Luz, o Banco já está finalizando as minutas do contrato. Esse documento será

segundo o secretário de Educação, Rodolfo Joaquim pinto da luz, o Banco já está finalizando as minutas do contrato

encaminhado para a Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério de Planejamento e para o Tesouro Nacional. Caberá ao governo federal mandar a matéria para autorização

da mesa do Senado. Pinto da Luz torce para que tudo isso ocorra antes do recesso do legislativo em julho. “Queremos iniciar as obras o mais rápido possível”, reforça.

comportamento de estudantes Questões sobre saúde, violência, uso de drogas e comportamento sexual serão avaliadas na segunda edição da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE). A partir de amanhã a 9 de junho o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aplicará questionários, com uso de smartfones, em 23 escolas públicas municipais. O equipamento é o mesmo utilizado no levantamento do último CENSO e será usado por estudantes da 8ª série do ensino fundamental. Todas as respostas serão mantidas em sigilo. As informações farão parte de um banco de dados que servirá como base para orientar a implementação de políticas públicas para adolescentes. No resultado não serão considedIvUlgAção

crecHes e inoVaçÃo Com a construção de 23 creches, mais 3.500 crianças terão acesso à educação infantil. O cálculo é que seja atingido, de zero a três anos, um universo de 60% das crianças, meta maior que a do Governo Federal que prevê para o ano de 2020 o atendimento de 50 % dessa faixa-etária. Na lista de pacote de obras estão ainda reformas e ampliações em várias unidades de educação in-

fantil e do ensino fundamental. Três escolas básicas ganharão prédios novos: Almirante Carvalhal (Coqueiros), Osvaldo Machado (Ponta das Canas) e Mâncio Costa (Ratones). Dois Centros de Inovação da Educação Básica (CIEB) serão criados: um no norte e outro no sul da ilha. Nesses locais, cerca de 2.600 crianças e adolescentes terão acesso no contraturno a atividades

artísticas, culturais e tecnológicas.

FORMAÇÃO

A verba do BID será utilizada também para aquisição de laptops para as escolas, assim como, por exemplo, para compra de mobiliários e brinquedos. O dinheiro vai garantir ainda a implantação de novos cursos de formação para professores e gestores da rede municipal.

o consumo de cigarro também alcançou patamares elevados, chegando a 24,2%

radas respostas certas ou erradas, os profissionais observarão dados referentes a fatores de risco, proteção à saúde e questões prioritárias para o bem estar dos estudantes. A pesquisa se justifica pelo fato da adolescência ser um período crítico para a saúde. Durante a transição da infância para a vida adulta, os jovens passam por importantes mudanças biológicas, cognitivas, emocionais e sociais. Nessa época da vida crescem a autonomia e a independência em relação à família, bem como testes de novos comportamentos e vivências. Algumas dessas experiências representam importantes fatores de risco para a saúde, como uso de tabaco, consumo de álcool, alimentação inadequada e sedentarismo.

primeira ediçÃo A Pesquisa Nacional da Saúde do Escolar, que teve sua primeira edição realizada em 2009, estimou em 618.555 o número de alunos da 8ª série do ensino fundamental frequentando a escola nas capitais brasileiras e no Distrito Federal. Um dos destaques foi o consumo de bebidas alcoólicas e cigarro entre os adolescentes, que possuem em sua maioria 14 anos. O índice alcançou 71,4% de alunos que admitiram já ter experimentado algo.

dIvUlgAção

conselho Municipal de saúde realiza reunião

diferente das sessões normalmente realizadas, esta ocupou tanto o período matutino quanto o vespertino

Aconteceu ontem no auditório do Centro de Saúde da Trindade a reunião mensal do Conselho Municipal de Saúde de Florianópolis. Diferente das sessões normalmente realizadas, esta ocupou tanto o período matutino quanto o vespertino. Na pauta temas como a prestação de contas do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador, e as apresentações do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da

Qualidade da Atenção Básica e do Relatório Anual de Gestão.

O CONsELHO

Este é o órgão de controle social na área da saúde pública no âmbito municipal. Suas decisões podem se transformar em resoluções aprovadas pelo chefe do poder executivo. Ele é composto por 50 por cento de representantes dos usuários do SUS, 25 por cento de profissionais

de saúde e 25 por cento de gestores e prestadores. Todos eles eleitos de forma direta entre seus pares. A maioria dos bairros da capital já conta com o seu Conselho Local de Saúde. Eles são a melhor maneira de realizar reivindicações nesta área, bem como de contribuir para melhorar ainda mais o atendimento nos Centros de Saúde, Policlínicas e UPAs. Na sua unidade de Saúde você descobre se o seu bairro já conta com um CLS.


QUARTA-FEIRA, 9 de maio de 2012 A cooRdEnAdoRA do polo UAB são José, Maria solange coelho Borges, passou a fazer parte do conselho do centro de Educação a distância da Universidade do Estado de santa catarina (concentro/cEAd). Maria foi convidada para representar a comunidade no concentro/cEAd, devido ao trabalho que desenvolve referente à educação a distância (Ead) dentro de são José

são José

A 07

2ª JoRnAdA dA lIngUAgEM

professores participam de evento na UdEsc

dIvUlgAção

as inscrições estão abertas e podem ser realizadas até o dia 10 de maio

E

m comemoração aos 49 anos do Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed/Udesc), o Grupo de Estudos e Pesquisas Prolinguagem, promoverá 23 a 25 de maio, a 2ª Jornada de Linguagem da Faed/Udesc. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas até o dia 10 de maio. A presidente da comissão organizadora do evento, professora Dalva Godoy, explica que a Jornada é dirigida à formação de professores da

educação básica da grande Florianópolis e busca fornecer instrumentos de mediação para a ação pedagógica relativa ao ensino da língua portuguesa e sua respectiva literatura. “O foco nesta segunda edição será a formação da competência de alfabetizar crianças, jovens e adultos”, explica. O evento integra as atividades do Programa de Extensão “Linguagem na Escola” e recebeu apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

A Jornada é dirigida à formação de professores da educação básica da grande Florianópolis

buir para a permanente formação profissional e pessoal dos educadores das escolas catarinenses”, explica a professora Dalva Godoy. A programação da 2ª Jornada de

Linguagem da Faed/Udesc contará com quatro conferências, nove minicursos e uma mesa redonda. A conferência de abertura “Alfabetização sob o olhar do linguista” será ministrada pelo pro-

programaçÃo “Durante os três dias de evento serão apresentados e discutidos estudos e pesquisas sobre o ensino da linguagem oral e escrita no cotidiano escolar, com o intuito de contri-

fessor Luiz Carlos Cagliari (UNESP), e a conferência de encerramento “Linguagem da/na Escola” será proferida pelo professor José Pacheco (Escola da Ponte) de Portugal.

As inscrições para a Jornada são gratuitas e limitadas. A programação completa e as inscrições podem ser acessadas no site:www.jornadadelinguagem.faed.udesc.br.

câmara de Vereadores: governador explica IcMs veto tranca a pauta para produtos importados A primeira sessão de maio teve sua pauta trancada em decorrência do empate ocorrido na votação única do Parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação ao Veto Total n.º• 002/2012, do Prefeito Municipal, ao Projeto de Lei Complementar, que deu origem a Lei Complementar n.º• 055/2012, que acresce parágrafos 3º• e 4º• ao artigo 56 da Lei Complementar n.º• 054, de 31 de agosto de 2011, que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos Servidores Estatutários das Carreiras típicas da Saúde Municipal de São José/ SC, institui novas referências de vencimento e estabelece normas gerais de enquadramento, cria, extingue e aglutina cargos de provimento efetivo e dá outras providências. Como o Veto teve 6 votos a favor do parecer, 6 votos contra e 1 em branco, ocorrendo empate a votação foi transferida para a sessão ordinária seguinte, pois nestes casos segundo o Art. 185 do Regimento Interno da Casa Legislativa o Presidente não pode desempatar por se tratar de

dIvUlgAção

Na última segunda-feira (7), às 10h, o governador do Estado, Raimundo Colombo (PSD) realizou uma reunião para apresentação e encaminhamento sobre o

Comércio Exterior em Santa Catarina, com as conseqüências da unificação da alíquota do ICMS para produtos importados. Empresários da AEMFLO/São

José participaram da reunião para saber mais detalhes da decisão tomada pelo Senado e as conseqüências para o comércio da região.

edUcaçÃo À distÂncia

como o veto teve 6 votos a favor do parecer, 6 votos contra e 1 em branco, ocorrendo empate a votação foi transferida para a sessão ordinária seguinte

uma votação secreta, estando assim suspensas todas as matérias contidas na ordem do dia. Sempre que houver um Veto na pauta este tem prioridade de votação, conforme Art. 223 § 5° quando não houver deliberação do Veto este automaticamente passa para a ordem do dia da sessão seguinte, estando suspensas as demais matérias até sua aprovação ou rejeição.

Josefense passa a integrar Conselho Estadual A coordenadora do Polo UAB São José, Maria Solange Coelho Borges, passou a fazer parte do Conselho do Centro de Educação a Distância da Universidade do Estado de Santa Catarina (Concentro/CEAD). Maria foi convidada para representar a comunidade no Concentro/CEAD, devido ao trabalho que desenvolve referente à educação a distância (EaD) dentro de São José e também pela trajetória profissional. Além de coordenadora do Polo UAB São José, é professora do Centro Universitário Municipal de São José (USJ) e já foi coordenadora de projetos de EaD na Secretaria de Educação de São José, auxiliando na aprovação da implantação do sistema nas universidades do município, em 2009.

“Fico honrada de ter sido escolhida para representar a comunidade sobre um assunto que tenho conhecimento. Trabalho com isso há 12 anos e farei o possível para solucionar as questões relativas à educação a distancia da UDESC com eficiência”, declarou a nova representante do Concentro/ CEAD, Maria Solange Coelho Borges. O Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) é um programa cuja finalidade é expandir e interiorizar a oferta de cursos e programas de educação superior no país,possibilitando levar ensino superior público de qualidade aos municípios que não possuem cursos de formação superior ou cujos cursos ofertados são insuficientes para atender a todos os cidadãos. “A representatividade é um marco importante para educação a distância

no município, pois reconhece e consolida o apoio dos gestores, Prefeito e Secretário Municipal de Educação, e os trabalhos desenvolvidos no Polo UAB de São José”, afirmou Maria. As atividades no Polo iniciaram em 2009 e no mês de abril deste ano foi institucionalizado, o que garante maior segurança aos alunos e as universidades que oferecem os cursos. O Polo UAB de São José oferece diversos cursos gratuitos de Graduação e Pós-Graduação da UFSC, da UDESC e do IF-SC, na modalidade a distância e também proporciona à comunidade cursos como Educação de Jovens e Adultos, Mídias na Educação e Letras-Inglês. Para o segundo semestre deste ano estão previstos o Curso de Licenciatura em Filosofia (UFSC) e o Curso de Tecnólogo em Gestão Pública (IF-SC).


QUARTA-FEIRA, 9 de maio de 2012

A 08 geral

São José - Colônia Z-28

Prepara pescadores para época da Tainha Assuntos como documentação do pescador e do barco, segurança no mar e equipamentos obrigatórios a bordo serão abordados pela Capitania dos Portos

M

aio é o mês que marca o início da temporada da pesca da tainha no litoral catarinense. Durante dois meses (maio a julho) os pescadores da região, que vivem quase que exclusivamente da pesca, vão em busca desse peixe para abastecer o mercado com a chamada “operação tainha”. Em São José, cidade litorânea, não é diferente. Em virtude disso, nesta quinta-feira (10), às 14h, localizado na BR 101, km 199 (trapiche do Bairro Serraria), a Colônia de Pescadores Z-28 do município e a Epagri proporcionarão aos pescadores e familiares uma palestra sobre os cuidados que se deve tomar na hora de praticar a pesca.

Divulgação

Assuntos como documentação do pescador e do barco, segurança no mar e equipamentos obrigatórios a bordo serão abordados pela Capitania dos Portos, empresa responsável por ministrar a palestra. “Todos os pescadores da região, familiares e amigos estão convidados a participar. Essa palestra não só trará recomendações importantes, como também irá procurar sanar diversas dúvidas que os participantes tenham sobre o assunto”, destaca o Supervisor de Abastecimento e de Agricultura da Fundação do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de São José, o técnico agrícola Reinaldo Donizete Pereira.

A Colônia Z-28 e a Epagri proporcionarão aos pescadores e familiares uma palestra sobre os cuidados que se deve tomar na hora de praticar a pesca

Sobre a Colônia Z-28 A Colônia de Pescadores Z-28, que mantém convênio de cooperação técnica com a Prefeitura de São José, é o sindicato que representa a categoria

dos pescadores profissionais artesanais de São José, buscando direitos, como: aposentadoria, seguro defeso e carteira profissional. Além desses direitos, são

proporcionados alguns benefícios, entre eles: dentista, convênio saúde e cursos profissionalizantes de informática, regulagem de motores marítimos, le-

gislação previdenciária e manipulação e conservação de pescados. Atualmente, estão cadastrados cerca de 200 pescadores do município.

Bocha Paralímpica da FCEE fica em 6º em regional A equipe de Bocha Paralímpica da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) conquistou no último final de semana a sexta posição geral do Regional Sul de Bocha Paralímpica, realizado entre os dias 3 (quinta-feira) e 5 (sábado) na cidade de Balneário Camboriú(-SC). O resultado foi obtido pela equipe formada pelo atleta Paulo Roberto Perão de Lima, que ficou em 6º lugar, e pelo atleta Paulo Ricardo Pedroso, que terminou na 17ª colocação. Ambos os atletas competiram na classe BC3, que utilizam calhas ou rampas para o deslocamento de bola, auxiliados por um calheiro. Os resultados da equipe de Bocha Paralímpica da Fundação Catarinense de Educação Especial foram valorizados pelo técnico Jefferson Seeber. “Nossos atletas enfrentaram outros atletas com experiência nacional e internacional, o que valorizou as vitórias conquistadas”, disse. Promovido pela Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE), o evento reuniu atletas dos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Paulo Roberto, na disputa em seu

Divulgação

para árbitros, que contou com a participação do professor da FCEE Gabriel de Sousa. “A capacitação qualifica os profissionais para melhorar o nível técnico de nossas competições”, destacou o professor, que deve colaborar na arbitragem de eventos da própria FCEE e em eventuais disputas estaduais.

Vagas

Os resultados da equipe de Bocha Paralímpica da Fundação Catarinense de Educação Especial foram valorizados pelo técnico Jefferson Seeber.

grupo, conquistou três vitórias, terminando empatado com um atleta do Paraná, mas foi ultrapassado no saldo de pontos, um dos critérios para desempate. O atleta do Paraná foi beneficiado com a ausência de uma atleta de Itajaí, que alegou problemas de saúde da calheira, sendo punida com um W0 (6 a 0). Já Paulo Ricardo, que havia se afastado dos treinamentos (estava estudando), analisou de

forma positiva sua participação. Foram apenas quatro sessões de treinamento. Em algumas partidas “perdi para mim mesmo”, destacou. Além de Paulo Ricardo e Paulo Roberto, a equipe da FCEE foi representada na disputa de Balneário Camboriú pelos calheiros Marília Garcia Pinto e Paulo Roberto Xavier de Lima. A disputa em Balneário Camboriú ainda foi marcada por um curso

Após participação no Regional Sul, a equipe da FCEE agora se prepara para o próximo desafio: a disputa do PARAJASC, programado para o mês de novembro, na cidade de Brusque. Com isso, novos atletas devem compor a equipe de Bocha Paralímpica, além de outras modalidades esportivas. “Estamos aceitando novos atletas para compor a equipe, pois precisamos divulgar ainda mais modalidades como a Bocha, o futebol e outras modalidades”, disse Seeber. “Inclusive, temos interesse em atletas com paralisia cerebral que gostem de futebol para fazerem parte da equipe da FCEE”, acrescentou. Interessados podem entrar em contato com o Centro de Educação Física da FCEE, pelo telefone (48) 3381 1676.

Abuso sexual

Turismo lança campanha contra exploração infantil Milhões de crianças e adolescentes no Brasil sofrem algum tipo de exploração sexual. São 937 municípios com casos de exploração sexual de menores comprovada, o que representa 17% de todas as cidades do país. Para debater o assunto, a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina (SOL), em parceria com o Ministério do Turismo (MTur), promove o I Seminário Turismo Sustentável e Infância SC. O objetivo é trabalhar a prevenção e o enfrentamento deste tipo de exploração sexual nos equipamentos turísticos de Santa Catarina. O evento ocorrerá no dia 9 de maio, das 9h às 18h30, no auditório da SOL. Entre os convidados estão o governador Raimundo Colombo (PSD), o secretário José Natal Pereira (PSDB), o Ministro do Turismo, Gastão Viera (PMDB), o presidente Conselho Estadual Direitos da Criança e Adolescentes, Leonardo Floriano Thives, e a presidente do Conselho Estadual de Turismo, Joseli Cintra. “É importante para Santa Catarina, estado campeão na preferência dos turistas brasileiros, ter políticas claras de enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes. Infelizmente este não é problema deste ou daquele estado, por isso a importância de trabalharmos em uma rede integrada com sociedade civil, trade turístico e poder público”, afirma o secretário José Natal Pereira. A ideia deste seminário é apresentar o Programa de Turismo Sustentável e Infância em Santa Catarina para que os programas de enfrentamento contra a exploração sexual nos equipamentos turísticos sejam realizados no estado. A intenção é provocar a integração da rede de combate à E.S.C.A. Muitos estarão presentes no evento, farão o curso de multiplicadores do TSI (também parte do convênio), ao longo do ano nas regiões turísticas. Sete palestrantes irão tratar do tema ao longo do dia. Todas as ações do Programa de Turismo Sustentável e Infância são realizadas por agentes públicos federais, estaduais e municipais, empresários e profissionais do turismo e segmentos da sociedade civil. Divulgação

“É importante para Santa Catarina ter políticas claras de enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes”, destacou o Secretário José Natal (PSDB).


Esporte

QUARTA-FEIRA, 9 de maio abril de 2012

FÓRMUlA 1: A TEMpoRAdA

EURopéIA dE FÓRMUlA 1 coMEçA no pRÓxIMo doMIngo, Às 9 HoRAs dA MAnHã, no gp dE BARcElonA.

A 11

convocAção

deretti na seleção sub 20 dIvUlgAção

Jogador participará do torneio oito nações na África do sul

D

esde criança em Jaraguá do Sul/ SC, sua cidade natal, o jovem Jean Deretti sonhava em um dia jogar em um grande Clube e defender a Seleção Brasileira. O futebol sempre acompanhou a trajetória deste jovem atleta. Deretti iniciou com seis anos no futsal e logo depois passou para os gramados, no time do Juventus, da própria cidade. Hoje, com 19 anos, Deretti vive a realidade de integrar o elenco profissional do Figueirense e de ter tido a primeira convocação para defender a Seleção Brasileira Sub-20. O jogador foi convocado para participar do Torneio Oito Nações, que será disputado na África do Sul. Aos 13 anos, Deretti chegou ao Figueirense, indicado por um treinador de Jaraguá de Sul. Sempre demonstrando muita habilidade e

talento, o jogador foi sendo lapidado pelos profissionais do Clube como uma joia, até chegar ao elenco do time principal. Dos primeiros toques na bola, ainda no futsal, até sua chegada no Figueirense, há 6 anos, o meia lembra de cada detalhe. “Me passa um filme na cabeça desde quando ainda era criança. Lembro do primeiro dia aqui no Clube, tudo era novidade, mas a adaptação foi muito rápida e eu sempre recebi todo o apoio”, disse o atleta. No ano passado, Deretti estreou no profissional em um jogo com o Santos, pelo Campeonato Brasileiro. Em uma grande atuação na Vila Belmiro, Deretti foi um dos destaques na vitória alvinegra por 3 a 2. Mostrando ali que teria uma grande trajetória no Figueirense. AlcEU ATHERIno

Juvenil do Avaí faz amistoso hoje

Juvenil do Avaí faz amistoso hoje A equipe juvenil do Avaí faz um amistoso nesta quarta-feira, dia 9, contra o Figueirense. O jogo, que servirá de preparação para o Campeonato Estadual que começa no final de semana, será observado pelo técnico da Seleção Brasileira Sub 15. A partida será disputada às 9h30min

no Centro de Treinamento do Figueirense, no Cambirela, em Palhoça. O time juvenil, comandado pelo técnico Niltinho Severo, estreia no Campeonato Catarinense no próximo sábado, dia 12, às 13h30min, contra a Chapecoense na Arena Condá, no Oeste do Estado.

deretti foi convocado para a sub 20

Hóquei sobre grama é a nova modalidade olímpica apoiada pela prefeitura de são José A Prefeitura de São José, por meio da Fundação Municipal de Esporte e Lazer, firmou nesta semana parceria com o Hóquei Clube Desterro, que terá sede no Bairro Forquilhinha, para incentivar a prática do hóquei sobre grama no município. O hóquei sobre grama é um esporte olímpico, sendo a primeira participação nos Jogos Olímpicos de Londres em 1908. A modalidade é semelhante ao futebol, mas ao invés de utilizarem os pés para os lances os atletas contam com tacos. A bola também é bem menor, pesa até 156g, por isso as traves também são menores. O campo tem dimensões parecidas com o de futebol. Os times são compostos por 11 integrantes (10 na linha e 1 no gol) e as partidas são divididas em dois tempos de 35 minutos. Ganha quem marcar o maior número de gols. Os atletas usam chuteiras e os goleiros se protegem dos arremates que atingem até 160km/h utilizando capacete, colete, protetor de pernas e pés, luvas e tacos. Até os anos de 1970, Índia e Pasquistão foram as grandes potências da modalidade de grama. Atualmente, o hóquei já se popularizou nos cinco continentes, não só como um esporte masculino, mas também, feminino.

dIvUlgAção

quipe de hóquei apoiada pela prefeitura de são José

O Clube - fundado em 2004 - é destaque nacional tanto no masculino quanto no feminino com atletas que compõem a seleção brasileira, inclusive neste momento quatro deles estão disputando o torneio pré-olímpico no Japão e duas atletas estão em intercâmbio na Argentina, atual potência feminina. A equipe feminina já conquistou os títulos de Campeã Brasileira em 2007, 2009 e 2010, enquanto a masculina levou o título nacional em 2007. Além de oferecer estrutura física e material para os treinos, a Fundação Municipal de Esporte e Lazer

também vislumbra sediar competição nacional de hóquei sobre grama seven, onde disputam sete atletas. “Já estamos realizando contatos estratégicos para viabilizar essa competição aqui em São José”, frisa o Superintendente da Fundação Municipal de Esporte e Lazer, Luciano Heck. (Subtítulo) Outras modalidades olímpicas são incentivas pela FundaçãoA FUNESJ mantém apoio e incentivo à prática das seguintes modalidades olímpicas: futebol de campo, atletismo, handebol, voleibol, basquetebol, judô, tênis de mesa, triatlo, vôlei de praia e natação.


QUARTA-FEIRA, 9 de maio de 2012

A 12 Segurança

São José

PM descobre esconderijo de maconha em Barreiros

Policiais da Agência de Inteligência do 7° Batalhão de Polícia Militar foram até uma quitinete após uma denúncia e tiveram êxito na retirada de mais de sete quilos de maconha das ruas de São José

M

ais um trabalho em conjunto da comunidade josefense com a Polícia Militar (PM) do município contribuiu para o flagrante de um esconderijo de maconha no Bairro Barreiros. Eram por volta das 19h30 quando a guarnição da Agência de Inteligência do 7° Batalhão PM recebeu uma denúncia de que em uma quitinete na Rua Francisco Nappi havia maconha escondida. O resultado foi a apreensão de 7,332 quilogramas de maconha. Segundo informações da PM, os policiais envolvidos na operação fizeram campana em frente a quitinete até a chegada do homem que pagava aluguel para morar ali. Marlon Cristóvão, 19 anos, permitiu que os policiais entrassem na residência para as buscas. A droga foi encontrada armazenada dentro de duas latas de tinta, dividida em 12 tabletes grandes e um pequeno. Dentro das latas também haviam duas balanças de precisão, usada para a pesagem da droga na venda. De acordo com os policiais, a denúncia dava conta de que haveria um comparsa que seria o principal responsável pelo tráfico da maconha. O suspeito inclusive foi identificado, mas não foi localizado. Marlon foi levado juntamente com a droga e as balanças para a Central de Polícia de São José, onde foi indiciado por tráfico e associação ao tráfico de entorpecentes. O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil para saber a origem e o destino da droga.

Procuro casa ou apartamento para alugar nas proximidades do bairro Estreito. Que tenha no mínimo dois quartos.

Contato

(48) 8410-0951

Divulgação

Marlon Cristóvão, 19 anos, foi preso em flagrante ao chegar no local. Mais de sete quilos da droga foram apreendidos

Loja em São José é arrombada e prejuízos chegam a R$ 100 mil Ladrões invadiram uma loja das Casas Bahia por volta de 2h30 da madrugada de ontem (8), em São José. Os criminosos só foram filmados pelo sistema de monitoramento do local, mas não foram identificados até a tarde de ontem. Informações preliminares dão conta de que pelo menos 40 televisores, aparelhos celulares, tablets, câmeras

fotográficas e de filmagem e até cofre do estabelecimento foram levados. Os projuízos podem chegar a R$ 100 mil. O dinheiro de um caixa eletrônico do Banco Bradesco, no interior da loja, também foi levado pelos criminosos. Para a polícia os bandidos podem ter usado um acesso pela lateral da loja, onde havia um cadeado arromba-

do. Em seguida eles teriam tido acesso a uma porta nos fundos do estabelecimento, mas como não havia marca de arrombamento nessa segunda porta, há suspeita de que os criminosos tivessem a chave para abrir ou que os funcionários tivessem deixado aberta. A investigação deverá ser realizada pela 3ª Delegacia de Polícia.

Caminhão desgovernado tomba em São José Um acidente aconteceu ontem (8) por volta das 8h na Rua Alcides S. Coelho, próximo ao hospital Regional de São José. O motorista, que

não teve o nome divulgado, teve apenas ferimentos leves sendo atendido pelos bombeiros e conduzido ao hospital ao lado.

De acordo com informações preliminares, o caminhão teria se desgovernado em uma descida e tombado nas marges da rua.

Jornal Informe- Edição 54  

Jornal Diário da Grande Florianópolis

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you