Page 1

INFORME FORME reDe De JornaiS

GranDe florianÓPoliS

Tempo Hoje

24 19º

quinta-feira 19 de abril de 2012 . aNO 1 . NO 41 - |

http://issuu.com/jornal_informe |

@jornalinforme |

jornal-informe

ConteuDo É tuDo

figueirense um ataque de encher os olhos PaG >> a11

avaí

Bruno e nunes são suspensos PaG >> a11

DivulGação DivulGação

Governo laMenta DeCiSão Do MaGiStÉrio CatarinenSe PaG >> a04

Prefeito aPreSenta Plano Diretor À iMPrenSa PaG >> a06 DivulGação

tranSferiDa aBertura DoS JoGoS eSColareS PaG >> a07

MerCaDo neGro

PolÍCia Militar DeSManCHa CoMÉrCio De ProDutoS CoM DenÚnCia De furto Marcondes Henrique ramos back, que estava com mandado de prisão em aberto, tinha aproximadamente r$ 70 mil em mercadorias que, de acordo com a polícia, há suspeita de terem sido furtadas. ele vendia os produtos para terceiros. entre os equipamentos estão diversas televisores tela plana, notebooks e videogames de marcas famosas pÁG a 12


A 02

eduardo Bisotto

quinta-feira 19 de abril de 2012

fraSe Do Dia “Política é como o show business: você tem uma estréia fantástica, desliza por algum tempo e acaba num inferno”. Ronald Reagan

Sem solução?

Recebo o seguinte release da assessoria de comunicação do governo do estado: “O secretário de Estado da Educação (SED), Eduardo Deschamps, lamentou a decisão do magistério catarinense que deliberou pela paralisação da categoria, a partir de segunda-feira (23). Cerca de 2,5 mil professores participaram da Assembleia Geral da categoria no Centrosul e que resultou na decisão”.

E

segue o impasse entre Sinte e Governo do Estado. Um impasse que tem todas as características de um embate político visando acabar com o governo Raimundo Colombo (PSD, na foto). Aliás, verdade seja dita: inviabilizar governos democraticamente eleitos (no caso de Colombo no primeiro turno, diga-se) é especialidade do petismo quando na oposição. E só faz de conta que o Sinte é órgão de classe e não braço sindical petista quem é mal intencionado. Porque não existe nível de burrice e cegueira política que chegue ao ponto de não enxergar o óbvio.

Fraqueza 2 Sou obrigado a apontar: se de um lado sobra ousadia e agressividade para a curiola esquerdista montada no Sinte, por outro vai sobrando fraqueza na reação do governo. Respeito muito o professor Deschamps e seu brilhante currículo. Mas falta ao professor cacoete político. E na cozinha do governo, agora, temos um excepcional gestor, o Secretário Derly Massaud Anunciação. Mas aonde estão os pensadores políticos do governo?

Sem solução? 2

Sem solução? 3

Tenho dito nesta coluna desde que o impasse começou: é óbvia a diferença de tratamento dado a um governo petista e a um não petista. Basta olhar para os vizinhos gaúchos. Enquanto Tarso Genro (PT) chega a levar o pleito de não pagar o piso nacional para o Supremo Tribunal Federal, o CPERS, sindicato dos professores gaúchos, não faz mais do que ficar em audiências intermináveis com o governador. Quando muito uma paralisação de meio-dia.

Enquanto no Rio Grande do Sul os petistas tratam o governador amigo com melzinho na chupeta, em Santa Catarina é uma greve atrás da outra. Notou a diferença? Dentro deste marco de análise fica claro: faça o que fizer o governo do estado, apresente a melhor proposta do mundo e a mobilização do Sinte seguirá. O objetivo nada tem a ver com a valorização do magistério. É pura e simplesmente desgastar e tentar inviabilizar um governo adversário.

irresponsáveis abusados Passamos 30 anos sob uma ditadura militar, de 1964 até 1985. Isto fez com que a primeira Constituição democrática que costuramos após tanto tempo, a famigerada

“Constituição Cidadã” de 1988, fosse uma perfeita colcha de retalhos gigantes, com uma infinidade de direitos garantidos sem a necessária e indispensável contrapartida

em deveres. Tantos anos com a liberdade reprimida nos levaram a parir uma Constituição quase liberticida. O que foi encontrar reflexos na atividade política.

irresponsáveis abusados 2

empréstimo

empréstimo 2

O secretário da Fazenda, Nelson Serpa (PSD, na foto), pediu empenho aos deputados na aprovação do projeto de lei para autorizar o Executivo a contrair empréstimo no valor de R$ 611 milhões junto ao BNDES e viabilizar o projeto Caminhos do Desenvolvimento. Ao lado dos secretários de Administração, Milton Martini (PMDB), e de Infraestrutura, Valdir Cobalchini (PMDB), Nelson Serpa participou da reunião da Comissão de Finanças e Tributação da Assembleia Legislativa na manhã desta quarta-feira (18).

O financiamento será compartilhado entre a Infraestrutura, comandada por Cobalchini, no programa de recuperação de rodovias; a Administração, para a instalação de rede de fibra óptica no interior no Estado; e pela Defesa Civil, no projeto de contenção das cheias, especialmente no Alto Vale do Itajaí. De acordo com o secretário da Fazenda, a urgência na aprovação do projeto é importante para que as obras sejam licitadas ainda este ano.

irresponsáveis abusados 3

A cena que narro a seguir aconteceu na tarde da última terça-feira (17), em frente ao Centro Sul. Eram aproximadamente 17h. Horário em que o trânsito do centro de Florianópolis vai pesando. E o que acontece? Um grupo de “professores” (militantes partidários travestidos de representantes sindicais do nobre magistério catarinense) resolve paralisar o trânsito bem ali, um dos pontos nevrálgicos de distribuição viária da capital, para apresentar sua nobre pauta por reajustes salariais. Irresponsáveis abusados, sem qualquer respeito pelo direito do público e também do povo em que se arvoram representantes sem sequer saber do que falam.

EXPEDIENTE

Fraqueza

E aí volto lá ao comecinho: uma Constituição liberticida, direitos sem a contrapartida de deveres, 30 anos de repressão da liberdade, acabaram nos levando até aqui: meia dúzia de irresponsáveis abusados se acham no direito de afetar toda uma coletividade com o intuito de emplacar uma pauta particular.

irresponsáveis abusados 4 Ontem são os “professores”, amanhã os “gays”, depois de amanhã os “ciclistas” e por aí vai. Fiz questão de colocar todas as categorias entre aspas porque no fundo é sempre a mesma meia dúzia de babacas e palhaços de grupelhos políticos de extrema-esquerda, querendo se arvorar em representantes do povo sem possuir mandato para tanto. A mesma curiola de totalitários de sempre. Até quando a sociedade vai tolerar este tipo de gente calada?

PÚBLICAÇÃO: Informe Editora Jornalística LTDA LTDA CNPJ 15.020.627/0001-81

DIREÇÃO GERAL: JORNALISTA RESPONSÁVEL: Adriano Ribeiro Adriano Ribeiro 48 3240-9643 0002902SC

COMERCIAL: Silmara Dalmedico Ribeiro 48 3240-9643

http://issuu.com/jor nal_infor me |

EDIÇÃO Eduardo Bisotto 48 3240-9643

@jor nalinfor me |

CONTATO

PROJETO GRÁFICO: Dóda Design www.dodadiagramador.com.br

jor nal-infor me |

GRÁFICA: Rede de Jornais Informe

TIRAGEM 4 mil

Rua General Eurico Gaspar Dutra, nº952 Bairro Estreito CEP 88.075-100 Florianópolis-sc

e-mail: opinião@jor nalinfor me.com.br


Geral

quinta-feira 19 de abril de 2012 aDa De luCa a secretária de estado da Justiça e Cidadania, ada faraco De luca assina convênio nesta quinta-feira (19), às 11h, com o tribunal de Justiça de Santa Catarina e o Serviço nacional de aprendizagem industrial (Senai/SC), para capacitação profissional de 25 detentos da penitenciária de florianópolis.

A 05

fundação Catarinense de Cultura ciclo sobre museus DivulGação

Os encontros, em formato de mesa redonda, serão realizados trimestralmente, em diferentes regiões de Santa Catarina

E

stão abertas as inscrições para o primeiro encontro do ciclo de discussão “Conversando sobre Museu”, uma iniciativa da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do Sistema Estadual de Museus (SEM/ SC). O evento ocorrerá no dia 8 de maio, no Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. O objetivo é promover a reflexão sobre temas diversos de interesse do campo museológico catarinense, assim como discutir novas perspectivas e diferentes concepções de trabalho para o setor. Os encontros, em formato de mesa redonda, serão realizados trimestralmente, em diferentes regiões de Santa Catarina, compreendidos entre palestras e debates com os participantes. Para a primeira edição, foi definido como tema “Museu e Escola: uma integração necessária”, entendendo que educação em museus, além

Presidente da fCC, Joceli de Souza

de complementar o currículo formal, é exercício de preservação da memória e do patrimônio cultural. O debate, portanto, pretende apresentar algumas possibilidades de articulação entre as duas instituições, não perdendo de vista nem os objetivos da escola ao visitar tais espaços museológicos, nem os dos museus ao pretender ampliar a cultura científica de seus visitantes. Foram convidados para participar como palestrantes/debatedores o professor doutor Fernando Antônio Romero (docente e pesquisador vinculado ao curso de Museologia do Centro Universitário Barriga Verde – UNIBAVE); a professora mestre Lucy Cristina Ostetto (docente e pesquisadora vinculada aos cursos de História e Pedagogia da Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC, e coordenadora do Centro de Memórias desta mesma instituição);

e a professora doutora Maria Teresa Santos Cunha (docente e pesquisadora do Departamento de História da Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, do PPG/Educação e PPG/ História desta universidade).

SerVi;OS O que: Conversando sobre Museu Tema: Museu e Escola: por uma integração necessária Quando: 8 de maio de 2012, das 14h às 17h Local: Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC) - Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 – Florianópolis Quanto: gratuito (vagas limitadas) Inscrição: deve ser feita até 3/5. Os dados estão disponíveis no site www.fcc.sc.gov. br/patrimoniocultural Mais informações: (48) 3953-2374 / 3953-2375

Curso capacite Comitê de bacia Justiça assina convênio Hidrográfica do rio Camboriú para profissionalização de detentos

De 26 a 28 de abril a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), por meio da Diretoria de Recursos Hídricos (DRHI) realiza o curso de capacitação Introdução à gestão de recursos hídricos e o papel dos Comitês de Bacia Hidrográfica em sua Implementação, em parceria com o Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Camboriú. As inscrições estão abertas até quinta-feira 19 de abril. O curso, previsto na Ação Fortalecimento de Comitês, atividade Gestão de Recursos Hídricos, do programa Santa Catarina Rural é uma iniciativa do Governo do Estado de Santa Catarina com financiamento do Banco Mundial (BIRD) e acontece gratuitamente no Centro de Treinamento da Epagri, em Itajaí. Os cursos terão duração de 25 horas-aula e serão ministrados pela professora Dra. Beate Frank, especialista em Gestão de Recursos Hídricos para os 16 comitês de bacia catarinenses, direcionados aos integrantes desses comitês e entidades parceiras em suas respectivas áreas de abrangência e demais agentes

DivulGação

rio Camboriú

sociais interessados. “Estamos preparando os consultores técnicos e a comunidade, reunindo todos os atores locais, para a gestão dos recursos hídricos. Os cursos de 2012 são fundamentais para a compreensão dos instrumentos para essa gestão”, afirma o diretor de Recursos Hídricos da SDS, Edison Pereira de Lima. O fortalecimento dos Comitês de Bacia pavimenta o caminho para ações estratégicas em Santa Cata-

rina, visando o planejamento e a gestão dos recursos hídricos, conforme a política nacional e estadual. Os integrantes dos Comitês de Bacia, bem como os demais agentes sociais desse processo poderão, por meio desses cursos aprimorar o seu conhecimento sobre o tema, de grande importância no contexto social e econômico catarinense para a adequada utilização da água e a preservação dos recursos naturais.

A secretária de Estado da Justiça e Cidadania, Ada Faraco De Luca assina convênio nesta quinta-feira (19), às 11h, com o Tribunal de Justiça de Santa Catarina e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/SC), para capacitação profissional de 25 detentos da penitenciária de Florianópolis. “Nossa ideia vai além da oferta de trabalho. Queremos dar condições para que o apenado deixe a prisão empregado, nem que seja por um tempo provisório, e com uma certificação que comprove a função que aprendeu. Só assim é que o detento egresso conseguirá realmente provar que está capacitado para uma determinada função. O convênio que será assinado com o Tribunal de Justiça e com o Senai é um grande passo”, enfatiza a secretária. O Senai ministrará curso de

Eletricista com carga horária de 160 horas/aula de, 11/06 a 03/08, no período matutino, das 8h às 12h, nas próprias instalações da penitenciária da Capital. O convênio entre as três instituições está vinculado à implantação do projeto Começar de Novo. O programa “Começar de Novo” foi criado em 2009 pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em conjunto com a iniciativa privada, para dar oportunidade de trabalho aos presos e incentivar a ressocialização. De acordo com a Lei de Execuções Penais (LEP), a cada três dias trabalhados, é descontado um dia da pena. A iniciativa objetiva sensibilizar órgãos públicos e sociedade civil, para que forneçam postos de trabalho e cursos de capacitação profissional a apenados e egressos do sistema carcerário.


A 06

florianópolis

quinta-feira 19 de abril de 2012 CertifiCaDoS dos Cursos de 2011/2012 já estão disponíveis na Secretaria Municipal da Saúde. eles podem ser retirados no setor de formação e qualificação profissional da Secretaria. o horário para a retirada, todos os dias é das 08h30 às 19h.

Prefeito apresenta Plano Diretor à imprensa DivulGação

encontro aconteceu na manhã desta quarta-feira na associação Catarinense de imprensa

O

Para o prefeito Dário Berger, a conclusão do projeto do Plano Diretor é prioridade de sua administração e deve ser entregue à Câmara de florianópolis ainda neste semestre

prefeito de Florianópolis, Dário Berger (PMDB), recebeu a imprensa na manhã desta quarta-feira, 18 de abril, para esclarecer detalhes sobre a elaboração do Plano Diretor de Florianópolis. O encontro foi na Casa do Jornalista e contou com a participação de cerca de 40 profissionais da imprensa, além de técnicos da Prefeitura de Florianópolis e o secretário de Educação Rodolfo Pinto da Luz. Para o prefeito Dário Berger, a conclusão do projeto do Plano Dire-

tor é prioridade de sua administração e deve ser entregue à Câmara de Florianópolis ainda neste semestre. Segundo ele, a Capital só possui um Plano de Ocupação de Solo, que está defasado. “O Plano Diretor é uma Bíblia para Florianópolis, a legislação atual de ocupação de solo não corresponde à realidade da cidade” disse Berger. O novo plano, após ser aprovado pela Câmara de Vereadores, irá aumentar as áreas verdes de Florianópolis. De acordo com o secretário de

Educação Rodolfo Pinto da Luz, que coordena a elaboração do plano, os atuais 59% de área verde passarão para 74% (52% de Área de Preservação Permanente e 22% de Área de Amortecimento). A elaboração do Plano Diretor começou em 2006 e é totalmente democrática, contando com a participação de toda a sociedade. Após a conclusão dos técnicos da Prefeitura de Florianópolis, o plano passará pela votação na Câmara de Vereadores da Capital.

Comcap e roche oferecem teste da hepatite C desde segunda O Serviço de Medicina e Segurança do Trabalho da Comcap, em parceria com a Prefeitura Municipal de Florianópolis e a Roche Brasil, está oferecendo, desde segunda-feira (16), exame para indicar se a pessoa teve contato

com o vírus da hepatite C. O teste é rápido, feito com algumas gotas de sangue de um dedo, e a coleta está sendo realizada na sala de treinamento da sede. Devem fazê-lo pessoas com idade entre 39 e 60 anos. O prazo para fazer

o teste termina hoje, quarta-feira (18). O presidente da Comcap, Marius Bagnati, esteve entre os que fizeram o exame pela manhã. Ele destacou a necessidade dos usuários do sistema de coleta de lixo descartarem correDivulGação

Hepatite C: Fatores de risco Pessoas que receberam transfusão e/ou hemoderivados antes de 1993 .Compartilhamento de agulhas Profissionais de saúde e agentes penitenciários Pessoas com piercing, tatuagem ou que apresentem outras formas de exposição percutânea (consultórios odontológicos, podólogos, manicures, etc).

tamente resíduos sanitários, evitando que seringas e outros materiais contaminados sigam para o lixo comum, colocando em risco a saúde dos garis. A hepatite é uma inflamação do fígado que pode ser causada por diferentes

agentes, entre eles os vírus. No Brasil, a estimativa do Ministério da Saúde é de que aproximadamente 3 milhões de pessoas podem ter tido contato com o VHC, transmitido quando o sangue contaminado entra na corrente sanguínea.

para evitar a transmissão do vírus Não compartilhar escovas de dente, equipamentos dentários e lâminas de barbearCobrir qualquer sangramento Evitar o uso de

drogas ilícitas e o compartilhamento de seringas, agulhas, água, algodão e outros Descartar seringas e agulhas de forma segura após a utilização.

Certificados dos Cursos de 2011/2012

o teste é rápido, feito com algumas gotas de sangue de um dedo

Os certificados estão disponíveis no setor de formação e qualificação profissional da Secretaria Municipal da Saúde e estão disponíveis no setor de formação e qualificação profis-

sional. Eles podem ser retirados todos os dias das 08h30 às 19h. Para maiores informações, os servidores devem entrar em contato pelo e-mail adisaude@gmail.com.

Produção em Saúde do Distrito Sanitário Centro. Data: 09 de dezembro de 2010.

Datas: 10 e 11 de novembro.

Curso: Oficina Conselho Local de Saúde, Controle Social e Você: Qual a força do conselho local na saúde de sua comunidade? Datas: 15 e 18 de setembro, 06 e 20 de outubro e 10 de novembro de 2011.

Curso: Mulheres Totalmente Independentes –

relaÇÃO dOS CertiFiCadOS diSpONÍVeiS Curso: Capacitação de Controle do Tabagismo. Datas: 16, 17 e 18 de março de 2011. Curso: Seminário sobre a Dengue. Data: 06 de julho de 2011 Curso: Capacitação sobre Tuberculose para Cirurgiões Dentistas. Data: 07 de outubro de 2011. Curso: Oficina sobre Elaboração de Pareceres Técnico-Científicos. Datas: 11, 22, 29 de agosto e 01 e 05 de setembro de 2011 Curso: Capacitação sobre Tuberculose: Prevenção e Assistência. Data: 28 de abril de 2011.

Datas: Outubro/2010 a Março/2011

Data: 18 de maio de 2011.

Curso: Treinamento Básico de Auriculoterapia. Datas: 01 e 08 de março de 2012

Curso: Capacitação sobre Tuberculose para Profissionais da Atenção Básica da Rede Municipal de Saúde. Datas: 02 e 04 de agosto de 2011.

Curso: Curso de Formação do Agente Comunitário de saúde (EFOS) - Supervisores Datas: 16 de março a 30 de julho de 2010. Curso: Reunião Técnica com os Enfermeiros: Parto Normal. Data: 18 de agosto de 2011. Curso: Oficina em Promoção ao Parto Normal. Data: 10 de maio de 2011. Curso: Oficina de Promoção ao Parto Normal. Data: 28 de fevereiro de 2012.

Curso: 1ª Oficina de Liderança do Distrito Sanitário Continente com o tema: Liderança Baseada em Valores. Datas: 22 de novembro de 2011 Curso: 2ª Oficina de Acesso na Atenção Primária a Saúde de Florianópolis Datas: 08 e 09 de dezembro de 2011.

Curso: Capacitação sobre Hepatite. Data: 19 de maio de 2011.

Curso: Capacitação Conversando sobre Hepatite. Data: 01 de agosto de 2011.

Curso: Estratégia Nacional de Promoção da Alimentação Complementar Saudável - ENPACS Datas: 20, 21, 22 de setembro de 2011.

Curso: Treinamento básico em técnicas de Acupuntura para médicos da A tenção Primaria a Saúde.

Curso: Capacitação sobre Violência – A Prática do Atendimento das Unidades de Referências.

Curso: 1º Encontro Científico dos Profissionais de Saúde do Distrito Sanitário Centro e 1ª Mostra de

Curso: 4ª Oficina do Conselho Municipal de Saúde com a Tema geral: ‘O dinheiro na Saúde Pública”. Datas: 18 de outubro de 2011. Curso: Oficina de Acesso do Distrito Sanitário Sul Datas: 13 de outubro de 2011. Curso: Pesquisa Inquérito VIVA 2011, Violência e Acidentes Datas: 14 de outubro de 2011. Curso: Capacitação Co-Infecção HIV/Hepatites Datas: 21 de julho de 2011. Curso: Qualidia

Comissão Organizadora Datas: 26 de novembro de 2011 Curso: Curso sobre a Política Nacional de Humanização Datas: 05 ou 06 ou 07 ou 12 ou 13 ou 14 de abril de 2011 RELAÇÃO CERTIFICADOS QUE ESTARÃO DISPONÍVEIS NA PRÓXIMA SEMANA: Curso: Estomas Intestinais e Urinários. Datas: 12, 13, 19 e 20 de setembro de 2011. Curso: 1ª Oficina de Acesso Datas: 19 e 20 de abril de 2011


São José

quinta-feira 19 de abril de 2012 eSColareS em virtude das mobilizações dos professores da rede estadual para entrar em greve, a fundação Municipal de esporte e lazer de São José transferiu a data da abertura dos Jogos escolares de São José

A 07

Curso de artesanato da fCee instrui grupo de aprendizes realizadas no período matutino, as aulas contemplam inúmeras atividades de aprendizagem, entre elas, a de tapeçaria, de pintura e colagem e de alinhavo (costura)

2

DivulGação

0 horas semanais. É o tempo em que um grupo de aprendizes vinculado à Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) se dedica ao curso profissionalizante na área de artesanato em geral. Oferecido há pelo menos cinco anos no Centro de Educação e Trabalho (Cenet), o curso visa a qualificação profissional e o encaminhamento no mercado de trabalho de pessoas com deficiência com idade igual ou superior a 14 anos. Realizadas no período matutino, as aulas contemplam inúmeras atividades de aprendizagem, entre elas, a de tapeçaria, de pintura e colagem e de alinhavo (costura). “[De modo geral] O trabalho é autônomo, e a gente

incentiva os aprendizes para que eles também desenvolvam trabalhos profissionalizantes em casa”, explicou a professora Márcia Terezinha Miranda, ao destacar a política de inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho A participação no curso é realizada via Cenet ou Centro de Avaliação e Encaminhamento (Cenae). Já as aulas são realizadas em espaços de aprendizagem da própria Fundação Catarinense de Educação Especial, em São José. O CENET Ao Centro de Educação e Trabalho é atribuído as ações de de-

senvolvimento de metodologias na área da educação profissional, de implementação de políticas de inclusão da pessoa com diagnóstico de deficiência e ou transtorno global do desenvolvimento (TGD). Trata-se ainda de um centro especializado no auxílio à pessoa com deficiência na área de conhecimentos sistematizados sobre o homem e suas relações de trabalho, na promoção da independência e a autonomia nos aspectos pessoais e sociais do aprendiz, e responsável pela busca por parcerias com instituições governamentais e não governamentais, no intuito de ampliar as oportunidades de formação profissional.

filoneSCio

Vivaldo na cidade grande - Por que raios a fazenda faria o pagamento na cidade? Só pra atrapalhar. – resmungava o Vivaldo dentro do ônibus já que não conseguia entender o motivo de, agora, ter de ir buscar o pagamento da Fazenda Sete Colinas na capital. “- Normas da empresa”, “Coisas do escritório de contabilidade”, “- Contribuição sindical”, “- Recolhimento do dinheiro do governo” - respondeu o encarregado quando ele foi perguntar. Vivaldo não gostava da cidade. Não gostava daquela coisa de carro, moto buzinando e gente no Metrô se espremendo feito gado indo pro abatedouro. Mas não tinha jeito. A modernidade chegou e agora tinha de ir lá pra preencher uns documentos, tirar umas fotos e sabe-se lá mais o quê. Nem se imaginava tendo de ir todos os meses pra fazer isso. Torcia para que fosse só naquele mês por coincidir com a data de pagamento que, justiça seja feita, nunca o Cel. Marcolino deixou atrasar. Mesmo assim, se tivesse de fazer essa viagem todos os meses – prosseguia resmungando - pediria demissão. Chegou num pé e voltou noutro. Assinou uns papéis, tirou fotografia e logo estava no ônibus quando, já entrando na área rural, um homem se levantou e informou:

- Senhores passageiros, desculpe incomodar o silêncio da sua viagem, mas isso é um ASSALTO! O bandoleiro veio fazendo a coleta de todos os passageiros, banco por banco. Vivaldo, que estava lá no fundo, achando-se muito vivo, resolveu meter todo o pagamento na marmita de alumínio - sua velha companheira de trabalho. Quando o bandido chegou perguntando pelo dinheiro, Vivaldo disse que só tinha o da passagem e que ele já havia tirado do cobrador. O meliante resolveu revirar a sacola encontrando só umas roupas sujas e a marmita vazia. - Mas tu és mesmo um pé rapado, hein? Se não tem um tostão, também não precisa de marmita já que não tem como colocar comida nela. – e dizendo isso, arremessou a coitada pela janela do ônibus. Ela saiu girando e brilhando, por pouco o Vivaldo não se joga atrás dela. Naquela tarde, o Vivaldo chegou à fazenda pensando que se já era obrigado a deixar uma parte do seu salário pro governo, ele seria muito mais vivo se separasse um tanto pro ladrão ao invés de perder todo o pagamento e também a Clarinha, sua marmita de estimação.

“a gente incentiva os aprendizes para que eles também desenvolvam trabalhos profissionalizantes em casa”, explicou a professora Márcia terezinha Miranda

aDelCio MaCHaDo DoS SantoS: Pós-Doutor pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); Especialista em Gestão Educacional, em Psicopedagogia e em Supervisão, Orientação e Administração Escolar; Advogado (OAB/SC nº 4912), Administrador (CRA/SC nº 21.651) e Jornalista (MTE/SC nº 4155).

Sociologia do direito e a formação jurídica A Sociologia compreende uma ciência humana que procura desenvolver o estudo científico da organização e do funcionamento das sociedades humanas e das leis fundamentais que regem as instituições e demais relações sociais. De sua parte, a Sociologia do Direito é uma área específica da Sociologia voltada para as formações sociais e sua relação com a esfera jurídica De modo geral, a Sociologia do Direito pode ser definida como o estudo da influência dos fatores sociais sobre o direito e as incidências deste último na sociedade, ou seja, os elementos de interdependência entre o social e o jurídico. Sua origem deu-se no final do século XIX, quando Durkheim e Weber passaram a realizar uma análise sobre o Direito, sendo que ambos dedicaram-se ao estudo dos vários fenômenos sociais e sua relação com o Direito. De outro lado, vale exalçar que o Direto não se constitui um componente periférico da realidade social, pelo inverso, exerce grande influência sobre a infra a superestrutura da

sociedade Toda a sociedade, em última análise, constitui-se em pacto de valores que dinamiza a relação entre direitos e deveres, exigindo normas com o objetivo de impedir que a diversidade de interesses seja transformada em hostilidade e caos. A esfera jurídica jamais pode perder de vista as características das formações do meio social em que faz sentido sua presença. Destarte, a Sociologia do Direito possui extrema importância na formação de juristas e deve, essencialmente, conduzir o estudante de Direito a uma reflexão sobre o sistema jurídico e sua realidade, auxiliando-o a clarificar as funções da carreira que pretende exercer. A relevância da disciplina de Sociologia do Direito está relacionada com a manutenção de visão acerca das relações sociais, evitando distanciamento dos procedimentos operacionais da esfera jurídica. Em suma, esta disciplina contribui sobremodo para a adequada formação do operador do Direito.


quinta-feira 19 de abril de 2012

A 08 Geral

Amigos colombianos explicam como é o dia do índio em seu país

Ana Cláudia explica como funciona o curso de Licenciatura Indigena da UFSC Divulgação

Darilson Barbosa repórter

D

ia 19 de abril é conhecido nacionalmente como dia do índio. A data foi incluída no calendário brasileiro pelo presidente Getulio Vargas em 1943 através do decreto 5.540. Historicamente a data marca a aceitação de índios latinoamericanos em participar do Primeiro Congresso Indigesnista Interamericano, que foi realizado no México em 1940. Deste então a data é uma oportunidade de lembrarmos as conquistas sociais e também fazer reflexão sobre a importância da preservação dos povos indígenas, da manutenção de suas terras e respeito às suas manifestações culturais. No Brasil há vários povos e etnias índigenas espalhados pelo país. Cerca de 817 mil pessoas (0,4% da população) se declararam indígenas no Censo realizado pelo IBGE em 2010. Destes, 502.783 pessoas vivem nas áreas rurais. Em 2011, a Fundação Nacional do Índio (FUNAI), implantou a Coordenação Regional Litoral Sul em Florianópolis. A Coordenação é composta por membros da Fundação em conjunto com representantes das etnias Xokleng e Guarani. “A coordenação presta assitência a essas duas tribos, do litoral do Paraná, até o litoral do Rio Grande do Sul. O trabalho visa resgatar uma divida histórica com essa tribos. Para se ter uma ideia, representantes da tribo Xokleng, nós só encontramos aqui em Santa Catarina, numa reserva que existe em José Boiteux ”, comenta João Ferrareze, coordenador do órgão. “Existe uma outra Coordenação

Santa Catarina tem Reservas Indigenas no estado

Educação Indigena apresenta avanços em Santa Catarina

UFSC oferece graduação que possibilita aos índios ter formação em duas licenciaturas nos moldes dessa em Chapecó, que atende índios da etnia Kaigang e Guarani, no interior do Paraná e Santa catarina. Além destas duas, existem mais 4 coordenadorias destas na região Sul.

Nosso trabalho é direcionado a prestar auxilio para regularizaçõa fundiária e assitência previdênciária como auxílio maternidade e auxilio doença. Para a saúde temos uma secretaria especial

e as atividades educacionais são coordenadas pela Secretária de Educação do Estado”, completa João Ferreze. Curiosamente a região Sul é que menos possui grupamentos indígenas. De

acordo com o IBGE, houve uma queda expressiva no número de índios da região Sul, passando de 84.747 em 2000, para 74.945 em 2010. Praticamente toda a região do Meio-Oeste do Estado era habitada somente por índios até o século XVIII, quando de fato o Governo Estadual começou a realizar a ocupação efetiva dessa região. Os cabloclos que povoaram a região do Meio Oeste e Planalto Serrano, são descedentes mestiços dos índigenas. “A sociedade indígenas tinha um modelo sócio-econômico diferente da cultura do homem branco. A economia da tribo se baseia na economia de subsitência baseada na colheita de frutas e verduras, e também da caça e pesca” , comentou a professora de Geografia de Santa Catarina, Maristela. Ulisses Plaza, colombiano que fabrica e vende artesanados na UFSC, comenta que no seu país, os indigenas também são de certa forma estigmatizados. “Lá nós também temos um dia do indio. Há uma grande festa com muita musica e dança. Também há os protestos que relembram o sofrimento com a invasão dos espanhóis. A cultura indigena continua e queremos preservar ela”, comenta. Alejandro Lasso, doutorando em Ciências Humanas na UFSC também é colombiano e comenta que diferente do que pensam os indigenas somam 4% da população. “Na constituição de 91. Os descendentes nativos de indigenas ganharam o direito de ter um auto-representande no Congresso. São candidatos índigenas que fazem campanhas nas tribos. O MST da Colombia também é dirigido pelos índios. Há muitas mortes por causa do movimento”, comenta o estudante

Educação Indigena

Colégios fazem trabalhos pedagógicos para lembrar a data

Os novos programs de ensino visam suprir as demandas dos povos indigenas catarinenses na área do ensino e educação. Em 2010 passou a funcionar na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) o curso de Licenciatura Indigena. A primeira turma contou com 120 alunos. Uma parte da licenciatura é feita na UFSC e a outra na própria tribo. “O curso é feito por etapas concentradas. De 2 a 3 semanas eles ficam aqui na universidade e em outras etapas realizam atividades na tibro. O eixo norteador do curso são os estudos de território. A formação acadêmica do curso tem um diferencial. Ele saem formados com

duas licenciaturas. Uma é voltada para educação infantil e a outra o aluno pode optar entre línguas, direito ou meio ambiente. No Brasil, existem 26 curso similares e cada um deles tem um tema norteador. O curso da UFSC atende indigenas do Espirito Santo, até o Rio Grande do Sul”, comenta Ana Cláudia Colombera, estudante de Ciências Socias e bolsista do Laboratório de Etinologia Indigina do Museu Universitário da UFSC. Em 2011 o Nucléo de Estudos de Povos Indigenas (NEPI) da UFSC apresentou na 12ª Semana de Ensino Pesquisa e Extensão (SEPEX) da universidade um estudo com o título “Compreensões

Antropológicas sobre Conhecimentos Nativos”, com o objetivo de desenvolver análises comparativas sobre educação e infância indígena entre os diversos povos indígenas no Brasil. Segundo o trabalho, o Brasil possui 800 mil indígenas e todas as aldeias contam com escolas para as crianças. Os resultados do estudo revelam que nos últimos anos aumentou o acesso à educação indígena. OS estudantes indigenas da UFSC tem acesso a beneficios como o auxilio moradia e auxilio alimentação, além de outros programas como o Bolsa Permanência e também outras bolsas de extensão, voltadas à pesquisa.


esporte

quinta-feira 19 de abril de abril de 2012

favorito: o auStraliano Will PoWer, DuaS veZeS venCeDor Da SP inDY 300, JÁ É ConSiDeraDo novaMente favorito Para venCer no BraSil.

A 11

CatarinenSe

um ataque de encher os olhos

DivulGação

Média de 2,83 gols por jogo e 51 gols em 18 rodadas faz do ataque do Figueirense um dos melhores do brasil

C

om um ataque de encher os olhos, o Figueirense tem hoje o melhor ataque do Brasil. Até o final do returno já foram marcados 51 gols em 18 rodadas disputadas. Uma média de 2,83 gols por jogo.

No primeiro turno o ataque alvinegro marcou 27 gols e no returno os jogadores alvinegros balançaram as redes 24 vezes. Com um futebol objetivo e de bom toque de bola, o Figueirense

conquistou o os dois turnos do estadual e terminou com 40 pontos na classificação geral. Confira a lista dos artilheiros do Figueirense no estadual: Aloísio – 12 gols, Julio Cesar – 8 gols, Roni – 7 gols

Jogadores voltaram aos treinos pensando na semifinal com o Joinville Na tarde desta terça-feira (16), os jogadores alvinegros voltaram aos treinos, depois de conquistarem também o returno do estadual, no jogo com o Camboriú no último domingo. O próximo desafio é contra o Joinville pela semifinal do estadual. O primeiro jogo é no domingo (22)

na Arena e no dia 29, acontece o jogo de volta no estádio Orlando Scarpelli.Amanhã o grupo volta aos treinos às 16h no CFT. O volante Ygor, que se recupera de uma inflamação no púbis, foi liberado do departamento médico e começou um trabalho de transição,

com o fisiologista do Clube. Aloísio, com um desconforto na coxa direita segue em tratamento e será reavaliado amanhã. Julio Cesar se recupera de um estiramento e também segue na fisioterapia. Os dois atletas fizeram um trabalho leve no gramado do CFT.

Ygor foi liberado pelo departamento médico

avaí treinou pela manhã ontem Bruno e nunes são suspensos alCeu atHerino

A 3ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) julgou na noite desta terça-feira o volante Bruno (foto) e o atacante Nunes pela discussão no fim do clássico com o Figueirense, dia 1º de abril.

Nunes foi punido com seis jogos de suspensão e Bruno, com oito. O Avaí, através de seu departamento jurídico, vai buscar as ações necessárias para tentar reverter a situação.

Bruno foi suspenso por oito jogos

avaí treinou ontem pela manhã

Nesta quarta-feira, dia 18, os jogadores avaianos treinaram pela manhã no campo 1 do Centro de Formação de Atletas. O técnico Hemerson Maria iniciou os trabalhos com um treino de passe e, na sequência, dividiu o grupo em dois e organizou um treino em campo reduzido. Na segunda metade do treino houve um coletivo com enfoque em passes e movimentações. Por fim, os jogadores treinaram chutes

a gol e cobranças de falta. Após o treino os jogadores Aelson e Diogo Orlando conversaram com os jornalistas que foram à Ressacada. O lateral esquerdo acredita que a semifinal será difícil, mas o Avaí está em uma crescente e tem tudo para fazer uma boa partida. “Coração, raça e determinação vão fazer a diferença neste jogo”, afirmou. Já Diogo Orlando falou sobre a

possibilidade de ser novamente titular. “Espero que o Bruno possa entrar em campo, mas se não puder eu estou à disposição. O importante é que, independente de quem entrar, o Avaí vai estar bem servido”, analisou. Os jogadores folgaram ontem à tarde e voltam a treinar hoje em dois períodos. O atendimento à imprensa será feito após os trabalhos do período da tarde.


quinta-feira 19 de abril de 2012

A 12 Segurança

DivulGação

lOteria LOTOFÁCIL

Concurso 740

segunda, quartas e sexta

01

04

05

09

10

11

12

13

14

19

21

22

23

24

25

PreMiação

GanHaDoreS

15 acertos 14 acertos 13 acertos 12 acertos 11 acertos

1 1.562.051,68 510 1.346,30 18.004 12,50 241.122 5,00 1.249.106 2,50

QUINA

$

Concurso 2874

segunda,terça, quarta,quinta,sexta e sábado

16

23

53

48

PreMiação

GanHaDoreS

Quina Quadra terno

0 82 6.011

71 $

0,00 4.410,40 85,95

MEGA-SENA

Concurso 1380

quarta e sábado

03

14

52

55

57

PreMiação

GanHaDoreS

Sena Quina Quadra

0 100 6.994

60 $

0,00 23.424,79 478,46

LOTOMANIA

Concurso 1236

quarta e sábado

07

17

21

24

32

39

45

48

49

50

53

57

59

62

64

74

85

87

97

98

PreMiação

GanHaDoreS

20 acertos 19 acertos 18 acertos 17 acertos 16 acertos 0 acertos

0 19 190 1.611 9.465 0

$

0,00 19.739,45 1.973,95 166,28 28,30 0,00

FEDERAL

Concurso 04649

quarta e sábado PreMiação

BilHete

$

1º 2º 3º 4º 5º

64.415 65.923 24.760 56.153 66.045

600.000,00 12.000,00 9.000,00 8.100,00 7.698,00

DUPLA SENA

Concurso 1063

terça e sexta priMeirO SOrteiO

08

11

15

16

38

PreMiação

GanHaDoreS

Sena Quina Quadra

0 16 1697

43 $

0,00 5.959,62 53,51

SeGUNdO SOrteiO

04

06

21

26

28

PreMiação

GanHaDoreS

Sena Quina Quadra

0 37 2158

TIMEMANIA

44 $

0,00 2.577,13 42,08

Concurso 306

quarta e sábado

40 70 73 53 51 63 32 tiMe dO COraÇÃO Santo anDre/SP PreMiação

GanHaDoreS

7 acertos 6 acertos 5 acertos 4 acertos 3 acertos

0 324 88 1592 16261

t. Do Coração

GanHaDoreS

Sto anDre/SP

4916

$

0,00 641,29 1.200,06 6,00 2,00 $

5,00

entre os objetos também foram apreendidos diversas jóias, relógios e óculos de marcas famosas

MerCaDo neGro

PM desmancha comércio de produtos com denúncia de furto Marcondes Henrique ramos back, que estava com mandado de prisão em aberto, tinha aproximadamente r$ 70 mil em mercadorias que, de acordo com a polícia, há suspeita de terem sido furtadas. ele vendia os produtos para terceiros. entre os equipamentos estão diversas televisores tela plana, notebooks e videogames de marcas famosas

A

Polícia Militar (PM) de São José realizou por volta das 16h de terça-feira (17), uma operação que culminou na prisão de um homem que estava foragido da Justiça de Palhoça e no desmanche do comércio ilícito que funcionava em sua residência, na Rua Jaci Albino da Silva, no Centro de São José. Marcondes Henrique Ramos Back foi preso após uma campana policial. Dentro da sua casa, os policiais encontraram oito televisores de LCD entre 32 e 50 polegadas, quatro notebooks, dois netbooks, videogames, jóias, roupas, ferramentas elétricas, máquinas fotográficas, produtos de informática, pranchas de surf, celulares, guitarras e outros objetos de valor considerável, que somados chegam a aproximadamente R$ 70 mil. A PM recebeu a denúncia de que Marcondes estaria armazenando vários objetos de procedência duvidosa em sua casa. Ao consultar o nome do suspeito no sistema da polícia, os policiais constataram que Marcondes estava foragido. De posse do mandado de prisão, a PM foi até a casa de Marcondes, porém o suspeito não estava. Duas horas foi o tempo necessário de espera, escondidos, até que Marcondes chegou no um veículo VW Gol de seu cunhado e recebeu voz de prisão. O foragido não reagiu e respondeu a todos os questionamentos dos policiais. De acordo com Marcondes, dentro da casa estavam vários objetos que outro homem, tal de “Baixinho”,

notebooks, netbooks e diversos equipamentos de informática eram vendidos no local

Douglas dos Santos, sobrinho de Marcondes, é suspeito de participar dos furtos

Marcondes Henrique ramos Back é suspeito de ser o negociador das vendas

havia deixado para que ele vendesse. O foragido resolveu ainda entregar seu comparsa, armando um esquema para os policiais o prenderem.

Marcondes só conhecia o fornecedor dos produtos pelo apelido de Baixinho. Então ele ligou para o comparsa, deixou o celular no viva

voz para que os policiais ouvissem, e solicitou que ele viesse até a sua casa. Baixinho informou que chegaria em um veículo Ford Eco Sport. Mais policiais foram chamados e efetuaram outra campana com a intenção de prender Baixinho, mas ele percebeu a presença da PM quando chegava no local e jogou a direção do veículo contra a viatura do Pelotão de Patrulhamento tático (PPT) e conseguiu fugir a pé por um matagal, abandonando o carro. A Eco Sport estava com as placas MHF-2455, de Paulo Lopes, que foram furtadas de outro veículo igual. Ao consultar o chassi da caminhonete, os policiais verificaram que o veículo havia sido roubado durante um assalto em Florianópolis e que as placas verdadeiras eram MJM-2038. No momento do recolhimento dos produtos na casa de Marcondes, um jovem identificado como Douglas dos Santos, sobrinho do foragido, chegou no local. De acordo com a PM, o jovem também teria participação nos furtos dos produtos. Os dois suspeitos foram presos pelo crime de receptação de produtos de furto e encaminhados para a 1ª delegacia de polícia de São José juntamente com as mercadorias. Em seguida a dupla foi levada para a Central de Plantão de Polícia de São José, onde foram enquadrados e presos em flagrante. Após depoimento, eles foram levados para a Central de Triagem do Estreito, onde aguardam decisão da Justiça.

Jornal Informe - Edição 41  

Jornal diário da Grande Florianópolis