Page 1

INFORME REDE DE JORNAIS

GRANDE FLORIANÓPOLIS

CONTEÚDO É TUDO

Tempo Hoje

18 09

GRANDE FLORIANÓPOLIS (SC) QUARTA-FEIRA 25 DE SETEMBRO DE 2013. ANO 2 . NO 273 |

E-mail: opiniao@jornalinforme.com.br |

http://issuu.com/jornal_informe |R$ 1,50

SEGURANÇA

GUARDA MUNICIPAL CELEBRA PROGRESSÃO FUNCIONAL

Progressão funcional ATINGIU 70 agentes e contou com a presença do prefeito César Souza Júnior e demais autoridades

PÁG A08 ALINE REBEQUI/SMC

EDUCAÇÃO

Eleições para diretores serão com urna eletrônica PÁG A11

CONTINENTE

Limpeza de córrego evita alagamentos Para evitar alagamentos a Secretaria Municipal do Continente acompanhou na tarde desta segunda-feira (23) o trabalho de limpeza e desassoreamento da vala que corta o bairro Jardim Atlântico realizado pela Comcap.

PÁG A12 Trabalho no Continente começou pela Avenida Ivo Silveira

CLIMA

OBRAS Mais de 20 mil pessoas foram atingidas Chuvas do final de semana causaram estragos nas ruas e avenidas do Continente pela chuva

Continente inicia Tapa Buraco

PÁG A05

PÁG A12


Contraponto

A 02

Nilton Góes

GRANDE FLORIANÓPOLIS (SC) QUARTA-FEIRA 25 DE SETEMBRO DE 2013

FRASE DO DIA

“Esse processo criminal revela a face sombria daqueles que, no controle do aparelho de estado, transformaram a cultura da transgressão em prática ordinária e desonesta de poder.” Ministro Celso de Mello

E-mail: ncgoes@uol.com.br

Brasilia que não se vê – Transporte público

Santa Catarina modelo de gestão em saúde Como em Brasilia a coisa também não anda boa das pernas em nada, transporte público e saúde não funcionam nem sob os olhos da presidente Dilma. Devido a péssima gestão do governador do DF. Dizem, com grande expectativa, muitos brasilienses, que pelo processo de gestão iniciado em Santa Catarina, bem que o governador Raimundo Colombo poderia mostrar ao Agnelo Queiroz o que está fazendo, com alvissareiras expectativas, segundo opiniões da assembléia e da população.

N

ão para deixar de conhecer o outro lado de Brasilia. Ontem,segunda 2, mesmo o Alexandre Garcia em sua apresentação no DF Brasilia, uma espécie de Jornal do Almoço, falou sobre o caos no trânsito, de uma cidade planejada, mas que sofre por não ter um transporte público eficiente e adequado, o que complica e muito o fluxo de veículos no Plano Piloto, o centro de Brasilia.

Plano Piloto congestionado

Agnelo Queiroz

Brasilia que não se vê - Saúde Mas bem mais grave do que o caos no trânsito e o transporte coletivo, é a questão da saúde pública.

Assim como em todo o País, a rede pública de saúde, começando pelo Hospital de Base, está um caos, pesso-

Programa Gestão da Saúde

as nos corredores, falta de medicamentos e de seringa, e até de médicos e outros profissionais do setor.

Saúde de Brasilia sem gestão E em Brasilia ao que se consta a questão não é nem de perto a de importar médicos, dizem que o GDF tem em seus quadros da saúde número suficente de médicos para atender toda a rede, só que a má gestão do governo do DF, usa 70 % dos seus médicos em funções administrativas, e só 30 % no atendimento a população. Sendo que os que estão na administração, em sua maior parte, são burocratas, ineficientes, e trapalhões.

Hospital de Base superlotado

Coroando tudo isso, o relatório do TCU aponta, talvez a causa da falência da saúde no GDF e em todo o País. O Governo federal deixou de aplicar 10 bilhões em saúde no ano passado. Explicada as situação, se o Governo Federal, não consegue cuidar nem do estado governado por parceiro e na casa que abriga sua estrutura, imagina o resto do Páis? Não cuida de quem é parceiro e esta perto, imagina os que estão longe?

Profissionalizar e despolitizar a saúde

EXPEDIENTE

O lançamento do Gestão da Saúde, programa do governo do Estado de Santa Catarina que promete, nos próximos seis meses, reduzir pela metade o tempo de espera por atendimento médico, foi o destaque d sessão de quinta passada,29, na Assembleia Legislativa. A expectativa dos deputados é que a iniciativa reverta o quadro de emergências lotadas e longas filas de espera para exames e consultas, evidenciado nas unidades hospitalares do estado.

Deputado Aldo Schneider

Atuação integrada

RECURSOS E GESTÃO HOSPITALAR : Mauricio

União suprimiu 10 bilhões da saúde

Então vamos parar de hipocrisia e de querer tapar o sol com a peneira com a questão da importação de médicos, e não cabe aqui qualquer juízo

sobre eles virem ou não, acho até bom que venham, mas se o governo federal não se preocupar com a gestão, com aplicar mais recursos, com remunerar

Raimundo Colombo

melhor os profissionais e os serviços, nada vai mudar. Profissionalizar e despolitizar os serviços de saúde. Ser mais sério e ético com a vida das pessoas.

Eskudlark (PSD) destacou que nos últimos meses o governo vem realizando importantes investimentos na área da saúde, como o repasse de R$ 2,1 bilhões e a contratação de 2.112 servidores, o que, por si só, não ajudou a melhorar o atendimento a população. Faltava, disse o parlamentar, aperfeiçoar o processo de gestão hospitalar, o que está sendo agora visado. "Este programa fará com que o nosso sistema de saúde, que segundo a consultoria contratada já é um dos melhores do país, venha a funcionar, obtendo resultados efetivos para toda a coletividade catarinense".

Dep. Mauricio Eskudlark

Apresentado no dia anterior na sede da Associação Catarinense de Medicina, em Florianópolis, o Gestão da Saúde prevê a atuação integrada entre várias secretarias de estado, afirmou o líder do governo no Parlamento estadual, deputado Aldo Schneider. O foco principal do programa, disse, é o estímulo aos servidores de saúde, por meio da remuneração por produtividade, medida sugerida por uma empresa de consultoria especialmente contratada para analisar a gestão dos 14 hospitais públicos do estado.

PÚBLICAÇÃO: Informe Editora Jornalística LTDA LTDA CNPJ 15.020.627/0001-81

DIREÇÃO GERAL: JORNALISTA RESPONSÁVEL: Adriano Ribeiro Adriano Ribeiro 48 3240-9643 0002902SC jor nal-infor me |

EDIÇÃO TATA 48 3240-9643

PROJETO GRÁFICO: Dóda Design www.dodadiagramador.com.br

E-mail: redacaofloripa@jor nalinfor me.com.br |

GRÁFICA: Informe

TIRAGEM 4 mil

http://issuu.com/jornal_informe

CONTATO Rua General Eurico Gaspar Dutra, nº952 Bairro Estreito CEP 88.075-100 Florianópolis-sc


Estadual A03

QUARTA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2013

PeloEstado

Entrevista

Queremos abrir as portas da universidade a ONGs, órgãos públicos e também empresas, mas isso não é privatização. Thiago Augusto/Assessoria Udesc

“Com mais R$ 40 milhões por ano, equacionamos a Udesc”

ANTONIO HERONALDO DE SOUSA

O atual reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) é paraibano. Bacharel em Ciência da Computação pela UFPB, possui mestrado em Engenharia Elétrica e doutorado em Eletrônica e Comunicações, os dois pela Unicamp. Iniciou seu trabalho na Udesc em 1992, lecionando para o curso de Engenharia Elétrica, onde foi coordenador. Atuou como diretor da Udesc Joinville e ocupou o cargo de vice-reitor antes de ser eleito reitor, em 2011. Nesta entrevista exclusiva à CNR-SC/ADI-SC/Central de Diários, Sousa fala sobre a falta de verbas para ampliar seus cursos, a situação das universidades estaduais, o início do ingresso por meio do ENEM e o mal entendido criado recentemente, quando estudantes fecharam a Reitoria alegando que Antonio Heronaldo tinha a intenção de privatizar a universidade. A Udesc possui 12 centros, espalhados em dez cidades do estado. [PeloEstado] - As inscrições para o vestibular encerram no dia 14 de outubro. Quais as novidades? Antonio Heronaldo - Esperamos um crescimento significativo no número de inscritos. Estamos realizando uma campanha publicitária mais ampla e com maior abrangência em todos os meios de comunicação. Mas, para esse vestibular, a principal novidade fica por conta da inclusão da universidade no SISU (Sistema de Seleção Unificada), que seleciona novos alunos por meio da nota do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Muitas universidades públicas já adotam esse sistema e a Udesc está utilizando pela primeira vez. Serão 25% das vagas destinadas ao SISU, enquanto os outros 75% estarão disponíveis por meio do vestibular. Portanto, temos duas expectativas: o crescimento no número de inscritos para o vestibular e uma procura grande por meio do SISU. [PE] - Há planos para aumento de vagas para SISU? AH - Em princípio não. Queremos fazer algumas edições de vestibulares e SISU nesses moldes de 75% e 25%, respectivamente. Vamos, calmamente, analisar o resultado desses acadêmicos que ingressarão por meio do SISU, o interesse dos inscritos e avaliar. Acredito que pelos próximos dois anos o sistema deve ser mantido. [PE] - Qual o valor repassado pelo Estado à Udesc? AH - A universidade recebe 2,49% da Receita Líquida Disponível. Estamos nos saindo muito bem nas avaliações realizadas e nossa qualidade é indiscutível. Por esse motivo, muitas regiões e até mesmo os municípios onde já estamos presentes clamam por ampliação. Isso depende de

recursos humanos, financeiros e materiais. Uma das formas de aumentar a receita da universidade é elevando o percentual repassado pelo Estado. Para mudar isso, precisamos buscar apoio da Assembleia Legislativa. Lá, há representantes de todo o estado que também querem ampliação da Udesc para suas regiões. Eles podem nos ajudar. [PE] - Quais as necessidades? AH - Hoje existe uma demanda maior para crescimento no Oeste e no Meio Oeste. Em um cenário geral, temos que buscar a consolidação da unidade do Oeste, dos programas de pós-graduação, a liberação de cursos que estão represados – como o curso de Direito e o de Geologia – e a própria criação de um Fundo de Assistência Estudantil. Temos muitos universitários que não estão em sua região natal e precisam de atenção para a permanência estudantil, principalmente agora com o ingresso pelo SISU, que fará aumentar a vinda de universitários de outros estados. Mensuramos tudo isso em cerca de R$ 40 milhões por ano. Esse valor, que é o acréscimo que buscamos de repasse do Estado, equacionaria a Udesc pelos próximos dez anos. Essas demandas podem ser viabilizadas de forma escalonada também. O cenário que apresento é o geral. A implantação do curso de Medicina é outra solicitação constante, mas não temos esse projeto a curto prazo. É importante deixarmos isso bem claro. [PE] - Como o governo federal poderia ajudar a melhorar o orçamento da universidade? AH - Estamos realizando uma mobilização nacional das universidades estaduais para que a União crie um fundo que ajude na

Andréa Leonora e Nícola Martins

PeloEstado peloestado@centraldediarios.com.br www.centraldediarios.com.br

manutenção dessas instituições. O governo federal tem, constitucionalmente, a obrigação de investir no ensino superior. Nada mais justo que ele também invista nos sistemas estaduais. Juntos, nós, reitores, estamos pleiteando para esse fundo o valor de R$ 2 mil por ano para cada estudante. Se for aceito nesses termos, a Udesc receberia cerca de R$ 20 milhões do governo federal. Não acredito que a União acate esse valor em sua totalidade, mas apenas uma parte dele. [PE] - Alguns alunos tomaram a reitoria recentemente como forma de protesto a uma possível privatização. Isso é possível? AH - Sob a minha ótica, não existe a menor possibilidade de a Udesc ser privatizada. Há alguns anos vimos muitas privatizações acontecerem, principalmente no governo do Fernando Henrique Cardoso. Defendo uma Universidade do Estado de Santa Catarina pública, gratuita e trabalhamos intensamente para que seja de altíssima qualidade. Não se cogita, nessa Reitoria, de forma nenhuma, a possibilidade de privatização. O que houve durante essa tomada da Reitoria foi um mal entendido, pois uma coisa é defendermos o ensino público e gratuito e a outra é defendermos uma universidade fechada à sociedade. Propusemos, então, ao Conselho Universitário (Consuni – órgão deliberativo da Udesc) uma pequena reforma no Regimento Interno que viabilizaria a captação de mais recursos e a viabilização de mais projetos. Queremos abrir as portas da universidade a organizações não governamentais, órgãos públicos e também a entidades privadas, mas isso não é privatização. Com isso, teríamos condições de

responder mais rapidamente aos anseios da sociedade. Acredito que, depois do diálogo que mantivemos com os universitários e o Consuni, tudo ficou esclarecido e não há mais essa dúvida. [PE] - Uma espécie de Parceria Público Privada. AH - Exato. Queremos fortalecer a captação de recursos e a abertura de espaços para que os nossos estudantes possam desenvolver projetos. Atualmente, temos parceria com o Tribunal de Contas para estudantes de Administração Pública, com a Celesc para os de Engenharia Elétrica, com a Tractebel para os de Engenharia Ambiental e tantas outras. Estamos, agora, recebendo no Museu da Udesc, em Florianópolis, a Mostra Casa Nova, que irá revitalizar o local com parceria de cerca de R$ 700 mil. Queremos buscar mais recursos do Estado e abrir as portas da universidade. [PE] - Como integrar os centros da Udesc, que são tão distantes entre si? AH - Essa é uma pergunta boa e que representa muito bem o nosso desafio diário. Essa integração é muito difícil, até pela história que cada unidade tem. São vocações bastante distintas. Por meio de eventos e ações, tentamos essa integração não só entre os acadêmicos, mas também entre professores. Destaco, entre os estudantes, os Jogos de Integração (Jiudesc), que movimentam anualmente cerca de 1,3 mil universitários. Neste ano, a edição foi realizada em Joinville. Conseguimos alojar todos os estudantes no nosso centro, o que fez a integração ser ainda maior. Isso permitiu que cada unidade conhecesse um pouco mais a outra. Encontros da área de Pesquisa e Extensão, com estudantes e professo-

CENTRAL DE DIÁRIOS

TRINTA E QUATRO INTEGRADOS TRINTA INTEGRADOS

DIÁRIOS

INTEGRADOS

PRESENÇA EM 62% DE SC

res, também são feitos. Estamos buscando mais mecanismos para integração. Planejamos a criação de salas de videoconferência e fomentar ainda mais os canais de mídias sociais. Temos um grupo de visitas da Reitoria às unidades, que também auxilia nesse trabalho de integração. Periodicamente, realizamos visitas levando toda a equipe da Reitoria aos centros para resolvermos juntos as dificuldades. Quando se consegue fazer com que um conheça a realidade do outro, facilita a gestão. [PE] - Qual sua avaliação da situação das universidades estaduais no país? AH - Hoje temos dois cenários distintos. De um lado, estão as universidades estaduais paulistas (USP, Unicamp e Unesp), que têm orçamento bastante robusto. Elas estão em um patamar de recursos e de excelência acadêmica além das demais. Do outro lado, temos as outras estaduais em um patamar de muita contribuição para seus estados, com unidades no interior e muitos cursos noturnos, mas que carecem de recursos. A Udesc não está no nível das paulistas, mas também não está entre as que têm menor orçamento. No entanto, comparando com outras universidades públicas, como as federais, somos limitados. Sempre digo que as estaduais têm um padrão de qualidade no mesmo parâmetro das federais, mas com recursos muito mais restritos. [PE] - Por que as paulistas estão tão na frente? AH - Simplesmente porque é o Estado mais rico da Federação e o governo estadual investe 10% da Receita Líquida Disponível nelas, enquanto em Santa Catarina, como já falei, é 2,49%. Temos esse valor para estar presente em dez cidades. �lorian��olis �� 23Set13


A04

Estadual

ALESC

Ausência de prefeitos é criticada em evento de mobilidade urbana

Nenhum prefeito se fez presente no evento

E

ção efetiva da região Metropolitana na Grande Florianópolis e destacou que a problemática da mobilidade é um problema comum, que precisa ser resolvido em conjunto. O representante do Ministério das Cidades, Fernando Araldi, que palestrou sobre os desafios dos municípios catarinenses diante da Política Nacional de Mobilidade Urbana, destacou que apenas 173 cidades brasileiras possuem planos municipais de mobilidade urbana e afirmou que o Governo Federal tem recursos disponíveis para mobilidade, porém, os municípios carecem de projetos. "As prefeituras precisam de planejamento para garantir recursos e implementar ações", disse. Até 2015 todos os municípios, segundo a Política Nacional de Mobilidade Urbana, precisam ter seus planos de mobilidade concluídos para ter acesso a recursos federais. Já o especialista em mobilidade urbana, arquiteto e urbanista, Emilio Merino Dominguez, apontou a integração da bicicleta na

política geral de transporte como estratégia fundamental para a solução de mobilidade urbana nas cidades. O deputado Renato Hinnig, autor do projeto de lei que prevê a implantação de um sistema cicloviário em Santa Catarina, destacou exemplos internacionais e nacionais de soluções de mobilidade através da inserção e inclusão de ciclovias, citando por exemplo a cidade de São Paulo, que onde o sistema cicliviário já é lei. " A maior cidade do País, por exemplo, investiu na combinação de programas de conscientização no trânsito e construção de novas ciclovias, e começa a colher os frutos: apesar de contar com apenas 70,7 km de espaço exclusivo para as bicicletas, São Paulo viu reduzir, de 2005 a 2011, 47% das mortes de ciclistas em suas ruas, segundo dados da Companhia de Engenharia de Tráfego" garantiu. Ainda, durante a abertura do evento, foi apresentado o projeto regional Trânsito Bacana com Você, que conta com o apoio institucional da Alesc.

PARCERIA

Profissionais inovadores nas empresas do Estado Empresas interessadas em desenvolver produtos, processos e serviços inovadores terão mais um incentivo a partir de agora. Estão abertas, até 19 de dezembro, as inscrições para o Inova Talentos, uma iniciativa do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) que

oferecerá, até 2015, mil bolsas para estudantes do último ano da graduação e para recém-formados desenvolverem inovações nas empresas. As inscrições serão realizadas no Portal da Indústria (www. portaldaindustria.com.br/ iel). Para contar com esses talentos, as companhias interessadas deverão propor pro-

jetos desafiadores. As aprovadas receberão profissionais financiados pelo CNPq, que investirá R$ 29 milhões no pagamento das bolsas. O processo de recrutamento, seleção, treinamento e acompanhamentos dos profissionais será realizado pelo IEL e custeado pela empresa. Além disso, o IEL auxiliará no desenvolvimento dos projetos.

PeloEstado

A

Explicações da Celesc à CCJ

situação financeira da Celesc foi apresentada pelo presidente da empresa, Cléverson Siewert, ontem, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa. O pedido de esclarecimento foi feito pelo deputado Dirceu Dresch (PT), que baseou a solicitação de explicações em um documento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) onde é ressaltada dívida da Celesc de cerca de R$ 1,8 bilhão. “O órgão regulador vem apertando as distribuidoras, cobrando mais eficiência e produtividade. Temos um plano para resolver a situação”, disse Siewert aos deputados. Dresch não se mostrou satisfeito com a explicação e solicitará mais informações. “Muito foi falado sobre os inadimplentes com a Celesc. Vamos fazer um pedido de informações para que a empresa nos apresente os 100 maiores devedores. É importante que saibamos quem está devendo para a Celesc”, destacou à coluna Pelo Estado. “O consumidor residencial tem a energia cortada quando se torna inadimplente, enquanto com as empresas não há a mesma rigidez”, completou. A partir do pedido de informações, Dresch espera dar prosseguimento no pedido de abertura de CPI. “Queremos ajudar e contribuir para com a Celesc.”

Pedidotécnico

Com a saída garantida de Beto Martins da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, a bolsa de apostas para o novo titular da pasta é grande. Nesta semana, o governador Raimundo Colombo recebeu documento assinado por um grupo de empresários do setor turístico que integra o Conselho Estadual de Turismo, solicitando que seja empossado o atual presidente da Santur, Valdir Walendowski. Ele já foi secretário da pasta. No documento, os empresário comentam que cinco secretários passaram pela cadeira nos últimos dois anos e meio. “Nenhum deles teve origem no trade turístico, inviabilizando, desta forma, a realização de ações concretas e duradouras”, destaca o texto. Martins sai da secretaria na próxima semana.

Divulgação Santur

nquanto especialistas, segmentos interessados e estudantes participaram da abertura da Semana Estadual de Mobilidade, nenhum prefeito se fez presente no evento, realizado na manhã desta terça-feira (24), na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Os deputados Renato Hinnig, Juarez Ponticelli, Reno Caramori e Darci De Matos, além do secretário regional da Grande Florianópolis, Conny Capristrano, entre outros, oficializaram a abertura da Semana Estadual de Mobilidade Urbana em Santa Catarina, que tem atividades previstas até quinta-feira (26), no Parlamento Catarinense. "Não há mais espaço para individualismo. Como vamos conseguir avançar em um tema tão importante se não temos em momentos como este a participação dos prefeitos, que têm o poder de decisão em suas cidades?", questionou Hinnig, deputado propositor das atividades. O deputado estadual Edison Andrino, cobrou a importância da implanta-

QUARTA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2013

Imiscuir-se dessa forma na vida dos outros países fere o direito internacional e afronta os princípios que devem reger as relações entre eles, sobretudo, entre nações amigas.

Presidente Dilma Rousseff, no discurso de abertura da 68ª Assembleia-Geral das Nações Unidas, em Nova York, sobre as ações de espionagem dos Estados Unidos ao Brasil.

Aumento no consumo O deputado Celso Maldaner (PMDB-SC) lembrou na Tribuna da Câmara a Semana Nacional da Carne Suína, que acontecerá de 2 a 16 de outubro em todo país com diversas ações. Maldaner destacou o bom momento vivido pelo setor, com o aumento do preço pago aos criadores na aquisição de suíno vivo de 17,4% no último mês, devido ao início das exportações para o Japão. “Todas as ações visam aumentar o consumo per capita ao ano de consumo de carne suína no Brasil para 18 quilos até 2015.” Mulheres A Bancada Feminina da Assembleia, coordenada pela deputada Luciane Carminatti (PT), realiza hoje o Seminário de Políticas Públicas para Mulheres: avanços e desafios na construção de equidade de gênero. O evento trará experiências municipais, estaduais e nacionais sobre o tema. ICMS Ecológico A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa realizou na noite de segunda-feira (23) a primeira de uma série de audiências públicas para debater o projeto do ICMS Ecológico. A ideia é contribuir com os municípios que promovem ações de preservação ambiental com benefícios no repasse do ICMS. Novas audiências serão feitas em São Bento do Sul (27/09), Rio do Sul (03/10) e Criciúma (17/10). Mais casas Em até um mês será aberto processo licitatório para construção de 2,8 mil novas residências em 27 muniAndréa Leonora e Nícola Martins

CENTRAL DE DIÁRIOS

TRINTA E QUATRO INTEGRADOS DIÁRIOS

INTEGRADOS

PRESENÇA EM 62% DE SC

cípios catarinenses por meio da Companhia de Habitação (Cohab-SC). Serão atendidos os municípios de Araranguá, Bela Vista do Toldo, Biguaçu, Camboriú, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Grão Pará, Ibirama, Içara, Irineópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Laurentino, Mafra, Major Vieira, Maracajá, Modelo, Pouso Redondo, Presidente Nereu, Rio do Sul, Rio Negrinho, São Bento do Sul, São Joaquim, São José, Tubarão e Xanxerê. Homenagem Uma grande sessão solene será realizada pela Assembleia Legislativa amanhã, na Unisul, em Tubarão, em homenagem ao centenário do artista plástico catarinense Willy Zumblick. Familiares e admiradores participarão da cerimônia, que também está sendo preparada pelo Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, além da Prefeitura e da Câmara Municipal de Vereadores. Novo atlas catarinense A Secretaria de Estado do Planejamento lançou ontem o primeiro fascículo do Atlas Geográfico de Santa Catarina – Estado e Território, que traz a evolução da divisão políticoadministrativa catarinense. O Atlas 2013 é uma atualização da edição de 1986, já que a última, publicada em 1991, foi uma versão escolar. A obra completa terá nove capítulos avulsos com informações do quadro natural, dados demográficos, sócioeconômicos e de gestão do meio ambiente. �lorian�polis �� 25Set13

.... PeloEstado ........ Um produto CNR

peloestado@centraldediarios.com.br www.centraldediarios.com.br


Geral

GRANDE FLORIANÓPOLIS (SC) QUARTA-FEIRA 25 DE SETEMBRO DE 2013

MINISTRO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL,Fernando Bezerra Coelho, sobrevoou as áreas alagadas nesta segunda-feira (23)

A05

CLIMA

Mais de 20 mil pessoas foram atingidas pela chuva

As enchentes prejudicaram 70 cidades do Estado. Muitas delas decretaram situação de emergência Mais de 20,5 mil pessoas foram afetadas pela chuva em Santa Catarina até a manhã desta segunda-feira, conforme levantamento feito pela Defesa Civil. As enchentes prejudicaram 70 cidades do Estado. Muitas delas decretaram situação de emergência, como Araquari, Bom Retiro, São José do Cedro, Saltinho, Santa Terezinha do Progresso e Serra Alta. Uma das cidades mais afetadas foi Blumenau. Segundo a Defesa Civil, há 12.340 pessoas desabrigadas e 281 desalojadas. Na cidade, 3.176 residências foram afetadas pela inundação, que também atingiu mais de 1,3 mil estabelecimentos comerciais e industriais. A cidade se preparou para os alagamentos com 23 abrigos, o desligamento preventivo de energia nas ruas próximas do leito do rio e uma força-tarefa envolvendo Defesa Civil municipal e estadual, Corpo de Bombeiros, prefeitura, escolas e outras instituições. Outra cidade em situação crítica é Rio do Sul, onde 1,5 mil pessoas foram desalojadas e 536 desabrigadas. O rio chegou a 10 metros acima do normal. A SC-350 foi interditada. Há 18 abrigos na cidade. O volume de chuva nos últimos três dias são superiores à média esperada para

DIVULGAÇÃO/JORNAL INFORME

Helicóptero Arcanjo 01, do Corpo de Bombeiros, fez um sobrevoo pelo município de Rio do Sul na tarde deste sábado. A previsão é que o rio suba ainda mais, alagando quase toda a cidade na noite deste domingo todo o mês setembro. Os volumes mais significativos concentraram no Vale do Itajaí, Planalto Sul, Grande Florianópolis, Meio Oeste, Planalto Norte e Litoral Norte. ORIENTAÇÕES Em caso de inundações e alagamentos, a Defesa Civil orienta a população a evitar o contato com a água e transitar em lugares alagados e pontes submersas. É importante

tomar cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões. Em tempestades com descargas elétricas e vento, deve-se permanecer em local seguro e não transitar em locais abertos, próximo a árvores, placas publicitárias ou objetos que possam ser arremessados. É aconselhável que as pessoas se protejam em lugares com boas coberturas, ao exemplo dos banheiros das residências, fechar janelas e

portas, e não manusear nenhum equipamento elétrico ou telefone devido aos raios e relâmpagos. Quanto a possíveis deslizamentos de terra, deve ser observado qualquer movimento de terra ou rochas próximas a suas residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa

Civil municipal ou o Corpo de Bombeiros. As defesas civis e órgãos estaduais das regiões Oeste, Litoral Sul e Planalto Sul, onde há maior confirmação de risco de alagamentos, já foram mobilizadas pela Defesa Civil estadual e estão preparadas para atender a população. “A equipe da Defesa Civil estadual está em estado de alerta e concentrada na previsão do tempo em todo o estado”, ex-

plica o diretor de Prevenção e Preparação da Defesa Civil, Fabiano de Souza. Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193. A Defesa Civil do Estado conta com atendimento de 24 horas, com equipes de prontidão. O telefone para contato é o (48) 3664-7000.

Governo federal presta apoio aos municípios O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, ao lado da ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, sobrevoou, segunda-feira (23), os municípios atingidos por enchentes em Santa Catarina. Informações preliminares da Defesa Civil do estado apontam que mais de 70 cidades sofreram inundações. Desde sexta-feira, fortes chuvas cairam por quase todo o estado, afetando

mais de 21 mil pessoas. Até o momento, 14 mil moradores estão desabrigados. Em entrevista coletiva, o ministro informou que aguarda o levantamento de informações por parte dos municípios e do estado para que o órgão libere recursos para obras de reconstrução. “Certamente será preciso a recuperação de estradas vicinais, pontes e vias de acesso à zona rural em diversos municípios

catarinenses”, explicou. Até o momento, Santa Catarina não solicitou reconhecimento de emergência para o governo federal. De acordo com Bezerra Coelho, a implantação de políticas públicas voltadas à redução de desastres já refletiu nas cidades afetadas pelas enchentes. “Recolhemos relatos do governador, do secretário e da ministra Ideli que existe esse sentimento de preparação para ocorrên-

cia de eventos extremos. As defesas civis municipais, estadual e nacional trabalham de forma integrada, levando os alertas que são produzidos pelo Cemaden”, afirmou. Desde sexta-feira, o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) vem alertando as defesas civis municipais e de Santa Catarina sobre a ocorrência de riscos de desastres. Até agora, a unidade comunicou cerca de 30 alertas às

defesas civis locais. O Centro funciona 24 horas por dia, inclusive aos fins de semana e feriados. O objetivo do trabalho desenvolvido é gerenciar com agilidade ações estratégicas de preparação e resposta a desastres em território nacional e, eventualmente, também no âmbito internacional. INVESTIMENTOS Neste ano, o Ministério da Integração Nacional for-

taleceu 87 defesas civis municipais em todo o Brasil. Somente em Santa Catarina, 15 cidades - Alfredo Wagner, Araranguá, Camboriú, Corupá, Garuva, Gaspar, Jacinto Machado, Mafra, Nova Trento, Presidente Getúlio, Rio do Campo, Rodeio, Taió, Timbé do Sul e Urubici - foram equipadas com uma viatura e ferramentas que auxiliam o trabalho dos profissionais, como câmeras fotográficas digitais e GPS.


GRANDE FLORIANÓPOLIS (sc) quarta-feira 25 de setembro DE 2013

A06 Geral

FUNCIONALISMO

Adeliana Dal Pont dá posse a servidores municipais

Secom/PMSJ: Glaicon Covre

Os nomeados atuarão na Secretaria Municipal de Saúde

A

prefeita Adeliana Dal Pont nomeou nove servidores municipais concursados que vão desempenhar suas atividades na Secretaria de Saúde. Dos novos servidores, sete são agentes administrativos e dois odontólogos. Durante a solenidade, foi assinado o Termo de Posse e, segunda-feira

(23), todos já estão trabalhando nos seus setores. De acordo com o secretário de Saúde, Luis Antônio Silva, nesta semana os novos servidores participarão de recepção que inclui capacitação sobre as relações entre servidor e usuário e entre servidor e a Prefeitura. A pre-

feita Adeliana aproveitou a oportunidade para conversar com os novos concursados e destacou a importância da construção de uma relação de companheirismo. Segundo ela, para que se tenha uma boa gestão, é fundamental que o servidor desempenhe bem o seu papel.

“Tenho compromisso de dar melhores condições à população, mas o atendimento do servidor é muito importante para nosso êxito. Já fomos referência em saúde em um período passado e sou exigente porque quero que São José conquiste novamente esse título”, apontou.

DIA DA ÁRVORE

FCAM distribuiu 1.500 mudas Apesar da chuva, que castigou duramente a cidade, a programação relativa ao Dia da Árvore foi bem sucedida. Contando com a colaboração de estudantes da rede municipal de ensino, funcionários da Fundação Cambirela do Meio Ambiente (FCAM), distribuíram 1.500 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica. O filme “SOS Planeta Terra”, com temática de educação ambiental, também atraiu um bom público. Em todas as sessões, crianças em idade escolar, jovens e adultos disputaram os assentos. As atividades começaram às 9 horas, com previsão de encerramento às 18 horas. O palco do evento foi a Praça 7 de Setembro, no centro histórico da cidade. Para exibir o filme, a FCAM montou uma sala inflável, especialmente adaptada para receber o público estudantil e os munícipes em geral. O deslocamento dos estudantes, das escolas para a Praça 7 e no retorno, aconteceu através de um sistema de transporte organizado pela Secretaria Municipal de Educação, parceira da FCAM nesse projeto. Cinco turmas do ensino fundamental se revezaram na sala de projeção

Baby Espíndola

Estudantes participaram ativamente na distribuição das mudas de árvores e auxiliando na distribuição das mudas de árvores frutíferas e “de passarinhos”. Segundo comentário do superintendente da FCAM, João Batista dos Santos, a receptividade da promoção foi bastante animadora, além da expectativa. Em virtude do interesse pelas mudas e, principalmente, pela temática abordada pelo filme, a FCAM pretende promover e participar de outras atividades educativas. João dos Santos está planejando exibições itinerantes nas escolas, para que um maior número pos-

sível de estudantes tenham acesso ao conteúdo do filme. Os objetivos do evento relativo ao Dia da Árvore foram alcançados. Ocorreu a pretendida interação dos estudantes, que assimilaram uma compreensão mais profunda sobre a importância da preservação da natureza, dos recursos naturais. “Impressionou bastante o interesse das crianças pelo tema natureza, meio ambiente. Os estudantes tiveram participação ativa no evento, na Praça 7”, revelou o superintendente da FCAM. Mesmo com uma agenda

cheia, o prefeito Camilo Martins reservou um espaço para prestigiar a programação do Dia da Árvore. A um grupo de estudantes, o prefeito ressaltou a importância da conservação das reservas naturais, o que segundo ele, “passa necessariamente pelo processo de conscientização dos jovens de hoje. Essa programação da FCAM tem por objetivo repassar, às crianças e adolescentes, ensinamentos e regras claras sobre a natureza, sobre a vida de modo geral, a preservação dos recursos hídricos”, afirmou Camilo Martins.

A prefeita Adeliana Dal Pont e o secretário Luis Antônio Silva com os novos servidores municipais

USJ é destaque entre as universidades O Centro Universitário Municipal de São José - USJ aparece entre as instituições mais bem conceituadas do Brasil no Ranking Universitário da Folha, promovido pelo jornal Folha de São Paulo. Administração de Empresas, Ciências Contábeis e Pedagogia foram os cursos do USJ avaliados no ranking. Administração de Empresas alcançou o 77º lugar, entre 1.479 cursos de Administração avaliados. Aparece no terceiro lugar no Exame Nacional do Ensino Médio (Enade) e em 156º lugar em docentes com Doutorado. A graduação em Ciências Contábeis está na 64ª posição da lista do ranking de 748 universidades. Está na 36ª colocação do Enade e em 118º lugar em docentes com Doutorado. Já Pedagogia aparece na 181ª colocação, entre 897 instituições que oferecem o mesmo curso. Está na 205ª posição no Enade, e é o 242º em docentes com Doutorado. Entre as universidades catarinenses, o USJ se destaca no terceiro lugar, atrás apenas da UFSC e da Unisul (16ª e 56ª na classificação geral, respectivamente). Conforme a pesquisa, as regiões Sul e Sudeste concentram 19 das 25 melhores universidades do país. O cálculo foi feito com

base nas notas recebidas nas duas pesquisas feitas pelo Datafolha para o RUF, com avaliadores do MEC e com empregadores. Foram 192 universidades avaliadas em todas as regiões do país. A análise partiu de cinco indicadores de qualidade, subdivididos em 16 subindicadores que geram rankings independentes. A avaliação contempla as 30 carreiras com maior número de estudantes matriculados em 2011 (último dado disponível no instituto de pesquisa do MEC, o Inep). Para a reitora do USJ, Jaqueline Zarbato, o ranking comprova a qualidade do ensino promovido na instituição, que conta com um quadro de professores qualificados e oferece ao mercado profissionais que somam ao crescimento da cidade. “A classificação ultrapassou várias instituições públicas do Estado de Santa Catarina e do Brasil. Isso representa a consolidação e a importância do USJ e de seus cursos nas áreas de Administração, Ciências Contábeis, Pedagogia, Ciências da Religião. Formamos profissionais que contribuem de forma efetiva para o desenvolvimento social, econômico, educacional de São José”, observa a reitora.


Geral A07

GRANDE FLORIANÓPOLIS (sc) quarta-feira 25 de setembro DE 2013

PREVENÇÃO

Cães e gatos de estimação da Tapera receberão microchipagem

Bairro foi o escolhido pelo grande volume de animais semidomiciliados

A

Diretoria de Bem Estar Animal da Secretaria Municipal de Saúde vai realizar ação inédita em Florianópolis de microchipagem de cães e gatos de estimação. A instalação de chip vai acontecer no período de 23 a 26 de setembro, no Conselho Comunitário da Tapera, à Rodovia Açoriana, nº 1.228. O bairro foi escolhido para deflagrar o trabalho devido ao grande volume de animais semi-domiciliados - que têm donos, mas transitam livremente

pela região. A expectativa é a de 400 destes bichinhos da Tapera e Região recebam chip contendo seu prontuário médico-veterinário, bem como os dados de identificação e localização do proprietário. Vão ser beneficiados animais de munícipes de Florianópolis que apresentarem fotocópia do CPF e comprovante de residência e de renda bruta mensal de até três salários mínimos. De acordo com o Diretor do Bem Estar Animal, João

Eduardo Cavallazzi, o chip vai facilitar a devolução dos animais, em caso de perda ou fuga. Bem como saber quem são seus responsáveis, diante de situações de abandono, o que é proibido pela lei municipal nº 94/2001. Também está definido que a próxima microchipagem beneficiará Canasvieiras e Região, já visando à temporada de verão. Senso No mesmo período e local, a Diretoria do Bem Estar Animal vai fazer o seu primeiro senso para traçar o perfil dos donos dos cães e gatos de estimação. O órgão quer ter a dimensão, por exemplo, de quantos animais cada família possui, se eles são levados regular-

mente ao veterinário, se são ou não castrados e se já receberam algum tipo de vacina. “Queremos saber em que os proprietários estão falhando”, adiantou Cavallazzi, preocupado em embasar uma ação educativa a ser desenvolvida junto às escolas municipais em parceria com a Secretaria da Educação e a Guarda Municipal. Além disso, tanto o senso quanto a ação educativa contarão com apoios do Grupo Especial de Defesa dos Direitos dos Animais (GEDDA) do Ministério Público estadual e do Instituto Ambiental ECOSUL, uma organização sem fins lucrativos que tem por missão promover e difundir a preservação ambiental e o bem estar animal em Santa Catarina.

Palhoça reestrutura IPPA Após assumir o Poder Executivo, o prefeito Camilo Martins nomeou o advogado e servidor efetivo doInstituto de Previdência dos Servidores do Município de Palhoça - IPPA, Gustavo HaemingGerent, como diretor executivo da autarquia, com a prioridade de reestruturar e fortalecer a previdência dos servidores municipais. Segundo Camilo, o IPPA é a garantia de uma aposentadoria fortalecida para os servidores da Prefeitura e da Câmara Municipal dos Vereadores. “É preciso administrar com responsabilidade para garantir o fortalecimento e a credibilidade previdenciária aos servidores municipais”, afirma o Prefeito. Atendendo a solicitação do chefe do executivo municipal, GustavoGerent elaborou a eleição, onde os servidores elegeram o novo Conselho Fiscal e o Conselho Administrativo (e por consequência o Comitê de Investimentos), que deverão atuar junto com a direção do Instituto. Segundo o diretor executivo, os integrantes eleitos destes segmentos já foram empossados e já participam de todas as ações e decisões do IPPA. “Os integrantes de cada conselho acompanham, avaliame deci-

O SEGREDO DO SUCESSO NÃO PRECISA SER SEGREDO.

divulgação/JORNAL Informe

Sede do IPPA em Palhoça dem junto com a direção todos os passos do IPPA,conforme orientação do próprio Ministério da Previdência Social”, afirmou Gustavo. O diretor do Instituto também afirma que já estão em fase de instalação o SIPREV, ou seja, um Software do Ministério da Previdência Social que vai garantir maior transparência e gestão ao IPPA. “Com a instalação do Sistema de Gestão Previdenciária vamos receber total apoio do Ministério da Pre-

vidência para administrar o Instituto”. destacou o diretor. A direção do IPPA também busca firmar Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com Ministério da Previdência e a Advocacia Geral da União - AGU visando regularizar o Certificado de Regularidade Previdenciário - CRP. “Com o TAC firmado, e com a CRP em dia, o Município de Palhoça poderá celebrar convênios e receber investimentos do Estado e da União”, garante Gustavo.

TOP DE MARKETING E VENDAS ADVB/SC 2O13. INSCREVA OS CASES DE SUA EMPRESA ATÉ 16/10. Realização:

2013

Chegou a hora de premiar as ideias inovadoras e reconhecer quem fez a diferença na área de marketing e vendas. Confira o regulamento em www.advbsc.com.br e participe .

Apoio:


A08

Segurança

GRANDE FLORIANÓPOLIS (SC) QUARTA-FEIRA 25 DE SETEMBRO DE 2013

DP DE DESAPARECIDOS EM SÃO JOSÉ A Secretaria de Estado da Segurança pública (SSP) inaugurou ontem (24), em São José, a Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas (DPPD), uma antiga reivindicação da comunidade e que, agora, vira uma realidade. É a terceira delegacia especializada em pessoas desaparecidas no país. As outras duas estão em São Paulo e Minas Gerais.

SEGURANÇA

Guarda Municipal celebra progressão funcional Progressão funcional ATINGIU 70 agentes e contou com a presença do prefeito César Souza Júnior e demais autoridades

A

conteceu na noite de quinta feira (19), progressão funcional de 70 agentes da Guarda Municipal de Florianópolis. O evento que ocorreu no auditório da Base da GMF(Portal Turístico), contou com a presença do prefeito César Souza Júnior e demais autoridades. Representantes dos órgãos de segurança como a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militares, Capitania dos Portos estiveram presentes. Representando a

Câmara Municipal estavam os vereadores Edmilson Pereira e o Coronel Paixão. Após a entrega das divisas aos agentes o secretário de segurança Raffael de Bona Dutra falou da reversão da imagem da corporação perante à população. “Estamos resgatando através de ações efetivamente próximas de contato com o munícipe”. O delegado da Polícia Federal, hoje o titular da pasta, fazia referência ao trabalho da ronda escolar e o trabalho desempenhado pelo setor de

educação. “Trabalhamos na base, na educação”. O prefeito César Souza Júnior foi mais enfático. Resumiu o início do ano como atípico. Atentados, manifestação e greve. “Em nenhum momento , vi algum agente da Guarda se furtar ao trabalho. É claro que falta muito para melhorar, mas estamos no caminho. De todos os setores da prefeitura , o mais sobrecarregado é o da guarda”. O prefeito ressaltou ainda que acompanha o trabalho da ouvidoria do executivo e

que enfatizou o número de elogios que a corporação tem recebido neste serviço. Credibilidade e legitimação. “O que era a Lei Seca antes da Guarda iniciar a operação Balada pela Vida? Agora , o condutor pensa duas vezes antes de beber e sair dirigindo, pois sabe que em algum lugar uma fiscalização está ocorrendo. Não estamos atrapalhando a vida de ninguém, muito pelo contrário, estamos resguardando a segurança , tanto dos condutores como a de terceiros”. ROBERTO MACHADO

LISTA DE PROGRESSÃO FUNCIONAL Fernando pereira Floriano nau Franco juliano buss Gabriel souza kretzer George silva quint Gilberto osvaldo de souza gonçalves Guilherme medeiros Guilherme roberto dias Israel farias da cunha Ivan da silva couto junior Jaime roberto silva junior Janderson valdir silvino Jean carlos viana cardoso Joel souza padilha Joseney pereira Josué ricardo de chaves Juliano da silva pioner Júlio pereira machado Karina costa aliano Katiane cristina klock martins Larissa aparecida vidal Leandro antônio miranda Leonardo fernando da rosavasquez Luis gustavo da costa bremm Luiz eduardo costa cabral

Caminhões-tanque do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) começam a atuar nesta quarta-feira (24/09) em apoio às comunidades afetadas pela chuva dos últimos dias no Alto Vale e Vale do Itajaí. Viaturas e Bombeiros Militares de regiões menos atingidas foram deslocados para a região com o intuito de apoiar o restabelecimento do fornecimento de água e auxiliar na limpeza de edificações públicas (hospitais, postos de saúde, escolas, creches, etc). “Com a trégua da chuva e a diminuição gradual dos riscos de ocorrências que ofereçam risco à vida das pessoas atingidas pela alta dos rios, nosso intuito agora é auxiliar o restabelecimento dos serviços básicos nos municípios afetados e proporcionar melhores condições àqueles que precisam retomar sua rotina”, disse o Subcomandante-Geral e comandante da Força-Tarefa do CBMSC, Coronel BM Gladimir Murer. Pelo menos quatro viaturas com capacidade média de armazenamento de 10 mil litros de água foram deslocadas para a região de Rio do Sul – a mais atingida pelos estragos provocados pela chuva. FORÇATAREFA As equipes especialmente equipadas e treinadas para atuação em situações extremas, que compõem a Força-Tarefa do CBMSC, seguem em reforço às guarnições

Cerimônia de Passagem de Nível

Alberto albaladejo miranda Alberto szupka martins Alex silveira Ana cristina ottobeli guerreiro Anderson ciro vieira Andrey de souza vieira Carla thaís nascimento da cunha Carlos eduardo pereira donato Carlos freibergerfernandes Carlos roberto nascimento Christian josé borgesfortes Claudio andré de oliveira Deivid fernandes da rosa Edson dos santos Edson luiz pereira Eduardo aldo duarte Eduardo henrique bruno Eduardo silva verani Elaisa maria da silva Emidio carvalho junior Ernesto vilmar alves Estefanelle regina ferreira Everton carlos soares Fabiano vidal Fábio luiz mendes

Bombeiros reforçam ações de ajuda humanitária

Luiz gustavo rosa Marcos edmir dos santos Maristela pires Maycon rodrigo baldessari Micheli barbosa Patrick salvelino de andrade Paula valentim da silva Paulo ricardo soares Rafael ademir luiza Rafael de souza freitas Ramon pereira da silva Reginato waldir rosa Ricardo luiz de souza Roberto zilto de almeida Rodrigo bassi astromecas Rodrigo henrique cordeiro Rodrigo rocha de sousa Rogério gentil de jesus Rosiane patrícia bernardo silvano Sérgio murilo manoel Sidnei flores Tiago soares Vagner manoel canella

dos quartéis da região pelos próximos dias. Pelo menos 60 bombeiros da FT percorrem áreas isoladas e prestam auxílio às comunidades em locais de difícil acesso nos municípios do Alto Vale. Bombeiros das Forças-Tarefas de Lages, Curitibanos, Chapecó, Florianópolis, Canoinhas e Balneário Camboriú - além da aeronave Arcanho 01 - foram mobilizados desde sexta-feira (20/09). Ajuda Humanitária Com a estabilização dos níveis dos rios nos municípios afetados, o trabalho das equipes de Bombeiros Militares e Comunitários deve ser focada, ao longo do dia, na ajuda humanitária (transporte de desalojados/desabrigados, mantimentos, medicamentos e apoio diverso aos demais órgãos de socorro envolvidos). Durante a madrugada desta quarta-feira, não houve o registro de emergências relacionadas com os estragos da chuva no Alto Vale. Destaque ficou por conta de ações de apoio prestadas em Taió, onde a barragem segue acima da capacidade e continua a verter água. Por lá, às 3h, as equipes foram acionadas para fazer o transporte de pessoas que necessitam fazer tratamento de hemodiálise em Rio do Sul. Com o uso de embarcações, as duas vítimas foram resgatadas e levadas até a rodovia, onde puderam seguir para o tratamento médico.

DP de Desaparecidos em São José A Secretaria de Estado da Segurança pública (SSP) inaugurou ontem (24), em São José, a Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas (DPPD), uma antiga reivindicação da comunidade e que, agora, vira uma realidade. É a terceira delegacia especializada em pessoas desaparecidas no país. As outras duas estão

em São Paulo e Minas Gerais. A nova unidade funcionará na rua Adhemar da Silva, número 1135, no Kobrasol, em São José, anexo ao prédio onde funciona a DP da Mulher. A DPPD vai funcionar, inicialmente, com um efetivo de seis policiais, entre delegado, escrivães, agentes e psicólogos.


QUARTA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2013

DILMA: Dilma diz na ONU que espionagem fere soberania e direito internacional. Presidente fez discurso de abertura da Assembleia das Nações Unidas. Para ela, não procede alegação de que espionagem é ação antiterrorismo.

Variedades

A09

HOROSCÓPOD0DIA Áries - 21/03 a 20/04 O trígono Sol-Lua harmoniza seu circuito de relacionamentos, favorecendo a comunicação. Um maior senso de comunidade lhe acompanha na presente data, fortalecendo o convívio e o entendimento com as pessoas. Direcione seu equilíbrio interior para apaziguar os ânimos à sua volta.

Gêmeos - de 21/05 a 20/06 Incidindo sobre seu signo, a energia lunar lhe estimula a assumir uma posição de liderança em seu círculo social, já que o trígono com o Sol eleva seu carisma e sua capacidade de articulação com as pessoas. Seja espontâneo e procure se divertir nessa fase, aliviando a mente das preocupações.

Leão - de 23/07 a 22/08 O trígono Sol-Lua lhe traz maior entusiasmo perante a vida, deixando-lhe mais leve e descontraído. Sua alegria tende a contagiar as pessoas, tornando os momentos em grupo altamente prazerosos. Permita que sua força interior fortaleça também aqueles que porventura estejam fragilizados.

Libra - de 23/09 a 22/10 O trígono Sol-Lua eleva sua confiança e seu senso crítico, evidenciando um momento positivo para os estudos e as pesquisas, bem como para defender opiniões perante instâncias superiores. Esteja aberto às críticas, que podem lhe trazer novas abordagens sobre os fatos.

Sagitário -de 22/11 a 21/12 Momento de harmonizar suas relações pessoais! O trígono que hoje se configura entre Sol e Lua lhe traz maior senso de coletividade, deixando-lhe mais próximo e atencioso com as pessoas. Demonstre interesse pelos que lhe cercam, minimizando as diferenças que porventura existam.

Aquário - de 21/01 a 19/02 Momento de se projetar socialmente! A Lua transita por sua quinta casa e forma ângulo harmonioso com o Sol, evidenciando seu lado mais extrovertido. É um bom momento para se divertir na companhia de amigos, para relaxar e conhecer gente nova, aliviando a mente das tensões diárias.

Touro - de 21/04 a 20/05 A Lua transita por sua área material e se associa ao Sol, ampliando seu senso de oportunidade frente a novos investimentos. Seu lado prático aflora e pode lhe ajudar a colocar em dia seus afazeres. Aproveite para melhorar a infraestrutura do seu dia-a-dia, deixando-o mais funcional.

Câncer - de 21/06 a 22/07 Momento de superar problemas! Transitando por sua área de crise, a energia lunar lhe motiva a encarar os desafios sob novas perspectivas. O trígono com o Sol lhe deixa mais otimista, fortalecendo suas convicções e valores. Associe-se com pessoas de sua confiança e que estejam dispostas a lhe ajudar.

Virgem - de 23/08 a 22/09 A fase é positiva para sua vida profissional, pois o trígono Sol-Lua lhe traz equilíbrio e bom senso para conduzir as atividades e decisões na área. O esforço em equipe tende a fazer muita diferença, por isso procure se articular com as pessoas. É momento de somar talentos!

Escorpião de 23/10 a 21/11 A Lua transita por sua oitava casa, deixando-lhe mais sensível e criativo. A relação harmoniosa com o Sol lhe deixa mais aberto a mudanças, por isso permita que o novo entre em sua vida. Seu equilíbrio lhe ajudará na tomada de decisões, sobretudo relacionadas a seu patrimônio.

Capricórnio - de 22/12 a 20/01 O trígono Sol-Lua lhe traz força e determinação para lidar com suas metas profissionais. Aproveite esse estímulo para conquistar as pessoas e construir alianças que lhe ajudem a enfrentar os desafios na área. O esforço em equipe fará a diferença.

Peixes - de 20/02 a 20/03 Sol e Lua estabelecem trígono e promovem uma maior aproximação em suas relações mais íntimas. O momento é de harmonia, por isso procure superar os desencontros e ressentimentos. É um bom momento para ajustar os interesses em prol de uma convivência pacífica e agradável.

RESUMODENOVELA -

Quarta-feira

17H30, NA GLOBO

18H00, NA GLOBO

22H30, NA RECORD

Bernardete afirma a Soraia que vai descobrir qual é o mistério de Caetano. Vera se prepara para tirar as medidas de David para fazer o bolo, mas Ronaldo chega. Maura incentiva as mães de alunos a reclamar sobre os livros de Literatura, e Raíssa defende a posição do colégio. Ronaldo estranha o carro de David e o comportamento de Vera. Anita e Sofia saem do castigo. Sidney tenta conquistar Sofia com poesias. Maura faz um protesto em frente à escola, pedindo a demissão de Diva.

Ernest não atrapalha o casamento de Franz e Amélia. Sílvia recebe um telegrama avisando da morte do pai. Ernest diz a Franz que está arrependido e o convida para morar em sua casa com a família, mas o rapaz não aceita. Fabrício chega à festa e avisa aos amigos que estão preparando o levante contra o governo. Amélia promete a Franz que nunca participará do partido. Todos os empresários da região negam emprego a Franz, a pedido de Ernest.

21H00, NA GLOBO

19H00, NA GLOBO

Zélia decide aceitar a ajuda de Zico por causa de Filipe. Cazuza mostra o conteúdo do vídeo que fez contra Zico e entrega todo o dinheiro para ser usado no processo. Aparadeira vai embora de casa. Filipe é levado para a UTI. Vitória se surpreende com o estado de Zico. Risoleta pensa em oferecer dinheiro para obrigar Firmino a se entregar. Zico doa sangue para Filipe. O vilão fica nervoso ao saber que o neto possui asas. Bitela faz um jantar sem gorduras para Encolheu. Vitória conta sua história com Zico para Zélia. Aristóbulo se esconde para deixar Risoleta. Zico questiona Vitória sobre as asas de Filipe.

Valdirene combina com Carlito que vai terminar o relacionamento com Vanderlei, mas desiste quando ele a chama para ir a uma churrascaria. Luciano é obrigado a convidar Joana para o casamento de Bruno. Leila decide se tratar fora do país. Thales fala para Nicole que provará seu amor por ela. Michel acompanha a cirurgia de Silvia. Patrícia conta para Perséfone que se separou de Michel por causa da doença de Silvia. Daniel convence os pais a levarem Linda para o casamento de Bruno e Paloma.

Amora pede para Bento deixar Simone e seus filhos morarem com eles. Verônica agradece Charlene e Vanessa pela cumplicidade. Fabinho aconselha Giane a investir em um curso de fotografia. Wilson sugere que Charlene seja sócia de Karmita na Para Sempre. Damáris confessa a Lucindo que inventou Gládis. Madá repreende Malu por não querer assumir um relacionamento com Maurício. Eliseu flagra Brenda tentando ouvir a conversa de Perácio e Glória. Damáris pede para Lucindo voltar a trabalhar para ela.

CRUZADINHA


A10

Esporte Nacional

QUARTA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2013

JESC

A

partir desta quarta-feira, dia 25, até sábado, dia 28, o município de Brusque sediará a etapa estadual dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) para estudantes de 15 a 17 anos. Neste período, 1.514 atletas de 402 escolas de 160 municípios buscarão a conquista da medalha de ouro no atletismo, basquete, handebol, futsal, vôlei, de praia, ciclismo, judô, tênis de mesa,

Fica no Barça

xadrez e ginástica rítmica (GR). A GR será realizada dia 30 de setembro, em Criciúma, paralela aos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. A natação, que também faz parte do evento, foi realizada em agosto, em Palhoça, Os Jesc são uma promoção do Governo de Santa Catarina por meio da Fesporte em parceria com a prefeitura de Brusque e as Secretarias de Desenvolvimento Regional.

Um dos mais admirados e reconhecidos jogadores da atualidade, Andrés Iniesta é um elemento imprescindível na ingrenagem do time do Barcelona e sua renovação de contrato com o clube é assunto recorrente na imprensa europeia. Após o ve-

rem rejeitar semana passada uma oferta de € 15 milhões (cerca de R$ 45 milhões) para assinar novo compromisso, muitos passaram a duvidar da permanência. Seu pai, José Antonio, no entanto, está certo de que o meia seguirá blaugrana.

22 provas Semanas depois de a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) entregar às equipes um esboço do calendário de 2014 sem a etapa em Nova Jersey (Estados Unidos), uma nova lista foi distribuída com uma data reservada para o GP das Amércias. Os promotores do evento, que era previsto inicialmente oara 2013, mas ainda não saiu do papel, estão trabalhando duro para

conseguir os documentos e a verba necessária para que a estreia da etapa não seja adiada novamente. Com enorme interesse em realizar uma corrida às margens do Rio Hudson, com a cidade de Nova York como pano de fundo, o próprio Bernie Ecclestone - chefão da cateogoria - resolveu “segurar” a data vaga de 1º de Junho para acomodar a prova, caso tudo seja resolvido.

Parceria rompida O presidente do Botafogo, Mauricio Assumpção, anunciou que o clube rompeu com a Traffic, empresa responsável por agenciar Vitinho, que acabou negociado com o CSKA Moscou por cerca de R$ 31 milhões. O mandatário alvinegro não poupou críticas à postura do grupo na transferência do jogador para a Europa. "A empresa que agencia a carreira do menino

foi covarde na atitude que teve. Eles tiraram o garoto sem autorização do Botafogo. Essa empresa não trabalha mais no Botafogo. Os jogadores já foram notificados disso. Enquanto eu for presidente do clube, essa empresa não trabalha mais no Botafogo", contou o dirigente, em entrevista concedida na noite desta segunda-feira, à Rádio Bradesco Esportes.

JESC 2 O cerimonial de abertura está programado para esta quarta-feira, às 8h30, na pista de atletismo do Sesi. Segundo Ademar José da Silva, gerente de esporte de base e inclusão da Fesporte e coordenador geral dos Jesc, nas últimas horas surgiram muitos boatos sobre o cancelamento do evento, por conta das fortes chuvas que têm caído no Estado ocasionando cheias nos municípios do Vale do Itajaí. Mas, segundo ele, os boatos não procedem. “Os Jesc em Brusque estão mantidos. Acabo de chegar do município, visitei os locais de competições e está tudo pronto para começarem os Jogos”, garantiu. Ademar

Vergonha É uma vergonha o Brasil com todo o seu histórico no basquete masculino ficar de fora do Mundial. Ou melhor, ainda não estamos fora. Estamos dependendo de um convite da Federação Internacional de Basquete para ver se estaremos no próximo mundial. Entre as exigências da FIBA os medalhões da NBA teriam que disputar a competição pela seleção nacional. Ou seja, melhor ficar fora.

tranqüiliza os participantes enfatizando que a meteorologia prevê a diminuição das chuvas em Santa Catarina no período da competição. Os campeões das modalidades em Brusque garantem vaga à etapa nacional da competição (Olimpíadas Escolares) que será em Belém do Pará no período de 7 a 16 de novembro. Na edição 2013 dos Jesc de 15 a 17 anos foram inscritos em todas as etapas, incluindo fase escolar e microrregional, um total de 95.983 estudantes de 796 escolas das 1.218 instituições catarinenses que têm ensino para esta faixa etária. Ao todo, 264 municípios se inscreveram nos Jesc este ano.

R$ 30 mil mensais O Comitê Gestor do Santos optou por bancar a manutenção da proposta de cerca de R$ 30 mil mensais, com possibilidade de aumento atrelada a performance, ao atacante

Neilton. O Terra apurou que a "renovação padrão" não agradou o estafe do jogador, que preteriu o limite da resposta estabelecido pelo clube - até a última sexta-feira - e dará

Admitindo erros do passado O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, diz que não sente medo, admite alguns erros em sua gestão, principalmente na escolha de técnicos, e garante que está bem de saúde, mesmo após ter descoberto um câncer de próstata. Em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo", o mandatário também revelou que Paulo Autuori seria uma boa opção para um trabalho a longo prazo,

mas não poderia resolver a crise que se instalou na equipe neste Brasileiro. Negou ser arrogante e comentou o afastamento de Marco Aurélio Cunha, que hoje é seu adversário político. Seis semanas A defesa do Paris Saint-Germain terá um grande desfalque no começo da atual temporada. O zagueiro Thiago Silva anunciou na manhã desta terça-feira que sua lesão muscular

na coxa esquerda, sofrida diante do Monaco no último domingo, o deixará parado por seis semanas, de acordo com exames realizados pelo atleta.”Aí, galera, tenho notícias, mas não muito boas. Mas confesso que poderia ter sido pior. Fiz o exame, e seis semanas (parado) pelo que os doutores falaram” disse o zagueiro através de sua conta no Instagram, agradecendo o carinho dos fãs.

um posicionamento definitivo até o fim desta semana. "Estabelecemos um prazo, até sexta, mas o empresário do jogador entrou em contato conosco e nos garantiu que

responderá ao longo da semana", disse Odílio Rodrigues, presidente em exercício do clube, que já havia afirmado que a proposta do Santos seria mantida com as mesmas bases.


Geral A11

GRANDE FLORIANÓPOLIS (sc) quarta-feira 25 de setembro DE 2013

EDUCAÇÃO

Eleições para diretores serão com urna eletrônica

O pleito ocorrerá no dia 30 de novembro em 111 estabelecimentos de ensino

E

leições para diretores de escolas, creches e núcleos de educação infantil em Florianópolis, serão com urnas eletrônicas. O acerto foi feito pelo Secretário Rodolfo Joaquim Pinto da Luz e o Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, Desembargador Eládio Rocha Torret. Para isso, a prefeitura

fará um convênio com o TRE para oficializar a parceria. Além das urnas, uma equipe técnica do Tribunal estará à disposição da Secretaria de Educação para viabilizar o sistema. O pleito ocorrerá no dia 30 de novembro e poderá reunir mais de 34 mil eleitores. Haverá eleições em 111 unidades, sendo 37 escolas , 51 creches e 23 NEIs.

Assessoria de Imprensa TRE

Reunião com TRE

OBRA

Muros de contenção minimizam prejuízos A construção e reparos em 60 muros de contenção realizados pela prefeitura desde o início do ano evitou que diversas comunidades de Florianópolis fossem atingidas pelas fortes chuvas do fim de semana, destacou o prefeito Cesar Souza Júnior. Desde sexta-feira até o início da manhã segunda, apenas duas ocorrência de deslizamento foram registradas, sem vítimas. O prefeito salientou que atualmente outras 30 obras de muros de contenção estão em andamento em várias comunidades da Ilha e do Continente. Essas obras já apresentaram resultado, sublinhou o prefeito, que destacou a importância do trabalho de prevenção. ”O investimento em prevenção é a nossa prioridade, pois representa a proteção das famílias que vivem em áreas que apresentam algum risco e ainda minimiza os prejuízos financeiros dos moradores e do poder público”, afirmou o prefeito, citando como exemplos muros construídos nas comunidades do Alto Caeira, Monte Cristo e Vila Aparecida. As comunidades do Monte Cristo, Vila Aparecida, Costeira do Pirajubaé, Maciço do Morro da Cruz e Saco Grande, foram contempladas com a execução de obras de muros de contenção. Algumas áreas dessas comunidades de interesse social foram mapeadas como ten-

Petra Mafalda

Muro de contenção construído pela prefeitura na Caeira do risco de deslizamento de encostas do tipo R3 (Alto) e R4(Muito Alto) e por essa razão a prefeitura captou junto ao Ministério das Cidades recursos na ordem de R$ 9,8 milhões para execução de obras de contenção que beneficiam aproximadamente 54 mil moradores. A ação preventiva da Secretaria de Obras na limpeza de canais e córregos também minimizou os efeitos das chuvas em várias comunidades, salinentou o secretário e vice-prefeito João Amin. “É importante que os moradores façam a sua parte,

não jogando nem permitindo que sejam jogados entulhos e lixo nos córregos e canais das comunidades”, afirmou o vice-prefeito. OPERAÇÃO TAPA BURACOS A prefeitura de Florianópolis iniciou já na manhã desta segunda-feira operação tapa buracos em várias regiões da cidade. Por determinação do prefeito Cesar Souza Júnior, o trabalho deve priorizar vias de maior fluxo e aquelas que servem como corredores de ônibus.

Em reunião nesta manhã, as secretarias de Obras e do Continente fizeram uma avaliação prévia dos estragos causados pelas chuvas. Centenas de ruas e avenidas foram danificadas pela força das águas – o balanço deve ser concluído até o final da tarde. Durante a reunião, que contou com a participação da Secretaria de Habitação e Sanemanto Básico e da Comcap, foi feito também uma avaliação dos problemas causados pelas enxurradas nas comunidades.

Autoridades unidas em São José O Presidente da Câmara Municipal, Vereador Sanderson de Jesus (PMDB), e os vereadores Orvino Coelho De Ávila (PSD) e Tetê (PDT) acompanharam uma visita do Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional, Clonny Capistrano, à Prefeita Adeliana Dal Pont no último dia 17 de setembro. Esta foi a primeira visita oficial do Secretário Clonny Capistrano a um dos 13 municípios que estão na área sob responsabilidade da SDR: “O objetivo do encontro foi estabelecer uma parceria com a Prefeita. Afinal, nós podemos caminhar juntos em diversas questões que são de interesse comum entre os municípios, como a mobilidade urbana por exemplo. E como São José é o município onde está sediada a Secretaria, nada melhor do que iniciar nossa agenda de reuniões por aqui”. Durante o encontro, o Presidente da Câmara Municipal, Vereador Sanderson de Jesus, destacou alguns assuntos que merecem a atenção da SDR. “Temos a questão dos abrigos de ônibus que estão em falta aqui no município,

o problema com a segurança pública, a necessidade de mais policiais e mais viaturas. Então nós conversamos e vamos priorizar alguns pontos para melhorar a qualidade de vida no nosso município”. A Prefeita Adeliana Dal Pont também citou alguns problemas que precisam ser resolvidos: “É muito importante a construção dessa agenda positiva para o município. Hoje, por exemplo, estamos com dificuldades em reformar algumas escolas de educação infantil que foram repassadas para o município mas esse repasse ainda não foi formalizado. Então essa parceria pode ajudar com essa questão”. A SC 281, antiga SC 407, também foi uma das pautas da reunião. O Vereador Sanderson de Jesus lembrou que a população da Colônia Santana e São Pedro de Alcântara sofre com alagamentos por conta das obras na rodovia. Sobre o assunto, a Prefeita afirmou que o Governador Raimundo Colombo já garantiu a construção de uma ponte na região e que a Ordem Serviço deve sair na próxima semana. divulgação/JORNAL Informe

Reunião mostra que harmonia entre poderes está acima de tudo no município


GRANDE FLORIANÓPOLIS (SC QUARTA-FEIRA 25 DE SETEMBRO DE 2013

A12 Contra-Capa

OBRAS

Continente inicia Tapa Buraco

Chuvas do final de semana causaram estragos nas ruas e avenidas do Continente

V

inte quatro horas após as chuvas atingirem o Estado, a Secretaria Municipal do Continente já iniciou segunda-feira (23) a Operação Tapa Buraco nas principais ruas da região continental. O acúmulo de chuva abriu diversos buracos em ruas de grande movimento de veículos. Nesta tarde as obras de recuperação começaram pela Ivo Silveira, que no sábado estava com diversos pontos prejudicados pela chuva. Por determinação do prefeito Cesar Souza Júnior, o trabalho deve priorizar vias de maior fluxo e aquelas que servem como corredores de ônibus.Em reunião na manhã desta segunda-feira, as secretarias de Obras e do Continente fizeram uma avaliação prévia dos estragos causados pelas chuvas. Centenas de ruas e avenidas foram danificadas pela força das águas.

ALINE REBEQUI/SMC

APRENDER A ANDAR.

Trabalho no Continente começou pela Avenida Ivo Silveira

Durante a reunião, que contou com a participação da Secretaria de Habitação e Saneamento Básico e da

CONTINENTE

Comcap, foi feito também uma avaliação dos problemas causados pelas enxurradas nas comunidades.

ALINE REBEQUI/SMC

João Santos, 38 anos, Auxiliar Administrativo. Vítima de acidente de moto. Em tratamento fisioterápico.

Limpeza da vala do Jardim Atlântico

Limpeza de córrego evita alagamentos

Para evitar alagamentos a Secretaria Municipal do Continente acompanhou na tarde desta segunda-feira (23) o trabalho de limpeza e desassoreamento da vala que corta o bairro Jardim Atlântico realizado pela Comcap. A companhia iniciou o serviço ainda pela manhã e

permanece no local até que toda a água escoe com fluidez. Segundo os operários que trabalhavam na limpeza foram retirados da vala mais de 100 quilos de lixo, a grande maioria garrafas pet e sacos plásticos. De acordo com o secretário do Continente João Batista Nunes a limpeza é funda-

mental para evitar problemas como alagamentos, principalmente nestes períodos de chuvas acima da média. "Pedimos a população que não jogue lixo em bueiros, terrenos baldios e córregos, esta atitude pode evitar problemas como alagamentos de ruas", informou.

/paradapelavida @paradapelavida paradapelavida.com.br

SÓ É NATURAL NA PRIMEIRA VEZ.

Não deixe um acidente obrigar você a reaprender. Seja você a mudança no trânsito. Um acidente pode deixar marcas para sempre. Você sabe o que fazer para evitar essa tragédia: basta obedecer as leis e as regras de boa convivência no trânsito. A redução de acidentes começa em você.

Semana Nacional de Trânsito 2013.

Informe Florianópolis 25/09/2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you