Issuu on Google+

CAçAdor

INFORME rEdE dE JorNAiS

CONTEUDO É TUDO

Tempo Hoje

26 13º

SEXTA-fEirA 4 de janeiro de 2013. ano 11 . no 2.290 |

E-mail: opiniao@jornalinforme.com.br |

http://issuu.com/jornal_informe | R$ 1,50

SAÚdE

Pronto Atendimento com médicos 24 horas PAg A03

divulgAção/iNformE

CAçAdor

Poderá sediar olesc e Jogos universitários PAg A10

fEmEC

A nova diretoria que assumiu na noite de ontem João Coelho busca colocar a ComérCio “casa” em dia PAg A10

govErNo

Novos secretários já tomaram posse PAg A11

Empossada nova diretoria da Cdl de Caçador

Rosemari Ferlin ocupa o lugar de Leila Romão, na presidência da entidade

PAg A12


A 02

SEXTA-fEirA 4 de janeiro de 2013

Eduardo Bisotto

O

“Pela repetição, até o asno aprende”. Provérbio Árabe.

Aeroporto secretário de Infraestrutura, Valdir Cobalchini,

e o presidente da Fiesc em exercício, Gilberto Seleme, se reuniram nesta

respeito

quinta-feira, em Florianópolis, onde discutiram o planejamento de obras

estruturantes que o Governo do Estado projeta para Santa Catarina.

aeroporto 2 Na reunião também ficou definido que ainda em janeiro o secretário vai apresentar o projeto do novo terminal de passageiros do aeroporto de Caçador, que terá ampliação do pátio de manobras, estacionamento e novo acesso.

aeroporto 3 Cobalchini informou que, no próximo dia 10 de janeiro, técnicos da Aeronáutica estarão no Estado para aprovar o projeto. “Assim que tivermos a aprovação vamos apresentar o projeto e lançar o edital. Espero que isso possa acontecer ainda em janeiro”, anunciou o secretário

respeito 2

o Pa voltou

o Pa voltou 2

O Pronto Atendimento (PA) do Hospital Jonas Ramos iniciou em 1º de janeiro a 1 hora da manhã um novo trabalho no atendimento aos cidadãos caçadorenses. Após um planejamento realizado pelo prefeito Beto Comazzetto (PMDB), o local agora dispõe de médicos nas 24 horas do dia, com atendimento rápido e diversos exames.

A equipe conta com dois profissionais médicos das 8h às 24h e outro atuando da 0h às 8h. Em todos os períodos ainda auxiliam no atendimento pelo menos uma enfermeira e um técnico em enfermagem, além de outro médico de sobreaviso para cobrir um dos colegas se for necessário em qualquer horário.

de relacionamento estava instalada entre o poder público, médicos e o Hospital Maicé. A estratégia de Comazzetto durante a transição foi reativar os canais de diálogos e procurar através da conciliação encontrar uma solução para o setor.

PÚBLICAÇÃO: Referência Editora Jornalistica Ltda CNPJ: 04.736.389/0001-99 Inscrição Estadual: Isento ENDEREÇO: Rua Osorio Timmerman, 56 Caçador-SC CEP: 89500000

Nem por isso Jordan deixou de ser tratado e respeitado como aquilo que é: um dos maiores atletas da história do esporte. No Brasil e sua síndrome de vira-latas, os dois vice-campeonatos mundiais de Barrichello e mesmo a temporada épica de Felipe Massa em 2008 são tratados como troco de pinga. E quando um ídolo como Cigano entra em um dia infeliz no octógono e toma uma baia de laço, não sou poucos os prontos a crucificá-lo. Encerro com uma observação: respeito não significa ausência de crítica. Mas mesmo a crítica não precisa acabar como sempre acaba no Brasil, com chacota e desrespeito.

Comazzetto e a saúde 2 História contada por um amigo deste escriba que tem um amigo médico: “Meu amigo tem uma sensação de dívida com a população, já que estudou em uma Universidade Federal. Desta maneira, entende que deve atender em hospitais públi-

DIREÇÃO GERAL: Adriano Ribeiro EMAIL: opiniao@jornalinforme.com.br TELEFONE:8843-4213 GERAL Francine Santos TELEFONE: 9969-0915 ou 8806-6730 EMAIL:fran.informe@gmail.com ESPORTE Lauro Tentardini EMAIL: redacao@jornalinfome.com.br TELEFONE:051-82495255 POLITICA Adriano Ribeiro EMAIL: opiniao@jornalinforme.com.br TELEFONE:8843-4213 POLÍCIA Cleriton Freire EMAIL: cleriton.freire@hotmail.com

cos por no mínimo um terço de sua vida profissional. Entretanto, se dá ao direito de decidir aonde trabalha, já que a tabela do SUS é irrisória. Sendo bem tratado, fica um tempão trabalhando em hospitais e postos de saúde. Qualquer stress,

ele busca outro. Cumpre sua missão. Mas não aceita ser responsabilizado por problemas que não são seus e nem ser tratado a coice”. Já no começo do governo o prefeito Beto Comazzetto mostra ter entendido perfeitamente a moral da história.

TELEFONE:8858-9519 JORNALISTA RESPONSÁVEL: Adriano Ribeiro 0002902SC COMERCIAL: EMAIL: adm@jornalinforme.com.br EMAIL: comercial@jornalinforme.com.br PROJETO GRÁFICO: DÓDA DESIGN® - www.dodadiagramador.com.br DIAGRAMAÇÃO: Lucas Iara Gonçalves EMAIL: criacao@jornalinforme.com.br EMAIL: diagramacao@jornalinforme.com.br

CONTEUDO É TUDO

REPRESENTANTE COMERCIAL: CENTRAL DE COMUNICAÇÃO

FILIADO À

Comazzetto e a saúde O prefeito Beto Comazzetto tem plena consciência que seu mandato pode até ser muito bem sucedido, mas não será histórico se os problemas na área da saúde continuarem a atormentar a população. No final do ano passado mais uma crise

Parabéns ao coleguinha Lauro Tentardini, fã incondicional de Cássio e Tite (“dois gaúchos altos, fortes e lindos”, nas palavras dele). Tentardini foi no ponto sobre a baia de laço que Júnior Cigano levou de Cain Velásquez: temos de aprender a respeitar mais nossos ídolos esportivos. Nos Estados Unidos, Michael Jordan, certamente o maior jogador de basquete da história, teve passagens apagadíssimas no fim da carreira no Chicago Bulls e depois como jogador e dono do Washington Wizards, além de uma experiência patética na liga de basebol em 1992.

Quase ou morto? Presidente (se é que ainda vive) da Venezuela Hugo Chávez, vive seus derradeiros momentos na ilha-prisão de Cuba. Cercado por forte aparato de segurança, com pouquíssimas informações precisas (até mesmo o companheiro boliviano Evo Moráles tem se queixado disso), Chávez chega ao fim de uma longa agonia em praça pública, com fortíssimas suspeitas de que tenha usado esteroides anabolizantes e até mesmo metanfetamina (nome científico do ecstasy) para chegar ao fim de sua última vitória eleitoral. Sua agonia sem qualquer notícia contrasta com a do Presidente Tancredo Neves, por exemplo. É só mais um exemplo de como é bom viver em uma democracia.

a de cima, tudo bem O jornalista Oliveira Bastos visitava no Rio o então presidente do BNDES na primeira fase do governo JK, embaixador Roberto Campos. No lado de fora do prédio, manifestantes exigiam sua cabeça, acusado de “tramar contra os interesses nacionais”. Naquele dia, o ex-embaixador Roberto Campos mostrou que tinha momentos de senso de humor rastaquera: – O que mais me irrita é a falta de precisão da linguagem deles. Está bem, dá para entender que eles querem a minha cabeça, mas qual delas? Se for esta aqui – disse, apontando o próprio órgão genital – não tem acordo!

ASSINATURAS Anual ................................................................R$ 180,00 Semestral ..............R$ 95,00 à vista ou 2 x de R$ 55,00 Mensal na conta de luz .....................................R$ 13,90 Venda Avulsa .......................................................R$ 1,50

FALE COM O INFORME Fones: 3567-5699 Fechamento da Edição PLANTÃO 24 HORAS (49) 8843-4213 20h40


Geral

SEXTA-FEIRA 04 DE JANEIRO DE 2013

VAIADA: Dilma é vaiada ao falar 'portador de deficiência' durante conferência. Depois, presidente corrigiu e disse 'pessoas com deficiência' e foi aplaudida. Dilma também ouviu protestos do Fórum Nacional de Educação Inclusiva.

A03

SAÚDE

Pronto Atendimento com médicos 24 horas em Caçador

Em todos os períodos ainda auxiliam no atendimento pelo menos uma enfermeira e um técnico em enfermagem, além de outro médico de sobreaviso para cobrir um dos colegas se for necessário em qualquer horário

O

Pronto Atendimento (PA) do Hospital Jonas Ramos iniciou em 1º de janeiro a 1 hora da manhã um novo trabalho no atendimento aos cidadãos caçadorenses. Após um planejamento realizado pelo prefeito Beto Comazzetto, o local agora dispõe de médicos nas 24 horas do dia, com atendimento rápido e diversos exames. A equipe conta com dois profissionais médicos das 8h às 24h e outro atuando da 0h às 8h. Em todos os períodos ainda auxiliam no atendimento pelo menos uma enfermeira e um técnico em enfermagem, além de outro médico de sobreaviso para cobrir um dos colegas se for necessário em qualquer horário. A secretária municipal de Saúde, Rejane Serafini, esteve no PA na quarta-feira

(2), para conversar com o coordenador da equipe médica, Dr. Sandro Bichofe e equipe. Eles ressaltaram que das 7h às 15h30 é possível realizar todos os chamados exames essenciais, como hemograma (para detectar infecções, anemia, e outros); Exame Qualitativo de Urina com verificação da presença de bactérias (EQU+Gram); Amilase (exame de pâncreas); TGO e TGP (exame de fígado); Ureia e Creatinina (para verificar a função renal). Rejane salienta que os atendimentos que necessitam de Raio X estão sendo encaminhados ao Hospital Maicé mas que já está em fase de projeto e adequação do espaço para sala com este fim no próprio Pronto Atendimento. Ela explica, que toda a equipe médica que atua no PA, em forma de rodízio,

também atua no Hospital Maicé. “A Prefeitura fez convênio com o hospital para esta prestação de serviço médico no pronto socorro também. Isso já está consolidado e quem ganha é o cidadão caçadorense, com bons profissionais atuando nos dois lugares para um atendimento de qualidade”, disse. Juntamente a isso, Rejane comenta que a interação também é feita com os Bombeiros Voluntários e equipe do Samu. “Queremos atuar em uma só frente, com equipe médica, PA, Hospital, Bombeiros e Samu sem distinção. Todos em favor da saúde dos caçadorenses. E felizmente estamos conseguindo isso neste início de administração”, declara a secretária de saúde, que já solicitou levantamento da situação das Unidades de Saúde nos bairros, na ques-

tão de profissionais para o atendimento. O prefeito Beto Comazzetto explica que este trabalho vinha sendo desenvolvido ainda nos meses finais de 2012. “Procuramos estabelecer contato com médicos que pudessem aderir ao nosso projeto de fortalecimento da saúde em Caçador, voltando as atividades 24 horas no PA do Jonas Ramos e também a parceria com o Maicé. Conseguimos e agora os cidadãos começam a colher os frutos de uma melhor qualidade e agilidade em seu atendimento. É assim que desejamos trabalhar, cumprindo as propostas apresentadas no Plano de Governo. É claro que mais investimentos devem ser feitos, mas tudo é uma questão de tempo e organização para que possamos ter uma saúde melhor a cada dia”.

ASCOM PREFEITURA

O prefeito Beto Comazzetto explica que este trabalho vinha sendo desenvolvido ainda nos meses finais de 2012 ASCOM PREFEITURA

ASCOM PREFEITURA

Em todos os períodos haverá auxílio no atendimento pelo menos uma enfermeira e um técnico em enfermagem, além de outro médico em caso de urgência.

Leitos do Pronto Atendimento

Pacientes e familiares elogiam o atendimento no PA Um dos quartos de observação no Pronto Atendimento do Hospital Jonas Ramos, encontramos Leni Bueno, de 39 anos. A caçadorense teve problemas pulmonares e foi até o PA. Disse ter sido rapidamente atendida e medicada, para realizar os exames necessários e em breve poder retornar a sua residência. Em outro leito estava uma jovem. Seu pai, Ivo Inácio, relatou que sua filha passou mal e ao chegar no PA também teve atendimento de qualidade. “Quando adentramos a porta já fomos recebidos por um médico que a atendeu e encaminho para o quarto. Ela foi medicada e agora está tudo bem”, contou o pai.


A04

Estado

SEXTA-FEIRA, 04 DE JANEIRO DE 2013

PeloEstado

Continuamos com a série de opiniões e avaliações dos parlamentares catarinenses sobre o ano de 2012 e um pouco do que esperam de 2013. Na edição de hoje, a Coluna Pelo Estado traz a participação do deputado Sargento Amauri Soares, líder do PDT na Assembleia Legislativa, e dos deputados federais Pedro Uczai (PT) e Rogério Peninha Mendonça (PMDB). Cada um ao seu modo, focando mais em um ou outro tema, eles contribuíram para melhorar a qualidade de vida da sociedade catarinense ao longo do último ano.

AGROPECUÁRIA

Cooperativas apoiarão o cadastro O ambiental rural

Informação foi repassada pelo presidente da Organização Marcos Antônio Zordan

DIVULGAÇÃO/INFORME

A

“Não à terceirização”

Corpo de Bombeiros no Estado foi um dos temais mais importantes que tratamos nesse segundo semestre. Com projeto de lei complementar, de iniciativa do Executivo, que legaliza a situação do Bombeiro Voluntário, agimos de forma a impedir a privatização do serviço público. Na Comissão de Constituição e Justiça, como relator da matéria, apresentamos parecer contrário ao projeto. Isso não quer dizer que somos contra os bombeiros voluntários e muito menos contra o voluntariado, mas, sim, contra uma instituição privada ter poder de polícia, como fazer convênio com os municípios para fins de fiscalização. Essa função deve ser restrita ao Bombeiro Militar, que é uma insFábio Queiroz/Agência ALESC tituição pública. Dentro da postura do nosso mandato em defender os trabalhadores, a greve da Saúde pública estadual também foi um importante foco de atuação. Manifestamos quase diariamente apoio na Tribuna da Assembleia Legislativa, compusemos uma comissão de parlamentares para abrir um canal de negociação entre o Executivo e o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (SindSaúde), além de diversas outras atividades das quais fizemos parte. Também mantivemos nosso trabalho contra a privatização dos serviços públicos essenciais, em especial a Saúde, que tem sido alvo de terceirização e transferência para empresas privadas, através das chamadas de organizações sociais.” (Deputado Sargento Amauri Soares, líder da bancada do PDT na Assembleia)

PedroUczaiPT-SC

“Relatei a MP 559, que implementou o Regime Diferenciado de Contratação para as obras do PAC e do Proies, e a MP 570, do Brasil Carinhoso, que vai construir seis mil creches em todo o país. Lançamos o livro Ferrovias e tivemos a incorporação de R$ 91 bilhões no PAC das Concessões Ferroviárias a serem investidos em 10 mil quilômetros de trilhos. Publicamos dois livros sobre energias renováveis, apresentamos um projeto de lei para implementar políticas públicas no setor e, outro, para levar o salário maternidade de quatro para seis meses. A partir de 2013, Santa Catarina vai se transformar em um canteiro de obras, com R$ 5 bilhões investidos em rodovias, portos, aeroportos e em ferrovias.”

SEFOT-SECOM/Agência Câmara

Marcos Antônio Zordan, presidente da Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc) orientadoras e apoiadoras durante o processo de cadastramento, pois essa é a única maneira de produzir com segurança jurídica, acesso ao crédito rural e sustentabilidade. O presidente da Ocesc lembra que a promessa é que o cadastro substitua processos burocráticos e onerosos exigidos anteriormente, como as necessidades de averbação da Reserva Legal (RL) em cartórios de imóveis e o consequente georreferenciamento das propriedades, além de fornecer informações importantes para a formulação de políticas públicas”. Marcos Zordan observa

que as cooperativas devem receber completa orientação a respeito do Cadastro Ambiental Rural e que os proprietários – produtores e empresários rurais – devem prestar as informações com atenção e cuidado. O novo Código Florestal traz mecanismos mais claros e justos que a versão anterior (Lei 4771/1965). Em termos globais, o texto sancionado pela presidência da república reconhece a importância do campo brasileiro na geração de renda, observa a segurança alimentar do país e estabelece diretrizes de atuação alinhadas ao desenvolvimento sustentável.

RogérioPeninhaMendonçaPMDB-SC É de um catarinense o projeto que mais repercute na Câmara dos Deputados nesta legislatura. Rogério Peninha Mendonça (PMDB) é autor do PL 3722/12, que revoga o Estatuto do Desarmamento. A proposta registra níveis recordes de participação. No ranking do Disque Câmara, lidera com 5.732 telefonemas – 99% favoráveis. No Portal da Câmara, 40.916 internautas se manifestaram – 96% a favor. “Essa legislação restritiva tira as armas dos cidadãos de bem, mas não tira dos bandidos”, argumenta Peninha. Em 2005, no referendo, 60 milhões de brasileiros foram às urnas e disseram não ao desarmamento. Andréa Leonora (Com a colaboração das Assessorias de Imprensa)

CENTRAL DE DIÁRIOS

TRINTA INTEGRADOS PRESENÇA EM DIÁRIOS INTEGRADOS 62% DE SC

Rafael Pezenti

s cooperativas agropecuárias atuarão fortemente em 2013 para regularizar os estabelecimentos rurais de seus cooperados frente às exigências do novo Código Florestal brasileiro. Ao fazer o registro, o presidente da Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc), Marcos Antônio Zordan, destacou o acordo de cooperação técnica que a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) assinou na última semana com o Ministério do Meio Ambiente. O convênio permitirá acelerar o processo de implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e cumprir a meta de cadastrar 100% das propriedades rurais do país em um prazo de cinco anos. Zordan lembra que mais de 90% das propriedades rurais não estão regularizadas perante o governo federal. Antes da aprovação do novo Código Florestal, esse processo era burocrático e oneroso: agora, será autodeclaratório e simplificado. O dirigente destacou que o produtor rural cooperado continuará produzindo de maneira sustentável, preservando a biodiversidade, protegendo o solo e os recursos hídrico de sua propriedade, completamente regularizado frente ao novo ordenamento legal. O pequeno e médio produtor rural que tiver um passivo ambiental, terá tempo para corrigi-lo e – cadastrando-se no CAR – ficará isento de multas anteriores a julho de 2008. Paralelamente, voltará a ter acesso ao crédito, o que pode melhorar a qualidade e a quantidade de sua produção. As cooperativas do Sistema OCB atuarão como

RETROSPECTIVA 2012

Florianópolis - 04Jan13

.... PeloEstado ........ Um produto CNR

peloestado@centraldediarios.com.br www.centraldediarios.com.br


SEXTA-FEIRA, 04 DE JANEIRO DE 2013

RECORDE: Brasil fecha 2012 com novo recorde de vendas de veículos, diz Fenabrave. Ao todo, 3.801.859 unidades foram emplacadas em todo o ano. Dezembro fechou com o total de 359.339 unidades vendidas.

Variedades

A05

HOROSCÓPOD0DIA Áries - 21/03 a 20/04 A quadratura Lua-Vênus marca uma fase de questionamentos sobre sua vida, sobretudo ao confrontar suas insatisfações e desejos. É provável que você se sinta um pouco frustrado por não conseguir concretizar algumas coisas, mas encare os insucessos como parte do aprendizado, sem dramas.

Gêmeos - de 21/05 a 20/06 A passagem da Lua por sua área familiar, em quadratura com Vênus, evidencia um momento de grande fragilidade em suas relações mais íntimas. Busque o equilíbrio no ambiente em que você vive e, por mais que o convívio esteja difícil, dê o primeiro passo em busca de reconciliações.

Leão - de 23/07 a 22/08 O trânsito lunar em quadratura a Vênus lhe traz a necessidade de aumentar o controle de suas finanças, sobretudo os gastos relacionados às atividades de lazer. Convém se organizar e buscar opções seguras para investir seu dinheiro, ainda que sua vida social seja sacrificada. Não se arrisque!

Libra - de 23/09 a 22/10 A Lua transita por sua área de crise e evidencia questões de sua vida que precisam ser refletidas e trabalhadas. Apesar da tensão com Vênus lhe deixar emocionalmente instável, não permita que sua autoconfiança se abale. Tenha em mente que a principal superação deve ocorrer dentro de você!

Sagitário -de 22/11 a 21/12 A energia lunar transita por sua área profissional, evidenciando a necessidade de maior comprometimento com suas demandas de trabalho. Contudo, a quadratura com Vênus sugere uma fase delicada para a tomada de decisões, que tendem a ser pautadas em impressões superficiais.

Aquário - de 21/01 a 19/02 Mergulhar em si mesmo é uma tendência do momento, já que a passagem da Lua por sua oitava casa estimula os processos reflexivos. O ângulo de tensão com Vênus lhe deixa emocionalmente instável, sobretudo diante de questões afetivas. Tenha cuidado para não sobrecarregar as pessoas próximas!

Touro - de 21/04 a 20/05 A Lua transita por sua quinta casa e lhe estimula a buscar atividades ligadas ao prazer e ao intelecto. A tensão com Vênus alerta para que você evite agir por impulsividade, observando se suas decisões se pautam exclusivamente em suas emoções, em prejuízo de seu bom senso. Seja responsável!

Câncer - de 21/06 a 22/07 A tensão Lua-Vênus compromete sua capacidade de comunicação e seu jogo de cintura para lidar com situações adversas, sobretudo no ambiente de trabalho. Desafetos profissionais tendem a lhe deixam na defensiva, o que representa um risco para suas parcerias.

Virgem - de 23/08 a 22/09 A Lua transita por seu signo e forma ângulo de tensão com Vênus, evidenciando uma fase de instabilidade emocional. Você tende a exigir demais dos outros e suas relações mais íntimas podem ficar subjugadas por suas vontades e caprichos. Valorize os interesses dos outros!

Escorpião de 23/10 a 21/11 A passagem da Lua por sua área de amizades amplia seu interesse por atividades ligadas a grupos. Entretanto, a quadratura com Vênus lhe deixa vulnerável a assumir uma postura controladora e excessivamente emocional. Evite descarregar suas frustrações nas pessoas queridas.

Capricórnio - de 22/12 a 20/01 Lua e Vênus formam quadratura entre sua área espiritual e de crise, deixando-lhe com a sensibilidade à flor da pele. Há grande tendência a dramatizar questões que normalmente você lidaria com tranquilidade, portanto evite assumir compromissos que lhe sobrecarreguem mentalmente.

Peixes - de 20/02 a 20/03 Refletir sobre formas de melhorar seus relacionamentos pessoais é uma necessidade que tende a marcar seus próximos dias, já que a passagem da Lua pelo setor, em quadratura com Vênus, lhe confronta com questões emocionais complexas que devem ser trabalhadas em seu íntimo.

RESUMODENOVELA -

Sexta-feira

23H00, NA GLOBO

18H00, NA GLOBO

19H00, NA GLOBO

Todos se abraçam, emocionados, e Rômulo anuncia que Dinho salvou sua vida. Alice passa mal e Dinho e Mário a levam para o hospital. Raquel exige que Lorenzo se decida pela venda do apartamento e ele insiste em aguardar que a separação seja formalizada. Lorenzo avisa a Alice que sua gravidez é de risco. Cezar anuncia estar tudo pronto para a despedida de solteiro do Leandro. Gil convida Lia para tocar com ele e Nando no Misturama e Dinho incentiva a namorada a ir. Bárbara decide abrir uma loja e chama Mário para trabalhar com ela.

Isabel acredita em uma reaproximação com Afonso. Sandra conta para Teodoro que não é mais moça. Veronese demite Laura. Guerra manda Jonas procurar Zé Maria para ser intérprete em uma entrevista. Carlota decide acompanhar Alice até a igreja para falar com o padre. Mário diz a Frederico que desconfia de que Diva não tenha uma relação amorosa com Luciano. Alice se surpreende ao encontrar Jonas no confessionário no lugar do padre Olegário. Isabel sugere a Laura que arrume uma caixa postal para Paulo Lima.

21H00, NA GLOBO

22H30, NA RECORD

Jéssica cede e volta para a boate. Russo culpa Irina pela fuga. Helô manda Barros seguir os passos de Berna. Mustafa descobre que seu dinheiro sumiu. Bianca e Zyah se desentendem. Wanda fala com Lucimar sobre a volta de Morena. Celso supõe que Carlos e Antonia estejam tendo um caso. Barros segue Berna até um banco. Vanúbia fica interessada no que Miro diz sobre Pescoço. Ao chegar ao regimento, Nunes esconde a aliança que ganhou de Aída no bolso. Théo chama Érica para levar Junior ao cinema com ele.

Dóris e Magno ficam chocados com a revelação de Norberto, e o vilão propõe ao capanga que se aliem novamente. Lígia tenta controlar a tensão entre Arthur e Eduardo, deixando o marido espantado com as boas notícias sobre Taís ser sua neta. Diva não cede à chantagem da mãe e Cremilda afirma que não vai ajudar a filha quando ela precisar. Isabel consegue se divertir durante o mergulho. Feliz, Violeta parabeniza Marlene pela gravidez e segue com aula.

Carolina comemora o desespero de Manoela. Fábio aconselha Felipe a mudar seu jeito para conquistar Roberta. Juliana pede para Nando não contar que a viu com Fábio. Roberta descobre que seu filho fugiu de casa novamente. Dino avisa a Roberta que Kiko está em sua casa e Nieta pede dinheiro para a irmã. Manoela vê o convite para o desfile na Charlô’s e disfarça sua raiva contra Fábio. Isadora demonstra seu romantismo para Charlô e deixa a empresária confusa. Fábio conta para Juliana que Manoela descobriu tudo sobre eles. Felipe afirma a Fábio que não o perdoará caso esteja envolvido com Juliana. Nando vai à casa de Nieta para levar Kiko de volta para Roberta. Otávio vê Nenê na Charlô’s e se apavora. Felipe pergunta a Juliana se ela é a amante de Fábio.

CRUZADINHA


A06

Geral

SEXTA-FEIRA, 04 DE JANEIRO DE 2013

VIDA: Menina que nasceu com vísceras para fora do corpo passa por 16 cirurgias e sobrevive. Maddie Kennedy, 3 anos, ficou internada durante sete meses

SAÚDE

Água mineral e água filtrada tem diferença?

A qualidade do produto reflete diretamente na saúde do consumidor. Por isso, é importante ficar atento e saber sobre a origem e a melhor forma de cuidar dessa substância essencial à vida.

A

necessidade de ingerir líquidos ao longo do dia (refrigerante, cerveja e drinques não contam) já é conhecida de todo mundo. Nosso corpo é composto por 70% de água. Ela é essencial para os processos de digestão, absorção, circulação e excreção que ocorrem no organismo, constitui o meio de transporte de nutrientes para as células, participa diretamente da regulação da

temperatura corpórea e ainda auxilia todos os órgãos a funcionarem adequadamente, em especial os rins e o intestino. A água carrega oxigênio e nutrientes essenciais para todas as células, e além de lubrificar os músculos e articulações, mantém o nível de energia e reduz o cansaço e ainda protege o organismo contra o envelhecimento. Para ser bem exato, um adulto precisa tomar, no

mínimo, 35 ml de água por quilo de peso. Isso significa que uma pessoa que pese 60 kg terá de ingerir pelo menos 2,1 litros de água por dia para permanecer saudável. E não adianta colocar nessa conta outras bebidas (refrigerante, água tônica ou mesmo água aromatizada). Já os sucos naturais, a água de coco e os chás de ervas podem substituir em parte a água, somando até 1 litro ingerido diariamente.

Conheça as diferenças:

A água de rio possui, em sua maioria, composição homogênea, com alta diversidade de elementos naturais e essenciais, já que é enriquecida naturalmente pelos sais minerais retirados das rochas e sedimentos, ao longo do tempo. Até chegar ao consumidor, a água passa por um longo processo de tratamento, que deve atender os padrões estabelecidos pela legislação. Entretanto, a rede de distribuição por onde passa a água tratada pode sofrer quebra e infiltração. Por isso, muitas pessoas utilizam os filtros, mas não se pode falar em purificação de água. O termo "purificador" não é reconhecido pela Associação Brasileira de Normas Técnicas, nem pelo InMetro. Conforme a NBR 14.908/04, "filtro é um dispositivo para melhoria da qualidade da água já tratada". Apenas isso. Já água mineral, então, pode ser retirada através de fontes naturais ou de forma artificial, por meio de poços artesianos. Como essa água possui minerais em sua composição, ela pode ter ação medicamentosa, ou seja, pode prevenir ou ajudar no tratamento de doença. Mas, é importante beber somente aquela água mineral de marcas confiáveis e que já se conhece.


SEXTA-FEIRA, 03 DE DEZEMBRO DE 2012 CAUSA DA DOENÇA A causa propriamente dita é desconhecida, mas há fatores que influenciam ou que precipitem seu surgimento como a genética, traumas, incidentes ou acontecimentos fortes como mudanças, troca de emprego, fim de casamento, morte de pessoa querida.

Paula Zardo

A07

Paula Zardo Stachelski : CRP 12/05028 | Psicóloga 9955-3609 | Consultório Psicologia Clinica Fisioestet | Rua Domingos Sorgatto | Fone: 3567-1312

COMPORTAMENTO

Síndrome pós-férias

Os sintomas que caracterizam a síndrome pós-férias são: irritação, agressividade, ansiedade, tristeza, desmotivação, cansaço, insônia e falta de concentração DIVULGAÇÃO/INFORME

É

esperado que nos primeiros dez dias, após o período das férias, algum desconforto ou algum grau de dificuldade de adaptação à rotina se mostre. Esta síndrome é, no fundo, uma “versão mais alargada da sensação que as pessoas sentem Domingo à noite, de ter que voltar ao trabalho”. Nesse período, algumas ações específicas podem auxiliar o relógio biológico a voltar a funcionar de acordo com a programação. Depois do período de adaptação, se o desconforto persistir, é indicado procurar um especialista. Os sintomas que caracterizam a síndrome pós-férias são: irritação, agressividade, ansiedade, tristeza, desmotivação, cansaço, insônia e falta de concentração. Algumas pesquisas revelam que as pessoas com menos de 40 anos são mais suscetíveis à síndrome. Para evitar maiores desconfortos é importante planejar a volta das férias. Portanto, a volta das férias deve ser gradativa para que a pessoa possa adaptar-se à nova rotina. É bom lembrar que o organismo, quando entra em férias, tende a obedecer ao máximo o seu próprio ritmo. E todos nós temos um ritmo peculiar. Em férias, o relógio biológico reorganiza suas funções de sono e de secreção de hormônios, entre outras, daí a melhora no bem-estar. Ao voltar para o trabalho, ou para a rotina, o corpo sente a mudança e responde acentuando diversos tipos de mal-estar, caracterizando um quadro de estresse.

As férias servem também como um período de reorganização da vida da pessoa. Algumas expectativas podem ser levantadas nesse momento As férias servem também como um período de reorganização da vida da pessoa. Algumas expectativas podem ser levantadas nesse momento. No entanto, nem todas as pessoas conseguem, de fato, colocar em prática o que se propuseram no período de férias, o que pode trazer frustração e ansiedade ao mínimo contato com a realidade. Planeje as suas férias,

mas com moderação - é sempre bom ter um programa. Saber aonde ir, onde ficar, o que conhecer ou que em que atividades se inscrever. No entanto, não preencha por completo o seu tempo. Férias são férias e, por vezes, sabe tão bem acordar e fazer aquilo que dá na vontade ou não fazer absolutamente nada. Pense no que realmente importa para si - para

evitar aquela sensação no pós-férias de que não fez aquilo que realmente queria que não esteve com as pessoas que gostaria de ter estado ou que se sente ainda cansado, procure deixar bem claro na sua cabeça, o que de fato está a precisar, precisa, sobretudo de descansar ou de se divertir? Estar com as pessoas que gosta passar algum tempo longe de tudo, etc. Deste

modo será mais fácil ir ao encontro do que realmente precisa para depois regressar em força. Viva um dia de cada vez, aproveite cada dia por ele mesmo, sem estar sempre concentrado no que vai fazer no dia seguinte. Assim, vai evitar aquela sensação de que o tempo passa a correr. Voltar com calma, guarde um ou dois dias no final

das suas férias para consultar o seu email com calma, sem stress, de modo a que se possa inteirar do que se passou na sua ausência e do que tem a fazer quando voltar. Além disso, deste modo, o regresso será por certo mais pacífico. O fim das férias não tem de ser o fim do lazer, perto do final das férias, também ajuda se planejar alguns fins-de-semana mais à frente. Se sentir que tem agendadas atividades que lhe dão prazer, será mais fácil encarar o regresso à rotina. Assim, o impacto da volta das férias pode ser positivo ou negativo. Depende muito do modo como cada pessoa encara a sua realidade. Se a pessoa está satisfeita com o seu trabalho, se encontra realização e gratificação no que faz, provavelmente não sofrerá tanto no período de adaptação à rotina. Seu desconforto poderá, então, recair sobre outras áreas que – com o trabalho – serão restringidas. É provável que o tempo com os amigos seja reduzido ao retornar das férias, assim como o prazer que a pessoa experimentou nas suas relações sociais. Para isso algum ajuste será necessário. Ao retornar das férias, aumentar os encontros com os amigos e momentos em família pode ser ou representar uma boa saída nos primeiros dias de trabalho, até acostumar-se com o ritmo normal. Além disso, a partilha das aventuras com os amigos é um “ritual de transição” que ajuda a atenuar a síndrome pós-férias. Quando se regressa, não se aterrissa imediatamente na realidade.

Para sofrer menos na volta das férias: •Procure não retornar das férias às vésperas do trabalho ou das aulas. •Tente adaptar seu organismo ao novo padrão, tentando, por exemplo, dormir uma hora mais cedo.

•Mudar os hábitos de alimentação e integrar uma atividade física regular pode ajudar muito a combater os sintomas da síndrome. •Evitar longas jornadas de trabalho.

•Se sentir falta de apetite no horário tradicional das refeições, faça um lanche mais leve, mas não deixe de se alimentar. •Tente encontrar novas motivações no seu trabalho

e em outras áreas de sua vida. •Mesmo que tenha poucas horas de lazer, aproveite bem. Vá ao cinema, pedale ou saia com os amigos. O tratamento para a sín-

drome pós-férias: quando a pessoa não consegue, por conta própria, a adaptação necessária, muitas vezes é imprescindível procurar ajuda médica. O tratamento pode ser administrado com

o uso de antidepressivos e ansiolíticos. Se precisar, procure ajuda médica e psicológica. A sua saúde agradece e o bom convívio com os colegas, a família e os amigos também!


A 08

SEXTA-FEIRA, 03 DE JANEIRO DE 2013

Eduardo Ribeiro Lauro TentardiniInterino

Esporte Nacional

Santos confirma Montillo O Santos confirmou a contratação do meia Montillo, do Cruzeiro, em seu Twitter oficial. O clube negociava com o jogador há quase dois meses. Nesta quinta-feira, os dirigentes mineiros aceitaram a proposta dos santistas e liberaram o jogador. As conversam com o Cruzeiro caminhavam bem, e a última oferta, de pouco mais de 6 milhões de euros (R$ 16,4 milhões) agradou a diretoria mineira. Pelo acordo, o Santos adquiriu os

60% dos direitos econômicos que o clube mineiro tinha do argentino e ainda repassou os direitos do volante Henrique.. Além de Henrique, a diretoria santista havia colocado um “pacote de jogadores” para o Cruzeiro escolher na transação. Entretanto, os mineiros não demonstraram interesse por Adriano, Miralles, David Braz e João Pedro, que faziam parte da lista de atletas oferecidos pelo Santos.A escolha dos jogadores interferia no va-

lor da transação e, por isso, o Santos teve que aguardar a definição do Cruzeiro.O Santos também chegou a um acordo com os investidores para selar o acordo. A EMS, empresa do mercado farmacêutico possui 20% dos direitos econômicos de Montillo, o mesmo percentual que detém o banco BMG, patrocinador master da camisa santista. Os investidores permanecerão com a porcentagem do atleta na Vila Belmiro.

Pará segue no Grêmio A novela envolvendo o lateral direito Pará deve terminar em final feliz para o Grêmio. Isso porque, o Santos aceitou a proposta dos gaúchos para negociar 25% dos direitos econômicos do jogador e não colocará mais empecilhos para liberá-lo. Agora, o Grêmio precisar se acertar com os investidores que detém o restante dos direitos econômicos de Pará para selar a transferência. “O Pará já está tudo certo com o Grêmio. Estamos negociando a venda dos 25%. Nós já aceitamos a proposta do Grêmio, mas temos que notificar os investidores que detém os direitos do Pará. O Grêmio também precisar se acertar com eles”, afirmou o vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues.

Crescimento menor

Crescimento menor 2 Apesar do crescimento menor, o número impressiona principalmente ao levar em conta o cenário econômico nacional e internacional. No Brasil, a economia está aquecida, mas o ritmo de crescimento (1%) ficou abaixo do esperado pelo governo (4%). Internacionalmente, a Europa, principal merca-

do do futebol mundial, lida com problemas econômicos graves, com índices recorde de desemprego.“Até 2007, a principal receita dos clubes vinha da negociação dos jogadores. Hoje, o mercado europeu está praticamente parado. Se você tirar da conta Chelsea, Manchester City e PSG, ninguém está compran-

Sem comparações Substituto de Michael Schumacher na Mercedes – e com a responsabilidade de levar o time prateado de volta à glória na F1, algo que o heptacampeão não conseguiu -, Lewis Hamilton evitou ser comparado ao maior vencedor da história da F1. Após seis temporadas na McLaren, fora os outros em que foi piloto do programa de jovens talentos do time nas categorias de base, o campeão mundial de 2008 terá o desafio de tirar a escuderia alemã do pelotão intermediário e levá-la ao topo da F1, assim como seu antecessor fez na Ferrari, a partir de 1996.Entretanto, o inglês descartou a hipótese de conseguir imprimir uma era de domínio tão ou mais forte do que a que o recém-aposentado veterano realizou em seu auge. “Fazer melhor que Schumi? Não vejo [o desafio de levar a Mercedes ao topo] dessa forma. Ele é uma lenda, inalcançável. Olhando para o futuro, eu ficaria bem feliz em poder a ajudar a Mercedes a competir com os times de ponta”, declarou o competidor de 27 anos, em entrevista ao canal de televisão italiano “Mediaset”.

do por lá”, indica Somoggi. “Nesse cenário, os clubes foram atrás de novas receitas. Exploraram melhor os estádios, estão crescendo na área de licenciamento e aproveitando melhor sua capacidade de marketing. Mas o principal disso foi o aumento das receitas de TV. Sem ela, nada disso faria diferença”.

Em um ano em que os clubes brasileiros conquistaram todos os títulos internacionais que disputaram, o mercado da bola verde-amarelo bateu um novo recorde. Desde 2003, a arrecadação de clubes de futebol passou de R$ 805 milhões para quase R$ 3 bilhões em 2012. O ritmo de crescimento, porém, não seguiu a tendência de anos anteriores e teve seu pior índice desde 2008, com melhora de 9%.“É o melhor momento da história do futebol brasileiro. No ano passado, os clubes já faturaram R$ 2,7 bilhões. A perspectiva é que supere R$ 2,9 bilhões em 2012. O problema é que as gestões seguem inalteradas”, explica Amir Somoggi, especialista em marketing e gestão esportiva, responsável pela projeção.

Sem comparações 2 Na mesma entrevista, Hamilton também disse não ligar para as críticas em relação a sua conduta fora das pistas. Tido como um dos maiores talentos da atual geração, o britânico já viu sua carreira ser atrapalhada várias vezes por questões pessoais, ao contrário de rivais como Fernando Alonso e Sebastian Vettel. “Cada um tem uma personalidade e, portanto, você tem que ser você mesmo e ignorar o que os outros dizem”, minimizou. “O importante é ser consisten-

te. Às vezes você se preocupa, outras não. O que eu estou procurando é estabilidade em minha vida”, ressaltou.Por fim, o novo companheiro de Nico Rosberg elegeu a ultrapassagem de Mika Hakkinen sobre o próprio Schumacher, no GP da Bélgica de 2000, como sua preferida na F1, embora tenha destacado que também aprecia algumas manobras de sua própria autoria. “A ultrapassagem que eu mais gostei é a de Hakkinen sobre Schumacher, no fim da reta de Spa.

Pato no Corinthians O presidente do Milan, Silvio Berlusconi, já deu adeus a Alexandre Pato. Em entrevista à Radio Radio, da Itália, o cartola disse que o brasileiro pediu para voltar para casa, mas prometeu que retornaria a jogar pelo time italiano no futuro. Berlusconi ainda afirmou que o vice de sua equipe, Adriano Galliani, está voltando para a Itália com dinheiro no bolso para que novas compras possam ser feitas e o ataque seja reforçado para a próxima temporada."O Galliano está no Brasil e está trazendo dinheiro para casa, sem gastar. O Pato falou de sua vontade de voltar ao Brasil por um ano ou dois e depois prometeu que vai retornar para o Milan. Estamos para fechar com uma equipe da América do Sul, o Corinthians, e isso não me parece uma solução ruim", disse ele.

Vargas rejeita Grêmio de Koff A intensa disputa pela contratação do chileno Eduardo Vargas está cada vez mais próxima de ser vencida pelo São Paulo, pois o chileno rejeitou jogar no Grêmio, presidido por Fábio Koff. A negociação se arrasta há mais de um mês, e pode ter entrado em seu capítulo final no primeiro dia de 2013, quando o clube formalizou uma proposta que atendia aos interesses do Napoli. A intenção é anunciar a chegada do atacante nos próximos dias. Os italianos gostariam de contratar um substituto antes de sua liberação para abafar a saída de um jovem que custou 12 milhões de euros. Quem cuida de toda a transação desde o início é Cristián Ogalde, mesmo agente que tratou da venda de Vargas para o Napoli, e quase não aparece na mídia. No fim de novembro, ele visitou o CT do São Paulo, na Barra Funda, e, re-

cebido pelo diretor de futebol Adalberto Baptista, conheceu a estrutura do clube. Gostou do que viu, mas mesmo assim foi também ao Santos. O Alvinegro esteve adiantado nas negociações, mas fez questão de ter o atleta, no mínimo, por um ano e meio. Também propôs ao Napoli um empréstimo sem custos, apenas com o valor do salário. O Grêmio chegou a Ogalde em um segundo momento, também recebeu o empresário, mas o São Paulo já havia marcado território, e era mais vantajoso financeiramente. O clube paulista, caso feche mesmo o negócio, vai pagar integralmente o salário de Vargas, algo em torno de R$ 240 mil por mês. O presidente Juvenal Juvêncio gostaria de ter concluído a contratação do chileno antes da virada do ano, mas o período, repleto de recessos, atrapalhou.


SEXTA-fEirA 4 de janeiro de 2013

Lauro Tentardini

Esporte

A09

r$ 5 milhões Ouvi de um colega jornalista que o ex-prefeito Imar Rocha num belo discurso de despedida anunciou que deixa a prefeitura de Caçador

com R$ 5 milhões em caixa. Então quer dizer que o ex-prefeito não tinha dinheiro pra pagar os atletas, deixando duas parcelas atrasadas, o que

totaliza R$ 18 mil, mas deixou R$ 5 milhões em caixa? Isso é desrespeito, calote e uma das maiores sacanagens já presenciadas neste município.

em Brusque Goleira Missi, que está se despedindo da Unesc/Criciúma, é o novo reforço do Barateiro de Brusque. Provavelmente o clube contará com cinco Marielle, Missi, Ana, Carol e, provavelmente, Desireé ex-São Caetano. Deste jeito vão defender mais que o exército americano.

Voltar mais forte Derrotado, sem o cinturão dos pesos-pesados do UFC e machucado, o ex-campeão da categoria, Junior Cigano fez um vídeo e mandou um recado para os fãs. "Eu geralmente fico com

O

Na Krona

atleta Luiz Otávio, revelado pelo Marcos Olsen, vai jogar no melhor time de futsal do Brasil: a Krona, de

Joinville. Luizinho, de 16 anos, declarou que sempre gostou muito de atuar na Associação Marcos Olsen e que sente-se feliz pela

oportunidade de ter ido para um dos grandes clubes do Brasil. Ele agradece ao técnico Agnaldo Souza e a diretora Neusa Pelegrini.

Cigano teve maior salário do UFC 155 Quatro dias depois da luta, Junior Cigano já está SaiBa MaiS com o rosto menos inchado depois da derrota para Cain Velasquez, no último sábado, quando perdeu o cinturão dos pesados no UFC 155. No entanto, ele está com a conta bancária mais recheada, mesmo com o resultado negativo. Apesar da derrota, o brasileiro teve o maior salário do evento, recebendo ao menos o valor declarado de US$ 400 mil – os percentuais de venda de pay-per-view, nunca revelados, não entram nesse valor. Isso mostra a moral do lutador junto do evento, pois, por exemplo, o novo campeão Cain Velasquez, recebeu US$ 200 mil, US$ 100 mil de bolsa e mais US$ 100 mil de bônus pela vitória. O terceiro lutador mais bem pago do evento foi o japonês Yushin Okami, com US$ 84 mil, US$ 42 mil de bolsa e mais US$ 42 mil de bônus pela vitória sobre Alan Belcher, por pontos.

um excelente trabalho, então parabéns a ele. Ele seguiu uma boa estratégia. Eu vou voltar para casa, vou consertar tudo e colocar as coisas no lugar certo. Vou voltar mais forte do que nunca", disse.

Só o susto A jogadora Roberta, do Kindermann, não sofreu nenhum tipo de lesão no joelho. Isso é que mostra a ressonância magnética que ficou pronta na última semana. Roberta é um grande reforço para Copa do Brasil, pois é uma lateral de extrema qualidade, sobretudo pela velocidade, por já ter sido inclusive participante de competições de atletismo.

Confira a lista completa de salários Junior dos Santos – US$400 mil de bolsa Cain Velasquez – US$ 200 mil (US$ 100 mil de bolsa + US$ 100 de bônus pela vitória) Jim Miller – US$ 82 mil (US$ 41 mil + US$ 41 mil) Joe Lauzon – US$ 27 mil Constantinos Philippou – US$ 36 mil (US$ 18 mil + US$ 18) Tim Boetsch – US$ 37 mil Alan Belcher – US$ 37 mil Yushin Okami – US$ 84 mil (US$ 42 mil US$ 42 mil) Derek Brunson – US$ 30 mil (US$ 13 mil + US$ 17 mil) Chris Leben – US$ 51 mil Eddie Wineland – US$ 30 mil (US$ 15 mil + US$ 15 mil) Brad Pickett – US$ 17 mil Erik Perez – US$ 20 mil (US$ 10 mil + US$ 10 mil) Byron Bloodworth – $6,000 Jamie Varner – US$ 24 mil (US$ 12 mil+ US$ 12 mil) Melvin Guillard – US$ 42 mil Myles Jury – US$ 16 mil (US$ 8 mil + US$ 8 mil) Michael Johnson – US$ 14 mil Todd Duffee – US$ 16 mil ($8,000/$8,000) Philip De Fries – $14,000 Max Holloway – US$ 24 mil (US$ 12 mil + US$ 12 mil) Leonard Garcia – US$ 20 mil John Moraga – US$ 22 mil (US$ 11 mil + US$ 11 mil) Chris Cariaso – US$ 12 mil

não procede O diretor-técnico da FMEC, Juliano Vaz, e alguns atletas que rece-

minhas mãos feridas durante a luta. Desta vez, estou com o meu rosto machucado e com minhas mãos 100%. Meu rosto tem um pouco de inchaço, é com certeza porque eu perdi. Acho que Cain Velasquez fez

bem bolsa-atleta disseram que a informação não procede. Embora

todos reconheçam que o ex-prefeito Imar Rocha não cumpriu a palavra.

Paula e Thaís

Quando aqui cheguei, em 2011, e comecei a acompanhar as categorias sub 13 e sub 15 do Kindermann/ Marcos Olsen, percebi que havia uma dupla que infernizava as adversárias. Uma canhotinha dribladora, com grande visão de jogo e excelente passe; outra dona de um chute extremamente potente, especialmente, para alguém de apenas 13

anos de idade, na época. Uma camisa 11, a outra camisa 7. Brilharam juntas num sub 13 de mais de 90 gols e foram campeãs sul-americanas na Colômbia. Paula foi embora, mas felizmente voltou. Começa a temporada desde o início em Caçador, livre da lesão e pronta para ajudar muito o time caçadorense na Taça Brasil que deve ser em

novembro. Thaís preferiu ficar e com a braçadeira de capitã liderou o time no bicampeonato sul-americano, onde Paula já havia voltado e no estadual sub 15. Separar as duas novamente seria um pecado, até por que como disse a Thaís “a Paula vale ouro. E eu me entendo muito bem com ela dentro da quadra, melhor do que com qualquer outra”.


A10 Esporte

SEXTA-fEirA 4 de janeiro de 2013

fmEC

divulgAção/iNformE

João Coelho busca colocar a “casa” em dia Dificuldades financeiras são neste momento

a principal preocupação do presidente da Fundação Municipal de Esportes Lauro Tentardini Repórter

O

presidente da Fundação Municipal de Esportes, João Darci Coelho, assumiu a pasta na última terça-feira e já trabalha na readequação da autarquia. Coelho disse que o primeiro momento é de estudos sobre a real capacidade da Fundação Municipal de Esportes: “na verdade estamos ajustando, readequando e vendo a parte legal do repasse. Neste primeiro momento as bolsas estão temporariamente suspensas”, declarou. O novo presidente fez questão de ressaltar que a prioridade da FMEC é formar atletas e, por isso, os núcleos nos bairros serão criados. “O pessoal tem que saber a finalidade da Fundação Municipal de Esportes que é educacional e tirar as crianças das ruas. Nós vamos oportunizar a todos, como vôlei, basquete e aprimorar o que já dá certo”. Coelho voltou a lamentar a má situação financei-

“Não haverá de minha parte qualquer retaliação tanto ao Kindermann quanto ao Marcos Olsen. Andaram falando até que eu iria fazer time, mas isso é uma inverdade”, declarou Coelho

ra da Fundação Municipal de Esportes. “O pessoal não pode ter a esperança de que eu faça milagre. Mas também já quero deixar claro que não haverá nenhum tipo de retaliação”, avaliou. Uma ideia antiga de João Darci Coelho é que os treinadores contratados pela Fundação Municipal recebam doze meses. “Existe a possibilidade, sim, de fazermos quem estiver no processo receber 12 meses. Mas isso ainda é apenas uma ideia”, comentou. Um ginásio munici-

pal de esportes poderá ser construído em Caçador, nos mesmos moldes do complexo de Itapema. “Queremos fazer um complexo esportivo, mas isso depende do local e da viabilidade financeira. Não dá pra sonhar muito e não conseguir realizar tudo. Para termos um complexo precisaremos de uma área ampla, onde teríamos?”. Sobre a ajuda ao CAC, João Darci Coelho diz que haverá uma parceria, mas dentro da viabilidade financeira e legal. Finalizando a entrevista, Coelho, desmentiu a retaliação que poderia haver ao time do Kindermann. “De maneira alguma haverá retaliação. Eu sempre incentivei o futsal. Porém, precisamos conversar com o Salézio e acertar algumas coisas, pois como eu disse pra ele desde o início, eu precisava ficar por dentro da situação financeira da Fundação. Feito isso vamos conversar. Precisa haver uma parceria boa para todo mundo”, analisou.

Presidente da fmEC: João darci Coelho

Caçador poderá sediar olesc e Jogos universitários divulgAção/iNformE

Joaçaba foi sede do último Jucs

Caçador deverá ser confirmada como sede dos Jogos da Juventude catarinense, a Olesc, no próximo dia 18 em reunião do Conselho Estadual de Esportes. Os 53º Jogos Abertos de SC ocorrerão de 20 a 30 de novembro de 2013 em Joinville. Em janeiro deverá ser confirmada a cidade de Itajaí como sede dos Jasc de 2014. E Joaçaba também já manifestou oficialmente o interesse em receber os Jogos em 2015. Já os 6º Jasti serão realizados pela primeira vez em Itá, no Oeste do Estado, de 7 a 11 de maio, abrindo o calendário estadual de eventos da Fesporte em 2013. Em 2012, os Jasti aconteceram em Piratuba, no final de abril.

A 22ª edição do Mole Bom de Bola será em Canoinhas, no Planalto Norte do Estado, de 5 a 9 de novembro. Neste ano, o evento ocorreu em Gaspar, de 30 de outubro a 4 de novembro. Além das definições das sedes estaduais da Olesc, Joguinhos, Parajasc e Parajesc, a reunião do CED em janeiro também definirá o regulamento geral das competições da Fesporte em 2013. “A mudança para janeiro para definição do calendário esportivo foi necessária para que os novos prefeitos dos municípios que pretendem sediar os eventos tomem conhecimento da programação esportiva e também assinem o termo de compromisso

abalizado pela Fesporte e pelo Conselho”, observou o presidente da Fesporte, Adalir Pecos Borsatti. Já o presidente da Federação Catarinense do Desporto Universitário, Manoel Rebello deseja trazer os Jogos Universitários para Caçador. O presidente da Fundação Municipal de Esportes, João Darci Coelho, avaliou que a possibilidade de trazer o evento é grande, mas nada está definido. “Depende do orçamento, da planilha de custos e da viabilidade da parceria com a Uniarp, mas o interesse é grande”. A informação já havia sido divulgada em primeira mão, pelo jornal Informe em setembro de 2012.


SEXTA-feira 4 de janeiro de 2013

Política A11

governo

Novos secretários já tomaram posse divulgação/Informe

Por enquanto, quatro secretários assumiram novas pastas. Reforma administrativa continua na próxima semana Andréa Leonora e Nícola Martins Central de Diários /ADI-SC/CNR-SC

F

lorianópolis - Começou a ser efetivada ontem à tarde a reforma administrativa do Executivo estadual. O governador Raimundo Colombo assinou a posse dos novos secretários da Fazenda, Antonio Gavazzonni (ex-presidente da Celesc), da Casa Civil, Nelson Serpa (ex-secretário da Fazenda), da Administração, Derly Massaud (ex-secretário da Casa Civil), e do Planejamento, Murilo Flores (ex-presidente da Fatma). Para a próxima semana devem ser empossados os novos secretários de Cultura, Esporte e Turismo, José Roberto Martins (Beto Martins, ex-prefeito de Imbituba), da Defesa Civil, Milton Hóbus (ex-prefeito de Rio do Sul), e de Assuntos Estratégicos, Geraldo Althoff (que era da Defesa Civil). Na presidência da Celesc,

Secretário da Fazenda: Antônio Gavazzonni

Planos e metas Já falando como secretário da Fazenda, Gavazzonni disse que seu antecessor destacou como maior problema a severa queda de receita, que chegou a R$ 800 milhões em 2012 e deverá permanecer elevada em 2013. Por isso, seu primeiro ato será uma reunião com todos os gestores de arrecadação para redefinir metas e estratégias de combate à sonegação. “Essa foi uma das orientações que recebi do governador Colombo. Temos que ampliar a arrecadação para garantir investimentos. Recebemos um volume histórico de recursos vindos do BNDES e de organismos internacionais, num total de R$ 6 bilhões, mas também é necessário manter ou ampliar a nossa capacidade própria para investir”, adiantou o novo secretário da Fazenda. Segundo ele, outra “regra de ouro” transmitida por Colombo foi quanto ao absoluto rigor na gestão dos recursos do programa Pacto por Santa

Catarina. Os quatro secretários – Fazenda, Planejamento, Casa Civil e Administração –, aliás, vão trabalhar de forma coordenada e sob a liderança direta do próprio governador. Numa breve avaliação sobre o período em que permaneceu na presidência da Celesc, Antonio Gavazzonni disse que sai satisfeito. “Conheci uma empresa muito profissional, que deve permanecer pública. É uma empresa de Santa Catarina”, defendeu. Sua principal colaboração, avalia, foi a melhora na gestão corporativa. “Saio motivado pela confiança do governador para este novo cargo e feliz pelo que realizei na Celesc.” Na Casa Civil, Nelson Serpa terá como objetivo melhorar o diálogo com as esferas governamentais. “Vamos buscar aperfeiçoar a relação com o Poder Judiciário, com o Ministério Público e, sobretudo, com a Assembleia Legislativa”, explicou. “Precisamos estabelecer parcerias

interinamente, está o diretor do departamento Econômico-Financeiro da Celesc Distribuição, José Carlos Oneda. A aprovação do novo presidente, indicado pelo Executivo, Cleverson Siewert (atual diretor de Distribuição), dependerá do Conselho de Administração da empresa, que se reunirá no dia 17 de janeiro. Em contrapartida, a presidência da Fatma continua sem um nome certo. Há rumores, cada vez mais fortes, de que Colombo acomodaria ali o ex-deputado e ex-secretário da Casa Civil de seu governo, Antônio Ceron, derrotado pelo candidato do governador, Elizeu Mattos, nas eleições municipais e Lages. O agora ex-secretário da Administração, Milton Martini, ainda não tem um novo posto definido, assim como o também ex-secretário do Planejamento, Filipe Mello, que, seguindo os caminhos do pai, o deputado federal Jorginho Mello, se desfilia do PSDB e vai para o PR. divulgação/Informe

consistentes com os novos prefeitos para otimizar os recursos públicos. Para isso, teremos um regime de parceria e transparência com os municípios, porque eles estão na ponta da relação e conseguem aplicar melhor e com mais velocidade os recursos”, completou. Para o novo secretário da Administração, Derly Massaud, a prioridade, nesse primeiro momento, é levar o Modelo de Gestão Estratégica para dentro da Secretaria de Estado da Administração, trabalhando para que ele seja permanentemente aperfeiçoado e demonstre sua eficácia. Murilo Flores conversou com a reportagem por volta das 16 horas e disse que não daria entrevistas enquanto não fosse oficialmente informado sobre a nomeação na Secretaria de Planejamento. Disse que preferia esperar a definição da situação de Filipe Mello. Após isso, e apesar da insistência, ele não voltou a atender a reportagem.

Secretário da Casa Civil: Nelson Serpa


A12 Contra-Capa

SEXTA-feira 4 de janeiro de 2013

A nova diretoria que assumiu na noite de ontem

Comércio

Empossada nova diretoria da CDL de Caçador

Rosemari Ferlin ocupa o lugar de Leila Romão, na presidência da entidade

N

a noite de ontem (3), foi empossada a nova diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas de Caçador, (CDL). O evento aconteceu no auditório da instituição. Rosemari Menegazzo Ferlin assumiu o cargo de presidente, substituindo Leila Romão, que ficou à frente da entidade por cinco anos. A nova diretoria foi eleita no dia 25 de outubro em um pleito no auditório da CDL. Assumiram os cargos a presidente Rosemari Menegazzo Ferlin, vice-presidente, Tarsila Orsi dos Santos, diretora secretária, Elisa Romanato Piana, diretor secretário, Valtair José Vargas, diretor tesoureiro, Eloi Betoni, diretor tesoureiro, Dirceu Cassol Filho, diretora relações institucionais, Tânia Bombassaro Ueda, diretora social, Ana Claudia Roveda, diretora de SPC, Leila Teresinha Longo Romão, di-

retor técnico, Normelio Guzzi e diretor de patrimônio Lidia Torezan Magro. A solenidade de posse aconteceu no auditório da CDL. Empresários e representes do comércio prestigiaram o evento. Entre eles, o prefeito Gilberto Comazzetto, que declarou a importância da entidade a cidade, “A CDL é de grande importância ao município tanto quanto as outras”, e declarou que a Prefeitura estará sempre à disposição para ajudar. Na data Leila Romão agradeceu a diretoria e a todos que contribuíram com ela nesses cinco anos em frente à entidade, e salientou que deixa a presidência com a sensação de dever cumprido. “Os cincos anos a frente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Caçador foram de muito trabalho. Aprendi muito e me dediquei à enti-

dade da maneira como deveria. Quero agradecer o apoio da minha diretoria, sempre presente, e me auxiliou em todas as realizações durante o período em que fui presidente. Trabalho voluntário de muita responsabilidade, em uma entidade de classe de um comércio forte e pujante”, finalizou Leila. A presidente eleita, Rosemari Ferlin, comentou em seu discurso que uma das metas para seu mandato; é de dar continuidade aos trabalhos já iniciados pela diretoria anterior, além de aumentar o número de filiados. “Queremos principalmente dar continuidade às ações de campanhas, promoções de incentivo, estímulo e fomento ao comércio, buscar parcerias e realizar eventos que movimentem o comercio caçadorense”, destacou a presidente eleita da CDL.

divulgação/Informe

Rosemari Ferlin ocupa o lugar de Leila Romão, na presidência da entidade


Jornal Informe - Edição 2.290