Page 1

EXEMPLAR

HAUER BOQUEIRÃO ALTO BOQUEIRÃO XAXIM UBERABA GUABIROTUBA

GRÁTIS www.jornaldocomerciohauer.com.br

Foto: Divulgação

a cada r$ 50,00 você concorre a um carro 0km.

Foto: Raphaella Caçapava

Acessibilidade

Aplicativos ajudam pessoas com deficiência visual a “ler” o mundo

Pág.

17

Foto: Acervo Sesi PR

70 anos

Sesi comemora mais um ano e hoje é fundamental no apoio às indústrias do PR

Pág.

13

Hora de se preparar para o mercado Centro Cultural Erasto Gaertner amplia atividades para oferecer qualificação mais ampla e completa.

Pág.

19

1ª quinzena de julho de 2016

CIRCULAÇÃO

Ano 10 – Edição Nº 171

EDIÇÃO QUINZENAL


2 Opinião

Edição quinzenal

A inflação dos cursos de direito

Por Hélio Duque*

O Brasil detém um título de campeão mundial pouco conhecido pela sociedade: tem mais faculdades de Direito do que todos os demais países do mundo juntos. Há tempos, na XXII Conferência Nacional dos Advogados, o representante da OAB no Conselho Nacional de Justiça, advogado Jefferson Kravchychyn, afirmava: “Temos 1.240 faculdades de Direito. No restante do mundo, incluindo China, Estados Unidos, Europa e África, temos 1.100 cursos, segundo os últimos dados que tivemos acesso”. Atualmente o número de advogados brasileiros, inscritos na OAB, está por volta de 900 mil. De acordo com Jefferson Kravchychyn: “Se não tivéssemos a OAB teríamos um número maior de advogados do que todo o mundo. Temos um estoque de mais de 3 milhões de bacharéis que não estão inscritos na Ordem”. Recentemente o número foi acrescido de mais 26 faculdades, totalizando 1.266 cursos de Direito no Brasil. No final de 2015, a Ordem dos Advogados do Brasil selecionou, com “selo de qualidade”, 139 cursos em todo o País. Entre as faculdades, 78 são públicas e 61 privadas. O advo-

gado Marcos Vinicius Furtado Coêlho, à época presidente da OAB, justificou os fundamentos em que se baseou a entidade: “Precisamos proteger a sociedade contra o estelionato educacional, que são faculdades sem qualquer qualidade que vendem ilusão de um ensino de qualidade.” Atualmente existem 192 Universidades no Brasil, sendo avaliadas em cinco aspectos: pesquisa, ensino, inserção no mercado, inovação e internacionalização. No ranking geral dessas instituições, as 10 principais são: Universidade de S.Paulo, Federal do Rio de Janeiro, Federal de Minas Gerais, Estadual de Campinas, Federal do Rio Grande do Sul, Estadual Paulista, Federal de Santa Catarina, Federal do Paraná, Universidade de Brasília; e, Federal de Pernambuco. Paralelamente ao número de universidades credenciadas, existem 2.400 entidades de ensino superior no Brasil, representadas por dezenas de Centros Universitários e centenas de faculdades isoladas. No Ministério da Educação, aguardando parecer para instalação, mais 89 cursos superiores. Para efeito comparativo, nos Estados Unidos, de acordo com o “The

New York Times”, existem 212 faculdades de Direito. Nos próximos dez anos, 15 delas vão fechar as suas portas, tendo começado pela Faculdade de Direito de Vermont. Ao final do processo sobrarão 197 escolas. A razão é objetiva: a Ordem dos Advogados dos EUA constatou que 55% dos bacharéis, formados em 2011, não encontraram emprego na área do Direito. Para sobreviver submetem-se a empregos nas diferentes áreas de serviço de pouca qualificação profissional. O desencanto com a profissão vem sendo expressiva. O jornalista Eduardo Oinegue, ex-redator da “Veja”, na “Folha de S.Paulo” (28-122015), constatou: “Nos EUA, na última década, o total de inscritos nos cursos de engenharia cresceu 39%. Em direito, caiu 7%. Na tradicional revista norte americana “Forbes”: “Agora, com a internet e telecomunicações baratas, ficou fácil para as firmas de advocacia americanas contratar mão de obra barata em países como a Índia para fazer o serviço”. A banalização dos cursos de Direito chegou à saturação. O ex-presidente da OAB nacional, Marcus Vinicius, exemplifica: a cada ano 60 mil

bacharéis em Direito concluem o curso, equivalente ao número total de graduados existentes na França. Foi ante essa realidade que o Ministério da Educação, quando ainda ocupado pelo ministro Aloizio Mercadante, proibiu a abertura de novos cursos de Direito no Brasil. À época, o então ministro sentenciou: “Vamos fazer um pente fino nos cursos de Direito. Não podemos continuar com mais de 80% dos formandos sem passar no exame da OAB”. Foto: Ângelo Rigon

*Hélio Duque é doutor em Ciências, área econômica, pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Foi Deputado Federal (1978-1991). É autor de vários livros sobre a economia brasileira.

Diretor geral e redator chefe: Ricardo A. Dias (DRT-PR 5504) | Departamento financeiro: Thays de Freitas Dias Reportagem: Raphaella Caçapava | Diagramação: Rodrigo A. Romani (DRT-PR 7756) Assessoria jurídica: Ricardo Vinhas Villanueva | Logística: Rapidex Entregas Rápidas Av. Marechal Floriano Peixoto, 5261 – Sala 2 – Hauer – CEP 80.010-130 – Curitiba PR Fone: 41 3039.2986 | pauta@jornaldocomerciohauer.com.br | www.jornaldocomerciohauer.com.br

10 ANOS

As matérias assinadas não expressam, necessariamente, a opinião deste jornal. Proibida a reprodução total ou parcial de textos ou imagens, produzidas por esta editora, sem autorização prévia e citação completa da fonte, sob pena de sanções legais.


Esporte

Edição quinzenal

3

Ele não para Nada parece segurar José Agmarino de Jesus Coelho (48). Zecão como gosta de ser chamado pratica a paracanoagem há 22 anos e coleciona dezenas de títulos na modalidade. Dono de 29 campeonatos brasileiros, cinco sul-americanos, um pan-americano e um quinto no mundial no passado, ele quer mais e 2016 promete continuar rendendo bons frutos. Só no primeiro semestre deste ano Zecão conquistou o terceiro lugar no mundial de canoa havaiana, na Austrália, foi bicampeão brasileiro garantindo vaga para a etapa mundial, na Alemanha, em setembro. Na modalidade canoagem oceânica ele também não deixou a desejar e conquistou a classificação para o sul-americano em novembro, no Chile, e mais recentemente foi campeão na terceira etapa campeonato brasileiro em Vitória. Zecão que é considerado um dos percussores da mo-

Foto: Raphaella Caçapava

Paratleta da canoagem já conquistou mais três títulos em 2016 e quer mais cidadãos na lagoa” em parceria com a Prefeitura de São José dos Pinhais – que cedeu o centro de treinamento de canoagem para estruturação das aulas. A escolinha vai atender crianças de oito a 15 anos gratuitamente. A abertura da primeira turma está prevista para setembro. “É uma forma de incentiva e propagar o nosso esporte e, quem sabe, formar novos atletas”, completa. Mais informações sobre matrículas e início das aulas pelo telefone (41) 3283-6953.

SERVIÇO Centro de Treinamento de Canoagem dalidade no Brasil e tem como missão levar o esporte adiante. “Para mim é sempre um orgulho estar participando com a garotada nova. Meu desafio principal é ganhar o

campeonato mundial, mas fico muito realizado em ver como o esporte cresceu no país”, vibra. Por isso outra conquista é comemorada pelo atleta é a criação do projeto “Formando

Rua Professor Theodor Winkler, s/n. Bairro Cidade Jardim – próximo ao Estádio Atílio Bortoloti. São José Pinhais – PR. Telefone: (41) 3283-6953.


CENTRO TECNOLÓGICO POSITIVO

VOCÊ AQUI EM POUCO TEMPO

Faça um curso de graduação no Centro Tecnológico Positivo e seja destaque em um segmento de seu interesse. Por serem focados em determinada área, os cursos são rápidos, com duração de 2 a 3 anos. Assim, em pouco tempo, você estará pronto para aproveitar as melhores oportunidades do mercado. CURSOS NAS ÁREAS DE: • AVIAÇÃO • DESIGN • ESTÉTICA • FOTOGRAFIA • GASTRONOMIA • GESTÃO E NEGÓCIOS • INDÚSTRIA • INFORMÁTICA CONHEÇA NOSSOS CÂMPUS: • BATEL • CIC • OSÓRIO • HAUER • ECOVILLE

CTPOSITIVO.EDU.BR VESTIBULAR

INSCRIÇÕES GRATUITAS FINANCIAMENTO FACILITADO PROTEÇÃO DESEMPREGO

PARCELAMENTO DA MATRÍCULA

COMPLETO PARA VOCÊ


Edição quinzenal

Economia

5

Paraná tem a terceira maior indústria de transformação do País A indústria de transformação do Paraná é a terceira mais forte do País, atrás apenas de São Paulo e Minas Gerais. Puxado pelos setores de alimentos, madeireiro, automotivo e de papel e celulose, o Estado foi responsável, em 2014, por 8,3% do Valor da Transformação Industrial (VTI) do Brasil. Os dados são da Pesquisa Industrial Anual (PIA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) compilados pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes). O Paraná somou VTI de R$ 79,1 bilhões, à frente de outras economias importantes, como Rio Grande do Sul (R$ 78,9 bilhões) e Rio de Janeiro (R$ 70,1 bilhões). O VTI mede a diferença entre a receita bruta e os custos das operações das indústrias. São Paulo ficou em primeiro lugar, com R$ 360,9 bilhões, e Minas Gerais ficou em segundo, com R$ 91,4 bilhões. O Estado vem ganhando espaço na indústria de transformação do País, embalado pelo avanço da economia paranaense - que se tornou a quarta maior do cenário nacional em 2013 - e o pelo novo ciclo de investimentos atraídos pelo programa de incentivos Paraná Competitivo. “O Paraná tem apenas 5% da população brasileira, mas representa 8,3% no valor da transformação da indústria. Ou seja, esse setor tem uma força maior no Estado”, lembra o diretor-presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimen-

Foto: Gilson Abreu/FIEP

Segmento automotivo é o segundo maior do Brasil.

to Econômico Social (Ipardes), Julio Suzuki Júnior. Em 2010, o Estado tinha um VTI de R$ 56,2 bilhões e uma participação de 7,7% no País. O Estado era o quarto colocado na indústria da transformação, atrás de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Em quatro anos, o VTI do Paraná cresceu 40%. Essa é a terceira vez que o Paraná fica em terceiro lugar no ranking nacional. A primeira foi em 2011 e a segunda no ano passado. Posição Setorialmente, o Estado se destaca na indústria madeireira, a maior do Brasil, e nos

segmentos automotivo, alimentício e de papel e celulose, nos quais ocupa o segundo lugar no ranking nacional de valor da transformação. A indústria de alimentos é a que tem maior participação, com VTI de R$ 19,3 bilhões, puxada pelo desenvolvimento do setor de carnes e pelo investimento das cooperativas agropecuárias. Com a segunda maior participação está a indústria de veículos automotores, com R$ 13,6 bilhões e, em terceiro lugar, vem a indústria de petróleo e de biocombustíveis, com R$ 7,54 bilhões. Mas ainda há outros setores com participação significativa, como de máquinas e equipamentos, com R$ 3,74 bilhões de

VTI; papel e celulose (R$ 3,57 bilhões); vestuário ( R$ 3,15 bilhões); madeireiro (R$ 2,77 bilhões), indústria de produção de minerais não metálicos (R$ 2,82 bilhões) e moveleiro (R$ 2,57 bilhões). De acordo com o diretor -presidente do Ipardes, a indústria do Paraná é diversificada não apenas por setor, mas também geograficamente. O novo ciclo de industrialização do Estado pulverizou investimentos, principalmente no Interior, com projetos como o da Klabin, em Ortigueira, a Ambev e a fabricante de caminhões em Ponta Grossa, além dos investimentos dos frigoríficos na região Oeste do Estado.


6 Bairro

Edição quinzenal

Semáforo instalado O tão aguardado semáforo no cruzamento das Ruas Waldemar Loureiro de Campos com a Tenente Francisco Ferreira de Souza, no Boqueirão, finalmente foi instalado. A solicitação foi feita pelos moradores e comerciantes da região e intermediada pelo vereador Geovane Fernandes. A Rudegon, loja especializada em produtos para marceneiros, que fica em frente ao novo semáforo, abriu as portas da empresa para a realização de duas reuniões com a Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) que contou, inclusive, com a presença da Secretária Luiza Simonelli. “Agradecemos o envolvimento e o importante apoio do vereador junto a Setran, para viabilizar a instalação do semáforo, visando a segurança e maior conforto do grande fluxo de pessoas e veículos que trafegam nessa região do Boqueirão”, comenta Egon Hamm, diretor da Rudegon.

Foto: Divulgação

Após solicitações, semáforo é instalado no cruzamento das Ruas Waldemar Loureiro de Campos com a Tenente Francisco Ferreira de Souza.


Economia


facebook.com/shoppingcidadecuritiba | www.shoppingcidade.net | Av. Marechal Floriano Peixoto, 4984


Edição quinzenal

Diversão

9

Missão: férias escolares Pais precisam fazer malabarismo para ocupar o tempo das crianças e ainda gastar pouco Férias escolares chegando e a dúvida dos pais é sempre a mesma: o que fazer com a garotada nestas semanas longe da escola? Ocupar o tempo e gastar a energia dos pequenos não é tarefa fácil, mas com um pouco de criatividade e antenados no que acontece na cidade é possível preencher os dias sem gastar muito. As opções gratuitas, ou com baixo custo, são diversas. Museus, parques, cinemas, teatros. Dá para aproveitar bastante e ainda enriquecer a cultura das crianças. Exemplo disso é o AquaCirco do Cidade, que traz o espetáculo “Balabum”, apresentado gratuitamente no Shopping Cidade. A história que está encantando crianças e adultos busca resgatar o significado dos sentimentos como amor, amizade, cumplicidade, lealdade, companheirismo e honestidade e, por meio do conto de fadas pretende levar as crianças a um

Mary Couto, superintendente do Shopping Cidade. Para a administração do Shopping esta é uma época em que pais e filhos podem aproveitar para relaxar, se divertir e porque não aprender. “Neste trabalho o principal objetivo é envolver as crianças em uma história onde elas possam experimentar um momento de fantasia e criatividade. Através da história contada pelos artistas buscamos preservar a inocência das crianças e instigá-las a respeitar as diferenças e incluir as pessoas independentes de sua raça, cor, religião, etc”, reforça. Para quem se encantava com o Circo do Cidade o Aquacirco promete surpreender. “Malabares, palhaços e outros personagens e técnicas marcantes do mundo circense vão impressionar numa nova roupagem”, finaliza.

SERVIÇO

mundo, onde os maiores “tesouros” – os verdadeiros sentimentos - não podem ser roubados.

“Nós sempre apostamos em atividades culturais que possam ser aproveitadas pela família toda. O espetáculo circense já é tradição por aqui, mas agora vamos levar o circo para o fundo do mar”, garante

AquaCirco do Cidade Av. Marechal Floriano Peixoto, 4984 Hauer - Curitiba / PR De 01/07 a 07/08 | Entrada gratuita Segunda a quinta-feira: 16h30 Sexta-feira: 15h e 17h Sábado e domingo: 15h, 16h30 e 18h Contato: (41) 3017-3000 www.shoppingcidade.net


10 Educação

Edição quinzenal

Foto: Divulgação

Vestibular de Inverno ESIC está com inscrições abertas Ainda estão abertas as inscrições para o Vestibular de Inverno ESIC Business & Marketing School. O processo seletivo é realizado para os cursos de Bacharelado em Administração, Tecnologia em Gestão Comercial e Tecnologia em Gestão Financeira. As inscrições podem ser feitas até o dia 6 de agosto de 2016. As provas do vestibular são agendadas, com horários disponíveis às 10h, 14h, 17h e 19h de segunda a sexta-feira, e aos sábados às 8h30. É possível utilizar as notas do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) 2013, 2014 e 2015 em substituição à prova. O processo de seleção ainda inclui uma entrevista com o candidato, com o objetivo de conhecer melhor o futuro aluno da instituição. As provas e a entrevista acontecem na sede da ESIC, e devem ser previamente agendadas pelo Departamento de Atenção ao Aluno e ao Candidato (DAAC). Para os cursos de Administração, Gestão Financeira e Gestão Comercial são ofertadas 520 vagas, todas para o turno da noite, sendo aulas presenciais de segunda à quinta-feira e flexibilização de horário nas sextas-feiras. O curso de Administração tem duração de quatro anos, já os de Tecnologia em Gestão Comercial e de Tecnologia

em Gestão Financeira possuem grade curricular de dois anos. O valor da taxa de inscrição é de R$ 50,00. Os alunos que preferirem utilizar as notas do ENEM para o processo seletivo serão isentos da taxa. As aulas da graduação iniciam dia 25 de julho. Conheça os cursos de graduação da ESIC Business & Marketing School:

a tomada de decisões, tanto operacionais, como financeiras e estratégicas, objetivando a competitividade empresarial.

Administração Utiliza o conhecimento e a experiência que a ESIC Espanha tem em algumas décadas de ensino na Europa de forma personalizada à realidade brasileira, o curso de administração oferece uma formação de profissionais completos e preparados para atuar em nível estratégico localmente, da mesma forma que preparados para desenvolver suas atividades em qualquer lugar do mundo.

Gestão Comercial O objetivo do curso é permitir aos participantes consolidarem conhecimento e competência na análise de mercados globais, emergentes e maduros, possibilitando-lhes uma visão sistêmica e capacidade crítica diferenciada diante de cenários complexos e em constante mudança, garantindo corporativamente a sustentabilidade empresarial.

Gestão Financeira O curso converge em sua composição elementos importantes e imprescindíveis aos gestores financeiros, capacitando-os à implementação de ações diferenciadas através do aprimoramento dos processos organizacionais que influenciam diretamente

Vestibular de Inverno ESIC Business & Marketing School Inscrições: O candidato interessado pode se inscrever via internet no site www.esic.br ou pessoalmente na Rua Padre Dehon, 814, no Hauer, em Curitiba. Mais informações: (41) 3094-7777 | 3094-7770.

SERVIÇO

MÊS DE JULHO CHOPP EM DOBRO!


Edição quinzenal

Geral 13

Sesi Paraná comemora 70 anos de atuação no estado Exposição sobre a trajetória da instituição é uma das ações em celebração ao aniversário O Serviço Social da Indústria (Sesi) Paraná comemora sete décadas de atuação no Estado. Nesses 70 anos de história, a instituição, que começou com uma forte vocação social, passou por uma série de transformações e, hoje, é fundamental no apoio às indústrias do Paraná, com ações que auxiliam na vida dos trabalhadores, na comunidade e, sobretudo na competitividade das empresas. Para celebrar a data, o Sesi promove a exposição, “Mostra Sesi 70 Anos”, uma linha do tempo que conta essa trajetória, que será aberta no Centro Cultural Sistema Fiep em 20 de julho, e terá itinerância pelo interior do estado a partir de setembro. Com atuação em duas áreas centrais – educação e saúde e segurança – o Sesi oferece para a indústria, para o trabalhador e sua família serviços que auxiliam o dia a dia, além de soluções que ajudam as indústrias a evoluírem e ser tornarem mais competitivas. “Investindo nas pessoas, tanto no trabalhador de hoje quanto no do futuro, o Sesi mantém sua essência inicial, promovendo a qualificação, saúde e segurança do trabalhador, em prol de um setor industrial cada vez mais sólido e capacitado”, diz José Antonio Fares, superintendente do Sesi no Paraná. Fundado em 1945 – pós Segunda Guerra Mundial, o Sesi acompanhou as mudanças pelo qual o país passava, como o fim do Estado Novo, a crescente industrialização e o início na melhoria das condições de vida do trabalhador – que ainda eram muito aquém do desejável. Nesse cenário, um grupo de

Fotos: Acervo Centro de Memória Sesi PR

Foto: Arthur Wischral Acervo Centro de Memória Sesi PR

Desfile da abertura da primeira Olimpíada Operária Brasileira, 1953. Posto de Abastecimento Sesi, Av. Hugo Simas, em Curitiba, 1950.

Atendimento odontológico, 1952.

empresários (Roberto Simonsen, Euvaldo Lodi, João Daudt d’Oliveira e o educador Brasílio Machado Neto) elaborou a Carta da Paz Social, propondo a humanização das relações entre patrão e empregado. Destaques Um dos primeiros serviços oferecidos pelo Sesi Paraná buscou suprir uma necessidade da época, uma crise de abastecimento gerada pelo descolamento do trabalhador do campo para a cidade. A instituição oferecia aos industriários produtos alimentícios com preço abaixo do mercado, e os trabalhadores adquiriam os produ-

Carros de abastecimento dos postos, década de 1950.

tos nos centros de distribuição. Em 1949, o Paraná tinha 21 postos, 14 deles na capital. Atualmente, o Sesi tem serviços educacionais como Educação de Jovens e Adultos (EJA), cursos de Educação a Distância (EAD), além do Colégio Sesi, fundado em 2005. É a maior rede privada de Ensino Médio do Estado, com 55 unidades, cinco delas internacionais. Com uma metodologia baseada em Oficinas de Aprendizagem, que possibilita mais autonomia ao aluno, o Sesi promove convênios entre colégio e indústrias e forma estudantes preparados para a vida e o mercado de trabalho. A educação infantil não ficou de lado: com auge nos anos

Pré-escola, 1973.

1990, o Sesi inaugurou creches e cursos pré-escolares em 28 municípios – no começo desse ano, a instituição deu início, pela multinacional Bosch, em Curitiba, ao programa “Crescer na Indústria”, que implementa creches nas indústrias interessadas, com metodologia da escola, ensino bilíngue e educação nutricional. Na Bosch, a creche, batizada de Centro de Educação Infantil Kinderhaus, funciona das 6h às 18 horas, atende 100 crianças, e teve um importante papel na retenção de gênero feminino na fábrica, já que as mães foram priorizadas na hora da matrícula. No caso da empresa, 80% da mensalidade é subsidiada pelo empregador.


14 Saúde

Edição quinzenal

Programa vai ajudar pessoas a ficarem bem na medida O programa “Bem na medida” desenvolvido pela Academia Evolution, no Hauer em Curitiba, possui uma metodologia exclusiva que vai ajudar no emagrecimento, mantendo o foco e potencializando os resultados em apenas quatro meses. “Os objetivos do programa passam pela redução de peso e medidas corporal em poucas semanas e a reeducação dos hábitos para uma vida saudável. Tudo com muito acompanhamento para que a pessoa perca peso, mas não a saúde”, explica Giovanni Santin, idealizador do projeto. O conceito é simples na teoria, mas pouco realizado na prática: aliar o acompanhamento de um profissional de

Foto: Divulgação

Em quatro meses é possível emagrecer com saúde, afirma academia

Educação física diariamente a uma nutricionista especializada. “Além de emagrecer, ele trará uma grande sensação de bem estar, redução do stress e uma melhor qualidade de vida”, completa. O acompanhamento físico pelo profissional irá possibilitar a prescrição detalhada do exercício físico em quatro fases, permitindo acelerar o processo de perda de peso e a gordura corporal em excesso.

“Os resultados de redução de volume serão visíveis semana a semana”, garante. No período do programa o participante vai receber quatro programas especiais de treinamento (musculação, aeróbico e uma modalidade em grupo), passará por duas consultas com a nutricionista onde receberá as dietas, fará três aferições de percentual de gordura e circunferências, além de participar de “aulões” especiais e pales-

tras com nutricionista e psicóloga. “Também reforçaremos o trabalho com dicas quinzenais sobre saúde. O acompanhamento nutricional proporcionará uma verdadeira reeducação alimentar, elaborando um plano personalizado perfeito para o dia-a-dia, ajustando a alimentação dentro da rotina de cada pessoa”, finaliza. Financeiramente acessível, o programa poderá ser aderido por alunos da academia. O lançamento está marcado para o dia 27 de julho, às 19h, na Academia Evolution. As inscrições para o programa podem ser feitas até o dia 15 de agosto.

SERVIÇO Academia Evolution Rua Tenente Francisco Ferreira de Souza, 1437 – Hauer. Telefone: (41) 3284-3739 Site: academiaevolution.com.br


Edição quinzenal

Geral 15

Rede de Supermercados Jacomar inaugura a loja do cinquentenário Foto: Divulgação

São José dos Pinhais ganha mais uma filial, desta vez no bairro Guatupê No último dia 5 de julho a Rede de Supermercados Jacomar inaugurou sua décima loja, em São José dos Pinhais, bairro Guatupê. A partir de agora os moradores da região podem contar com uma loja moderna e que oferece quase 16 mil itens para comercialização. Às 10 horas, as portas foram abertas aos clientes, que foram conhecer a filial e aproveitaram as ofertas de inauguração. A loja do cinquentenário Mais de 60 mil habitantes da região tem agora um supermercado diferente de tudo o que já existe. Com 2100m² de área de venda e 3700 m² de área construída, a loja conta com açougue, rotisseria, panificadora e confeitaria, bazar e eletro, frutas, legumes e verduras de qualidade e produtos com bons preços. As prateleiras foram feitas em tamanho especial, para que o cliente visualize e alcance os produtos com mais facilidade. A iluminação é toda em led e a preocupação foi de aproveitar a luz natural. Por isso, o espaço possui um projeto arquitetônico que prevalece a iluminação e ajuda a reduzir o consumo de energia. Outro

diferencial é a área dos produtos refrigerados e congelados. Todos os itens estão dispostos em equipamentos com portas, para garantir a temperatura ideal, qualidade e conservação dos alimentos. Além disso, a intenção é fazer do local um novo pólo comercial da cidade, já que além do supermercado, o Jacomar Guatupê possui lojas, farmácia, restaurante e prestadores de serviço. “Nosso grande objetivo é levar ao cliente tudo o que ele precisa, de um jeito único. Marcamos mais uma vez a nossa história com esta inauguração

no ano do cinquentenário”, comentou Harri Pankratz, representando a diretoria do Jacomar. O coquetel de inauguração contou com a presença do prefeito da cidade, Luiz Carlos Setim, o vice- prefeito, Antonio Fenelon, e convidados. Em seu discurso, Setim fez questão de ressaltar a confiança da diretoria em investir em São José dos Pinhais. “Mesmo em tempos de crise que todo o país vive, o Jacomar mostra que é possível criar oportunidades de emprego e renda”, afirmou. Neste ano a rede completa 50 anos de história de qualida-

de, confiança e respeito aos seus clientes, que estão em Curitiba, São José dos Pinhais e Piraquara. Com a inauguração do novo Jacomar Guatupê, a empresa ultrapassou a marca de mil e duzentos colaboradores.

SERVIÇO A nova loja do Jacomar está localizada na Av. Thomaz Carmeliano de Miranda, 345 - esquina com a Av. Rui Barbosa, bairro Guatupê, São José dos Pinhais. Atendimento de segunda- feira a sábado das 8h30 às 22h


Geral 17

Edição quinzenal

Para “ler” o mundo, deficientes visuais contam com ajuda de aplicativos

Ler uma bula de remédio, um manual, uma receita ou ainda pegar o ônibus correto. Tarefas rotineiras do dia-a-dia, mas que se tornam um desafio para os deficientes visuais. Eles que, por muito tempo tiveram que depender da boa vontade das pessoas, ganham cada vez mais independência com ajuda da tecnologia. “Hoje é possível que estejamos completamente conectados e bem informados com o auxílio de aplicativos”, conta Thiago Aureliano da Silva, 29 anos, bancário no Bradesco do Hauer, deficiente visual desde os 13 anos de idade. Thiago explica que as tecnologias assistivas, a exemplo dos leitores de tela nos computadores, garantem mais autonomia aos deficientes e permitem que eles se mantenham informados. “Eu leio e envio e-mails no meu trabalho normalmente, leio jornais dos mais diversos cantos e posso me inteirar de tudo que acontece sem auxílio de outras pessoas”, completa. É assim que Thiago se tornou leitor assíduo do Jornal do Comércio Hauer. “Leio a versão online e as matérias no site sem dificuldades”, completa. Mas ele também chama a atenção para a importância da relação entre os deficientes visuais e os videntes – sim, este é o termo correto para quem denominar quem enxerga. “Quando estou na academia, peço para que um amigo leia as manchetes do JCH e depois ele lê as matérias que mais gostei. Se alguém oferece ajuda para atravessar a rua, por exemplo, é importante que o deficiente

Foto: Raphaella Caçapava

Junto com a guia de locomoção (bengala), smartphones se tornaram ferramenta indispensável para melhorar a qualidade de vida desta parcela da população

Inclusão e independência Os softwares de leitura de tela transformam informações visuais de computadores em áudio. Desta forma os deficientes visuais conseguem navegar na internet e utilizar diferentes programas e aplicações, já que o software de leitura de tela traduz as informações mostradas na tela do computador em material sonoro. Confira os mais populares: NVDA – gratuito. A base do programa é a leitura sintética de textos localizados abaixo do cursor do mouse. Ou seja, após o aplicativo ser configurado ele se torna capaz de fazer a leitura de qualquer texto, fazendo com que seja possível o uso do computador por deficientes visuais. Dosvoxs – gratuito (nacional). Possui recursos interessantes, como editor de texto, calculadora, agenda, jogos, dicionário etc. Porém, seus recursos são limitados. A dica é instalar o NVDA e o Dosvox. Juntos eles apresentam um excelente resultado.

Smartphones se tornaram essenciais para autonomia das pessoas com deficiência visual. Em Curitiba, estima-se que mais de 130 mil pessoas tenham a deficiência em algum nível.

visual possibilite a esta pessoa ajudar, porque assim está colaborando para a construção de melhores cidadãos dentro da sociedade”, destaca. E nos momentos em que não é possível realizar uma atividade sozinho, a tecnologia continua a dar uma mãozinha. O “Be My Eyes”, um aplicativo desenvolvido na Dinamarca, conecta via vídeo, ao vivo, a um voluntário com visão normal que pode identificar a embalagem que o deficiente está na dúvida, por exemplo. Na primeira semana de funcionando 99 mil voluntários se inscreveram. Os smartphones tornaramse uma parte importante do kit de uma pessoa com deficiente visual. Nos sistemas Android é possível ativar o “Talkback”, e no Apple “VoiceOver” que faz a leitura de todos os comandos. As câmeras também estão preparadas para auxiliar. “Quando quero tirar uma foto meu celular me orienta: dois sorrisos,

centralizado, ambiente claro. E assim já sei que posso tirar a foto tranquilamente”, explica. E para quem não vive sem Whatsapp e Facebook, eles também são ferramentas de integração. “No whats consigo me comunicar com meus amigos de maneira muito prática”, comenta. O Facebook também não deixa por menos. Se um usuário posta uma foto, a rede social, por meio do leitor de tela do computador já consegue descrever a imagem para Thiago. “Recebo a seguinte informação: Ambiente externo. Árvores fundo. Óculos de sol. Selfie, consigo ter uma ideia de onde a pessoa estava e o que estava fazendo”, esclarece. Os empresários também devem estar atentos a este cenário para incluir o deficiente como público consumidor. “Às vezes entro num site com tanta imagem que o leitor não consegue assimilar tudo e eu acabo não entendendo o que querem dizer. É preciso montar um site acessível”, alerta.

Virtual vision – gratuito (nacional). Gratuito para correntistas do Banco Bradesco, este software brasileiro funciona muito bem em programas como Word, Excel, Outlook, Windows Live Mail, MSN, Internet Explorer, entre outros. Para quem não tem conta no Bradesco, é necessário pagar a licença de uso no site da Micropower. O Virtual Vision está disponível gratuitamente para sessões de 30 minutos. Jaws – pago. Um dos melhores softwares de leitor de tela é o Jaws, porém por ser pago, torna-se proibitivo a muita gente. Segundo os especialistas é a melhor opção para os que podem pagar por sua licença de uso. É possível testar o produto gratuitamente.

Realidade Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) 6,2% da população brasileira possui algum tipo de deficiência. Dentre os quatro tipos considerados – auditiva, visual, física e intelectual – a visual é a mais representativa e atinge 3,6% dos brasileiros. A região sul é a que tem maior proporção de pessoas com deficiência visual (5,4%). Ao todo o Paraná contabiliza 1.728.671 deficientes visuais em algum grau. Em Curitiba, estima-se que mais de 130 mil pessoas tenham a deficiência em algum nível.


18

Edição quinzenal


Edição quinzenal

Capa 19

Erasto Gaertner amplia cursos para beneficiar alunos e comunidade Fotos: Divulgação

Nova gama de atividades vai oportunizar melhoria no currículo profissional e destacar participantes no mercado de trabalho Idiomas, informática, design, web, programação, redes, administração e vendas. Essas são áreas que passam a contempladas pela nova parceria do Colégio Erasto Gaertner (EG) com a People. “O objetivo é expandir os negócios levando à comunidade, aos alunos e ao quadro de colaboradores uma formação que vai desde o ensino infantil até a faculdade e trazendo qualificações que agreguem na vida e no currículo”, explica Andreia de Carvalho Barbosa, coordenadora do Centro Cultural EG. Em cada uma das áreas os interessados poderão se aprofundar, a exemplo do curso de design. “Este é um campo promissor. E fica maior ainda quando as habilidades são colocadas em trabalhos para web. A People tem a qualificação perfeita para quem quer trabalhar em publicidade e propaganda, design industrial, moda ou em projetos gráficos de internet”, completa. O Centro Cultural já oferece dezenas de atividades como artes, músicas e esportes. Para o Erasto está é uma oportunidade é de somar e complementar com qualificações nas áreas mais técnicas para impulsionar o currículo. “Juntos podemos levar ao público do Boqueirão e região, que são

carentes nestes tipos de serviço, uma qualificação de excelência, tanto para a vida quanto para o lado profissional”, finaliza. Os cursos são oferecidos para toda a comunidade, crianças, jo-

“A proposta é sempre oferecer uma qualificação mais ampla e completa, por isso buscamos cursos que estejam alinhados com a necessidade do mercado.” Andreia de Carvalho Barbosa, coordenadora do Centro Cultural EG

vens e adultos. Mais informações (41) 3051-9706 ou pelo site centroculturaleg.com.br Sobre a People A People é uma rede de franquias com foco na área educacional que oferece qualificação nas áreas de informática, administrativos e idiomas para o ensino de crianças, jovens e adultos. A rede pertencia ao Grupo Multi, controladora das escolas de idiomas Wizard, Yázigi e Skill. Em 2014 o grupo Multi foi adquirido pela Pearson, empresa britânica com 150 anos de história, sendo esta, líder no segmento de educação no mundo, presente em 80 países. Com forte atuação na região sudeste, principalmente no estado de São Paulo, a People inaugura sua primeira unidade em Curitiba em parceria com o Centro Cultural EG, unidade de negócio

do Colégio Erasto Gaertner que oferece cursos de esportes como futsal e vôlei, artísticos, pintura em tela, teatro, entre outros. “Inauguramos a primeira unidade na cidade em parceria com uma das escolas mais tradicionais em Curitiba, esse já é o sinal de que estamos começando muito bem. A People vem para somar e acrescentar com o Centro Cultural, qualificando ainda mais os clientes”, destaca Gustavo Jorge, gerente nacional da People.

SERVIÇO Centro Cultural Erasto Gaertner | People Rua Doutor Danilo Gomes, 740. Boqueirão. Tel.: (41) 3051-9706 | 3051-9729 Site: centroculturaleg.com.br


20 Geral

Edição quinzenal

Cartão de crédito enviado sem solicitação prévia: prática abusiva e passível de indenização por dano moral O envio de cartão de crédito, independentemente de estar ou não bloqueado, sem solicitação prévia e expressa do consumidor, é considerado uma prática comercial abusiva e passível de indenização por danos morais. Ao enviar cartões de crédito sem que o consumidor tenha solicitado ou autorizado previamente, as administradoras de cartões e instituições bancárias praticam conduta vedada pelo artigo 39, III do Código de Defesa do Consumidor, bem como violam o artigo 6º, IV do mesmo Diploma Legal. Com suporte no artigo 39, III do Código de Defesa do Consumidor, que proíbe o fornecedor de enviar produtos ou prestar serviços sem solicitação prévia, o Superior Tribunal de Justiça editou a Súmula 532, que trata do assunto, nos seguintes termos: “constitui prática comercial abusiva o envio de cartão de crédito sem prévia e expressa solicitação do consumidor, configurando-se ato ilícito indenizável e sujeito à aplicação de multa administrativa”.

Essa prática abusiva e os incômodos seguidos das burocráticas providências para o cancelamento dos cartões enviados indevidamente caracterizam abalo moral, que fogem do mero dissabor e aborrecimentos do cotidiano. O caso ainda se agrava quando o cartão de crédito não solicitado é enviado a pessoas idosas ou de baixa escolaridade, já que possuem maior dificuldade na compreensão da situação em que se encontram e podem sofrer mais facilmente as angústias e preocupações que essa prática abusiva pode causar. Assim sendo, com fundamento no Código de Defesa do Consumidor, o envio de cartão de crédito não solicitado, desbloqueado ou não, caracteriza prática comercial abusiva e pode dar direito à indenização por danos morais ao consumidor que o recebeu.

Daiana Costa

Advogada Escritório Villanueva Advogados


22 Solidariedade

Edição quinzenal

LBV entrega cobertores em Curitiba e São José dos Pinhais A Legião da Boa Vontade (LBV) realizou a entrega de 1.260 cobertores a famílias de comunidades em situação de vulnerabilidade social na capital paranaense e São José dos Pinhais. A ação emergencial faz parte da campanha “Diga Sim!”, uma importante iniciativa de mobilização social que possibilitará maior proteção às famílias que enfrentam as baixas temperaturas e, infelizmente, não tem recursos para a compra de um cobertor. Além dos alunos do Centro de Educação Infantil José de Paiva Netto, da LBV, a ação beneficiou famílias atendidas pelo Centro de Ação Social São Francisco de Assis, Clube de Mães Unidas Venceremos, Centro de Educação Dona Nenê, Associação Menonita de Assistência Social e Associação de Moradores Eucaliptos 2,3 e 4.

Foto: Divulgação LBV

Em São José dos Pinhais, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social, a LBV beneficiou famílias

atendidas pela Associação para Vida Sem Drogas, Casa de Repouso Anjo da Guarda, Casa de Repouso Cris Lau, Centro de

Amparo à Criança e ao Adolescente Nossa Senhora do Monte Claro, Centro de Amparo aos Idosos Jesus Maria José e Casa de Repouso Santa Luzia. A LBV prossegue beneficiando a população. No Paraná, além de Curitiba e São José dos Pinhais, também foram contempladas famílias de Ponta Grossa, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu, totalizando 2.000 cobertores no Estado. Ao todo, nos três estados do Sul - Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul - foram entregues seis mil cobertores a população, possibilitando aos atendidos maior proteção contra o frio. A Solidariedade, muitas vezes, é a única forma de agasalhar com esperança o coração de inúmeras famílias. Para doações, basta acessar o site www.lbv.org.


O Paraná nÃO Para

CURITIBA

revitalizaçÃO de rUa eM CUritiBa. A FomenTo PARAná FInAnCIA. O Paraná não para. E com a Fomento Paraná e o Governo do Estado toda população está sendo beneficiada com obras do SFM - Sistema de Financiamento aos Municípios. Os investimentos em modernização e melhoria da mobilidade urbana em Curitiba somam mais de R$ 50 milhões. Quando a gente financia, as obras acontecem. www.fomento.pr.gov.br | 41 3200 5900 | ouvidoria 0800 644 8887

ouvidoria 0800 644 8887 SFM - Sistema de Financiamento aos Municípios


Edição quinzenal

Geral 25

No semestre, repasses do Paraná aos municípios aumentaram 11,5% Foto: Michel Wilian

Repasses totalizaram o montante de R$ 4,64 bilhões No primeiro semestre de 2016, o Paraná voltou a bater recorde em transferência de recursos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) aos municípios do Estado. De janeiro a junho, o governo fez o repasse de R$ 4,64 bilhões, sendo R$ 3,25 bilhões a título de transferência de ICMS, e R$ 1,39 bilhão de IPVA. O incremento de recursos nas prefeituras no período foi de 11,5%. Só para comparar, o levantamento feito pela Secretaria estadual da Fazenda mostra que nos primeiros seis meses de 2015 os 399 municípios paranaenses receberam R$ 4,16 bilhões. No caso do ICMS, as transferências em 2016 aumentaram 9,4% e, em relação ao IPVA, houve crescimento de 17%. “Como houve queda no repasse de recursos federais e há incertezas em relação ao quadro

Repasses ao municípios paranaenses aumentaram 11,5% no primeiro semestre de 2016.

econômico do país, é o aumento na arrecadação própria do Estado que tem sustentado o Paraná e também os municípios”, diz o secretário de Estado da Fazen-

da, Mauro Ricardo Costa. O repasse dos recursos do ICMS é semanal e refere-se a 25% do que é arrecadado com o imposto. A transferência do IP-

VA é automática. Cada vez que um dono de automóvel efetua o pagamento, metade do valor vai direto para o município onde foi feito o emplacamento.


26

Edição quinzenal


Edição quinzenal

Solidariedade 27

Tatuagem por ração Iniciativas ajudam a atender animais abandonados em Curitiba De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) existem cerca de 30 milhões de animais abandonados no Brasil. Destes, 20 milhões são cachorros e 10 milhões são gatos. Os dados são de 2014, o que indica que a situação atual pode ser ainda pior. Em Curitiba a estimativa da Rede de Proteção Animal é que aproximadamente 40 mil animais vivem nas ruas. A capital paranaense implantou uma série de iniciativas para a proteção animal como a campanha de castração gratuita e a criação do Centro de Referência de Atendimento a Animais em Risco (Crar), uma espécie de abrigo temporário para animais em situações de maus-tratos. Mas iniciativas individuais para assistir melhor os bichinhos também são crescentes na cidade. É o caso do empresário Alexandre Ricardo que se sensibilizou com a situação dos

Doações conseguidas pelas tatuagens realizadas no Mo Money Tatto Studio são entregues a ONG Salve o Bicho Curitiba.

animais e criou uma campanha diferente no Mo Money Tatto Studio para contribuir com a causa. “A ideia era simples. Trocar ração por desconto na tatuagem. Essa foi a forma que encontramos de contribuir com as instituições que assistem os animais e também envolver os nossos clientes”, cometa ele. A ação deu resultado. Em 10 horas de trabalho a equipe conseguiu realizar 12 tatuagens. Ao fazer a doação de 1 kg de ração o cliente ganhava R$ 350 de desconto. Os 12 kg arrecadados foram destinados a ONG Salve o Bicho Curitiba. “Vamos programar novas ações como esta”, conta Alexandre. É possível conhecer mais sobre o trabalho da organização pela fanpage facebook.com/salvabichocuritiba.


Edição quinzenal

Contato:

3082-1471 9666-7786

Curta nossa página no facebook: www.facebook.com/FeniciosPresentesInformatica

Email: fenicios@fenicios.com.br

A melhor Assistência Técnica da região!

Remoção de Vírus.

FATOS MARCANTES NA HISTÓRIA

10 JUL

Fotos: Divulgação

Projeto Rondon

Em 11 de julho de 1967, sai do Rio de Janeiro o primeiro grupo do Projeto Rondon. Inspirado na trajetória desbravadora de Cândido Mariano Rondon, o projeto mobilizou, entre 1967 e 1989, quase 400 mil professores e universitários. Os grupos percorreram diversas regiões do Brasil, tentando auxiliar pessoas carentes.

de Sistema.

12 JUL

O Atleta do Século

Em 12 de julho de 1980, Édson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, foi eleito o Atleta do Século, em pesquisa mundial promovida pelo jornal francês Lé Equipe. Pelé nasceu em Três Corações, Minas Gerais, no dia 23 de outubro de 1940. Marcou 1.281 gols, participando da conquista dos títulos de 1958, 1962 e 1970.

Troca de Tela. Há 21 Anos Trabalhando com Qualidade, Honestidade e Preço Justo.

Surge a minissaia

Em 10 de julho de 1964, a estilista inglesa Mary Quant apresenta a minissaia. No início da década de 60, as moças comportadas começavam a abandonar as saias rodadas e atacavam de calças cigarette. Mas a grande vedete dos anos 60 foi a minissaia, criação conjunta de Mary Quant e André Courréges.

11 JUL Restauração

Geral 29

14 JUL Montagem e Manutenção

Rua Paulo Setubal, 977 - Hauer

No dia 14 de julho de 1789 o povo de Paris saiu às ruas para protestar contra o regime monárquico opressor. Os populares invadiram a Bastilha, fortaleza que simbolizava o Absolutismo real, libertaram presos e derrubaram o prédio. O fato simboliza o início da Revolução Francesa.

A queda da Bastilha


30 Lazer

Edição quinzenal

Novo filme da franquia Carrossel quer levar toda família para o cinema Para dar “empurrãozinho” Cinesystem lança promoção para espectadores pagarem meia entrada Preenchendo o espaço vazio dos filmes infantojuvenis no Brasil, Carrossel 2 espera bater a marca dos 2,5 milhões de espectadores – marca alcançada pelo primeiro longa. Na nova produção as crianças, famosas por conta do sucesso do clipe de PanáPaná na internet, acabam chamando a atenção de uma estrela da música brasileira, que decide convidar toda a galera da escola para um de seus shows. No en-

Carrossel 2 deve emplacar o sucesso do primeiro filme e pode garantir continuidade com mais uma produção da franquia.

quatro ingressos para assistir Carrossel 2, o cliente pagará meia nos quatro ingressos e ainda ganhará uma cartela de adesivos. A promoção é válida somente para as compras de ingressos na bilheteria e a entrega dos adesivos está sujeita a duração dos estoques. Em Curitiba é possível participar da promoção nos cinemas do Shopping Cidade, Curitiba e Total.

SERVIÇO tanto, o que tinha tudo para ser uma ótima excursão ganha ares de filme de terror quando os vilões Gonzales (Paulo Miklos) e Gonzalito (Oscar Filho), recém-saídos da prisão, decidem sequestrar Maria Joaquina (Larissa Manoela). Aproveitando o ar de fé-

rias escolares, o lançamento do filme é uma das opções para preencher o tempo livre das crianças. Por isso, o Cinesystem lançou o “Passaporte Família Carrossel” que vai garantir a presença das famílias e amigos nas salas de cinema. A promoção é simples: na compra de

Carrossel 2 | Promoção Passaporte Carrossel Cinesystem Mais informações: www.cinesystem.com.br Gênero: Aventura, comédia, família. Duração: 93 min. Direção: Maurício Eça. Classificação: Livre Nacionalidade: Brasil


31

Edição quinzenal

Trinta Reais

A quem não deseja por isso e sim luta por isso

R$30,00

Jornal Hauer * n ã o a c u m u l a t i v o * v á l i d o p a ra n o v o s a l u n o s

VENHA FAZER UMA AULA EXPERIMENTAL, TRAGA ESSE CHEQUE E GANHE R$30,00 NO KIT ATIVAÇÃO.


32

Edição quinzenal

HISTÓRIA DA MINHA RUA Gaspar Silveira Martins, político brasileiro de Bajé (RS), nasceu em 1835 e faleceu em Montevidéu em 1901. Eleito deputado geral pelo Rio Grande do Sul (1872), destacou-se pela oratória com que combateu os governos conservadores. Com a volta os liberais ao poder, ocupou o ministério da Fazenda (1878). Foi eleito senador em 1880. Liberal, mas antirrepublicano, foi designado conselheiro do estado e Presidente do Rio Grande do Sul poucos meses antes da Proclamação da República. Foi então obrigado a se exilar na Europa (1889-1891). De volta ao Rio Grande do Sul, envolveu-se nos acontecimentos que culminaram na Revolução Federalista (18931895). Formou-se pela Faculdade

de Direito de São Paulo e foi juiz municipal no Rio de Janeiro, antes de se dedicar a política. A Reforma jornal que fundou em 1865, tornou-se o órgão oficial dos federalistas. Com a derrota em 1895, passu a dedicar-se a uma estância que tinha no Uruguai.

Imagens do Bairro - HAUER -

REMENDO PERIGOSO Foto: Ricardo Dias

ns Marti a a r i e irotub v Guab R. Sil

Quem passa pelo viaduto do Hauer, na Marechal Floriano Peixoto, repara que a “gambiarra” feita após a queda parcial do muro - depois de um acidente em janeiro - não é muito segura. As grades de ferro e as placas oferecem perigo constante tanto para os transeuntes e ciclistas quanto para os motoristas. Cada placa pesa em média 200 quilos e se uma delas se soltar e cair na Linha Verde o estrago será grande. Participe dessa coluna você também. Envie imagens de situações curiosas de seu bairro para pauta@jornaldocomerciohauer.com.br e nos conte sua história.


Esporte 33

Edição quinzenal

MITO OU VERDADE?

Vanderson Carmo

Treinador físico CREF 017421-G/PR

Coluna quinzenal para esclarecer dúvidas frequentes dos leitores sobre o universo da academia.

Mulheres que treinam braços desenvolvem músculos volumosos e costas largas? MITO! Dúvida peculiar entre o público feminino. Treinando musculação para braços, nem se sempre as mulheres vão ganhar músculos volumosos nos membros superiores, porém desenvolverão a força dos braços e costas. A mesma força que é necessária para treinar pernas e outros grupos musculares. As principais prioridades das mulheres em geral são: 1- perder a barriga; 2- tornear as pernas; 3- levantar e ganhar mais glúteo; 4-

perder gordura das costas e região axilar; 5- modelar braços, principalmente tonificar o músculo do tríceps. Não considerando os objetivos a longo prazo, como: saúde, emagrecimento e estética. Todo e qualquer treino que uma mulher desenvolva deve conter exercícios para todo o corpo. Nosso organismo não queima caloria localizada por segmento, então devemos trabalhar todos os grupos musculares em prol do objetivo principal.

Para fechar essa discussão, mulheres, treinem braços tanto quanto treinam pernas, mesmo que não desejem músculos volumosos nos braços e costas. Vão perder medidas e enrijecer a musculatura, fortalecer as articulações e tendões. Trabalhem junto com seu treinador os objetivos que queiram alcançar. Bom treino a todos e treinem sério!


Foto: Emília Schwartz

2

3

4

5 Foto: Emília Schwartz

1

1. Parabéns a bela promoter Luana Murbach que esteve de aniversário nesta quinzena. Sucesso e que seus sonhos se concretizem.

LEGENDAS

2. Realizações e muitas felicidades a Anderson Balotin, proprietário da Academia Evolution, que completou idade. Além de carismático o empresário é expert em fidelizar clientes. 3. O professor de educação física Claudio Roberto comemorou mais um aniversário. Bom humor e profissionalismo são duas virtudes do “Claudinho”, parabéns e felicitações. 4. O pequeno Lucas Vaz da Silva comemorou seu primeiro aniversário com muita alegria. Os pais, Samuel e sua esposa Ana Lucia acompanharam o pequeno na hora de soprar as velinhas. 5. Andreia de Carvalho Barbosa, coordenadora do Centro Cultural Erasto Gaertner, Vladimir Amorim, consultor de expansão, Gustavo Jorge, gerente de expansão da Escola People e Ricardo Dias, diretor do JCH, na inauguração da primeira unidade da People em Curitiba, na sede do CCEG. 6. Os empresários Ricardo Dias diretor do Jornal do Comércio Hauer, Rudolf Hamm Filho, diretor da Rudegon, Irineu da Papelaria Risque e Henrique Ditmar Wall, diretor do Colégio Erasto Gaertner, prestigiaram a inauguração da People no Centro Cultural Erasto Gaertner.

6 Massas para:

lasanha, caneloni, rondelli, pastel, empadão, nhoque, macarrão, pirogue e panqueca “Disse Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai se não por mim”. João 14:6

Rua Anne Frank, 1659 - Hauer Fone: (41) 3076-5079 | massasictus@uol.com.br


Objetivo dos programas de saúde do governo

Edição quinzenal

www.coquetel.com.br

Estirpe Arma de Katniss (Cin.)

(?) a cabeça: agir com inteligência

HORÓSCOPO QUINZENAL Ave do cerrado Arte, Libra: Assuntos profissionais aponem latim tam desafios na Coletivo adaptação de alguns movido a de antigos costumes e transições eletricipadrões para certas dadeinovações.

"95 (?)", documento histórico escrito Áries: Possibilidade bons contatos que por Lutero Marcelo resultem em parcerias profissionais e (?), Gafe direcionamento nas já existentes. humorista (bras.) Roupão feminino Provocar

Touro: Período para compreender pensamentos opostos, considerar um pouco mais de cuidado na comunicação com certas pessoas e mesmo se des(?) del Pla"O Mágico prender de alguns vínculos. ta, cidade de (?)",

Lança projéteis de longo alcance

Estirpe Arma de Katniss (Cin.)

(?) a cabeça: agir com inteligência

litorânea clássico Gêmeos: O momentoargentina é de atenção com Judy Garland dobrada com temas financeiros e evi-

Telúrio

(?) dos Órgãos, atração fluminense

Marcelo (?), humorista Roupão feminino

Tecido tradicioA ansiedade em lidar com asnal Leão: do quimono suntos cotidianos será mais comum, O portal o que recomendará atenção para não Departado Bairro de sobrecarregar o corpo emento a mente em da LiberEstradas dade seu (SP) dia a dia. de Rodagem

Coletivo movido a eletricidade Telúrio (símbolo) Molhar (a planta)

Virgem: Um momento com oportunidades para alternância de convivências, seja no meio profissional, causas especiais que Resumo das (?), se dedica ou relações mais próximas. seção de revistas

(?) dos Órgãos, atração fluminense Governo (abrev.) Reduto da família

Passar a língua sobre

BANCO

tomarão envolvimento mais intenso.

47

Solução

Resumo das (?), seção de revistas O jogador com três cartões amarelos

3/ars — suã — tas. 4/obus — tori. 5/elali. 8/trólebus.

47

Solução

B E M E E S T

Sem número (abrev.)

RA

T E U S R CO I L M A D E A V I A Ç Ã O

Departamento de Estradas de Rodagem

A C O L S E T I

T R O L E B U S

Quintal (bras.) Espanhol (abrev.)

Quirera com (?), prato típico do Paraná

N

OV

A C O L S E T I RA

B E M E E S T

S I N T E T I Z A D O R E S

P A G C O N C U D A S E S A T R R A O M BE R A E R I D E L A S U S P

D U E O B A N T E A S R S ER G L A A R R S E N

T R O L E B U S

T E U S R CO I L M A D E A V I A Ç Ã O

BANCO

com (?), prato típico do Paraná Peixes: Atividades culturais e estudos

O jogador com três cartões amarelos

Marina (?), cantora Partida (pl.) Tecido tradicional do quimono O portal do Bairro da Liberdade (SP)

Sem

número Aquário: Novos costumes são pro(abrev.) pensos a marcar o trabalho e mesmo Quirera sua rotina.

D U E O B A N T E A S R S ER G L A A R R S E N

(?) del Plata, cidade litorânea argentina

Quintal (bras.) Espanhol (abrev.)

Capricórnio: As relações profissionais terão uma nova etapa, seja por concluir alguma situação junto a outras pessoas ou por perceber com mais nitidez diferenças diante de algumas delas que servirão para marcar nova conduta de sua parte.

3/ars — suã — tas. 4/obus — tori. 5/elali. 8/trólebus.

Gafe (bras.) Provocar

"O Mágico de (?)", clássico com Judy Garland

Câncer: Período para mais atenção Marina (?), com a comunicação e com a abordacantora gem de assuntos diante de quem Partida tem (pl.) vínculo afetivo.

Ave do cerrado Arte, em latim

Sagitário: Período propício a pes-

Governo quisas e sondagens nos assuntos (abrev.) profissionais. Reduto da família

Passar tara situações de riscos. língua sobre

"95 (?)", documento histórico escrito por Lutero

Escorpião: (símbolo) Aperfeiçoamento em temas Molhar profissionais bem como bu(a planta) rocracias que envolvam a área serão vivenciadas com mais intensidade.

P A G C O N C U D A S E S A T R R A O M BE R A E R I D E L A S U S P

Grêmio (?): luta pelos direitos dos alunos

Lança projéteis de longo alcance

S I N T E T I Z A D O R E S

Massa servida com almôndegas (?) doido, jogo de cartas infantil

A cidade Instituição italiana que forma pilotos do Santo (Aer.) Sudário

Entretenimento 35

OV

Teclados eletrônicos que produzem sons de vários instrumentos musicais

A cidade Instituição italiana que forma pilotos do Santo (Aer.) Sudário

N

Objetivo dos programas de saúde do governo

© Revistas COQUETEL

Conversas que estimulam o senso crítico "(?) Quer que Eu Vá", sucesso Muito dos Paralamas ruim (pej.)

Conversas que estimulam o senso crítico "(?) Quer que Eu Vá", sucesso Muito dos Paralamas ruim (pej.)

Massa servida com almôndegas (?) doido, jogo de cartas infantil Grêmio (?): luta pelos direitos dos alunos

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

Teclados eletrônicos que produzem sons de vários instrumentos musicais


A SERZEGRAF desde 1995, oferece o que há de melhor no mundo gráfico, focando na tecnologia, qualidade e atendimento ao cliente - Livros - Revistas - Folders - Cartazes - Adesivos - Cartonagem - Impressão UV em PVC e Laminado - Hot Stamping Metálico / Holográfico - Relevos - Engenharia de Embalagens -

Rua Bartolomeu Lourenço de Gusmão, 339 - Fone: 41 3026 9460 - Curitiba - PR www.serzegraf.com.br

Jornal do Comércio Hauer - Edição nº 171  
Jornal do Comércio Hauer - Edição nº 171  
Advertisement