Page 1

EXEMPLAR

HAUER BOQUEIRÃO ALTO BOQUEIRÃO XAXIM UBERABA GUABIROTUBA

Foto: Kamilla Almeida

GRÁTIS

2ª quinzena de março de 2014

CIRCULAÇÃO

Ano 8 - Edição Nº 122

®

EDIÇÃO QUINZENAL

Foto: Everson Bressan/SMCS

Casamento coletivo

388 pessoas disseram “sim” em casamento coletivo realizado na Regional do Boqueirão Pág. 12

Segurança no limite

Campanha “Não passe do limite – Complete o tanque até o automático” visa preservar a saúde dos frentistas

Pág. 23

DOCE OU SALGADO? Procon aponta diferenças de quase 117% nos produtos de Páscoa em Curitiba. O ovo Classic ao Leite Nestlé, nº 15, 240g (foto), é o que apresenta maior variação de preço. Pág. 11


2

Edição quinzenal

EDITORIAL

Páscoa é tempo de oportunidades as mil oportunidades de vagas fixas e para trabalho temporário em função do período de Páscoa para ambos os sexos e várias faixas etárias. As oportunidades para trabalho temporário oferecidas iam desde produção e fabricação até a venda de produtos de Páscoa. O salário médio é de R$ 1.100,00 e as funções mais solicitadas são: servente de limpeza, recepcionista, repositor de mercadorias, operador de telemarketing, fiscal de loja, cozinheiro e auxiliar de administração. A Páscoa representa também uma ótima oportunidade de negócios não só para a indústria e o comércio, mas para muita gente que opta por fazer produtos caseiros para vender em feiras ou pela internet e assim, complementar a renda doméstica. Quem tem tempo, talento e disposição, pode apostar na fabricação artesanal. Com um bom planejamento, pesquisa de preços de matéria-prima e estratégia de vendas, o lucro é certo.

Aqui, você encontra a opinião dos nossos leitores sobre o Jornal do Comércio Hauer e matérias publicadas. Nesse 07 de Abril (Dia do Jornalista), quero parabenizar a todos vocês jornalistas, pela louvável profissão, pelo dom da escrita, da comunicação e da aprendizagem contínua através dos fatos! O jornalismo saudável alimenta o saber, instiga o pensar e nunca nos cega para a verdade. Admiro-os pela nata devoção em buscar e levar conhecimento, sobretudo em nosso país, onde infelizmente uma boa parte da população é tão desprovida e necessitada disso. Que nenhum governo e nenhum poder, em tempo algum, possa suprimir-lhes a liberdade da expressão, a lealdade e o compromisso com o povo, que tem em vocês e na imprensa em geral a esperança da lucidez, do grito maior e da transformação! Um grande abraço! Neide Elisa Wojciechowski Lima | Proprietária da loja Tikitos Moda Infantil

Comentário sobre a matéria: “Revitalização do Bosque Reinhard Maack” (ed. 121) Espero que arrumem o bosque, pois a situação dele é precária. Colocar academia ao ar livre é uma ideia interessante pois tem vários moradores próximos que acabam indo até a praça Santa Rita para isso, sendo que existe um espaço onde isso pode ser instalado próximo de casa e com um visual muito relaxante! Conheço o bosque há uns 20 anos e sempre foi a mesma coisa. Deveriam estudar novas opções para que a comunidade possa melhor utilizá-lo em momentos de lazer! Julie Felix | Moradora do Hauer

8 ANOS

Todos os anos, em época de Páscoa, aqueles que não conseguem uma colocação no mercado de trabalho podem estar diante de uma grande chance através dos empregos temporários. É claro que, para isso, é necessário ficar ligado às vagas ofertadas além, é claro, de muita disposição para trabalhar. O trabalho temporário pode sim servir de trampolim para uma vaga efetiva, mas é necessário que o trabalhador tenha uma boa estratégia e busque sempre um feedback do trabalho que está realizando com seu superior. Demonstrar interesse em permanecer na vaga também é essencial. Em 15 de março, a Secretaria de Trabalho e Emprego da prefeitura organizou a Feira do Emprego e Qualificação Profissional da Curitibana Trabalhadora, na Praça Rui Barbosa. Inicialmente pensada para auxiliar as mulheres a conquistarem uma vaga no mercado de trabalho na Semana da Mulher, a feira ofertou cerca de du-

CARTAS DOS LEITORES

Av. Mal. Floriano Peixoto, 5261 - sala 2 Hauer - CEP 80010-130 - Curitiba/PR Fone: (41) 3039-2986 | pauta@jornaldocomerciohauer.com.br

EXPEDIENTE 2ª quinzena de março

Diretor geral e redator chefe: Ricardo A. Dias (DRT-PR 5504)

Marketing: Kamilla Almeida

Departamento comercial: Adriana Gomes | Cel.: 9848-5416

Projeto gráfico e diagramação: Rodrigo A. Romani (DRT-PR 7756)

Departamento financeiro: Thays de Freitas Dias

Criação e arte final: Deivin Tietjen de Oliveira

Assessoria jurídica: Ricardo Vinhas Villanueva

Distribuição: Peterson de Freitas

Reportagem: Cláudia Prati (DRT-PR 4996)

As matérias assinadas não expressam, necessariamente, a opinião deste jornal.

Massas para: lasanha, caneloni, rondelli, pastel, empadão, nhoque, macarrão, pirogue e panqueca

Rua Anne Frank, 1659 - Hauer Fone: (41) 3076-5079 massasictus@uol.com.br

Já conhece a nossa fanpage?

Acesse e conheça nosso conteúdo virtual: facebook.com/jornaldocomerciohauer


Edição quinzenal

3


4

Edição quinzenal

GERAL

Ponto facultativo na Copa e vitória da ACP A campanha liderada pela ACP e demais entidades contra a instituição de feriados nos dias de jogos da Copa em Curitiba, obteve êxito que culminou no dia 3 de abril, com a decisão do prefeito Gustavo Fruet, de não decretar feriados nos dias de partidas que acontecerão na Arena da Baixada. O prefeito assinará um documento instituindo ponto facultativo municipal para os órgãos públicos. Desde o ano passado, a ACP vinha defendendo sua posição contrária aos feriados junto aos vereadores integrantes da Comissão Especial para Acompanhamento dos Assuntos da Copa 2014 e também a entidades representativas do comércio, indústria e serviços. O principal argumento era que os dez dias de feriado iriam causar um Foto: Jader Rocha

impacto financeiro negativo para o setor produtivo. Serão quatro jogos na Arena da Baixada, todos da primeira fase do Mundial. No dia 16 de junho, Irã e Nigéria jogam às 16h – o ponto facultativo será decretado a partir das 12h. A mesma situação ocorre no dia 20 de junho, quando Honduras e Equador jogam às 19h, e no dia 26 de junho, quando Argélia e Rússia jogam às 17h. A exceção ocorre apenas no dia 23 de junho, quando Austrália e Espanha se enfrentam às 13h. O governo brasileiro decidiu que servidores públicos federais serão dispensados a partir das 12h30 em dias de jogos do Brasil durante a Copa do Mundo, dessa forma o Ministério do Planejamento informou que não haverá feriados nacionais durante o Mundial. Fonte:

No dia 29 de março aconteceu o primeiro jogo-teste na Arena da Baixada para a Copa do Mundo. O amistoso foi entre o time da casa contra o J-Malucelli e terminou em 0 a 0

FATOS MARCANTES NA HISTÓRIA 24 a 27 de Março: Curitiba foi capital do Brasil Pouca gente sabe, mas Curitiba já foi oficialmente capital brasileira. Esse é um dos fatos históricos pouco conhecidos sobre a cidade apontados por dois pesquisadores da história do Paraná: Gehad Hajar, membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro do Paraná, e Magnus Roberto de Mello Pereira, professor do Departamento de História da UFPR. De acordo com os pesquisadores, Curitiba foi capital federal entre 24 e 27 de Março de 1969, época em que vigorava a ditadura militar. Curitiba era uma das capitais brasileiras que não fizeram oposição ao regime. A esposa do presidente Costa e Silva era curitibana e convenceu o presidente a transferir a capital para agregar valor aos políticos daqui, que eram favoráveis à ditadura. Na ocasião, houve a transferência do poder executivo ao Palácio Iguaçu e das Forças Armadas e Ministérios para outros locais da cidade.

sua renúncia. O presidente seguiu para Porto Alegre e se refugiou numa estância de sua propriedade e depois rumou para o Uruguai. No dia 11 de Abril, o Congresso Nacional ratificou a indicação do comando militar, e elegeu o Marechal Humberto de Alencar Castello Branco, chefe do Estado-Maior do Exército. O novo governo pôs em prática vários Atos Institucionais, culminando com o AI-5, de 1968, que vigorou até 1978. A Constituição de 1946 foi substituída pela Constituição de 1967 e houve a dissolução do Congresso Nacional. Além disso, foi um período marcado pela supressão de liberdades individuais, censura a todos os meios de comunicação, tortura e exílio de dissidentes. O regime autoritário, militar, nacionalista e anticomunista durou 21 anos, até 15 de março de 1985, quando toma posse José Sarney e inicia-se o processo de redemocratização.

31 de Março: Ditatura Militar E por falar em ditadura militar, na madrugada do dia 31 de Março de 1964, sob o comando do general Olympio Mourão Filho marcharam de Juiz de Fora para o Rio de Janeiro com o objetivo de depor o governo constitucional de João Goulart. O presidente encontrava-se no Rio de Janeiro quando recebeu um manifesto exigindo

Humberto de Alencar Castello Branco foi o primeiro presidente do Regime Militar


Edição quinzenal

EU ANUNCIO! Aqui, você encontra a opinião do empresariado local sobre as vantagens de anunciar no Jornal do Comércio Hauer. “Qualidade, credibilidade e um excelente atendimento! Anunciar no Jornal do Comércio Hauer é sempre um ótimo investimento pois o retorno é rápido e, no meu caso, sempre faço bons negócios entre os anunciantes do próprio Jornal. Recomendo a todos que procuram aumentar sua receita em vendas. Parabéns ao Ricardo Dias e à toda equipe do JCH.”

OPINIÃO

OBSERVATÓRIO DA MANCHETE Espaço dedicado exclusivamente a notícias positivistas. Reflexões e alfinetadas sobre manchetes que foram destaque na imprensa.

:: Por Ricardo Dias ricardodias@jornaldocomerciohauer.com.br

:: Zona na Escola (Tribuna do Paraná) “A prática de prostituição no Brasil não é crime, pelo contrário, é uma profissão legalizada. Ilegais são os excessos e extravagâncias na maneira de expor o corpo aos futuros clientes. Os paqueras de prostitutas e travestis chegam a engarrafar a rua Bom Jesus do Iguape, no Boqueirão. Estou falando de “ato obsceno público” que é definido como crime no Art. 233 do Código Penal Brasileiro e consiste na prática de obscenidade em lugar público, ou aberto ou exposto ao público. A pena é de detenção de 3 meses a 1 ano, ou multa. Os mais exibicionistas nesta vitrine do sexo são os travestis que, além de serem a maioria, expõem o corpo quase por completo em plena luz do dia. E quem sai perdendo com isso, como sempre, é a população. Frequentemente mulheres e mães, que vão buscar as crianças na Escola Municipal Lapa, são abordadas e aí vem a perguntinha: quanto é o programa? E agora eu pergunto: quem vai fazer o quê?”

:: Vitória da ACP - Ponto facultativo na Copa (Site da ACP)

Juliano Blan, proprietário da

“Ufa! Com a decisão, o prefeito Gustavo Fruet, depois da pressão exercida pela ACP (Associação Comercial do Paraná), não irá decretar feriados nos dias de partidas que acontecerão na Arena da Baixada. Serão quatro jogos na Baixada, todos da primeira fase da Copa. No dia 16 de junho, Irã e Nigéria jogam às 16h – o ponto facultativo será decretado a partir das 12h. A mesma situação ocorre no dia 20 de junho, quando Honduras e Equador jogam às 19h, e no dia 26 de junho, quando Argélia e Rússia jogam às 17h. A exceção ocorre apenas no dia 23 de junho, quando Austrália e Espanha se enfrentam às 13h. A hipótese de fechar as portas do comércio bem nos dias em que a cidade estará repleta de estrangeiros querendo conhecer restaurantes, bares, pontos turístico e, principalmente, comprar, sinceramente, não deveria nem ter sido cogitada.”

By Brasil Impressões

:: Paraná lidera alta da produção industrial (Gazeta do Povo)

Já conhece a nossa fanpage?

Acesse e conheça nosso conteúdo virtual: facebook.com/jornaldocomerciohauer

5

“Produção industrial do Paraná cresce 18,4% e é a maior do País. A produção da indústria do Paraná cresceu 18,4% em fevereiro, conforme revelou a pesquisa do IBGE. Depois vem Amazonas (7,7%), Rio de Janeiro (1%), Goiás (0,8%), São Paulo (0,7%), Rio Grande do Sul (0,5%) e Santa Catarina (0,5%). Os porcentuais somam o desempenho da produção industrial dos últimos 12 meses, entre 16 setores pesquisados, apenas cinco tiveram resultado negativo.”


6

Edição quinzenal

SEGURANÇA

Segurança terá mais investimentos Pesquisas revelam que na lista de preocupações dos paranaenses a violência ocupa lugar de destaque. Ou seja, o avanço da criminalidade não escolhe classe social ou região para fazer suas vítimas. “A escalada do crime nos últimos anos atingiu seu limite e não pode mais avançar”, diz o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes. Defensor e proponentes de várias ações na área da segurança, Moraes vem acompanhando todas as políticas adotadas pelo governo do Estado para conter a violência em todas as regiões do Estado. “A capital paranaense é a que mais sofre com os altos índices de crimes, provocados, em sua maioria, pelo tráfico de drogas”, revela o deputado.

Para reduzir todas as estatísticas que servem de referência para o mapa da violência, elaborado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública, Moraes defende a aplicação de mais recursos na área. Uma saída provável para ampliar o orçamento do setor é a aplicação de R$ 161,3 milhões a serem liberados pela Secretaria do Tesouro Nacional. “O Programa Paraná Seguro deve ser beneficiado com esse volume de recursos”, defende. Para o deputado, a liberação do dinheiro será essencial para o andamento das políticas na área, em especial para a ampliação dos efetivos das polícias militar, civil e científica. “São medidas estratégicas e que precisam de recursos financeiros. A segurança pública é prioridade e necessita de investimento pesado”, insiste Moraes.

Foto: Divulgação

O deputado estadual Mauro Moraes é defensor e proponente de várias ações na área da segurança e acompanha todas as políticas adotadas pelo governo para conter a violência no Estado

Deputado Leopoldo Meyer recebe sindicato dos Taxistas de São José dos Pinhais O deputado federal Leopoldo Meyer recebeu a visita do presidente do Sindicato dos Taxistas de São José dos Pinhais, Arnaldo Alves Ribeiro, acompanhado pela advogada da entidade, Priscila Nery, Jolmar Mendes Nicola (Vermelho) e por Marlon Kreusch. Entre os assuntos abordados, o Sinditax pediu apoio ao deputado em Brasília em busca de direitos para taxistas idosos, no sentido de garantir a administração do seu táxi como fonte de renda familiar

em caso de doença ou falta de condições para dirigir sem o risco de perder sua concessão. O deputado Leopoldo Meyer colocou-se mais uma vez a disposição para ajudar a classe dos taxistas e lembrou a aprovação no ano passado pelo do Congresso da Medida Provisória que permite aos herdeiros do taxista falecido herdar também a autorização para exploração do serviço de táxi. O deputado Leopoldo Meyer recebendo representantes do Sinditax: apoio para a categoria

Foto: Divulgação


Edição quinzenal

INVESTIMENTOS

7

Governo vai construir nova rodovia entre Pontal do Sul e Praia de Leste O projeto prevê a restauração e duplicação da via existente, implantação de vias marginais, em ambos os lados, calçadas para pedestres e ciclistas nos locais onde ela atravessa os balneários Imagens: Divulgação

O projeto a ser elaborado prevê a restauração e duplicação da via existente, implantação de vias marginais, em ambos os lados da rodovia, calçadas para pedestres e ciclistas nos locais onde ela atravessa os balneários

O Governo do Paraná abriu licitação para a elaboração do projeto executivo de uma nova rodovia que irá ligar Pontal do Sul à Praia de Leste, dando acesso à PR 407. Todo o trecho será duplicado. O edital prevê também a elaboração de projeto de urbanização do atual traçado da rodovia, com a construção de calça-

das, binários e ciclovias e o projeto de recuperação do canal de drenagem. O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) vai investir mais de R$ 8 milhões na contratação dos projetos executivos e do estudo ambiental da faixa de infraestrutura entre a PR 407 e Pontal do Sul. A faixa de infraestrutura vai orientar os futuros projetos executivos para a construção da nova ferrovia entre Maracaju/Paranaguá/ Pontal do Paraná e das implantações das redes elétrica e de gás, além de drenagem e saneamento. A nova faixa de infraestrutura terá 23,2 quilômetros de comprimento, entre o entroncamento da PR 407 (Alexandra-Matinhos) e Ponta do Poço, em Pontal do Paraná. A faixa terá cerca de 220 metros de largura, ficando entre a área de proteção ambiental e o antigo canal da Suderhsa. Dentro da faixa serão construídas a nova rodovia, um ramal ferroviário, gasoduto, rede elétrica, o canal de drenagem e redes de saneamento vai ajudar também a proteger áre-

“De forma moderna, o Estado usa a faixa de infraestrutura para impedir o avanço às áreas ambientais e também junta em um só ponto - distante das áreas de balneários - evitando a ocupação urbana da cidade ao longo da rodovia e da ferrovia.” Beto Richa, governador do Paraná

as de preservação da Mata Atlântica da região litorânea. A previsão é investir mais de R$ 200 milhões na construção da rodovia e na modernização do canal. Com a melhoria será construída cerca de dois quilômetros antes do atual traçado da PR 412, que atualmente dá acessos aos balneários entre Praia de Leste e Pontal do Sul. A estrada será duplicada com quatro faixas e prevê a construção de quatro conectoras, que vão dar acesso aos balneários, evitando a entrada por Praia de Leste. A urbanização prevê ainda implantação de nova via paralela à PR 412, com aproximadamente 1.750 metros, saindo da PR 407, formando um binário. O projeto vai definir nova iluminação para esta rua e sinalização, além de readequação das redes de água, luz e concessionárias de telefonia e televisão. No edital, a empresa vencedora terá de apresentar projeto executivo para reabilitação do atual canal de drenagem, com 17,8 quilômetros de extensão, além de construção de mais 1,1 quilômetro de canal. O novo canal vai resolver um problema antigo da região litorânea, que são pontos de alagamentos. Quando estiver em funcionamento, permitirá a drenagem da chuva para dentro do canal. Desta maneira os resíduos e lixos que normalmente são arrastados pelas chuvas e jogados diretamente ao mar irão ao canal, melhorando a qualidade da água do mar e o impacto na balneabilidade.


8

Edição quinzenal


Edição quinzenal

TECNOLOGIA

9

Aplicativo que checa veículo furtado é um dos mais baixados do mundo Com o Checkplaca, o cidadão pode verificar se qualquer veículo é furtado ou roubado apenas digitando a placa para o aplicativo informar o modelo, as características e situação do carro na base de dados O Checkplaca, aplicativo para celular e computador lançado pelo Ministério da Justiça, já alcançou mais de 400 mil downloads, tornando-se o mais baixado na loja da Apple no Brasil e o 14º lugar no mundo. Com o Checkplaca, o cidadão pode verificar se qualquer veículo é furtado ou roubado. Basta digitar a placa para o aplicativo informar o modelo, as características e situação do carro na base de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública do Ministério da Justiça (Sinesp). Quando o aplicativo detecta algo irregular, o sistema avisa e dá a opção de o usuário ligar, sem ter que se identificar, para a polícia, que manda uma equipe ao local para verificar a situação. O aplicativo também é utilizado pelas forças policiais. Gratuito, o programa está disponível para dispositivos como os sistemas operacionais IOS (Apple) e Android. O Ministério da Justiça informou ainda que 50 veículos foram recuperados graças ao aplicativo, com média de um por dia. Mais de 5 milhões de consultas já foram feitas, com média

de 150 mil diariamente. Em 2012, foram furtados 248.755 e roubados 203.844 veículos. Segundo o ministério, os números de 2013 ainda não estão fechados. Em janeiro, o Ministério da Saúde aproveitou a Campus Party para lançar um aplicativo que permite a usuários de todo o Brasil fazerem seus pedidos de atendimento por meio de smartphones. Integrado ao E-SUS Samu (sistema disponibilizado gratuitamente aos gestores municipais e estaduais para acompanhar cada passo do atendimento aos pacientes durante uma ocorrência), o aplicativo permite, entre outros benefícios, que o paciente acompanhe o trajeto do veículo e saiba em quanto tempo a ambulância chegará ao local, evitando, assim, uma possível desistência quando a equipe de socorro já estiver a caminho. Testado no Carnaval, em Salvador e futuramente durante os jogos da Copa do Mundo, o aplicativo possui integração com o perfil do usuário no Facebook, permitindo que o usuário escolha familiares ou amigos para serem acionados, automaticamente, em caso de emergência.


10

Edição quinzenal


Edição quinzenal

11

CAPA

Procon aponta diferenças de quase 117% nos produtos de Páscoa Diferença gritante obriga consumidor a pesquisar preços antes de comprar

A escolha é sua. Quer pagar quanto?

$ R

16

$ R

90

9,

90

9,

79

, 19

+

+

2,

91

, 12

$ R

$ R

=

+

$ R

91

, 12

98

, 27

=

$ R

$ R

As diferenças de preços dos produtos de Páscoa podem chegar a quase 117% de um estabelecimento para o outro. Esse é o resultado apontado por uma pesquisa realizada pelo Procon/PR entre os dias 24 e 28 de março, que abrangeu 217 itens das marcas Arcor, Ferrero, Garoto, Kinder, Lacta e Nestlé, em 10 estabelecimentos comerciais de diferentes bairros de Curitiba. De acordo com a pesquisa, a maior diferença encontrada foi do ovo Classic ao Leite Nestlé, n° 15, 240g, cujos preços variam de R$ 12,91 a R$ 27,98, uma diferença de R$ 15,07, apontando uma variação de 116,73%.

Outra diferença significativa é do ovo Serenata de Amor ao Leite da Garoto, n° 12, 130g, que foi encontrado com preços entre R$ 9,90 e R$ 19,79, variação de 99,90%. Entre os bombons, a maior variação de preço foi constatada o Bon o Bon Original Arcor, pacote, 195g, com preços entre R$ 6,98 e R$ 11,50, variação de 64,76%. Nos tabletes, a maior variação de preço é do Tablete Shot Branco Lacta, 170g, cujo preço mínimo é de R$ 3,45 e o preço máximo é de R$ 5,49, variação de 59,13%. A Diretora do Procon-PR, Claudia Silvano, lembra da importância de se fazer um planejamento prévio de quanto se pode e se pretende gastar com as compras de Páscoa. Além disto, é importante fazer uma pesquisa de preços, pois a diferença nos vários estabelecimentos é realmente significativa. A pesquisa completa pode ser acessada na internet, na página do Procon/PR, www.procon.pr.gov. br, no link “Pesquisas”.

A multiplicação dos ovos de Páscoa Criatividade da indústria do chocolate traz opções para todo tipo de consumidor De alguns anos pra cá, é possível notar um aumento expressivo na variedade de ovos de Páscoa. Aos poucos, o tradicional ovo de chocolate ao leite foi abrindo espaço para variações inspiradas em bombons e tabletes famosos. Do mesmo modo, o interior dos ovos, que antes eram recheados basicamente com bombons, leva hoje novos atrativos, cativando especialmente a criançada. Miniaturas, pelúcias, brinquedinhos voltado exclusivamente para meninas ou meninos, personagens da moda e um “sem fim” de opções transformam os corredores dos supermercados em um mundo mágico. O tradicional coelhinho de chocolate ainda permanece firme e forte, mas também tem ganhado versões cada vez mais encorpadas e embalagens cada vez mais atra-

Páscoa para todos

Foto: Kamilla Almeida

A democratização dos ovos de Páscoa também chegou a um público que antes via a data como uma época de tortura. São os ovos diet, sem lactose, sem colesterol e sem glúten, que trouxeram um toque especial à Páscoa de quem tem restrições alimentares leves ou severas.

Vanderlei Trindade, gerente geral da rede de supermercados Jacomar, apresenta as novidades da linha especial de ovos diet, light, sem lactose e sem glúten

entes. Até o assunto do ano, a Copa do Mundo de Futebol, invadiu a Páscoa e a taça de campeão virou ovo de chocolate. A estrela do momento este ano é o ovo de colher, que antes era produzido apenas artesanalmente. A indústria, inspirada pela ten-

dência das confeitarias, trouxe a novidade no ano passado de maneira mais experimental e, este ano, veio com força total. Várias marcas lançaram suas versões do ovo de colher, com mousses, massas de brigadeiro, confeitos e, claro, a colher.

Grandes marcas finalmente resolveram aderir às opções com mais cacau e menos gordura, dietéticos, zero lactose e zero glúten e já tem até concorrência na gôndola, o que é um bom sinal, já que os produtos especiais geralmente possuem preços mais elevados que os comuns. Produtos à base de soja e à base de alfarroba estão ganhando um destaque nunca antes visto e cada vez mais adeptos. Seja nos supermercados ou nas lojas especializadas dos shoppings, o consumidor já pode presentear quem ama.


12

Edição quinzenal

JUSTIÇA

Aceito!

Direito & Cia Coluna quinzenal sobre direito empresarial

Foto: Everson Bressan/SMCS

388 pessoas disseram “sim” durante casamento coletivo realizado na Regional do Boqueirão

Maryany Santana Alfonso não abriu mão da tradição e só deixou o noivo, Liber Rossi Martinez, 23 anos, ver o vestido da noiva na hora do casamento

O aniversário de Curitiba foi duplamente comemorado neste sábado (29) pelas mais de dez mil pessoas que participaram do programa Justiça no Bairro, na Rua da Cidadania do Boqueirão. O programa faz aniversário junto com a cidade e festejou seus 11 anos de atividades com um casamento coletivo que reuniu 194 casais, e com a oferta de uma série de serviços à comunidade. Idealizadora do programa, a desembargadora parabenizou a cidade por seu aniversário. “Curitiba ganha e ao mesmo tempo nos dá um presente nesta data importante em que comemoramos 11 anos do projeto. Ficamos felizes em trazer o judiciário para mais per-

to da população de forma efetiva e ver quantas pessoas resolvem seus problemas no Justiça no Bairro”, afirmou. O casamento coletivo começou logo depois da solenidade de abertura. Os 194 casais foram abençoados por um sacerdote e assinaram o documento civil oficializando sua união. Maryany Santana Alfonso não abriu mão da tradição e só deixou o noivo, Liber Rossi Martinez, 23 anos, ver o vestido da noiva na hora do casamento. Moradores do bairro Pinheirinho, eles comemoraram o momento com muita alegria. “É um dia especial para nós, pois estamos realizando um sonho e como manda a tradição” disse Maryany.

PUBLICIDADE LEGAL

Edital EDITAL DA: 21ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE CURITIBA AÇÃO: PRODECIMENTO ORDINÁRIO AUTOS NºS: 12349-36.2008.8.16.0001 REQTE: ARNALDO FERREIRA MULLER E OUTRO REQDO: EDSON LUIZ GODOY E OUTROS

:: Por Ricardo Vinhas Villanueva Advogado Empresarial ricardo@villanueva.adv.br

Plano de saúde é obrigado a pagar tratamento fora do hospital O cidadão brasileiro e as empresas, que contratam a prestação de serviços de plano de saúde, sempre estão se deparando com a negativa dos operadoras de saúde em arcar com os tratamentos ou fornecimento de medicação de custo elevado quando ocorre fora de hospital (ambulatorial /homecare). A alegação é que o plano de saúde só cobre o tratamento se o paciente estiver internado em alguma unidade de saúde. Ocorre que a justiça, em diversas decisões, já se manifestou que o plano de saúde é obrigado a financiar o tratamento, seja em estabelecimento de saúde ou fora, já que o paciente contratou o tratamento e não apenas a internação. O fato ocorre sempre que o paciente precisa de tratamento, em muitos casos, é preciso de medicamentos de alto custo, como por exemplo: doenças cancerígenas, diabetes, hepatite, HIV, etc. Todavia, para o consumidor conseguir obter tais medicamentos é preciso recorrer ao poder Judiciário para ter seu direito ao tratamento garantido. Assim decide os tribunais: APELAÇÃO. PLANO DE SAÚDE. NEGATIVA DE FORNECIMENTO DE MEDICAMENTO TARCEVA (CLORIDATO DE ERLOTINIBE) PARA TRATAMENTO DE CÂNCER. MEDICAMENTO FORA DO ÂMBITO HOSPITALAR. COBERTURA DEVIDA. RECURSO ADESIVO. HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS MAJORADOS. Hipótese em que a negativa de fornecimento do medicamento Tarceva, sob a alegação de se tratar de tratamento domiciliar, não se sustenta. Os planos de saúde podem estabelecer quais as doenças que serão cobertas, mas não podem limitar o tipo de tratamento a ser alcançado ao paciente. Ademais, a parte autora demonstrou a emergência ou urgência na... (TJ-RS - AC: 70046234027 RS , Relator: Gelson Rolim Stocker, Data de Julgamento: 29/02/2012, Quinta Câmara Cível, Data de Publicação: Diário da Justiça do dia 06/03/2012) Vale destacar que a Lei de Planos de Saúde (Lei 9.656/98) garante aos consumidores contratantes de planos de saúde a cobertura de todas as patologias listadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e as que estiverem ausentes do rol também são passíveis de serem pleiteadas em juízo. Portanto, em caso de negativa de plano de saúde em fornecer o tratamento, prudente o consumidor obter a negativa por escrito, se possível e, na sequência, procurar seus direitos através de demanda judicial para garantir o direito a saúde.


APRENDER E CONSTRUIR O FUTURO.

Erasto Gaertner, 4 vezes consecutivas, o melhor* Colégio da região.

*A maior nota (média) em todas as avaliações do ENEM.

*A maior nota (média) em todas as avaliações do ENEM.

Ampliar o conhecimento e formar cidadãos com valores para toda vida. Educação respeitosa e humana, dedicada para cada indivíduo. O Colégio Erasto Gaertner olha sempre à frente e oferece a melhor estrutura, com professores capazes de abordar os conteúdos pedagógicos de forma envolvente e instigante. Tudo seriamente planejado para o aluno assimilar o máximo da aula e ter o melhor aprendizado.

Sebastian Nível 5 Futuro bombeiro

. o h l fi u e s e l u c i r t a M Educação Infantil | Integral | Fundamental | Médio E R A S T O. C O M . B R facebook.com/colegioerasto

Dr. Danilo Gomes, 834

(41)

3376-4566

C O L É G I O

ERASTO GAERTNER


16

Edição quinzenal

OPINIÃO

A maldição da burocracia Por José Pio Martins

Nos Estados Unidos, circula na internet uma inscrição estampada em camisetas que, de forma irônica e direta, denuncia o excesso de burocracia e intervenção governamental na vida das pessoas e das empresas. A mensagem diz o seguinte: • Teorema de Pitágoras: 24 palavras • Pai-Nosso: 66 palavras • Princípio de Arquimedes: 67 palavras • Os Dez Mandamentos: 179 palavras • Declaração de independência dos EUA: 1.300 palavras • Normas do governo americano sobre venda de repolhos: 26.911 palavras Segundo o dicionário Houaiss, burocracia é “sistema de execução da atividade pública, especialmente da administração, por funcionários com cargos bem definidos, e que se pautam por um regulamento fixo, determinada rotina e hierarquia com linhas de autoridade e respon-

sabilidade bem demarcadas”. A definição pejorativa de burocracia é “sistema encarado como estrutura ineficiente, inoperante, morosa na solução de questões e indiferente às necessidades das pessoas”. Para os economistas, a burocracia se insere na definição mais ampla de intervencionismo estatal, forma de coerção legal que obriga os indivíduos e as organizações a agirem diferente do que fariam se não houvesse a coerção. Mas existe a coerção boa, aquela que disciplina a vida em sociedade e o comportamento compatível com o interesse público. Por exemplo, se fábricas são proibidas de lançar poluição no meio ambiente e se somos proibidos de dirigir embriagados e passar certo limite de velocidade, trata-se de uma coerção positiva. Nas sociedades modernas, a coerção é uma necessidade. Se nenhuma regulação houvesse, voltaríamos à lei da selva, na qual o mais forte imporia sua vontade ao mais fraco. Seria o caos. O problema, entretanto, está em outro lugar. Está no excesso de intervenção malfeita e que em nada atende ao interesse

público. A missão, difícil, dos governantes é distinguir entre a intervenção boa e a ruim; entre aquela que faz o bem e a que prejudica; entre a que estimula a criação de riqueza e a que vai na direção contrária. Achar a linha divisória entre uma coisa e outra depende de conhecimento técnico e sabedoria política, elementos escassos na fauna política moderna. Para medir a intervenção estatal na vida das pessoas e das empresas, os economistas usam a expressão “custos de transação”, instrumento de cálculo que permite identificar tais custos em termos econômicos. O exemplo do repolho é interessante. Uma norma com 26.911 palavras cria um inferno burocrático cujo resultado é o desestímulo à produção de repolhos. No Brasil, a coisa é pior. Afif Domingos, ministro titular da Secretaria da Micro e da Pequena Empresa, declarou que está numa cruzada para reduzir o prazo de abertura de uma empresa de 107 dias para 3 dias. Trata-se de uma maldição burocrática, que atrapalha o crescimento econômico e ainda exige

tributos da população para pagar a máquina estatal encarrega de executar a loucura documental. E o que é pior: para nada serve esse inferno cartorial, a não ser que atrasa e empobrece a nação, pois, para cumprir o papel de regular a atividade econômica e cobrar tributos, o mundo conhece fórmulas muito mais simples e muito mais eficientes.

José Pio Martins, economista, é reitor da Universidade Positivo

QUE TAL DIVULGAR SUA EMPRESA PARA MAIS DE 30 MIL LEITORES? Economia com distribuição e fixação da marca

Estimula o consumidor e a decisão de compra

Maior volume de informações

Alcança grande número de clientes

Fácil manuseio e transporte dos exemplares

Permite a inclusão de encartes

HAUER

BOQUEIRÃO

ALTO BOQUEIRÃO

XAXIM

GUABIROTUBA

jornaldocomerciohauer

UBERABA

3039-2986


17

Edição quinzenal

Aberto à comunidade para todas as idades.

Espanhol Preparatório para certificação internacional

Futsal Ginástica Rítmica Handebol Judô

Conversação Aulas Residencial e Empresarial Intensivo de férias

Vôlei Xadrez Atividade Física para adultos e 3º idade

Balé Coreografia

Jazz Teatro

Artes Música

Super Cérebro Raciocínio lógico Cálculo mental Concentração

Robótica Genius Líder

Teclado Violão Guitarra Contrabaixo Piano

Artes Cênicas Tecnologia Esportes Idiomas

Alemão Inglês

Flauta doce Canto Coral infantil Musicalização infantil Teoria musical

Feltro com pedrarias Macramê

Corte e costura Mosaico

Desenho artístico Crochê Artesanatos em Geral

Pintura em tela Scrapbook Textura em tela

Bordados

Tricô

Júnior Achievement Fotografia Sonoplastia Web Designer Marketing Digital Técnicas de Redação Técnicas para aprendizagem de Língua estrangeira

Paisagismo Horta infantil Limpeza de pele Auto maquiagem / Penteados Depilação egípcia (a fio) Oficina de Graffiti Cursos de férias Meia de seda Culinária

R u a Da n il o Gomes, 740 | Boque irão C u rit ib a | PR | C EP 81670-250 F on es : 3 0 51-9706 e 3051-9729 c en t r ocu ltur al@c entr oc u lturale g.com .br

Desenvolvimento Pessoal e Profissional

Mais de 50 cursos em um só lugar!

www.cent rocul t ural e g.c o m.br

Apresente este anúncio e ganhe uma aula experimental gratuita!


FACULDADE FIDELIS.

S O V S O NO S UR C

QUALIDADE SUPERIOR AQUI NO SEU BAIRRO.

A GRADUAÇÃO QUE VOCÊ QUER.

80%

DOS PROFESSORES SÃO PHDS, DOUTORES E MESTRES

2

*Lançamento – aguardando publicação do Ato Autorizatório, pelo M.E.C.

mc

C

ELO AADD A PE AALE AIPD ROV QTEU STAD

MEC

ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS*

MBA - GESTÃO DE NEGÓCIOS (420 h)

PEDAGOGIA*

GESTÃO DE RH

TEOLOGIA

TEOLOGIA PRÁTICA (ESPECIALIZAÇÃO - 360 h)

INTEGRALIZAÇÃO DE CRÉDITOS

METODOLOGIA PARA ENSINO PRESENCIAL E À DISTÂNCIA (ESPECIALIZAÇÃO - 390 h)

(ESPECIALIZAÇÃO - 390 h)

14 0 2 R A L U VESTIB

CURSOS LIVRES • FINANÇAS PESSOAIS • LEIA O LIVRO, LIVRO POR LIVRO • COMO CRIAR SEUS FILHOS • Conheça em nosso site diversos outros cursos disponíveis.

Agende sua prova pelo site fidelis.edu.br ou ligue 3376-4566

fidelis.edu.br

A PÓS-GRADUAÇÃO QUE VOCÊ PRECISA.

(41)

3376-4566

Rua Dr. Danilo Gomes, 834 Boqueirão


Edição quinzenal

VIDA SAUDÁVEL

19

Ritmos latinos invadem as academias Academia Evolution oferece aulas de Zumba, uma modalidade para todas as idades A Zumba é um programa fitness criado pelo bailarino e coreógrafo de Miami, Alberto “Beto” Perez, e incorpora vários estilos de dança latina. A seleção de músicas vibrantes e contagiantes torna o exercício divertido, mas também intenso e aeróbico, o que auxilia no emagrecimento e ajuda a esculpir e tonificar o corpo. O criador da modalidade garante que é possível a pessoa queimar mil calorias em apenas uma hora de aula. A professora de Zumba da Academia Evolution, Camila Pontes, explica que existem algumas subclasses da Zumba, cada uma voltada para um público diferente, já que não há limite de idade para a prática. “Existe a Zumba Kids, voltada para crianças e bebês, a Zumba Gold, para idosos e até mesmo a Zumba Tetra e Aqua Zumba, para portadores de necessidades especiais.O que estourou mesmo aqui no Brasil nos últimos três anos foi a Zumba Fitness, que mistura quatro ritmos latinos – salsa, merengue, cumbia e reggaeton – e que foi bastante divulgada após a parceria feita entre o criador Beto Perez e a cantora Claudia Leitte. Além dela, outras estrelas mundiais, como Jennifer Lopez e Shakira, ajudaram a popularizar a Zumba, que já é sucesso fora do Brasil há cerca de dez anos. De acordo com a professora Camila, um instrutor de Zumba credenciado recebe orientações quanto à movimentação coreográfica

Foto: Kamilla Almeida

A Zumba Fitness ajuda a queimar até 1.000 calorias em apenas 1 hora

e quanto ao repertório, mas também possui liberdade para colocar um toque pessoal nas aulas. “É realmente muito divertido e as músi-

cas são muito contagiantes. A Zumba completa chega a ter dez ritmos, incluindo até o tango e a dança do ventre”, comenta.

Dr. Sergio Viapiana Médico veterinário CRMV/PR 2825

Fone

Consultas

Endoscopia

Rinoscopia

Cirurgias

Exames laboratoriais

Conoscopia

Vacinas

Ecocardiograma

Ultrassonografia

Internamentos

Raio X

Pet shop

41 3275-8558

Celular

41 9974-5489

(conveniado PET imagem)

E-mail

viapiana@hotmail.com

Rua Waldemar L. de Campos, 4388 Xaxim - CEP 81.830-000 - Curitiba PR


Edição quinzenal

COMUNICAÇÃO

Sem divulgação não dá Sabemos que propaganda é a alma do negócio e que se você, empresário, não anunciar, vai se “estrumbicar”, como diria o saudoso Chacrinha. Prefiro acreditar que este conceito seja mais uma crença enraizada do que de má-fé. Folclores à parte, sabemos que mostrar sua marca é extremamente importante. Entretanto, se o seu produto, serviço ou projeto não tiver alma, o peixe morre pela boca. O consumidor está cada vez mais educado, ciente e sabendo o quê quer. Publicidade esta cada vez mais próximo do cliente. Tal estreitamento de relação deve ser feito com inteligência é claro. Criatividade sim, mas definitivamente alinhada com a estratégia da empresa, que deve estar amarrada ao perfil do consumidor-alvo de seus produtos, serviços ou ideias. Anúncios e as demais ferramentas da comunicação, como promoção, merchandising, são cruciais para o sucesso de qualquer ação de divulgação de marca ou da empresa. Na Internet, tudo fica mais claro, mais aberto, mais rico. A propaganda online, por mais incipiente que seja, hoje, será o catalisador da convergência de mídias de amanhã. É aí o jogo começa.

Duvida? Então pergunte ao consumidor qual é o primeiro lugar onde ele procura informações sobre uma empresa com quem ainda não tem um processo de relacionamento contínuo? No Web site, é claro. O dono, gerente ou administrador deve ficar atento ao poder da divulgação. Independentemente do meio de comunicação a ser usado. A marca da sua empresa precisa estar na rua, e de preferência na mão do consumidor. Seja por meio de publicação em jornais locais, panf letos ou folder’s. Algo deve ser feito, no entanto, é preciso ter cuidado com a qualidade do produto que você utiliza para mostrar sua empresa. No caso de jornais impressos, por exemplo, antes de anunciar é preciso analisar a linha editorial do veículo de comunicação, ou seja, o conteúdo publicado nele. Será que essas matérias atraem seus clientes. No caso dos panfletos e folder’s é importante saber se o material esta sendo entregue é bem produzido. Gráficas apenas imprimem os papéis e na maioria das vezes não possuem departamentos de criação com designer ou publicitários. Isso sem falar no risco da sua publicidade ir para o chão ao invés de ir para a casa do consumidor.

21


22

Edição quinzenal

MEIO AMBIENTE

O que fazer com pilhas e baterias velhas? Se você já se fez essa pergunta e ficou sem resposta, nós vamos te ajudar As pilhas e baterias velhas são materiais que precisam de descarte correto. Esses materiais preocupam as autoridades porque possuem substâncias como mercúrio, cádmo, chumbo, zinco-manganês e alcalino-manganês, que podem ser prejudiciais à saúde e ao meio ambiente. Há estudos que mostram que algumas substâncias podem levar à anemia, a problemas neurológicos e ao desenvolvimento de câncer. No meio ambiente, o descarte das pilhas e baterias pode atingir os lençóis freáticos, o solo e a alimentação. Existem regras específicas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para o uso, descarte, transporte e reciclagem de pilhas e baterias. O material deve ser descartado em coletas seletivas próprias, que podem ser encontradas em postos de vendas e em fábricas, mas jamais em lixos comuns. Também haverá um lugar específico para o descarte destes materiais e os recipientes de lixo devem, necessariamente, apresentar um símbolo como “X” para facilitar a coleta e evitar a mistura de pilhas e baterias com outros resíduos. Os nomes das empresas fornecedoras e responsável pela reciclagem, a destinação, o aterro utilizado pelas companhias e os procedimentos adotados no processo também deverão ser informados. O rigor também existe para o transporte do material, informando

Foto: Ricardo Dias

O descarte incorreto das pilhas e baterias pode ocasionar a contaminação de lençóis freáticos, solo e alimentos

sobre os envolvidos no processo e os locais de origem e destino. MEDIDAS LOCAIS: A Prefeitura de Curitiba tem um calendário de coleta do lixo tóxico. Pilhas, baterias, toners, embalagens de inseticida, tintas, colas, solventes, remédios vencidos, óleo de cozinha e lâmpadas fluorescentes, em pequenas quantidades, devem ser separados pela população e entre-

gues aos caminhões de coleta que ficam estacionados em terminais de ônibus nas datas marcadas. O material deve ser armazenado em casa e separado do restante do lixo para evitar riscos à saúde e ao meio ambiente. A coleta nos terminais é realizada de segunda-feira a sábado, das 7h às 15h. O veículo é identificado e fica, cada dia da semana, estacionado em um terminal de ônibus da cidade.

Calendário de Coleta 2014 Terminal do Boqueirão – 6 Jan, 5 Fev, 6 Mar, 4 Abr, 6 Mai, 5 Jun, 4 Jul, 5 Ago, 4 Set, 4 Out, 5 Nov, 4 Dez Terminal do Hauer – 11 Jan, 11 Fev, 12 Mar, 10 Abr, 12 Mai, 11 Jun, 10 Jul, 11 Ago, 11 Set, 10 Out, 11 Nov, 10 Dez Terminal do Carmo – 22 Jan, 21 Fev, 22 Mar, 23 Abr, 22 Mai, 23 Jun, 21 Jul, 21 Ago, 22 Set, 21 Out, 24 Nov, 20 Dez

O calendário pode ser consultado no site: coletalixo.curitiba.pr.gov.br/ lixotoxico.aspx ou pelo telefone 156.


23

Edição quinzenal

Frentista, não passe do limite Foto: Venilton Küchler/SESA

Colchão Conjunto Box

“Não passe do limite – Complete o tanque até o automático”. A mensagem alerta frentistas e consumidores sobre os riscos de abastecer os automóveis “até a boca”, o que aumenta a exposição do frentista ao benzeno, substância cancerígena presente no vapor da gasolina. A campanha, que vale para postos de combustível de todo o estado, foi lançada no dia 26 de fevereiro, em Curitiba, pelo secretário estadual da saúde, Michele Caputo Neto, e contou com a presença de representantes de diversas entidades representativas do setor de combustíveis. A equipe do Centro Estadual de Saúde do Trabalhador também realizou ações educativas, mobilizando mais de 2,6 mil postos de combustíveis em todas as regiões do Estado. O secretário disse que o objetivo da campanha é reduzir o número de casos de trabalhadores intoxicados após a exposição ao benzeno. Com a bomba no automático, o frentista pode manter uma distância segura do tanque e ficar menos exposto à inalação do

benzeno. A medida também evita que o combustível excedente liberado cause danos ao veículo, como falhas no motor. Atualmente, a intoxicação por benzeno é uma das principais causas de adoecimento e afastamento de trabalhadores em postos de combustíveis. Projeto de Lei A campanha estadual acompanha ato do Sinpospetro lançado na Câmara Municipal, no dia 17 de fevereiro, voltado a quem abastece na capital, região metropolitana e litoral. “A ideia é convencer os motoristas obedecerem ao limite eletrônico fixado na fábrica na hora de completar o tanque. Quando o frentista enche até a borda, faz com que os profissionais sejam expostos a gases tóxicos”, explica Lairson Sena, presidente do Sinpospetro. Durante o ato na Câmara Municipal, o Sinpospetro sugeriu que os vereadores façam uma lei proibindo o abastecimento além do limite eletrônico, a exemplo do que já existe em outros estados.

Canto Alemão

TUDO

12 X

em

sem juros no cartão

Sofá em Couro

Av. Marechal Floriano Peixoto, 6.391 - Hauer

Fone: 3078-1696


24

Edição quinzenal

BELEZA

C LOSET DE PRINCESA

BOTA A 12R A 0O 1F

Kamilla Almeida é blogueira e colunista de moda kamy.almeida@hotmail.com

2º piso LS 25

DE ABRIL

11 A 13

T

DE ABRIL

litarismo por suas cores frias e recortes grosseiros. Podem ser usadas com blusas de algodão, de preferência em cores claras, ou blusas de fio proporcionando um contraste no look. As botas de cano baixo são companheiras das calças de couro, não só pela questão visual, mas também pela praticidade que trazem consigo. Elas aparecem nas vitrines em diversos modelos: skinny, flare, reta, pescador, com bolso, sem bolso, etc. Adequando-se aos vários tipos de corpo.

Boutique de Calçados Femininos Produtos que unem conforto, alta qualidade e as últimas tendências da moda.

Fotos: Divulgação

endência para o inverno, as calças de couro vieram para substituir os jens e dar um charme no seu guarda-roupa. Claro que nada substitui para sempre o bom e velho jeans, mas essa tendência é uma estratégia para você que quer inovar o seu closet. As calças de couro remetem às bandas de rock dos anos 80, época em que essa moda se espalhou, e voltam com tudo para o inverno 2014. Chamam atenção também para o mi-

Quer ficar ainda mais interada sobre o mundo da moda? Acesse o site www.portalexclusiva.com Todos os dias com dicas de moda, beleza, saúde e relacionamento!


Edição quinzenal

r Mülle t s e rn Rua E way ng Hemi

Xaxim

HISTÓRIA DA MINHA RUA Jornalista e escritor norte americano, Ernest Müller Hemingway nasceu em Oak Park (USA) em 21 de julho de 1898. Viveu em Cuba por diversos anos e também na África. Foi correspondente de guerra durante a Guerra Civil Espanhola, que serviu de inspiração para uma de suas maiores obras: “Por quem os sinos dobram” (1940). No mesmo ano, foi correspondente na China junto com sua terceira e penúltima esposa, Martha Gellhorn, que também era jornalista e

Imagem: Divulgação

GERAL

escritora. Também cobriu a 2ª Guerra Mundial junto à Real Força Aérea, presenciando momentos importantes, como o Dia D. Foi ferido gravemente diversas vezes e por muito pouco não morreu, e recebeu o Prêmio Nobel de Literatura em 1954. Vivia um estado depressivo irreversível, razão pela qual suicidou-se em sua casa de campo em Sun Valley, nos Estados Unidos, em 2 de julho de 1961. Quase exatamente 35 anos depois de sua morte, em 1° de julho de 1996, uma de suas filhas, a atriz Margaux Hemingway, suicidou-se em Santa Mônica, Califórnia. Ela se tornou a quinta pessoa, em quatro gerações de sua família, a cometer suicídio.

“The Sun Also Rises” (1926), “O Adeus às Armas” (1929), “Ter e Não Ter” (1937), Por Quem os Sinos Dobram” (1940), “Do Outro Lado do Rio e Nas Árvores (1950) e “O Velho e o Mar” (1952) são importantes obras do autor.

Tainha recheada :: Por: Rossana Queiroz

Ingredientes: • Tainha pequena e limpa • 1 colher (café) de sal • Pimenta do reino a gosto • Suco de 1 limão • ¼ xícara (chá) de azeite de oliva • 2 limões sem casca e sem pele, cortados em fatias grossas • 500g de mandioquinha cortada em fatias finas • 2 cenouras cortadas em palitos grossos • 2 abobrinhas cortadas em fatias • 2 alhos porós cortados ao meio na vertical

Modo de preparo: 1. Tempere o peixe com o sal, a pimenta, o suco de limão e metade do azeite 2. Coloque os gomos de limão dentro da barriga do peixe 3. Feche com palitos e amarre com um barbante de cozinha 4. Forre uma assadeira com as cebolas, coloque o peixe e leve ao forno médio (108°C) préaquecidos, por 40 minutos 5. Retire a assadeira do forno e espalhe os legumes ao redor do peixe 6. Regue com azeite que restou e, se necessário, acrescente ½ xícara (chá) de água fervente. 7. Asse por mais 20 minutos ou até que o peixe solte em lascas quando espetado e os legumes estejam dourados. 8. Sirva em seguida

Rossana Queiroz

Proprietária do Restaurante “O Caipira” E-mail: ro2908@hotmail.com

25


26

Edição quinzenal

2

3

4

5

6

LEGENDAS

1

1. O professor de educação física e instrutor da Academia Evolution, Claudinho Roberto, apresenta sua princesinha Rafella que acaba de vir ao mundo. 2. Feliz aniversário para Sandra Regina Biondo. A simpática bancária comemorou aniversário em 29 de março. 3. O delegado Wilson Toledo ficou mais experiente neste mês. Parabéns ao delegado que tem como hobby a corrida de rua. 4. O vereador Beto Moraes em visita ao Jornal do Comércio Hauer. O parlamentar foi recebido pelo jornalista Ricardo Dias. 5. Parabéns a Cyda Villa Nova, diretora da Emgrab (Associação dos Empresários do Grande Boqueirão) que comemorou aniversário no início deste mês. 6. A bela Kimberlly Almeida comemora aniversário nesta quinzena. Desejamos felicidades e muitas realizações em sua vida.

HAUER “O tempo passa o tempo voa e a poupança Bamerindus continua numa boa!” Os leitores mais “das antigas” com certeza lembram que esta frase faz parte de um dos jingles mais famosos da história do marketing brasileiro. Para que os mais “novinhos” entendam aí vai a explicação: Ao trecho citado acima era o slogan do extinto Banco Bamerindus, Banco Mercantil e Industrial do Paraná S/A, e que foi comprado pelo HSBC em 1997. A tampa do duto de fiação com a logomarca impressa ainda resiste ao tempo e serve como condutor entre o passado e os dias hoje. A curiosa cena com as logomarcas dos dois bancos foi captada na rua Coronel Antônio Ricardo dos Santos, no Hauer.

Participe dessa coluna você também! Envie imagens de situações curiosas de seu bairro para pauta@jornaldocomerciohauer.com.br

Foto: Alex D’Avila

Imagens do Bairro


Rio e São Paulo, tornado Parque Nacional em 72 Colaboradores da Copa de 2014

"(?) Chama", sucesso de Lobão

© Revistas COQUETEL

Boca de (?), crime cometido em dias de eleição Docemente prostrada

Armadilha para peixes EcossisSede da tema entre FAO Rio e São Paulo, tornado Parque Nacional em 72

Colaboradores da Copa de 2014

Impera Acordo geralmente ilícito

Pedras utilizadas para amolar facas Clara em (?), ingrediente do suflê

Tiro ao (?), modalidade olímpica

Cada unidade de um filme

vínculo afetivo.

Símbolo de coulomb (Fís.)

Abreviatura de "torre", na notação do xadrez Incluir em uma lista

Leão: Não radicalize as coisas, nem todas as pessoas estão com a mesma diplomacia

Que sofreu que você para lidar com novos hábitos. Não oposição entender (a opinião) (gíria) Empresa Maior academia miltar que reven(?) a forma que você diz Virgem: Cuide com América Latina, de producertas coisas, Marchiori, pois confidências e assuntos da em Resende (RJ) tos estransocialite íntimos serão brasileira vividos de forma intensa na Ampère (símbolo) geiros

São Bernardo, no ABCD paulista

vida afetiva.

BANCO Déspota Ouvido, (?), impe- em inglês rador co- Fazem mo José II preces

Que sofreu oposição (a opinião) Empresa que revende produtos estrangeiros

Paul (?) Resta, piloto inglês de F1

Tablet fabricado pela Apple (Inform.)

Não entender (gíria)

Ceder para instituição de caridade

Jogos que você já conhece em um

NOVO

Saudação comum entre jovens

formato

Maior academia miltar da América Latina, em Resende (RJ) Ampère (símbolo)

(?) Marchiori, socialite brasileira

Tem como finalidade

Acabamento em Espiral

+

Capa Dura

3/ear. 4/cava — ipad — pari. 7/arrolar. 8/caruncho. 9/langorosa. 11/esclarecido.

NOVO formato Acabamento em Espiral

+

Capa Dura de 75 jogos

Solução P I L A R T A RI O S N M E A G U A R V O R R C H A O I S A D M A N I A P T B E C I D O D N C I R I A D A P O I A M A N A D O R A

Jogos que você já conhece em um

30

C U D E S C AR R V O L U N D O M I N A M C C O N C H A R E O L C A V A V C L E P T O E E E S C L A R E A R C O N T R A R A I O B A V AL I M P O R T

BANCO

Consoante que Cebolinha troca pelo "L" (HQ) Local de compra de lanche nas escolas

Elemento Libra: Será necessário mais compreensão da litosfe- com seus familiares e cordialidade com as ra (Geol.) Proibir diferenças de pensamento. Dia (?): marco da Segunda Guerra Escorpião: Viva com simplicidade dando

Câncer: Aproveite para fazer mudançasPaul (?) Ouvido, Déspota em atividade, inglês em sua já que seus relacionamen-Resta, pi(?), imperadortos co- não Fazem estarão em um bom momento. loto inglês mo José II preces de F1

Dia (?): marco da Segunda Guerra

Tem como finalidade

Tendência compulsiva para o roubo

DesignaÁries: Cuidado com Oa conteúansiedade diante ção dodas es- relações. Respeite os do costumes do jore tradipumante nal sensações que envolvam as pessoas espanhol cionalistaas quais tem

de expor o que pensa, principalmente com familiares.

Elemento da litosfera (Geol.) Proibir

O conteúdo do jornal sensacionalista

HORÓSCOPO QUINZENAL

Tendência Cada Abreviatura de "torre", compulsiunidade Gêmeos: Interaja com seu grupo de ami-do xadrez na notação va para o de um zades. Cuidado com impulsos na maneira roubo filme Incluir em uma lista

Consoante que Cebolinha troca pelo "L" (HQ) Local de compra de lanche nas escolas Designação do espumante espanhol

Tiro ao (?), modalidade olímpica

Touro: Período propício para terapias, interesses espirituais, cuidados com o corpo, saúde e beleza. Pense um pouco em você!

"(?) Chama", sucesso de Lobão

Regar; molhar (o jardim)

Pedras utilizadas para amolar facas Clara em (?), ingrediente do suflê

atenção aos assuntos cotidianos. Boas e novas notícias na área profissional. Símbolo

São

de Sagitário: CuidadoBernardo, com os interesses mano ABCD coulomb teriais Nos relacionamentos, (Fís.) e financeiros.paulista não expresse com tanta intensidade suas emoções.

Capricórnio: Tendência Tablet Ceder pa- para definifabricado institui- que envolvam ções positivas emratemas ção de pela Apple burocracias papéis, e documentos ascaridade (Inform.) sociados ao trabalho. Aquário: Bom momento para novas relações. Tenha paciência com sua rotina e não Saudação seja individualista. comum entre jovens

Peixes: Foque nos projetos de longo prazo. Cuide com o consumismo, você pode ter gastos extras. Não faça drama nem tenha posturas pegajosas.

3/ear. 4/cava — ipad — pari. 7/arrolar. 8/caruncho. 9/langorosa. 11/esclarecido.

Inseto que perfura Sair dos Presidente madeira e cereais trilhos da Bolívia 151, em algarismos (o trem) (2013) romanos

Impera Acordo geralmente ilícito

de 75 jogos

30

Solução P I L A R T A RI O S N M E A G U A R V O R R C H A O I S A D M A N I A P T B E C I D O D N C I R I A D A P O I A M A N A D O R A

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

Fonte: yahoo.estrelaguia.com.br

Regar; molhar (o jardim)

www.coquetel.com.br

27

ENTRETENIMENTO

C U D E S C AR R V O L U N D O M I N A M C C O N C H A R E O L C A V A V C L E P T O E E E S C L A R E A R C O N T R A R A I O B A V AL I M P O R T

Edição quinzenal


ATUALIZADO

FACULDADE FIDELIS. A FORMA MAIS PRÁTICA E INTELIGENTE DE ATUALIZAR SEUS CONHECIMENTOS. UM MUNDO INTEIRO DE CURSOS, SOB MEDIDA PARA VOCÊ.

Fotografia - Marketing Digital - Técnicas de Aprendizagem de Língua Estrangeira - Finanças com HP - Leia O Livro-livro Por Livro - Como Elaborar sua Declaração de Imposto de Renda - Sonoplastia - Web Designer Técnicas de Redação - Fluxo de Caixa - Primeiros Socorros - Libras - Como Elaborar um TCC - Folha de Pagamento e Rescisão Trabalhista - Marketing Pessoal - Recrutamento e Seleção - Rotinas Trabalhistas - Como Elaborar um Artigo Científico - Plano de Negócios - Excel - Fidelização de Clientes - Melhorando Relacionamentos com a Ferramenta Disc - Planejamento - Gestão Comercial - Segurança e Medicina do Trabalho.

Visite fidelis.edu.br e consulte agenda de cursos.

T. 3376-4566 Rua Dr. Danilo Gomes, 834 Boqueirão

Jornal do Comércio Hauer - Edição nº 122  

NESTA EDIÇÃO: Procon aponta diferenças de quase 117% nos produtos de Páscoa - pág. 11; 388 pessoas disseram “sim” durante casamento coletivo...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you