Page 1

EXEMPLAR

HAUER BOQUEIRÃO ALTO BOQUEIRÃO XAXIM UBERABA GUABIROTUBA

GRÁTIS

Alargamento no viaduto da Marechal Trecho de acesso ao Afonso Pena terá nova pista Pág. 12

Foto: Ricardo Dias

As 7 vidas do “Homem-gato”

Morador do Hauer relata que foi salvo do incêndio por um dos seus dezoito gatos Pág. 5

Luz fraterna Programa ampliará atendimento para mais 220 mil famílias Pág. 7

Cresce a taxa de emprego industrial paranaense Indústria têxtil lidera entre os segmentos responsáveis pelo desempenho do Estado. Pág. 11

2ª quinzena de junho de 2013

CIRCULAÇÃO

Ano 7 - Edição Nº 105

®

EDIÇÃO QUINZENAL


2

Edição quinzenal

EDITORIAL

Novelas curitibanas Capítulo de hoje: o metrô na liberação dos R$ 50 bilhões para investimentos em transporte público em todo país. Pode estar aí o início do final feliz da nossa novela. A verba do Governo Federal virou o galã do folhetim. O bom moço, bem apessoado, moderninho e leva a lugares nunca explorados. Seria um casamento perfeito. Mas, assim como nossa bela Curitiba, uma outra capital aqui da região sul também está na disputa e em uma situação semelhante. Porto Alegre, com 1,5 milhões de habitantes, também vive um impasse. A obra para construção do metrô, por lá, foi estimada em R$ 2,4 bilhões, mas da prefeitura avaliou que vai precisar de mais R$ 2 bilhões. Parece que a história ainda vai render alguns capítulos. Até lá, a prefeitura conta e precisa do apoio dos expectadores para o sucesso da trama. Afinal, por melhor que seja o roteiro e as boas ideias dos autores o sucesso depende também do crédito e da expectativa que dá-se à obra. A previsão é para que o nosso final feliz aconteça em quatro ou cinco anos, continuamos atentos, assistindo aos próximos capítulos.

7 ANOS

Voltamos a falar dele, o metrô de Curitiba. Novelinha antiga, mas com um personagem novo na trama. Nos últimos dias, a Prefeitura apresentou os resultados dos novos estudos sobre a implantação do novo modal. Coube ao secretário de Planejamento e Gestão, Fábio Scatolin, incluir nas cenas deste enredo o novo plano de custeio das obras. O valor para a construção aumentou, passou dos iniciais R$ 2,1 bilhões, orçados em 2009, quando a trama estava nos primeiros capítulos, para atuais, R$ 4,3 bilhões. Mas, como em toda história, os roteiristas precisam alternar os picos de emoções fortes, com as cenas mais brandas, como àquelas recheadas da esperança e do romantismo dos bons mocinhos. O nosso acalanto, telespectadores, é realmente uma boa notícia, o trajeto do metrô aumentou. Quatro novas estações foram incluídas no traçado, abrangendo agora os bairros Juvevê, Alto da Glória, indo até o terminal Cabral. Os valores mais que dobraram, aí a Prefeitura alega inflação, a escolha do novo sistema de escavação e os seis quilômetros adicionais de trilhos. Em nossa novela, não poderia faltar um patrono. Seja um santos, uma doação anônima ou um bilhetee premiado, que salva os aflitos na hora certa, o governo municipal vai precisar de uma forcinha e já sabe a quem recorrer. Ficou com a União a decisão final sobre a liberação da verba, até porque, está bem registrado na memória dos governantes locais e da população geral a promessa da presidente

Av. Mal. Floriano Peixoto, 5261 - sala 2 Hauer - CEP 80010-130 - Curitiba/PR Fone: (41) 3039-2986 | pauta@jornaldocomerciohauer.com.br

EXPEDIENTE 2ª quinzena de junho

Diretor geral e redator chefe: Ricardo A. Dias (DRT-PR 5504)

Reportagem: Jordana Basilio e Uanilla Marcela Piveta

Departamento comercial: Adilson Silva | Cel.: 9135-0636

Projeto gráfico e diagramação: Rodrigo A. Romani (DRT-PR 7756)

Departamento financeiro: Thays de Freitas Dias

Revisão: Uanilla Marcela Piveta (DRT-PR 8071)

As matérias assinadas não expressam, necessariamente, a opinião deste jornal.

Massas para: lasanha, caneloni, rondelli, pastel, empadão, nhoque, macarrão, pirogue e panqueca Rua Anne Frank, 1659 - Hauer 3076-5079 | massasictus@uol.com.br


Edição quinzenal

FATOS MARCANTES NA HISTÓRIA 18 de junho de 1942 Nasce Paul McCartney, um dos Beatles, cantor e compositor britânico.

19 de junho de 1964 O Senado dos Estados Unidos aprova a lei sobre os direitos civis dos negros.

21 de junho de 1970 O Brasil vence seu terceiro campeonato mundial de futebol ao vencer a Itália por 4 a 1, no México.

22 de junho de 1527 Morre Nicolau Maquiavel, o autor de O Príncipe, o texto que consagra o nascimento do Estado Moderno.

ATUALIDADE

OBSERVATÓRIO DA MANCHETE Espaço dedicado exclusivamente à notícias positivistas. Reflexões e alfinetadas sobre manchetes que foram destaque na imprensa.

:: Por Ricardo Dias ricardodias@jornaldocomerciohauer.com.br

:: Plano emergencial para o frio: FAS tem vagas para moradores de rua (Paraná Online) “Com esta ação moradores de ruas e pessoas com fragilidade social poderão dormir com um pouco mais de conforto nos dias de frio. Agora são mais de mil vagas em abrigos espalhados pela cidade. Se todas as pessoas em situação de rua aceitassem ir para a Fundação de Ação Social (FAS) seria preciso bem mais vagas.” :: Comércio varejista cresceu mais de 7% (Jornal Folha do Cabral) “Este é o tipo de notícia que dá orgulho de comentar. É ano após ano batendo recorde. O motivo é uma miscelânea de fatores econômicos. Aumento do poder de compra das classes B e C. Facilidade de crédito para eles que são bons pagadores, e também financiamentos e incentivo fiscal do governo estadual para pequenos e médios empresas. Fórmula de sucesso!” :: Governo muda cúpula da polícia civil do Paraná (Gazeta do Povo) “Infelizmente que mudanças na policia investigativa aconteçam desta forma. Catastrófica, dramática e confusa. Agora os holofotes estão sobre os acusados de tortura, mas e o verdadeiro culpado pelo assassino da jovem Tayná cadê? É urgente a captura deste maníaco de Colombo.” :: Paraná é o terceiro do país em novas vagas (www.folhaweb.com.br) “A economia do nosso estado tem me surpreendido quase que mensalmente. Pasmem, pois foram criados 83.679 postos de trabalho a mais do que no mesmo período do ano passado. As áreas responsáveis por deixar-nos no topo do ranking nacional de emprego são o comércio varejista, setor de serviços e agropecuária. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).”

EU LEIO! Aqui, você encontra a opinião dos nossos leitores sobre o Jornal do Comércio Hauer. Acho o jornal de vocês muito bom. Falo como um profissional e morador de Curitiba, amante desta cidade e do jornalismo. O trabalho de vocês é sério. Gosto disso! É um jornal que não se mete em furadas e respeita os leitores. Parabéns!

Descrito pela Guinness World Records como “o compositor de maior sucesso”, recebeu mais de 60 discos de ouro e vendeu mais de 100 milhões de álbuns

3

Carlos Eduardo Chaiben Registrou seu depoimento na edição virtual do JCH

Já conhece a nossa fanpage?

Acesse e conheça nosso conteúdo virtual: facebook.com/jornaldocomerciohauer


4

Edição quinzenal

TRÂNSITO

Acesso e mobilidade urbana para moradores do Uberaba Ônibus especial conduzirá pessoas com deficiência no trajeto de casa até os serviços de saúde As administrações regionais do Bairro Novo, Cajuru, Santa Felicidade e Boa Vista começaram a fazer o cadastramento para a utilização do transporte especial Acesso, destinado a pessoas com deficiência que possuem restritas condições de mobilidade, autonomia ou comportamento. O serviço da Prefeitura de Curitiba foi criado exclusivamente para conduzir

pessoas com deficiência de suas residências aos serviços de saúde para consulta, exames, reabilitação e atendimentos sociassistenciais e, após, reconduzi-las às suas casas. O cadastro está sendo feito, no horário comercial no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) mais próximo Foto: SMCS

Para utilizar o serviço, o cidadão precisa de um cadastro prévio no CRAS de sua regional

Ebenezer

da residência do interessado. O serviço do ônibus Acesso nestas regionais começa a funcionar no dia 1 de julho. O ônibus Acesso é um serviço de micro-ônibus porta a porta, com elevador, cadeira de rodas, espaço para cão guia e acessórios necessários para garantir movimento às pessoas com deficiência que possuem um alto grau de comprometimento, sem autonomia ou independência funcional, relacionada às questões motora, intelectual ou emocional e que não conseguem utilizar os demais meios de transporte coletivos existentes. “Pega a pessoa com deficiência na porta de casa, leva até a porta do serviço que ela precisa e a deixa na porta de casa quando o atendimento tiver terminado”, explica Mirella Prosdocimo, secretária da Pessoa com Deficiência. O primeiro ônibus está circulando na Regional Pinheirinho. O transporte especial Acesso funciona de segunda-feira a sexta-feira, exceto em feriados, nos horários das 7h às 18 horas. Quem pode utilizar Podem utilizar o serviço do Acesso, pessoas com deficiência que não possuam autonomia relacionada às

questões motora, emocional e intelectual para utilizar os demais meios de transporte coletivo existentes no município, mesmo quando recebem auxílio de um adulto e com renda familiar, per capita, de até um salário mínimo e, que residam em Curitiba. Os interessados devem, em primeiro lugar, fazer o cadastro no CRAS mais próximo de sua residência. A utilização do ônibus só será possível se a pessoa com deficiência estiver de posse da Carteirinha do Usuário, ter solicitado agendamento do serviço e, quando acompanhada de pessoa maior de idade.

Confira os endereços dos CRAS, no bairro Uberaba: CRAS Uberaba Rua Augusto David de Moraes, 160 Fone: (41) 3364-4056 CRAS Yasmim Rua Cid José dos Santos, 215 Fone: (41) 3364-1122 CRAS União Ferroviária Rua Antonio Tortato, 100 Fone: (41) 3575-1291 / (41) 3361-2506


Edição quinzenal

Foto: Juliano “Magrão”

Imagens do Bairro - HAUER -

Que obra é esta? - Você conhece seu bairro? A gente não! É brincadeira! Mas aposto que não sabe a história desta obra, instalada no Terminal do Carmo. Acesse nossa fanpage no Facebook e mate sua curiosidade! Até a próxima! Participe dessa coluna você também. Envie imagens de situações curiosas de seu bairro para pauta@jornaldocomerciohauer.com.br e nos conte sua história.

BAIRRO

5

As sete vidas do “Homem Gato” O fogo se alastrou com facilidade devido à grande quantidade de material reciclável que o morador acumulava há anos no terreno A residência de um moradorda Rua Major Fabriciano do Rego Barros, do Bairro Hauer, foi atingida por incêndio, na madrugada do dia 29 de julho. Jessé Danucalov, que vivia no local há 56 anos, foi encaminhado ao Hospital Evangélico, com ferimentos leves. Uma grande quantidade de material reciclável que era guardada no terreno favoreceu para que as chamas se alastrassem. Para o rescaldo, foi necessário interditar as ruas Anne Frank e Bom Jesus de Iguape. Seis caminhões com entulho foram retirados do local enquanto equipes do 1º Grupamento de Bombeiros Posto Portão trabalhavam para controlar o fogo. O incêndio aconteceu por volta da uma hora da manhã e, em poucos minutos, atingiu todo o terreno. “Eu e meu marido escutamos uns estalos fortes, mas pensamos que fosse barulho de tiro. Foi quando ouvimos o Jessé gritando por socorro e vimos o fogo”, conta Marcia Ribeiro, vizinha que deu assistência ao morador. Às oito horas da manhã, uma segunda equipe do Corpo de Bombeiros continuou o trabalho até o fim da tarde do mesmo dia.“Estamos auxiliando no resfriamento para que o foco não volte, pois tem muito material”,

Foto: Ricardo Dias

O morador sofreu queimaduras na mão, na perna e de um lado do rosto

explicou a Tenente Bagge. Conhecido também por cuidar de vários animais, Jessé morava com 18 gatos, que fugiram durante o incidente, além de um ganso, salvo por uma vizinha. O morador conta que dormia no momento do incêndio e que foi acordado por um dos gatos, que pulou em seu colo. “Espero que eles voltem depois que esse barulho passar. Foi graças a eles que eu me salvei e eles eram a única coisa que valia a pena”, diz Jessé, que acredita que os animais tenham se escondido com medo da

agitação da retroescavadeira que recolhia os entulhos. Construída há 60 anos, em parte de alvenaria, em parte de madeira, a casa que há alguns anos já não tinha mais teto, teve sua estrutura totalmente destruída. Jessé morava sozinho e recebia ajuda de pessoas da região. “Esse fato nos pegou de surpresa, ainda não sabemos o que fazer, mas já estamos tentando resolver essa situação, ele [o Jessé] é resistente”, diz Itamar Danucalov, irmão do morador.


6

Edição quinzenal

ECONOMIA

Richa corta R$ 200 milhões nas despesas do Estado Governador afirmou que redução não vai atingir serviços como saúde, educação e segurança O governador Beto Richa determinou uma redução de R$ 200 milhões nas despesas de custeio do Estado para os próximos seis meses. A decisão, formalizada por decreto, estabelece corte de 25% no orçamento de todas as áreas de governo, principalmente gastos com energia, combustível, telefonia, viagens, material de consumo, limpeza e conservação, vigilância e outros serviços de terceiros. Segundo o governador, a redução de gastos é uma resposta às dificuldades impostas pela queda das transferências federais ao Paraná, mas afirmou

que serviços como saúde, educação e segurança pública não serão afetados pelo corte orçamentário. “Trata-se de uma medida de austeridade que deve ser cumprida por todos, sem que haja descontinuidade nos serviços prestados aos paranaenses”, disse. O principal corte será no uso de veículos. Cerca de R$ 174 milhões deixarão de ser gastos na aquisição de novos veículos e gestão da frota. Haverá redução no número de carros de representação. Outros R$ 12 milhões serão economizados com o cancelamento de horas extras em serviços

não essenciais, além da redução de R$ 8,3 milhões em despesas de viagem e de R$ 6 milhões no gasto com energia elétrica, água, esgoto e telefonia fixa e móvel. O secretário-chefe da Casa Civil, Reinhold Stephanes, lembra que o governo firmou uma parceria com o Movimento Brasil Competitivo (MBC) para diagnosticar gastos de custeio do Estado, apontar problemas e sugerir soluções. “Com esta parceria a expectativa é reorganizar os processos, permitindo uma economia inicial de R$ 81 milhões”, disse o secretário.

GRANDE PROCISSÃO DE SANTA RITA

O santuário Santa Rita convida a comunidade a participar da Procissão de Santa Rita de Cassia. São inumeras as bênçãos recebidas por meio da fé e por intercessão da nossa querida santa. Participe mensalmente da grandiosa Procissão de Santa rita de Cassia e sinta sua vida ser transformada pelo poder de Deus

Data Dia 22 de todo mês

Horário 19 horas


Edição quinzenal

Pichadores são detidos no Hauer Desde o início do ano, 1283 casos de pichação foram denunciados em Curitiba A Guarda Municipal de Curitiba detêm dois adolescentes, de 14 e 15 anos, pegos em flagrante, fazendo pichações nos arredores da Praça Joaquim M. de Almeida Torres, no bairro Hauer. No local, estava instalado o Módulo Móvel Itinerante da Guarda. Ambos foram encaminhados à Delegacia do Adolescente. Do total de 191 autuações realizadas desde o início da campanha “Pichação é Crime: Denuncie”, lançada em janeiro deste ano, 101 infratores são adolescentes. A pichação é um crime previsto no artigo 65 da Lei de Crimes Ambientais, cujo flagrante prevê pagamento de multa administrativa de R$ 714,20. O aumento no número de denúncias já é quatro vezes maior do que no mesmo período do ano passado. Em 2013, apenas no

mês de maio, foram registradas 220 denúncias, quando a média mensal costumava ser 50. Desde o início do ano, foram denunciados 1.283 casos, resultando em 189 detenções em flagrante. O diretor da Guarda Municipal de Curitiba, Cláudio Frederico de Carvalho, comenta a importância da participação da população na denúncia. “A pichação é um crime ambiental, por isso necessita da união de várias frentes do poder e também da sociedade para prevenir e combater, em proteção ao patrimônio”, afirma. Para os adolescentes detidos em flagrante, a participação em uma palestra é uma das medidas socioeducativa impostas. Em média, cada um deles cumpre 80 horas de atividades, o que pode incluir a limpeza e pintura de imóveis pichados. Os maiores de idade são encaminhados à delegacia do Meio Ambiente e ao Juizado Especial Criminal, ficando também impedidos de participar de concurso público municipal durante dois anos. Denuncie pelo número 153 da Guarda Municipal.

COMUNIDADE

7

Luz fraterna atinge mais famílias Proposta prevê expansão do programa a famílias com consumo de até 120 kWh por mês Foi enviada à Assembleia Legislativa pelo governador Beto Richa, a proposta de aumento do teto de consumo mensal de energia do programa Luz Fraterna. Com a medida, aumentando de 100 kWh para 120 kWh, o Governo do Estado vai assumir a conta de energia de 220 mil famílias paranaenses. O programa atende consumidores cuja renda per capita é inferior a meio salário mínimo, quitando sua conta de luz quando o consumo mensal não ultrapassa o teto. No ano passado, 160 mil famílias, em média, foram atendidas mensalmente. São investidos pelo Governo cerca de R$ 1,8 milhão mensais na manutenção do programa. Para ter o benefício do Luz Fraterna os imóveis devem

ser usados para fins residenciais na área urbana e rural. “A melhoria da qualidade de vida das pessoas é um compromisso da nossa gestão. Com a medida, mais paranaenses passam a ser beneficiados com este programa”, disse o governador Beto Richa. Para fazer parte do programa é exigida a comprovação de renda e o registro do Número de Identificação Social (NIS) e o registro no Cadastro Único de Programas Sociais.


8

Edição quinzenal

SAÚDE

Leite ao invés de bico Bebês amamentados na primeira hora de vida têm menos chance de usar chupetas As crianças que são amamentadas logo quando nascem têm menor chance de usar os chamados bicos artificiais, como chupetas e mamadeiras, ao longo da infância. De acordo com especialistas, o uso desses produtos pode trazer consequências negativas à saúde das crianças, favorecendo alterações na linguagem, o desenvolvimento da respiração bucal e o surgimento de otites (inflamações no ouvido). A conclusão consta de um estudo da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), que avaliou a prática em 34.366 crianças menores de um ano residentes em capitais brasileiras. Os dados foram obtidos sobre indicadores da 2ª Pesquisa de Prevalência de Aleitamento Materno nas Capitais Brasileiras e no Distrito Federal, do Ministério da Saúde. Segundo a fonoaudióloga Gabriela Buccini, responsável pela pesquisa, do total de bebês observados, 70% fo-

ram amamentados na primeira hora de vida. Entre eles, 19% fizeram uso de chupeta, 41% fizeram uso de mamadeira e 45% usaram os dois produtos. Os percentuais, em todos os casos, são menores do que os encontrados nos bebês que foram privados do aleitamento materno na primeira hora após o nascimento. Entre os que não mamaram, 21% fizeram uso de chupeta, 44% fizeram uso de mamadeira e 50% usaram chupeta e mamadeira. A pesquisadora destacou que, embora percentualmente as diferenças encontradas pareçam pequenas, em termos estatísticos elas são “extremamente significativas”. Em sua avaliação, muitas mães oferecem os bicos artificiais como forma de acalentar os bebês mais rapidamente. “O problema é que esses objetos não passam o afeto, o carinho e a atenção tão importantes para o desenvolvimento emocional das crianças”, acrescentou, enfatizando que o uso de bicos

artificiais também contribui para a redução no tempo de aleitamento materno, “estratégia que mais previne mortes infantis, além de promover a saúde física, mental e psíquica da criança”. Para a odontóloga Emília Biato, professora do Departamento de Saúde Coletiva da Universidade Federal de Mato Grosso, não se pode adotar uma postura radical de condenação ao uso de chupetas e mamadeiras, na medida em que há casos em que ele se faz necessário, como diante da recomendação médica de complemento com fórmulas nutricionais. Ela ressaltou, entretanto, que as mães devem, sempre que possível, evitar o uso desses produtos e valorizar a prática da amamentação. “O uso de bicos artificiais, especialmente nesse início de vida, pode confundir a criança que, ao experimentar bicos mais moles e macios perde a vontade de mamar no seio

materno. Só que é essa prática (mamar no seio) que, além de garantir os nutrientes necessários à criança, favorece o posicionamento, o movimento e a força adequados da língua e dos músculos da face que permitem o desenvolvimento correto dos ossos dessa região”, explicou. De acordo com o Ministério da Saúde, o uso da chupeta é desaconselhado pela possibilidade de interferir negativamente na duração do aleitamento materno e por estar associado à maior ocorrência de candidíase oral (sapinho), de otite média e de alterações do palato. Além disso, a pasta considera que o desmame precoce, favorecido pelo uso de bicos artificais, pode comprometer o desenvolvimento motor adequado da região oral e prejudicar as funções de mastigação, deglutição, respiração e articulação dos sons da fala. Fonte: Agência Brasil

Dose contra HPV deve ser incorporada ao calendário de vacinação em 2014 Brasileiras, com mais de 25 anos, poderão receber a dosagem gratuitamente, se programa do governo for aprovado

Mulheres com mais de 25 anos poderão ser vacinadas contra o HPV (papilomavírus humano), de acordo com decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada Diário Oficial da União, edição de terça-feira (25). Antes, a aplicação da vacina era limitada a mulheres de 9

anos a 25 anos. O HPV é uma doença sexualmente transmissível. A infecção causada pelo vírus aumenta em até 100 vezes o risco de a mulher desenvolver câncer no colo do útero. A vacina imuniza contra os tipos mais comuns do vírus.

Segundo estudo da Associação Brasileira de Patologia no Trato Genital Inferior e Colposcopia, após cinco anos de atividade sexual, 60% das mulheres se infectam com algum dos 130 genótipos do HPV. A decisão da Anvisa garante a mais mulheres acesso à vacina.


Edição quinzenal

SAÚDE

9

Vacina contra hepatite B atende 80% da população do Paraná Rede pública de vacinação chama grupos de risco para receberem a dosagem Com a ampliação do público alvo de vacinação contra a hepatite B em todo o país, estima-se que pouco mais de oito milhões de paranaenses tenham direito à vacina na rede pública de saúde. As doses estão disponíveis nas mais de 2,5 mil unidades básicas de saúde do Paraná. Podem se vacinar pessoas com até 49 anos de idade, manicures, pedicures, podólogos, caminhoneiros, bombeiros, policiais (civis, militares e rodoviários), doadores de sangue, profissionais do sexo e coletores de lixo domiciliar e hospitalar. O coordenador de imunização da secretaria estadual da Saúde, João Luis Crivellaro, afirma que essas pessoas fazem parte dos chamados grupos de risco para o contágio da doença. “Como a hepatite é transmitida sexualmente ou pelo contato com o sangue de uma pessoa infectada, é preciso priorizar a imunização desses profissionais que estão mais expostos à doença”, destacou. A vacina disponível na rede pública é ofertada em três doses. Pa-

ra ter a imunidade, é preciso tomar todas corretamente. A segunda dose deve ser aplicada 30 dias após a primeira e, a terceira, seis meses após a primeira. De acordo com Sezifredo Paz, superintendente de Vigilância em Saúde, a vacina não tem contraindicação e é a forma mais eficaz de se proteger contra a doença. Além disso, pode tomada ser tomada em qualquer época do ano, necessitando apenas que seja apresentado um documento de identificação. “Esta é a principal dificuldade da vacina contra Hepatite B. As pessoas tomam a primeira dose e esquecem de voltar para receber o restante. Quando isso acontece, todo o esquema vacinal tem que ser reiniciado”, afirmou o superintendente. Hepatites virais são doenças que comprometem o funcionamento do fígado, um dos órgãos mais importantes do corpo humano. Se não forem tratadas de maneira correta, podem evoluir para cirrose e câncer.

Foto: Divulgação

Imunização é oferecida em três doses


Edição quinzenal

CAPA

11

Emprego industrial no Paraná cresce por 20 meses seguidos Indústria têxtil é um dos principais responsáveis pela alta produtividade estadual Foto: Divulgação

Os números revelam que estamos no caminho certo. As pesquisas do IBGE indicam crescimento constante em diferentes áreas da indústria paranaense. O saldo positivo impulsiona o aumento na geração de empregos, e melhor, são salários atrativos e até acima dos praticados em outros estados.” Beto Richa | Governador do Paraná

Emprego, o Paraná foi responsável por boa parte dos empregos líquidos com carteira assinada da indústria de transformação, gerados no Brasil em doze meses findos em maio. “É importante enfatizar que 89,3% dos empregos industriais criados no Paraná foram para o in-

Foto: Ricardo Almeida

O nível de emprego industrial no Paraná subiu 0,4% em maio de 2013, em comparação ao mesmo mês do ano passado. A expansão do Paraná foi a terceira maior do País e a 20ª consecutiva no Estado, contra o mesmo número de quedas seguidas no Brasil. Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário (PIMES), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os principais segmentos responsáveis pelo desempenho paranaense foram o têxtil (11,5%), fumo (4,6%), papel e gráfica (4,4%), alimentos e bebidas (3,6%) e máquinas e equipamentos (3,0%). A pesquisa abrange dez Estados, mais as regiões nordeste, norte e centro-oeste. A expansão do Paraná ficou atrás, apenas, do norte e centro-oeste e Interior do Estado é responsável Santa Catarina. por quase 90% das vagas No acumulado dos primeiros cinco meses deste ano e nos 12 meses terminados em maio, os dados crescimento neste indicador. também são positivos. “Os resultaNo acumulado de doze meses dos confirmam o êxito do modelo encerrados em maio deste ano, a de desenvolvimento implantado no indústria do Estado se manteve no Paraná nos últimos dois anos, que topo do ranking nacional, com exprioriza a geração de empregos inpansão de 1,2% do contingente ocudustriais e no interior do Estado”, pado. O Estado vai mais uma vez na afirma Ana Silvia Martins Franco, contramão da indústria nacional, economista do Instituto Paranaense que desacelerou em 1,3%. de Desenvolvimento Econômico e O volume de salários reais deSocial (Ipardes). monstra o comportamento posiNo que se refere à folha de salátivo do Paraná, que cresceu 6,1%. rios reais, a indústria paranaense No Brasil, o aumento de 3,9%. Em avançou 2,6%, contra elevação de relação ao número de horas tra2,8% na média nacional. Quanto às balhadas, o incremento de 0,4% horas pagas, o Paraná foi o que exerregistrado pelo Paraná foi maior ceu maior influência positiva, com do País. Na média nacional houve acréscimo de 0,5% no acumulado recuo de 1,6%. de 2013, frente queda de 1,0% para Segundo o Cadastro Geral de o País. Apenas o Paraná, Santa CaEmpregados e Desempregados (Catarina (0,3%), Rio de Janeiro (0,2%) ged) do Ministério do Trabalho em e Minas 26x05cm_ESIC_anunciometro_aprovacaov2_15072013.pdf Gerais (0,03%) registraram 1 15/07/13 18:03

terior do Estado, confirmando a disseminação geográfica da expansão do mercado de trabalho industrial”, diz a economista Ana Silvia.


12

Edição quinzenal

DIVERSOS

Relacionamento, questão de estratégia :: Por Karina Reis Infelizmente ainda não é a maioria das empresas brasileiras que faz um planejamento estratégico anual, para atingir seus resultados. Entretanto, pesquisas apontam que pessoas que definem de forma clara, alinhada e concretamente (escrita) um planejamento estratégico anual, pode crescer até 10 vezes mais que pessoas que não param para analisar e se preparar em suas atitudes até lá. Pois bem, dos principais pontos a ser explorado no desenvolvimento de um planejamento é a forma de manter relacionamentos com contatos importantes – fornecedores, clientes, credores, parceiros – iniciar e expandir novos relacionamentos, visando otimizar e aumentar a rede de contatos para futuros negócios. Seja qual for o seu objetivo, seja o que for que deseje fazer na sua vida, você precisará do apoio de pessoas, e quanto mais apoio obtiver nos relacionamentos, mais chances terá de

chegar no que quer ter. O maior ganho será a pessoa que se tornará, pois com habilidades de se relacionar, entender e conviver com outras pessoas, bem como extrair e estimular equipes, fará de você uma pessoa mais rica como ser humano e ainda cercado de pessoas que lhe terão apreço. Além de estreitar e elevar relacionamentos de pessoas que já estão por perto, pode contar também com ferramentas de baixo custo, para divulgar e atrair seu negócio e com isso levar sua mensagem, produto ou serviço de forma mais rápida e abrangente até o maior número de pessoas possíveis, tornando assim, possível o crescimento de seus resultados. Vale lembrar que a imagem que quer passar precisa estar alinhada com o que espera que o público veja sobre você e seu negócio. Por isso é importante conhecer o público que quer atingir e a forma mais eficaz para isso. Considerando que o cliente in-

terno (funcionário) é seu maior agente de divulgação. Uma vez que ele se sente feliz em suas atividades profissionais, contente com a empresa e confiando na sua projeção de futuro dentro da empresa, levará aos outros uma imagem positiva e isso agregará e muito na expansão dos negócios. Na hora de elaborar seu planejamento estratégico, alinhe o público que quer atingir, ferramentas que deseja utilizar e faça uma análise do valor que deseja investir, criando assim um orçamento anual. Mídias como: redes sociais, jornais setorizados, revistas regionais e outros veículos, podem além de posicionar seu negócio, expandir sim, seus relacionamentos. Estar atento às estratégias que escolheu e aos resultados que provisionou, obtendo coerência entre um e outro, significará que está no caminho certo. Do contrário, refaça seu plano, ganhe velocidade e entre em ação com suas novas estratégias. Permita-se crescer, inicie hoje!

Karina Reis é trainer comportamental e hipnoterapeuta. Especialista em Desenvolvimento Humano e em Gestão de Negócios. Atua há 17 anos no mercado de trabalho, com vasta experiência nas áreas comercial, financeira e bancária. Diretora Fundadora e Executiva da Cannoh Desenvolvimento Humano.

Obras no viaduto da Marechal Floriano começam em julho Serão investidos R$ 23,2 milhões no segundo trecho da obra, que vai alargar o viaduto sobre a linha férrea O início do segundo trecho de obras do Corredor Marechal Floriano, que tem financiamento do Programa de Aceleração do Crescimento da Copa (PAC), foi autorizado pelo prefeito Gustavo Fruet. Serão R$ 23,2 milhões investidos na obra, que vai alargar o viaduto sobre a linha férrea, localizado após o terminal do Boqueirão.

O trabalho, que começa ainda em julho, prevê alargamento de 10 metros em cada lado do viaduto, em uma extensão de 450 metros, aumentando para três o número de pistas. O trecho, entre os terminais do Carmo e do Boqueirão, ainda está incompleto e a previsão é de que seja concluído em setembro. Estão em processo de licitação mais três trechos, que irão completar a requalificação da Avenida Marechal Floriano e torná-la uma alternativa de acesso ao Aeroporto Afonso Pena. Serão abertas propostas para obras que contemplem dois trechos viários, depois do viaduto, até a divisa com São José dos Pinhais, e a abertura de propostas para outra etapa, entre o terminal do Boqueirão e o viaduto.

Foto: SMCS

Reforma prevê alargamento de faixas e criação de uma nova pista


Edição quinzenal

13


14

Edição quinzenal

GERAL

Equiparação salarial dos professores estaduais Beto Richa anuncia novo salário para o magistério O governador Beto Richa sancionou a lei que garante reajuste e equiparação salarial aos professores da rede estadual com os professores do restante do país. A medida vai atender quase 80 mil profissionais do magistério. Com isso, professores e pedagogos contabilizarão aumento salarial de 50,16% desde 2011, conforme determina a legislação nacional. Neste ano, haverá aumento salarial de 11,35% para os professores, cumprindo compromisso do Governo do Estado de acompanhar o valor do piso nacional do magistério e de equiparar a remuneração dos profis-

Itinerários de ônibus são mapeados por Google e Urbs

sionais da educação a dos demais servidores de nível técnico superior do Estado. O salário inicial básico, para a jornada de 20 passa a ser R$ 1.119,43 O projeto de lei aprovado pelos deputados estaduais estabelece a incorporação de reajuste de 0,6% para professores, retroativo a maio, sobre o índice concedido na última data-base. Além disso, em outubro será paga a última parcela da equiparação salarial, de 3,94%. “Estamos antecipando este benefício. O compromisso do governo com a categoria era finalizar a r e a de q u a ç ão em 2014”, ressalta Richa.

Foto: Cesar Brustolin/SMCS

Com acesso de qualquer dispositivo conectado à internet, aplicativo possibilita consultas de serviços públicos e privados da capital Um sistema online desenvolvido para a consulta de informações que vão além de horários e itinerários de ônibus está disponível em Curitiba. Acessando o site da Urbs, é possível, agora, pesquisar as melhores rotas de acordo com o destino, separados por “Pontos de Interesse”. Antes de ser instalado na capital paranaense, o serviço já era utilizado em São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Itajaí, São José dos Campos, Santos e Sorocaba. Entre as localizações, estão inclusos centros comerciais, igrejas, supermercados, espaços culturais, clubes, hotéis, igrejas e equipamen-

Barracão EnCena apresenta “Lear” O drama aborda questões como o abandono de idosos 2009 e 2011, as duas empresas conseguiram várias indicações e prêmios com os espetáculos “Otelo, As Faces do Ciúme” e “Edifício Amor”. Foto: Divulgação

Uma adaptação da tragédia de William Shakespeare, “Rei Lear”, projeto teatral “Lear” acontece no Barracão EnCena. Com direção de Silvia Monteiro, o drama conta no elenco com Danilo Avelleda, Mevelyn Gonçalves, Maria Augusta Peres, Nei Mendes, Enrique Gaio, Rubens Siena, Moa Leal e Carla Rodrigues. Lear, o rei shakespeariano, tem três filhas e é iludido pela falsidade das mais velhas. Ele repudia a filha mais nova e manda embora seu empregado mais fiel. Abordando questões como o abandono de idosos, motivado pelo incômodo que podem representar para alguns, a temática se torna atual por retratar a realidade de muitas famílias. O drama é uma apresentação de EnCena Produções Artísticas e Danilo Avelleda Espetáculos Teatrais. Em

SERVIÇO: Gênero: Drama Horário: de quinta à sábado, às 21 horas e domingos, às 19 horas Data: 01 de agosto à 08 de setembro Local: Teatro Barracão EnCena Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00 Quintas e domingos: R$ 5,00 Classificação: acima de 14 anos

tos públicos, como creches e unidades de saúde. As informações para a nova ferramenta foram organizadas pela Urbs em parceria com o Google, e pode ser baixada em computadores, telefones celulares e tablets. Basta ter acesso a internet para fazer a consulta. O Google também lançou essas informações na funcionalidade Transit do serviço de mapas online – o Google Maps. Quem tem smartphones pode consultar tanto os trajetos de ônibus quanto os demais serviços no aplicativo móvel do Google Maps para essas plataformas.


Edição quinzenal

C LOSET DE PRINCESA Kamilla Almeida é blogueira e colunista de moda kamy.almeida@hotmail.com

O

lá, queridas leitoras, como está o inverno de vocês? Vamos para mais uma novidade de moda no Closet da Princesa. Trago para vocês desta vez uma tendência que está acontecendo desde o verão, entretanto ela se prolongou até o inverno. É a tendência Peplum. O termo Peplum significa um volume de tecido na região entre a cintura e o quadril e é, geralmente, em forma de babado. Foi criado por Christian Dior, na década de 50, com a intensão de marcar a cintura, dando movimento e curvas ao corpo e deixando a mulher cada vez mais feminina. Hoje, ele ainda exerce essa função, sendo super recomendado às mulheres de pouco quadril e de corpo com formato retangular. Marcando a cintura e dando mais ênfase e volume ao quadril, esse tipo de babado não é recomendado para as mulheres de corpo com formato ampulheta e oval, por já terem seus quadris maiores que as demais partes do corpo. Os babados Peplum vieram primeiramente em vestidos no verão. Mas, agora, para o inverno, eles vieram nos casacos. O corte dos casacos desse inverno, da cintura para baixo, tem o babado que podem ser de vários tamanhos, determinando também a altura do casaco. Muitas pessoas não gostam desse tipo de babado por não

DIVERSOS

15

LBV mobiliza população em ação solidária Com a intensificação das baixas temperaturas, a Legião da Boa Vontade (LBV) lança a “Campanha do Agasalho 2013: a Boa Vontade aquecendo os corações!”. O objetivo é arrecadar agasalhos, moletons, roupas de lã, meias, luvas e cobertores para serem entregues às famílias de baixa renda cadastradas nas escolas e nos Centros Comunitários de Assistência Social

da LBV, além daquelas amparadas por organizações parceiras da Instituição na região Sul.

SERVIÇO: As doações podem ser feitas no Centro de Educação Infantil José de Paiva Netto | End.: R. Padre Estanislau Trzebiatowski, 180 - Boqueirão Informações: (41) 3386-8430

Oportunidade de emprego Uma das mais conhecidas multinacionais do mundo quer dar um gás na carreira de jovens saberem combinar e também, de certa forma, por ele ser exagerado. Mas é muito simples de combiná-lo! Juntamente com a calças wet leggin preta, que nunca saem de moda, uma blusa de manga cumprida básica branca com um casaco peplum caramelo e uma bota de cano baixo preta com dourado, você está com o look perfeito para agitar na night curitibana. De acessórios, os maxicolares não saem do pescoço da mulherada e já que o casaco tem seu volume na parte de baixo, o colo fica livre para usar um super colar. Para fazer um diferencial, o penteado ideal seria um moicano lateral com as pontas do cabelo levemente onduladas. É isso aí, leitoras. Ótima semana a todas! Quer ficar ainda mais interada sobre o mundo da moda? Acesse o site www.portalexclusiva.com Todos os dias com dicas de moda, beleza, saúde e relacionamento!

O Coletivo Varejo, um dos programas do Coletivo Coca-Cola, está com inscrições abertas para o seu ciclo de formação na área de varejo em mais de 130 comunidades em todo o Brasil. Os jovens interessados podem se inscrever até o dia 10 de maio diretamente na unidade de seu interesse (www.coletivococacola. com.br/onde.html). Para isso, é preciso ter entre 15 e 25 anos e ter concluído ou estar cursando o ensino médio. Ao todo, são cerca de 15 mil vagas disponíveis em 12 estados e no Distrito Federal.

O Coletivo Varejo capacita jovens para empregos na área de varejo e encaminha para processos de seleção no mercado de trabalho formal. As aulas, teóricas e práticas, acontecem duas vezes por semana, por duas horas. Entre as cidades que recebem o projeto estão o Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Uberlândia, Recife, Salvador, Maceió, Manaus, Fortaleza, Goiânia, Porto Alegre e Curitiba. As aulas têm duração de dois meses e começam no dia 13 de maio.


16

Edição quinzenal

ECONOMIA

Investimento nas frotas de táxi de todo Paraná Banco do Empreendedor já liberou mais de R$ 1 milhão a taxistas Lançada pelo Governo do Paraná no final do ano passado, a linha de crédito Banco do Empreendedor – Taxista, da Fomento Paraná, ultrapassou neste mês a marca de R$ 1 milhão em financiamentos. São 40 contratos ativos e cerca de 20 em contratação. Foram contratadas operações nos municípios de Curitiba, Cascavel, Colombo, Foz do Iguaçu, Londrina, Maringá, Paranaguá, Telêmaco Borba e Três Barras do Paraná. “O crédito fácil e barato para motoristas de táxi é uma forma de apoiar e fortalecer um segmento fundamental para assegurar a qualidade no atendimento no transporte público e aperfeiçoar os serviços aos passageiros”, afirma o presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa. PARA OS TAXISTAS A linha de crédito Banco do Empreendedor Taxista é destinada a financiar a aquisição de veículos novos para a prestação de serviços de táxi; para conversão ao uso de Gás Natural Veicular (GNV), ou ainda a adaptação do automóvel para transporte de passageiros com necessidades especiais.

É possível financiar valores entre R$ 3 mil e R$ 50 mil, com taxa de juros a partir de 0,55% ao mês, conforme o enquadramento de cada processo. Os prazos para pagamento são de até 60 meses, com carência de até 75 dias para a primeira parcela. Podem solicitar o financiamento pessoas físicas, titulares de autorização, permissão ou concessão registradas nos órgãos municipais que regulam a atividade. A expectativa é atender cerca de 20 mil permissionários de táxis no Estado. As taxas de juros serão reduzidas para profissionais que nos últimos cinco anos participaram de algum dos seguintes cursos de capacitação: Bom Negócio Paraná, Bom Negócio Curitiba, Bom Negócio Araucária ou das capacitações do Curso Taxista Nota 10 ou capacitação Taxista Empreendedor.

R.

quião e R l Aníba

Xaxim

HISTÓRIA DA MINHA RUA Aníbal Requião nasceu em Curitiba a 21 de março de 1903. Filho do comerciante Aníbal Requião e de Carlina Correa Requião. Já na infância, começou a se envolver com o futebol. Conhecido pelos amigos como Bimba, jogou pelo Internacional e foi um dos fundadores do clube, junto com seu pai. Exatamente no dia do seu aniversário de 21 anos, Internacional e América decidiram pela fusão e marcaram a eleição da primeira diretoria para cinco dias depois. Bimba Requião participou dos primeiros times do Atlético e nunca mais deixou o clube. Foi presidente do Atlético em 1951 e exerceu diversos cargos na diretoria, mas se destacou como tesoureiro, ajudando nas finanças. A partir do ano de 1929, dedicou-se aos negócios da família, tocando a Papelaria Requião, uma das mais tradicionais da cidade. Ao mesmo tempo, tornou-se fotógrafo e chegou a participar de exposições em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Depois que deixou a presidência, sempre colaborou com o Atlético. Sua paixão pela camisa atleticana era tanta que costumava dizer uma frase quando o time entrava em campo: “Pode até perder, mas que é bonito, é bonito”. Foram mais de quarenta anos de intensa dedicação ao Atlético. Aníbal Requião morreu em Curitiba em 7 de dezembro de 1966, dias depois de um clássico Atletiba.

Com a “campanha dos dez mil reis”, arrecadou dinheiro suficiente para construir a sede administrativa do clube na Rua Buenos Aires

O JACOMAR TEM GRANDES MARCAS, OFERTAS INCRÍVEIS, HORTIFRUTI COM DELÍCIAS FRESQUINHAS. E TUDO ISSO NUM LUGAR QUE VOCÊ CONHECE, BEM PERTINHO DA SUA CASA. QUER COMPRAR COM CONFORTO E AINDA ECONOMIZAR? É PRA JÁ. VEM PRO JACOMAR.

RUA DESEMBARGADOR ANTONIO DE PAULA, 2765 TEL.: 41 3386-8200

AF AD Jacomar Sodexo 260x140.indd 1

30/07/13 18:58


Edição quinzenal

Procura-se Spaik Cachorro desaparece no Bairro Parolin. De pelagem lisa e branca, o animal atende por Spaik, é macho, tem manchas escuras nas orelhas e é mistura de raças, Shih-Tzu e Lhasa. A última vez que foi visto foi na manhã do dia 27 de julho. Os donos oferecem recompensa para quem encontrar o cachorro e recebem ligações a cobrar, caso necessário. Ajude a devolver Spaik para o seu lar. Contato pelos telefones 9602.0565 | 9923.6373 | 9662.8430

VARIEDADES

batata assada com bacon :: Por Rossana Queiroz

Se você gosta de carboidratos, provavelmente gosta de uma boa batata. Afinal, batata é sempre uma delícia e, quando bem temperada, com um toque crocante de bacon não tem quem não goste. A receita de hoje de batata assada com bacon é perfeita para fazer no dia a dia, ótima para servir como acompanhamento com qualquer tipo de carne.

Ingredientes: • 4 batatas médias. • 4 colheres de margarina com sal. • Alho, bacon, queijo e cebola a gosto.

Modo de preparo: Corte o bacon em cubos, frite-os até ficarem crocantes e dourados, reserve-os. Descasque as batatas e corte em rodelas. Coloque-as para assar em papel alumínio, misture a manteiga e o alho em fogo baixo, passe a mistura nas batatas, deixe assar até dourar, no final, coloque o bacon e o queijo e leve para gratinar. Finalize com cebolinha e sirva quente.

Sugestão: Se quiser, adicione pimenta e mostarda

Rossana Queiroz

Proprietária do Restaurante“O Caipira” E-mail: ro2908@hotmail.com

17


18

Edição quinzenal

SOCIEDADE

2

3

4

5

6

LEGENDAS

1

1. Soprando velinhas no mês de julho, Amanda Rojo Haddad. A filha de Murilo e Luciana Haddad completou 11 anos de idade, dia 19. 2. Malhando no melhor estilo caipira, a equipe e os alunos da Academia Evolution festejaram à caráter 3. Feliz aniversário também para Josieli Valentim, da comunidade do Santuário Santa Rita de Cássia. Ela comemorou sua data especial no dia 12. Felicidades! 4. Quem também tem motivo para celebrar é Anderson Balotin. O personaltrainer comemora mais um ano de vida no dia 24. Na foto, ele e Kawane Oliveira. 5. Quem também foi motivo de alegria, soprando velinhas no mês, foi Maria Julia Ribeiro Meimerger. Felicidades à filha de Ricardo e Silvia Ribeiro. 6. A elegante Fernanda, empresária do Centro de Estética Fernanda Montanari, também comemorou aniversário neste mês.


Edição quinzenal

Respostas na página 2.

Fonte: estrelaguia.com.br

ENTRETENIMENTO

19

HORÓSCOPO QUINZENAL Áries: Momento importante para a expansão de projetos materiais, mas de atenção para não exagerar com empolgações junto aos mesmos.

Libra: Moderação nas despesas será essencial para evitar contratempos financeiros. Pesquise com atenção antes de lidar com novos negócios.

Touro: Tendências a se dedicar com mais intensidade aos assuntos relacionados à familia e pessoas de seu convívio.

Escorpião: Cuide para que o empenho a assuntos das pessoas que gosta não seja motivo para interceder demais nas decisões das mesmas.

Gêmeos: Uma atenção extra ao corpo e a mente será essencial para revitalizar suas energias na rotina.

Sagitário: Procure retomar hábitos simples em prol do corpo e da mente. Será positivo para o bem da saúde.

Câncer: As amizades serão decisivas para diversos assuntos, tanto no trabalho como em vínculos mais íntimos.

Capricórnio: Momentos de lazer serão mais frequentes e muito saudáveis para tirar o stress de problemas recentes.

Leão: A atenção com projetos tende a ser maior. Cuide para que a ansiedade não faça precipitar ações.

Aquário: A paciência será determinante para compreender certos padrões e costumes das pessoas que convive.

Virgem: Estudos e atividades que enriqueçam o intelecto são sempre bem-vindas e serão aproveitadas com mais freqüência.

Peixes: Período para ocupar a mente com estudos, gostos culturais, leituras, e-mails, correspondências e conversas com pessoas que alegrem sua rotina.


Jornal do Comércio Hauer - Edição nº 105  

NESTA EDIÇÃO: Cresce a taxa de emprego industrial paranaense - pág. 11; Alargamento no viaduto da Marechal - pág. 12; As 7 vidas do “Homem-g...