Page 1

DIVINÓPOLIS - MAIO DE 2013 - ANO 4 - EDIÇÃO 34

Editora Cantares (37) 8812-9075

Cantares JORNAL

Página 2

Divulgação

Crime praticado por adolescente às vésperas de completar 18 anos suscitou retomada de debate sobre jovens infratores

A CDHM foi fundada em 1995, mas nunca foi tão “conhecida” pelos brasileiros como agora, tendo em vista a polêmica que envolve o atual Presidente Deputado Marco Feliciano do PSC [...]. Página 4

... @le conosco conosco...

F

(37) 8812-9075

0,25

Confira a lista de convocados por Felipão para a Copa das Confederações

Divulgação

Amigos do universitário Victor Hugo Deppman fizeram uma passeata em protesto na Avenida Paulista

CONFIRA A LISTA:

O Senador Magno Malta (PR/ES), na noite de terça-feira (14), ao vivo, pela Rede Vida, reivindicou um novo código penal brasileiro priorizando a vítima e pediu redução penal sem limite de idade.

Comissão de Direitos Humanos e Minoria

R$

Surpresas ficaram pela convocação de Bernard e ausências de Kaká e Ronaldinho

Malta defende maioridade penal sem limite de idade Divulgação

Venda Avulsa

jornalcantares@hotmail.com

MAIORIDADE PENAL EDITORIAL >>>

&

Ler Saber

O RIO DA JANEIRO apareceu novamente nas páginas policiais de vários jornais pelo mundo. Outro estupro dentro de um transporte público foi matéria nos principais meios de comunicação da Europa, Estados Unidos e países asiáticos praticamente às vésperas da Copa do Mundo [...].

MAIO - MÊS DAS MÃES

O Amor de mãe dura até depois do fim! A mão que embala o berço é mão que embala o mundo

e-mail: jornalcantares@hotmail.com facebook: jornalcantares@hotmail.com

Goleiros: Júlio Cesar (Queen Park Rangers), Diego Cavalieri (Fluminense) e Jefferson (Botafogo) Zagueiros: Thiago Silva (PSG), Rever (Atlético-MG), David Luiz (Chelsea) e Dante (Bayern) Laterais: Daniel Alves (Barcelona), Jean (Fluminense), Marcelo (Real Madrid) e Filipe Luís (Atlético de Madrid) Volantes: Fernando (Grêmio), Hernanes (Lazio), Luiz Gustavo (Bayern), Paulinho (Corinthians) Meias: Jadson (São Paulo), Oscar (Chelsea) e Lucas (Paris Saint-Germain) Atacantes: Hulk (Zenit), Bernard (Atlético-MG), Leandro Damião (Inter), Fred (Fluminense) e Neymar (Santos)

Levantamento Topográficos, Averbação de Reserva legal, Demarcação, Unificação e Sub-divisão de Lotes, Projetos de Casas, Galpões e Prédios, Projetos Elétrico, Telefônico, Hidro/Sanitário, Prevenção Contra Incêndio, Licenciamento Ambiental, Convenção de Condomínio, Medição Chácaras, Sítios e Fazendas e Outros.

Geraldo Magela Dias - CREA 2541/ TD-MG Fone: (37) 3214-0077 / 9961-0239 - email: geraldodias1@yahoo.com.br Av. 1º de Junho, 318 - Sala 409 - Centro


2

MAIO/2013

GIRO PELO BRASIL Malta defende maioridade penal sem limite de idade O Senador Magno Malta (PR/ES), na noite de terça-feira (14), ao vivo, pela Rede Vida, reivindicou um novo código penal brasileiro priorizando a vítima e pediu redução penal sem limite de idade. Uma aula de conhecimento penal, de profundo discernimento dos problemas que geram a impunidade de criminosos juvenis e proliferam a violência urbana. Assim foi a entrevista do senador Magno Malta aos jornalistas Leandro Mazzini e Denise Rothernburg do Programa Frente a Frente, da Rede Vida, levado ao ar para todo o Brasil com picos recordes de audiência. “Estamos vivendo uma guerra comandada por homens travestidos de crianças que matam, estupram, assaltam, vendem drogas e quando são presos gritam: tiram a mão que sou di menor”, disse Magno Malta. Magno Malta, membro da Comissão de revisão da reforma do Código Penal Brasileiro do Senado Federal afirmou que é contra a legalização da maconha, do aborto, da eutanásia, não aceita o atual regime prisional e vai enfrentar o Estatuto da Criança e do Adolescente para acabar com a impunidade. “Com a CPI da Pedofilia mudamos o comportamento das famílias brasileiras. Agora, vamos fazer o mesmo com a redução penal e também com a nova CPI do Erro Médico e Violação dos Direitos Humanos à Saúde. Não tenho medo para combater o crime e os desmandos que tiram a qualidade de vida do Brasileiro”, afirmou Magno Malta.

O RIO DA JANEIRO apareceu novamente nas páginas policiais de vários jornais pelo mundo. Outro estupro dentro de um transporte público foi matéria nos principais meios de comunicação da Europa, Estados Unidos e países asiáticos praticamente às vésperas da Copa do Mundo, que – é sempre bom lembrar - terá estádios extremamente caros para depois ficarem subutilizados. O estupro de uma mulher dentro de um ônibus na Avenida Brasil na semana passada, tendo como autor um menor de idade, mostra a banalização desse desse crime para espanto e perplexidade da população do Estado, ainda chocada com outro recente estupro, de uma turista francesa dentro de uma van, na Zona Sul da cidade.

12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345 * Psicóloga Clínica e membro da 1ª igreja Batista 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345

Maria Beatriz Versiani *

Fone: (37)8816.0585 / e-mail: tizaversiani@gmail.com blog: http://tizaversiani.blogspot.com

Psicóloga Associada ao CPPC - Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos

PAI, MÃE, CONSOLADOR - Aiiii! Manhêêê!!! A mãe larga o almoço no fogo e sai correndo em busca da filha: - O que foi dessa vez menina? - Mãe, cortei meu dedo, olha! - E lá vem a menina segurando o dedo mindinho como se fosse cair da mão.

Dia desses acordei pensando nisto, e talvez por ver já próximo o dia das mães, tive um daqueles pensamentos malucos que de repente acendem uma luzinha na cabeça: NÃO É QUE O DEUS QUE CONHEÇO SE PARECE MUITÍSSIMO COM UMA MÃE? DEUS É MÃE!!!! AHNN??? DEUS É MÃE?

A mãe examina com cuidado e lupa o cortezinho minúsculo que nem sequer está sangrando. Sopra, dá um beijinho, afaga a cabeça da menina de 9 anos, que agora está crescendo muito e vive trombando nas paredes e portas. A menina sai correndo – reconhecida em sua dor – e já nem se lembra mais o porque de tanto grito!

Espantada com o que sou capaz de pensar, corro para a Bíblia para fugir desta heresia, e encontro assim:

As mães são assim: consoladoras. Quando nos machucamos, cá estão elas, prontas para lavar o machucado: - Vai doer, mas tem que lavar, senão infecciona. O coração delas arde enquanto, fingindo calma, parecem não ligar para nossa dor. O coração delas queima quando não temos amigos na escola, quando fracassamos na prova de geografia, quando, na adolescência, ensaiamos nossos primeiros passos nas pistas do amor... E pode mesmo se rasgar quando num belo almoço de domingo entramos em casa com um príncipe encantado . Em seu olhar maternal, antevêem o Sapo, e todos os sapos que provavelmente nos ajudarão a engolir enquanto trocam as fronhas de nossos travesseiros encharcados . As mães não dormem. Por causa do choro do bebê, por causa da pesquisa de escola, ou aguardando nas madrugadas a chegada do filho pródigo. E quando ele chega, podem até mesmo fingir alguma indiferença para afinal não deixá-los pensarem-se assim tão importantes. Descanso de mãe madura? Cuidar dos netos! E dá-lhe menino pulando e subindo, e televisão, e chocolate, e mexida na cozinha... Assim são as mães da minha memória.

“Quantas vezes eu quis reunir os seus filhos, como a galinha reúne os seus pintinhos debaixo de suas asas, mas vocês não quiseram.” (Mateus 23:37) “Pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti”. (Isaias 49:15) “Não é Efraim para mim um filho precioso, criança das minhas delícias? Porque depois que falo contra ele, ainda me lembro dele solicitamente; por isso me comovem por ele as minhas entranhas; deveras me compadecerei dele, diz o Senhor”.(Jr 31:20) Quanta ternura de mãe nestas palavras. Deus é Deus. É Pai, é Filho e é Espírito Santo. Mas um de seus nomes, El Shaday, nos convida a adorá-lo em sua face de TodoPoderoso, e também daquele que nutre, que amamenta. Em hebraico: El=Deus, Shadd= seios. A terra prometida para onde Israel é conduzido por Ele, é terra que mana leite e mel. O seio é o primeiro objeto que a criança busca no corpo da mãe. Ele garante a vida, a sobrevivência, mas também o prazer e o aconchego. Assim é El Shaday: Aquele que é Todo-Poderoso, completo, que nutre, que cobre com suas asas, como vemos no Salmo 91. É por isto que no mês da mães, usufruindo da presença do Deus que é Pai e também mãe, nutridor e consolador [...].

JORNALISMO CULTURAL Marllon Almeida marllon_jornalismo@yahoo.com.br

As páginas de cultura dos jornais, de circulação local, regional ou nacional, trazem na grande maioria das vezes, matérias, reportagens ou artigos voltados para uma cultura que segrega parcela da população. Ora, se um faminto não tem acesso à comida, quiçá ao teatro, ao cinema, aos grandes eventos! Se não tem acesso ao "bê-á-bá", quiçá às obras euclidianas, machadianas ou quaisquer outras obras de grande vulto!

Cultura para nós, chamados "letrados", pode ser tudo isso citado acima. E, nos deliciamos com tais objetos. Porém, cultura também é saber "juntar as letrinhas". Soletrar. Contar até dez. Pintar com giz de cera. Porque os jornais não separam um pequeno espaço, na seção de cultura, para tentar estimular essa cultura primária? Essa resposta é fácil: pobre não compra jornal. O espaço do jornal é caro. Ou qualquer outra desculpa que atinja o vil metal. Pobre não compra

jornal, mas o abastado compra. E, estimulando esse abastado a fazer algo pela cultura primária, pode surtir algum efeito, mesmo que pequeno. Onde está o caráter social do jornalismo? Ficou nos primórdios? O espaço é caro? Não precisa abdicar. Conquiste parceiros nessa ideia! As empresas têm seus projetos sociais e o espaço do jornal pode ser aproveitado por elas. Até incentivo fiscal existe para facilitar essa troca. O que não é

admissível é a desfaçatez, o mascaramento, o apartheid cultural que é promovido pelos impressos diários, semanais ou mensais. Os espaços destinados à cultura tornaram-se uma grande agenda, onde até se paga para que matérias sejam publicadas. A revisão desse papel do jornalismo cultural deveria ocorrer de imediato, para que os meios de comunicação possam ajudar tirar o atraso que se encontra a educação brasileira.


MAIO/2013

3

A vez dos príncipes [...] levar o amor de Deus na pessoa de Jesus, a todas as crianças do mundo é a única forma de mudar verdadeiramente os rumos da humanidade.

Amarildo Rocha projetosifra@hotmail.com

Sempre que falamos em evangelizar crianças e adolescentes, a maioria dos cristãos pensam logo nas classes menos favorecidas. Crianças que vivem abaixo da linha da pobreza, nas ruas e periferias das grandes cidades, comunidades carentes, zonas de conflitos raciais e étnicos, bem como vários outros nichos acometidos de desequilíbrio social, onde crianças e adolescentes são cerceados de direitos básicos como; educação, saúde, alimentação e proteção à vida. No entanto, não são destas crianças que quero falar, não que devamos tirar delas o foco, mas existe

outra tribo, uma turma que não tem sido evidenciada, não aparece nos noticiários nem nas estatísticas da ONU ou do UNICEF, mas deveria figurar como uma das prioridades de nossa atenção. Aparentemente, olhando por um ângulo secular, está tudo muito bem, contudo a situação deste grupo é de extrema seriedade. Estou me referindo às crianças e adolescentes de classe média e alta, aquelas que vivem nos palácios e mansões, que não carecem de nenhuma necessidade material, não conhecem o lado pobre da vida, frequentam as melhores escolas, andam bem vestidas e vão sempre a Disney, nasceram e são educadas para vencer. Você deve estar questionando, o que haveria de tão preocupante com criaturas tão abençoadas, tão privilegiadas, que a vida ofereceu tudo e mais um pouco?

Não podemos guiar nossas ações olhando somente através de uma lente secular, somos cristãos, o apóstolo Paulo nos disse para andarmos em espírito, isto quer dizer que nosso olhar deve ser espiritual. Assim sendo não podemos ver somente as necessidades físicas, não podemos confundir evangelismo com ação social, temos que ir mais além, Jesus ao dizer que o Pai não quer que nenhuma criança se perca, não falou sobre condição financeira, deixando claro nossa obrigação de evangelizar também os príncipes. Sei que existem muitas crianças ricas dentro das igrejas, mas não me refiro a elas, falo de crianças nascidas em famílias não cristãs, como a filha de Jairo, que Jesus salvou, e nos deixou o legado. Jesus disse todas as crianças, sem especificar classe social ou condição fi-

nanceira, nós temos o hábito de olhar para as classes com necessidades materiais, porque infelizmente somos moldados por um mundo capitalista, raciocinamos materialmente, esquecemos que o vazio espiritual pode trazer mais prejuízos que o material. Sentimos compaixão quando vemos uma criança na rua, em situação de abandono, isso é normal, não há nada de errado, porém devíamos sentir compaixão também das crianças abandonadas dentro dos palácios, na maioria das vezes solitárias, em um ambiente de total esterilidade espiritual. Levar o PÃO DA VIDA a pessoas ensinadas a não precisar dele, pessoas que cultuam mamom e acreditam que ele é suficiente, não consiste em uma tarefa fácil, contudo entendo ser tão necessária quanto levá-lo aos

necessitados materiais. Temos que buscar de Deus estratégias para enfrentarmos esta batalha. A evangelização destes pobres meninos ricos deve ser colocada na pauta, não podemos esquecêlos, não podemos enxergá-los como o mundo, e dizer que está tudo bem, mesmo dentro de suas fortalezas, não podemos vê-los como inatingíveis, como crianças frias, mortas. Foi isto que disseram da filha de Jairo, porém Jesus foi levado até ela, os incrédulos riram dEle, mas Ele, em seu infinito amor, "pegando-lhe pela mão clamou", "levanta-te menina". "E o seu espírito voltou".

Sabemos que levar o amor de Deus na pessoa de Jesus, a todas as crianças do mundo é a única forma de mudar verdadeiramente os rumos da humanidade. Mesmo que consideremos impossível evangelizar príncipes e princesas, mesmo que os consideremos mortos espiritualmente, Jesus disse o contrário. Quando disseram a Jairo: "a menina já morreu". Jesus disse: "crê somente". Mesmo que suas famílias estejam "destituídas da glória de Deus", devemos buscá-las, Jesus garante em Jo 11:25 "Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá".

Visite a Fan Page do Projeto Sifrá www.facebook.com/projetosifra Email projetosifra@hotmail.com Skype live:projetosifra

1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678 Fone: (37) 3 222-8332 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678

Erros que os pregadores não devem cometer

Fique por dentro Ao fazer uma pessoa se sentir importante, levantando seu ego, você pode, literalmente, transformálo. E isso não se aplica apenas a pessoas que jão são chegadas a você. Todo mundo que você encontra tem algo a oferecer. Se a princípio não enxergar nada que mereça ser elogiado, olhe de novo. Reforce os elementos positivos das pessoas e elas florescerão com a atenção recebida. Esqueça os defeitos delas, e esses elementos negativos murcharão por serem

desprezados. Em outras palavras, ao reconhecer os dons das outras pessoas, ao constatar a beleza e as qualidades delas, podemos incentivá-las a alcançar seu pleno potencial. E ao viver com autenticidade, sendo fiel a seus valores, você florescerá e se transformará na pessoa que deseja ser. Ouça com atenção Eis uma das razões pelas quais o cachorro é o melhor amigo de uma garota. Pense no seguinte: seu cachorrinho fica sempre feliz quando vê

você. Ele não se impora com o fato de você não ter passado na prova de química ou de estar com uma espinha enorme no nariz; ele fica saltando à sua volta e a trata como se você fosse a melhor coisa do mundo, aconteça o que aconteça o que acontecer. E você o ama porque ele é assim. O que está acontecendo? Seu cachorro nunca assistiu a uma palestra de psicologia, mas ele automaticamente conhece o caminho do seu coração: fazer você se sentir importante e amada, aconteça o que acontecer. Imagine agora como as

Elmo Fernandes www.cursoopcao.com.br

pessoas reagiriam se você se comportasse com eles com um décimo do entusiasmo do seu cachorro. Essa é a melhor maneira de fortalecer relacionamentos e ser uma amiga, namorada ou filha melhor... e até mesmo uma aluna melhor. Quando você demonstra às pessoas, de modo sutil, que sente um genuíno interesse por elas, os resultados falam por si mesmos. A verdade é que ouvir com atenção não apenas a fará ficar mais consciente e

sentir mais empatia, como também terá o efeito de fazer com que você se comunique com mais eficácia. Ao ouvir atentamente seu namorado, seus amigos, seus irmãos e seus pais, você descobrirá como eles pensam. E aprenderá a melhor maneira de dizer o que quer para que eles entendam. É muito fácil apresentar um argumento convincente se você sabe o que está se passando na cabeça da outra pessoa. Texto Adaptado


4

MAIO/2013

Dra. Silvana Valle * * Advogada, Pós Graduada em Direito Público

1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212 1234567890123456789012345678901212

Amigos da

Saúde

Junto às Águas

Bebês infelizes , adolescentes em conflito

Contatos: Escritório Profissional: Escritório Profissional: Rua João Morato de Faria, Sala 107, Edifício Manhattan (em frente o Fórum) Divinópolis-MG. Fone: (37)9966-5204 Email: silvanadovalle@hotmail.com Twitter: @DraSilvanaValle

Vânia Briz vaniabriz07@hotmail.com

Comissão de Direitos Humanos e Minoria Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), é uma das 20 comissões permanentes da Câmara dos Deputados. Suas atribuições constitucionais e regimentais são: receber, avaliar e investigar denúncias de violações de direitos humanos; discutir e votar propostas legislativas relativas à sua área temática; fiscalizar e acompanhar a execução de programas governamentais do setor; colaborar com entidades não-governamentais; realizar pesquisas e estudos relativos às situações dos direitos humanos no Brasil e no mundo, inclusive para efeito de divulgação pública e fornecimento de subsídios para as demais comissões da Casa; além de cuidar dos assuntos referentes às minorias étnicas e sociais, especialmente aos índios e às comunidade indígenas; a preservação

e proteção das culturas populares e étnicas do País. O principal objetivo da CDHM é contribuir para afirmação dos direitos humanos. Parte do princípio de que toda pessoa humana possui direitos básicos e inalienáveis que devem ser protegidos pelos Estados e por toda comunidade internacional. Tais direitos estão inscritos em textos e diplomas importantes de direitos humanos, construídos através dos tempos, como no caso da ONU, a Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948). A Câmara dos Deputados teve um papel destacado no processo de incorporação dos direitos humanos na ordem político-jurídica, desde o período de resistência à ditadura militar, na

Colchão Oriental J 2000 15 anos de garantia

aprovação de tratados e convenções internacionais e, depois de 1995 por atuação da CDHM. A CDHM recebe, em média, 320 denúncias de violações dos direitos humanos. A maioria delas se refere-se a violações de direitos de presos e detenções arbitrárias, seguida de violência policial e violência no campo. Cada denúncia recebida na Comissão demanda ofícios, acompanhamentos e cobrança de providências cabíveis. A CDHM foi fundada em 1995, mas nunca foi tão “conhecida” pelos brasileiros como agora, tendo em vista a polêmica que envolve o atual Presidente Deputado Marco Feliciano do PSC, especialmente porque ele se posicionou contra a união homossexual, o que não o desqualifica para o cargo, visto a ampla atribuição da Comissão.

Quem dorme bem vive Melhor!

Falar com Armando (37) 3212-0907 (37) 9102-1100 / 8821-2940 O conjunto de tecnologias aplicadas ao produto faz do oriental J2000 a sua melhor opção para o repouso. Aliando conforto e comodidade em um só produto. Os artigos divulgados assim como matérias assinadas não representam a opinião do Jornal Cantares. Não responsabilizamos pelo conteúdo dos anúncios veiculados, nem pelas aquisições feitas em função destes. O Jornal Cantares não tem colaboradores e/ou colunistas remunerados.

Em um estudo (Hayet al; 2003) realizado na Universidade de Cardiff (País de Gales, Reino Unido), foram observadas, durante 12 anos, 132 famílias residentes no Sul de Londres. Uma série de questionários e uma entrevista foram utilizados para averiguar a incidência de problemas depressivos e seu efeito sobre a família. Uma das descobertas mais surpreendentes foi que os filhos de mães que haviam sofrido depressão pós-parto, durante os três meses seguintes ao nascimento, aos 11 anos de idade tinham quatro vezes mais a probabilidade de causar violência do que aqueles cujas mães não haviam sofrido depressão pós-parto. Esse resultado pode ser interpretado de várias formas, mas indica claramente a necessidade de dar a devida atenção, carinho e cuidado ao bebê desde seus primeiros dias de vida, para evitar problemas sérios na adolescência. A fase da adolescência tende a ser a mais difícil de todo o ciclo da vida. Muitos meninos e meninas dessa idade causam problemas na família, no colégio e na comunidade, e, acima de tudo, sofrem com isso. Ao mesmo tempo, o adolescente se caracteriza por muitos aspectos positivos que, se forem adequadamente dirigidos, transformam-se em benefício para todos. Enumeramos sete problemas muito comuns que podem surgir a partir dos 11 ou 12 anos, e sugerimos algumas opções para que o universo adulto apoie o adolescente em suas dificuldades. Pais, professores e adultos, em geral, precisam tomar todo cuidado para não desvalorizar a capacidade e as conquistas do adolescente. Os comentários positivos, feitos de maneira informal e indireta, surtem efeito especial no adolescente. A o adolescente dinâmica familiar tende a mudar radicalmente se caracteriza quando as crianças chegam à puberdade e à por muitos adolescência. Ao chegar esse período, os pais aspectos devem rever o método de orientação dos filhos. O estilo autoritário que talvez tenha funcionado positivos que, na idade infantil irá fracassar na adolescência. se forem Agora o melhor é sugerir, consultar, dar um adequadamente parecer, porque com as imposições, o dirigidos adolescente irá se rebelar e tomar um rumo indesejável. A advertência é necessária, não obstante, nos aspectos que os pais consideram fundamentais, deve-se exigir com tato e muito carinho o devido respeito do adolescente. Nessa fase o grupo de amigos adquire grande influência, não é preciso ter demasiada preocupação, pois essa área pode contribuir muito para o equilíbrio afetivo do adolescente. O grupo é o espaço em que os jovens se sentem aceitos, podem falar de suas coisas e de seu estilo. Os pais só devem ficar de olho nos valores morais e princípios do grupo de amigos. A adolescência é uma encruzilhada em que o indivíduo faz muitas perguntas fundamentais no campo da ética, em busca do que é justo e durável. Os pais precisam saber transmitir, de forma amável e persistente, os valores de real importância. Porém , mais do que aos pais, o adolescente tem a tendência de olhar para outras pessoas e amigos para aprender deles, de suas palavras e condutas. Os valores que se observam no ambiente do adolescente podem ser seguidos para o resto da vida. É responsabilidade do universo adulto oferecer um bom exemplo que os mais jovens possam imitar.


MAIO/2013

5

Pr Nilton Barros Igreja Evangélica Shalom

Igreja Evangélica Shalom - Rua Pernambuco, 880 - Centro - Divinópolis

Primeiro Aniversário da Juventude Shalom Joaquim Ribeiro Aconteceu no dia 27 de abril de 2013, sábado, o primeiro niver da JUVENTUDE SHALOM, no Templo da Igreja Evangélica Shalom, situada à Rua Pernambuco, 880, centro – Divinópolis/MG. O evento contou com a participação dos jovens sob a liderança do irmão Davi, da Igreja Batista Cristo Vive em São Gonçalo/MG, que abrilhantou as comemorações com a ministração do Louvor e a Equipe de Coreografia Moriá. O Ministério de Dança Adorart da Igreja do Evangelho Quadrangular do Porto Velho se fez presente louvando a Deus com a canção Eu escolho Deus, também a

A Deus toda glória e louvor [...] Desde as apresentações, coreografia, pregação, enfim, cada detalhe percebeu-se a sua gloriosa presença. levita Dívani prestigiou o aniversário adorando ao Senhor. A Juventude Shalom apresentou a coreografia Amor Maior, canção Arautos do Rei. A coreografia traz em si recortes encenando o grande amor de Deus ao enviar Jesus demonstrando ser o Senhor e Salvador por meio de sinais e milagres, culminando na

sua morte na cruz, onde venceu o diabo, a morte, ressuscitou e vive para sempre. A mensagem ficou por conta do Pastor Joás da Igreja Batista Cristo Vive em Nova Serrana/ MG, cujo tema como divisa: “Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o de acordo com a tua palavra.” Salmo 119.9 A Deus toda glória e louvor pela manifestação do seu poder na forma em que este primeiro aniversário foi conduzido pelo Espírito Santo. Desde as apresentações, coreografia, pregação, enfim, cada detalhe percebeu-se a sua gloriosa presença. Muitos outros virão. Que venha o próximo niver!!!

A levita Dívani prestigiou o aniversário adorando ao Senhor.

O Ministério de Dança Adorart da Igreja do Evangelho Quadrangular do Porto Velho se fez presente louvando a Deus com a canção Eu escolho Deus.

Equipe de Coreografia Moriá

Jovens da Igreja Batista Cristo Vive em São Gonçalo/MG

O Pastor Joás da Igreja Batista Cristo Vive em Nova Serrana/MG, foi o pregador no aniversário da Juventude Shalom


6

MAIO/2013

Pastor Cilmar Martins

“Cada casa uma igreja, cada membro um ministro, vivendo em Cristo de casa em casa e na grande congregação”.

Congregação Batista Betel

Rua João Pinheiro, 300 - B. Nova Fortaleza

SOMOS UMA CONGREGAÇÃO EM CÉLULA de oito a quinze pessoas que formam uma comunidade para experimentar o amor de Deus, para crescer no relacionamento com os outros e para alcançar os incrédulos. Compartilhar nossas vidas com as outras pessoas na presença de Jesus vai nos unir em uma forte malha que não pode ser rompida.

A organização de uma Igreja em células é um retorno à comunidade cristã de base, descrita no novo testamento: “Cada casa uma igreja, cada membro um ministro, vivendo em Cristo de casa em casa e na grande congregação”. O corpo humano é composto por milhares de pequenas unidades que se juntam para formar o corpo como um todo. Essas unidades são chamadas células. Um bebê tem seu início em uma pequena célula no útero da mãe, então ela cresce e se multiplica em duas células. Essas duas células transformam-se em quatro, as quatro em oito, as oito em dezesseis e assim por diante. Uma célula transforma-se em um corpo humano, cheio de vida e maravilhoso! A célula é um grupo

A força de um indivíduo não é o único fator determinante para sua caminhada com Deus. O restante da célula apóia cada membro com oração, encorajamento e visão pelos perdidos para mantê-los crescendo em Cristo. A presença de Jesus no centro da reunião é a força do grupo. Ele é o único que pode oferecer o poder e a visão para caminhar uma vida cristã. Quando sua célula se encontra para a edificação, o foco está em experimentar Jesus em cada parte do encontro. Células são tanto para edificação como para evangelismo. Se uma célula não traz visitantes, não cresce e não se multiplica, e se tornará um grupo apenas voltado para

o egoísmo, enfadando-se até morrer. Se uma célula não pastorear e edificar as pessoas, não desenvolverá liderança, não formará um caráter aprovado nas pessoas e as pessoas eventualmente cairão em sua caminhada com o Senhor (ou eles irão para algum lugar em que podem ser supridos). O grupo deve focalizar-se tanto em edificar uns aos outros, como investir, orar e alcançar os perdidos. Diferente do movimento de Igrejas nas casas, as células são parte de um todo. As células não são independentes, mas interdependentes umas das outras. Muitas células se encontram formando uma congregação para terem uma celebração semanal em conjunto. Uma congregação é uma extensão das células e não funciona sem as células. Desse modo, o pastoreio dos membros é feito pelo líder de célula, que é responsável por um grupo de apenas 3 a 15 pessoas, e não pelo pastor da igreja, que pode

ser o responsável por centenas ou até milhares de pessoas. Igreja de duas asas O Pr Bill Beckham do Touch Ministries dos EUA conta a história de uma igreja de duas asas que podia voar por toda a terra e fazer a vontade do Criador. Uma asa era o grande grupo e a outra era o grupo pequeno. Conforme a história avança, a serpente orgulhosa que não tinha nenhuma asa veio e convenceu a igreja a voar apenas com a asa do grupo grande, e não usar mais a asa do grupo pequeno. Com isso, a asa do grupo pequeno atrofiou e a igreja não pode fazer muito mais do que voar em círculos, e gastou muito do seu tempo no chão em sua casa de passarinho. Então, o criador teve que fazer uma nova igreja com duas asas que pudesse voar novamente para cumprir os seus planos. Nós cremos tanto na asa do grupo grande como na do grupo pequeno. Nós cremos que o modelo de ministério em células é um modelo bíblico de ministração, que melhor expressa o caráter e a vida de Deus entre nós, que permite que todos os membros sejam ministros (e não apenas o pastor), que é um modelo que trabalha com evangelismo e é transferível para todas as culturas (fazendo dele um modelo para plantar igrejas).

As pegadas do Senhor

ACREDITAR E AGIR provido de dois remos de madeira de carvalho. Maria do Carmo O viajante olhou * Missionária detidamente e percebeu o que pareciam ser Um viajante caminhava letras em pelas margens de um cada remo. Ao colocar grande lago de águas os pés empoeirados cristalinas e imaginava dentro do barco, uma forma de chegar observou que eram até o outro lado, onde mesmo duas palavras. era seu Num dos remos estava destino. entalhada a palavra Suspirou acreditar e no outro, profundamente agir. enquanto tentava fixar Não podendo conter a o olhar no horizonte. A curiosidade, perguntou voz a razão daqueles de um homem de nomes cabelos brancos originais dados aos quebrou o silêncio remos. momentâneo, O barqueiro pegou o oferecendo-se remo, no qua1 estava para transportá-lo. Era escrito acreditar, e um barqueiro. remou com O pequeno barco toda força. envelhecido, no qua1 a O barco, então, travessia seria começou a dar voltas, realizada, era sem sair do lugar em

que estava. Em seguida, pegou o remo em que estava escrito agir e remou com todo vigor. Novamente o barco girou em sentido oposto, sem ir adiante. Finalmente, o velho barqueiro, segurando os dois remos, movimentou-os ao mesmo tempo e o barco, impulsionado por ambos os lados, navegou através das águas do lago, chegando calmamente a outra margem. Então, o barqueiro disse ao viajante: Este barco pode ser chamado de autoconfianca. E a margem e a meta que desejamos atingir.

Para que o barco da autoconfiança navegue seguro e alcance a meta pretendida, é preciso que utilizemos os dois remos, ao mesmo tempo, e com a mema intensidade: agir e acreditar. Não basta apenas acreditar, senso o barco ficara rodando em círculos. Preciso também agir, para movimentá-lo na direção que nos levara a alcançar a nossa meta. Agir e acreditar. Impulsionar os remos com força e com vontade, superando as ondas e os vendavais e não esquecer que, por vezes. É preciso remar contra a maré.

* Facebook: Maria Do Carmo Email: protegidadopai@hotmail.com

* Facebook: Elder Pereira Email: missionarioelder@gmail.com Contato: Base Jocum - Ouro Fino/MG (35) 3441-3925

Elder Pereira “Uma noite tive um sonho... Sonhei que estava andando na praia com o Senhor, e através do céu, passavam-se cenas da minha vida. Para cada cena que se passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia, um era o meu e o outro era do Senhor. Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que muitas vezes no caminho da minha vida havia apenas um par de pegadas na areia. Notei, também, que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e

angustiados do meu viver. Isso aborreceu-me muito, e perguntei ao Senhor: “Senhor, Tu me dissestes que, uma vez que eu resolvi Te seguir, Tu andarias sempre comigo, todo o caminho, mas notei que durante as maiores tribulações do meu viver havia na areia dos caminhos da vida apenas um par de pegadas. Não compreendo porque nas horas que eu mais preciso de Ti, Tu me deixastes “. O Senhor me respondeu: “Meu precioso filho, Eu te amo e jamais te deixaria nas horas de tua prova e do teu sofrimento. Quando vistes na areia apenas um par de pegadas, foi exatamente aí que Eu te carreguei nos braços...”


MAIO/2013

7

A Escritora Marlene Gandra em noite de autógrafos no lançamento do seu livro CEREJA NO DECOTE JOAQUIM RIBEIRO

o aval da Confraria Cultural Brasil-Portugal, que tem como presidente a escritora Fátima Quadros. Os cantores liricos Reginna Nunes e Ronaldo Lima abrilhantaram o evento. O título Cereja no decote é em virtude dos portugueses amar decote, mais que tudo. E

O lançamento do livro CEREJA NO DECOTE da autora, aconteceu no dia 8 de maio de 2013, às 19h30, na Biblioteca Pública Municipal Ataliba Lago. O evento aberto ao público teve

Portugal ser farto desta fruta de cor excitante. Segundo Marlene Gandra deixa claro que “fui incentivada a voltar a editar livros também pelas escritoras membros da Academia Divinopolitana de Letras, Aparecida Camargos e Fátima Quadros”, finaliza.

Fotos/Cantares

Marlene Gandra autografando ao lado de Marlene Gandra ao lado da Escritora Fáti- O Padre Casimiro Ferreira em homenagem Manoel Ferreira da Academia Divinopolitana ma Quadros Presidente da Confraria Cul- à Poetisa e Escritora Marlene Gandra com de Letras. tural Brasil-Portugal. as canções: Fado da Despedida e A Casa Portuguesa.

PERCA PESO COM SAÚDE

PR ODUT OS NA TURAIS PRODUT ODUTOS NATURAIS Atendimento em domicílio

SIMPLES E FÁCIL LIGUE HOJE MESMO. PRODUTO 100% NATURAL; APROVADO PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE; SEM DEIXAR DE COMER O QUE GOSTA; ACOMPANHAMENTO PERSONALIZADO, AVALIAÇÃO SEM COMPROMISSO.

(37) 9902-8709 Falar com Maria José PROPAGANDA É A ALMA DO NEGÓCIO

SALÃO CARAVELE

jornalcantares@hotmail.com

Técnico

Consertos / Desbloqueios Compra / Venda e Troca

(37) 3221-6520 Rua São Paulo, 246 - Centro - Divinópolis/MG

(37) 3212-7146 8805-7686 Av. Get. Vargas, 462 - Centro

LA VANDERIA LAV

&SABER

LER

Tratar-se com DULCELINA

Cantares JORNAL

Fone: (37) 8812-9075 e-mail: jornalcantares@hotmail.com Editora Cantares Joaquim Ribeiro da Silva CNPJ: 13.363.392/0001-03 Insc. Municipal: 0040327

Bronquite, emagrecer, úlceras, gastrites, sinusites, estress, labirintite, vermes, cogumelo do sol, quitozana, ômega 3, cálcio D, cartilagem de tubarão e óleo de côco.

Ronaldo

CABELEIREIRO

Diretor e Jornalista responsável: Joaquim Ribeiro Registro MTB 17.293/MG

Produtos para:

Celulares

GILMAR

(37) 8812-9075

(37) 3212-0907 (37) 9102-1100 / 8821-2940

Divinópolis - Minas Gerais

CORTE MASCULINO

ANUNCIE E SEJA LEMBRADO

Falar com ARMANDO

(37) 3222-6289 - (37) 8816-8570 8843-2566 Lavar e Passar suas roupas do dia a dia domésticas, roupas de cama, edredom, tênis é com a Lavanderia El Shadday.

Atendimento em domicílio Rua José Antônio Fernandes, 150 - N. S. Graças

Noivas * Debutantes * Formandas

Glamour Alta Costura O casamento perfeito é o que toda noiva quer. Na busca pelo vestido perfeito, o preço fica em segundo plano quando o que importa é o casal ser feliz.

(37) 8802-7306 / 9194-9914


8

MAIO/2013

Cantares PROPAGANDA É A ALMA DO NEGÓCIO

ANUNCIE E SEJA LEMBRADO

MARMORARIA

FONE:

(37) 3212-7946

Próximo a Rodoviária

Av. Joaquim André, 325 - Divinópolis- MG

Divishop - Loja 20 Av Jk, 1200

Oeste Center - Loja 11 Av. Jk, 1237

(37) 3214-5863

(37) 3213-4114

Cel. (37) 9903-4646 / 8833-9430 E-mail: rosalilas-loja@hotmail.com

Este espaço pode ser seu, ligue e anuncie aqui!!!

(37) 8812-9075 jornalcantares@hotmail.com

Alisson Cesar VENDA ATACADO E VAREJO Av. 1º de Junho, 318 - Salas 301/302 - Centro Fone/Fax: (37) 3212-7203 - CEP 35500-002 e-mail: otimizafiscal@yahoo.com.br

Rua Rio de Janeiro, 91 - Centro - Divinópolis - MG Rua Pernambuco, 487 - Centro - Divinópolis - MG Tel. (37) 3221-7735 / 3212-5812 / 3229-8696

Lena (37) 3221-3450 Ótimo preço, qualidade e atendimento Porque Dele por Ele são todas as coisas Av. Jk., 1207 - Loja 06 - Shopping JK - B. Pastor

NOIVAS DEBUTANTES iucaconf@hotmail.com

FORMANDAS

Falar com Antônia (37) 8802-7306

Fones: (37) 3212-0091 / 9918-7376 8819-2240

9194-9914

Rua Belvedere, 810 - Manoel Valinhos

R: Rio de Janeiro, 140/203 - Centro - Divinópolis/MG

Angélica Nunes dos Santos

Musculação

PSICÓLOGA

Speed

CRP 04/28002

Jump Step

TELEFONES: (37) 9926-0801 - Vivo (37) 9122-6244 - Tim Rua João Morato de Faria, 172, Sl Rua Tiradentes, 91 - Cen502 - 5º andar. Ed. Manhattan - tro - Carmo Físio Centro - Divinópolis - MG Carmo do Cajuru - MG

Aero Bahia

(37) 3222-2844

Localizada Super ABS

Rua Cel. João Notini, 281 - Centro - Divinópolis

R.J.P

Roberto Pacheco - Estruturas metálicas (todas as telhas)

- Corrimão prédio

FONE: (37) 9952-9703 Rua Itapecerica, 82 - Centro - Divinópolis/MG

Av. Paraná, 450 - Centro - Divinópolis-MG (entre Rua Goiás e Pernambuco)

Oficina especializada em carburação e injeção eletrônica

Fone: (37)3222-0222 Wellington (Wertin) Rua Itapecerica, 231 - Centro - Divinópolis/MG

Tr a balhamos com monta gem de acessómontag rios e xclusi vos par a ex lusiv para conf ecções de rroupas oupas confecções e sa pa tos sapa patos tos..


JORNAL CANTARES  

Edição de Maio 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you