Page 1

Entidade promove atualização de lista telefônica local

Uma hora fumando narguilé Custo do milho no Brasil e no exterior equivale a 100 cigarros pressionam mercado de carnes

Pág. 04

Pág.03

Pág. 07

NOVA MUTUM

A VERDADE LETRA A LETRA

06 a 12 de Setembro de 2012 Edição nº 925, ano 14 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Carro forte é novamente assaltado na BR-163 Veículo foi interceptado a dois quilômetros de posto da PRF com disparos que poderiam derrubar um avião. Este é o segundo caso a ocorrer na BR-163 em menos de três meses, o que denota maior ousadia dos criminosos. Pág. 05

ACS recebem 50 novas bicicletas para realizar atendimentos Pág. 02

Empresas precisam adotar políticas de retenção da mão de obra Pág. 04

ANUNCIE CONOSCO JORNAL

(65) 3308 2222


WWW.GRUPOARINOS.COM.BR

02 Anatel busca voluntários para medição da banda larga Cerca de 30 mil usuários de internet banda larga fixa já se inscreveram para participar de projeto de medição da qualidade do serviço promovido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Ao todo, 12 mil pessoas devem participar do estudo que visa reunir informações para a adoção de medidas que permitam a progressiva melhoria do serviço. Os interessados, pessoas físicas ou jurídicas, podem participar se cadastrando através do portal www.brasilbandalarga.com.br . Não há data limite para se inscrever, tendo em vista que anualmente 25% da base de voluntários será renovada. Contudo, é vedada a participação de funcionários de empresas prestadoras do serviço. Ao selecionado não haverá ônus algum, sendo o aparelho batizado de whitebox, responsável pela medição, disponibilizado pela Entidade Aferidora da Qualidade (EAQ). Dados pessoais e de navegação não serão monitorados. Para participar também não é preciso experiência com informática. O processo de avaliação atende ao disposto na Resolução 574/2011 da Anatel e os primeiros resultados devem ser divulgados pela Agência em dezembro deste ano. Serão monitorados indicadores como velocidades de upload e de download, latência, variação da latência (ou jitter) e perda de pacotes. Em Mato Grosso há cerca de 215 mil assinantes do serviço de banda larga de empresas como Oi, Embratel, GVT e Net.

06 A 12 DE SETEMBRO DE 2012

Acenm/CDL e Prefeitura discutem medidas para coibir comércio ambulante Prática ilegal que prejudica o comércio local pode ser denunciada através de disque denúncia 24 horas Agência Folk Preocupada com as reclamações recebidas por comerciantes e lojistas de Nova Mutum, a Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum e Câmara de Dirigentes Lojistas (Acenm/CDL) se reuniu, nesta semana, com a Prefeitura, através do Departamento de Tributação, para discutir ações de contenção ao comércio ilegal praticado por vendedores ambulantes. Os presidentes da Acenm e da CDL, Carlos Alexandre Saito e Rodrigo Rigoni, respectivamente, enfatizaram na reunião que as reclamações de comerciantes e lojistas têm sido corriqueiras em função do problema. “Estamos recebendo entre dez ligações diárias sobre o assunto. Sabemos que o comércio devidamente cadastrado gera emprego, renda e é importante para a economia do município e por isso somos parceiros da prefeitura para coibir a prática da venda ambulante”, reforçaram. Conforme a Lei Municipal nº 519, de 30 de

junho de 1999, “é proibido ao vendedor ambulante comercializar qualquer tipo de mercadoria em local público, sendo que poderá este comercializar apenas produtos ou mercadorias não encontradas nas prateleiras dos estabelecimentos comerciais”. O documento, que possui sete artigos, especifica ainda, entre outras resoluções, “a proibição de vendas de mudas para arborização ou frutíferas de empresas, comercialização de animais e institui que as mercadorias apreendidas serão doadas a entidades filantrópicas existentes no município”. No Código Tributário, que está em fase de reformulação, também existem sanções sobre o assunto.

De acordo com o fiscal do setor, James Fernando Marques, quatro profissionais atuam no combate à prática. “Trabalhamos diariamente, inclusive em plantões de final de semana, com a abordagem de vendedores que sabemos que estão ilegais no município”, diz o fiscal. Marques explica que a primeira medida tomada durante as fiscalizações é a apresentação e notificação verbal sobre o caso. “Sempre estamos uniformizados e abordamos esses vendedores, informando sobre a Lei Municipal, mas nem sempre os ambulantes desocupam os locais, principalmente na área central. Caso essa determinação não seja cumprida, acionamos a Polícia Mi-

litar que nos auxilia na retenção das mercadorias”, salienta. O fiscal comenta que a maioria dos casos abordados são de vendedores que vem ao município apenas para realizar a comercialização entre os dias 1º e 5º dia útil do mês. “Noventa e nove por cento dos ambulantes vêm apenas na época de pagamento e logo após vão embora, com a venda normalmente de CDs, joias, óculos, redes, relógios, entre outros produtos”, destaca Marques. Segundo a Prefeitura de Nova Mutum, o disque denúncia para os casos pode ser acionado 24 horas pelo número (65) 9628-3866. Ações e campanhas de conscientização serão promovidas ainda este

ano. “A intenção é utilizar a princípio as armas que temos e orientar esses vendedores que estão realizando uma prática ilegal. Posteriormente, faremos ações preventivas, com rigidez contra o comércio de ambulantes”, finaliza o prefeito em exercício do município, Sadi Ribeiro Ramos. Estiveram presentes na reunião o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Oduvaldo Lopes Ferreira e a coordenadora do Departamento de Tributação, Terezinha Arissava. Caso. Na segunda-feira (3), a PM de Nova Mutum prendeu dois vendedores ambulantes que estariam comercializando produtos sem nota fiscal na região central da cidade. Durante a ação, foram apreendidos cerca de 30 relógios, 80 correntes, anéis, brincos, entre outras bijuterias. Os ambulantes foram conduzidos à Delegacia da Polícia Civil e os produtos retidos pelo setor de fiscalização. Não se tem dados sobre a quantidade de produtos apreendidos este ano pelo setor.

Departamento de Cultura oferece vagas para Oficina de Canto e Voz Aula gratuita será ministrada por professora especializada em canto da UFMT Redação O Departamento de Cultura de Nova Mutum, através do Pontão Viola de Cocho, projeto da Secretaria de Estado de Cultura, está com inscrições abertas aos interessados em participar da Oficina de Canto e Voz. Ao todo são oferecidas cem vagas.

De acordo com a coordenadora do Departamento, Dedma Albuquerque, o município foi contemplado com a ação gratuita em função do convênio nº. 762190/2011, firmado entre Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e Secretaria de Estado de Cultura, que trouxe

jornalarinos@grupoarinos.com.br (65) 3308.2222 Redação/Comercial

ao município o Pontinho de Viola de Cocho. “Por fazermos parte do projeto, fomos agraciados com a oficina que é direcionada a quem já canta ou mesmo quem quer aprender entre outros cuidados e técnicas no quesito de canto e vocal”, explica Dedma. A oficina, marcada

EXPEDIENTE Diretor Geral. Claudio Prestes Diretor Administrativo. Andrei Mariotti Reportagem. Kleber Gutierrez, Marcos Junior Diagramação. Bruna Alves

para os dias 15 de setembro, das 13 às 18h e das 19h às 22h; e 16, das 7 às 11h e das 13h às 17h, com local ainda a ser definido, será ministrada pela professora de Canto da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Alda Alves de Araújo. As inscrições estão abertas no Departa-

mento de Cultura, anexo a Biblioteca Municipal “Hilda Strenger Ribeiro” e também na Casa da Cultura, de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e 13h às 17h. Os interessados deverão ter idade a partir dos 15 anos e estar munido de documento com foto no ato da inscrição.

Editado e distribuído por BFF Gráfica e Comunicação. Endereço: Rua dos Cedros, 39 N, Centro, CEP 78450-000, Nova Mutum, MT. O Jornal Arinos é impresso na Gráfica e Editora Regional. Circulação. Nova Mutum e região. Tiragem. 1 mil exemplares.


WWW.GRUPOARINOS.COM.BR 06 A 12 DE SETEMBRO DE 2012

03

Custo do milho no Brasil e no exterior pressionam mercado de carnes No país, estoque regulador do grão tem sido utilizado para amenizar possíveis impactos a cadeia produtiva de aves e suínos Agência Brasil O custo do milho nos mercados nacional e internacional, com a forte alta provocada pela quebra de safra nas principais regiões produtoras do grão que sofreram com a seca este ano, como os Estados Unidos e o Sul do Brasil, tem pressionado fortemente o mercado de carnes. Ao lado da soja (farelo de soja) o produto é a principal matéria-prima para a produção de carne bovina, suína e de aves nos Estados Unidos e de aves e suínos no Brasil. O preço da saca de milho chegou a quase R$ 35 e o da soja a R$ 85, em média. O preço mínimo, usado como referência de mercado para garantia de aquisição pelo governo federal, foi R$ 13,02 para a saca de 60 quilos de milho e R$ 22,87 para a saca de soja. No Brasil, onde a produção de aves e suínos

é mais sensível ao problema, o governo tem usado o estoque regulador para amenizar os impactos. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), 1,2 milhão de toneladas de milho estão disponíveis para regulação. Parte desse estoque tem sido disponibilizada no mercado a preços subsidiados em relação aos atuais. As regiões Nordeste e Sul do país, que mais sofreram com a estiagem e que têm sentido mais fortemente os impactos dos preços de grãos na produção de carne, são prioridade. Com a modalidade denominada Venda Balcão, voltada para pequenos produtores, o governo se compromete com a entrega das sacas comercializadas. “Mas estamos com problemas [nessa modalidade] porque a Conab [Companhia Nacional de Abastecimento] tem feito leilões

de frete. Com o superaquecimento do mercado de frete, a Conab não está conseguindo contratar caminhões”, explicou Edilson Guimarães, diretor do Departamento de Comercialização e de Abastecimento Agrícola e Pecuário do Mapa. Guimarães acrescentou que pela modalidade de Venda de Estoques Públicos [VEP], os produtores compram e levam o produto a preços mais baixos. “Na última quinta-feira (30), das 30 mil toneladas de milho que disponibilizamos, vendemos 18 mil para o Nordeste e Norte do país. Na quinta-feira (6), ofertamos mais 30 mil toneladas e aí poderão entrar os produtores de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul”, disse. As operações serão realizadas até o fim de dezembro, de acordo com a portaria que viabilizou as medidas. Para os produtores nordestinos, estão reservadas

Alimentos pressionaram inflação em agosto Preço em alta do tomate representou maior impacto na medição Os alimentos foram responsáveis por mais da metade do aumento do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em agosto deste ano, que ficou em 0,41%. O tomate foi o item de maior impacto na inflação oficial, com uma alta de preços de 18,96% em agosto. “Os alimentos continuam sendo pressionados tanto internamente, por conta da seca, quanto pelo aumento do preços internacionais de produtos como a soja, o trigo e o milho, devido a problemas climáticos nos Estados Unidos e na Rússia”, explicou a coordenadora de Índices de Preços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Eulina Nunes.

A alta nos preços internacionais dos três produtos provocou impacto direto no bolso do consumidor, por causa da alta do aumento do óleo de soja (1,25%) e farinha de trigo (1%). O maior impacto, no entanto, foi indireto, uma vez que a soja, o trigo e o milho são usados como ração animal ou ingrediente para outros alimentos, tais como os ovos de galinha (3,92%), a carne de frango (1,35%), o macarrão (1,22%) e o pão francês (0,88%). No ano, os alimentos acumulam inflação de 5,1%, taxa bem superior aos 3,51% registrados no mesmo período do ano passado. Os serviços também têm influenciado fortemente a inflação

oficial. Entre os principais impactos, nos oito primeiros meses do ano, estão o aumento do custo dos empregados domésticos (9,9%), refeição fora de casa (5,31%) e aluguel residencial (6,85%). Segundo Eulina Nunes, o aumento da renda e a ampliação do mercado de trabalho resultam em maior demanda por serviços. Segundo o IBGE, as taxas de inflação apresentadas pelas demais classes de despesas em agosto foram: habitação (0,22%), artigos de residência (0,4%), vestuário (0,19%), transportes (0,06%), saúde e cuidados pessoais (0,53%), despesas pessoais (0,42%) e educação (0,51%). (ABr)

400 mil toneladas de milho, e para os produtores do Sul, 200 mil toneladas. Guimarães explicou que esse volume ainda pode aumentar e que o governo vai manter as medidas de regulação depois do período previsto pela portaria. Ainda assim, o próprio governo admite que o apoio não é suficiente para regularizar o mercado como um todo. O volume estocado e disponibilizado a baixo custo é residual ante a histórica quebra da safra norte-americana, estimada em mais de 130 milhões de toneladas de soja e milho. “Não há como suprir o mercado todo. O preço de carnes ainda vai se manter e é o mercado que vai ajustar esse preço. Não temos condições de abastecer todo o mercado brasileiro com preço mais baixo e não é questão de ter ou não estoque”, explicou Guimarães.

Elza Fiúza/ABr

Ainda que as medidas sejam voltadas prioritariamente para os produtores nordestinos e sulistas, agricultores do Centro-Oeste também têm conseguido adquirir milho e soja a preços mais baixos do que os cobrados no mercado. Na unidade da Conab do Distrito Federal, a saca de milho tem sido comercializada a R$ 22. Do ponto de vista de produtores que têm conseguido se beneficiar das medidas de regulação, como Arnaldo Figueiredo, a atual crise de desabastecimento pode ser uma oportunidade estratégica para outros segmentos da cadeia.

“Sendo uma crise global, torna-se uma oportunidade para nós, que praticamos bovinocultura de leite e corte com menos dependências desses insumos. É uma oportunidade de retomar mercados perdidos”, avaliou. Figueiredo ainda destacou que os frigoríficos tendem a adotar uma estratégia com prioridade às exportações, “em detrimento do próprio mercado interno”. A principal explicação é a queda do mercado bovino norte-americano, maior dependente de insumos como milho e soja e, por isso, com custo de produção mais onerado.

SEMENTE DE FÉ

O QUE AS MENTES ESPERTAS TALVEZ JÁ SAIBAM

Quanto mais bizarro melhor! As edições de revistas que mais vendem são as que trazem as previsões para o ano seguinte. Não importa que as predições falhem ou que os videntes concorrentes façam predições contraditórias. As pessoas deixam um bom dinheiro nas bancas de jornal pelo valor do entretenimento de ver, com antecedência, as fofocas sobre as celebridades – e quanto mais bizarras essas fofocas, melhor. Também são bastante comuns as edições anuais sobre as novas descobertas a respeito das previsões de Nostradamus, o astrólogo e médico francês do século XVI. A imaginação fértil de algumas pessoas vê diversos fatos ocorridos na história como já estando previstos na obra de Nostradamus. Profecia na Bíblia – Além de afirmações gerais sobre o futuro do tempo e da humanidade, a maioria dos escritos considerados sagrados no mundo religioso tem muito pouco daquilo que pode ser chamado, realmente, de profecia. A Bíblia, porém, contém uma enorme quantidade de material que prevê o futuro, ou que o previu na época em que foi escrito. Aproximadamente 25% do AT e do NT eram proféticos na época em que foram escritos. Profecias místicas só existem para satisfazer o orgulho humano ou o desejo de poder. Tais profecias supostamente dão aos seus iniciados munição para combater os seus inimigos e obter vantagens no comércio e nos negócios pessoais. É interessante ver que a literatura mundial está repleta de histórias sobre o engano da profecia mística. Histórias como a do Fausto testificam um poder maléfico por detrás das profecias místicas, as quais dão aos homens a ilusão de orgulho e poder, ao mesmo tempo em que os afundam no engano e na ruína. Em contraste com tudo isso, a profecia bíblica tem o objetivo de tornar as pessoas humildes diante de Deus e prepará-las para enfrentar o futuro com confiança no amor e no cuidado de Deus. Sua preocupação é informar, ao invés de confundir, sendo elas, normalmente, ricas em detalhes (ex: Gn 41.25-32). Algumas profecias envolveram coisas de um futuro próximo como demonstração de que as palavras do profeta a respeito de eventos mais distantes também eram dignas de confiança (Jr 28). Deus previu o futuro da raça humana (Gn 3.16-19). Advertiu o seu povo escolhido quanto ao juízo eminente (Hc 1.1-8). Predisse o envio de um Salvador para a humanidade, o qual morreria pelos pecados de todos (Is 52.13-53.12). Descreveu os terríveis cataclismos que precederão o fim (Mt 24. 4-26). Prenunciou a era do Reino do seu filho na terra e ainda falou sobre o julgamento futuro, o qual terá o seu clímax no grande trono branco de Deus (Ap 20.11-15). Pedro escreveu: “Por essa razão, pois, amados, esperando estas coisas empenhai-vos por serdes achados por ele em paz, sem mácula e irrepreensíveis” (2Pe 3.14). A profecia está presente na Bíblia para conclamar os discípulos de Jesus a viverem vidas de esperança e perseverança. Pastor Christian Piovesan

Igreja Casa da Bênção de Nova Mutum | Av. das Araras, 480 W – Centro | www.icbnovamutum.com.br


WWW.GRUPOARINOS.COM.BR

04

06 A 12 DE SETEMBRO DE 2012

Entidade promove atualização de lista telefônica local ´

FARMACIAS DE 01/09A 07/09 CENTRO Bothanica Rua das Primaveras, 40 N 3308.4030 Drogaria Isis Avenida Mutum, 212 N 3308.3551 / 3308.1146 BAIRRO Farmácia Nativa 2 Avenida dos Pavões, nº 857 W (65) 3308.4222 Farmácia Santa Helena Avenida das Seriemas, 751 W 3308.1894 DE 08/09 A 14/09 CENTRO Farmácia Nativa Avenida Mutum, 367 W 3308.1616 Farmácia Modelo Avenida Mutum, 582 N 3308.1508 BAIRRO Drogaria Colina Avenida dos Pavões, 997 W 3308.4040 Farmácia Farma Vida Rua dos Cedros, 2884 W 3308.4473

Colaboradores da Acenm/CDL já iniciaram o recadastro dos números de pessoas físicas e jurídicas Kleber Gutierrez Pelo quinto ano, a lista telefônica elaborada pela Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum e Câmara dos Dirigentes Lojistas (Acenm/CDL) passa pelo processo de atualização de dados, como número de telefone e endereço constantes na mesma. O objetivo é garantir que o guia seja um recurso útil na busca de pessoas físicas ou empresas do município. “Entendemos que essa ferramenta é de fundamental importância para Nova Mutum, pois possibilita a aproximação entre quem necessita de determinado produto ou serviço e seu fornecedor”, explica ao presidente da CDL, Rodrigo Rigoni. Uma profissional foi contratada pela Acenm/CDL para realizar o trabalho de checagem das informações. Apenas os anúncios são cobrados, de acordo com o ta-

manho escolhido pela empresa. Atualização. Para a empresária Marisane Barreto, o processo de atualização evita com que equívocos ocorram como, por exemplo, trocas números de telefone. “Tive uma experiência negativa com um guia telefônico, produzido por outra empresa. Na ocasião, meu número era listado como sendo de uma escola mutuense. Por isso, considero válido esse processo de atualização, adotado pela Acenm/CDL, para que todos possam ser beneficiados e as ligações sejam atendidas por quem se pretendia falar”, observa Marisane. Local. Em meio a uma diversidade de guias telefônicos, o empresariado local é mais favorável a que tal ferramenta tenha cunho local, no sentido de beneficiar empresas do município. “Precisamos de um guia que ofereça acesso facilitado ao cidadão quanto a números e ende-

reços, mas também que priorize a produção local para que se evitem falhas e haja um comprometimento maior com a cidade a que se destina”, defende a também empresária Clarrise Cambri. Nesse sentido, o presidente da CDL ressalta que todo o recurso empregado na confecção da lista telefônica fica em Nova Mutum, com a contratação de uma empresa do municipio para que a impressão seja realizada.

Utilidade. Ao todo cinco edições já foram produzidas pela Acenm/CDL, cada qual com sete mil exemplares. Contudo, sua utilidade é ainda mais ampla, tendo em vista que muitas pessoas nem sempre dispõe de acesso a internet. O auxiliar contábil, Weguesley Costa, utiliza o guia físico para tudo, pois ele possibilita acessar informações desde um local para solicitar um lanche a um contato profissional.

“Acho importante a cidade ter um guia telefônico, pois nem todos tem acesso a internet e um guia físico, às vezes, pode ser bem mais rápido e prático”, conta Weguesley. Já Marisane observa que para o comércio a lista telefônica possibilita uma aproximação do consumidor, que pode ligar antes para se certificar sobre a presença de determinado produto ou serviço na loja antes de ir até ela.

ACS recebem 50 novas bicicletas para realizar atendimentos Medida renova quadro de veículos existentes e visa garantir melhores condições de trabalho aos agentes Redação Agentes Comunitários de Saúde (ACS) devem receber, na próxima semana, 50 novas bicicletas para a realização de visitas domiciliares em Nova Mutum. Os veículos, que vão substituir os antigos, representam investimento de R$ 14 mil provenientes de recursos próprios do município. “Sabemos da importância dos serviços prestados pelos agentes, que é o primeiro contato da pasta com os moradores e precisávamos au-

xiliar suas condições de trabalho”, explica a coordenadora da Secretaria de Saúde, Marines Uhde. As novas bicicletas irão substituir as antigas que já apresentam desgaste em função do tempo de uso. Por outro lado, as bicicletas que ainda apresentem condições vão ser reformadas para continuar circulando. Além dos veículos, que prosseguem em montagem, todos os ACS já receberam uniformes novos, com objetivo de melhorar a identificação dos profissionais.

Segundo a Secretaria de Saúde, atualmente são 63 profissionais contratados atuando em visitas domicilia-

res para orientar a população sobre saúde preventiva, acompanhamento de pacientes em tratamento

médico, entre outras atividades. A média mensal de visitas realizada é de cerca de 1,3 mil.


WWW.GRUPOARINOS.COM.BR 30 DE AGOSTO A 05 DE SETEMBRO DE 2012

05

Carro forte é novamente assaltado na BR-163 Veículo foi interceptado a dois quilômetros de posto da PRF com disparos que poderiam derrubar um avião

Kleber Gutierrez Quatro vigilantes de uma empresa de transporte de valores estavam, na terça-feira (4), sentados ao lado do carro forte que, horas antes, havia sido alvo da ação de bandidos na BR-163, próximo ao Posto Gil. As marcas dos tiros, provenientes de armas de uso restrito das forças armadas, estavam espalhadas por toda a lataria do veículo, que tinha por destino uma agência bancária de São José do Rio Claro. Ainda processando o que haviam acabado de presenciar, um deles levanta a questão: “- Por que nessas horas sempre pensamos que vamos morrer?” A resposta é marcada pelo silêncio dos outros três ocupantes do carro forte. Todos saíram ilesos. Para parar o veículo, por volta das 11h10, os criminosos atira-

ram nos pneus e na lataria com uma metralhadora ponto 50, de capacidade antiaérea, e pistolas 7,62 e 5,56. Após render os vigilantes explodiram o cofre com dinamite, levando quantia aproximada de R$ 200 mil. Mesmo estando a cerca de dois quilômetros de um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os cinco assaltantes envolvidos no roubo não se intimidaram. Nem os policiais que, com o som dos tiros, se deslocaram até o local, sendo recebidos a bala. Um dos carros utilizados na ação, modelo Golf que havia sido roubado dias antes em Cuiabá, foi incendiado na entrada de uma propriedade rural às margens de uma estrada que dá acesso a Nobres, Diamantino, Rosário Oeste, Jangada e Nova Mutum. O grupo teria prosseguido com a fuga em uma

caminhonete Hilux prata. Do veículo de passeio pouco restou. Nele, estava instalada, na parte traseira, uma base de metal que serviria de escudo aos criminosos em uma situação de resposta da polícia, além de uma arma calibre nove milímetros deixada para trás. Uma força tarefa envolvendo as polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal prossegue na busca da quadrilha. Essa é a segunda vez que um caso de assalto envolvendo carro forte ocorre na BR-163. O primeiro foi registrado no dia 1º de junho deste ano. Mudança. De acordo com o especialista em segurança e major da reserva da PM, Antônio Costa, pode estar havendo uma migração do roubo a bancos e caixas eletrônicos para os carros fortes em trânsito nas rodovias.

“Com o aumento da presença policial nas cidades, os bandidos tem buscado outros pontos de vulnerabilidade para agir. É o caso das rodovias, onde o deslocamento terrestre da força policial é mais difícil, em decorrência das grandes distâncias ou mesmo das condições da via”, analisa Antônio. O especialista também ressalta ser necessária maior vigilância com relação ao comércio e transporte de dinamites para evitar que esta seja empregada em ações criminosas, bem como que o setor de transporte de valores analise outras opções, como a aérea, para transferir valores. Nesse sentido, uma alteração na legislação que rege o segmento viria a colaborar ainda mais para a estruturação de uma resposta adequada a casos como o ocorrido na BR-163.

Assalto similar ocorreu em junho

Outro carro forte também foi alvo da ação de bandidos, no dia 1º de junho, na BR-163. Na ocasião, cerca de sete homens fortemente armados dispararam contra dois veículos de transporte de valores que seguiam para Lucas do Rio Verde. Um dos carros conseguiu escapar do cerco criminoso que utilizou uma caminhonete S10 prata, com placas ALQ 6642 de Porto Velho (RO), na abordagem. A mesma foi deixada pelos assaltantes para trás, bem como

parte dos explosivos utilizados para abrir o cofre. O tráfego na rodovia chegou a ser prejudicado, fato que não ocorreu na terça-feira, visto que o carro forte saiu da pista. Em junho, dois suspeitos acabaram presos, em Chapada do Guimarães, após tentar passar por uma barreira policial com R$ 77 mil, duas pistolas, uma grande quantidade de munição e dois carregadores de fuzis – AK 47 e 7,62. Os mesmo não souberam explicar onde haviam conseguido o material.

O que fazer em caso de assalto ou troca de tiros na rodovia Tendo em vista o recente caso ocorrido na BR-163, questionamos a PRF quanto às atitudes que o condutor de um veículo deva tomar caso se depare com um assalto ou troca de tiros em uma rodovia. De acordo com o inspetor José Hélio Macedo, do Núcleo de Comunicação da PRF em Mato Grosso, o mais indicado é tomar distância do local e acionar os policiais rodoviários por meio do número telefônico 191, sinalizar a uma viatura ou mesmo declarar o fato em um dos postos da corporação.

“Caso haja troca de tiros o recomendável é se abrigar em um local seguro, mantendo-se sempre abaixado. Neste caso, ficar atrás do veículo pode ser uma opção”, orienta José Hélio. A PRF dispõe hoje de equipes táticas em suas delegacias regionais e núcleos de operações especiais espalhados por todo o estado. O número do efetivo disponível não é divulgado por razões de segurança, mas em breve deve ser reforçado com a entrada de novos agentes egressos do curso de formação de policiais rodoviários.


WWW.GRUPOARINOS.COM.BR

06

06 A 12 DE SETEMBRO DE 2012

Empresas precisam adotar políticas de retenção da mão de obra “Empregador precisa criar uma relação de fidelização”, orienta consultora Agência Brasil O empregador também é responsável pela rotatividade de mão de obra no mercado de trabalho quando não adota políticas de retenção do empregado. Fatores como ambiente dentro da empresa, relacionamento com os colegas de trabalho, benefícios oferecidos pelo empregador ao funcionário e à família são determinantes no momento de se decidir trocar ou não de emprego. “É preciso que se faça constantemente pesquisas dentro de uma empresa para saber se os funcionários estão satisfeitos. O trabalho é uma via de mão dupla. A empresa tem que escolher o funcionário e vice-versa. Quanto mais as regras estiverem claras nesse meio campo, maiores são as chances de ter retenção mais efetiva de mão de obra”, informou a especialista em recursos humanos, Rita Brum, diretora da Rhaiz Soluções em Recursos Humanos. O setor público é o que menos demite trabalhadores, segundo dados da Relação Anual de Informações Sociais CLASSIFICADOS

(Rais) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). A taxa de rotatividade de empregos na administração pública, em autarquias e em empresas de prestação de serviços públicos é a mais baixa, entre 10,6% e 12,2%; contra 86,2% na construção civil, seguida pela agricultura (74,4) e pelo comércio (41,6). No entanto, há trabalhadores na iniciativa privada e em setores com altos índices de rotatividade que mantêm seus empregos há muitos anos. Esse é o caso de Samuel Carvalho, 48 anos, garçom no mesmo restaurante desde os 20 anos. Depois de 28 anos de casa, ele diz que o relacionamento com o patrão é importante para que ele não queira deixar a empresa. “Atendo cerca de cem clientes por dia, tenho muito respeito tanto por eles quanto pelo meu patrão, por quem, hoje, tenho muita amizade e consideração. Para conseguir ficar aqui todos esses anos, é preciso muita honestidade e também não dar motivos de se reclamar”, explicou. O colega de Samuel, Antônio de Araújo,

50 anos, também é funcionário do mesmo restaurante há 20 anos. Para ele, não há prejuízo em manter o emprego por tanto tempo. “Estar aqui há tantos anos dá força tanto para nós quanto para o patrão. Muitos clientes já são amigos e vêm porque estão acostumados. Só penso em sair daqui quando me aposentar”, explicou Araújo. Segundo o patrão dos garçons, Rubem Lucena, a necessidade de constante atendimento ao público faz que o tempo de casa dos funcionários seja benéfico. “Eles já têm os clientes próprios e, como trabalham sobre comissão e gorjeta, isso é importante para o salário final”, informou Lucena. De acordo com a consultora Rita Brum, as empresas têm tido cada vez mais consciência da necessidade de deixar claro que há preocupação com o funcionário. “O empregador precisa criar uma relação de fidelização e aplicar ferramentas que mantenham a pessoa no cargo. Há quem troque de emprego por causa de R$ 100, mas se há um clima adequado e agradável, se pensa melhor e se vê que o que conta não é só o salário”, explicou.

EMPREGOS FAZENDA SÃO JOÃO Função: Operador de trator de esteira, máquinas, motorista, mecânico agrícola. Contato: (65) 3337-1362 ou (66) 8111-6578, falar com Genuino.

ARTE SUL TELHAS Função: Auxiliar de produção Contato: (65) 3308-1158, falar com Junior.

SOLICITAMOS O COMPARECIMENTO DO Sr. ADÃO APARECIDO COSTA NEVES, PORTADOR CTPS N° 37508 SÉRIE 00015 - MT, NO PRAZO DE 48 hs NA EMPRESA, BRUNNO THAYTON SCHMIDT E CIA LTDA - ME , CNPJ: 15.533.622/0001-52, SITUADA RUA DOS FLABOYANTS , Nº 1354 W, ALO DA COLINA, SOB PENA DE CONTRATO SER EXTINTO POR JUSTA CAUSA, TENDO EM VISTA SER ABANDONO DE EMPREGO POR MAIS DE 30 DIAS, NOS TERMOS DO ARTIGO 482, LETRA I, DA CLT.


WWW.GRUPOARINOS.COM.BR 06 A 12 DE SETEMBRO DE 2012

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Dispositivo controlado pelo timoneiro Característica facial do Papai Noel "Meu (?)-(?)", sucesso de Djavan

© Revistas COQUETEL 2012

Manuel "(?) É a Bandeira, Música", poeta mo- programa dernista da TV

Bife arredondado de carne moída

Herói de "As Mil e Uma Noites" Aeronáutica (abrev.) Metade do diâmetro

Terminal de estrada de ferro

Classe (?): elite

Interjeição típica do gaúcho

Agnaldo Timóteo, cantor brasileiro

Mudados; modificados

Aldeia de índios brasileiros

É erguido no brinde A do Rio Grande do Sul é Porto Alegre

Retórica (abrev.)

Lustrar Juliana (?), atriz Aquela que sofreu intervenção cirúrgica

Número de rainhas na colmeia Madeira de mobiliário

Unidade de medida de terrenos

Interrupção temporária de ação

Autran Dourado, escritor mineiro

Animal abatido no matadouro

4/gare — taba. 5/rival. 7/burrico. 10/compensado.

BANCO

Redação / Agência do Rádio

Interromper a fala Inimigo; adversário

Membro inferior do ser humano Pequeno gancho para pescar Código de Endereçamento Postal (sigla)

Cair sob peso Região de trabalho do boia-fria

Os corredores atrás de um palco

Alexandre (?), piloto brasileiro de motociclismo Via de transporte fluvial

Jumento; jerico

Uma hora fumando narguilé equivale a 100 cigarros

47

Cerca de 300 mil pessoas fumam narguilé no Brasil, de acordo com o IBGE e o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Seu uso vem chamando a atenção dos profissionais da saúde, pois o produto derivado do tabaco contém nicotina e as mesmas 4.700 substâncias tóxicas do cigarro convencional, além de sua fumaça ser ainda mais tóxica. Segundo o pneumologista da Divisão de Controle do Tabagismo do Inca, Ricardo Henrique Meirelles, uma hora de uso do produto equivale a fumar 100 cigarros. “O que as pessoas têm que entender é que tudo que tem tabaco gera dependência. Tudo que tem tabaco que faz fumaça gera mais ou menos cerca de 60 sustâncias cancerígenas, que é o alcatrão e outras substâncias tóxicas como monóxidos de carbono. Fumar narguilé não traz nenhum benefício. A água que tem ali não diminui a potencialidade das

substâncias tóxicas”, diz o especialista. No caso dos fumantes passivos, a fumaça do narguilé também provoca males parecidos com os do cigarro. “Essas pessoas têm uma chance maior de adoecimento e se intoxicar pela fumaça podendo vir a ter câncer, enfisema pulmonar, doenças cardiovasculares. O volume de tragada é muito maior no narguilé do que no cigarro então, é uma concentração altíssima [de substâncias] que leva possibilidade de intoxicação muito grande tanto por fumantes, como não fumantes”, explica Ricardo. De origem indiana, o narguilé é um grande cachimbo composto de um fornilho, onde o fumo é queimado e atravessa um tubo antes de chegar à boca. A fumaça é aspirada por várias pessoas que compartilham uma sessão. É importante lembrar que a Organização Mundial da Saúde (OMS) comprova que cerca de 50 doenças estão diretamente ligadas ao tabagismo.

07

TABELA DE JOGOS BRASILEIRÃO – SÉRIE A Sábado, 08/09/2012 18h30 | Couto Pereira Coritiba x Flamengo 21h00 | Pacaembu Corinthians x Grêmio Domingo, 09/09/2012 16h00 | Beira Rio Internacional x Fluminense 16h00 | Vila Belmiro Santos x São Paulo 18h30 | Ilha do Retiro Sport x Cruzeiro 18h30 | Independência Atlético - MG x Palmeiras 18h30 | São Januário Vasco x Bahia Quarta-feira, 12/09/2012 19h30 | Pacaembu Náutico x Vasco 19h30 | Canindé Bahia x Atlético - MG 19h30 | Orlando Scarpelli Portuguesa x Coritiba 19h30 | Serra Dourada Flamengo x Ponte Preta 20h30 | Ilha do Retiro Grêmio x Atlético – GO 22h00 | São Januário Cruzeiro x Bota Fogo 22h00 | Vila Belmiro São Paulo x Internacional 20h30 | Independência Figueirense x Corinthians

Solução L B E M H A M B R E B A G A R E B A R R IO A C A N Z O C E P A O U C O M P P A U

P A E S R IV A L Q U A L

P E R N A

B A U E R E R R G U E R R R I I A B A C L A R O R A B A P T A L R ET L I R A D A A D A D O R E S B A S T I D O R E S

Horóscopo Áries (21/3 a 20/4)

É necessário abrir novos espaços em seu cotidiano, principalmente no campo emocional. Quanto mais você desenvolve a capacidade de enxergar a própria virtude, mais fácil será compartilhar momentos agradáveis com outras pessoas. Deixe de lado pendências pessoais ou questões que estão fora de seu alcance. Busque harmonia e compreensão.

Touro (21/4 a 20/5)

Leão (22/7 a 22/8)

As pessoas torcem por seu sucesso oferecendo apoio, carinho e compreensão. Agora é hora de agradecer e devolver essas energias com a mesma carga de carinho. Quando há o reconhecimento do esforço alheio, uma corrente de bons acontecimentos é devolvida para você. Vai notar muito em breve que possui mais aliados do que tinha imaginado. Boas vibrações.

Virgem (23/8 a 22/9)

Sagitário (22/11 a 21/12) Boa fase para dar andamento a seus planos. Sua tendência natural é enxergar as situações definidas e prontas. Você está sempre um pouco à frente das outras pessoas. Perceba quem consegue acompanhar o seu ritmo e promova um pacto de ajuda e compreensão. De uma união poderá florescer um fabuloso projeto para o futuro. Basta desejar. Sucesso.

Capricórnio (22/12 a 20/1)

Em sua vida começa um ciclo trazendo ótimas oportunidades materiais e financeiras. Os negócios ganham novo impulso nesta fase e será necessário toda capacidade de concentração e discernimento para não perder as boas chances. Conte com a ajuda ou as opiniões de pessoas mais experientes e siga em frente com determinação e coragem. O sucesso está muito próximo. Boa sorte.

Ressalte mais suas conquistas e suas vitórias e deixe de lado o que não deu certo ou o que não foi satisfatoriamente concluído. Nada de críticas ou autopunições. Você fez o melhor e daqui para a frente pense de maneira positiva com intensidade. Novos desafios virão e é necessário reconhecer onde houve triunfo para que exista aperfeiçoamento contínuo. Valorize-se sempre.

Nada melhor que uma boa dose de otimismo para vencer os desafios do cotidiano de cabeça erguida. Determine que o mais importante seja a autoimagem e não o que os outros pensam a seu respeito. Nesta fase, tente identificar quem realmente está a seu lado e com disposição para lhe dar força nos momentos difíceis. Valorize essas pessoas, pois virá uma forte ajuda.

Gêmeos (21/5 a 20/6)

Libra ( 23/9 a 22/10)

Aquário (21/1 a 19/2)

Escorpião (23/10 a 21/11)

Peixes (20/2 a 20/3)

É fundamental estabelecer um objetivo claro e persegui-lo com firmeza. Nunca desista no meio do caminho. Este é o momento ideal para grandes realizações, desde que continue acreditando em sua capacidade de finalizar seus projetos. Se for preciso, determine um propósito: irá persistir até perceber que está tudo concluído de maneira satisfatória. Siga confiante.

Câncer (21/6 a 21/7)

Estimule seu lado mais criativo durante os próximos dias. Boas oportunidades surgirão oferecendo um horizonte mais próspero que o atual. Acreditar que é capaz de realizar grandes obras será o estímulo necessário para seguir em frente sem receios. Busque apoio da família e de amigos. Lembre-se de que só com ousadia os objetivos são alcançados. Determinação.

Com coragem e determinação, é possível inverter situações. Nada é tão grande que não possa ser vencido com uma dose de ousadia. Este será o grande desafio do período: encerrar as pendências que estão sendo arrastadas ao longo dos últimos meses. Se algo ainda não deu certo, reflita e recicle suas energias. Em breve tudo estará resolvido. Tenha fé. Confiança e determinação são palavras-chave em vários campos de sua vida, mas principalmente nos relacionamentos e na área profissional. Tente nutrir bom grau de autoestima e se afaste de qualquer atitude de ciúme ou de sentimento de posse. No trabalho aceite opiniões dos colegas. Bons projetos podem nascer com a colaboração de novas idéias.

Fase favorável para saborear suas conquistas. Com a mente e o coração tranquilos, localize boas alternativas para o bem viver. Para isso busque períodos de paz e reflexão – uma boa caminhada, uma viagem ou até mesmo momentos de prazer compartilhados ao lado de pessoas queridas lhe trarão equilíbrio e conforto. Você venceu a maioria das etapas.

A vida fica mais fácil quando você toma consciência de que não possui capacidade para resolver todos os problemas do dia a dia. Assuma de uma vez que muita coisa está fora de seu alcance e não sofra por isso. Seu grande desafio é perceber que fez o melhor na medida do possível. O que não conseguiu realizar, o tempo se encarregará de finalizar.


Click

# Desejamos muita saúde, alegria e festa para Geisiane Soares, Priscila Conrado dos Santos e Bruna Alves que completam mais um ano de vida neste mês de setembro. Sucesso ao trio e que mais realizações venham pela frente! # Na Pollo Pub o clima do feriado começou no sábado (1º) com o “Esquenta Independência”. Muita gente bonita passou pela casa de shows que teve como atração a dupla de sertanejo universitário Lucas & Gabriel, de Cuiabá, e os Djs Michel Garcia e Ivan Xavier. Os clicks na Pollo são de Fabrício Alves, parceiro do Click Arinos.

ARINOS - EDIÇÃO 925  

Desde 1997 o Jornal Arinos e Mais expressivo o Veículo de Comunicação de Nova Mutum (MT), tendão acompanhado o Desenvolvimento Social, Polít...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you