Page 1

1 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


2 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


3 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


editorial

Seu corpo está pronto para o verão?

Diretor Responsável Fernando Salerno Editor-chefe Hélcio Costa Editora Janaína Coelho Divisão de Revistas

A

estação mais quente e alegre do ano é a preferida da maioria. O lazer na praia e na piscina é o programa mais procurado no final de semana. Mas, à medida em que a estação se aproxima, uma preocupação já começa a tirar o sono de homens e mulheres: menos roupa pede corpo em dia! E aí vem aquela loucura desenfreada de correr para a academia e ‘recuperar’ o tempo perdido. A boa notícia é que ainda dá tempo, não de chegar com ‘corpo de modelo’ ao verão, mas é possível sim diminuir as gordurinhas localizadas, tonificar os músculos e deixar a pele com aquele aspecto de hidratada e saudável. Para descobrir como fazer isso, a revista + Saúde foi atrás dos principais especialistas da região nas mais diversas áreas para montar um roteiro completo de exercícios, alimentação e cuidados com a saúde. As repórteres Daniela Borges e Renata Del Vecchio visitaram academias para conhecer as novas modalidades de malhação, foram a clínicas de estética para descobrir novos tratamentos para o corpo e o rosto e também foram atrás das novidades em alimentação que podem potencializar os resultados dos exercícios. A revista deste mês traz ainda dicas para cuidado com as crianças na praia e na piscina e uma reportagem sobre os benefícios do lazer e das viagens à saúde do corpo e da mente. A revista + Saúde também entrevistou duas personalidades com forte elo com a região, referências no esporte e na malhação. A personal trainer Solange Frazão, com família de São José, contou como chegou aos 50 anos com corpo de 20. Simpática, a ex-miss recebeu a equipe da revista na academia onde malha, na capital paulista. Um ‘taubateano de coração’ foi o outro escolhido para uma reportagem especial –Sidão, central da Seleção Masculina de Vôlei. Hoje jogando no Sesi-SP, ele falou da vida no esporte, da rotina de exercícios e também revelou que vai se casar em breve e já pensa até em filhos. Boas histórias também integram a revista deste mês, como a de um senhor que é um verdadeiro exemplo de vida saudável. Aos 59, ele vai correr neste ano a sua 37ª São Silvestre. Para conseguir essa proeza? Ele contou tudo à equipe da +Saúde. Tudo isso e muito mais na edição deste mês. Boa Leitura! Janaína Coelho Editora 4 + saúde & bem estar | setembro de 2013

A revista + Saúde & Bem-estar é um produto editorial desenvolvido pela Divisão de Revistas de O VALE

+ SAúde Redação Reportagem: Daniela Borges e Renata Del Vecchio Fotos: Adenir Britto/PhotoUp Brasil Design e Tratamento de Imagens: Paulo Donizetti Publicidade Diretor Comercial: José Tadeu Gobbi Gerente Comercial: Priscilla Xavier Assistentes Comerciais: Adriane Oliveira e Keli Rosemere Executivos de Negócios: Marcia Candido, Maria Aparecida da Silva, Zilma Cardoso, Adriane Castro, Wolfgango Brandão, Maristela Cardozo e Paula Medeiros Vendas Internas Supervisão: Andréia Branco Vendedores: Caroline Melo, Jerusa Avanzini, Jediel Pereira, Debby Baldi, Natalia Espanhol, Yuri Santos e Barbara Frigi Rua Santa Clara, 417 – Vila Adyanna Cep: 12243-630 - São José dos Campos - SP Tel: (12) 3909-3958 – 3909-3959 São Paulo Gerente Comercial: Priscila Dutra Assistente Comercial: Eliana Nogueira Executivos de Negócios: Silvia Paixão e Paula Piglionico Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 2373 Jardim América - CEP: 01441-001 - São Paulo - SP Tel: (11) 3546-0300 Fax: (11) 3546-0322 Taubaté Sucursal Executivos de Negócios: Claúdio Nogueira Rua Uruguai, 94 - Jardim das Nações CEP: 12030-220 - Taubaté - SP Tel: (12) 9642.1389 Administração e Redação da Revista + Saúde Rua Santa Clara, 417 – Vila Adyanna Cep: 12243-630 - São José dos Campos - SP Tel: (12) 3909-3909 Fax: 3959-3910 www.ovale.com.br Circulação: A revista + Saúde circula encartada em O VALE na edição de 27/09/2013 nos exemplares de assinantes e venda avulsa nas bancas de 32 cidades das regiões do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira, Litoral Norte e Sul de Minas Gerais Cidades: Aparecida, Caçapava, Cachoeira Paulista, Campos do Jordão, Canas, Caraguatatuba, Guaratinguetá, Igaratá,Ilhabela, Jacareí, Jambeiro, Lorena, Monteiro Lobato, Natividade da Serra, Paraibuna, Paraisópolis, Pindamonhangaba, Piquete, Potim, Queluz,Redenção da Serra, Roseira, Santa Branca, Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São José dos Campos, São Luís do Paraitinga, São Sebastião, Taubaté, Tremembé, Ubatuba e Cunha.


5 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


Fotos: Adenir Britto

Sumário Corpo pronto para o verão: o que os especialistas recomendam

8 a 14

Vamos malhar: todas as novidades das academias da região

18 a 21

Suplemento alimentar: mocinho ou vilão de uma vida saudável?

24 a 26

Vovô esportista: aos 59 anos, ele já está na sua 37ª São Silvestre

27 a 29

Solange Frazão: musa dos anos 80, ex-miss e hoje personal trainer, ela é a ‘cinquentona’ mais sarada do país

Dança de salão: sabia que ela também queima calorias? Págs

30 e 31 Rápidas: notas com calendário de eventos e outras dicas de saúde

22, 23, 62 e 64 6 + saúde & bem estar | setembro de 2013

38 a 42

Alimentação saudável: um roteiro completo com dicas de receitas

32 a 35


Sidão: titular da Seleção de Vôlei conta tudo sobre a infância em Taubaté, a carreira e os planos de casamento

Pele: os cuidados e os novos tratamentos nas clínicas da região

50 a 53

44 a 49

Higiene íntima: mulher precisa de cuidado extra no verão

54 e 55

Crianças: atenção aos pequenos na praia e na piscina

56 a 58

Viagem: relaxar longe de casa pode ajudar, e muito, na saúde

60 e 61 Vitrine: dicas de roupas de ginástica e banho nas lojas da região

66 e 68

7 + saúde & bem estar | setembro de 2013


saúde

Seu corpo está pronto para

o verão?

Foto: Adenir Britto

Ainda é primavera, mas os fins de semana na praia e na piscina já começaram. Por isso, a revista +Saúde traz nesta edição um guia completo sobre como se preparar para a estação mais quente e alegre do ano

Modelo: Bianca Leandro Make e Hair: Beto Lorena Roupas: Track&Field São José Local: Clube Thermas do Vale Equipamentos e apoio: Cia Athletica

8 + saúde & bem estar | setembro de 2013


9 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


Fotos: Adenir Britto

* Por Daniela Borges

A

deus frio! Com o fim do inverno é hora de contabilizar os prejuízos. Quilos a mais na balança, aumento da flacidez e da celulite, ganho de medidas e quem sabe até um salto no número do manequim. Calma, não precisa entrar em desespero. Ainda é possível chegar ao verão com o corpo em forma, basta começar a agir a partir de agora. “É comum ganharmos peso no inverno. Isso ocorre devido a maior vontade das pessoas em ingerir comidas mais quentes e gordurosas, como queijos amarelos, fondues e chocolates”, aponta a nutricionista Livia Hasegawa, especialista em fisiologia do exercício, de São José dos Campos. Além do aumento do apetite, segundo ela, as pessoas ficam menos dispostas às atividades físicas e, esse cenário, gera aumento de peso. “Geralmente, as pessoas ganham de dois a cinco quilos no inverno”, completa. A boa notícia é que dá para correr atrás do prejuízo. “Em primeiro lugar, iniciar uma atividade física regular e melhorar a alimentação, comendo a cada três horas”, indica Livia. Evitar excesso de doces, frituras e embutidos, e incluir vegetais no almoço e jantar também são providências que devem ser tomadas a partir de agora. Substituir alimentos convencionais por suas versões integrais também funciona. “Consumir carboidratos integrais, como pães integrais, arroz integral, macarrão integral ajuda bastante”, diz. E não adianta optar por dietas radicais. “As dietas mais eficientes são aquelas adequadas ao estilo de vida de cada pessoa. Para isso, é preciso analisar a necessidade de nutrientes e deficiências nutricionais individuais, esse trabalho é feito por um nutricionista”, recomenda. Mudar os hábitos alimentares é o meio mais eficaz de obter resultados na balança. “Sugiro consumir bastante água e comer de três a quatro porções de frutas ao dia. Dê preferência às proteínas magras (peixe, frango, carne com pouca gordura e ovos) e inclua na dieta gorduras boas, como castanhas, abacate e azeite”, completa. A ideia de que evitar o jantar ajuda na perda de peso é contestada pela nu-

10 + saúde & bem estar | setembro de 2013

A professora Bianca Leandro se exercita no Thermas do Vale

Aos 33 anos, ela exibe as curvas esculpidas com muita malhação

Para manter o corpo, ela conta que não descuida dos exercícios


11 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


“É comum ganharmos peso no inverno. Há mais vontade de comidas gordurosas” Livia Hasegawa, especialista em fisiologia do exercício

tricionista. “Não indico. Sugiro comer menos no jantar, mas não substituí-lo por outra coisa, nada substitui o alimento”, ressalta. Livia sugere uma salada colorida, com uma proteína magra e um pouco de carboidrato integral à noite. “Esse é o segredo”, completa. O emagrecimento saudável, segundo Livia, é aquele em que a pessoa perde entre 500 gramas e um quilo de gordura por semana. Às vezes o aumento de medidas pode ser inchaço. Esse incômodo, que piora no verão, é causado pela retenção de líquido no corpo e tem entre suas principais causas o excesso de sódio na alimentação. “A deficiência de potássio e magnésio, além da falta de água, também podem levar a essa condição”, explica Livia. Evitar o excesso de consumo de sal, presente em alimentos enlatados e embutidos (peito de peru, salame, presunto, salsicha e linguiça), aumentar o consumo de vegetais verdes escuros, fonte de magnésio e frutas, ricas em potássio são algumas dicas para evitar o problema. “Beber mais água também é importante, o ideal é beber de 25 a 30 ml de água para cada quilo de peso”, recomenda.

A musculação é tão importante quanto os exercícios aeróbicos 12 + saúde & bem estar | setembro de 2013

»» Mexa-se Movimentar o corpo é preciso. Para alcançar a meta de chegar ao verão sem os excessos cometidos no inverno, deixar a preguiça de lado está na ordem do dia. Para o professor de educação física Fábio Santana Alvarenga, especialista em fisiologia, de São José, é fundamental estar disposto a modificar hábitos, como a falta de disciplina para os exercícios, de alimentação balanceada, de descanso ne-


Foto: Adenir Brito

O cabeleireiro e maquiador Beto Lorena prepara a professora Bianca Leandro para a sessão de fotos no Thermas do Vale

Quem é

cessário e até o excesso de treino. “Qualquer pessoa que conseguir essas mudanças está no perfil ideal, seja ela sedentária ou ativa”, diz. Em suma, para perder medidas até o verão basta levar a sério a tríade: alimentação-exercício-descanso. As atividades que envolvem esforço moderado ou alto são bem-vindas nessa proposta de perder peso até o verão. “Ou seja, é preciso suar a camisa”, brinca Alvarenga. Para ele, a atividade deve ocasionar no corpo um esforço elevado, de forma a exigir uma adaptação à altura. “Classificando as atividades como aeróbicas e anaeróbicas, a união das duas surte melhor efeito estético”, diz. Desta forma, aeróbicos (trotes ou corridas, bicicleta, elíptico, natação) associados a anaeróbicos (musculação, kettlebell, circuitos) são os mais eficazes. Exagerar não significa acelerar os resultados. Segundo Alvarenga, há um limite preconizado pela Faculdade Americana de Medicina Esportiva (ver tabela). »» Cuide-se Para o fisioterapeuta Luciano Rosa, doutor em biomecânica e especialista

Ficha Técnica Nome: Bianca Leandro Idade: 33 anos Profissão: Professora de Educação Física Altura: 1,60 m Peso: 52 Kg Gordura corporal: 16% Medidas: cintura: 62 cm busto: 81,5 cm - quadril: 95 cm - coxa: 57 cm – bíceps: 26,5 cm - panturrilha: 35 cm Onde malha: Companhia Athletica

Quem vê o corpo sarado e o abdômen superdefinido da professora de educação física Bianca Leandro não imagina que essa caçapavense, de 33 anos, é mãe de um rapaz de 11 anos de idade, o Renan. Bianca conta que sempre gostou de praticar atividades físicas e essa sua aptidão determinou a escolha de sua carreira como educadora física, considerada por ela muito mais do que uma profissão, é sua verdadeira vocação. Há 15 anos, Bianca mantém uma rotina de treinos que atualmente envolve aulas de musculação cinco vezes por semana, corda de 30 a 40 minutos, três vezes por semana e aulas de Kettlebell, duas vezes na semana. “Diariamente dedico pelo menos uma hora para as atividades físicas”, afirma. A dieta alimentar é balanceada. Bianca faz acompanhamento com uma nutricionista do esporte para potencializar os resultados. Sua forma física invejável, ela atribui à combinação de uma boa alimentação com atividades físicas direcionadas. 13 + saúde & bem estar | setembro de 2013


em osteopatia, é comum a pessoa querer atingir o objetivo da noite para o dia. “Isso pode desencadear problemas de saúde, como machucados em articulações ou músculos, retardando e até mesmo impossibilitando a aquisição do objetivo”, afirma o coordenador do departamento de fisioterapia da Unitau e coordenador do Centro Equality de Biomecânica de Reabilitação Esportiva, de São José. Excesso de exercício, falta de descanso e até mesmo a má nutrição são os pontos-chave que merecem atenção. Antes de começar um treino, Rosa recomenda utilizar roupas leves e que não prejudiquem a movimentação do corpo. Para finalizar, Rosa lembra a importância do aquecimento e do alongamento antes e após o treinamento. »» Motive-se O professor de educação física Daniel Sírio, especialista em fisiologia e treinamento desportivo, de Taubaté, alerta que os resultados devem ser alcançados de maneira gradativa e com paciência. Ele cita que perder até três quilos por mês é o que a OMS (Organização Mundial de Saúde) preconiza como emagrecimento saudável. Para isso, Sírio recomenda optar por atividades prazerosas. Entre as alternativas mais procuradas nas academias, o professor destaca os treinos funcionais como os mais eficientes. “Artes marciais estão em alta também, como o muay thai feminino.” Para ele, as séries devem ser pensadas individualmente. No entanto, Sírio sugere um treino baseado em exercícios de musculação e atividades aeróbicas, como corridas ou pedaladas. Para quem não pode fazer academia, seja por impedimentos financeiros ou falta de tempo, Sírio sugere as atividades esportivas, como futebol, vôlei, andar de bicicleta, pular corda, correr e caminhar. “Porém é recomendada sempre a orientação de um profissional para que os exercícios não se tornem um inimigo ao invés de um aliado”, afirma. Para concluir, Sírio afirma que é possível entrar em forma apenas mudando algumas rotinas. “Já pude acompanhar casos que apenas a inclusão de atividades físicas três vezes por semana, e alguns ajustes nos hábitos alimentares, produziram resultados excelentes.” 14 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Quer per der peso até o

verão? Limite de treino Então evite: n açúcar n alimentos com

farinha branca, como pão francês, massas, salgados, bolos, biscoitos n frituras n produtos com alto teor de sal (enlatados e embutidos) n sopas em pó n sucos em pó

Atividades aeróbicas de intensidade moderada - 30 minutos durante 5 dias Atividades aeróbicas intensas - 20 minutos durante 3 dias Para iniciantes – 30 minutos de atividade moderada durante 3 dias Fonte: Fábio Santana Alvarenga, professor de educação física, especialista em fisiologia e personal trainer

Mude sua rotina n coma a cada três horas n inicie uma atividade física n evite alimentos gordurosos n consuma legumes e verduras n coma de três a quatro porções de frutas ao dia n beba muita água Fonte: Livia Hasegawa, nutricionista e especialista em fisiologia do exercísio e nutrição funcional

Dicas l Procure atividades físicas que tragam prazer l Não exagere e nem radicalize l Hidrate-se corretamente l Mantenha uma alimentação equilibrada e saudável l Tenha paciência e foco em seus objetivos Fonte: Daniel Sírio, professor de educação física, especialista em fisiologia e treinamento desportivo


15 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


16 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


17 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


Foto: Adenir Britto

boa forma

Vamos malhar?

Principais academias de São José apostam em atividades diferenciadas para verão; aulas de remo indoor, CrossFit e outras modalidades prometem virar hit e atrair novos adeptos 18 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Remo indoor é uma das novidades deste verão nas academias


* Por Renata Del Vecchio

S

e o objetivo é chegar ao verão na melhor forma física, opções para alcançar esse objetivo não faltam nas academias da região. Há aulas para quem deseja acelerar a definição muscular ou simplesmente elevar o gasto calórico em experiências diferenciadas. De olho no corpo perfeito, é possível escolher a modalidade que mais combina com os seus objetivos, incluindo tempo de aula, gasto calórico e resultados, antes de começar a malhar. No verão 2014, CrossFit, aulas de remo indoor, kettlebell, circuitos funcionais e pole dance acrobático prometem movimentar os dias quentes com muita saúde. Vale ressaltar que antes de se matricular em qualquer academia é recomendado realizar um check-up. “É um cardiologista que vai dar o aval de que você está apto para praticar determinada modalidade. Depois de uma avaliação física é importante traçar metas”, afirmou Celso Alves Junior, sócio-proprietário da assessoria esportiva Go Personal. Outro conselho do especialista é estabelecer metas alcançáveis. Caso contrário, a chance de o aluno desistir na metade do caminho é grande. “Coloque prazo para concretizar o objetivo. Treinar no mesmo horário de amigos e parentes também melhora o rendimento”, disse Alves Junior.

“É o cardiologista que vai dar o aval de que você está apto para praticar exercícios” Celso Alves Junior, da assessoria Go Personal

Foto: Adenir Britto

Exige força e equilíbrio, mas promete bons resultados

1

CrossFit

Sensação do momento, o programa de treinamento de força e condicionamento físico, formado por exercícios funcionais feito em alta intensidade, promete resultados em até um mês. As aulas, que misturam exercícios de ginástica olímpica e atletismo, são para todas as idades e prometem potencializar o ganho de massa muscular. Outro detalhe que chama a atenção são as competições amistosas entre os alunos. “Tem aula que é por tempo, repetição, carga ou todas as categorias juntas. É um esporte que tem o objetivo de deixar o aluno forte, veloz e com boa forma física”, disse o professor Osmar Pinto Neto.

Duração: 45 minutos Gasto calórico: Não informado Público: Livre Onde: CrossFit Vale (Rua Carlos Maria Auricchio, 55, Aquarius, São José). Tel.: (12) 3933-4020

19 + saúde & bem estar | setembro de 2013


Foto: Adenir Britto

3

Kettlebell

Basicamente, a modalidade de origem russa utiliza uma bola de ferro para realizar um trabalho muito eficiente em todos os músculos da cadeia posterior, com alto gasto calórico e eficaz condicionamento físico. Para as mulheres, a boa notícia é que a aula é excelente para os glúteos, já que os pesos utilizados nas aulas variam de 8kg a 16kg. O implemento que já é utilizado no CrossFit e em exercícios funcionais acaba de ganhar uma aula específica em grupo, com música, ritmo e repetições. “A aula trabalha muito a consciência corporal e promete ser uma tendência forte para o verão”, disse o professor Felipe Lobo.

A aula promete queimar muitas calorias

2

Remo Indoor

Duração: 30 minutos Gasto calórico: 300 calorias Público: Preparo fisco intermediário Onde: Companhia Athletica (Colinas Shopping). Tel.: (12) 3904-6000

Sim, é possível fazer aulas de remo em uma academia, bem longe da água. A novidade recém chegada ao Brasil permite se exercitar em um simulador, no qual os movimentos fortalecem braços e pernas, aumentando o condicionamento físico. A carga do aparelho é regulada de acordo com a evolução das aulas, sendo possível realizar competições entre os participantes. “Dentro do painel o aluno avalia seu esforço físico. A aula é formada por alongamento, aquecimento, a estrutura de remo, depois mais alguns minutos de abdominal para compensar a musculatura da coluna”, afirmou a personal trainer Ana Paula Liparelli Dominguez.

Duração: 45 minutos Gasto calórico: 600 calorias Público: Preparo físico intermediário Onde: Academia K2 (Vale Sul Shopping). Tel.: (12) 3308-5865

20 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Foto: Adenir Britto

Nova modalidade chega a São José


Foto: Adenir Britto

5

Pole Dance Acrobático

Até pouco tempo o Pole Dance era reconhecido apenas como uma dança sensual. Agora, a modalidade virou sinônimo de pernas torneadas, braços firmes e abdômen sarado. Sim, as mulheres aderiram à dança para tonificar a musculatura do corpo e, de quebra, ganhar mais feminilidade. “A dança nada mais é que uma ioga feita em uma barra vertical. A aula tem movimentos livres, de ginástica olímpica, balé e dança contemporânea. O contato constante da barra no corpo propicia uma drenagem e, em poucas aulas, nota-se a diminuição da celulite. A mulher fica mais bonita e sensual”, afirmou a pole dancer Fabrina Mahin.

Muito equilíbrio para malhar os músculos

4

Gaiola Funcional

É um treinamento funcional, no qual os movimentos são dinâmicos e trabalham os músculos de maneira localizada. Há exercícios de força, equilíbrio e flexibilidade em uma estação denominada de “Gaiola”, na qual a atividade é realizada individualmente ou em grupo. A modalidade é muito procurada por quem deseja emagrecer e alcançar definição muscular. “A grande vantagem é realizar exercícios que trabalham o corpo todo, ao mesmo tempo, com auxílio de elásticos, pesos, fitas e o peso do próprio corpo. Qualquer pessoa pode fazer a aula, inclusive combinada com a musculação”, disse a educadora física Luciane Derrico.

Duração: 1 hora Gasto calórico: 600 calorias Público: Livre Onde: Energy Sports (Rua Santa Clara, 119, Vila Adyanna, São José). Tel.: (12)3941-5357

Duração: 1 hora Gasto calórico: 500 calorias Público: Mulheres, a partir de 16 anos Onde: Escola Fabrina Mahin (Av. Fortaleza, 1.079, Pq. Industrial, São José). Tel.: (12) 3931-8824 Foto: Adenir Britto

Sensual e muito bom para o corpo

21 + saúde & bem estar | setembro de 2013


notas

s a d i p Rá Remoção de tatuagem Uma boa notícia: tatuagem não precisa ser mais definitiva, garante Marisa Peraro, sócia-diretora da Pró-Corpo Estética, clínica especializada em tratamentos estéticos. O tratamento é feito por meio da emissão de luz sobre o local em que se encontra a tatuagem. O aparelho de remoção clareia pouco a pouco a área vaporizando a parte superficial da pele, e absorvendo outra parte do pigmento pelo sistema imunológico do paciente. Após a aplicação do laser a pele tende a formar uma crostícula protetora que leva de 7 a 10 dias para se desfazer. Dentro de um período de aproximadamente 30 dias nota-se que a pele volta a apresentar seu aspecto natural, mas ainda com falhas do pigmento que são os resquícios da tatuagem. Informações no http://procorpoestetica.com.br/.

Tecnologia

Conforto

A Cia Athletica de São José já conta com a tecnologia Cia On, sistema que gera treinos personalizados, considerando preferências, histórico de saúde e os objetivos de cada usuário. De onde estiver, o aluno tem acesso à sua programação de aulas, sua evolução e histórico e ainda pode compartilhar os seus resultados nas redes sociais. A academia também está com novo portal (www.ciaathletica.com.br), com layout completamente novo. “O Cia On vai nos diferenciar ainda mais na prestação de serviços aos alunos. O novo site, por sua vez, está mais fácil de acessar e localizar informações”, diz Richard Bilton, diretor-presidente da rede. Nele, todas as unidades ganharam destaque, com visual e conteúdo direcionados para cada uma delas.

A academia também está com novidades na sala de spinning, com as bikes Keiser M3. As novidades tecnológicas são o sistema de resistência eletromagnética desta bike, que não proporciona contato, desgastes ou barulho. Mais confortável e macia, é fácil de utilizar e oferece regulagens milimétricas devido aos ajustes de pressão, que proporcionam o “bike fit” correto (angulação do banco com pedal próxima à das Speed Bikes).

22 + saúde & bem estar | setembro de 2013


Dieta Detox A dieta detox é um dos métodos mais eficientes para limpar o organismo e eliminar toxinas. Marcela Descio, nutricionista e proprietária da M.D. Gastronomia Funcional, e a culinarista funcional Lidiane Barbosa, especialista em descobrir alternativas para garantir refeições saudáveis, desenvolveram o pacote de refeição detox. Nesse programa, elas ensinam como preparar o Kit Detox, quem inclui três dias de alimentação completa que será levado para casa. Esse kit potencializa a eliminação de toxinas, diminuição a retenção de líquidos e das inflamações e ainda pode ser o primeiro passo para quem precisa modificar os hábitos alimentares ou emagrecer com saúde. Veja mais no https://www.facebook.com/ MdGastronomiaFuncional.

23 + saúde & bem estar | setembro de 2013


Foto: Adenir Britto

saúde em xeque

Suplemento:

vilão ou mocinho?

24 + saúde & bem estar | setembro de 2013


* Por Daniela Borges

Eles viraram ‘febre’ nas academias e podem ser bons aliados, mas cuidado: só podem ser ingeridos sob orientação de um especialista

P

aciência é uma virtude em extinção. A mesma tecnologia que facilita a vida das pessoas e agiliza a comunicação, graças à banda larga cada vez mais veloz, cria uma geração de imediatistas que não tem muita calma para esperar. O que quer que seja. A urgência por resultados tem levado muitos adeptos da musculação a procurar por suplementos alimentares, na ânsia de potencializar os efeitos e atingir seus objetivos. O risco à saúde surge em dois casos: quando o suplemento é importado, e chega ao Brasil pelo mercado ilegal, e quando a pessoa faz uso do produto sem uma avaliação médica prévia. “Os importados, dependendo da sua composição, podem representar uma ameaça à saúde”, afirma o professor Bruno Gualano, da Escola de Educação Física e Esporte da USP (Universidade de São Paulo) e coodenador do laboratório de Nutrição e Metabolismo Aplicados à Atividade Motora.

De acordo com ele, alguns importados, adquiridos pela internet, possuem substâncias psicotrópicas na sua composição, como a efedrina e anfetamina, que aceleram o metabolismo e afetam o sistema nervoso central, causando ansiedade, depressão, insônia, arritmias e elevação da frequência cardíaca. “Os suplementos fabricados no Brasil possuem um perfil de segurança porque respeitam a rigorosa legislação brasileira e recebem autorização da Anvisa”, afirma Gualano. »» Alerta Apesar de permitidos, os suplementos nacionais, quando utilizados sem prescrição e avaliação médica podem oferecer perigos à saúde, segundo afirma o gastroenterologista Jaime Gil, do Hospital Israelita Albert Einstein. “Os suplementos mexem com a parte metabólica, aumentam o nível de proteínas. Em pessoas com distúrbios metabólicos ou deficiência renal essa sobrecarga pode acarretar consequências desastrosas”, afirma.

25 + saúde & bem estar | setembro de 2013


Foto: Adenir Britto

Para a pessoa que faz uso do suplemento sem conhecer seu estado de saúde, o funcionamento de órgãos, como os rins, se submeter a essas substâncias pode acarretar sérios problemas. A sobrecarga de aminoácidos e proteínas, principais componentes dos suplementos, segundo o médico, pode aumentar o risco de formação de cálculo renal, de ácido úrico, alteração das enzimas orgânicas e nos níveis de colesterol. “As pessoas predispostas que tomam suplemento por conta própria podem ter a formação de placas de ateroma (gordura), ou seja, acelera o processo”. Nos quadros graves, as pessoas predispostas a problemas renais, podem sentir sonolência e confusão mental, que podem evoluir para a piora da função renal. »» Cuidados O professor de fisiologia do exercício, Ronaldo Ribeiro, da Faculdade Anhanguera, de Taubaté, reforça que o uso inadequado de suplementos pode causar sérios problemas renais, além de endócrino, hepático, entre outros. “As promessas de resultados feitas pelos fabricantes geralmente não possuem qualquer aprovação científica.” Segundo Ribeiro, os suplementos alimentares podem ser usados para ajudar o aluno na prática de atividade física, porém deve ser orientado por um nutricionista para não ultrapassar a quantidade ideal. Os suplementos alimentares são recomendados para quem pratica exercícios fisicos com regularidade. “O uso por pessoas sedentárias pode acarretar problemas nas funções dos rins e do coração”, alerta. Outros efeitos indesejados são o suor excessivo, insônia, dor e cansaço e aceleração do batimento cardíaco. O mesmo acontece se a pessoa consumir os suplementos sem mudar a dieta em nada. O consumo de calorias só aumenta. “Quem deseja iniciar o uso de suplementos deve verificar os nutrientes que os constituem e quais são as doses diárias que devem ser consumidas”, alerta do professor. Utilizar suplemento alimentar, desde que seja fabricado no Brasil, sob criteriosa legislação, aprovado pela Anvisa, não é proibido. Mas é imprescindível que seja prescrito por um nutricionista e após avaliação e indicação médica rigorosa. 26 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Suplemento pode ajudar se indicado por especialista

você sabia? Que o uso de suplementos sem orientação médica pode provocar graves danos à saúde

q

Dicas

n Inicie a pratica de exercício físico como a orientação de um educador físico n As sessões de treino devem ser intensas, os exercícios devem colocar em fadiga o músculo de maneira suficiente para fazê-lo crescer. Mas que seja possível conclui-la n Para quem faz séries de exercícios, a dica é não trabalhar todos os músculos de uma vez, mas sim concentrar-se em apenas um músculo por sessão. “O ideal é dividir os grandes grupos musculares em três dias e sessões de trabalho diferentes”

120 reais pode custar um pote de suplemento proteico

n Ganho de massa muscular não se faz da noite para o dia é um processo que você constrói ao longo de um tempo e depois mantém n O descanso é essencial. Procure um nutricionista para ajudá-lo nas suas carências alimentares e repeite seus limites Fonte: Ronaldo Ribeiro, professor de fisiologia do exercício, da Faculdade Anhanguera, de Taubaté


bom exemplo

Um ‘vovô’ esportista * Por Renata Del Vecchio

Cientista de São José abre seu álbum de vitórias para atrair novos adeptos para a corrida de rua; neste ano, ele completa sua 37ª participação na São Silvestre

E

ncerrar cada ano correndo a São Silvestre é coroar mais uma etapa com vitória. Com muita disciplina para treinar cinco dias por semana, explorando percursos de 8 a 20 km, o físico Vladimir Jesus Trava Airoldi, 59 anos, se prepara para completar sua 37º corrida de rua internacional, realizada anualmente na cidade de São Paulo. Adepto do esporte que mais cresceu nos últimos tempos, há cerca de 40 anos, o pesquisador da área de materiais se inscreveu em sua primeira prova oficial quando tinha 19 anos e ingressou em uma graduação na USP (Universidade de São Paulo), participando de um grupo paralelo da modalidade. Desde então,

muita coisa mudou na prova de rua e Vladimir, continua fiel ao percurso de 15 km pelo centro da capital. “Quando fui estudar em São Paulo participei da primeira prova aos 19 anos. Nesta época, a São Silvestre tinha 9 km e a largada era às 23h. Chegávamos à avenida Paulista perto da meia-noite. Depois o percurso mudou para 12,5 km e, mais tarde, para 15 km”, relembrou o físico que, desde então, só ficou longe da prova em três edições, quando morou nos Estados Unidos. Quatro décadas consagradas pelo mesmo esporte fizeram do cientista um perito em corrida. Mesmo rindo ao recordar de experiências não tão bem sucedidas assim --ele já caiu durante a São Silvestre e foi mordido por um cachorro

27 + saúde & bem estar | setembro de 2013


Foto: Adenir Britto

“Participar da prova é gostoso porque o percurso é repleto de gente, cheio de incentivo e energia boa” Vladimir Airoldi, 59 anos

28 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Vladimir em seu treino diário de olho na próxima São Silvestre

enquanto treinava--, Vladimir admite que nunca pensou em ser um atleta profissional. Sua meta sempre foi a própria superação. “Meu melhor tempo nesta prova foi 1h09min. Procuro manter a tranquilidade, pois há bastante subidas e descidas, sendo o sofrimento relativamente alto”, contou. »» Exemplo A disciplina que mantém em relação ao esporte despertou o interesse da família. Pai de dois filhos, Bráulio e Bianca, ambos já participaram da São Silvestre por influência do pai. Viúvo há nove meses, a corrida de rua tem ajudado o físico a superar o período de luto. Por conta da modalidade, Vladimir se declara um homem mais tranquilo, que observa com otimismo as dificuldades. “Você sai de casa, encontra os amigos, relaxa os músculos e isso ajuda muito. Eu recomendo a prática do esporte para qualquer pessoa que está enfrentando um momento difícil como o meu. Correr é uma válvula de escape que traz sossego espiritual.” A preparação que engrandeceu o histórico de corridas de Vladimir vai além dos treinos diários. Desde o período de estudante, o cientista mantém alimentação regrada, repleta de frutas, verduras e legumes. “Regulo minha vitamina C, me alimento sem exageros e evito gordura. Também não fumo ou bebo refrigerantes. Consumo apenas um cálice de vinho a cada dois dias”, revela. A disciplina também reflete na sua forma física. O atleta nunca lesionou nenhuma parte do corpo em 40 anos de esporte. “Isso se deve aos meus cuidados contínuos. O segredo é realizar um bom aquecimento, começar aos poucos e ir aumentando a distância gradativamente.” O atleta se sente entusiasmado com os novos adeptos que estão descobrindo a corrida, principalmente por considerar a modalidade completa para a saúde. “Recomendo que todos possam correr. Nem que seja para começar andando, depois evoluir para o processo de trote e, sem perceber, participar das pequenas competições realizadas na cidade. Esses eventos demonstram a união dos atletas, pois a própria corrida já é uma linguagem”, disse Vladimir.


Foto: Adenir Britto

Perfil Nome: Vladimir Jesus Trava Airoldi Idade: 59 anos Natural de: Santo Anastácio (SP) Vive em: São José dos Campos (SP) Profissão: Físico/Cientista Peso: 58 kg Altura: 1,60 m

Sempre atento, Vladimir não descuida dos alongamentos antes de correr

Treino: Cinco vezes por semana Antes de correr: Come banana com aveia Depois de correr: Gosta de ler

20 km

É quanto chega a ter o percurso diário dos treinos de corrida de Vladimir Airoldi

40

anos é o tempo em que o senhor de 59 anos já pratica o esporte, que a cada dia atrai adeptos

29 + saúde & bem estar | setembro de 2013


a m r o F m

dança

e o p r o C Odeia

? a i m acade

! r a ç n Vá da

* Por Daniela Borges

Dança pode ser alternativa aos exercícios tradicionais das academias

30 + saúde & bem estar | setembro de 2013

N

o início, o básico. Dois pra cá, dois pra lá. Quando menos se espera, a mágica da dança acontece e o salão fica pequeno para tanta empolgação. Quem experimenta a dança pela primeira vez, contagia-se com os efeitos físicos, mentais e sociais que essa vivência oferece. Segundo a professora Nataly Vasconcellos de Andrade, bailarina e coordenadora do curso de fisioterapia da Faculdade Anhanguera, de São José dos Campos, dançar promove melhora da força muscular, equilíbrio, flexibilidade, coordenação motora, percepção e sensibilidade. Ainda, segundo ela, a atividade também aprimora o controle postural, ajuda na memória, raciocínio, disciplina, além de liberar substâncias que promovem sensação de bem-estar e prazer. Para quem tem dificuldade em se dedicar a uma atividade física, a dança é uma alternativa que costuma agradar e fidelizar seus adeptos. Como foi o caso do comerciante Adilson Pereira Portela, 57 anos. Há três anos ele começou as aulas de dança no

Estúdio de Dança Azukar, em São José. “Nunca gostei de fazer atividade física, não me adaptava, mas, por questões de saúde, eu precisava fazer algum tipo de exercício”, conta. Após vencer a resistência inicial, Portela não se imagina fazendo outra atividade. “Minha pressão melhorou, perdi peso, baixou os níveis de colesterol, que andavam altos”, afirma. Portela também superou a timidez e a falta de jeito para a dança, praticando. “Hoje me sinto mais confiante, converso mais com as pessoas”, completa. »» Balança É possível perder peso dançando. Segundo Nataly, dançar promove gasto energético e, quando combinada à alimentação e hábitos saudáveis, a prática regular pode reduzir peso. “Dançando três vezes por semana, durante 30 a 40 minutos é possível obter benefícios estéticos”, diz. Para se ter uma ideia, uma pessoa de 70 quilos pode perder 193 calorias em 30 minutos. “Em uma caminhada durante o mesmo tempo são gastas 116”, diz. Segundo Nataly, em modalidades como frevo, samba e salsa, pode-se gastar até 600 calorias.


Fotos: Adenir Britto

»» Mente Para a psicóloga Fabiana Luckemeyer, de São José, ao dançar e mexer o corpo são feitas conexões cerebrais e mensagens são enviadas ao cérebro. “Que por sua vez conecta-se a diversas partes do nosso corpo e algo se transforma, estando tudo interligado com as nossas sensações, emoções e experiências”, afirma. Ela explica que a música e a dança geram um estado emocional em cada pessoa. “Normalmente a dança traz sensações boas, consequentemente transformações proporcionalmente boas”, completa. Fabiana afirma que a dança pode, muitas vezes, elevar a autoestima ou a autoconfiança de uma pessoa, bem como mexer com sua flexibilidade e versatilidade devido a complexidade dos movimentos e treinos realizados para esta conquista. “A dança também poderá ser uma alternativa para superações, pois cada vez que uma pessoa consegue realizar um passo ou seduzir alguém com esta inteligência corporal, espacial e interativa ela está depositando em sua conta emocional estas condições positivas de si mesma”, diz. A psicóloga recomenda a dança para todos que possam aceitá-la como forma de tratamento ou simplesmente como uma possibilidade de mudanças.

Benefícios da dança n Melhora da força muscular n Equilíbrio n Flexibilidade n Coordenação motora n Percepção n Sensibilidade n Controle postural

“Por questões de saúde, eu precisava fazer algum tipo de exercício” Adilson Portela, 57 anos, comerciante

n Memória n Raciocínio n Disciplina n Gasto energético n Perda de peso n Bem-estar n Aumenta a autoestima e a

autoconfiança n Auxilia o tratamento de

pessoas com hipertensão arterial, diabetes e depressão n Em idosos, melhora o humor,

socialização, diminuição de quedas, equilíbrio e coordenação motora Fonte: Nataly Vasconcellos de Andrade, coordenadora do curso de fisioterapia da Faculdade Anhanguera, de São José

30

minutos de dança três vezes por semana já trazem benefícios

193

calorias é quanto uma pessoa de 70 quilos perde numa aula de dança

116

calorias é quanto a mesma pessoa perderia numa caminhada 31 + saúde & bem estar | setembro de 2013


nutrição

Troca inteligente

na mesa Descubra como sua dieta pode ficar muito mais nutritiva e eficiente, escolhendo alimentos que ajudam a saciar mais rápido

32 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Foto: Adenir Britto

Lasanha montada com lâminas de abobrinha; no recheio, cenoura, ricota, uva passa e castanhas ao molho branco com cogumelos


* Por Renata Del Vecchio

C

urtir o verão em boa forma é um objetivo comum, principalmente aos que extrapolaram nas comidinhas tentadoras do inverno. Se a meta agora é fechar a boca, investindo em uma eficaz dieta, saiba que é possível turbinar os resultados fazendo trocas e combinações inteligentes na alimentação. Pode parecer bobagem, mas produzir uma salada substituindo, por exemplo, a cebola branca pela roxa, acrescenta no seu organismo um pigmento com propriedades antioxidantes, a antocianina, presente também em frutas roxas ou vermelhas, capaz de prevenir doenças cardiovasculares e o colesterol sanguíneo. A nutricionista Sheila Castro garante que essas escolhas fazem toda a diferença à saúde, pois quando realizamos trocas inteligentes na alimentação damos chance ao organismo de ingerir novos nutrientes, além de permitir uma quebra na rotina do cardápio. “Quando você come as mesmas coisas, faz um bom estoque de determinados

Trocas Inteligentes Café da manhã: Deve incluir uma fruta, um laticínio e um carboidrato integral, que pode ser o pão. Se o café com leite não é do seu agrado, substitua por queijo ou iogurte e, se deseja variar o pão, coma batata doce, mandioca ou banana da terra cozida. Ou troque tudo por uma fruta e um mingau de aveia com leite Almoço: O arroz pode ser substituído por massas integrais. O feijão pode ceder o seu lugar a leguminosas como lentilha e soja. Os legumes devem ser substituídos por outros de cor semelhante e as verduras de folhas temperadas com azeite de oliva e limão. Carne, peixe, frango ou ovo, completam esta refeição Lanche da tarde: A melhor opção é uma fruta. Se este é o período escolhido para a atividade física, é preciso complementá-lo com uma fonte de proteína, que pode ser o leite, uma fatia de queijo ou um copo de iogurte. Ou combine uma salada de frutas com iogurte e granola Jantar: Uma combinação de um alimento cru, um carboidrato integral e uma fonte de proteína. Um lanche natural, com pão integral, uma fatia de queijo e folhas de alface, fatias de tomate e cenoura ralada, acompanhado de um copo de suco natural, é a pedida perfeita Sobremesas: As frutas são as melhores opções. Em compotas, pastas ou cristalizadas, agradam todos os paladares, mas também podem ser assadas, flambadas ou desidratadas. Em qualquer caso, são superiores em valor nutricional, se comparadas aos sorvetes ou outras sobremesas Fonte: nutricionista Sheila Castro

33 + saúde & bem estar | setembro de 2013


Foto: Adenir Britto

nutrientes, mas não de todos, e a nossa necessidade é plural. Algumas combinações também são interessantes e ajudam a melhorar o valor nutricional. Um bom exemplo é o arroz com feijão, no qual cereal e leguminosa se completam, formando uma proteína de alto valor biológico.” A nutricionista acrescenta que trocar o repolho branco pelo roxo também é eficiente, assim como antes de iniciar uma caminhada consumir banana nanica, que oferece mais energia que a prata. As trocas são infinitas: pão francês pelo integral, mamão formosa pelo papaya, que é rico em fibras, ou maçã fuji pela gala, rica em quercetina, substância que afasta o risco de infarto. »» Prática Fazer dieta sempre foi um desafio. Mas para não sair da meta por puro radicalismo, as substituições de alimentos podem conceder até uma ‘carta de alforria’ para que você não fique de fora da happy hour com os amigos do trabalho. Isso inclui abrir mão do chopinho, ou reduzir a quantidade, optando por uma salada de folhas, com frutas fatiadas, castanhas, nozes e croutons, com uma porção de iscas de carne, frango ou peixe grelhado. “Em geral, a happy hour é um momento de descontração e as pessoas desejam sair do trivial. O que os bares oferecem são petiscos fritos, queijos amarelos e molhos cremosos. Se a ideia é excluir o jantar, por que não escolher alimentos saborosos, mas que atendam às necessidades nutricionais?”, indaga Sheila. »» Estratégia Uma saída para não ‘quebrar’ a dieta é se alimentar antes de sair de casa ou do trabalho. Para isso, a refeição deve ser completa, com carboidratos, proteínas e algum conteúdo de gordura, além das vitaminas e minerais. “Por necessitarem de mais tempo para a digestão, as gorduras e proteínas permanecem mais tempo no estômago, dando a impressão de saciedade prolongada. Assim, se vai fazer uma viagem, por exemplo, e já sabe que vai passar da hora da próxima refeição, é melhor ingerir um iogurte do que somente uma fruta, que é facilmente digerida e absorvida”, disse. 34 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Sucos de frutas são uma boa opção para este verão

Sucos contra o inchaço Pudera o verão ser somente sol, mar, sombra e água fresca. Mas como a chegada da estação mais quente pode estar acompanhada de desconfortos como o inchaço, vale tomar notas de algumas receitinhas refrescantes e ficar por dentro de alimentos que combatem a retenção de líquidos. Melancia, melão, abacaxi e morango, além de cenoura, salsão, pepino, tomate e beterraba, são poderosos aliados da perda de líquido corporal, ainda mais quando combinados com o consumo constante de água, chás e a prática de atividade física. Ingredientes naturais, como as frutas e verduras, concentram vitaminas e sais minerais que eliminam os excessos. “Muito calor pode influenciar no funcionamento do nosso corpo. A temperatura acima de 30oC impõe

uma pequena carga metabólica adicional em decorrência do aumento das glândulas sudoríparas. Assim, pensando na etiologia do edema, podemos dizer que o bom funcionamento do corpo permite uma boa excreção de excessos de água”, explicou a nutricionista Fabíola Figueiredo Nejar. Para combater o inchaço no verão, evite consumir sódio, principal causador da retenção de líquidos corporais, presente no sal e em alimentos industrializados como salsicha, linguiça, presunto, entre outros. “É bom esclarecer que o inchaço (edema) precisa ser pensado como um sintoma que avisa o funcionamento inadequado do nosso corpo, devido a causas como consumo de líquidos e necessidades ou capacidade do corpo de eliminar os líquidos.”


receitas Bee ) (Quiosque Philosofy s te ien Ingred pólen 1 colher de (chá) de de abelha de mel 1 colher de (sopa) a pedra 1 porção (equivale sa de de gelo) de biomas banana verde acujá 1 polpa de um mar inteiro ce 3 folhas de erva do 4 pedras de gelo Bata Modo de preparo: or, coe tudo no liquidificad e sirva em seguida

Banzai

) Philosofy (Quiosque tes Ingredien s médias ra u 3 ceno equenas 2 maçãs p 1 laranja gibre ho de gen 1 pedacin paro: Bata pre Modo de or, coe quidificad li o n tudo seguida e sirva em

Uva, g e mel engibre ão

(Nutric io Fabíola nista N Ingred ejar) ientes 100 m ld 1/2 de e suco de uv pêra c om cas a 1 fatia ca de me lão 1 pitad a de g engibr em pó e Modo de tudo n preparo: Ba o liquid ta ific e sirva em seg ador, coe uida

Beta

Mela n com cia aipo (N

utricio Nejar) nista Fabío la Ingred ientes 1 fatia d 1 talo e melancia com r amo d Modo ea de tudo n preparo: B ipo o liqui ata dif e sirva em se icador, coe guida

) Philosofy (Quiosque tes Ingredien rande 1 laranja g a média 1 beterrab equenas sp 3 cenoura de gelo 4 pedras Bata preparo: coe Modo de d a idific or, u q li o n o tud seguida e sirva em

Coco refrescante

(Nutricionista Fabíola Nejar) Ingredientes 200 ml de água de coco verde 1 fatia grossa de ab acaxi 10 folhas de hortelã Modo de preparo: Bata tudo no liquidificad or, coe e sirva em seguida

35 + saúde & bem estar | setembro de 2013


36 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


37 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


38 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


especial

Solange Frazão: aos 50 com

corpo de 20 Foto: Adenir Britto

Ex-miss São José, apresentadora de TV e ícone de beleza dos anos 80, a personal trainer conta seus segredos de um corpo perfeito com exclusividade à + Saúde

Solange faz exercício para a parte interna das coxas na academia onde malha

39 + saúde & bem estar | setembro de 2013


* Por Daniela Borges

S

e a primeira impressão é a que fica, a apresentadora Solange Frazão não precisa se preocupar com mais nada. Espontânea, simpática e dona de um alto astral contagiante, a mulher que alcançou notoriedade graças ao seu estilo de vida derrete qualquer gelo inicial com sorrisos e muita gentileza. Ícone nacional de beleza e boa forma, Solange revela em entrevista exclusiva à +Saúde como chegou aos 50 anos com um corpo de dar inveja a muitas adolescentes e conta quais são seus segredos para viver bem, feliz e realizada, mesmo evitando tentações gastronômicas. Solange, que é formada em educação física, também relembra o início de sua carreira em São José dos Campos, quando concorreu e ganhou o título de miss, e como suas participações em concursos ajudaram a mudar para sempre o conceito de beleza predominante nesses eventos. Em sua vasta experiência como personal trainer, ela traz dicas importantes para conquistar o corpo definido e revela que o sono é a sua principal fonte de beleza e juventude. O corpo esculpido e os músculos trabalhados com parcimônia dão a Solange Frazão um aspecto de plena saúde. Nada de exageros desnecessários, como aqueles cometidos pelas mulheres-fruta, a silhueta feminina e delicada ainda está ali, para delírio dos homens e inveja das mulheres. Para chegar aos 50 anos e três filhos com um corpo escultural, Solange optou por uma vida extremamente regrada, longe de tudo que reconhecidamente faz mal. Gorduras, frituras, açúcar e refrigerantes, definitivamente, não fazem par-

A musculação é feita todos os dias, com descanso aos finais de semana

“A pessoa chuta o balde no domingo porque segunda-feira malha e compensa, mas não adianta” 40 + saúde & bem estar | setembro de 2013


Fotos: Adenir Britto

decer aos seus comandos. Você é o que você come. Você é o que você exercita. Você é o que você faz”, afirma.

“Agora aos 50 anos, os hormônios estão bem diferentes, começaram a entrar em desequilíbrio”

te de sua dieta rigorosa. “Simplesmente não como”, afirma. No seu cardápio há espaço apenas para as fibras, ômega 3, colágeno, frutas, verduras, legumes e grelhados. “Tenho um endocrinologista que monta umas fórmulas para mim. Agora que cheguei aos 50 anos, os hormônios estão bem diferentes de 10 anos atrás, começaram a entrar em desequilíbrio”, comenta. Solange não faz reposição hormonal, mas equilibra sua dosagem com a alimentação e fórmulas naturais prescritas pelo médico. Sua dieta não permite extravagâncias. “Não ligo para chocolate, mas amo sorvete, principalmente de coco”, diz. Nem mesmo pizza, que ela tanto gosta, escapa da restrição. “No Dia da Pizza me levaram a uma pizzaria e eu comi só salada”, diverte-se. Dedicação, determinação, força de vontade e disciplina. “Tudo isso faz parte da minha filosofia de vida e eu sou feliz fazendo isso, não sofro. Não sofri por não comer a pizza, não sofro porque não pos-

so tomar sorvete. Eu gostaria, mas não sofro”, declara. Quem deseja ter uma barriga sem gordura, precisa, segundo ela, saber eliminar definitivamente alguns alimentos da sua vida. Segundo Solange, a compensação não existe. “A pessoa chuta o balde no domingo porque segunda-feira malha e compensa, não adianta porque não é bem assim. Você já se prejudicou.” O exercício, segundo ela, representa 30% a 40% da boa forma. “O treino é o fortalecimento da musculatura e fisiologicamente quanto mais músculo menos gordura”, afirma. Essa é maneira natural e saudável de chegar à boa forma, de acordo com ela. “Porque esse exagero que vemos hoje, de ter músculos a qualquer preço, eu já não gosto”, opina. Comer de três em três horas ajuda a deixar o metabolismo acelerado e beber muita água, são algumas de suas dicas. “O organismo é inteligente e, se a pessoa não tem nenhuma patologia, ele vai obe-

»» Treino Solange treina há 15 anos, ininterruptamente. Atualmente, ela malha na Academia Reebok Cidade Jardim, no Morumbi, em São Paulo. “Na academia faço musculação, treino funcional, luta e aeróbico. Gosto de fazer tudo”, confessa. Ela também joga tênis uma vez por semana. “Também gosto de andar de bicicleta e de correr”, completa. Para essas atividades, Solange dedica a parte da manhã, geralmente, das 8h às 9h30. “Faço musculação diariamente e aeróbico três vezes por semana. Hoje tenho o privilégio de ter um personal (Disnei Sanches). Ele me passa os treinos e eu faço com maior prazer.” Os finais de semana são de descanso. »» Segredo Solange afirma que é possível perder aquela famigerada barriguinha que tanto persegue mulheres e homens. Para isso, basta colocar em prática uma união de ações. “A primeira e mais importante é o sono”, afirma. Segundo ela, quando a pessoa tem o sono de qualidade, ela não libera o cortisol, que é um hormônio que faz engordar e envelhecer. “Se dorme bem não libera esse hormônio e, por outro lado, libera outros benéficos à saúde, que trazem a juventude. Esse é o meu maior segredo: dormir com qualidade”, garante. Solange dorme todos os dias às 21h30, no máximo 22h. E sempre acorda entre 6h30 e 7h. »» Conselho A apresentadora, que já fez muito sucesso como personal trainer, recomenda que as mulheres não se esqueçam da saúde. Segundo ela, muitas se casam, têm filhos e se entregam a uma vida que não é muito saudável. “Busque a saúde que o corpo vem como consequência.” Solange afirma que não quer ser modelo para ninguém. “Quero que cada uma busque o seu equilíbrio. Não queira ficar perfeita, porque isso está levando pessoas à morte. Queira ser saudável e aí vai ficar com um corpo mais bonito”, conclui. 41 + saúde & bem estar | setembro de 2013


Na academia onde malha e, ao lado, na foto oficial do Miss Brasil 1982

Ficha Técnica Nome: Solange Hochgreb Frazão Natural: São Paulo Signo: Capricórnio (28 de dezembro) Idade: 50 anos Profissão: Educadora física, apresentadora, empresária Títulos: miss São José, miss São Paulo e vice-miss Brasil em 1982 Estado civil: separada, mas, segundo ela, possui um

‘namorido’’ Filhos: 3 filhos de 27, 25 e 20 anos de idade Lema: Trabalho e responsabilidade acima de tudo Altura: 1,70 m Peso: 60 kg Gordura corporal: 15% Cintura: 65 cm Busto: 90 cm Quadril: 90 cm Coxa: 57 cm

Dos concursos de miss para a fama Solange sempre chamou a atenção pela beleza. Parentes e amigos insistiam para que ela participasse de concursos. O primeiro grande desafio foi o miss São José, em 1982, aos 18 anos. Ganhou a etapa municipal e depois a estadual. Foi então convidada pelo prefeito à época Joaquim Bevilacqua a entrar de maiô, com a faixa de miss, no Martins Pereira lotado. No carro de bombeiro, Solange ouviu uma torcida inflamada. Ao passar pela arquibancada, os torcedores exaltaram-se e o noivo de Solange não gostou. 42 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Houve troca de ofensas e chuva de laranjas. Resultado: apresentação cancelada, autoridades constrangidas e Solange deixou o campo carregada por bombeiros. Naquele ano, por muito pouco, Solange não conquista o miss Brasil. Sem mágoas do passado, ela confirma que de fato houve uma polêmica que teria prejudicado a sua participação. “Todas as minhas notas eram 10, menos a nota que recebi de um jurado, que foi muito baixa e pesou na contagem.” O público se revoltou, com muitas vaias. Notoriamente, Solange era a mais bonita.


43 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


especial

Sidão: de Taubaté para as quadras

do mundo Medalhista olímpico, central da Seleção Brasileira de Vôlei fala em entrevista exclusiva à revista + Saúde sobre carreira, vida saudável e até casamento

44 + saúde & bem estar | setembro de 2013


Foto: Adenir Britto

O atleta do Sesi-SP malha na academia do time antes do treino com bola

45 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


* Por Renata Del Vecchio

T

reinar cinco horas por dia, manter uma alimentação regrada e garantir boas noites de sono. Basicamente, esta é a rotina de um atleta que se destaca em competições internacionais, como o Sidão, 31 anos, jogador da Seleção Masculina de Vôlei, atualmente do time Sesi-SP. Ele sempre foi o grandão da turma e, pelas próprias recordações, um menino muito magro. Desde que se encontrou com a modalidade que o revelaria um dos principais atletas do país, em uma escola no bairro Bosque da Saúde, em Taubaté, até entrar de cabeça simultaneamente em dois clubes --Associação e TCC (Taubaté Country Club)--, passando pela ‘peneira’ do Banespa, Sidão se manteve rigoroso com os treinos e a saúde. Tanta dedicação em nome do vôlei é visível em um corpo de 2,04 metros de altura e 111 kg com apenas 7% de gordura e o restante de massa muscular. Mas esses números são meros detalhes dentro da rotina do atleta. Às 8h ele já está na academia do time, disposto a encarar mais algumas horas de treino que se repete integralmente no período da tarde. “Eu era magrelo de tudo e só tinha altura. Como sempre gostei de malhar e de preparação física, fui me desenvolvendo pouco a pouco. Se analisar a maioria dos jogadores de vôlei, eles não são muito fortes. Na minha posição (central) alguns são. Chego sempre antes no treino, faço meu reforço e acho que tudo isso é um acumulativo”, disse sobre sua boa forma. Para evitar lesões e estar com a musculatura em dia, Sidão treina pesado as pernas e diz que desenvolve muito os membros superiores por conta de bloqueios, deslocamentos e outras jogadas que movimentam os braços. “Eu malho todos os dias, de segunda a sexta-feira, mas tudo depende do calendário de jogo. Quando é assim, geralmente não faço uma série pesada, é apenas manutenção.” »» Alimentação A alimentação também é outro assunto sério na rotina do jogador de vôlei. Para ele, a composição de um café da manhã reforçado é imprescindível, dando preferência para um sanduíche de 46 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Com seus 2,04 m de altura, Sidão ultrapassa fácil a rede oficial de vôlei


“Como de tudo, não tenho frescura pra nada. Qualquer coisa que colocar no prato eu como” Atleta fala da infância em Taubaté à equipe da revista + Saúde

“Sempre sonhei com a Seleção. E quando eu estava ali, dei o máximo. Fui eleito o melhor jogador”

pão integral com queijo branco e presunto, além de iogurte, frutas e cereais. “Eu tenho problema de colesterol, é de família. Então, tenho que me regrar quanto a isso. Depois da musculação sempre tomo uma proteína com uma barrinha de cereal”, revelou. No almoço e no jantar, uma porção de arroz integral, feijão, legumes cozidos, um belo prato de salada e uma carne bem grande. Mesmo se virando sozinho, sem ter quem prepare diariamente suas refeições, Sidão confessa que foge dos alimentos gordurosos e fritos. Quanto ao mal de devorar sobremesas, ele garante que não sofre. “Detesto doce. De vez em quando consumo um pedacinho de chocolate e já me satisfaz por uma semana.” Se o objetivo é eliminar dois ou três quilos para uma competição, o atleta abre o jogo: diminui as porções de carboidrato e investe nos vegetais na hora do jantar. “Se quer cuidar da saúde procure um bom profissional. Sabemos que tem

muita gente que só está aí para ganhar dinheiro, sem se preocupar com o paciente. Mas a princípio, minha dica é dar uma segurada na boca antes de dormir.” »» Dica Para quem pensa em seguir a carreira de atleta, Sidão aconselha a entrar de cabeça no esporte, tendo certeza de que a profissão vai além de fazer apenas o que se gosta, conquistar reconhecimento e um bom salário. Entre os principais desafios da profissão, a começar pela saída de casa aos 13 anos para morar em São Paulo, o jogador revela que é preciso estar preparado para viver em meio às viagens, saber enfrentar lesões e a ausência da família. “Não é nada fácil. Eu preciso me privar de muita coisa. Passar uma noite em claro com os amigos significa dois dias de treino a menos. No esporte a gente viaja demais. Quando eu jogava na Itália cheguei a passar o Natal e o Ano Novo sozinho na minha casa”, recorda.

47 + saúde & bem estar | setembro de 2013


Altura: 2,04m Peso: 111 kg Idade: 31 anos Porcentagem de gordura corporal: 7% Ídolo: Michael Jordan Culinária favorita: Japonesa Frutas: Pêra e banana Sonho: Ser campeão olímpico Time de futebol: Corinthians Nome: Sidnei dos Santos Júnior Apelido: Sidão

Simpático, Sidão recebeu a equipe da revista + Saúde na sede do clube onde malha e joga, na capital

Em busca do ouro Em um bate-papo descontraído e franco, além de revelar como mantém sua boa forma para se destacar como atleta, Sidão deixou transparecer um pouco de sua personalidade. Simples, determinado e exigente com si próprio, ele afirma que esta postura foi surgindo com o tempo, pela necessidade de se aprimorar dentro das quadras. “Outro dia tive uma conversa com o nosso técnico, o Pacheco, porque acabo valorizando mais o erro do que o acerto. Você faz uma jogada maravilhosa e nem comemora direito. Agora se erra alguma coisa boba, fica ali martelando, marte48 + saúde & bem estar | setembro de 2013

lando e martelando”, contou. A relação com o técnico da seleção masculina de vôlei, Bernardinho, também contribuiu para essa postura perfeccionista dentro do esporte. Sidão revela que o treinador é rígido e exige o máximo de cada um dos atletas. “Com ele não tem essa de chegar ao treino e dizer: ‘Hoje eu estou cansado’. Não! Se está ali, você vai dar o seu máximo. Minha primeira convocação foi em 2005. Aos poucos, ele foi me moldando e mostrando que tinha que ser desse jeito. E, realmente, quando eu comecei a ser assim, as coisas vieram - não mais fáceis-,

mas digamos que ajudou bastante.” Entre toda a carreira, o jogador de vôlei destaca dois momentos como os mais marcantes: “Um foi o campeonato mundial, que disputamos na Itália e, até então, era o mais importante que conquistei. Depois, a minha primeira Olimpíada disputada. Voltei com uma medalha de prata.” Desde que regressou para a casa com o gostinho do ouro, Sidão assume que seu maior sonho é ser campeão olímpico. “É o que eu mais almejo e estou correndo atrás. Tenho mais uma oportunidade e quando eu estiver ali, vou dar o meu máximo.”


Paixão pelo esporte, casamento e filhos

Em dois momentos com a namorada Dani Lins: em campanha publicitária e no jantar de noivado

Ele atua como central, ela como levantadora. Além do sentimento que os uniu, Sidão e Dani Lins – jogadora da seleção feminina de vôlei-, também compartilham a paixão pelo mesmo esporte. Juntos, formam um dos casais mais bonitos que o universo esportivo já formou. Noivos, em uma relação que surgiu há três anos, o atleta é só elogios quando fala da amada. Apesar da rotina de jogos e viagens que impede o casal de estar constantemente juntos, da dificuldade de conciliar uma data para marcar o casamento, Sidão conta que o casal gosta de aproveitar os momentos de folga em Ubatuba. Aliás, é no Litoral Norte que o casal pretende oficializar a união. “Na praia a gente brinca um pouquinho (vôlei) e ela toma ‘porrada’ de mim direto”, diz ao abrir uma gargalhada. “Nós conversamos muito, eu acordo de madrugada para assistir os jogos dela (Grand Prix - Japão) e depois lá vou eu com minhas críticas construtivas”, declarou. Sidão garante que o mesmo acontece quando Dani assiste a uma partida sua. “Ela fala ‘poxa, aquele bloqueio você poderia ter feito assim’ ou ‘está errando muito saque’. São sempre críticas e, lógico, elogios também. Para nós, isso é muito importante para o aperfeiçoamento.” Depois de ser campeão olímpico, Sidão faz planos de deixar a Seleção Brasileira e permanecer somente jogando pelo clube. Estudar, investir em uma nova atuação e ter filhos, são alguns dos projetos. “Penso em jogar até a olimpíada do Rio de Janeiro. Acho que a Dani também. Depois pensamos em ter filho. Acho que a seleção passa para todo mundo e o meu ciclo está acabando. Tenho que pensar na minha vida, no clube e no que vou fazer futuramente.”

49 + saúde & bem estar | setembro de 2013


estética

Rolinho com agulhas é novidade contra

rugas e flacidez * Por Daniela Borges

Dermaroller promete aparência mais jovem e resultados no combate a estrias, marcas de expressão e todos os tipos de cicatrizes

40

minutos é quanto pode durar a sessão do novo Dermaroller

1000

reais é a quanto pode chegar o preço da sessão

50 + saúde & bem estar | setembro de 2013

A

s aparências enganam. Quando o assunto é tratamento estético, driblar a ação do tempo, disfarçar, despistar e até ocultar a idade são resultados esperados. Afinal, quem não sonha em parecer mais jovem? Um novo procedimento que, à primeira vista, parece uma tortura tem alcançado ótimos resultados e superado a má impressão inicial com muita eficiência. O Dermaroller é um rolinho cheio de microagulhas, indicado para o tratamento de estrias, rugas, linhas de expressões, flacidez e todos os tipos de cicatrizes, incluindo as da acne. Ao passar o cilindro nas áreas afetadas, as agulhas penetram na pele e estimulam a produção de colágeno. Há um ano, a dermatologista Deise Ramos, de São José, tem realizado o procedimento em sua clínica. “As micropunturas desencadeiam estímulos inflamatórios que resultam na produção de colágeno, essencial para melhorar o aspecto da pele, amenizar as rugas, cicatrizes e até mesmo as estrias”, explica. Apesar do impacto visual, a técnica não ocasiona desepitelização, ou seja, raspagem da pele. »» Segurança A técnica é reconhecida e aprovada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, que explica que os riscos do procedimento são proporcionais ao tamanho e à espessura das agulhas utilizadas, que variam de acordo com o tratamento. “A aplicação deve ter uma indicação

precisa, além de ser realizada por profissional capacitado”, afirma a dermatologista Dirlene Melo Palmeira Roth, que responde pela entidade. Segundo ela, poderão ocorrer complicações como manchas transitórias ou permanentes, púrpuras, hematomas, além de fibroses e cicatrizes. »» Dor Mas o maior receio é em relação à dor, o que, segundo Deise, é perfeitamente suportável. Para ajudar, são utilizados anestésico tópico e, em alguns casos, analgésicos. “Vale ressaltar que, finalizado o procedimento, o paciente não sente mais nenhum desconforto.” Durante dois ou três dias, a pele fica avermelhada e logo volta ao normal. “Podem ocorrer algumas equimoses (áreas arroxeadas) que regridem em poucos dias”, alerta Deise. Ao contrário de outros procedimentos feitos na pele, o Dermaroller pode ser aplicado em peles negras e no verão. A analista Maureen Mendes Rodrigues, 26 anos, de São José, se submeteu ao procedimento há cerca de um mês. Seu objetivo era amenizar linhas de expressão e as marcas de acne, além de renovar o colágeno do rosto. Como ela já tinha feito o laser CO2 anteriormente, não teve qualquer receio ou medo de fazer o Dermaroller. “É um procedimento dolorido, mas suportável. Senti o rosto ardendo.” A cicatrização foi rápida e no dia seguinte ela já voltou ao trabalho. “O resultado foi muito bom. Irei me submeter a outras sessões.”


Por Dentro n O que é Dermarroler Uma técnica de microagulhamento da pele n Como funciona Consiste no rolamento de um equipamento cilíndrico, com microagulhas na ponta, na pele, de forma criteriosa e homogênea, em diversas direções, que desencadeiam estímulos inflamatórios que resultam na produção de colágeno n Para que serve É recomendado para amenizar rugas, cicatrizes e estrias n Quantas sessões são necessárias De três a seis n Duração Cerca de 40 minutos n Resultados Surgem em três semanas após a aplicação, tempo necessário para a produção de colágeno n Quanto custa De R$ 500 a R$ 1.000 a sessão n Contraindicação Pessoas com algum tipo de infecção, gestantes e indivíduos com baixa imunidade (imunossuprimidos) ou dificuldade de coagulação do sangue (uso de anticoagulantes) Fonte: Deise Ramos, dermatologista

Fotos: Adenir Britto

51 + saúde & bem estar | setembro de 2013


Foto: Arquivo

estética

Sol em excesso: manchas e até câncer * Por Daniela Borges

O sol é vital para a saúde. A vitamina D, por exemplo, é fabricada pelo organismo durante a exposição a ele. No entanto, é preciso cautela. Em excesso, os raios solares podem causar malefícios à pele, como o risco de alguns tipos de câncer, lesões e marcas. Há vários tipos de manchas causadas pelo sol. “As mais frequentes são o melasma e a melanose solar”, diz a dermatologista Tarcila Taborda, de São José. Caracterizadas pela coloração em tons de castanho claro ou escuro, geralmente se distribuem por áreas expostas ao sol. “O local mais comum é a face, mas pode acometer braços e pernas”, afirma Selma Cernea, dermatologista do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo. Mas o dorso das mãos e o colo também são suscetíveis às manchas, bem como em pessoas de pele mais clara. A melanose solar, que já foi chamada de mancha senil, sabe-se hoje que está atrelada ao excesso de sol e não à idade, como se pensava. A quantidade e a intensidade das manchas dependem da quantidade de sol tomado ao longo da vida. A prevenção é feita com uso de filtro solar. Para tratar as manchas já instaladas, a médica de São José recomenda a aplicação de lasers, cremes clareadores ou peelings. »» Melasma O outro tipo frequente de mancha causada pelo sol é o melasma, que se manifesta como manchas difusas e mais extensas. Vários fatores podem causar ou 52 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Por Dentro Previna-se das manchas solares na pele n Evite a exposição excessiva ao sol e respeite os horários permitidos, até as 10h e após as 16h n Use bloqueador solar

diariamente e proceda a reaplicação durante o dia n Use chapéu n Em dias com muito sol,

use sombrinha

piorar o melasma, tais como predisposição genética, gravidez, anticoncepcional e, principalmente, exposição solar. Ocorre mais em mulheres que em homens e em pessoas com a pele mais escura. “Sua prevenção também é feita com o uso do filtro solar, filtros com cor ou com agentes físicos que reflitam a luz solar”, diz Tarcila. O tratamento é feito com cremes clareadores, com ácidos na composição. “Neste caso, requer manutenção pois o melasma reincide com frequência quando há exposição solar.” Pode haver melhora com uso de peelings, medicações e, em alguns casos, com lasers. Para Selma, proteger-se do sol é a melhor maneira de evitar as manchas.


Acne Solar “As duas manchas mais frequentes são o melasma e a melanose solar” Tarcila Taborda dermatologista

“Produtos muito oleosos prejudicam. Recomendamos oil free em spray” Aparecida Lobo dermatologista

Na praia, a principal preocupação deve ser o protetor solar com fator compatível à sensibilidade da pele

Outro problema causado pelo excesso de exposição ao sol é a chamada acne solar. Muitas vezes confundida com alergia, esse tipo de espinha acomete principalmente braços, pernas, colo e costas, algumas vezes, também o rosto. Diferente da acne comum, ela surge quando a pessoa está na praia ou piscina. “A pessoa pode sentir uma leve coceira no local, por isso é confundida com alergia”, afirma a dermatologista Aparecida Lobo, de São José. Ao sinal de acne solar, é recomendável procurar um dermatologista. Quando a presença da acne é leve, deixar de se expor ao sol já melhora o quadro. Segundo Aparecida, o problema pode ser desencadeado pela alimentação, quando há o excesso de consumo da vitamina B12 artificial, presente em pães integrais, bolachas, sucos, cereais, em contato com o sol. Segundo o dermatologista Samuel Henrique Mandelbaum, professor da Unitau, se a acne solar não for tratada, a inflamação pode aumentar e pode ocorrer infecção secundária. “Que pode resultar em manchas e cicatrizes.” O primeiro passo para o tratamento é evitar a exposição ao sol. “Depois, é semelhante ao tratamento da acne vulgar, podendo ser usadas loções anti-inflamatórias ou eventualmente antibióticos.”

53 + saúde & bem estar | setembro de 2013


corpo

Calor pede cuidado

higiene

O ginecologista Renato Mazzini, professor da Unitau

íntima

* Por Daniela Borges

Aumento da transpiração provocada pelo calor altera o pH vaginal e pode causar complicações e até infecções na região íntima feminina

3

minutos no máximo deve demorar a lavagem íntima

54 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Foto: Marcelo Caltabiano

extra com a

A

principal preocupação das mulheres em relação ao verão é chegar à estação com o corpo em

forma. Mas, atenção! Não é somente com a forma física que devemos nos incomodar durante os dias ensolarados. No calor, o aumento da transpiração pede cuidados especiais com algumas regiões do corpo. A área íntima feminina é uma delas. Durante a estação mais quente do ano, ela sofre alterações e requer medidas de higiene específicas e redobradas. “O calor aumenta a transpiração e com isso altera o pH vaginal, propiciando um desequilíbrio entre os micro-organismos vaginais e o sistema imunológico da mulher”, explica o ginecologista e obstetra Renato Coimbra Mazzini, professor da Unitau (Universidade de Taubaté). Ainda segundo o médico, essa mudança ocasiona o crescimento de fungos e bactérias em quantidade anormal. “Que leva a mulher a apresentar alteração da secreção vaginal, assim como corrimentos patológicos causados, por exemplo, pela candidíase”, completa.

O primeiro sinal de que algo está fora do normal é o aumento dessa secreção e, dependendo do tipo de micro-organismo, pode apresentar coceira e forte odor. “Principalmente após as relações sexuais sem preservativos”, disse o especialista. Além do cheiro, a coloração do corrimento, quando amarelada ou esverdeada, também pode indicar problema, segundo a pesquisadora Fernanda Bruzadin, diretora de Pesquisa e Desenvolvimento da Johnson & Johnson. »» Prevenção Para prevenir os riscos de uma infecção, é aconselhável que as mulheres utilizem somente calcinhas de algodão e evitem o uso frequente de calças jeans. “Se for imprescindível o uso, trocar de calcinha duas ou três vezes no dia é recomendável”, sugere Mazzini. Atitudes complementares, como lavar a lingerie com sabão neutro, dormir sem calcinha, usar roupas largas e arejadas também são dicas importantes para a manutenção do pH vaginal. No momento do banho, higienizar a vagina somente por fora é outro cuida-


do importante, utilizando sabonete neutro ou íntimo, específico para essa área. “Jamais realizar ducha vaginal ou tentar lavar a vagina por dentro”, aconselha. Mazzini recomenda o uso de absorventes íntimos somente durante a menstruação e observa que ele seja trocado frequentemente. Consultar o ginecologista uma vez ao ano, fazer atividades físicas, não fumar, evitar doces e alimentos ácidos no período menstrual e pré-menstrual completam as dicas do médico.

Como deve ser a higiene íntima: p Pela manhã, tome um banho e lave a parte externa e intermediária da região íntima com água e sabonete com pH levemente ácido e que faça pouca espuma p Nunca higienize a parte interna da região íntima sem recomendação médica p Seque delicadamente a região com uma toalha macia e limpa, e coloque o protetor diário respirável para prolongar a sensação de banho tomado p Tenha sempre na bolsa lenços umedecidos, sem perfume, para as higienizações ao longo do dia, e protetores diários com tecnologia respirável, que estendem a sensação de limpeza p Após ir ao banheiro, use o lenço umedecido e lembre-se de trocar o protetor da calcinha pelo menos três vezes ao dia p De volta para a casa, à noite, lave a região íntima com água corrente e sabonete

Foto: Roosevelt Cássio/12jan07

»» Umidade Apesar dos cuidados, certa umidade na região íntima feminina é normal e natural. Varia de mulher para mulher e também de acordo com a fase do ciclo menstrual. “A vagina produz secreção natural em pequena quantidade, clara e líquida. É normal e geralmente não indica problema de saúde”, diz Fernanda. De acordo com ela, para evitar a umidade e prolongar a sensação de banho tomado, utilizar protetor diário feito com material respirável, que evita o abafamento da região, é recomendado. “Ele absorve as secreções vaginais, reduzindo a umidade e os odores, o que deixa a região vaginal mais saudável e aumenta a sensação de conforto e bem-estar da mulher.” A higiene é a maior aliada da mulher, principalmente durante o verão. “As áreas externa e intermediária da região genital possuem glândulas sebáceas e sudoríparas que contribuem para o acúmulo de secreções e, se não higienizadas corretamente, podem levar a infecções”, conclui a pesquisadora.

dicas

55 + saúde & bem estar | setembro de 2013


saúde infantil

Calor requer cuidado extra com a

criançada Praias e piscinas lotadas, muita alegria, mas muito cuidado também: alerta máximo a perigos como alergias e afogamento

“Não entre em praias impróprias, o risco de contaminação pode causar problemas”

Somente a partir dos 6 meses um bebê pode ser levado à praia 56 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Foto: Mariusz s. jurgielewicz/shutterstock

Sônia Khouri, professora e coordenadora do curso de Biomedicina, da Univap


* Por Daniela Borges

Foto: Tião Martins/20jan11

S

ob o sol do verão a vida reflete diversão. Ganha contornos de leveza e descontração. Os dias ensolarados motivam o passeio. Praias e piscinas lotadas, corre-corre de crianças e uma alegria contagiante. Para não transformar o momento de relaxamento em desastre, é necessário tomar uma série de cuidados, principalmente se o programa envolve as crianças. Os ambientes públicos oferecem três riscos iminentes, segundo a pediatra Milena De Paulis, especialista em emergência, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. “Insolação, afogamento e perda ou desaparecimento da criança.” Quem imagina que equipar seu filho com boias infláveis de braço ou de cintura é suficiente para protegê-lo está enganado. Para Milena, elas dão uma falsa sensação de segurança. “Pois, além de correr o risco de furar ou rasgar, podem se desprender do braço ou da cintura da criança”, afirma. O ideal, segundo ela, é o uso do colete salva-vidas (não inflável), comprados de acordo com o peso. Já o risco de insolação pode ser evitado, segundo ela, com medidas simples, como não expor a criança ao sol no período entre 10h e 16h e não exagerar no tempo, no máximo 30 minutos. Inclusive, para a biomédica Sônia Khouri, professora e coordenadora do curso de Biomedicina, da Univap, em São José, este é justamente o maior erro

6 meses

a partir dessa idade as crianças já podem acompanhar os pais na praia ou na piscina

30 minutos

esse é o tempo máximo que uma criança pode se expor ao sol, dentro dos horários permitidos

Na piscina e na praia, um dos maiores riscos é o afogamento

cometido pelos pais: insistir em expor às crianças ao sol em horários inadequados. A insolação ocorre quando há um aumento da temperatura corporal por falha da transpiração. “A criança desidrata, sente tontura, dor de cabeça. Muitas vezes podem estar presentes as queimaduras de pele”, aponta Milena. “A criança apresenta febre, tremores e os lábios incham”, completa Sônia. Ao perceber esses sintomas, é fundamental retirar a criança da exposição ao calor, levá-la a um local arejado, oferecer muito líquido via oral e se houver queimadura aplicar compressas frias. Para a pediatra, somente a partir dos seis meses a criança pode frequentar esses locais. »» Perda Para não correr o risco de perder a criança na multidão é recomendável combinar uma referência como, por exemplo, uma barraca próxima ao local. A areia da praia também esconde ameaças. “Por ser quente e úmida, os fungos são os principais causadores de problemas na praia, em especial as micoses”, explica a pediatra. Para evitá-las, o cuidado simples de manter a região de dobras e entre os dedos sempre secas é o suficiente, segundo ela. A areia suja de dejetos animais pode contaminar a pele. “Causa o famoso bicho geográfico, que tem como sintoma um prurido e a marca serpenteada da larva.” O alívio do prurido se dá com a aplicação de compressas geladas e a larva pode ser eliminada com pomadas. 57 + saúde & bem estar | setembro de 2013


1

Dicas aos pais

Exposição solar:

Foto: Tião Martins/11

p Evite o sol entre às 10h e 16h p Evite a exposição exagerada, no máximo 30 minutos p Mantenha a criança protegida, com boné, roupas de algodão e linho ou até mesmo roupas com tecidos com substâncias capazes de filtrar a radiação UV. Barracas e o guarda sol não protegem dos efeitos dos raios UV p Nas crianças menores de 6 meses de idade, os filtros solares não são indicados p Dos 6 meses aos 5 anos, os filtros solares podem ser utilizados desde que sejam infantis, cuja composição contém menos substâncias químicas, são mais espessos e causam uma barreira mecânica na pele p Filtro com FPS 15 é suficiente para proteger dos raios UVA e UVB, sua aplicação deve ser feita pelo menos 30 minutos antes da exposição ao sol e reaplicado toda vez que a criança sair da água ou suar muito p A aplicação do protetor deve ser uniforme em todo corpo, não esquecendo das orelhas, dorso das mãos e dos pés. Nos lábios, olhos e nariz aplicar o protetor em forma de bastão p Após os 6 anos pode-se utilizar os filtros solares normais p Ofereça líquidos continuamente para a criança, evitando a desidratação p Queimaduras superficiais apresentam aspecto avermelhado e com muita dor. Hidrate a criança, use compressas frias e hidratantes nas regiões afetadas p Queimaduras profundas apresentam bolhas e não são tão dolorosas quanto as superficiais. Procure orientação médica e não estoure as bolhas, que servem como curativo natural para a região queimada, evitando infecções

2

3

Afogamento: p Não deixe a criança sozinha no mar ou piscina p Ensine a criança a respeitar as placas de perigo do mar e as orientações do salva vidas p Não incentive brincadeiras dentro da água, como caldos e pulos p Se a criança souber nadar, orientá-la a não nadar em regiões que tenham correnteza e manter-se sempre próxima à orla p O uso das boias infláveis de braço e mesmo as de cintura devem ser desencorajadas, pois não protegem do afogamento p O ideal é o uso do colete salva-vida (não inflável), que pode ser encontrado em lojas especializadas de acordo com o peso da criança.

Perda da criança p Dê sempre uma referência para que a criança identifique o local caso ela se afaste, como por exemplo, identificar uma construção com determinada característica; uma barraca próxima ao local ou qualquer outra referência. p Para a criança que não consegue se comunicar, identifique-a com uma pulseira com o nome, nome dos pais, endereço e telefone para contato.

58 + saúde & bem estar | setembro de 2013

4

Alimentação p Líquidos, como água, sucos e água de coco p Evite os refrigerantes p Ofereça uma dieta leve com frutas e verduras p Biscoito de água e sal e maisena p Acondicione tudo em bolsas térmicas pLevar na bolsa protetor solar, água, mudas de roupas, toalhas limpas para secar a pele toda vez que for fazer a aplicação do protetor


59 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


turismo Foto: Adenir Britto

Camila Machado e Alma Maria se conheceram em um dos roteiros de turismo do Sesc de São José

Pé na estrada com saúde * Por Renata Del Vecchio

Qualquer idade ou destino: viajar pode trazer benefícios além do descanso, elevando a sensação de felicidade e bem-estar nas atividades comuns do cotidiano

60 + saúde & bem estar | setembro de 2013

V

iajar é sinônimo de ampliar o conhecimento, conhecer outras culturas e pessoas. Pelo menos é assim que a aposentada Alma Maria da Conceição Catunda encara os diferentes roteiros que faz mensalmente. Para ela, arrumar a mala e seguir um novo destino, na companhia de amigos, é a melhor estratégia para romper limitações. Seja para curtir férias, esfriar a cabeça ou espantar a solidão, viajar é uma atividade que pode influenciar positivamente diversos fatores emocionais, ainda mais se for durante o verão. A energia dos dias quentes, a disposição para praticar atividades físicas e se alimentar de forma saudável espantam qualquer desânimo, fazendo com que as pessoas

se abram para o novo. A psicóloga comportamental Letícia de Oliveira confirma que viajar pode trazer muitos benefícios à saúde, como quebra de rotina, ganho de cultura, descanso físico e mental. Apesar de parecer simples conquistas, esses ganhos potencializam a disposição para o cotidiano. “Viajar pode proporcionar uma sensação grande de importância, pois em lugares diferentes as pessoas perdem fontes de segurança, de comodidade e aprendem em um curto espaço de tempo novos comportamentos”, disse. »» Experiência Em sua última viagem, para a Chapada dos Veadeiros (GO), a aposentada Alma Maria reforçou sua ideia de que viajar nos faz respeitar o diferente.


Foto: Divulgação

“Quando você está viajando é menos só. Nesses roteiros sempre conheço uma companheira nova” Alma da Conceição, 71

“Se você fica muito no seu mundo, não consegue abrir mão do seu conforto e das suas ideias para conhecer outros povos, climas e lugares. Quando você convive com outras pessoas, está crescendo”, disse ao revelar que sonha em conhecer o Pantanal de Miranda (MS). A maioria de seus roteiros é feita pelo Sesc São José, onde Alma Maria já está familiarizada com um grupo de amigos que também acredita que viajar faz bem para a saúde e a mente. A auxiliar administrativa Camila Machado, 54 anos, é uma das companheiras de aventura. Solteira, sem filhos, ela sonha com a chegada da aposentadoria para viver viajando. “Se eu pudesse vivia andando por aí. O maior benefício é aliviar o estresse do dia a dia. Você acaba esquecendo um pouco das responsabilidades e retorna aliviada”, afirmou Camila. Outra companheira de viagem é a aposentada Branca Júlia Almeida, 70 anos. Entre os roteiros que já realizou, o Pantanal está entre os favoritos. Viúva há sete anos, ela conta que mantém o hábito de viajar porque conhecendo outras regiões se sente alegre e motivada. Admiradora da primavera, Camila Machado assume que nos dias quentes fica mais motivada para encarar os roteiros de viagem. Entre os destinos que estão em seu projeto de vida, a auxiliar administrativo destaca a Chapada da Diamantina (BA), além de Egito e Itália.

Turismo e Saúde Grupo em viagem promovida pelo Sesc na Chapada dos Veadeiros

“Conhecer lugares e pessoas bem diferentes ajuda manter a tranquilidade.” »» Contraindicação Para quem pensa em cair na estrada para solucionar alguma dificuldade, Branca Júlia é realista: “Nunca viajei por causa de problema. A pessoa deve sair de casa quando se sente bem para passear e por vontade própria.” Neste sentido, nem sempre é possível viajar e se desligar de uma realidade, por exemplo, como um período de luto. A psicóloga Letícia de Oliveira reforça que, em fases assim, normalmente é melhor poupar energia para se recuperar ao lado de pessoas amadas. “Não há uma regra. Algumas pessoas apreciam viajar sozinhas, pois se sentem livres para descobrir lugares e pessoas. Estar só é praticamente uma condição mas, para outras, o prazer de uma viagem está na companhia e não apenas no fato de quebrar a rotina. Por isso, viaje da forma que combinar com você”, disse a especialista.

n Viajar Segundo definição do Dicionário Informal, viajar significa sair da realidade ou pensar muito longe. Se estiver entusiasmado com o assunto, deixe de lado alguns compromissos e se aventurar em um novo destino n Benefícios Quebra de rotina, ganho de cultura, conhecimento, descanso físico e mental, entre outros n Terceira idade Sair de casa, mudar a rotina, conhecer culturas é gratificante para a maior parte das pessoas. A idade avançada não é um obstáculo. Há muitas viagens dedicadas a terceira idade; viajar pode ser ainda mais significativo para quem sente que a vida não tem mais objetivo n Pé na estrada Com a família, sozinho ou na companhia da pessoa amada. Nem sempre programar uma viagem é tarefa fácil. Para os que não sabem por onde começar, as unidades do Sesc realizam mensalmente roteiros turísticos como forma de inclusão social, democratizando o preço, além do acesso a novas culturas, povos e lugares

61 + saúde & bem estar | setembro de 2013


notas

s a d i p Rá Calendário de Corridas Para quem gosta de corrida de rua, o calendário de provas da região tem bons roteiros; há percursos para amadores, atletas medianos e profissionais

Dia 20 - Circuito SESI-SP de Corrida de Rua Onde: São Paulo Modalidade: 5 km e 10 km Inscrição: www.minhasinscricoes.com.br Dia 20 – Corrida da Fraternidade Onde: Jacareí Modalidade: 5 km e 10 km Inscrição: www.minhasinscricoes.com.br Dia 20 – Corrida Super 5K – 2º Etapa Onde: São José dos Campos Modalidade: 5 km Inscrição: www.minhasinscricoes.com.br Dia 20 – Circuito Duathlon do Vale – 2º Etapa Onde: São José dos Campos Modalidade: 5 km run, 20 km bike, 2,5 run Inscrição: www.minhasinscricoes.com.br u Novembro

u Outubro Dia 5 - Volta do Baú Onde: São Bento do Sapucaí Modalidade: 12 km, 30 km e Ultra Trail Kids Inscrição: www.minhasinscricoes.com.br Dia 6 – Circuito Unimed de Coração Onde: Guaratinguetá Modalidade: 5 km e 10 km Inscrição: www.minhasinscricoes.com.br

62 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Dia 10 - Comunidade Fitness Onde: São José dos Campos Modalidade: 5 km e 10 km Inscrição: Site a definir Dia 24 - Corrida Cross Country Onde: São José dos Campos Modalidade: A definir Inscrição: Site a definir u Dezembro

Dia 6 – 19º Maratona de SP Onde: São Paulo Modalidade: 42 km, 25 km, 10 km e 3 km Inscrição: www.minhasinscricoes.com.br

Dia 7 – Jovem pan Night Run Onde: São José dos Campos Modalidade: 5 km e 10 km Inscrição: www.minhasinscricoes.com.br

Dia 13 – 1º Corrida Kids de Taubaté Onde: Taubaté Modalidade: Livre Inscrição: www.minhasinscricoes.com.br

Dia 31- 3º Corrida da Virada Joseense Onde: São José dos Campos Modalidade: 5 km e 15 km Inscrição: A definir


63 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


notas

s a d i p Rá

TESTE DE PATERNIDADE

NOVIDADE PARA ATLETAS

Já é realidade em São Paulo um exame que oferece às gestantes a oportunidade de saber quem é o pai do bebê durante a gravidez. O exame que analisa o material genético do feto circulante no sangue da mãe durante a gestação custa de R$ 2.000 a R$ 4.000, dependendo do laboratório. O teste ainda não tem validade na justiça e funciona como um indicador.

Se você encontrar um atleta por aí com fitas coloridas coladas pelo corpo, não estranhe. Trata-se da mais recente aposta dos fisioterapeutas, chamada de Kinesio Taping. As fitas - ou bandagem terapêutica-, que viraram febre depois das Olimpíadas de Londres, são usadas para combater dores musculares e aumentar o desempenho. “Ela promove proteção articular e muscular durante e após a prática de exercícios físicos. Também é utilizada em lesões, alterações posturais e edemas”, afirma a fisioterapeuta Bruna Romanelli.

MAIS BELEZA ATÉ A ÚLTIMA GOTA No mercado de cosméticos uma linha que merece destaque é a SOU, recente lançamento da Natura. Para reduzir o impacto ambiental, os produtos semeiam um novo jeito consumir, evitando desperdícios. Os produtos para o corpo e o cabelo foram desenvolvidos a partir de um processo inteligente, onde as embalagens têm design para gerar menos lixo e as fórmulas com ingredientes de fonte renovável. Com recursos otimizados, o preço é econômico (de R$ 6,90 a R$ 10,60) e as fragrâncias refrescantes. 64 + saúde & bem estar | setembro de 2013

A The Beauty Box, loja multimarcas do Grupo Boticário localizada no CenterVale Shopping, em São José, está com uma linha própria de cosméticos para a pele, cabelo e acessórios de beleza. A coleção “Produtinhos da Beauty” é composta por 60 itens, divididos em embalagens fofas e preços que variam de R$ 9,90 a R$ 49. Destaque para os hidratantes “Hug me” (Abrace-me, em inglês) que tem fórmula enriquecida com silicones.


65 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


Vitrine Top Fitness, Fabiola Molina, R$ 40 Calça Legging, Fabiola, Molina, R$ 40

Sungão Acquos, Fabiola Molina, R$ 68

Sunquini Fab Acquos, Fabiola Molina, R$ 76

Maiô Sol Acquos, Fabiola Molina, R$ 85 Loja Fabiola Molina Rua Jorge Barbosa Moreira, 69, Vila Ema, em São José dos Campos.

66 + saúde & bem estar | setembro de 2013


67 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


Vitrine Camiseta T H Spain R$ 98; ber muda Gym R$ 18 9; garrafa R$ 69. Peças da Track& Field

Polo F tênis R$ 129; saia tênis R$ 159; boné dobrável R$59. Peças da Track&Field

Regata TH R$ 98; legging Hype Granito R$ 189; tênis Newton R$ 499. Peças da Track&Field

Camiseta TH Performance R$ 98; calção F Run R$ 139; viseira R$ 49. Peças da Track&Field

68 + saúde & bem estar | setembro de 2013

Track&Field – Shopping Colinas (Av. São João, 2.200, Jd. das Colinas), em São José dos Campos.


69 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


70 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


71 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013


72 + saĂşde & bem estar | setembro de 2013

+ Saúde & Bem-estar  

A revista + Saúde & Bem-estar é um produto editorial desenvolvido pela Divisão de Revistas de O VALE

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you