Page 12

12

SÁBADO, 1DE ABRILDE 2017

ovale/gazeta de taubaté

SUSTENTABILIDADE

Artesanato Sustentável

Como nova alternativa de renda, Fibria mantém projeto em S. Silvestre

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Iniciativa. A Fibria desenvolve trabalho de artesanato no distrito de São Silvestre, em Jacareí, incentivando a cultura local e servindo como uma fonte de renda para as pessoas; acima, moradoras durante trabalho do projeto ‘Artesanato Sustentável’, que recebem orientação de gestão, processo produtivo e comercialização JACAREÍ

Com o objetivo de oferecer uma nova alternativa de renda e ainda por cima fortalecer a cultura local, a Fibria realiza com os moradores do distrito de São Silvestre, em Jacareí, o projeto denominado ‘Artesanato Sustentável’. Durante o ano, o projeto deve atender cerca de 50 pessoas que receberão capacitação técnica para desenvolver o trabalho, bem como orientações sobre gestão, processo produtivo e comercialização das peças produzidas. As atividades tiveram início com uma aula inaugural no Núcleo de Educação Ambiental da Fibria (NEA). A proposta do projeto é que cada artesão construa um pla-

nejamento com a mensuração do tempo e os valores investidos na criação dos artesanatos, para que a venda dos produtos possa ser uma opção de aumento na renda familiar. “O desenvolvimento socio-

AUXÍLIO Durante o ano, o projeto deve atender cerca de 50 pessoas que receberão capacitação técnica

cultural e econômico das comunidades onde a Fibria atua é um compromisso assumido pela empresa, e esse projeto irá possibilitar não só o incremento da renda familiar, mas também o fortalecimento das

EXPORTAÇÃO

Celulose vai para 40 países JACAREÍ

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos oriundos da floresta. Com capacidade produtiva de 5,3 milhões de tonela-

das anuais de celulose, a companhia conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí e Três Lagoas (MS). A companhia possui 969 mil hectares de florestas, sendo 568 mil hectares de florestas plantadas, 338 mil hectares de áreas de preservação e de con-

servação ambiental e 63 mil hectares destinados a outros usos. A celulose é exportada para mais de 40 países. Em maio de 2015, anunciou a expansão da unidade de Três Lagoas, que terá uma nova linha com capacidade produtiva de 1,95 milhão de toneladas de celulose por ano. l

tradições culturais de toda uma comunidade”, diz Adriano Martins, consultor de Sustentabilidade da Fibria, através da assessoria de imprensa. Cultura local. Para a diretora

da Escola Estadual José Eboli de Lima, Ana Cristina Monteiro Leite dos Santos, a iniciativa da Fibria vai resgatar a cultura da própria comunidade por meio do artesanato. “Fomos recebidos com um café da manhã preparado por integrantes do PDRT (Programa de Desenvolvimento Rural e Territorial) de São Luiz do Paraitinga, um outro projeto da empresa de apoio aos produtores rurais, que em breve atenderá também o distrito de São Silvestre”, conta Ana, através da assessoria. l

+Jacareí - Abr/17  
+Jacareí - Abr/17  
Advertisement