Issuu on Google+

Distribuição gratuita

Edição 134 - Centro-Oeste

06 a 12 de Junho / 2012 em Divinópolis e de 06 a 19 de Junho / 2012 em Pitangui • Itaúna • Carmo do Cajuru • Pará de Minas e Nova Serrana |

• Fundador Laércio Nunes •

Foto: Giovanni M Pereira

O município ainda mantém alguns traços do passado em casarões e igrejas.

PITANGUI, BERÇO DO CENTRO-OESTE, COMPLETA 297 ANOS São apenas 25 mil habitantes, porém uma grandeza histórica incalculável. Pitangui completa 297 anos de emancipação político-administrativa. Para

comemorar quase três séculos de existência foi preparada uma agenda especial. Confira a programação, saiba um pouco mais da história desta

pequena cidade e aproveite para conhecer personagens que marcaram época. Páginas: 11

FIQUE POR DENTRO

ESPECIAL

INTERESSA AO PASSAGEIRO

MUDANDO DE ESTAÇÃO

HISTÓRIAS E DICAS DE PRESENTES

Foto: Christyam de Lima

O inverno começa a dar os primeiros sinais. Aos poucos, o clima típico do outono vai se despedindo e dando espaço ao frio. A tendência é que a temperatura caia ainda mais, já que foram registrados índices abaixo do esperado até o momento. Página: 09 As temperaturas máximas ficaram abaixo da média em Maio.

FAIXAS: DE QUEM É A PREFERÊNCIA? Foto: Júlia Medeiros

Foto: Divulgação Uma das dicas é apostar na criatividade.

O pedestre só tem preferência quando faz sinal para o motorista.

A data mais romântica do calendário brasileiro está próxima: Dia dos Namorados. Para entrar ainda mais neste clima, a reportagem do jornal O PASSAGEIRO, ouviu lindas histórias de amor e selecionou algumas dicas especiais para te ajudar a escolher o presente ideal. Páginas: 06 e 07

Em Divinópolis, principalmente na área central, é possível presenciar a batalha travada entre pedestres e veículos. Sem semáforos em alguns trechos, fazer a travessia é quase impossível. Para quem acha que o motorista deve sempre parar, não é bem assim o que a lei prevê. Página: 05

Na penúltima edição, na página 1, onde consta "edição 132, circulação em Bom Despacho, Formiga, Arcos, Lagoa

da Prata", leia-se "edição 133, circulação em Pitangui, Itaúna, Carmo do Cajuru, Pará de Minas e Nova Serrana".


02

06 a 12 de Junho / 2012 em Divinópolis e de 06 a 19 de Junho / 2012 em Pitangui • Itaúna • Carmo do Cajuru • Pará de Minas e Nova Serrana - Edição 134 - OP.CO

Editorial

Artigo

OS DOIS LADOS DO AUMENTO DO DÓLAR Todos os produtos que são exportados, quando o dólar se valoriza, ficam mais caros. Isso ocorre por que o valor é convertido para reais. Este é o caso do suco de laranja, por exemplo. Com o dólar flutuando acima dos R$ 2 nos últimos dias os reflexos podem ser impactantes para alguns setores. Em alguns casos o impacto pode ser positivo, mas para outros nem tanto. Este é o caso das viagens internacionais. Quem soube aproveitar a boa maré do dólar baixo, pode viajar para o exterior mais tranquilo. O aumento de pacotes internacionais foi grande nas agências. Mas, agora este cenário pode ficar um pouco turbulento. A expectativa é de se a alta do dólar permanecer acumulada nos próximos dias, a venda de pacotes para fora do Brasil reduzir. Por enquanto, as agências estão equilibradas e a mudança está refletindo apenas para quem já havia contratado o serviço. Muitos brasileiros estão preparando as malas. E quem marcou viagem para o exterior com certeza tem outra preocupação. O dólar, que não para de subir. O dólar comercial, que beirava R$ 1,70 no fim de fevereiro, subiu mais de R$ 0,30 de lá pra cá e terminou a semana passada valendo R$ 2,04. Mas no câmbio do turismo o preço é outro: R$ 2,12. Comprar qualquer coisa lá fora está ficando mais caro. Na contramão, alguns setores comemoram. Enquanto as exportações de bens e serviços cresceram 6,6%, as importações subiram 6,3% no primeiro trimestre de 2012. O IBGE calculou que a taxa de câmbio média ficou em R$ 1,77 entre janeiro e março de 2012, contra R$ 1,67 no primeiro trimestre de 2011. Dentro das exportações, os bens que mais contribuíram para a alta do volume embarcado foram os têxteis, de metalurgia, material elétrico, peças para veículos, os produtos químicos e mobiliários. Nas importações a maior contribuição veio da siderurgia, dos produtos farmacêuticos, de perfumaria, aluguel de equipamentos. Com o aumento do dólar o cenário econômico sofre influências. Enquanto os índices de exportação são elevados, outros reduzem. Se a cotação da moeda continuar neste ritmo, a tendência é que as viagens nacionais se tornem preferência dos brasileiros e que o setor siderúrgico volte a empregar.

297 ANOS E UM UNIVERSO DE HISTÓRIA PRA CONTAR José Eustáquio Lopes de Faria Júnior Apenas oito dias após Divinópolis comemorar o seu centenário, uma outra cidade, berço de todo o Centro-Oeste Mineiro, também faz a festa. Estamos falando de Pitangui. Assim como os divinopolitanos, mais de 40 povos da região tiveram sua origem em Pitangui, uma das vilas do ouro fundadas no início do século XVIII. Costumo dizer que a história de Pitangui não pode ser contada pronta e acabada, pois seus tentáculos atingem diferentes pontos do Brasil em vários séculos. Pode parecer exagero da minha parte, mas não é. Momentos decisivos da história tiveram participação ativa da cidade. Quem fez a primeira revolta brasileira contra a Coroa Portuguesa? Domingos Rodrigues do Prado. Quando D. João VI veio de Portugal para o Brasil, quem abasteceu a Corte? Joaquina do Pompéu. Quando D. Pedro I proclamou a Independência, quem o aconselhou a seguir esse caminho? Padre Belchior. Quem foi o Ministro com mais tempo no cargo na história do Brasil? Gustavo Capanema.Quem criou o plim-plim da Globo? Borjalo. Quem é o atual presidente nacional do PT? Rui Falcão. Poderia continuar a lista em várias folhas, mas, em síntese, em todas as respostas acima, de assuntos da história, política e cultura, que norteiam os séculos XVIII ao XXI, figuram personalidades pitanguienses, sejam nascidas ou que tiveram domicílio na vila/cidade. Porém, os mais céticos dizem: “Se a cidade é tudo

isso, porque ela não tem o reconhecimento que Mariana ou Ouro Preto têm?” É verdade. Uma cidade tão influente na história brasileira, jamais poderia ter sido deixada de lado. Talvez nem os próprios pitanguienses, em tempos até recentes, conhecessem tamanha história nesses quase três séculos. Capitaneada pela história, Pitangui não é só isso. É o patrimônio natural das Matas da Pedreira e do Céu. É a Cruz do Monte, local onde se pode observar toda a cidade. É a tradição mineira. É o pão de queijo, a hospitalidade, um povo sonhador. Pitangui é muito mais que uma simples cidade do interior que (olha que atrevimento!) ousa agora falar alto e se equiparar a Ouro Preto e companhia. O DNA pode tardar, mas não falha. Conde de Assumar, já no século XVIII, nos chamava de “mulatos atrevidos” e ameaçou por fogo em tudo por aqui. Ops, esse é mais um capítulo da nossa história. Enfim, 297 anos. Estamos chegando a uma data-chave, quando em 2015, a cidade completará seus 300 anos. Espero que nesses três anos que restam para a data histórica, a cidade esteja alçada a uma das grandes cidades turísticas mineiras. E, sobretudo, que divinopolitanos, enquanto filhos de Pitangui, possam ter orgulho da trajetória de sua mãe sempre. Afinal, amor de mãe e filho nunca acaba. Só aumenta. José Eustáquio Lopes de Faria Júnior é morador de Pitangui, advogado formado pela Faculdade Pitágoras (Campus Divinópolis) e autor do livro “Viajando pela Velha Serrana”

Não precisas ser amante, e nem sempre sabes sê-lo. eu te amo porque te amo. amor é estado de graça e com amor não se paga. amor é dado de graça, é semeado no vento, na cachoeira, no eclipse. amor foge a dicionários e a regulamentos vários eu te amo porque te amo, bastante ou demais a mim porque amor não se troca, não se conjuga nem se ama porque amor é amor a nada, feliz e forte em si mesmo amor é primo da morte, e da morte vencedor, por mais que o matem (e matam) a cada instante de amor. Carlos Drummond de Andrade

A VOZ DO PASSAGEIRO “Adoro ler o PASSAGEIRO. Gosto muito das cruzadinhas e das mensagens também. Este jornal é diferente dos outros, pois só tem notícia boa”, Maria Vieira, 88 anos, moradora de Divinópolis. Mande seus comentários, críticas ou sugestões para: redacao.opassageiro@gmail.com

Edição Centro-Oeste Número de páginas: 14 Tiragem: 32.000 exemplares mensal Periodicidade: semanal em Divinópolis e quinzenal no Centro-Oeste Circulação: Divinópolis - Itaúna - Formiga - Arcos - Lagoa da Prata - Bom Despacho, Pitangui - Nova Serrana - Pará de Minas - Carmo do Cajuru

EU TE AMO PORQUE TE AMO

Fundador: Laércio Nunes Editor Geral: Marcelo Nunes Diretora Comercial e Geral C.O: Stefane Moura (37)3222-5997 / (37)8817-9135 Jornalista Responsável: Francisco Vilela - Registro nº 12.764 Chefe de Redação Centro-Oeste: Amanda Quintiliano Redação Centro-Oeste: Amanda Quintiliano, Amarilis Pequeno, Júlia Medeiros e Cíntia Teixeira.

EXPEDIENTE Revisora: Nilsymara Alves Araújo Arte Gráfica: Daniel Allan e Douglas Barreto Diagramação: Daniel Allan Controle Administrativo: Paula Danielle Vendas: Stefane Moura: 37- 8817.9135 / 3222.5997 Rômulo César: 37- 9962.2209 / 3222.5997 Antônio Claret: 37- 8803.8630

“O Passageiro”, periódico semanal em Divinópolis e quinzenal no Centro-Oeste de propriedade de KGEL. Kerix Gráfica e Editora LTDA - CNPJ: 139448090001 13 / Rua Rio Grande do Norte, nº 60 - Centro Divinópolis MG O Jornal necessáriamente não é solidário nem se responsabiliza por conceitos em artigos e matérias assinadas.


03

06 a 12 de Junho / 2012 em Divinópolis e de 06 a 19 de Junho / 2012 em Pitangui • Itaúna • Carmo do Cajuru • Pará de Minas e Nova Serrana - Edição 134 - OP.CO

Educação

A ANGÚSTIA DO RECÉM-FORMADO Disputar lugar no mercado de trabalho ou se qualificar com novos cursos?

CANTINHO DAS LETRAS Sobre o trote telefônico para a PM… “As crianças não conseguem perceber o tamanho do problema que podem causar, nesse caso, a orientação é aos pais, que estejam alerta e ensinem aos filhos como devem se portar.” Amarilis Pequeno O uso do ALERTA Amarilis Pequeno empregou a palavra ‘alerta’ da forma clássica, como advérbio, isto é, deixando-a invariável. Ex: Estejamos alerta / São pessoas alerta. Contudo, nos deparamos sempre com: ‘Cidades alertas’ e ‘Ressurge dengue hemorrágica - comunidades alertas’. Está errado fazer essa concordância? Não, de acordo com padrões mais modernos de linguagem, houve uma evolução no emprego desse termo e alguns dicionários registram assim e ALERTA passa a ser também adjetivo em português. O VOLP (Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa) e o Dicionário Aurélio, dentre outros, já registram as duas possibilidades: advérbio (‘em atitude de vigilância, de sobreaviso’; ‘atentamente’) e adjetivo (‘atento, vigilante’), quando então acompanha o substantivo em número: homens alertas, hospitais alertas.

Até a próxima semana!

LEITOR PASSAGEIRO O Mestre do Amor - Augusto Cury “Este livro conta uma história de amor: amor pela vida, pela humanidade, por suas falhas e superações. Apenas uma pessoa foi capaz de levar esse sentimento às últimas conseqüências e, em nome dele, entregarse à morte.” Esta dica é do leitor Edson Ferreira, morador de Divinópolis.

POR ONDE COMEÇAR O primeiro emprego é um sonho para aquele que acaba de deixar a universidade, mas geralmente o caminho não é tão simples. Envio de

currículos, busca de emprego em empresas que aceitam trainees, entrevistas e um medo de concorrer com pessoas que já possuem experiência no mercado. Segundo especialistas, essa fase é difícil, mas é possível passar por ela sem crise. “Não há como deixar de passar pelas etapas. Primeiro é importante fazer estágio, depois encaminhar o currículo com cuidado para ser exato nas suas qualidades e anseios para trabalhar na empresa almejada”, explica a psicóloga Fabíola Pinto. “Consegui meu primeiro emprego no hospital onde fiz meu estágio. Aceitei fazer sem remuneração, mas me dediquei todos os dias para mostrar meu interesse em começar o trabalho na área”, afirma a enfermeira Fabiane Dias. Quando o currículo está dentro do que o mercado pede, esse caminho pode ser o melhor, no entanto, e quando o recémformado precisa qualificar seu currículo? “Saí da universidade apenas com a graduação. Como trabalhava para pagar minha faculdade, não

O que fazer quando o curso na faculdade não atende às expectativas?

tive condições de aperfeiçoar na área. Resolvi me inscrever em cursos de aperfeiçoamento e fazer um intercâmbio para ter o domínio de uma língua para concorrer com uma vaga no mercado de Publicidade”, diz Marcela de Souza. A psicóloga, especialista em Recursos Humanos, explica que esse

caminho é interessante, mas exige cuidado. “Se for necessário se qualificar, nada melhor que fazer isso logo após a graduação. Mas, por outro lado, não adianta ter um diploma cheio de cursos sem experiência alguma. Em algum momento é importante correr o risco e começar”, finaliza a psicóloga.

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O ENEM MEC anuncia novos critérios de correção da Redação Júlia Medeiros julia.opassageiro@gmail.com As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão ser feitas até às 23h59 do dia 15 de junho apenas pelo endereço eletrônico http://sistemasenem2.inep.gov.br/ inscricao. A guia no valor de R$35,00 deverá ser paga pelo candidato nas agências bancárias até o dia 20 de junho. Somente o pagamento comprova a inscrição do candidato. São isentos da taxa alunos de escolas públicas que estejam concluindo o Ensino Médio em 2012, mas para isso a escola deve ser cadastrada no censo escolar da Educação Básica. Candidatos que declararem carência socioeconômica ou estiverem em situação de vulnerabilidade socioeconômica também serão isentos da taxa. Este ano a prova será realizada nos dias 3 e 4 de novembro, às 13h. De acordo com o Ministério da Educação (MEC) somente no ano passado, 5,4 milhões se inscreveram no Exame. Até o momento, a única novidade anunciada pelo Ministério da Educação (MEC) foram os novos critérios de correção da prova de Redação. A parir desde ano, o texto produzido pelo candidato será corrigido por dois corretores e cinco itens de objetividade serão avaliados. Se houver diferença maior que 20% na nota final entre os dois corretores, a redação será lida por um terceiro corretor. O MEC também anunciou que o candidato terá acesso a redação, porém não divulgou como isso será feito. MUDANÇAS De acordo com o professor de Português, Elmo Fernandes, a mudança no

Foto: Divulgação

IMPORTANTE PESSOAL: Havendo, pois, controvérsia, a matéria não deve, de modo nenhum, fazer parte de concursos e provas. Seu uso é pessoal e a escolha depende muitas vezes do contexto.

Cíntia Teixeira cintia.opassageiro@gmail.com A cena é conhecida; último período dos cursos de graduação, os alunos estão focados na colação de grau, no baile de formatura e nos trabalhos monográficos. Em breve deixarão de ser alunos para se tornarem profissionais. Após as festividades o caminho começa a ser outro. Com a cabeça cheia de sonhos e um diploma na mão os recém-formados se veem às voltas com algumas perguntas insistentes: “O que eu faço agora?”; “Devo me especializar na área antes de tentar entrar no mercado de trabalho?”; “Qual a melhor forma de ingressar no mercado?”. Não há fórmula certa, mas, com preparo, paciência e acima de tudo projetos, é possível fazer uma carreira de sucesso.

Foto: www.primeiroemprego.com.br

Mara Araújo Revisora mara.opassageiro@gmail.com

As provas serão aplicadas nos dias 3 e 4 de novembro. critério de correção das redações vai refletir positivamente na nota final do aluno. “Muitos candidatos eram prejudicados com o critério anterior porque a nota final nem sempre era justa porque atendia a critério de um só examinador. Era nítido que havia diferença de critério entre os examinadores”, afirma. O professor ainda observa que candidatos que geralmente obtinham boas notas na escola ou em cursinhos não alcançavam o mesmo sucesso no Enem. Outros que não se saiam tão bem no curso regular ou em cursinhos obtinham excelente nota na redação do exame. “Alguma coisa estava errada. Acredito sim que era o critério usado na hora da correção da redação, antes realizada por apenas um corretor”, pontua. Segundo o MEC, em julho, um guia

será enviado aos candidatos inscritos no Enem com explicações sobre as novas regras de correção da redação. COMPETÊNCIA Outra novidade será a divisão da nota da redação em cinco itens de competência: domínio da língua portuguesa, compreensão do tema proposto, capacidade de selecionar e

organizar ideias, demonstração de conhecimento sobre o tema e apresentação de solução para a proposta dissertativa. Segundo Elmo Fernandes, nada muda para o candidato. “Esses itens sempre forma fundamentais para a produção de textos. Quem estiver mais bem preparado no conjunto desses itens vai conquistar melhor pontuação”, afirma.

DICAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM • Ater-se à tipologia textual. No Enem, o candidato deverá discorrer sobre o tema proposto através do texto dissertativo • Não se esquecer do título (não há ponto final no título) • Escrever entre 20 e 30 linhas. • Escrever até o final da linha • Não abreviar palavras. Etc. nem pensar. • Letra legível • Não empregar a primeira pessoa do singular “eu” nem a segunda “você”. Primeira do plural é admissível: “nós”. (Elmo Fernandes)


04

06 a 12 de Junho / 2012 em Divinópolis e de 06 a 19 de Junho / 2012 em Pitangui • Itaúna • Carmo do Cajuru • Pará de Minas e Nova Serrana - Edição 134 - OP.CO

Saúde é Vida Fábio Henrique Santiago Nutricionista fabionutricionistaopassageiro@gmail.com

O PESO IDEAL Considerada uma epidemia, afeta mais de 300 milhões de pessoas em todo o mundo e vem aumentando em todas as faixas etárias. Caracterizada pelo excesso de gordura corporal, que causa prejuízos à saúde do indivíduo e está relacionada, principalmente, a três fatores: genética, má nutrição e sedentarismo. A obesidade apresenta sinais nos primeiros anos de vida, quando erronea-

mente muitos pais acreditam que uma criança rechonchuda é mais saudável e fornecem alimentos em excesso, ou em qualquer outra fase da vida, com a ingestão de uma dieta muito calórica e exagerada. O peso ideal é calculado com base no índice de massa corporal ou IMC (peso em quilo dividido pelo quadrado da altura Kg/m²). Sendo o indivíduo classificado como: baixo peso,

para valor menor que 18,5 Kg/ m². Peso normal entre 18,5 a 24,9 Kg/m². Sobrepeso entre 25 a 29,9 Kg/m². Obesidade valores acima de 30,0 Kg/m². Quanto mais alto o IMC, maior a chance de desenvolver doenças graves como diabetes, hipertensão e problemas cardiovasculares. Para amenizar os sintomas a reeducação alimentar é o principal caminho para evitar

ou reduzir a obesidade. Esse processo necessita de acompanhamento de um médico e de um nutricionista. Com base no histórico de cada paciente. Para que se perca peso não é preciso eliminar da dieta nenhum grupo de alimento, basta diminuir o tamanho e a quantidade das porções. Substitua carnes gordurosas por carnes magras grelhadas; leites integrais por desnatados.

250 PACIENTES RECEBERÃO EM CASA MEDICAMENTOS Projeto “Remédio em Casa” foi lançado e beneficiará, inicialmente, os idosos

Amanda Quintiliano amanda.opassageiro@gmail.com A partir de agosto, 250 pacientes, previamente cadastrados, nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) Santa Lúcia e Serra Verde, receberão em casa os medicamentos de uso contínuo como hipertensão e/ou diabetes. A medida faz parte do projeto “Remédio em Casa”, lançado pela Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis na semana passada. Os primeiros a serem beneficiados serão as pessoas com 60 anos ou mais que se tratam com medicamentos de uso contínuo, e também os pacientes acamados. “Os agentes de saúde vão até a casa dos pacientes enviando uma carta que informará que, a partir de agosto, estas pessoas receberão estes remédios em casa”, explica a referência técnica da Assistência Farmacêutica, Thaís Bueno Enes

dos Santos. Melhorar a assistência farmacêutica e reduzir o fluxo de usuários na farmácia municipal está entre os objetivos do projeto. “As pessoas vão receber os medicamentos em veículo da Prefeitura, devidamente identificado, e também receber orientações de uma estagiária de farmácia, devidamente preparada, que acompanhará o motorista nesta entrega, e a mesma informará sobre como fazer uso, separação e guarda deste medicamento”, explica a secretaria municipal de Saúde Chèrie Mourão. Em Novembro, os profissionais da Semusa analisarão os resultados obtidos com a implantação do projeto piloto, para que ele possa ser expandido no início de 2013. DISTRIBUIÇÃO A média anual de atendimento

de receitas é de 26 mil ao mês, totalizando aproximadamente 104 mil medicamentos. Só para se ter uma ideia, em janeiro deste ano foram atendidas 26.049 receitas e distribuídos 104.196 remédios. Desses receituários, 10.463 foram

na Farmácia Central, 4.945 na do bairro São José, 1.454 na do bairro Nossa Senhora das Graças, 4.971 na do bairro Niterói. Outras 2.084 receitas foram atendidas em Santo Antônio dos Campos (Ermida) e 1.384 no Sersam. Foto: Patrícia Rodrigues/PMD

O projeto piloto foi lançado na Semusa pela secretária de saúde Chèrie Mourão

OBESIDADE INFANTIL IMPÕE LIMITES Pais devem estar atentos ao comportamento das crianças

kg) dividido pela altura ao quadrado. A especialista em Nutrição Clínica Christiane Veloso conta que diversos fatores levam à obesidade e um dos principais é a modernidade. “Comidas prontas e congeladas, rápidas e práticas. O computador, TV e videogame são as atividades preferidas das crianças que, antigamente brincavam na rua, jogavam bola e, gastavam mais energia,” explica. Os bons hábitos começam em casa, com o exemplo dos pais. O ideal é não ter em casa alimentos que chamem a atenção da criança (doces, biscoitos, refrigerantes). Dessa forma, ela

não vai comer. “Eduque para que esses alimentos estejam inclusos somente nos finais de semana”, explica a nutricionista. Esses quilos a mais podem trazer sérios problemas, desde os primeiros meses de vida. “Mães que se alimentam mal geram bebês obesos e prejudicam também a própria saúde, com doenças como a diabetes gestacional e aumento da pressão arterial, além de outros fatores decorrentes do excesso de peso”, ressalta a nutricionista. Para a psicóloga clínica Ana Paula de Moraes e Faria, o impulso se torna um círculo vicioso. “O adolescente se sente ‘diferente’ dos outros, inseguro,

com a autoestima cada vez mais baixa, se isola, se deprime, se torna agressivo e ‘desconta’ essas faltas na comida, agravando a sua obesidade e se sentindo cada vez mais excluído, entrando numa repetição sem fim.” Para se tratar, é importante ter o acompanhamento dos pais. “O mau hábito precisa ser descoberto, enxergado e entendido para depois, ser mudado. Os cuidados com a saúde devem ser constantes, principalmente, em se tratando de obesidade. E dependendo desses cuidados, os problemas podem se agravar ou não. Depende do tipo de problema gerado e de como ele é tratado”, finaliza.

Foto: Divulgação

Amarilis Pequeno amarilis.opassageiro@gmail.com A obesidade infantil é um assunto sério e delicado. Cerca de 10% da população infantil, no Brasil, sofre com o excesso de peso, o que desmotiva tanto pelo cansaço do corpo quanto autoestima da criança. Se ela for obesa em idade escolar e entrar na adolescência acima do peso, a chance de se tornar um adulto obeso é de 50%. O sedentarismo, questões hormonais ou genéticas podem levar à obesidade. É considerada obesa a criança que possui 20% a mais de gordura no corpo, o cálculo pode ser feito em casa da seguinte maneira: peso (em

Cerca de 10% da população infantil sofre com o execesso de peso.


05

06 a 12 de Junho / 2012 em Divinópolis e de 06 a 19 de Junho / 2012 em Pitangui • Itaúna • Carmo do Cajuru • Pará de Minas e Nova Serrana - Edição 134 - OP.CO

Interessa ao Passageiro

MUDANÇAS NA LEI SECA EM QUESTÃO Mais rigor, punição ou ainda falta consciência?

Júlia Medeiros julia.opassageiro@gmail.com

O Projeto de Lei que propõe alterações na Lei Seca foi encaminhado ao Senado em abril. Com as mudanças, não é apenas o bolso do motorista infrator que sofrerá consequências. A matéria que altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) amplia a possibilidade de provas na condução de veículo automotor sob efeito de álcool ou outras substâncias psicoativas. Isso não significa que não seja mais necessário identificar a embriaguez do condutor, mas sim a “capacidade psicomotora alterada” em virtude de álcool ou de outra substância psicoativa que deter-

mine dependência. A novidade é a comprovação por vídeo ou prova testemunhal, por exemplo. De acordo com delegado de Trânsito de Divinópolis, Dr. Fernando Vilaça, se aprovada a Lei, a principal mudança é de que o infrator responderá criminalmente pelo delito. “Hoje o motorista fiscalizado com sintomas de embriagues não é obrigado a soprar o etilômetro. Com isso, ele tem apenas as consequências administrativas. Se a nova lei for sancionada e o motorista infrator for fiscalizado e outros tipos de provas, como o exame clínico, o vídeo, forem aceitos, como é previsto, ele responderá criminalmente, podendo ser

preso. Lembrando que o processo administrativo também continuará”, pontua. BENEFÍCIOS Sobre as possíveis mudanças na Lei Seca, o delegado Fernando Vilaça acredita que se aprovada, serão positivas, mas ainda é preciso criar um novo conceito antes de pegar o carro, com fiscalização ou sem. “O motorista que hoje tem certa tranquilidade e fala que não vai soprar o bafômetro porque irá apenas responder o processo administrativo, ele vai pensar duas vezes se a lei tiver alterações. Com isso eu acredito que irá diminuir o número de embriagados ao volante, o que é excelente para a sociedade”, revela.

Mas o delegado vai além e pontua que a conscientização deveria ser o fator determinante antes de dirigir. “Não deveria ser uma conscientização quase imposta, de que se eu dirigir embriagado eu vou preso. Mas sim de que eu não dirijo alcoolizado porque eu posso causar um acidente, perder e tirar uma vida. A conscientização deveria ser desse aspecto. Vou fazer porque eu tenho respeito a mim e pelo próximo”, finaliza. MUDANÇAS A nova lei propõe mudança no valor da multa de R$ 957,70 para R$ 1.915,40. Em caso de reincidência no período de 12 meses, o valor passa para R$ 3.830,76. A

nova lei, se aprovada, ressalta que não é preciso comprovar apenas a alteração do condutor pela substância “álcool”. Por esse mesmo motivo retirou-se a concentração

de álcool do Art. 306, e passa a ser crime “conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada” seja por uso de álcool ou outras substâncias psicoativas.

Foto: Júlia Medeiros

Dr.Fernando Vilaça delegado de transito.

FAIXAS

Veículos e pedestres: qual o seu direito na hora de usar? Foto: Júlia Medeiros Em cruzamentos sem semáforo, o pedestre precisa sinalizar para o motorista

Júlia Medeiros julia.opassageiro@gmail.com

Carros, motos, ônibus, vans, caminhões, bicicletas... Cada veículo em uma velocidade. E no meio de tudo isso os pedestres. Alguns na faixa, outros correndo, se arriscando no meio da rua. Essa realidade não faz parte apenas de capitais ou das cenas de filmes onde as personagens estão em fugas, alucinados. Em Divinópolis, principalmente na região central, é possível presenciar a batalha travada entre pedestre e veículo. E diga-se: ela é uma constante e principalmente em horários de pico não é possível saber

quem sai em vantagem, se é que alguém pode sair vitorioso de uma disputa que sequer deveria existir. Sim. Não deveria existir porque há leis que deveriam ser respeitadas pelos dois lados. SINALIZAÇÃO A educadora de Trânsito Consuelo dos Santos, da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SETTRANS), alerta para o uso consciente da faixa de pedestre. “Na faixa convencional, branca, quando houver o semáforo nos cruzamentos, prevalece essa sinalização para motoristas e pedestres. Já no cruzamento onde não houver

essa sinalização, a indicação é de que o pedestre aguarde na calçada, faça o sinal de braço, que é esticar a mão para frente para o motorista entender a intenção dele que é atravessar. Quando o veículo parar, ele deve atravessar”, explica. OUTRAS RECOMENDAÇÕES De acordo com a educadora de Trânsito, as faixas amarelas e ou vermelhas são apenas para destacar onde há o maior fluxo de pessoas, como é comum próximo a escolas. “Isso é utilizado para que o motorista tenha mais atenção”, revela. Questionada se essas duas faixas são mais respeitadas, Con-

suelo afirma que sim, pois acredita que o motorista já tenha entendido que nesses locais há uma maior circulação de pessoas. “Orientamos que o pedestre atravesse em grupo, até mesmo para a sua segurança. Há sinalização para o pedestre e para o motorista. Para maior segurança do pedestre, pedimos uma maior atenção porque ele está mais vulnerável”, reforça. A educadora lembra que celular e travessia, assim como para o motorista e volante também não combinam. Nos dois casos a atenção é desviada e os riscos de acontecer acidentes podem aumentar.


06

06 a 12 de Junho / 2012 em Divinópolis e de 06 a 19 de Junho / 2012 em Pitangui • Itaúna • Carmo do Cajuru • Pará de Minas e Nova Serrana - Edição 134 - OP.CO

Comportamento Cíntia Teixeira Pedagoga cintia.opassageiro@gmail.com

Hoje desejei apenas ser... Seguir meu próprio instante sem a menor pretensão de ser gente. Queria ser mais urgente! Queria ser átomo, nêutron, molécula, para sentir a vibração de tudo aquilo que é vida no instante exato em que se é. Pensei que essa vontade fosse simples e que voltaria a dormir quando iniciasse a vida “burocrática” do trabalho. Mas, mesmo com tarefas ordinárias, mesmo com ligações de informações constantes, mesmo com

Primeiro Capítulo

vários “mesmos”, a vontade de existir crescia como mato à beira do asfalto. Sentia, após aquela música que tocou tão distraidamente, um desejo de existir! Suportei fortemente, mas a vontade explodiu como um vulcão em erupção. Jorrou palavras sedimentadas pela cultura, mas totalmente novas de sentimentos. Senti-me nobre em plena tarde de terçafeira! Existo sem predicado e sem tempo. Mas como a descoberta é nobre demais

eu resolvi nesta tarde dividir no espaço virtual minha descoberta. Lancei palavras da mesma forma como somos lançados no mundo no momento em que existimos nele. E eis que você aparece! Quem é você? Surgiu diferente de todos que dividiam comigo minha descoberta. As pessoas se encantavam com a novidade, mas você, você “com-partilhou” comigo e fez estória no momento que era apenas meu, mas em questão de segundos,

horas ou séculos, tornouse nosso. Existimos a partir daquele instante em total comunhão. Formamos frases, entrelaçamos palavras que se misturavam como dois corpos enamorados e vislumbrados com a beleza de se sentir “apaixonado”. Em total gratuidade de um sentimento que não sabemos ainda dar nome, por ser novo, cheirando ainda “a leite”, criamos o primeiro capítulo de um livro que já existe.

Foto: Divulgação

“Formamos frases, entrelaçamos palavras que se misturavam como dois corpos enamorados”

PARA VIVER UM GRANDE AMOR

Cíntia Teixeira

cintia.opassageiro@gmail.com

Foto: Arquivo Pessoal de Nayara Paranhos.

O amor não é nada óbvio. Cada relacionamento tem seu diferencial, o tempero especial que o faz único. As histórias de amor não precisam ser

lineares e nem mesmo repetir modelos já conhecidos. Você não precisa cumprir à risca um check list para ter sucesso nessa área da vida. Nesta matéria, o jornal O PASSAGEIRO oferece histórias de amor

Nayara e Leoni - uma história de amor que superou desafios e preconceito.

para servir de inspiração para que outras pessoas, como você, decidam investir no amor.

HISTÓRIAS Preconceito, medo de amar de novo, namoro após a morte de um grande amor. Não importa qual seja a dificuldade, um casal decidido sabe que o amor enfrenta todos os desafios. “Nos conhecemos em um retiro organizado pela igreja que frequentamos e não imaginava o que estava por vir, pois ele já tinha uma pretendente lá e também é cinco anos mais novo que eu”, relembra a publicitária Naiara Paranhos. Mas apesar da diferença de idade e do preconceito que tiveram para seguir em frente, eles estão cada vez mais juntos e até com expec-

tativa de um casamento em breve. “Estamos juntos há um ano e cinco meses e acredito que para um amor durar é necessário ter amizade, companheirismo e uma pitadinha de ciúme, mas, acima de tudo é importante ter confiança e diálogo”, ensina. Cada casal tem uma receita que dá certo e ler as histórias é uma forma de aprender por meio das experiências de encontros que dão certo. Casais já casados também são namorados e eles ensinam o segredo para perpetuar o amor. “Nos conhecemos na igreja onde frequentávamos, em São Paulo, em 1992. As lembranças que nós temos são lindas, mas, sem dúvida, a maior delas foi o nascimento de nossa filha”, comenta a dona de casa Eliane da Silva

Oliveira. O casal ensina que para viver a dois durante dezenove anos é preciso de coisas simples como falar sempre que possível “eu te amo” um para o outro. “Não pode faltar aquele friozinho na barriga de quando nos conhecemos e fazemos questão de sairmos de mãos dadas. Mas, para nós o que é a base de tudo está na Bíblia em Coríntios que diz – o amor é benigno, não é invejoso, o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece”, comenta o técnico em eletrônica, Marcio Elias. Existem também pessoas que temem amar novamente. O aposentado Antônio Ferreira, 63 anos, relembra o medo que teve de iniciar um namoro após quatro anos de viuvez. “Fiquei muito tempo sozinho,

mas com o tempo a gente sente falta de ter alguém. Conheci a Maura em uma viagem para Caldas Novas. Apenas conversamos muito, pois cada um estava viajando com a sua família. Peguei o telefone dela e ficamos conversando durante quase dois meses”, recorda. “Hoje ela é minha alegria de vida. E o que fazemos para a relação dar certo é respeitar as famílias de cada um e também preservar a individualidade. Afinal, nos conhecemos com uma vida já constituída”, ensina. A chegada do amor não tem dia marcado, acontece quando menos se espera. Mas, para isso, é preciso ter sensibilidade para perceber o amado no meio de tantas pessoas e juntos começar um capítulo novo na história de ambos.


07

06 a 12 de Junho / 2012 em Divinópolis e de 06 a 19 de Junho / 2012 em Pitangui • Itaúna • Carmo do Cajuru • Pará de Minas e Nova Serrana - Edição 134 - OP.CO

Fique de Olho

ESCOLHA IDEAL NO DIA DOS NAMORADOS Júlia Medeiros julia.opassageiro@gmail.com

guns comerciantes! A vendedora Claudinei Aparecida Araújo acredita que as mulheres procuram presentes mais personalizados. “A mulher é mais detalhista, quer um produto que seja realmente parecido com o parceiro”, comenta. Entre os itens campeões de vendas, os produtos personalizados como almofadas com mensagens especiais e portaretratos diferenciados são sempre procurados. Roupas também não ficam de fora. “Aproveitando o início de inverno, jaquetas, calças e blusas de frio também são opções fortes de presente. Vale é presentear”, comenta. CESTAS De tudo um pouco. Assim geralmente são as cestas. Chocolate, vinho, frutas, en-

feites de pelúcias, guloseimas e variados petiscos. A vantagem é que você mesmo pode fazer a cesta de acordo com as preferências do seu namorado(a). A dica é comprar os produtos um dia antes para manter todos os itens fresquinhos. Sócia de uma empresa especializada, Sabryna Santos de Oliveira, afirma que as encomendas estão a todo vapor. “Estamos com muitos orçamentos e as cestas são variadas; de acordo com o gosto do cliente. É um produto bastante personalizado, com óleo de massagem, vinho, champanhe, sabonetes, foto do casal. Nesta data, vale atender o cliente e oferecer um produto bem diferencial”, comenta. Se o tempo está curto, em Divinópolis existem lojas especializadas que preparam a

cesta do seu gosto e ainda fazem a entrega. Já para quem não tem tempo nenhum, existem cestas prontas. Mas não se esqueça de assinar o cartão.

COMÉRCIO De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Divinópolis (CDL) Rafael Pinto Nogueira, a expectativa para a data no comércio é de boas vendas. “O Dia dos Namorados é uma data importante, que movimenta muito o comércio e as lojas têm uma atenção especial com o dia”, revela. Ainda segundo o presidente, o Dia dos Namorados poderá representar um aumento ainda mais significativo nas vendas, devido aos novos juros de mercado, que estão mais baixos e da nova abertura de

crédito, que voltou a ser incentivada no comércio. “A primeira data no comércio é o Natal, seguido do Dia das

Mães. Já o terceiro lugar, fica uma disputa acirrada com o Dia dos Namorados e Dia dos Pais”, comenta.

Foto: Arvoredo Festas

As lojas já estão com decoração especial para o Dia dos Namorados, que será comemorado no próximo dia 12 de junho. Neste clima romântico, o Jornal O PASSAGEIRO apresenta algumas dicas de presentes que podem ser úteis para os casais que ainda estão indecisos. Como ainda há tempo para escolher o presente, a dica é pesquisar o preço e procurar sempre acertar o gosto do parceiro (a). Para os casais apaixonados, vale usar a intuição. Se no ano passado a “surpresa” não foi boa, basta dar umas dicas para o amado (a) e enfim, ter o presente certo em mãos no Dia dos Namorados. Achou tudo muito difícil? Veja a seguir as dicas de al-

Presentes variados para todos os gostos

Cestas com produtos personalizados estão entre as opções de presentes para o dia dos namorados.

TEMPORADA DE FÉRIAS Programe-se e boa viagem

Júlia Medeiros julia.opassageiro@gmail.com

Foto: Júlia Medeiros

Talvez os pais e avôs já saibam, mas junho e julho são os meses preferidos pela criançada. Depois de um semestre de escola, aulas de inglês e ativi-

dades físicas, é hora de recesso. Descanso nas tarefas cotidianas sim, mas não significa que é época de ficar parado. Começa então o período de programar as férias. Com o dólar instável, e o pior,

Caldas Novas: um dos destinos mais procurado durante o período de férias.

registrando altas, as viagens para o exterior ficaram mais caras, refletindo também nos pacotes vendidos pelas agências. Isso é o que afirma o consultor de vendas, Alex Saliba. “As vendas de viagens para o exterior diminuíram muito, devido ao aumento do dólar. Mas existem os destinos internacionais que são mais procurados, como o Chile e Argentina”, comenta. Procurados principalmente por casais em lua de mel e por famílias, os destinos se sobressaem por terem um preço barato em relação a outros destinos no exterior, segundo o consultor. Com as novas regras para a retirada do visto, a pro-

cura por viagens para os Estados Unidos também gerou procura nas agências. “Com as facilidades do passaporte, tivemos procura, mas o fluxo ainda é baixo”, revela Saliba. FAMÍLIA E BOM PREÇO Em junho e julho as famílias continuam optando por Caldas Novas (GO), por ser atrativa pelas águas quentes e pela rede hospitaleira mais em conta. O destino chama atenção nessa época do ano. “Os destinos mais procurados para família são Caldas Novas e Pousada do Rio Quente por serem programas de férias mais baratos e bem familiares”, pontua. Outra boa notícia para quem

deseja viajar são as facilidades encontradas na hora de “fechar” um pacote. Parcelamentos, cheques, cartões e em algumas agências de viagens, até boleto bancário. Essas são algumas das opções para quem deseja tirar férias; seja em família, somente o casal, ou na

companhia dos amigos. Facilidades que segundo o consultor, aumentam as vendas. “Hoje está mais fácil devido aos financiamentos das viagens e isso alavanca as vendas com certeza. Hoje em dia podemos financiar em até 12 vezes uma viagem”, acrescenta.

Dicas

• Independente do destino, sempre reserve o pacote de viagem com antecedência de três a quatro meses. Quanto antes melhor para conseguir valores e tarifas promocionais • Férias no Brasil tem a vantagem de conseguir voos e viagens com preços melhores que o exterior porque não depende do dólar, euro e outras despesas, como o visto. • Viagens para o Brasil ficam mais baratas se forem programadas com antecedência. • Procure se informar sobre o hotel, restaurantes, cultura. Amigos são sempre boas fontes de informação. • Lembre-se: é uma viagem de férias! Descanse e aproveite muito todos os momentos! • Tenha uma boa viagem!


08

06 a 12 de Junho / 2012 em Divinópolis e de 06 a 19 de Junho / 2012 em Pitangui • Itaúna • Carmo do Cajuru • Pará de Minas e Nova Serrana - Edição 134 - OP.CO

Cultura

ACADEMIA DIVINOPOLITANA DE LETRAS COMPLETA 51 ANOS

Cíntia Teixeira

cintia.opassageiro@gmail.com

A Academia Divinopolitana de Letras comemora 51 anos. No dia 9 de junho, na Câmara Municipal, a Academia celebrará seu aniversário com grande estilo, tomando posse a nova diretoria. Nesta matéria, o leitor conhecerá um pouco da história dessa instituição onde a vida se faz em prosa, verso e poesia. UM POUCO DE HISTÓRIA A Academia Divinopolitana de Letras (ADL) foi criada durante um encontro informal entre os quatro pioneiros – Jadir Vilela de Souza, Sebastião Benfica

Milagre, José Maria Álvares Campos e Carlos Altivo – no dia 8 de junho de 1961. Nesse encontro de homens idealizadores, no mesmo mês, no dia 17, juntamente com mais oito pessoas da comunidade cultural da cidade, foi fundada. “Foi um marco histórico e o primeiro movimento cultural organizado de fato em Divinópolis. A cultura de lançamentos de livros na cidade, por exemplo, iniciou com ela”, revela Fernando Teixeira. Outra contribuição importante foi a criação do Museu Histórico que foi idealizado especificamente por Jadir Vilela. Comemorar 51 anos de

história é motivo de orgulho para todos os membros. “A ADL é o órgão que enriquece Divinópolis, porque reúne pessoas de forma a colocar a ação cultural para o bem comum dos moradores de Divinópolis”, comenta o ex-presidente e membro da ADL, Augusto Fidélis. O novo presidente, Paulo, também compreende a importância dela para a comunidade local. No entanto, ele vai mais além com ideias inovadoras para a gestão. “A ADL significa muito na minha vida. Há 51 anos, na sala da minha casa quando era criança, nasceu a ADL tão idealizada pelo meu pai”, relembra Paulo

Milagre (ele é filho de Sebastião Benfica Milagre). “Penso que não há condição de ficarmos mais quietos. Quero criar uma nova filosofia na ADL, uma revolução cultural que ultrapasse a literatura, com o intuito de formar novos cidadãos para a cidade de Divinópolis”, finaliza. A Academia oferece anualmente concursos de contos, crônicas, poemas. Uma curiosidade é que há participação de pessoas de toda parte do Brasil e de outros países, como Portugal que sempre participa. Mas, o novo presidente deseja colocar em prática uma mudança mais radical, fazen-

do lembrar a frase de Monteiro Lobato que acredita que um país só é possível com livros e homens. Parece ousado? Talvez. Mas

grandes revoluções e mudanças precisam de homens que valorizavam a tradição, mas buscam uma mudança para o novo. Foto: Fabiana Souto

Paulo Milagre, novo presidente da ADL

2018 E 2019 OS “ANOS DE OURO” DE DIVINÓPOLIS Amanda Quintiliano

amanda.opassageiro@gmail.com

O auge de Divinópolis. Período de transformações, evoluções. 2018 e 2019 serão sinônimos de desenvolvimento. No Livro “Divinó-

polis 100 + 20” estes dois anos são considerados o apogeu da cidade. A coordenadora da edição do documento, Iara Cunha, disse que neste período será quando a maior força de

Foto: Amanda Quintiliano

Os dados foram apresentados pela coordenadora da edição do livro aos membros das Comissões Temáticas do Conselho do Centenário

trabalho do município estará em evidência. A capacidade de produção será maior, representando mais renda para a população e receita para o municio, além de ter mais capacidade de investimentos. Para chegar a essa conclusão, foram analisados dados demográficos atuais, além de propostas, como a implantação do Centro Tecnológico e do Porto Seco. Outro fator levado em consideração para chegar à conclusão dos ‘Anos de Ouros’ é o crescente investimento em cursos superiores. Várias outras informações também foram analisadas,

entre elas as disponibilizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Realizamos entrevistas junto aos órgãos municipais, fomos a campo. As nossas propostas originaram do nosso trabalho em campo e com os servidores (efetivos e comissionados)”, explica a coordenadora. Os dados foram revelados na apresentação parcial do livro que será lançado pela Fundação Israel Pinheiro. LEVANTAMENTO De acordo com o levantamento, a cidade terá 230 mil habitantes em 2032, número abaixo do previsto

pelos otimistas que chegavam a apontar população de um milhão de pessoas. A maior parte será composta por idosos e deles, as mulheres serão maioria. Ainda segundo o estudo, o perímetro urbano de Divinópolis é superior ao rural, tendo capacidade de receber o aumento populacional. O levantamento ainda aponta que a média de morador por domicílio será de 2,8. Durante a apresentação, a coordenadora também revelou que o setor siderúrgico não compõe a maior fração do Produto Interno Bruto (PIB) de Divinópolis. Hoje, o setor de serviços é o

responsável pela maior fração. Baseado nisso eles propõem a implantação de um Centro Tecnológico, além da ampliação das áreas de design e moda, como investimento em novos espaços de comercialização. Dois pilares foram levados em consideração para o desenvolvimento das propostas: sustentabilidade e identidade, ou seja, todas as sugestões e alternativas estarão focadas nesses dois índices. “Isto é um livro para a sociedade pensar, para os governantes pensarem. Pode ser para um trabalho coletivo ou para os governantes desenvolverem”, esclarece Iara.


09

06 a 12 de Junho / 2012 em Divinópolis e de 06 a 19 de Junho / 2012 em Pitangui • Itaúna • Carmo do Cajuru • Pará de Minas e Nova Serrana - Edição 134 - OP.CO

Foto: Christyam de Lima

Fique por Dentro

MUDANÇA DE ESTAÇÃO Prepare-se para o inverno

O outono costuma ser uma prévia do que será o inverno. A temperatura em junho, julho e agosto ficará abaixo da média.

Júlia Medeiros julia.opassageiro@gmail.com

Estamos no outono. Considerada uma estação bonita e charmosa, uma das características do outono são as mudanças de cores das folhas. O tom amarelado passa a fazer parte da folhagem e contrasta de forma harmônica com o verde. Por ser uma estação de transição entre o verão e inverno, o outono tem a característica de ambas as estações, ou seja, mudanças rápidas na condição do tempo.

Nas regiões Sul, Sudeste e parte da Região Centro-Oeste do Brasil, as temperaturas se tornam mais amenas devido à entrada de massas de ar frio, com temperaturas mínimas que variam entre 12ºC a 18ºC, chegando a valores inferiores a 10ºC nas regiões serranas. O outono costuma ser uma “prévia” do que será o inverno. Este ano a estação terá início no dia 20 de junho, às 20h09. Preparem-se para as manhãs mais frias, para os banhos quentes e demorados e para

caprichar nos agasalhos. Com quatro estações ao ano, sendo o outono, inverno, primavera e verão, o inverno costuma ser a estação mais notada, já que contrasta com o clima tropical do Brasil. Para quem não gosta do frio, a dica é aproveitar o clima mais ameno e as comidas típicas dessa época do ano. PREVISÃO Apesar de o inverno começar oficialmente apenas no dia 20 de junho, o frio chegou um

pouco mais cedo. De acordo com os meteorologistas do ClimaTempo/Puc Minas, Adelmo Correia e Daniel dos Santos, maio registrou índices abaixo do esperado. “Realmente neste mês de maio as temperaturas máximas estão abaixo da média climatológica, que é de 27,1°C na região”, revela Adelmo. Até o dia 23 de maio, a média das temperaturas máximas foi de 24,9°C. As temperaturas mínimas estão em torno da média que é de

12,2°C e estão em 12,4°C. Mas há explicação para as quedas na temperatura. “No mês de maio massas de ar frio conseguiram atingir a região, causando declínio nas temperaturas”, explica Adelmo. INVERNO Segundo os meteorologistas, em junho, julho e agosto, as temperaturas máximas na região ficarão ligeiramente abaixo da média climatológica e as mínimas em torno das médias climatológicas. “É importante

ressaltar que durante a atuação de massas de ar frio mais intensas, há condições de uma variabilidade mais significativas dessas temperaturas em relação à média”, comenta Adelmo. Durante o trimestre “junho, julho e agosto”, os modelos climatológicos indicam uma situação de normalidade nas temperaturas das águas do Pacífico Equatorial. Tal situação caracteriza neutralidade com relação a eventos de El Nino e La Nina.

TIRANDO DO ARMÁRIO AS ROUPAS DE INVERNO

O inverno ainda não chegou, mas o frio se antecipou e com isso, é hora de tirar os agasalhos do alto dos guarda-roupas. Como as roupas de inverno ficaram por muito tempo nos armários, o resultado não poderia ser outro: cheiro ruim. Mas, não se preocupe. A reportagem do jornal O PASSAGEIRO separou uma série de dicas para você tirar esse cheiro da sua jaqueta, do casaco e até mesmo do cobertor. De nylon: antes de terminar de lavar a peça, quando ela já está quase sendo enxaguada, coloque-a em uma solução com uma colherzinha de bicarbonato. Aí, é só deixar por alguns minutos e seguir a lava-

gem normal.

De couro: coloque nos bolsos um pedaço de algodão com um pouco de perfume, mas lembre-se de retirar depois de 24 horas! Jamais guarde o couro em saco plástico. Envolva numa toalha ou tecido de algodão que evita mofo, conserva a cor e resguarda do pó, da claridade. Cobertores e edredons: lave as peças (no tanque) com sabão de coco ou sabonetes. Crochê/tricô: coloque as peças em água morna com sabão em pó ou de coco e misture um pouco de amoníaco. Se forem brancas, na última enxaguada, coloque uma colher de água

oxigenada para cada litro de água. Para os crochês em linho, de cor bege-clara, enxague na última água com chá preto frio, para conservar a sua cor natural. Já as peças brancas de tricô devem ser enxaguadas em água com algumas gotas de tinta de escrever. Elas ficarão branquinhas. Lembre-se: nunca torça as roupas feitas nesses materiais e sempre seque-as à sombra.

Lã: utilize sabão neutro, mergulhe a peça em água fervida com uma colher de farinha de trigo, deixe repousar até esfriar a mistura. Enxague com água pura e um pouco de vinagre para manter a cor. Ao secar, coloque longe do sol e em uma superfície plana. Não pendure.

Basta tirar o cheiro ruim da roupa e aproveitar o inverno quentinha

Foto: Divulgação


10

06 a 12 de Junho / 2012 em Divinópolis e de 06 a 19 de Junho / 2012 em Pitangui • Itaúna • Carmo do Cajuru • Pará de Minas e Nova Serrana - Edição 134 - OP.CO

Divinópolis

Giro pelo Centro-Oeste

DESFILE CÍVICO ATRAI CINCO MIL PESSOAS PARA COMEMORAR O CENTENÁRIO

Amanda Quintiliano

Foto: Amanda Quintiliano

amanda.opassageiro@gmail.com

Tradição e emoção! Estas duas palavras resumem o tradicional desfile em homenagem ao aniversário de Divinópolis. Foram cinco horas de apresentação e quatro mil pessoas desfilando pela Avenida 1º de Junho sob o olhar atento do público. De acordo com levantamento da Polícia Militar, cinco mil pessoas acompanharam a festa no Centro da Cidade. 46 entidades participaram do desfile. Pela avenida muita cor, brilho e entusiasmo transmitindo por quem desfilava. Escolas representadas por estudantes, membros de várias instituições filantrópicas, públicas e privadas. Crianças, adultos e idosos participaram de um dos momentos mais especiais das comemorações dos 100 anos de Divinópolis. Anônimos dividiram emoções e compartilharam esperanças. Do palanque, pessoas

“ALEGRIA MAIOR, EM ESTAR AQUI, NÃO PODERIA TER, POIS EU AMO DIVINÓPOLIS, É

UM AMOR QUE TRAGO DO BERÇO”.

Polícias Militar, Civil e Federal, além do Corpo de Bombeiros e Tiro de Guerra desfilaram pela Avenida 1º de Junho

pouco conhecidas da população acompanharam atentos ao desfile. Dentre eles, estava Ascânio Gontijo, filho de um dos patriarcas da cidade, Pedro X. Gontijo. O neto de Antônio Olímpio de Moraes, Paulo Roberto Souza Moraes também estava presente.

BICENTENÁRIO O momento foi de festa, mas também de refletir sobre o futuro. Para o prefeito Vladimir Azevedo (PSDB) ser o “prefeito do centenário” é uma mistura de “felicidade e responsabilidade”. “Tenho que agradecer por ter este privilégio da histó-

ria de poder viver este momento e de fazer acontecer”, comentou. Durante as comemorações um anúncio: Foram liberados pelo governo estadual R$ 4,5 milhões. Quem transmitiu a notícia foi o vice-governador Alberto Pinto Coelho. “Mais re-

cursos liberados para o Hospital Público Regional para acelerar a construção”, disse. Outra informação foi a estadualização da Funedi-Uemg. “Vamos estadualizar essas unidades, então é algo que a cidade ganha e a região também”, afirmou.

ASCÂNIO GONTIJO, FILHO DE PEDRO X. GONTIJO “SINTO-ME REPRESENTANDO A MEMÓRIA DELE (ANTÔNIO OLÍMPIO DE MORAES). OLHANDO ESSA GRANDEZA DE METRÓPOLE É COMO SE ELE ESTIVESSE AQUI”.

PAULO ROBERTO SOUZA MORAES, NETO DE ANTÔNIO OLÍMPIO DE MORAES.

POLÍCIA MILITAR DE DIVINÓPOLIS RECEBE 200 TROTES POR DIA Amarilis Pequeno

amarilis.opassageiro@gmail.com

Minas Gerais possui aproximadamente 20 milhões de habitantes, e isso resulta em média em 15 mil ligações por dia no Estado para a Polícia Militar. Em Divinópolis são recebidas duas mil chamadas diariamente, sendo que 200 (10%) são trotes. Normalmente eles são feitos por crianças

e adolescentes que ocupam a linha telefônica, resultando no atraso de atendimento aos chamados importantes. O número 190 deve ser acionado apenas em caso de emergência. Quando isso ocorre, imediatamente o militar começa a fazer perguntas para saber como ajudar e em seguida, se necessário, encaminha uma viatura ao local.

Hoje, existem técnicas para detectar falsos chamados. Os números ficam registrados e se for necessário os policiais se deslocam até a origem da chamada para uma advertência. O trote é crime previsto no Código Penal e prevê pagamento de multa e detenção de um a seis meses. “Os trotes são feitos por todo cidadão que não tem

compromisso consigo e com os outros, que não respeita o serviço público pelo qual ele paga. Geralmente são crianças e algumas pessoas desocupadas,” ressalta o assessor de comunicação Capitão Leônidas Ribeiro. As crianças não conseguem perceber o tamanho do problema que podem causar, nesse caso, a orientação é aos pais, que

estejam alerta e ensinem aos filhos como devem se portar. CAMPANHA Devido ao grande número de “trotes” passados à Central de Emergências Policiais (190), a Polícia Militar lançou a campanha “Sem trote você pode salvar uma vida”. São palestras e reuniões envolvendo toda a comunidade de Minas. “É isto

que nós da Polícia Militar queremos e desejamos: contribuir sempre para o bem de nossa comunidade, prestarmos sempre um bom serviço em prol de nossa sociedade e sermos excelentes na promoção das liberdades e dos direitos fundamentais, motivo de orgulho do povo Mineiro. Lembramos que Sem Trote, Você Pode Salvar Vidas”, acrescenta Leônidas.


06 a 12 de Junho / 2012 em Divinópolis e de 06 a 19 de Junho / 2012 em Pitangui • Itaúna • Carmo do Cajuru • Pará de Minas e Nova Serrana - Edição 134 - OP.CO

Carmo do Cajuru

Nova Serrana

EQUIPES SE CLASSIFICAM PARA ETAPA REGIONAL DO JEMG Foto: Site da Prefeitura

Os estudantes conquistaram uma vaga para a etapa regional.

Nova Serrana carimbou o passaporte para a etapa regional dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG), que será realizada em Sete Lagoas, entre os dias 25 e 30 de junho. A Classificação veio após a boa participação da cidade nas finais da etapa microrregional, realizada em Oliveira, nos dias 26 e 27 de maio. Garantiram vagas para a fase regional as equipes de Vôlei feminino Mó-

dulo I e II da Escola Estadual Antonio Martins, Handebol feminino Módulo I da Escola Municipal Maria do Carmo e o Basquete feminino Módulo I da Escola Municipal José Américo de Lacerda. Agora as equipes se preparam para conquistar mais uma vitória e assim se classificarem para os jogos estaduais, que serão realizados em Patos de Minas entre os dias 30 de julho e 04 de agosto.

Pitangui

297 ANOS DE HISTÓRIA No dia 9 de junho Pitangui completa 297 anos. Para comemorar tal data, foram programadas várias atrações durante todo o mês,

tais como: eventos diversos, visitas às obras e inaugurações. As festividades se iniciam no dia 4 e terminam dia 30. Para as comemora-

Foto: Giovanni M Pereira

ções foram agendados eventos para todos os gostos com shows musicais, cinema, celebrações religiosas, lançamento de livro,

dentre outros. A programação comenta pode ser conferida pelo site: 297anos.pitangui. mg.gov.br.

HISTÓRIA

Pitangui tem cerca de 25 mil habitantes e foi um dos primeiros municípios da região Centro-Oeste.

"Pitangui" é um termo tupi que significa "água de criança", através da junção dos termos pitanga ("criança") e 'y ("água"). O município tem aproximadamente 25 mil habitantes, de acordo com o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010. A cidade surgiu no fim do século XVII e foi elevada a vila em 1715. Em 1855, recebeu o título de cidade. Fica no sopé da Serra da Cruz do Monte, um dos mais altos pontos da região. É conhecida popularmente como Velha Serrana. No início, suas terras e rios, ainda sem nome, já abrigavam escravos fugitivos das primeiras expedições oriundas da cidade de Porto Seguro, que entravam pelo norte mineiro em busca de ouro. Esses fugitivos foram os que primeiro encontraram o metal. Dos antigos donos da terra, os índios, pouco restou. Restaram histórias de mulheres de grande poder e prestígio, como Maria Tangará, Joaquina do Pompéu e Dona Beja. Sétima vila do ouro do estado, Pitangui guarda parte da arquitetura da sua formação inicial, embora a cidade tenha sido parcialmente descaracterizada, com a demolição de casarões, desaparecimento de imagens sacras, altares e peças de adorno. Em 2008, seu conjunto arquitetônico foi tombado em caráter definitivo pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais. A partir de 14 de março de 2010, entrou em vigor lei que proíbe o tráfego pesado no núcleo histórico da cidade.

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O MINHA CASA MINHA VIDA

As inscrições para o programa Minha Casa Minha Vida 2 já estão abertas em Pitangui. O cadastramento será realizado até o dia 15 de junho. Os interessados devem comparecer entre 12h e 18h no setor do Bolsa Família. Após a etapa de inscrição, serão selecionados os candidatos que serão beneficiados. Em abril, o prefeito de

Pitangui, Evandro Mendes assinou o contrato deste programa de habitação para Pitangui que prevê a construção de 50 casas no município. O investimento vai movimentar, no município, algo em torno de R$ 3 milhões. Para participar do programa, são exigidos alguns pré-requisitos básicos, confira:

11

• Ser maior de 18 (dezoito) anos ou emancipado; • Não possuir imóvel residencial (urbano ou rural) ou financiamento de imóvel pelo Sistema Financeiro de Habitação, em qualquer localidade ou território nacional; • Ser residente no município por período igual ou superior a 2 (dois) anos; • Estar cadastrado e com os

dados atualizados no CadÚnico; • Ter renda familiar mensal comprovada mínima de R$ 622,00 e máxima de R$ 1600,00. Além de atender aos prérequisitos, os candidatos deverão apresentar toda a documentação básica exigida e a documentação especial, quando for o caso.

AVENIDA DAS FLORES É PREPARADA PARA RECEBER ASFALTAMENTO O bairro Vitória, em Carmo do Cajuru, recebeu mais uma etapa de obras de asfaltamento na última quinta-feira, 31 de Maio. A Avenida das Flores, que liga o Bairro Cidade Nova II ao Bairro Vitória, está recebendo o serviço de imprimação para ser asfaltada. Com o asfaltamento desta avenida no bairro Vitória a população que reside nesta região terá uma opção de acesso mais ágil ao Distrito Industrial via Bairro Tupy. No mês de abril a Prefeitura de Carmo do Cajuru realizou no bairro Vitória o asfaltamento de várias ruas. Dentro da sua proposta de levar obras de infraestrutura a todas as regiões da cidade. Como benefícios diretos destes trabalhos os moradores deixam de sofrer com problemas relacionados à poeira e barro excessivos. Complementando o asfaltamento no bairro Vitória foi feita a sinalização das ruas, bem como a instalação da sinalização de trânsito. Oferecendo, assim, maior segurança a pedestres e motoristas.

Itaúna

NOVO ITINERÁRIO DA LINHA JADIR MARINHO A linha Jadir Marinho do transporte coletivo de Itaúna tem novo itinerário. O itinerário no sentido Centro/Bairro seguirá o seguinte trajeto: Rua Dr. Dário Gonçalves de Souza, rua Naningo Neto, rua Lázaro José Marques, rua Lauro do Jubito, rua João Herculano Pereira, rua Wilson Mendes Nogueira, rua Antônio Pedro de Souza, rua Heli Saldanha, rua Pedro Calambau, rua Dona Sinhá, rua Luiz Guimarães Junior, rua José Rodrigues do Carmo, rua Vereador Thales Santos, rua Antenor Gonçalves, rua Luíz Guimarães Júnior, rua Prefeito Antônio Dornas de Lima, rua João Herculano Pereira nº 1038 PONTO FINAL. Já o itinerário no sentido Bairro/Centro seguirá pelas seguintes ruas: Rua João Herculano Pereira nº 1038 PONTO FINAL, rua A A, rua Eva Maria Santana, rua João Herculano Pereira, rua Wilson Mendes Nogueira, rua Antônio Pedro de Souza, rua Heli Saldanha, rua Pedro Calambau, rua Dona Sinhá, rua Luiz Guimarães Júnior, rua José Rodrigues do Carmo, rua Vereador Thales Santos, rua Antenor Gonçalves, rua Luíz Guimarães Júnior, rua Prefeito Antônio Dornas de Lima, rua Geraldo Feliciano Ramos, rua Epifânio de Morais, rua Lauro do Jubito, segue itinerário normal.


12

06 a 12 de Junho / 2012 em Divinópolis e de 06 a 19 de Junho / 2012 em Pitangui • Itaúna • Carmo do Cajuru • Pará de Minas e Nova Serrana - Edição 134 - OP.CO

Esporte Éder Lopes Ex-jogador ederlopes@opassageiro.com.br

NOVO REFORÇO NO ATLÉTICO Foto: Site Oficial do Atlético

América é líder isolado, Cruzeiro busca acertos e Galo contrata Ronaldinho Gaúcho

Ronaldinho Gaúcho chega ao Atlético sem alarde e afirma: “Vim para conquistar títulos”

O América é líder isolado da série B, com aproveitamento total. Venceu o Criciúma por um placar elástico de 3x0, mostrando um futebol envolvente e bem esquematizado. O time tem mostrado que continua focado em busca do acesso a série A. É um time jovem, mas com postura de jogadores experientes. Givanildo é o responsável por isto. Ipatinga e Boa Esporte também jogaram, mas não tiveram êxito. As equipes precisam acordar na competição. O Ipatinga, com um jogo a menos, é o 15º colocado com quatro pontos, o Boa Esporte é o 11º colocado com

cinco pontos. Os resultados alcançados até agora não são suficientes para brigar pela parte de cima da tabela. CRUZEIRO O Cruzeiro folgou nesta rodada, mas continuou trabalhando firme e sem descanso. Celso Roth sabe a importância de uma vitória para amenizar a desconfiança entre os torcedores. Cruzeiro e Botafogo entram em campo nesta quinta-feira, 07 de junho, no Engenhão. O retrospecto cruzeirense é negativo. A Raposa nunca ganhou no estádio carioca, mas se tratando de Cruzeiro pode se esperar uma vitória.

ATLÉTICO No Atlético o clima não poderia ser melhor: dois jogos e duas vitórias. O time em ascensão joga diante do torcedor dele contra o Bahia com a estreia do atacante Jô. A bola parada a favor do Atlético é a preocupação do treinador Cuca. O Atlético é o time que mais levanta bola na área do adversário e também o que mais erra. A segunda-feira, 04 de junho, foi a mais agitada na cidade do Galo. O Atlético contratou Ronaldinho Gaúcho, considerado o melhor jogador do mundo em duas temporadas. Jogador que veio para o Flamengo com rótulo

de ídolo e deixou o time sem ser aplaudido. A vida dele na cidade do Rio atrapalhou um pouco a trajetória. Agora está saindo pelas portas dos fundos. O Atlético abraçou a causa e aposta neste jogador polêmico e diferenciado. Agora ele vai sentir o calor da massa atleticana. Ê Ronaldinho Gaúcho com sotaque mineiro é galo na veia e Atlético no coração. Esperamos que ele possa trazer alegrias aos gramados, pois habilidade e carisma tem de sobra.Temos que ressaltar uma coisa, o presidente do Galo fez a coisa certa e em silêncio, pois silêncio é a alma do negócio. Parabéns Kalil!

INSCRIÇÕES PARA PARABÉNS CORRIDA DE PENTECOSTES DIVINÓPOLIS ESTÃO ABERTAS

Amarilis Pequeno

amarilis.opassageiro@gmail.com

Será realizada em Divinópolis no dia 17 de junho a 18ª edição da Corrida de Pentecostes. Atletas amadores ou profissionais da cidade e região podem se inscrever para a tradicional corrida. São esperados 650 atletas, 350 para a corrida de 10 km e 300 para 5 km. Como taxa de inscrição será cobrado o

valor de R$25,00 - atletas com mais de 60 anos tem 50% de desconto. As inscrições podem ser feitas até o dia 15 de junho, na papelaria Mirian, na Av. Primeiro de Junho, 318 Loja 10 ou pelo site corridadepentecostes.com.br. Para candidatos com 16 anos é preciso ter a assinatura dos pais ou responsáveis. A largada será às 09h na

Avenida Primeiro de Junho esquina com Rua Itapecerica. A chegada será no Poliesportivo, na Avenida Getúlio Vargas, 900. Entre os vencedores serão distribuídos R$ 13 mil em prêmios para as diversas categorias. Na última edição participaram corredores profissionais e amadores de mais de 40 cidades. Já na categoria de necessidades

especiais podem se inscrever cadeirantes, deficientes visuais. O trajeto a percorrer será o mesmo. O secretário de esportes Rômulo Silva, conta que o percurso foi reformulado. “Terá como no passado, provas de 5 km e 10 km, incentivando assim a iniciação de novos atletas e garantindo a segurança de todos os participantes da prova”, explica.

espaço

Detetive para Particular Investigações e reservado

Ligue e marque um horário com nossos assessores comerciais

sua empresa 3222.5997

levantamentos em geral com sigilo

Isaías

9971-2111

Toda mãe diz que seu maior presente são os filhos. Divinópolis, próxima de completar 100 anos, já possui mais de 210 mil... E muitos deles (ou de nós) somos adotivos, que preferimos ser chamados de filhos de coração, a quem a cidade não menos amou e acolheu. Gente de perto e de longe que escolheu essa cidade para estudar, trabalhar, morar, provando que ser divinopolitano não é tarefa das mais difíceis nem das menos prazerosas. Eu me divinopolitei! Parabéns Divinópolis por seu centenário! Homenagem do leitor Ricardo Tinoco.


Horóscopo

Entretenimento

PALAVRAS CRUZADAS

ÁRIES Quarta e quinta trarão resultados excelentes no trabalho, aumente sua liderança na posição atual ou impulsione um novo empreendimento. Mais suavidade na maneira de se comunicar ampliará sua popularidade no ambiente social e profissional.

TOURO Mudanças no estilo de vida beneficiarão o prazer, a saúde e o equilíbrio financeiro. Aproveite o início da semana para se desapegar de antigas crenças e eliminar preconceitos.

GÊMEOS Seriedade, dignidade e brilhantismo marcarão sua presença nos encontros da semana. O novo ciclo que começará a partir do seu aniversário promete maior poder pessoal e expansão.

CÂNCER Objetivos pessoais ficarão mais definidos a partir da entrada de Mercúrio em seu signo, nesta semana, que também trará mais empolgação no trabalho e conquistas gostosas na vida íntima. As comunicações estarão aceleradas.

LEÃO Esta semana será de muito trabalho e de conquistas financeiras. Mas evite descontrolar o orçamento com gastos impulsivos. De quinta em diante, o clima ficará mais íntimo.

VIRGEM Família, casa e lembranças do passado roubarão sua atenção no início da semana. O prazo para resolver assuntos da vida pessoal irá até a manhã de quinta. Amor em alta no fim de semana, mas não espere grandes manifestações de romantismo.

LIBRA Notícias vindas de longe serão animadoras. Viagem de estudos, contatos com pessoas de fora e perspectivas de desenvolvimento pessoal criarão um clima de otimismo no início da semana.

ESCORPIÃO Boas perspectivas na área financeira inaugurarão a semana com clima animado. Aproveite este período para desenvolver ideias e inovar sua atuação no trabalho. Alteração de rotinas permitirá mais agilidade nas atividades cotidianas.

SAGITÁRIO Novos projetos e encontros entusiasmados, na segunda, prometem uma semana movimentada, alegre e produtiva. A partir de quinta, o clima vai esquentar na vida íntima. O fim de semana promete surpresas gostosas.

CAPRICÓRNIO Mudanças no projeto de vida tornarão o cotidiano mais gostoso. Aproveite esta fase para organizar suas coisas e conversar com o parceiro sobre os planos em comum. Quinta e sexta serão dias de prazer.

AQUÁRIO Período de sucesso, de prestígio e de novas conquistas, descubra o poder que você tem! A semana trará mais exposição, prazer, autoconfiança e perspectivas financeiras positivas.

PEIXES Planos para o futuro motivarão a semana que já começará com iniciativas para a evolução da carreira. Aproveite a quarta e quinta para fazer novas amizades. Se estiver em busca do amor, um encontro especial na quarta balançará suas estruturas.

Receita

Pavê de chocolate com maracujá INGREDIENTES - 200 ml de água. - 1 colher (sopa) de amido de milho. - 1 colher (sopa) de açúcar. - polpa de 1 maracujá. - 1 ½ lata de leite condensado (600 g). - 1 ½ lata de creme de leite de latinha com soro (450 g). - 1 ½ xícara (chá) de suco de maracujá (300 ml). - 150 g de chocolate meio amargo derretido.

De Passagem

RESPOSTAS

02

- 150 g de chocolate branco derretido. - 1 ½ pacote de biscoito doce sem recheio (300 g). MODO DE PREPARO - 1°- Numa panela coloque 200 ml de água, 1 colher (sopa) de amido de milho, 1 colher (sopa) de açúcar e polpa de 1 maracujá e leve ao fogo médio até engrossar e formar uma geleia. Desligue o fogo e passe esta geleia por uma peneira. Deixe esfriar.

Lavras Novas

Cíntia Teixeira cintia.opassageiro@gmail.com Situada a 120 km de Belo Horizonte e a 17 km de Ouro Preto, com população de pouco mais de 1.500 habitantes, o distrito Lavras Novas é lugar garantido para casais apaixonados que buscam sossego num lugarejo aprazível para tomar um vinho e celebrar o amor. Antes de chegar a Lavras Novas, o passageiro de primeira viagem fica vislumbrado com a topografia do lugar: enormes blocos de pedra estão dispostos ao longo da estrada como se tivessem sido jogados do alto da montanha. Uma visão muito bonita, uma obra de arte feita pela própria natureza. Existem vários atrativos como o Parque Estadual do Itacolomi, que pode ser uma grande aventura para toda a família ou para casais, e conhecer as trilhas de cami-

nhada. Cachoeiras também fazem parte do cenário, e, neste frio, o interessante mesmo é admirá-las ao longe, como a Cachoeira dos Prazeres e a Cachoeira 3 Pingos. Mirantes são três, que oferecem lindas paisagens como o pôr-do-sol. Devido ao aumento significativo do turismo no distrito, os hotéis, pousadas e chalés são acessíveis para todos os tipos de viajantes – dos mais exigentes aos mochileiros. À noite não faltam sugestões de barzinhos, restaurantes e locais para dividir uma prosa agradável e se deliciar com uma culinária mineira ou internacional. Ofereça essa viagem para seu amor e demonstre seu bom e seu gosto por lugares bucólicos e românticos. Informações: www.lavrasnovas.com.br

- 2°- Numa tigela coloque 1 ½ lata de leite condensado, 1 ½ lata de creme de leite de latinha com soro e 1 ½ xícara (chá) de suco de maracujá e misture bem. Divida esse creme em 2 partes iguais. Adicione ao primeiro creme 150 g de chocolate meio amargo derretido e misture bem. Na outra parte do creme adicione 150 g de chocolate branco derretido e misture bem. Reserve. - 3°- Coloque num refratário uma camada de biscoito doce. Despeje

sobre o biscoito uma camada de creme de chocolate meio amargo. Coloque mais uma camada de biscoito, depois o creme de chocolate branco. Faça mais uma camada de biscoito, creme de chocolate meio amargo, biscoito e creme de chocolate branco e leve para gelar por +/- 2 h. Retire da geladeira cubra com a geleia de maracujá (reservada acima) e sirva em seguida com gotinhas de chocolate imitando sementes de maracujá. Foto: Sérgio Netto

A arquitetura de Lavras Novas é um charme à parte.



Jornal O Passageiro