Page 1

F -X C h a n ge

F -X C h a n ge

W N O bu to k lic

o

c u -tr a c k

.c

Exemplar do Assinante • VENDA PROIBIDA •

.d o

m o

w

w

c u -tr a c k

.c

R$ 2,00

NACIONAL R$ 4,00

www.portalodia.com

Ano 60 // Nº 16.661

TERESINA, TERESINA,DOMINGO, QUINTA, 204DE DEOUTUBRO SETEMBRODEDE2011 2011

Divisão de royalties garante R$ 15 milhões por mês ao Piauí Senado aprovou ontem substitutivo do senador Wellington Dias ao projeto de lei 448/2011, que trata da partilha dos royalties do pré-sal Satiro Sodré - Folhapress

Alcançando terceiro lugar na rotina técnica, brasileiras do nado sincronizado se apresentam amanhã pela 2ª etapa

Contrariando as expectativas dos senadores do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, foi aprovado ontem pelo Senado Federal o substitutivo ao projeto de lei 448/2011, que trata da partilha dos royalties e da participação especial decorrente da exploração

do petróleo. O texto garante a destinação desses recursos a todos os estados e municípios do país, produtores ou não-produtores. Se aprovado na Câmara, o Piauí já passa a receber repasses de R$ 15 milhões em janeiro do Pág. 04 próximo ano.

Após auditoria, tarifa de ônibus em Teresina pode voltar a R$ 2,10

Após viagem, Dilma deve anunciar presidente da Codevasf

A uma semana do final do prazo para a entrega do relatório, a auditoria que analisa as planilhas do sistema de transporte público de Teresina não encontrou nenhum indício de superfaturamento. Com isso, o valor da tarifa dos ônibus da capital indicado pela comissão que faz a auditoria deve continuar em R$ 2,10, o mesmo que entrou em vigor no dia 27 de agosto, que foi revogado após protestos.

Ontem, em Teresina, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra (PSB), disse que a presidente Dilma Rousseff deve anunciar ainda essa semana, quando retorna de viagem que fez à África, o nome do presidente da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do Rio São Francisco e Parnaíba). O ministro veio ao Piauí receber a medalha da Ordem Estadual do Mérito Renascença.

02 Em Dia

Pág. 02

Pág. 07

Jailson Soares

w

.d o

C

m

C

lic

k

to

bu

O JORNAL LÍDER EM CREDIBILIDADE w

w

w

y

y

N O

W

!

PD

!

PD

Dia do Piauí

Personalidades recebem homenagens No Dia do Piauí, 19 de outubro, o governador Wilson Martins (PSB) fez a outorga da medalha da Ordem do Mérito Renascença para 42 pessoas agraciadas. Entre os homenageados, estava o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra (PSB), que recebeu a comenda Grã-Cruz. Wilson Martins justificou a entrega da medalha ao ministro destacando que

ele é um “aliado de primeira hora do Piauí”. O governador falou ainda sobre a proposta de criação do Estado do Gurgueia, que, segundo ele, exige amadurecimento dos pontos de vista. Para o chefe do executivo estadual, há pontos positivos e negativos para a separação do Estado, que devem ser definido por meio de plebiscito. Pág. 02

Governador Wilson Martins entregou 42 medalhas da Ordem do Mérito Renascença a personalidades no Dia do Piauí

Polícia realiza acareações entre amigas de Fernanda

Pág. 05

Dora Kramer

Hipótese de conspirações contra ministros é fantasiosa

Pág. 05

Direito

Comédia “Improvável” se apresenta pela 1ª vez em Teresina

Fechamento

Donas de casa já podem receber benefícios da Previdência, como aposentadoria

21h

Edição 20.10.11 40 páginas

03 Em Dia

Capa Torquato Divulgação

Deputados provaram pela primeira vez a cajuína, bebida natural do Piauí

Parlamentares degustam e aprovam cajuína piauiense

Amapi defende cassação de juiz de Campo Maior, acusado de extorsão

Piauí produz quase um bilhão de tonelada de minérios

O deputado federal Osmar Júnior promoveu uma degustação da cajuína na Câmara Federal ontem, 19, Dia do Piauí. Os deputados, entre eles Jandira Feghalli (RJ) e João Ananias (CE) aprovaram a bebida e elogiaram o gesto do parlamentar.

O presidente da Associação dos Magistrados Piauienses (Amapi), José Airton, defende que, se comprovada a denúncia de extorsão contra o juiz William Veloso Vale, titular da comarca de Campo Maior, o magistrado deve ser cassado.

O Piauí é o segundo estado do Nordeste em incidência de minérios, perdendo apenas para a Bahia, segundo números do Departamento Nacional de Produção Mineral. A média anual de produção de minérios no estado chega a 950 milhões de toneladas.

Pág. 04

Pág. 05

04 Em Dia

Fale conosco Redação: 86 2106.9900 // 86 2106.9924 // Atendimento: 86 2106.9912 // Classificados 86 2106.9944 // Assinaturas: 86 2106.9927


F -X C h a n ge

PD

c u -tr a c k

W N O y bu to k lic .d o

m o

.c

Página 2

C

m

w

o

.d o

w

w

w

w

w

C

lic

k

to

bu

y

N O

W

!

Política

F -X C h a n ge

!

PD

c u -tr a c k

Teresina, Quinta, 20 de Outubro 2011

Editor: Delano Martins (Interino) // jornalodia@jornalodia.com.br // Fale concosco: 86 2106.9924

Roda Viva Pires de Sabóia piresdesaboia@hotmail.com

Dia do Piauí

Todos nós piauienses temos muito orgulho do que somos e do que representamos no contexto nacional e, mesmo enfrentando as intempéries mais diversas e as diferenças regionais que por vezes colocamo-nos num plano de inferioridade no plano econômico, com relação outras regiões, resistimos com bravura para superar tudo isto. Claro que muitas vezes somos vítimas de alguns de nossos líderes que pensam muito mais no sucesso de sua carreira política do que no bem estar de seus conterrâneos e, por conta disto, submetem-nos, com frequência, a determinados vexames que poderiam ser perfeitamente evitados se cultivássemos o bom hábito da sinceridade e da lealdade em nossas palavras e atos. Mas infelizmente, às vezes, e até com certa frequência, deparamo-nos com coisas extremamente desagradáveis, muito mais ligadas ao interesse de alguns manterem-se como estrelas perante a opinião pública, deixando de lado boas práticas que poderiam até não render votos fáceis, mas com certeza trariam benefícios enormes para o futuro. De qualquer forma, comemoramos ontem mais um Dia do Piauí, com muitas festas e inaugurações que poderiam ser muito mais proveitosas se viessem dentro de um planejamento global, voltado para o todo e não apenas para este ou aquele segmento. E por coincidência ou não, neste mesmo período em que festejamos a data maior de nosso Estado, enfrentamos também, no Senado Federal, a votação de um mais um projeto sobre a distribuição dos royalties do petróleo, que mais parece um retrocesso sobre aquilo que estávamos bem próximo de consolidar. E o pior, o projeto é de um piauiense.

Dia do Piauí

Wilson destaca avanços e potencialidades do Piauí A comemoração do Dia do Piauí incluiu missa e entrega de medalhas do Mérito Renascença Mayara Martins Repórter O governador Wilson Martins (PSB) participou das solenidades alusivas ao Dia do Piauí e comentou os avanços que o Estado vem experimentando nos últimos anos. A comemoração deste 19 de outubro incluiu missa em Ação de Graças em Parnaíba e Teresina, além da entrega de medalhas da Ordem Estadual do Mérito Renascença, que é a mais alta comenda do Estado. Logo após a missa de Ação de Graças, que teve também as presenças de secretários de Governo e de parlamentares, Martins comentou que pede a Deus sabedoria necessária para a condução dos rumos que o Estado deverá tomar para alcançar o desenvolvimento. “Estamos construindo a verdadeira independência do Estado, trabalhando a produção, a geração de riquezas,

Wilson Martins diz que pediu sabedoria para conduzir o Estado sobretudo oportunidade de incluir pessoas, mais piauienses, dando acesso a saúde, educação e cidadania. Fico feliz em ter vindo com toda a equipe de Governo na Igreja para pedir a Deus que nos dê a sabedoria que é necessária para encontrarmos os caminhos que foram abertos lá atrás pelos nossos antecessores e pelos nosso povo

que há 189 anos aderiram a independência”, pontuou. Martins comentou também sobre as propostas de divisão do Estado e destacou que é preciso amadurecer os pontos de vista. Para o chefe do executivo estadual há pontos positivos e negativos para a separação do Estado, mas que devem ser definido

apenas ouvindo o povo, por meio de plebiscito. O governador, entretanto, comentou que observa que muitos povoados que se desmembraram e se tornaram cidades, experimentaram o desenvolvimento. “Não tenho dúvidas que hoje podemos dizer que o desmembramento fez com que eles ganhassem muito em qualidade de vida”, avalia. O governador ressaltou que, como presente pelos 189 anos do Estado, mais de 290 obras importantes para o Estado estão sendo entregues durante todo o mês de outubro. Ele citou obras de estradas, escolas, além da Zona de Processamento de Exportações (ZPE) de Parnaíba, que foi inaugurada ontem durante a programação de aniversário. “São obras importantes que estão trazendo qualidade de vida para nosso povo e, ao mesmo tempo, desenvolvimento para o Estado”, concluiu.

Personalidades são homenageadas com medalhas

Em Parnaíba, nas festividades de comemoração do Dia do Piauí, o governador Wilson Martins procurou fortalecer as lideranças políticas, principalmente o vice-governador Moraes Souza Filho, que se fez presente a todos os acontecimentos, mas com certeza a grande engenharia deste projeto político será a união da família Moraes Souza, que mais uma vez milita em partidos diferentes.

Parnaíba

E quem viveu intensamente as comemorações do Dia do Piauí foi o município de Parnaíba, que historicamente nos enche de orgulho, pelo que representou e ainda representa, tanto no campo político como econômico e que mesmo sofrendo alguns reveses históricos, em épocas diferentes, continua sendo da maior importância no contexto do nosso Estado.

Homenagem

E dentro das comemorações em Parnaíba, o ex-senador Mão Santa, grande adversário do governador Wilson Martins, foi por este agraciado com a Medalha do Mérito Renascença, a maior comenda do Estado e que certamente foi merecida, por conta do que o homenageado representa, porém a solenidade de entrega foi marcada pela troca de elogios e isto surpreende.

Especulações

Por conta exatamente do que aconteceu em Parnaíba, envolvendo o governador Wilson Martins e o ex-senador Mão Santa, muitas especulações foram criadas, já no primeiro momento, todas elas envolvendo o pleito municipal de avizinha e claro, com sérias indicações de que o homenageado, que desponta como forte candidato nas pesquisas, pode receber o apoio do governador.

União

Para que o senador Mão Santa receba o apoio do governador Wilson Martins precisamos ainda conferir uma série de ações, como por exemplo, a pacificação da família Moraes Souza, que tem como grande líder também o vice-governador Moraes Souza Filho, do PMDB, enquanto o seu tio, no caso Mão Santa, pertence ao PSC e andam em caminhos diferentes.

Juliana

E enquanto fala-se, com insistência, na candidatura de Mão Santa, agora embalada para receber o apoio do governador Wilson Martins, o PMDB parnaibano trabalha com afinco para viabilizar o nome da deputada Juliana Moraes Souza, esposa do vice-governador, como candidata. Isto é suficiente para dificultar a união da família. Mas em política, tudo é possível.

Outro lado

Enquanto isto, do outro lado, o prefeito José Hamilton Castelo Branco trabalha o lançamento da candidatura de seu viceprefeito, que é do PT, e, pasmem, com grandes chances de receber a adesão do PSDB, com o ingresso na chapa do exdeputado Deusimar Brito, o Tererê, que é do PSDB. Neste caso o tucano seria o candidato a vice. Dá para entender?

Caixa

A Caixa Econômica Federal decidiu ampliar o atendimento ao público em pelo menos uma hora diária, até o dia 28 deste mês, o que é da maior importância para o grande público, principalmente levando-se em conta a quantidade de serviços que aquela instituição bancária presta ao público brasileiro. E com certeza, é uma excelente maneira de oferecer alguma compensação por causa da paralisação dos bancários.

A noite de ontem foi dedicada a personalidades que se tornaram dignas de gratidão, admiração e reconhecimento por parte do povo e do Governo do Estado. O governador Wilson Martins (PSB) fez a outorga da medalha para as 42 pessoas agraciadas. A medalha é oferecida nos graus grande colar, grã-cruz, Grande oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro. Entre os homenageados, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra (PSB), que recebeu a comenda grã-cruz. “Receber a medalha é motivo de estímulo para nós que estamos a frente da pasta do Minis-

tério da Integração possa dedicar a nossa atenção as boas causas para o desenvolvimento do Estado do Piauí”, comentou o ministro, afirmando que a comenda faz com que sejam estreitadas as relações com o Estado. O governador Wilson Martins justificou a entrega da medalha ao ministro destacando que o mesmo “é aliado de primeira hora do Piauí”. “Ele conhece as necessidades da população do semi-árido, e sempre esteve perto do Piauí”, sustentou, lembrando que, em junho, Bezerra esteve no Estado e liberou R$ 173 milhões para obras de saneamento básico e melhoria da

malha rodoviária no interior do estado. Entre os agraciados estava também a deputada federal Iracema Portela (PP). De família política tradicional no Estado, a parlamentar progressista está no seu primeiro mandato. Emocionada com a homenagem, a deputada comentou que a mesma é um estímulo para continuar um trabalho que vem executando na Câmara Federal. “Acredito que essa homenagem seja um reconhecimento do trabalho realizado em Brasília no combate as drogas, direitos das mulheres e na defesa do consumidor. É um estimulo para ficarmos cada vez mais

lincados com os anseios da população e do nosso Estado”, frisa. Foram agraciados ainda a cantora Patrícia Mellodi, o coordenador da Fazenda da Paz, Célio Luiz Barbosa, o diretor presidente do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Júlio Arcoverde, os deputados Ana Paula (PMDB), Tadeu Maia (PSB), Evaldo Gomes (PTC), Flávio Nogueira Filho (PDT), Nerinho (PTB), Luziê Coleho (PTB), Margarete Coelho (PP), Belê Medeiros (PSB), além do ex-superintendente do Ibama no Piauí, Romildo Mafra, e a tenente coronel Júlia Beatriz. (Mayara Martins)

Integração Nacional

Dilma anuncia presidente da Codevasf após retornar da África, afirma ministro De passagem por Teresina, onde recebeu a medalha da Ordem Estadual do Mérito Renascença, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra (PSB), comentou a demora do anúncio do novo presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do Rio São Francisco e Parnaíba (Codevasf). A expectativa, segundo ele, é que a presidente Dilma anuncie ainda esta semana quando retorna de viagem que faz à África. Bezerra explicou que há uma expectativa de que a presidente possa anunciar o nome das presidências não apenas da Codevasf, mas

também da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e das diretorias regionais da Departamento Nacional de Obras de Combate a Seca (Dnocs). Questionado sobre se a indicação da Codevasf continuaria sendo do governador Wilson Martins (PSB), Fernando Bezerra não deu garantias. “Temos diversos nomes que estão sendo analisados pela Casa Civil e pela Superintendência de Relações Institucionais. Um dos nomes é que foi apresentado pelo governador Wilson Martins”, comentou.

Durante visita ainda em dezembro, logo que soube da nomeação para o Ministério, Fernando Bezerra esteve no Piauí e garantiu ao governador Wilson Martins que a indicação para a Codevasf seria de escolha do chefe do executivo estadual piauiense. Na época, Martins chegou a encaminhar uma lista tríplice para a apreciação da presidente. Entre os nomes, o do seu irmão, Rubens Martins (PSB), que ocupa atualmente a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). A espera já tem deixado os piauienses desesperançosos de que a indicação permanecerá no Estado. Isso

porque a expectativa era de que a presidente Dilma anunciasse os indicados para o segundo escalão, logo após o anúncio dos nomes para o primeiro escalão. Agora, dez meses depois de tomar posse na Presidência da República, as definições ainda não aconteceram. A Codevasf é um órgão estratégico para o Piauí. Isso porque ela é o órgão que mobiliza os investimentos públicos para construção de obras de infraestrutura, particularmente para a implantação de projetos de irrigação e de aproveitamento racional dos recursos hídricos. (Mayara Martins)

TRE-PI

Processo contra ex-candidato volta a Valença Na sessão dessa terçafeira, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) determinou o retorno do processo movido pelo prefeito de Valença, Francisco de Assis Alcântara (PSB) para a zona de origem por falta de citação do vice-prefeito. Em uma ação de Investi-

gação Judicial Eleitoral, o prefeito acusa Rubens Alencar de abuso de poder econômico durante as eleições de 2008. Em primeira instância, o prefeito conseguiu a condenação do seu adversário. No entanto, Rubens Alencar teria

recorrido da decisão junto ao TRE. Na ação, Rubens pede reforma da decisão e extinção do processo. Já o prefeito Francisco de Assis Alcântara pede na Ação de Investigação Judicial Eleitoral, a inelegibilidade de Rubens Alencar, além da apli-

cação de multa. Na edição desta quarta-feira, a reportagem do O Dia publicou a informação que foi repassada pela Secretaria Judiciária do Tribunal. O relator da matéria foi o juiz Marcelo Dourado. (Mayara Martins)

.c


F -X C h a n ge

PD

c u -tr a c k

W N O y bu to k lic .d o

m o

.c

Página 3

C

m

w

o

.d o

w

c u -tr a c k

.c

Teresina, Quinta, 20 de Outubro 2011

Marllos Sampaio Elias Fontinele/ O DIA

w

w

w

w

C

lic

k

to

bu

y

N O

W

!

Entrevista

F -X C h a n ge

!

PD

“O PT está praticamente dentro da administração de Teresina”, diz Marllos O deputado federal Marllos Sampaio, do PMDB, afirma que a parceria entre o PT e o PTB não é apenas administrativa, mas política também Mayara Bastos Repórter Novato na Câmara Federal, o deputado Marllos Sampaio (PMDB), acredita que ainda é cedo para vislumbrar qual será sua marca na atuação parlamentar. Por enquanto, segundo ele, tem levantado bandeiras que foram suas promessas de campanha. “O que estamos fazendo é o que prometemos durante a nossa campanha”, afirma. Uma delas, políticas de defesa do direito do idoso, principal bandeira durante sua campanha eleitoral. O parlamentar é delegado com formação em Direito e atuou na Delegacia do Idoso em Teresina. Eleito em 2000 vice-prefeito de Esperantina, Marllos agora almeja vôos mais altos na capital. Não esconde que sua meta é aliar seu mandato com a viabilização de uma candidatura à Prefei-

O senhor está estreando na Câmara Federal. Com quase um ano de mandato já é possível dizer qual será sua marca no Congresso? Ainda é muito cedo para falarmos em uma marca ou linha de atuação. Tanto para os novatos na Câmara Federal como no Senado ainda estamos no início e a meta é geral que é fazer o bem para a população. Um deputado federal trabalha em vários setores e em várias áreas, então estamos atentos aos grandes projetos nacionais e claro tenho minhas próprias bandeiras, como tema do idoso que foi uma promessa minha de campanha. Já tivemos alguns projetos de lei apresentados que cobram uma postura mais firme dos bancos e temos priorizado a segurança pública e juventude no que se refere ao esporte e ao lazer porque entendemos que esses dois pilares é o caminho de combate as drogas. São bandeiras que podem ajudar a viabilizar sua candidatura a Prefeito de Teresina em 2012? Isso independente de candidatura. A minha postura em Brasília advém das minhas promessas de campanha e nunca imaginaria que iria ter essa votação estupenda em Teresina, nem mesmo durante a campanha que nem se pensava em discutir eleição municipal. Por isso

tura de Teresina em 2012. Em entrevista ao O DIA, o parlamentar que é irmão do presidente da Assembléia Legislativa do Piauí, Themístocles Filho (PMDB), afirma que “o PMDB precisa de um candidato” na capital piauiense. O deputado foi eleito com 141.504 votos em todo o estado, ficando atrás apenas do deputado Marcelo Castro, também do PMDB, que obteve 171.697 votos. Em Teresina, Marllos foi o candidato mais bem votado com 66.511 votos. Durante a conversa ele revela que existe apenas uma possibilidade da sigla abrir mão de encabeçar uma chapa majoritária: “Se em junho eu aparecer com 1% nas pesquisas de intenção de votos”. Sobre a indicação do sobrinho de apenas 19 anos para ocupar a Fundespi, o peemedebista é claro: “Não há desconforto algum”. Confira a entrevista:

o que estamos fazendo é o que prometemos durante a nossa campanha. A questão dos idosos me sensibiliza porque fui delegado do idoso, faz parte de minha profissão já que sou delegado, assim como a bandeira da segurança pública em geral. Já em relação ao esporte se deve por eu ser esportista já fui secretário de esportes do município de Esperantina. A votação então que o senhor teve em Teresina o encoraja para colocar o nome à prefeitura da capital? Não só isso porque sabemos que eleição para deputado é uma coisa e eleição para prefeito é outra. Colocamos o meu nome à disposição do partido porque o PMDB precisa de um candidato e o partido me procurou. E minha condição foi: eu colocaria meu nome à disposição, mas que não atrapalhe meu foco em Brasília que não altere nada em minha rotina parlamentar. Esta semana mesmo eu estava em Picos assistindo um campeonato e isso não tem nada a ver com Teresina. Mas acredito que é importante eu estar perto das pessoas. Então o partido nos solicitou e entendeu meu posicionamento e acertamos que esperaremos até junho para avaliar as pesquisas de intenção de votos para saber se serei mesmo candidato. No nosso enten-

dimento só faremos isso se houver o aval da população.

nas eleições de 2012 para disputar a Prefeitura de Teresina? O PMDB é um partido que tem a vice-presidência da República com o Michel Temer, tem o vice-governador do Piauí com o Zé Filho e entendemos que para que o partido esteja mais em consonância com a população tem que colocar um time para jogar. Um partido que nunca coloca um time para jogar, que sempre fica em segundo plano não tem respeito e carinho da população. O PMDB sabe que a partir do momento em que me procuraram que eu tenho uma postura muito independente e comigo não adianta vir depois fazer pedidos que vão de encontro com os meus pensamentos. Então a única possibilidade que eu teria de tirar meu nome para deixar de ser candidato a prefeito seria chegar em junho e eu aparecer com 1% nas pesquisas de intenção de votos. Tenho o carinho da população. E com um bom desempenho das pesquisas não faz sentido abrir mão e isso seria forçar. Mesmo com 15 pontos eu posso garantir que nos dias de hoje o PMDB terá um candidato e eu serei esse candidato.

Por enquanto, nas pesquisas de intenção de votos o senhor tem aparecido com uma margem de 10 pontos? Como o senhor e o PMDB têm avaliado os índices já divulgados? Acreditamos que o nosso desempenho representa que a população aceita bem o nosso nome. Mesmo sem ter uma campanha e há alguns meses das eleições, aparecermos com 10 a 15% nas pesquisas, acredito que seja um bom sinal. Me dá uma maior responsabilidade de trabalhar assim como estou fazendo em Brasília. Eu sou um deputado um pouco diferente: faço um mandato mais independente, mantenho a transparência, gosto de falar o que penso e essa será a nossa forma de agir.

Que partidos, dessa forma, o PMDB tem conversado para firmar alianças, buscar apoio para pavimentar a candidatura? O PMDB conversa com todos os partidos. Agora visando as eleições não temos nada definido. Cada partido que colocou um nome atualmente está buscando se fortalecer e isso é natural. A aliança mesmo somente a partir do próximo ano porque não há nada agora de concreto e que possa se manter. Agora buscaremos os partidos que não terão candidatura própria que será o nosso ideal de aliança. E defendo que quanto mais partidos apresentar candidatos melhor porque teremos um maior debate, mais democrático e cada vez mais propostas.

Algumas lideranças têm tido que já foram procurados por diversas siglas, menos pelo PMDB... Eu nunca conversei com o governador Wilson Martins sobre política, apenas dos projetos e ações para o Piauí. É o meu jeito e estilo. O momento ainda não é para discutir alianças. Primeiro cada um tem que se fortalecer e só saberemos quem procurar quando cada partido apresentar de que lado estará em 2012. Tudo ainda é prematuro. Vou manter esse posicionamento. Então não procurarei nenhum partido até que os partidos decidam se terão ou não candidatura própria. Qual a avaliação que o senhor faz da gestão do prefeito de Teresina, Elmano Férrer (PTB)? Ainda é muito cedo. Mas eu noto que as administrações de Teresina se restringem a fazer coisas básicas, não temos grandes obras. Só fazem o básico, ou seja, a prefeitura de Teresina faz apenas coisas superficiais: iluminação, calçamento e limpeza pública. Os grandes problemas da cidade não se tem ações mais enérgicas. O transporte coletivo de Teresina, por exemplo, é preciso uma ação política mais forte de peitar os empresários e para isso é preciso política de muita coragem. É preciso grandes obras e grandes investimentos. O básico é importante, mas há mais coisas fundamentais. Se fala apenas em coligações e então não se discute os grandes problemas e soluções para Teresina. O Partido dos Trabalhadores (PT) está praticamente dentro da administração de Teresina e para um bom entendedor está politicamente também. Eu não entendo de um partido participar apenas administrativamente. Isso para mim é uma parceria política também. Não existe isso de estar na administração e não estar politicamente.

O PMDB abriria mão de encabeçar uma chapa majoritária

O PSB seria um partido que o PMDB poderia coligar?

A postura do PT então é contraditória?

Eleição O momento ainda não é para discutir alianças. Primeiro cada um tem que se fortalecer. Tudo ainda é muito prematuro.

É estranha. Porque como eu disse para um bom entendedor...uma coisa está atrelada a outra e todos sabem disso. Os partidos devem ser aliados para trabalhar junto pela cidade. Mas é impossível fugir das questões políticas. Recentemente, o senhor indicou seu sobrinho Marco Aurélio para presidir a Fundespi. Aos 19 anos ele foi bastante criticado por ocupar o cargo. Como o senhor recebeu as críticas? As críticas foram mais por conta da idade. E ele está surpreendendo fazendo uma administração transparente, limpa e ordeira. Ele está colocando as contas da Fundespi em dias, já que estava tudo atrasado. Está dando prosseguimento aos projetos esportivos voltados para a juventude. Ninguém gostaria de tirar o José Gomes de lá, mas ele foi chamado para um novo projeto na TV Assembléia e ele aceitou e tínhamos que colocar uma outra pessoa. E o Marco Aurélio tem a nossa confiança e vai realizar um bom trabalho. Em nada a gestão ficou prejudicada. Então não há desconforto nenhum do senhor quanto à indicação? Nenhum. Apenas se ele não estivesse fazendo um trabalho decente. A questão do nome é preciso apenas buscar uma pessoa qualificada. É o caso dele. O ex-governador Wellington Dias indicou a esposa, Rejane Dias para ocupar a secretaria da pessoa com deficiência e ela fez um bom trabalho. O governador Wilson Martins colocou a mulher, Lílian Martins na secretaria de saúde e está fazendo um bom trabalho. Porque ela é esposa do governador ela não teria credencial para ocupar uma pasta importante? Então eu vejo a questão do nome, qualquer que seja ele, o importante é ter capacidade, independente de ser meu sobrinho ou não.


F -X C h a n ge

F -X C h a n ge

W N O y bu to

to

bu

y

N O

W

!

PD

!

Página 4 c u -tr a c k

k

lic

.c

.d o

o

C

m

w

w

w

.d o

o

C

lic

k

Teresina, Quinta, 20 de Outubro 2011 w

w

w

c u -tr a c k

Arimatéia Azevedo Prejuízo

Adutoras e pipas

Djalma Moura, geólogo da Secretaria Estadual de Defesa Civil, a título de acréscimo e esclarecimento ao comentário “Escassez de chuva”, informou o seguinte: “Esse levantamento que você diz ‘haver pelo menos mil poços que precisavam apenas ser equipados’, foi feito pela CPRM”. Para ele, “se (os poços) estão perfurados, não quer dizer, necessariamente, que estão aptos a serem equipados”. “Alguns podem estar obstruídos, sem vazão suficiente para abastecer o mínimo de uma população ou simplesmente estarem secos, ou seja, foram perfurados, mas não deram vazão”. Não deram vazão, mas deram prejuízo ao Erário. Acerca da indagação sobre os recursos para obras hídricas, o geólogo afirma que mesmo existindo os poços, não há necessariamente que haver “as respectivas verbas para equipá-los”. Ou seja, falta planejamento. Mesmo assim, segundo Moura, “no governo Welington Dias, baseado nesse levantamento, foram equipados mais de 100 poços em mais de 100 municípios do semiárido piauiense”. Ele informa ainda que no governo de Wilson Martins, “estão em fase de conclusão, acompanhado por técnicos da Secretaria Estadual de Defesa Civil, pequenas adutoras em 77 municípios que, juntas, somam um total de 1.540 km de adutoras”. Maravilha. Então se existem tantas adutoras e poços escavados, há que se indagar por que diabos ainda se falam tanto em carro-pipa no interior do Piauí.

O Comando Aéreo Regional rebaixou o teto construtivo da Zona Leste de Teresina para cerca de 30 metros, o que impediria a construção de prédios com mais de 13 andares. Isso fará com que Teresina deixe de ter dois novos grandes hotéis naquela região. Projetos liberados antes dessa legislação restritiva serão liberados.

Brinquedos

Foi aprovado na Comissão do Consumidor da Câmara dos Deputados projeto de lei que torna crime a comercialização de Projeto que criminaliza a comercialização de brinquedos que ponham em risco a segurança física das crianças. A relatora foi a deputada Iracema Portella (PP-PI).

O cara

Gente bem próxima ao governador Wilson Martins anda repetindo que o melhor para o governo vencer as eleições municipais em Parnaíba é o de Joãozinho da Unimagem. Segundo se diz, Wilson quis filiar Joãozinho ao PSB. O que só não aconteceu para não melindrar a relação com o PMDB.

Wellington Dias: dinheiro dos royalties parece ser mágico, pois se multiplica

Conta alta

Saiu no jornal Folha de São Paulo que o senador Wellington Dias e outros senadores envolvidos no debate sobre os royalties do petróleo estão atônitos: a cada dia surge um novo número para a redis-

Expressas O Piauí está cada vez mais rico. Uma prova disso é o quanto os ricos daqui pagam com advogados criminalistas de Brasília. Depois de uma chuva forte que trouxe um pouco de alívio, Teresina viveu ontem um feriado de intenso calor. Não teve para ninguém: a cobertura mais competente para o dia do Piauí foi mesmo da TV Cidade Verde. Jesualdo Cavalcanti é o tipo de debater que dá gosto ver: contundente sem ser mal educado.

tribuição dos recursos sem que se mencione a origem do dinheiro. Wellington, que defendia R$ 8 bilhões para Estados não produtores, agora já fala em R$ 9 bilhões.

fez que vulgarizou a láurea, a ponto de ela ser apelidada de “a peregrina”. Tanto fez, mas nunca recebeu a láurea, entregue a ele na terça-feira, véspera do dia do Piauí.

Gambiarra

Menos medalhas

Não basta apenas a Eletrobras acenar com ajuda à família da infeliz que morreu carbononizada, em função de um choque num poste de rua. A empresa deve ser condenada com rigor por essa morte e pelo perigo que oferece a todo mundo.

Aliás

Se a família da moça não encontrar um bom e dedicado advogado, não vai ser fácil tirar dinheiro da Eletrobras. A empresa é de uma eficiência a toda prova quando se esforça para não pagar indenizações a quem quer que seja.

Cafetina

A polícia devia atuar disfarçadamente no meio universitário. As investigações em torno do caso Fernanda Lages estão descobrindo redes de prostituição e de drogas, com a possibilidade de, em muitas faculdades, operar os traficantes e as cafetinas. Nada a ver diretamente com o assassinato da jovem.

A peregrina

Mão Santa quando foi governador do Piauí distribuiu a mancheias a Medalha do Mérito da Renascença. Tanto

Na festa pelo dia do Piauí em Parnaíba, o governador condecorou 23 pessoas com a Ordem Estadual do Mérito Renascença. Ano passado, em pleno período eleitoral, Wilson Martins medalhou 40 pessoas. Teria sido mera coincidência com o seu número de campanha ou fonte de inspiração?

Os nomes

O jornalista Francisco Brandão se diverte relacionando os nomes dos agraciados de agora: a cantora Soraya Castelo Branco, filha do prefeito Jos´s Hamilton, opositor de Wilson; jornalista Bernardo Silva (processado pelo vice Zé Filho); Mão Santa (esculhamba o PT, aliado do governo) e Cosme Costa Sousa, que ano passado até apanhou porque questionou méritos de alguns em receber as medalhas.

Risco

Os quatro trabalhadores presos a pedido da Polícia Civil é mais uma lambança no caso Fernanda Lages. Não tarda e os advogados deles vão acionar o estado por danos morais, com amplas chances de ganhar a parada

ping pong Assessor de Bush

O vice-prefeito de Parnaíba, João Silva Neto, se surpreende com o estado de terra arrasada da Prefeitura de Parnaíba, herança deixada pelo ex-prefeito Paulo Eudes. O repórter Luciano Coelho o entrevista. Luciano: “Vocês esperavam encontrar a prefeitura assim, tão acabada?” João Silva: “Desse jeito, pior que o Iraque, não...” Luciano: “Qual será o destino do Paulo Eudes, com tudo isso?” João Silva: “Ser assessor do George Bush para ensiná-lo como destruir uma cidade sem disparar um tiro”. Originalmente publicado em 5 de janeiro de 2005

Pré-sal

Aprovada nova distribuição dos royalties do petróleo no Senado O senador Wellington Dias, autor da matéria, diz que a proposta segue para a Câmara dos Deputados onde precisa ser aprovado Cícero Portela Portal O DIA O Senado Federal aprovou, na noite de ontem (19), o substitutivo da Lei 448/2011, de autoria do senador Wellington Dias (PT), que institui novos critérios para a partilha dos royalties do petróleo, garantindo uma distribuição mais igualitária e justa dos recursos entre todos os Estados e municípios brasileiros – produtores e não produtores. Agora, o projeto segue para votação na Câmara Federal. Na sessão de ontem, que iniciou às 14 horas, os senadores apreciaram o substitutivo ao projeto de lei do senador piauiense, cujo relator foi o senador Vital do Rêgo Filho (PMDB-PB). “De acordo com o Senador Wellington Dias, autor da matéria, a divisão proposta em seu PLS é a mais justa, pois distribui mais equanimente as riquezas do petróleo – atualmente, fortemente concentrada nos Estados e Municípios produtores – e, simultaneamente, garante aos Estados e Municípios produtores e afetados a receita que obtiveram em 2010, evitando que as novas regras levassem a uma alteração abrupta de suas receitas, causando-lhes fortes desequilíbrios financeiros”, diz um trecho do parecer apresentado pelo relator Vital do Rêgo. Segundo o texto avalizado nesta quarta-feira pela maioria dos senadores

federais, o percentual recebido pela União cairá dos atuais 30% para 20%. Para os Estados e municípios produtores, ou afetados pela extração do petróleo, o percentual cairá gradativamente, a partir de 2012 até 2019, passando dos atuais 61,25% para 26%. Em contrapartida, o PSL 448/11 determina que a parcela conferida aos Estados e municípios não produtores subirá, no mesmo período, de 8,75% para 54%. Já em 2012, a participação chega a 40%. O Projeto de Lei do Senado aprovado esta noite também estabeleceu novas diretrizes para o cálculo da chamada participação especial, que é a compensação paga pelas petroleiras à União em campos de grande rentabilidade, advindos com a exploração de petróleo na camada pré-sal (os royalties, por seu turno, são a compensação cobrada das concessionárias pela exploração de petróleo). Humberto Costa (PT-PE), líder do PT no Senado, foi um dos muitos senadores que usaram a tribuna para comentar o novo modelo. Todavia, a aprovação do projeto provocou indignação entre os senadores que representam os Estados produtores - Rio de Janeiro e Espírito Santo. O senador carioca Lindbergh Farias, do mesmo partido de Wellington, classificou a aprovação do PSL 448/11 como uma “marcha da insensatez no Senado”. Segundo ele, é necessário haver um debate intenso

sobre o assunto, com a rediscussão do pacto federativo, bem como dos Fundos de Participação, o FPM e o FPE. Após a votação, o senador Wellington Dias (PT) fez um breve pronunciamento, em que comemorou o aval conquistado pelo seu projeto na Casa. “Quem ganha com a aprovação desse projeto é o Brasil. O petróleo é uma riqueza finita, cujos recursos são destinados para áreas essenciais – saúde, educação, infra-estrutura, cultura, enfim. Com a nova regra, cada município brasileiro e todos os Estados terão mais condições de realizar investimentos”, disse o parlamentar piauiense, exultante. Wellington lembrou que o PLS 448/11 ainda precisa ser aprovado pelos deputados federais, mas fez questão de ressaltar a importância da aprovação obtida na noite desta quarta-feira, 19 de outubro. “Hoje é um dia histórico para o Senado Federal. O petróleo é nosso e os royalties são nossos também”, concluiu. O governador Wilson Martins (PSB) comentou a aprovação do projeto de lei e disse que a nova distribuição deve resultar num acréscimo de R$ 15 milhões nos repasses ao Piauí oriundos do petróleo em janeiro do próximo ano. Segundo Wilson, este foi o resultado mais justo para o país. “Não é justo que os estados consumidores sejam penalizados. Estou muito confiante na aprovação na Câmara”, disse Wilson.

Câmara dos Deputados

Cajuína do Piauí conquista o Brasil A “Cajuína” que inspirou Caetano Veloso a levar para o mundo a bebida símbolo do estado foi a música que embalou a degustação da bebida “made in Piauí” na manhã de ontem (19), no famoso cafezinho da Câmara Federal. Deputados do Piauí como Marllos Sampaio, Jesus Rodrigues, Assis Carvalho e dezenas de outros parlamentares de outros partidos e estados, aplaudiram a iniciativa de Osmar Júnior e, alguns, puderam provar pela primeira vez a bebida que é 100% natural e encanta pelo aspecto cristalino e sabor adociado. O deputado Protógenes Queiroz, do PC do B de São Paulo, disse que não conhecia a cajuína que tão bem representa a cultura nordestina e a docilidade do povo piauiense, mas que a bebida é exatamente o que esperava “macia, doce, suave e saborosa”. A deputada Jandira Feghalli, do

Rio de Janeiro, também não poupou elogios à iniciativa de Osmar Júnior e à bebida. “O deputado está nos oferecendo um gesto de carinho, pois é assim que a gente se sente ao beber cajuína; acarinhada”, disse ela. O deputado Osmar Júnior fez questão de ressaltar que a idéia de promover a degustação no dia do Piauí foi simbólica. “Queria que o Brasil inteiro pudesse conhecer o sabor da cajuína”, afirmou. Segundo ele, a resposta positiva ao evento é um prova que as pessoas sentem curiosidade em relação ao produto e querem conhecer mais. “Hoje, me certifiquei mais uma vez, que a bebida rende elogios e leva uma boa imagem do nosso estado para o Brasil e o mundo”. O presidente da APPM, Francisco Macedo, presente ao evento afirmou que a maneira inteligente e sutil que o deputado Osmar

Júnior encontrou de divulgar nossas potencialidades deve servir de exemplo. “Ele fez uma coisa simples e com resultados gigantescos, pois pelo que vi e ouvi, a partir desta degustação surgirão idéias de negócios para um dos produtos que melhor representam o Piauí”. Todos os convidados para a degustação de cajuína puderam levar para casa uma amostra do produto. Osmar Júnior ofereceu aos seus convidados um kit com a bebida. Para a degustação o deputado levou para Brasília mais de 200 litros de cajuína, comprados de fornecedores de diversos municípios do Piauí. O deputado lembra que está trabalhando junto ao Ministério do Trabalho mais investimentos para o setor de produção de cajuína. “ É uma forma de incrementar a produção da cajuína, que faz parte do patrimônio cultural do Estado”, finaliza.

Esporte

Dilma decidirá futuro de ministro

Assessores próximos à Dilma Rousseff comentaram que a presidente lamentou o excesso de preocupação com o caso envolvendo o ministro Orlando Silva (Esporte) justo neste momento em que visita a África pela primeira vez. Terça-feira última, Dilma

monitorou a distância o desempenho do ministro na audiência realizada na Câmara dos Deputados sobre as denúncias de irregularidades na pasta. A presidente manteve contato durante toda a tarde com os ministros Gleisi

m

PD

Hoffmann (Casa Civil) e Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) para acompanhar o teor do depoimento de Silva. Esse movimento e essas conversas com os ministros que estão no Palácio do Planalto devem continuar.

.c


F -X C h a n ge

PD

c u -tr a c k

W N O y bu to k lic .d o

m o

.c

Página 5

C

m

w

o

.d o

w

w

w

w

w

C

lic

k

to

bu

y

N O

W

!

Últimas

F -X C h a n ge

!

PD

c u -tr a c k

Teresina, Quinta, 20 de Outubro 2011

Dora Kramer Usinas de denúncias Entre o escândalo que derrubou Antônio Palocci da Casa Civil e as acusações que enfrenta agora o ministro Orlando Silva, do Esporte, muita coisa mudou no gestual do governo no tocante à reação a denúncias feitas contra seus integrantes, não obstante a semelhança dos roteiros. Palocci foi defendido durante boa parte dos 23 dias que levou para cair. Nesse meio tempo o Palácio do Planalto montou operação de blindagem que incluiu tentativa de responsabilizar a oposição e mobilização dos aliados para impedir que o então ministro fosse convidado a falar no Congresso. Palocci saiu da Casa Civil no dia 7 de junho, mas duas semanas antes o governo falava em “campanha de difamação” e recomendava à sua base parlamentar que tivesse “sangue frio e nervos de aço” para reagir às acusações. O presidente do PT, Rui Falcão, asseverava que o governo estava tranquilo e convicto de que Palocci estava “acima de qualquer suspeita”.

A ofensiva, no entanto, não resistiu à força dos fatos. A partir de então, a metodologia foi sendo alterada e as quedas abreviadas. Falemos apenas dos episódios referentes a desvio de dinheiro, que não foi o caso de Nelson Jobim. Alfredo Nascimento, dos Transportes, contou algum tempo com manifestações de “confiança” por parte da presidente e chegou a ser nomeado chefe das investigações. Mas ali já se viu que o melhor era que fosse ao Congresso logo. O mesmo ocorreu com Wagner Rossi, da Agricultura, que teve ato de desagravo organizado pelo vice-presidente da República em pessoa, mas sua trajetória descendente ficou clara nas avaliações negativas feitas por integrantes do governo. Pedro Novais, do Turismo, foi desde o início deixado ao sol e à chuva pelo próprio partido, o PMDB. Dilma não se envolveu, apesar de estar envolvida desde o dia em que aceitou nomeá-lo a despeito de evidências de que fazia uso ilegal de verba do Congresso. Orlando Silva tampouco conta com sustentação assertiva do governo, conforme

atestam as avaliações de que se não cair agora cai na reforma de janeiro. Além disso, a presidente avocou ao palácio a tarefa de conduzir os assuntos relativos à realização da Copa do Mundo. O Palácio do Planalto mudou de Palocci em diante. Parece mais interessado em afastar de si o cálice das crises do que em defender ministros. Seria um ponto positivo, não fosse o fato de que a presidente não demonstra o mesmo interesse em cuidar do principal: o ponto de união entre todos esses escândalos que é o desvio de verbas públicas nos ministérios. Em todos houve um denunciante motivado por alguma contrariedade. Todos decorreram do mesmo tipo de acusação, a montagem de esquemas de arrecadação de dinheiro para favorecimentos pessoais ou partidários. Em todos, funcionários ou mesmo figuras sem função oficial atuavam com acesso livre para transgredir. A hipótese de conspirações para destruir reputações de ministros é fantasiosa. Real é a prática disseminada de apropriação do Estado funcionando a partir do loteamento da

máquina. São usinas de denúncias que seguirão inesgotáveis enquanto o governo mantiver intactos esses “esquemas”. Palavrório - Deputados e senadores da base governista infantilizam o debate sobre o escândalo em curso quando se limitam a adjetivar elogiosamente o ministro e, ao mesmo tempo, chovem no molhado do conhecido prontuário do acusador. Não há sustentação de defesa que responda à questão essencial: há ou não há desvio de verbas públicas do ministério? A própria insistência em ressaltar os crimes do denunciante, cometidos no âmbito da pasta do Esporte, é a admissão de que fala com conhecimento de causa. O critério do prontuário, aliás, é desqualificado pelo próprio PT quando partido e sua área de influência celebram os réus do mensalão e os tratam como cidadãos acima de qualquer suspeita. No Parlamento, o exemplo mais evidente é a presença de João Paulo Cunha na presidência de nada menos que a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

Caso Fernanda Lages

Polícia vai realizar hoje acareação entre quatro amigas da estudante Investigações estão na fase final e inquérito será entregue na próxima terça Robert Pedrosa Portalodia.com A Polícia Civil vai realizar hoje (20) uma acareação entre quatro amigas da estudante de Direito Fernanda Lages, encontrada morta no dia 25 de agosto, na obra da futura sede do Ministério Público Federal (MPF). As informações foram divulgadas ontem pela TV Cidade Verde. A acareação entre as

amigas servirá para revelar à polícia algumas questões que ainda estão em dúvida para a polícia, como algumas amizades que Fernanda tinha e que podem ter alguma relação com sua morte. Na madrugada de ontem (19), os promotores de Justiça Eliardo Cabral e Ubiraci Rocha acompanharam os peritos Antônio Jorge Lunardi e Moizes Marques da Silva Filho na visita da

obra do MPF. Os peritos, que vieram do Distrito Federal a convite dos promotores especialmente para o caso, fizeram o mesmo percurso de Fernanda Lages na noite do crime. Os peritos não adiantaram nada, pois ainda vão estudar o que analisaram. Eles voltam ao DF hoje(20), junto com os demais laudos que foram entregues pelo MP sobre a morte de Fernanda Lages.

Antes da queda do prédio do MPF, a Fernanda sofreu várias lesões A perícia do Instituto Criminalística do Piauí revelou várias manchas no corpo de estudante de Direito, Fernanda Lages, 19 anos, antes de ela cair do mirante do prédio do Ministério Público Federal (MPF), na manhã no dia 25 de agosto. De acordo com laudo, houve um deslizamento, o

que indica que Fernanda Lages teria tentado subir no parapeito do mirante do MPF, antes de cair. A prova são marcas de sujeira do solado que se misturam com as fibras de camurça do calçado, indicando alternância do movimento dos pés. O laudo mostra escoriações longitudinais pro-

duzidas na parte frontal da coxa direita com início próximo da virilha, bem como escoriações na parte anteromedial da coxa esquerda. O documento expõe ainda o local onde o corpo ficou após a queda, além das sapatilhas, chave do carro e fivela de cinto. Vejam fotos no portalodia.com

Amapi

Cassação de juiz é defendida se confirmada denúncia de extorsão Robert Pedrosa Portalodia.com O presidente da Associação dos Magistrados Piauienses (Amapi), José Airton, defendeu ontem (19) que, se comprovada a denúncia de extorsão contra o juiz William Veloso Vale, titular da comarca de Campo Maior (80 Km de Teresina), o magistrado deve ser cassado. Isso significa que, mesmo depois que sua aposentadoria compulsória seja determinada pelo Tribunal de Justiça, ele a perderia, caso fosse cassado por decisão judicial colegiada. “Somos a favor da cassação para que a sociedade entenda que nós da Amapi não somos a favor de impunidade para juízes

corruptos. A população critica bastante que a punição para os juízes é a aposentadoria. Mas acontece que, se o Ministério Público ajuizar uma ação, o juiz aposentado pode perder o cargo e, assim, deixar de receber a aposentadoria”, explicou ontem ao PortalODIA.com José Airton. O presidente da Amapi ressaltou, no entanto, que ao juiz acusado deve ser dado todo o direito de legítima defesa. “Acredito que o Tribunal de Justiça deve tomar todas as providências cabíveis hoje (20), já que ontem foi feriado estadual. O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador Edvaldo Moura, confirmou que na manhã de hoje (20), o pleno do TJ

vai se manifestar sobre o caso. O caso - O juiz José William Veloso Vale, titular da comarca de Campo Maior, foi terçafeira última (18) acusado de extorquir a prefeita Luciene Maria da Silva Lopes (PTB), de Nossa Senhora de Nazaré, município que é termo judiciário de Campo Maior. Segundo informações do promotor de Justiça de Campo Maior, Cláudio Bastos Lopes, o magistrado teria exigido da prefeita uma determinada quantia de dinheiro para, em troca, expedir sentença favorável num processo. A extorsão teria sido, inclusive, registrada numa gravação. E a própria gestora foi quem denunciou o juiz.

Crime

Zona Norte

Após assalto, taxistas se revoltam PRF prende acusado de estupro foragido da Justiça cearense e tentam linchar suspeito Juliana Dias Portalodia.com Luiz Carlos de Oliveira Editor Taxistas tentaram linchar na noite de terçafeira última (18), no bairro Mocambinho, zona Norte de Teresina, um rapaz identificado apenas como André, suspeito de ter assaltado outro taxista. O assalto aconteceu no último sábado (16). O taxista foi ainda espancado e se encontra em estado grave, em um hospital de Teresina. Um dos suspeitos de ter cometido o assalto foi preso e delatou André, seu comparsa, que mora no Mocambinho. Revoltados, muitos taxistas se reuniram por volta das 22 horas de terçafeira e perseguiram André,

Tumulto Suspeito do assalto foi espancado dentro de casa, na frente de sua mãe, por taxistas revoltados, que se mobilizaram em perseguição ao acusado inclusive a tiros, na rua onde mora. André saiu saltando os muros de várias residências até chegar de volta à sua casa, onde foi pego pelos taxistas. Ele foi espancado dentro de casa, na frente de sua mãe. Viaturas da polícia chegaram ao local minutos depois, mas foi difícil conter

os ânimos. Houve grande tumulto e foi preciso reforço. Policiais do Rone (Rondas Ostensivas de Natureza Especial), Ronda Cidadão e 9º Batalhão da Polícia Militar foram destacados para o local. Os agentes conseguiram impedir que André fosse morto. O rapaz foi levado bastante ferido para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). A ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) precisou ser escoltada por policiais para evitar novo ataque por parte dos taxistas. Segundo o sargento J. Edilson, do 9º Batalhão da Polícia Militar, André foi medicado e liberado em seguida. Ele foi encaminhado para o 9º Distrito Policial.

Cícero Portela Portalodia.com

Policiais rodoviários federais do Piauí efetuaram a prisão de um homem acusado de estupro que estava foragido da Justiça do Ceará. O acusado - R.N.F.S., 45 anos - viajava num ônibus de turismo que vinha de São Paulo (SP) com destino a São Miguel do Tapuio, cidade piauiense distante 219 km de Teresina. A prisão foi efetuada no posto da PRF em Campo Maior, no km 273 da BR 343. Ao realizar a abordagem, os policiais rodoviários constataram que a documentação do ônibus estava regular. Em seguida, eles passaram a consultar as identificações civis dos passageiros, momento em que verificaram a existência

de um mandado de prisão em aberto em desfavor do acusado de estupro. Conforme consta no banco de dados da polícia, o mandado de prisão foi expedido na comarca de Sobral, no Ceará. Segundo a PRF, o acusado é natural do município de Cratéus (CE) e o estupro ocorreu no ano de 2005. Ao ser abordado, ele apresentou uma carteira de iden-

tidade emitida em São Paulo e um título de eleitor expedido em Castelo do Piauí. A Polícia Rodoviária Federal não informou se os documentos eram originais ou falsificados. Após ser detido pela PRF, o acusado de estupro foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Campo Maior, onde permanece à disposição da Justiça do Ceará.

.c


F -X C h a n ge

PD

c u -tr a c k

W N O y bu to k lic .d o

m o

.c

Página 6

C

m

w

o

.d o

w

w

w

w

w

C

lic

k

to

bu

y

N O

W

!

Opinião

F -X C h a n ge

!

PD

c u -tr a c k

Teresina, Quinta, 20 de Outubro 2011

Editora: Pollyana Rocha // Envie artigos para jornalodia@jornalodia.com.br // Fale conosco: 86 2106.9924

Editorial

Um bem de todos

Segundo o pacto federativo brasileiro, versado e pactuado através da Constituição Federal, todos os entes federados, ou seja, municípios, estados e a União têm direitos sobre a partilha dos recursos provenientes do uso e exploração das riquezas minerais encontradas no território nacional, seja em terra ou no oceano. No entanto, historicamente, os estados considerados produtores dessas riquezas, a exemplo do petróleo, vêm sendo beneficiados para além do que prevê a Constituição e vêm recebendo um percentual superior ao que de fato caberia a cada um deles, caso estivessem sendo respeitados os critérios estabelecidos pela Constituição brasileira. Ao contrário disso, as regras em vigor vêm aumentando as desigualdades entre estados de um mesmo país e agravando as disparidades entre populações de um mesmo povo. Agora, numa batalha heróica, senadores capitaneados por Wellington Dias (PT/PI) e Vital do Rêgo (PMDB/PB), buscam subverter uma lógica injusta, cruel e discriminatória com os

demais estados brasileiros, com exceção do Espírito Santo e Rio de Janeiro, propondo um projeto de lei substitutivo que altera os critérios de divisão dos royalties provenientes da exploração do petróleo na camada do pré-sal. A partir da proposta, os estados tidos como produtores continuam recebendo os valores atuais, sem prejuízos, a partir de uma compensação do Governo Federal, mas terão repasses futuros calculados em novas proporções, tendo como regras norteadoras os fundos de participação dos estados e municípios, ou seja, considerando a renda per capita e a população de cada ente federado. Com isso, estados e municípios mais pobres terão, conforme garantia Constitucional, direito a um percentual maior dos repasses relativos aos dividendos da União. De acordo com a proposta, do total dos royalties, 40% será destinado à União, 30% para constituição de fundo especial, a ser distribuído entre todos os Estados e o Distrito Federal de acordo com o critério de distribuição do Fundo de

Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE), previsto na Constituição; 30% para constituição de fundo especial, a ser distribuído entre todos os Municípios de acordo com o critério de distribuição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), também previsto na Constituição. Esse fundo especial terá destinação para a educação (no mínimo, 40%), infraestrutura (até 30 %), saúde, segurança, programas de erradicação da miséria e pobreza, cultura, esporte, pesquisa, ciência e tecnologia, defesa civil e meio ambiente (no mínimo, 30% para o conjunto dessas atividades). Sem dúvida, o projeto atende não apenas o critério de justiça no que se refere à divisão de recursos nacionais, mas, sobretudo, corrige uma distorção silenciada pelas forças políticas e econômicas concentradas nos estados ainda hoje beneficiados em detrimento de toda a nação, direcionando a divisão dos royalties conforme as regras definidas na Constituição Federal. Justiça, é o que se espera.

Frases do dia “Primeiro cada um tem que se fortalecer e só saberemos quem procurar quando cada partido apresentar de que lado estará em 2012”. Marllos Sampaio Deputado federal (PMDB)

“A tarifa de Teresina é considerada cara porque ele é totalmente paga pelo usuário. Não há nem subsídio do poder público, diferente das demais capitais” Edson Melo Vereador (PSDB)

“Estamos construindo a verdadeira independência do Estado, trabalhando a produção, a geração de riquezas, sobretudo oportunidade de incluir pessoas, mais piauienses, dando acesso a saúde, educação e cidadania” Wilson Martins Governador (PSB)

Artigos Apenas diferente Sigifroi Moreno - Presidente da OAB-PI

O humorista João Cláudio Moreno costuma dizer em seus shows: o Piauí não é pior nem melhor do que outro lugar; é apenas diferente. E veja que, dispensando a comparação que nos elevaria ou nos diminuiria em relação aos demais estados, o artista acaba nos imprimindo um estágio ímpar, uma qualidade singular, uma marca própria. Porque ser diferente perpassa o valor de ruim e bom, bonito ou feio, evoluído ou retrógrado, e requer uma valoração que despreza medidas.

A noção de nossa diferença já nos é apresentada em tenra idade. Ainda nos primeiros anos da escola aprendemos que, a despeito das demais unidades federativas nordestinas, fomos povoados do centro para a margem, ou seja, do interior para o litoral, desafiando a própria prática mais em voga à época. Tivemos a existência empurrada pela escassez dos pastos nas faixas semi-litorâneas e, à medida que o Brasil de então consumia suas riquezas mais salientes,

era preciso ir à busca de mais, empurrando o gado, destrinchando várzeas e, ainda que desavisadamente, descobrindo o potencial de novas terras. E fomos, pelos vaqueiros, pelos roceiros, pelos catingueiros, descobertos. Mais que isso: inventados. Concebidos por gente destemida que não fugiu às mais brabas lutas, fosse de resistência, fosse de independência, fosse de subsistência. Resplandece, pois, nestas conjunturas sociais e históricas, o Piauí, cujo

maior produto é, com o perdão do jargão, o piauiense. Humilde que beira o atávico. Manso que se confunde com o omisso. Mas, alerte-se: pau pra toda obra, mesmo as revoltosas. O Riacho Jenipapo ainda está aí de prova. Hoje, é hora de refletirmos sobre toda essa trajetória. De onde viemos, por onde passamos, para onde vamos, o que somos, o que queremos ser, perguntas que nos assaltam em todos os aniversários, quando é a hora de “cosermos pra

dentro”. Após tantas indagações, brota uma certeza: como no início, somos, hoje, novamente descobertos pelo Brasil. Digo mais: pelo mundo. Não, claro, na maneira bruta e rudimentar de outrora, mas de um modo mais qualitativo. Atraímos não mais por pastos ou campinas, mas por minérios, por água, por sol, por terra, por rio, por mar, por vento, por frutos, dentre outros potenciais. Estamos prontos para o futuro? Eu não diria

prontos. Eu diria muito afim, dispostos, propensos e até habilitados. Nos falta, claro, um empurrão inicial, uma contrapartida, uma estrutura mínima que nos viabilize a grandeza, que talvez tenha de vir primeiro na forma de inspiração aos que nos conduzem. Mas ainda esperamos. Porque, no Piauí, nem esperança morre. Reinventa-se. Regenera-se. Refaz-se. Refloresce. Reanima. E todo dia. Não apenas nos dezenoves de outubro.

testemunha para fins de lavratura de autos de infração, e tão-só a declaração do agente o qual goza de presunção de veracidade dos seus atos cabendo nesse caso a inversão do ônus da prova. Tal qual não pode um agente lavrar desobediência ao semáforo com base em testemunhas, pois essa presunção implica a identidade física do agente que verificou a ocorrência da infração, ao ponto de um agente não lavrar o que o outro flagrou. Testemunhas têm seu papel no processo criminal ou cível, mas nesse caso do administrativo não seriam admissíveis, até porque haveria risco do agente citar sua testemunha e o cidadão exigir

outra sua que não vislumbra sinais ou sintomas. Se o agente não possuir bafômetro, ou possuindo não estiver devidamente aferido dentro da periodicidade estabelecida pelo Inmetro, não poderá autuar nem com base em exame (por não dispor do equipamento), nem por declaração própria com base nos sintomas, ficando prejudicada a autuação administrativa. As conclusões acima em nada prejudicam a apuração do crime de embriaguez (Art. 306 do CTB) que em nada foi modificado e caberá ao delegado de polícia, ao Ministério Público e ao Poder Judiciário apurar e julgar conforme sua convicção.

A lei do bafômetro Desde que passou a vigorar em 08/02/2006 a Lei 11.275 tem trazido uma série de dúvidas às autoridades e agentes administrativos responsáveis pela fiscalização e aplicação de penalidades decorrentes da condução de veículos sob influência de bebidas alcoólicas. Em um breve resumo ela modificou o Art. 165 do CTB o qual considerava infração conduzir o veículo sob influência de álcool em nível superior a 0,6 gramas por litro de sangue, o qual passou a usar a expressão sob influência de álcool, sem determinar a quantidade. Em compensação não foi modificado o Art. 276 do CTB, o qual estabelece e assim continua que com

0,6 gramas o condutor se acha impedido de dirigir, havendo que se supor que abaixo disso não estaria impedido. De outro lado o Art. 277 passou a ter em sua redação que no caso de recusa à submissão ao exame, o agente de trânsito estaria legitimado a promover a autuação do Art. 165, mesmo sem o uso do equipamento bafômetro. Considerando que até o momento debates são travados, sem uma conclusão objetiva de procedimentos a serem adotados, tentaremos apontar um caminho, sujeito logicamente a naturais divergências. Primeiro nos parece claro que o agente somente está legitimado a promover a autuação sem uso do

Ismael Santana - Jornalista

bafômetro quando houver recusa à submissão do exame. Não havendo recusa, ou ao contrário, insistindo o cidadão em fazer o exame bafométrico este deve prevalecer até mesmo para que em conjunto com o Art. 276 seja considerado o limite de 0,6 gramas de álcool por litro de sangue, pois abaixo disso o condutor não estaria impedido de conduzir. Nesse caso entendemos que deve permanecer no Auto de Infração a informação do valor permitido de 0,6 g, e somente havendo infração quando superado o numeral dessa unidade. Se o agente da autoridade possuir o bafômetro, devidamente aferido dentro da periodicidade

legal, e houver recusa a sua submissão, entendemos que está o agente legitimado a promover a autuação do Art. 165 do CTB, e no auto de infração não haverá necessidade de constar nenhum limite, nem 0,00g/l, e sim apenas no campo de observações os sintomas que justificariam a lavratura. Entendemos que o apontamento de testemunhas que não outros agentes além de dispensável não é sequer recomendável, pois causa exposição desnecessária de outros cidadãos. Além disso, entendemos que no processo administrativo trazido no Código de Trânsito não cabe a figura da

.c


F -X C h a n ge

PD

c u -tr a c k

W N O y bu to k lic .d o

m o

.c

Páginam 7

C

m

w

o

.d o

w

c u -tr a c k

Teresina, Quinta, 20 de Outubro 2011

Editor (Interina): Aline Rodrigues// email: jornalodia@jornalodia.com.br // Fale conosco: 86 2106.9924

Pan

Tiro esportivo conquista ouro para o Brasil

Foto: Divulgação

w

w

w

w

C

lic

k

to

bu

y

N O

W

!

Esportes

F -X C h a n ge

!

PD

Ana Luiza assegurou mais uma medalha dourada para o país no Pan

Além da medalha, Ana Luiza bateu recorde durante os Jogos A atiradora Ana Luiza Mello conquistou ontem o ouro na pistola de 25m dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara em grande estilo. A brasileira fez 773,9 pontos na final e bateu o recorde da prova na competição. A prata ficou com a americana Sandra Uptagrafft, que fez 769,8 pontos, e o bronze com a venezue-

lana Maribel Pineda, com 768,8. Sandra Uptagrafft era a atual campeã e recordista da prova. A americana marcou 771,9 pontos nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, marca derrubada por Ana Luiza. Esta foi a quarta medalha do tiro esportivo do Brasil no Pan de Guadalajara. Júlio Almeida levou dois bronzes

na pistola de ar e Roberto Schmits ficou com o terceiro lugar na fossa olímpica. Ana Luiza foi a primeira brasileira, em esportes individuais, a conquistar uma vaga nos Jogos Olímpicos de Londres, no fim de 2010. Ela se tornou a primeira atleta do país a se classificar para uma Olimpíada no tiro esportivo desde Barcelona 1992.

Futebol

Brasil empata com a Argentina Com o zagueiro Romário e o atacante Araujo expulsos aos 40min da segunda etapa, Brasil e Argentina empataram por 1 a 1, no estádio Omnilife, em Guadalajara, pela primeira rodada do grupo B do futebol masculino nos Jogos Pan-Americanos. Na primeira etapa, a partida foi marcada pelas faltas no meio de campo e as poucas chances de gol. O árbitro equatoriano Omar Ponce deu quatro cartões amarelos: dois para os zagueiros brasileiros Luccas Claro, do Botafogo, e Romário, do Inter. Os argentinos Kruspzky (Independiente) e Ferreyra (Esgrima Jujuy) também foram advertidos. A Argentina foi ligeiramente superior ao Brasil. Principalmente, quando o atacante Araujo recebia na área e partia para cima da zaga rival. Em duas oportunidades, o atleta do Boca Juniors levou perigo à meta do goleiro Cesar (Flamengo). Na primeira chance,

ele gingou para cima de Romário e chutou cruzado. A finalização, porém, saiu pela linha de fundo. Aos 35min, o Brasil saiu jogando mal na defesa e a Argentina recuperou. Araujo recebeu lançamento livre na área e, antes que o arqueiro adversário conseguisse impedir a finalização, ele deu um leve toque. A bola, no entanto, saiu à direita da meta. O Brasil, por sua vez, arriscou alguns chutes de fora da área e tentou algumas jogadas aéreas. Porém, o são-paulino Henrique (1,77m) e o atacante Rafael (1,83m), do Bahia, não aproveitaram. No segundo tempo, o confronto ficou mais aberto. Luque, logo aos 28s, obrigou Cesar espalmar para escanteio um arremate de fora da área. O técnico Ney Franco colocou o meia botafoguense Cidinho no lugar de Lucas Patinho (Flu). O comandante também trocou Rafael pelo atacante Felipe

Amorim, do Goiás. Aos 18min, Cidinho deu belo passe para Henrique. O jogador recebeu e concluiu de esquerda na saída do goleiro argentino Andrada (Lanús). Brasil 1 a 0. No minuto seguinte, o goleiro Cesar saiu mal da meta, Araujo tocou de cabeça para o meio da área e o zagueiro Pezzela cabeceou para fora. A equipe brasileira tentou exercer uma pressão, mas errava as finalizações. Então, Araujo, voltou a aparecer. O atacante recebeu um belo lançamento na área, passou por trás da zaga brasileira, deixou a bola quicar e chutou cruzado. Empate argentino. O também atacante Villafañez, do Independiente, que entrou no lugar de Cirigliano, quase desempatou aos 32min. Cesar fez bela intervenção. Aos 40min, Romário e Araujo trocaram agressões e foram expulsos.

Areia

Juliana e Larissa vão à semifinal no vôlei de praia A dupla brasileira feminina do vôlei de praia, Juliana e Larissa, deu mais um passo rumo ao bicampeonato dos Jogos Pan-Americanos, nesta quarta-feira. As campeãs mundiais tiveram pela frente as canadenses Bansley e Maloney, adversárias que mais deram trabalho até agora nos Jogos. Juliana e Larissa começaram perdendo, mas logo impuseram sua superioridade e fecharam o jogo em 2 sets a 0, em parciais de 21-15 e

21-16. Campeãs no Pan do Rio de Janeiro em 2007, a dupla busca o bicampeonato panamericano no México. Handebol A Seleção Brasileira feminina de handebol fechou ontem sua participação na fase de grupos dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara com vitória sobre a República Dominicana, por 32 a 18. Invictas, as brasileiras se classficaram para as semifinais, que começam a ser disputadas na pró-

xima sexta. A equipe brasileira não teve dificuldades para bater as dominicanas. O primeiro tempo da partida terminou em 19 a 11 para as tupiniquins. Durante a segunda etapa, as meninas do Brasil apenas administraram o resultado, fazendo 13 a 17 na parcial e fechando o jogo em 32 a 18. Nas duas rodadas anteriores, o Brasil venceu o Uruguai por 43 a 15 e os Estados Unidos por 50 a 10.

Nado sicronizado

Brasil fica em 3º, e mexicanos vaiam juízes em rotina técnica O Centro Aquático Scotiabank recebeu novamente nesta quarta-feira as brasileiras do nado sincronizado. Porém, desta vez não só Lara e Nayara, mas as oito integrantes da equipe do Brasil entraram na piscina para colocar o País na terceira colocação da rotina técnica, primeira etapa da modalidade. Com 87.625 pontos, as nadadoras ficaram atrás apenas de Canadá (94.875), grandes favoritas, e Estados

Unidos (89.750). A equipe brasileira foi a segunda a realizar sua performance, depois da Colômbia, que abriu as exibições. Canadá, Estados Unidos e México vieram na sequência. As atletas do país-sede são, inclusive, as maiores adversárias do Brasil e tiveram grande apoio do público local. As arquibancadas do Centro Aquático tremeram quando as nadadoras mexi-

canas se apresentaram, principalmente no momento no qual a música mariachi ditou a coreografia das atletas. A avaliação delas, porém, foi inferior à esperada pela torcida, que vaiou a divulgação dos 86.750 pontos dados pelos juízes. A definição das equipes medalhistas acontecerá na próxima sexta-feira, quando ocorrerá a segunda etapa da modalidade, a da rotina livre.

Remo

Fabiana Beltrame fica com a prata Fabiana Beltrame conquistou a medalha de prata na final do single skiff leve, ontem, na raia de Ciudad Guzman, pelos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. A remadora brasileira, atual campeã mundial, foi superada pela americana Jennifer Goldsack, que terminou a prova com o tempo de 7m48s77, contra 7m55s42 de Beltrame. A cubana Yaima

Velazquez ficou com o bronze, com 8m02s59. “Estou meio engasgada com o ouro, mas também estou feliz por ter trazido a primeira medalha feminina para o Brasil. Hoje a americana foi melhor. Não tem explicação. Ela conseguiu fazer um tempo melhor e venceu. E o Pan era a competição alvo dela”, disse Fabiana, que está no México acompanhada pela

filha, Alice, e o marido, Gibran. Em outra final com brasileiros no remo, nesta quartafeira, Celio Amorim, Thiago Almeida, Ailson Silva e José Sobral Jr. ficaram na sexta e última posição na decisão do quatro sem, com o tempo de 6m15s61. Cuba ficou com o ouro, com 6m06s06, seguido por argentinos e chilenos, prata e bronze, respectivamente.

Medalhas

Ginástica brilha mais uma vez A ginástica foi o grande destaque do Brasil nos Jogos Pan-Americanos 2011. Na última terçafeira, os atletas brilharam mais um vez e aumentaram o número de medalhas conquistadas pelo país em Guadalajara, no México. Na rítmica, vieram uma prata, com Angélica Kviecznski, nas maças, e um ouro, no conjunto geral com três fitas e dois arcos. No trampolim, Rafael Andrade faturou a prata e viu seu compatriota Carlos Pala sofrer um acidente ao cair da cama elástica. O brasileiro foi retirado do ginásio de cadeira de rodas. Os exames feitos

após o choque não constaram nenhuma lesão séria no competidor, mas ele passará por novas observações. A terça também foi um dia de estreias. A Seleção Brasileira feminina de futebol, sem Marta e Cristiane, começou sua luta pelo ouro com uma vitória tranquila sobre a Argentina, por 2 a 0. No tênis, Feijão foi eliminado pelo equatoriano Julio Cesar Campozano. Ricardo Mello e Rogerinho seguem na competição. João Borges e Alex Mestre faturaram a prata no remo e na vela, o Brasil lidera em quatro

classes (RS:X, feminina e masculina, J-24 e sunfish). Julio Almeida conquistou o bronze no tiro esportivo, assim como Daniel Paiola, no badminton. Thiago Pereira perdeu a chance de se igualar a Hugo Hoyama como brasileiro com mais ouros no Pan na natação. O brasileiro ficou em terceiro nos 200m peito e continua com nove. Joanna Maranhão faturou duas medalhas, um bronze, nos 200m medley, e uma prata, no revezamento 4x200m livre, ao lado de Jéssica Cavalheiro, Manuella Lyrio e Tatiana Barbosa.

.c


F -X C h a n ge

F -X C h a n ge

W N O y bu to k

Teresina, Quinta-feira, 20 de Outubro 2011 w

.d o

m

Publicidade

o

m

o

.c

lic

k lic C

w

c u -tr a c k

w

Pรกgina 8

.d o

w

w

w

C

to

bu

y

N O

W

!

PD

!

PD

c u -tr a c k

.c


F -X C h a n ge

F -X C h a n ge

W N O y bu to k lic

c u -tr a c k

.d o

o

.c

m

C

m

w

o

.d o

w

w

w

w

w

C

lic

k

to

bu

y

N O

W

!

PD

!

PD

c u -tr a c k

Teresina, Quinta, 20 de Outubro 2011

Editora: Pollyana Rocha (Interina) // Repórteres: Maria Romero, Katylenin França, Viviane Menegazzo e Mayara Bastos // Fale conosco: 86 2106.9924 // email: jornalodia@jornalodia.com.br

Curiosidade

IBGE: Piauí é o estado brasileiro com mais orientais entre a população Dentre os 27 estados brasileiros, o Piauí é o que mais possui pessoas que se denominam de cor ou raça oriental, de acordo com o Censo de 2010 Robert Pedrosa PortalODIA.com Divulgado no final do ano passado, o Censo Demográfico 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) trouxe à população uma série de informações acerca dos brasileiros, que são necessárias para os órgãos públicos e também para pesquisadores. Há um quesito específico que, após analisado pela reportagem do Jornal O DIA, trouxe revelações curiosas sobre a raça e etnia dos piauienses. Segundo o Censo 2010, o Piauí é, entre todas as 27 unidades da Federação, a que mais possui, proporcionalmente, pessoas de cor ou raça oriental. A pesquisa também revelou que o Piauí é segundo que

menos possui índios entre seus habitantes e o quarto que mais possui pretos. De acordo com o IBGE, 2% dos 3,1 milhões de piauienses declararam que são de cor ou raça “amarela”, termo utilizado pelo IBGE no questionário que fez aos entrevistados no ano passado. O número parece pequeno, mas é o dobro da média nacional, que é de 1,09%. São exatas 66.731 pessoas no Estado do Piauí descendentes de orientais. O resultado é curioso porque não há tradição de habitantes do Japão, China ou Índia em qualquer cidade do Piauí, diferente da capital paulista, por exemplo, que possui bairros habitados em sua maioria por orientais ou seus descendentes, como o Liberdade. A cidade

piauiense com mais “amarelos” entre sua população é Curral Novo (4.689 habitantes), com 11,42% dos habitantes se declarando dessa cor. Segundo o supervisor de Informações do IBGE no Piauí, Pedro Soares, a cor ou raça “amarela” é uma resposta do entrevistado para o pesquisador do IBGE, que é treinado para não influenciar na resposta do pesquisado. “O máximo que o recenseador faz é orientar, por exemplo, se o entrevistado não sabe o que é amarelo. Nesse caso, o recenseador explica que a cor ou raça amarela são geralmente das pessoas orientais ou descendentes destas”, afirma Pedro. O historiador Daniel Martins explica que devemos entender que o termo oriental significa

“Muitos entendem orientais como sendo apenas japoneses, chineses e coreanos” Daniel Martins

Estado é o 4º com mais negros e o segundo com menos índios O Censo 2010 do IBGE revelou ainda que o Piauí é o quarto estado brasileiro com, proporcionalmente, mais negros entre seus habitantes. Um total de 9,3% dos piauienses, ou 292.951 pessoas declararam ser da cor preta. O estado com mais negro é a Bahia, com 17% de sua população, seguido do Rio de Janeiro (12%) e Maranhão (9,69%). A média nacional é de 7,61%. As cidades piauienses com mais negros proporcionalmente são São Miguel do Fidalgo (32%), São João da Varjota (30%) e Palmeirais (25%). O município de Amarante, bastante conhecido pelos seus negros, está em quarto lugar, com 24% da população. A cidade com menos pretos é Belém do Piauí, apenas 1,31% da população. Daniel Martins acredita que a região de Palmeirais foi desmembrada da região de Amarante e São Pedro, o que designa se somada as duas regiões há um percentual razoável de negros, “associado também

História Pequena quantidade de índios no Piauí se explica pela dizimação praticada pelos bandeirantes que mataram e afastaram grande parte desta população para regiões do Maranhão que a região da comunidade mimbó, era na época um local de refúgio – quilombo”. O historiador esclarece ainda que a condição de ser negro ou não depende do cidadão se considerar ou não negro. Outro dado que o Censo do IBGE mostrou é que o Piauí é o segundo estado brasileiro com menos índios. Eles representam apenas 0,11% da população, exatas 2.944 pessoas. Em 102 cidades do Estado,

ou 45% dos 224 municípios piauienses, não há registro de um único índio. No Brasil, a média de índios é 0,43%, com liderança do Estado de Roraima (11% da população). No Nordeste, o líder é a Bahia, com 0,61% dos habitantes. O grosso da população piauiense é formado mesmo por pardos (64,01%) e brancos (24,35%). A cidade piauiense com mais pardos é Júlio Borges, com 84% dos habitantes. Já a que possui mais brancos é Acauã, com 71% dos seus habitantes da cor branca. Acauã é o município piauiense também com menos pardos (20% dos habitantes). A baixa quantidade de índios é explicada pela historiador Daniel Martins. “Esta é uma questão da dizimação ocorrida pelos bandeirantes que mataram e afastaram parte desta população para o Maranhão, principalmente para a região de Barra do Corda e Grajaú, onde existem tribos (Guajajaras e Canelas). (Robert Pedrosa)

Supervisor de Informações do IBGE, Pedro Soares, diz que recenseador não influencia na pesquisa que devemos dividir o globo terrestre ao meio, ou seja, são orientais todos aqueles que estão na parte da Europa Oriental, parte da África, Ásia e Oceania. “Assim, temos que entender se as pessoas que disseram ser orientais se enquadram nestes termos, já que muitos entendem orientais como sendo apenas japoneses, chineses

e coreanos”, afirma. Daniel Martins esclarece que, sob esse ponto de vista, no caso do Piauí temos muitos orientais, do Oriente Médio (árabes), principalmente da região da Turquia, Líbano, Síria, Palestina e outras áreas próximas. “Sendo destaque para as cidades de Teresina e Floriano, onde estes são apelidados popularmente

como “carcamanos” que têm significados diferentes no Brasil”, comenta. “Neste caso, podemos citar famílias árabes que são do oriente (orientais), como os Tajra e os Barguil”, afirma. Já na condição de japoneses, chineses e coreanos, com algumas exceções, estes chegaram ao Piauí nas últimas décadas, segundo Daniel Martins.

.c


F -X C h a n ge

F -X C h a n ge

W y

N O

Fórum Ana Regina Rêgo Jornalista – UFPI, Ms Comunicação Corporativa ECO- UFRJ, Dra em Comunicação Corporativa UMESP-UAB Barcelona, prof. UFPI e Consultora. Email: ana.rani@uol.com.br

O Piauí e os Objetivos do Milênio

Ontem comemoramos o dia do Piauí, data que tanto o Governo como os meios de comunicação, as empresas e todos nós passamos a compreender como propícia para manifestar nosso senso de pertencimento, nosso orgulho de ser piauiense e, principalmente, como ideal para cultuar nossos valores e personagens e dar visibilidade às nossas manifestações culturais. Nesse contexto, é bem verdade que temos muito a comemorar, mas uma visão realista nos faz crer que temos muito mais a trabalhar em todos os segmentos da vida em sociedade. Mesmo cultuando o otimismo como um diferencial do piauiense, que nunca se entrega e que diante das dificuldades sempre se encontra feliz, ou pelo menos, demonstra felicidade, percebemos que o realismo se faz necessário para que possamos evoluir e seguir em frente. Ano passado, em uma visita a Espanha, eu e meu marido fomos interpelados duas vezes sobre a felicidade do brasileiro. O primeiro que nos perguntou sobre como era possível um povo com tantos problemas sociais demonstrar tanta felicidade foi o meu professor Manuel Parés i Maicas da Universidade Autônoma de Barcelona, pois para ele não é compreensível a nossa atitude, sobretudo, porque o comportamento europeu é bem diferente do nosso, o que dificulta o seu entendimento, já que por lá, a crise econômica, por exemplo, tem levado muitos para o caminho da infelicidade. O outro que nos falou sobre o mesmo tema foi Jorge Wagensberg, físico, criador e Diretor do Cosmo Caixa, considerado um dos melhores museus de ciências do mundo. Wagensberg nos falou que a questão da felicidade do brasileiro o intrigava, mas só até pouco tempo, pois em 2009 esteve no Piauí e visitou a Serra da Capivara e, ao se deparar com as cenas retratadas nas pinturas rupestres, pode verificar que sempre fomos felizes, e que isto faz parte de nossa cultura. Para além das discussões teóricas e conceituais acerca do nosso povo e de sua atitude diante das dificuldades da vida, vemos com muita alegria o fato de que não nos deixamos abater por nada, e que mesmo os problemas mais complicados, logo passam, e, o esquecimento, irmão e opositor da memória, age diretamente, para que possamos seguir em frente. Entretanto, o que aqui desejo focar é que essa nossa natureza feliz não pode se transformar em um estado de paralisia coletiva que nos impeça de ir em frente, que nos leve para o comodismo, pois aqui no Piauí, diferentemente dos países do situados no hemisfério norte, é necessário uma consciência de que ainda temos muito a fazer e que tudo começa com educação e cultura. E assim, perguntamos: como estamos nós, por exemplo, em relação aos Objetivos do Milênio? Começo relembrando que no ano 2000 a ONU (Organização das Nações Unidas lançou) os objetivos das nações para o milênio, conhecidos como ODM (Objetivos no Milênio) e que, no Brasil, chamamos de os Oito Jeitos de Mudar o Mundo. Até 2015 os 191 Estados-Membros das Nações Unidas se comprometeram a, juntos, solucionar os grandes problemas da população do nosso planeta, reunidos nestes objetivos que congregam os maiores desafios da sociedade mundial nos dias atuais, quais sejam: -Erradicar a FOME e a MISÉRIA; -Proporcionar EDUCAÇÃO básica e de qualidade para todos; - Promover a IGUALDADE entre SEXOS e a VALORIZAÇÃO DA MULHER; -Reduzir a MORTALIDADE INFANTIL; -Melhorar a SAÚDE DAS GESTANTES; -Combater a AIDS, a MALÁRIA e outras doenças;QUALIDADE de VIDA e respeito ao MEIO-AMBIENTE; -Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento. Esses objetivos foram adotados pelos países, mas também pelas empresas e pela sociedade civil, através das instituições ativas no terceiro setor. Eles guiam a ação dos governos, como também das empresas em RSC- Responsabilidade Social Corporativa e em ações de sustentabilidade ambiental. Constituem, portanto, um importante passo da humanidade rumo à resolução dos problemas que afetam a maioria da população do globo. Já estamos em 2011 e o mundo está muito atrasado no cumprimento dos objetivos e o Piauí também. O Governo Federal tem investido diretamente no primeiro item, através dos programas sociais de transferência de renda, o que fez o Brasil dar um bom salto em relação à erradicação da fome e da miséria, contudo, no tocante a saúde, a nossa realidade é triste, basta acompanhar as reportagens sobre saúde pública que ganham a mídia nacional e local diariamente, basta ainda acompanhar as ações do Ministério Público em relação aos problemas porque passam os hospitais em todo o país, e, bem recentemente, em nossa cidade, Teresina. Basta acompanhar as denúncias dos médicos que sem condições de trabalho, optam por cruzar os braços para lutar, não apenas por salários condizentes com sua responsabilidade, mas também por melhoria de infra-estrutura, material e humana. Basta ouvir os pacientes, que são vítimas da falta de planejamento, da corrupção que desvia as verbas e de outros fatores que acarretam em mortes nos corredores dos hospitais brasileiros. Portanto, em relação à saúde, avalio que não estamos muito bem. No que se refere à igualdade entre os sexos e direitos da mulher, já vivenciamos nas classes sociais economicamente e intelectualmente bem posicionadas na escala social, contudo, na grande maioria da população brasileira, o que se observa é a falta de respeito aos princípios de igualdade e em muitas situações não se reconhece os direitos da mulher. No combate a AIDS somos referência mundial, mas não sei até quando, já que as novas gerações necessitam de informações constantes e de políticas públicas que atuem no limiar entre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e a prevenção do uso de drogas ilícitas que tomam conta de nossas cidades e tornam nossos jovens vítimas de uma realidade social opressora. Diante desse contexto, vemos com tristeza que a nossa qualidade de vida no Piauí, assim como, no Brasil encontra-se, portanto, comprometida, principalmente, porque a qualidade de vida dos indivíduos em seus muros, não pode ser completa se cada um não sair do seu lugar e interagir com a vida do além muro, se não se dispuser a dialogar e a contribuir. Não podemos ter qualidade de vida para uma pequena parcela da população se não podermos disseminar os efeitos dessa qualidade para todo o povo. Como fazer? Será com ações de caridade? Também, mas não só com isso. A melhor maneira é através da educação e da disseminação coletiva de princípios de civilidade que podem, por exemplo, nos levar a ter maiores cuidados com o nosso meio-ambiente, com a sustentabilidade natural e necessária para a sobrevivência das gerações futuras, e, que nos sejam úteis na atualidade para a prevenção da violência. Por fim, divido com todos os piauienses, o orgulho de ser piauiense e comemoro o morar em nossa terrinha quente, mas peço que olhemos para o futuro a partir de investimentos em nosso presente. Investimentos que podem mudar o curso de nossa história.

to

bu

Em Dia

k

Teresina, Quinta, 20 de Outubro 2011 .d o

c u -tr a c k

Teresina

Tarifa dos ônibus pode voltar a R$ 2,10 A uma semana do prazo final para a entrega do relatório, a auditoria que analisa as planilhas do sistema de transporte público de Teresina não encontrou nenhum indício de superfaturamento. Robert Pedrosa Editor PortalODia.com A uma semana do dia 26, prazo final para a entrega do relatório, a auditoria que analisa as planilhas do sistema de transporte público de Teresina não encontrou nenhum indício de superfaturamento. Com isso, o valor da tarifa dos ônibus da capital indicado pela comissão que faz a auditoria deve continuar em R$ 2,10, o mesmo que entrou em vigor no dia 27 de agosto - revogado uma semana depois pela Prefeitura após protestos da população. Os resultados preliminares da auditoria foram divulgados pelo vereador Edson Melo (PSDB), que representa a Câmara Municipal na comissão, composta por 17 membros entre estudantes, deputados, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado (TCE), Sindicato das

Emprestas de Transporte Urbano de Teresina (Setut), Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans) e profissionais especialistas em transito e transporte público. Edson Melo enfatiza que as histórias denúncias de superfaturamento nas planilhas não se comprovaram nos estudos da comissão. “Não foi encontrada nenhuma irregularidade. O máximo que descobrimos foi que o salário dos diretores pesava na planilha, mas isso representava uma diferença de apenas um centavo na tarifa”, explica o parlamentar. A comissão visitou as 13 empresas que operam no setor, conferindo notas fiscais compras de insumos (como combustíveis), número de passageiros, total de pagantes, estado dos ônibus, lucro das empresas, valores da publicidade, folha de pagamento e outros documentos para verificação dos

gastos de cada um deles. A auditoria teve o auxílio da diretora técnica da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), Calina Barros e um dos responsáveis pelo Plano Diretor de Transportes de Teresina, Antônio Luis Santana. Segundo o vereador Edson Melo, o que a auditoria vai sugerir ao prefeito Elmano Férrer são medidas que podem ser tomadas para baratear a tarifa, como a desoneração fiscal, através de isenção do ICMS (imposto estadual) ou ISS (imposto municipal). “A tarifa de Teresina é considerada cara porque ele é totalmente paga pelo usuário. Não há nem subsídio do poder público, diferente das demais capitais”, conta o parlamentar. O procurador do Município, Henrique José de Carvalho Nunes Filho, presidente da Comissão, diz, no entanto, que a comissão

ainda não tem conclusão e que somente no próximo dia 26 entregará o parecer para o prefeito Elmano Férrer. “Ainda não dá para dizer nada”, ressalta. O vice-presidente do Setut (Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina), Marcelino Lopes, já havia adiantado, na semana passada, que a auditoria comprovará que a tarifa de ônibus em Teresina deve ser de R$ 2,14. “É justificável, diante de tudo o que foi analisado, porque todos os custos subiram muito. A auditoria vai mostrar que a passagem tem que ficar entre R$ 2,12 e 2,14”, afirmou. Mas o valor definido pela auditoria será apenas sugestivo. Caberá a Elmano Férrer decidir se o valor da tarifa, hoje de R$ 1,90, voltará ao valor de R$ 2,10 no dia 2 de novembro, prazo que encerra o decreto que cancelou o reajuste ocorrido no dia 27 de agosto.

Zona Sudeste

Jardim das Palmeiras recebe da Prefeitura obras do Orçamento Popular O prefeito Elmano Férrer entregou no Residencial Jardim das Palmeiras, na zona rural Sudeste de Teresina, o novo calçamento das ruas Paty e Babaçu. A obra de pavimentação em paralelepípedo representa um investimento de R$ 85.175,28 oriundo do Orçamento Popular. Elmano Férrer destacou que a Prefeitura está modificando o espaço urbano da capital com obras de pavimentação e contribuindo para mudanças positivas na vida da população. “Essa obra mostra o compromisso da administração municipal junto à população, através do Orçamento Popular, e do constante diálogo estabelecido

com a comunidade”, disse. A presidente da Associação de Moradores do Jardim das Palmeiras, Efigênia do Nascimento, ressaltou que a pavimentação das ruas significa que a dona de casa não vai mais sofrer com a poeira, nem as crianças vão adoecer. O acesso à região também será tranquilo e rápido. “Estamos muito felizes”, comemorou. A Rua Paty recebeu 200 metros de pavimentação em paralelepípedo, custando R$ 33.982,12. Já a Rua Babaçu recebeu investimentos de R$ 51.243,16 em 270 metros de pavimentação. O superintendente de Desenvolvimento Urbano da zona Sudeste,

Paulo Roberto, disse que, além do calçamento, a área receberá reforço no serviço de limpeza pública nos próximos dias. Orçamento Popular Por meio do Orçamento Popular de Teresina, a Prefeitura vem realizando uma série de intervenções em toda a cidade. “A população estava meio desacreditada nesse instrumento que, no nosso entendimento, é um dos mais democráticos da gestão pública, porque é através desse mecanismo que a comunidade participa da administração apontando projetos e soluções para as suas demandas”, salienta Elmano Férrer. “Estamos também resgatando compromissos de

gestões anteriores, revigorando a crença das entidades e da coletividade nessa ferramenta”, complementa o prefeito. Segundo ele, pavimentação, recuperação e construção de equipamentos públicos, entre outras demandas, são benefícios que a Prefeitura de Teresina está levando à população com recursos do Orçamento Popular. “O mais importante é que as obras estão sendo construídas em toda a zona urbana e rural do município, porque compreendemos que esse instrumento não pode ficar em segundo plano, ao contrário, tem que ser priorizado”, conclui Elmano Férrer.

Debate

Teresina sedia conferência sobre trabalho Nos dias 21 e 22 de outubro, Teresina sedia a I Conferência Estadual de Emprego e Trabalho Decente (CEETD). O evento reunirá, no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI), representantes do poder público, dos trabalhadores, empresários, além de membros de outras entidades. A abertura da conferência será feita pela diretora do escritório da Organização Internacional do Trabalho

(OIT) no Brasil, Laís Abramo, que destacará em sua fala a trajetória do emprego decente no Brasil. O foco das discussões será nos quatro eixos em que conceito de trabalho decente se apóia, segundo determina a OIT: respeito às normas internacionais do trabalho, particularmente aos princípios e direitos fundamentais do trabalho; diálogo social; promoção do emprego de qualidade e extensão da proteção social.

A Conferência Estadual do Trabalho e Emprego decente é idealizada pela Secretaria Estadual de Trabalho e Empreendedorismo (SETRE) e vem sendo preparada desde o mês de agosto através da conferência regionais realizadas nos municípios de Campo Maior, Floriano, Uruçuí, São Raimundo Nonato, Picos, Teresina, Bom Jesus e Parnaíba. Nesses encontros foram eleitos os delegados que representarão

cada região na conferência estadual. “Iremos realizar um amplo debate sobre o trabalho decente. Esse é um momento ímpar em que cada entidade responsável poderá de forma igualitária opinar, acrescentar e construir idéias sobre o trabalho decente. Além disso, iremos eleger oito delegados que nos representarão na conferência nacional”, destaca a secretaria do trabalho, Larissa Maia.

Formação

Apenas 46,3% dos professores do ensino fundamental no Piauí têm curso superior No Piauí, apenas 46,3% dos professores do ensino fundamental nos anos iniciais possuem curso superior. Os dados do Ministério da Educação apontam ainda que, mesmo com este percentual, o Estado ainda fica acima da média do Nordeste que têm 40,4% dos professores do ensino fundamental sem formação superior. No Brasil, 61,3% dos

educadores em atuação nas redes públicas de ensino possuem curso superior. Na avaliação do presidente do Instituto de Qualidade no Ensino (IQE), Horácio Almendra, uma das razões para compreender os índices é a baixa atratividade que hoje a profissão de professor exerce. “As estatísticas mostram que os cursos de licencia-

tura não têm estado no topo da preferência dos universitários. Como consequência, encontramos em muitos dos 5.565 municípios brasileiros “professores” sem formação adequada, sem licenciatura, muito menos doutorado”, explica. No Piauí, o IQE atua na capacitação de professores do Ensino Fundamental

m

w

o

m

o

.c

lic

k lic C

w

c u -tr a c k

w

Página 2

.d o

w

w

w

C

to

bu

y

N O

W

!

PD

!

PD

em mais de 100 municípios piauienses, transferindo, ao longo de 36 meses, uma metodologia educacional que tem se mostrado eficaz desde 1994, quando o Instituto iniciou suas atividades. De acordo com Horário Almendra, não basta ao professor o domínio do conteúdo, ou seja, saber o que ele deve ensinar.

.c


F -X C h a n ge

PD

W N O y bu

bu

y

N O

W

!

Direito

F -X C h a n ge

!

c u -tr a c k

lic

k

to

Ciência & Tec.

Quarta-feira Educação Quinta-feira Direito

Sábado Domingo

Habitar Veículos

w

.d o

o

.c

Página 3

C

m

Sexta-feira

o

C

lic

k

to

Terça-feira Saúde

w

w

.d o

w

w

w

c u -tr a c k

Teresina, Quinta, 20 de Outubro de 2011

Editora: Pollyana Rocha (interina) // email: jornalodia@jornalodia.com.br // Fale conosco: 86 2106.9924

Aposentadoria

Donas de casa passam a ter o direito de receber benefícios da Previdência Aposentadoria por idade ou por invalidez, auxílio-doença, salário-maternidade, pensão por morte e auxílio-reclusão. Donas de casa agora podem ter todos estes direitos Marcelo Costa Editor Com uma contribuição reduzida, de apenas 5% do valor atual do salário mínimo (R$ 27,25), as donas de casa de famílias com renda de até dois salários mínimos podem ter direito a todos os benefícios concedidos pela Previdência Social, como aposentadoria por idade (60 anos), por invalidez, auxílio-doença, saláriomaternidade, pensão por morte e auxílio-reclusão. O único direito excluído neste caso é aposentadoria por tempo de contribuição. A lei é a de nº 12.470 de 31 de agosto deste ano. Também será cobrada a inscrição no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal. “É um benefício bastante válido, justamente porque faz valer um dos princípios básicos da Constituição que é a universalidade de cobertura e atendimento”, avaliou o professor especialista em Direito Previdenciário, Malcon Robert Lima Gomes. Segundo ele, uma das críticas que se tem levantado sobre o tema é o fato de ter sido reduzido o percentual de contribuição e não ter acontecido a mesma coisa para a quantidade mínima

Ganho A lei nº 12.470 é de 31 de agosto de 2011 e vale para donas de casa de famílias com renda de até dois salários mínimos. O único direito excluído é aposentadoria por tempo de contribuição

de recolhimento, ou seja, continua os 180 meses (15 anos), igual para todos os demais casos. Caso esses segurados desejem contar as contribuições para efeito de aposentadoria por tempo de contribuição será necessário o recolhimento adicional com alíquota de 15% do salário mínimo. De acordo com o professor, se a dona de casa já tiver trabalhado com carteira assinada, o que foi recolhido pode ser somado ao que iniciará agora. “Independente da forma de trabalho, se houve o recolhimento ele pode ser

somado”, completou. Até mesmo quando houve o trabalho prestado e não aconteceu o recolhimento, mesmo assim ainda existe essa possibilidade, já que a obrigação desta ação é

a empresa contratante e não do trabalhador. “Normalmente quando não existe, a Previdência acaba negando, mas o trabalhador pode conquistar esse ganho na justiça”, disse.

Quem tem direito? Donas de casa de famílias de baixa renda, cujo rendimento familiar seja de até dois salários mínimos. Quais os benefícios que se tem direito? Aposentadoria por idade (60 anos), por invalidez, auxílio-doença, saláriomaternidade, pensão por morte e auxílioreclusão. Só ficou de fora a aposentadoria por tempo de contribuição. Quando deve ser feito o recolhimento? Até o dia 15 de cada mês. Outras contribuições podem ser somadas? Sim. Se houve algum outro recolhimento à Previdência, ela pode ser somada a essa nova modalidade. É possível fazer alguma ampliação? Sim. Para isso é necessário aumentar a contribuição em 15%. Isso possibilita ampliar o valor do benefício para acima de um salário mínimo.

Recomendações

Comprar imóveis na planta exige atenção Para quem quer evitar dor de cabeça na compra de imóveis na planta, o Procon dá algumas dicas aos consumidores. Confirmar prazos para início e término da obra e a existência de multa contratual por atraso na entrega é uma das recomendações. Conheça outras dicas: - Verifique a qualidade da construção de outros imóveis da construtora com visitas a prédios já entregues. Aproveite a oportunidade para conversar com os moradores ou síndico sobre eventuais problemas na edificação. - Assegure-se de que o contrato especifica a localização exata da unidade pretendida. Na escolha, observe na planta se o apartamento fica nos fundos ou na frente do prédio, qual a incidência do sol, como é a vista e o que mais achar relevante. - Certifique-se de que o memorial descritivo da obra identifique a marca e modelo dos materiais e equipamentos utilizados, como, por exemplo, azulejos, piso, metais e elevador. Vale a pena procurar um engenheiro ou arquiteto para pedir informações sobre a qualidade dos produtos. - Guarde o material

publicitário do empreendimento, como folhetos e anúncios em jornais, para ter provas de eventual propaganda enganosa. - Certifique-se de que o contrato menciona todas as condições oferecidas, como valor da entrada e prestações intermediárias, índices e periodicidade de reajustes, data da entrega das chaves e projeção do valor da prestação. Não deixe de confirmar o prazo para início e término da obra e a existência de multa contratual por atraso na entrega. Também risque os espaços em branco. - Pergunte se o empreendimento tem uma comissão de representantes dos compradores, responsável pela fiscalização da obra. Se não tiver, você pode formar um grupo com a adesão de pelo menos três compradores. - Verifique se o projeto de incorporação, com número registrado nos informes publicitários, foi aprovado pela prefeitura e registrado no cartório de imóveis da região. - Procure a Associação dos Mutuários local e o Procon para verificar se existem queixas contra a construtora ou incorporadora.

Campelo Filho Campelo@campelocampelo.com.br

Aviso prévio de 90 dias já está em vigor A presidente Dilma Rousseff sancionou sem vetos a lei aprovada pela Câmara dos Deputados que concede aviso prévio de até 90 dias, proporcional ao tempo de trabalho. Atualmente, os trabalhadores têm direito a 30 dias. A mudança começou a valer desde o dia 13.10, quando a decisão foi publicada no “Diário Oficial da União”. A proposta, que regulamenta a Constituição Federal, foi votada pelo Senado Federal em 1989, mas estava parada na Câmara desde 1995. A nova lei determina que seja mantido o prazo atual de 30 dias de aviso prévio, com o acréscimo de três dias por ano trabalhado, podendo chegar ao limite de 90 dias (60 mais os 30 atuais). Ou seja, a partir de 20 anos de trabalho o empregado já tem direito aos 90 dias. O texto não deixa claro se o direito é retroativo para pessoas desligadas nos últimos dois anos. Sindicatos afirmaram que a regra desestimulará demissões e reduzirá a rotatividade de trabalhadores em uma empresa. Já entidades ligadas ao setor patronal enxergam ao menos um efeito colateral: o risco de crescimento da informalidade diante de normas mais rígidas para a empresa. As alterações em reajustes do aviso prévio, aprovadas em Setembro pela Câmara, causaram polêmica nos setores empresariais. Contudo, pouco se discutiu sobre os impactos de tais mudanças para o trabalhador e diversas dúvidas foram geradas. Há mais dúvidas, contudo, que certezas, como costuma ocorrer no Brasil quando se editam leis dessa natureza. Pode-se pensar, por exemplo, que a extensão do aviso prévio poderá prejudicar trabalhadores que pretendam mudar de emprego, pois a parte que pretende encerrar o contrato deve comunicar previamente sua pretensão, sob pena de ressarcir a outra se proceder de modo diverso. O aviso prévio tem permitido, assim, que empregadores e empregados se programem, com certa antecedência, diante da iminente rescisão do contrato de trabalho por iniciativa da outra parte. Nesse sentido, a obrigação vale para as duas partes do contrato de trabalho, empregado e empregador. Em outras palavras, a prorrogação deverá ser respeitada por ambas as partes, tanto o empregado que pedir demissão quanto o empregador que dispensar um empregado. Assim, poderá prejudicar o trabalhador caso este peça demissão e necessite, de imediato, assumir um emprego em outra empresa, sem que tenha a possibilidade de cumprir um prazo longo de aviso prévio, que poderá chegar a 90 dias. Nesse caso, em que o trabalhador não dispõe de tempo para cumprir o aviso prévio todo antes de assumir seu posto junto ao novo empregador, deverá indenizar o período do aviso prévio, cujo valor correspondente aos dias será descontado de suas verbas rescisórias. Este é apenas um dos tantos arrazoados que ainda podem ser feitos sobre o tema.

fechado. Assim, não existe razão para diferenciá-las no que se refere à responsabilidade dos sócios e acionistas. A desconsideração da pessoa jurídica é uma medida extrema, prevista no artigo 596 do Código de Processo Civil e artigo 28 do Código de Defesa do Consumidor, aplicados ao direito do trabalho. Mas a mesma lei que autoriza o procedimento condiciona-o à hipótese de abuso de direito, excesso de poder, infração à lei, fato ou ato ilícito, violação dos estatutos, falência, insolvência ou inatividade provocada por má administração. De acordo com o desembargador, havendo impasse no pagamento do crédito trabalhista pelas devedoras anteriores e tornandose inviável a execução sobre os bens destas empresas, deve ser determinada a desconsideração da personalidade jurídica da sociedade executada. “Deste modo, a responsabilidade pelas dívidas empresariais não pode se circunscrever à pessoa jurídica”, frisou.

PRESIDENTES DA OAB MARCHARAM CONTRA A CORRUPÇÃO

A DESCONSIDERAÇÃO DA PERSONALIDADE JURÍDICA DAS S.A.

A jurisprudência trabalhista já firmou a convicção de que é cabível a desconsideração da personalidade jurídica da sociedade limitada. Nesse caso, com o objetivo de evitar fraudes e abusos de direito cometidos por meio da sociedade, até os sócios minoritários, que têm pequena participação social, podem ser responsabilizados pelo pagamento do crédito do empregado. A discussão surge, contudo, em relação à sociedade anônima. É possível “retirar o véu” desse tipo de sociedade e responsabilizar pessoalmente os seus sócios pelos valores devidos ao trabalhador? A Turma Recursal de Juiz de Fora entendeu que sim. Conforme expressou em seu voto o desembargador Heriberto de Castro, muitas vezes os acionistas veem-se livres de qualquer responsabilidade trabalhista, apenas em razão do tipo de formação societária da empresa, o que foge totalmente à razoabilidade. No entender do relator, deve-se verificar se a sociedade anônima é aberta ou fechada, já que o Código Civil de 2002 aproximou bastante o funcionamento da sociedade limitada ao da sociedade anônima de capital

Semana passada, o presidente nacional da OAB e mais doze presidentes de Seccionais da entidade fizeram a Marcha Contra a Corrupção e a Impunidade, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Foram convidados a participar os 27 dirigentes da OAB em todo o país e os conselheiros federais da entidade a integrar o movimento, que teve entre as suas bandeiras a defesa da manutenção do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) como órgão competente para examinar processos e punir magistrados que desonram a toga. A marcha teve início às 10h, saindo do Museu Nacional rumo à Praça dos Três Poderes. O presidente da OAB/ PI e os Conselheiros Federais participaram do evento. A Marcha foi apartidária e deu continuidade à que foi realizada no feriado de 7 de setembro e reuniu 30 mil pessoas na Esplanada. Outras bandeiras que foram defendidas na Marcha foram o apoio ao voto aberto e à declaração de constitucionalidade da Lei Complementar 35/10, mais conhecida como “Lei da Ficha Limpa”. Mais de 20 mil pessoas participaram do evento.

DICA PARA A VIDA

m

PD

“Nada pode haver maior, mais grato nem mais feliz do que achar dentro de si mesmo todos os motivos para tornar a vida agradável, venturosa e suportável. Em vão se buscará em qualquer parte a felicidade que se acha nos dons permanentes do espírito. Quantos há que perdem o tempo e a vida confiando a outros o que devem confiar a si mesmos!” Acesse: www.logosofia.org.br

.c


F -X C h a n ge

F -X C h a n ge

W y

N O

Helder Freitas helderdefreitascosta@yahoo.com.br

Saiba quais comportamentos atrapalham ou ajudam os profissionais no mercado! Nas últimas duas décadas, sobretudo a partir da abertura do mercado para a concorrência internacional, o mercado brasileiro mudou radicalmente. As empresas, que antes olhavam apenas para si, passaram a perceber que, além do produto ofertado, o atendimento aos clientes deveria ser repensado. O resultado foi que gente capacitada passou a ser um diferencial competitivo. Os empregados, antes chamados de mãos-deobra, tiveram que assumir uma nova postura. Nos empreendimentos, os indivíduos, além das mãos, obrigatoriamente, passaram a usar mais o cérebro. Surgiram os “cabeças-de-obra” ou “colaboradores”. A era da incerteza requer funcionários capacitados e comprometidos com o trabalho. Mas, além disso, é fundamental que o novo trabalhador tenha atitudes condizentes com o momento de competitividade empresarial e, consequentemente, profissional. Assim, proprietários de empresas e seus funcionários devem ficar atentos para os fatores que atrapalham e os que contribuem para o crescimento dos seres humanos no mercado. Poderia citar aqui vários exemplos de aspectos negativos, mas vou ater-me apenas a alguns, como a falta de leitura, a timidez, a baixa auto-estima, a reclamação, o mau-humor e a inveja. Monteiro Lobato já dizia: “quem não lê, mal ouve, mal fala, mal vê”. O entendimento do que acontece em nossa vida pode ser ampliado quando temos um vocabulário maior. A timidez é outro fator limitante das nossas ações. Quantas vezes queremos expressar nossa opinião e somos tolhidos pelo medo de nos expor? Vencemos a barreira da timidez enfrentando-a. Diga o que sente! Haja de acordo com os preceitos de sua equipe, mas se posicione para conquistar o seu território. Quer uma boa dica para vencer a timidez? Aproveite para falar na reunião da família, nos encontros com os amigos, nas avaliações dos projetos da empresa na qual você trabalha etc. Durante o diálogo com alguém, olhe nos olhos do seu interlocutor, seja ele colega de trabalho ou amigo. Valorizar apenas o que é do outro e menosprezar o que é seu mostra a falta de auto-estima, que é um comportamento prejudicial à evolução profissional. Quer um exemplo muito claro? Quando um nordestino passa alguns dias no Rio de Janeiro e volta com o sotaque carioca, mostra que não valoriza a sua terra e sua gente. Ainda no exemplo citado, uma pessoa inteligente pode passar a vida toda na terra da “Garota de Ipanema”, mas se tiver respeito por suas raízes, jamais imitará o sotaque fluminense. Acredito que reforçar a imagem do seu Estado, dos seus familiares, das suas conquistas é ter auto-estima elevada, o que é uma característica dos vencedores. Dois outros aspectos prejudiciais aos profissionais são o vício da reclamação e o mau-humor. Eles costumam andar juntos. Gente de bem com a vida é o que as empresas necessitam, pois tornam o ambiente de trabalho melhor e rendem mais. Gente que fala mal de tudo e de todos é um péssimo sinal! A inveja é outro ponto negativo para o crescimento profissional. É fácil identificar os invejosos. Pessoas que vivem dizendo aos demais que são boas ao extremo e desmerecendo o trabalho dos outros estão contaminadas com o vírus da inveja. Pessoas invejosas apenas criticam e são incapazes de dar um elogio. Mas, alguns comportamentos simples ajudam os profissionais interessados em um melhor desempenho no mercado. O primeiro e mais importante é estabelecer metas pessoais e profissionais; ter a facilidade de rir; fazer exercícios físicos regulares; engajar-se em projetos sociais; viajar ao menos uma vez por ano; fazer novos amigos e ter uma vida sexual satisfatória. Para crescermos enquanto profissionais é simples. Temos que entender que somos um produto, sendo fundamental cuidarmos da nossa embalagem e conteúdo. A cada dia que lidamos com pessoas deixamos a nossa marca. Que imagem você deixa para os outros? Qual o comportamento que os indivíduos que estão a sua volta percebem em você? Essas duas perguntas vão servir para você refletir e evoluir do seu estágio atual. Leila Navarro, escritora e palestrante motivacional, diz “é certo que não podemos mudar a direção dos ventos, mas, com certeza, podemos alterar a posição das velas”. O sucesso ou fracasso em sua vida está em suas mãos. Para pensar! “Os que muito se dedicam a pequenas coisas tornam-se incapazes das grandes.” La Rochefoucauld

Aprenda as técnicas de Merchandising

Quer aprender as técnicas sobre a boa apresentação de um ponto de venda? Caso afirmativo, fique atento a uma capacitação que o SENAC/PI vai realizar em Teresina, de 31.10 a 14.11, das 18h30 às 22:00 horas. Trata-se do curso sobre Merchandising, com 40 horas de carga horária. Informações pelo telefone (86) 2228 9500.

Prêmio SEBRAE Mulher de Negócios

As mulheres interessadas em participar do “Prêmio SEBRAE Mulher de Negócios” terão uma grande oportunidade de escrever mais facilmente suas histórias empreendedoras. Trata-se da realização, amanhã à tarde, no SEBRAE/PI, em Teresina, de uma oficina para a preparação do texto de inscrição com o Jornalista e Consultor Empresarial Helder Freitas. Haverá premiações para as fases estadual e nacional. Inscrições gratuitas pelo telefone (86) 32161359.

bu to k

Teresina, Quinta, 20 de Outubro de 2011

Minérios

.d o

m o

w

c u -tr a c k

.c

Piauí produz quase 1 bilhão de tonelada No Nordeste, Estado perde apenas para a Bahia na incidência de minérios Mayara Bastos Repórter Pouca gente sabe que em solo piauiense há uma riqueza mineral ainda pouco explorada e que poderá transformar a realidade local de modo sem precedentes na história. O Piauí é o segundo estado do Nordeste em incidência de minérios, perdendo apenas para a Bahia. Os números são da representação estadual do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), órgão do Ministério das Minas e Energia e responsável pela concessão de autorizações para pesquisas e de outorgas para lavras de jazidas minerais no Brasil. A média anual de produção de minérios no Piauí chega a 950 milhões de toneladas. Existem hoje no estado cerca de 3,5 mil títulos concedidos para pesquisas dos mais diversos minerais, entre eles, ferro, diamantes, calcário, níquel, opala e argila, Do total de títulos, 1,6 mil foram requeridos somente no ano de 2008, quando houve um trabalho mais intenso de divulgação daspotencialidadesminerais do estado. Em 2011, já foram

509 pedidos para estudos e exploração mineral no Estado. “O Piauí deixou de esquecido e pobre do Brasil e se transformou em uma aposta nesse setor”, avalia o superintendente substituto do DNPM em Teresina, Eliseu Cavalcanti. De acordo com informações do Departamento, até 2006 existiam apenas 800 desses títulos, mas o número de pedidos de autorizações para pesquisas foi tão grande em 2008 que o estado ficou em segundo lugar no Brasil neste quesito. “Atualmente, seguramente, estamos entre os dez estados brasileiros de maior potencial mineral”, destacou. Para o geógrafo Mariano Vieira, a grande diversidade mineral do Piauí fará a diferença no futuro. “Não temos uma única riqueza. São vários tipos de minérios, todos eles com mercados garantidos no Brasil e no exterior. São reservas acima de milhões de toneladas, o que garante a viabilidade econômica da lavra”, explica. A reserva de ferro na região de Paulistana, por exemplo, é estimada em 400 milhões de toneladas, e as pesquisas para o início de sua exploração

Foto: Elias Fontenele/ O DIA

m

o

Em Dia

lic

k lic C

w

.c

Empreender

c u -tr a c k

w

Página 4

.d o

w

w

w

C

to

bu

y

N O

W

!

PD

!

PD

O Piauí é uma aposta nesse setor, diz superintendente do DNPM estão em fase adiantadas. A empresa que possui o direito sobre a área já solicitou ao DNPM nova autorização para aprofundar as pesquisas de dimensionamento de jazida, um dos últimos passos para o começo da exploração efetiva. Outra grande reserva é a de níquel, no município de Capitão Gervásio Oliveira. Explorada em fase experimental pela Companhia Vale do Rio Doce (Vale), uma das maiores mineradoras do mundo, a mina do Morro do Brejo, com quatro quilômetros de extensão, dois quilômetros de largura e 120 metros de altura, possui uma jazida avaliada em 25 milhões de toneladas de níquel. Somente em

pesquisas e na instalação de uma usina piloto estão sendo investido cerca de US$ 50 milhões. O superintendente substituto do DNPM aponta ainda a exploração de diamantes na região de Gilbués, no extremo sul do Piauí, onde existe uma jazida estimada em dois milhões de quilates, já sendo explorada de forma industrial. O diamante do Piauí é puro e tem certificação do próprio DNPM e de Kimberley, órgão criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para atestar diamantes quanto à sua origem e legalidade. “Gilbués já exportou quase três mil quilates de diamantes certificados”, conclui Batista.

Ocorrências são insuficientes para quantificar potencial das riquezas no Estado No Piauí, os estudos geológicos para identificação de recursos minerais e caracterização qualitativa e quantitativa das ocorrências são ainda insuficientes para quantificar a totalidade do potencial de riquezas minerais do Estado. Contudo, alguns levantamentos feitos pelo Governo apresentaram resultadossatisfatórios,poisjá se dispõe de algumas reservas plenamente identificadas e

dimensionadas. Quanto às ocorrências de maior interesse econômico, citam-se: rutilo, barita, vermiculita, cobre, opala, níquel, ouro, diamante, turmalina, ametista, argila, calcário, mármore, talco, diatomita, galena, grafita, gipsita, urânio, pirita, halotriquita, águas minerais, quartzo, sal gema, minérios de ferro, amianto (nas variedades antofilita e crisotila), além de

rochas para fabricação de brita e aglomerados naturais para construção civil. Entre os minerais pesquisados e/ou explorados, com grande parte das reservas já dimensionadas, destacam-se: mármore, amianto, crisotila, opala, diamante, argila, calcário, ardósia, níquel, talco e vermiculita. “Vale ressaltar que o Piauí é dotado de grandes reservas

de águas subterrâneas artesianas e possui a segunda maior jazida de níquel do Brasil, localizada no município de São João do Piauí. A vemiculita (utilizada na fabricação de divisórias e materiais isolantes), o calcário, a opala, a argila, a ardósia e outros já estão sendo explorados”, explicou Eliseu Cavalcanti, o superintendente substituto do DNPM em Teresina. (Mayara Bastos)

Mapas geológicos estão sendo concluídos Alguns mapas geológicos estão sendo concluídos e detalham a região de São Raimundo Nonato e dos municípios de Fronteiras, Coronel José Dias e Avelino Lopes sobre a ocorrência de minérios. O trabalho da CPRM é o de detalhar as regiões onde existem possibilidades de ocorrência de minérios. “Por este trabalho, as empresas interessadas podem requerer autorização para pesquisas de dimensão de jazidas e viabilidade econômica”, explicou o geólogo Reinaldo Soares Filho, superintendente da Companhia de Pesquisas de Recursos Minerais (CPRM). Todas as áreas mapeadas pela companhia na região de Paulistana, onde já é praticamente certa a ocorrência de minerais, entre eles o ferro, já foram requeridas por empresas privadas que estão aprofundando as

pesquisas para posterior exploração dos recursos. “Baseadas nos mapas geológicos, as empresas investindo em pesquisas que vão permitir a exploração das jazidas. Em Paulistana, o ferro é uma coisa efetiva”. Pelos dados da CPRM, o município de Fronteiras exibe potencial para cobre e ferro e possui rochas graníticas com calcário e argilas. Em Avelino Lopes, há potencial para ferro e manganês, além de brita, argila e areia. Já em São Raimundo Nonato, as ocorrências principais são de ferro, granitos e talco. Na localidade Peixe, que abrange os municípios de Anísio de Abreu, Caracol e Jurema, há grande potencial para a ocorrência de ferro, níquel, para carbonatitos e fosfato, além de granitos, vermiculita e talco. Enquanto isso, na localidade Barragem, que abrange os municípios

de Coronel José Dias e João Gosta, os geólogos da CPRM identificaram potencial mineral para argilas - cerâmica vermelha - e granitos, entre outros Em outra região mapeada, a de Riacho das Queimadas, foi identificado grande potencial para minerais metálicos, principalmente de níquel, ferro, minério de ligação e, secundariamente, zinco, além de minerais industriais e rochas ornamentais. A mármore extraída no município de Pio IX, mais precisamente na localidade de Quixaba, é de excelente qualidade tanto na textura quanto na cor. As pesquisas indicam a existência de vários tipos de mármores com destaque às de cores azul, platinado, dourado, branco e misto. “São regiões p o t e n c i a l m e n t e mineradoras, são regiões geradoras de muita riqueza, mas agora a gente

precisa pensar em forçar as empresas que virão explorar esse ferro para beneficiar esse minério com uma cadeia de siderúrgicas. Não é preciso ser uma grande siderúrgica, mas uma minissiderúrgica. Com isso, a gente agrega valor ao nosso mineral gerando riqueza na região”, declarou o geólogo Reinaldo Soares do CPRM no Piauí. Pesquisas realizadas em 22 municípios do Médio e Alto Parnaíba por órgãos como o Serviço Geológico do Brasil e a Agência Nacional de Petróleo apontam para fortes indícios da existência de gás na Bacia do Rio Parnaíba. Investimentos da ordem de 50 milhões já foram feitos para perfuração de poço no sul de Floriano para conhecer o potencial comercial da área. Isso sem falar na vasta quantidade de água no subsolo piauiense. (Mayara Bastos)

Pedro II vende 400 quilos de jóias por ano É na região de Pedro II, a 195 km ao norte de Teresina, que se localiza a única reserva de opala nobre do Brasil. A pedra, que reflete as cores do arcoíris, chama a atenção pela qualidade cuja similaridade é encontrada apenas em áreas da Austrália. A característica principal da opala é a presença de uma grande variedade de cores na mesma pedra. A causa desse fenômeno é a existência de minúsculas esferas de cristal cristobalita em sua massa

sílica. Pertencente ao grupo do quartzo, a gema chega a alcançar 20.000 dólares por quilate, valor mais alto que o de diamante. Por ano, a cidade de Pedro II vende cerca de 400 quilos de jóias feitas com a pedra para os mercados interno e externo. Tamanho é o valor do mineral que um garimpeiro chega a encontrar até R$ 60 mil em pedras em um mês. Normalmente, o ganho não atinge essa cifra com

tanta frequência. Hoje, são explorados, legalmente, cerca de 700 hectares, o equivalente a 7 milhões de metros quadrados. PedroIItemseconsolidado, nos últimos anos, como um polo de lapidação de jóias. “Além da opala, também usamos pedras de outros estados do Sudeste, do Sul. Compramos essas pedras, lapidamos e fazemos as jóias”, contou a presidente da Associação dos Joalheiros e Lapidários de Pedro II, Surlene Almeida. Esse tipo

de atividade é desenvolvida há cerca de oito anos. Em relação ao tempo em que as minas de opala são exploradas, a transformação das pedras em jóias é recente, mas está evoluindo. Na cidade, já foi instalado um centro técnico de ensino de lapidação, design e joalheria, segundo Surlene. “É como se fosse um curso técnico mesmo, onde as pessoas se especializam nessa atividade”, comentou Almeida. (Mayara Bastos)


F -X C h a n ge

F -X C h a n ge

W N O y bu to k lic

c u -tr a c k

.d o

o

.c

m

C

m

w

o

.d o

w

c u -tr a c k

.c

Teresina, Quinta, 20 de Outubro 2011

Editora: Biá Boakari/ Repórter: Marco Vilarinho // Fale conosco: 86 2106.9924 // email: jornalodia@jornalodia.com.br

Música

Fotos: Divulgações

w

w

w

w

C

lic

k

to

bu

y

N O

W

!

PD

!

PD

Animação é uma das garantias da banda Arrumadinho

Samba e rock nas tardes de domingo Um novo projeto no Bossa Nova movimenta a cidade Marco Vilarinho Repórter “Arrasta a Sandália” é um novo projeto, aos domingos na cidade, que reúne no mesmo espaço dois estilos de grande aceitação pelos teresinenses: samba e rock. A banda Theregroove e o grupo Arrumadinho fazem a festa que acontece a partir das 17h, O projeto partiu da ideia de evidenciar o samba e suas variações que volta cada vez mais renovado à cena musical em todo o país. O projeto é realizado no palco do Bossa Nova, localizado no bairro Morada do Sol, e vem movimentar o domingo em Teresina. O Grupo Arrumadinho, há três anos na estrada, faz

um trabalho diferenciado, interpretando os clássicos do samba na voz da cantora Luciana Nunes, com nova roupagem e “apostando nas diversas formas de fazer o samba, seja samba canção, samba rock, samba enredo, samba de exaltação, samba duro, enfim, o que esse ritmo genuinamente brasileiro tem de melhor”, diz Luciana Nunes. Segundo a artista, o repertório vai de Cartola, Dorival Caymmi e Paulinho da Viola a Jorge Aragão e Zeca Pagodinho, interpretado pelas divas do samba como Beth Carvalho, Alcione, Maria Rita e Roberta Sá e compositores piauienses como Osnir Veríssimo, Glauco Luz e a Maria da Inglaterra. Já a Banda Theregroove vem

despontando no cenário local com a proposta de tocar o melhor do samba rock começando com o gênio, pai desse gênero, Jorge Benjor. “O repertório dançante vem ainda com Trio Mocotó, Clube do Balanço, Farofa Carioca, Seu Jorge, Paula Lima, Sambasonics e muitos outros, todos feitos com arranjos próprios. A banda, capitaneada pelo músico Roraima, já está em estúdio gravando seu primeiro CD com músicas autorais e regravações”, ressalta Luciana Nunes. Para Roraima, a ideia do Arrasta Sandália é fazer todo mundo balançar com música brasileira de qualidade, sempre aos finais de tarde de domingo, num ambiente bacana e descontraído. “Além do mais, é uma boa pedida pra encontrar amigos, bater um papo e relaxar pra começar a semana em alto astral”, assinala o artista.

Roraima comanda o ritmo do grupo Theregroove

Espetáculo

Comédia Improvável: Muito humor com improvisação em Teresina

Humoristas se tornam “jogadores” em animada troca de papéis ao vivo

Pela primeira vez em Teresina, “Improvável” é um projeto de humor baseado em improvisações no qual a plateia ajuda na hora de criar as cenas. Criado, produzido e encenado pela Cia. Barbixas de Humor, o espetáculo será apresentado nos dias 26 e 27 de novembro, no Theatro 4 de Setembro. No sábado, 26, as sessões acontecem ás 19h e 21h30, e no domingo, 27, as 18h30 e 21h. O espetáculo tem muita influência do programa “Whose Line is it Anyway?” (Inglaterra e EUA). Nele, um mestre de cerimônias aquece a plateia com uma pequena introdução antes do espetáculo interagindo com o público e explicando como eles poderão influenciar nas cenas. Na hora das improvisações, ele seleciona as sugestões da e explica os mecanismos e as regras dos jogos de improvisação. A cada apresentação serão cha-

Mais informações

Algumas das apresentações são gravadas para alimentar a websérie do grupo. Atualmente possui os vídeos mais vistos do Brasil com uma média de mais de quatro milhões de acessos por mês. mados dois atores convidados para completar o elenco. E como tudo é baseado no improviso, o público sempre verá uma peça diferente e interativa. “Improvável” começou com apresentações mensais em 2008. Desde 2009 o projeto acontece toda a semana em São Paulo e viaja pelo Brasil nos finais de semana fazendo sessões extras sempre lotadas.


F -X C h a n ge

F -X C h a n ge

W y

N O

Horóscopo

k

to

bu

Agenda

Teresina, Quinta-feira, 20 de Outubro 2011

Cinema

.d o

c u -tr a c k

Áries

Mais do que tentar acordos impossíveis, é tempo de pensar as relações de um ponto de vista prático e produtivo. As atividades criativas e prazerosas são bem vindas.

Touro Momento favorável para cuidar da casa e do ambiente doméstico. Atenção à tendência a ser crítico com as pessoas próximas. As relações estarão se enriquecendo.

Gêmeos Procure ser objetivo nos assuntos a tratar, mas sem ferir a sensibilidade alheia. Perceba como há novas possibilidades rondando o trabalho. Uma nova fase pode logo começar.

Câncer Possíveis preocupações com posses e dinheiro. Nada de importante acontece, mas você tende a se preocupar. É melhor voltar os olhos para as novas esperanças no amor.

Leão A Lua indica disposição melancólica e bastante resmungona. Além de cuidar de pequenos problemas de cotidiano, procure contatar seus sentimentos e anseios mais profundos.

Sem Saída, em cartaz no Cinema Teresina

Teresina shopping Sala : Filme: Gênero: Versão: Sessões:

1 Sem Saída Ação Legendada 19h e 21h20

Sala : Filme: Gênero: Versão: Sessões:

1 Capitães de Areia Drama Nacional 14h50 e 16h50

Sala : Filme: Gênero: Versão: Sessões:

2 Os Três Mosqueteiros - 3D Aventura Dublado: 14h20 e 19h Legendado: 16h40 e 21h30

Sala : Filme: Versão: Gênero: Sessões:

3 O Zelador Animal Dublado Comédia 14h30, 16h40, 18h50 e 21h

Sala : Filme: Gênero: Versão: Sessões:

4 Winter, o Golfinho Aventura Dublado 14h10, 16h30, 18h50 e 21h10

Sala : Filme: Gênero: Versão: Sessões:

5 O Filme dos Espíritos Drama Nacional 14h40, 16h50, 19h e 21h10

Sala : Filme: Gênero: Versão: Sessões:

2 Planeta dos Macacos Aventura Legendado 16h30

Sala : Filme: Gênero: Versão: Sessões:

3 Os Três Mosqueteiros Aventura Dublado 16h20, 18h30 e 20h50

Riverside Sala : Filme: Gênero: Versão: Sessões:

Virgem Tendência ao recolhimento e uma certa dedicação exagerada às preocupações. Convém não se deixar levar por isso. Pense nas mudanças que podem abrir novos horizontes.

Libra É tempo de começar a se ocupar da produção material e da organização de seus proventos financeiros. Uma nova maneira de ser pode estar brotando em você.

Escorpião A fase de maiores dificuldades está chegando ao fim, e a torcida é para que você tenha sobrevivido. Chega o momento de preparar o espírito para o futuro.

Sagitário Neste momento, é melhor pensar e refletir, ao invés de tentar sair fazendo coisas. Perceba o que está fora de lugar e o que ainda lhe incomoda.

Capricórnio As dificuldades no trabalho estão se afastando e você agora pode começar a pensar em novos projetos. Uma semente importante deve ter ficado, de tudo aquilo que aconteceu.

1 Os Smurfs Animação Dublado 16h40 Premonição 5 19h e 21h

Fotografia Digial Curso para iniciantes, nos dois últimos fins de semana de outubro. Infos: 8851-4818 e 9463-9295, falar com Danúzia. Curso de Marketing Político Dias 24 e 25 de novembro, com Carlos Manhanelli, Caio e Cândido Gomes. O Rappa Show no Atlantic City dia 25 de novembro. Quinta com Humor & Música No Bossa Nova, dias 20

Momento estimulante para os relacionamentos próximos e associações. Alguma das ideias surgidas nas semanas anteriores pode ser colocada em prática no trabalho.

Peixes Momento para dedicar-se às tarefas cotidianas, no campo do conforto e da saúde pessoal. Sua esperança tende a ser renovada pela abertura dos horizontes.

Piada A mãe chega ao pai com cara de assustada segurando a mão de seu filho de 1 ano e fala e fala : - Ontem nasceu o primeiro dente e ele falou pela primeira vez !! - E o que o neném disse ? - Queblei o dente!

e 27 de outubro com Amauri Jucá e diversas bandas piauienses. Ecomoda Desfiles, feira de moda, negócios, exposição, música, arte e gastronomia. De 20 a 22 de outubro, no Jockey Club. Informações: 2107 6642 Arrasta a Sandália

No Bossa Nova dias 23, 30 de outubro com a Banda Theregroove e o Grupo Arrumadinho.

Exposição Fotográfica “Fotos no Ateliê”, no Ateliê do Chef até 23 de outubro.

Restart

Na boate Taj Mahal, no dia 29 de outubro a partir das 19h.

Samba Piauí Ano I

no dia 14 de novembro, no Atlantic City.

Pequenino Grão de Areia

Aos domingos (23 e 30 de outubro) na Sala Torquato Neto às 17h. Infos: 88843676.

Teresina é Pop

Dia 22 de outubro com Seu Jorge, Nenhum de Nós, Validuaté e Roque Moreira.

XIII Convenção Estadual do Piauí da Igreja do Evangelho Quadrangular

Dia 21/10 no Ginásio Verdão, a partir das 19h com a cantora Cassiane.

T Rex - Um dinossauro na Amazônia Espetáculo infantil dias 29 e 30 de outubro no Theatro 4 de Setembro.

05h30 Bom Dia Piauí 06h30 Bom Dia Brasil 07h30 Mais Você 08h55 Bem Estar 9h40 TV Globinho 11h05 Piauí TV - Primeira Edição 11h50 Globo Esporte 12h20 Jornal Hoje 12h50 Vídeo Show 13h45 Mulheres de Areia 15h00 Sessão da Tarde 16h54 Malhação 17h25 A Vida da Gente 18h15 Piauí TV - Segunda Edição 18h30 Aquele Beijo 19h30 Jornal Nacional 20h10 Fina Estampa

Jota A

T Rex

O musical infantil tem conteúdo pedagógico, e ensina sobre preservação do meio ambiente, trabalho em equipe e o valor da família.

Com Belo, Rodriguinho e Chrigor (ex-Exaltasamba)

Programação TV Aberta Globo

Aquário

*Professora Sem Classe: Sessões: 18h40 e 20h40

Teatro / Shows / Eventos Comédia “Improvável” No Theatro 4 de Setembro dias 26 e 27 de novembro. Informações: 3133-2070 | 3086-0208 | 32302233.

SBT

05:00 Jornal do SBT 06:30 Carrossel 08:30 Bom Dia e Cia 11:45 As Visões da Raven 12:15 Chapolin Chapolin 12:45 Chaves 13:15 Amigas e Rivais 14:00 Cristal 14:45 Uma Rosa Com Amor 16:00 Casos de Família 17:00 Chaves 18:40 SBT Brasil 19:15 Aventura Selvagem 19:30 Horário Eleitoral Gratuito 19:40 Aventura Selvagem 20:15 Programa do Ratinho 21:15 Amor e Revolução 22:00 A Praça é Nossa

Record

05h00 - Balanço Geral 07h35 - Fala Brasil 08h35 - Hoje Em Dia 11h00 - Record Notícias 13h30 - Tudo A Ver 15h30 - Todo Mundo Odeia o Chris 17h00 - Pica-Pau 18h15 - Cidade Alerta 19h00 - Jornal da Record 19h40 - Rebelde 20h15 - CSI - Investigação Criminal 21h15 - Vidas em Jogo

Resumo das Novelas MALHAÇÃO

Alexia fica confusa ao ver os pais saírem do táxi e passa mal. Babi recebe uma mensagem do pai de Alexia avisando que eles a internaram em um hospital. Jefferson lembra de Gabriel e agradece a ele por tê-lo ajudado, deixando Cristal intrigada. Moisés chega à comunidade e fica perturbado com o sumiço de Alexia. Enquanto Gabriel fala de sua suspeita de que a mensagem anônima seja de Douglas, os pais de Alexia chegam à casa de Cristal e Babi.

AQUELE BEIJO

Eva humilha Manuela, que fragilizada pede apoio a Iná. Rodrigo passa sua primeira noite com Júlia no hospital. Lúcio diz a Eva que Ana já pode ir para o quarto, mas avisa que ela deve permanecer no hospital para dar continuidade a seu tratamento. Manuela é obrigada a ficar na casa de Iná por conta de uma febre alta e deixa Rodrigo cuidando de Júlia sozinho. Rodrigo se despede de Ana e deixa o hospital com Júlia.

A VIDA DA GENTE

Rubinho deixa Brigitte em casa e Agenor aparece. Lucena confirma que vai mesmo se casar e Vicente fica arrasado. Ele passeia por Cartagena e relembra dos bons momentos que viveu com a moça.

Regina repreende Camila por tratar o marido com desprezo. Alberto comenta que Grace Kelly é prima de Sarita e Maruschka decide se aproximar da vendedora. Regina comenta com Camila que Rubinho saiu com Brigitte e ela pressiona a mãe a contar para Claudia. Claudia fica arrasada com a suposta traição do namorado.

Fina Estampa

Wallace se revolta com Teodora ao vê-la acenar para o filho. Tereza Cristina enfrenta Íris e afirma que não vai tirar Marcela de sua casa. Griselda fala com o corretor de imóveis que gostaria de comprar uma mansão. Tereza Cristina invade a casa onde Griselda está com o corretor para tentar impedila de comprar o imóvel. Teodora diz a Wallace que vai continuar investindo em seu plano para conseguir arrancar dinheiro de Griselda. Amália conta para

O Astro

m

w

o

m

o

.c

lic

k lic C

w

c u -tr a c k

w

Página 2

.d o

w

w

w

C

to

bu

y

N O

W

!

PD

!

PD

Clô fica perplexa ao saber por Eustáquio que foi Felipe quem roubou a sua escultura de Capriarte. Felipe agride Samir durante uma discussão. Márcio informa a Samir que, segundo o relatório dos auditores, ele cometeu deslizes na direção da área financeira do Grupo. Clô acusa Felipe de traição. Neco dá as instruções aos seus comparsas para o sequestro de Consolação.

.c


F -X C h a n ge

F -X C h a n ge

W N O

Educação

Abertas inscrições para curso de Marketing Evento é voltado para políticos e assessores que pretentem seguir esta área

Teresina recebe nos dias 12 e 13 de novembro o curso de Marketing Pessoal e Oratória Política. As aulas acontecerão no Luxor hotel durante todo o dia. O curso é voltado para vereadores, prefeitos, deputados e demais pessoas interessadas em seguir uma car-

reira política ou trabalhar como assessor dos futuros candidatos. As inscrições já estão sendo realizadas de segunda a sexta no horário comercial na recepção do Luxor Hotel, que está localizado no Centro da cidade em frente à Praça da Bandeira.

Acusação

Rihanna fecha acordo em processo de David LaChapelle por plágio Rihanna fechou acordo para encerrar processo movido pelo badalado fotógrafo David LaChapelle, que acusa a cantora de plágio, informa o jornal “London’s Evening Standard”. Não foi divulgado o valor pago por Rihanna. Chapelle diz que a cantora teria copiado oito fotos suas em cenas do clipe “S&M”. Em fevereiro, quando abriu o processo, Chapelle, fotógrafo de revistas como

“Vanity Fair” e “Rolling Stone”, argumentou que o clipe imita “a composição, o conceito total, a sensação, o tom, o clima, o tema, as cores, os adereços, cenários, cenografia, figurino e iluminação” do seu trabalho. Rihanna ainda enfrenta outro processo pelo mesmo clipe. O fotógrafo Philipp Paulus diz que uma imagem sua também foi recriada no vídeo sem permissão.

Justiça

Juíza manda Lindsay Lohan de volta para a cadeia A atriz Lindsay Lohan, 25, saiu algemada da corte nesta quarta-feira (19) em Los Angeles. De acordo com a CBS, a juíza Stephanie Sautner revogou a liberdade condicional da atriz. Para ser liberada da cadeia, Lindsay precisa pagar fiança de US$ 100 mil (R$ 170 mil). “A senhorita Lohan criou uma série de impossibilidades para não cumprir a pena estipulada”, disse a juíza. Ela faltou nove vezes ao trabalho comunitário em

um centro para mulheres. Ela foi apenas uma vez e ficou no local uma hora, e não quatro como ordenado. Outra ordem judicial que a atriz descumpriu foi a de fazer terapia uma hora por semana. Segundo a atriz, ela teria feito algumas sessões por telefone e, por isso, não foi ao consultório. Uma nova audiência sobre o caso foi marcada para o próximo dia 2 de novembro. Até essa próxima audiência, ela terá que cumprir 16 horas limpando o chão do necrotério.

Em 2011, as vendas de discos em vinil tiveram seus melhores resultados em seis anos, segundo a Official Charts Company, que complia os principais rankings musicais oficiais do Reino Unido. Em relação a 2010, o aumento foi de 40%, representando um total de mais de 240 mil discos

vendidos. No ano passado, foram 234 mil no mesmo período. O pico de vendas foi em 1975 (91,6 milhões). Naquele ano, figuravam no ranking nomes como Elton John, Led Zeppelin e Pink Floyd. Quem lidera a lista de 2011 é a banda Radiohead (“The King of Limbs”), seguido

da cantora Adele (“21”) e o novo grupo de ex-integrantes do Oasis, Beady Eye (“Different Gear Still Speeding”). Se as vendas continuarem nesse ritmo chegarão a 300 mil unidades, marca alcançada pela primeira vez desde 2005, quando chegou à marca de 351 mil.

Nos principais mercados consumidores de música, discos de vinil retornaram às prateleiras. Em tempos de pirataria e música digital, o vinil se tornou objeto de culto por parte de colecionadores, que valorizam a qualidade sonora superior ao MP3 e o design gráfico de capa e encarte.

Jasmine Malta

Visagem Arrastando os pés como uma assombração. Já velho, e ainda tão moço... De que adiantava a pouca idade se os anos já pesavam como séculos passados ? Não havia nada por ainda vir. A única lembrança viva, latente, teimosa em não fugir, era a dela. Ingrata! Havia-o castigado com aquela maldição. Estava infiltrada nele como uma segunda pele, compartilhando os mesmos sistemas corporais. Os lábios ainda queimavam como se recebessem naquele instante os beijos : longos, molhados, profundos...De adentar na alma do outro como se não existissem segredos, em desnuda entrega silenciosa. Andava sem consolo, como náufrago dester-

rado, perdido entre lembranças, faltando motivo para viver. Sem nada mais além do que estava guardado na memória, bem no fundo dos arquivos mentais, desacelerando o coração. Uma tosse começava a aparecer e já atrapalhava algumas conversas. O corpo apresentava sinais claros de desgaste, de péssimo cuidado. Estava se entregando por completo, como os heróis românticos de bem antigamente. Contudo, sabia que nada daquilo valia à pena. Era desgaste sem valor, ele sairia perdendo solitariamente. Nenhuma notícia chegaria aos ouvidos dela. Uma megera, uma mulher sem alma e de coração pequeno. Nem imaginava o próprio poder : reduzir

um homem às cinzas dele mesmo. A mãe discorria sobre a necessidade de tomar uma medida, seguir um novo caminho, direcionar a vida. Falava para ouvidos moucos. A única ocupação dos pensamentos era relembrar os momentos, agora doloridos. Foram dois anos, dois anos de puro prazer. Agora, de doce tortura. Poderia dormir por um mês inteiro, afundado no colchão. Contanto que os sonhos viessem povoados por ela, cheios do perfume dela, repletos pelas mãos tateantes dela... O travesseiro seria seu consolo e sua cura. Ficaria são de si mesmo, e do mundo. Abriria os olhos totalmente curado, afastando pedaços de sonhos

e cacos de vida. Poderia ficar renovado, encontrar novos amores, outras oportunidades e materializar novas experiências. Um pequeno rasgo de esperança animou o coração, o ar penetrou nos pulmões um pouco mais limpo, as mãos não tremeram tanto. Encostado na coluna da sala, olhou para o grande espelho na parede e viu sua realidade : mentia para si mesmo, sem ela a vida era nada e ele não passava de um fantasma do que fora um dia. Assombrado consigo, baixou o rosto e fitou os próprios pés : grandes, de dedos disformes, peludos. Não passava daquilo mesmo, era realmente uma criatura fora da realidade.

to

k

Marcilio Moraes, sempre com a colaboração de Gustavo Reiz, está terminando de escrever a primeira temporada da série “Chapa quente”, que a Record vai produzir em quatro episódios e apresentar no primeiro semestre do ano que vem. A curiosidade é que, em se tratando de elenco, a primeira opção do autor para viver o protagonista, um delegado linha dura, cascudo, sempre foi o Marcelo Serrado, ainda antes de ele aceitar o chamado da Globo. Na Record, há quem brinque com isso, dizendo que o ator abriu mão do machão do seriado para ser um gay, Crodoaldo, em “Fina Estampa”, do Aguinaldo Silva. “Chapa quente” terá a direção do cineasta Johnny Araújo e o elenco, com boas possibilidades de reunir Mel Lisboa e Heitor Martinez, começará a ser definido na próxima semana. A produtora paulista de conteúdo Gullane Filmes é parceira da emissora neste trabalho.

Atraso

O elenco adulto de “Carrossel” ainda está empacado, impossibilitado de gravar a novela. A previsão para o início era esta quinta-feira, mas não está valendo mais. Ficou para amanhã. O problema de agora são os figurinos. Como deixaram tudo para a última hora, as roupas não ficaram prontas.

O problema maior dessa novela “Carrossel” será o de administrar as mães das crianças. Nas primeiras gravações realizadas já teve quem reclamasse que o seu filho não estava aparecendo tanto. Outras, como a cantora Simony, colocaram fotos de cenas dos filhos nas redes sociais.

É bom lembrar

Os PJs – pessoas jurídicas – da Record aguardam ansiosamente pelas novidades prometidas pelo presidente Alexandre Raposo, em pronunciamento, no mês passado. Até agora não aconteceu nada. Entre outros benefícios, esperam pelo pagamento do 13º salário, algo que outras emissoras, como a Band, por exemplo, não deixam de pagar.

Pode ser

Dulcineia

c u -tr a c k

Marcelo Serrado troca machão da Record por gay da Globo

Dor de cabeça

Radiohead lidera crescimento nas vendas de discos de vinil

do

Flávio Ricco jornalodia@jornalodia.com.br

Mesmo com a demissão do diretor Del Rangel, Rosanne Mulholland, contratada por ele, está confirmada no papel de protagonista, a professora Helena. Lívia Andrade será a antagonista. Sabe-se que uma fofoca nos camarins acabou desencadeando toda essa confusão. No SBT é assim. Fazer o quê?

Surpresa

Página 3 w .

Canal 1

No mais...

Atriz Lindsay Lohan é algemada e levada para a prisão

bu

y

Américo Martins, diretor de jornalismo da Rede TV!, pretende aumentar o número de boletins informativos ao longo da programação, hoje chamados de “90 Segundos”. Se isto vier a acontecer, também se cogita a mudança de nome. Outros títulos estão sendo analisados.

Bronca aliviada

Setores da Band, ao tomar conhecimento da ação contra Rafinha Bastos, movida pelo casal Wanessa Camargo e Marcos Buaiz, se mostraram mais tranquilos. A emissora não foi envolvida.

Caso Rafinha

Na Band, quanto ao caso criado por Rafinha Bastos, a ordem ainda é a mesma, a de deixar a poeira assentar. Dar tempo ao tempo e, um dia, se for o caso, até pensar na sua volta. Mas há, também diante do que aconteceu, problemas dentro do “CQC”, no próprio grupo, que alguns consideram muito mais sérios. Quase impossíveis de se contornar.

Seis por meia dúzia

As mudanças no jornalismo do SBT não param. Ontem, Paulo Nogueira apresentou o seu projeto para o departamento, a exemplo de outros tantos que já passaram por lá. Depois de tantas trocas, acaba se concluindo que a única maneira de dar certo é uma mudança radical. Inclusive do espaço físico, para um outro completamente blindado, salvo de interferências e palpites externos, inclusive do próprio dono.

Pegando emprestado

Nas transmissões do Pan na Record, alguns dos seus narradores e comentaristas resolveram utilizar, sem nenhum constrangimento, determinados bordões ou frases do pessoal da Globo. “A regra é clara” e “como é bom ganhar da Argentina/ Cuba”, por exemplo.

Base paulista

Demorou, mas, enfim, a CNN decidiu montar uma base de notícias em São Paulo. Shasta Darlington, que já realizou coberturas importantes em Cuba, Haiti e no próprio Estados Unidos, está de mudança para o Brasil.

m o

m

o

.c

lic

to k lic C

w

c u -tr a c k

w

Torquato

Teresina, Quinta, 20 de Outubro 2011

.d o

w

w

w

C

bu

y

N O

W

!

PD

!

PD

.c


F -X C h a n ge

F -X C h a n ge

W N O y k

to

bu

Torquato

Teresina, Quinta, 20 de Outubro 2011 .d o

c u -tr a c k

Élida de Sá Eli Lopes Foto: Jailson Soares

colunaprisma@gmail.com

Informação

Até o dia 28 deste mês, todas as agências da Caixa Econômica Federal vão funcionar com o horário ampliado em pelo menos uma hora. Em todo o país, são 2.252 agências, 567 postos de atendimento bancário, 1.770 postos de atendimento eletrônico e 25.313 correspondentes não lotéricos.

A Prisma gostou!

. O evento acontece de 20 a 24 de novembro, em Curitiba-PR. O presidente da OAB-PI, Sigifroi Moreno, mediará o debate “Controle da Comunicação”, no dia 24, a partir das 9h.

A originalidade e a qualidade da renda e do bordado piauiense serão destaque em coleção do Projeto Talentos do Brasil, que acontece em Belo Horizonte a partir do dia 25 deste mês. O estilista mineiro Renato Loureiro chega ao Piauí na próxima semana para auxiliar as bordadeiras da Associação Lili Escórcio, de Buriti dos Lopes; e as rendeiras da Associação Delta do Parnaíba, de Ilha Grande; na criação da coleção. A coleção também segue para Paris em 2012.

A Prisma não gostou!

Da situação de 19 crianças e adolescentes do orfanato João Maria de Deus que estão aptos ao projeto “Famílias Acolhedoras”, mas até agora não foram adotadas nem acolhidas até uma possível reintegração familiar. Para se candidatar ao projeto, basta ir ao CRIA-Centro de Reintegração Familiar para serem entrevistados por uma equipe multidisciplinar e proporcionar momentos de alegria a essas crianças.

O dia a dia . Os interessados em participar da XXI Conferência Nacional dos Advogados já podem efetuar inscrição através do site http:// conferencia.oab.org.br/.

O empresário João Madison recebe convidados hoje para uma degustação de queijos da sua fábrica de laticínios. Será em supermercado da Homero Castelo Branco

. Um dos maiores nomes da área da piscicultura do Brasil, Fernando Kubtiza,

ministrará a palestra Produção Sustentável na Piscicultura, hoje, como parte da programação da Semana Nacional da Ciência e Tecnologia. Será às 17h, no auditório do Sebrae em Teresina. . Hoje o Clube de Vídeo de Teresina exibe, às 18h30, na Casa da Cultura, o longa que narra as crises profissionais e amorosas da escritora Marion, interpretada pela atriz estadunidense Gena Rowlands. A entrada é gratuita.

Olha só!

O professor de Geografia, Luís Carlos Batista Rodrigues, que venceu o Prêmio Victor Civita Educador Nota 10, recebeu o prêmio na sala São Paulo, em São Paulo. O evento de premiação foi conduzido pela atriz Denise Fraga, com show do compositor e cantor João Bosco. O Prêmio Victor Civita Educador Nota 10 é hoje o mais importante prêmio da Educação brasileira.

Pronto, falamos!

As redes sociais hoje são uma caixa de ressonância para o cidadão em todo tipo de reclamação. Os empresários devem ficar de olho porque a repercussão é enorme, tanto positiva quanto negativa. A jornalista Maia Veloso fez uma reclamação no face de um restaurante chique, que, se nós fôssemos gerentes do local, tomaríamos providências imediatamente. Todo mundo ficou sabendo.

Élida, mulher!

O jornalista Genésio Araújo para a Prisma A beleza da parnaibana Carla Galeno

Foto: Jarbas Santana

Os casos de dengue no Piauí aumentaram 64,5% em relação a 2010. São 12.664 notificações. Os números são do boletim da Coordenação Estadual de Epidemiologia. Infelizmente, Teresina continua sendo o município com o maior número de casos - 5.844. Tem que continuar de olho porque o danado do mosquito continua atuando, né?

É verdade, Eli!

Se não combater constantemente os focos do mosquito, a doença ganha corpo e não tem quem consiga controlar. Quem já teve dengue sabe o quanto é ruim. E daqui a pouco começa o período chuvoso e a situação deve piorar. Os maiores municípios do Estado estão cheinhos de casos da doença como Parnaíba-693 e Piripiri-866.

O poeta Chico Castro e o deputado Osmar Júnior brindam o Piauí com cajuína, bebida símbolo do Estado

Cochicho É constrangedor apresentadores que reclamam ao vivo do trabalho dos colegas, principalmente produtores. O “pito” pode ser passado depois, numa reunião, né?

O bonito Rafeal Fortes mostra a beleza piauiense no Planalto Central

Só sociais

m

w

o

m

o

.c

lic

k lic C

w

c u -tr a c k

w

Página 4

.d o

w

w

w

C

to

bu

y

N O

W

!

PD

!

PD

A jornalista Cinthia Lages recebe o abraço carinhoso do deputado Protógenes Queiroz

. O humorista piauiense Guiga Ferreira curtindo dias de descanso no Piauí. Ele recebeu ontem a medalha do Mérito Renascença. . O Ouvidor-geral do Estado, João Madison, mostra seu lado empresário hoje à noite em supermercado da Homero Castelo Branco, às 19h. Recebe convidados para degustação dos produtos da sua fábrica de laticínios. . O jornalista Vinícius Vainner trocou de idade ontem e foi pequeno para inúmeros abraços dos amigos. . Os parlamentares Margarete Coelho; Ana Paula; Tadeu Maia; Evaldo Gomes; Flávio Nogueira Filho; José Neri, o Nerinho; Lisieux Coelho; Tazmânia Medeiros, a Belê Medeiros; e a deputada federal Iracema Portela foram homenageados com a Medalha do Mérito Renascença. . O economista João Paulo dos Reis Velloso, ex-ministro do planejamento, estará em Teresina na próxima segunda-feira, dia 24, para lançar seu mais novo livro: “Cristãos que se beijam e o Crepúsculo dos Deuses”. O lançamento acontece às 19h, na Livraria Anchieta da Avenida Dom Severino.

Twitter O Steve Jobs inventou o iphone, um negócio que tem três mil e umas utilidades. Mas a Tim o rebaixa a um joguinho e agenda. @mateusnoronha

.c

Jornal O DIA  

Divisão de royalties garante R$ 15 milhões por mês ao Piauí

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you